Webzine Portalegre Core #11

 

Embed or link this publication

Description

Resvista Cultural e Musical Portalegrense

Popular Pages


p. 1

PORT ALEGRE CORE #11 Setembro 2014 alenvibes resumo modulator Novo ep com data de lançamento agendada para 16 de setembro this connection

[close]

p. 2

contactos Portalegre core portalegrecore@gmail.com www.facebook.com/portalegrecore www.portalegrecore.com

[close]

p. 3

índice Entrevista: Sara Malta Publicidade: Escola de Música Biografia: Daniel Pereira Entrevista: This Connection Entrevista: Modulator Publicidade: Festival do Castelo Crónicas de: Gaspar Garção Loud & Clear Publicidade: Recarel Slaugter Fest Tiró Cu do Sofá Publicidade: CAE, Quina das Beatas 4 8 9 10 16 22 23 24 29 30 32 Informamos os nossos estimados leitores que a Portalegre Core não utiliza o novo acordo ortográfico.

[close]

p. 4

ALENVIBES Aconteceu no passado dia 1 de Agosto o 2º Aniversário do Músico Regga e Portalegrense LDS Selecta. Portalegre volta assim a acolher um evento cheio de boas vibrações trazidas por LDS Selecta e os seus convidados especiais para esta grandiosa Festa que se deu no Alamo Bar em Portalegre. ALENVIBES, foi o título sugestivo que o artista deu ao evento do seu portalegrense 4 Sábado dia 06 de Setembro o Portlegrense defron sentos em Portalegre num jogo a contar para o cam

[close]

p. 5

Ii ANIVERSÁRIO LDS SELECTA Aniversáio, sendo que escolheu este local devido ao facto de ser no Alentejo. apresentar a sua mais recente Mixtape “RaPalpitação”. A matiné deu inicio pelas 18:00h, onde o Álamo Bar viu entrar infindáveis curiosos através das suas portas À descoberta da 1ª Edição do ALENVIBES. Variedade! Foi a palavra de ordem deste tão aguardado evento, qual contou com 12 horas seguidas de música non-stop, brindando os presentes com músicas desde o Reggae, ao Roots, Drum&Bass e Hip Hop. No inicio da festa foram apresentados nomes do Hip Hop Nacional como Sly, G3, DiJi e João. Todos estes animaram o espaço exterior do recinto, na qual poderemos chamar de, matiné inovadora. Também o Rapper Milly levantou nesse dia a ponta do véu ao LDS Selecta, Xoices e Concrete Jungle foram os cabeça de cartaz desta primeira edição. LDS Selecta não é o único filho prodígio desta pacata cidade Alentejana. A noite contou ainda com uma grande estreia, Dua e Nazka, dois potenciais produtores de drum&bass portalegrenses. Apresentaram o seu mais recente trabalho e projecto, de nome “BassFace”. Este dia foi recheado de cultura. A música urbana continua viva e digam as cerca de 500 pessoas que nta o Sport Lisboa e Benfica no Estádio Eduardo de Sousa Lima nos asmpeonato nacional de Juniores. 5

[close]

p. 6

ALENVIBES passararam pelo recinto da Festa no decorrer das 12h de música. A festa encerrou com o magnífico Dj Ryke, qual mostrou ser a cereja no topo do bolo. Este evento teve um grande apoio por parte da UPA Lacer, uma também Asssociação Cultural Portalegrense, esta qual presta todo o apoio nesse tipo de eventos, tendo uma vontade psicologicamente cheia de vontade de ajudar. Não esquecendo também a Wickedland que proporcionou uma ajuda crucial para o desenrolar do evento. Uma palavra da organização a todos os nosso leitores.. São necessárias de pessoas activas e interventivas. Que lutem pelo amor à musica e à cultura. Que lutem pelo amor à cidade e à cultura urbana. Festival medieval 6 Decorre este fim de semana em Castelo de Vide m tem vindo a crescer a trazer mais gente à Vila Alent

[close]

p. 7

Ii ANIVERSÁRIO LDS SELECTA mais uma edição do Mercado Medieval. De ano para ano esta iniciativa tejana de Castelo de Vide. 7

[close]

p. 8

8

[close]

p. 9

biografia D aniel Pereira, 27 anos. Começa a ouvir música electrónica em meados do ano 2000. Em 2004 e já com este gosto já apurado, sente-se totalmente identificado com este tipo de música inicia-se a fazer mixes de alguns temas quais ouvia nessa mesma altura. Já em 2006 sente que pode também ele dar mais alguma coisa á musica electrónica e inicia assim um novo ciclo, dando os seus primeiros passos como produtor musical. O seu primeiro projecto, de nome Vortek, insere-se num estilo Psytance, Full On. Adquirindo e absorvendo algumas influências como Eskimo, Bliss, Painkiller, inicia outro projecto, este um pouco mais virado para o Psy Mourning, de nome G.Flux. No decorrer do ano 2011, Daniel Pereira decide acabar com todos os projectos que tinha iniciado anteriormente ir pelo “cano abaixo” ao perder o seu computador e onde continha toda a informação, projectos, e criações. Começa assim do zero e com um novo nome: Broken Project. O Psy Trance “tem de aguardar” pois infelizmente ainda se mantém sem computador, estando dependente de alguns amigos como o Virtual System e do LTX para ir compondo algumas faixas. Por outro lado, adquiriu recentemente uma guitarra acústica e, iniciou a aprendizagem ganhando uma nova paixão diferente pela música. 9

