Edição 734

 

Embed or link this publication

Description

07/06/2014

Popular Pages


p. 1

Diretor Responsável: Homero T. Tranquilli - CNPJ: 09573449/0001-13 - Cajuru, Sábado, 07/06/2014 - Ano 15 - N.° 734 Semanal - Distribuição Gratuita / Assinantes Alunos da Rede Municipal de Ensino desenvolvem Projeto Copa Alckmin entrega 3 ônibus escolares ao prefeito de Cajuru

[close]

p. 2

Página 2 Edição 734 - 07/06/2014

[close]

p. 3

Edição 734 - 07/06/2014 Página 3 ACONTECE CID ADE CIDADE Cruzada Ambiental comemora o “Dia do Meio Ambiente” com plantio de Pau-brasil Aproveitando o Dia Mundial do Meio Ambiente, o grupo realizou o plantio na quinta-feira (05), com a participação de alunos da escola “Dr. Mousart Alves da Silva”. O prefeito Dr. Luís Estevão falou sobre as características da árvore e fez um breve paralelo entre a época do descobrimento do Brasil à atual, aproveitando para defini-la e informar que no dia 3 de maio é o Dia Nacional do Pau-brasil (veja abaixo). Com esse plantio, a Praça central conta agora com 3 árvores da espécie Pau-brasil. ESF Piscina promove Festa Junina para os Idosos de melhorar a qualidade de vida de cada um. Nesta quarta-feira (04), a proposta foi um grande arraial, com muita música, comes e bebes e um bingo recreativo (e gratuito). No quiosque principal do clube Recanto da Amizade, o grupo se divertiu com o arrasta-pé e os jogos. A médica da unidade, Dr a Ersone reforçou que momentos de lazer podem melhorar muito a qualidade de vida, por aumentar a autoestima e o prazer pelas pequenas coisas da vida. Na semana passada, o casal Lélio e Zezé Favaretto doou uma muda de Pau-brasil para ser plantada na Praça Central e ser o marco da Cruzada Ambiental. Semanalmente a equipe da Estratégia Saúde da Família do bairro Jardim Ma- ria Tereza (ESF – Piscina) promove encontros com o grupo de idosos com o objetivo Definição Pau-brasil, cujo nome científico é Caesalpinia echinata, também conhecido como ibirapiranga, ibirapita, muirapiranga, orabutã, brasileto, pau-rosado e pau-de-pernambuco do gênero Caesalpinia presentes na região da Mata Atlântica brasileira. O nome de nosso país teve origem nesta árvore. Fundo Social de Solidariedade em parceria com a Prefeitura Municipal se mobilizam para a Campanha do Agasalho 2014 O Fundo Social de Solidariedade de Cajuru, por intermédio de sua presidente Dra. Ersone Antônia Bicego Pereira, em parceria com a Prefeitura Municipal de Cajuru, mais uma vez está organizando a Campanha do Agasalho 2014 em nosso município, com o slogan “Roupa Boa a Gente Doa”, que será realizada em 27/06/ 2014, a partir das 8h00, para tal, pedimos sua contribuição para juntos aquecermos as pessoas mais vulneráveis de nosso município neste inverno. Pedimos seu empenho e de seus familiares, no sentido de mobilizarmos e sensibilizarmos a todos para o amor ao próximo, desta maneira solicitamos que façam a separação das roupas em bom estado (lavadas, passadas), afinal devemos partilhar as roupas e agasalhos com nosso próximo que gostaríamos de fazer uso em nosso cotidiano, que na data mencionada as equipes do Fundo Social e Prefeitura estarão passando para recolher as doações. Vale lembrar que o Fundo Social estará disponibilizando caixas no comércio local, empresas, bancos e outros estabelecimentos que desejarem, para que também sejam depositadas as doações. Com a colaboração de todos, faremos um inverno caloroso. Contamos com a colaboração de toda população cajuruense, lembrando sempre que “Roupa Boa a Gente Doa”. Características Uma das características mais importantes do pau-brasil é a madeira pesada com a presença interna de um extrato que gera uma espécie de tinta vermelha. Por ser de alta qualidade, a madeira desta árvore é muito usada na fabricação de instrumentos musicais como, por exemplo, violinos, harpas e violas. Situação na época do descobrimento do Brasil A presença de pau-brasil na Mata Atlântica era muito grande até o século XVI. Porém, com a chegada dos portugueses ao Brasil teve inicio a extração predatória do pau-brasil. Os portugueses extraíam a madeira para vender no mercado europeu. A madeira era transformada em móveis, enquanto o extrato era usado na produção de corante vermelho. Situação atual Atualmente, é baixa a presença de pau-brasil na Mata Atlântica. Inclusive, existe lei federal que considera crime o corte ilegal desta árvore. EXPEDIENTE - “O JORNALZÃO CAJURU” Empresa: H. T. TRANQUILLI-ME. Contato comercial: Rua Orlando V. Figueiredo, 676 - Fone - 36674497, Diretor Responsável: Homero Tranquilo Tranquilli, tiragem: 3.500 mil exemplares, impressão: Editora Grafisc - São Carlos/SP. distribuição Gratuita e Assinantes. Circulação: Cajuru, Cássia dos Coqueiros e Santa Cruz da Esperança. Colaboradores: Lurdinha, Roberta, Fabiano L.Gomes, Luciano Porfirio, Leandro Romanato.

