Jornal Pacifista Edição nº7

 

Embed or link this publication

Description

JP Ed 7 - Maio/2014

Popular Pages


p. 1

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 1 JORNAL PACIFISTA DIRETORA-CHEFE : DENISE RUMAN EDIÇÃO Nº 7 - MAIO - 2014 R$2,00 EDIÇÃO ESPECIAL COM MENSAGENS PARA O DIA DAS MÃES Nos encartes EDITORIAL pág. 2 e RELIGIÃO E ESPIRITUALIDADE pág. 15 POLÍTICA SAÚDE COMPORTAMENTO EDUCAÇÃO Interações Sociais pag. 3 Soluções e novas visões na área da saúde bucal e a yoga como uma verdadeira panacéia – a cura para todos os males Interações Sociais e análises aprofundadas na área do relacionamento humano pag. 8 Educar para ser feliz é dar sentido à existência pag. 11 pag. 4 ESPORTE CULTURA E MITOLOGIA RELIGIÃO E ESPIRITUALIDADE HOMENAGEM ESPECIAL DA EDIÇÃO Uma visão social deste grande acontecimento esportivo mundial Copa do Mundo pag. 12 Origem e significado da CORNUCÓPIA Mensagens de mestres e escritores com base nas interações sociais sob a ótica espiritual pag. 15 Nelson mandela NOBEL DA PAZ pag. 13 pag. 28

[close]

p. 2

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 2 HOMENAGEM DA EDIÇÃO EDITORIAL SHUTTERSTOCK INTERNET SHUTTERSTOCK ÍNDICE EDITORIAL............................................................ 2 POLÍTICA............................................................... 3 SAÚDE.................................................................... 4 COMPORTAMENTO .......................................... 8 EDUCAÇÃO.......................................................... 11 ESPORTE ............................................................... 12 CULTURA E MITOLOGIA.................................. 13 RELIGIÃO E ESPIRITUALIDADE..................... 15 HOMENAGEM..................................................... 28 Nesta edição de maio de 2014 mês das noivas e também das mães estaremos dissertando um pouco sobre este estado maravilhoso que é “Ser Mãe”... A relação comportamental, biológica inserida neste o contexto... “Ser Mãe” Ser mãe não é apenas um estado físico e biológico Claramente, é muito mais um estado comportamental, espiritual e de convivência... Ser mãe é estar presente na dor e no desamor; Na dificuldade e na doença de seu filho; Seja ele filho biológico ou espiritual! Ser mãe é doação; É abnegação; É renúncia; Ser mãe é dar seu sangue a outro ser que vai nascer e gerar; Ser mãe é tirar um pouco de si; E doar este pouco de si a uma nova vida que dará sequência a uma nova vida na Terra; Ser mãe é dar sequência à genética; E à tradição; Ser mãe é educar; SHUTTERSTOCK Ser mãe é doação e principalmente, adoção, seja esta raiz advinda de raízes genéticas próprias ou alheias. Denise Ruman EXPEDIENTE Direção Geral Denise Ruman Denise Ruman º Adriana Pasquinelli º Alcir Tonolli º Anúncios Alexandre Guimarães Reis º Ana Cecília S C Rodrigues Rogério Yashuo Saito Empresária Responsável 30210524 | 996370774 º Angela Novaes º Babalawo Ifasen Oyekanmi Oyekale Denise Ruman e º Eduardo Machado de Carvalho º Helder Santos º Jeff www.solarisfilmes.com.br Alves º João Pedro Simas º José Cardoso Salvador º Fotografia K.G.Gomes º Luiz Roberto Mattos º Marcelo Del Debbio Shutterstock º Internet Diagramação º Marcel C. de Siqueira º Marlene Pizoni Teixeira º Ortiz (Google) Rodrigo Florenciano Belo º PH Alves º Rafaela Rocha º Ricardo R. Blomberg º rfdg.com.br Ronaldo Faria (in memoriam) º Suely Firmino Firmino º Tânia Gori º Viviane Murari º Zelinda Orlandi Hypolito Design Gráfico Redação Para Anunciar Telefone +55 (11) 3021-5130 www.pacifistjournal.com E-mails jornalpacifista@hotmail.com pacifistajornal@gmail.com Site www.jornalpacifista.com.br www.pacifistjournal.com

[close]

p. 3

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 3 POLÍTICA NOSSA SOCIEDADE NECESSITA DE SE RESTABELECER NO AMOR Analisando as noticias no dia a dia, observo que algumas situações se repetem mais do que deveriam. Corrupção, violência e um descaso pelo país que se inicia desde o bairro onde as pessoas residem. A nt i g a m e nt e , mas não tão antigamente assim, as pessoas se revoltavam, se indignavam com essas situações; em plena época de militarismo era comum ações que visavam à liberdade e respeito aos direitos, individuais e coletivos, e um desejo forte de ter um país livre, próspero e evoluído. Passados os anos vemos um povo adormecido, anestesiado e distraído com bobagens, querendo por vezes excesso de direitos, mas despreocupados com seus deveres. Povo que parece que perdeu o tesão para lutar e conquistar melhoras em todos os sentidos e não apenas no futebol ou no "Big Bobo". Povo que parece desconhecer as conquistas de nossos cientistas e outros profissionais em vários graus e diferentes setores no mundo. A impressão é que estão adormecidos, apesar de acordar de vez em quando em manifestações mas que breve desaparecem. Há manifestações por justiça e direitos, leis e segurança, reformas no país e mudanças necessárias e urgentes. Diversos argumentos aparecem e a cada um parece que a violência e ações duras são solicitadas como solução. Mas, a raiz de todos os nossos problemas, sejam quais forem, desde pessoais aos do país, reside num só fator. antes do direito, estender a mão a quem necessita, justiça, educação, querer realmente o bem de todos e do país. Não havendo amor, não há respeito, justiça, educação, deveres e direitos ou melhoras em todos os sentidos. Amar o país não é torcer para ganhar a Copa, ou pelo "Big Bobo", amar o país é querer e lutar por ele, e isso por vezes implica decidir com consciência e responsabilidade tanto nas escolhas de nossos dirigentes como em não aceitar mau atendimento em comércios, não permitir que uma criança passe fome e aceitar que alguns ganhem milhões com drogas e afins. Amar a si mesmo é querer seus direitos respeitados e se valorizar, mas não em detrimento dos direitos dos outros ou sem cumprir com seus deveres. Religiões, seitas. Instituições, empresas e outros falam muito de amor, mas o praticam pouco, ou apenas entre si; isso não é amor. Amar é simples. Talvez por isso pouco praticado. Mas a proposta que fazemos é essa. Amar a nós mesmo cada dia mais, e estender esse amor a todos, até amar o país. Afinal nós somos o país O SHUTTERSTOCK Amor a si mesmo, aos vizinhos e colegas, a família, ao bairro, a cidade, ao estado e ao país, a nós como um povo só, e não separados por cidades, fronteiras e ilusórias diferenças. Amor pela pessoa que vive no estado mais distante do nosso e pela que compartilha a mesma rua. Amor pela mais poderosa personalidade, pelos que decidem os rumos de nosso país e pelo doente que está no hospital, à criança que está no orfanato ou nas ruas e pelas famílias necessitadas de trabalho e educação, e não de esmolas que os mantêm na mesma situação, ou de criminosa e suposta proteção tornando-os exploradores. Amor, e amor significa Alcir Tonoli respeito, valorização, dever Cotia - SP - Brasil Falta de amor Brasil está passando por um momento delicado historicamente, pois esse momento culmina com a forte transmutação planetária que todos estamos vivenciando a nível pessoal. Obviamente, isso se refletirá da desconstrução de um velho mundo para que o novo possa surgir. Conseguimos aqui sentir as vibrações de insatisfação de uma massa crítica, e não mais a velha acomodação com o velho, com o superado, com os antigos conceitos. Entretanto, essa fase de transmutação e desconstrução requer todo o cuidado necessário de cada um individualmente, e uma mudança da consciência do individual para o grupal, ou como preferem dizer, para o global. Cada mudança política e econômica em seu país reflete diretamente nos níveis energéticos individuais de cada um de seus cidadãos. Cada dificuldade que é imposta à cidadãos em seus direitos civis, em se ver respeitado, e mesmo condições básicas de vida, gera um fluxo de sentimentos negativos que emperram essa transição do velho para o novo mundo, e consequentemente, impede o progresso do Brasil como uma Nova Nação no Novo Mundo. O que deve ser superado é a visão pessoal sobre as condições do país, as mudanças que devem ser feitas, as leis que podem e devem ser modificadas não mais para suprir necessidades egoísticas, mas sim visando aquilo que é melhor para o TODO e para cada um individualmente, mesmo que essas mudanças não atinjam diretamente a sua vida particular. É uma visão estreita inclusive que mostra a infantilidade ainda do espírito de muitos encarnados em seu plano. A dificuldade de enxergar as consequências de privar o outro de necessidades elementares para uma vida digna, que possa fluir em paz, traz sim consequências para a vida de cada um de vocês. A fome, a miséria, a necessidade, a exclusão são meios de estagnar o espírito que os sofrem nas mais baixas frequências vibratórias, pois quando as necessidades básicas são suprimidas, o que vem à tona é o instinto de sobrevivência e mais todos os sentimentos de opressão que somente aqueles que passam por tais dificuldades podem exprimir. A aceitação da vida como ela é, dos ajustes cármicos individuais não pode servir de desculpa para os que tem essas condições melhores de vida para não fazer nada por ninguém. Mais uma vez, um ensinamento elevado acaba sendo dessa forma corrompido pelo egoísmo, o orgulho e a arrogância características ainda de muitos seres desse planeta. Aquele que tendo uma vida digna, se priva quando pode de dar dignidade a outra vida, acaba gerando essa mesma dívida, esse mesmo desequilíbrio para si mesmo, e agora, não mais para encarnar nesse planeta, mas para ir à outros em iguais condições da antiga Terra. Um momento de reflexão se faz importante nesse momento amados. Trabalhem sim para a construção de um país melhor, mais elevado. Mas trabalhem para que esse melhor e mais elevado seja realmente visando o bem de todos e

