Jornal Eco da Tradição de Agosto 2014

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Eco da Tradição de Agosto 2014

Popular Pages


p. 1

ECO DA TRADIÇÃO - ANO XII - Nº 156 - AGOSTO 2014 Neusa Secchi lança livro de folclore Página 08 Página 09 EDITORIAL Mais perguntas que respostas Pág. 02 Biblioteca Guilherme Schultz Programa “falando em folclore” Filho em pleno funcionamento formará cadeia de rádios Fotos da capa: Rogério Bastos EVENTOS Agosto tem Chama Crioula e ENART Pág. 03 PROSEANDO Biblioteca abre com um recanto para crianças O CTG Rincão da Lealdade, em Caxias do Sul, foi palco de grandes debates TURISMO NO SUL democráticos. De julho de 1954 até 2014, foram 60 anos deste evento. Página 13 Acampamento da 60 anos de Congressos marcados pela democracia Página 08 Rui e Andrea estão à frente desta grande empreitada Página 12 A arte de vender seu “peixe” Pág. 05 NOTICIAS Campanha de doação de sangue na 7ªRT Pág. 08 hospitalidade Pág. 09 FORUM DA DANÇA Com o que se relaciona o sucesso Pág. 16 CEVANDO O MATE A verdadeira participação Pág. 17 Benjamin Feltrim Neto, Patrono dos Festejos Farroupilhas de 2014 e Conselheiro Vaqueano do MTG, mostra as esporas centenárias, ao defender uma das proposições da 79ª Convenção. Esteve presente em todos os debates e votações, não arredando o pé, mostrou a importância da participação no evento.

[close]

p. 2

2 Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 EDITORIAL Manoelito Carlos Savaris - Presidente Mais perguntas que respostas Rua Guilherme Schell, 60 Porto Alegre / RS CEP: 90640-040 Email: imprensa@mtg.org.br www.mtg.org.br mtg-rs.blogspot.com wp.clicrbs.com.br/mtg Contato: 51. 3223-5194 Nós, viventes do século XXI, es- senso, é imediatamente reprimido pelos Assim, oriento a que todos os tamos vivendo uma época de profundas arautos da modernidade. Se o critico for tradicionalistas, independentemente alterações na sociedade. Dizem que se um tradicionalista, então está armada a das suas convicções pessoais, das suas trata da “sociedade pós-moderna”. Sei polêmica. orientações religiosas, das suas crenças lá! Pra mim era moderno tudo aquilo que Há alguns dias armou-se a polê- sociais e das suas preferências sexuais, era melhor, mais bonito, mais sofisticado, mica do casamento entre homossexuais se abstenham de emitir pareceres que melhor elaborado. Parece que nos dias num CTG. Havia casamento marcado? possam ofender pessoas e instituições. atuais o moderno é o anárquico, o alter- NÃO! Tratava-se de um CTG filiado ao Se abstenham de criticar isso ou aquilo, nativo, o bizarro. Seria isso o “pós-moder- MTG? NÃO! O MTG tinha alguma res- sem que disponham de todas as inforno”? ponsabilidade ou alguma interferência mações e de todos os dados a respeito É muito difícil fazer uma avalia- nisso? NÃO! Havia algum interesse cul- do assunto. No interior dos galpões e nos ção adequada do momento que vive- tural no assunto? NÃO! ambientes em que se realizam as ativimos. A família já não é a mesma. O caEntão, por que a mídia colocou o dades tradicionalistas, cada um procure sa-e-descasa é tão comum que temos MTG e seus dirigentes no centro da polê- se portar segundo o seu gênero, ou seja, receio de perguntar a algum conhecido, mica? Por que tanto interesse em saber os homens tenham posturas masculinas que não vemos a mais de seis meses, ou descobrir o que pensam os tradicio- e as mulheres posturas do sexo feminicomo vai a esposa, pois é cada vez mais nalistas a respeito do casamento gay? no, tudo segundo a tradição. comum a resposta: “nos separamos” e, Qual o interesse em caracterizar que a Quanto a casamentos no interior na sequencia, estou com outra. Compor- novidade e o ineditismo estão no fato do dos galpões, desde que sejam entre tratamentos sociais que ontem eram tidos tal casamento ser realizado no interior de dicionalistas e que as cerimônias ocorcomo equivocados, hoje são normais. um CTG? ram no modo tradicional, sejam elas civis O conceito de moralidade ou religiosas, não há qualquer muda a cada virada de ano. O aliás pode ser uma “O Movimento Tradicionalista Gaúcho tem restrição, casamento entre pessoas do iniciativa muito bonita adotada na sua origem, na sua base, na sua essên- por casais que se conheceram mesmo sexo virou moda e pacia, no seu âmago, o compromisso com rece a coisa mais natural. Se no meio tradicionalista e resola tradição e o respeito de tudo aquilo que alguém expressa contrariedavem oficializar a união naquele de com todas essas coisas, é ambiente e trajados à moda constitui a cultura do gaúcho.” imediatamente taxado de retradicional, pilchados. Os catrógrado, preconceituoso, essamentos coletivos são mais túpido, e assim vai. Parece que o correto Sinceramente, eu não tenho as adequados para ambientes em que não é aceitar tudo e de qualquer jeito. respostas para esses questionamentos. haja compromissos com aspectos tradiNo meio desse turbilhão estão os Os jornalistas dizem que se trata somen- cionais e culturais. Centros de Tradições Gaúchas e a imen- te de uma notícia. Alguns tradicionalistas Nunca é demais lembrar que trasa maioria de tradicionalistas que enten- acham que é um movimento orques- dição não se inventa e não se compra. dem ser errado alterar tão rapidamente trado de desmoralização do tradiciona- Tradição é tudo aquilo que absorvemos e tão profundamente conceitos tradicio- lismo. Outros entendem que é somente da geração que nos antecedeu e que nais, como família, casamento, respeito. uma atitude oportunista. Há ainda os que nos foi transmitido na convivência famiA maioria das pessoas que nasceram veem nisso tudo um sinal de que o “mun- liar ou social. antes da aprovação da atual Constitui- do está perdido”. O Movimento Tradicionalista ção Brasileira (1988) tem dificuldades de Não tenho a pretensão de en- Gaúcho tem na sua origem, na sua base, aceitar tão grandes e profundas mudan- contrar respostas ou de determinar pro- na sua essência, no seu âmago, o comças. E por expressarem suas convicções cedimentos absolutamente corretos. Mi- promisso com a tradição e o respeito estão sujeitos a serem discriminados e nha obrigação é somente a de orientar de tudo aquilo que constitui a cultura do sofrerem as mais diversas agressões de os tradicionalistas à luz das normas que gaúcho. O moderno ou o pós-moderno ordem moral. Se alguém se arvora no di- nós mesmos elaboramos, ou da melhor pode ser bom ou ruim, dependendo de reito de criticar o uso dos brincos pelos maneira de atender ao que estabelece a como isso se apresenta e de como isso homens ou os excessos de pircengs, ou, Carta de Princípios que ainda é a nossa interfere na vida que escolhemos para ainda, as tatuagens que agridem o bom melhor luz. nós e para nossas famílias. EXPEDIENTE: SUPERVISÃO: Manoelito Carlos Savaris DIREÇÃO GERAL: Nairioli Callegaro DIREÇÃO DE REDAÇÃO: Rogério Bastos DIAGRAMAÇÃO E DESIGN: Liliane Pappen CONSELHO EDITORIAL: Nairioli Callegaro, Odila Paese Savaris e Gustavo Bierhaus JORNALISTAS RESPONSÁVEIS: Rogério Bastos (16.834) Liliane Pappen (16.835) Fúlvio Lopes (16.200) ESTÁGIO E REVISÃO: Ticiana Leal COMERCIAL E EXPEDIÇÃO: Kelly Rocha IMPRESSÃO: Zero Hora TIRAGEM: 3 mil exemplares Atendimento 09 às 12 horas e das 13 às 18 horas De segunda a sexta-feira Valores da Anuidade R$ 898,54 Plena R$ 771,26 Parcial R$ 474,27 Especial Estudantis R$ 134,85 40% do valor é repassado às RTs. Agosto Valor Um verdadeiro exemplo de humildade e esportividade O menino Henrique Douglas Padilha da Silva, morador de Alvorada, depois de vencer a modalidade vaca parada, no parque da Harmonia, em Porto Alegre, entregou o troféu para o concorrente que havia �icado em segundo. Foto: Jeandro Garcia MTG: PRESIDENTE: Manoelito Carlos Savaris VICE PRESIDENTE DE ADMINISTRAÇÃO: Nairioli Callegaro VICE PRESIDENTE DE CULTURA: Elenir Winck VICE PRESIDENTE DE EVENTOS: José Roberto Fischborn VICE PRESIDENTE DE FINANÇAS: Gerson Ludwig Não nos responsabilizamos pelas opiniões publicadas no jornal Durante o Acampamento Farroupilha Extraordinário, durante o período da Copa do Mundo, na capital gaúcha, foi organizado um torneio de laço vaca parada para estimular a meninada. Na final, aconteceu algo, no mínimo, inusitado. O menino Henrique Padilha ajudou outros concorrentes, emprestou seu laço, e, até mesmo, ajudou a preparar a armada dando dicas para outros iniciantes, mas foi na decisão que aconteceu o fato que chamou a atenção. Depois de vencer a competição, viu seu concorrente triste, chorando, foi até ele, entregou o troféu de 1º lugar, e consolou o novo amigo. O gesto mexeu com todos que estavam por ali assistindo a competição, pelo belo exemplo de humildade e generosidade do menino. “Muito mais que um troféu de primeiro lugar na vaca parada, está o coração e o caráter desse guri, que indiferente de troféu estava lá, bem faceiro, curtindo e ajudando todos que precisaram e ainda nos emocionou com esse grande gesto” – escreveu Ewilin Ayres, em seu facebook. Henrique dá exemplo de generosidade

