Jornal Zona Oeste em Foco - Wanel Ville Cia. Jul/Ago-14 - Ed. 62

 

Embed or link this publication

Description

Edição 62

Popular Pages


p. 1

ANO 11 Nº 62 JUL/AGO-14 Jornal Wanel Ville I, II, III, IV, V, Pq. Esmeralda e Jd. Ipiranga Bairro cresce com qualidade, mas ainda tem problemas Jardim Ipiranga Páginas 4 e 5 Prefeitura vai realizar limpeza em área verde (Foto em destaque) Páginas 10 e 11 Sorocaba continua crescendo com qualidade de vida Wanel Ville tem inúmeras opções de restaurantes Páginas 12 e 13 Canil precisa com urgência de ração para cães e gatos Página 14

[close]

p. 2



[close]

p. 3

NOSSO FOCO Págs. 4 e 5 3 Pág. 9 A Prefeitura está realizando a limpeza no Jardim Ipiranga após Jornal Zona Oeste em Foco entrar em contato e informar sobre lixo e entulho espalhados pelo bairro. Já o Monte Sião Treinamentos tem matrículas abertas para cursos técnicos, sendo esta uma ótima oportunidade para conseguir um emprego. O Foco Empresarial, da colunista Paula Pacheco, estreia nesta edição e está recheado de eventos, ocupando duas páginas do jornal do Wanel Ville. Págs. 6 e 7 Botequim de Mulher une salão de beleza com bar e é ponto de encontro na região. Pág. 8 O advogado e engenheiro Luiz Christiano Leite concedeu entrevista ao jornal e fala sobre o crescimento de Sorocaba que em agosto completa 360 anos. Págs. 10 e 11 Já a Dijos continua oferecendo diversos cursos, esta é uma oportunidade para aumentar a sua renda. Pág. 8 Págs. 12 e 13 A correria do dia-a-dia faz com que os trabalhadores optem cada vez mais por almoçarem fora. O Wanel Ville tem muitas opções de restaurantes. E o Sebrae realiza uma palestra sobre custos, despesas e preços de venda. Pág. 8 O número de animais abandonados, cachorros e gatos, tem crescido na cidade. Um canil do Wanel Ville precisa com urgência da doação de ração. Pág. 14 Agenda em Foco Pág. 9 Pág. 22 A Fisk do Wanel Ville está com matrículas abertas para os cursos de inglês e espanhol. A Pastoral do Menor realizou mais um evento no Jardim Ipiranga. Confira como foi a atividade e os cursos abertos na Casa do Cirineu na Agenda em Foco. Tenham todos uma ótima leitura. EXPEDIENTE - Ano 11 - nº 62 - Julho/ Agosto 2014 - Tiragem: 11.000 Exemplares Fone: 3329-7596 Editor: Marcos Tadeu Stachewski | Comercial: Paula Pacheco - Fone: 3013-1331, Sérgio Augusto Grillo - Fone: 3318-4240 | Jornalista Responsável: Cida Muniz MTB: 42990/SP Arte Final/ Diagramação: Matheus Stachewski, Jéssica Furquim | Distribuição gratuita porta a porta: Wanel Ville I, II, III, IV e V, Jardim Ipiranga e Parque Esmeralda. Impressão: Gráfica Santa Edwiges - Fone: 99724-2449 Jornal Zona Oeste em Foco - R. Léo Migliorini, 88 Sala 1 - Wanel Ville IV - Fone: 3329-7596 | zonaoesteemfoco@terra.com.br | www.jornalzonaoesteemfoco.com.br www.facebook.com/jornalzoemfoco | Crédito fotos: Cida Muniz. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal.

[close]

