JORNAL O MARISCO 182

 

Embed or link this publication

Description

I Salina da Canção! Sucesso Total!/ Daniel Maíba - Mais que uma ideia um ideal/ A diversidade da Música gaúcha / Dai da Mulher / Marina Ferreira na Boca do Brete / Revolução Cultural?

Popular Pages


p. 1

Ponto de Cultura Flor da Areia Ano XI Nº 182 A comunidade balneário pinhalense está em festa. Realizaram um festival de música que nasceu grande, com qualidade, com seriedade e comprometido com as culturas locais. A música “Deusas Águas” de Jociel Lima e Luis Teixeira foi a grande vencedora, assinando a tendência da cultura praieira como diferencial deste festival gaúcho. Dois grandes shows, Elton Saldanha e Daniel Torres maravilharam os sentidos do público, uma sonorização e iluminação de qualidade inquestionável e uma organização impecável, coroaram de êxito a I Salina da Canção! Viva a Cultura Praieira! As idéias não surgem do nada, são construídas no caminho. Pelo talento de quem interpreta, canta, executa uma ação musical. Pelo silêncio de quem tira um tento prá trançar um botão. Pela força do ferro contra o fogo que molda a peixeira. Pelo balanço de quem caminha na areia desguiando o nordestão. Pelo jogo da tarrafa, pelo tirão da linha. Pelo doce do mel e pelo brilho do sal. Pela mágica da tinta que cobre o nada revelando o sonho. Pela batida do formão revelando a forma. Muito mais que uma idéia, é um ideal, um modo de vida, é uma caminho a ser entendido, sentido e seguido. É tudo criação de um artista que vive, que sente, que vibra com as culturas do seu lugar: Daniel Maíba. O artista conseguiu dá vida a obra e vários artistas de todas as partes vieram saudar a criação. Está criada, pela visão de Daniel Maíba, a Salina da Canção. Um espaço democrático de manifestação popular livre e verdadeira, onde se cantam os valores do lugar e se destaca a nossa cultura praieira gaúcha em toda a sua diversidade. Está em festa a administração pública do Balneário Pinhal que soube acreditar e investir no talento do artista local para realizar um evento que promete ser o maior do estado na sua proposta cultural. Parabéns Prefeito Palharim e Secretária de Turismo Mari Luce Padilha! Parabéns comunidade do Balneário Pinhal! NOVIDADE! NOTA FISCAL GAÚCHA JÁ INCLUSA NO SISTEMA De um UP na sua Empresa! SISTEMA DE AUTOMAÇÃO COMERCIAL TECNOLOGIA ORGANIZACIONAL S3681.2858

[close]

