Jornal Zona Oeste em Foco - Jardim Simus & Cia. - Ed. 50

 

Embed or link this publication

Description

Edição 50

Popular Pages


p. 1

ANO 11 Nº 50 ABR/MAI-14 Jardim Simus & Cia. Jd. Simus, Cidade Jardim, Jd. Americano, Jd. Vera Cruz, Pq. Ouro Fino, Pq. Manchester, Jd. Magnólia, Jd. Belmejo e Vila Jardini. Fotos antigas contam a história da Avenida General Carneiro Páginas. 4 e 5 Página 9 Página 10 Página 12 Empresário Carlos Munetachi Hayashida contribui com vários projetos sociais Comunidade prepara encenação da “Paixão de Cristo” na igreja do Parque Ouro Fino Padre da Paróquia Santa Maria Madalena joga futebol americano

[close]

p. 2



[close]

p. 3

NOSSO FOCO A edição do Jornal Zona Oeste em Foco Jardim Simus & Cia está recheada de notícias interessantes da região. Além disso, no mês de março o Zona Oeste em Foco comemorou 11 anos de atuação, levando informação, prestação de serviço e o que de melhor existe no comércio local! Comemore conosco e boa leitura! Uma viagem no tempo e um pouco da história de uma das mais conhecidas avenidas da Zona Oeste, a General Carneiro: famosa pela grande quantidade de estabelecimentos comerciais. Carlos da Interpisos conta um pouco do seu envolvimento com diversos projetos sociais, e sua atuação como empresário há 30 anos. Pág. 09 Pág. 10 3 Paróquia Santa Maria Madalena prepara a encenação da “Paixão de Cristo”. Este ano a peça terá novidades, e uma surpresa no final. Págs. 04 e 05 Idosos e adultos fazem dança de salão, no grupo formado na igreja do bairro Parque Ouro Fino. Pág. 10 Garoto de 7 anos ganhou o troféu bola de ouro como melhor atleta de 2013, na categoria sub7, da Liga Sorocabana de Futsal. Pág. 06 Pág. 11 Membros do Clube de Observadores de Aves de Sorocaba mostram a beleza dos pássaros encontrados na região. Pág. 07 No Foco Social desta edição, confira as novidades dos empreendedores da região e quem foi destaque na comunidade. Sebrae-SP traz dicas para os empreendedores que querem administrar melhor sua empresa ou negócio. Conheça a agenda de cursos para o mês de abril. Pág. 11 Empresa da Zona Oeste é referência na região no conserto e manutenção de fogões residenciais e industriais, entre outros serviços. Pág. 08 Pág. 12 Padre da Paróquia Santa Maria Madalena joga futebol americano na equipe do Vipers Army de Sorocaba. Pág. 08 O Sescon-SP convida os profissionais, empresários e estudantes da área da contabilidade para os cursos de atualização profissional. Confira! Confira os eventos da região e participe! Dê boas risadas com o bom humor da Garota Enxaqueca! Pág. 18 Tenham todos uma ótima leitura. EXPEDIENTE - Ano 11 - nº 50 - Abril / Maio 2014 - Tiragem: 9.000 Exemplares Editor: Marcos Tadeu Stachewski | Comercial: Paula Pacheco - Fone: 3013-1331, Sérgio Augusto Grillo - Fone: 3021-2532 | Jornalista Responsável: Ana Claudia Martins MTB: 3929/PR Arte Final/ Diagramação: Matheus Stachewski, Jéssica Furquim | Distribuição gratuita porta a porta: Jd. Simus, Cidade Jardim, Jd. Americano, Jd. Vera Cruz, Pq. Ouro Fino, Pq. Manchester, Jd. Magnólia, Jd. Belmejo, e Vila Jardini. | Impressão: Gráfica Santa Edwiges - Fone: 99724-2449 Jornal Zona Oeste em Foco - R. Léo Migliorini, 88 Sala 1 - Wanel Ville IV - Fone: 3329-7596 | zonaoesteemfoco@terra.com.br | www.jornalzonaoesteemfoco.com.br www.facebook.com/jornalzoemfoco | Crédito fotos: Ana Claudia Martins. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal.