p. 4

4 JARDIM IPIRANGA O empresário Roberto Sérgio Telline mora há 20 anos no Ipiranga e acompanhou a transformação do bairro. Nascido em Sorocaba, ele morava no Paineiras e quando se mudou para o Ipiranga, as ruas eram vielas de terras, só havia barracos no bairro e a criminalidade era alta. Hoje as ruas são asfaltadas e iluminadas, poucas são as vielas existentes. Bairro se desenvolveu e orgulha os moradores Jardim Ipiranga ganhou esse nome em 1995, antes ele era conhecido como Lilu, uma homenagem ao ex-vice-prefeito Luis Francisco (Lu) e sua então secretária, a advogada Maria Isolda Lichtenthaler (Li) Azevedo, que viabilizaram o início da urbanização do bairro, que ganhou três ruas, água e luz. Mas a área começou a ser habitada em 1979 e de lá para cá muita coisa mudou. É inegável como o bairro cresceu e se desenvolveu. Hoje os moradores têm orgulho do Território Jovem, da Casa do Cidadão, Área de Transferência, do Cras (Centro de Referência de Assistência Social), do Crami (Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância e Adolescência), a Escola Elza Salvestro Bonilha, do CEI (Centro de Educação Infantil) 50 – Professor Alípio Guerra da Cunha -, do CEI 69 – Professora Ester Bueno de Camargo Nascimento - e do Parque “Nilson Lombardi” que contribuem para elevar a autoestima dos cidadãos residentes no local e nas imediações, sem contar o comércio pujante. Mas existe um lado que muitas pessoas não veem. O Escola abriga uma unidade do Sabe Tudo População precisa colaborar Comerciante Roberto Sérgio Telline mostra o lixo acumulado ao lado do ponto de ônibus Porém, nem tudo são flores no bairro. Quem passa pela rua Manoel Simões Novo encontra muito lixo. Uma situação degradante. O mau cheiro é insuportável e as pessoas esperam o ônibus no ponto tomado pela sujeira. Essa situação piorou quando alguns barracos construídos na área verde do Ipiranga foram demolidos pela Prefeitura. Segundo Telline, a área receberia um Ecoponto para deposito de entulhos, mas isso não ocorreu. O Jornal Zona Oeste em Foco, após visitar o bairro, entrou em contato com a Prefeitura de Sorocaba e esta respondeu vários questionamentos feitos pela reportagem. Segundo as informações da Serp (Secretaria de Serviços Públicos), não há previsão de instalação de um ecoponto no local. Com a retirada dos contêineres de lixos pela empresa que fazia a coleta na cidade, a situação somente piorou. Hoje o local e outros pontos do bairro são verdadeiros lixões, onde proliferam todo tipo de bicho peçonhento. Na opinião de Telline, antes as pessoas não jogavam lixo na área, porque consideravam quem morava nas proximidades. Com a demolição, ninguém respeita e trazem o seu lixo e Moradores se exercitam no parque entulho para ser despejado no local. É importante ressaltar, que a população precisa fazer a sua parte e não jogar lixo na área verde. Conforme a Serp, a coleta de lixo é realizada regularmente no bairro em dias alternados, as terças, quintas e sábado, sempre a partir das 7 horas. Por isso, não há motivo para os moradores jogarem o lixo no local. Todos precisam fazer a sua parte para manter a área limpa. Risco para crianças O verdureiro Rogério Aparecido Machado também mora há mais de 20 anos no Ipiranga. Ele tenta manter limpa a área na frente da sua casa, tudo em vão, porque o lixo em cima da boca-de-lobo traz o risco também de enchente.

[close]

p. 5

JARDIM IPIRANGA 5 Comércio cresceu muito Verdureiro Rogério Aparecido Machado convive com o entulho jogado na frente da sua casa Pista de skate é frequentada por jovens Numa mostra que ainda falta conscientização para alguns cidadãos. O comerciante mostra indignado o ferro de construção saindo do solo, lembrança das casas demolidas que podem provocar um acidente grave, principalmente envolvendo as crianças. Mas é o lixo que incomoda. Ferragens de casas que foram demolidas estão expostas A reportagem também questionou a Serp sobre as ferragens e a resposta foi muito positiva. Segundo a Secretaria, os ferros começariam a ser retirados pelo poder público. Acabando com o risco das pessoas se machucarem. Machado mostra para a reportagem uma nascente e conta que a água era limpa. Hoje no local tem de tudo que é lixo: colchão, televisão, sacolas e mais sacolas de supermercados cheias de sujeira. E assim as pessoas que moram na rua José Prado Gutierres são obrigadas a conviver com a sujeira. Tanto Telline como Machado consideram que falta educação por parte de algumas pessoas, muitas não são nem moradores do bairro, e prejudicam o Jardim Ipiranga, um bairro de pessoas que cresceram no local e sentem orgulho do lugar onde residem. O ideal, destacam os entrevistados, é que o local seja urbanizado, para que a área de preservação ambiental realmente seja protegida e mude a imagem degradante de depósito de entulho. Mas, a Prefeitura informou que no momento não existe nenhum projeto para a urbanização. Outro fato positivo informado pela Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, é que o Jardim Ipiranga está totalmente regularizado. O bairro é composto por 945 lotes e, deste total, a Prefeitura realizou a titulação assistida de 859 imóveis. Os que ainda não foram Teatro de Arena recebe eventos culturais titulados são por pendências documentais. A apresentação destes documentos são de responsabilidade das respectivas famílias que têm a posse dos imóveis, ficando a Área de Regularização Fundiária da Sehab impossibilitada de concluir o registro sem a apresentação dos documentos necessários. Os moradores, afirma Telline, têm muito orgulho do Jardim Ipiranga, um bairro que prosperou e melhorou muito, mas a atual situação precisa mudar com urgência. Neste sentido, a Prefeitura prometeu fazer a sua parte e disse que vai limpar a área verde. O importante agora é a população também ajudar e não sujar mais o local e denunciar quem jogar lixo na área.

