A Senda - Março de 2014 - FEEES

 

Embed or link this publication

Description

A Senda - Março de 2014 - FEEES

Popular Pages


p. 1

A Senda federação espírita do estado do espírito santo ANO 91 No 153 MARÇO 2014 A FEEES completa mais um ano de trabalho no bem fotos: divulgação Feees Encontro de Presidentes de Casas Espíritas - ENPRECE - será realizado em Vitória página 6 34o EMEES celebrará o Sesquicentenário de o Evangelho Segundo o Espíritismo página 7 4o Congresso Espírita Brasileiro - ainda é possível inscrever-se para Manaus página 7 O Conselho Federativo Estadual define realizações para 2014 página 4 página 6 Assembléia Geral da FEEES avalia o primeiro ano desta gestão -

[close]

p. 2

Editorial EXPEDIENTE Geração X, Y e Z são conceitos sociológicos que caracterizam pessoas que nasceram em diferentes momentos socioculturais. Grosso modo, a Geração X consiste em pessoas que nasceram entre o final dos anos 60 e o início dos anos 70; a Geração Y é composta por pessoas nascidas na década de 80; a Geração Z é representada pelas que nasceram na década de 90. Cada geração é influenciada por diversos fatores da cultura da sua época, como a tecnologia, o desenvolvimento econômico, as perspectivas de vida, as preocupações sócioecológicas, etc., envolvendo-as, esses fatores, sob compreensíveis exigências do mundo globalizado que lhes cobram engajamento imediato e fiel às demandas potenciais ou imediatas, reais ou ilusórias e, claro, também elas realimentam esses mesmos valores, potencializando necessidades existentes, ou elaborando outras tantas, no círculo ciclópico de buscas e respostas da vida moderna. A geração Z, consideram muitos, é um público de índole inquieta, indagadora, provocativa e ávida por inovações, mas também conhecida por ser preocupada com o meio ambiente e as grandes questões emergentes que sacodem as bases da cultura estabelecida. Não somente quer respostas, mas, e principalmente, deseja ser protagonista das grandes transformações em curso ou das que surgem, ligeiras ou demoradas, frágeis ou vigorosas. Allan Kardec, na Revista Espírita de dezembro de 1863, prenuncia, em oportuna reflexão, os períodos que conformariam a trajetória do Espiritismo, figurando o sexto e último período como o da renovação social – com certeza o momento da hora. Assentadas as bases do pensamento espírita, que hoje disseminam luz e consolo em toda a sociedade e encontram ressonância nos ambientes acadêmicos sob o apreço da respeitabilidade, o momento é de vivência das suas lições que, invariavelmente, convoca à releitura de si, do outro e da vida, propiciando o inadiável ajuste de valores, crenças e paradigmas antes inabaláveis. Mais tarde, em 1868, no livro A Gênese, Kardec particulariza atenção a esse aspecto, quando, em longa consideração, fala da Geração Nova: “(...) Cabendo-lhe fundar a era do progresso moral, a nova geração se distingue por inteligência e razão geralmente precoces, juntas ao sentimento inato A SENDA A Geração Nova e a Geração Z do bem e as crenças espiritualistas, o que constitui sinal indubitável de certo grau de adiantamento anterior. Não se comporá exclusivamente de Espíritos eminentemente superiores, mas dos que, já tendo progredido, SE ACHAM PREDISPOSTOS a assimilar