Eco da Tradição mes de Março de 2014

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Eco da Tradição de Março

Popular Pages


p. 1

ECO DA TRADIÇÃO - ANO XII - Nº 151 - MARÇO 2014 Airto Glademir Timm presidirá a Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul Página 12 Opinião: Zé Roberto fala sobre a produção de um evento Fotos: Rogério Bastos OPINIÃO A importância da avaliação dos evento Timm (C), ao lado do mestre Nilton Brum Pág. 02 TV alemã visita o Recanto Borghetti e faz documentário EVENTOS Curiosidades sobre o Entrevero Pág. 03 CURSOS Agenda completa de 2014 Pág. 04 MTG leva reivindicações às diversas esferas do governo Foto: Rogério Bastos Página 02 Página 07 PELO RS Maus tratos causa punição na Vacaria Pág. 06 Nos primeiros 45 dias, diretoria do MTG acompanha as posses de todas as coordenadorias e é recebida por deputados e pelo governador TURISMO NO SUL Cachoeira do Sul - “Terra do arroz” Pág. 09 NOTICIAS 35 CTG no Marcas de quem decide Pág. 13 PIÁ 21 Trabalhando datas importantes Encarte Central Capitaneados pelo Secretario do Trabalho, Luis Augusto Lara, conselheiro honorario do MTG, comitiva foi recebida pelo governador do estado

[close]

p. 2

2 Ano XII - Edição 151 Março de 2014 EDITORIAL Manoelito Carlos Savaris - Presidente OPINIÃO José Roberto Fischborn Vice-presidente de Eventos do MTG Um boi pra não entrar. Uma boiada pra não sair Rua Guilherme Schell, 60 Porto Alegre / RS CEP: 90640-040 Email: imprensa@mtg.org.br www.mtg.org.br mtg-rs.blogspot.com wp.clicrbs.com.br/mtg Contato: 51. 3223-5194 Aprendemos desde pequenos que a cada momento, a cada oportunidade, temos a opção de escolher. Só o ser humano tem essa virtude, de poder escolher entre duas ou mais opções, de forma livre, soberana e madura. As “escolhas” que os demais seres vivos fazem, sempre serão definidas pelos seus instintos, nunca por suas capacidades de discernimento ou por decisão voluntárias. No momento em que decidimos, livremente, assumir papéis preponderantes nas instituições, sabemos que muitas situações nos aguardam: umas boas e gratificantes, outras, duras, ásperas, que exigem uma dose de renúncia e firmeza que nos causa desconforto ou tristeza. O Movimento Tradicionalista Gaúcho (em qualquer das suas instâncias) exige de seus dirigentes clareza de objetivos, honestidade de propósitos e precisão na tomada de decisões. Estas três questões são determinadas basicamente por dois documentos: a Carta de Princípios e o Estatuto das entidades (especialmente o artigo que define os seus objetivos). A nossa Carta de Princípios, documento basilar, é taxativo e nos determina comportamento ético que não permite personalismos, não aceita desvios de conduta, não suporta ações que tratem a tradição, o folclore ou a cultura em geral de forma inadequada. Não há espaço no meio tradicionalista – segundo a nossa Carta de Princípios – para aqueles que querem se beneficiar ou para aqueles que querem levar vantagem pessoal na exploração dos aspectos organizacionais do Movimento. Avaliando seu evento Geralmente nos preocupamos em organizar e na sequencia realizar os eventos, mas e depois, como ficaram as coisas? O evento foi encerrado com sucesso? Como saber se os resultados foram satisfatórios? Bom, pode ser que muitos não se deem conta que tão importante quanto organizar e executar, é a realização de algumas ações após o evento, alguns cuidados para garantir o encerramento com chave de ouro. Existem algumas ações básicas a serem realizadas, não importando o tamanho do evento, seja ele de pequeno, de médio ou de grande porte, que ajudam nesse fechamento e que não podemos deixar de fazer. • Vistoria do Local: é essencial que façamos uma vistoria do local onde o evento ocorreu. É importante analisar questões como limpeza do local e a devolução de todos os materiais locados. Vistoriar com a finalidade de assegurar que tudo foi finalizado conforme planejado, pois um simples descuido pode desencadear comentários indesejados e prejudicar a reputação do evento. Lembre-se de planilhar os itens a serem vistoriados. • Ouvir o seu público: é uma das ações de grande importância, pois expressam a visão do público sobre seu evento, é estabelecer um contato, com o intuito de receber um retorno sobre seu evento. A pesquisa de opinião é uma grande ferramenta, pois nos proporciona informações úteis para que se repense as estratégias ou as deixe como estão nas novas edições do evento. • Análise do evento: por fim, é uma das ações mais importantes a serem aplicadas ao final do evento, é quando realizamos uma checagem dos acontecimentos e a sua avaliação, para a correção ou não na próxima edição. Para facilitar faça uma lista com os pontos negativos e outra com os pontos positivos, assim ficará mais fácil a aplicação das ações em benefício do evento. Além do famoso questionário sobre o evento, hoje existem novas formas de obter um retorno do público, uma delas é criar perfis do evento na web (redes sócias) e ali estabelecer um canal direto de comunicação com o público participante, ouvindo suas sugestões e atuando dinamicamente na aplicação das soluções. Através de ações simples podemos garantir o sucesso de nossos eventos. Aplique, experimente, faça o melhor pelo seu evento, e depois, ouça o seu público, trate-o bem, lembre-se: a boa impressão do seu evento ajudará a garantir a realização das novas edições. EXPEDIENTE: SUPERVISÃO: Manoelito Carlos Savaris DIREÇÃO GERAL: Nairioli Callegaro DIREÇÃO DE REDAÇÃO: Rogério Bastos DIAGRAMAÇÃO E DESIGN: Liliane Pappen CONSELHO EDITORIAL: Nairioli Callegaro, Odila Paese Savaris e Gustavo Bierhaus JORNALISTAS RESPONSÁVEIS: Rogério Bastos (16.834) Liliane Pappen (16.835) Fúlvio Lopes (16.200) ESTÁGIO E REVISÃO: Ticiana Leal COMERCIAL E EXPEDIÇÃO: Rejane Azevedo IMPRESSÃO: Zero Hora TIRAGEM: 3 mil exemplares “O Movimento Tradicionalista Gaúcho exige de seus dirigentes clareza de objetivos, honestidade de propósitos e precisão na tomada de decisões” Pelear contra iniciativas que somente visam atender a interesses pessoais que visem vantagem financeira, vantagem política, benefícios midiáticos, ou qualquer outra forma de vaidade, é difícil e exige persistência e firmeza. Somente quem se estriba na tradição e na formação sociológica do povo gaúcho poderá enfrentar argumentos que se instalam a partir de oferecimento de vantagens. Lutar contra aqueles que querem transformar os aspectos culturais da sociedade gaúcha em simples “fazer esportivo” custa muito das nossas energias, mas é um dever de todos aqueles que se dispõem a ser dirigentes. Patrões de CTGs e Piquetes, coordenadores regionais, membros dos mais variados conselhos, presidente do MTG, etc. são pessoas que tem o compromisso moral de defender o Movimento e a tradição gauchesca. Todos são dirigentes por escolha voluntária. Todos decidiram voluntariamente e juramos orgulhosamente: cumprir e fazer cumprir! De minha parte, vou cumprir o que determinam as normas, até que sejam alteradas ou eliminadas. Vou ser intransigente no que é fundamental para a preservação do Movimento. Vou ser incondicional parceiro de todos os que exigirem e cumprirem tudo aquilo que for destinado à preservação da cultura e das tradições. Podemos transigir, ser tolerantes ou negociar naqueles aspectos que sejam meras formalidades ou simples elementos de organização, mas jamais vamos aceitar que aspectos fundamentais da tradição e elementos basilares da ética tradicionalista sejam agredidos impunemente. Repito o que tenho dito ao longo destes últimos 20 anos: “meu compromisso é com a tradição e com a história, se não for para preservar a cultura regional e a identidade social do gaúcho, não contem comigo.” Entrei na briga por vontade própria e bem acompanhado! Dei um boi pra entrar nessa lida e darei uma boiada pra não sair dela antes de cumprir a missão! Espero que todos os tradicionalistas e, especialmente, os dirigentes estejam do meu lado pois a peleia que se avizinha será daquelas que ficam na história. Atendimento 09 às 12 horas e das 13 às 18 horas De segunda a sexta-feira Valores da Anuidade R$ 858,89 Plena R$ 737,56 Parcial R$ 454,45 Especial Estudantis R$ 130,89 40% do valor é repassado às RTs. Março Valor MTG: PRESIDENTE: Manoelito Carlos Savaris VICE PRESIDENTE DE ADMINISTRAÇÃO: Nairioli Callegaro VICE PRESIDENTE DE CULTURA: Elenir Winck VICE PRESIDENTE DE EVENTOS: José Roberto Fischborn VICE PRESIDENTE DE FINANÇAS: Gerson Ludwig REFLEXÃO Não nos responsabilizamos pelas opiniões publicadas no jornal “ Sua riqueza não esta nas coisas que você possui, mas sim naquelas que você jamais trocaria por dinheiro...” Por ir Elom a t Mal (Mac Anderson)

