Revista BrOffice - Edição 15

 

Embed or link this publication

Description

The Document Foundation

Popular Pages


p. 1

revista ano 4 n° 15 outubro 2010 neste mês a comunidade internacional openoffice.org comemora 10 anos de vida está mais madura consolidada e ciente da responsabilidade com os milhares de usuários e empresas em todo o mundo em uma via de mão dupla o presente da comunidade foi a chegada da the document foundation libreoffice dica de instalação da versão beta e avaliação inicial do produto novidade the document foundation a liberdade que faltava para a comunidade openoffice.org entrevista olivier hallot conta tudo sobre os bastidores do lançamento da the document foundation artigo dica e muito mais revista broffice.org www.broffice.org/revista revista broffice.org www.broffice.org/revista 1 edição especial outubro 2010 diagramado no broffice.org draw

[close]

p. 2

índice opinião opiniões sobre the document foundation reportagem libreoffice the document foundation entrevista olivier hallot a comunidade em perspectiva 13 artigo cogroo vero ooocon 2010 uma abordagem técnica dica libreoffice instalação e primeiras impressões 26 17 20 23 09 04 revista broffice.org www.broffice.org/revista 2 edição especial outubro 2010

[close]

p. 3

editorial esse mês a comunidade internacional do openoffice.org comemora 10 anos uma trajetória de sucesso sem dúvida nenhuma É a segunda suíte de escritórios mais usada no mundo e a primeira dentro do universo do software livre essa edição especial foi idealizada com o objetivo de contar um pouco dessa história de sucesso entretanto entre o planejamento e a concretização da revista uma novidade abalou toda a comunidade open source com o anúncio da the document foundation e o produto libreoffice iniciativa apoiada pela comunidade broffice.org seria uma crise sem precedentes entre as pessoas que fazem o openoffice.org e seu principal patrocinador e detentor da marca a oracle seria uma deterioração do relacionamento a partir da compra da sun microsystem que na opinião de alguns analistas era mais flexível nas próximas páginas muitos textos de gente que entende do assunto analisando o cenário atual com o intuito de minimizar a corrente de especulações acerca do tema e de certa forma mostrar para o mercado e para todos os usuários que o resultado da mudança pode ser lucrativo se levarmos em conta os números iniciais de adesão ao tdf e ao libreoffice vamos mesclar a comemoração do aniversário com o lançamento da tdf jogando luz nos pontos mais obscuros desses dois acontecimentos para vislumbrar os elos que os une e as fissuras que podem levar a uma bifurcação com o resgate pela tdf dos princípios que nortearam o nascimento do openoffice.org esses argumentos e análises poderão ser lidos na entrevista exclusiva com o diretor da broffice.org e um dos fundadores da tdf olivier hallot que analisa o novo cenário e explica quais os objetivos e as metas da fundação em outro artigo gustavo pacheco relata quais foram as inovações apresentadas na conferência internacional realizada em budapeste um percurso histórico do vero e cogroo produtos da comunidade brasileira são mostrados pelos respectivos representantes dos projetos e também não poderia faltar uma dica interessante de instalação e primeiras impressões da versão beta do libreoffice que em breve estará disponível em sua versão estável para todos nós excepcionalmente nessa edição não teremos o episódio do redblade mas a saga continua na próxima revista boa leitura luiz oliveira n colaboradores desta edição redação gustavo pacheco luiz oliveira william colen raiumundo santos moura rui ogawa tradução clóvis tristão olivier hallot paulo souza lima rogerio luz rui ogawa diagramação duilio neto eliane domingos revisão fatima conti capa duilio neto eliane domingos edição luiz oliveira luizoliveira@revistabroffice.org jornalista responsável luiz oliveira ­ mtb.31064 coordenador geral broffice.org claudio ferreira filho filhocf@openoffice.org coordenadora revista broffice.org eliane domingos de sousa elianedomingos@revistabroffice.org escreva para a revista broffice.org contato@revistabroffice.org edições anteriores www.broffice.org/revista o conteúdo assinado e as imagens que o integram são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores não representando necessariamente a opinião da revista broffice.org e de seus responsáveis todos os direitos sobre as imagens são reservados a seus respectivos proprietários o que é o broffice.org É o produto ferramenta de escritório multiplataforma livre em bom português desenvolvido sob os termos da licença lgpl composto por editor de texto planilha de cálculo apresentação matemático e banco de dados mantido pela comunidade e oscip que trabalha para a difusão do sl/ca no país desenvolvimento esta revista foi elaborada no broffice.org editor de texto planilha eletrônica apresentação e diagramação a reprodução do material contido nesta revista é permitida desde que se incluam os créditos aos autores e a frase reproduzido da revista broffice.org ­ www.broffice.org/revista em local visível o broffice.org declara não ter interesse de propriedade nas imagens os direitos sobre as mesmas pertencem a seus respectivos autores/proprietários o conteúdo da revista broffice.org está protegido sob a licença creative commons by-nc-sa disponível no www.creativecommons.org.br esta licença não se aplica a nenhuma imagem exibida na revista e para utilização delas obtenha autorização junto ao respectivo autor revista broffice.org www.broffice.org/revista 3 edição especial outubro 2010

