revista_2_edição

 

Embed or link this publication

Description

2_edição

Popular Pages


p. 1

FLORIANÓPOLIS SC | ANO 1 | EDIÇÃO 02 | MARÇO 2014 Foto: Padu Willenmann FRAIBURGO A AGRADÁVEL CIDADE DAS MAÇAS Engrandecimento do Agente de Viagem Floripa apareceu para o mundo, no Team Workshop da Copa 2014

[close]

p. 2

2 Agente | Abav

[close]

p. 3

Agente | Abav 3

[close]

p. 4

Editorial catarinense é exigente, sempre quer ser o melhor. É um povo com alto nível de autocrítica e é isto que nos faz ser pelo sétimo ano escolhido como o “Melhor Estado Turístico do Brasil”. Tivemos nesta temporada de verão, no Litoral, falta de água, luz e mais alguns problemas aconteceram com a vinda de um número record de visitantes. Os motivos são vários. O principal; falta de infraestrutura para receber o imenso número de turistas que querem vir para nossas maravilhosas praias no verão. Isto não aconteceu somente em Santa Catarina. Vários outros estados estão com falta d’água, de luz e com outros problemas básicos que são “normais” no Brasil. Em Santa Catarina o trade turístico está se movimentando por todo lado, nós não admitimos aceitar estes problemas. Já aconteceram diversas reuniões do trade, quase todas as entidades já promoveram alguma forma de reunião ou encontro para tratar o assunto que indigna a todos. Liderado por Anita Pires e Zena Becker já foi formado o FORTUR – FORUM DE TURISMO DE FLORIANÓPOLIS. Por iniciativa do Instituto Federal Santa Catarina, apoio das entidades do turismo, turismólogos, guias de turismo e outras universidades, está sendo preparado o evento TURISMO EM DEBATE que pretende não ser somente um evento de discussão do tema, mas sim um “movimento político de auxílio e pressão no poder público, para uma melhor organização do setor e o real desenvolvimento do turismo em nosso Estado” segundo um dos lideres do movimento, o professor Tiago Savi Mondo. A Fecomércio reúne o trade para divulgação do resultado da “PESQUISA FECOMÉRCIO – Investimento e Percepção do Empresário de Florianópolis e Balneário Camboriú em relação à Infraestrutura da temporada de verão 2014”. O Conselho Estadual do Turismo do Estado discute o assunto e se posiciona indignado. O Conselho Municipal do Turismo de Florianópolis se reúne liderado pela ativa Secretária Maria Claudia Evangelista Pereira para tratar do assunto. Todas as entidades do trade participando unidas, das reuniões, encontros, em fim, aqui ninguém simplesmente fica reclamando. O catarinense reclama, critica, exige melhorias e O Expediente Endereço | Cartas: Rua Presidente Coutinho, nº 311 Salas: 601 a 604 | Centro | Florianópilis-SC CEP: 88015-230 | Fone (48) 3224.6058 Presidente ABAV-SC Ely Ribeiro da Silveira Jornalista | Editor: Paulo Mosimann Redação: Araújo Neto e Josias Lacour Colaboração e fotos: Jefferson Severino Revisão Geral: Zeiva Buchmann Direção de imagens: Klaus Mosimann Editoração Eletrônica: Victor Pereira Comercial: (41) 9112.2242 E-mail: paulomosimann.turismo@hotmail.com Impressão: Gráfica Pereira Tiragem: 5.000exemplares Distribuição: Mala direta direcionada ao Trade do Turismo SC/PR/RS e principais capitais do Brasil soluções. O Catarinense age para resolver os seus problemas. Tenho certeza que conseguiremos diminuir nossas deficiências, somos um povo trabalhador, amamos nosso Estado e nada nos detém quando o assunto é fazer o melhor por Santa Catarina. Não vejo os outros estados do Brasil, que também têm os mesmos problemas, agir assim como o catarinense. Por isto é que afirmo, o catarinense é exigente e faz o melhor turismo do Brasil, mesmo com todos os problemas que ainda temos. Estamos trabalhando e tenho absoluta certeza que o turista continuará vindo e se deliciando com as belezas de nosso diversificado Estado. “O MELHOR ESTADO DO BRASIL PARA O TURISMO”. A revista A Gente S/C, em sua segunda edição, está melhor ainda, tratando deste e outros assuntos relacionados ao turismo de Santa Catarina, turismo no Brasil e no mundo. Informando ao agente de viagem do Brasil o que acontece em Santa Catarina, divulgando nossos equipamentos e atrativos turísticos e valorizando o associado da ABAV/SC com o trabalho realizado pela entidade. A ABAV/SC dedica-se a engrandecer o Agente de Viagem, a beneficiar seus associados e a trabalhar pelo turismo do estado de Santa Catarina. Índice 04 | EDITORIAL 05 | PROJETOS DA ABAV-SC 06 | NOTÍCIAS DA ABAV-SC 07 | ESPECIAL FRAIBURGO 08 | REGIONAIS ABAV-SC 09 | TEAM WORKSHOP DA COPA DO MUNDO 10 | BOTECOS DA ILHA DA MAGIA 11 | BOTECOS DA ILHA DA MAGIA 13 | NOTÍCAS DE FLORIPA 15 | ENTIDADES PARCEIRAS 16 | COLUNA PAULO MOSIMANN 17 | NOTÍCIAS DE JOINVILLE 19 | COLUNA JEFFERSON SEVERINO 21 | NOTÍCIAS DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ E BLUMENAU 22 | ENTIDADES PARCEIRAS 23 | TURISMO RURAL - LAGES 24 | COSTA VERDE & MAR 26 | MINISTÉRIO DO TURISMO E EMBRATUR 27 | ASSOCIADOS DA ABAV-SC Ely Ribeiro da Silveira Presidente No dia 25 de novembro de 1999, foi realizada a quarta edição e entrega do Prêmio Master do Turismo “Ô Catarina”. O prêmio tem como objetivo reconhecer o trabalho e o esforço daqueles que contribuíram para o desenvolvimento de Santa Catarina, através do Turismo, e incentivar o comprometimento da comunidade, das lideranças públicas e privadas, para a importância da atividade turística como fator de desenvolvimento econômico, social e cultural do nosso estado. Na foto, o presidente do SINDETUR-SC, Mário E. J. Lobo FIlho, entregando o prêmio ao agraciado na categoria Profissional de Imprensa, o Jornalista: Moacir Benvenutti. Memória ABAV-SC 4 Agente | Abav