[close]

p. 4

Página 4 Edição 734 - 07/06/2014 SINAPSE Polícia distraída Qualquer pessoa que se atenha um pouco mais às discussões em curso sobre o problema que a humanidade enfrenta com o consumo de drogas perceberá que posições mais corajosas vêm sendo assumidas e algumas mudanças de maior ângulo estão finalmente a caminho. Apontam para essa tendência alguns dos últimos acontecimentos de 2013. Num lapso de 15 dias o Uruguai promulgou a lei que o transformou no primeiro país do mundo a manter um mercado legal de maconha e o Colorado se tornou o primeiro Estado dos EUA a permitir o uso recreativo da erva. E foram os EUA que implantaram no planeta o modelo vigente de “guerra às drogas”. O combate ao tráfico de drogas, da forma como é operado hoje em dia, consiste num equívoco. Assumo perante meus colegas que atuam na honrada Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) que, daqui a uns 60 anos, serão lembrados da mesma forma que hoje rememoramos os pilotos de zepelins. Está bem claro que a repressão às drogas é uma “enxugação” de gelo, uma batalha perdida que travamos contra nós mesmos e que talvez alveje mais inocentes do que culpados de alguma coisa. Desde que o homem é homem ele se droga. Existe um porcentual da humanidade que procurará as drogas seja por fraqueza, seja por fortaleza, seja para fugir, ou para se encontrar, por esperança em algo ou desesperança em tudo. Grande parte dos seres humanos tem a natureza de experimentador, de viajante em si mesmo. Haverá sempre homens e mulheres dispostos a ingerir drogas e, por conseguinte, haverá sempre aqueles que enfrentarão a espada da lei para atender a tal demanda. O Estado, por meio da Lei Antidrogas, intromete-se numa relação consentida entre fornecedor e consumidor. É nesse ponto que subsiste o anacronismo da proibição. A criminalização foi um equívoco, um rumo que precisaria ser reparado o quanto antes, pois as consequências da proibição são muito mais devastadoras do que se pode imaginar. A proibição, ao deflagrar o comércio ilegal, gera uma infinidade de delitos “de suporte” ao tráfico de drogas. Sem a pretensão de esgotar o rol de condutas, cito como tais crimes “de suporte” o tráfico de armas, corrupção de menores, homicídios, furtos, roubos, lavagem de fundos, corrupção de policiais, juízes e políticos. O tráfico de drogas é transversal a várias atividades, catalisando e potencializando outras condutas. A descriminalização das drogas implodiria toda uma plataforma que é suportada pelo tráfico. Numa outra vertente não menos desastrosa observamos que a proibição deu causa à própria existência de drogas alternativas, mais acessíveis em termos mercadológicos e, por conseguinte, muito mais devastadoras para a saúde. E, por fim, a pior das consequências do combate ao tráfico de drogas: sua natureza “distrativa”. Há quatro décadas a Polícia Federal “se distrai” perseguindo traficantes de maconha no sertão nordestino e de cocaína no Norte, no Centro-Oeste e no Sudeste, enquanto poderia estar destinando mais atenção e recursos a investigações de fraudes faraônicas cometidas com dinheiro público, buscando rastros de desvios de verbas federais, de lavagem de capitais e de corrupção de políticos e altos funcionários