[close]

p. 4

opinião a broffice.org ­ projeto brasil em nome da comunidade broffice.org sente-se orgulhosa de ser parte integrante da the document foundation nosso país já possui importantes investimentos no open document format e nas ferramentas de software que o suportam apoiamos a the document foundation em sua claudio filho presidente da ong broffice.org missão e visão e estamos prontos para juntar forças ao processo de desenvolvimento do libreoffice e broffice.org o objetivo maior da broffice.org é preservar a qualidade compromisso do produto com honrando instituições o e firmado usuários que utilizam a suíte a criação da tdf e a associação da broffice.org a ela é também uma garantia de continuidade e inovação para gestores que planejam adotar o aplicativo e o olivier hallot arquivo pessoal integrante do conselho diretor da tdf e diretor da broffice.org projeto brasil formato odf para documentos revista broffice.org www.broffice.org/revista 4 edição especial outubro 2010

[close]

p. 5

opinião sobre the document foundation arquivo pessoal a criação da the document foundation representa a maturidade da experiência colaborativa desenvolvida pela comunidade openoffice.org e mais do que uma simples mudança garante a possibilidade de avançarmos ainda mais no desenvolvimento das aplicações o projeto broffice.org como protagonista dessa iniciatigustavo pacheco coordenador de documentação do projeto broffice.org e sóciofundador da associação broffice.org projeto brasil arquivo pessoal va trabalhará incansavelmente pelo sucesso da tdf há muito tempo sabemos que existem diversas implementações prontas que não foram aplicadas no openoffice.org porque seus autores discordavam da política da sun sobre a propriedade do que eles desenvolveram com a opção pela licença gpl feita pelo libreoffice creio que isso satisfaça esses julio neves analista de sistemas pós-graduado em informática pelo ibam engenheiro de produção da ufrj e professor universitário trabalha com unix desde 1980 quando fez parte da equipe de desenvolveu o sox sistema operacional unix-like da cobra computadores colaboradores que desta forma não mais oferecerão resistência à incorporação de seus aplicativos somando-se isso ao grande apelo que está sendo feito às comunidades de desenvolvedores tradutores testadores creio que muito em breve tenhamos um libreoffice bem à frente do openoffice proprietarizado pela nefasta oracle esse texto e está eu sendo a escrito no iniciativa com da o do libreoffice libreoffice acredito apoio potencial the arquivo pessoal document foundation com essa organização o desenvolvimento do software poderá evoluir mais rapidamente e não ficará dependente de uma grande corporação como era antes feito ricardo pontes analista de sistemas trabalha com desenvolvimento web colaborador da comunidade broffice.org com o openoffice revista broffice.org www.broffice.org/revista 5 edição especial outubro 2010

[close]

p. 6

opinião sobre the document foundation acreditamos que a fundação é um passo importante para a evolução da suíte porque libera o desenvolvimento do código e a evolução do projeto das restrições representadas pelos interesses comerciais de uma única empresa defensores do software livre ao redor do mundo têm a oportunidade extraordinária de juntarsophie gautier colaboradora da comunidade openoffice.org e antiga mantenedora do projeto de localização da língua francesa se ao grupo como membros fundadores para escrever um novo capítulo na história do software livre estamos ansiosos para trabalhar com a tdf para ajudar a desenvolver uma sólida oferta de software de documentos de código fonte aberto finalmente nós esperamos que o libreoffice faça para o mercado de produtividade para escritórios o que o mozilla markus rex vice-presidente sênior e gerente geral de soluções de plataforma aberta da novell firefox tem feito para os navegadores em todo o mundo os usuários empresas e governos estão migrando para soluções verdadeiramente livres baseadas em padrões abertos o libreoffice fornece o elo que faltava e quanto a red hat estamos orgulhosos em aderir a este esforço jan wildeboer evangelizador de software livre da red hat a criação da fundação é um importante passo para incentivar um maior desenvolvimento das suítes de escritórios de código aberto o google se orgulha de ser um apoiador da fundação e de participar deste projeto chris dibona gerente de programas de código aberto do google inc revista broffice.org www.broffice.org/revista 6 edição especial outubro 2010