[close]

p. 3

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 3 ENTREVERO CULTURAL DE PEÕES AGENDA DO MTG MARÇO 08 – Sábado - 2ª Reunião do Conselho Diretor - Canoas 08 - Sábado - 27º Seminário Estadual de Prendas e Peões - Canoas 11 – Terça - Encerramento das Inscrições para o Entrevero Cultural de Peões (MTG) 15 – Sábado - Cfor Básico - Sede do MTG 22 – Sábado - 3ª Reunião Ordinária de Coordenadores Regionais ABRIL 08 - Terça - 2ª Reunião de Diretores Culturais 10, 11 e 12 - Quinta a Sábado - 26º Entrevero Cultural de Peões - Giruá 16 – Quarta - Encerramento das Inscrições da 44ª Ciranda Cultural de Prendas (MTG) 21 – Quarta - Encerramento das inscrições 26ª FECARS 26 – Sábado - Reunião com os Conselhos de Ética das Regiões MAIO 1 a 4 - Quinta a Domingo - 26ª Festa Campeira do RS - FECARS 3 – Sábado - 15º Seminário da Cultura Campeira 3 – Sábado - 3ª Reunião do Conselho Diretor (Sede do MTG) 16 e 17 - Sexta e Sábado - 44ª Ciranda Cultural de Prendas - Santa Maria 28 – Quarta - Cfor para Narradores - Santa Maria 28 – Quarta - Encerramento das inscrições da 45ª Ciranda de Prendas (Fase Regional) JUNHO 7 – Sábado - 4ª Reunião Ordinária dos Coordenadores Regionais (Sede do MTG) 7 – Sábado - 3ª Reunião dos Diretores Culturais das RT´s (Sede do MTG) 21 – sábado - 4ª reunião ordinária do Conselho Diretor (entrega das provas da ciranda e entrevero regionais) 28 – Sábado - 45ª Ciranda Cultural de Prendas (FASE REGIONAL) 28 – Sábado - 27º Entrevero Cultural de Peões (FASE REGIONAL) JULHO 12 e 13 - Sábado e Domingo - Cfor Avançado - 1ª Etapa - Sede MTG 25 – Sexta - Inscrições para o ENART - PRAZO FINAL 26 e 27 - Sábado e Domingo - 79ª Convenção Tradicionalista - Caxias do Sul (A confirmar) 29 – Terça - Sorteio da Ordem de Apresentação das Inter-regionais (Sede MTG) AGOSTO 2 e 3 - Sábado e Domingo - 1ª INTER-REGIONAL DO ENART - CAMAQUÃ 16ª RT 16 – Sábado - ACENDIMENTO DA CHAMA CRIOULA – CRUZ ALTA - 9ª RT 30 e 31 - Sábado e Domingo - 2ª INTER-REGIONAL DO ENART - IJUÍ - 9ª RT 30 – Sábado - 5ª Reunião Coordenadores Regionais e Diretores Culturais das RTs e 5ª Reunião Ordinária do Conselho Diretor SETEMBRO 14 a 20 - Semana - SEMANA FARROUPILHA – 27 e 28 - - Sábado e Domingo - Cfor Avançado - 2ª Etapa - Sede MTG 27 e 28 - Sábado e Domingo - 3ª INTER-REGIONAL ENART - URUGUAIANA - 4ª RT OUTUBRO 11 e 12 - Sábado e Domingo - 4ª INTER-REGIONAL DO ENART – CACHOERINHA - 1ª RT (A confirmar) 18 e 19 - Sábado e Domingo - Aberto de Esportes Definir - Sábado - 24° Tchencontro da Juventude Tradicionalista 25 – Sábado - Aniversario do MTG - 48° Aniversário, Medalha Barbosa Lessa e João Carlos de Moura, Títulos da ORCAV Comenda João de Barro - Lagoa Vermelha 28 - Terça - Sorteio da Ordem de Apresentação da Final do ENART (MTG) NOVEMBRO 1º – sábado - 6ª Reunião de Coordenadores Regionais e 6ª Reunião ordinária do Conselho Diretor 14 a 16 - Sexta a Domingo - FINAL DO ENART Santa Cruz do Sul 15 – Sábado - 15ª Mostra de Arte e Tradição Gaúcha - Santa Cruz do Sul Curiosidades do Entrevero de Peões ... em 1991, por determinação da 32ª Convenção Tradicionalista, o concurso de peões passou a ser realizado junto à Festa Campeira do RS, onde foram criados os “destaques” artístico, cultural e campeiro. Tabela de títu... A partir de 1992 o concurso de peões 2001 15ª RT los estaduais passou a ter a sua data própria para realização do evento máximo da peonada 2002 30ª RT 1989 4ª RT gaúcha. 1990 15ª RT 2003 30ª RT ... Em 1995 o concurso de peões do esta1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 12ª RT 13ª RT 23ª RT 23ª RT 21ª RT 11ª RT 1ª RT 20ª RT 16ª RT 3ª RT 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 3ª RT 9ª RT 16ª RT 9ª RT 16ª RT 23ª RT 11ª RT 11ª RT 9ª RT 3ª RT do ganhou mais uma categoria, eram os juvenis ocupando seus espaços. Surgia o concurso de Guri Farroupilha. ... No ano de 2002, por iniciativa da Diretoria do MTG, o concurso passou a ser denominado Entrevero Cultural de Peões. ... As regiões que mais vezes levaram o título de Peão Farroupilha do Rio Grande do Sul foram a 3ª RT, 9ª RT, 11ª RT, 16ª RT e a 23ª RT, todas com 3 títulos. Seguem com dois troféus farroupilhas a 15ª RT e a 30ª RT. Com um, vem em seguida, a 1ª RT, 4ª RT, 12ª RT, 13ª RT 20ª RT e 21ª RT. Entrevero Cultural de Peões do Rio Grande do Sul PROGRAMAÇÃO Local do Evento: Parque Municipal de Exposições Olmiro Callai 26º 10/4/2014 - Quinta-feira 16h – Recepção e credenciamento 19h30min – Missa Crioula – Paróquia Sagrado Coração de Jesus 20h30min – Jantar – Sede do Piquete Nativista Giruá 11/4/2014 - Sexta-feira 7h – Café - Sede do Piquete Nativista Giruá 8h – Hasteamento dos Pavilhões 9h – Prova Escrita – Pavilhão do Comércio – Palco A 11h30min – Almoço - Sede do Piquete Nativista Giruá 13h30min – Inicio das Provas Artísticas: - Peões - Pavilhão do Comércio - Palco A - Guris - Pavilhão da Praça da Alimentação - Palco B 19h - Jantar – Sede do Piquete Nativista Giruá 20h30min – Sessão Solene de Instalação do Entrevero Cultural de Peões - Pavilhão do Comércio – Palco A 12/4/2014 - Sábado 7h - Café - Sede do Piquete Nativista Giruá 08h15min – Sessão Solene de Abertura das Provas Campeiras – Pista de Rodeio do Piquete Nativista Giruá. 08h30min – Início das Provas Campeiras - Pista de Rodeio do Piquete Nativista Giruá 12h - Almoço - Sede do Piquete Nativista Giruá 13h30min – Reinicio das Provas Campeiras 20h – Jantar - Sede do Piquete Nativista Giruá 22h30min – Fandango de Divulgação dos Resultados - Pavilhão do Comércio – Palco A – Parque Municipal de Exposições Olmiro Callai INGRESSOS R$ 25,00. Obrigatório uso de pilcha. TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 4

4 PROSEANDO COM TENÊNCIA Ano XII - Edição 151 Março de 2014 MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO Por Rogério Bastos Casos e Acasos Foco – Como atingir o objetivo É muito comum na vida e no trabalho perdermos o foco. Esse é um dos principais motivos que nos impedem de atingir nossos objetivos. Para isso, precisamos conhecer bem o alvo e nos concentrarmos firmemente nele. Focar é fazer que toda nossa energia e concentração estejam direcionadas para este alvo. As principais causas da falta de foco são: - falta de clareza de objetivos, - excesso de objetivos e dificuldades de estabelecer prioridade, - distrações provenientes de outros interesses e compromissos. Quando conhecermos nosso alvo e nos concentrarmos em atingi-lo, adquirimos um extraordinário poder de realização. Saber priorizar nossos esforços é fundamental para obter sucesso. Mas não se esqueça de olhar ao redor para perceber o todo. Esteja sempre atento a tudo, sempre alerta aos acontecimentos que podem ajudá-lo a atingir o seu objetivo. Cursos do MTG em 2014 Depósito Banrisul - Ag.: 0100 - C/c 06.066982.0-3 em nome de Movimento Tradicionalista Gaúcho Enviar comprovante com nome e telefone para 51 3223-5194 ou e-mail para cursos@ mtg.org.br. Os contatos podem ser feitos com a Luciana Borges. Março Dia Curso Hora Valor Endereço 15 15 22 29 Sábado Sábado Sábado Sábado Cfor Básico Jovens Voluntários Mód I Encontro de Avaliadores Prendas e Peões Painel Artístico - Danças Tradicionais, Chula, Danças Gaúchas de Salão, Música e Manisfestações Individuais (Declamação, causo, trova) 9 às 18 9 às 18 9 às 18 9 às 18 R$ 35,00 R$ 40,00 R$ R$ 60,00 Sede do MTG - Porto Alegre Sede do MTG - Porto Alegre Parque da Harmonia - Porto Alegre A confirmar - Sta Cruz do Sul Abril 5 Sábado Segunda Painel de Indumentária Juízes de Campeira 9 às 18 9 às 18 R$ 50,00 R$ 70,00 Sede do MTG - Porto Alegre CTG Laço Velho Bento Gonçalves Sede do MTG - Porto Alegre Parque da Harmonia - Porto Alegre AT Estância do Minuano - Santa Maria Local a confirmar Tristes partidas Vidas interrompidas muito cedo. Ingrid Mirella Arruee, do GTC 20 de setembro, de Xangri-lá e o menino, chuleador, Thales Garcia, de Canoas. Quando nós viemos a descobrir que nada na vida é definitivo como gostaríamos que fosse, inclusive ela, a vida, compreendemos o quanto é inútil o orgulho, o quanto são tolas as disputas e quão pequenos são os valores monetários que temos. E entendemos o quanto são incoerentes as mágoas que guardamos das pessoas. Descansem em paz e encontrem o caminho da luz queridos, nós ficaremos aqui tentando dar objetivo à aquilo que tanto vocês gostavam. 21 Maio 24 24 25 Sábado Sábado quartafeira Sábado Jovens Voluntários Mód II Encontro de Avaliadores Prendas e Peões Curso de Narradores Painel Artístico - Danças Tradicionais, Chula, Danças Gaúchas de Salão, Música e Manisfestações Individuais (Declamação, causo, trova) 9 às 18 9 às 18 9 às 18 R$ R$ R$ 70,00 31 9 às 18 R$ 60,00 Cerimonialista - Fique atento Viajando bastante, para cobrir as posses de diversas coordenadorias regionais e outros eventos, tenho visto os mais diversos mestres de cerimônias do estado. Quanta dificuldade. Durante bastante tempo, nesta coluna, escrevemos sobre a importância do cerimonial e protocolo nas atividades tradicionalistas. Pré-produção, produção e pós-produção são elementos fundamentais para uma atividade tão importante. Postura: O cerimonialista não deve ficar caminhando no palco. Deixa o microfone no pedestal e lê o que foi previamente estudado e escrito (de preferência sem improvisos). Mesa: As pessoas são colocadas à partir do centro, uma para a direita e outra para a esquerda (na posição de quem esta na mesa, não no auditório). De composição planejada, não deve ter muita gente à mesa. Coloca-se as autoridades previamente em seus lugares (podendo identificar com os nomes) e depois as cita. Discursos: os pronunciamentos obedecerão a ordem inversa à precedência das autoridades. A maior autoridade deverá ser a ultima a se pronunciar. Nunca se coloca a “palavra” à disposição de “quem quiser se pronunciar” – Isso acaba com o cerimonial – Bandeiras: Do Brasil em posição de destaque sempre. Quando for em numero par as Bandeiras do Brasil e do Rio Grande do Sul formarão um centro, ficando a segunda, à esquerda da primeira, as demais seguirão a distribuição pela ordem de precedência, sucessivamente, à direita e a esquerda das duas que formam o centro. Quando o numero for impar, a do Brasil fica ao centro, RS do lado direito desta, do município à esquerda e assim, sucessivamente. O cerimonialista não deve ficar cumprimentando os conhecidos, improvisando agradecimentos, ou fazendo pronunciamentos próprios. Por isso é montado um protocolo, escrito, estudado, preenchido: Para ser lido. Acompanhe as noticias pelas redes sociais: www.rogeriobastos.com.br e www.facebook/RogerioBastos 12 13 Sábado Domingo Julho Cfor Avançado - Mod I Cfor Avançado - Mod I 9 às 18 9 às 18 R$ 150,00 Sede do MTG - Porto Alegre Sede do MTG - Porto Alegre Sede do MTG - Porto Alegre Sede do MTG - Porto Alegre Outubro 18 19 Sábado Domingo Cfor Avançado - Mod II Cfor Avançado - Mod II 9 às 18 9 às 18 R$ R$ - Circular aos Diretores Culturais das RTs Comunicamos que, para atender a necessidade das regiões tradicionalistas, propomos que, para o CURSO DE AVALIADORES DE PRENDAS E PEÕES que será realizada no dia 22 de março, na cidade de Porto Alegre, participem cinco (5) integrantes de cada região, compondo a representação: o diretor(a) Cultural, dois integrantes para a campeira e dois integrantes que abrangem as demais provas. Agradecemos atenção e aguardamos a presença de todos com um bom mate! Elenir de Fátima Dill Winck Vice-Presidente de Cultura MTG/RS Odila Paese Savaris Coordenadora do Departamento de Cursos MTG/RS