[close]

p. 6

6 FOCO EMPRESARIAL Promoção de inverno na N & G Modas A N & G Modas, da empresária Gisele de Almeida Lima Genaro, foi inaugurada há três meses e já conquistou os clientes do Wanel Ville. A loja trabalha com as marcas Hering, K 2 B, Empório Jeans, Malwe, Trimix, Revanche, Exprim, Milon (infantil), Mônica Sanches (bolsas), além de acessórios e roupas masculinas. Aproveite que a N & G Modas está com promoção de venda de roupas de inverno com até 50% de desconto e aceita cartões de crédito. A N & G Modas fica na rua Guineia Bonassi Ortega, 44/48, telefone 3034-1055. Acesse a loja no Facebook digitando negmodas.gisele@gmail.com. paula_pacheco@terra.com.br Nina’s Pet Shot está apagando velinhas Equipe N & G Modas: Sueli, Gisele e Kamila Dona Cida & Cia – café e petiscaria é inaugurada Danilo, Cleide, Rosana e Luiz Pegoretti A Nina’s Pet Shop, de propriedade de Luiz Pegoretti, está completando três anos. Nesse período conquistou muitos clientes no Parque Ouro Fino e adjacências, até porque, além do serviço de banho e tosa, também trabalha com o disk ração. Os moradores já se acostumaram a ver o carro da empresa circulando pelo bairro. Parabéns pelo aniversário. Dona Cida e sua filha Nicole América Estofados completa um ano no Jardim Simus Agora os moradores do Wanel Ville e adjacências têm uma nova opção para apreciar um delicioso café, suco, porções, salgados, drinks e batidas. Foi inaugurado no dia 11 de julho o Dona Cida & Cia – Café e Petiscaria -, de propriedade de Cida Feliciano e sua filha Nicole Heloá Feliciano. Em um ambiente aconchegante, o Dona Cida & Cia promete encontros agradáveis. Conheça esse novo point, na avenida Elias Maluf, 1955, telefones 3359-6502 e 3359-6503. O mês de julho é de festa para a empresa América Estofados. A loja está no Jardim Simus há um ano, tendo sido inaugurada no dia 20. A empresa está sempre inovando e oferecendo estofados de qualidade, além do ótimo atendimento realizado pela Nivalda Oliveira. Conheça a América Estofados na Américo Figueiredo, 608.

[close]

p. 7

FOCO EMPRESARIAL Farmácia Ipatinga é inaugurada Os moradores do Wanel Ville e imediações agora contam com mais uma empresa do ramo farmacêutico, a Farmácia Ipatinga, de propriedade do farmacêutico Carlos Eduardo e a sua esposa Silvia. Além do excelente atendimento, a farmácia tem preços sem concorrência e conta sempre com a assistência de um farmacêutico em tempo integral. Conheça e comprove O farmacêutico Carlos Eduardo e sua a excelência do atendimento da Farmácia Ipaesposa Silvia tinga, localizada na rua Valmir V. Segura, 237, Wanel Ville I, em frente ao condomínio Ipatinga. Telefone 3346-6256. 7 Moradora do Wanel ganha bicicleta da Soroká Tintas Para marcar o seu primeiro aniversário, a Soroká Tintas sorteou uma bicicleta entre seus clientes que fizeram compras de mais de R$ 100,00 na loja e acertaram o Bolão da Copa. A grande vencedora que recebeu a bicicleta de 18 marchas foi Patricia Roberta Koury, moradora do Wanel Ville. A Soroká Tintas agradece a todos os A feliz ganhadora Patricia seus clientes que participaram do Bolão com o seu marido da Copa e promete muitas novidades. A Soroká Tintas fica na avenida José Caetano Graziosi, 75, Wanel Ville, telefones 3326-8969 e 3346-9848. Sorocaba Multiusos comemora primeiro aniversário No dia 25 de julho, a Sorocaba Multiusos, que trabalha com pintura, hidráulica, elétrica, ferramentas e utilidades completa o seu primeiro aniversário. Os proprietários da loja, Jeferson Oliveira da Silva e seu pai José Jauro da Silva contam que resolveram abrir a loja por estarem envolvidos Família Sorocaba Multiusos: com a construção civil e viram Talita, Jeferson, José e Vânia a necessidade de uma loja do ramo no bairro, pois o Wanel Ville está crescendo cada vez mais. Na Sorocaba Multiusos, também trabalham a mãe de Jeferson, Vânia Garrido de Oliveira da Silva, e sua irmã, Talita Oliveira da Silva. O ambiente familiar é um dos motivos para o sucesso da Sorocaba Multiusos, que está localizada na rua Manoel Soares da Silva, 262, Wanel Ville II, telefone 3329-9320. Parabéns a toda família. Santos Embalagens será inaugurada em agosto No dia 2 de agosto, Marcelo Aparecido dos Santos e o seu tio, Antônio Francisco dos Santos, vão inaugurar a Santos Embalagens que, como o nome já diz, trabalha com embalagens, mas também com todo o tipo de artigos para festas. A Santos Embalagens é uma empresa que faltava Marcelo Aparecido dos Santos com sua esposa Marinna e sua filha Giovanna em nossa região. Sejam bem-vindos à região Oeste. Conheça a Santos Embalagens na avenida Paulo Emanuel de Almeida, 920, Wanel Ville, telefone 3359-8814.