[close]

p. 4

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 4 cada um individualmente, e não o seu bem levado pelo seu próprio ego. Se todos somos Um, e cada um deve alcançar essa consciência, esse conceito deve ser Às vezes me pergunto como algumas pessoas podem reclamar de injustiças, corrupção, roubo, desonestidade, miséria, da traição que sofrem do governo, dos políticos, dos bancos, de seus chefes, se elas agem como sabem que agem no dia-a-dia com as outras pessoas? Como podem esperar receber aquilo que não são capazes de dar nem ao menos para pessoas próximas, para seus familiares, pessoas que consideram absorvido totalmente por vocês. Enquanto houver pessoas em sofrimento, em privação no planeta, essa energia afetará também a sua vida individual. Na muamigas, seus clientes, seus colegas de trabalho? A vida é um contínuo dar e receber, em tudo, e isso é tão simples para mim. Ação e Reação não são meras palavras, são leis do Universo que podem ser vistas no plano material, físico, a todo o momento. Aquilo que dou é aquilo que recebo, e para se chegar a essa constatação basta ter um pouco, só um pouquinho de consciência. A nível coletivo, o que estamos dando? dança do novo para o velho, observe se nessas intenções não estão enraizadas ainda os velhos padrões de posse e poder, de individualismo e de egoísmo. O novo não Somos realmente honestos o suficiente para exigir algo em troca? Somos realmente íntegros em nossas relações no nosso dia-a-dia, muitas vezes com pessoas que estão ao nosso lado? Às vezes, por curtos momentos, a humanidade me vence, e perco a esperança de ver esse mundo transformado. Às vezes... Adriana Pasquinelli Santo André - SP - Brasil pode ser construído sobre velhos e ultrapassados conceitos egoístas. Somente um despertar do verdadeiro amor universal, de uma verdadeira empatia pelo próximo pode trazer seu país para essa nova Terra já edificada. Adriana Pasquinelli Santo André - SP - Brasil SHUTTERSTOCK SAÚDE FLAPLESS PRECISION. IMPLANTES DENTÁRIOS SEM DOR. O novo método de implante proporciona mais segurança aos pacientes. Ele também permite que os dentes sejam colocados em uma só sessão ou em até 5 dias. A restauração estética do sorriso ajuda o paciente a resgatar sua auto-estima e a reintegrar-se à sociedade. Como resultado do tratamento, segue-se uma positiva mudança de hábitos, que leva ao rejuvenescimento e torna a pessoa mais feliz nos campos pessoal e profissional. A principal diferença entre a cirurgia de implantes tradicional e a Flapless Precision, é que na cirurgia tradicional a gengiva sofre uma incisão (corte) de mais ou menos 20 mm, para cada implante, é descolada e quando o osso está exposto, é colocado o implante. Depois a gengiva é reposicionada e suturada com 3 pontos. Na recuperação este processo é mais demorado, podendo inchar e causar dor. Já o “Flapless Precision” é muito mais preciso. Usa-se uma lâmina cilíndrica que remove apenas parte da gengiva de 4 mm, logo após o implante é precisamente inserido e não são necessários pontos. Com este procedimento, a cicatrização é rápida, segura, sem dor nem inchaço. Para que esta técnica tenha sucesso, com toda essa precisão, foi desenvolvido um programa de computador associado a imagens obtidas por tomografia computadorizada específica, que auxilia no planejamento virtual da cirurgia e na preparação da exata posição do implante na boca do paciente. Através desta composição é possível criar um protótipo da boca em resina e simular as intervenções cirúrgicas, levando-se em conta inúmeros dados. Ou seja, toda a cirurgia pode ser feita e refeita de forma virtual, no computador, para depois ser realizado de forma real no protótipo e finalmente no paciente, que só irá à clínica no dia da colocação definitiva do implante. A grande importância desta cirurgia é a ausência de traumas. Esta técnica diminui o número de consultas do paciente, o tempo cirúrgico, permite colocação segura de dentes provisórios após a intervenção, têm precisão e é previsível, tendo consequentemente melhor resultado estético e funcional. Dr. Eduardo Machado de Carvalho Cirurgião Dentista CRO 7199 São Paulo - SP - Brasil Um dos pioneiros no desenvolvimento do sistema no Brasil. SHUTTERSTOCK Chegou aos consultórios odontológicos, uma nova técnica para implantes desenvolvida no Brasil. Trata-se da Flapless Precision. Sua vantagem é que ela não requer intervenções que resultem na retaliação da gengiva, procedimento que costuma causar dor ao paciente.

