Anuário Mineral do Pará 2014

 

Embed or link this publication

Description

Anuário Mineral do Pará 2014

Popular Pages


p. 1

2013 3rd PARÁ STATE MINERAL YEARBOOK Sustainable Mining. A Legacy for our People.

[close]

p. 2



[close]

p. 3

3º ANUÁRIO MINERAL DO PARÁ 2014 3rd PARÁ STATE MINERAL YEARBOOK

[close]

p. 4

Patrocinador Diamante / Diamond Sponsor Patrocinador Ouro / Gold Sponsor Patrocinadores Prata / Silver Sponsors Patrocinadores Bronze / Bronze Sponsors Apoio Institucional / Institutional Support

[close]

p. 5

Diretoria do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (2011-2014) Board of the Union of Mineral Industries of the State of Pará José Fernando Gomes Júnior (VALE) Presidente / President Ana Celeste Franco (ALCOA) Vice-Presidente / Vice-President Laurent Zago (IMERYS / PPSA) Diretor - Financeiro / Financial Director Eugênio Victorasso (VALE) Diretor-Secretário / Secretary Director Paulo Ariza (MRN) 1º Diretor-Suplente / 1st Alternate Director Fábio Reis (CADAM) 2º Diretor-Suplente / 2st Alternate Director Membros Titulares do Conselho Fiscal: Sitting Members of the Board: Fábio Abdala (ALCOA) Eduardo Figueiredo (MRN) Tatiane Nobre (CADAM) Membros Suplentes do Conselho Fiscal: Alternate Members of the Audit Board: Pollyanna Souto (Mineração Buritirama) Julio Cézar Vicentin (MRN) Representantes Titulares do SIMINERAL na FIEPA Representatives of Simineral in FIEPA José Fernando Gomes Júnior (VALE) Ana Celeste Franco (ALCOA) Representantes Suplentes do SIMINERAL na FIEPA Alternate Representatives of Simineral in FIEPA Eugênio Victorasso (VALE) Coordenação Executiva Executive Coordination Poliana Bentes de Almeida Elaboração / Preparation José Fernando Gomes Júnior Poliana Bentes de Almeida Jornalismo / Journalism EKO Estratégica em Comunicação Projeto Gráfico / Graphic Design Ivo Amaral Publicidade 3º Anuário Mineral do Pará 2014 3rd Pará State Mineral Yearbook Capa / Cover Roni Valle, Luis Claúdio Diagramação / Diagramming Romulo Façanha Fotografias / Photographs S3A Fotografia Acervo das empresas filiadas Apoio Técnico / Technical Support Alberto Rogério Silva Karine Rodrigues Versão em inglês / English Version Márcio Valle Dave Wolin Impressão / Printing Delta Gráfica e Editora Ltda O Anuário Mineral do Pará é uma publicação do SIMINERAL, que não se responsabiliza por conceito ou opiniões emitidas nas entrevistas e nos artigos assinados. Pará State Mineral Yearbook is a publication of SIMINERAL, it is not responsible for concept or opinions expressed in signed articles and interviews.

[close]

p. 6

2014.SIMINERAL - Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará. Qualquer parte desta obra poderá ser reproduzida, desde que citada a fonte. Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará - SIMINERAL Ficha Catalográfica Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará - SIMINERAL. Anuário Mineral do Pará - 3. ed. Belém: Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará. 2014. Conteúdo: entrevistas, artigos, reportagens, exportação, importação, produção, geração de empregos na cadeia produtiva mineral, royalties, meio ambiente sustentabilidade. 01. Qualidade e Futuro: vivências e trajetórias. 02. Pioneiros da Mineração do Pará. 03. Ações de Sustentabilidade. 04. Ações e Parcerias. 05. Dados da Mineração. Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará - SIMINERAL Casa da Mineração - Travessa Rui Barbosa, 1536 - Cep: 66035-220 Belém-PA Tel: 91-3230-4055 www.simineral.org.br