[close]

p. 8

8 OPORTUNIDADES Botequim de Mulher – a união perfeita entre salão de beleza e ponto de encontro região do Wanel Ville tem um dos salões de beleza mais equipados da cidade. O Botequim de Mulher, de propriedade da advogada Lilian S. Oliveira Lima, que tem cursos especializados em corte de cabelo, penteados e maquiagem, além de ser esteticista de primeira linha, une o salão de beleza com um bar, em dois ambientes agradáveis. O Botequim de Mulher oferece atendimento de manicure, pedicuro, corte e penteados, tratamento químico, coloração, depilação e estética facial e corporal. Há também um espaço exclusivo para noivas. O Botequim de Mulher, conta Lilian, também possuí o cartão fidelidade, que concede benefícios para as clientes assíduas. A Dijos Doces, de propriedade de Felipe Dijos está inovando e abrindo uma série de cursos para mulheres e homens na área da culinária, principalmente de doces e salgados que podem se tornar uma valiosa fonte de renda. Mesmo para aqueles que não desejem utilizar comercialmente essa arte, frisa Dijos, esta é uma oportunidade de aperfeiçoar os dotes culinários aprendendo as receitas com renomados culinaristas do país. Os alunos também vão participar do sorteio de vários brindes. Os cursos são todos apostilados e realizados em apenas um dia, sendo que a matrícula é uma taxa pequena. A carga horária varia de acordo com o curso, sendo de três a quatro horas. “Em uma tarde a pessoa aprende a fazer diversos doces ou salgados pagando preços módicos”, comenta Dijos. A Aumente a sua renda fazendo doces e salgados Novo point SERVIÇO – Dijos Doces - Avenida General Carneiro, 1808, Vila Lucy. Telefones 3222-5274 e 3217-9087. Mais informações sobre os cursos acesse www.facebook/dijosdoces. No Botequim de Mulher são servidos saladas e sanduíches naturais. No inverno, comenta Lilian, os clientes têm à disposição diversos tipos de caldos. O local tem uma estrutura completa e variados tipos de cerveja, como: Stella Artois, Budweiser, Heineken, Bohemia, entre outras, vinho, refrigerantes, sucos naturais e drinks. No Botequim de Mulher, seja para quem for ao salão de beleza ou se divertir, o ambiente tem qualidade e pessoalidade e o local aceita todos os cartões de crédito. SERVIÇO – O Botequim de Mulher fica na rua Márcio dos Santos Flores, 330, Wanel Ville I, telefone 3233-9876. O salão funciona de segunda a sábado das 8h30 às 19 horas e o Botequim das 15 às 23h30, de quinta a sábado. Sebrae realiza palestra sobre custos, despesas e preços de venda Escritório Regional do Sebrae-SP em Sorocaba está com inscrições abertas para a palestra gratuita “Por dentro dos custos, despesas e preço de venda”. O evento acontece no dia 29 de julho, às 19h30, no próprio Sebrae-SP, que está localizado na avenida General Carneiro, 919, Cerrado. A palestra visa sensibilizar o empre- O sário sobre a importância de desenvolver habilidades gerenciais que proporcionem competências para as ações de melhoria na performance financeira de suas empresas. Mais informações sobre este e outros produtos e serviços oferecidos pelo Sebrae-SP na região de Sorocaba podem ser obtidas pelo número 0800 570 0800 ou pelo telefone (15) 3224-4342.

[close]

