A Senda - Agosto de 2014 - FEEES

 

Embed or link this publication

Description

A Senda - Agosto de 2014 - FEEES

Popular Pages


p. 1

A Senda federação espírita do estado do espírito santo ANO 92 No 158 AGOSTO 2014 As visitas ao Sul do Estado e seus resultados fotos: divulgação Feees Cumprindo meta estabelecida em reunião do Conselho Federativo Estadual, foram realizadas as visitas, entre os dias 11 e 17 de julho, em instituições do 4o, 5o e 12o CREs no Sul do Estado - página 5 Encontro do Trabalhador Espírita/Norte páginas 6 MOSTRARTE - a arte espírita encanta e ensina página 8 Pacto Áureo - 65 Anos página 4 Fraternidade Fonte Viva - São Pedro página 4 O Dia Estadual da Confraternização Espírita - 3 de agosto - será comemorado com a realização do Encontro Integrado da região centro página 6 página 2 EDITORIAL - Conexões, o Evangelho e a Família -

[close]

p. 2

Editorial EXPEDIENTE Pesquisas de universidades americanas provaram que é possível manejar as emoções das pessoas no Facebook. Ferramentas digitais podem disseminar conceitos na rede e influenciar as eleições e os negócios. Essa é a chamada de um artigo na revista IstoÉ de 9 de julho a respeito das possibilidades de manipulação pela internet, assunto de há bom tempo sob intenso debate em fóruns especializados e na sociedade de modo geral. A reportagem avança questões como o monitoramento dos usuários da rede, sugerindo, inclusive, a possibilidade de fazer previsões sobre as ações das pessoas. Fascinante e, ao mesmo tempo, aterrador! Estamos, sabendo ou não, à mercê do envolvimento sutil, silencioso, indolor – ao menos de momento – mas invasivo da extraordinária rede virtual que movimenta o mundo moderno globalizado, ao qual nos permitimos aderir e pelo qual somos influenciados, de acordo com os nossos gostos e anseios, tendências e interesses. Se os meios, objetivos e resultados são positivos e enobrecedores ou não, cabe responsabilidade a todos os envolvidos: gestores das plataformas virtuais nos vários segmentos operacionais, bem como, usuários e, talvez, a estes – ou seja, a nós – o maior compromisso com a qualidade que deve, ou deveria, viger no ambiente das comunicações. Lembremo-nos de que a oferta de qualquer produto depende da demanda. Nesse viés de reflexão, imaginamos que a muitos talvez ainda intriga a questão 459, de O Livro dos Espíritos, em que Allan Kardec pergunta aos Imortais se os Espíritos influem em nossos pensamentos e em nossos atos, ao que responderam: “Muito mais do que imaginais. Influem a tal ponto, que, de ordinário, são eles que vos dirigem.” Aí está, mais uma vez, atualíssima consideração. E olha que o assunto remonta a meados do século XIX! Para nós, os espíritas, nenhuma novidade quanto à realidade do fenômeno, mas que suscita, dentre tantas, uma indagação: como nos movimentar sob a influência generosa e nobre, ou perturbadora e às vezes quase insana, desse ambiente virtual, das redes ou dos espíritos? Realça, aqui, o Evangelho no Lar, como terapêutica preventiva e curativa para toda a família e que deve privilegiar cuidado com as nossas crianças e os nossos jovens. A paz no mundo começa sob as telhas a que nos A SENDA Conexões, o Evangelho e a Família acolhemos. Se não aprendermos a viver em paz, entre quatro paredes, como aguardar a harmonia entre as nações? – ensina Neio Lúcio, no livro Jesus no Lar. O momento semanal que reúne a família na intimidade das lições do Senhor e com a ética evangélica deve ter sentido especial. O Espírito Batuíra, em oportuna mensagem, ensina: “Crianças de condição normal, sem apoio doméstico, são quase fronteiriças da delinquência infantil, e auxiliá-las a tempo é frustrar a perturbação e anular o crime no nascedouro.” 