[close]

p. 5

Projetos da ABAV-SC Engrandecimento do agente de viagem e movimentação do turismo interno do estado de Santa Catarina. “Agente de viagem, o melhor vendedor do mundo!” Se conhecer o que vende, ninguém o supera. Câmara de turismo receptivo ABAV/SC – CÂTUR A ABAV/SC iniciou em 2012 a câmara de turismo receptivo ABAV/SC – CÂTUR, onde abraçou todos os segmentos que envolvem o turismo receptivo em Santa Catarina, no seu quadro de associados afiliados. Entendemos que estes são os produtos e equipamentos que os Agentes de Viagem necessitam como fornecedores e capacitá-los irá ajudar o Agente de Viagem a vender mais e melhor. Divididos em segmentos, as empresas e guias de turismo que estão sendo apoiados e atendidos em suas reivindicações pela ABAV/SC através do CÂTUR. Parcerias beneficiam os associados da ABAV/SC A ABAV/SC está fazendo parcerias com empresas que tragam benefícios aos seus associados. Já temos várias vantagens: Advogados - empresa de direito em todas as áreas. Consulturismo - consultoria para agencias de viagem QI Network - Google Apps for business Inovações com o Google Apps Coaching empresarial Uniodonto M&M Nuvem tecnologia do Brasil - soluções para sua internet Foco multimídia - desenvolvimento de sites para agencias de viagem. Agente Legal Estamos lançando em março uma nova ação de movimentação do turismo interno no Estado e de enriquecimento do Agente de Viagem associado à ABAV/SC. A agência de viagem, associada à ABAV/SC, em dia com suas obrigações para com a entidade, e que participar de cursos, palestras, eventos, famtours, caravanas, workshops, festas ou que indicar uma agência que se associe a ABAV/SC, será brindada com: Finais de semana com acompanhante, hospedagens em vários hotéis no estado de Santa Catarina; jantares com acompanhante; passaporte para parques e entretenimentos, com acompanhante; passeios de escuna, com acompanhante; brindes em geral. Pretendemos com esta ação, o enriquecimento de nossos associados e capacitá-los através de viagens e visita aos equipamentos. Workshops Regionais Estamos organizando em parceria com a Santur, workshops em todas as regiões turísticas do Estado. Estaremos levando todos os agentes de viagem associados e ABAV/SC ou não, para todas as regiões turísticas do Estado, para que conheçam e se capacitem para vender Santa Catarina. Nestes eventos serão lançados pacotes com roteiros das regiões já tarifados e operacionalizados, prontos para serem comercializados. Os workshops terão: Feiras; Palestras; Passeios; Gincanas. Os agentes associados à ABAV/SC não terão nenhuma despesa. Ofereceremos transporte, alimentação, hospedagens e material. Justa Homenagem Além de atuar sempre pensando em seus associados, a ABAV-SC tem um grande respeito pelas pessoas que construíram a sua história ao longo do tempo. Por isso, o Professor Antonio Pereira Oliveira, fundador e figura muito importante na vida da ABAV-SC, foi alvo de expressiva homenagem. O reconhecimento público aconteceu durante o jantar de confraternização de final de ano promovido pela entidade e com participação de todo o trade turístico catarinense. O evento no Hotel Costa Norte de Ponta das Canas, em dezembro último, valorizou a atuação de Pereira Oliveira no mundo do turismo. Ele é graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina onde foi professor. Atua como agente de viagens desde 1967. Foi o fundador da ABAV-SC e professor da ESAG/UDESC. É autor do livro Turismo e Desenvolvimento – Planejamento e Organização (Atlas) com cinco edições. Recentemete, ele lançou também o livro “A história do turismo em Florianópolis narrada por quem a vivenciou de 1950 a 2010”. Agente | Abav 5

[close]