p. 9

Unidade Fisk Wanel Ville está com inscrições abertas! aber um segundo idioma é fundamental para ser inserido no mercado de trabalho e quanto antes a pessoa começar, melhor. A escola Fisk Wanel Ville, está com matrículas abertas para os cursos de inglês e espanhol. A diretora da escola, professora Andréa Catel, foi aluna da Fisk e hoje é proprietária de duas franquias em Sorocaba. Andréa frisa que o curso é voltado para a conversação e que o professor, desde a primeira aula, fala o inglês ou espanhol com o aluno, traduzindo no início, mas depois essa pratica não ocorre mais. Outro diferencial é que a maioria dos professores já morou fora do país, sem contar que na Fisk, os alunos são conhecidos pelo nome e os pais têm participação ativa na escola. Hoje a Fisk Wanel Ville tem um professor nativo americano, Mike Haven, que ministra aulas para turmas de nível avançado. A Fisk Wanel Ville também oferece a seus alunos intercâmbio para a Califórnia, nos Estados Unidos. Todos os meses de julho, Andréa leva, por 3 semanas, um grupo de 10 a 15 alunos para lá. Os alunos estudam inglês pela manhã, fazem passeios com um guia no período da tarde e ficam hospedados em casa de família americana. Ao final do intercâmbio, os alunos recebem certificado de conclusão do curso, assim como de participação. EDUCAÇÃO MERCADO DE TRABALHO 9 S Inaugurada a primeira escola profissionalizante do Wanel Ville César Augustus Pereira de Paula e Henrique Cesar Pereira de Paula A equipe Fisk: Professores Mike e Andrea, secretárias Cintia e Renata e professores Laura e Álvaro Almeida, 366, Wanel Ville, telefone 3234-5222. de inglês para adulto tem a duração de três anos e meio, sendo que após um ano, os alunos já estão se comunicando totalmente no idioma. Já o curso de espanhol, tem a duração de dois anos e meio. Para promover a integração entre alunos, pais e escola, a Fisk promove festas tais como “Slumber Party” (festa do pijama) e “Halloween”, momento em que podem se divertir e praticar o inglês. Além das aulas, que são duas horas semanais, o aluno também estuda pelo Cyber Fisk, em qualquer lugar que ele estiver, inclusive através de um aplicativo Fisk no seu celular. Outro sucesso entre alunos Fisk é que eles recebem o “Fisk Dollar”, que é a moeda Fisk, forma Os cursos de incentivá-los a estudar e participar das ativiA Fisk oferece dades, quanto mais dólares eles acumulam, mais cursos para crian- produtos podem “comprar” em nossa “lojinha”. ças a partir dos A Fisk está de portas abertas aguardando sua visita! quatro anos de idaFisk Wanel Ville – Avenida Paulo Emanuel de de, onde aprendem brincando. O curso Almeida, 366, Wanel Ville, telefone 3234-5222. Fisk Trujillo – Avenida General Osório, 275, Fisk Wanel Ville – Avenida Paulo Emanuel de Trujillo, telefone 3231-7700. Monte Sião Treinamentos está com inscrições abertas para diversos cursos. O empresário e técnico em segurança do trabalho, César Augustus Pereira de Paula, frisa que o mercado de trabalho está oferecendo várias vagas, mas o profissional tem que estar qualificado. Desde 2000, a Monte Sião Treinamentos ministra cursos de qualificação profissional e em junho, inaugurou a sua sede no Wanel Ville I. Os cursos são teóricos e práticos e alguns são realizados em parceria com empresas. Todos os cursos são ministrados por profissionais reconhecidos. A Os cursos Conheça os cursos: Metrologia (36 horas), Leitura e Interpretação (18 horas), Inspetor de Qualidade (114 horas), Almoxarifado (32 horas), Sistema Toyota (12 horas), Operador de Empilhadeira (30 horas) e Operador de Ponte Rolante (16 horas). Todos os cursos podem ser parcelados em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito. A Monte Sião Treinamentos possui estacionamento próprio, ao lado. SERVIÇO Monte Sião Treinamentos – Av. Paulo Emanuel de Almeida, 760, Wanel Ville I, Telefones 3012-7809 e 98825-7759. Facebook.com/montesiaotreinamentos.

[close]

p. 10

10 Professor analisa o crescimento da cidade Luiz Leite foi secretário municipal em três administrações bilidades. Não existe ainda um arcabouço político e legal claro que possibilite a eficácia desse processo de gestão de unidades autônomas como são os municípios. Para alguns componentes de gestão administrativa, o mecanismo já tem apresentado resultados alentadores como na área do transporte intermunicipal e na área da saúde. Entretanto, devemos considerar como mais uma importante ferramenta na gestão de problemas comuns das várias localidades. Quando seu processo de gestão estiver funcionando de forma plena, a estrutura da Região Metropolitana de Sorocaba deverá trazer resultados positivos para todos da região. o dia 15 de agosto Sorocaba vai comemorar 360 anos. Para analisar o crescimento do munícipio, o Zona Oeste em Foco entrevistou o professor da Esamc (Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação), engenheiro e advogado Luiz Christiano Leite da Silva, que foi secretário municipal na primeira administração do prefeito Antônio Carlos Pannunzio, durante os dois mandatos do ex-prefeito Renato Amary e no primeiro mandato do ex-prefeito Vitor Lippi. N Ao longo dos seus 66 anos, Leite é considerado um especialista no desenvolvimento de Sorocaba e uma das pessoas mais capacitadas em analisar como será o crescimento da cidade nos últimos anos. Acompanhe a entrevista concedida pelo engenheiro e advogado. Zona Oeste em Foco - Como o senhor analisa o impacto que a vinda da Toyota trouxe para Sorocaba? Luiz Leite - Na segunda metade da década de noventa, Sorocaba trabalhou para diversificar suas atividades econômicas, mas de longa data a indústria de autopeças se destacou no conjunto das demais. O atual ciclo de desenvolvimento de certo modo se consolida com a presença da Toyota em Sorocaba e na região. A Toyota vem dar peso a característica industrial que a cidade possui e fortalecerá não só a cidade, mas toda a região, atraindo novas empresas para o eixo formado pelo binário das rodovias Castello Branco e Raposo Tavares. ZO – Quais os benefícios da criação da Região Metropolitana de Sorocaba? LL - A experiência brasileira com Regiões Metropolitanas ainda é pequena perto de suas possi- ZO - Quais são as mudanças necessárias para Sorocaba ter um crescimento planejado e sustentável? LL - A partir de que foi criada a Região Metropolitana de Sorocaba é impossível deixar de considerar este fator na revisão do Plano Diretor da cidade. As cidades, como os filhos, crescem e encontram seus caminhos, nem sempre aqueles que havíamos planejado. De qualquer forma, diferente do que possamos desejar aos nossos filhos, a função do Plano Diretor é tentar disciplinar o crescimento da cidade para os próximos anos, na direção que julgamos ser o melhor para a qualidade de vida de seus moradores, do presente e do futuro. Logicamente, existem divergências do que seria melhor para uns e para outros e nesse ponto o razoável é confiar no corpo técnico da Prefeitura e participar das audiências públicas que antecedem a aprovação do Plano Diretor. ZO - Sorocaba tem mercado consumidor para tantos shoppings? A tendência é o setor de serviços passar a empregar mais? LL - Existe uma mudança no comportamen- to da sociedade e no dos consumidores também. Os “shopping centers” tem sido uma tendência como opção de se ter no mesmo local tipos variados de lojas, com estacionamento, segurança e horários mais amplos do que o comércio tradicional oferece. Normalmente, a abertura de centros de comércio como um “shopping center” é precedido de estudos de viabilidade econômica, porém se haverá ou não mercado para tantas opções caberá ao consumidor decidir. Sobre a tendência do setor de serviços empregarem mais que outros setores, está muito vinculada ao processo de terceirização, onde as empresas dividem a produção e a comercialização em etapas de especializações nas quais umas prestam serviços a outras, ou seja, a atividade que era realizada por uma única empresa no passado é dividida pelos serviços de várias empresas para realizar o mesmo serviço e por isso as atividades de serviços vêem crescendo e empregando cada vez mais pessoas. ZO - Sorocaba continua sendo uma cidade industrial? Isso deve perdurar por mais quanto tempo? LL - É fato histórico que desde a instalação da Real Fábrica de Ferro São João de Ipanema, lá pelos idos de 1810, Sorocaba formou e desenvolveu uma vocação industrial. Essa vocação é mais que a capacitação ou habilitação das pessoas para o trabalho, é algo mais, que vai além do fazer com conhecimento, é o fazer, ou o aprender com facilidade, é um diferencial que influi na atitude comportamental e impregna o coletivo dos trabalhado-