[close]

p. 3

Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 3 CHAMA CRIOULA ENART Acendimento da Chama em Cruz Alta DIA 14/08/2014 - QUINTA-FEIRA 09hs - Recepção e Credenciamento no Parque de Exposições de Cruz Alta DIA 15/08/2014 - SEXTA-FEIRA 09hs - Recepção e Credenciamento no Parque de Exposições de Cruz Alta 09hs - Início da Tropeada de Mulas Saída: Lagoa Bonita (Cadeado) - Estrada Ponte Queimada - Cruz Alta - a cargo do departamento de cavalgadas da 9ª RT em direção a Benjamin Nott 12hs - Chegada no marco de fundação de Cruz Alta em Benjamin Nott para sesteada 14hs - Geração da Chama Crioula 2014 e continuidade da tropeada com a participação das demais regiões tradicionalistas em direção à Praça General Firmino. 17hs - Saudação das autoridades aos Tropeiros em frente a Prefeitura 18hs - Recepção aos Tropeiros no Parque de Exposições de Cruz Alta com encenação da Lenda da Panelinha. 20hs - Jantar para homenageados e convidados na sede do Sindicato Rural 20h30min - Apresentação com músicos regionais Praça de Alimentação 22h30min - Espetáculo Artístico Musical com Cristiano Quevedo - Praça de Alimentação DIA 16/08/2014 SÁBADO 06h30min - Alvorada festiva - Parque de Exposições 09hs - Abertura oficial e desfile temático - O Tropeirismo, Marco de Fundação, Lenda da Panelinha e o Tempo e o Vento - Parque de Exposições 10hs - Ato solene de distribuição da Chama Crioula 2014 12hs - Almoço - Parque de Exposições Prenda adulta do CTG apresentará invernada na final do ENART Determinação do Conselho Diretor do MTG prevê que a prenda da entidade fará o chamamento de seu grupo adulto na final do ENART em Santa Cruz, exaltando a história da entidade que fará sua apresentação. Veja a resolução: RESOLUÇÃO Nº 08/14 Determina a forma anúncio da apresentação dos grupos de danças nas fases final e finalíssima do ENART DE 2014. Com a finalidade de valorizar as entidades tradicionalistas, suas histórias, seu patrão e os investimentos em atividades focadas na cultura, o Conselho diretor resolve que: 1. O anúncio da entidade que vai se apresentar e quais as danças que serão apresentadas, na fase final e na finalíssima do ENART de 2014 deverá ser feita por uma das prendas adultas da entidade; 2. A apresentação ocorre no momento imediatamente posterior à liberação do grupo de danças para apresentação e deverá constar, no mínimo, do seguinte: a. Nome, cidade e RT da entidade; b. Data de fundação; c. Nome do primeiro Patrão e do Patrão atual; d. Quais as danças que serão apresentadas; e. Nome dos responsáveis técnicos pela apresentação (instrutor, coreógrafo, etc.). 3. A apresentação deve ser feita no meio da pista de danças, com utilização de microfone sem fio, estando a prenda com sua faixa, independentemente de ser ela integrante do grupo de danças ou não. 4. Essa regra deve ser obedecida pelos grupos de danças das forças A e B e a não observância dessa determinação implica na desclassificação do grupo de danças. 5. O nome, com informação da data de nascimento, da prenda que for apresentar a entidade, deverá ser informado ao MTG até a data do sorteio da ordem de apresentação para a etapa final do ENART 2014, através de documento assinado pelo patrão da entidade. Coreografias no ENART com limitações Resolução fixa critérios e limites para as coreografias de entradas e saídas dos grupos de danças no ENART de 2014. RESOLUÇÃO Nº 09/14 Com a finalidade de alcançar aos objetivos do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha – ENART (artigo 2º do Regulamento), o Conselho Diretor do MTG resolve fixar critérios e estabelecer limites para as coreografias de entradas e saídas dos grupos de danças previstas no artigo 26 do Regulamento do ENART. Em complementação ao que determina o § 3º do artigo 26, deverão ser observados os seguintes requisitos para entradas e saídas: 1. Poderão ser utilizados até dois tradicionalistas além dos integrantes dos grupos para manuseio dos elementos cenográficos que compõe as entradas e saídas, tanto para montagem antes da apresentação, quanto para retirada do material no seu final; 2. Nenhum elemento do cenário poderá permanecer sobre o tablado dedicado à execução das danças e aqueles que permanecerem no entorno do tablado não poderão possuir altura superior a um metro, evitando prejudicar a visão das pessoas sentadas nas arquibancadas ou que se encontrarem em pé no entorno do tablado. 3. É proibido o uso de qualquer material pirotécnico, que utilize fogo, fumaça ou qualquer forma de explosão. 4. Fica proibida a colocação prévia de material cenográfico, utilizado para as entradas e saídas, no interior dos locais das apresentações do grupo. Todo o material será introduzido no local das apresentações nos momentos que antecedem a apresentação do grupo de danças. 5. Logo após a apresentação, todo o material deverá ser retirado do prédio em que ocorrerem as apresentações. 6. O descumprimento dessas determinações, assim como do que estabelece o § 3º do artigo 26 do Regulamento do ENART, acarretará a desclassificação do grupo de danças no concurso de danças tradicionais. 7. Esta Resolução entra em vigor nesta data e se aplica para as etapas final e finalíssima do ENART de 2014 Acampamento da Juventude Gaúcha Dia: 15/08/2014 - Sexta-feira 14hs - Credenciamento 19hs - Início das Atividades Inter-regional de Ijuí tem programação definida PROGRAMAÇÃO 30 de Agosto (Sábado) 08h30min - Palco 1 - Eliminatória Danças Tradicionais – FORÇA B Palco 2 - Eliminatória da Chula Palco 3 - Eliminatória Solista Vocal Feminino - Finalíssima do Violão Palco 4 - Eliminatória Solista Vocal Masculino - Finalíssima da Gaita Piano Masculino Palco 5 - Eliminatória Declamação Masculina - Finalíssima da Trova Mi Maior de Gavetão Palco 6 - Eliminatória Declamação Feminina - Finalíssima do Causo Palco 7 - Eliminatória Dança Gaúcha de Salão 13h30min - Palco 1 - Abertura Oficial 14h30min - Palco 1 - Danças Tradicionais – FORÇA B LOCAIS DOS PALCOS PALCO 01 - Ginásio Municipal Wilson Mânica PALCO 02 - Grupo de Folclore Chaleira Preta PALCO 03 - IMEAB - Auditório PALCO 04 - IMEAB - Sala de Vídeo PALCO 05 - IMEAB - Sala PALCO 06 - IMEAB - Sala PALCO 07 - Grupo de Folclore Fogo de Chão 31 de Agosto (Domingo) 08h30min - Palco 1 - Finalíssima Danças Tradicionais – FORÇA B Palco 3 - Finalíssima Declamação Feminina e Masculina. Palco 5 - Finalíssima Solista Vocal Feminino e Masculino Palco 7 - Finalíssima Dança Gaúcha de Salão 13h30min - Palco 1 - Finalíssima Danças Tradicionais – FORÇA A Obs.: As finais individuais ocorrerão condicionados a ao número mínimo de concorrentes, conforme previsto no regulamento de cada modalidade. HOSPEDAGEM E ALOJAMENTO Jorge Soares - (55) 9123-8724 Guilherme Gutler - (55) 9101-4925 João Argeu Godoy - (55) 9911-0720

[close]