todas as ideias progressistas e aptos a secundar o movimento de regeneração.” (destaque nosso) Interessante simetria entre a perspectiva do Codificador, ainda em meados do século XIX, e a especialíssima geração que se movimenta na agitada e desorientada sociedade contemporânea, na construção de novas possibilidades com vistas a um futuro melhor, igualitário e de paz. E, por conta disso, destaque-se, o investimento de cuidado e orientação para a vida da criança e do jovem é ESFORÇO INADIÁVEL E INTRANSFERÍVEL das lideranças espíritas – além dos pais, óbvio. Com a feliz realização do XXXIV Encontro de Mocidades Espíritas do Estado do Espírito Santo, neste início de março, a Feees oferece, como sempre, espaço largo para estudos e debates, troca de experiências e o fortalecimento dos laços de legítima fraternidade que deve permear nossas relações, onde estivermos. Conta-se que, certa feita, dama distinta visitando a médica e educadora italiana Maria Montessori (1870-1952), indagou-lhe: - Senhora, eu queria saber quando deverei começar a educar meu filhinho? E a doutora perguntou: - Que idade tem seu filho? - Um ano, respondeu a consulente. – Então corra, senhora, vá educá-lo rapidamente, porque você já perdeu os melhores 21 meses daquela vida. – Como 21? Ele só tem 12 meses! - Fora do ventre, respondeu a educadora, porque dentro esteve nove. A educação começa no ventre, acariciando-o, dizendo: “eu te amo, seja bem-vindo, você é um anjo para minha vida...” Realmente, não há tempo a perder. A geração nova aí está, na pauta das grandes transformações delineadas por Deus para a humanidade terrestre, cabendo-nos, a ela e a nós outros, esforço compartilhado na construção de um mundo melhor, atendendo à lição que Paulo, o Apóstolo dos Gentios, registrou na sua epístola aos romanos, em 12,2: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-VOS, renovando a vossa mente, a fim de discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, agradável e perfeito.” DIRETORIA DA FEEES PARA O TRIÊNIO 2013/2016 Presidente Dalva Silva Souza Vice-Presidente de Administração Valmir Gomes do Nascimento Vice-Presidente de Doutrina Maria Lúcia Resende Dias Faria Vice-Presidente de Unificação Rose Mary de Souza Thiengo Vice-Presidente de Educação Luciana Teles de Moura Conselho Fiscal: Maria de Lourdes Neves Geraldo Teixeira da Costa Eliomar Borgo Cypriano Suplentes Roberto José Damaceno José Guido Nascimento Filho DEPARTAMENTOS Comunicação Social Rodrigo Salatiel Brasileiro Orientação Mediúnica Cristina Soneghet Simon Atendimento Espiritual Eliana Schmidt Castelani Estudo Sistematizado José Ricardo do Canto Lírio Infância e Juventude Edmar Reis Thiengo Assistência e Promoção Social Solange de Oliveira Nascimento ÓRGÃO INFORMATIVO DA FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESPÍRITO SANTO C.N.P.J. 28.150.936/0001-18 Insc. Estadual 081.162.73.1 Rua Álvaro Sarlo, 35 - Ilha de Santa Maria Vitória/ES - CEP 29051-100 Tel: (27) 3222-2117 / 3222-7551 Fax: (27) 3222-6509 e-mail: feees@feees.org.br www.feees.org.br Projeto Gráfico Studio Rodrigo Resende Edição Renata Guizzardi Diagramação JMBCoutinho Revisão Dalva Silva Souza Impressão Gráfica Comercial - 27 3722-0566 - Colatina-ES www.graficacomercial.art.br 2

