Revista BrOffice Edição 17

 

Embed or link this publication

Description

A matéria de capa dessa edição nos revela o trabalho intenso de jovens da Universidade de São Paulo que trabalham duro para melhorar uma ferramenta que a maioria dos usuários BrOffice usam ou pelo menos deveriam usar, o Corretor Gramatical. Na verdade, fo

Popular Pages


p. 1

revista ano 4 n° 17 dezembro 2010 cogroo comunidade ferramenta colaborativa para usuários do corretor gramatical cogroo desenvolvedores lançam nova versão do corretor petros 500 funcionários treinados e migração para broffice bem sucedida ufrj institui processo de migração para broffice objeto de aprendizagem oa calc auxilia professores a desenvolver suas próprias ferramentas universidade livre broffice.org apoia evento que promove o uso e desenvolvimento de software livre nas universidades artigos dicas tutoriais e muito mais revista broffice.org www.broffice.org/revista revista broffice.org www.broffice.org/revista 1 dezembro 2010 diagramado no broffice.org draw

[close]

p. 2

índice artigo ufrj inicia processo de migração para broffice entrevista broffice.org apoia universidade livre novas tecnologias cogroo comunidade dicas rápidas dicas rápidas reportagem petros treina 500 funcionários em broffice cultura redblade episódio 07 chartres dica de filme game over ameaça virtual escritório aberto educação universidade dicas cortar figuras no broffice writer editando imagens gráficas no broffice buscas mais inteligentes com a extensão altsearch tutorial convertendo documentos openxml para odf utilizando o broffice calc como objeto de aprendizagem na educação escritório aberto resumo do mês 41 32 36 26 28 30 25 22 24 19 18 09 07 05 revista broffice.org www.broffice.org/revista 2 dezembro 2010

[close]

p. 3

editorial f omos agraciados nessa edição com várias notícias sobre a comunidade broffice.org na universidade isso não foi intencional afinal fazer uma revista colaborativa requer um posicionamento de vanguarda uma fuga dos padrões estabelecidos um movimento contrário à resignação isso não significa que não haja planejamentos mas um modo de produção independente livre cuja base está na comunidade de usuários que responde prontamente todo chamado à colaboração poderíamos dizer com tranquilidade que após as edições desse ano a percepção que fica é a de que a nossa suíte de escritórios broffice é onipresente interessante notar que esse trabalho feito na revista acaba descobrindo mais funcionalidades mais iniciativas e uma adesão crescente por parte das empresas públicas e privadas às tecnologias livres nem a microsoft resistiu a onda alterando o seu produto principal para que ele seja capaz de abrir arquivos em open documento format ­ odf mas quem precisaria disso uma vez que pode ter o broffice instalado em quantas máquinas quiser com investimento zero em licenças alguém poderia perguntar e os custos com suporte técnico e treinamento como demonstramos na matéria sobre o treinamento dos funcionários da petros a economia feita com a adoção do broffice é mais do que suficiente para cobrir custos com treinamentos e também com suporte especializado a adesão ao broffice se dá de várias formas a universidade federal do rio de janeiro por exemplo adotou o broffice mas antes estabeleceu o formato odf como padrão para arquivos anexados em mensagens eletrônicas entre os órgãos da administração central e o uso de formulários pdf na entrevista fernando mercês nos revela como surgiu a ideia da universidade livre um evento que tem dado muito certo e que neste ano teve o apoio da oscip broffice.org a matéria de capa está na seção novas tecnologias o pessoal que desenvolve o cogroo não está de brincadeira lançou o cogroo comunidade e aproveitou para lançar a nova versão do corretor gramatical o objetivo do portal é atenuar a barreira tecnológica permitindo que usuários que não saibam programar possam assim mesmo contribuir no desenvolvimento dos dicionários e das regras a nova versão do software permite também a interação direta do broffice com o cogroo comunidade colaboradores desta edição redação cárlisson galdino dennis freitas diogo moreira luiz oliveira michel oleynik pedro ciríaco wesley seidel william colen dicas dicas rápidas tutorial cláudia ferreira pinheiro clóvis tristão laércio j oiel tardochi filho oswaldo kussama paulo s lima rubens queiroz diagramação duilio dias eliane domingos renata marques revisão clóvis tristão maria aparecida coltro fátima conti luiz oliveira vera cavalcante capa duilio neto edição luiz oliveira luizoliveira@revistabroffice.org revisora responsável vera lúcia cavalcante pereira veracape@revistabroffice.org jornalista responsável luiz oliveira ­ mtb.31064 coordenador geral broffice.org cláudio ferreira filho filhocf@broffice.org coordenadora revista broffice.org eliane domingos de sousa elianedomingos@revistabroffice.org escreva para a revista broffice.org contato@revistabroffice.org edições anteriores www.broffice.org/revista o conteúdo assinado e as imagens que o integram são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores não representando necessariamente a opinião da revista broffice.org e de seus responsáveis todos os direitos sobre as imagens são reservados a seus respectivos proprietários o que é o broffice É o produto ferramenta de escritório multiplataforma livre em bom português desenvolvido sob os termos da licença lgpl composto por editor de texto planilha de cálculo apresentação matemático e banco de dados mantido pela comunidade e oscip que trabalha para a difusão do sl/ca no país desenvolvimento esta revista foi elaborada no broffice editor de texto planilha eletrônica apresentação e diagramação a reprodução do material contido nesta revista é permitida desde que se incluam os créditos aos autores e a frase reproduzido da revista broffice.org ­ www.broffice.org/revista em local visível o broffice.org declara não ter interesse de propriedade nas imagens os direitos sobre as mesmas pertencem a seus respectivos autores/proprietários o conteúdo da revista broffice.org está protegido sob a licença creative commons by-nc-sa disponível no www.creativecommons.org.br esta licença não se aplica a nenhuma imagem exibida na revista e para utilização delas obtenha autorização junto ao respectivo autor boa leitura luiz oliveira revista broffice.org www.broffice.org/revista 3 dezembro 2010

