Enfoque Social Edição 11

 

Embed or link this publication

Description

Enfoque Social Edição 11

Popular Pages


p. 1

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE BOM PASTOR Itaquera - São Paulo Informativo trimestral Ano 5 . Edição 11. de Junho a Dezembro de 2013 Irmã Maria dos Santos Costa uma vida dedicada ao amor e a caridade. Pag. 11 CEDESPs comemoram cinco anos de sua normatização 04 06 Semana Missionária em Itaquera 13 Todas as Primaveras de Dom Bosco 23 Festa das Nações 24 Almoço Beneficente no Outback. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco

[close]

p. 2

Editorial Datas Importantes Esta primeira edição de 2014 está recheada de atividades e eventos ocorridos no segundo semestre de 2013, onde pudemos celebrar os diversos padroeiros de nossos Janeiro núcleos, participar de inúmeras competições e de apresentações especiais, além da 01 - Confraternização Mundial nossa participação política nos fóruns, pré-conferências e conferências da assistên- 13 a 18 - Travessia da Fé cia social, educação e saúde. 25 - Feriado - Aniversário da Cidade de No final de outubro, comemoramos “Todas as Primaveras de Dom Bosco”, evento que São Paulo teve por objetivo apresentar à comunidade educativo-pastoral, os resultados obti- 27 - Início das atividades com os edudos ao longo destes 32 anos de Ação Social nos bairros de Itaquera e Guaianases, candos do CEDESP, CFC e CCAs além de celebrarmos os 40 anos de vida religiosa e 50 anos de sacerdote do Padre Fevereiro Rosalvino, fundador e atual Diretor Tesoureiro. Como coroamento deste evento que durou uma semana, os salesianos comemorar- 5 - Inicio dos educandos das CEIs am os 130 anos de presença no Brasil, recebendo a “Salva de Prata”, maior honraria Março conferida pela Câmara dos Vereadores da Cidade de São Paulo. Para encerrar o even03 - Desfile da Escola de Samba Dom to, entregamos o Selo Empresa / Instituição Cidadã aos parceiros que nos prestigi- Bosco no Anhembí aram comparecendo no evento e que em muito contribuem com a continuidade do 04 - Carnaval nosso trabalho socioeducativo. Finalizamos o ano com a tradicional Festa das Nações, palco de talento e diversidade; além, é claro, da distribuição de presentes aos nossos educandos, graças à colaboração de inúmeros parceiros. Agora, iniciamos 2014 com grandes desafios pela frente, visto que estamos num bairro que sediará a abertura da Copa do Mundo e que em muito modificará o cenário geral da comunidade à qual pertencemos. Há mais de dez anos, quando iniciamos o nosso Planejamento Estratégico, já previamos grandes modificações e, por isso, buscamos estar atentos a isto, preparando a comunidade local para que pudessem se apropriar deste possível desenvolvimento, de forma a não ficarem à margem do mesmo. Nestes anos, acreditamos ter cumprido nosso papel, pois pudemos atender milhares pessoas e realizar milhões atendimentos, sempre com qualidade e priorizando os que mais necessitaram de nosso atendimento. Cumprindo a nossa missão, pudemos de forma especial contribuir com a formação cidadã das crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e famílias, de forma a serem as grandes protagonistas de todo trabalho educativo-pastoral. Portanto, inspirados na presença marcante de Dom Bosco, faremos deste ano o coroamento da aplicabilidade de nosso Plano Estratégico, visto que teremos por meta a sua revisão, bem como a elaboração do Plano Orgânico Local. É o momento de revermos nossas práticas e sinalizarmos o nosso futuro! Que Dom Bosco, Patrono dos Esportes, nos abençoe para que sediemos um evento esportivo de paz e de congraçamento. Que possamos receber os inúmeros visitantes de diversas nacionalidades com a grande alegria que nos é característica e que destas visitas tenhamos muitos frutos para a continuidade de nosso trabalho. A direção. Obra Social Dom Bosco | Associação Beneficente Bom Pastor Um obra a serviço da vida! Pertencemos à Rede Salesiana de Ação Social, com sede em Itaquera, na região leste de São Paulo. Atendemos diariamente 4 mil pessoas em 6 serviços e 6 programas. A nossa missão é contribuir com a construção de uma sociedade justa, humana e igualitária, por meio de atividades socioeducativas que visem à melhoria da qualidade de vida e o pleno exercício da cidadania das famílias em situação de vulnerabilidade, exclusão ou risco social e pessoal. Expediente Direção Geral: Pe. Rosalvino Morán Viñayo Ir. Arcângelo Longo Diretora Executiva: Cristiane Vitale de Melo Produção: Luana Dorizo de Melo Revisão: Ir. Antônio Carlos Martins Enfoque Social Ano 5 – Nº 11 | Jun a Dez -13 Tiragem: 4.000 exemplares Patrocínio de impressão: Leograf – Gráfica e Editora www.leograf.com.br Tel: (11) 3933-3888 Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco R. Álvaro de Mendonça, 456 – Itaquera CEP: 08215-290 – São Paulo – SP TEL: 2205-1100/ Fax: 2205-1109 www.domboscoitaquera.org.br webmaster@domboscoitaquera.org.br /domboscoitaquera /domboscoitaquera /osdb

