Matéria Transporte Escolar

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

transporte escolar de barco de bicicleta de ônibus o primeiro a ir o Último a voltar uma hierarquia informal garante que as crianças menores fiquem sentadas nos dois pequenos bancos do barco que faz o transporte escolar de 65 alunos em curralinho no pará enquanto os maiores seguem em pé joão tenório o joãozinho 9 anos aluno da 2ª série é um dos que gozam desse benefício quase sempre viaja quieto na ida ­ é o zona rural responda pelo maior gasto das secretarias de educação em 70 dos municípios brasileiros ­ e em outros seja o item número 2 na lista de despesas atrás apenas da folha de pagamento joão e seus irmãos sobem a bordo pontualmente às 5h45 e seguem com o barco de madeira típico da paisagem f luvial amazônica durante uma hora e meia recolhendo colegas nos incontáveis veios d água que cortam o município no total 132 barcos são usados atualmente nessa operação levando às 48 escolas locais perto de 6 mil estudantes o que corresponde primeiro a embarcar sempre com sono na volta fica mais animado e depois de uma hora e meia a bordo chega em casa com fome antes do barco a motor era preciso ir de canoa até a escola graças a ele os pais de joãozinho passaram a valorizar os estudos e não exigem mais que o garoto e os irmãos fiquem na roça pescando ou colhendo açaí a 90 do total por isso curralinho é considerada pelo ministério da educação um exemplo de organização e o desempenho na sala de aula justifica amplamente os 145 mil reais gastos mensalmente pela secretaria municipal de educação com os barqueiros e o combustível a freqüência aumentou 30 nos últimos três anos e o índice de aprovação melhorou 20 numa região de difícil acesso como essa a montagem da rede de barcos a motor é saudada com festa pelas famílias os pais e os irmãos mais velhos dos jovens alunos de hoje só podiam ir às aulas o longo caminho até a sala de aula todo dia 4,8 milhões de alunos dependem de ônibus e barcos mantidos pelas redes públicas para ir à escola conheça aqui parte dessa realidade débora menezes de curralinho pa e são carlos sp novaescola@atleitor.com.br a inda está escuro em curralinho na ilha de marajó no pará e joão carvalho tenório 9 anos já se prepara para ir à escola ao lado dos irmãos adelso 10 e jesuel 16 ele é o primeiro a entrar no barco contratado pela prefeitura para levar 65 estudantes até a emef feliciana peres duarte a rotina dos três é comum a outros 4,56 milhões de alunos brasileiros ­ cerca de 3,45 milhões só no ensino fundamental essa verdadeira multidão utiliza o transporte escolar regularmente o que faz com que o serviço oferecido pelas redes públicas apenas na fotos paulo santos

[close]

p. 2

transporte escolar de barco de bicicleta de ônibus melhorias à vista de quem é a responsabilidade pelo transporte escolar a lei brasileira prevê que estados e municípios se encarreguem de suas respectivas redes na prática porém em muitas cidades a administração local assume a gestão do transporte de estudantes de escolas estaduais para debater questões como essa o fundo nacional de desenvolvimento da educação fnde formou um grupo de trabalho que já formalizou algumas ações para auxiliar diretamente quem depende desse tipo de serviço sobretudo na zona rural a principal iniciativa é a abertura de uma linha de financiamento no valor de 600 milhões de reais para renovação das frotas segundo o projeto aprovado os novos ônibus terão cores especiais e acesso para portadores de deficiência entre outras mudanças e devem começar a circular no segundo semestre no entanto apenas 619 dos 2 032 municípios que solicitaram a verba foram habilitados a participar do processo ­ e poucos receberam o dinheiro pois é essencial ter uma série de documentos em dia e nenhuma dívida com a união para ajudar na tomada de decisões o fnde conta ainda com um estudo realizado em 2007 pelo centro de formação de recursos humanos em transportes ceftru da universidade de brasília exatos 2277 municípios responderam à pesquisa transporte escolar rural que revelou que 98,78 deles oferecem transporte escolar ­ e 90 em áreas rurais uma equipe visitou 16 dessas cidades curralinho entre elas e conversou com pais alunos professores e funcionários das secretarias de educação para fazer um raio-x das dificuldades que as crianças enfrentam para chegar às escolas graças ao trabalho o fnde está revendo alguns critérios para repasse de recursos e concessão de subsídios controle de freqÜÊncia a bordo na chamada rota do sapé na zona rural de são carlos interior de são paulo maria aline dos santos trabalha como monitora ao lado do pai belmiro o motorista da linha Às 5 da manhã o ônibus sai da garagem no centro em direção às fazendas e aos sítios em meio aos canaviais a função de maria aline é recolher a carteirinha de transporte escolar dos alunos e devolver na volta da escola tudo para assegurar que a garotada freqüente as aulas regularmente de canoa ou casco como dizem os habitantes da região remando as rotas atuais foram calculadas pela secretaria de educação para durar no máximo duas horas os condutores são da própria comunidade o que fortalece os laços de confiança com as escolas os pais e os alunos e todo ano os percursos são aperfeiçoados com crianças mudando de unidade para ficar mais perto de casa É óbvio que ainda enfrentamos problemas diz nilton lopes da silva coordenador de transporte f luvial da prefeitura temos estudantes fora da escola porque vivem em lugares remotos com rios estreitos e rasos demais para os barcos que usamos além disso não há coletes salva-vidas para 100 dos alunos-passageiros no brasil todo gerenciar o transporte escolar rural exige muito jogo de cintura em são carlos no interior de são paulo o desafio foi organizar as 32 rotas que levam cerca de 1700 alunos que vivem em sítios e fazendas a escolas que na maior parte dos casos ficam na zona urbana rotas mais organizadas o trabalho envolve as secretarias de educação e de transporte e trânsito que usam até aparelhos de gps para medir distâncias e verificar os melhores percursos e o diferencial na cidade é a presença de um monitor em cada ônibus para cuidar das crianças e deixar o motorista con centrado apenas na condução do veículo ro de reclamações dos pais quanto a a medida de segurança passou a ser exi atrasos e dos motoristas em relação ao gida na última licitação e virou realidade estresse por causa de algazarra além da gestão do transporte a idade no fim do ano passado maria aline dos santos 19 anos é mo da frota e as questões de segurança preonitora e gasta oito horas para percorrer cupam o fundo nacional de desenvolvitrês vezes por dia um roteiro de 31,5 qui mento da educação fnde leia no qualômetros a cada parada pega as carteiras dro ao lado algumas ações que o órgão está dos estudantes e só as devolve na volta implantando segundo pesquisa realizada para casa ­ a fim de garantir a freqüência no ano passado pelo centro de formação de todos em classe converso para não de recursos humanos em transportes deixá-los dormir pois numa freada pode ligado à universidade de brasília 27 dos veículos usados para acontecer algum acidente diz mais no site levar e trazer alunos são apesar de recente a experiên arquivo pdf da pesquisa do ceftru cia com os monitores é considetotalmente inadequados à e galeria de rada um grande êxito pela pre sobre transpfotos tarefa ­ vão de caminhões orte feitura com redução do núme escolar no brasil a charretes por exemwww.novaescola.or g.br daniel aratangy

