Informativo CNG 12

 

Embed or link this publication

Description

Informativo CNG 12

Popular Pages


p. 1

Filiado à: CEA #SINASEFEemGREVE há 53 dias! | Nº 12 | 12 de junho de 2014 Dilma não negocia? A greve continua! Completamos nesta quinta-feira (12/06) o 53º dia da nossa greve, mas com o governo ainda se negando a nos atender e sem nos receber desde o dia 20 de maio. São trabalhadores de mais de 160 campi em paralisação que, junto às greves da Fasubra e de outras categorias de servidores federais, vem construindo importantes mobilizações por todo o país. Universidade Federal de Sergipe, mostram que a base pode atropelar o equívoco de diretorias. O SINASEFE, que construiu importantes enfrentamentos contra os governos Sarney, Collor, Itamar, FHC e Lula; e que hoje luta contra o governo Dilma, sempre foi reconhecido como um sindicato de luta e nossa mensagem às bases nunca será diferente: agora, mais do que nunca, preVamos transformar o cisamos ousar ludesânimo e o cansaço em tar, pois a única combustível para nossa forma de galgar conquistas é essa! pública; pelo fim do pagamento e pela auditoria cidadã da dívida pública, pois sabemos que esse sistema somente serve para drenar recursos públicos para a corrupção. Ainda que alguns colegas insistam em deslegitimar a necessidade de nossa greve, cabe a nós avaliarmos a qualidade dos nossos ambientes de trabalho e do serviço que fornecemos à sociedade. Uma pesquisa da Unesco, que avaliou 144 nações, colocou o Brasil como 116º no ranking da qualidade de ensino. Somos a sétima economia do mundo, mas Azerbaijão, Chade e Suazilândia estão à nossa frente nesse ranking. Devemos nos contentar realmente com essa realidade e pensar que em nossas escolas federais está tudo bem? Precisamos intensificar nossa mobilização: as Seções que resistem a essa greve de 53 dias bravamente devem fortalecê-la e reafirmá-la; as Seções ainda fora de nossa greve precisam aderir ao movimento paredista. Precisamos de unidade para enfrentar um governo que nos desrespeita, tachando os servidores como “pirracentos” e ironizando nossa mobilização, afirmando que “quer ver nossa valentia” e que “vai apostar no nosso desgaste”. Vamos transformar todo desânimo e cansaço que possam existir em combustível para nossa luta, que está muito forte. Já bloqueamos o MPOG; silenciamos a Presidenta; realizamos dias nacionais de luta nos últimos dias 3 e 10. Agora vamos continuar! Nesta quintafeira, na abertura da Copa, todos ao 12J, nas lutas em todos os estados contra o legado de injustiças que o evento nos trouxe. E no próximo final de semana, todos à 123ª PLENA do SINASEFE, onde definiremos os próximos passos que o movimento vai trilhar. E às portas da Copa do Mundo, que se inicia hoje, podemos dizer que além das lutas com as novas “jornadas de luta: que se intensifiquem Motivos para fortajunho”, também lecer nossa paralias greves e as haverá greves dusação não nos falrante a realização mobilizações em todos os tam. O governo do megaevento da mentiu e não cumFifa. E a nossa será priu os acordos da campi! uma delas, uma greve de 2012! das que serão lembradas por muitos Estamos nesse movimento paredisanos à frente, quando os trabalhata por conta de carreiras desestrutudores da Educação Federal de um radas de técnico-administrativos e país que tem o futebol como identidocentes; por salários corroídos pela dade cultural não abriram mão da inflação e reajustados por um luta em defesa de seus direitos e da acordo rebaixado em 2012, onde o qualidade dos serviços públicos em governo traiu nosso movimento ao troca de uma política de pão e circo lado do Peleguifes; estamos em greve que o governo nos ofereceu! por inclusão dos servidores das IFE A avaliação conjuntural é simples: com as articulações de movimentos sociais, populares, sindicais e da juventude em preparação para os enfrentamentos que virão neste e no próximo mês, é hora do governo Dilma – em queda nas pesquisas – negociar com os servidores ou arcar com um desgaste ainda maior. Por isso nossa avaliação é de que a luta deve continuar: não é momento de recuo algum e as entidades que o fizerem carregarão o ônus de terem se omitido quando a luta de classes se agudizou! É hora de lutar, e algumas greves que questionam as posturas das direções, como as da Cultura e dos docentes da Militares em um plano de carreira compatível com suas funções de trabalhadores da educação; pelo fim do assédio moral; pela racionalização de cargos do PCCTAE, assim como o dimensionamento da força de trabalho; pelo reposicionamento e isonomia para os aposentados; por uma expansão da Rede com qualidade, planejamento e sem precarização; pela data-base, um direito constitucional que todas as categorias de trabalhadores possuem, exceto os servidores públicos federais; pela destinação dos 10% do PIB aprovados no PNE exclusivamente para a educação

