Revista Cabidário 2014

 

Embed or link this publication

Description

Revista Cabidário 2014

Popular Pages


p. 1

TA S I V E R MINHA LOJA O que é preciso para abrir seu próprio negócio AMBIENTES Como re-encantar o cliente VITRINE Vitrines charmosas e inusitadas para você se inspirar Ano II - Edição nº 2 - Março/ 2014 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA | VENDA PROIBIDA

[close]

p. 2



[close]

p. 3

A Cabidário possui uma equipe composta por decoradores e arquitetos que realizam o projeto completo de sua loja: mobília, forro, iluminação, piso, fachada e vitrine. E o resultado pode ser conferido em imagens renderizadas em 3D com todos os detalhes.

[close]

p. 4

EDITORIAL INOVAÇÃO & empreendedorismo diferenciado. A terceira evidência seria na própria equipe de colaboradores, quando é provida de vícios que não agregam mais nada a seu negócio. Também citaria o fato da equipe não estar recebendo um treinamento adequado. Em contrapartida, de nada adianta ter um inovador se não há alguém que dê seqüência ou aposte nessa nova idéia. A esse apostador chamamos de empreendedor. Normalmente é munido de um bom feeling e tem uma percepção holística sobre a aplicação assertiva de novas idéias. Via de regra, o empreendedor tem também o papel de líder, o que faz dele o maestro para que a empresa siga firme, crescendo em seu segmento. Portanto, inovação e empreendedorismo são as chaves para a perpetuação de sua empresa. Você como empresário e empreendedor, observe quem tem desempenhado o papel de inovador em cada área. Potencialize este colaborador dando-lhe ferramentas e incentivos para participar de cursos, palestras, feiras, etc. Pode me acreditar, esse será um investimento com retorno certo! Esperamos que esta edição sirva de inspiração para criar novos empreendedores e ajudar os atuais lojistas a sempre estarem em primeiro lugar. Boa leitura! Alceu Cezar Lanzarin (Diretor Presidente) Esta edição da Revista Cabidário está pautada no tema inovação e empreendedorismo. Ao longo da revista, o leitor perceberá um passo-a-passo para montar ou melhorar seu próprio negócio. Desde os tempos primórdios quem sempre dominou a economia e esteve à frente do poder foi o controle do conhecimento. Falo em controle do conhecimento e não simplesmente em conhecimento, porque para você comandar o espetáculo não precisa necessariamente saber de tudo, mas estar cercado de diversas expertises que formam o conhecimento generalizado de determinada empresa ou setor da sociedade. Elas definem o próximo passo da instituição através de novas idéias/ações, ao que chamamos de inovação. A grande virtude do inovador é sua maneira de pensar e fazer determinado produto ou serviço de uma forma diferente e mais útil. Sem ele, os processos não são atualizados, levando à instituição a perigosa “zona de conforto”. Falando especificamente em empresários lojistas, a zona de conforto pode estar em diversas áreas de seu negócio. A primeira evidência seria o layout desatualizado de sua loja. Além de afastar prováveis novos clientes, acaba criando uma animosidade que se reflete em toda equipe de colaboradores. A segunda evidência seria em seu mix de produtos. Não só os produtos em si, mas também na mesmice de marcas. Obviamente que as marcas consagradas sempre devem estar presentes. Porém, no mercado há sempre algum fabricante disposto a elaborar um produto atualizado e REVISTA CABIDÁRIO Diretor executivo: Alceu Lanzarin Capa | Projeto Gráfico e Diagramação: Agência Digital Multimídia Mídia de Impacto - midiadeimpacto.com.br Impressão: Grafocem Impressos Gráficos Envie sua sugestão: revista@cabidario.com.br Showroom Caxias do Sul: Rua Vinte de Setembro - 3018 | Bairro São Pelegrino | Caxias do Sul - RS Fábrica: Rua Bolzano, 230 | Fábrica 01 | Distrito São Gotardo | Flores da Cunha (RS) www.cabidario.com.br | loja.cabidario.com.br Somente pessoas autorizadas por escrito pela administração da empresa estão autorizadas a falar em nome da revista. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo desta revista sem autorização expressão da empresa editora. Eventuais erros neste impresso têm preservado os direitos de retificação. Fotos meramente ilustrativas. SC (48) 4053.9290 SP (11) 3522.7475 SP (13) 4062.9624 A VIST RE RS (51) 4063.9947 RS (54) 3225.7171 GO (62) 4053.7171 BA (71) 4062.7475 CE (85) 4062.9266 SP (19) 4062.9624 RJ (21) 3527.0177 MG (31) 4062.7929 /cabidario PR (45) 4062.0802 REVISTA CABIDÁRIO | 4