[close]

p. 11

11 res de todos os níveis, é o conjunto de capacidades e conhecimentos tácitos que decorrem da formação histórica, econômica e social de determinada sociedade. Por esta característica, pela posição logística que a cidade possui e pelas empresas já instaladas na região é de se esperar que Sorocaba e a região continuem atraindo mais empresas. pela comunidade científica e técnica do país e do exterior, possibilitando a consolidação do Parque Tecnológico de Sorocaba. dia a dia se aprimora, forma um naipe de opções de graduação e pós-graduação de especialidades que vêem preenchendo as necessidades de profissionais, de forma a garantir a sustentabilidade do desenvolvimento de nossa cidade e região. ZO - Qual a importância de Sorocaba ter um Parque Tecnológico? Existe a real possibilidade da cidade atrair empresas de alta tecnologia? LL - O Parque Tecnológico é uma semente que pode se tornar pólo importante no processo de inovação tecnológica para o país. Temos na região grandes unidades industriais e acadêmicas altamente capacitadas e competentes que podem viabilizar o sucesso do Parque. Atualmente, nesta sua fase inicial, se coloca muito esforço para agregar no Parque essas estruturas industriais, acadêmicas e de apoio, motivar seus trabalhos e atrair novos centros de pesquisa e inovação tecnológica, criando mecanismos de facilitação e incentivo para suas atuações. Esse processo pode levar algum tempo e não depende somente do próprio Parque, o contexto econômico e tecnológico do país e do estado pode acelerar, ou atrasar seu desenvolvimento. Como aconteceu com outros Parques Tecnológicos que passaram pelo mesmo processo é na caminhada que pode se encontrar pontos que promovam a nucleação de determinadas tecnologias, que passem a ser referência reconhecida ZO - A área educacional - faculdades, pós, mestrado - está acompanhando esse crescimento industrial? LL - A história do ensino técnico, profissional e superior em São Paulo e no Brasil está intimamente ligada à Sorocaba. Atualmente a cidade conta com mais de trinta mil alunos matriculados em cursos superiores. Verificando a história se percebe a importância de Sorocaba no campo da educação. Foi o Curso de Ferroviários criado em 1930 pela Estrada de Ferro Sorocabana, que deu origem ao Centro Ferroviário de Ensino e Seleção Profissional e que, por sua vez, foi a semente e serviu de modelo para a criação do Senai, de tamanha importância para a indústria nacional. A Pontifícia Universidade Católica com as Escolas de Medicina, Enfermagem e Ciências Biológicas se instalou em 1950; em 1951 surge a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Sorocaba e que deu origem a atual Uniso; em 1957 nasce a Fadi – Faculdade de Direito de Sorocaba; também a primeira Fatec criada no Estado de São Paulo, em 1970, foi a de Sorocaba; no ano de 1971 é criada a Fefiso - Faculdade de Educação Física de Sorocaba; em 1977, o inicio dos cursos de engenharia da Faculdade de Engenharia de Sorocaba, a Facens. Em tempos mais recentes se instalam na cidade uma série de novas escolas com cursos superiores como o Imapes, a Esamc, a Uirapuru Superior, a Unip - Universidade Paulista, a Anhanguera Educacional e a Unopar. Cabe ressaltar dois campi importantíssimos de universidades públicas que vieram para Sorocaba com um conjunto significativo de cursos superiores, de graduação e pós-graduação: a Unesp em 2003 e depois a UFSCar em 2006. Todo esse conjunto de escolas superiores, que ZO - Ainda há espaço para a cidade continuar crescendo na área de construção civil? LL - O boom imobiliário que viveu e ainda se vive em Sorocaba está relacionado com o próprio desenvolvimento econômico local e a mudanças sociais ocorridas nos últimos vinte anos, no país e de forma intensa em nossa cidade. O território de nosso município é relativamente pequeno, porém o da região, agora metropolizada, é enorme e possui muito espaço para a área da construção civil. A mobilidade intermunicipal deverá ser dos primeiros componentes de integração a ser abordado pela direção da Região Metropolitana, de modo a permitir e facilitar o deslocamento entre as cidades da região. A partir da criação da Região Metropolitana de Sorocaba, sem que se perca a identidade de cada local, é preciso começar a pensar que as cidades passam a ter suas fronteiras estendidas, envolvendo os territórios dos vários municípios pertencentes a esse conjunto. ZO - Como o senhor vislumbra o futuro de Sorocaba e da agora região metropolitana. LL - Sorocaba já é e continuará a ser uma das cidades mais importantes do estado e do país. A partir da criação da Região Metropolitana de Sorocaba a cidade ampliará sua importância como referência e como pólo de serviços da nova região, mas continuará tendo sua base de desenvolvimento alicerçado na indústria. O porte populacional de 700 mil habitantes, que se aproxima rapidamente, será um ponto de inflexão que poderá impactar a qualidade de vida de seus moradores, para melhor, ou para pior. Isto dependerá dos rumos que daremos para a nossa cidade e aqui vale ressaltar a importância do projeto de Plano Diretor que será aprovado proximamente.