[close]

p. 4

4 HISTÓRIA Fotos antigas contam a história da Avenida equipe de reportagem do Jornal Zona Oeste em Foco entrevistou 2 dos principais historiadores de Sorocaba, José Rubens Incao e Adolfo Frioli, para contar um pouco da história de uma das avenidas mais conhecidas da cidade: a General Carneiro, uma das mais importantes da Zona Oeste. Por meio de algumas fotos antigas, do acervo do Museu Histórico de Sorocaba, é possível viajar no tempo e constatar e evolução da avenida e o crescimento da região. Atualmente, os mais de 2 quilômetros de extensão da General Carneiro é quase todo voltado ao comércio. Ao longo da avenida ainda existem alguns prédios mais antigos, como o Hospital Evangélico, e a delegacia de polícia. A avenida também tem algumas opções de bares, lanchonetes e disk pizza, na área da gastronomia. Quando cai a noite, no início da General Carneiro e em algumas ruas paralelas há vários pontos de prostituição, apesar das reclamações dos moradores da região. A História O pesquisador da história da cidade, José Rubens Incao, afirma que o significado da palavra rua vem do Latin e significa “rugas”. “As ruas são iguais às pessoas, marcam a nossa história, a vida e a essência de cada um”, conta. De acordo com o historiador Adolfo Frioli, historicamente, a Avenida General Carneiro tinha uma denominação diferente, de acordo com o desenvolvimento econômico da época. Inicialmente, ela foi conhecida como o caminho indígena chamado Peabiru, que vinha de São Vicente (SP), passava por Sorocaba e seguia para o Peru. “Em seguida, ela passou a ser chamada de o “caminho dos Bandeirantes” (nome dado aos desbravadores que penetravam nos sertões do Brasil colonial em busca de riquezas minerais, como a prata). Depois de o “Caminho das Tropas”, rota utilizada pelos tropeiros: ligação com o Sul do país, e de Rodovia Raposo Tavares”, disse. Avenida General Carneiro na metade do século XX Fachada do Hospital Evangélico: antes e depois Início da Av. General Carneiro: antes e depois

[close]

p. 5

HISTÓRIA General Carneiro, na Zona Oeste de Sorocaba General Carneiro A avenida recebeu o nome do general Antônio Ernesto Gomes Carneiro, um importante militar brasileiro que teve participação ativa na Guerra do Paraguai e na Revolução Federalista. Segundo Incao, os homenageados com nomes de ruas, em sua maioria, são pessoas que tiveram alguma posição de destaque na sociedade, como políticos, militares, médicos, professores, entre outros. Urbanos de Sorocaba (Simus) começava a lotear a área entre a Avenida General Carneiro e a Av. Dr. Américo Figueiredo, o que deu origem ao atual bairro Jardim Simus. Já em 6 de abril de 1955, o Cruzeiro publicou uma nota, com foto, sobre a inauguração do novo prédio do Hospital Evangélico na Av. General Carneiro. E em 23 de agosto de 1962 uma nota sobre os sinaleiros portáteis, que eram operados manualmente. O dispositivo foi instalado no cruzamento da avenida com a Rua João Pessoa. 5 Créditos fotos antigas: Acervo Museu Histórico Sorocabano e Acervo Jornal Cruzeiro do Sul Fotos antigas 2014 O acervo do Museu Histórico de Sorocaba possui poucas imagens antigas da avenida. Algumas fotos em preto e branco mostram um pouco como era a General Carneiro de antigamente. Parte da história dela também pode ser contada por meio de notícias e fotos antigas do acervo do Jornal Cruzeiro do Sul, que circula desde 1903 em Sorocaba. Em 1949, o jornal publicou uma matéria sobre a remodelação urbana, por meio da iniciativa privada. A Sociedade Imobiliária de Melhoramentos Para dar uma ideia da evolução da avenida, o Jornal Zona Oeste em Foco fotografou os locais mostrados nas fotos antigas para mostrar como eles são hoje. Sem dúvida alguma, a General Carneiro, atualmente, continua sua tendência comercial, abrigando estabelecimentos comerciais nos mais diversos setores, de parafuso a venda de veículos, ou palco para reivindicações sociais, como melhorias na área da saúde! General Antônio Ernesto Gomes Carneiro Prédio da Delegacia de Polícia na avenida: antes e depois Sinaleiro humano no cruzamento da avenida com a Rua João Pessoa: antes e depois