[close]

p. 3

Obra Social Dom Bosco recebe a visita do Ministério do Esporte No dia 03de junho de 2013, recebemos a visita do Chefe da Representação do Ministério do Esporte, Sr. Elder Vieira; do Deputado Estadual, Sr. Alcides Amazonas; do Representante da SPCopa, Sr. Josafá Caldas e do Vereador do Município de São Paulo e exMinistro dos Esportes, Sr. Orlando Silva. Todos conheceram a Sede da Obra Social Dom Bosco e o Centro de Formação e Cultura Dom Bosco, situado à frente do novo estádio que servirá de palco para a Abertura da Copa do Mundo de 2014. Programa Aprendizes de Dom Bosco participa de palestra na Subprefeitura de Itaquera Os educandos do Programa Gestão de Talentos - Aprendizes de Dom Bosco, participaram no dia 07 de junho da Palestra sobre Resíduos Sólidos e da Apresentação do Projeto de Arborização no evento “Virada Sustentável”, realizada na subprefeitura de Itaquera. A palestra sobre resíduos sólidos foi ministrada pelo Diretor da Ecopreve (empresa de consultoria e gerenciamento ambiental), Valter José de Lima, que explanou especialmente sobre o funcionamento dos Ecopontos e Coleta Seletiva. O Fórum do Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, teve como objetivo no evento planejar e executar as ações que contribuam para a melhoria da qualidade sócio-ambiental da região, além de colaborar com a formulação de políticas públicas, promover e incentivar a participação social. Cerca de 60 pessoas participaram das discussões sobre o descarte ilegal de lixo e entulho. Dentre os convidados estavam presentes, os representantes da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, a Diretoria Regional de Ensino de Itaquera, o CADES Municipal e Motoclubes da região. VII ENRESAS (Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social) De 28 a 30 de junho, a Diretora Executiva Cristiane Vitale de Melo, representou a Obra Social Dom Bosco no VII ENRESAS (Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social), em Brasília. O ENRESAS tem por objetivos: consolidar a RESAS (Rede Salesiana de Ação Social), oferecer formação continuada aos gestores das unidades da Rede e avaliar e projetar a caminhada das obras sociais salesianas. Aproximadamente, 90 gestores das Obras Salesianas de todo país tiveram a oportunidade de trocar experiências e traçar metas no cumprimento da missão salesiana. Neste encontro, foram abordados os seguintes temas: Pedagogia da Bondade e o Projeto das Obras Sociais; Avaliação e Encaminhamentos da Formação EAD para os nossos colaboradores; Caminhos da Congregação; Gestão, Significatividade e Sustentabilidade; Elaboração do Marco Referencial do Projeto Educativo e Pastoral das Obras Sociais; além do lançamento da nova identidade visual e proposta de padronização dos sites de todas as Obras que compõem a RESAS. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 02

[close]

p. 4

Mundo Melhor - Rede Vida de Televisão No dia 10 de junho, o Padre Rosalvino e os educandos da Obra Social Dom Bosco, participaram da gravação do Programa “Mundo Melhor “ na Rede Vida de Televisão com a apresentação de Gabriel Chalita. O Principal objetivo do programa é promover discussões de temas atuais, além da divulgação de iniciativas capazes de construir um Brasil e um mundo mais justo. Na estreia do Programa, Chalita entrevistou o Padre Fábio de Melo e teve como convidados: Padre Sílvio Andrei, Padre Rosalvino e Padre Marcos Miranda. O tema foi abordado de uma forma muito dinâmica, discutindo diversos assuntos como: a participação do Brasil na Jornada Mundial da Juventude e a simplicidade do Papa Francisco, o comportamento da juventude, a onda de violência no país, as drogas e os vícios da juventude, os desafios da igreja para tocar o coração dos jovens, o bem estar da pessoas, as relações entre as familiares e as pessoas, religiosidade, a disposição que a melhor idade tem em viver entre outros assuntos. “Tudo aquilo que é o pequeno no mundo é determinante para que o grande espaço aconteça, às vezes a gente tem aquela pretensão de olhar o mundo a partir de tudo que é grandioso, e a gente acaba desconsiderando que essas miudezas do cotidiano é que realmente constrói tudo aquilo que é grandioso” - relatou Padre Fábio de Melo. “O que nós, Padres, podemos fazer para melhorar o mundo, é simples, olhar para as pessoas” – relatou Padre Sílvio Andrei. Nos dias 14 e 21 de dezembro foram exibidos dois programas gravados no CEDESP. Nestes programas, foram apresentados os serviços e programas da Obra, bem como passada uma mensagem natalina à todos os telespectadores. O programa Mundo Melhor é exibido todo sábado na Rede Vida de Televisão das 13h30 ás 14h30. Para assistir a esse programa na íntegra, acesse o nosso canal do You Tube e confira. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 03