p. 4

4 PROSEANDO COM TENÊNCIA Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO Por Rogério Bastos Casos e Acasos Comunicar: A arte de vender seu “peixe” Tenho palestrado, a exemplo de meu amigo Elomir Malta, de como “falar bem em público”, e ao longo de minha vida tenho visto muita gente competente não ter a capacidade de mostrar aos outros aquilo que se propôs a fazer. A pessoa fala, fala, fala, mas se não souber influenciar o interlocutor, se não conseguir comunicar-se bem, não será ouvido e ninguém colocará em pratica o que disse. Sua fala deve ser capaz de influenciar a pessoa a ponto de impulsiona-la a fazer algo que ela não faria antes de ouvir sua apresentação. Não precisas falar muito em tuas apresentações, mas elas tem que ser organizadas e impactantes. Como acontece nos filmes de esporte ou de guerra, onde o treinador ou um comandante inspiram e mexem com o coração de seus comandados para que eles busquem a vitoria. Quando estiver na frente de uma plateia tente entender os anseios deles. As necessidades que os move. Por isso, digo que, quando algumas prendas e peões vão apresentar seus trabalhos, costumam não receber atenção do público. Por quê? Começa com a insegurança ao cumprimentar o público, mostrando um texto decorado, do tipo “Minhas mais cordiais saudações tradicionalistas...” ou o mais famoso de todos : “primeiramente...” – Nos faz lembrar os guias-mirins de Ouro Preto, ou juvenis, de Porto Seguro, que ao serem interrompidos, tem que começar tudo de novo, a partir da primeira frase. Interaja com público, tenha ritmo e intensidade, toque o coração das pessoas. Os primeiros três minutos de uma apresentação definem se tu vai ser escutado ou se vai ser aturado. Por tanto, “Chegue, chegando...” – A abertura tem que ser forte. Sua palestra precisa ser bem focada e fazer com que as pessoas se lembrem, pelo menos, dos pontos principais. Cursos do MTG em 2014 Depósito Banrisul - Ag.: 0100 - C/c 06.066982.0-3 em nome de Movimento Tradicionalista Gaúcho Enviar comprovante com nome e telefone para 51 3223-5194 ou e-mail para cursos@ mtg.org.br. Os contatos podem ser feitos com a Luciana Borges. Dia Curso Hora Valor Local Agosto 09 23 18 e 19 Sábado Sábado CFor Básico CFor de Patronagem - CTG Estancia do Salvador 9 às 18 9 às 18 R$ 40,00 R$ 40,00 Sede do MTG - POA Tupandi - 15ª RT Outubro Sábado e Domingo CFOR Avançado - Modulo I 9 às 18 Sede MTG - POA Encontro debateu cavalgadas pelo RS O evento reunindo cavaleiros, tropeiros e amazonas aconteceu dia 5 de julho, no Parque da Roselândia, em Passo Fundo. O presidente da Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul, Airto Glademir Timm, organizou o 1º encontro de coordenadores de cavalgadas na cidade de Passo Fundo, pois assumiu com o propósito de aproximar ainda mais a ORCAV das Regiões Tradicionalista, e para isso está elaborando um novo regimento interno do Regulamento de Cavalgadas e de eventos. Estiveram presentes no encontro Manoelito Carlos Savaris, Presidente do MTG, Gilda Galeazzi, coordenadora da 7° RT, o Vereador Marcio Patussi, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Passo Fundo, Daniel Benvegnú Lé, Diretor Presidente da Passotur Fundação Passo Fundo de Turismo, que naquele ato representava o Prefeito Municipal de Passo Fundo. Também Verceli Oliveira, coordenador de cavalgadas da 7°RT, Warlei Catto, Comandante dos Cavaleiros do Mercosul, Antonio Geolar Kurtz, Patrão dos Cavaleiros do Planalto Médio, Dr. Jabs Paim Bandeira, Comandante de Honra dos Cavaleiros do Mercosul, Solon Silva 1º Vice-presidente da ORCAV e Celito Zuffo, vice coordenador da 7ª RT. O Major Eriberto Rodrigues Branco palestrou sobre segurança e legislação de transito para cavalgadas, passando ainda instruções sobre como se portar e proceder em cavalgadas utilizando recomendações de segurança. Manoleito Carlos Savaris falou sobre o cavalo e sua importância para a historia do RS. Ficou definido no encontro o dia 30 de setembro, deste ano, como prazo final para o encaminhamento da documentação para as comendas de cavaleiros, devendo ser direcionado para a coordenação de cada Região Tradicionalista, de acordo com o modelo que está no site do MTG. Ainda, foi aprovado que todas as cavalgadas terão no mínimo 20 km de percurso. Estiveram presentes representantes de cavalgadas da 1ªRT, 2ªRT, 3ªRT, 5ªRT, 6ª RT, 7ªRT, 8ªRT, 9ªRT, 10ªRT, 11ªRT, 13ºRT, 15ªRT, 16ªRT, 17ªRT, 19ªRT, 24ªRT, 27ªRT e 30ªRT. Divulgação Pedro Ortaça – Mestre em folclore Neste dia 03 de agosto estaremos palestrando no encontro regional, da 3ªRT, sobre o tema dos festejos 2014, e depois, entrevistando Pedro Ortaça, Mestre da Cultura Popular Brasileira - Prêmio Humberto Maracanã - Ministério da Cultura, na cidade de São Luiz Gonzaga. Atitude – impulso que nos leva à ações Gosto de destacar pessoas de atitude. Em Santana do Livramento destaco o casal Rui e Andrea Rodrigues que estão organizando o grande encontro de folclore, dia 22/08, com transmissão em cadeia de rádio e tv web. Em Soledade, Mara Muniz vem se destacando, organizando grandes eventos tradicionalistas na cidade, mobilizando as forças vivas do município em torno de melhoras para a cultura. Em Flores da Cunha, o destaque vai para Stela Paim, diretora de escola, mas que não fica só nisso, ela faz mais. Seu DTG, escolar, tem 4 representantes no grupo regional de prendas e peões. Nota 10 para eles. Verceli, Timm, Solon e Eriberto Branco no Encontro Agenda de palestras 03/08 – Santo Ângelo/3ªRT – Encontro Regional de Patrões 12/08 – Cruzeiro do Sul/24ªRT – Encontro Regional de Patrões 13/08 – Passo do Sobrado/5ªRT – Seminário de Professores 22/08 – Flores da Cunha/25ªRT - DTG Herança da Tradição Prazo de entrega da documentação para outorga da Ordem dos Cavaleiros do RS O Presidente da ORDEM DOS CAVALEIROS DO RIO GRANDE DO SUL – ORCAV, estabelece como prazo final para entrega da planilha preenchida com os documentos devidamente conferidos e certificado pelo Coordenador Regional, dia 30 de setembro de 2014 na sede do MTG, rua Guilherme Shell, nº 60, Porto Alegre – RS, documentos esses para certificação e outorga de comenda a cavaleiro nos seus respectivos níveis de acordo com a quilometragem estabelecida no Regimento Interno. A entrega das outorgas da comenda de cavaleiro em todos os níveis ocorrerá durante as comemorações do 48º aniversário do MTG, no dia 25 de outubro de 2014, na cidade de Lagoa Vermelha É condição necessária o cumprimento do prazo de encaminhamento da documentação pra que os cavaleiros sejam agraciados com as comendas. Esclarecermos que essa é a única oportunidade de entrega de comendas neste ano de 2014. Airto G. T. Timm Presidente “Por vezes as pessoas não querem ouvir a verdade, porque não desejam que as suas ilusões sejam destruídas” REFLEXÃO Por ir Elom a t Mal (Friedrech Nietzsche)

[close]

p. 5

Ano XII - Edição 156 DEPARTAMENTO JOVEM Agosto de 2014 5 JuvENART terá transmissão ao vivo A XII edição do JUVENART vai ser transmitida, ao vivo, pela internet. A informação foi confirmada pelo patrão do CTG Sentinela da Querência, de Santa Maria, João Batista de Vasconcelos. A transmissão fica a cargo da R38 Produções, a mesma que transmitiu ao vivo o sorteio da ordem de apresentação do evento. Para acessar a transmissão durante os dias do concurso, será disponibilizado um link no site do CTG. A Comissão Organizadora do XII JUVENART vai realizar a venda de DVD’s com a gravação da apresentação de cada grupo, mediante agendamento. Em breve mais informações. Por Maria Angélica Saraiva - Diretora e Murilo Andrade - Vice-diretor Acampamento da Juventude Gaúcha - Participa Tchê! As inscrições para o acampamento da Juventude Gaúcha, que acontecerá em Cruz Alta durante o Acendimento da Chama Crioula, já podem ser efetuadas no facebook do Departamento Jovem do MTG. A Vice-Presidência de Cultura do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul, através do seu Departamento Jovem Central, vem por meio deste, convidar a todos os tradicionalistas para que nos dias 15 e 16 de agosto deste ano de 2014, por ocasião do Acendimento da Chama Crioula, participem do Acampamento da Juventude Gaúcha, que ocorrerá no Parque de exposições de Cruz Alta, 9ª Região Tradicionalista. A programação do evento dar-se-á da seguinte forma: Dia 15/08/14 14h – início da recepção e credenciamento; 19h – início das atividades do Acampamento. Dia 16/08/14 09h – participação no Acendimento da Chama Crioula; 12h – almoço; 14h – encerramento das atividades do acampamento. Será fornecido certificado estadual de participação neste evento. Convocamos a todos para que efetuem sua inscrição no site do MTG ou página do Facebook do Departamento Jovem. O espaço destinado para o Acampamento será um pavilhão do Parque de Exposições de Cruz Alta, sendo assim, quem não quiser utilizar barracas, poderá apenas levar colchões. A alimentação no evento será junto ao centro de alimentação do Acendimento da Chama, sendo que na noite do dia 15/08 seremos brindados com o espetáculo artístico de Cristiano Quevedo. A ideia de novamente realizar o Acampamento da Juventude Gaúcha surgiu no intuito de proporcionarmos aos jovens tradicionalistas um momento de aprendizado e de confraternização entre as Regiões Tradicionalistas do nosso Estado, fazendo com que o espírito de competição seja deixado de lado, dando lugar a um espaço de comunhão de ideais de amizades, sem jamais se esquecer do cunho cultural que é um dos norteadores dos princípios tradicionalistas. Depois de sete anos desativado, o Acampamento da Juventude Gaúcha retorna para somar com o Movimento Tradicionalista Gaúcho, por isso contamos com a tua participação. Quando nos referimos a jovens, não estamos apenas contemplando o aspecto da faixa etária do tradicionalista, mas sim daquele que traz consigo o espírito dos jovens de 1947, que deram o primeiro passo na construção do tradicionalismo organizado. Te esperamos em Cruz Alta, nos dias 15 e 16 de Agosto de 2014 para o Acendimento da Chama Crioula e para o Acampamento da Juventude Gaúcha! TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 6

6 Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 ECO ENTREVISTA - 3ª PRENDAS DO RIO GRANDE DO SUL A pedagoga da “Terra dos Marechais” “Gaúcho é filho do pago, que ama e zela esta terra. Fronteira, missões, serra, campanha e litoral, recantos do mesmo ideal, onde se vê o céu azul, os rios, a mata, a flechinha, mas tudo é chão farroupilha, tudo é Rio Grande do Sul!” Rubem Sofildo da Silva. Um título para entrar na história Caroline Borges de Lemos, 17 anos, acadêmica do Curso de Direito pela Universidade de Passo Fundo, natural de Joaçaba-SC, reside atualmente em Cacique Doble, e representa o CTG Piquete da Querência da cidade de São José do Ouro, 29ª RT. Sua caminhada tradicionalista teve início no ano de 2006, quando ingressou no CTG Rincão dos Coroados, onde foi 1ª Prenda Mirim e 2ª Prenda Juvenil. Atualmente é 3ª Prenda Juvenil do Rio Grande do Sul. Eco – Como foi a emoção de levar para tua região uma faixa estadual? A emoção foi indescritível! Primeiro, porque ser uma das nove representantes da mulher gaúcha é uma grande honra, segundo, porque ser a Primeira Prenda em 44 anos de Cirandas a conquistar uma faixa estadual para a minha querida região tradicionalista é, com certeza, uma realização que ficará para sempre na história da 29ª RT. Ser uma prenda estadual era um grande objetivo e também um grande sonho, ao qual me dediquei incansavelmente. E por ter a ciência de que, a maioria das pessoas não realizam seus sonhos, me considero privilegiada e abençoada. Em meus pensamentos, sempre que sonhava recebendo o tão almejado título, mas como nem tudo sai como planejamos, quando ouvi ser anunciado o nome da minha cidade, da minha RT e o meu nome, apenas levantei, e fui ao encontro daquela que era a concretização do meu sonho. Eco – Planos para a gestão Tenho como objetivos, levar o nome da minha Região Tradicionalista para todo o estado, divulgando toda a sua potencialidade e mostrando que sim, também somos tradicionalistas e temos pessoas comprometidas e muito capazes, que se empenham para honrar a nossa história e contribuir com o MTG. Outra importante meta que tenho, é realizar um trabalho dentro da minha RT de motivação, para que outras prendas acreditem neste sonho, como eu acreditei. Eco – Comida - Não tenho uma comida preferida, porém gosto de pizzas, churrasco e doces. Eco – Hobby - Meu hobby preferido é estar numa bela roda de mate, proseando com os amigos e a minha família. Eco – Filme - Adoro filmes infantis, pois trazem grandes lições. Sendo que o preferido é Meu Malvado Favorito. Bárbara Schneider, 21 anos, formada em pedagogia, mas atua como auxiliar administrativo na empresa COOTRAVALE. Representa a Sentinela da Paz, a 18ª Região Tradicionalista, que é composta por 12 municípios, o qual pertence a “Terra dos Marechais”, São Gabriel. Representa o Centro de Tradições Gaúchas Tarumã, que frequenta desde 2006, quando ingressou no Movimento Tradicionalista Gaúcho. Atualmente é 3ª Prenda Adulta do Rio Grande do Sul. Eco – Como foi a emoção de levar par atua região uma faixa estadual? Atualmente ostento o titulo de 3ª Prenda do RS, a emoção é grande, pois é uma alegria ser uma das 9 representantes do nosso Rio Grande do Sul, após o resultado é inexplicável a sensação, pois a preparação é longa e trazer o titulo de prenda estadual para minha região e entidade é gratificante. Eco – Comida - A comida que aprecio, é um dos símbolos do nosso Rio Grande, o churrasco. Eco – Filme e livro preferidos Assim como os livros e filme que admiro, é o “Tempo e o vento”, que é uma série literária do grande escritor gaúcho Érico Veríssimo, que retrata a saga das famílias Terra e Cambará aqui no Rio Grande do Sul. Eco – Hobby Como hobby também cultuo as nossas tradições, levando aos meus alunos de declamação a devida preparação para rodeios, Cirandas e Entreveros. Eco – planos para a gestão? Como prendas estaduais, foram abertas novas portas dentro do Movimento Tradicionalista Gaúcho, queremos trabalhar com a sociedade todo o nosso conhecimento da cultura e tradição. Divulgar dentro das entidades, escolas e cidades na divulgação do nosso tradicionalismo. Pois a história de um povo é a presença da nossa tradição. Foto: Divulgação O amor ao Rio Grande e a terra vermelha Maysa Rebelo Crestani, natural de São Luiz Gonzaga, tem 12 anos, cursa o 7º ano no Instituto Estadual Rui Barbosa. Começou sua caminhada tradicionalista n o CTG Galpão de Estância. Em 2012 concorreu e conquistou o titulo de 1ª Prenda Mirim, não concorrendo no regional daquele ano, somente depois de ser eleita pela segunda vez é que concorreu na 3ª RT, onde sagrou-se 1ª Prenda Mirim da região. “Esta conquista fez me sonhar mais alto e, então, me preparei,estudei, e enfrentei a fase estadual” – conta Maysa. Eco – Como foi a emoção de levar para atua região uma faixa estadual? Representar a 3ª RT e trazer uma faixa estadual para ela é uma felicidade emoção muito grande pois era mais uma faixa para minha região e também para o meu CTG que há muitos anos não conquistava um resultado a nível estadual e também uma forma de agradece a todos o apoio que eles depositaram em mim. Eco – Planos para a gestão Meu planos para essa gestão é aprender mais com meus colegas de prendado, fazer novas amizades, contribuir em prol do tradicionalismo, interagir com minhas colegas de gestão e também com as prendas de meu e de outros CTGs , poder passar um pouco do meu conhecimento como prenda para todos e trabalhar para expandir mais a cultura tradicionalista para fortalece-la a cada dia. . Comida – Churrasco, um bom carreteiro e como boa italiana uma polenta formai Hobby – adoro fazer coisas com a família e com meus amigos, me divertir cantar e dançar. Filme – O Tempo e o Vento e a Casa das 7 Mulheres. Livro – Gosto muito de ler livros de autores de minha cidade como bombachas voadoras de Niltow Alvim, Galpão de Estância de Jayme Caetano Braum, São Luiz de Criança para Criança de Stefani Ferrari Rodrigues. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 7