[close]

p. 6

6 EDUCAÇÃO E ESPORTE Jogador de futsal da região é eleito melhor atleta de 2013 pela Lisofus om apenas 7 anos de idade, Luciano Yuri Kamakura de Sousa, que mora no bairro Cidade Jardim, foi eleito o melhor atleta do ano 2013 (artilheiro na categoria sub 7), e ganhou o troféu bola de ouro, da Liga Sorocabana de Futsal (Lisofus), no dia 28 de março. A entrega dos prêmios dos melhores de 2013 foi realizada no ginásio da Associação da PM CT Marinho, no bairro Jardim Simus. Orgulho dos pais Luciano Sousa e Vanessa Yumi Kamakura de Sousa, Yuri joga futsal desde os 5 anos. Na casa dos pais, ele joga bola todo dia em um pequeno campo de cimento improvisado com uma trave. E, 3 vezes por semana, ele vai para São Paulo, onde treina e joga pela equipe de futsal do Corinthians. Como todo menino que sonha em ser um Pelé do futebol, ele também quer ser um jogador profissional como seus ídolos: Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar. Com traços orientais, o brasileirinho chama a atenção no campo pela agilidade e os seus dribles. O pai conta que gravou um vídeo do filho jogando e enviou para o Corinthians. “É uma excelente oportunidade que ele está tendo de disputar jogos de futsal por uma equipe grande de São Paulo”, afirma. Luciano e Vanessa são C Luciano Yuri ganhou a bola de ouro 2013 da Lisofus os maiores incentivadores e patrocinadores do filho. Apesar de jogar pelo Corinthians, Yuri não recebe nenhuma remuneração, e todos os gastos com os treinos e viagens são pagos pelos pais. Além do futsal, a mãe é quem cuida da rotina do filho. Ela teve que mudá-lo de escola por causa do horário dos treinos. “Ele estuda na EM Rosa Cury e vai muito bem nos estudos. É muito dedicado e inteligente, tanto na escola como no futebol”, disse. Medalhas e troféus estão expostos na sala da casa dele

[close]

p. 7

FOCO SOCIAL 7 Elenice Decorações inaugura filial na região A Elenice Decorações, especializada em cortinas, tapetes, papel de parede, persianas, colchas e estofados, inaugurou, no dia 10 de março, uma filial na Avenida Elias Maluf, 1.374, no bairro Wanel Ville. A novidade chega a região sob o comando do casal Aline e Rafael Machado. Aproveite para conferir as novidades em cortinas e persianas. Telefones: 3359-2773 ou 99705-9364. Envie para o nosso e-mail fotos dos seus eventos sociais: paula_pacheco@terra.com.br Aline Machado: proprietária da Elenice Decorações Wanel Ville ganha local especializado em açaí e lanches Jornal Zona Oeste em Foco comemora 11 anos Marcos e Sandro: proprietários do Pier 91 no Wanel Ville Os proprietários do Pier 91, Marcos Viní�cius e Sandro César, inauguraram no dia 7 de março uma lanchonete especializada em açaí�, lanches, porções, sucos, crepe suí�ço, entre outras delí�cias. O Pier 91 fica na Avenida Elias Maluf, 250. Telefone: 3359-4677. Há 11 anos, um jornal de bairro, inicialmente com 3 mil exemplares, entregue somente na região do Wanel Ville, mudou a rotina dos moradores da Zona Oeste de Sorocaba. O Bairro em Foco cresceu com o desenvolvimento da região e passou a ser enEquipe Zona Oeste em Foco: Marcos Tadeu Stachewski, tregue em 38 bairros. No Sérgio Augusto Grillo, Matheus Stachewski, Paula Pacheco, Ana Claudia Martins e Jéssica Furquim. ano passado, com o fortalecimento do comércio local, o jornal investiu em inovações e alterou o nome para Zona Oeste em Foco: sinônimo de credibilidade e qualidade para os leitores e anunciantes! Parabéns!