[close]

p. 5

Ano XII - Edição 151 DEPARTAMENTO JOVEM Março de 2014 RECUERDOS 5 Por Maria Angélica Saraiva - Diretora e Murilo Andrade - Vice-diretor Departamento Jovem: meio de comunicação e integração na entidade Transcorrendo este primeiro mês de mandato à frente do Departamento Jovem do Movimento Tradicionalista Gaúcho, voltamos nosso pensamento para rememorar o que já conseguimos realizar, os primeiros passos dados no intuito de realizar um bom trabalho em todo o restante do ano que temos pela frente e também para refletir sobre os desafios que ainda hão de surgir. Realizar um projeto voltado para jovens, e especialmente jovens tradicionalistas realmente é uma grande responsabilidade, pois dentro do tronco do tradicionalismo, os brotos que simbolizam o futuro também podem parecer significar os diversos ramos/campos que podemos participar dentro de um Movimento como o nosso. São Departamentos Campeiros, Artísticos, Esportivos, Sociais, Jovens, Culturais, entre outros que poderíamos elencar, e de todos estes temos a convicção que a parte Cultural é a que proporciona o alicerce para os demais, porém o que notamos muitas vezes é um distanciamento entre os departamentos. Diante todo o exposto logo acima, uma reflexão pode ser feita e constatada: os jovens são a maioria dos que integram os departamentos (invernadas) das entidades. Aí surge a figura e um dos papeis do Departamento Jovem, ser um meio de comunicação e integração entre a Invernada Cultural e as demais invernadas das entidades. Acreditamos que o verdadeiro sentido de ser tradicionalista se perde quando não sabemos do real motivo de estarmos dentro de um galpão de CTG e quando não conhecemos a origem de nosso povo. Esta é uma meta que devemos alcançar, pois queremos jovens que tenham interesse e que conheçam sobre as coisas do nosso Estado, nossas raízes. Sabemos da importância de caminharmos juntos em prol de um tradicionalismo cada vez mais consciente de sua origem e de suas atuais atribuições, afinal de contas todos os ramos da nossa tradição se complementam e tem a mesma importância. Enquanto Diretores do Departamento Jovem do Movimento Tradicionalista Gaúcho queremos criar esse sentimento no coração de cada jovem e também motivá-los a permanecer dentro do Movimento e que eles despertem o desejo de buscar aprimorar seus conhecimentos acerca de tudo o que envolve e já envolveu a construção do povo gaúcho e de nosso Movimento organizado. Há 10 anos o Eco da Tradição publicava: ... O colapso do sistema hídrico é tema da campanha da fraternidade (menos de 0,25% da água do planeta é disponível e própria para o consumo; ... Prepare o laço para a 16ª FECARS em Gravataí; ... Porto Alegre comemora 232 anos; ... Entrevista com Maria Valesca de Assis Brasil: Primeira mulher a presidir o Conselho Estadual de Cultura; ... 19º Carijo da Canção Gaúcha, inscrições abertas até 22 de abril de 2004; ... Mais de uma tonelada de alimentos foram arrecadados em campanha promovida pela 1ª prenda mirim da 12ª região tradicionalista, Mariana Santos Soares, doadas durante atividades no calçadão e na 2ª Canoa do Canto Nativo; ... Governo do Estado do RS cria programa 1º credito para a juventude rural para financiar atividades agropecuárias, agrosivicultura, turismo rural, agroturismo, artesanato rural e aquicultura; ... CTG Vaqueanos da Praia do Pinhal, em 2004, foi eleito para o COREDE. O patrão do CTG era João Olicio de Oliveira; ... Tradição e Cultura: 29 anos no ar. Programa do CTG Porteira das Missões, de Cerro Largo, da 3ª RT produz e realiza o programa desde 1975; ... Chasque do MTG entrava no ar dia 08 de março pela rádio rural am 1120. TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 6

6 PELO RIO GRANDE Ano XII - Edição 151 Março de 2014 Em São Gabriel, cuidar a saúde é fundamental A primeira prenda mirim do CTG Querência Xucra, Júlia Modernel, está realizando um belo trabalho dentro do tema “MTG em defesa da saúde e bem estar do tradicionalista”. Durante os eventos em seu município, ou promovidos pela 18ª região tradicionalista, Júlia monta um mini posto de atendimento, onde presta orientação sobre a importância da verificação periódica da pressão arterial e proporciona aos participantes dos eventos verificação de pressão distribuindo cartões personalizados estimulando as pessoas a terem o hábito de pelo menos uma vez a cada 15 dias verificar a pressão. Acompanha Júlia nesta atividade o auxiliar de enfermagem, Claiton Modernel. Outra atividade desenvolvida pela prenda, dentro do tema, é a campanha de doação de sangue, com o objetivo de conseguir doadores voluntários. A atividade também é realizada durante os eventos, junto aos associados de sua entidade e das entidades do município de São Gabriel. Júlia acompanha os voluntários engajados a sua campanha até a agência transfusional, do hospital da Santa Casa de Caridade de São Gabriel, onde cadastra os doadores e acompanha a doação de sangue. Como a própria prenda diz, “DOAR SANGUE É SIMPLES, RÁPIDO E NÃO DÓI. Todo ser humano, em boas condições de saúde, pode doar sangue sem qualquer risco ou prejuízo a sua saúde”. Fica ai a mensagem da Júlia! CCN realiza a 6ª Cavalgada do Jovem Sentinela Aconteceu no último final de semana de fevereiro, a 6 edição da Cavalgada do Jovem Sentinela, evento realizado pelo 1º Peão Farroupilha Pablo Da Silva Nogueira, 1º Guri Farroupilha Arthur da Silva Mendonça ambos do Centro Cultural Nativista Sentinela do Rio Grande juntamente com o 1º Guri Farroupilha da 6ª Região Tradicionalista, Mateus Dias Louzada. O evento foi realizado nos dias 21, 22 e 23 de fevereiro com um percurso aproximado de 27 quilômetros, tendo como o ponto de partida Fazenda Louzada, (estrada canal Corsan), na sexta feira dia 21/02 as 14h, seguindo pela estrada da Palma ate a fazenda Marcolino Brancão onde firmaram acampamento. Durante todo o sábado foram realizadas, a partir do horário do alvorecer, diversa oficinas como: café de Chaleira, cevar do mate, emalar o poncho, prova do tambor, prova de rédea, vaca parada, corrida do couro, brincadeiras campeiras como a pega do garninzé, corrida do tamanco e outras, houve também, oficinas de jogos campeiros como Bocha, Tetarfe e Truco. Esse evento, tradicional na entidade, tem como objetivo principal, a aproximação dos jovens com as atividades do gaúcho como as provas e brincadeiras campeiras que já estão ficando em desuso (algumas), na atualidade da vida do gaúcho e, também, mostrar aos jovens que querem concorrer aos títulos de Peões e Guris Farroupilhas algumas das provas que são cobradas nos concursos sejas da entidade, regional e também estadual. Aconteceram, também, palestras com titulados e representantes graduados. Foto: Rogério Bastos foto: Divulgação Presidente do MTG, Manoelito Savaris, participou, medindo a pressão Laçador é suspenso de rodeio por maus tratos Alan Soares, laçador de Nova Santa Rita, premiadíssimo em rodeios, errou uma armada ao disputar o laço pai e filho no rodeio da Vacaria e, irritado, teria batido na rês. O dono do gado usado nas provas, Amarildo Rech, disse que jovem bateu com o laço, não apenas na rês, mas também no seu próprio cavalo. “Errei, mas podiam ter me chamado pra conversar e não me expulsar” – disse Alan, que confessou a amigos que estaria disposto a fazer um pedido público de desculpas durante o rodeio. Após o incidente a comissão organizadora se reuniu e decidiu por excluir Alan Soares das provas. O caso foi monitorado pelo Ministério Público, que fez a fiscalização do bem estar animal, juntamente com a ONG “Amigo do Bicho”. Alan ainda tentou uma liminar na justiça para anular a punição, mas esta foi negada pela juíza, Carina Paula Falcão, baseada na decisão da comissão e no regulamento campeiro do estado, publicado pelo MTG. Peão e Guri do CCFN lideram a juventude em cavalgada Piquete Timbaúva, 15ª RT, realiza fórum da saúde As prendas do Piquete de Laçadores Timbaúva, realizam o 1º Fórum: “PORTÃO, PROMOVENDO O BEM ESTAR E A SAÚDE DOS TRADICIONALISTAS”. O evento acontecerá dia 15 de março, no Armazém da Cultura, localizado na Rua do Comércio nº 300 em Portão, à partir das 14 horas, onde serão abordados temas como: Doação de órgãos, o poder executivo, trabalhando para o melhoramento da saúde, e o judiciário, auxiliando na saúde. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 7