p. 2

A REVOLUÇÃO? Dizem que quando a coisa tá ôsca de um jeito que não tem mais volta, então só a revolução pode solucionar! Acho que aqui em Cidreira estamos assim. O troço tá dum jeito que não tem mais como. Então, já que os nossos políticos parecem ser inábeis para transformar esta situação. Já que a justiça também provou ser no mínimo apachorrada e o MPE e o nosso Juiz Eleitoral simplesmente não demonstraram nada, ficaram apáticos frente aos incríveis mais de 90% de eleitores de Cidreira. Já que a administração pública não consegue engrenar e os serviços públicos oferecidos estão cada vez piorando de qualidade, então só resta a nós, os loucos da cultura, propormos a Revolução... Cultural. As lideranças das instituições culturais de nossa Cidreira caberá a iniciativa de se reunirem para traçar as estratégias para o início da Revolução Cultural de Cidreira! Já que não temos Secretaria de Cultura. Não temos Conselho Municipal de Cultura. Não temos Fundo Municipal de Cultura e há 10 não temos dirigente municipal de cultura, então não precisamos nos reportar a ninguém, pois a pasta da cultura está anacéfala, não existe quem responda por ela. Então mãos à obra está iniciada a Revolução Cultural em Cidreira! Homens e Mulheres da Cultura, armem-se de argumentos e desafiem a quem quer que seja! Nossa gente de Cidreira precisa de Cultura! Nossas crianças e jovens precisam de Cultura! Começou a Revolução Cultural em Cidreira! Junte-se a nós! Coluna do Luli OUTONO E termina o verão, termina o tempo de colher e se inicia o tempo de separar as sementes para um novo plantio. É tempo de celebrar as conquistas e os amigos. No campo intelectual, as ideias são debatidas, devem ser bem escolhidas para quando o inverno chegar possam adormecer até que o sol as ilumine e elas floresçam. O pessoal da cultura tem muito a comemorar: a realização de um festival de música, a instalação e conveniamento do ponto de cultura Flor da Areia e novas parcerias estabelecidas. Viva o outono, viva as nossas conquistas. E que as novas sementes gerem novas ações. Para os praieiros é tempo de retomar a vida tranqüila e pacata da baixa temporada. Já começo a sentir saudade do calor. FLOR DA AREIA Finalmente saiu o conveniamento com o Governo do Estado, agora aguardem, em breve divulgaremos as agendas do projeto, em Cidreira e Balneário Pinhal. SALINA DA CANÇÃO Foi um sucesso o festival, concebido e organizado pelo Daniel Maíba. É assim que se faz. Tomara que sirva de exemplo. O poder público existe para viabilizar as ações da comunidade e quando a parceria se configura assim, é só comemorar as realizações. VACINA CONTRA O HPV Está ocorrendo nas escolas a vacinação contra o HPV, em meninas de 11 a 13 anos de idade. Essa vacinação gerou e ainda gera algumas polêmicas, porque, como a maioria das vacinas, as coisas não são bem explicadas. O ministro da saúde quer que 80% das meninas sejam vacinadas e diferente de todas as outras a autorização dos pais é desnecessária. Pois em outras situações a necessidade é de que os pais assinem um documento autorizando a vacinação, nesse caso, assinam aqueles que desautorizam. E os pais que não sabem ler? E as meninas que não entregaram aos pais o documento? Eu autorizei a vacina e compareci na escola para acompanhar o processo. Tudo foi feito de forma organizada, mas sem muitas explicações. Uma carteirinha nova foi feita, a data para a próxima dose foi marcada, entretanto, senti falta de orientações acerca do vírus, da contaminação e, principalmente, que vacina é essa. Não sabemos que tipo de substância foi injetada em nossas filhas e tampouco como funciona essa imunização. Parece mesmo que estão usando nossas filhas como cobaias. Resta saber para quê? *Marisqueira - Pedagoga - Especialista em Educação Especial Inclusiva DOS SÁBIOS E DOS IDIOTAS. Seguidamente tenho dito aqui: Dê poder a um Sábio e verás suas virtudes e dê poder a um idiota e verás os seus defeitos. Mais uma vez ficou comprovado que tenho razão, pois agora apareceu um vereador do PMDB de Antônio Prado/RS, que pediu a exoneração de uma assessora da Câmara Municipal daquela cidade porque a mesma declarou que não acredita em deus. Só faltava esta, um vereador que de sábio não tem nada, pensa que pode mandar até nas crenças ou descrenças das pessoas. Ou ele pensa que é dono do mundo ou não sabe nada sobre o deus que ele tanto defende, pois o mesmo, em existindo, teria nos dado o LIVRE ARBÍTRIO, o que por si já bastaria para qualquer pessoa, minimamente instruída, não cometer tal barbaridade. Devia o vereador estar preocupado com o seu município e com as pessoas que o elegeram, mesmo que eu não entenda, porque o elegeram. Mas garanto que não foi para isto que o vereador foi eleito. Quem devia ser demitido e/ou caçado é o vereador, que de sábio não tem nada. CASAMENTO DO ANO O nosso povo ficou encantado com o sucesso que foi o casamento do ano. Tinha tudo o que se pode imaginar. Tinha comes e bebes, lembranças e a nata da sociedade se fez presente em grande número, inclusive alguns que nem eram tanta nata assim. Sucesso total tanto em público como em badalação e ostentação. Mesmo que o noivo era conhecido como marido da fulana de tal. Parabéns aos noivos: LATINO E RAYANNE. VER MOTIVOS E PROCURAR SOLUÇÕES A grande mídia, que se diz NEUTRA, vem pregando aos quatro ventos que TUDO vai mal no Brasil e a culpa é do Governo do PT. Será que não sabem ou não querem dizer que o governo é uma salada de partidos e que se diz oposição não é tão oposição assim e que se diz governo, leia-se PMDB, não é tão governo assim. Se as estradas estão congestionadas, não será porque tinha uma classe no Brasil que não podia comprar o seu carro, mesmo popular e hoje pode. Será que os aeroportos estão lotados só por estarem lotados ou será que tem mais gente viajando por terem suas rendas aumentadas e assim tiveram, pela primeira vez no país, acesso a viagens aéreas. Será que a grande mídia não sabe ou não quer que o povo saiba? Nós mais antigos, já vimos isto e para tristeza do Brasil, descambou na DITADURA que eles mídia e gorilas chamavam de revolução redentora para não chamar de golpe de estado. Não podemos esquecer nunca que o milagre brasileiro, inventado pelos milicos, foi o que aumentou enormemente a dívida do país, também não podemos esquecer de tantas pessoas que foram mortas em nome da liberdade e da redentora. Não se deixem enganar por falácias de alguns e prestem atenção na grande mídia que tenta nos impingir SUAS VERDADES e não esqueçam que a grande mídia só tem para nos passar são as barbaridades das novelas e os BBBs da vida. E, graças a SABEDORIA DO POVO a dita Marcha das famílias com deus pela Liberdade, tinha meia dúzia de gatos pingados. Ditadura nunca é bom. SOU CIDREIRENSE E NÃO DESISTO NUNCA! Insc. Municipal N°008/06 - Insc. Estadual: Isento Edição N°182 - I de Outono 25 de março de 2014 jornalomarisco@gmail.com /jornalomarisco /jornalomarisco /jornalomarisco Rua Caubi da Silveira, 286 - Praia da Cidreira - RS - CEP: 95.595-000 51.3681.3456 51.9981.5593