[close]

p. 8

8 EMPRESA Hospital dos Fogões: empresa é referência na Zona Oeste ma empresa que chama a atenção de quem passa pela Avenida Dr. Américo Figueiredo, no Parque Manchester, completou 21 anos de atuação no mês de março. O Hospital dos Fogões, do proprietário Otávio Bezerra Santos, é referência no mercado para quem precisa de manutenção e consertos em fogões domésticos e industriais, além de reparos em micro-ondas, fornos elétricos, panelas de uso residencial ou empresarial (restaurantes), manutenção e instalação de redes de gás, e de caldeiras. A empresa também possui mais de 3 mil itens, em estoque, para atender o cliente que precisa de peças para conserto de fogões residenciais. Segundo Otávio, a ideia de abrir uma empresa surgiu durante uma conversa em casa com sua esposa, que trabalhava de enfermeira em um hospital. “Conversando com ela, eu tive a ideia de montar uma empresa especializada no conserto de fogões:”, conta. No início, ele atendia os clientes realizando os serviços em domicílio. “Eu ia até a casa da pessoa, verificava o que precisava ser consertado no fogão e seguia até o centro da cidade, na Rua Sete de Setembro, para comprar as peças”, afirma. Em poucos meses, Otávio conseguiu abrir sua oficina, inicialmente, no bairro Central Parque, na Rua Érico Veríssimo. Com a prosperidade Hospital dos Fogões presta serviços para grandes empresas ESPAÇO SESCON U Equipe: Otávio Jefferson, Otávio, Raiane e Guilherme do negócio, a empresa ganhou clientes importantes na linha industrial, como a INA, LUK, Schefller, 3M, entre outras, e ganhou sua sede própria, que fica na Av. Dr. Américo Figueiredo, 2.481, contribuindo com a geração de empregos. Entre os clientes famosos já atendidos, o mais ilustre é o atual prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio. Sucessão familiar Atualmente, o Hospital dos Fogões conta com uma equipe pronta para atender as necessidades de clientes domésticos e industriais. A família de Otávio trabalha na empresa, e o ofício está passando de geração em geração. Além da esposa Matilde Braz Santos, o filho Otávio Jefferson Bezerra Santos, e os netos Otávio e Guilherme também são funcionários da empresa, além da gerente Raiane Palaro. Mais informações sobre os serviços prestados pelo Hospital dos Fogões pelos telefones: 3202-8433 ou 3222-8801.