Ano XII - Edição 156 ESPAÇO DA CITG Agosto de 2014 7 Por: Dorvílio Calderan - Presidente ESPAÇO DO IGTF Por: Rodi Borghetti - Presidente IGTF Acampamento da Copa encerra com saldo positivo O Acampamento Extraordinário da Copa, no Parque Harmonia, em Porto Alegre, encerrou no dia 13 de julho com saldo positivo na minha avaliação. Durante trinta dias o espaço serviu para mostrar ao público, que veio à Capital para assistir aos jogos do Mundial de Futebol, as tradições e o folclore dos gaúchos. Criado pela Comissão Municipal e a 1ª Região Tradicionalista (RT) do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) para divulgar a nossa cultura, o Acampamento reuniu 76 piquetes, feira de artesanato, demonstrações campeiras, oficinas, palco para espetáculos e praça de alimentação. Durante o período, os visitantes conheceram uma parte dos hábitos gaudérios, através de detalhes como a dança, música, gastronomia e a indumentária. O Acampamento mostrou a que veio desde a abertura, no dia 12 de junho. Na ocasião, dezenas de cavalarianos, organizados pela 1ª RT, percorreram um trecho de 13 quilômetros, da Estrada dos Alpes até o Parque da Harmonia, portando as bandeiras de todos os países participantes da Copa para acompanhar a abertura do espaço. Outro ponto positivo foi o desenvolvimento do projeto Turismo de Galpão que ofereceu oficinas e atividades em espanhol inglês e linguagem de libras. Através dessa iniciativa, o público pode participar de atividades relacionadas à cultura gaúcha. Entre as ações desenvolvidas, destaco o aprendizado do preparo de um bom churrasco e do carreteiro de charque, além da encilha de cavalo. A frequência de visitantes nos surpreendeu, principalmente dos estrangeiros que ficaram encantados com os nossos costumes, gastronomia, música, dança e cultura em geral. Em função desse interesse e graças a nossa hospitalidade o mate passou de mão em mão durante todo o período que estivemos lá. Os dados divulgados pela Secretaria Municipal de Cultura confirmam essa percepção. De acordo com esse órgão, 140 mil pessoas passaram pelo acampamento. Deste total, vinte mil prestigiaram os shows realizados no palco principal, cinco mil acompanharam as provas campeiras e cerca de 3,5 mil participaram dos bailes e espetáculos apresentados no centro de eventos. Inserido neste contexto, a Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF) montou um galpão que recebeu mais de cinco mil visitantes. Por lá passaram franceses, hondurenhos, australianos, holandeses, coreanos, argelinos, nigerianos, argentinos, alemães, mexicanos, norte-americanos e uruguaios, além de brasileiros de diversos Estados. No local, tiveram acesso à cultura, história, tradições e o folclore do Rio Grande do Sul, através de uma exposição com catorze painéis – cedidos pelo Memorial do RS – que mostrou os principais eventos que ocorreram em nosso solo e que contribuíram para a formação da identidade do nosso povo e uma mostra da indumentária gaúcha do ciclo farroupilha. O galpão também disponibilizou uma mostra sobre a vida e obra de Barbosa Lessa e, na parte exterior, um jardim típico das fazendas do Interior do Estado. Entretanto, o que mais chamou a atenção dos estrangeiros foi o chimarrão. O hábito de sorver o amargo provocou a curiosidade e despertou dúvidas. A mais frequente, no entanto, referiu-se à higiene dos apetrechos utilizados. Os estrangeiros estranharam que uma mesma cuia e bomba fossem usadas por várias pessoas. A informação tranquilizou os estrangeiros que acabaram provando e gostando da bebida. Poucos, porém, solicitavam mais uma cuia. Apenas os argelinos pediram para repetir e revelaram que, no seu país, o povo tem o hábito de tomar muito chá. O trabalho no galpão também contou com a participação das secretarias de Estado da Cultura, Esporte e Lazer e de Turismo, além da Associação dos Amigos da Tradição (AATF) e da ervateira Elacy, que fornecia gratuitamente erva-mate e água quente aos visitantes. A cultura gaúcha em Paris Sempre encontramos mundo afora pessoas que, mesmo distante, procuram demonstrar o seu amor a nossa cultura gaúcha e trabalham em prol da sua divulgação.... Um dos exemplos é a Associação Sol do Sul que motivada pelo desejo de apresentar o nosso Estado ao mundo promoverá em Paris, o “2º. Festival do Rio Grande do Sul, em Paris”, no período de 10 a 12 de Outubro de 2014. Neste segundo Festival, a Associação Sol do Sul se propõe a dar continuidade a seus propósitos de tornar o Rio grande do Sul cada vez mais próximo da Europa em geral, e da França, em particular. O Festival tem por objetivo ressaltar as características próprias, e seus valores turísticos, culturais, sociais e artísticos, através de apresentações de musica, dança, exposições, conferencias, atividades culturais e esportivas Nessa edição pretende reunir algumas das etnias que colonizaram o Rio Grande do Sul: Alemanha, Itália, Portugal, Polônia, entre outros, e seus representantes oficiais. .A Associação Sol do Sul é uma associação localizada na cidade de Paris, desde 2003, que tem como objetivo promover a cultura brasileira na França organizando manifestações culturais como eventos, exposições, concertos, promovendo viagens de intercâmbio. Sobretudo visa estimular a divulgação da região Sul do Brasil (Rio Grande do Sul), e, também trazendo a cultura francesa para o Brasil através das mesmas atividades. A programação do Festival e, maiores sobre a Associação poderá ser encontrada no site www.soldosul.fr. ESPAÇO DA CBTG João Ermelino de Mello - Presidente Fegams, Congresso e Convenção O Presidente da CBTG - João Ermelino de Mello prestigiou o 25º Festival Sul-Mato-Grossense de Folclore e Tradição Gaúcha (Fegams), realizado pelo MTG/MS e CTG Querência da Saudade, em Ponta Porã/MS, de 17 a 20 de julho. João Mello participa desde a segunda edição do Fegams - considerado o maior encontro do tradicionalismo no Mato Grosso do Sul. “Estou emocionado e orgulhoso em participar deste grandioso evento do nosso querido Estado no ano em que comemoramos o jubileu de prata do Festival, onde preservamos a integração da família tradicionalista gaúcha, bem como seus costumes e folclore. Sempre valorizando nossos jovens, que são nosso futuro, para assim fortalecermos o movimento no Estado”, comentou o Presidente da CBTG durante a solenidade de abertura. João Ermelino de Mello atua no movimento tradicionalista naquele Estado há anos e prestigiou diversas provas durante os quatro dias de Fegams, acompanhado de sua esposa Carmen Beatriz Kraemer, do Presidente do MTG/MS -Natal José Marchioro e esposa Reni Marchioro e Patrão do CTG Querência da Saudade - João Cirio Conrad. A comissão avaliadora da CBTG capitaneada pelo seu Diretor Artístico - Nelio Jarbas Spolti e juntamente com integrantes do RS/MT/ SP, participou do evento pela primeira vez em Mato Grosso do Sul e foi um sucesso. João Ermelino de Mello comenta que o Fegams recebeu investimentos do Governo do Estado e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, por meio do Fundo de Investimentos Culturais. “Importante ressaltarmos que existem recursos culturais nos Estados para que os CTG’s apresentem seus projetos. Caso aconteça a aprovação dos mesmos, são destinados os recursos para a realização dos eventos do movimento tradicionalista e o fortalecimento da tradição gaúcha”, destaca o Presidente. Convocação Congresso - A Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha (CBTG) convoca Diretoria Executiva, Conselho de Vaqueanos, Conselho Diretor, Junta Fiscal, Conselho de Ética e Delegados do MTG para o Congresso Extraordinário que acontecerá no dia 9 de agosto de 2014, às 8h30, em Piratuba/SC, para eleger os ocupantes dos cargos eletivos da CBTG, conforme artigo 117. Convocação Convenção - A Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha (CBTG) convoca Diretoria Executiva, Conselho de Vaqueanos, Conselho Diretor, Junta Fiscal, Conselho de Ética, Prendas com Faixa e Peões com Crachá (todos da CBTG e maiores de 16 anos) e Delegados do MTG para a Convenção Extraordinária que acontecerá no dia 9 de agosto de 2014, às 9h30, em Piratuba/SC, para tratar dos seguintes assuntos: regulamentação da ação político-administrativa da CBTG, regulamentação campeira (adequações), regulamentação artística (propostas e adequações), Fenart 2015 (inclusive com visitação ao local do evento) e assuntos diversos (há limite de tempo). Contamos com a participação de todos para podermos continuar com os trabalhos da Confederação, bem como preservar o tradicionalismo gaúcho brasileiro com a integração dos MTG’s. Datas comemorativas - No dia 22 de agosto comemoramos o Dia do Folclore. Para homenagearmos tão relevante data sugerimos que os MTG’s realizem atividades referentes ao Folclore Gaúcho e de seus Estados. Aproveitamos a oportunidade para parabenizarmos os Pais (Dia dos Pais - segundo domingo de agosto) e os Estudantes (11 de agosto). TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 8