públicos dessas mesmas regiões. Em algumas unidades da Polícia Federal no Nordeste, grande parte dos canais de interceptação telefônica é utilizada para reprimir o tráfico de maconha de baixa qualidade. É a repressão às drogas sendo usada como boi de piranha. Seria um lucro para a sociedade se substituíssemos a DRE pela repressão à corrupção política, ao desvio de verbas públicas, à lavagem de dinheiro e a crimes eleitorais, aos crimes ambientais, atividades que protegem interesses coletivos e trariam benefícios para a sociedade. É bem possível que essa atividade “distrativa” venha sendo alimentada há décadas, de cabeça pensada, por aqueles que fazem passar a boiada ao largo do boi de piranha. A “indústria da proibição” é uma atividade lucrativa e não foi à toa que o bicheiro Carlinhos Cachoeira, por intermédio do seu amigo senador, tanto se empenhou contra a legalização dos jogos de azar. No Brasil a corrupção é um flagelo muito mais aviltante que o problema das drogas e, por mais estranho que possa parecer, em dezembro de 2011, das 514 mil pessoas presas nas prisões do País, apenas 632 cumpriam pena por corrupção, isto é, pífios 0,12%. O reforço na repressão aos crimes de corrupção engrossará esse porcentual e, consequentemente, funcionará como elemento intimidador, diminuindo também a sensação de impunidade amargada pela imensa maioria de brasileiros. Com mais repressão a tais crimes e mais divisas recuperadas e poupadas, muitos programas de apoio a viciados poderiam ser levados a cabo com sucesso, muitos hospitais poderiam ser construídos e equipados. Se pararmos de gastar o equivalente a três pontes para construirmos uma só ponte, se diminuirmos a crônica incidência de fraudes nas licitações públicas, muitos recursos sobrarão para projetos de apoio e tratamento aos usuários de drogas. Isso sem falar que, segundo censo recente, 25% da população carcerária brasileira seria originária de transgressores às leis antidrogas, de traficantes. Abriríamos espaço nas cadeias para alojar mais criminosos violentos e políticos corruptos. A guerra às drogas é prima-irmã da malfadada Lei Seca, que vigorou de 1920 a 1933 na América. Tudo o que a guerra às drogas acarreta de negativo como efeito colateral foi experimentado pela Lei Seca, sem tirar nem pôr. A droga é um problema a ser incessantemente endereçado por políticas sociais, e não por uma guerra militarizada que acarreta danos de altíssimas proporções e mais prejuízos do que o próprio objeto guerreado. DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL, FOI SUPERINTENDENTE REGIONAL, DIRETOR DA INTERPOL NO BRASIL E MEMBRO ELEITO DO COMITÊ EXECUTIVO DA INTERPOL, EM LYON (FRANÇA), REPRESENTANDO AS AMÉRICAS Fonte: *Jorge Pontes - O Estado de S.Paulo h t t p : / / www.estadao.com.br/noticias/ impresso,policiadistraida,1169868,0.htm Apôio: Saúde Mental AMBULATÓRIO “dona Fifia” – fone 16-3667 9962 HOL OCOL UN A HOLOCOL OCOLUN UNA 340. Francis Bacon Londres, em York House, no dia 22 de janeiro de 1561, nasce o filho do Sir Nicholas Bacon, tabelião da rainha Elisabeth. O recémnascido recebe o nome de Francis Bacon. O garoto Bacon tem o privilégio de ser introduzido na corte desde cedo; aos 12 anos de idade entra para a Universidade