[close]

p. 5

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 5

[close]

p. 6

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 6 BOTOX TERAPIA NA ODONTOLOGIA O que é? Botox é um tratamento muito realizado hoje em dia na odontologia. A toxina botulínica, popularmente conhecida por Botox, é muito usada em tratamentos estéticos, mas também para tratamentos terapêuticos pela Odontologia, com aprovação do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). O efeito começa a apare- Como funciona? cer a partir de 72 horas após O botox é aplicado através a aplicação e o resultado fi- de injeções com agulhas exnal acontece em ate 15 dias. A durabilidade varia de 3 a 6 meses. O tratamento é contra-indicado para pessoas alérgicas a albumina (substancia presente no ovo), presente na composição da toxina, além de gestantes, mulheres em fase de amamentação e portadores de doenças que afetam os músculos, como a esclerose lateral amiotrófica. tremamente finas e indolores nas terminações nervosas, provocando o relaxamento muscular. O uso da toxina botulínica pode ser aliado a diversos tratamentos odontológicos: mesmos causa dores, principalmente nas articulações e região da face ao lado do ouvido. SHUTTERSTOCK Sorriso gengival Bruxismo para cefaleias causadas pelo excesso de contração muscular, principalmente na mastigação. Exposição excessiva da gengiva com o sorriso, causada pela elevação acentuada do lábio superior. Dores Hipertrofia muscular para músculos masseter e temporais, responsáveis pela abertura e fechamento da boca. O excesso de força dos Lombares, nuca e pescoço, causadas por stress e tensão. Assimetria facial - quando a atividade muscular é mais intensa de um lado da face, Dra. Angela Novaes causando diferenças no con- Odontologia Estética São Paulo - SP - Brasil torno e estética facial O QUE É TERAPIA CRÂNIO-SACRAL ? O que é Terapia Crânio Sacral? Tudo começou no início do século passado com o médico osteopata William Sutherland, que observou a possibilidade de mobilidade nos ossos que constituem o crânio e resolveu estudar o quão real era a sua intuição. Após 20 anos de pesquisa ele afirmou a veracidade de sua intuição desenvolvendo um novo sistema de exame e tratamento conhecido como Osteopatia Craniana. Em 1970 o Dr. John Upledger pode observar, durante uma cirurgia, o movimento rítmico do sistema craniossacral. E foi a partir do conhecimento das ideias e algumas das técnicas de Sutherland que Dr. Upledger compreendeu esse movimento que se estendia do crânio ao sacro e a relação que existia entre esse fluxo e a mobilidade dos ossos cranianos. Era como se aquele fluído que se movimentava nesse “circuito” servisse como um óleo para que esse mecanismo continuasse gens para que o nosso corpo a funcionar. Depois de in- mantenha-se saudável e em corporar e refinar as técni- equilíbrio. Uma vez que esse cas de William Sutherland, fluxo sofre uma arritmia por foi capaz de comprovar a conta de alguma tensão, reexistência strição do sistema o u craniossaqualcral cientiquer ficamente, q u e testando seja o e docum o mentando tivo, o a influênmovicia da mento Te r a p i a f i c a Crânio comSacral pela proMichigan metiState Unid o v e r s i t y. assim O movicomo mento ríto mico desse nosso sistema equilípassa pelo brio, crânio, saúde e SHUTTERSTOCK percorre a nossa coluna ver- bem estar. O objetivo dessa tebral e segue até o sacro, terapia é liberar a passaindo e voltando, distribuindo gem desse fluxo. Isso aconfluidos e mandando mensa- tece através do contato sutil do terapeuta, que funciona como um estímulo, para que o cérebro volte a sua atenção para a área trabalhada relaxando a região e abrindo espaço para que esse movimento volte a fluir em um ritmo ininterrupto, reorganizando a homeostase do corpo, propriedade interna que temos de mantermos nossos sistemas em equilíbrio. A TCS é muito recomendada para recém-nascidos, podendo evitar muitas complicações pós-parto, assim como para as gestantes, pois auxilia na posição do bebê, e para idosos, por ter um toque muito leve. A saúde do sistema crâniossacral é essencial para que o nosso organismo funcione bem, portanto essa terapia traz benefícios a todos! Na lista dos desequilíbrios aliviados por essa técnica, estão: Dores de Cabeça; Dificuldades de Coordenação Motora; Eliminação dos efeitos negativos do stress; Fadiga Crônica; Desordens do sistema nervoso central; Autismo; Paralisia; Dislexia; Asma, bronquite, problemas respiratórios, etc; Sinusite, tonturas e zumbidos; Disfunção da articulação tempero mandibular (ATM); Problemas de olhos como estrabismo, nystagmus, etc; Hiperatividade, desordens de atenção, etc; Artrite e Artrite Reumatóide; Entre outros. Que curiosidades e intuições como a de William Sutherland e John Upledger continuem sendo estimuladas para o desenvolvimento da humanidade. É com gratidão que seguirei e praticarei estes estudos, cultivando e valorizando a medicina que é feita por amor pelo paciente e alimentando a relação de entrega e interdependência tão essencial para a nossa evolução. Sintam-se abraçados! Rafaela Rocha São Paulo - SP - Brasil

[close]

p. 7

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 7 R O INÍCIO DA AROMATERAPIA presas de Grasse começaram a procurar novas aplicações para as essências e dentre estas estava a empresa de Gattefossé. No início seu interesse limitou-se aos de uso cosmético das essências. Alguns acontecimentos ajudaram a ampliar seu interesse: Os cosméticos costumam conter antissépticos: ele percebeu que os óleos essenciais tinham propriedades antissépticas mais poderosas do que alguns dos antissépticos químicos usados na época. Durante uma pequena explosão em seu laboratório em uma experiência ele queimou uma das mãos. Imediatamente ele a imergiu em óleo puro de lavanda e não se surpreendeu muito ao observar que a queimadura sarou em tempo mais curto, sem sinal de infecção ou cicatriz. É possível que a primeira menção a palavra Aromaterapia tenha sido criada por ele. Após a publicação de seu livro ele seguiu com uma série de textos, artigos e muitos outros livros referindo-se a terapia com óleos essenciais. Apesar de seu trabalho estimular um razoável interesse parece ter sido amortecido pela 2º Guerra trabalho de Gattefossé, começou a usar essências em seus tratamentos. Durante a guerra usou-as fartamente no tratamento de feridas de combate, percebendo logo, como Gattefossé, que havia ali uma terapia com enorme potencial. Em 1964, publicou um livro - Aromaterapia -, e graças ao seu trabalho a aromaterapia foi aceita como uma terapia com méritos próprios. Todos estes trabalhos, desde Gattefossé, atraíram o interesse de franceses, alemães, suíços e holandeses. Cientistas e terapeutas de diferentes lugares no mundo dedicaram-se ao seu estudo. A maior parte das pesquisas feitas foi sobre os poderes antissépticos e antibióticos dos óleos essenciais. Segundo recentes pesquisas realizadas na Europa, EUA e Rússia, os efeitos dos odores na psique podem ser muito importantes. O sentido do olfato age principalmente no nível subconsciente, pois os nervos olfativos são diretamente ligados à parte do cérebro mais primitiva, o sistema límbico. Considerando que o nervo olfativo é uma extensão do próprio cérebro é fácil entender que se pode chegar até ele através do nariz, a única porta de entrada para o cérebro. O sistema límbico é a parte do cérebro que regula a atividade sensório-motora e é responsável pelos impulsos primitivos da fome, sede e sexo. O estímulo do bulbo olfativo envia sinais elétricos para a região do sistema límbico responsável pelos mecanismos viscerais e comportamentais, afetando diretamente os sistemas digestivo, sexual e o comportamento emocional. A reação elétrica do cérebro ao cheiro é praticamente a mesma ligada às emoções. Viviane Murari São Paulo - SP - Brasil ené Maurice Gattefossé foi um químico em Grasse, no sul da França que escreveu o primeiro livro de aromaterapia em 1928. Suas pesquisas tiveram como base os trabalhos iniciados no final do século passado por franceses como Cadéac e Meunier, e médicos italianos como Gatti e Cajola. Em 1887 foi publicado os primeiros resultados de pesquisas sobre poderes antissépticos dos vapores de muitos óleos essenciais. Durante o século XIX a indústria de perfumaria teve um crescimento firme e considerável. Nesta época os perfumes eram fabricados quase que exclusivamente com essências naturais. Com a busca de novas plantas aromáticas e de terras para o seu cultivo a área ao redor da cidade de Grasse, na França, tornou-se o centro mundial de cultivo e extração de essências. Com o crescimento da indústria, algumas das em- SHUTTERSTOCK Mundial, pois nos 15 anos seguintes muito pouca coisa foi publicada sobre aromaterapia, e as pesquisas estavam em baixa. Nem tudo foi perdido. Outro francês, desta vez um médico, trabalhava a muitos anos no uso terapêutico de ervas. Estimulado pelo AS 10 PANACEIAS DA YOGA ... OS SEUS VERDADEIROS MANDAMENTOS Diz-se que a YOGA é a verdadeira PANACEIA, ou o remédio para todos os males. Por que seria? A nível comportamental, a Yoga prega o convívio com todos em harmonia. Pronto! Esta seria a primeira Panaceia. Segundo mandamento da Yoga seria o respeito ao próximo que esta também propaga... Aí, a segunda Panaceia. A Yoga propaga a Lei da Comunhão e união universal, sendo que a própria palavra Yoga significa união... União com o CRIADOR em primeira instância, e em segunda instância, união conosco mesmos. Talvez aí fosse nosso desafio maior... O chamado auto amor. Depois propaga a união com nossos semelhantes, povos e países, sem discriminação de credo, cor ou raça. PRONTO... A terceira Panaceia. A quarta Panaceia seria a propagação da própria PAZ... A paz conosco mesmos e a PAZ com os semelhantes. A quinta Panaceia é o início da própria prática. Começando pela respiração que oxigena todo o nosso corpo e órgãos deste, nos trazendo um crescente bemestar. A sexta Panaceia. A Yoga prega o auto respeito. O respeito por nós mesmos. A sétima Panaceia. O trabalho psicofísico de alteração, superação dos limites do corpo físico, se estendendo aí, à superação de nossos medos e barreiras. A oitava Panaceia seria como a oxigenação maior atua a nível de melhoria no raciocínio, memória. A nona Panaceia seria uma AUTOESTIMA mais elevada devido ao AUTO CUIDADO A décima Panaceia... Com o aumento de oxigenação existe um relaxamento astralespiritual fazendo com que possamos eliminar muitos estresses e toxinas psicofísico-emocionais-espirituais. PRONTO... OS 10 MANDAMENTOS DA YOGA... A VERDADEIRA PANACEIA E MUITAS OUTRAS PANACEIAS NAMASTÊ SHUTTERSTOCK Denise Ruman São Pualo - SP Brasil