8 NOTÍCIAS Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 Gaúchos doando sangue e salvando vidas Departamentos, Jovem e Cultural, do CTG do Peão Farroupilha do RS realiza a segunda edição de evento para captar sangue para hemocentro da cidade. A sociedade costuma ter a visão que CTG é apenas dança e nada mais. Para provar o contrário o CTG Felipe Portinho, através de seus departamento jovem, com Kelvyn Eduardo Krug, e cultural, com Cristiane Ataídes, apoiados pela ex-prenda do estado, Adriane Rebechi Rodrigues, promoveram pelo segundo ano o projeto “Gaúchos Doando Sangue e Salvando Vidas”. “No ano de 2013 nosso sonho virou realidade, com o apoio total do CTG Felipe Portinho, do Hospital Cristo Redentor, da Secretaria de Saúde, e como principal parceira a empresa BRF, que colaborou com lanches aos doadores, conseguimos trazer Biblioteca do MTG em pleno funcionamento Com o nome de um grande poeta e presidente do MTG, biblioteca abriu para receber as pessoas que buscam conhecimento. Está em pleno funcionamento o departamento de apoio em acervo bibliográfico e de imagens físicas e virtuais do MTG, em especial, a biblioteca Guilherme Schultz Filho. Construída e inaugurada em 2010, a biblioteca conta com um grande acervo de livros, jornais e revistas, além de fotografias, não só sobre tradição gaúcha, mas um vasto material literário que é cuidado com muito zelo pelas diretoras Vera Rejane Freitas e Vilma Conceição Paese. “A biblioteca está a disposição de quem quiser fazer sua pesquisa nas terças e quintas à partir das 9h da manhã até as 18h, além disso podemos agendar visitas” - disse Vera Rejane, que é voluntária na organização da biblioteca, junto com sua colega Vilma. Foto: Rogério Bastos a Unidade Móvel do HEMOPASSO, realizando coletas em nossa entidade, idealizando o slogan “Gaúchos Doando Sangue e Salvando Vidas”, com 165 atendimentos e 94 pacientes aptos a doar”- contou Kelvyn. No mês de junho de 2014, realizaram o “2º Gaúchos Doando Sangue e Salvando Vidas” com 150 atendimentos e 105 pacientes aptos para a doação. “Já estamos nos preparando para a próxima campanha dessa entidade que, a cada dia, vem crescendo mais e mais a nível estadual e cumprindo com os temas propostos pelos congressos tradicionalistas” – concluiu. Foto: Divulgação Material bibliográfico já está a disposição daqueles que buscam conhecimento Neusa Secchi lança livro de folclore Foi no domingo, dia 27, durante a 79ª Convenção Tradicionalista em Caxias do Sul, que a professora lançou sua primeira obra. Kelvyn comemora o sucesso do projeto que pode ajudar muita gente Revista Galpão da Peonada Revista voltada a arte e a tradição gaúcha nasceu de uma paixão pela cultura e pelos meios de leva-la ao público dos CTGs Em 2006 ao retornar para Santa Maria, Eduardo Silva aproximou-se do grupo adulto do CPF Piá do Sul, no ano seguinte nasceu o projeto “Galpão da Peonada”. Esse projeto se desenvolveu de várias formas: de um programa de TV em um Canal à Cabo, que não se prolongou por muito tempo devido a falta de audiência e patrocinadores, depois veio a ideia de um jornal, que durou algum tempo, mas acabou também. “Ao retornar em 2013 fui a um evento com o grupo juvenil do CPF Piá do Sul, a Reculuta, em Passo Fundo, do CTG Lalau Miranda, nesse momento vi que meu futuro era esse e que deveria entrar de cabeça” – contou Eduardo. Ali nasceu o projeto da Revista. “Pesquisamos valores, forma de impressão, mas faltava um empurrão, uma palavra que desse incentivo, foi nesse momento que busquei a experiência de Rogério Bastos que na ocasião era assessor de imprensa do MTG e este me deu um grande apoio, dizendo que era a única e isto estava faltando. Era a palavra que faltava, foi então que comecei a viajar pelo estado buscando informações e tentando divulgar a todos” – revelou Eduardo sobre o surgimento da Revista. A Revista Galpão da Peonada é mantida diretamente por patrocinadores, e diversas promoções como buscar trabalhar por assinaturas, pois com elas sobra mais tempo para focar nas matérias. “Acho que tudo vem dando muito certo devido ao respeito que temos pelo MTG, em nossa página nunca deixamos que ofensas ou palavras venham ofender a pessoas ou ao movimento ao mesmo tempo buscamos falar o fato real, ver a informação na hora que acontece”. A partir do mês de agosto a revista Galpão da Peonada começará a ser mensal, com todo foco direcionado ao Enart e para isso participará de todas as Inter-regionais. 25 anos de dedicação, pes- como Rose Marie dos Reis, Lilian Arquisas e projetos colocados me pra- gentina Braga Marques, entre outros. tica nas escolas por onde passou, Recebeu premio como o Troféu MuCTGs e instituições, após observa- lher Farroupilha, do Governo do estações e analises da validade do uso do do do RS, Destaque Folclore - da sefolclore como recurso no processo de cretaria estadual da mulher, Medalha ensino-aprendizagem, Neusa Secchi Jayme Caetano Braun - difusão da lança seu livro: Folclore na Escola - cultura gaúcha, conferido pela AssoAplicação pedagógica, brinquedos e ciação Brasileira de Trovadores e a brincadeiras. medalha Dante de Laytano, conferido Neusa Marli Bonna Scchi pela Comissão Gaúcha de Folclore. passofundense, graFoto: Rogério Bastos duada em história e pós graduada em folclore. Foi presidente da Comissão Gaúcha de Folclore e conselheira da Comissão Nacional de Folclore, além de diretora cultural da 1ªRT por diversas vezes e vice-presidente de cultura do MTG. A professora, aposentada, sempre dedicou seu tempo aos trabalhos com escolas com diversos trabalhos publicados em outros livros. Trabalhou com Neusa Secchi já foi presidente da Comissão Gaúcha de Folclore expoentes do folclore TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 9