p. 6

Unindo Forças Reunião em São Paulo com Antonio Azevedo reafirma afinidade com a ABAV Nacional Ely da Silveira e o presidente da ABAV Nacional Antonio Azevedo, unidos para buscar o melhor para os agentes de viagem Afinada com os temas mais relevantes do mercado que envolvem o agente de viagem, a presidente Ely da Silveira esteve, em janeiro, em São Paulo. O objetivo foi uma reunião pontual com o presidente da ABAV Nacional, Antonio Azevedo, líder que sempre volta as suas atenções para as necessidades e reivindicações dos profissionais de Santa Catarina. Ely debateu com Azevedo a ideia de unir forças com todas as entidades irmãs dos estados e do Distrito Fe- deral. Ela pregou uma “constante e bem organizada troca de experiências e ações. Contatos que redundem em facilidades para os dirigentes adequarem soluções em seus estados para os maiores problemas de cada entidade”. Antonio Azevedo vê com bons olhos esta mobilização e uma “efetiva avenida de duas vias entre os dirigentes das abavs de todo o Brasil”. A presidente da ABAV-SC comentou também sobre os projetos da entidade de Santa Catarina. Ela desta- cou a luta catarinense para driblar os períodos da sazonalidade no turismo. Ely confirmou ainda a presença da diretoria da ABAV-SC e de várias caravanas de agentes que estarão participando, de 24 a 28 de setembro no Anhembi, da nova e dinâmica estrutura da feira da ABAV Nacional, agora denominada Expo Internacional de Turismo da ABAV Brasil. ABAV-SC atua com Estilo no Receptivo Exclusivo a Jornalistas em Evento da Fifa A ABAV/SC realizou receptivo aos jornalistas de diversos países que chegaram a Florianópolis para cobrir o Congresso Técnico da FIFA, nos dias 18 a 20 de fevereiro. A ABAV/ SC através de sua presidente Ely Ribeiro da Silveira participou antes das reuniões de organização para bem receber os 300 jornalistas de várias nacionalidades que estiveram na capital catarinense para cobrir o evento Team Workshop. Por solicitação da Secretaria de Turismo de Florianópolis, liderada pela Secretária Adjunta Luciane Camilotti, foi formada uma Comissão que passou a ser organizada pelo FORTUR – Fórum de Turismo de Florianópolis, em sua primeira ação, presidida por Zena Becker. Participam desta comissão: SETUR, ABAV/SC, GRUPO HABITASUL, FLORIPAMANHÃ, CDL, ACIF, ABIH, IFSC, FCVB, SHRBS, ABRASEL, ABEOC e SANTUR. A ABAV/SC realizou o receptivo dos jornalistas no aeroporto Hercílio Luz do dia 15/02 até dia 18/02 , com a atuação de estudantes biligues , voluntários treinados e capacitados por Jô Cintra. O Grupo Habitasul ofereceu um jantar em Jurerê Internacional no Restaurante Simple On The Beach com apresentação artística do Circocan – Internacional Jérôme Valcke, Ely Ribeiro da Silveira, José Maria Marin e Valdir Walendowsky, no evento da Fifa em Florianópolis School of Circus, exclusiva aos jornalistas. A recepção aos jornalistas que cobrem os eventos da FIFA é única. Somente em Florianópolis é que eles tiveram este aparato. Florianópolis faz assim questão de mostrar que sabe receber bem o turista. “Uma ação muito boa, perfeita, com as entidades trabalhando com eficiência e harmonia. O trade uniu-se mais uma vez em prol do turismo de nosso Estado e de nossa capital ”, comemorou a presidente da ABAV-SC Ely Ribeiro da Silveira. Equipes do receptivo em ação no aeroporto Hecílio Luz 6 Agente | Abav

[close]

p. 7

Especial Fraiburgo, a agradável Terra da Maçã Foto Padu Willenmann Florada das Maças, um espetáculo da Natureza em Fraiburgo Que tal conhecer o coração de Santa Catarina, em uma viagem que promete agradar todos os seus sentidos? O destino é Fraiburgo, município do meio oeste catarinense. Localizada a 360 quilômetros de Florianópolis e 300 Km de Curitiba, a cidade é conhecida nacionalmente como “Terra da Maçã”, por ser uma das maiores produtoras da fruta no Brasil. Os meses de Janeiro a Abril ganham destaque com a “Colheita da Maçã”, durante esse período a economia de toda região é afetada positivamente, cerca de 8 mil pessoas deixam suas cidades de origem, principalmente no Paraná, para trabalhar na colheita. Fazendo com que Fraiburgo se torne uma das cidades que mais geram empregos em todo o Brasil. Mas engana-se quem pensa que a maçã afeta apenas o setor econômico. É também a fruta uma das maiores responsáveis pelo turismo na cidade. Centenas de visitantes procuram por Fraiburgo, principalmente no período da colheita, onde os visitantes podem passear pelos pomares e colher, com suas próprias mãos, as frutas que desejarem. Essa visita é uma das atrações mais desejadas e pode ainda contar com doses de aventura em seu trajeto. O passeio pode ser feito com o carro do turista, desde que haja espaço para o guia, de ônibus ou ainda de Jagunço e Kaigang. Dois veículos peculiares que fazem com que o visitante se sinta em um verdadeiro safari. Colaboração e textos: Jornalista Camila Di Cascio Foto de Rafael Schweitzer O charme e a paz da cidade de Fraiburgo A boa mesa A gastronomia também merece destaque, com todos os seus saborosos pratos à base de maçã, tortas, folhados, maionese, chá, sucos e outros pratos tipicamente fraiburguenses como o michuim, carne de ovelha temperada e assada no rolete. A vasta influência europeia dos colonizadores também marca presença na gastronomia local, destacando os pratos alemães e italianos. Uma saborosa e inusitada experiência. Com clima serrano, Fraiburgo conta ainda com atrações como a chaminé da serraria dos Frey, local que guarda parte da história da cidade. A lista continua com o Santuário Diocesano, a romântica construção do Castelinho, o Museu do Contestado, o Parque da Maçã, a Casa da Cultura, a Casa do Artesão e a Praça Maria Frey (onde está instalado um termômetro de coluna de vidro considerado o maior da América Latina). A Floresta Nativa Renê Frey é um capítulo à parte, lá encontra-se um verdadeiro santuário da natureza. Com cerca de 60 hectares, ela preserva árvores centenárias, entre pinheiros e imbuias, e conta com trilhas, mini zoo e capela ecumênica. Para quem optar pelo passeio de Jagunço ou pelo Kaigang, o percurso ganha mais emoção, ao incluir trechos de áreas alagadas e terrenos com subidas e descidas íngremes. Saiba como a maçã chegou em Fraiburgo Maça, a fruta que veio da França e movimenta toda uma região Fraiburgo teve sua origem com a chegada dos irmãos Renè e Arnoldo Frey que, atraídos pelo ciclo da madeira, deixaram a Alsácia, hoje uma região administrativa da França, e instalaram ali sua serraria. Com o passar dos anos, a diminuição das matas levou os desbravadores a buscar alternativas econômicas para a região, que encontrou na fruticultura o grande trunfo para o reconhecimento nacional. As primeiras mudas de macieiras vieram diretamente da França, através do engenheiro agrônomo Roger Biau, tornando-se a cultura que melhor adaptou-se às condições climáticas da região que, atualmente, é a, nacionalmente famosa, Terra da Maçã. Agora que você já conhece um pouco de Fraiburgo, não perca tempo e programe a sua visita a “Terra da Maçã”. Hotel Renar, opção de charme e bom gosto Em Fraiburgo, a melhor e mais charmosa opção de hospedagem é o Hotel Renar. O local consegue reunir requinte, aconchego e contato com a natureza. Lá é possível ouvir o cantar dos pássaros e relaxar em uma banheira de hidromassagem provando um delicioso espumante da região, isso sem falar no serviço impecável que é oferecido. Situado no alto de uma colina, tendo uma visão privilegiada da cidade e região. O deck externo, oferece espreguiçadeiras, poltronas e cadeiras para se curtir o cair de tarde e o desfile de diversas espécies de aves retornando para as árvores onde passam a noite. O hospede ainda pode desfrutar de toda a estrutura do hotel que conta com piscinas aquecidas em espaço coberto, bar, lobby, duas salas para jogos, quadra de tênis, sauna e salões para eventos. O Restaurante das Estações merece um destaque pelo seu alto padrão, conseguindo agradar os paladares mais refinados. Isso sem falar da sua ampla vista para o Lago das Araucárias. Acesse e reserve: www.hotelrenar.com.br RENAR, um Hotel de Sonhos que em sua arquitetura alpino germânica embeleza o privilegiado cenário da Terra da Maça Agente | Abav 7

