Informativo CNG 04

 

Embed or link this publication

Description

Informativo CNG 04

Popular Pages


p. 1

Filiado à: CEA #SINASEFEemGREVE há 18 dias! | Nº 04 | 8 de maio de 2014 O governo recua, a vitória se desenha no horizonte: hora da greve crescer! docente, o acordo de greve fora assinado com o Proifes, entidade que não nos representa. Além disso, o SINASEFE reiterou que não houve avanços quanto ao acordo para os técnico-administrativos, algo já denunciado à categoria em nossos boletins (www.goo.gl/0LQLM9). Ainda na audiência, os representantes do governo deram garantia, através de intercedência junto aos Ministros do MEC e do MPOG, de que em até 15 dias haverá uma resposta para os trabalhadores da educação em greve a respeito de suas reivindicações. Temos a certeza de que esta reunião representou um avanço. A intransigência do governo precisou mudar de posição, num recuo, e dar lugar a um primeiro momento rumo a uma negociação que pode ser de verdade, com conquistas para a categoria. Mas, não podemos esquecer que este saldo importante só foi possível por causa da disposição, coragem e ação conjunta dos trabalhadores da educação. Diante disso, não podemos diminuir nosso ímpeto agora. Devemos reforçar nossos comandos locais, participar das atividades nacionais com grande número de servidores e, mais importante, todos nós temos de nos comprometer com a ampliação de nossa greve. É importante tomarmos este evento como uma injeção de ânimo e disposição para a luta. Quanto mais a greve cresce, mais o governo se vê obrigado a recuar, e o dia de hoje foi uma demonstração prática deste caminho. Dentro de quinze dias, a resposta do governo deve se inclinar a fazer concessões e realizar uma negociação autêntica conosco, mas apenas se a categoria provar sua força, vigor e capacidade de não vacilar diante do que exige o momento atual. É tempo de crescer a mobilização. É tempo de lutarmos em unidade. É tempo de greve, até a vitória! Os dias 6 e 7 de maio representaram um fato emblemático à nossa greve e um passo importante em direção à vitória da categoria. SINASEFE, Fasubra e Andes-SN, numa unidade exemplar dos trabalhadores da educação, convocaram e realizaram a Caravana da Educação Federal, antecipando a Marcha dos Servidores Públicos Federais. A Caravana reuniu cerca de duas mil pessoas em um grande ato em frente ao Ministério da Educação. Lá, as entidades sindicais reivindicaram uma audiência com o Ministro, solicitada para a data uma semana antes através de ofício, que, expressando o desrespeito com que o governo federal trata os trabalhadores da educação, sequer aceitou receber e conversar com as categorias. O desrespeito e descaso do governo em não negociar e dar de ombros aos trabalhadores em greve, algo que já vem de longa data, longe de desanimar os lutadores, impulsionou a uma resposta contundente e acertada. SINASEFE e Fasubra tomaram numa ação histórica o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), ainda às 4 da manhã de ontem, e interditaram todas as entradas e acessos do prédio, com muita agitação, tremulando bandeiras e gritando palavras de ordem, inviabilizando o expediente do Ministério, inclusive do Secretário de Relações de Trabalho, Sergio Mendonça. Diante da pressão e do constrangimento, no meio da manhã o governo cedeu, abrindo uma audiência com uma comissão das duas entidades, envolvendo o próprio Sergio Mendonça, representando o MPOG, e Paulo Speler como representante do MEC. Isto não é qualquer coisa: paramos o Ministério de Planejamento e Orçamento do país de sétima maior economia do mundo e, com isso, fizemos o governo engolir sua arrogância e iniciar um canal de negociação com os grevistas. Na reunião, os representantes do governo tentaram sustentar que o acordo da greve de 2012 com o SINASEFE estava sendo cumprindo, o que foi rebatido. Momento que fez, inclusive, o Secretário Sergio Mendonça reconhecer que, na pauta

[close]

p. 2

2 é hora de lutar! SINASEFE e Fasubra bloqueiam MPOG e fo SINASEFE | Monalisa Resende Mais de cinco mil servidores públicos federais tomaram as ruas de Brasília-DF em atividade da Campanha Salarial 2014 SINASE nior ário Jú FE | M l tão qua n e ; m é e ningu diente? b e e p c x e e r não sem MPOG lema de ficar o prob

[close]

p. 3

3 informes 122ª PLENA do SINASEFE Conforme deliberado na última Plenária, ficaria sob responsabilidade do Comando Nacional de Greve a convocação da próxima PLENA. Diante disso, solicitamos que guardem na agenda os dias 24 e 25 de maio, quando será realizada, em BrasíliaDF, a 122ª Plenária Nacional do nosso Sindicato. Em breve divulgaremos a convocatória e as pautas do fórum, assim como informações sobre hospedagem. 25 anos de nossa primeira greve Há exatos 25 anos era deflagrada a primeira greve da história do SINASEFE, que teve início em 8 de maio de 1989 e terminou 66 dias depois, em 13 de julho. Daquele movimento participaram docentes, técnicos e estudantes de 42 IFE, os quais conseguiram pressionar o governo e conquistar vitórias importantes, como reposição salarial, aumento nos incentivos, progressão horizontal, mais verbas para a Rede Federal de Educação e contratação de 760 professores e 1340 técnicos. Hoje, 25 anos depois, nos encontramos novamente em luta e para termos uma repetição dessas conquistas precisamos nos mobilizar e ampliar ainda mais nossa greve. Construa a greve em seu campus e em sua IFE. Fortaleça a luta. Venha a Brasília-DF fazer parte do nosso Comando Nacional de Greve! ortalecem a Marcha dos SPF expediente Este informativo é uma publicação do SINASEFE NACIONAL Comando de Greve Alexandre Fleming Julio Bello Vinícius Bezerra Zilas Nogueira Jornalistas Mário Júnior - MTE-AL 1374 Monalisa Resende - MTE-DF 8938 Contatos SINASEFE | Monalisa Resende Depois de serem pressionados, MPOG e MEC recebem trabalhadores em greve (61) 3879-7558 cngsinasefe2014@hotmail.com imprensa@sinasefe.org.br

[close]

p. 4



[close]

Comments

no comments yet