[close]

p. 3

Março 2014 Reflexão Raphael Vivacqua Carneiro * O feitiço do tempo Phil Connors, personagem interpretado pelo ator Bill Murray na comédia “Feitiço do Tempo”, de 1993, era um arrogante apresentador de TV que fora enviado a uma cidadezinha interiorana para cobrir uma festa tradicional que ocorria todo ano, no dia 2 de fevereiro. Egocêntrico e vaidoso, menosprezava os seus colegas de trabalho, por não considerá-los à sua altura. Da mesma forma, desprezava a cidadezinha, os habitantes e seus costumes, bem como a tarefa para a qual fora designado. Logo após a breve cobertura do evento, o seu desejo era retornar imediatamente à cidade grande; porém uma forte nevasca obrigou-o a lá permanecer mais uma noite, para seu desprazer. Mal sabia ele que o seu pesadelo estava apenas começando: uma maldição caiu sobre ele, fazendo-o acordar todas as manhãs naquela mesma cidadezinha, repetindo o mesmo dia 2 de fevereiro, envolvido com as mesmas pessoas. Como não tivesse a menor ideia de como livrar-se daquele feitiço, tentou as mais diversas estratégias de ação, gerando situações e resultados que oscilavam entre o cômico e o trágico, incluindo tentativas de suicídio. Contudo, nada era capaz de libertá-lo; pois, a cada manhã seguinte, ele despertava para iniciar o dia 2 de fevereiro novamente. Ao contrário dos demais personagens, que agiam a cada dia como da primeira vez, sem qualquer lembrança anterior, Phil recordava-se de todas as suas experiências vividas nos dias anteriores, desde que o feitiço entrara em vigor. Isso lhe proporcionava um aprendizado privilegiado sobre as reações das pessoas a cada palavra ou ação que fosse empregada por ele. No meio de tantas desventuras e desesperança, Phil encontrou um objetivo na vida: conquistar o amor de Rita, sua bela e doce colega de trabalho que sentia antipatia pela arrogância dele. O desafio era transformar essa antipatia em amor num curto período de 24 horas; pois, a cada manhã, o feitiço fazia com que a memória de sua amada fosse apagada. Ele começou a aprender tudo aquilo que sensibilizava o coração de Rita: poesia, arte, música e, principalmente, a prática de atos generosos e solidários para com as pessoas comuns. Quando finalmente ele conseguiu amá-la de verdade e ser correspondido, o feitiço se quebrou e ele se libertou do castigo de repetir indefinidamente o dia 2 de fevereiro. Colocando à parte a fantasia do enredo, chama a nossa atenção o paralelo que pode ser traçado entre o feitiço que recaiu so- bre este protagonista e as nossas próprias histórias de vida como espíritos imortais, que passam por incontáveis ciclos de reencarnações. Assim como o nosso herói atormentado, nós também habitamos temporariamente um local que não nos agrada, pois o nosso planeta ainda se encontra moralmente distante dos mundos felizes; nós também convivemos com cidadãos próximos cujas imperfeições nos incomodam, por sermos nós mesmos arrogantes e imperfeitos; além disso, numa aparente forma de castigo, nós despertamos, no berço de cada nova reencarnação, neste mesmo mundo, rodeados pelos mesmos habitantes, para repetirmos as lições mal aprendidas. O ciclo se repete indefinidamente, até que a aquisição do amor e da sabedoria nos liberte. Este aprendizado gradual é viabilizado pelo fato de que as nossas experiências vividas em cada existência não se perdem; ficam acumuladas nos escaninhos da alma. Cada dia 2 de fevereiro na vida de Phil Connors assemelha-se a uma existência reencarnatória para cada um de nós. * Raphael Vivacqua Carneiro é engenheiro e mestre em informática. É trabalhador da Comunidade Espírita Esperança e um dos fundadores do Espiritismo.net. (27) 3204-7474 www.logoslivraria.com.br 3

[close]