de Cambridge e fica no Trinity College até 1775, quando, então, ingressou no Gray´s Inn de Londres, um escola de jurisprudência onde eram formados jurisconsultos e advogados. Embora Bacon fosse um admirador da filosofia de Aristóteles, aos 16 anos de idade, sem desprezo ao filósofo “desapaixonou-se”, dizendo; a filosofia aristotélica é boa somente para as disputas e as controvérsias, mas estéril em obras vantajosas para a vida do homem; e esse pensamento lhe acompanhou a vida inteira. Numa visita à França, seguindo o embaixador inglês Sir Amias Paulet, Bacon decepciona-se e comenta: o rei é um homem desregrado e o país corrupto, mal administrado e pobre. Em 1579, aos 19 anos de idade, volta a Londres, em virtude da morte do pai. Cinco anos depois, Bacon é eleito para a Câmara dos Comuns, onde permanece cerca de vinte anos. E entre 1592 e 1601 ele remonta sua amizade com Robert Devereux, segundo conde de Essex, que termina de forma trágica: Robert é acusado de traição e insurreição, e Bacon, como consultor legal da Coroa, é obrigado a sustentar as acusações. Antes favorito da rainha, o conde é condenado à morte e decapitado. Em 1603, sobe ao trono inglês Jaime I, amante da cultura e protetor de intelectuais. Então, Bacon ascende rapidamente: advogado geral em 1607, procurador-geral da Coroa em 1613, lorde tabelião em 1617 e lorde chanceler em 1618, e logo recebendo o título de Barão de Verolme; e três anos depois o de visconde de Santo Albano. Sua carreira política não atrapalhou seu trabalho intelectual, tanto que em 1620 publicou sua mais famosa obra: Novum Organum , que, na sua intenção, substituiria o Organum aristotélico. Em 1621, Bacon tem a sua carreira política bruscamente interrompida e sua fama comprometida; ele é acusado de corrupção diante da Câmara dos Lordes. Ele aceitara presentes de uma parte contendora antes de, qualidade de juiz, emitir uma sentença. Foi acusado de corrupção e condenado, mas sua prisão na Torre de Londres durou poucos dias, e a multa fora perdoada pelo rei. Assim, ele continua seus estudos e encerra sua carreira política. Em 1626, aos 35 anos de idade, no dia de Páscoa, em 9 de abril, o profeta da revolução tecnológica moderna, o teórico de uma nova técnica de aproximação da realidade natural vem a óbito. Suas obras. Ensaios (1597), análises eruditas sobre a vida moral e política, é a sua primeira obra; O parto masculino do tempo (1602), um escrito polêmico contra os filósofos antigos (Platão, Aristóteles, Galeno, Cícero), medievais (Tomás, Escoto) e renascentistas (Cardano, Paracelso); um escrito de caráter autobiográfico (1603); e outras obras se sucedem até 1608, quando inicia o Novum Organum , publicado em 1620. A Holosofia, atribui ao PHS (Programa Holosófico de Saúde) a função de estabelecer uma via de comunicação com a comunidade, veiculando notícias e temas de interesse social. Eis, portanto, a Holo-coluna, um espaço jornalístico semanal que compartilha informações diversas. No presente artigo, verificamos a riqueza de dados da história de vida de um dos mais proeminentes filósofos do século XVI, Francis Bacon. Prof. Me. Sebastião Saraiva, Maitreya Médico, holósofo e filósofo Cel. (098) 8282.9888 Site: www.holosofia.com.br