[close]

p. 12

12 número de restaurantes no Wanel Ville cresceu vertiginosamente nos últimos meses. São várias opções de cardápio, passando pelo churrasco até a comida japonesa. Os pratos são para todos os paladares e bolsos. A facilidade de comer nos restaurantes, seja no almoço ou jantar, fez proliferar os empreendimentos deste setor. Normalmente as pessoas que trabalham no comércio têm de uma a duas horas de almoço. Para quem precisa se locomover utilizando transporte público, esse tempo é pequeno, sem contar que o gasto com a passagem será pouco menor do que comer em um restaurante. Outra questão que faz com que se opte por almoçar fora é a variedade do cardápio. Por mais simples que seja o restaurante, ele terá, pelo menos, quatro tipos de saladas e de dois a três tipos de “mistura”. Isso contribui para a pessoa ter uma alimentação mais saudável. Para quem quer saborear uma comida caseira, com um tempero sulista, a dica é O Comer em restaurantes é prático e barato o Sabor de Minas, do empresário Marcos Antonio de Oliveira. O segredo dessa culinária é familiar e no local são servidos pratos executivos. Outro atrativo do Sabor de Minas é as massas caseiras com um molho especial que faz qualquer um fugir do regime. O restaurante também fornece marmitex. O segredo do restaurante Quero Mais é a comida com sabor caseiro, comemora o empresário Jeová Alves de Souza. O buffet, com cardápio variado todos os dias, atrai os clientes. Além da variedade das saladas e três tipos de carnes por dia no sistema self service com preço único, no Quero Mais o cliente ainda pode saborear uma deliciosa sobremesa. O local também fornece marmitex. GASTRONOMIA Comida caseira A mistura de gaúcho (mãe) com português (pai) resultou em um restaurante denominado Gauchinhos, de propriedade de Maurício Vieira. No restaurante inaugurado em junho, todos os dias (exceção às segundas que têm virado à paulista) é possível apreciar uma saborosa costela assada no forno à lenha. Todos os pratos ficam aquecidos no fogão à lenha o que dá um sabor especial, sendo que as carnes assadas são o carro chefe do Gauchinhos. Mas se você não tiver tempo de ir ao local, o restaurante também entrega marmitex. Já à noite serve espetinhos. Forno à lenha Influência sulista Sabor do Sul Avenida Elias Maluf, 310, Wanel Ville, telefones 33598884 e 3359-8883. Funcionamento das 11 às 14h30. Quero Mais – Avenida Elias Maluf, 2028, Wanel Ville, telefones 3012-6928 e 99682-7737. Funcionamento das 11 às 14h30. Gauchinhos Restaurante Rua Léo Migliorini, 27, Wanel Ville, ao lado do Supermercado Santo, telefone 3221-1145. Funcionamento de segunda a sábado das 11 às 14h30 e das 18 às 24 horas.