p. 4

A SENDA Conselho Federativo Estadual define realizações para 2014 No dia 8 de fevereiro, na sede da Feees, reuniram-se os membros do Conselho Federativo Estadual, para importantes deliberações acerca dos projetos para 2014. Um destaque importante foi relativo aos Encontros Integrados, que se realizarão este ano, congregando trabalhadores das Áreas Estratégicas do movimento espírita com o propósito de trabalhar o tema Andragogia, tema explicitado pela vice-presidente de Educação, Luciana Teles de Moura. A reunião foi coordenada pela vice-presidente de Doutrina, Maria Lúcia Resende Dias Faria, com a colaboração dos demais vice-presidentes da Feees. José Ricardo, Diretor do DESDE/Feees falou sobre encargos e responsabilidades dos coordenadores das Comissões Executivas dos CREs. Estiveram representados quase todos os Conselhos Regionais, cujos representantes colaboraram bastante para o bom andamento de todos os debates. fotos: divulgação feees Membros do CFE presentes à reunião ordinária de fevereiro Maria Lúcia e Marcos Bentes na mesa de coordenação do Encontro José Ricardo comenta sobre os Conselhos Regionais Espíritas Luciana explica como será o Encontro Integrado Ação Solidária promovida pelo DAPSE/FEEES em dezembro de 2013 foto: divulgação feees 4 Devido as fortes chuvas que atingiram o nosso estado, causando inundação em quase todos os municípios e desabrigando centenas de famílias, o DAPSE – Departamento de Assistência e Promoção Social Espírita da FEEES, em 21 de dezembro, iniciou uma ação para minorar o sofrimento das famílias atingidas. A Diretora do Dapse/Feees explicou: Inicialmente solicitamos às Casas Espíritas do estado e Conselhos Regionais que se mobilizassem no sentido de realizarem vibrações, recolher donativos e entregar nos postos de recolhimento da Defesa Civil, nos endereços que enviamos em anexo à solici- tação. Logo após as águas começarem a baixar e com o início do retorno das famílias desabrigadas aos seus lares, verificamos a necessidade de auxiliar essas famílias a reconstruírem suas vidas, já que, na catástrofe, haviam perdido o pouco que tinham. Agradecemos a todas as Casas Espíritas e às Comissões Executivas dos CREs que se disponibilizaram a essa tarefa que proporcionou a todos a oportunidade do trabalho no bem e o amparo aos nossos irmãos. Vale destacar que o 3o e o 7o CRE nos enviaram resumo do resultado da campanha em suas áreas, que atendeu cerca de 79 famílias de Jacaraípe e Carapina na Serra.

[close]

p. 5

Março 2014 Notícias fotos: divulgação feees Feees completa mais um ano de trabalho Algumas cenas de realizações federativas em 2013 Fundada em 1921, com o nome de Liga Espírita de Vitória, a Feees vem desenvolvendo atividades de coordenação do movimento espírita capixaba sempre com muito empenho, graças à contribuição de tarefeiros dedicados. Que Jesus ampare a todos que no passado estiveram em seus quadros de trabalhadores e, também aos que, hoje, empregam seus esforços para a unificação do movimento espírita, ação decisiva para a construção da paz e do mundo de regeneração. Parabéns Feees! Heróis do Espírito Santo Hoje de manhã, comecei a me lembrar de grandes homens capixabas, heróis do movimento espírita: Ademar Faria, hoje com mais de 80 anos, que fundou e dirigiu um lar de crianças e um lar de idosos, ou seja, dedicou e dedica ainda a sua vida aos semelhantes, em Linhares. O Sr. Ademar é cunhado do Hugo Azevedo e Silva, hoje desencarnado. Hugo foi vice-presidente da Federação Espírita por vários mandatos, fundou várias Instituições Espíritas. Na Federação, era sempre a voz conciliadora em meio a tantas pessoas polêmicas e complicadas, deixou-nos saudades. Alcino Pereira, que unificou o movimento espírita capixaba, quando passava por difíceis divisões internas. Seu Alcino, já octogenário, com os cabelos totalmente brancos, não é palestrante, contrariando a ideia de que os dirigentes devem ser escolhidos entre os palestrantes. Alcino Pereira foi presidente da UEC, União Espírita Cristã, uma das maiores instituições espíritas do ES. Em sua vida inteira, dedicou-se a tarefas de amparo ao menor em risco social e, ainda hoje, trabalha nessa tarefa. Trabalhei com todos eles, tive grandes professores, não é verdade? Não posso deixar de citar outras estrelas de quinta grandeza com quem tive a honra de trabalhar: Geraldo Cruz, médium extraordinário, viajou o mundo inteiro, servindo ao próximo voluntariamente, morreu pobre, seguindo o exemplo de Chico Xavier. Júlio Cesar Grandhi Ribeiro, médium que trabalhou junto com Chico Xavier a convite do próprio médium mineiro e psicografou mensagem do codificador Allan Kardec, recebida na FEB e confirmada pelo médium Divaldo Franco. Lamartine Palhano Junior, um dos maiores pesquisadores do espiritismo no mundo, com dezenas de livros publicados pela editora Lachatre, era doutor, professor da UFES, dedicou os últimos anos da sua vida física à pesquisa no campo dos fenômenos mediúnicos. Reinaldo Guerra, Aloísio Silva * que fundou e dirigiu o Lar Irmã Scheilla, abrigo para mais de duas mil crianças, e o Lar de Idosos Vovô Simeão, ainda ativos em Colatina. Hoje seu Reinaldo está desencarnado. Tenho a certeza de que fui injusto, pois não citei todos, mas quero, neste mës em que se comemora mais um aniversário da Feees, deixar registrada a riqueza da história do movimento espírita do Espírito Santo. Nós que estamos na ativa devemos honrar estes nomes. Foram homens que não fizeram discursos, deram suas vidas pela construção do Mundo de Regeneração, ou seja, deixaram uma folha de serviços prestados ao próximo. Você que lê e eu que escrevi este texto estamos, também, construindo esta história, pense nisto! * Aloísio Silva é professor, escritor e conferencista espírita; atualmente, é presidente da Sociedade Guarapari de Estudos Espírita. 5