[close]

p. 3

* Espetacular a I Salina da Canção do Balneário Pinhal! Uma festa da diversidade da música gaúcha! Sucesso Total! * A música “Deusas Águas” de Jociel Lima e Luiz Teixeira, interpretada por Jociel Lima é a Grande Vencedora da I Salina da Canção. A cultura praieira é a vencedora! * Daniel Maíba, idealizador e coordenador da I Salina da Canção disse estar muito satisfeito com a realização do festival. * O CD da I Salina da Canção está à disposição dos amigos. Quem quiser adquirir basta chegar na Secretaria do Turismo do Balneário Pinhal! Vale a pena! * As imagens da I Salina da Canção com as música vencedoras foram produzidas pela nossa equipe do Marisco Cine Produtora e estão à disposição de todos no Youtube! É só acessar! * Valeu Professor Claudio Duarte! Pelos ensinamentos. Pela atenção, Pelo carinho. Pela música! Pela vida! Até o próximo acorde! * A música “Prá quem maltrata cavalo” de João Sampaio, Celso Oliveira e Kinei Prado representou o Balneário Pinhal e foi escolhida pelo público como a mais popular e ainda conquistou o troféu de Melhor Tema Campeiro da I Salina. * A Prenda Marina Ferreira literalmente laçou todos os troféus de sua categoria no VI Rodeio Estadual do Balneário Pinhal! Ê guria! * O CTG Piazito do Litoral com as invernadas mirim e juvenil, deu espetáculo de dança, com muita alegria e entusiasmo fizeram uma beleza de apresentação que encantou a todos no VI Rodeio Estadual do Balneário Pinhal! Muito Bom gurizada! * Está assinado o convênio da Casa da Cultura do Litoral com a SEDAC/RS e MINC para a criação do Ponto de Cultura Flor da Areia no Balneário Pinhal. Em breve iniciam-se as ações do Ponto de Cultura, com livre acesso para todas as comunidades praieiras! * A Uesc - União das Escolas de Samba e Blocos de Cidreira entregou os troféus as grandes campeãs do Carnaval 2014 de Cidreira. Parabéns aos campeões: Escola de Samba Sulmaré, Bloco Vamos Nessa e Bloco do Hotel Castelo. Valeu a alegria! * A Casa da Cultura do Litoral está fazendo uma parceria com a Cia de teatro Galpão das Artes de Osório. Em breve novidades na área do teatro para as nossas comunidades praieiras. Aguardem! * Vem aí a ChocoMel e Feira do Livro, no Balneário Pinhal é claro! * Mãe conquista junto ao MP direito de colocar o seu filho com deficiência em Escola de Cidreira! Resultados começam a aparecer! * Estão de Parabéns o Prefeito Palharim e a Secretária de Turismo Mari Luce Padilha pela realização da I Salina da Canção! * Estão faltando remédios de uso contínuo para cardíacos em Cidreira. O troço tá dum jeito que fica difícil de entender! Onde será que estão os remédios do povo? * Trote do Sequestro está assustando o pessoal de Cidreira! Já não é a primeira vez que o crime escolhe Cidreira para tentar buscar uma grana. Atenção pessoal fique atento prá não cair nessa! * Faleceu o Professor Claudio Duarte, mestre que formou vários músicos no tempo em que Cidreira tinha até Banda Municipal. * Alguém lembra deste tempo? Em que tínhamos uma gurizada aprendendo música. Pois é! Brilhante a administração pública que acabou com a Banda! * Parabéns para a Secretaria de Educação e Cultura que acabou com a Banda Municipal de Cidreira! Vocês estão fazendo um ótimo trabalho! Êiê! * Fazem 10 anos que não temos Dirigente Municipal de Cultura em Cidreira! Alguém sabe o que isto significa? Pobre gente essa nossa! * O fiasco que a Prefeitura fez no carnaval é inexplicável! E ainda dizem que vão criar uma liga independente! Mas independente do que? * As ruas de Cidreira estão cada vez piores, os buracos estão aumentando em todas as vias asfaltadas e isso que nem chegou a estação das chuvas. Quando chover mesmo aí nós estaremos fuzilados! * No mês da Mulher, falta Ginecologista, em Cidreira! Mais uma bela demonstração de capacidade da administração pública! * Com as praças fechadas e sem ninguém responsável pelo espaço, acabou que as cercas foram arrancadas para que o povo pudesse acessar o espaço. Quem será que está coordenando as praças? Deve ser um ser muito inteligente! * E o Conselho Municipal de Cultura? E o Fundo Municipal de Cultura? E a Secretaria Municipal de Cultura? Cidreira está inabilitada para acessar recursos do MINC - Ministério da Cultura! Parabéns para os responsáveis por este descaso com a cultura da nossa gente! * Complicado o caso dos camarotes feitos com o dinheiro público para alguns poucos usufruírem, arrecadando para quem? Se tem dinheiro do povo tem haver prestação de contas públicas! Se estão vendendo, alguém está ganhando e usando o dinheiro do povo de Cidreira! Complicou! * Enquanto a festa rolou no lonão e alguns ganharam dinheiro o CTG Piaizito de Cidreira, nem o Fogo Crioulo, símbolo da cultura gaúcha, tinha. E o Conselho Municipal de Cultura onde está que não defende a cultura? * Carnaval, Semana Farroupilha, Banda Municipal é tudo Cultura! A falta de comprometimento e vontade dos dirigentes das instituições culturais de Cidreira, acaba por prejudicar a eles mesmos. * Fecha a Luz e Apaga a Porta... Maria Farofa Sem Políticas Públicas Sem ações positivas de Gênero Fica difícil de ser Maria por aqui! Onde estão os CTGs? Onde está a Uesc? Onde está a Casa da Cultura? Onde está o Movimento Hip Hop? Onde está a Banda? Onde está o Conselho Municipal de Cultura ? No mês da Mulher... Faltou Ginecologista E o pior... Não é Piada!