[close]

p. 7

opinião sobre the document foundation software de produtividade para escritórios é um componente fundamental o projeto ubuntu terá o prazer de incluir o libreoffice em versões futuras do ubuntu o gerenciamento do libreoffice pela fundação fornece aos desenvolvedores do ubuntu um fórum eficaz para a colaboração em torno do código que faz mark shuttleworth fundador e acionista majoritário da canonical fabricante do ubuntu do ubuntu uma solução efetiva para computador em ambientes de escritório eu acho que vai melhorar porque os destinos do openoffice.org/libreoffice não estarão mais nas mãos de uma única empresa mesmo que a empresa seja bem intencionada a gente nunca sabe o que pode acontecer como foi o caso da compra da sun pela oracle mas eu acho que a comunidade openoffice.org está rubens queiroz engenheiro eletricista analista de sistemas especialista em linux unix e derivados professor de inglês certificado pela cambridge university escritor palestrante e conferencista gerente do centro de computação da unicamp muito grande bastante consolidada e já tem condições de achar um caminho mais independente mais autônomo daqui para frente É o meu desejo minha esperança tenho a convicção de que a document foundation irá cada vez mais traduzir em gestos concretos um dos nossos maiores anseios a liberdade marcelo massao coordenador inclusão digital prefeitura municipal de silva jardim ­ rio de janeiro brasil revista broffice.org www.broffice.org/revista 7 edição especial outubro 2010

[close]

p. 8

revista broffice.org www.broffice.org/revista 8 edição especial outubro 2010

[close]

p. 9

reportagem a liberdade que faltava para a comunidade openoffice.org por luiz oliveira o recente anúncio do lançamento oficial da the document foundation feito mundialmente na manhã de 28 de setembro foi uma das notícias mais comentadas do ano nas redações de tecnologia da informação em todos os cantos da rede mundial de computadores em eventos e palestras de ti o jornal valor econômico um importante veículo de economia do brasil que aborda temas ligados às finanças empresas e também investimentos pessoais deu destaque à notícia em sua versão impressa outro importante meio de comunicação no brasil que deu destaque à notícia foi a rádio cbn na coluna dois na web de cristina de lucca uma jornalista especializada em cultura digital os dois veículos têm abrangência nacional na internet a informação se espalhou muito rápido por blogs sites de notícias e redes sociais nesse primeiro momento a fundação ainda tinha a expectativa de que a oracle apoiasse a iniciativa e fizesse parte do projeto uma vez que a tdf fez um convite formal e solicitou a doação da marca openoffice.org para a comunidade a única resposta oficial da oracle entretanto através de e-mail foi a seguinte a oracle está investindo recursos consideráveis no openoffice.org ooo com mais de cem milhões de usuários acreditamos que o ooo seja a mais rica e avançada solução de código aberto para escritórios do mundo e incentivamos fortemente a comunidade para que continue a contribuir através do portal www.openoffice.org a curta resposta da oracle foi um sinal de que a empresa não tinha planos imediatos de apoiar a fundação muito menos de transferir os ativos da comunidade como a marca openoffice.org por esse motivo a tdf declarou que iria continuar o desenvolvimento do software sob a marca libreoffice revista broffice.org www.broffice.org/revista 9 edição especial outubro 2010 kliefi

[close]