[close]

p. 6

Agenda 80 A SENDA ENPRECE - Encontro de Presidentes de Casas Espíritas em Vitória O Encontro de Presidentes de Casas Espíritas - ENPRECE - será realizado nos dias 29 e 30 de março, na sede da Feees, com inicio às 13h30 do sábado, logo após a reunião da Assembleia Geral. Será uma oportunidade para congregar os líderes do movimento espírita capixaba com o objetivo de avaliar as ações que vêm sendo realizadas em todo o estado e traçar estratégias para a realização das metas do Plano Estratégico aprovado para esta gestão. Haverá, ao longo do encontro, a oportunidade de refletir sobre o processo de liderança e, também, de analisar os projetos recentemente aprovados pelo CFN e as ideias que têm sido apresentadas para uma maior participação dos espíritas na sociedade. MARÇO-2014 • Programação de Palestras na FEEES Dia 03 - 14h30 Dia 04 - 20h Dia 10 - 14h30 Dia 11 - 20h Dia 17 - 14h30 Dia 18 - 20h Dia 24 - 14h30 Dia 25 - 20h Dia 31 - 14h30 CARNAVAL CARNAVAL As Curas de Jesus A Cada Segundo Suas Obras Um Diálogo com Jesus A Importância da Educação do Espírito Família, uma Reflexão Espírita O Desapego Oração e Paz Alber Oliveira Lima Afrísio Leon Maria de Lourdes Rocha Neves Paulo Henrique Diva Machado Cardoso Luiz Humberto José Ricardo do Canto Lirio Assembléia Geral da Feees avalia o primeiro ano desta gestão A Assembléia Geral da Feees está convocada para o dia 29 de março. A reunião se realizará na sede da Federação, com início previsto para 8h30 da manhã. Haverá dois momentos: um de reunião ordinária, em que se analisarão os resultados do primeiro ano desta gestão, e outro, extraordinariamente, para o debate sobre ajustes necessários no Estatuto da Feees. A Diretoria Executiva conta com a participação de todos os membros da Assembleia, para enriquecimento dos debates e obtenção dos objetivos propostos. Em março, na Grande Vitória, 3 oportunidades de Estudo sobre o Passe. Escolha o que mais lhe convém e participe. Projeto Illuminati em parceria com a Editora Falante disponibiliza CDs e MP3 para deficientes visuais A Federação Espírita do Rio Grande do Sul está disponibilizando CDs/MP3 que possibilitam aos deficientes visuais o conhecimento das obras básicas e de outros textos espíritas. Esse é o Projeto Illuminati, realizado em parceria com a Editora Livro Falante, de São Paulo. Mais informações em www.illuminatiportalaudio.com.br Seminário sobre o Passe: conceito, finalidade, o ser integral, fluidos, aura humana, centros de força,tipos de passe, formas de aplicação, participantes, desenvolvimento, considerações importantes (estudo, aprimoramento moral, culto da oração, alimentação e demais questões). Objetivo: capacitar tarefeiros (iniciantes), aprimorar conhecimentos e reciclar experiências de quem atua na atividade. Importante: se possível, fazer a inscrição prévia (gratuita): os locais possuem capacidade limitada. Por e-mail: dae@feees.org.br ou telefone: (27) 3222.7551 Programação de Palestras AMEEES - Março 2014 Dia 05 - 20h FERIADO - Quarta-feira de Cinzas Dia 12 - 20h STRESSE E PSICONEUROIMUNOLOGIA Dr. José Roberto P. Santos Dia 19 - 20h OBSERVAÇÃO CRIANDO REALIDADE Dia 26 - 20h EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO Guilherme S. Azevedo Dr. Dalto Vassalo 6