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 ESPAÇO DA CBTG 7 Por Erival Bertolini - Presidente ESPAÇO DO IGTF Por Rodi Borghetti - Presidente Equipe da Televisão Alemã grava no Rio Grande do Sul A manhã do dia 18 de fevereiro começou cedo no Recanto Borghetti, na Barra do Ribeiro. A movimentação de uma equipe de televisão alemã alterou a rotina da fazenda, que serviu de cenário para a realização de dois documentários que serão exibidos durante este ano no canal SND (Südwestrundfunk ), que pertence ao canal público ARD. O grupo comandado pela portuguesa Lourdes Picareta, que mora há trinta anos na Alemanha, colheu diversas imagens da lida campeira do Rio Grande do Sul. Três campeiros procederam ao trabalho da lida, comandados pelo capataz Carlos, da Fazenda do Pontal, e de seu filho Arthur (de apelido Zoreia) que, com apenas 10 anos de idade, impressionou por sua coragem e conhecimento. Foram feitos manejos de cavalos, gado bovino e ovelhas desde o campo até as mangueiras. Nas mangueiras houve aparte dos equinos e bovinos. Após no trabalho de mangueira foram feitos apartes de machos e fêmeas bovinos, tudo à cavalo. Após o campeiro Carlos falou e mostrou na prática como se doma potro chuero usando um rosílio de 2 anos e meio da fazenda, finalmente foi mostrado o nosso tradicional tiro de laço. O presidente do IGTF, Rodi Pedro Borghetti, foi entrevistado e falou com mais detalhes sobre a lida campeira, uma das manifestações mais importantes relacionadas com a identidade do gaúcho. Falou, também, rapidamente, sobre suas aventuras como Cavaleiro da Paz, grupo que já percorreu a cavalo quase toda a América do Sul, além de cavalgadas feitas em Portugal, Canadá, África do Sul, perfazendo um total aproximado de 13.000 quilômetros no lombo do cavalo. Esse material vai ser integrado ao documentário de 45 minutos “Homens, países e aventuras”, que mostra as andanças de um viajante pelo Brasil - do Oiapoque ao Chuí. Na frente das câmeras, a condução do programa está sendo realizada pelo Zé do Rock, escritor gaúcho radicado em Stuttgart há várias décadas. O documentário, segundo Lourdes, é semelhante aos programas feitos pela National Geographic, para a BBC. No trecho referente ao nosso estado, Borghetti, dono da fazenda, e seu filho Renato Borghetti recepcionaram os visitantes ilustres no Recanto. O final do documentário se tornou mais musical. Debaixo de uma figueira centenária e tendo como fundo o estuário do Rio Guaiba, Renato e os músicos, Napinha, e um dos professores dos alunos, acompanhados pelos meninos gaiteiros, que integram o “Projeto Fábrica de Gaiteiros”, do Instituto Renato Borghetti, mostraram um pouco da música feita no Rio Grande do Sul. Finalizada a filmagem na “Fazenda do Pontal”, a equipe alemã seguiu viagem em busca de imagens e histórias para o documentário de 90 minutos sobre a vinda dos alemães para o Estado há mais de um século. Toda essa programação deu-se por indicação do MTG, através de seu Presidente Manoelito Savaris, que indicou a “Fazenda do Pontal”, onde está instalado o Recanto Borghetti, na Barra do Ribeiro, para as gravações supra citadas. Também participaram do encontro os funcionários do IGTF, Marco Araújo, Giovani e Rita Escobar (jornalista). Foto: Rogério Bastos A nossa CBTG Após conduzir a 1ª Convenção da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, ouvir os presidentes dos MTGs, ou seus representantes, percebi que a CBTG está muito próximo de realmente ser a entidade maior do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro, de fato e de direito. A divergência quanto aos cartões tradicionalistas, a administração e confecção ficou a cargo dos MTGs. A CBTG cumprirá apenas com a sua função, deixando a administração do MTGs com a suas diretorias, as Regiões com suas diretorias e os CTGs com sua patronagens, e cada qual cumprindo as legislações pertinentes. E no sentido inverso os CTGs mantidos pelos seus associados, as Coordenadorias mantidas pelos CTGs, e este conjunto manterá a CBTG. Art. 1º A Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, denominada também pela sigla CBTG, inscrita no CNPJ sob n.º 00.133.491/0001-49, é a Entidade Maior do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro, cuja essencialidade é valorizar, organizar, defender, promover e representar as tradições e a cultura gaúcha, se caracterizando como uma sociedade civil, sem fins econômicos, com duração indeterminada, fundada em 24 de maio de 1987. ESPAÇO DA CITG Por: Toni Sidi Pereira A Diversidade entre as tradições Gaúchas e a tradição dos “Gauchos”. Com o crescimento do Movimento Tradicionalista Gaúcho organizado, hoje encontramos CTGs espalhados pelo o mundo, mas nem todos possuem suas manifestações culturais iguais às manifestações encontradas no Rio Grande do Sul. Se traçarmos um paralelo entre a tradição gaúcha brasileira e a difundida em outros países, poderemos perceber que a grande maioria dos países usa o modelo brasileiro, mas a Argentina e Uruguai possuem características próprias. As semelhanças dos “Gauchos” (Argentinos e Uruguaios) com os gaúchos rio-grandenses se dá em grande parte em função da atividade campesina, ligada ao cavalo e ao gado. Vários hábitos são comuns entre sul-rio-grandenses e platinos, sendo que uma das marcas mais típicas dos gaúchos, não importa o país onde more, é o chimarrão (para os brasileiros), mate (para os argentinos e uruguaios). Também, não se pode deixar de mencionar o assado ou churrasco, conhecido e adotado por todos. A tradição gaúcha sul-brasileira, embora com as naturais influências que sofreu dos platinos nas regiões de fronteira, foi, desde o princípio, alicerçada na cultura luso-açoriana. Por isso, as diversidades culturais constatadas hoje entre gaúchos brasileiros e “gaúchos” castelhanos, especialmente no âmbito de seus usos e costumes tradicionais, tem razões baseadas naquelas respectivas culturas de origem. Como a Argentina, o Uruguai tem cultura marcantemente europeia, mais propriamente a espanhola, com características parecidas na linguagem e nos costumes. É cultivada a tradição gaúcha nascida nos pampas argentinos, uruguaios e rio-grandenses com fortes semelhanças no que pode ser visto na Fiesta de la Patria Gaucha, de Tacuarembo e no Museo del Gaucho, de Montevidéu. Enquanto no Rio Grande do Sul nós temos o ENART (artístico) e a FECARS (campeiro), os uruguaios cultuam as tradições gaúchas através de diferentes festas e festivais realizados durante todo o ano. Alguns exemplos claros são a Festa da Pátria Gaucha, em Tacuarembó, a Semana Crioula do Prado, em Montevideo, e do Parque Roosevelt, em Canelones. Já na Argentina, no interior do país, a música popular e o folclore, o qual compreende uma grande variedade de danças e ritmos diferentes como os seguintes: “Gato”, “Chamamé”, “Zamba”, “Chacarera”, “Malambo”, etc. As festas folclóricas mais importantes do país são o Festival de Cosquín e o de Jesús María, ambos na Província de Córdoba. No Uruguai, assim como no Rio Grande do Sul, o gaúcho é uma figura importante do folclore nacional, pois simboliza a liberdade e a individualidade. As representações poéticas do gaucho descrevem-no como o ideal de valentia e independência e constitui um símbolo importante na cultura uruguaia. Já os gauchos argentinos são conhecidos no mundo inteiro, sobretudo pelo poema do escritor Argentino José Hernandez, “Martin Fierro”- (1872), que relata as aventuras e descreve a identidade e cultura dos gaúchos naquele país. Existem várias semelhanças também no que diz respeito à indumentária, mas tanto nos países platinos, quanto no Rio Grande do Sul, existem diferenças marcantes que caracterizam e diferenciam os dois tipos humanos. É por esse motivo que os tradicionalistas gaúchos brasileiros usam “Guaicas” com fivela, e não usam, ou não deveriam usar, as rastras platinas, assim como diversas peças da indumentária se assemelham, mas não são iguais. De ambos os lados temos legendas autenticas do Gauchismo que devem ser respeitadas e preservadas, mas sempre mantendo suas características e cultura. Presidente do IGTF dando entrevista para o documentário TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 8