[close]

p. 4

conhecendo os colaboradores conhecendo os colaboradores arquivo pessoal revista broffice.org www.broffice.org/revista 4 dezembro 2010

[close]

p. 5

artigo walter kauss ufrj inicia processo de migração para broffice responsável por coordenar a execução das diretrizes gerais aprovadas por meio do conselho gestor de tic cg-tic instituiu um processo de migração de tecnologias voltadas para o uso de software livre no âmbito administrativo da ufrj inspirada na recomendação do mpog ­ ministério do planejamento orçamento e gestão e pelo protocolo brasília esta política de migração inclui a adoção do formato odf como padrão para arquivos anexados em mensagens eletrônicas entre os órgãos da administração central e a preenchimento disponíveis para download nos portais institucionais de das pró-reitorias no portal bem da como a recomendação de programas para as mais diversas áreas desenvolvimento tic vide http www.tic.ufrj.br/softwarelivre revista broffice.org www.broffice.org/revista 5 arquivo pessoal por dennis freitas e diogo moreira a superintendência de tic órgão da ufrj com base na orientação da superintendente claudia werner iniciou-se no dia 04/10/2010 o processo de migração com a seguinte estratégia foco inicial da migração prédio da reitoria sequência pró-reitoria de pessoal pr4 pró-reitoria de planejamento e desenvolvimento pr3 pró-reitoria de pós-graduação graduação e pesquisa pr2 pró-reitoria geral de de pr1 superintendência administração e finanças sg6 e gabinete do reitor exatamente nesta ordem 1ª fase instalação de suíte de escritório broffice em todos os equipamentos da administração central 2ª fase recolhimento de todos os documentos legados e formulários administrativos formato doc para reformulação como modelos broffice formato ott ou ots e formulários pdf gerados a partir do broffice disponibilização gradativa de formulários pdf para dezembro 2010 nathancolquhoun