[close]

p. 4

O Balneário Pinhal foi o palco da música gaúcha quando da realização da I Salina da Canção no Túnel Verde, juntamente com o VI Rodeio Estadual do Balneário Pinhal. Compositores, letristas, músicos, arranjadores e intérpretes vieram de todos os cantos do Rio Grande para saudar as comunidades praieiras presentes, com a beleza das letras, melodias, execuções e interpretações dos artistas que fizeram a festa da I Salina da Canção para o grande público presente ao evento. No meio do Túnel Verde ergueu-se um teatro da música gaúcha. Com uma forte valorização das singularidades das culturas da região praieira subiram ao palco gaitas e tambores, violões, pandeiros e massacaias para celebrar a criação de um grande espaço de manifestação e registro das culturas, das artes e dos artistas da região praieira gaúcha e de todo o estado do Rio Grande do Sul. Uma grande festa da diversidade da cultura gaúcha. Em nossa região poucas são as administrações públicas que evoluíram o suficiente para entender que as nossas comunidades, assim como precisam de educação, saúde, trabalho e segurança, também precisam do turismo criativo. É com a qualificação dos nossos eventos que vamos conseguir despertar no estado e fora dele a vontade de vir nos visitar aqui na beira da praia, principalmente fora da temporada. Abrindo as cortinas do teatro no Túnel Verde e apresentando a I Salina da Canção, a prefeitura do Balneário Pinhal está exemplando as demais c i d a d e s , q u e o s investimentos devem ser também nas riquezas locais. Enaltecendo nossa aldeia, estaremos enaltecendo a todos e abrindo os olhos do mundo para os cantares do nosso lugar. Admirável a atitude do Prefeito Palharim e digna de aplausos a ação da secretária de Turismo, Mari Luce Padilha, ao apoiar a iniciativa do artista Daniel Maíba, fazendo acontecer o que pode ser o maior evento nesta proposta do estado. Prefeito Palharim sempre presente e atuante entrega pessoalmente a premiação do festival 1º Lugar - Deusas Águas de Jociel Lima e Luiz Teixeira 2º Lugar e Melhor tema do Balneário Pinhal Estância do Pinhal de Nino Saldanha 3º Lugar e Melhor Arranjo - Tambores do Rio Grande de Caio Martinez, Adriano e Cristian Sperandir Melhor Tema Campeiro e Música Mais Popular Prá quem Maltrata Cavalo de João Sampaio, Celso Oliveira e Kinei Prado Daniel Maíba idealizador e coordenador da I Salina e Mari Luce Padilha, Secretária de Turismo Melhor Tema do Litoral - Puxa Puxa de Paulo Fleck e Davi Covalesky

