JOINVILLE EM DADOS 2014

 

Embed or link this publication

Description

Joinville em Dados é uma publicação do Perini Business Park realizada com apoio da Prefeitura Municipal de Joinville e produção da EDM Logos Comunicação.

Popular Pages


p. 1

JOINVILLE EM DADOS 2014

[close]

p. 2



[close]

p. 3

APRESENTAÇÃO Neste perfil institucional você vai conhecer, de forma sintética e objetiva, todo o potencial, a grandeza e os diferenciais de Santa Catarina e de Joinville, sua maior cidade, proporcionando uma consulta rápida. Em formato de relatório simplificado, buscaremos atualização possível dos dados oficiais anualmente, com o objetivo de criar, a partir de agora, um padrão com perspectiva histórica dos principais indicadores regionais – algo raro de se encontrar numa única fonte. Esperamos, assim, compartilhar com nossos diversos públicos de relacionamento informações úteis, relevantes e estratégicas, que fazem com que sejamos cada vez mais alvo de atenção para novos empreendimentos. 2014 3 JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 4

ÍNDICE SANTA CATARINA • Santa Catarina em números................ • Área, população, PIB, Economia • Entre os mais ricos................................... • Dados gerais e salário regional por categoria • Segmentos econômicos por região........................ 6 7 8 • Desenvolvimento econômico....... 10 2014 • IFDM, Parque Industrial e Comércio Exterior 4 • Infraestrutura....................................... • Portos, rodovias, ferrovias, aeroportos, energia, gás natural, telecomunicações, água/saneamento 12 • Desenvolvimento humano............... • IDH e outros índices, Saúde e Educação • Imigrantes em Santa Catarina...... • História, vocação turística, geografia e clima 14 15

[close]

p. 5

JOINVILLE • Por que Joinville........................... • Principais indicadores • História......................................................... • História, evolução da população, escolaridade, religião, motorização, geografia e clima 16 18 2014 5 • Logística...................................................... • Rodovias, transporte ferroviário, portos e aeroportos • Desenvolvimento humano............... • Estrutura de saúde, índices de qualidade de vida, cultura, turismo, lazer e eventos, segurança e esporte. 21 • Economia........................................................... 22 • Distâncias de Joinville........................ • Empresas por setor econômico, principais produtos, exportação x importação, mercado . de trabalho, impostos, agências bancárias 34 36 24 • Indicadores............................................... 26 • COMÉRCIO EXTERIOR................................ • Custos referenciais em Joinville, preços de refeições e distribuição da população por renda • Formação profissional.................... • Instituições de ensino superior e técnico profissionalizante • Benefícios fiscais................................... 43 • Infraestrutura....................................... • Energia elétrica, água e saneamento, limpeza pública, transporte coletivo urbano, divisão modal, malha viária, rodoviária, serviço de táxi, rede hoteleira e infraestrutura de turismo, eventos e lazer, principais feiras e eventos, mídia e organizações empresariais. 28 45 • Condomínio industrial..................... 46 • Mapa DA REGIÃO........................................ 50 • Contatos importantes....................... 52 JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 6

Santa Catarina em números 2014 O município de Joinville está situado no estado de Santa Catarina, um dos mais desenvolvidos do Brasil. Localizada no centro da região Sul, Santa Catarina está estrategicamente posicionada em relação ao Mercosul e aos principais mercados brasileiros. 6 ÁREA 95.736,165 km2 POPULAÇÃO 6.634.254 (estimativa IBGE 2013) 54,5% 6,7% é o percentual de pessoas economicamente ativas em Santa Catarina. A densidade populacional é de 65,27 habitantes por quilômetro quadrado, distribuída em 295 municípios. PIB SC Agropecuária R$ 152,4 bilhões, ocupando a 7ª posição no ranking brasileiro. Participação dos setores econômicos no PIB catarinense Comércio e serviços Fonte: IBGE – Censo 2010/PNAD 2011 PIB per capita R$ 24,4 mil, sendo o maior da região Sul e o quarto maior do Brasil. A média nacional é de R$ 19,7 mil. Indústria 34,1% 59,2%