8 NOTÍCIAS Ano XII - Edição 151 Março de 2014 Posse da Coordenadoria da 9ª RT A coordenadoria da 9ª região tradicionalista tomou posse, na cidade de Ijuí, na sede do CTG Clube Farroupilha, dia 19 de janeiro, com a presença de autoridades, entre eles Ubirajara Machado Teixeira, prefeito em exercício, Manoelito Carlos Savaris, presidente do MTG e de patronagens das entidades e visitantes. Para facilitar a aproximação entre coordenadoria e entidades, o coordenador, Carlos Eduardo da Silva, juntamente com o departamento cultural, artístico, campeiro, esportes, tesouraria e secretaria, decidiu realizar encontros nas micro-regiões. O primeiro foi dia 11 de fevereiro, na micro-região de Cruz Alta, o segundo foi dia 12 de fevereiro, na micro-região de Ijuí e, o terceiro, dia 13 de fevereiro, na micro-região de Júlio de Castilhos. O objetivo destes encontros nas micro-regiões foi para a coordenadoria fortalecer o compromisso de preservação da cultura gaúcha junto às entidades, objetivos pretendidos e normas de trabalho. Foi também apresentado o calendário de eventos do MTG e 9ª RT para o ano de 2014. O acendimento da chama, de 2014, em Cruz Alta, 9ª RT, foi assunto da pauta para conhecimento de todas as entidades da região para poder contar com o apoio dos 22 municípios da região e, das entidades, para o sucesso do evento. Também no ultimo final de semana, 14, 15, 16 de fevereiro, foi realizado no CTG Estância do Umbu, na cidade de Fortaleza dos Valos, o último rodeio classificatório da 9ª RT, onde, de lá, saiu todos os classificados para a FECARS/2014. foto: Divulgação 14ª Região em plena atividade O município de Arvorezinha, recebeu no dia 12 de fevereiro a equipe administrativa da 14ª RT, ocasião em que, os membros da região visitaram uma empresa ervateira, onde trataram dos rumos da nova gestão. Participaram da reunião: João Orlando Mello, conselheiro do MTG, Roberto Diego de Oliveira, coordenador da 14ª RT, Daniel Sisnandes Pereira, diretor campeiro, Ricardo Paludo, subdiretor campeiro, Ana Paula Pinheiro, diretora de cultura, Ruben Alves Vieira, diretor artístico, Argemiro Fernandes de Lima, subdiretor artístico e Fernanda Pinheiro, 1ª prenda juvenil da 14ª RT. Ficou decidido que todos os tradicionalistas e entidades filiadas terão apoio dentro da norma e sustentabilidade, desde que seja foto: Divulgação respeitada a legislação tradicionalista, para tal, no dia 15 de março, na cidade de Tapera/RS, as 19h, durante o Rodeio do CTG Guido Mombelli, acontecerá por convocação reunião com todos os patrões, departamento campeiro, artístico e cultural para que sejam informadas e esclarecidas dúvidas com o presidente do MTG Manoelito Carlos Savaris e membros da Coordenadoria, sendo que todas as entidades deverão comparecer, pois além de ser de suma importância a presença garantirá a data de rodeio do calendário de eventos da Região. Concomitante ao encontro, que direcionará os rumos da região, estará acontecendo um encontro regional de prendas e peões que terá como assunto o tema anual dos Festejos Farroupilhas: “Eu sou do Sul”. Posse da 9ª RT contou com a presença de Elenir Winck, Odila e Manoelito Savaris Equipe da 14ª está afinada buscando crescimento 2º Encontro Cultural e Campeiro em Pelotas - 26ª RT Repetindo o sucesso do primeiro encontro, mais uma vez, em parceria com o CTG Sinuelo do Sul, a 26ª RT promoverá a segunda edição do Encontro Cultural e Campeiro, no dia 16 de março, na sede campeira do CTG em Pelotas. O evento contará com oficinas campeiras que visam proporcionar a prática principalmente para os jovens tradicionalistas. Estão programadas ainda, palestras e gincanas culturais ministradas por tradicionalistas de reconhecido saber, destacando os senhores Adão Carlos da Silva (Cabo Adão) e Pedro Vaz (avaliador de Entreveros Estaduais). A promoção do evento é do Piá Farroupilha da 26ª RT, Guilherme Rodrigues e do Piá do Festival Gaúcho Estadual Estudantil - FEGAES, Lucas dos Passos, oriundo do CTG Sinuelo do Sul. A abertura, seguida das atividades estão programadas para iniciarem às 9h30min, o almoço será servido no local com valor previamente divulgado. Para maiores informações: (53) 8447.8084 - Vera Lucia Machado (Diretora Cultural da 26ª RT) | Fanpages: Chasqueiro Pelotas ou CTG Sinuelo do Sul foto: Divulgação 18ª Região realiza seminário de prendas e peões No domingo, dia 16 de fevereiro, foi realizado no GAN Campo Aberto, em Bagé, o Seminário de Prendas e Peões da 18ª RT, com o tema: “O resgate do Patrimônio Cultural como fator de reconstrução dos grupos locais”. O evento contou com tradicionalistas de Bagé, Dom Pedrito, São Gabriel e Candiota. Foram realizadas palestras sobre a cultura campeira, patrimônio cultural do RS, dicas de saúde e, ainda, foram esclarecidas algumas dúvidas a respeito dos concursos de prendas e peões, com Severino Rudes Moreira, Diéllen Soares e Paula Oliva. O seminário foi organizado pelo peão farroupilha da 18ª RT, Felipe Soll. foto: Divulgação Piá da região e Piá do FEGAES trabalhando juntos Juventude da 18ª vem dando bons exemplos TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 9

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 TURISMO NO SUL 9 Por Jeandro Garcia ECO ENTREVISTA Desfile temático da capital sob nova coordenação Célio da Rosa de Oliveira, solteiro, 49 anos, professor de educação física formado no IPA, em 1988. Começou no tradicionalismo através de um curso de danças gaúchas na Fundação Cultural de Canoas em 1986. No mesmo ano começou a participar do CTG Lanceiros da Zona Sul, na capital, onde foi campeão do ENART. Eco – Como recebestes o convite para ser coordenador técnico do desfile temático da capital? Recebi o convite para coordenador técnico do desfile temático da capital com uma grata surpresa, e sabedor da grande responsabilidade que vou enfrentar. Eco – Como foi a tua participação em outros desfiles? Participo como coreógrafo desde 2009, onde não tinha um campeão, mas sim premiações por quesitos, no qual levei dois troféus. Campeão no ano de 2010 com o tema, a religiosidade no Rio Grande do Sul. Em 2011 e 2013 dois honrados 4º lugares, e 2012, um 2º lugar. Esses prêmios na verdade são dos CTGs e entidades que participam, pois o nosso trabalho maior é coordenar, criar e motiva-los a um estudo sobre os temas relacionados ao Rio Grande Sul, pois só podemos transmitir para o público o que dominamos de fato. Esse sim é o maior prêmio que os integrantes das invernadas ganham ao final do desfile. Eco – Qual a tua expectativa para 2014 com o tema Eu sou do Sul? O tema deste ano, “EU SOU DO SUL”, nos dará uma satisfação especial em desenvolve-lo. Vamos retratar “o orgulho de ser gaúcho”. Nossas belezas naturais, a formação étnico cultural do gaúcho, nossas músicas, danças, indumentárias, nossos poetas e trovadores, o chimarrão, o churrascos, nossas lides campeiras, a representação de nossos vultos históricos espalhados pelas praças em todo o estado, a revolução farroupilha nossa bandeira, símbolo que ostentamos sempre que representamos o nosso estado mundo afora. Trago comigo uma imensa expectativa de realizar, juntamente com a equipe de coreógrafos, um trabalho no mesmo contexto dos anos anteriores, dedicado e apaixonado. Cachoeira do Sul, a Capital Nacional do Arroz Terra dos campeões do ENART 2013 , pela Dança de Salão Gaúcha, a cidade possui belos atrativos turísticos, onde é possível conhecer lindos lugares e parte da história do Rio Grande do Sul. Dentre estes lugares podemos citar o Château d’Eau, que é linda construção vinda da França, localizada em frente a bela Catedral Nossa Senhora da Conceição. Conheça diversos prédios históricos bem preservados e a Ponte do Fandango, primeira ponte-barragem construída no Brasil, sobre o Rio Jacuí – onde também está a Praia Nova, com diversos bares, camping e quadras esportivas na temporada de verão. O rio é ideal para prática de várias atividades, como pesca, remo, canoagem, motonáutica, esqui aquático, jet-ski etc. Quem visita a cidade não pode deixar de conhecer o Jardim Botânico e Zoológico Municipal. No Zoológico existem representantes de aves, mamíferos (incluindo onças) e répteis, além de alguns animais empalhados, como um leão que era famoso na cidade. Um serpentário chama a atenção dos visitantes com diversas espécies que podem ser vistas bem de perto. No Jardim Botânico, dentre as espécies vegetais, encontramos árvores nativas, ornamentais, exóticas e frutíferas como: canela, guapuruvu, pinheiro brasileiro, pau-ferro, ginko biloba e camboatá. O Museu Municipal de Cachoeira do Sul fica junto ao Zoo e Jardim Botânico, de caráter histórico e antropológico, o Museu desenvolve uma pesquisa sistemática da história de Cachoeira do Sul, vale a pena conhece-lo, não é grande mais é muito interessante. De 20 a 25 de Maio de 2014 visite a FENARROZ, Feira Nacional do Arroz. Uma grande feira onde é possível ver as novidades deste mercado, e também aproveitar as diversas atrações que acontecem junto ao evento. Para ver mais detalhes sobre a cidade e belas fotos acesse meu blog: http://www.turismonosul.com. br/2010/05/cachoeira-do-sul/ foto: Divulgação Jeandro e Ewilin em Cachoeira do Sul PTG China Veia, da China, comemora 2 anos com festa na praia de Imbé foto: Divulgação No mês de janeiro foi comemorado os dois anos do PTG China Veia, entidade tradicionalista criada no oriente. O membros do PTG organizaram, no ano passado, uma ação entre amigos no qual foram sorteados, em dezembro, um potro crioulo e uma ovelha, com o intuito de levar um artista gaúcho para se apresentar para a comunidade brasileira onde moramos, em 2014. “Estamos também organizando para levar para a China um padre gaúcho, para rezar a nossa Missa Crioula, no mês de setembro, já que o Padre Pedro, que estava conosco, teve de retornar ao Brasil por problemas pessoais” – disse o patrão Alan de Souza Sehn. “Temos todo 2014 para isso, mas como patrão, tenho que cumprir com o dever do grupo” - completou. Turma do PTG China Véia, reúnem-se para comemorar, no RS, aniversário de 2 anos