[close]

p. 8

Regionais da ABAV-SC Vale do Itajaí, paraíso europeu em Santa Catarina Blumenau é sede do maior centro de eventos de Santa Catarina, o Parque Vila Germânica Situada no charmoso Vale Europeu, Blumenau encanta turistas de todo o país A típica arquitetura enxaimel faz do Vale do Itajaí um pedacinho da Alemanha no Brasil Não é preciso sair do Brasil para conhecer os encantos da cultura europeia. A região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, esbanja tradição na arquitetura, festas, e costumes. A natureza também não fica para trás no quesito beleza com opções para os amantes do ecoturismo, e de belas praias. Simone Barbosa, sócia-proprietária da Verde Vale Turismo, agência que atua em Blumenau, afirma que “é impossível não se encantar com o clima mágico do Vale Europeu, como assim gostam de chamar os seus visitantes”. Segundo ela, “a região oferece uma ampla diversidade de atrativos geográficos e culturais, atendendo as expectativas de todos os turistas”. Créditos texto e imagens: Verde Vale Turismo Vale do Contestado | Trabalho forte de promoção do destino TRÊS NOVOS ROTEIROS O Conselho Regional de Turismo do Vale do Contestado, juntamente com a Associação de Turismo Hidrotermal de Santa Catarina (ATHISC), trabalham firmes em três novos roteiros da região - Caminhos do Contestado, Rota da Amizade e Águas do Oeste. O Vale do Contestado é formado por municípios com grande diversidade cultural, gastronômica e de paisagens só encontradas em Santa Catarina. Os municípios que integram esses três roteiros estão prontos para receber visitantes, oferecendo uma diversidade de produtos que incluem cultura, gastronomia, artesanato, hospedagem de qualidade e estâncias termais e climáticas. HISTÓRIA A originalidade do destino remete a questão histórica da Guerra do Contestado, ao tropeirismo e a imigração de diversos povos europeus cuja identidade se revela através do mosaico formado por diferentes etnias com sua cultura, gastronomia e arquitetura própria. Tudo isso em meio a paisagens deslumbrantes, testemunhas de importantes acontecimentos históricos que marcaram a região e que podem ser conhecidos pelos visitantes através dos roteiros oferecidos. A paleontologia, a entomologia, as estâncias termais e climáticas, a colheita de frutas, a produção de vinhos premiados a nível nacional e internacional, e serviços personalizados, formam o universo de produtos e atrativos que atraem um crescente número de turistas à região. Além das atividades que combinam o Confira: www.caminhosdocontestado.com.br Léia T. Ghizoni Macedo BriSe Eventos e Consultoria Fones: (49) 3522-0330 | 9122-0330 www.briseeventos.com.br Parque Termal de Piratuba “Tenho notado a importância de profissionalizar cada vez mais o trabalho dos agentes de viagem para que a preocupação e atendimento ao visitante seja primordial. Afinal, eles são protagonistas e a primeira impressão é a que fica. Certamente o turista bem atendido indicará o destino a outros e assim sucessivamente. Nossa região tem uma grande variedade cultural e atrativos, que vão desde Estâncias Termais, Passeio de Maria Fumaça, festas típicas, cultura alemã, austríaca, italiana e japonesa, esta por sua vez, fato inédito em Santa Catarina. Em nossa empresa estamos sempre preocupados em divulgar, por onde passamos, a região do Vale do Contestado, que pela importância histórica que representa, merece sim, ser reconhecido”. Através da Vice Presidente do Vale do Contestado, Janine Maciel Albino, responsável pelo depoimento acima, a ABAV-SC apoia e coopera com o desenvolvimento do Turismo no Vale do Contestado. Mais informações: M.ª Marivanda Bortoloso Pigatto Presidente do Conselho Regional de Turismo Vale do Contestado - SC E-mail: mpigatto@uol.com.br Fone: (42) 3523-1014 | 9975-1054 relaxamento com a vida ativa. Marivanda Bortoloso Pigatto, presidente Conselho Regional de Turismo Vale do Contestado, se mostra satisfeita com o trabalho conjunto. “Temos muito a comemorar, pois entendemos que a promoção e a comercialização de nosso destino, O Vale do Contestado, precisa ser realizado com parcerias cada vez mais fortes e não de forma isolada, dentro da política já definida pelo Estado de Santa Catarina“, ressalta. Marivanda acrescenta que os “Roteiros Regionais: Caminhos do Contestado, Rota da Amizade e Águas do Oeste Catarinense” são três produtos prontos para comercialização. Esses produtos anteriormente já haviam sido apresentados ao mercado no ano passado nos workshops realizados pela ATHISC em Porto Alegre, Curitiba e São Paulo e no 25º Festival de Turismo de Gramado, no qual a ATHISC participou, apresentando ao mercado nacional e internacional os produtos e serviços de seus associados e parceiros. O trabalho de promoção tem sido realizado por lideranças das entidades representativas destes roteiros, juntamente com o SEBRAE-SC, a Vinícola Villagio Grando, de Água Doce, o Hotel Renar de Fraiburgo, o Thermas de Piratuba Park Hotel, o Itá Thermas e a Pousada Valões de Irineópolis. Os eventos itinerantes contam com o patrocínio do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte - FUNTURISMO e apoio da SANTUR, ATHISC, SDR Canoinhas e da ABAV-SC. Informações para a Imprensa: Jorn. Zeni Rates Assessora de Comunicação da ATHISC Fones: (48) 3269-8543 | 9960-0109 midiatur@midiatur.com.br Crédito - Santur/Divulgação 8 Agente | Abav