[close]

p. 9

PERSONALIDADE 9 Empresário Carlos Munetachi Hayashida contribui com vários projetos sociais er empresário é também ter responsabilidade social. Carlos Munetachi Hayashida, um dos sócios do Grupo Interpisos, que possui 3 lojas em Sorocaba, especializadas no comércio de pisos e revestimentos cerâmicos, está no mercado há 30 anos. Com a prosperidade nos negócios, o empresário nunca deixou de lado o seu lado cidadão. Para ele, é muito importante contribuir com projetos sociais e entidades que ajudam as pessoas mais carentes da cidade e região. “Acredito que isso de ajudar ao próximo está no meu sangue. As entidades assistenciais também procuram os empresários para que contribuam de alguma maneira com os seus projetos”, conta. Nas últimas eleições municipais, Carlos aceitou o convite do PV (Partido Verde) e, pela primeira vez, saiu candidato a vereador. Ele não ganhou a eleição, mas gostou da experiência. “A política não é um objetivo que eu busco, mas geralmente recebo convites de partidos políticos para sair candidato”, afirma. Para as eleições deste ano, ele ainda não definiu nada com nenhum partido. Aos 60 anos, Carlos é o reflexo da paciência e da serenidade do povo japonês. Casado e pai de uma filha de 26 anos, há 2 anos ele iniciou mais uma atividade: participa de corridas de ruas, chegando a correr 10 quilômetros por prova. Muito conhecido na colônia japonesa da cidade, Hayashida foi presidente da UCENS (União Cultural e Esportiva Nipo Brasileira de Sorocaba) nos anos de 2010 e 2011, da qual atualmente é um dos membros. Além disso, ele faz parte do Conseg/Sul (Conselho de Segurança Comunitária), do Grupo Cidada- S Palestra de combate a incêndio no Grupo Cidadania Reviver Carlos Munetachi Hayashida: empresário sempre está envolvido com projetos sociais Alunos do curso de Administração da UNISO: Projeto em parceria com a Interpisos nia Reviver, do Jardim São Marcos, e parceiro de diversos projetos sociais. Desde 2006 ele contribui com os alunos do curso de Administração da Uniso (Universidade de Sorocaba). “Todo ano, os alunos escolhem uma entidade e verificam qual é a necessidade dela, na área de construção civil. E a Interpisos ajuda com doação de material”, disse. A mesma parceria também é feita com os alunos do curso de Decoração e Design, do Ceunsp (Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio), de Itu, além de outros trabalhos sociais. Formação Carlos Munetachi Hayashida é tecnólogo em Eletromecânica, possui graduação em Arquitetura e Urbanismo, e especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho. Também já foi representante do Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico, Turístico e Paisagístico de Sorocaba, por meio da Associação dos Engenheiros e Arquitetos da cidade. Na Associação dos Engenheiros também foi voluntário e coordenador de projetos sociais, como o Programa Engenheiros e Arquitetos Vão aos Bairros.

[close]