[close]

p. 6

artigo ufrj inicia processo de migração para broffice por dennis freitas e diogo moreira 3ª fase instalação dos modelos e formulários com treinamento básico do usuário para uso da suíte de escritório broffice arquivo pessoal 4ª fase parceria com setores de ensino da ufrj para prover cursos de qualificação para uso e operação adequada dos recursos do broffice 5ª fase suporte operacional para eventuais falhas verificadas no processo de migração atualmente estamos na pr4 prosseguindo com a fase 2 da estratégia de migração a maior dificuldade nesse momento inicial é a resistência por parte dos servidores da administração pública em conhecer a nova plataforma exatamente por este motivo optamos por instituir um processo de migração menos traumático permitindo que nesta fase o usuário tenha em mãos as duas plataformas msoffice e broffice funcionando em paralelo até porque na maioria dos casos os documentos gerados em uma plataforma não são exibidos com exatidão na outra nossa estratégia baseia-se no suporte a plataforma broffice a qual fornecemos auxílio na conversão de documentos apoio técnico para uso e operação e suporte telefônico para eventuais dúvidas o que não fazemos para a outra plataforma msoffice com isso esperamos fomentar o uso constante do broffice e num breve espaço de tempo tornar a plataforma msoffice obsoleta por falta de apoio institucional o percentual de máquinas atendidas no momento é muito pequeno dado o início do processo de migração algo que chega a apenas 3 do total da administração central lembramos que nosso alvo não é toda a universidade até porque muitos equipamentos aqui existentes possuem licença msoffice acadêmica para uso dos alunos da universidade e estes não fazem parte do processo de migração nosso foco é apenas o corpo administrativo da universidade ao qual a licença supracitada não se aplica o levantamento da quantidade de equipamentos existentes em cada setor não é relevante para o processo de migração uma vez que tal processo é negociado com cada órgão aqui existente e o fluxo de migração depende da indicação de cada administração revista broffice.org www.broffice.org/revista 6 crédito eduardo novaes da esquerda para a direita os componentes da equipe de ti ­ adriano neves reginaldo verli erick alves felipe silva fabrício caseiro rafael raposo dennis freitas e diogo moreira o processo é executado e somente após o término da 1ª fase é feito o levantamento da quantidade de máquinas na qual ocorreu a migração tendo como objetivo apenas por uma questão estatística quanto a questão do treinamento estamos negociando com o nce núcleo de computação eletrônica através do recém-criado laptel laboratório de pesquisas e desenvolvimento de tecnologias livres a formação de parceria para instituir um curso de qualificação para usuários interessados em aprimorar o conhecimento da plataforma broffice essa é uma visão geral do nosso plano de migração trazendo dicas e informação todos os dias e na dose certa www.dicas-l.com.br dezembro 2010 arquivo pessoal

[close]

p. 7

entrevista org e ffic a ro oi b ap por luiz oliveira fernando mercês é consultor na 4linux bacharelando em ciência da computação na univercidade trabalha com tecnologias livres há cinco anos certificado lpic-1 e a com experiência em segurança e infraestrutura de sistemas assuntos sobre os quais já ministrou palestras em diversos eventos como fisl e linuxcon membro de diversas comunidades de software livre criou e mantém os sites mente binária www.mentebinaria.com.br e linux reversing linuxreversing.org além de colaborar com projetos de código aberto e iniciativas livres aos poucos a comunidade broffice.org começa a exercer um importante papel de fomentadora de outras comunidades e iniciativas não esquecendo dos projetos que já fazem parte do complexo broffice.org não é a primeira vez que a broffice.org apoia financeiramente um evento em 2009 foi patrocinadora ouro da conferência internacional openoffice.org que aconteceu em orvieto[1 como membro da the document foundation vem tendo um papel decisivo fornecendo servidores para a comunidade internacional que desenvolve o libreoffice[2 agora oferece apoio a um evento importante que atinge estudantes universitários a seguir vamos saber um pouco mais sobre o universidade livre um evento idealizado por fernando mercês rb pelo que pude perceber o universidade livre é uma iniciativa do sl-rj certo eu tive a ideia e levei para a comunidade sl-rj da qual sou membro há algum tempo a comunidade a recebeu arquivo pessoal nathancolquhoun rb qual o objetivo e como foram organizadas as primeiras edições do evento e em quais faculdades o objetivo do evento é promover o uso e suporte ao software livre nas universidades a ideia central é levar para os alunos de ti a oportunidade de ter o contato mais profundo com software livre falar sobre a carência de profissionais no mercado e divulgar recursos técnicos que dificilmente seriam citados dentro de uma universidade com o programa do curso dominado pelo software proprietário bem e ofereceu apoio de todas as formas até com abrigo no blog para centralizar e publicar as atividades do evento revista broffice.org www.broffice.org/revista 7 dezembro 2010