[close]

p. 13

GASTRONOMIA A comida japonesa caiu no gosto popular, principalmente por ser considerada muito mais saudável que os alimentos normalmente consumidos no ocidente. Na nossa região há dois anos existe o Yakisoba Express. Os proprietários Danielle Duarte e José Amâncio comentam que o restaurante entrega para toda a cidade e, como não poderia deixar de ser, o yakissoba é o carro chefe do local. Mas o cardápio é variado com frango à passarinho e yakimeshi (risoto de arroz), além dos famosos rolinhos primavera, salgados e doces. 13 Crédito: ibizafoto.com.br Comida japonesa O restaurante oferece três opções de almoço: por quilo com churrasco, comer à vontade com churrasco e comer à vontade sem churrasco. Inclusive, à noite, também o cliente pode saborear o churrasco do Canela de Fogo que também fornece marmitex. Sushi Vip – Léo Migliorini, 78, Wanel Ville. Horário de funcionamento das 11 às 14h30 e das 19 às 22h30. Canela de Fogo – Avenida Paulo Emanuel de Almeida, 321, Wanel Ville, telefones 32026199 e 2104-0235. Horário de funcionamento diariamente das 11 às 15 horas (almoço); e das 18h30 às 22 horas de segunda a sábado (jantar). Yakisoba Express – Avenida Elias Maluf, 1.600, Wanel Ville (em frente ao supermercado Santo), telefones 2104-1093 e 3016-5644. Horário de funcionamento das 18 às 23 horas. O Restaurante Canela de Fogo realmente agarra os clientes pelo estômago. O churrasco é quase uma unanimidade e as carnes do restaurante, comenta o proprietário Carlos Henrique Reginaldo, são de primeira. Churrasco no cardápio No dia 5 de julho o Wanel Ville e região ganhou um restaurante típico japonês, o Sushi Vip de propriedade de Breno Massanari. O local, além de servir pratos típicos japoneses à la carte, também oferece o rodízio de comida japonesa que tem feito sucesso entre os clientes. Inicialmente o local funcionava apenas à noite, mas agora é possível saborear as delícias da culinária oriental também no horário do almoço e em breve, comemora Massanari, também estará atendendo pelo sistema delivery. Rodízio de sushi Nesta segunda (21), o Wanel Ville ganhou um novo restaurante, o Cook Pizzaria, Restaurante e Confeitaria, de propriedade de Dirceu Custódio Vieira, que antes funcionava apenas no período noturno. O novo restaurante funciona no sistema do coma à vontade, com buffet de acompanhamento, saladas e o cliente pode escolher entre as três opções de carne do dia. No local agora também está à disposição uma confeitaria. O restaurante também fornece marmitex pelo sistema delivery. Cook Pizzaria, Restaurante e Confeitaria Rua Alfredo Gemente, 90, Wanel Ville IV, telefones 3222-8976, 3222-0217 e 99758-2622. Funcionamento restaurante: segunda a sábado das 11 às 14 horas, pizzaria: terça a domingo das 18 horas às 23 horas, confeitaria: de segunda a sábado das 11 horas às 23 horas. Coma à vontade

[close]

p. 14

14 número de animais de ruas, tanto cães como gatos, é cada vez maior na cidade. Muitas pessoas não castram seus bichos e eles acabam reproduzindo. Os filhotes posteriormente são soltos e morrem em razão de doenças, atropelados ou mesmo por falta de alimentação. Algumas pessoas, denominadas de cuidadores, acolhem esses animais em casa até conseguirem um lar para eles. Visando auxiliar esses cuidadores foi criado o Capa (Centro de Apoio aos Cuidadores de Animais) que tem por objetivo auxiliar essas pessoas no trabalho voluntário que elas realizam. Bruna Bublitz é uma das cuidadoras apoiadas pelo Capa. Bruna leva vários animais para casa e depois trabalha para que eles sejam adotados por pessoas responsáveis. Além de utilizar as redes sociais, como Facebook, para divulgar os bichinhos que buscam um lar, ela também ajuda na manutenção do canil do Capa, localizado no Wanel Ville. O O Canil O Canil mantido pelo Capa tem cerca 400 m². Um advogado cedeu o espaço e nele foram construídos catorze espaços cobertos com capacidade para, no máximo, quatro cachorros em cada um, sendo que alguns deles abrigam somente um cão, isso em virtude dele estar se recuperando de cirurgia, maus-tratos ou mesmo de alguma doença contagiosa. Cachorros aguardam adoção responsável Canil também precisa de casinhas Cuidadoras tomam conta do canil A maioria dos cachorros (machos e fêmeas) é castrado e os outros estão em processo de castração. Alguns animais moram no canil há anos e não estão mais para serem doados. Outros, mais jovens, são levados para feiras de adoção regularmente, até que alguém se interesse por eles. As adoções têm que ser responsáveis. A pessoa, ao adotar um cão, tem que ter a total noção da quantidade de alimento que ele consome, do porte que ficará, do espaço que dispõe e se realmente gosta de animal. A média de consumo diário de ração do canil é de cinquenta quilos. Mas o local precisa de outras doações, como casinhas e medicamentos, isso porque muitos animais são recolhidos da rua doentes e com fraturas, sem contar os que são vítimas de maus-tratos. Fora do canil, as cuidadoras também tomam conta de gatos, por isso ração para felinos também são bem-vindas. Para doar ração, medicamentos ou casinhas, as pessoas podem entrar em contato com Bruna (99826-0334), Márcia (98104-0160) ou Rose (99717-2412). Os interessados também podem agendar uma visita para conhecer o canil.

[close]

p. 15

NEGÓCIOS • PRODUTOS • SERVIÇOS 15

[close]

Comments

no comments yet