[close]

p. 5

Edição 734 - 07/06/2014 Página 5

[close]

p. 6

Página 6 Edição 734 - 07/06/2014

[close]

p. 7

Edição 734 - 07/06/2014 Página 7 ACONTECE CID ADE CIDADE Governador Alckmin inaugura primeira etapa da remodelação do Trevão de Ribeirão Preto Prefeito de Cajuru acompanha a comitiva Acompanhado de prefeitos da região, inclusive o de Cajuru Dr. Luís Estevão, o governador Geraldo Alckmin entregou nesta segunda-feira, 2, a primeira etapa das obras de remodelação do Trevo Waldo Adalberto da Silveira, na altura do km 307,5 da Rodovia Anhanguera (SP-330), um dos principais acessos à cidade de Ribeirão Preto. Foram abertas ao tráfego as pistas que fazem a interligação da Avenida Castello Branco com a Rodovia Abraão Assed/Carlos Tonanni (SP-333). O prefeito Dr. Luís Estevão afirmou que as pistas liberadas vão facilitar o deslocamento de Cajuru a Ribeirão Preto e os motoristas terão maior segurança no trajeto. Estão sendo investidos R$ 120 milhões no complexo viário, com previsão de conclusão total das obras para setembro do próximo ano. Antes disso, no entanto, haverá a entrega de uma segunda etapa das obras, em setembro de 2014: a interligação das SP-332 e SP255 com a SP-330. Segundo Alckmin, o Trevão de Ribeirão Preto é uma das maiores obras viárias de São Paulo. “São três obras numa só”. São dois viadutos que passam sobre a Rodovia Anhanguera e duas passagens inferiores na rotatória, propiciando aos motoristas que façam a viagem de forma direta, sem interseções. Com a entrega da obra, realizada pela concessionária Autovias com a fiscalização da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), o usuário que utiliza o trecho encontrará o tráfego fluindo melhor e maior segurança para fazer os deslocamentos necessários. A remodelação do Trevo Waldo Adalberto da Silveira vai transformá-lo no maior trevo rodoviário do Brasil, beneficiando mais de 1,5 milhão de pessoas que moram na região. “No total, o Trevão terá oito viadutos, 20 alças de acesso, totalizando 11,8 km, além de rampas de acesso e passarela para pedestres com 440 metros e iluminação”, destacou Alckmin. O novo Trevão, projetado para suportar o tráfego de veículos nos próximos 30 anos, irá aumentar a capacidade de fluxo e eliminar gargalos na chegada a Ribeirão Preto. Construído em 1972, o trevo ficou saturado para o atual fluxo de veículos, que são obrigados a percorrer vias que se cruzam, provocando congestionamentos e aumento dos riscos de acidentes. Passam diariamente pelo trevo 80 mil veículos, atingindo picos de 8 mil carros nos horários de pico. São gerados pela obra 1,5 mil empregos. Após a conclusão dos trabalhos, a Anhanguera - no sentido São Paulo/Ribeirão Preto se ligará com a Avenida Castello Branco em um trajeto sobre dois viadutos em pista dupla e alça. A mesma Anhanguera se interligará com a Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP255) - no sentido Minas Gerais/Araraquara (Pista Sul) - em um trajeto sob quatro viadutos e alças de acesso. Prédios Públicos ganham as cores Verde e Amarelo A diretora de Esportes Renata Jacob, o professor de Artes Renato Biju e o funcionário Irineu passaram a quinta-feira colocando os muitos (e lindos) enfeites nos prédios. Quem entra na Prefeitura logo se depara com uma grande estrela, a sexta que aguardamos para nossa seleção. O prédio todo está decorado, com o bom gosto habitual da dupla. Agora é aguardar os jogos e torcer muito.... Vai Brasil! Extravio de Documento Foi extraviado um Diploma da Etec José Martimiano - Ribeirao Preto, em nome de Rodrigo Cristiano de Oliveira Oração a Santa Rita Acender uma vela branca durante 9 dias. Rezar um Pai-Nosso e uma Ave Maria, fazer um pedido necessário, um de negócio e um impossível, rezar todos os dias com a mesma vela branca que foi acessa no 1º dia. Acender a vela, rezar e apagar, assim sucessivamente durante 9 dias. No 9º dia mandar publicar, mesmo não acreditando, seus pedidos serão atendidos. M. L. S. Entrando no clima da Copa do Mundo, a Secretaria de Esportes enfeitou o Paço Municipal e o Ginásio de Esportes com as cores da nossa seleção.

[close]

p. 8

Página 8 Edição 734 - 07/06/2014

[close]