[close]

p. 10

This connectio Quem são os this connection? Os This Connection são compostos actualmente 6 elementos. Bia Oliveira nas vozes, Dário nas vozes e percurssões, Sálvio Garrido nas guitarras, Kaskavel nas componentes electrónicas, produções e masterizações, Rhia no violino e André Natanael no acordeão. Novos Socios Portalegre core 10 Ainda não és sócio da Portalegre Core? Do que esperas para associação? Preenche já a ficha de candidatura em www.porta dados. (Quota Anual: 12,00€)

[close]

p. 11

on Como surgiram os this connection? Entrevista Os This Connection surgiram em 2004, mais precisamente em Albufeira. Dário e Kaskavel actuaram juntos no decorrer de uma noite e após isso foram convidados a tocar todos os fins de semana do verão na Casa do Cerro e posteriormente na FIESA (Festival Internacional de Esculturas de Areia). Fomos inclusive a banda sonora do primeiro CD. Assim nascem os This Connection. Onde Kaskavel ensina a Dário a utilizar programas como Ableton Live e Cubase. Juntámo-nos a uma magnifica vocalista, Anete Gold, tornando-se assim o ponto de concecção (risos…). É um projecto para o futuro? Sem duvida que sim. Temos esse objectivo, entre outros de desenvolver mais temas, novas gravações e até inserir novos músicos a This Connection. Cremos que temos de seguir essa linha de pensamento e atitude, se não fosse com este pensamento talvez nenhum de nós estaria aqui hoje. Se assumimos as coisas, temos de as levar até ao fim e o mais longe possível. Qual o estilo musical? Cremos que o nosso estilo seja um pouco eclético. Apresentamos várias fusões num encruzamento de musica electrónica, tribal sempre com um tom doce na melodia entoada por uma voz feminina. Utilizamos uma grade versatilidade de instrumentos, sendo os mais comuns o djembé, o didjiridoo, a guitarra, o violino e um acordeão. te juntares a nós e teres descontos e regalias nos eventos organizados pela alegrecore.com e aguarda por um email de confirmação e validação dos teus 11

[close]

p. 12

This connectio Foi lançado recentemente o vosso novo ep, como está a correr a divulgação? É verdade. Temos na estrada um novo EP, o que nos traz uma grande alegria. Este foi lançado pela Octane Recordes (UK). A divulgação está a correr bastante bem, a cada concerto que damos o público tem-nos dado uma melhor correspondência que a anterior. É fantástico ver como as pessoas gostam deste estilo de musica que não é muito habitual ver-se. Esta mistura de instrumentos caracterizamos em muito e o público vibra ao ouvir os nossos temas e de certo que iremos tentar sempre corresponder às espectativas de quem se desloca para ver This Conenction! Festival do crato 12 O Festival do Crato esteve de regresso com m público.

[close]

p. 13

on Entrevista mais uma edição, esta qual superou todas as expectativas em termos de 13

[close]

p. 14

This connectio Este não foi o vosso primeiro ep. Qual o feedback que tem recebido? Não. Com este trabalho discográfico já co mos com 4 EPs. O primeiro foi lançado em 2007 pela Kaos cord, desta qual DJ Vibe é dono. Entretanto la mos outro pela Octane Records (UK) e um outro la Indented (AUS). Como já foi referido à pouco este tem sido bastante positivo, tendo em c que correspondemos e não deixamos ficar mal a quem e desloca para ouvir Connection. A maior parte dos nossos concertos, ou Live´s, como lhe queiram cha são no decorrer do verão, e de pessoas que nos têm seguido à já algum te temos afirmações de que: “Sempre mais e melhor durante os rões…” (risos…). têm algum espectáculo marcado para breve? Sim. Dia 6 de Setembro iremos estar em Oliveira do Hospital no Inso Fest. Recentemente tocámos na Semana da Juventude de Elvas, no Free Fest na Covilhã e em Fronteira no passado dia 30 de Agosto. Quais os vossos planos futuros? 14 Continuar sempre a fazer mais e melhor apostando sempre na fusão de sicos e música (risos…).

[close]

p. 15

on Entrevista onta- s Reançáo pe- conta This amar, empo ve- omnia eFlow e mú- 15

[close]

Comments

no comments yet