[close]

p. 5

COTIDIANO Pág.5 Depois de muita patetice, enrolação e discussões inprofícuas, finalmente o pessoal do carnaval pode botar o bloco na rua. Desfilaram com a alegria estampada nos olhos e a garra costumeira dos que gostam de fazer carnaval. A UESC não se mixou e patrocinou os troféus para os vencedores e a estrutura para os jurados. A corte estava completa na avenida com Rei Momo, Rainha e Princesa, todos muito lindos. A presidente da UESC, Estarlei Oss, recebeu o apoio da Liga Estadual das Escolas de Samba e viu fortalecido o seu trabalho junto a comunidade do samba. Todos esperam que para o ano que vem o Carnaval possa ser tratado por pessoas que realmente vivam o mundo do carnaval, dispensando-se burocratas e bicos. Mas o importante é que as escolas e blocos mantiveram-se unidas, fortalecendo o movimento e que ao final de tudo o povo pode brincar o carnaval, as escolas e blocos foram para a avenida e a alegria espraiou-se pela nossa Cidreira. Parabéns para a UESC! O Bloco do Beijo mais uma vez deu um banho de alegria nas noites carnavalescas de Cidreira! Todos muito lindos! Aqui em Cidreira sempre fica muito confusa a questão do público e do privado. Ainda temos que aprender a diferença do que é nosso e do que é teu. Foram confeccionados com o dinheiro do povo de Cidreira alguns poucos camarotes que foram distribuídos para alguns poucos, sem qualquer critério ou transparência, parece que é pela vontade do dono. Porém o dono deveria ser o povo. Daí resultou que em um espaço público, com dinheiro público, criou-se um espaço privado que somente alguns poucos tinham direito a acessar, impedido para a comunidade geral pois para acessar tinha que pagar. E esse dinheiro ganho neste espaço público, construído com dinheiro público, foi para quem? Quem ganhou? Prestação de contas? Montar com o dinheiro do povo um enorme buteco bem no meio da avenida para beber, tudo com o dinheiro do povo! Tem coisa estranha aí! Esse carnaval foi muito do especial, a patetice imperou e a coisa deu o que falar. Os imperadores da cultura popular investidos de poder divino, entronizados pela santa paciência, resolveram que eles, que nunca bateram um tamborim, deveriam determinar como é que os carnavalescos deveriam ir para a avenida. Aí já viu né? Saíram coisas absurdas como a idéia de todas as escolas e blocos cantarem o mesmo samba de enredo, e p i o r, c o m p o s t o p e l a s sumidades da prefeitura! Essa foi de doer na alma do desprevenido. Durante todo o período pré carnaval viveram os carnavalescos de Cidreira momentos de grande turbulência. Rolou muito falatório e bate boca, alguns acomodados mantiveram o interesse maior de vender cerveja e venderam. Tudo OK! Mas chorar por título, depois de tudo foi gracinha. A noite do desfile estava ótima e todos puderam ocupar o espaço democrático das ruas para fazer o seu carnaval do melhor jeito possível, o império se acalmou e o desfile saiu na boa! As escolas e blocos competiram e tivemos os campeões do carnaval 2014 em Cidreira, que receberam os troféus patrocinados pela UESC! Força gurizada! Quando parecia que tudo tinha terminado bem, foi daí que no apagar das luzes enfeitadas de confete que a prefeitura levantou-se e abriu o verbo em uma declaração que superou todas as expectativas: A Prefeitura foi na Concha declarar que para o ano que vem eles vão investir mais e que para melhor organizar o carnaval vão criar uma “Liga Independente”!!!! O que??? É isso mesmo! A própria Prefeitura disse que vai criar uma Liga Independente da própria Prefeitura!!!! Só pode ser! Eles são realmente bons de cultura popular. Se puxaram!