[close]

p. 8

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 8 COMPORTAMENTO A ARTE DE EDUCAR NAMORAR É FUNDAMENTAL 12 de junho é dia comercial do namoro, dia em que materializamos os sentimentos por um objeto, válido creio que sim, agradar faz parte. A vida de um casal é o reflexo que se passa em um namoro. O namoro foi criado por Deus para as duas criaturas se reconhecerem em todos os sentidos, o olhar foi feito para ser sentindo e não temido, as palavras foram feitas para serem penetradas na alma e não para ofender, mãos foram feitas para dar carinho e não agredir. No namoro descobrimos o jeito da pessoa ... como é, o que come e o que não gosta de comer, seu caráter, seus defeitos e virtudes. Uma mulher que aceite que o namorado beba até ficar tonto estará criando quando casar um alcoólatra em casa, uma mulher que se deixa ser agredida verbalmente e fisicamente, certamente essas agressões ficarão sérias a ponto de vermos em noticiários mulheres mortas pelos seus com- panheiros, fruto de aceitar agressões durante o namoro. Quantas famílias hoje sofrem por um namoro infeliz. Digo isto, pois o namoro é fundamental, mas temos visto que o desejo tem tomado conta das pessoas, fazendo-as esquecer de olhar bem seu companheiro. Você, mulher, não é perfeita assim como ele também não é, então não cobre a perfeição do seu companheiro, cobre honestidade e atitudes cristãs, casal religioso é sinal de família virtuosa. Viva o namoro como se fosse um laboratório para que SHUTTERSTOCK as experiências do convívio possa ajudar a se tornarem um casal cheio de químicas e sentimentos verdadeiros e fazer uma família virtuosa para antes do túmulo, para depois não chorar de amargura pelos cantos da casa. Ronaldo Faria (In Memorian) Divinópolis-MG-Brasil NÃO ME JULGUE PELO SUCESSO, MAS POR QUANTAS VEZES CONSEGUI CAIR E ME LEVANTAR DEPOIS Nelson Mandela PROJETOS INTERROMPIDOS Uma das leis da Gestalt fala sobre o problema acarretado por processos iniciados e não finalizados. Todo processo que teve um início, um meio e não teve um “fim”, tende a permanecer na mente ocupando espaço e desperdiçando a energia gasta em sua inútil manutenção. Uma tendência humana comum (e auto-destrutiva) é de sempre começar projetos novos, depois de algum tempo enjoar e simplesmente abandonar seu propósito sem ao menos dar um término digno e uma finalidade para ele – deixá-lo pendurado em algum “gancho”, esquecido num canto do armário. O que não percebemos, é que estes projetos inacabados (sejam de que natureza for: material, emocional, intelectual, espiritual) por não terem um destino, não terem sido “resolvidos”, continuam como problemas a espera de solução, ocupando nossos “bites” de espaço e desperdiçando nossos “watts” de energia. Melhor explicando: saímos e esquecemo-nos de apagar a luz que fica inutilmente acesa, a Eletropaulo não sabe que você não está utilizando e continua registrando o gasto, a conta fica alta e desperdiçamos nosso dinheiro (que nada mais é que a energia resultante de seu trabalho). Não quero dizer com isso, que todo projeto deve ser terminado da maneira que foi proposto, você não deve se obrigar a fazer nada que não queira, mas deve ter certeza que realmente é essa sua vontade. Entramos na situação do querer (uma das leis da Magia). Querer, é igual à Vontade, não desejo. O desejo é um impulso imediato e passageiro que, se não for satisfeito no momento, com o tempo é esquecido. A Vontade é aquele projeto (o que) que tem um propósito (por que), um objetivo a ser alcançado de alguma maneira (como) e que irá interferir de maneira benéfica e efetiva em sua vida futura (para que/ quando). Quando um projeto é abandonado em sua vida? Resposta: quando não há mais prazer em realizá-lo. Quando outro projeto interfere neste primeiro e se torna mais importante que ele, ganhando a primazia em seus interesses. Quando perdemos interesse por algo, temos a grande oportunidade de conhecermos mais sobre nós mesmos, como sentimos e reagimos diante dos fatos e dos desafios da vida. Se realmente quisermos desistir de um projeto, deve- SHUTTERSTOCK

[close]