[close]

p. 7

SC entre os estados mais ricos do Brasil O percentual representativo de habitantes das classes de renda A e B também torna SC um dos estados mais ricos do país, segundo a revista Exame (29/6/2011). Além disso, as cidades catarinenses vêm registrando um crescimento acima da média nacional. (Diário Catarinense – 13/12/2012) • 340% é quanto Santa Catarina cresceu nas últimas três décadas, bem mais que a média brasileira. • 7º estado mais rico do Brasil, seu PIB corresponde a 4,04% da riqueza nacional. • Está entre os dez primeiros estados exportadores, com uma fatia de 3,68% do total em 2012. • Sétimo estado em arrecadação da Receita Federal em 2012, com participação de 3,22% sobre o total brasileiro. • Estado com o terceiro maior rendimento familiar médio mensal: R$ 3.015,10 (SC) X R$ 2.535,31 (Brasil)”. • Tem a menor proporção de baixa renda do país: 2,12% têm renda mensal de até R$ 127,50. • Seis em cada dez catarinenses da população economicamente ativa trabalham em micro e pequenas empresas. • A indústria de transformação catarinense foi a que mais criou empregos no Brasil, em 2013. Foram 20,1 mil novos postos de trabalho abertos durante o ano, seguido de Paraná (15,1 mil) e Rio Grande do Sul (14,3 mil). Salário mínimo regional por categoria de trabalhadores Desde março de 2011 está em vigor em SC o salário mínimo regional. Em 2013, o reajuste médio foi de 9,24%. Segundo estimativa do Dieese-SC, um milhão de trabalhadores catarinenses são beneficiados pelo piso regional. (G1.globo.com, 19/12/13) Valor em 2014 Categorias Trabalhadores da agricultura e pecuária, indústrias extrativistas e de beneficiamento, empresas de pesca, construção civil, indústria de instrumentos musicais e brinquedos, estabelecimentos hípicos, motociclistas, motoboys e motoristas do transporte em geral, empregados domésticos Indústrias químicas e farmacêuticas, cinematográficas, de alimentação, comércio em geral, empregados de agentes autônomos do comércio. Indústrias do vestuário e calçados, fiação e tecelagem, artefatos de couro, papel, papelão e cortiça, distribuidoras e vendedoras de jornais e revistas, administração das empresas proprietárias de jornais e revistas, serviços de saúde, moveleiras. Indústrias metalmecânicas e de material elétrico, gráficas, indústrias de vidros, cristais, espelhos, cerâmica, artefatos de borracha, seguros, capitalização e crédito, edifícios e condomínios, indústrias de joalheria, auxiliares em administração escolar, empregados da cultura, em processamento de dados e motoristas 2014 R$ 835 7 R$ 912 R$ 867 R$ 957 Fonte: Sc em Dados 2013 - FIESC / Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados 2013) JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 8

Norte Mobiliário Madeira Oeste 2014 8 Alimentação Mobiliário Planalto Serrano Celulose e papel Madeira Segmentos econômicos por região Mapa do estado de Santa Catarina

[close]

p. 9

Nordeste Produtos de plástico Veículos automotores/ autopeças Máquinas e equipamentos Têxtil e vestuário Aparelhos e materiais elétricos Metalurgia e produtos de metal Vale do Itajaí Veículos automotores/ autopeças Metalurgia e produtos de metal Indústria Naval Têxtil e vestuário 2014 9 Sudeste Pesca Tecnologia/ informática Indústria Naval Têxtil/ Calçados Sul Cerâmica Têxtil e vestuário Mineração/ Carvão Produtos de plástico JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 10