[close]

p. 7

01 Mensagem do Presidente - 06 Message from the President - 06 03 Entrevista: Raimundo Santos - Deputado Estadual - 11 Interview - Raimundo Santos - Congressman - 11 SUMÁRIO 02 Qualidade e futuro: Vivências e trajetórias - 09 Quality and Future: Experiences and Paths - 09 SUMMARY 4 04 Entrevista: Cristina Malcher - Prefeita de Rondon do Pará - 21 Interview - Cristina Malcher - Mayor of Rondon do Pará - 21 05 Entrevista: José Conrado dos Santos - Presidente da FIEPA - 27 Interview – José Conrado – President of Fiepa - 27

[close]

p. 8

06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 Uma iniciativa que transforma realidades - 35 An initiative that transforms realitie - 35 Elas fazem a diferença - 39 They make the difference - 39 16 17 18 19 20 21 22 23 Artigo: Fábio Abdala - 85 Article - Fábio Abdala - 85 Instituto Senai de Inovação – Tecnologias Minerais - 47 Senai Innovation Institute – Mining Technologies - 47 Entrevista: José Fernando Gomes Júnior - Presidente do SIMINERAL - 91 Interview – José Fernando Gomes Jr. – President of Simineral - 82 Uma mina de empregos - 55 A Gold Mine of Jobs - 55 SUMÁRIO Como fica a industria da mineração? - 98 What next for the mining industry? - 98 SUMMARY O maior do mundo terá o menor consumo de recursos hídricos - 61 The largest in the world will have the lowest water consumption - 61 Mineradoras implementam atividades sustentáveis no Pará - 105 Miners implement sustainable activities in Pará - 105 Artigo: Luciana da Costa Fonseca - 65 Article - Luciana da Costa Fonseca - 65 Pioneiros da mineração no Pará - 110 Pioneers of Mining - 110 Artigo: Marcel Souza - 69 Article - Marcel Souza - 69 Ações de sustentabilidade - 129 Sustainability Actions - 129 5 Artigo: José Fernando Coura - 75 Article - José Fernando Coura - 75 Ações e parcerias - 155 Action and Partnership - 155 Artigo: Jarbas Porto -78 Article - Jarbas Porto - 78 Dados da mineração - 173 Mining Data - 173 Artigo: Fernando Facury Scaff - 82 Article - Fernando Facury Scaff - 82

[close]

p. 9

MENSAGEM DO PRESIDENTE MESSAGE FROM THE PRESIDENT JOSÉ FERNANDO GOMES JÚNIOR 6

[close]

p. 10

José Fernando Gomes Júnior Presidente do Simineral President of Simineral

[close]