[close]

p. 8

entrevista broffice.org apoia universidade livre por luiz oliveira além disso o universidade livre tem um diferencial que é a proposta faça você mesmo ou seja damos todo o apoio e suporte para que estudantes de todo o brasil rodem edições do evento em suas universidades estas informações estão na página do evento no blog do sl-rj em http softwarelivre-rj.org/eventos/universidade-livre o evento teve a sua primeira edição na univercidade unidade gonçalves dias no rio de janeiro e foi organizado com muita ajuda da comunidade só para se ter uma ideia enquanto um desenhava o logo outro fazia a arte do cartaz outro contatava palestrantes e apoiadores no final deu tudo certo já fomos contactados por alunos da universidade veiga de almeida que querem realizar uma edição no primeiro semestre de 2011 e temos pretensão de rodar outra edição na univercidade agora com mais alcance e mais palestras rb há como quantificar o retorno dessa iniciativa o retorno esperado é que consigamos trazer cada vez mais estudantes de ti para as comunidades entendo que a universidade é uma fábrica de grandes mentes com um forte potencial a comunidade de software livre do brasil e do mundo precisa de colaboradores para existir e continuar crescendo se a cada edição do evento conseguirmos que parte do público se comprometa com a comunidade seja desenvolvendo traduzindo mantendo softwares promovendo ou usando estaremos atingindo nosso objetivo rb como foi o evento mais recente na olivier hallot ­ diretor da broffice.org e membro fundador da the document foundation arquivo pessoal dividir os perfis entre desenvolvedores e profissionais de infraestrutura então escolhemos palestras sobre programação em linguagem c administração de redes e introdução ao software livre sempre mostrando a viabilidade de carreira nas áreas a divulgação foi um trabalho nosso com o apoio da broffice.org imprimimos cartazes e fomos de sala em sala de nossa unidade convidar os alunos a participar mas para atingir outras universidades enviamos convites por e-mail e postagens em redes sociais onde a universidade está presente a maneira mais fácil de atingir outras universidades é divulgando a ideia do evento em sites de alcance nacional como fizemos no br-linux e de conteúdo acadêmico/estudantil estamos pensando em levar a ideia ao mec que pode alavancar essa tarefa univercidade o evento foi proposto para a coordenação que em princípio alertou sobre a falta de interesse dos alunos um professor comentou que tentou fazer algo parecido mas desanimava por conta dos poucos presentes então tivemos que trabalhar num programa atraente que tentasse agradar a maioria e a coordenação da instituição deu apoio não custava tentar tivemos 80 pessoas inscritas entre alunos e visitantes mas aproximadamente metade compareceu enfrentando a manhã do sábado chuvoso que escolhemos para o evento procuramos abordar temas de interesse localizado para alunos dos cursos de tecnologia basicamente pudemos revista broffice.org www.broffice.org/revista 8 [1 http www.broffice.org/blog/filhocf/diario_de_bordo-ooocon2009-parte_um [2]http www.broffice.org/broffice_disponibiliza_servidor_tdf [3]http www.arduino.cc dezembro 2010 arquivo pessoal

[close]