[close]

p. 7

Março 2014 Notícias OUTRAS NOTÍCIAS Vamos ajudar a Casa Espírita André Luiz em sua campanha Devido as fortes chuvas no final do ano de 2013 e o alagamento do bairro Central Carapina, a Casa Espírita André Luiz está fazendo uma campanha financeira para o acerto dos estragos feitos pela chuva na instituição. Quem puder contribuir, as doações deverão ser enviadas para a conta corrente a seguir: Banco: Banestes S.A. Agência: 044 Conta Corrente: 3.470.101 Favorecido: Casa Espírita André Luiz CNPJ(MF): 36.329.621/0001-60 Mais de seis mil inscritos para o 4o Congresso Espírita Brasileiro O 4° Congresso Espírita Brasileiro que comemora os 150 anos de O Evangelho Segundo o Espiritismo, e ocorre de 11 a 13 de abril, já conta com mais de seis mil inscritos. O Congresso ocorrerá simultaneamente nas cidades de Man a u s (com 1.202 inscritos), João Pessoa (2.013 participantes), Vitória (totalizando 1.857) e Campo Grande (com 1.019 inscritos). A partir de agora só é possível realizar inscrições para a sede Manaus. A organização é da Federação Espírita Brasileira. Outras Informações: www. febnet.org.br/4cong Campanha em prol da dinamização do Espiritismo do Espírito Santo Se você já percebeu a importância do movimento espírita, para que a Doutrina Consoladora do Cristo chegue a todos os corações, seja um patrocinador das ações de divulgação espírita. Preencha a ficha abaixo e envie-a à Federação Espírita do Estado do Espírito Santo. Você receberá em sua própria casa o CARNÊ DE COLABORADOR. PROPOSTA DE COLABORADOR NOME: ENDEREÇO: BAIRRO: CIDADE: FONE: (residencial) CPF: ASSINATURA: (comercial) VALOR DA CONTRIBUIÇÃO: CEP: ESTADO: 34o EMEES programação celebra o Sesquicentenário de O Evangelho Segundo o Espiritismo O 34o EMEES será realizado de 1o a 5 de março, nas dependências do IFES (Campus Vitória). Uma programação dinâmica está preparada, para celebrar o Sesquicentenário de O Evangelho Segundo o Espiritismo. Nesse evento, será lançado o livro Juventude Interrompida, que resultou do 33o Emees e conta as histórias dos jovens do Além, discutindo questões que resultam em mortes prematuras. O livro será oferecido a um preço super especial. Não perca a oportunidade de adquiri-lo. 7

[close]

p. 8

Aconteceu 7o CRE promove Curso de Formação de Evangelizadores A SENDA fotos: divulgação feees Acima, animado grupo que participou do curso Ao lado, Rose Mary Thiengo, vice-presidente de Unificação fala aos evangelizadores. Ao fundo, Edmar Thiengo, diretor do Dij/Feees No dia 25 de janeiro, o 7o CRE realizou, em parceria com o DIJ-Feees, o Curso de Formação de Evangelizadores. O evento foi um sucesso, reunindo 44 trabalhadores do DIJ das casas espíritas do 7o, 3o e 6o CRE. Questões relevantes para a importante tarefa da evangelização foram trabalhadas, em um clima de harmonia e descontração, características do DIJ. Seguimos nesta senda de luz, nos instruindo e, ao mesmo tempo, fazendo amigos! 8

[close]

Comments

no comments yet