p. 10

reportagem libreoffice a liberdade que faltava para o openoffice.org por luiz oliveira novos rumos novas ideias passado o êxtase inicial começaram a surgir perguntas parte delas já respondidas no site da the document foundation onde está disponível além de uma relação de perguntas frequentes uma versão beta do libreoffice baseada no openoffice.org 3.3 com melhorias significativas na opinião de gustavo pacheco algumas novidades são demandas antigas como por exemplo um milhão de linhas no calc e cores das guias de planilha além disso há uma nova barra de ferramentas de procura opção de abrir o arquivo como somente leitura um novo formato dos dicionários do usuário alguns ajustes de layouts e termos da interface e por falar em interface o libreoffice vem com implementações iniciais do projeto renaissance também tem um novo diálogo de impressão com uma prévia das páginas em miniatura particularmente o que mais achei útil foi a possibilidade de incluir elementos da barra de desenhos dentro de um gráfico diz pacheco É natural que empresas e usuários fiquem apreensivos com uma mudança dessa magnitude com a suíte líder do mercado entre as opções livres entretanto há sinais claros apontando para uma aceitação e até uma certa euforia com a chegada do libreoffice a aposta da the document foundation se baseia no sucesso e no modelo de negócios do kernel do linux cujo código é ao mesmo tempo de todos e de ninguém nesse modelo as decisões são tomadas de forma colaborativa e os termos de contribuição são bem definidas e claras quanto maior o número de desenvolvedores individuais e corporativos mais rápido o projeto cresce e atrai mais investidores na opinião do analista de sistemas e engenheiro eletrônico rubens queiroz não há o que temer uma vez que a licença do openoffice.org é livre a esperança é que continue nesse caminho da liberdade melhorando aperfeiçoando cada vez mais nesse novo cenário acho importante que as empresas que usam o openoffice/broffice possam devolver para a comunidade parte dos recursos economizados com licenças e com o aumento da produtividade apoiando financeiramente os desenvolvedores através da the document foundation conclui rubens informações adicionais estão disponíveis em http www.documentfoundation.org biografias e fotos dos membros fundadores http www.documentfoundation.org/foundation para quem deseja contribuir para o desenvolvimento do código http www.documentfoundation.org/developers listas de discussão announce+subscribe@documentfoundation.org discuss+subscribe@documentfoundation.org números iniciais reveladores uma semana após o anúncio do lançamento do tdf a versão beta do libreoffice já contabilizava a marca de 80 mil downloads a infraestrutura havia aumentado o número de espelhos mirrors de 25 para 45 em 25 países em todos os continentes incluindo ilhas no oceano pacífico este número apenas para se ter um parâmetro é quase metade dos espelhos alcançados pela openoffice.org ao longo de dez anos de história do projeto na área de desenvolvimento de código em apenas uma semana o libreoffice já havia recebido cerca de 80 contribuições a movimentação em listas de discussões fóruns chats e redes sociais também foi intensa duas mil pessoas se inscreveram na lista de discussão @announce para se manter informados sobre as novidades do tdf nas redes sociais 600 pessoas passaram a seguir o tdf no twitter mais de 150 no identi.ca e mais de mil pessoas se tornaram fãs no facebook o tráfego no servidor principal foi de cerca de 500 gb o que é a the document foundation the document foundation é uma fundação meritocrática independente e autônoma criada por lideres da antiga comunidade openoffice.org eles continuam a desenvolver na fundação os dez anos de trabalho dedicado pela comunidade openoffice.org a tdf foi criada na convicção de que uma fundação independente é o ajuste adequado aos valores de aberturas essenciais da comunidade transparência e valorização das pessoas pela sua contribuição está aberta a qualquer pessoa que concorde com os nossos valores fundamentais e contribua com as nossas atividades e congratula-se com a participação das empresas por exemplo através do patrocínio de pessoas para trabalhar como iguais ao lado de outros colaboradores da comunidade missão nossa missão é facilitar a evolução mundial da comunidade openoffice.org em uma nova estrutura organizacional aberta independente e meritocrática nos próximos meses uma fundação independente corresponde melhor aos valores de nossos colaboradores usuários e apoiadores e vai permitir que a comunidade seja mais eficaz eficiente transparente e inclusiva nós vamos proteger os investimentos do passado com base nas sólidas conquistas de nossa primeira década encorajar a ampla participação e coordenar todas as atividades da comunidade 10 edição especial outubro 2010 revista broffice.org www.broffice.org/revista

[close]

p. 11

reportagem libreoffice a liberdade que faltava para o openoffice.org por luiz oliveira revista broffice.org www.broffice.org/revista 11 edição especial outubro 2010

[close]

p. 12

reportagem libreoffice a liberdade que faltava para o openoffice.org por luiz oliveira revista broffice.org www.broffice.org/revista 12 edição especial outubro 2010