[close]

p. 6

O Professor Cláudio Duarte integrou o Grupo de Cultura Popular Kikumbí, quando da primeira participação da nossa gurizada da praia em um festival de destaque no cenário musical estadual. O Professor Cláudio ganhou entre nós o apelido de Cláudio Carcaça, por conta de uma carcaça de galinha que ele levou para colaborar com o galeto do grupo. Muitos risos e alegrias. A guitarra na música é do nosso Claudio Carcaça! Gravamos no estúdio da ACIT em Porto Alegre a música “Essa de Amor” que foi premiada na Tafona da Canção de Osório. Esta música está registrada no CD Música da Praia Vol.I que está disponível no site: www.omarisco.com.br. Pelas conversas, pelas risadas, pelos sonhos, pelos cafés, valeu professor Cláudio Duarte! Vem do tempo em que ainda tínhamos Banda Municipal em Cidreira, o nosso contato com o Professor Cláudio. Foi no tempo em que nós ainda tínhamos Diretoria de Cultura em Cidreira que o então dirigente de cultura de Cidreira, Ivan Therra, durante o governo do Elimar Pacheco, convidou o Professor Cláudio Duarte para que ensinasse música, teoria e instrumentalização, para a nossa gurizada da praia. Assim formou-se a Escolinha da Banda, oferecida gratuitamente para a nossa gurizada de Cidreira. O Maestro Igídio da Silveira e o Professor Claudio Duarte construíram juntos um dos melhores grupos que a nossa Banda já teve e também juntos formaram uma infinidade de músicos que atuam até hoje no cenário estadual e nacional. Bons tempos aqueles em que nós víamos a nossa gurizada com instrumentos nas mãos, olhos e ouvidos atentos para os ensinamentos do Professor Cláudio Duarte! É tudo música! Valeu Professor Cláudio Duarte, até o próximo Acorde! Passando por inúmeras dificuldades para garantir ao seu filho o direito a escola, uma mãe de Cidreira viu o caso ser denunciado ao MP - Ministério Público. Há anos que esta mãe vem tentando colocar o seu filho na escola, pois é direito do guri e dever dos pais, porém, como muitas mães de crianças com deficiência neste país, ela também vinha enfrentando uma luta árdua com a Prefeitura. Acompanhada da denunciante a mãe foi ao MP de Tramandaí onde contou o caso. Em pouco tempo a mãe foi chamada pela Secretaria da Educação e a criança foi matriculada e já está frequentando, cumprindo o período de adaptação. Esta luta não é solitária, muitas mães sofrem para garantir os direitos cidadãos de seus filhos com deficiência. Neste caso o MP agiu prontamente e a solução já apareceu. Mães garantam o direito a cidadania de seus filhos. Eles merecem! A prenda Marina Ferreira simplesmente passou o rodo no VI Rodeio Estadual do Balneário Pinhal no Túnel Verde. Com uma performance espetacular arrecadou todos os troféus disponíveis para a sua categoria. Essa guria de Cidreira tem levado o nome de nossa cidade e levantando muitos troféus por este Rio Grande todo. De procedência mais do que confirmada, neta do Luli Luz e filha do Alexandre Ferreira, esta guria promete dar um novo sentido ao conceito de feminino dentro dos rodeios e mangueiras gaúchas. Transformando o cenário das provas campeiras gaúchas, pode dar porta! Que a Marina Ferreira tá na boca do brete! O Alistamento Militar vai até junho e é obrigatório para homens que completam 18 anos em 2014. As pessoas com deficiência tem o direito de fazer o seu alistamento aqui mesmo em Cidreira, sem precisar se deslocar para outra cidade. Basta entrar em contato com a Junta Militar na Prefeitura. Além dos meninos as gurias também podem acessar a carreira militar, porém não estão obrigadas a cumprir o serviço militar. Os guris e as gurias que quiserem saber mais sobre como acessar a carreira militar visitem a unidade do exército da sua região.