[close]

p. 5

TORRE giratória Torre giratória para calçados Com a Torre Giratória da Cabidário, seus produtos são expostos em 360 graus. A base movimenta-se a partir de um motor de baixo consumo e ruído, que pode ser utilizada para expor manequins sobre um tampo em MDF. Assista ao vídeo da Torre no seu celular através do código em QR CODE www.cabidario.com.br | loja.cabidario.com.br

[close]

p. 6

Re-encantar o cliente AMBIENTES 08 Tendências de decoração para sua loja ARQUITETURA & TENDÊNCIAS Tecnologia aliada à vendas 12 TECNOLOGIA 22 TURISMO Conheça a Snowland 26 30 36 Minha loja: Como abrir seu próprio negócio DESTAQUE Como escolher o lugar ideal PONTO DE VENDA SUSTENTABILIDADE Lojas sustentáveis Cabidário pelo Mundo 38 VIAGEM 42 BEM ESTAR 46 Coaching

[close]

p. 7



[close]

p. 8

AMBIENTES o cliente Re encantar Cristina Sant’Anna* Cristina Sant’Anna é consultora, palestrante e ministra cursos na área de design, marketing de moda e estratégias de posicionamento e imagem das marcas. Conduz workshops sobre tendências de moda e comportamento de consumo nos segmentos têxtil e de acessórios. É docente nos cursos de graduação e pós-graduação do Istituto Europeu di Design. Realiza pesquisa de tendências em âmbito internacional há mais de duas décadas. contato@cristinasantanna.com.br A prática das compras online que virou hábito do consumidor nos anos 2000 pela comodidade, facilidade na busca de preços melhores e ampla escolha, faz com que as marcas tenham de redobrar a imaginação para re-encantar o cliente nos pontos de venda. Alguns conceitos emergentes prometem transformar a experiência nas lojas em momentos únicos e especiais. As lojas on-line adotaram um modelo padronizado de vendas e as marcas tendem a perder seu apelo emocional ao consumidor. Ao invés de uma experiência única e singular, a virtualização não permite encantamento do consumidor. Por isso, algumas experiências de re-humanização da relação com o consumidor estão sendo bem sucedidas nos pontos de venda, permitindo um diálogo único da marca e produto, restaurando o significado do ato de consumo. A oferta de produtos com valor sentimental ou com significado emocional é o caminho adotado por muitas lojas na hora de trazer ao consumidor experiências agradáveis de compra. Uma boa seleção de objetos vintage ou reciclados, carregados de história por seu antigo proprietário, pode transmitir valores simbólicos aos consumidores. Muitas marcas estão adotando essa estratégia de agregar esse tipo de produto ao seu mix habitual. O importante é que tenha relação A oferta de produtos com valor estreita com o que habitualmente era oferecido no sentimental ou com significado ponto de venda. Este é um conceito que incentiva emocional é o caminho adotado por a não mais considerar os objetos apenas pelo valor muitas lojas na hora de trazer ao monetário, mas leva a uma outra dimensão, à de consumidor experiências agradáveis de compra. ligar-se emocionalmente à sua origem. PASS THE BATON REVISTA CABIDÁRIO | 8

[close]