Ano XII - Edição 156 NOTÍCIAS Agosto de 2014 TURISMO NO SUL 9 Por Jeandro Garcia #Eu sou do sul e to no mundo O Acampamento da hospitalidade extraordinária Foto: Jeandro Garcia As prendas e peões regionais e o departamento cultural da 18ªRT lançaram no final de semana do encontro de patrões a campanha “#eusoudosuletonomundo”. A apresentação do projeto aconteceu durante o 166º encontro regional realizado em Dom Pedrito. A campanha tem o objetivo incentivar e expor o amor e o respeito de tradicionalistas que estão longe do estado. Segundo a 1ª prenda da 18º RT, Diellen Soares, canais de comunicação foram criados nas redes sociais, facebook e instagram para que as pessoas possam publicar depoimentos, fotos, vídeos, entre outros, de momentos em que mesmo fora do estado, cultuam a tradição gaúcha. A prenda comenta que o projeto teve grande aceitação pelos tradicionalistas que participavam do encontro e já está sendo explorado nas redes sociais através da página no facebook “Eu sou do Sul e tô no mundo” e também pela hashtag “#eusoudosuletonomundo” no instagram. “Em 12 horas tivemos a adesão de cerca de 240 pessoas e contato com gaúchos que estão em várias partes do mundo”, contou Diellen. O material publicado nas redes sociais será compilado e apresentado em eventos tradicionalistas. O lançamento oficial da campanha foi na 79º Convenção Tradicionalista e 62º Congresso Tradicionalista Gaúcho que aconteceu em Caxias do Sul. Cavalgada, passando pelo Olímpico, marcou o inicio do Acampamento Carlos Eugênio “Vacaria” tomou posse na Academia Sul-Brasileira de Letras Na noite de 09 de maio, na centenária Bibliotheca Pública de Pelotas, tomou posse na Academia Sul-Brasileira de Letras, sociedade civil sem fins lucrativos que congrega 60 intelectuais – artistas da palavra, do canto e da música - dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, na cadeira número 6, cujo patrono é Fernando Luiz Osório, o poeta e professor Carlos Eugênio Costa da Silva. Conhecido no meio tradicionalista como “Vacaria”. Vacaria tem em seu currículo mais de duzentas premiações e honrarias, entre elas: Mérito Tradicionalista - Comenda João Simões Lopes Neto da Câmara de Vereadores – Pelotas – 2003; título de Cidadão Pelotense, concedido em 2010 pela Câmara de Vereadores de Pelotas por sua dedicação à Literatura, Campeão do Rodeio Internacional de Vacaria 2010 – Poesia Inédita, Campeão da Campereada Internacional de Alegrete 1997, 1999, 2000 – Poesia Inédita; Campeão do Concurso Literário Nacional “Sesquicentenário de Francisco Lobo da Costa” promovido pela Academia Sul-Brasileira de Letras – Poesia Inédita - 2003; Campeão do Concurso Revelação Literária – Poesia Inédita em Sant’Ana do Livramento – 1993 e no ENART foi Vice Campeão Gaúcho – Poesia Inédita – 2002 e Vice Campeão Gaúcho – Causo Gauchesco de Galpão também em 2002, Campeão Gaúcho – Poesia Inédita – 2003, Terceiro Lugar – Conto Gauchesco – 2004, Vice Campeão Gaúcho – Poesia Inédita – 2005, Terceiro Lugar – Conto Gauchesco – 2006 e Vice Campeão Gaúcho – Poesia Inédita – 2007. O destacado poeta ainda é Delegado Regional da Estância da Poesia Crioula e Vice-Presidente da Confraria Literária Amigos de Lobo da Costa, além de ter a publicação de quatro livros de poesia e o AlmaFoto: Acervo Pessoal naque Francisco Lobo da Costa, obra de pesquisa que tem a autoria em conjunto com a professora Ângela Treptow Sapper, sua madrinha na Academia Sul-Brasileira de Letras, lançado na Feira do Livro de Pelotas em 2013. Como professor leciona Língua Portuguesa e Criação Literária no Projeto Mais Educação da Escola Estadual Cassiano do Nascimento – Pelotas e na Saúde Mental - Centro de Atenção Psicossocial infantil – CAPS i Canguru, onde a poesia é utilizada como oficina terapêutica. Na ocasião da posse, Carlos Eugênio relembrou sua infância na velha Vacaria e enfatizou a presença da poesia em sua vida, discursando e agradeVacaria já foi Peão Farroupilha cendo aos Confrades e público presente, com seus versos inspirados e emocionantes. Foram cerca de 30 dias de muita tradição, confraternização e principalmente hospitalidade de todos os galpões participantes do Acampamento Farroupilha Extraordinário. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura foram 140 mil visitantes, que prestigiaram não somente os galpões, mas também as diversas atividades que ocorreram no Parque da Harmonia. Dentre as atrações tivemos a cavalgada de abertura, despedidas de prendas e peões da gestão 2013/14, rodeio campeiro, festival mirim, apresentações diversas no palco principal, tertúlia livre, bailes e outras atrações para o público em geral. A grande peculiaridade desta edição foi o foco voltado a atender os turistas da Copa do Mundo, tanto locais quanto estrangeiros, que puderam conhecer nossa cultura através de inúmeras atividades culturais, realizadas dentro dos galpões e pelo parque. E para isso todos receberam treinamentos de como receber bem os turistas, alimentação e outras atividades voltadas ao atendimento e a qualidade do evento. A 1ª Região Tradicionalista criou um blog para registar esta edição especial, com a finalidade de convidar a todos para as atrações dos galpões e os eventos do acampamento, também servido como registro deste momento tão especial, onde o povo gaúcho mostrou e compartilhou a nossa cultura a tantas nações, para acessar o blog digite www.1rtrs.com.br/acampamentoextraordinario/. Este blog foi criado e atualizado por minha prenda Éwilin Ayres e eu, e nesta bela experiência podemos visitar 80% dos galpões e comparecemos a todos os eventos, registramos inúmeras atividades, e mesmo antes de nos identificarmos éramos muito bem recebidos em muitos galpões. Mas alguns ainda precisam aprender que “porteira aberta” começa em “não ter porteira”, pois onde há uma porteira fechada os visitantes não entram para visitar, e mesmo que aberta, o ideal é nem tê-la, pois grande parte daqueles que não tinham porteira eram sempre mais visitados. Pessoalmente temos que parabenizar todos os envolvidos, foi um lindo evento, onde milhares de turistas vivenciaram a nossa cultura de diversas formas, recebemos bem a todos e muitos levaram ótimas lembranças gaúchas, afinal, o turista quer ver o “gaúcho”, pois o que ele já conhece lá fora não é novidade para ele. Nosso chimarrão, culinária, música, campeira, artística e cultura fizeram sucesso entre os “gringos”, mas com certeza a melhor lembrança que levaram do Rio Grande do Sul foi a hospitalidade. Foto: Jeandro Garcia Acampados procuraram decorar o melhor possivel os galpões para receber visitantes

[close]

p. 10

10 Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 Conheça os grupos de prendas e peões regionai 1ª Região Tradicionalista 4ª Região Tradicionalista 6ª Região Tradicionalista 1º Peão Farroupilha - Renan Marques 1º Guri Farroupilha - Jean Matheus / 2º Guri Farroupilha Dylan Moura /3º Guri Farroupilha - Bryan Moraes 1ª Prenda Mirim - Stefani Tavares / 2ª Prenda Mirim – Marina de Fátima Guedes/ 3ª Prenda Mirim - Cláudia 1ª Prenda Juvenil - Nathaly / 2ª Prenda Juvenil - Nicole Nunes 1ª Prenda Adulta - Cristel Moura /2ª Prenda Adulta - Maria / 3ª Prenda Adulta - Debora Rocha Chinoca - Claudia Nunes Lunardi 3ª Região Tradicionalista 1º Piá Farroupilha - Bernardo Augusto Rezes Leite / 2º Piá Farroupilha - Rafael Pereira da Costa 1º Guri Farroupilha - Victor Matheus Machado da Conceição / 2º Guri Farroupilha - Leonardo Soares 1ª Prenda Mirim - Milena Oliveira / 2ª Prenda Mirim Verônica Trindade Correia / 3ª Prenda- Celi Beatriz O. Charão 1ª Prenda Juvenil - Pâmela de Lima da Costa / 2ª Prenda Juvenil- Andrielle dos Santos da Silva / 3ª Prenda Juvenil Dianifer Bandeira Dos Santos 1ª Prenda - Bruna Hyulli O. Charão / 2ª Prenda - Suelen Salgueiro Rios 1ª Prenda Mirim - Laura Nunes Campos / 2ª Prenda Mirim Vitoria Vaguetti Goulart / 3ª Prenda Mirim - Ana Carolina S. Machado 1ª Prenda Juvenil - Tassya Pereira Maraciulo / 2ª Prenda Juvenil - Gabriela Barcelos C. Leal / 3ª Prenda Juvenil - Darcieli Pereira Silveira 1ª Prenda Adulta - Bianca Oliveira Mello / 2ª Prenda Adulta Rubia Rodrigues Fonseca / 3ª Prenda Adulta - Marisa Gomes Oliveira Piá Farroupilha - Douglas Farias 1º Guri Farroupilha - Arthur da Silva Mendonça / 2º Guri Farroupilha - Leandro Saraiva Machado 1ª Peão Farroupilha - Pablo da Silva Nogueira 5ª Região Tradicionalista 7ª Região Tradicionalista 1º Piazito - Vilmar Kasburg Maciel Junior / 2º Piazito - Tierry Monzon Robalo / 3º Piazito - Gustavo Gabriel Ferreira Marques 1ª Prenda Dente de Leite - Bibiana de Oliveira Schittler / 2ª Prenda Dente de Leite - Lohany Lopes / 3ª Prenda Dente de Leite - alita Lorenzoni Donatto 1º Piá Farroupilha - Enzo Elias Furquim Ereno / 2º Piá Farroupilha - Iago Carvalho dos Santos / 3º Piá Farroupilha Gabriel Krüger Macht 1ª Prenda Mirim - Carine Clerici Dieminger / 2ª Prenda Mirim - Laísa Pes Nascimento / 3ª Prenda Mirim - Julia Tolfo Soares 1º Guri Farroupilha - Henrique Becker dos Santos / 2º Guri Farroupilha - Pedro Ernani Lago / 3º Guri Farroupilha Gabriel Vinicius Maurer Bardo 1ª Prenda Juvenil - Jayne Nascimento Machado / 2ª Prenda Juvenil - Andressa Carlotto de Souza / 3ª Prenda Juvenil Gabriele Leticia Bonhert Puhl 1º Peão Farroupilha - Luan Andrey Vieira / 2º Peão Farroupilha - Vagner Soares do Amaral / 3º Peão Farroupilha - Luander Brandão de Oliveira 1ª Prenda - Diana Jucieli Ribeiro / 2ª Prenda - Hayatt Husam Mansour / 3ª Prenda - Yaçana Finger Marcon 1ª Prendinha - Tábata Jahn / 2ª Prendinha - Só a Moraes Marques / 3ª Prendinha - Júlia Lopes 1º Piazito - Bernardo R. Teixeira da Rosa / 2º Piazito - Felipe Guerreiro de Souza 1ª Prenda Mirim - Sindyane Machado de Souza / 2ª Prenda Mirim - Daniela Lucas Brocardo 1º Piá - Henrique Machado Rusch 1ª Prenda Juvenil - Mariana B. Quevedo de Freitas / 2ª Prenda Juvenil - Hellen Teixeira de Moraes / 3ª Prenda Juvenil - Luana Jamille Kroth 1º Guri - alys Bulsing Oliveira / 2º Guri - Gabriel Rael Teixeira / 3º Guri - ayson Gonçalves da Silva 1ª Prenda - Camilla Eidt Schiedeck 1º Peão Farroupilha - Taylor Bulsing Oliveira 1ª Chinoca - Luciane Carvalho 1º Prenda Mirim - Gabriele Portela Ramos / 2º Prenda Mirim Rani Molinari Presser / 3º Prenda Mirim - Ana Júlia Lencina 1º Prenda Juvenil - Diovana Fernanda Morates / 2º Prenda Juvenil - Ranielly Albina Ramos / 3º Prenda Juvenil - Gabriele Winckler Guedes 1º Prenda - Marina Giolo / 2º Prenda - Fabiana Portella de Souza / 3º Prenda - Andressa Pereira 1º Piá Farroupilha - Rai Paulo Pagotto / 2º Piá Farroupilha Vilson Junior Vieira Calonego / 3º Piá Farroupilha - Bernardo B. Graciolli 1º Guri Farroupilha - Guilherme H. B. Nervo / 2º Guri Farroupilha - Vitor Zottis Batista 1º Peão Farroupilha - Leonardo do Amarante Pinheiro / 2º Peão Farroupilha - Douglas de Oliveira / 3º Peão Farroupilha Édipo Alex da Rosa 8ª Região Tradicionalista 9ª Região Tradicionalista 17ª Região Tradicionalista 1ª Prenda Eduarda Regina Wagner 1ª Prenda Juvenil - Carolina Nicaretta Bernardi 2ª Prenda Juvenil - Luciana Magalhães Barcelos Guri Farroupilha - Wagner Stan 1ª Prenda: Aline Almeida de Souza 1ª Prenda Juvenil: Vitoria Costa 2ª Prenda Juvenil: Giulia Marine 3ª Prenda Juvenil: Larissa Santos 1ª Prenda Mirim: Flávia Moraes 2º Prenda Mirim: Ingridi Gazzola 1º Peão Farroupilha: Felipe Lima Pires 1º Guri Farroupilha: Pedro Henrique Tavares da Fonseca 2º Guri Farroupilha: iago Carneiro Lourenço de Lima 1ª Prenda: Jariane Terezinha de Oliveira Gomes / 2ª Prenda: Mariana Rigotti Reis 1ª Prenda Juvenil: Daiana Dal Ros / 2ª Prenda Juvenil: Bruna Morais Pazze / 3ª Prenda Juvenil: Iza Maria Silva dos Santos 1ª Prenda Mirim: Rafaela Briato da Silva / 2º Prenda Mirim: Kaiany Geller / 3ª Prenda Mirim: Gabrielle da Rosa Costa 1º Piá Farroupilha: Bernardo Damião Cossetin 1º Guri Farroupilha: Erick Rocha da Silveira / 2º Guri Farroupilha: João Pedro Severo Nogueira / 3º Guri Farroupilha: Leonardo Malheiros Azevedo 1º Peão Farroupilha: Fabiano Trevisan da Rocha / 2º Peão Farroupilha: Jardelino Neto Santos Coelho / 3º Peão Farroupilha: Alison Jorge de Mello Fernandes