[close]

p. 13

entrevista a comunidade em perspectiva resultado de uma decisão difícil mas muito bem amadurecida a criação da document foundation inaugura uma nova fase para a comunidade da suíte de escritórios de código aberto mais usada no mundo em entrevista para a revista broffice.org olivier hallot diretor da broffice.org ­ projeto brasil e integrante do comitê executivo da document foundation explica em detalhes os motivos que levaram à criação do libreoffice iniciativa da qual foi um dos idealizadores ao esclarecer dúvidas sobre os rumos do projeto no brasil e no mundo olivier destaca que a comunidade está mais independente para definir os seus próprios rumos e que o resultado beneficia os usuários que terão à disposição um software mais próximo de seus anseios por luiz oliveira nathancolquhoun nathancolquhoun olivier hallot aqui no brasil a marca broffice.org permanece sim por uma decisão dos associados da broffice.org a marca permanece foi levado em conta a força da broffice.org na comunidade e no mercado em geral por isso a decisão para preservar a marca assim broffice representará o libreoffice no brasil quem está usando o broffice.org versão estável 3.2.1 deve instalar o libreoffice 3.3 via de regra não recomendamos instalar produtos em estágio beta nos ambientes de produção pode haver interferências entre os softwares e a instalação do usuário pode ficar instável para testar o libreoffice 3.3 é melhor fazê-lo em outro computador ou em uma máquina virtual qual a previsão para o lançamento do libreoffice estável estamos prevendo para a segunda semana do mês de novembro arquivo pessoal o governo brasileiro e empresas que já utilizam o broffice.org se posicionaram em relação à mudança para the document foundation fizemos muitos contatos com empresas e obtivemos sinais positivos a mudança é bem vinda inclusive nos recomendaram cuidar bem da marca broffice.org pois há muitos investimentos feitos pelas empresas e órgãos de governo na marca broffice.org se olharmos do ponto de vista do gestor de ti que já tem adotado o broffice.org a chegada da document foundation agrega mais uma opção de escolha e diminui ainda mais os riscos mercadológicos associados a qualquer software um dos motivos para a mudança foi a liberdade para decidir os rumos da suíte com isso o usuário final sai ganhando com certeza essa foi uma decisão difícil mas chegou a hora e não poderíamos deixar para depois o usuário final sai ganhando porque terá uma suíte de escritório feita com significativas melhorias que não eram implementadas pela equipe do openoffice.org 13 edição especial outubro 2010 revista broffice.org www.broffice.org/revista

[close]

p. 14

entrevista libreoffice ­ a comunidade em perspectiva por luiz oliveira arquivo pessoal quais eram os entraves para os desenvolvedores do openoffice.org porque alguns líderes rejeitam o rótulo de fork para o projeto libreoffice fork é uma palavra que indica uma situação extrema e em geral negativa em uma comunidade significa que os seus integrantes não chegaram a um consenso sobre o desenvolvimento do código e duas ou mais vertentes seguirão de forma independente isso prejudica muito o desenvolvimento divisão de recursos e o entendimento dos usuários que passam a produtos similares e diferenças não perceptíveis ou irrelevantes a priori dito isso não desejamos um fork com o openoffice.org e exatamente por isso desde os primeiros passos na criação da the document foundation estabelecemos claramente que convidaríamos a oracle corporation a ser parte da fundação como um membro igual a outro entretanto os sinais emitidos pela oracle indicam que eles querem continuar o openoffice.org do jeito deles e pode ser que tenhamos um fork de verdade mas sou otimista em crer que o mundo dá suas voltas e em decisões de cunho político sempre temos de considerar as mudanças de cenários e deixar as portas abertas eram estruturais a organização do projeto openoffice.org desde sua fundação há dez anos privilegia no seu estatuto a participação majoritária da sun microsystem/oracle no seu conselho e deixa os representantes da comunidade de usuários e desenvolvedores externos em rígida minoria não havia como ter qualquer garantia que determinada demanda fosse atendida e muitas coisas que não foram pedidas apareceram nas versões do produto além disso o projeto openoffice.org exigia a cessão da autoria do código ofertado para a sun microsystem/oracle o que em muitos casos desagradava os desenvolvedores muitos deles funcionários de outras empresas quando as grandes corporações demonstravam interesse em contribuir surgiam discussões sem fim entre os departamentos jurídicos delas e o projeto nada disso era produtivo como fica a questão da estrutura e financiamento do projeto se olharmos do ponto de vista do gestor de ti que já tem adotado o ainda estamos discutindo essa questão há uma forte tendência para que o projeto tenha um domicílio jurídico na alemanha ou em algum país da europa será uma fundação e estamos neste momento escolhendo o modelo jurídico do estatuto do ponto de vista jurídico não creio que iremos inventar e estamos analisando os estatutos da fundação apache mozilla gnome etc um desses textos deve ser nosso arcabouço jurídico teremos depois de acomodá-lo na legislação do país que acolher a fundação quanto ao financiamento ele depende de nossa atuação junto aos principais interessados no software libreoffice e seu mercado estamos em contato com empresas de informática e usuários empresariais para viabilizar uma estrutura mínima de funcionamento essa estrutura será extremamente enxuta porque pretendemos que o libreoffice seja desenvolvido por uma constelação de empresas e entidades que contribuam com mão de obra própria para desenvolvimento do software broffice.org a chegada da document foundation agrega mais uma opção de escolha e diminui ainda mais os riscos mercadológicos associados a qualquer software qual a previsão para termos o libreoffice traduzido para o brasil bem essa parte me diz respeito afinal sou o principal tradutor para o openoffice.org e broffice.org no brasil de fato vou agora trabalhar no libreoffice e esse software tem algumas pequenas variações em relação ao broffice.org feito pela oracle serão pequenos ajustes revista broffice.org www.broffice.org/revista 14 edição especial outubro 2010 arquivo pessoal