p. 9

novas tecnologias comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel É o que pretende o portal cogroo comunidade a ferramenta colaborativa para os usuários do corretor gramatical cogroo para o broffice foi-se o tempo em que redigir um texto correto respeitando todas as regras gramaticais da língua portuguesa era privilégio de individuo altamente letrado com o avanço das pesquisas na área de linguística computacional muitas ferramentas foram e estão sendo construídas para auxiliar no processo de criação e correção de cartas ofícios trabalhos escolares e afins mas como nem tudo são flores as vezes confiamos tanto nos corretores automáticos que relaxamos um pouco na hora de escrever e numa releitura do texto recém-criado vez ou outra ocorre surpresas nossa o cogroo não pegou esse erro o usuário concerta o texto e torce para que em uma próxima versão do cogroo ele não cometa mais esse constrangimento e se o usuário pudesse auxiliar no desenvolvimento da ferramenta e ter o problema por ele encontrado resolvido numa próxima versão e se essa história se repetisse para muitos usuários e ao invés de meia dúzia de desenvolvedores o cogroo contasse com ajuda de todos os milhares de usuários arquivo pessoal o objetivo do novo portal é em um primeiro momento promover a interação entre usuários e desenvolvedores os usuários reportarão erros e acompanharão suas soluções através de discussões e feedbacks a medida que os usuários forem absorvendo a tecnologia e as demais ferramentas estiverem prontas os próprios usuários atuarão como desenvolvedores antes da criação do cogroo comunidade contava-se apenas com seus poucos desenvolvedores esses conhecem os detalhes tecnológicos empregados no corretor gramatical assim como desenvolvem os recursos linguísticos envolvidos como os dicionários e as regras gramaticais com o cogroo comunidade espera-se disponibilizar ferramentas on-line para atenuar a barreira tecnológica dos novatos principalmente no que diz respeito a construção dos recursos linguísticos e permitir que mesmo usuários que não saibam programação possam contribuir diretamente no desenvolvimento dos dicionários e das regras revista broffice.org www.broffice.org/revista 9 dezembro 2010

[close]

p. 10

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel um tour pelo cogroo comunidade arquivo pessoal nada melhor do que mãos na massa para desvendarmos uma nova tecnologia neste tour você acompanhará a realização de algumas atividades no cogroo comunidade e poderá repetir tudo isso em casa desvendando um erro quando o cogroo se comportar de forma estranha em algum texto você pode experimentar o texto na página análise gramatical e dar uma olhada nas estruturas de dados geradas pelo corretor suponha que você achou estranho o cogroo não apontar erro na frase a maioria dos usuários sabem pontuar já que deveria ser usado a palavra sabe no lugar de sabem usando a ferramenta análise gramatical obtemos o seguinte observamos que o cogroo encontrou uma sentença identificada pelo índice 1 na coluna e efetuou sua classificação morfológica de forma apropriada indo mais adiante você poderia dar uma olhada na árvore de agrupamentos gerada clicando em exibir agrupamentos revista broffice.org www.broffice.org/revista 10 dezembro 2010 arquivo pessoal

[close]

p. 11

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel o cogroo encontrou apropriadamente o sujeito subj da frase a maioria e o verbo verb sabem porque será que ele não encontrou o erro um chute seria que ele se confundiu com os termos dos usuários e não soube aplicar a concordância entre o sujeito e verbo vamos experimentar neste caso o cogroo conseguiu aplicar a regra de concordância para entender melhor o problema é possível seguir o link da regra 118 mas veremos sobre as regras mais para frente reportando um erro podemos então reportar o problema encontrado porém antes de mais nada é necessário cadastrar-se no sistema e em seguida identificar-se para isto basta clicar em conectar-se no canto superior direito e em seguida em criar um usuário com o usuário identificado no sistema podemos seguir o menu problemas reportar problema como vemos em seguida ao pressionar analisar temos a análise do texto juntamente com um formulário para reportar erros revista broffice.org www.broffice.org/revista 11 dezembro 2010

[close]

p. 12

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel na primeira caixa podemos conferir novamente a análise gramatical clicando em exibir análise se o cogroo tivesse encontrado algum erro gramatical ele seria exibido na caixa intervenções indevidas e seria possível classificar e comentar cada erro nesse caso o cogroo não interveio portanto essa opção fica indisponível na caixa omissões é possível identificar uma omissão selecionando uma sequência de palavras por exemplo vamos selecionar a palavra sabem ao pressionar o botão adicionar omissão surgirá no formulário alguns novos campos para classificar a omissão selecionada no texto como podemos ver na figura abaixo na caixa omissão 1 agora basta fornecer uma sugestão de substituição ao texto selecionado na caixa substituir por e um pequeno comentário pertinente à omissão selecionada esse procedimento pode ser repetido quantas vezes forem necessárias para apontar todas as possíveis omissões que hajam em um texto no final basta pressionar reportar problema para enviar o relatório e será redirecionado para a lista de problemas reportados revista broffice.org www.broffice.org/revista 12 dezembro 2010