1 O alerta é grave, mas muitos ainda não emprestam o justo valor a ele, não somente “ao decisivo apoio doméstico” nas suas várias implicações e possibilidades, mas também ao hábito saudável do Evangelho em casa, particularmente quando presentes as crianças, aliás, como deve ser. Dentre muitos desafios no cotidiano familiar, destacamos experiência interessante de um pai espírita que aqui resumimos, sem prejuízo da lição perspicaz e providencial de Chico Xavier: 2 “Em meu lar, os meninos, inquietos, assim que o culto era iniciado, começavam a pedir água, bolachas, doces, brinquedos, etc. E, com o riso solto, não nos permitiam fixar atenção nas lições estudadas. (...) ao repreendêlos, a situação piorava, pois, quando permaneciam na reunião, era emburrados ou choramingando o que faziam. Certa feita, encontrando-me com Earle de Oliveira e Da. Maria, que vinham enfrentando as mesmas dificuldades, nosso amigo assim me disse: - Olhe, o Chico resolveu o nosso problema! - Como?! - Simplesmente recomendoume levar a lata de bolachas para a mesa e deixar os meninos mais à vontade. (...) Assim fazendo, eles aproveitavam o culto e as dificuldades foram resolvidas...” A solução certamente trivial, mas o que conta é a sensibilidade para as imperiosas e urgentes necessidades das crianças, gente adulta em corpo infantil sob nossos cuidados, e a iniciativa caseira, sim, mas eficaz, feliz. Ideias, energias e estímulos sempre teremos à nossa volta, em qualquer dimensão da vida em que nos situemos, mas as conexões nós decidimos. E para construir as de melhor qualidade, precisamos estar habilitados. Ao Evangelho, pois. (1) Mais Luz. Batuíra/Francisco Cândido Xavier, lição 90. Ed. GEEM (2) Encontros com Chico Xavier, César Carneiro de Souza, lição 34. Ed. ELCEAA. DIRETORIA DA FEEES PARA O TRIÊNIO 2013/2016 Presidente Dalva Silva Souza Vice-Presidente de Administração Valmir Gomes do Nascimento Vice-Presidente de Doutrina Maria Lúcia Resende Dias Faria Vice-Presidente de Unificação Rose Mary de Souza Thiengo Vice-Presidente de Educação Luciana Teles de Moura Conselho Fiscal: Maria de Lourdes Neves Geraldo Teixeira da Costa Eliomar Borgo Cypriano Suplentes Roberto José Damaceno José Guido Nascimento Filho DEPARTAMENTOS Comunicação Social Rodrigo Salatiel Brasileiro Orientação Mediúnica Cristina Soneghet Simon Atendimento Espiritual Eliana Schmidt Castelani Estudo Sistematizado José Ricardo do Canto Lírio Infância e Juventude Edmar Reis Thiengo Assistência e Promoção Social Solange de Oliveira Nascimento ÓRGÃO INFORMATIVO DA FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESPÍRITO SANTO C.N.P.J. 28.150.936/0001-18 Insc. Estadual 081.162.73.1 Rua Álvaro Sarlo, 35 - Ilha de Santa Maria Vitória/ES - CEP 29051-100 Tel: (27) 3222-2117 / 3222-7551 Fax: (27) 3222-6509 e-mail: feees@feees.org.br www.feees.org.br Projeto Gráfico Studio Rodrigo Resende Edição Renata Guizzardi Diagramação JMBCoutinho Revisão Dalva Silva Souza Impressão Gráfica Comercial - 27 3722-0566 - Colatina-ES www.graficacomercial.art.br 2

[close]