[close]

p. 9

Team Workshop da Copa de 2014 Floripa apareceu para o mundo A partir de Santa Catarina que o ano da Copa no Brasil começou com o encontro das comissões técnicas O Congresso Técnico da Fifa (Team Workshop da Copa do Mundo), realizado de 18 a 20 de fevereiro no Costão do Santinho reuniu os 32 treinadores das seleções (ou seus representantes oficiais) que participarão do Mundial de 2014. Para as equipes serviu como e definição de toda a organização da Copa. Para a cidade de Florianópolis e para o estado de Santa Catarina foi uma oportunidade de ouro para aparecer na mídia de todo o mundo, mostrando além da sua vocação para sediar grandes eventos, uma real oportunidade de oxigenação de imagem na grande midia internacional. Cerca de 900 pessoas - ligadas às seleções e organização da Copa do Brasil - estiverem presentes. E mais de 300 jornalistas de todas as partes do planeta vieram especialmente para realizar a cobertura do evento. Aos jornalistas e formadores de opinião foram distribuídos kits especiais, destacando as potencialidades turísticas tanto de Floripa como de Santa Catarina. O evento não foi voltado ao publico, mas selou os compromissos da Fifa com cada seleção. Na pauta do seminário, estavam esclarecimentos do que as seleções precisam saber desde a chegada ao país-sede até a despedida. Quais são as obrigações quanto a horário e datas, direitos de imagem, questões de mídia, regras, novidades da arbitragem. Tudo foi primeiro apresentado às comissões técnicas e depois à imprensa POLO TURÍSTICO A estratégia da secretaria de turismo por sua vez foi voltada a gerar informações e pautas espontâneas que viessem a ultrapassar o carácter esportivo do evento e tratassem a cidade e o estado como polos turístico. “A expectativa é de que a cidade se consolide cada vez mais como um destino internacional. Para isso foram organizados, em sintonia com o governo federal e a Fifa, os planos de segurança e infraestrutura O Resort Costão do Santinho sediou o evento da Fifa. No destaque, o secretário Valdir Walendowsky que garantiram o êxito absoluto durante a realização do evento”, comentou o secretário Valdir Walendowsky. O secretário lembrou que “a captação deste mega evento surgiu face às várias missões internacionais do governo catarinense, sempre empenhado em sediar os eventos mais relevantes”. Walendowsky acredita que mesmo não sendo uma das sedes, Santa Catarina “está totalmente integrada à Copa do Mundo no Brasil”. E acentuou que “é o momento mais oportuno para que a iniciativa privada gere negócios e crie estratégias objetivas e inteligentes para faturar com o fluxo turístico do mundial de futebol”. Em Florianópolis, houve outras oportunidades de atividades e contato com a imprensa presente no Costão do Santinho. Prefeitura e governo do Estado promoveram ações pela região. Jantares e passeios para integrantes do evento e jornalistas foram uma forma fidal- ga e direta de tratar da promoção dos destinos. “Num evento deste porte, a oportunidade de promover Florianópolis é quase que única. Falamos aqui de promoção internacional, que com certeza renderá muito espaço na mídia dos maiores países do mundo. Evidente que teremos um excelente residual”, comemorou Maria Cláudia Evangelista, secretária de Turismo de Florianópolis. O Congresso Técnico da Fifa foi assim a grande ação do Mundial neste ano em Santa Catarina. A partir do evento, Florianópolis e o Estado tentarão se beneficiar quando o país passar a receber um grande número de turistas de todo o planeta. Ambos estão muito bem inseridos nas pautas nacionais e internacionais. Sem dúvida, isso significa uma excepcional oportunidade de fortalecimento do setor turístico e de crescimento econômico. Marcondes Investiu Alto e Mantém Esperanças O empresário Fernando Marcondes de Mattos investiu R$ 2 milhões na construção de um campo oficial no Costão do Santinho Resort na expectativa de receber uma seleção de grande porte. Mesmo com todos os 32 centros de treinamentos já anunciados pela Fifa, Florianópolis ainda alimenta esperanças. Marcondes acredita que a estrutura do Costão, sede do Team Workshop da Copa do Mundo, pode influenciar até uma troca de última hora. As delegações mais cotadas são Rússia (Itu), Bósnia (Guarujá) e Costa do Marfim (Águas de Lindóia), todas por enquanto com hospedagens confirmadas para São Paulo. Fernando Marcondes de Mattos Agente | Abav 9