p. 10

10 RELIGIÃO Comunidade prepara encenação da “Paixão de Cristo” na Paróquia Santa Maria Madalena ma história de fé que emociona e encan- capítulos, a “Paixão de Cristo” será encenada ta a humanidade há mais de 2 mil anos. por 41 pessoas da comunidade, que não são Um grupo de moradores da Zona Oeste já está atores profissionais, mas possuem em comum preparando a encenação da “Paixão de Cristo”, a vontade de expressar sua religiosidade por que será apresentada na Paróquia Santa Maria meio da vida e morte de Jesus. Fernando, resMadalena, no Parque Ouro Fino, durante a pro- ponsável por toda a produção do evento, conta gramação da Semana Santa. A primeira apre- que a cada ano, mais pessoas querem particisentação na igreja do bairro foi realizada em par do teatro. “Também temos um apoio mui2009, e desde 2011 virou tradição, a cada ano to grande do Padre Evandro, responsável pela mais pessoas prestigiam o evento. Este ano, a paróquia. Ele nos dá total força e incentivo”, produção, os ensaios, o disse. Já André Prestes, roteiro, figurino, cenáque cuidará do som e rio, som e iluminação da iluminação, afirma estão sob a coordenaque terá ajuda de algução de Fernando Nomas empresas da área melini da Silva, André para os efeitos espePrestes e André Felipe ciais da peça. Cunha. Os preparativos começaram logo Serviço após o Carnaval e não param. Os ensaios são A “Paixão de CrisMomento da crucificação de Jesus Cristo realizados no salão da to” será encenada na igreja, onde o espetáculo será apresentado. sexta-feira, dia 18 de abril, às 19h30, no salão Além disso, os coordenadores da “Paixão de da Paróquia Santa Maria Madalena, que fica na Cristo” contam com o apoio de patrocinado- Rua Dr. José Stilitano, 622. Informações: 3217res para cobrir os gastos com a montagem do 1666. Os empresáevento. Segundo André Felipe Cunha, coorde- rios que quiserem nador dos ensaios e do roteiro, este ano a en- patrocinar o evencenação terá novidades, algumas passagens da to podem entrar vida de Jesus Cristo que não foram mostradas em contato com o no ano passado, além de uma surpresa no final Fernando, pelo ceda peça. “O espetáculo terá aproximadamente lular: 99105-1330. uma hora e meia de duração, e cenas novas, André Prestes, Fernando N. da Silva e André F. como a representação dos 40 dias que Jesus Cunha: coordenadores da encenação passou no deserto”, afirma. Com o total de 13 Grupo de dança de salão no Parque Ouro Fino professor de dança, Leandro Candido Viana, que atua na área há mais de 10 anos, montou um grupo de dança de salão, no bairro Parque Ouro Fino. As aulas são realizadas 1 vez por semana, no salão da Paróquia Santa Maria Madalena, que fica na Rua Dr. José Stilitano, 622. O grupo foi formado em setembro do ano passado, Leandro e Patrícia e é cobrado um valor simbólico de R$ 35,00, por mês, de cada casal. Informações: 99711-3911. U O Adultos e idosos fazem parte do grupo de dança de salão

[close]

p. 11

EMPREENDEDORISMO 11 Clube de Observadores mostra a beleza das aves encontradas em Sorocaba Sebrae-SP divulga cursos gratuitos para o mês de abril Escolha o tema e faça sua inscrição. O escritório regional do Sebrae-SP, em Sorocaba, fica na Avenida General Carneiro, 919. Informações: 3224-4342. PLANEJAMENTO O primeiro passo para começar seu negócio: palestra que aborda os conceitos e a importância da constituição de uma empresa, apontando as necessidades do empreendedor, do empreendimento e da parte legal. Dia 3 de abril, das 10h às 12h. Como se tornar microempreendedor individual: informa os participantes sobre os principais aspectos da lei complementar 128/2008, que dispõe sobre o microempreendedor individual. Dia1 de abril, das 10h às 12, e dia 9 de abril, das 19h30 às 21h30. Clube de Observadores de Aves de Sorocaba (COAVES) mostra a beleza dos mais variados tipos de pássaros encontrados em várias regiões da cidade. Na Zona Oeste, por exemplo, é possível observar belas aves nos parques da região, como no “Água Vermelha” e no “Ouro Fino”. O COAVES é formado por um grupo de pessoas que tem em comum a vontade de observar as aves na natureza. O objetivo do Clube é estimular a prática e levar conhecimento aos cidadãos sorocabanos da diversidade de pássaros, que podem ser observados em áreas verdes do município. Segundo o morador do Jardim São Paulo e um dos membros do Clube, Marcos Antônio Leonetti, a atividade, além de ser muito saudável e prazerosa, permite um maior contato do ser O Suiriri – Parque Ouro Fino humano com a natureza. “A ideia é levar para a população um pouco da riqueza do mundo dos pássaros, por meio de palestras ou nas saídas a campo”, conta. O COAVES se reúne duas vezes por mês, geralmente com uma reunião no 1º sábado do mês na sede (no Parque da Biquinha, às 9h30), e no 3º sábado, com uma saída a campo em locais de área verde tanto de Sorocaba, quanto da região. Informações: 3224-1997. OFICINA Aprenda a fazer fluxo de Caixa: sensibiliza o participante para aspectos importantes da gestão financeira do negócio, como contas a pagar, a receber, fluxo de caixa e reserva de capital de giro. Dia 3 de abril, das 19h às 23h. Membros do COAVES observando aves em um dos parques da cidade PALESTRA Por dentro dos custos, despesas e preço de venda: orienta os empresários para o desenvolvimento de competências gerenciais que melhorem a gestão financeira de sua empresa. Dia 8 de abril, das 19h30 às 21h30. Indicadores de resultados: orienta o empresário para ações de análise e planejamento da lucratividade, contribuindo para desenvolver habilidades gerenciais com ênfase em resultados, para sobrevivência e crescimento do empreendimento. Dia 15 de abril, das 19h30 às 21h30. Empresa organizada tem melhor desempenho: orienta os participantes sobre a importância do planejamento, organização e controle de suas atividades, possibilitando aprimorar o gerenciamento de sua empresa. Dia 15 de abril, das 19h30 às 21h30.