p. 3

Agosto 2014 Reflexão Raphael Vivacqua Carneiro * A vida do bebê Kunene O bebê do casal de imigrantes residentes em Londres, Virginia e Nkosiyapha Kunene, faleceu em 2012, aos cinco meses de vida, vítima de raquitismo agudo, doença incomum em países desenvolvidos. O casal é adepto da Igreja Adventista do Sétimo Dia, cujas crenças incluem a abstenção dos alimentos considerados “imundos” pelas Escrituras. O bebê era alimentado com leite materno e a sua mãe seguia a dieta vegana, que é constituída apenas por alimentos de origem vegetal, não admitindo ovos, nem laticínios. Ela possuía deficiência de vitamina D e isto não foi diagnosticado a tempo de receber os suplementos vitamínicos e evitar a doença. Desde o nascimento, o bebê apresentou problemas. O casal sabia que o filho não estava bem, mas preferiu apenas rezar pela sua saúde, em vez de buscar tratamento. No dia fatídico, o pai notou que o bebê passava mal e, mais uma vez, apenas orou, recusando-se a chamar o socorro médico. Ele acreditava que recorrer aos médicos seria um pecado, uma demonstração de pouca fé, uma vez que a vida ou a morte do seu filho seria determinada pela vontade de Deus. Diante de tal negligência movida pelo fanatismo religioso, a justiça britânica condenou o casal a três anos de prisão por homicídio culposo. O juiz considerou que o direito de alguém seguir uma religião não pode sobrepujar o direito à vida, principalmente a de uma criancinha indefesa. A Igreja Adventista declarou que a visão religiosa dos Kunene é muito extrema e não reflete a doutrina pregada pela instituição quanto à alimentação e a busca de conselhos médicos. No tocante à alimentação, a Doutrina Espírita é bem flexível, ao afirmar que a lei divina prescreve que o homem se alimente conforme exija o seu organismo, para que mantenha as suas forças e possa cumprir a lei do trabalho. É permitido ao homem alimentar-se de tudo o que não lhe prejudique a saúde. Entretanto, alguns autores espirituais posteriormente aprofundaram a visão sobre o tema. Em “Missionários da Luz”, o Espírito André Luiz critica o hábito de consumo de carne a pretexto de buscar recursos proteicos. Segundo ele, os homens esquecem-se de que a sua inteligência, tão fértil na descoberta de comodidade e conforto, teria recursos de encontrar novos elementos e meios de prover os suprimentos proteicos ao organismo, sem recorrer às indústrias da morte dos animais. Afirma ainda que tempos virão em que o estábulo, assim como o lar, será também sagrado. Em “O Consolador”, o Espírito Emmanuel afirma que a ingestão de vísceras dos animais é um erro de enormes consequências. Segundo o autor, haverá novos tempos, em que os homens poderão dispensar da alimentação os despojos sangrentos de seus irmãos inferiores. Em “Cartas e Crônicas”, o Espírito Irmão X recomenda diminuirmos a volúpia de comer a carne dos animais, afirmando que o “cemitério da barriga” é um tormento após a transição para além-túmulo. A prática da oração é uma conduta espírita. A prece é considerada a manifestação de uma lei natural, um sentimento inato que aproxima a criatura ao Criador pela elevação do pensamento, com o propósito de louvar, pedir e agradecer. A prece torna melhor o homem, porque aquele que ora com fervor e fé se faz mais forte contra as tentações e se predispõe a receber o socorro dos bons Espíritos. A resignação perante os desígnios de Deus também é uma conduta espírita. Chegado o momento da morte, a ele não podemos nos furtar, entretanto jamais devemos descuidar de tomar as precauções para evitar as ameaças à vida. Segundo ensinam os Espíritos benfeitores, frequentemente as precauções que tomamos são sugeridas pela Providência divina, com a finalidade de evitar a morte que nos ameaça. A dieta alimentar escolhida pela família Kunene e a sua manifestação de fé por meio da oração e da resignação não merecem qualquer ressalva, do ponto de vista espírita, todavia o aspecto contra o qual todos devemos nos precaver é a fé cega, reflexo da ignorância. “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade”. A fé cega aceita, sem verificação, tanto o verdadeiro como o falso, e a cada passo se choca com a evidência e a razão. Levada ao excesso, produz o fanatismo. Assentada no erro, cedo ou tarde desmorona. Aqueles que resistem à divina lei do progresso serão arrastados pela força dos acontecimentos. Apesar de encararem as coisas de pontos de vista distintos, Ciência e Religião não se repelem mutuamente; ao contrário, complementam-se. Deus reservou ao bebê Kunene uma vida breve e digna de compaixão, contudo nenhuma existência é em vão; tudo gera aprendizado aos homens, para que o mal não se propague, e a luz dissipe a ignorância. Raphael Vivacqua Carneiro é engenheiro e mestre em informática. É trabalhador da Comunidade Espírita Esperança e um dos fundadores do Espiritismo.net. 3