p. 9

Edição 734 - 07/06/2014 Página 9 ACONTECE CID ADE CIDADE Guarda Municipal de cajuru completa 20 anos A Guarda Civil Municipal de Cajuru completa neste dia 21de junho 2014, 20 anos de existência. Criada através da Lei 1146/94. E é com muito orgulho que os GCMs saem de casa todos os dias para defender os bens e patrimônio de nossa cidade de Cajuru. Segue abaixo um pouco das GCMs no Brasil. Guarda Civil Municipal A Guarda Civil Municipal ou Guarda Municipal, conforme disposição do § 8º, do artigo 144, da Constituição Federal, é uma agência administrativa municipal, que pode ser criada por lei específica da câmara dos vereadores da cidade, como instrumento de segurança pública do município. Seus componentes possuem as mesmas prerrogativas e obrigações legais que os funcionários municipais. A GCM, como é conhecida, pode ainda auxiliar os outros órgãos de segurança pública, tais como: a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal,Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícias Militares e os Corpos de Bombeiros Militares. Organização As Guardas Municipais ou Guardas Civis Municipais foram reestruturadas a partir do dispositivo da Carta Magna -Constituição Federal de 1988, que faculta aos municípios “criar” Guardas Municipais, para proteção dos seus bens, serviços e instalações conforme dispuser a Lei. Portanto, a priori , possuem poder de polícia administrativa para atuarem em situações onde o cumprimento das leis municipais se faz necessário, ameaça à ordem ou à vida e em situações de calamidade pública, agem também em qualquer outra situação de flagrante delito(artigo 301, do Código de Processo Penal), casos onde qualquer um do povo pode e as autoridades policiais e seus agentes devem prender quem quer que seja encontrado em situação de “flagrância”. Assim, mesmo que haja divergências sobre a ação das Guardas Municipais em atividades “policiais”, esta estará amparada pela lei. Tanto, de acordo com as leis penais, como as leis municipais. No Brasil Na Carta Magna, em seu artigo 144, § 8º, ao estabelecer atividades, órgãos e atuação frente à segurança pública e à incolumidade das pessoas e do patrimônio, preconiza a responsabilidade de todos, e principalmente do “Estado” (União, Estados, Distrito Federal e Municípios), sendo um direito e responsabilidade de todos. Em suma, o município tem responsabilidade pela segurança pública, o pode fazê-lo através de Guarda Municipal por expresso dispositivo constitucional que incluiu como órgão na segurança pública. Assim,as Guardas Municipais tem a função principal de proteger os bens, serviços e instalações, nos termos da lei, cuja função é de extrema relevância, podendo eventualmente, se solicitado atuar juntamente com órgão policiais na manutenção da ordem pública junPolícia to com a Federal, Polícia Civil e Militar, além de outros previstos na própria Constituição Federal. Fonte : A Wikipédia – Portal da Segurança do Brasil ANJOS DA NOITE À medida que a noite vai caindo um a um eles vão chegando. São homens, mulheres comuns. Pessoas que na maioria das vezes passam despercebidos no meio da multidão. Vários deles, aparentando ter mais idade do que realmente tem. Isto por causa de um corpo castigado pelo tempo, e um rosto marcado por noites e mais noites, cuidando dos locais que pertencem ao povo, ou patrulhando as ruas da nossa cidade. Todos têm alguma história triste para contar. Depois de uniformizados e armados, eles começam mais uma noite de trabalho. Perguntar quantas noites foram passadas como esta, é perda tempo, a muito já perderam a conta. Eles conhecem a cidade como ninguém conhece. Mas é como se estivessem em outro lugar, outra cidade. Os pontos de referência não são somente compostos de ruas ou praças. São todos os lugares onde exista algum tipo de perigo. Ruas mal iluminadas, becos escuros, locais onde às vezes aparecem corpos de infelizes que foram assassinados e depois ali jogados, como se nada fossem. Apesar de tudo, eles estão lá. Velando sempre, pelo sono daqueles que muitas vezes os criticam. Chegando a dizer que não são necessários. Desperdício de dinheiro é o que dizem... Até o dia que o perigo ronda a porta. Um barulho. Um vulto. O coração batendo forte. Desesperado alguém liga, e lá estão eles. Tão rápido como se não existissem. Como se fossem fantasmas. Algo que somente é possível para aqueles que conhecem a cidade como somente eles conhecem. Mesmo no meio do caos, gentilmente se aproximam, e atendem aos que clamam por sua presença como se fossem irmãos seus. E após amparar aos que precisam, após cumprir sua obrigação, eles seguem. Como anjos, anjos de azul, ou melhor, anjos da noite. Osvaldo Zuim Junior. Guarda Municipal de Jundiaí. w w w . o j o r n a l z a o . c o m . b r

[close]