[close]

p. 10

Especial Boteco, um a instituição que é Alguém sugeriu uma pauta saborosa para aguçar o desejo de muitos. Pelo menos daqueles que apreciam a boa bebida,o papo furado, a arte da culinária e ,especialmente, as comidinhas e o indiscritível ambiente próprio de cada boteco. Topei a parada. E foi mesmo uma experiência super gratificante fazer este verdadeiro “giro” por alguns (são tantos) dos mais tradicionais e inspiradores bares de Floripa. Alguns eu já conhecia. Outros, verdadeiras instituições, estou sendo apresentado agora, com o único objetivo de despertar no leitor aquela vontade de fazer a via sacra, de bar em bar, curtindo choppes, cervejas, drinks, sabores, gostos e o ritmo dos tradicionais botecos daIlha da Magia. A viagem começou pelo Armazém Vieira. Em 1840 foi construído o armazém que servia de entreposto marítimo aos navios que aportavam na ilha de Santa Catarina. No entreposto localizado a beira mar, no bairro Saco dos Limões, eram comercializados os produtos agrícolas produzidos no sul da Ilha de Santa Catarina, entre eles a cachaça, que na época era conhecida como Rhum, Rum ou Ron. Vários navegantes registraram a compra da cachaça na Ilha. No entreposto, era costume servir cachaça aos fregueses. No período 1983 - 1985 o prédio foi restaurado pelos atuais proprietários para instalação do Bar Cantina Armazém Vieira e da fábrica de cachaça, com o mesmo nome. Em 6 de Abril de 1984, o prédio foi declarado de valor histórico da cidade pelo decreto municipal 063/84 e em 11 de Abril de 1985 foi concluída sua restauração e o armazém foi devolvido a população para seu uso. Pioneiro na Ilha em servir cachaça de qualidade, chope e destilados de primeira linha e, ainda, decorar suas paredes com artistas locais, apresentar músicos espontaneamente e fazer um atendimento diferenciado. Obteve logo sucesso. Hoje se destaca por ser um lugar agradável, apropriado para conversas sobre negócios ou informais no inicio da tarde, acompanhadas das famosas cachaças, chopes e cervejas, de seu famoso sanduíche e comidas típicas. Já na noite dos finais de semana a música invade a casa e as tribos se encontram para dançar e encontrar amigos. De lá, direto para o Mercado Municipal Aldírio Simões, um dos cartões postais de Floripa. Destino, o não menos famoso Box 32. Tudo começou em 1984, quando no dia 3 de março, o empresário Beto Barreiros, proprietário de um posto de gasolina, decidiu colocar em prática um antigo sonho. Vendeu a propriedade e abraçou o desejo de trabalhar com gastronomia, abrindo as portas do Box 32 do Mercado Público Municipal. O bar revitalizou o antigo mercado, tornando-se o principal ponto de encontro do local ao atrair para o seu balcão pessoas de todas as classes e tendências sociais. Por este motivo, ganhou o apelido de balcão mais democrático do País. Hoje, o Box 32 uma atração turística da cidade tão conhecida quanto o próprio Mercado Público, por onde circulam diariamente vinte mil pessoas. Foi o primeiro bar do Brasil a receber o prêmio Top de Marketing da ADVB - Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil/Santa Catarina, em 1989 e pela segunda vez em 2000. Tam- Sabor do Sucesso O Velho Armazém bém o único bar brasileiro onde o cliente tem a opção de cardápio em sete idiomas - português, italiano, inglês, espanhol, alemão, francês e japonês, solução que atende necessidade dos turistas estrangeiros. A história do Box 32 foi registrada até em livro, o “Sabor de Sucesso: Como 15m2 ficaram conhecidos no mundo inteiro”, para celebrar os 21 anos do tradicional bar. A publicação destaca informações empresariais, “causos”, personagens, gastronomia e a história do Mercado Público, tudo com muito bom humor. O Box 32 é o ponto de encontro e prazer gastronômico da cidade. Em seu cardápio internacional, varia dos populares pastéis de camarão com 100 gramas de recheio, até pratos com haddock escocês, caviares, lagostas, escargot ou patinhas de caranguejo. O bar também é um dos principais importadores de salmão chileno e maior consumidor de bacalhau norueguês do Estado, além de servir o presunto espanhol Pata Negra, considerado o melhor do mundo. Mas a nossa qualidade está presente também em itens mais simples, como a tradicionalíssima Cachamel, um drinque local de cachaça envelhecida com mel, conta Beto Barreiros, adepto da culinária minimalista. Florianópolis tem muito boteco a oferecer. E todo o ilhéu que se preze aprecia isso. E são botecos e mais botecos em todos os lugares, de todos os jeitos, estilos. Iguais apenas na arte de bem servir, cada um com seu ritmo e peculiaridades. No centro, a Cachaçaria da Ilha, O Ilhéu, a Cervejaria Original e o Botequim Floripa também são Boteco que não acaba mais 10 Agente | Abav

[close]