[close]

p. 5

CEDESPs comemoram cinco anos de sua normatização No dia 25 de junho, os Centros de Desenvolvimento Social e Produtivo para adolescentes, jovens e adultos (CEDESPs) comemoraram cinco anos de seu reconhecimento Institucional com a I Mostra CEDESP. O evento ocorreu no Centro de Assistência e Promoção Social Nosso Lar (CENLEP) na Água Rasa, Zona Leste da Cidade de São Paulo, e contou com apresentações culturais, desfile de moda, palestras e uma Mostra das atividades realizadas nos cursos profissionalizantes. Luciana Temer, Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), Sérgio Souza da Cunha (Usuário do Serviço), o Padre Lédio Milanez do Fórum de Assistência Social (FAZ) e Alice Okada, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (COMAS), participaram da solenidade de abertura do evento. Para o Padre Lédio, “o evento é uma oportunidade para mostrar à cidade de São Paulo, a força que este serviço tem para a assistência social”. Segundo Alice Okada, representante do COMAS, a SMADS e as organizações fizeram um estudo comparativo sobre o trabalho de qualificação profissional realizado pelos CEDESPs e outras entidades. “A conclusão é que o trabalho dos CEDESPs é muito mais forte e eficaz, porque trabalha a família do jovem também”, revela. Ao cumprimentar o público presente, a secretaria Luciana Temer relatou que “a cidade precisava reconhecer seu trabalho transformador. Aqui o desafio não é só a qualificação para o mercado de trabalho, mas também o desafio de transformar a própria história, o que não é fácil”, explica. Durante o evento, o público pôde participar e conhecer de forma interativa cada instituição e oficinas. Os usuários dos CEDESPs participaram efetivamente de toda a preparação e execução da mostra. Para os mais de 2 mil jovens e familiares presentes no evento, Luciana Temer deixa a seguinte mensagem: “Ser livre não significa só uma liberdade democrática extrema, mas ser livre internamente para fazer suas escolhas. É um prazer compartilhar deste momento com vocês, a apresentação foi fantástica, a representação da cidade e suas tribos foi excelente. Vocês estão de parabéns! Para finalizar deixo alguns trechos de uma música, de uma banda que eu adoro, que descreve muito o que sinto agora e o que representa o CEDESP: “ a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte...a gente não quer só comida a gente quer saída para qualquer parte...a gente não quer só dinheiro a gente quer dinheiro e felicidade... a gente não quer só dinheiro.... a gente quer inteiro e não pela metade...” CEDESPs A rede socioassistencial conta com 27 CEDESPs que atendem aproximadamente 6 mil jovens a partir dos 15 anos. Além de atividades culturais, os usuários participam de cursos de formação profissional que garantem seu ingresso no mercado de trabalho. Objetivo: Contribuir para a melhoria da qualidade de vida e para o desenvolvimento de adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, por meio da capacitação e formação profissional e conhecimento do mundo do trabalho. O Diferencial deste serviço prestado à população não é sua parte técnica e sim sua dedicação à cidadania, a humanidade e sua transformação e a inclusão dos jovens no mercado de trabalho, sendo assim divididos em quatro habilidades: • Habilidades Especificas; • Habilidades de Gestão; • Habilidades Básicas; • Habilidades Sociais. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 04