[close]

p. 10

10 Ano XII - Edição 151 Março de 2014 Em busca do tempo perdido. MTG avança em vá Foto: Rogério Bastos Diretoria se divide para participar de todas posses solenes nas regiões, subdiretores unem forças para realizar os eventos e M Do final do mês de janeiro, até o final de fevereiro, foram mais 17 posses de coordenadores. Dia 28/01 – no CTG David Canabarro, em Arroio dos Ratos, posse da 2ª RT. Renato Gabana realizou a posse da 11ª RT no CTG Querência do Prata, em Nova Prata, dia 31. Na fronteira, Gilberto Silveira deu posse a sua diretoria e conselho em Santana do Livramento, dia 02/02, no Presilha do Pago. Esteio, no CTG Independência Gaúcha, foi a sede da posse da 12ª RT, dia 03/02. No mesmo dia na Palmeira das Missões, 17ª RT, a posse foi no Sinuelo da Querência. Na cidade de Cerro Largo, Elenir Winck foi prestigiar a posse da 3ªRT, no CTG Porteira das Missões, dia 09/02. A noite de 23/02 foi de três posses. Em Porto Alegre, na sede da 1ª região, Marcus Vinicius Falcão deu posse a sua diretoria, no Estância da Serra, em Osório, João Carlos Silva da Luz, fez o juramento com sua diretoria, pela 23ª região. Já na 24ª RT, Flavio Rodrigues marcou a posse para a cidade de Encantado, no Giuseppe Garibaldi. Santa Cruz do Sul, terra do ENART, foi palco do juramento da diretoria do coordenador Clóvis Vieira, da 5ª RT, dia 19/02. Dia 20, foi a vez da 22ª RT dar posse a diretoria no segundo CTG do estado, o Fogão Gaúcho, de Taquara. Foram acompanhadas, ainda, as posses da 8ª RT, 10ª, 14ª, 28ª e 29ª regiões. Presidente Savaris e seus vice-presidentes se desdobraram para que nenhuma posse ficasse sem a presença do MTG como parceiro e testemunha dos juramentos dos eleitos regionais. Foto: Divulgação Alencar Feijó da Silva (D), recuperado, prestigia posse da 1ª RT Foto: Rogério Bastos Elenir, no juramento da 3ªRT em Cerro Largo Foto: Divulgação Savaris na posse de Gilberto Silveira, em Livramento, 18ª RT Foto: Rogério Bastos Posse da 17ª RT, em Palmeira das Missões Foto: Divulgação Posse da 5ª RT foi unificada com a posse da ATS Renato Gabana, coordenador, na posse da 11ªRT Campo Bom traz convite para eventos Foto: Rogério Bastos Obras de arte do MTG serão restauradas Na década de 90, em seu final, quando a sede do tradicionalismo gaúcho foi construída, na gestão de Dirceu Brizola, Edson Vasques, artista plástico, que fora patrão do CTG Gildo de Freitas e coordenador da 1ª região tradicionalista, pintou as imagens que costumamos ver nas paredes da casa João-de-barro. Ao longo dos tempos as imagens foram sofrendo com os rigores do tempo e a umidade. Vasques visitou a sede e irá restaurá-las. A supervisão e contratação dos trabalhos estão por conta de Celso Guimarães. Foto: Rogério Bastos Vice-prefeito de Campo Bom, Marcos Riegel, Savaris e Carlos Moser, no MTG Em manhã movimentada, na sede do MTG, terça dia 4 de fevereiro, o presidente Manoelito Carlos Savaris recebeu a comitiva vinda da cidade de Campo Bom, para entregar o convite do XII Acampamento e XI Bivaque de Campo Bom. Estiveram presentes, o vice-prefeito de Campo Bom, Marcos Alfredo Riegel, o coordenador da 30ª RT, Carlos Moser, o Patrão do CTG M’Bororé, Henrique Scholz, Aman Junior, Assessor do vice-prefeito, e Alberto Antônio Ferreira, do CTG M’Bororé. Edson Vasques, artista plástico (E) e Celso Guimarães

[close]

p. 11

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 11 árias frentes nos primeiros 45 dias de trabalho. Um deputado a serviço da cultura Foto: Rogério Bastos MTG volta a se aproximar do legislativo e do executivo do estado. Governador e deputados recebem presidente e diretoria. Os elos se afirmando Na manhã de quarta-feira, 19 de fevereiro, o deputado estadual pelo PTB, José Sperotto, presidente da comissão de assuntos municipais, visitou a sede do MTG. Estiveram presentes durante a visita o vice-presidente de administração do MTG, Nairo Callegaro, o diretor de patrimônio, Celso Guimarães e o vice-presidente da Fundação Cultura Gaúcha - MTG, Gustavo Bierhals. Sperotto falou de seus projetos e colocou-se a disposição do Movimento Tradicionalista Gaúcho para contribuir com ações de preservação da cultura regional gaucha. Manoelito Savaris, por sua vez, agradeceu a visita e colocou o Movimento a disposição para tratar de assuntos referentes a área cultural das tradições do Rio Grande do Sul. Foto: Rogério Bastos Deputado Federal Paulo Ferreira e Manoelito Savaris O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Manoelito Carlos Savaris, visitou na tarde da Sexta-feira, 14 de fevereiro, o deputado federal Paulo Ferreira. Em 2010, Ferreira foi candidato a deputado federal e conquistou mais de 77 mil votos, tornando-se o segundo suplente do PT, do RS, na Câmara. Em março de 2012, após a indicação de Pepe Vargas para o ministério do Desenvolvimento Agrário, Paulo Ferreira tomou posse como deputado federal. Sua plataforma é voltada as culturas populares com o carnaval e, agora, o tradicionalismo, onde dedicou uma emenda parlamentar de R$ 1.000.000,00 para incrementar a cadeia produtiva e desenvolver a semana farroupilha no Rio Grande do Sul. Savaris colocou-se a disposição para ajudar o IGTF no trabalho de preparar o edital para beneficiar os festejos pelo estado. Ferreira, por sua vez, colocou seu gabinete a disposição dos tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Sperotto esteve no MTG e acompanhou a visita na Assembleia Governador recebe comitiva do MTG A diretoria do Movimento Tradicionalista Gaúcho, cumprindo agenda da tarde do dia 25 de fevereiro, esteve reunida no Palácio Piratini para audiência com o Governador do estado, Tarso Genro. Estiveram presentes, também, o Secretário Adjunto da Cultura, Jéferson Assumção, o Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), Luis Augusto Lara, e o vereador professor Goulart. Além de convidar Tarso a participar da FECARS, em maio, e do ENART, em novembro, Savaris também buscou apoio do governo para auxiliar no transporte da seleção do Foto: Rogério Bastos Foto: Divulgação Laço - Um projeto que tramita na Assembleia Com a comitiva da diretoria do MTG, o presidente Manoelito Savaris visitou a Assembleia Legislativa do estado, na manhã do dia 26. Acompanhado do diretor campeiro do estado, José Araújo, do diretor campeiro da 1ªRT, Paulo Belarmino, do vice-presidente de administração, Nairoli Callegaro, e do vice-presidente da Fundação Cultural Gaúcha, Gustavo Bierhals, Savaris visitou os gabinetes dos deputados José Sperotto e Giovani Feltes. Feltes é o autor do projeto de lei que pretende tornar o tiro de laço uma modalidade esportiva. O projeto que tramita na Assembleia, passou pela comissão de constituição e justiça, e agora receberá toda atenção necessária do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Foto: Rogério Bastos Comitiva do MTG ao lado do Governador Tarso Genro Tarso e Lara: “Tradicionalismo ajuda a sociedade” Rio Grande do Sul que participará do Rodeio Nacional dos Campeões e do FENART, em Santa Catarina, no ano de 2015. E também para pedir apoio, para que o tiro de laço não seja considerado um esporte. Na Assembleia Legislativa, tramita um projeto para tornar a atividade “esporte símbolo do RS”. “Laço não é esporte, é cultura”, diz Savaris, que foi recebido, no dia 26/02, pelo autor do projeto, deputado Giovani Feltes (PMDB). “Temos que ter cuidado e olhar para frente. O reflexo de nossas atitudes de hoje somente poderão ser vistas no futuro.” – completou. Deputado Giovani Feltes (c) ouve reivindicações

[close]