p. 11

Especial outra paixão na Ilha da M agia por Paulo Mosimann ótimos points. Ainda existe um bar com nome e sobrenome ... é o Boteco da Ilha Chopperia e Bar. No Mercado Municipal, o Zero Grau é outro endereço que vale a pena conhecer. Mas há aqueles um pouco mais afastados, mas igualmente perfeitos e sempre prontos a receber, com seus diferenciais e tudo que o bom vivant quer. Na praia de Coqueiros (Continente) , dois destaques: o Bar do Fedoca by Cuca, escondidinho quase no mar e entre as lindas pedras do lugar. Os frutos do mar arrassam. Pertinho dali, na praia de Itaguaçu, está o excelente Bar Recanto das Pedras. A ostra é uma das especialidades. Acompanha o chopp e cerveja sempre no ponto. Quem vai no sentido do Norte da Ilha, pode seguir para Santo Antonio de Lisboa. Lá vai encontrar outro típico boteco. É Freguesia Bar e Restaurante. Já atendendo há vários anos, ele tem todos os ingredientes para uma noitada super bem sucedida. Se o destino for a Lagoa da Conceição, os botecos também vão estar a sua espera. O Confraria Chopp da Ilha e o Arte Chopp são muito indicados. Outro bar interessante, na Lagoa, é o Latitude 27.Pouco mais adiante tem o muito apreciado (por ilhéus e turistas) Ponto de Vista Bar, Restaurante e Mirante. Um show, já na conhecida Praia Mole (“a vida pode ser dura, mas a praia é mole” - reza o ditado da galera que a frequenta) . Espirituoso, o florianopolitano tem também botecos e restaurantes com nomes altamente inspiradores. “Maria vai com as Ostras” (Ribeirão da Ilha), Conversa Fiada Petiscaria (Coqueiros) e Chopperia Boca Grande (Pântano do Sul) integram este bem humorado cardápio. Anote os endereços. Faça suas escolhas e trace o seu próprio roteiro: Armazém Vieira Rua Aldo Alves, 02 - Saco dos Limões Florianópolis, SC – 88045-600 Tel. (48) 3333-8687 www.armazemvieira.com.br Box 32 - Mercado Público Florianópolis, SC – 88010-970 Tel. (48) 3224-5588 - Fax (48) 3224-5588 www.box32.com.br Cervejaria Original Rua Altamiro Guimarães, 126 (ao lado do Beiramar Shopping) Florianópolis, SC – 88015-510 Tel. (48) 3028-6661 - Fax (48) 3028-6661 www.cervejariaoriginal.com Bar do Fedoca By Cuca Rua André Wendamsen / Fundos Praia do Meio Coqueiros - Florianópolis, SC – 88080-800 Tel. (48) 3249 - 0402 Bar Recanto das Pedras Rua Desembargador Pedro Silva, s/n° Coqueiros (Praia de Itaguaçu) Florianópolis, SC 88080-700 - Tel. (48) 3249-0766 Chopperia Boca Grande Servidão Olímpio Nelson Silveira, 29, loja 01 e 02 - Pântano do Sul Florianópolis, SC – 88066-298 Tel. (48) 3237-5707 - Fax (48) 3237-5707 Cachaçaria da Ilha Av. Prefeito Osmar Cunha, 164 -Centro Florianópolis, SC – 88015-100 Tel. (48) 3224-0051 www.cachacariadailha.com.br Ilhéu Bar Rua Dom Jaime Câmara, 118 - Centro Florianópolis, SC – 88015-120 Tel. (48) 3222-5456 www.ilheu.com.br Zero Grau Choperia Mercado Público - Box 06 e 07 Florianópolis, SC – 88010-420 Tel. (48) 3223-6154 www.zerograufloripa.com.br Boteco da Ilha Chopperia e Bar - Centro Av. Beira Mar Norte, 2100, Centro Florianópolis, SC – 88015-540 Tel. (48) 3333-5457 Boteco da Ilha Chopperia e Bar Jurerê Internacional Av. das Raias, 400, loja 10, Jurerê Internacional Florianópolis, SC - Tel. (48) 3282-0054 www.botecodailha.com.br Freguesia Bar e Restaurante Rua XV de Novembro s/n° - Sto. Antônio de Lisboa Florianópolis, SC – 88051-440 Tel. (48) 3235-1098 www.freguesiabar.com.br Confraria Chopp da Ilha Av. Afonso Delambert Neto, 671 Lagoa da Conceição Florianópolis, SC 88062-000 - Tel. (48) 3334- 3696 www.confrariachoppdailha.com.br Conversa Fiada Petiscaria Av. Desembargador Pedro Silva, 2274 - Coqueiros Florianópolis, SC – 88080-701 Tel. (48) 3025-1417 Outros destinos Agente | Abav 11

[close]

p. 12



[close]