[close]

p. 6

Festa Julina “Acenda a fogueira do seu coração”: foi o lema que sugeriu o clima de alegria para a realização da festa típica de São João, organizada pela Obra Social Dom Bosco e Associação Beneficente Bom Pastor, que aconteceu no dia 06 de julho no Centro de Formação e Cultura Dom Bosco na Rua do Contorno, em frente ao metrô Itaquera. Com início às 11h da manhã, a festa se desenrolou até às 21h contando com a participação da comunidade de Itaquera e Região, com o apoio dos seguintes parceiros: Amarante Embalagens, Authentic Feet , Big Star Brinquedos, Boi do Povo, Calvo Atacadista, Camillo Seguros, Centro Comercial Leste Aricanduva, Coca-Cola / FEMSA Brasil / Coletivo Coca-Cola, Colaboradores / Cooperadores Salesianos, Dorinhos, Dra. Tallulah Carvalho, Duplatur Transportes, Espacial, Iguape Pães , Jornal Impacto Leste, José Agostinho, Ki Touro, Kimania Brinquedos, KYW, Lojas Havaianas, M. Rodrigues, Mac Luz, Maimell Saúde Empresarial, Marvit Massucci & Gino, Metrô, Ninicouro, O Boticário, OAB SP, Onésimo Clínica Reviver, Overboard, Papelaria Zona Leste, Pernambucanas, Policia Militar do Estado de SP, Prefeitura de São Paulo, RC Suprimentos, Requinte Com. Prod. Higiene, Secretaria Municipal de Assistência e Des. Social, Serramar, Tent Beach, Teleperformace Voluntários / Educandos / Famílias. Além da presença de representantes do cenário político da cidade, como o ex-prefeito de São Paulo, Sr. Gilberto Kassab. A alegria foi o ponto alto, presente nas apresentações artísticas do CFC Dom Bosco, NCI (Núcleo de Convivência do Idoso), Escola de Samba Dom Bosco, CEDESP, Centro da Criança e do Adolescente (CCAs) e outros serviços e programas da Instituição. O evento possibilitou o envolvimento de crianças, jovens, adultos e idosos, garantindo a cultura e diversão para todas as famílias presentes. O Diretor Tesoureiro e Fundador da Obra Social Dom Bosco, Pe. Rosalvino Morán Viñayo, foi o grande animador da festa, acompanhando cada momento do início ao fim desta grandiosa comemoração, mostrando assim, mais uma vez a importância de resgatar os valores tradicionais de nossa cultura para o público que prestigia a Instituição há mais de 32 anos. Texto: Dulcinéia Furtado de Souza – Colaboradora do serviço de Medidas Socioeducativas. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 05

[close]

p. 7

Semana Missionária em Itaquera Entre os dias 15 e 20 de julho aconteceu a Semana Missionária na Comunidade de Itaquera. Com o lema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e a Obra Social Dom Bosco, receberam peregrinos dos Estados Unidos, França, Espanha, Portugal e Austrália. A Semana Missionária foi uma preparação para a Jornada Mundial da Juventude 2013 (JMJ) que neste ano ocorreu no Rio de Janeiro com a presença do Papa Francisco cujo objetivo principal foi fazer com que os jovens conhecessem a mensagem de Cristo e, que através deles, o ‘rosto’ jovem de Cristo mostrasse ao mundo. Os peregrinos foram recepcionados pela comunidade, com muita alegria e carinho. O evento contou com mais de 150 participantes e 43 famílias acolhedoras que hospedaram os jovens em suas casas. “ Eu me sinto um pouco mãe dela, e eu acho que ela também se sente um pouco minha filha”, “ Essa experiência jamais vou esquecer” – relatou Neide Aparecida, acolhedora de uma jovem americana. A programação contou com a visita aos pontos turísticos da cidade de São Paulo, bênçãos nas casas das famílias da Comunidade, missas e celebrações na Comunidade Matriz Nossa Senhora Aparecida, visitas ao Itaquerão (futuro estádio de abertura da copa do mundo de 2014) e Asilo das Irmãs Franciscanas, momentos com as famílias acolhedoras, reflexões, muita música e a integração entre as nações. Depoimentos dos peregrinos: “Estou adorando trocar experiências com outros jovens salesianos, principalmente de outros países” – relatou Romina Ida Carmelina peregrina da Austrália (tradução: Camila Rosângela – da comunidade de Itaquera). “Uma experiência muito legal em São Paulo é ter contato com os jovens Salesianos, pois é uma coisa só, espírito único, em qualquer lugar do mundo os Salesianos têm a mesma essência tanto nos Estados Unidos como aqui no Brasil, é o mesmo trabalho em toda a comunidade. Isso é fantástico. Estou muito ansioso para conhecer o Papa Francisco ou ao menos falar um oi, estou muito feliz.” – relatou Nghiem Tran (Kris) peregrino dos Estados Unidos (tradução: Camila Rosângela – da comunidade de Itaquera). “É a primeira vez que participo da Semana Missionária e do JMJ. Queria dizer que a experiência está sendo muito boa, estou encantado com as diferenças de linguagens e das pessoas de outros países sendo todos Salesianos, primeira vez que me relaciono com pessoas de outros países, estou com grandes expectativas e muito feliz”. – relatou Jaime Riesco peregrino do Sul da Espanha (tradução: Aline Almeida – colaboradora da Obra Social Dom Bosco). Ao término da Semana Missionária em São Paulo, 50 jovens da comunidade de Itaquera participaram juntamente com outras nações, da Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de Julho, na cidade do Rio de Janeiro. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 06