p. 12

12 NOTÍCIAS Ano XII - Edição 151 Março de 2014 21º Encontro de Jovens do Presilha do Pago Santana do Livramento receberá os jovens para um encontro que já atingiu sua maioridade e está consolidado. No dia 05 de abril, o CTG Presilha do Pago realizará a 21ª edição do encontro de jovens, evento de palestras e debates, que completa 21 anos. A palestrante e debatedora convidada para o evento é Taynara Ouriques, 1ª prenda do Rio Grande do Sul. Andrea e Rui Rodrigues, patroa do CTG e conselheiros do MTG, respectivamente, sempre primaram por atividades culturais na entidade. Escola do Chimarrão homenageada em Caxias Responsável em ajudar a difundir a importância de um dos principais símbolos gaúchos, o Instituto Escola do Chimarrão, de Venâncio Aires, foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. Tudo nasceu no sonho de uma prenda. A conhecida Escola do Chimarrão, da cidade de Venâncio Aires, completa 10 anos, em 2014, como uma “ONG”, mas nem sempre foi assim. No ano de 1996, a então prenda adulta da 24ª RT, Liliane Pappen, desenvolveu um projeto de incentivar os alunos, nas escolas de Venâncio, a cevar e tomar mate. Em 1998 ela foi trabalhar na ervateira Rainha dos Pampas como degustadora, e sugeriu fazer um trabalho junto às escolas para incentivar o consumo de chimarrão entre os jovens. O projeto começou na semana farroupilha de 1998, vinculada à ervateira Rainha dos Pampas. No ano de 2004 a escola, informal, recebeu personalidade jurídica própria, transformando-se em uma organização não governamental, atendendo pela nomenclatura de Instituto Escola do Chimarrão, sendo desmembrada, então, da ervateira. A escola, hoje, desenvolve atividades culturais, educacionais e artísticas, cultuando as tradições gaúchas, especialmente na difusão do chimarrão, resgatando-o como hábito cultural e patrimônio dos gaúchos e na pesquisa sobre a erva-mate. No dia 25 de fevereiro, na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, a escola recebeu uma homenagem pelos seus 10 anos, através de seu diretor executivo Pedro José Schwengber. Foto: Divulgação Piquete de Alvorada promove acampamento campeiro O Piquete Alma Nativa, de Alvorada, promove o 1º acampamento campeiro e cultural, com o objetivo de valorizar a cultura gaúcha, bem como oportunizar vivencias, praticas e ações que destaquem aspectos das raízes culturais do tradicionalismo gaúcho. Trabalhando com jovens e crianças em atividades como: oficinas de montaria, teatro, jogos, vaca parada e roda de viola. Marta Guedes Beyer, responsável pela cultura na sub-região de Alvorada, disse que há muito tempo o município precisava de um evento como esse, para movimentar o interesse dos jovens pelas lides campeiras e, mesmo, por atividades mais culturais. “Vamos mostrar como se tira leite, montaria, laçar, jogos, e estamos preparando um teatro com Negrinho do Pastoreio” – conta Marta. O sitio fica na rua Atalisio Antunes da Costa, 1450 – Bairro: Beco dos Rosas, em Alvorada. Escola do Chimarrão homenageada: Um sonho de prenda que virou realidade Airto Glademir Timm assumirá a Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul Com o cargo de vice-presidente da Fundação, Gustavo Bierhals, entregará para Airto Timm, de Passo Fundo, dia 27 de março, a presidência da ordem Airto Glademir Toniazzo Timm, que, aos 54 anos assumirá a Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul, substituindo Gustavo Bierhals, que assumiu a vice-presidência da Fundação Cultural Gaúcha - MTG, em 2014. Timm, que já foi subcomandante do grupo cultural tradicionalista Cavaleiros do Mercosul, membro da comissão campeira do XVI Rodeio Internacional de Passo Fundo, palestrante e painelista em todo o estado do RS, referente história do Rio Grande Sul, movimento tradicionalista, tradição e folclore, etc...,Já percorreu mais de 4.500 km em cavalgadas, instrutor de danças tradicionais gaúchas desde 1978 – IGTF e Escola da Fundação Cultural Gaúcha do MTG, um dos membros da comissão da criação do departamento jovem do MTG e do concurso do peão farroupilha, tendo recebido o titulo de padrinho dos peões farroupilhas do RS, coordenador estadual do dpto. jovem do MTG desenvolveu a campanha contra as drogas, dentro do Movimento Tradicionalista – “JOVEM, SALVE UMA VIDA. A TUA! NÃO USE DROGAS”. Além disso, Timm foi coordenador da 20ª Região Tradicionalista, no ano de 1995 (31 Entidades), vice-presidente de eventos do MTG/RS por 02 gestões seguidas – 1996 e 1997 e Chefe de Cerimonial, diretor técnico da Fundação Cultural Gaúcha- MTG/ RS – 1998, coordenador técnico do FEGART, depois transformado em ENART – 1998 e 1999, membro do Conselho Diretor do MTG/RS desde 1986; (quatorze anos), presidente da 12ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (FECARS), em 2000, realizada em Santo Augusto, vice-diretor campeiro do MTG/RS de 2001 a 2007, diretor campeiro da CBTG – Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha - 2002/2003, entre outras tantas atividades tradicionalistas. A ORCAV já teve como presidente, Celso Souza Soares, Alencar Feijó da Silva e Gustavo Bierhals, todos com sede na capital. Pela primeira vez a ordem mudará a sede para o interior do estado. “Em primeiro preciso tomar conhecimento do processo de Foto: Rogério Bastos gestão atual, mas já em acordo com o presidente Savaris, vamos montar uma nova estrutura administrativa, tendo 4 diretores diretos, dividindo o RGS em quatro macro regionais, para podermos acompanhar mais de perto cada cavalgada existente. Também pretendo reformular todo o cadastro de cavalgadas existente, para entendermos cada uma delas na sua estrutura, seu objetivo , os aspectos que são priorizados, quais os apoios recebidos, enfim, dentro de uma gestão mais próxima a cada um dos cavalarianos. Vamos estar presentes em todos os eventos possíveis do MTG, para que nossa ORCAV possa difundir ainda mais seus objetivos e suas proposta” – disse Timm. No dia 27 de março, na sede da ORCAV, no bairro Lami, em Porto Alegre, Airto Timm estará assumindo a presidência da Ordem dos Cavaleiros Timm ainda participa apoiando a juventude. do Rio Grande do Sul. Aqui, na Mostra Folclórica do ENART TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 13

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 13 NOTÍCIAS Por Beatriz Colombelli NOTÍCIAS Musicalidade na voz Com uma voz suave e conhecimento de causa, a cantora e professora Nice Porto, de Lajeado, trouxe para o Seminário de Prendas e Peões da 24ªRT, técnicas e atitude. O evento realizado no domingo, 23, ocorreu paralelo à Festa Campeira regional, com a seletiva para a Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars), que acontecerá no mês de maio, em Viamão. A organização dos eventos esteve a cargo dos departamentos campeiro e cultural da 24ª região tradicionalista. Durante quase três horas a palestrante, Nice Porto, encantou a plateia com orientações, dicas e exercícios práticos sobre respiração, entonação, gestualidade, alimentação adequada antes de apresentações, higienização da voz e anatomofisiologia (curso em que buscou por anos, segundo ela, aperfeiçoamento para transmitir didaticamente os conhecimentos). A declamação foi outra pauta durante o seminário para prendas e peões. Da gestualidade à entonação, história poética e oficina, prendas e peões tiveram oportunidade de ouvir, participar e tirar dúvidas com o declamador João Batista de Oliveira, de Veranópolis, responsável pelas atividades. O evento ocorreu no sábado, 22, à tarde, no salão de eventos Machry. Integraram a mesa das autoridades, na abertura oficial, o presidente do Legislativo José Cândido Faleiro Neto, a coordenadora de Cultura do municipio, Luce Carmen da Rosa Mayer, a 1ª Prenda da 24ª RT, Amanda Pradella, coordenador da 24ª RT, Flávio Antônio Rodrigues e o patrão do Piquete Machry, Mairon Machry. Também esteve presente o presidente da Associação Tradicionalista Venâncio-Airense (ATVA) Ernesto Sérgio Stal. Foto: Beatriz Colombelli Seminário Campeiro da 1ª RT Os peões e guris da 1ª região tradicionalista organizaram o evento denominado “seminário campeiro, um dia de campo”, que foi criado na gestão regional de 1995/96, para ajudar a preparar a gurizada que vai para o concurso regional de peões. O evento acontece no Sítio do tio Chico, localidade de Califórnia City, em Guaíba, no dia 01 de Março. Programação: 14h - Credenciamento e abertura 15h - Conhecimento sobre pelagens. 16h - Tratos campeiros, simpatias e cuidados como cavalo (Medicina Campeira). 17h - A arte do guasqueiro. 18h - Demonstrações do modo correto de carnear, charquear, assar churrasco, cevar o mate, emalar o poncho obedecendo às diretrizes do Entrevero Cultural de Peões. O evento é promovido pelo Peão Farroupilha da 1ª RT, Lucas Almeida, Rafael Vieira, 2º Peão Farroupilha, Douglas Pimentel, 3º Peão Farroupilha, Paulo Buarque Junior, 1º Guri Farroupilha, Daniel Borges, 2º Guri Farroupilha com apoio da coordenadoria da 1ª região tradicionalista, prendas e chinocas da regionais e DTG Berço Farroupilha. 35 CTG pelo 2º ano no “Marcas de quem decide” A inclusão dos Centros de Tradições Gaúchas entre os setores pesquisadas começou ano passado, no projeto “Marcas de Quem Decide”, do Jornal do Comércio. E quem se apresenta em primeiro lugar, pelo segundo ano consecutivo, como o CTG mais lembrado, é o pioneiro 35 CTG, de Porto Alegre. A pesquisa “Marcas de Quem Decide”, que o Jornal do Comércio e a Qualidata Informações Estratégicas realizam em parceria há 16 anos, é o único do gênero, no Brasil, a incluir as indicações de lembrança e de preferência dos entrevistados. Para chegar aos resultados da edição de 2014 foram ouvidos 644 empresários, gestores de negócios e profissionais liberais em 47 municípios de todas as regiões do Rio Grande do Sul. As entrevistas foram feitas entre 7 de novembro e 17 de dezembro de 2013. A pesquisa será apresentada em cerimônia no centro de eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, no dia 11 de março. Beatriz Colombelli cobriu eventos das prendas da 24ª RT Saúde e Bem Estar Na sequência, dos eventos, no fim de semana, foi realizado o projeto ‘CTG Núcleo de fortalecimento da cultura gaúcha’. As Primeiras Prendas Mirim e Juvenil da 24ª RT, Emelly de Bittencourt e Ana Laura Beneduzzi foram as promotoras do evento, que teve o acompanhamento da coordenadora cultural Cláudia Camilo. Para falar sobre a saúde e o bem-estar dos tradicionalista foi convidado o cirurgião-dentista Alan dos Santos de Venâncio Aires. O evento integra as ações realizadas pelas candidatas concorrentes à Ciranda Cultural de Prendas. TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 14