p. 11

Caros leitores Com orgulho, apresentamos a 3ª edição do Anuário Mineral do Pará. Uma iniciativa que vem rendendo bons frutos ao longo dos anos, já sendo considerado um marco na história da mineração e uma importante fonte de pesquisa no Pará e no País. As informações desta publicação retratam de maneira eficiente a atividade mineral paraense. Com projetos desenvolvidos há, pelo menos, três décadas na região, a indústria da mineração buscou conviver de forma harmônica com a natureza e, hoje, emprega as mais modernas tecnologias existentes para ajudar a preservá-la, ao mesmo tempo em que gera riqueza e desenvolvimento social para a região. O Anuário Mineral do Pará é o maior exemplo disto! Com o tema “Mineração Sustentável. Um legado para nossa gente”, a publicação visa mostrar para a sociedade uma mineração sustentável, consciente, responsável e que multiplica nossos recursos e gera riqueza para a nossa terra, para a nossa gente. Nas próximas páginas desta edição, agora na versão português-inglês, você terá contato com todas as etapas da cadeia mineral, desde o conhecimento dos minerais até a sua aplicação na produção de riquezas, além dos vários aspectos de suas utilidades e aplicações. Informações sobre tecnologia, mão de obra e sobre fornecedores do setor, além de outros assuntos de grande importância, também estão presentes. Os depoimentos de importantes personalidades ligadas ao setor também estão contemplados, através de interessantes relatos de suas vivências e experiências. A história da mineração no Pará, desde os seus primórdios, é contada no capítulo “Pioneiros da Mineração”. Nosso orgulho, portanto, é ainda maior de poder constatar, com dados, o crescimento econômico e a responsabilidade socioambiental do setor mineral no Pará. Os números deste ano comprovam o avanço do setor mineral. Até 2018, a Indústria de Mineração investirá US$ 34 bilhões no Pará. Outros US$ 13 bilhões serão investidos em infraestrutura, transformação mineral e outros negócios (biodiesel, por exemplo). Ao todo, o SIMINERAL projeta investimentos de US$ 47 bilhões ao longo da cadeia produtiva mineral, que atualmente responde por 271 mil empregos diretos e indiretos e deverá receber mais 99 mil até 2018. Também nos orgulha informar que, com o apoio de nossos patrocinadores e anunciantes, doaremos a versão digital a 3.000 escolas públicas estaduais, bem como a todas as Instituições de Ensino Superior, como forma de fomentar o conhecimento dos estudantes pela mineração. A cada ano, nossa representatividade aumenta com a aprovação da sociedade, que reconhece nosso trabalho para o fortalecimento não apenas de nosso segmento, mas do estado e do país. Sua leitura é indispensável! Dear Readers, We proudly present the 3rd edition of the Pará State Mineral Yearbook. An initiative that has been bearing fruit over the years, has already been considered a landmark in the history of mining and an important source of research in Pará and in Brazil. The information in this publication efficiently portrays the mineral activity in Pará. With projects developed over at least three decades in the region, the mining industry has sought to live harmoniously with nature, and today employs the most modern technologies to help preserve it, while generating wealth and social development for the region. The Pará State Mineral Yearbook is the greatest example of this! With the theme "Sustainable Mining, a legacy for our people ", the publication aims to show society a mining activity that is sustainable, aware, responsible and which multiplies our resources and generates wealth for our land, for our people. In the next few pages of this issue, now in the Portuguese-English version, you will have contact with all stages of the mineral supply chain, from the knowledge about the minerals to their application in the production of wealth, in addition to various aspects of their uses and applications. Information on technology, labor, and on industry suppliers, and other matters of great importance, are also present. The testimonies of important personalities related to the sector are also contemplated through interesting stories of their experiences. The history of mining in Pará, since its inception, is told in the chapter "Pioneers of Mining." Our pride is therefore even greater to be able to verify, through data, the economic growth and environmental responsibility in the mining sector in Pará. The numbers this year show the progress of the mining sector. By 2018, the Mining Industry will invest US$34 billion in Pará. Another US$13 billion will be invested in infrastructure, mineral beneficiation and other businesses (biodiesel, for example). Altogether, SIMINERAL projects investments of US$47 billion throughout the mineral supply chain, which currently accounts for 271,000 direct and indirect jobs and should create 99 thousand more by 2018. We are also proud to inform that with the support of our sponsors and advertisers, we will donate the digital version to 1,200 public schools in the state, as well as all higher education institutions, as a way to foster students' knowledge on mining. Each year, our representativeness increases with the approval of society, which recognizes our work to strengthen not only our industry, but the state and the country. Your reading of this yearbook is indispensible! 8 José Fernando Gomes Júnior Presidente do Simineral President of Simineral

[close]

p. 12

9 QUALIDADE E FUTURO VIVÊNCIAS E TRAJETÓRIAS QUALITY AND FUTURE: EXPERIENCES AND PATHS

[close]

p. 13

Crédito: Vale

[close]

p. 14

11 "Neste ano, a Frente irá itensificar a maratona de viagens e iniciativas, participando de importantes ações que reconhecem a relevância do papel da mineração no Pará." This year, the Front will intensify the marathon of trips and initiatives, participating in important actions that recognize the important role of mining in Pará. Raimundo Santos Deputado Estadual Congressman