p. 9

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 9 mos antes perguntar qual o caminho que utilizamos. No I Ching, um dos hexagramas fala sobre “a retirada”. Um caso é quando abandonamos o desafio porque percebemos e reconhecemos nossa inferioridade perante ele, percebemos a impossibilidade total de vencermos e que, se persistirmos, iremos certamente perder. É o sair antes para não perder tudo. Neste caso, o erro foi na escolha do projeto, ou por prepotência – me julguei superior ao que sou; ou por negligência – não me dediquei o quanto deveria e agora não há mais possibilidade de recuperar o tempo perdido. Outro caso seria quando ainda não está tudo perdido e você se afasta para retomar e recobrar suas forças e voltar à luta. Neste caso, não deixe que as atribulações da vida façam você esquecer-se de tentar novamente. Nos dois casos há a frustração, mas se for acompa- nhada da observação e conscientização dos fatos, haverá o aprendizado e você sairá vencedor, por ter aprendido uma lição que não deixará você perder outras vezes. Mas não se esqueça de avisar a si mesmo (ou ao outro, se for o caso) que reconhece sua impossibilidade e dá por terminada a batalha. Todos os projetos são importantes e devem ser finalizados, mas aos afetivos deve ser dada uma atenção especial por normalmente envolverem outras pessoas, portanto, acarretar um prejuízo duplo. No caso de você detectar uma falha de projeto inicial – todo ser humano tem o direito de mudar de ideia ou falhar – a solução é dar um destino a ele, nada é pior que a dúvida ou a não solução, porque mantém a porta aberta ao desperdício energético, a solução pode ser dolorida ou não, mas resolve um problema e fecha a porta. Resumindo, se você sente SHUTTERSTOCK que pode ter energia “escoando”, olhe para dentro e descubra o que você tem “dependurado” nos cabides do departamento de projetos: o que pensou e não fez, o que começou e não terminou, o que procrastinou e esqueceu, e por aí vai. Aproveite para aprender com eles, comece observando a razão que levou você a dar início a este projeto; o quanto de energia física, mental, emocional ou espiritual já colocou nele e o porquê abandonou, interrompeu e não finalizou; em que etapa foi a falha, em que etapa acabou o prazer. Não se permita ser um perdedor, resolva suas pendências e recobre o que é seu. Resumindo, para que você tenha sempre energia suficiente para projetos realmente importantes, nunca tenha em sua mente, em seu coração ou em seu guarda roupa, algo que não use… Zelinda Orlandi Hypolito São Paulo - SP - Brasil A ARTE DE EDUCAR VOCÊ QUER UMA MULHER OU UMA BARBIE? Quer uma mulher sem celulite, sem tpm... que não se estresse com suas mancadas, uma que não largue de você, caso for infiel a ela, uma que admita você gritar com ela, que aceite tudo o que você fale, não questione nada... e que te ame para sempre? Se você quer uma dessas... compre uma "barbie" amigão. Agora, se você quer uma mulher de "verdade" primeiro vire "homem", e aceite todos aqueles itens citados ali em cima, e fique feliz se conseguir manter uma dessas ao seu lado... Mulher bonita não é aquela que todos elogiam seus seios ou quadril, mulher bonita é aquela que tem uma personalidade e um caráter tão magnífico, que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas. Sabe entender suas necessidades e a do companheiro e não se perde em desejos. Mulher bonita não deixa dúvidas de quem é, ela É. Ronaldo Faria (In Memorian) Divinópolis - MG - Brasil SHUTTERSTOCK

[close]

p. 10

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 10 R A ANSIEDADE – PARTE II dade, como predisposição genética, conflitos internos, ansiedade como resposta adquirida, fatores físicos, solilóquios, capacidade de enfrentar os problemas e determinantes sociais. Para melhor entendermos as causas dos transtornos de ansiedade, devemos levar todos esses fatores em consideração. As manifestações psíquicas e físicas da ansiedade, segundo SILVA (1999, p. 137) são: a) Psíquicas • Apreensão • Sensação desagradável de alerta e tensão • Inquietude e impaciSHUTTERSTOCK ência • Sensação de fadiga e no peito desânimo • Vertigens e tonturas • Distração e dificuldade • Náuseas para concentrar-se • Constipação intestinal • Dificuldade de memoou diarreia rização • Necessidade frequente • Insônia de urinar b) Físicas • Dor de cabeça • Agitação e tremores • Sensação de “bolo” na • Sudorese garganta, com ou sem • Boca seca dificuldade de engolir. • Palpitações Para Snaith, citado por • Sensação de “aperto” SHELHAN (2000), há um componente hereditário de suscetibilidade para a ansiedade. Quanto mais vulnerável for a pessoa nesse sentido, menos estresse será necessário para provocar um transtorno de ansiedade. Para os que não têm essa predisposição, apenas uma situação extrema daria início a um estado de ansiedade. A criação pode influenciar a capacidade de enfrentar o Odontologia de resultados estresse. Pais inseguros e Atendemos a todas especialidades super protetores que consicom qualidade e tecnologia! deram o mundo um lugar 3675-1807 TEL: assustador podem levar seus 3864-3743 filhos a terem medos irraciowww.dentalage.com.br nais. O fracasso em formar uma ligação afetiva com uma e-mail: dentalage@terra.com.br ecentemente, DIAS DA SILVA (1999, p.129), escreveu em seu livro que para os primeiros adeptos da “teoria biológica”, a ansiedade derivaria fundamentalmente de um defeito nos neurotransmissores substanciais que fazem uma espécie de “ponte” entre a psique e soma. Já para os segundos adeptos, resultaria de conflitos interiores que ameaçam a integridade do “eu” do indivíduo e o levam a buscar mecanismos de defesa, visando afastar o perigo. Segundo as Teorias Genéticas a maioria dos transtornos de ansiedade ocorre em famílias. Entrevistas feitas em familiares de pacientes com TAG têm confirmado que 20% dos parentes sofrem de TAG, PAPP & GORMAN (1999). Estes autores revelam que as respectivas proporções aproximadas para transtorno de pânico, fobia específica e fobia social, são de 50%, 31% e 7%. A partir das considerações acima, podemos definir vários fatores para ocorrência de transtorno de ansie- SHUTTERSTOCK ou mais pessoas fundamentais, nos primeiros anos da infância, pode resultar numa ansiedade perpétua em relação ao abandono e à rejeição, segundo Bowlby citado por SHELHAN (2000). A teoria psicanalítica, que tem origem à obra de Freud, afirma que a ansiedade se desenvolve quando existe um conflito interno, entre o instinto e o treinamento social e a consciência. O indivíduo pode ou não ter a consciência desse conflito. As fobias podem ser a representação simbólica da perturbação interior resultante. Uma pequena capacidade de enfrentamento pode levar o indivíduo à posição de negação ou de desconhecimento do conflito. A ansiedade associada ao conflito passa a se ligar a um objeto, atividade ou situação externa que pode ser evitada com maior facilidade. No caso dos transtornos fóbicos de ansiedade, pode ser que para algumas pessoas um acontecimento desagra- dável, assustador ou traumático, esteja ligado ao início da fobia. Uma reação temida pode, por condicionamento, vincular-se a um estímulo que normalmente não provocaria uma reação de ansiedade. Ao nos referirmos a fatores físicos, podemos afirmar que qualquer doença física pode gerar uma sensação de ansiedade. Isto é uma reação natural. Sendo diagnosticada a doença e tratada, a ansiedade relacionada a ela pode decrescer. Entretanto, certas enfermidades/droga, podem por elas mesmas aumentar os efeitos no sistema nervoso simpático, provocando as manifestações físicas da ansiedade. O solilóquio de cada indivíduo pode influenciar seu humor e seu comportamento. Geralmente, quem sofre de algum transtorno de ansiedade, tende a ter esse solilóquio de maneira negativa e ansiosa. Um estudo realizado por Clark, citado por SHELHAN (2000), demons-

[close]