p. 13

Destino Adorado Florianópolis soma títulos e premiações Foto de Ricardo Ribas/SANTUR Operação Presença Conhecida, principalmente, pelas belezas naturais, Florianópolis já é turística por natureza e durante os meses de verão a população triplica. Com o objetivo de suprir a demanda de serviços prestados aos moradores e visitantes, a Prefeitura de Florianópolis iniciou em agosto o planejamento as ações da Operação Presença – Verão 2014. Mais de 60 entidades participam da operação que foi dividida em quatro eixos: infraestrutura, serviços e equipamentos turísticos, cultura e lazer e sustentabilidade. “O principal objetivo da Operação Presença é identificar os problemas, alinhar e coordenar os trabalhos para que sejam aplicadas as soluções”, destacou a secretária de turismo de Florianópolis, Maria Cláudia Evangelista. Entre as ações estão a necessidade de obras de infraestrutura, policiamento redobrado nos balneários, centro histórico e rodovias, fiscalização de serviços de ambulantes, estabelecimentos temporários e preços abusivos, abastecimento de água e energia, sinalização turística, aumento no horário de linhas do transporte público, serviço de salva-vidas, chuveiros e banheiros públicos nas praias, ampliação no atendimento ao turista, controle de zoonoses e monitoramento de balneabilidade. Lagoa da Conceição, lugar dos mais procurados pelos ilhéus e pelos milhares de turistas que vistam a Ilha da Magia A procura pela Ilha de Santa Catarina como destino turístico cresce a todo momento. Em 2013 a Capital catarinense recebeu diversos títulos e premiações, transformando-a na principal escolha de turistas nacionais e internacionais. Em julho a cidade foi destaque no site da revista Forbes como destino gay mais popular para brasileiros e estrangeiros. Em agosto, único município do país na lista, a Capital foi eleita a cidade mais amigável do mundo pelos leitores da revista especializada em turismo, Condé Nast Traveler. No mesmo mês, o Ministério do Turismo divulgou uma Foto de Petra Mafalda/PMF pesquisa que revelou o perfil e os hábitos dos estrangeiros que visitaram o país: Florianópolis é o segundo destino turístico mais visitado por turistas estrangeiros para lazer. Em outubro Florianópolis ganhou como município turístico o troféu “Beto Carrero de Excelência no Turismo”. No mês seguinte, a cidade recebeu o prêmio Travelers’ Choice 2013, realizado pelo site de viagens TripAdvisor. Os viajantes escolheram a cidade como um dos melhores destinos turísticos do país. E, por fim, em dezembro, o Ministério do Turismo premiou Florianópolis como uma das cidades que mais evoluíram em competitividade. Travessia marítima passa por mais uma avaliação O prefeito em exercício João Amin, acompanhado da secretária de Turismo Maria Claudia Evangelista, do secretário de Transportes Valmir Piacentini e do superintendente da Fundação Municipal de Esportes, realizou recentemente percurso entre o Iate Clube Veleiros da Ilha e o Bairro Abraão a bordo de embarcação teste para travessia de transporte marítimo entre a Ilha e o Continente. A iniciativa é mais uma em direção à instalação de uma alternativa para a mobilidade da Capital. A empresa Flomar/Acqua Bus disponibilizou embarcação com 45 lugares e três tripulantes para o teste. Esta é a segunda empresa que manifesta interesse em explorar o sistema. A intenção da Prefeitura é fazer uma série de testes vislumbrando o equipamento que melhor se adapta às características da Ilha para, a partir daí, disponibilizar investimentos para estruturar os pontos de embarque e desembarque, sempre com adequações ao transporte coletivo. Segundo João Amin, “estamos avaliando as alternativas de embarcação, bem como as sugestões de pontos para embarque e desembarque de modo a estruturar os demais sistemas de acordo com as necessidades identificadas”. O prefeito em exercício se disse satisfeito com a primeira impressão, principalmente após ser informado que a mesma empresa possui embarcações com possibilidade de transportar mais de 200 passageiros. João Amim, prefeito em exercício na oportunidade, conheceu todos os detalhes da travessia entre a Ilha e o Continente Trajeto Ilha-Continente foi cumprido pelo prefeito em exercício e secretários Foto de Werner Zotz/SANTUR Cidade foi apresentada em dez Feiras de Turismo em 2013 A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Turismo, continua trabalhando no projeto de promoção e comercialização do destino turístico. Conhecer novas práticas, manter contato com operadores, agentes, jornalistas, trade nacional e internacional foi o propósito das oito feiras de turismo, seis delas internacionais, que Florianópolis participou só no segundo semestre de 2013. Destaque para as feiras WTM / Londres; ITB Berlim / Alemanha; IGLTA / Estados Unidos; ABAV / São Paulo; FIT / Argentina; TMLA / Quito; BNT / Chile; FIT /Paraguai e diveras feiras pelo Brasil. O projeto vai continuar em 2014. Floripa se organiza e agora tem fundo para financiar projetos do Turismo Agente | Abav 13

[close]

p. 14

14 Agente | Abav

[close]

p. 15

Entidades Parceiras ACTMAR - Projeto legaliza marinas em Florianópolis Foto Divulgação Fatma Proprietários de marinas, o presidente da Fatma, Gean Loureiro, e o presidente da Acatmar, Leandro ‘Mané” Ferrari. “Depois de dois anos, oito unidades da Capital conseguiram suas licenças” Um marco para a náutica nacional. Assim é definido por Leandro ‘Mané’ Ferrari, presidente da Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar), o resultado do projeto Mari- na Legal. Com dois anos de trabalho, oito marinas foram legalizadas no início de 2014. Para Ferrari, o feito é essencial para o crescimento do setor náutico. “Finalmente conseguimos resultados palpáveis”, comemora. O projeto Marina Legal contou com o trabalho das em- presas Ambiens Consultoria Ambiental, Nazário Advocacia, AJX Engenharia e Sarah Penido Arquitetura. Segundo Ferrari, também foram fundamentais para a concessão das licenças o auxílio da Capitania dos Portos, SPU, Fatma e também da Prefeitura de Florianópolis. SHRBS - Entidade forte e atuante O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Florianópolis (SHRBS) engloba, além da capital, outros oito municípios da região. Fundada em 1974 e reconhecida legalmente pelo Ministério do Trabalho em 1978, a entidade presidida pelo empresário Tarcísio Schmitt representa legalmente cerca de 4,5 mil empresas do ramo de hospedagem, alimentação preparada e bebidas no varejo. Integra a Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC (FHORESC) e a Confederação Nacional de Turismo (CNTur). A gama de serviços é enorme, com destaque para a orientação técnica, jurídica e nos dissídios coletivos; convênios com empresas de RH, clínicas médicas e laboratórios; realização de cursos gratuitos para camareira, garçom, recepcionista e de manipulação de alimentos; e seguro de acidentes pessoais para hóspedes. Mais informações: www.sindicatohrbs-fpolis.org.br Tarcísio Schmitt, presidente do SHRBS CDL, voz ativa nas questões de Florianópolis Maior entidade lojista de Santa Catarina, quinta maior CDL do país, 4,3 mil associados entre empresas do varejo, profissionais liberais e prestadores de serviço. Prestes a completar 54 anos de fundação, a CDL de Florianópolis consolida-se como importante canal de representação do empresariado da capital catarinense. Presidida pela empresária Sara Camargo – atuante no ramo de franquias –, a entidade tem tido voz ativa nas principais questões da cidade, defendendo o ponto de vista do comércio, mas sem abrir mão de seu compromisso com a sociedade. Assuntos como o aumento de impostos, mobilidade urbana e desenvolvimento econômico, entre outros, têm sido alvo de constante atenção da CDL, engajada na construção de um futuro melhor para nossa cidade. Sara Camargo Agente | Abav 15

[close]

Comments

no comments yet