[close]

p. 11

Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 11 is que começam a caminhada rumo a 2015 19ª Região Tradicionalista 14ª Região Tradicionalista 15ª Região Tradicionalista 1ª Prenda Mirim: aiane Cararo Momo / 2ª Prenda Mirim: Bruna Mingoti Fávero / 3ª Prenda Mirim: Emanuelly R. da Silva 1ª. Prenda Juvenil: Fernanda Luiza Facioli / 2ª Prenda Juvenil: Bianca Scottin Tessmann Guri Farroupilha: Gilmar Rosa Júnior 1ª Prenda Mirim - Ana Júlia Carlet 2ª Prenda Mirim - Gabriella Palmeira 1ª Prenda Juvenil - ayla Strapasson 1ª Prenda - Fernanda Pinheiro Peão Farroupilha - José Anildo Brum da Silva Piá Farroupilha- Arthur Miguel Haumpenthal 13ª Região Tradicionalista 12ª Região Tradicionalista Piá Farroupilha - Henrique Woievoda 1ª Prenda Mirim - Amanda Carolina Costa / 2ª Prenda Mirim - Carolina Rocha da Silva Guri Farroupilha - Mickael Fernando Frese Cristo / 2º Guri Farroupilha - Gabriel Angel Costa / 3º Guri Farroupilha Kelwyn Braga Frese 1ª Prenda Juvenil - Dienifer Canabarro / 2ª Prenda Juvenil Milena Borchardt da Silva / 3ª Prenda Juvenil - alia Frese Cristo Peão Farroupilha - Lourenço de Oliveira Nunes / 2º Peão Farroupilha - Gabriel Chaves Martins 1ª Prenda - Narriman Caroline de Ramos / 2ª Prenda Pâmela Fernanda Frese Cristo / 3ª Prenda - Juliana Lunardon Rodrigues da Silva 18ª Região Tradicionalista 1ª Prenda: Marina Lara Silva dos Santos Teixeira / 2ª Prenda: Caroline Sanmartin 1ª Prenda Juvenil: Rafaela Anversa Schreiner / 2ª Prenda Juvenil: Natali Isabel Ávila da Rosa / 3ª Prenda Juvenil: Rita de Cássia de Oliveira Flores 1ª Prenda Mirim: Bruna Flores Campos / 2ª Prenda Mirim: Eluize Nascimento de Oliveira / 3ª Prenda Mirim: Marina Machado Maurente 1º Peão Farroupilha: iago Rodrigues da Cunha / 2º Peão Farroupilha: Vinícius Ávilla 1º Guri Farroupilha: Gustavo Bica Regio / 2º Guri Farroupilha: Otavio Porgher Pereira da Silva / 3º Guri Farroupilha: Pedro de Azeredo Schafer 1º Piá Farroupilha: Leonardo Panno Melo / 2º Piá Farroupilha: João Nei da Silva Lopes 1ª Prenda - Natasha Sales Bohrer / 2ª Prenda - Elisandra Rodrigues Krustiel 1ª Prenda Juvenil - Fernanda Dutra / 2ª Prenda Juvenil - Giovanna Zoppas Pierezan / 3ª Prenda Juvenil - Victória Pechina Ferreira 1ª Prenda Mirim - Mishely Godoy Ferrari / 2ª Prenda Mirim - Gabriella da Silva Gonçalves / 3ª Prenda Mirim - Camilly Gabriele Jacques 1ª Chinoca - Claudia Patrícia Varela Dias 1º Peao Farroupilha - Lucas Feijó Moreira 1º Piá Farroupilha - Bruno da Silva Morinel 20ª Região Tradicionalista 22ª Região Tradicionalista 1º Peão Farroupilha - Diego Cuadros Garcia / 2 º Peão Farroupilha - Eduardo Gusmão Bittencourt 1 º Guri Farroupilha - Renan Vieira de Valério 1 º Piá Farroupilha - Elimar Melo dos Santos 1º Piazinho - Guilherme Oliz Nunes Alves 1ª Prenda Adulta - Diéllen Teixeira Godoi Soares 1ª Prenda Juvenil - Jéssica Villar Rodrigues / 2ª Prenda Juvenil - Ariele Brião Guilherme 1ª Prenda Mirim - Julia Trindade Modernel / 2ª Prenda Mirim - Evellyn Vitória Gomes Silveira / 3ª Prenda Mirim Alexsandra Severo Ferreira 1ª Prendinha - Maria Eduarda Duarte Machado da Silva / 2ª Prendinha - Tassila Val Ilen Leal Villar / 3ª Prendinha - Jéssica Ribeiro Franco Teixeira 1ª Prenda: Joana Damasceno Bresolin 1ª Prenda Juvenil: Julia Calvi da Silva / 2ª Prenda Juvenil: Nathália Caroline Kinast / 3ª Prenda Juvenil: Luana ereza Angeli 1ª Prenda Mirim: Maria Eduarda Bühler Prendas Infantis: Giovana Tavares - Keith Yasmim Shaefer Maria Eduarda Fofonka - Rafaela dos Santos Sorgetz Bonequinhas de Galpão: Carolina Trentin dos Passos Manuella de Mattos da Silva - Manueli Vitória Ludwig 1º Peão Farroupilha: Matheus da Luz 1º Guri Farroupilha: Guilherme de Oliveira Ochôa / 2º Guri Farroupilha: Samuel da Silva Padilha / 3º Guri Farroupilha: Júlio Bartzen de Araújo 1º Piá Farroupilha: Wesley Donato Ribeiro de Jesus Piazitos Farroupilha: Davi Miguel Petry - Marcos Antônio R. da Silva Júnior – Pedro Otávio Cerveira Piazitos Dente de Leite: Gabriel Fernando Vargas - Kauã Shilling Machado 1ª Prenda Mirim - Yasmin de Castro Reinehr / 2ª Prenda Mirim - aiane Barcelos de Lima / 3ª Prenda Mirim - Ciane Samira Zimmer Padilha 1º Piá Farroupilha - Leônidas Augusto da Silva / 2º Piá Farroupilha - Luis Eduardo Martins Cavalin 1ª Prenda Juvenil - Vitória Rolim Lampert / 2ª Prenda Juvenil Luísa Tormohlen / 3ª Prenda Juvenil - Letícia Sartor Marconato 1º Guri Farroupilha - Luiz Henrique da Silva Alberto 23ª Região Tradicionalista 26ª Região Tradicionalista 1ª Prenda - Elenice Santana 1ª Prenda Mirim - Emily Dias Guri Farroupilha - Paulo Bastos Jr Piá Farroupilha - Lucas dos Passos Piazito - Otávio Gomes Sanna 1ª Bonequinha - Ana Clara Martins Heldt 1ª Prenda Pré-Mirim - Jamilli Souza da Rosa 1ª Prenda Mirim - Brenda Luiza Moreira / 2ª Prenda Mirim - Yasmin Simone Macedo Cardoso / 3ª Prenda Mirim - Jhuly Ferreira dos Santos 1ª Prenda Juvenil - ainara Pires da Silva 1ª Prenda - Bruna Rocha de Souza 1º Guri Farroupilha - Leandro Borges Sera m / 2º Guri Farroupilha - Matheus Mohr Ramos

[close]