p. 9

AMBIENTES ACOLHEDORES Muitas lojas estão seguindo este caminho de re-humanização, procurando oferecer ambientes acolhedores, fazendo com que o cliente sinta-se literalmente em casa, oferecendo não só moda, mas estilo de vida e experiência de compra sem igual. Na Austrália, a bem-sucedida experiência do site The Cool Hunter, ao levar o estilo de vida do site para o mundo real na loja The Cool House, levou a unidade de Melbourne a quatro dias da abertura, uma frequência de 4,5 mil pessoas. O sucesso fez com que Sydney fosse a sede de uma pop-up da marca por 10 dias. Tudo o que esteve em exposição no mês de dezembro de 2012 estava à venda, inclusive o local onde a loja foi aberta. NOVA IMAGEM DA RECICLAGEM Na área de reciclagem, novos rumos também estão sendo tomados. O consumidor cansou-se dos velhos modelos, e novas iniciativas começam a surgir. Em Tóquio, o empreendedor Masamishi Toyama, presidente da Smiles:Co, abriu nos pontos mais hype da cidade, Marunouchi e Omotesando, a Pass the Baton, com look bem urbano e contemporâneo e nova imagem da reciclagem. Tudo é especial, desde a mercadoria até o ambiente. Produtos novos misturam-se a usados, num mix e visual merchandising bem cuidados e atraentes. COOL HOUSE LOJAS HÍBRIDAS Outro conceito importante em desenvolvimento é o das lojas híbridas, que oferecem várias atividades diferentes num mesmo espaço, algumas delas radicalmente diferentes. São espaços originais, ecléticos e inusitados. Uma série de lojas híbridas, combinando dois ou mais tipos de empresas, vem surgindo no Lower East Side, em Nova York, para atender consumidores exigentes que têm uma atitude blasé em relação a lojas mais tradicionais. As combinações são variadas e muitas vezes inusitadas: o Dressing Room, na Orchard Street, é um bar e boutique de roupas e faz troca de peças vintage. O Brooklyn Bowl, em Williamsburg, é uma pista de boliche e um espaço de concertos. O Beauty Bar, com 10 lojas nos Estados Unidos, cinco das quais abertas nos últimos cinco anos, é um espaço onde os clientes podem fazer manicure enquanto saboreiam um Martini. A Saturdays Surf, no Soho, segue o modelo tradicional de loja híbrida, com café e loja de roupas, mistura que o consumidor já vê como tradicional. BARBER & BOOKS Ele quer mais, e pensando nisso, surgem lojas como a Barber & Books, em Estocolmo, um espaço que junta as paixões de um casal. Ström Hakon, um barbeiro com 20 anos de experiência, e sua esposa, Catarina, apaixonada por livros de fotografia, abriram um espaço onde ao som de Ella Fitzgerald e John Coltrane – que interpretam em segundo plano – é possível fazer uma barba à moda antiga, com toalhas quentes, massagem e lâmina de barbear, e ao mesmo tempo, apreciar livros de Loretta Lux e Diane Arbus, por exemplo, num espaço em Södermalm, um dos bairros mais bacanas de Estocolmo. BARBER & BOOKS REVISTA CABIDÁRIO | 9

[close]

p. 10

MERCADO ATACADISTA FARROUPILHA Pólo Nacional de Malhas O NA CIDADE GAÚCHA DE FARROUPILHA NÃO FALTAM OPÇÕES PARA O LOJISTA ENCONTRAR MERCADORIAS PARA TODAS AS ESTAÇÕES DO ANO. TURISMO COMERCIAL A vocação turística de Farroupilha junto ao setor atacadista começou há mais de 50 anos, com o surgimento das primeiras malharias. A chegada de clientes atacadistas motivou o surgimento de mais malharias. Hoje Farroupilha conta com mais de 400 indústrias de malhas e confecções, sendo a indústria que gera a maior empregabilidade no município. REVISTA CABIDÁRIO | 10 FARROUPILHA’S CENTER NOVO SHOPPING 585 PREMIER SHOPPING mercado da moda atual representa negócios globais, com normas de qualidade internacionais, diretamente relacionadas a mudanças no perfil do consumidor nacional, que se torna cada vez mais seletivo e exigente. Para desenvolver e fortalecer o setor têxtil/vestuário da região da Serra, A ACECORS (Associação dos Centros de Compras da Serra Gaúcha) reúne aproximadamente 400 empresas de diversos segmentos da moda, integrando entidades empresariais, instituições públicas, científicas, tecnológicas, comerciais, de ensino e de moda, formando assim uma próspera cadeia produtiva. A entidade tem como associados shoppings que atendem clientes atacadistas dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, que são trazidos por Agentes de Compras cadastrados: Golden Center – que inaugura em março de 2014, Farroupilha’s Center, Novo Shopping 585, Premier e o Centro de Compras Farroupilha, totalizando 380 lojas de vários municípios da serra gaúcha e mais de 27 malharias. Este setor emprega aproximadamente mais de 5.000 pessoas entre empregos diretos e indiretos. O horário de atendimento para esta clientela é bastante amplo, iniciando o atendimento, no inverno, a partir das 4h e atendendo até as 19h. Para apresentar os lançamentos primavera/ verão e outono/ inverno são realizados eventos com clientes atacadistas para momentos de negócios que culminam com desfiles e jantares mostrando o que há de melhor nessa região. CENTRO DE COMPRAS FARROUPILHA