p. 10

Página 10 Edição 734 - 07/06/2014 ACONTECE CID ADE CIDADE Agenda Da Secretaria De Cultura 2014 Cajuru Sedia Evento Oficial Dafederação Paulista De Judô Campeonato Regional De Judô Fase Paulista E 15 Copa Cajuru De Judô Realizado no dia 24 de maio de 2014, no Ginásio de Esportes Dr. Paulo Ricardo Arena, do horário das 08:00 às 16:00 hs o CAMPEONATO REGIONAL DE JUDÔ FASE PAULISTA E 15°-COPA CAJURU DE JUDÔ, onde contamos com a presença de mais 600 atletas da faixa etária de 6 a 30 anos (masculino e feminino) de cidades da região . A ultima vez que Cajuru sediou este evento que faz parte do calendário da Federação Paulista de Judô foi em 1996, ou seja á 17 anos atrás , isso foi possível devido a Secretaria de Esportes ter se filiada a Federação Paulista de Judô pela primeira fez, onde alguns alunos dos projetos estão filiados a FPJ. Vale apena destacar também que o judô Cajuruense tem 7 atletas que estão fazendo parte da equipe do Centro de Excelência de Judô da Região, onde estes atletas estão treinando 2 vezes por semana em ribeirão preto graças ao apoio da Prefeitura Municipal através da S.E.C.T.. Foi feito uma homenagem pelo Delegado Regional e Coordenador do Centro de Excelência da Região Senhor Cleber do Carmo para o atleta cajuruense e Sensei“Prof. Luciano Antônio da Silva“ por levar o nome de nossa cidade em várias competições Nacionais e6 Campeonatos Mundiais, também ressaltou a importância da cidade estar filiada a Federação Paulista de Judô citando como exemplo o atleta Luciano Antônio da Silva que nunca foi filiado pela cidade de Cajuru. Os alunos dos projetos da Secretaria de Esportes e do PAI participaram do evento e conquistaram várias medalhas. A secretaria de Esportes agradece a Prefeitura municipal e a todos os presentes no evento. 1COPA DO MUNDO 2014: ENTRANDO NO ESPÍRITO DA COPA, A CASA DA CULTURA JÁ ESTA TODA DECORADA 2INTERCÂMBIO CULTURAL: COM TOTAL APOIO DA ADMINISTRAÇÃO 3NOVOS HORIZONTES: A SECRETARIA DE CULTURA JUNTO COM O Sr. PREFEITO DR. LUIS ESTEVÃO ESTIVERAM EM SÃO PAULO NO ÚL4APOIO CULTURAL EMPRÉSTIMO DE FIGURINOS PARA A REA- EM VERDE E AMARELO MOSTRANDO A PAIXÃO BRASILEIRA PELO FUTEBOL, AGUARDANDO NOSSO HEXA CAMPEONATO , MUNICIPAL AS COMPANHIAS DE REIS ESTÃO PARTICIPANDO DE TODOS OS ENCONTROS DE TIMO DIA 28 DE MAIO, EM REUNIÃO COM O PRESIDENTE DO ABAÇAI SR. SILVIO E O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO, REUNIÃO ESTA COM LIZAÇÃO DO TEATRO NA ESCOLA GALDINO DE CASTRO E PARA A ESCOLA GERALDO TORRANO SOMOS MAIS DE 200 MILHÕES EM AÇÃO - PRA FRENTE BRASIL SALVE A SELEÇÃO. HEXA NELES BRASIL. REIS, TUDO ISSO ACONTECE PELO INTERCÂMBIO CULTURAL DOS MUNICIPIOS. APOIO DE RAUL VICENTINI QUE SOLICITOU DE AMBAS AS SECRETARIAS PROJETOS CULTURAL E SEGURANÇA PÚBLICA PARA NOSSO MUNÍCIPIO. PARA A PARTICIPAÇÃO NO EVENTO FEIRA DO LIVRO EM RIBEIRÃO PRETO 2014. ADEZÍLIO PAULINO DE SOUZA JR.(XOXIM) DIRETOR DA CULTURA DE CAJURU Cajuru vence o Dia do Desafio O Dia do Desfio teve mais uma edição no dia 28 de maio e desta vez Cajuru enfrentou a cidade de Rivas, da Nicarágua. Foram diversas atividades físicas acontecendo durante todo o dia e a grande participação da população garantiu a vitória do nosso município. Para o coordenador do evento em Cajuru, Renato Biju, “a disputa é uma forma de incentivar a população a praticar atividades físicas e, mais importante do que a vitória, foi o empenho da Secretaria de Esportes em envolver as pessoas para que saíssem do sedentarismo”, explica. Parabéns a todas as pessoas que participaram e contribuíram para mais uma vitória no Dia do Desafio e na luta contra o sedentarismo. www.ojornalzao.com.br