p. 12

12 REGIONAIS 24ª Região Tradicionalista Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 PELO RIO GRANDE 25ª Região Tradicionalista Falando em folclore Programa inédito irá ao ar em cadeia de rádios e TV web reunindo pensadores do folclore e das tradições no Rio Grande do Sul. Durante a realização do Projeto Ovinoart, Festa das Nações e 12ª Penca da Musica Nativa, evento que será realizado no Parque de Exposições de Santana do Livramento, de 16 a 24 de agosto, com extensa programação, destaca-se o dia 17, onde será realizado o concurso artístico da 18 ª RT, com as modalidades de danças tradicionais, dança de salão, chula, interprete solista vocal, declamação em todas as categorias. E no dia 22 de agosto,” DIA DO FOLCLORE”, será apresentado, via rede de rádio, FM e TV web Cidade 10, ao vivo, programa alusivo ao folclore com a participação dos maiores expoentes do Rio Grande do Sul. Já confirmados Paixão Cortes, Paula Simon Ribeiro, Ivo Benfatto, Manoelito Savaris, e Rodi Pedro Borghetti. O Programa levará o nome de “FALANDO EM FOLCLORE”, totalmente idealizado para comemorar a data, e apresentar a sociedade posições claras sobre a importância do folclore para a sociedade. Diversas apresentações artísticas e culturais serão apresentadas durante o período em que o programa estiver no ar. O inicio está previsto para as 17 horas e até as 19 horas do dia 22. 1ª Prenda Pré-Mirim: Bárbara Heinen / 2ª Prenda Pré-Mirim: Bianca Bellin 1ª Prenda Mirim: Sinara Stoll / 2ª Prenda Mirim: Gabriela Chemin Henckes / 3ª Prenda Mirim: Eduarda Borges Alves 1ª Prenda Juvenil: Luiza Pessi Rosseti / 2ª Prenda Juvenil: Maria Eduarda Resch de Oliveira / 3ª Prenda Juvenil: Ana Flávia Dornelles de Àvila 1ª Prenda: Laura Maria Bruxel Piazito: Arthur Ferreira Piá: Felipe Rafael Castro da Rosa 1º Guri Farroupilha: Gabriel Ferreira / 2º Guri Farroupilha: Daniel Compagnoni Soares / 3º Guri Farroupilha: Alison Pereira Fleck 1º Peão Farroupilha: Je erson Maximiliano da Trindade da Silva / 2º Peão Farroupilha: Mateus Alan Bergmann 1ª Prenda Mirim - Vitória Bartelle / 2 ª Prenda Mirim - Maria Eduarda Ferro / 3 ª Prenda Mirim - Gabriela Vivan 1 ª Prenda Juvenil - Liengred Barbosa Cardoso / 2 ª Prenda Juvenil - Daniele Zamboni / 3 ª Prenda Juvenil - Monique Loss da Costa 1ª Prenda - Carolina Lemos Costa 1 º Piá Farroupilha - José Rafael Turela / 2 º Piá Farroupilha Guilherme Suzin / 3 º Piá Farroupilha - Alexandre Vivan 1º Guri Farroupilha - Felipe Bernardi Zorzo / 2 º Guri Farroupilha - Leonardo Machado de Lima Peão Farroupilha - Allan Amarante Nicolla 27ª Região Tradicionalista 30ª Região Tradicionalista 1ª Prenda Juvenil - Clarissa Lima de Lima 2ª Prenda Juvenil - Bianca de Oliveira Ho mann 1ª Prenda Mirim - Ana Carolina C. de Oliveira Pia Farroupilha - Douglas Tegner da Luz 29ª Região Tradicionalista 1ª Prenda Adulta - Paola Cristine de Arruda Dalalba 1ª Prenda Juvenil - Franciele Scholles Braun / 2ª Prenda Juvenil - Alexsandra Santos Ramos / 3ª Prenda Juvenil - Bruna Caroline Assis da Silva 1ª Prenda Mirim - Emilli Kauane Portes de Souza / 2ª Prenda Mirim - Sophia Giovanna Ritter / 3ª Prenda Mirim - Julia Consoli Piá Farroupilha - Pedro Marques Patron Guri Farroupilha - Saimon Mizael de Oliveira Quadros Peão Farroupilha - Bruno Nataniel Kappes 2ª Prenda Juvenil -Daniela Aparecida Lutkmeier 1ª Prenda Mirim - Samara Vecchi As regiões que não constam nesta listagem, não enviaram seus resultados ao editor ou não tiveram concorrentes em nenhuma das modalidades. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 13

Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 13 CONGRESSO E CONVENÇÃO Grandes debates foram as principais marcas de evento na serra Democracia e grandes debates foram as grandes marcas do 62º Congresso e da 79ª Convenção, em Caxias do Sul, além das baixas temperaturas. Fotos: Rogerio Bastos Publico superou mil pessoas e lotou local do evento Prefeito Alceu Barbosa Velho (E), ao lado do Coordenador Jo Arse Campanha Mãos Gaúchas - Mãos Solidárias arrecadou donativos Tatiana Chamurro e Odila Savaris trabalhando na secretaria Registro da reunião das diretoras culturais das regiões Priscila Tisott, presidente da comissão executiva, ao lado de Jo Arse A alteração estatutária que criou novas vice-presidências para o MTG, mesclou e retirou outras, ajustou os textos da coletânea, adaptando às mudanças, forma alguns dos itens debatidos na sexta-feira, dia 25, durante o Congresso Tradicionalista, que foi bastante rápido. Já no sábado, com a chegada de diversas delegações quase mil pessoas participaram do evento. O dia 26 foi de debates sobre o campeirismo com muitos campeiros presentes para debates com o uso da espora, mango, manta gel, presilha no laço, entre outros assuntos. Diretores campeiros regionais, coordenadores, conselheiros, campeiros, fizeram grandes debates antes de cada decisão. No esporte foi acrescentada a modalidade bocha 48, já presente nos regulamentos pelo Brasil. No domingo, dia 27, foi hora e vez dos debates envolvendo os assuntos culturais como alinhamento das idades de prendas e peões, equacionamento dos conteúdos programáticos pelas idades, a manutenção do valor da prova escrita, debates fortes sobre, o retorno ou não, da prova de ordenha para os peões, entre outros assuntos. A cada proposição, um relator e um autor falavam por 5 minutos apresentando, indo contra ou defendendo a proposta. Na sequencia podiam manifestar-se a favor até três pessoas e contra, mais três. Antes da votação, o autor e o relator, voltavam por mais cinco minutos. Na parte da tarde, do domingo, 27, foi a vez de falar em ENART e regulamento artístico do estado. A ausência de muita gente interessada, como patrões, coordenadores de grupos, dançarinos, declamadores, músicos, não motivou o descaso pela discussão, pelo contrário, a cada proposta, o debate era acirrado. Foram homologadas as resoluções do Conselho Diretor, nº: 8 e 9 (ver pág. 03), ficou decidido que em 2015 serão 3 inter-regionais com um sistema novo de calculo para preencher as regiões que irão confrontar-se nas fases classificatórias. O pequeno Artur, da 24ªRT, fez questão de uma foto com o Presidente do MTG, Manoelito Savaris, e seu irmão Gabriel 25ªRT trabalhou muito para o sucesso do evento 18ªRT esteve presente e apresentou o projeto de seu departamento Jovem: #eusoudosuletonomundo Prendas Mirins do RS apresentaram o livro de folclore Fotos: Rogerio Bastos Ervateira Gaúcha da Serra esteve presente em Caxias do Sul Coordenador Marcus Vinicius Falcão ao lado de Edite Callegaro TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 14

14 NOTÍCIAS Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 Por Paulo Gonçalves Por Marcos Nepomuceno/ NG Marketing Capa Renner A vinda de imigrantes alemães ao Brasil fez com que se desenvolvesse no território outra relação de trabalho, conflitante com o sistema vigente. Os imigrantes que se instalaram no Rio Grande do Sul desenvolveram a região e prosperaram. São muitas as histórias mas alguns são marcantes e deram importantes contribuição para a formação e hábitos do homem reverenciado em musicas, poesias e livros de história, o Gaúcho. Lemos e recontamos a história do nosso estado exaltando o homem campeiro, o soldado farrapo e o tropeiro. Este último foi o que no ir e vir de suas jornadas levava gado vacum e muar cruzando todo o território, nas idas e vindas, carregou nas bruacas cartas, charque, queijo, as noticias eram também uma bagagem que não podia faltar. Ao longo do caminho formou cidades e deu nome a muitas delas. Também andava no lombo de mulas os caixeiros viajantes que também levavam mercadorias e noticias por onde passavam. Um sujeito, em especial, após se aventurar como ourives, faz parceria com o sogro e saiu, no lombo de uma mula, a percorrer a região serrana com seus produtos abastecendo as localidades próximas. Este sujeito era A.J. Renner, filho de imigrantes alemães. O jovem empreendedor vê dificuldade em seu trabalho por não ter uma proteção contra chuva e frio, o pala da época não era suficiente. Cria então, a capa ideal, uma manta de lã batida que protege homem e animal. A famosa Capa Renner é peça de indumentária indispensável ao homem que tem o cavalo como ferramenta de trabalho e, hoje em dia, nas cavalgadas. Quem tem uma capa não se desfaz, e o comentário corrente é que “não se faz como as de antigamente”, a capa se tornou tradicional ao cavaleiro. Com a capa ideal, A.J Renner dá inicio a uma prospera industrial têxtil que servirá de exemplo a muitas outras e vai contribuir com o desenvolvimento do estado. É visto então que a tradicional capa é uma das grandes contribuições dos imigrantes e seus descendentes a cultura e habito do gaúcho. Curso de churrasqueiros forma equipe Numa iniciativa conjunta entre o Instituto de Desenvolvimento do Alto Uruguai, IDEAU, campus Passo Fundo, CTG Alexandre Pato - Festa Nacional do Churrasco e Comida Campeira e Associação Brasileira de Criadores de Devon - ABCDEVON foi realizado em Lagoa Vermelha o curso de extensão “A arte e o segredo no preparo do tradicional churrasco de Lagoa Vermelha. O melhor churrasco do Brasil”. O curso teve como objetivo geral proporcionar a aprendizagem na arte de preparar, salgar, assar e servir o tradicional churrasco de Lagoa Vermelha. Enfim, conhecer como se prepara e assa o churrasco lagoense, em especial quando em 2015 o município estará sediando a Festa Nacional do Churrasco. Constou do curso a realização de aulas teórica e pratica na Casa da Cultura e na Casa de Carnes no Parque de Rodeios Ítalo Nunes Mondadori. Foram professores do curso, que foi coroado de pleno êxito, Oscar Menna Barreto Grau, Ilvandro Barreto e José Aldoir da Luz Costa. A formatura, com entrega de certificados, ocorreu no Restaurante do Parque de Rodeios no sábado, 26 de julho, onde também foi realizado jantar preparado pelos concluintes do curso. Destaque para a presença do patrão do CTG Alexandre Pato, Dirceu Rosa, bem como direção da IDEAU e convidados especiais. Foto: Jean Moreira Faculdade IDEAU está fazendo cursos inéditos no RS, para churrasqueiros e Chimarrão GTC 20 de setembro recebe Moção Na segunda-feira dia 07 de julho de 2014, na Câmara de Vereadores de Xangri-Lá o vereador Hanilton João Venério fez uma Moção de Congratulações ao GTC 20 de Setembro, pela participação das prendas Jamilli Souza da Rosa e Yasmin Simone Macedo Cardoso na 45ª Ciranda Cultural de Prendas e pelos peões Otávio Gomes Sanna e Leandro Borges Serafim no 27º Entrevero Cultural de Peões da 23ª RT. Alcançaram os títulos regionais: 1ª Prenda Pré-Mirim, Jamilli Souza da Rosa, a 2ª Prenda Mirim, Yasmin Simone Macedo Cardoso, o Piazito, Otavio Gomes Sanna e o 1º Guri Farroupilha é Leandro Borges Serafim. O Vereador Hanilton João Venério saudou as prendas e peões, desejando a eles “que continuem representando o tradicionalismo gaúcho e desta forma sendo motivo de orgulho pra todos nós” - concluiu. Foto: Divulgação Entidade litorânea foi homenageada TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 15

Ano XII - Edição 156 Agosto de 2014 15

[close]

Comments

no comments yet