14 Ano XII - Edição 151 Março de 2014 GRANDES MOMENTOS DA HISTÓRIA NOTÍCIAS Caçadores de escravos – Os Bandeirantes As invasões holandesas interrompem o tráfico de escravos. Em São Paulo, os bandeirantes se organizam em empresas e irrompem no Rio Grande, caçando mão-de-obra indígena. É o fim do primeiro ciclo das Missões. Os primeiros jesuítas que atravessaram o rio Uruguai em 1626 já encontraram machados e chapéus, sinais dos portugueses entre os guaranis. Eram provavelmente caçadores de tesouros que vinham pela costa, deixavam os navios ao largo e, em barcos menores, entravam pelo canal de Rio Grande, alcançando a Lagoa dos Patos e, daí, os rios que penetravam pelo interior do território até então mantido fora do projeto de colonização que se desenvolvia no Brasil, com as capitanias. Os portugueses que chegam dez anos depois vêm por motivos diferentes. Holandeses haviam ocupado as zonas africanas fornecedoras de escravos para as minas e os engenhos de açúcar. Os índios aldeados nas reduções jesuíticas espanholas vão sofrer uma poderosa caçada, que desce para as zonas mais meridionais do pais. São cobiçados como mão-de-obra porque, além de treinados par a obediência, são trabalhadores especializados – conhecem técnicas agrícolas, sabem trabalhar em carpintaria, olaria e cantaria. São Paulo se especializou na caçada aos indígenas para vendê-los como escravos. Organizar bandeiras que se formavam como empresas acionárias, na Câmara de vereadores de São Paulo, e que funcionavam como estrutura militar. Uma bandeira era composta, em media, por 100 homens. A batalha de M’Bororé, em 1641, foi uma das poucas vezes em que os Guaranis resistiram com sucesso às investidas dos Bandeirantes paulista. No ano de 1640 Portugal restaura seu domínio e o Tratado de Tordesilhas passa a ser relativamente respeitado como limite que não pode ser ultrapassado. Com o fim do domínio espanhol os portugueses expulsam os holandeses da costa da África e reestabelece o trafico negreiro. Os jesuítas abandonam a área e retiram-se para a margem esquerda do rio Uruguai levando alguns índios, mas deixando para trás o gado das reduções que se torna o embrião das chamadas vacarias, onde vão se acumular imensos rebanhos selvagens atraindo aventureiros de todos os lugares. Prendas da 1ª RT se destacam no rodeio internacional da Vacaria O Concurso Interprete vocal do Rodeio de Vacaria acontece em duas etapas: uma eliminatória, que ocorreu dia 05/02 e, uma �inal, no dia 06/02. Kathellyn Garcia, prenda mirim da 1ª RT �icou em 3º lugar. Foto: Divulgação Kathellyn Garcia, prenda mirim da 1ª RT vem ganhando prêmios de interprete Na eliminatória, participaram todos os concorrentes que se inscreveram, sendo que na categoria mirim, feminino, foram um total de 22 participantes, de três estados: RS, SC e PR. Nesta etapa se classificaram 10 concorrentes para a final. Kathellyn, teve um desempenho melhor nessa etapa, ficando em 2º lugar e, na final, ela ficou em 3ª. “Mesmo assim ficamos felizes com esse resultado, a julgar pela qualidade das concorrentes, e também a diferença de idade, pois a Kathellyn tem 10 anos e a maioria das outras tinha em mais idade” disse orgulhosa, a mãe, Tatiana Garcia. Em 2012, com apenas 8 anos a Kathellyn participou pela primeira vez do Concurso, ficando em 6º lugar na eliminatória e em 4º na final. Kathellyn começou a participar de rodeios no ano de 2010, com 6 anos, no Rodeio de Capão da Canoa, onde conquistou o 1º lugar. De lá pra cá foram muitas participações em Rodeios pelo estado, onde já acumula por volta de 38 troféus, Ela também participa de Festivais Nativistas, onde a concorrência é bem maior e bem mais seleta, pois é necessário enviar musica e passar por uma triagem. Já participou da Califórnia Petiça de Uruguaiana, Searinha da Canção de Carazinho, Gauderiada Mirim em Rosário do Sul, Canto dos Ervais e Carijinho em Palmeiras das Missões, Canto Pía Missioneiro de Santo Angelo e Guyanuba Pía de Sapucaia. “Tenho de destacar que o grande crescimento da kat, na musica, foi com a ajuda de seu professor, Willian Varela, do Estúdio Musique, que a acompanha desde 2011” – contou Tatiana. Venceram nas categorias mirim e juvenil as irmãs Mottini, Isabelle e Giovanna, respectivamente. Isabelle representando o DTG Lenço Verde da Querência, do Teresópolis Tenis Clube, e Giovanna, o DTG Lenço Colorado, do Sport Club Internacional, ambas são alunas no Estúdio Musique de Varela. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 15

Ano XII - Edição 151 Março de 2014 15 TRADICIONALISMO Cartão Tradicionalista traz vantagens Abaixo a relação de locais onde os tradicionalistas podem aproveitar os descontos e vantagens oferecidos pelo cartão VOANDOMAIS.COM VIAGENS E TURISMO LTDA: (Rua Florêncio Ygartua nº 65) * 50% de desconto nas taxas de cancelamento e alterações cobradas pela Agencia VOANDOMAIS.COM VIAGENS E TURISMO LTDA, as taxas cobradas pelas companhia aéreas permanecem as mesmas (nas emissões pelo site); * Seguro viagem de até 4 dias, a contar da data de embarque na compra da passagem aérea, para dias adicionais será cobrado R$ 2,00/dia, quando a passagem tiver sido emitida pelo site ou na agência; Curso de formação para jovens tradicionalistas voluntários O curso de formação de jovens tradicionalistas voluntários objetiva desenvolver habilidades especifica de capacitação para os jovens, com idade mínima de 13 anos, para atuarem diretamente nos eventos realizados pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho. Espera-se que, ao término do curso, os participantes sejam capazes de cumprir, de forma ativa e positiva, as tarefas de cada evento realizado. O MTG realiza grande quantidade de eventos envolvendo sempre muitas pessoas, em ambientes variáveis no tamanho, mas que invariavelmente necessitam atender a padrões mínimos de qualidade. A grande maioria dos eventos tradicionalistas são realizados por voluntários, o MTG, por seu departamento de cursos, elaborou um programa de treinamento para jovens voluntários com o fim de que eles tenham condições de realizar tarefas e desempenhar missões nesses eventos. O curso será desenvolvido na sede do MTG, em duas etapas, totalizando 16 horas/aula e contará com o seguinte currículo: - Aspectos da história e da geografia do Rio Grande do Sul - Historia do Movimento Tradicionalista Gaúcho - Indumentária gaúcha - Liderança e inter-relacionamento pessoal - Dicção e oratória - Cerimonial e protocolo: necessidades (materiais), colocação das bandeiras, ordem das autoridades, pronunciamentos. O curso se compõe assuntos de natureza teórica e outros de natureza prática, com realização de oficinas em que o aluno tenha condições de exercitar as habilidades na organização e condução de protocolos. A prática efetiva em eventos será oferecida pelas entidades e pelas regiões tradicionalistas em primeiro lugar e, pelo MTG, em segundo lugar. A experiência será adquirida com a prática nos eventos. Inscrições e datas de realização: 15 de março (mod.I) e 24 de maio (mod.II). As inscrições devem ser realizadas junto departamento de cursos, podendo ser por e-mail (cursos@mtg. org.br). O curso somente será realizado se houver um mínimo de 15 inscritos.  Hamburgo) * Desconto 1% na compra de ração * Desconto 8% na compra de artigos de pilchas, mediante pagamento a vista e em dinheiro, exceto promoções  VALÃO CAR AUTOPEÇAS LTDA: (Rua Azambuja Fortuna nº 620 – São Leopoldo) * Desconto 5% no pagamento da mão de obra de concerto de veículos, mediante pagamentos a vista, em cartão de débito ou dinheiro GSW REBOQUES E ENGATES LTDA: (RS 240 nº 3682 – Portão) * Desconto 6% na compra de qualquer tipo de reboque, mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro   PEOPLE IDIOMAS (SOMENTE PARA CARTÕES EMITIDOS A PARTIR DE 12/06/2012): (Central de Estudos Lingüísticos – Rua Riachuelo nº 1257 – 5º andar, Porto Alegre/RS; Memphis Ensino Livre de Idiomas – Av. Protásio Alves nº 3139, Porto Alegre/RS; Centro de Aprendizagem Cultural Americano Rua Dom Diogo de Souza nº 493, Porto Alegre/RS; Johnny Hall Cursos para Aperfeiçoamento Linguistico – Praça Comendador Souza Gomes nº 101, Porto Alegre/RS; Academia de Ensino Livre de Idiomas – Av. Getulio Vargas nº 1030, Porto Alegre/RS; Preston Bell Centro de Ensino de Lingua Inglesa – Coronel Bordini nº 270, Porto Alegre/RS) * Desconto 30% do valor do curso de Inglês e Espanhol * Desconto 20% no valor das imersões nas unidades da PEOPLE IDIOMAS, localizadas nos seguintes bairros de Porto Alegre: Centro, Zona Norte, Zona Sul, Petrópolis, Menino Deus e Moinhos de Vento  REDE AGAFARMA * Desconto 8% na compra de medicamentos e perfumarias, mediante pagamento a vista, exceto promoções  LM CÃES E AVES: (Rua Bartolomeu de Gusmão º 3168 – Novo Hamburgo) * Desconto 5% nas compras acima de R% 50,00, mediante pagamento a vista, em dinheiro  FLOR DE TUNA – ARTIGOS CAMPEIROS: (Av. Feitoria Nº 123 Loja 01 – São Leopoldo) * Desconto 5% nas compras mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro CASA DE CARNES TOBOLSKI: (Rua José Afonso Hoher nº 44 – Lomba Grande – Novo Hamburgo) * Desconto 5% nas compras de carne e seus derivados, a partir de R% 50,00, mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro  PARÁBOLA A caixa Certa vez, um granjeiro, incomodado com a baixa produtividade de sua granja resolveu procurar um sábio, para que o ajudasse com seu problema. Chegando à moradia do sábio, contou seu problema. O sábio, então, escreveu algo em um pedaço de papel e colocou em uma pequena caixa. Depois a fechou e a lacrou com cera quente. Feito isto, entregou a caixinha ao granjeiro, dizendo: - Leve esta caixa por todos os lados de sua granja, três vezes ao dia, durante um ano, mas nunca a abra. Na manhã seguinte, ao ir ao campo segurando a caixa, encontrou um empregado da limpeza dormindo quando deveria estar trabalhando. Acordou-o e chamou sua atenção. Mais à frente, dois empregados jogavam baralho, e também levaram um puxão de orelha. À tarde, quando foi aos criadouros, encontrou os frangos sem ração suficiente. À noite, indo à cozinha, deu-se conta de que o cozinheiro estava desperdiçando os gêneros. A partir daí, todos os dias, ao percorrer sua granja, de um lado para outro, carregando a caixinha, ele encontrava coisas que precisavam ser corrigidas. Ao final do ano, voltou a encontrar o sábio e lhe disse: - Deixe esta caixa comigo por mais um ano? Minha granja melhorou o rendimento desde que estou com esse amuleto. O sábio riu e, abrindo a caixa, disse: - Podes ter este amuleto pelo resto de sua vida. No papel havia escrito a seguinte frase: “SE QUERES QUE AS COISAS MELHOREM, DEVES ACOMPANHÁ-LAS CONSTANTEMENTE”.  ABASTECEDORA FONTUR LTDA:  TRADIÇÃO PILCHAS: (Av. Feitoria nº 4564 Loja 02 – São Leopoldo) * Desconto 8% na compra de artigos de pilchas, mediante pagamento a vista e em dinheiro, exceto promoções DE: (Rua Afonso Strack nº 148 – Novo (Avenida dos Municípios nº 1660 – Campo Bom) * Desconto 3% no abastecimento de combustível (gasolina, óleo diesel e álcool), mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro * Desconto 8% na troca de óleo do motor realizado no estabelecimento  AGROPECUÁRIA LOMBA GRAN-  PAMPA AGROPECUÁRIA (Av. Presidente Vargas nº1030 – Campo Bom) * Desconto 5% nas compras, a partir de R$ 50,00, mediante pagamento a vista, em dinheiro Garanta já o teu e aproveita todos os benefícios e vantagens desse cartão que é a identidade dos tradicionalistas!

[close]

Comments

no comments yet