p. 11

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 11 tra que havendo ou não um componente físico no ataque de pânico inicial, parece que a antecipação apreensiva do próximo ataque, os pensamentos irracionais e temerosos sobre as sensações físicas, podem criar um círculo vicioso de ansiedade e, consequentemente, provocar mais ataques de pânico. Pode-se concluir que a interpretação equivocada das sensações físicas é o mais importante indício de sintomas subsequentes e reincidência em pacientes com essa forma de transtorno de ansiedade. As pessoas que sofrem de transtorno de ansiedade, demonstram pouca capaci- dade de enfrentá-los. Evitam os problemas que os afetam. Esse comportamento gera ciclos de evitação da ansiedade ou do pânico; produzindo mais medo e ansiedade. Outros fatores referentes à causa do transtorno de ansiedade são os determinantes sociais. Há casos de pessoas fortes, mas, se uma carga de estresse lhe é imposta por determinado tempo, pode ser que ela se sinta incapaz de aguentar mais. O estresse fica evidente em tempos de mudança, quando é preciso lidar com a inevitável perturbação que a acompanha. Verifica-se também que os termos ansiedade e an- gústia, apesar de discussões acadêmicas, têm sido usados indistintamente, e a tentativa de diferenciá-las serve para encobrir características comuns de base, ou seja, pode-se dizer que a angústia é um mal-estar psíquico e físico, enquanto que a ansiedade é um estado de angústia. A ansiedade existe no homem normal e responsável, seja a nível instintivo, consciente ou inconsciente. É ela quem o propulsiona em direção à sua realização pessoal, à criatividade, ao trabalho, e toda ela “é gerada”, pelo medo de perder a segurança e o amor, ou pela sensação da “perda do objeto”. A principal função da ansiedade é proteger e preparar o corpo para a sobrevivência, iniciando a resposta de luta e de fuga. Quando ela não torna a pessoa impotente pode ser considerada uma reação normal, faz parte da própria natureza humana. É difícil separá-la da ansiedade patológica, quando a frequência e a intensidade de manifestações ansiosas vierem perturbar a vida do indivíduo, sua adaptação ao mundo, seu equilíbrio afetivo e intelectual. As emoções como alegria, tristeza, cólera, medo, inquietação e ansiedade, representam dentro da vida afe- tiva, momentos particulares caracterizados tanto por sua importância subjetiva como perturbações psicológicas. SILVA (1999), relatou que o nosso organismo reage frente à ameaça real ou imaginária somática, psíquica, interna ou externa. Essas reações processadas nas estruturas límbicas geram a ansiedade, a sensação do perigo iminente. O componente físico da ansiedade é responsável pela ativação automática de certas sensações, a fim de preparar o corpo para ação. Ana Cecília S. C. Rodrigues Cerquilho - SP - Brasil EDUCAÇÃO EDUCAR SENTIMENTOS É TOMAR POSSES DE NÓS PRÓPRIOS. EDUCAR PARA SER FELIZ É DAR SENTIDO À EXISTÊNCIA. PELO ESPÍRITO DE ERMANCE DUFAUX EDUCAR PARA SER FELIZ É DAR SENTIDO À EXISTÊNCIA SHUTTERSTOCK A EDUCAÇÃO É A ARMA MAIS PODEROSA PARA SE MUDAR O MUNDO Nelson Mandela Ronaldo Faria (in Memorian) Divinópolis - MG - Brasil Sem Pensar. Sem Saber. Sem Saber. Sem Libertar. Sem Libertar. Sem Igualdade. Sem Igualdade. Sem Civilização. Livre Pensar. Livre Saber. Libertar para que seja Livre. Igualdade para que seja Igual. Fraternidade para que seja Fraterno. Civilização em Equilíbrio, em Progresso e em Evolução. Só permitindo que se saiba, podemos permitir que se pense. Aí poderemos permitir o ser e o acontecer. Com Conhecimento e Saber, pela Verdadeira Vontade da União de Todos os seres des- te País, podemos crescer sem sacrificar os menos favorecidos. Social, Capital, Comércio e Indústria, só se fazem adequadamente com seres pensantes. Ao Presidente da Câmara dos Deputados, ....: Nós somos contra o Projeto de Lei nº 6.003, 2013 Por que isto é importante O Projeto de Lei nº 6.003, 2013, visa a alteração dos arts. 9º, 35 e 36 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, de diretrizes e bases da educação nacional (LDB). O artigo 36 diz respeito à obrigatoriedade das SHUTTERSTOCK disciplinas de Filosofia e Sociologia nos currículos escolares. E pretendem eliminar essa obrigatoriedade, criando uma única disciplina, a fim de suprir o exercício de cidadania. O problema disso, além de tratar como uma única disciplina duas áreas do conhecimento que são completamente distintas, é a perda nos currículos escolares, uma vez que não sendo obrigatórias, diversas escolas podem optar por não disponibilizarem o conteúdo. E ainda que esteja disponível nas escolas, direcionar a Filosofia e Sociologia para o exercício da cidadania é despotencializar o que essas disciplinas têm a oferecer, qual seja, os conhecimentos reflexivo e crítico. Não podemos permitir que nos tirem o aprendi- INTERNET zado que extrapola a formalidade das demais disciplinas. É preciso que os jovens tenham a oportunidade de aprender a pensar por si mesmos, entretanto, com embasamento teórico e prático para fazê-lo e, ao eliminar a obrigatoriedade da Filosofia e Sociologia da grade curricular, estamos correndo o risco de deixar que formem, no ensino médio, jovens alienados e sem teor crítico. Marcel C. de Siqueira Niterói - RJ - Brasil

[close]

p. 12

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 12 ESPORTE ANO DE COPA DO MUNDO, E A COPA É NO BRASIL .... Como devemos ver e enxergar este grande evento, que une milhões e milhões de países, atletas, torcedores, e populações?! Vários países se unem e gritam um só grito, vivem uma só força, e combatem um combate saudável.... podemos ver este como sendo um momento em que podemos, em aliança, unir povos e nações e não separá-los, como normalmente, por disputas desnecessárias e mentes doentes querendo destruir seus irmãos de outras pátrias através da criação e perpetuação dos insanos armamentos ... podemos pensar neste evento, como um grande momento, para através da congregação saudável de muitos povos, estendermos isto à união dos países, povos e populações ... Devemos, por obrigação cívica, enxergar assim, este grande EVENTO. Abraços a todos Denise Ruman São Paulo - SP - Brasil SHUTTERSTOCK INTERNET DESCANSE EM PAZ .... Ó GRANDE GUERREIRO POR UMA CAUSA NOBRE... O ESPORTE PERDERMOS, em 19 de abril de 2014, O MAIOR LOCUTOR DA TELEVISÃO BRASILEIRA... LUCIANO DO VALLE Tantos gritos de alegria tirou de nós com sua vibração, sua garra, sua luta pelo esporte no Brasil... Um grande e excelente guardião da humanidade através de sua participação na melhoria na área do esporte... Choros ele extraiu com esta notícia, principalmente em ano de Copa do Mundo Obrigada Luciano Pela garra com que impulsionou o esporte na humanidade Pela garra com que transmitiu os jogos E a alegria com os gritos de vitória em vários momentos Um PAI do esporte... um PAI de vários filhos que deixa em desalento... Um PAI espiritual.... um amado PAI da humanidade Somos gratos à sua colaboração Descanse com méritos e em PAZ Querido amigo de todos nós !!! Denise Ruman São Paulo - SP - Brasil este TÍTULO HONORÍFICO às questões sociais, pessoais A palavra COPA signifi- e políticas do país?! Assim ca, pelo dicionário, TAÇA, sendo, alguém já percebeu ou e TAÇA, significa TROFÉU, que significa VITÓRIA. Se a COPA DO MUNDO significa então VITÓRIA NO MUNDO, significa aquele que mais conseguiu se destacar por méritos, e, portanto, torna-se assim, digno de receber uma TAÇA, ou TROFÉU, significado de sua VITÓRIA. Sendo a VITÓRIA na COPA DO MUDO, uma vitória, como a própria designação diz, MUNDIAL, por que não podemos estender COPA DO MUNDO parou para pensar que quando um país, em massa torce e vibra com a vitória de sua pátria nativa, está torcendo talvez histericamente, por uma vitória própria? Pessoal? Então, paremos para pensar... Se as pessoas comemoram como se fosse uma vitória própria, será que após os festejos e comemorações, não vem uma certa frustração, entendendo que a vitória não é própria, mas de seu país no contexto mundial, e dos próprios jogadores, que aí, ganham seus milhões?!! Então, para não levarmos o fato a uma posterior frustração em massa após as comemorações, comemo- venciamos a exaltação e posremos, sim, com HONRA e terior depressão de um “falsa com GLÓRIA uma vitória de vitória pessoal”. nossos países, mas entendendo que esta vitória não é bem pessoal, e sim, Nacional, e Denise Ruman política. Assim sendo, não vi- São Paulo - SP - Brasil Fazendo Sorrir com Excelência em Odontologia R. Pará, 50 cj. 21 Higienopolis – SP Tel: 11.36633663 35 anos www.machadodecarvalho.com