[close]

p. 7

Prezados Sou veranista em Cidreira há a mais de 50 anos e os problemas são repetidos a cada veraneio, iguais, sujeira nas ruas com restos de materiais de construção, buracos , aliás, aquele perto da concha acústica, parece piada, na parada de ônibus, há três anos que não resolvem. Sugiro um funcionário do município, de posse de um carro de mão com algumas pazadas de cimento e areia, vai evitar avarias na suspensão dos ônibus que ali param. E a rua Cauduro, um caso de saúde pública, para limpar não precisa verba especifica. Efetivamente o problema é de GESTÃO,na maioria dos casos. Um abraço a todos Flávio Abreu de Souza OAB/RS 65.162 A banda é formada por 4 amigos que vivem entre os municípios de Balneário Pinhal, Cidreira e Tramandaí, se conhecem a mais de 10 anos e fazem com que música se torne um momento de diversão e alegria. quando estão em cima do palco e a hora certa de tocar o melhor do pop rock no cenário musical além de tocar músicas próprias que vem contribuindo e acrescentando no trabalho da banda. A banda surgiu há pouco tempo, nos reunimos para participar do V Pinhal Rock Festival, onde fomos a campeã tocando uma de Formação: João Lucas – Guitarra e Vocal nossas músicas: “Felicidade Tem um Preço” Jason Dantas – Guitarra, Danilo Cardoso – – Composição: João Lucas Soares. Contrabaixo, Giovanni Ramos – Bateria A prática tornou-se usual e as mulheres de Cidreira, estão tão desacostumadas com o respeito que já estão achando muito normal serem tratadas com este desdém. As consultas são marcadas para as 8:30 da manhã, algumas mamães chegam bem antes no intuito de serem atendidas logo. O tempo vai passando e aquelas mulheres, na sua maioria grávidas, mal acomodadas e sem alimentação adequada ficam mofando na sala de espera da casa da mulher. Todo este sofrimento para ser atendida pelo médico e fazer uma ecografia. Pode? O médico chega passado das 10:30 e pede um café para a funcionária da Casa da Mulher e só depois de saborear o seu café começa a atender as mulheres grávidas que estão alí sem comer nada desde as 8:00 da matina. Esta falta de respeito para com as mulheres de Cidreira se dá por conta do médico que é um irresponsável e está sempre atrasado? Se dá porque o pessoal da Casa da Mulher é irresponsável e marca com todas antes da hora só para ver a mulherada sofrer? Ou não temos mais noção de cidadania em Cidreira? Aqui atendo bem rápido e... 1ª Salina da Canção – Parabéns ao Jociel Lima, intérprete da música “Deusas Águas”, com letra do Luiz Teixeira. Vencedora do 1º festival de musica de Balneário Pinhal. PSDB Cidreira – Destituído por renúncia de toda a sua executiva no dia 23/12/13. Foi criado novamente dia 17/03. Com o retorno de Decio Itibere e com o apoio de Elimar Pacheco e ex-filiados descontentes do PMDB e PPS, vão tentar reerguer o partido na cidade. #maisdomesmo RS784 – Após a tomada por parte da EGR – Empresa Gaucha de Rodovias, das estradas gauchas o cenário ficou muito ruim. Esta pequena estrada de 14,75Km, na chegada de Cidreira vindo da RS040, esta com buracos em vários locais e com a chegada do inverno e das chuvas, ficará rapidamente intransitável. Vamos aguardar! Rolezinho Gastronômico – Um grupo de amigos do Facebook tiveram a ideia de criar o rolézinho para nos finais de semana almoçar ou lanchar nos mais diversos restaurantes da cidade, durante o inverno. Assim estariam ajudando aos comerciantes a manter o nível e os empregados durante o inverno e fazendo de suas amizades virtuais, amizades físicas. Aguarde noticias pelo Facebook. 2016 – No mês de abril, sei de uma reunião que ocorrerá com dois pré candidatos a prefeitura da cidade, já pensando nas próximas eleições. Parece que teremos uma coligação muito forte. Vamos aguardar novidades!! Telhas – A defesa civil de Cidreira recebeu 1500 telhas após a chuva de pedras na cidade. A informação que recebi é que o prefeito distribuiu as telhas entre os vereadores do seu partido para que distribuíssem entre seus eleitores. Então se você tinha alguma esperança ainda, esqueça já trocaram todas por votos! Homicídio – Na cidade de Osório e Capão da Canoa o numero de homicídios é alarmante. Dizem que em Osório quatro matadores vindos de Porto Alegre, querem fazer uma limpa, para dominar o trafico. Promessas – Já estamos no segundo ano desta gestão e as promessas feitas nem começaram, e pelo jeito nem pretendem cumprir. Mas pela lei 70% devem ser cumpridas ou o administrador poderá ser acusado de Improbidade Administrativa. Acesso ao plano de governo no site do TRE. Confira!! Cultura – Parabéns a toda a comunidade envolvida com a cultura do município, estão provando que tudo é possível com trabalho e determinação. Balneário Pinhal entendeu que o povo daqui sabe fazer e esta usufruindo disso. Cidade – Os buracos e a Iluminação Pública são os vilões deste governo. Por enquanto é um dos piores governos desta cidade, embora um outro que houve tenha sido inigualável. Mas este terá de errar muito, mas muito mesmo, para chegar perto da ruindade daquele outro. Da Frase - Os problemas do mundo não podem ser resolvidos por céticos ou cínicos cujos horizontes são limitados por realidades óbvias. Precisamos de homens e mulheres que consigam sonhar com coisas que nunca existiram.

