A DESCOBERTA DE PITÁGORAS

 

Embed or link this publication

Description

PEDAGOGIA

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Na cidade de Cristovão Mendes mora um menino que se chama Pitágoras, por ser filho único, ele brincava o dia todo sozinho.

[close]

p. 3

Todo dia era assim: Pitágoras acordava cedo, ia para escola e passava as tardes jogando vídeo game ou assistindo a seus desenhos favoritos. Sua mãe, Dona Benta, estava preocupada com seu filho de 10 anos que não saía da frente daquelas máquinas. _ Pitágoras,meu filho, saia desse vídeo game, você vai acabar sumindo aí dentro,menino. Mas Pitágoras não conhecia outra maneira de se divertir…

[close]

p. 4

Certo dia, sua mãe, que era uma grande artesã, pediu para que seu filho fosse a casa da vizinha entregar uma encomenda. _ Pitágoras, preciso que leve esses tapetes pra mim!

[close]

p. 5

Pitágoras não queria ir, mas obedeceu a sua mãe. _ Ao chegar na casa da vizinha,ficou surpreso ao ver uma menina correndo e dando gargalhadas pelo quintal. Ele imaginou... _Nossa, ela deve ter ganhado aquele jogo maneiro de missões espaciais que eu tanto quero. Já vou pedir emprestado.

[close]

p. 6

De repente, apareceu aquela garotinha de cabelos ruivos saltitando no portão. _ Oi, você está procurando minha mãe? _ Sim, vim entregar esses tapetes que ela encomendou. _ Pode deixar comigo mesmo! Aliás meu nome é Margarida e esse aqui pulando é o Floquinho, meu cachorrinho.

[close]

p. 7

_ Muito prazer, me chamo Pitágoras. _ Nossa, que nome engraçado! _Pois é, meu pai adora matemática, então eles acharam legal colocar este nome em mim. _ Haaaaa...eu detesto matemática, mas você não quer entrar e brincar comigo e o Floquinho? Então eles passaram algumas horas ali, brincando e correndo.

[close]

p. 8

No caminho de volta, ele estava com uma sensação diferente, não podia acreditar que algo tão simples como brincar com um amigo e um cachorro pudesse lhe deixar tão feliz.

[close]

p. 9

Ao chegar em casa, sua mãe diz: _ Menino, onde você estava? Foi fazer a entrega no China? Nossa mãe, você não vai acreditar. Conheci a filha da dona Carochinha, quer dizer dona Filomena. _ Ela é muito divertida e tem um cachorrinho muito sapeca, que eu adorei. Ta bom...vai tomar banho e jan

[close]

p. 10

Nas semanas seguintes, os jogos já não tinham tanta graça, ele ficava pensando na sua amiga nova e seu cachorro, mas como era um menino tímido, ficava mesmo é jogando o dia todo. Até que teve uma grande ideia. Mãe, que tal eu ganhar um cachorro? Ta doido, menino, cachorro faz muita sujeira, quem vai limpar? Nem pensar!!!

[close]

p. 11

O tempo passou, mas sua mãe não mudou de ideia. Até que em uma tarde chuvosa, Pitágoras se debruçou sobre a janela e ficou pensativo.. precisava descobrir um jeito de passar o nível 40 dos jogos espaciais. De repente, ele avistou um cachorrinho todo encolhido embaixo de uma árvore. Sem pensar duas vezes, ele se lembrou do Floquinho e saiu correndo para resgatá-lo. _Mãe, olha, podemos ficar com este cachorro?

[close]

p. 12

-Não, só enquanto a chuva não passar. Por favor, Por favor..coitadinho, o Costelinha é bonzinho. Nossa, Pitágoras, você já deu até nome pra este cachorro, seu pai não vai gostar dessa ideia.

[close]

p. 13

Passou um dia, dois e nada do Costelinha voltar para a rua. _Nesse tempo, dona Benta percebeu que Pitágoras já não ficava mais preso o dia todo nos seus jogos e que ele estava mais feliz, brincando com seu novo amigo.

[close]

p. 14

Então, ela conversou com seu marido e decidiram adotar Costelinha como membro da família.

[close]

p. 15

Pitágoras deu pulos de alegria!!! E foi correndo apresentar o Costelinha para Margarida e o Floquinho, afinal foram eles que mostraram a Pitágoras que a vida pode ser bem mais interessante e divertida, que os jogos são legais, mas não devem tomar conta da nossa rotina.

[close]

Comments

no comments yet