[close]

p. 11

Edição 734 - 07/06/2014 Página 11 HOMENAGEM Bom dia a todos. O campeonato de Futebol Society Seniors-2014 que está sendo disputado no campo da Germiterra está “pegando fogo”, como diria o saudoso grande locutor Fiori Giglioti. Seis times disputam a taça, que leva o nome do nosso amigo Manoel Carlos de Moraes, o popular Mané da lotérica. Justa e grande homenagem ao amigo , pois Mané desde os tempos de moleque jogava e participava de todos eventos esportivos de Cajuru, principalmente futebol, e hoje apesar de já ter pendurado as chuteiras, não deixa de prestigiar qualquer evento. Os jogos são realizados todos os Domingos de manhã, e além dos jogos, lá tem também cerveja gelada, churrasquinho no capricho, tudo preparado pela Eliana, a proprietária do bar. Te m t a m b é m b o a conversa com os amigos e com certeza muita rizada. Eu faço parte de um dos times, mas como estou voltando de contusão (no coração), só vou jogar a- final. Um abraço aos amigos Mané, o grande homenageado, ao Carlim Dandão, Tc h e c o , Umberto, Rodrigo Jacoli, Dr Tiago e Patinho que são os idealizadores e dirigentes do campeonato, além do Alexandre Jacob, que comanda o SOM e a todos demais Boleiros. Vejam os próximos jogos e compareçam. Dia 08-06-14 Brasil X Espanha e Itália X Uruguai Dia 15-06-14 Itália X Alemanha- Espanha X Argentina e Uruguai X Brasil Atenção pessoal do SAMU, fiquem atentos... EU TORÇO Pois é pessoal, mais uma Copa do Mundo de futebol vai começar. Vamos torcer como nunca é claro. Já vibrei muito com o Brasil em campo, dos cinco títulos conquistados, me lembro de três (70, 94 e 2002). Já fiquei triste com derrotas também, e a mais triste foi em 1982, quando uma super seleção perdeu para a Itália por 3X2. Que decepção. Esse ano a Copa é aqui no nosso País, e tem gente falando em torcer contra ? Eu não penso assim. Com certeza estarei assistindo todos os jogos e torcendo muito para o nosso time. Concordo, falta saúde, falta educação, falta segurança, sobra corrupção, mas o que o nosso futebol, que sempre nos divertiu e nos deu muita alegria tem haver com isso ? Protestos ? São válidos, legítimos e fazem parte da democracia, mas baderna, vandalismo e violência, isso para mim é caso de polícia. PROTESTO Virou moda, ou rotina ou sei lá o que, mas protestar virou mania do brasileiro. Até Cajuru já está contagiado com essa novidade. A Rita, esposa do Alexandre Turco está fazendo protesto. Ela quer que o marido tome banho pelo menos uma vez por Semana. A família (inclusive a sua linda netinha Luiza), os funcionários do Santander e amigos, também fazem parte desse protesto. Assim como o Passe Livre da capital, ou seja, ônibus de graça para todos. Os cervejeiros de Cajuru também reivindicam. Cerveja Livre (e gelada) para todos, e de graça... Marreta, Seu Vitório,Bolinha, Ademir Toseti, João Beline, Antonio Fonseca, eu é claro, e muiiiiitos outros, estamos nessa. Coitado do João Branca. Bom, tem muitos que estão protestando. Protestando contra os protestos, porque já esgotou. Chega de protestar... IMPORTANTE Pessoal, a nossa Associação Comercial, preocupada com o aumento da violência em nossa cidade, convida a todos comerciantes para uma importante reunião com nossas autoridades ( Prefeito, Delegado, Policia Militar, Guarda Municipal) para um debate (e possíveis soluções) sobre o tema : Segurança no Comércio. Não deixe de participar. Dia 16 de junho às 18:00h na Casa da Cultura. A SELEÇÃO O técnico da seleção de futebol de Cajuru de todos os tempos de hoje é meu amigo Alexandre Jacob. O amigo nunca jogou nada e foi considerado o pior zagueiro de todos os tempos. Sempre participou de campeonatos municipais, torneios e amistosos, mas seu time nunca ganhou nada. Seu maio orgulho foi ter sido convocado para a seleção. Seleção de HOMEM BOMBA do Iraque. Vejam a seleção do Amigo. Muxoxo, Pelezinho (IM) Carlão Felipozzi(IM), Nilton e Coca Tubarão, Ademir Toseti , Carlim Dandão e Marreta Bimba e Zé Pedro. BOM FINAL DE SEMANA A TODOS E FIQUEM COM DEUS

[close]

p. 12

Página 12 Edição 734 - 07/06/2014

[close]

p. 13

Edição 734 - 07/06/2014 Página 13

[close]

p. 14

Página 14 Edição 734 - 07/06/2014

[close]

p. 15

Edição 734 - 07/06/2014 Página 15

[close]

Comments

no comments yet