[close]

p. 4

A SENDA O Pacto Áureo completará 65 anos foto: historiaespiritismo.blogspot.com Este ano, o PACTO ÁUREO completará 65 anos. Foi durante a Grande Conferência Espírita realizada no Rio de Janeiro, em 5 de outubro de 1949, que esse Pacto foi assinado, gerando a instalação do Conselho Federativo Nacional, em 1950. Entre outras cláusulas, o acordo estabelece que cabe aos Espíritas do Brasil porem em prática a exposição contida no livro “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho”, de maneira a acelerar a marcha evolutiva do Espiritismo.” Depois da assinatura do Pacto, formou-se uma caravana para visita aos estados brasileiros, conhecida como CARAVANA DA FRATERNIDADE. Por iniciativa de Leopoldo Machado, em primeiro plano, têm início em 1950 a Caravana da Fraternidade Jornada Espírita do 7o CRE O 7o Conselho Regional Espírita realizou sua 1a Jornada Espírita, na sede da Fraternidade Espírita de Laranjeiras, de 17 a 20 de julho, em homenagem a O Evangelho Segundo o Espiritismo pelos seu Sesquicentenário. O evento contou com a presença de Richard Simonetti na abertura, painel sobre família com a participação de Paulo Batistuta Novaes e Dalva Silva Souza, finalizando com seminário da AMEES sob a coordenação de Ana Catarina Tavares. O público participante pode esclarecer dúvidas fazendo perguntas e deliciar-se também com os quitutes da cantina montada no espaço do evento. Enfrentamento às drogas foto: divulgação Feees Luciano Lopes, à direita, enquanto aguardava o início da atividade Realizou-se no dia 26 de junho, no Centro Espírita Amor e Caridade, em Guaçuí, a palestra de Luciano Lopes, abordando os 12 passos do AA à luz da Doutrina Espírita. O evento contou com a participação do público em geral, principalmente de companheiros do Alcoólicos Anônimos. A presidente do Centro, Neide Santos, satisfeita com os resultados da iniciativa, declarou: “A palestra foi tão produtiva que iremos repeti-la a pedido de escolas e outros grupos de mútuaajuda.” Lembramos que o enfrentamento às drogas é um dos importantes ângulos da ação espírita em todo o estado. Parabéns aos companheiros de Guaçuí pela realização! Fraternidade Espírita Fonte Viva - São Pedro Desde 2008, o bairro São Pedro conta com uma unidade espírita. Trata-se da Fraternidade EspíritaFonte Viva, que fica em São Pedro I. A instituição já realizou reuniões doutrinárias, evangelização infantil, estudo e vibração e distribuição de cestas básicas. Atualmente está em fase de reestruturação, precisando de palestrantes e trabalhadores, para dar sequência à ação espírita nesse espaço tão carente. As reuniões doutrinárias tiveram seu reinício em 7 de julho e a casa já vem amparando 10 famílias com evangelização, passes e distribuição de alimentos. As atividades se desenvolvem aos sábados das 18h às 19h. Para participar, entre em contato com os companheiros: (27) 99952.0332 - Herasmo Damaceno Santana; (27) 99729.9438 - Otoniel Cruz; (27) 99987.6777 - Antonio MitioTakahashi; (27) 99982.6628 - Sérgio Augusto Xavier. 4

[close]