[close]

p. 11



[close]

p. 12

ARQUITETURA & TENDÊNCIAS Tendências de decoração para sua LOJA A por Dalira Vidor* rquitetura, moda e design são áreas que constantemente compartilham tendências. As feiras que ocorrem no mundo todo são as principais fontes de referências lançadas nestes campos. Quando o assunto é loja, “tendência” é sempre a palavra de ordem! Mas é neste momento que surgem algumas dúvidas: as tendências em decoração podem ser levadas para os ambientes comerciais? Seriam as influências da moda que emprestam ideias para a decoração? Arrisco-me a responder que sim para ambas as questões. A decoração das lojas é um dos fatores mais importantes em sua estrutura como um todo. Vitrines bem trabalhadas, ambientes harmônicos e uma iluminação adequada podem tornar uma loja extremamente convidativa. Porém, é importante considerar sempre o público a ser atingido e o produto que será oferecido. Estas duas questões são primordiais na escolha da decoração que o ambiente receberá. As principais tendências que permeiam o mundo da decoração atualmente são as que resgatam antigos estilos. Peças vintage, papéis de parede estampados, mistura de padrões, objetos artesanais e peças de design sustentável, garantem que desde a menor até a maior das lojas tenha estilo e personalidade. Mas, atenção: na decoração de ambientes comerciais é preciso muito cuidado. Devem-se observar sempre as cores do produto que será exposto, a luz do ambiente e o layout da loja. REVISTA CABIDÁRIO | 12 LAYOUT O direcionamento dentro do ambiente é previsto através do projeto de layout. Nele são pensados os percursos, bem como as áreas que terão maior destaque. A circulação deve ser sempre privilegiada, e o mobiliário, além de abrigar os produtos, cumpre também a função de direcionar o cliente. A forma como os expositores são distribuídos no espaço pode fazer toda a diferença. Em geral, sugere-se que estes fiquem ao longo das paredes, proporcionando um maior espaço central, facilitando a circulação e a visualização dos produtos. Outro ponto interessante a ser pensando, é a previsão de um estar onde os clientes possam sentar, seja para esperar quem está no provador ou para descansar e decidir a respeito da compra. *Arquiteta e Urbanista, sócia da também arquiteta Sarah Maciel Borges. Ambas atuam nas áreas de Arquitetura residencial e comercial, Paisagismo e Arquitetura de Interiores. Imagem: projeto Cabidário

[close]

p. 13

ESTILO VINTAGE MISTURA DE PADRÕES Diversas padronagens estão em destaque atualmente. É válido apostar na mistura de padrões, de acordo com o que o ambiente permitir. O Porcelain Print, ou mais conhecido aqui no Brasil como estampa de azulejo português permeia a moda e a decoração. Os antigos papéis de parede com padrões e texturas marcantes, que por tempos foram deixados de lado, também podem ser utilizados, garantindo aos ambientes um efeito elegante. Trata-se de um estilo que remete ao passado e apresenta adeptos tanto na moda quanto na decoração. Os ambientes em estilo Vintage são extremamente charmosos. Vale apostar no uso de peças das décadas de 1920, 1930, 1940, 1950 e 1960. Poucos detalhes e objetos pontuais bem dispostos são capazes de momentaneamente nos transportar no tempo. Móveis clássicos e peças de antiquários ficam perfeitos quando combinados com elementos contemporâneos, gerando contrastes de texturas, estilos e épocas, e garantindo um ambiente agradável e harmônico. Conhecidas as tendências, lembre-se: utilizar o básico é fundamental! Mantenha uma estrutura neutra, onde seja possível agregar peças e detalhes pontuais, que eventualmente poderão ser modificados. Para inseri-las em sua loja, é preciso ter muito cuidado. O layout do ambiente, bem como a quantidade de informações, devem ser sempre levados em consideração. Embora a decoração seja um importante diferencial, o principal foco é o produto. REVISTA CABIDÁRIO | 13

[close]

p. 14

CABIDÁRIO PELO BRASIL REVISTA CABIDÁRIO | 14

[close]

p. 15

A SHOWROOM Santos Giratória, Expositores de centro, Sofanete, Acessórios e Cabides. A loja tem como conceito oferecer à Baixada Santista e Litoral Norte/Sul de São Paulo, inovação, qualidade e versatilidade em sistemas para lojas e acessórios - através de parcerias e atuação direta de representação na prospecção de clientes, desenvolvimento/fechamento de projeto, entrega e suporte pós-venda. O shoroom se encontra no Bairro Gonzaga Santos, Rua Tocantins, 142, sala 4 (sobreloja), com estacionamento privativo para clientes. Mais informações pelo fone (13) 3284-0862. REVISTA CABIDÁRIO | 15 Cabidário possui desde 2013 um novo showroom em bairro nobre da cidade de Santos (SP). Sob o comando de Francisco Ruta e Margarete Lopes, está situado num local onde as pessoas buscam boa comida, cultura, entretenimento, moda e diversão, rodeado por uma paisagem que contagia quem passa pelo calçadão de toque histórico. Numa área de 50 m², reúne todas as linhas da marca: Click-encaixe, Spina, Spinella, Tagli, Linne, Cadenza, Sequenza, Verticale, Optiflex, Vetro Linne, Vetro Tagli, além de Torre

[close]

Comments

no comments yet