[close]

p. 13

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel problemas reportados a lista de erros reportados também é acessível pelo menu problemas reportados a lista contém todos os erros já reportados abra um erro através do link do índice para visualizar detalhes ou discutir um erro outros recursos outros recursos disponíveis podem ajudar a investigar um erro um importante é o dicionário léxico acessível por dicionário consultar palavra veja por exemplo a busca pela palavra casa revista broffice.org www.broffice.org/revista 13 dezembro 2010

[close]

p. 14

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel a busca retorna tanto entradas cuja palavra seja casa quanto palavras que tenha casa como lema no menu regras é possível navegar por todas as regras implementadas veja abaixo o detalhe de uma das regras aqui além dos dados da regra como a mensagem que é exibida ao usuário também temos o padrão da regra que é o padrão aplicado na estrutura de dados resultante da análise morfológica e sintática nesse caso a regra busca o sujeito seguido do verbo ser ou suas conjugações seguido de um adjetivo ou um substantivo cujo gênero e número não concordem com o do sujeito detalhes da sintaxe estão disponíveis no portal participando para participar a principio não são necessários conhecimentos especiais todos estão convidados no futuro de acordo com a quantidade e a qualidade das contribuições cada usuário receberá permissões mais abrangentes no projeto colaboradores qualificados em linguística como por exemplo os graduados em letras terão permissões especiais também a língua diverge muitas vezes e mesmo os linguistas mais experientes discordam entre si portanto em algum momento será discutida entre os colaboradores a adoção de uma gramática de referência para o desempate de discussões ferramentas que ainda estão sendo desenvolvidas conheça as ferramentas que estarão disponíveis em breve editor de regras que tal sugerir novas regras ou ainda experimentar mudanças nas regras atuais É o que pretende o editor de regras revista broffice.org www.broffice.org/revista 14 com esse editor os usuários poderão criar novas telas criar propostas de mudanças das regras atuais ou a criação de novas regras usando um editor visual e ainda experimentar como a regra se comporta procurar casos de intervenções indevidas para essa mudança e outras funcionalidades todas as propostas de mudança seriam avaliadas pelos demais colaboradores havendo um consenso de que a regra deva ser incorporada pelo corretor ela passa a fazer parte da próxima versão do cogroo editor de dicionário adicione ou modifique verbetes do dicionário do cogroo os dicionários são importantes para a classificação morfológica do texto e ainda são usados pelo gerador de sugestões por exemplo se precisarmos alterar o gênero da palavra meninas obtemos todas as flexões possíveis para o lema menino e em seguida filtramos as que sejam substantivo masculino plural no mesmo espírito do editor de regras as propostas de mudança do dicionário são discutidas e havendo consenso a mudança é aplicada no dicionário oficial tecnologia e desenvolvedores conheça a tecnologia responsável pelo funcionamento do corretor gramatical desde a classificação do texto até a geração de sugestões em comunidade tecnologia conheça os desenvolvedores do portal em comunidade sobre dezembro 2010

[close]

p. 15

novas tecnologias cogroo comunidade por william colen michel oleynik e wesley seidel mantenha-se atualizado e discuta na página principal do cogroo comunidade você encontra o link para o feed de notícias e o twitter do cogroo siga-os para se manter atualizado sobre as novidades do projeto acesse o fórum de discussões para conversar com outros contribuidores acesse o menu links sourceforge fórum não é necessário login lançado novo cogroo 3.1.0 as novidades para essa versão são reestruturação do código para melhorar a arquitetura e desempenho correção de pequenos bugs integração com o cogroo comunidade a reestruturação do código permitirá maior agilidade no desenvolvimento do corretor gramatical estão sendo planejadas diversas melhorias importantes no programa principalmente a revisão do dicionário e aprimoramento dos modelos linguísticos integração com o cogroo comunidade a partir do cogroo 3.1.0 é possível relatar problemas do corretor direto do broffice para relatar um problema basta selecionar a frase com problema e acessar o menu ferramentas corretor gramatical cogroo reportar erro a opção também é disponível no menu de contexto pressionando o botão sobre um texto selecionado e escolhendo a opção reportar erro do cogroo você será direcionado a um formulário na primeira etapa é necessário efetuar o login no cogroo comunidade com o mesmo usuário e senha do portal a senha será salva de forma segura no broffice e sempre será transmitida criptografada revista broffice.org www.broffice.org/revista 15 dezembro 2010

[close]

Comments

no comments yet