[close]

p. 2

2 SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA informes SINASEFE Confira os informes do CNG do SINASEFE Denúncia de assédios ao Conif Seguindo deliberação da última Plenária Nacional, enviaremos ao Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) uma carta denunciando atitudes condenáveis de alguns reitores frente ao nosso movimento paredista. Além de repudiar os assédios, sugerimos no documento a ser entregue que o conselho se posicione favorável a abertura imediata de negociação entre governo e SINASEFE. Confira o conteúdo da carta: www.goo.gl/uV8SGL. CSP-Conlutas Durante a última reunião da Coordenação Nacional da CSPConlutas (6 a 8 de junho), foi aprovada uma moção de apoio ao nosso movimento paredista. Confira o documento: www.goo.gl/6TgMIp. SINASEFE | Mário Júnior Estudantes do Colégio Pedro II ocuparam na quarta-feira (11/06) o hall do prédio da reitoria para pressionar o Reitor a executar a decisão soberana do Consup: a suspensão do calendário escolar enquanto durar a greve. Confira m a i s i n f o r m a ç õ e s : www.goo.gl/WzcRk2. Suspensão do calendário Em votação do Consup, realizada na última terça-feira (09/06), a greve no campus Boa Vista (IFRR) conseguiu uma importante vitória. O calendário acadêmico foi suspenso, garantindo o respeito à paralisação dos servidores e a devida reposição ao término do movimento paredista. Que essa conquista se expanda para outras IFE! Reunião da CSP-Conlutas #EleiçõesIFSertãoPEJá Trabalhadores do campus Salgueiro do IF Sertão-PE repudiam a demora nas eleições para a reitoria do instituto, além de exigir a deflagração urgente do processo e l e i t o r a l . C o n f i r a : www.goo.gl/0FZF2X. 123ª PLENA O terceiro fórum de nossa greve acontecerá simultaneamente à estreia da capital federal na Copa da Fifa (dia 15/06, Suíça x Equador, às 13 horas) e será realizada uma manifestação nesta data. Por isso solicitamos às bases que marquem as passagens de regresso aos estados para o final do domingo e que, se possível, tragam observadores à PLENA para ampliar a participação no ato. expediente Esta é uma publicação do SINASEFE NACIONAL Comando de Greve Aldeino Guimarães (SS Senhor do Bonfim-BA), Caroline Santos (SS Luziânia-GO), Danillo Tavares (SS Ifes), Estevam Moreira (Ifal), Flávia Carvalho (Sintef-GO), Jurandir Cirilo (SS IFPE), Juscelino Ferreira (SS Jataí-GO), Marcos Ferreira (SS IFRR), Margareth Cunha (SindscopeRJ), Moema Carvalho (SS BrasíliaDF), Raimundo Dória (SindscopeRJ), Rodrigo Gadelha (SS IFF), Romulo da Mata (SS IFF) e Samanta Maciel (SS Ifes) Jornalistas Mário Júnior | MTE-AL 1374 Monalisa Resende | MTE-DF 8938 Contatos (61) 3879-7558 cngsinasefe2014@hotmail.com imprensa@sinasefe.org.br Violência contra grevistas em Alagoas Na manhã de segunda-feira (09/06), apoiadores da nossa luta protestaram no campus Satuba, do Ifal, contra a imposição dos gestores em retomar as aulas sem a realização de qualquer assembleia para este fim. A reação de alguns pais e estudantes à manifestação foi absurda: ataques e agressões verbais e físicas contra dirigentes sindicais e trabalhadores em greve. Repudiamos essas práticas e exigimos a apuração e punição dos envolvidos. Leia mais sobre os acontecimentos no site do Sintietfal: www.goo.gl/IHPEIK. Metroviários de SP Apoiando a luta e a greve dos trabalhadores metroviários, aprovamos uma moção de solidariedade (www.goo.gl/rGMq7q) no último dia 6 de junho. A categoria suspendeu a greve, mas continua mobilizada pela reintegração dos demitidos por participarem do movimento, com indicativo de retomada da paralisação. Apoie você também esta mobilização, curta e divulgue a página dos lutadores: www.goo.gl/9bPIaZ. Apoio estudantil no Colégio Pedro II Moção de apoio da CN da

[close]

p. 3



[close]

Comments

no comments yet