[close]

p. 15

Raimundo Santos | Deputado Estadual | ENTREVISTA Interview - Raimundo Santos - Congressman Qual foi a atuação da Frente em relação ao derrocamento do Pedral do Lourenço para permitir a navegabilidade do rio Tocantins? A Frente empreendeu uma série de gestões na luta incessante em favor do derrocamento do Pedral do Lourenço, obra necessária para permitir a navegabilidade do rio Tocantins em, aproximadamente, 500 quilômetros, entre Marabá e Vila do Conde. Ainda no final de 2012, por meio do Requerimento nº 352/2012, aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, havíamos solicitado informações à Presidência da República e a diversos órgãos federais sobre a verdadeira situação daquele empreendimento, que sofrera inesperados reveses, depois de já ter sido publicado no DOU, em 19.05.2011, o nome da empresa vencedora no respectivo certame licitatório, a saber: os recursos pertinentes foram retirados do orçamento do PAC, em agosto de 2011; no mesmo ano, no dia 19 de dezembro, aquele Processo Licitatório foi anulado; e, posteriormente, já em 2012, a licença ambiental foi cancelada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente/SEMA. Em resposta ao nosso Requerimento, no dia 14.01.2013, foi-nos prestada a preocupante informação de que prosperava, no governo federal, a ideia de que “a realização do trecho da Ferrovia Norte-Sul, entre Açailândia(MA) e Barcarena(PA) tornaria desnecessária a realização do derrocamento do Pedral do Lourenço na hidrovia do Tocantins” e, ademais, a implantação do complexo siderúrgico de Marabá estaria sendo redirecionada de Marabá para outro Estado da Federação. Naquela mesma data - 14.01.2013 -, em reunião extraordinária, a Frente se reuniu na Casa da Mineração, para debater o assunto, com a participação de representantes do Simineral, Fiepa, Faepa, Associação Comercial do Pará, Fecomércio, CDL, Aspas, Federação dos Trabalhadores da Indústria do Estado do Pará, Fórum das Entidades Empresariais e OAB. Ao final da reunião, decidiu-se pela adoção de importantes ações que constaram de dois Requerimentos da Frente à Assembleia Legislativa do Estado do Pará, de nºs 01 e 02/2013, subscritos What was the role of the Front in relation to the overthrow of the Pedral do Lourenço (Lourenço Gatestone) in allowing the navigability of the Tocantins River? The Front undertook a number of efforts in the relentless struggle for the overthrow of the Pedral do Lourenço, work required to allow the navigability of the Tocantins River, for approximately 500 kilometers between Marabá and Vila do Conde. Even in late 2012, through Motion No. 352/2012, approved unanimously by the Legislature, we had requested information of the Presidency and various federal agencies about the true situation of that project, which suffered unexpected setbacks, after the name of the winning company in its bidding process having been published in the DOU on 19.05.2011, to know: the relevant resources were removed from the PAC budget in August 2011; the same year, on December 19, that bidding process was canceled; and subsequently, in 2012, the environmental license was canceled by the State Department of the Environment/SEMA. In response to our Motion, on 1/14/2013, we were given the alarming information that the idea thrived in the federal government that "the completion of the stretch of the North-South Railroad between Açailândia (MA) and Barcarena (PA) would make it unnecessary to complete the overthrow of the Pedral do Lourenço in the Tocantins waterway” and moreover, the deployment of the Maraba steel complex would be redirected from Maraba to another State of the Federation. On the same date – 1/14/2013 - at an extraordinary meeting, the Front met in the House of Mining to discuss the issue, with the participation of representatives of Simineral, Fiepa, Faepa, the Commercial Association of Pará, Fecomercio, CDL, Aspas, the Federation of Industry Workers of the State of Pará, the Business Entities Forum and OAB. At the end of the meeting, it was decided to adopt important actions that consisted of two Motions by the Front to the Legislative Assembly of 12

[close]

Comments

no comments yet