[close]

p. 13

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 13 CULTURA E MITOLOGIA O SANTO GRAAL E A LINHAGEM SAGRADA A CORNUCÓPIA der fálico dos deuses criadores e o ventre gerador da vida feminino. Traçando um paralelo com a Kabbalah hermética, temos o Caminho de Daleth, entre Hochma e Binah. Cornu Copiae Um dos amuletos mais comuns e conhecidos no mundo Já na mitologia romana, a cornucópia deriva do latim são os pedaços de chifres e cornos (ou metais e corais molda“Cornu copiae”. A cornucópia ou corno da abundância é um dos à forma de um chifre). Este amuleto é também chamado de Cornucópia de Amaltea e sua origem data das celebrações dos cornos do deus-rio Aqueloo, metamorfoseado em touro, que lhe foi arrancado por Hércules, quando lutava contra ele. gregas. Segundo outros textos romanos, a lenda segue a original grega: é um chifre da cabra com cujo leite, a ninfa Amaltea, amamentou Júpiter na sua infância, quando se escondeu de seu pai, Saturno, para que este não o devorasse. Diz-se que Júpiter arrancou o corno à cabra enquanto brincava, e ofereceu-o a Amaltea, assegurando-lhe que o corno se encheria de frutos cada vez que ela o desejasse. A cornucópia é um atributo muito mostrado nas moedas romanas, nas mãos de divindades benéficas, como Ceres e Cibeles, ou de alegorias como a Abundância e a Fortuna. Como curiosidade, a cornucópia é usada atualmente como símbolo do Mestre de Banquetes em algumas ordens cavalheirescas e na maçonaria. Entre os povos gauleses, a principal divindade relacionada com os equídeos é a deusa gaulesa, ou melhor, galo-romana, chamada Epona (ou Epona Regina), cujo nome deriva do gaulês epo, que significa cavalo. O seu culto difundiu-se até à Bretanha e ao leste da Europa, especialmente na região de Borgonha. Na Península Ibérica foram documenta dos alguns vestígios epigráficos que testemunham o seu culto. Epona possui diversas referências e numerosas imagens da deusa, geralmente montada sobre um cavalo. A deusa era representada muitas vezes com uma série de atributos, como a cornucópia ou a patera (espécie de bacia de cerâmica onde eram feitas as oferendas, semelhante a um caldeirão raso), que a relacionam com a abundância e a prosperidade. Também estava vinculada com as fontes e ao mundo espiritual. Da fusão destas duas características da mesma deusa SHUTTERSTOCK surgem os primeiros relatos medievais de uma criatura enE quem era Amaltea? Amaltea era uma cabra descendente do Sol que vivia cantada que vocês já devem estar imaginando quem seja: o numa gruta no monte Ida, em Creta. Ou segundo outras fon- Unicórnio. O Cavalo Branco, símbolo sagrado para a Deusa tes, era uma ninfa, filha de Meliseo, que alimentou Zeus com Epona, associado ao chifre mágico que tudo produz. Claro que esta criatura não existe no Plano Físico, embora muitos o leite de uma cabra. Segundo as lendas, quando Zeus era pequeno e estava picaretas ao longo dos milênios tenham tentado forjar uniescondido de seu pai, Saturno (Chronos) e era tratado por córnios com esqueletos de cavalos e narvais, além de rinoceAmaltea, num ataque de ira, o deus menino agarrou com rontes e de uma criatura particular chamada Orix. força o corno da cabra, puxou-o e arrancou-o, produzindo Até então, o Unicórnio estava associado a um BOI de um uma enorme dor à sua cuidadora. Quando Zeus ficou adulto, ele concedeu ao chifre arrancado o dom da abundância; a único chifre, não a um cavalo. Na Bíblia, em Números 23:22 partir desse momento o chifre estaria sempre cheio de ali- e no Deuteronômio 33:17, é citado o unicórnio como um animal de força extraordinária. Nos ritos antigos, era cosmentos e bens que o seu dono possa desejar. Quando Amaltea morreu, foi levada a Zeus, que a trans- tume cortar um dos chifres do maior e mais viril touro do formou na constelação de Capricórnio. O chifre ficou conhe- rebanho para ser usado como taça cerimonial para beber o cido como “a cornucópia” ou “o corno da abundância”. Desta vinho sagrado ao final dos rituais egípcios, junto com o Pão maneira, ao mesmo tempo, este símbolo representava o po- (e qualquer semelhança com a Santa Ceia e o Cálice Sagrado O Chifre de Epona e o Unicórnio NÃO é mera coincidência!). O Touro, agora considerado sagrado, era chamado de Uni-corno. Somente com os gauleses e com Epona esta associação passou a ser feita com cavalos. Uma curiosidade é que durante todo este tempo, na história grega, o unicórnio não aparecia em textos de Mitologia, mas sim em textos de biologia, pois os gregos estavam convencidos de que era uma criatura real. E desta relação surgem as lendas a respeito da pureza necessária para se tocar o chifre de um unicórnio. Embora o primeiro escritor a descrever que “somente uma virgem poderia cavalgar um unicórnio” foi o Grão Mestre Leonardo DaVinci, em suas anotações datadas de 1470, para o quadro “Jovem sentada com unicórnio”. Marcelo Del Debbio São Paulo - SP - Brasil Voilà ici! Presentes e Objetos de Decoração Rua Pascal, 1275 - Campo Belo - SP F: (11) 5041-9325 voilaici SHUTTERSTOCK

[close]