p. 5

Agosto 2014 Notícias fotos: divulgação Feees Visitas ao Sul do Estado A presidente da Feees, Dalva Silva Souza, cumprindo meta estabelecida em reunião do Conselho Federativo Estadual, visitou instituições do 4o, 5o e 12o CREs, entre 11 e 17 de julho. As instituições visitadas foram: F.E. Boa Nova, de Venda Nova; Núcleo Espírita Investigadores da Verdade, Piaçú; C.E. Fabiano de Cristo, em Santa Marta – Ibiraçu; C.E. João Evangelista, de Dores do Rio Preto; Centro Espírita Anália Franco (CEAF), São José do Calçado; C.E. André Luiz – Rive; Grupo Espírita Fraternidade de Iúna; Grupo Espírita Servidores de Jesus (GESJ), Jeronymo Monteiro; Grupo Espírita de Muqui; C.E. Joanna de Ângelis, Apiacá e G.E.Ismael, Bom Jesus do Norte; F.E.Irmã Sheilla, Marataízes; C.E. Maria de Nazaré, Itaoca. A presidente aproveitou para visitar algumas instituições não adesas ao trabalho federativo, como Grupo Espírita Mãe Palmira, Alegre; C.E. Consolador, Iúna. Os companheiros das duas instituições se mostraram dispostos a integrar a rede de instituições vinculadas ao projeto de unificação do movimento espírita. Em Brejetuba, foram contatados companheiros espíritas que se reúnem na casa de D. Maria de Lourdes, para estudar a Doutrina Espírita e estão motivados a criar uma instituição no município que ainda não conta com nenhum núcleo espírita. Dalva afirmou-se muito feliz com os resultados dessas visitas e agradeceu, sensibilizada, o apoio de Oswaldo Viola Filho, assessor da DE/Feees, que a acompanhou em todo o percurso e a colaboração dos coordenadores das Comissões Executivas dos Conselhos Regionais Espíritas: Maurício Fornazier (12o CRE), Ana Lúcia Xavier (5o CRE) e Jurema Abranches (4o CRE), que deram o apoio logístico indispensável ao êxito do trabalho. Núcleo Espírita Investigadores da Verdade, Piaçu Grupo Espírita de Muqui Companheiros de Brejetuba Companheiros do G. E. Mãe Palmira Dalva e Maurício em frente à sede recém-inaugurada do Consolador Diretores do Grupo Ismael na sede da Casa Espírita André Luiz, em Bom Jesus do Norte Centro Espírita João Evangelista, Dores do Rio Preto Centro Espírita Joanna de Ângelis, Apiacá Centro Espírita Anália Franco, São José do Calçado Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, Marataízes 5

[close]

p. 6

Agenda Dia Estadual da Confraternização Espírita Dia 04 - 14h30 Dia 05 - 20h Dia 11 - 14h30 Dia 12 - 20h Dia 18 - 14h30 Dia 19 - 20h Dia 25 - 14h30 Dia 26 - 20h Coisas Mínimas Corpo, Templo do Espírito Fora da Caridade não há Salvação Virtude e Vícios Os Obreiros do Senhor O Dever Honra ao teu Pai e tua Mãe Evangelho, Receita de Amor A SENDA AGOSTO-2014 • Programação de Palestras na FEEES Bruno Gonzaga Ramos Odair Porto Alber Oliveira Lima José Ricardo C. Lírio Marinete Alves Giselda Rodrigues Diva Machado Cardoso Dalva Silva Souza Participe da X Semana Espírita em Vila Velha de 10 a 16 de agosto A data foi instituída pela lei estadual número 3.905/86 e vem sendo comemorada pela Federação Espírita do Estado do Espírito Santo sempre na primeira semana de agosto, pois o dia estabelecido na lei é o dia 3 desse mês. A comemoração deste ano se dará com a realização do Encontro Integrado das Áreas Estratégicas do Movimento Espírita/Centro, com o tema “Desafios da Andragogia na Casa Espírita - Adultos Aprendizes” e reunirá trabalhadores do 3o, 6o, 7o, 10o e 11o Conselhos Regionais Espíritas. Local: IFES (Campus Vitória) Data: 3 de agosto Horário: 8h e 17h X Jornada da Ameees ENTRAE Encontro de Trabalhadores Espíritas Os trabalhadores espíritas do 1o, 2o, 8o e 9o Conselhos Regionais Espíritas estão convocados para o Encontro que acontecerá no dia 24 de agosto, das 8h30 às 17h, no Centro Educacional Casa do Estudante, Centro de Aracruz (próximo ao Shopping Oriundi). O programa inclui debates sobre as ações das áreas estratégicas do movimento espírita: Infância e Juventude; Assistência e Promoção Social; Atendimento Espiritual; Mediunidade e Comunicação Social. A equipe Feees estará presente para coordenar os trabalhos das áreas estratégicas do movimento espírita: DOM, DAE, DECOM, DIJ, DESDE e DAPSE. Não perca essa oportunidade! Palestrantes de São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais. Compareça e conheça um pouco mais da Doutrina Espírita e do Evangelho de Jesus. Com o tema Evangelho e Educação - Caminho para a Saúde, será realizada a X Jornada da AMEES. O evento acontecerá de 19 a 21 de setembro, no Teatro Universitário da UFES. Entre os conferencistas convidados: Roberto Lúcio, Andrei Moreira, Décio Iandoli e Sérgio Lopes. Não percam o vídeo de divulgação do evento em http://www.ameees.org.br/ Não perca essa chance, inscreva-se já! Programação de Palestras AMEEES - Agosto 2014 Dia 08 - 20h As Dores da Alma Dia 13 - 20h As Máscaras do Orgulho Dia 20 - 20h Ingratidão, como superar Dia 27 - 20h Autoconhecimento José Roberto P. dos Santos Clóvis Vervloet Virgínia Smith Departamento de Saúde Mental da AMEEES 6