[close]

p. 3

transporte escolar de barco de bicicleta de ônibus plo e em média a frota brasileira tem 16,6 anos de uso em castro no interior do paraná a secretaria de educação planeja mudar ainda em 2008 boa parte dos 58 veículos usados no transporte de quase 5 mil alunos no processo de licitação aberto no início do ano a prefeitura requer que as empresas não só troquem os ônibus com mais de dez anos de uso como ofereçam um sistema de rastreamento via satélite para aumentar a segurança diminuir os custos com manutenção e reduzir os atrasos provocados por avarias sabe quão difícil é esse trajeto diz esses alunos moram mais no site quer ganhar o dvd em lugares com acesso caminho da ela que prepara atualmente uma escola apenas por trilhas a pé paraná ouça podcast série de televisão sobre o tema com a de fato a manutenção das estranem carro pequeno passosdiretora heloisa e concorra passa diz rosângela www.novaescola.org.br das é um problema assim como de anhaia diretora do todas as outras dificuldades comuns ce professora fabiana pimentel histó a quem precisa oferecer transporte escorias como essa inspiraram a cineasta he lar em áreas rurais longas distâncias falloísa passos a produzir um documentário ta de equipamentos de segurança e veícubatizado de caminho da escola paraná as los desconfortáveis mas os municípios crianças acordam cedíssimo e passam encontram soluções como podem enmuito tempo na estrada para poder estu quanto castro está exigindo que as emdar Às vezes nem o pessoal da prefeitura presas renovem a frota redenção da sermarcelo rudini ra a 165 quilômetros de são paulo conseguiu a doação de 150 bicicletas para que alunos que moram longe da escola e não têm recursos para comprar uma bike possam estudar normalmente para george lavour teixeira coordenador da pesquisa da universidade de brasília experiências como as relatadas nesta reportagem mostram que a gestão do transporte escolar no brasil é difícil mas possível na zona rural a realidade é muito diferente daquela que se vê nas cidades É preciso planejar corretamente os trajetos aumentar a manutenção por causa das estradas de terra fiscalizar os prestadores de serviço e em alguns casos adequar até o calendário escolar nessa realidade os três exemplos aqui apresentados apontam soluções como afirma seu valmir tenório pai de joãozinho o menino retratado no início desta reportagem não quero que meus filhos sejam criados na escuridão sem acesso à escola como eu ainda bem que hoje eles têm um barco que passa bem na porta de casa quer saber mais ce profa fabiana pimentel r principal s/nº 84190-000 castro pr tel 42 3245-1107 colegiofabiana ibest.com.br emef feliciana peres duarte vila calheira rio canaticu 69815-000 curralinho pa pr tel 42 3906-2140 secretaria municipal de educação de castro pça pedro kaled 22 84165-540 castro curralinho pa tel 91 3633-1283 secretaria municipal de educação de curralinho trav vila vitória s/nº 68815-000 13560-030 são carlos sp tel 16 3362-1304 transporte@saocarlos.sp.gov.br secretaria de transporte e trânsito de são carlos r são joaquim 979 estradas precárias o motorista mário ramos stresser porém preferia ver estradas mais bem-conservadas segundo ele o ônibus rapidamente deixará de ser novo com tantos buracos e lama se bobear quebra rapidinho na chamada linha do limitão que seu mário percorre todo dia ainda há crianças que andam uma hora a pé até chegar à casa dele para pegar a condução buracos pedras e solavancos diariamente o motorista mário stresser acorda às 4h30 da manhã toma chimarrão e enfrenta 35 quilômetros em estrada de terra da porta de casa até a escola no distrito do socavão na zona rural de castro interior do paraná ele refaz o caminho mais duas vezes por dia no trajeto muitas curvas pedras soltas lama quando chove e um subidão que exige destreza para não derrapar se vem uma chuva muito forte ele nem se dá ao trabalho de sair de casa pois sabe que o ônibus de 1986 não encara a subida a prefeitura deveria consertar a estrada com mais freqüência se arrumarem um ônibus novo vai quebrar rapidinho nononon nononno

[close]

Comments

no comments yet