O terceiro mais desenvolvido do país Santa Catarina é, sem dúvida, um estado promissor. A cada ano, cresce o interesse das empresas pelo investimento nesta região, e não é por acaso. O Índice Firjan de Desenvolvimento Econômico Municipal (IFDM) trouxe em sua mais recente edição o avanço de Santa Catarina no ranking dos estados mais desenvolvidos do país. Da antiga quarta posição, SC pulou para a terceira, à frente do Rio de Janeiro e atrás apenas de São Paulo e Paraná. O Índice mostrou ainda que das 295 cidades catarinenses, 26 apresentaram alto desenvolvimento, tendo cinco delas ficado entre os 100 municípios com maior índice do país: Blumenau, Brusque, Florianópolis, Joinville e Chapecó. O salto de Santa Catarina Estado agora é o terceiro mais desenvolvido do país, à frente do Rio de Janeiro. (variação do IFDM* entre 2009 e 2010) Estado São Paulo Paraná Santa Catarina Rio de Janeiro Minas Gerais Rio Grande do Sul Espírito Santo Distrito Federal Goiás Ceará 2009 0,87 0,82 0,79 0,80 0,79 0,78 0,75 0,76 0,73 0,71 2010 0,89 0,84 0,82 0,82 0,81 0,81 0,77 0,77 0,75 0,73 2014 10 *O Índice Firjan de Desenvolvimento Econômico Municipal varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, maior é o desenvolvimento da cidade em três áreas básicas – educação, emprego/renda e saúde. Fontes: Revista Amanhã, janeiro/fevereiro 2013 e jornal A Notícia, dezembro/2012

[close]

p. 11

Parque industrial O parque industrial catarinense é referência no Brasil. A indústria de transformação é destaque no país. O segmento alimentar é o maior empregador, seguindo-se o de artigos do vestuário e o de produtos têxteis. Isso não impede, porém, o desenvolvimento de novas vocações. Um exemplo é o setor tecnológico, que nas últimas décadas vem ganhando força nos municípios de Florianópolis, Joinville e Blumenau. Comércio exterior • Principais mercados dos produtos catarinenses em 2012 (US$). • Principais países das importações catarinenses em 2012 (US$). Estados Unidos - 1 bi Argentina - 609 mi Holanda - 560 China - 560 Japão - 516 mi Reino Unido - 338 China - 4,1 bi Chile - 1,5 bi Argentina - 1,1 bi Estados Unidos - 851 mi Alemanha - 709 mi Coreia do Sul - 452 mi Peru - 422 mi Índia - 416 mi Fontes: IBGE, Ministério do Trabalho e Emprego/Rais 2010, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior/Secex e SC em Dados 2013 Fiesc 2014 11 JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 12

Infraestrutura Portos Aeroportos Santa Catarina tem cinco importantes portos marítimos - Itajaí, Itapoá, Imbituba, Navegantes e São Francisco do Sul -, que movimentam mais de 36 milhões de toneladas por ano e mantêm linhas regulares entre o estado e os principais portos do mundo. A região norte-catarinense, incluindo o porto de Paranaguá, forma o maior polo logístico-portuário da América Latina. Santa Catarina possui três aeroportos com capacidade para receber grandes aeronaves: Florianópolis, Joinville e Navegantes, além de aeroportos regionais, helipontos e aeródromos para voos fretados. Energia Rodovias 2014 12 A malha rodoviária do estado é composta por mais de 62 mil quilômetros de estradas federais, estaduais e municipais, que dão acesso a todos os municípios. A BR101 é a principal ligação de SC com outros estados e também com os principais portos, configurando-se um corredor estratégico para o Mercosul. O estado investe na autossuficiência energética, com mais de 80 empreendimentos de geração de energia elétrica em operação e mais de 15 obras previstas no Plano Decenal do Ministério de Minas e Energia, que garantem a autossuficiência até pelo menos 2015. O estado tem o maior índice de eletrificação rural do Brasil. A distribuição dos domicílios catarinenses com iluminação elétrica é de 99,81 %. Ferrovias A malha ferroviária conta com cerca de 1.360 km e é usada para transporte de carga. Está dividida em três troncos: dois no sentido Norte–Sul e um no sentido Leste–Oeste, este último atendendo o Porto de São Francisco do Sul.

[close]