[close]

p. 7

Agosto 2014 Notícias Encontros impossíveis Vamos ao teatro com Renato Prieto? Dia 02/08/14, Teatro do Sesi em Jardim da Penha. As críticas da mídia são ótimas! Seminário com André Luiz Ramos Muita reflexão e humor! Inteira: R$ 40,00 Meia: R$ 20,00 O seminário abordará a conexão entre a ciência (Física Quântica), o Evangelho e a Construção da Paz. Data: 9 de agosto, das 14h às 18h Local: Comunidade Espírita Esperança Contagem regressiva para a nova TV da Federação Espirita Brasileira No dia 3 de agosto a FEB apresentará ao público uma TV em novo formato, com conteúdo doutrinário e de qualidade em uma linguagem moderna e formato dinâmico e atraente. A TV transmitirá via satélite, cabo ou internet, lições de amor, consolo e reflexão com palavras e imagens de bem e solidariedade, com selo de qualidade da FEB. Palestra Musicada Encontro de Mocidades Espíritas de Vitória (EMEV) Data: 17 de agosto de 2014 Horário: das 8h às 16h Local: COMUNIDADE ESPÍRITA ESPERANÇA Rua Alvim Soares Bermudes, 197, Morada de Camburi Idade mínima: 12 ANOS* *Participação apenas de jovens vinculados a alguma Mocidade Espírita de Vitória. • Inscrição para os jovens e trabalhadores até o dia 10/08: Levar R$ 10,00 (para o almoço) + 1 kg de alimento não perecível (Doações - Campanha do Quilo) - VAGAS LIMITADAS. Acompanhe mais informações sobre o evento pelo Facebook: http://www.facebook.com/ emevitoria Apresentando WANYR CACCIA 13 de agosto de 2014 - 20h C. E. Jardim da Penha (CEJAPE) Seminário DAE Data: 31/8/2014 - Horário: das 9h às 17h Local: Casa Espírita Coqueiral (CEC) Avenida dos Coqueiros, s/n (ao lado do Posto de Saúde) - Coqueiral - Aracruz Facilitador: Clovis Vervloet 7

[close]

p. 8

Aconteceu MOSTRARTE - a arte que encanta e ensina A SENDA fotos: divulgação Feees Momentos de alegria e encantamento A Federação Espírita do Estado do Espírito Santo pela sua assessoria de Arte realizou a 28a MOSTRARTE no dia 20/7, das 08h às 19h, no Grupo de Fraternidade Espírita Jeronymo Ribeiro. A programação incluiu quatro momentos importantes: 1) Espaços Temáticos para os participantes e convidados com Bandas, Grupos Musicais, Produtores Musicais, Composito- res, Produtores Teatrais, Coreógrafos, Regentes e outros. 2) Apresentações de Shows com Convidados (Banda, Teatro,Dança, Música); 3) Mesa Redonda com Artistas Plásticos, Equipe de Fotografia e Poetas Espíritas; 4) Palestra Lítero-Musical com João Vidal Júnior. Célia Kill Ramos, assessora de Artes da Feees, recepcionou os participantes com muita alegria, auxiliada por Simone Nunes Oliveira. A presidente da Feees, Dalva Silva Souza, agradeceu aos artistas presentes e fez a prece de abertura. O dia transcorreu rapidamente pela beleza de tudo o que foi apresentado, sensibilizando e encantando os que participaram. Parabéns a todos pela realização! 8

[close]

Comments

no comments yet