[close]

p. 15

entrevista libreoffice ­ a comunidade em perspectiva por luiz oliveira arquivo pessoal quais as principais melhorias que traz o libreoffice em relação ao openoffice.org foi uma decisão sem muita discussão o projeto libreoffice é uma composição do projeto go-oo patrocinado pela novell com o openoffice.org patrocinado pela oracle nossa base de código é o openoffice.org 3.3 ao qual estamos agregando algumas nem todas variantes introduzidas pelo go-oo o go-oo é conhecido mais pelo mundo gnu/linux pois faz parte das distribuições da família debian da família mandriva e da família suse para citar somente algumas entretanto ele não é parte da família red hat que prefere trabalhar no openoffice.org assim como temos desenvolvedores de todas essas empresas e comunidades foi combinado uma acomodação das variantes um denominador comum essencialmente podemos antecipar que o libreoffice 3.3 terá as características do openoffice.org 3.3 em particular melhorias no tratamento de planilhas gigantescas até 1 milhão de linhas novos recursos para gráficos e melhorias em geral em relação à versão 3.2 terá uma suíte de escritório feita com significativas melhorias que não eram implementadas openoffice.org pela equipe do como foi a criação da the document foundation o libreoffice precisa do java inclusive uma extensão importante desenvolvida no brasil o cogroo depende muito do sun-java jre para funcionar poderemos ter problemas no futuro ou o java é uma tecnologia livre a tecnologia java tem grande valor para o mercado de ti e a linguagem se consolidou já faz tempo no broffice.org o java é utilizado em assistentes banco de dados e também em algumas extensões como o cogroo ou oracle report builder até onde eu sei muito da implementação do java da antiga sun já era de código fonte aberto mas se houver complicações em relação ao que a oracle resolver fazer com o java podemos considerar o openjdk que é uma implementação em software livre das especificações java como membro do community council do projeto openoffice.org e com a força da comunidade brasileira do broffice.org fizemos contato com alguns membros importantes da comunidade internacional que não eram ligados à oracle e começamos a delinear as necessidades das comunidades do openoffice.org em todo o mundo É verdade que já existia um histórico de atritos ocasionados pelos interesses empresariais da sun versus os interesses das comunidades mas a nossa visão era que não havia mais como postergar a criação de uma entidade independente foram muitos telefonemas e-mails chats criamos uma lista e um wiki de acesso restrito para em equipe criarmos as bases de nossa visão comunitária na conferência internacional da comunidade openoffice.org em budapeste nos reunimos em separado e estabelecemos em um jantar as bases o cronograma e as ações para criar a tdf logo nossa equipe dobrou de tamanho e em 30 dias criamos nome marca press release wiki site infraestrutura foi um trabalho digno de um time de primeira linha com recursos escassos mas muita garra e energia olivier hallot consultor em sistemas de informação diretor financeiro voluntário e membro do conselho deliberativo da broffice.org ­ projeto brasil e líder do time de tradução do software para o português do brasil em 2010 foi eleito membro do conselho internacional openoffice.org além dessas atividades participa do desenvolvimento do software em nível mundial É membro do comitê executivo da the document foundation tendo participado ativamente na sua criação revista broffice.org www.broffice.org/revista 15 edição especial outubro 2010 arquivo pessoal o usuário final sai ganhando porque

[close]

Comments

no comments yet