[close]

p. 8

Se todo mundo lembra a Semana do Hip Hop, que até lei tem, nunca saiu como devia. A Semana Farroupilha virou sinônimo de beberagem no lonão, enquanto que no CTG nem chama crioula tem mais! A gente da Casa da Cultura tá fazendo cultura lá em outra cidade e todo mundo sabe por quê. A Banda Municipal acabou! E o carnaval foi este fiasco que todos viram. E agora Cidreira? Se quisermos lembrar, fazem 10 anos que não temos dirigente municipal de cultura, ou seja, não temos ninguém que responda pela pasta a cultura em Cidreira. Como parece que ninguém está dando bola prá isso mesmo, então fica assim. Até porque o pessoal da cultura só lembra de reclamar quando a Semana Farroupilha vira aquela bagunça, ou a Semana do Hip Hop nem acontece, ou a Banda Acaba e pronto, ou quando o carnaval é avacalhado pela incompetência dos mandatários. Há mais de 10 anos não temos Pasta da Cultura em Cidreira! Não temos Conselho Municipal de Cultura! Não temos Fundo Municipal de Cultura! Não estamos habilitados a receber recursos do MINC. Será que o povo do Hip Hop, da cultura praieira, do tradicionalismo, do carnaval, da banda municipal e de outras atividades culturais vão ficar parados até que não reste absolutamente nada para as nossa crianças e jovens? O povo da cultura precisa se mexer urgente, sob pena de quando se derem conta não teremos mais nem Cidreira! Caso tudo fique no limbo, exatamente como está, então nós, os fazedores de cultura de Cidreira, também seremos os culpados pelo fracasso cultural de nossa praia, pois na realidade estamos fazendo pouco perto do que poderíamos estar fazendo para que a cultura, de fato, fosse importante como deveria ser em nossa cidade. A cultura é direito constitucional. Então podemos ir ao MP exigir que a administração pública provenha a sociedade de Cidreira no quesito cultura, pois há mais de 10 anos não temos uma cabeça que responda por esta pasta. Podemos exigir que a Secretaria de Educação e Cultura seja menos apática e realmente responda pela cultura da nossa Cidreira. Podemos exigir que seja reativado o Conselho Municipal de Cultura, porém dentro da Lei com membros eleitos e nunca com absurdos, ridículos e ilegais bonecos biônicos indicados pelo rei. Queremos um Conselho democrático, transparente e participativo, composto por fazedores de cultura e legitimado pelo voto direto das comunidades culturais de nossa praia. Mas para isso é preciso que o pessoal da cultura saia do ostracismo e queira, de fato, uma mudança nas relações das instituições culturais com a Prefeitura. Podemos exigir uma relação de mais respeito, apoio e consideração com o trabalho que é feito pelos CTGs, pelo coletivo do Hip Hop, pela Uesc, pela Casa da Cultura do Litoral para as nossas comunidades. Podemos exigir pois a Lei nos garante este direito! Rádio Cadê a Escritora?

[close]

Comments

no comments yet