p. 14

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 14 E O MOVIMENTO ROSACRUZ NO PASSADO gem fictício utilizado por rosacruzes franceses para promover o novo ciclo de atividades da Ordem na França, utilizando manifestos que foram publicados no país. Em tradução livre, pois nome não se traduz, seria o mesmo que Cristão Rosacruz. O Atual Ciclo de Atividades AMORC foi fundada por Harvey Spencer Lewis em 1915, primeiro Imperator sendo ele mesmo seu representante perante a FUDOSI, uma federação independente de ordens esotéricas. Tradicionalmente, o Dr. Lewis foi regularmente iniciado na tradição rosacruciana na Europa, em Toulouse, na Ordre Rose-Croix, por Emille Dantine. Como parte desse iniciação, foi outorgado ao Dr. Lewis cartas de autorização para fundar a AMORC como um novo corpo rosacruciano nos Estados Unidos. Através de seus inúmeros contatos europeus, o Dr. Lewis se associou à Madame May Banks-Stacy, uma das últimas sucessores da colônia original de rosacruzes que migraram para a América nos fins do século XVII. Já no final dos anos 20, ele se tornou uma figura notável e muito conhecida no mundo esotérico. No início a sede da AMORC era na cidade de Nova Iorque, tendo lojas em São Francisco e Tampa, no estado da Flórida. A sede da Suprema Grande loja foi deslocada em 1927 para San José, na Califórnia. Harvey Spencer Lewis morreu em 1939 e lhe sucedeu no cargo de Imperator seu filho, Ralph Maxwell Lewis, quem lhe servia anteriormente de Grande Secretário. Gary L. Stewart foi apontado para o cargo de Imperator na época do recolhimento de Ralph Maxwell Lewis em 1987. O atual Imperator é Christian Bernard, que foi eleito para o cargo de Imperator em 1990. L'Ordre Rose-Croix Respeitada Grande Loja da AMORC na França. Anteriormente, antes do ressurgimento do atual ciclo da AMORC, era o principal e mais influente braço do rosacrucianismo na Europa. Seu último Grande Mestre, antes de sua junção à AMORC, foi o francês Emille Dantine.[10] A Segunda Grande Guerra Mundial teve um impacto devastador sobre os membros de muitas ordens esotéricas, já que tais ordens passaram para ilegalidade sob as leis nazistas de Adolf Hitler. Várias lideranças conhecidas foram presas, perseguidas, e em alguns casos, assassinadas pela GESTAPO. Outros ainda encontraram seu triste fim em campos de concentração, como prisioneiros comuns. A AMORC, ficando protegida de tais perseguições, estando bem alicerçada nos Estados Unidos, cresceu imensamente nesse duro período. Após a destruição causada pela guerra, muitas ordens encontraram o apoio necessário na AMORC para retomarem seus trabalhos. Eventualmente, muitas ordens foram incorporadas pela administração da AMORC, em San José, como é o caso da Ordre Rose-Croix e da Ordre Martiniste Traditionnel (Tradicional Ordem Martinista - TOM). FUDOSI FUDOSI ou FUDOESI (Fédération Universelle des Ordres et Sociétés Initiatiques em francês, Federatio Universalis Dirigens Ordines Societatesque Initiationis em latim), fundada em 14 de agosto de 1934, em Bruxelas (Bélgica), foi uma federação autônoma de ordens e sociedade esotéricas. A FUDOSI foi dissolvida INTERNET xistiram diversos ciclos de atividades da Ordem Rosacruz. Dentro de um mesmo ciclo, há uma época de plena atividade, seguida por uma época de inatividade de mesma duração. Esses ciclos são necessários por diversos motivos. Um ciclo se iniciou em 1378, com o "nascimento" de Christian Rosenkreutz. Quando ele "faleceu", em 1459, a ordem iniciou sua fase de inatividade, voltando novamente a plena atividade com a "descoberta" do túmulo de Christian Rosenkreutz e a publicação dos manifesto, em 1614. Então temos ciclos de precisos ensinamentos secretos e outros em que a Ordem é promovida ao público, como a AMORC atua nos dias de hoje, com livros. 1614 Lançado em Kassel, na Alemanha, o livro Fama Fraternitatis. 1615 Lançado em Kassel, na Alemanha, o livro Confessio Fraternitatis. 1616 Lançado em Estrasburgo, na Alemanha (anexada à França em 1681), o livro Núpcias Químicas de Christian Rozenkreuz. O Mito de Christian Rosenkreutz Muitos acreditam que Christian Rosenkreutz foi um homem que realmente existiu e foi o verdadeiro fundador da Ordem, renegando assim o passado da Ordem Rosacruz no Antigo Egito. Na verdade Christian Rosenkreutz foi um persona- em 1951 após o desentendimento entre seus m e m bros. Há atualmente uma organização similar, hostil à FUDOSI, cham a d a FUSOFSI. Relação de Grandes Lojas As Grandes Lojas da Ordem Rosacruz, AMORC, estão divididas em jurisdições para os idiomas do mundo: A Suprema Grande Loja Passarela das Criosfinge ("Esfinges-caprinas") que antecedem o Museu Egípcio e Rosacruz da Suprema Grande Loja. A fraternidade tem sede mundial em São José na Califórnia, EUA. A Sede mundial, também chamada de Suprema Grande Loja, foi fundada por Harvey Spencer Lewis em 1927, quando a sede era anteriormente na cidade de Nova Iorque. Em 1990, a sede foi transferida para a Cidade de Quebec, no Canadá. Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa Ver artigo principal: Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa (AMORC) A sede para os países de Língua Portuguesa é a Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa (também chamada de GLP), localizada no bairro de Bacacheri, em Curitiba - Paraná - Brasil. Monografias Todo o ensinamento da AMORC se dá através de monografias, que são remetidas aos membros devidamente ativos, através do serviço postal. Tais monografias cobrem todos os aspectos da filosofia da AMORC e dos estudos e pesquisas de sua Universidade, a URCI (Universidade Rosa+Cruz Internacional). Os assuntos compreendem: Matéria e Energia; A Natureza Ilusória de Tempo e Espaço; Consciência Humana e Consciência Cósmica; Técnica Rosacruz de Meditação; Desenvolvimento da Intuição; Aura Humana; Cura Metafísica; Sons Místicos; Telepatia; Telecinesia; Vibroturgia; Radiestesia; Alquimia Espiritual; O Poder Criativo da Visualização; Projeção Psíquica; Despertando a Consciência Psíquica; Reencarnação e Carma; Intuição, Inspiração e Iluminação; Influência Física, Psíquica e Espiritual do Subconsciente; Encarnação da Alma; Transição da Alma; Cura Pessoal e Cura à Distância; O Corpo Psíquico e os Centros Psíquicos; Percepção Psíquica e Consciência Psíquica; Projeção Psíquica; Natureza e Simbolismo dos Sonhos; Auras Físicas, Psíquicas e Espirituais; Poder Místico dos Sons Vocálicos e Mantras; Alma Universal e Alma Humana; Reencarnação da Alma; Regeneração Mística; Harmonização com a Consciência Cósmica entre outros.

[close]

p. 15

Jornal Pacifista - Edição nº 7 | 15 RELIGIÃO E ESPIRITUALIDADE HOMENAGEM ÀS MÃES MAIO DE 2014 SHUTTERSTOCK SHUTTERSTOCK SHUTTERSTOCK A ARTE DE EDUCAR SER MÃE É ... A PALAVRA MAIS FORTE NA TERRA (minha homenagem a minha mãe e todas as mães) Quando crianças temos um olhar do mundo com tanta inocência que somente quando adultos, e se tivermos um boa lembrança, entendemos os momentos vividos neste período. Tenho lembranças de vários fatos, e na minha busca do meu descobrimento pessoal sempre as busco para me entender como sou hoje, há uma lembrança em especial que me faz entender a grandeza da palavra mãe. Morávamos na cidade de Fronteira, no Triângulo Mineiro, e minha mãe nos levava sempre para consultar na cidade de São José do Rio Preto pois fica mais ou menos 1 hora e meia de distância entre as duas cidades e por ter os recursos médicos melhores; tinha 5 anos de idade e meu irmão 4. Saindo do hospital, minha mãe, meu irmão e eu adentramos a uma rua, ela se dirigiu a uma casa (fecho os olhos aqui e vejo a cena se passando) de muros baixos, de portão de madeira pintado de azul claro e batendo palmas, chamara seu morador. Saíra pela porta uma senhora de blusa branca e saia azul, e perguntou para minha mãe o que desejava, e transcreveu o seguinte diálogo: Minha mãe: A senhora teria como arrumar um prato de comida para meus dois filhos, pois só vim com o dinheiro da passagem? Minha mãe continuou a falar: Olha a comida é só para eles, eu não preciso comer. A senhora: Irei arrumar, a senhora espere aqui. A senhora voltara com um prato de comida com arroz, feijão e um ovo frito e ficara esperando a minha mãe nos alimentar. Lembro da cena, e vejo eu e meu irmão comendo sem entendermos nada, apenas comendo, como somos inocente! Ao terminarmos de nos alimentar minha mãe disse: aqui está seu prato e como te prometi a comida foi somente para meus filhos. – Deus te pague, muito obrigada, não esquecerei esse favor que a senhora me fez de matar a fome dos meus meninos. Pois é amigos, ser MÃE é isto, ter humildade, renúncia para sacrificar de si para seus filhos, não é apenas aceitar a maternidade, é preciso AMAR. Quando me lembro deste fato as lágrimas escorrem, e fico triste vendo mães que aceitaram a maternidade pela metade e que se incomodam em não poder desfrutar da vida, triste isto. Tenho uma dívida impagável com minha mãe, construir o AMOR exige sacrifício, humildade, renúncia. Ser MÃE é isto e minha mãe sempre foi assim e me ensinou isto não com palavras e sim com exemplo. Ronaldo Faria (In Memorian) Divinópolis - MG - Brasil

[close]

Comments

no comments yet