p. 13

5,7% Rural Demais classes 12,5% Telecomunicações 43,5% Comercial 16,4% Industrial Residencial Fonte: Celesc/2012 21,9% Praticamente todos os municípios do estado contam com telefonia fixa e móvel e há fácil acesso à internet de banda larga nas principais cidades. Santa Catarina está conectada a qualquer lugar do país ou do exterior por meio de imagem, texto, dados ou voz. A interligação ao serviço móvel marítimo possibilita contato por telefone ou mensagem com embarcações em todo o mundo. Distribuição dos domicílios catarinenses Gás Natural Santa Catarina conta com uma rede canalizada de distribuição que leva o gás natural do Gasoduto Bolívia/Brasil até o consumidor final. São 679 km de rede sob a responsabilidade da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS). Com telefone – 94,63 % Somente celular - 48,28% Somente fixo - 4,57% 2014 13 Consumo de gás natural em SC, em m3/dia (2012) Celular e fixo - 41,77% Comercial 16.121 Residencial 1.427 Com microcomputador - 55,78% Com acesso à internet - 46,77% Fonte: IBGE/PNAD 2011 Automotivo (GNV) 348.593 Água/saneamento 1.474.435 Industrial Quase 100% dos domicílios catarinenses recebem água tratada e há intensos investimentos para melhorar os índices de saneamento. Apesar disso, a rede básica ainda é deficitária: apenas 16% dos municípios tratam adequadamente o esgoto. TOTAL – 1.840.575 Fonte: SC em Dados 2013 Fiesc Distribuição dos domicílios catarinenses Com abastecimento de água – 99,06 % Com esgoto sanitário por meio de rede coletora (geral ou pluvial) – 22,87% Com esgoto sanitário por meio de fossa séptica – 68,36% Fonte: IBGE/PNAD 2011 JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

p. 14

2014 14 Desenvolvimento Humano Os números positivos da economia se refletem diretamente na qualidade e na expectativa de vida da população. • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,774 é o terceiro melhor do país, atrás apenas do Distrito Federal (0,824) e de São Paulo (0,783). • Esperança média de vida de 76,2 anos, a maior do Brasil. • Menor taxa de homicídios do país: 12,9 homicídios por 100 mil habitantes, de acordo com o Mapa da Violência 2012. • Uma das menores taxas de mortalidade infantil do país – 11,8 por mil nascidos vivos • População em estado de pobreza é de A média nacional é de 28,8%. Com mais de 200 hospitais, a maioria credenciada ao SUS, conta com cerca de 15 mil leitos para o catarinense, uma média de 2,4 leitos para cada mil habitantes. Saúde Educação Educação e desenvolvimento andam de mãos dadas em Santa Catarina. • 92,4% é a taxa de aprovação no ensino médio. • Mais de 99% das crianças entre 6 e 14 anos estão na escola • Quarta menor taxa de analfabetismo do país: 3,9%, atrás apenas de Distrito Federal (3,2%), Rio de Janeiro (3,7%) e São Paulo (3,7%). A média nacional é 8,6%. Fontes: PNUD, IBGE/Pnad 2011, IPEA e Governo do Estado de SC 11,4%. • Santa Catarina é o estado com o menor percentual de famílias beneficiárias do Bolsa Família. Apenas 2% da população, à frente de estados como São Paulo (3%), Paraná (3,7%), Rio Grande do Sul (3,9%) e do Distrito Federal (3,2%).

[close]

p. 15

Imigrantes em Santa Catarina Italianos Austríacos Suíços Ucranianos Noruegueses Sírios Alemães Poloneses 2014 15 Portugueses Japoneses Vocação turística A diversidade geográfica, com mais de 560 km de litoral, campos, vales e montanhas, encanta os visitantes e a todos que escolhem SC para viver. O ponto alto do fluxo turístico ocorre na temporada de verão, quando mais de 6 milhões de visitantes passam pelo estado, segundo o Estudo de Demanda Turística da Santur. Ao longo de todo o ano, o número de visitantes ultrapassa 8 milhões. História A colonização oficial de SC remonta ao século 16, quando os portugueses construíram os primeiros povoados na região de Florianópolis. No século 19, os primeiros imigrantes alemães, suíços e italianos chegaram a SC. A partir daí, outras ondas migratórias marcaram a região, com a chegada de japoneses, poloneses, ucranianos e sírios, entre outros. A diversidade étnica e cultural é hoje uma das principais características da riqueza de SC. Geografia e clima Ponto mais alto: Morro da Bela Vista (Urubici), com 1.827 metros Temperaturas médias: Clima: Subtropical úmido Relevo: Mais de 75% da área está acima de 300 metros de altitude e 50% acima de 600 metros. entre 13 e 25 graus centígrados. Fonte: Santur JOINVILLE I SANTA CATARINA I BRASIL

[close]

Comments

no comments yet