[close]

p. 12

12 COMUNIDADE Padre da Paróquia Santa Maria Madalena joga futebol americano que a fé e o esporte têm em comum? Na vida do Padre Evandro Luis Zanardo Paulin, da Paróquia Santa Maria Madalena, no bairro Parque Ouro Fino, tudo! Desde julho do ano passado, ele faz parte do time de futebol americano de Sorocaba: o Vipers Army. Ele conta que jogar futebol americano era um antigo sonho. “Eu sempre gostei de esportes e gostava de assistir os jogos na televisão, mas achava que seria difícil ser um atleta no Brasil, já que o esporte é muito popular nos Estados Unidos”, conta. Mas, como quem reza sempre alcança... Um dia, conversando com um membro da paróquia, ele ficou sabendo que na cidade havia um time. Entrou em contato com a equipe do Vipers e passou a frequentar os treinos, que são realizados aos domingos, das 9h às 12h30, no Clube Recreativo Campestre. “Comecei jogando na defesa e agora atuo como atacante. Sempre achei que me daria bem nesse esporte, já que tenho um porte físico grande”, afirma. Além dos compromissos diários na igreja, com as missas, eventos e atendimento aos fieis, o padre também faz academia todos os dias, inclusive para melhorar sua performance no futebol americano. “Atividade física sempre fez parte da minha vida. Antigamente eu praticava de corrida de rua e participei até da São Silvestre”. Entre os colegas do Vipers, ele constantemente é chamado de padre, embora muitos achassem que era apenas um apelido. Quando descobriram pela imprensa que ele é realmente padre, reportagens em jornais e até na TV já mostraram a atuação dele no futebol americano, os membros do time ficaram sur- O presos. “Agora, antes e depois dos jogos, rezamos um Pai Nosso e uma Ave Maria. Já virou tradição”, conta. Natural da cidade paulista de Tietê, o padre atleta é bastante querido na paróquia do bairro. “Muitos paroquianos vão assistir aos jogos de futebol americano. Geralmente, as pessoas têm aquela ideia de que padre é sempre idoso e que não gosta de praticar esportes. Porém há muitos padres jovens e fazer uma atividade física faz bem à saúde”. O padre, de 38 anos, conta que o futebol americano é um dos esportes que mais cresce no Brasil. Padre Evandro durante celebração de missa na Paróquia Santa Maria Madalena Vipers Army O time de futebol americano foi fundado em 2006 por um grupo de amigos, que gostavam e acompanhavam o esporte, principalmente as famosas competições nos Estados Unidos, onde surgiu e é uma verdadeira paixão. A equipe de Sorocaba é um dos times pioneiros na modalidade no Brasil. Como membro da equipe de futebol americano Vipers Army

[close]

p. 13

CLASSIFICADOS 13

[close]

p. 14

14 CLASSIFICADOS

[close]

p. 15

CLASSIFICADOS 15

[close]

Comments

no comments yet