[close]

p. 8

Formação para colaboradores Para recomeçar as atividades do 2º semestre nos núcleos, a Associação Beneficente Bom Pastor e a Obra Social Dom Bosco, reuniram cerca de 400 colaboradores no dia 01 de Agosto, para organizar e replanejar as atividades para o próximo semestre. O encontro começou muito alegre com atividade física laboral na quadra, organizado pela educadora Dayane. Logo em seguida todos ouviram a palavra de incentivo do Papa Francisco por meio de um vídeo. Os colaboradores também puderam contar com a palestra do Comitê de Aconselhamento sobre Álcool e Drogas do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, ministrada por José Carlos Oliveira. No período da tarde, os colaboradores se reuniram por serviços prestados, para desenvolverem atividades específicas, com o intuito de melhorar o relacionamento e atendimento entre as equipes de trabalho e os usuários de cada serviço. I Semana Pedagógica do ensino técnico empreendedor De 10 a 14 de junho, Pe. Rosalvino participou da Semana Pedagógica do Ensino Técnico Empreendedor, no Senac Itaquera um evento gratuito e aberto ao público. O objetivo do evento foi promover a reflexão sobre o papel dos profissionais da educação como formadores de profissionais empreendedores para o mercado de trabalho, valorizando o trabalho docente. Os visitantes conferiram ainda, a Exposição Interativa que demonstrou situações de mercado, possibilidades de atuação e oportunidades do setor. I Seminário Regional do Observatório da Educação Educadores da Obra Social Dom Bosco juntamente com o Pe. Rosalvino participaram no dia 14 de junho, do 1° Seminário Regional do Observatório da Educação. Esse projeto tem como meta identificar as experiências educacionais de sucesso para fomentar a elaboração de políticas públicas na área de educação. O Projeto foi realizado com apresentações de seminários por muitas regiões do Brasil. O Presidente da comissão, Gabriel Chalita, realizou a abertura e o encerramento do seminário, que contou com a presença das seguintes personalidades: Paulo Nunes Pinheiro - Prefeito de São Caetano do Sul; Cleuza Rodrigues Repulho - Secretária Municipal de Educação de São Bernardo do Campo - Presidenta da Undime Nacional; Daniel Belluci Contro - Secretário Municipal de Educação de São Caetano do Sul; Luciana de Toledo Temer Castelo Branco - Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo; Marianne Pinotti - Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo; Jarbas Elias Zuri Júnior - Secretário Municipal de Planejamento e Gestão de São Caetano do Sul; Sônia Aparecida de Souza Braga - Secretária Municipal de Cidadania e Ação Social de Mauá; Ernesto Martins Faria - Coordenador de Projetos da Fundação Lemann; Alejandra Meraz Velasco - Gerente da Área Técnica do Movimento Todos pela Educação. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 07

[close]

p. 9

1º Concurso de Leitura e Soletração da SAICA Madre Mazzarello A SAICA (Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes) Madre Mazzarello realizou no dia 15 de junho o 1º Concurso de Leitura e Soletração, com o objetivo de incentivar os educandos á pratica da Leitura e desenvolver o a competitividade de modo saudável por meio do concurso literário. O tema do concurso foi: O Pequeno Príncipe, um dos personagens mais famosos e queridos de todos os tempos, que empolga crianças e adultos com ensinamentos inesquecíveis. Sua história deixa marcas pela forma simples de suas mensagens de otimismo, simplicidade e amor ao nosso planeta. O evento contou com a participação de 60 pessoas, entre convidados, familiares, crianças e adolescentes dos SAICAS assim como os colaboradores. Os jurados: Andreia Lima, Inês e Leonardo (Paróquia Nossa Sra do Carmo), puderam avaliar o desempenho de cada participante e também apreciar as apresentações de danças das crianças. A premiação foi dividida em três categorias: primeiro, segundo e terceiro lugar. Dentre os prêmios foram entregues, livros, gibis, ingressos para o cinema, o DVD do Pequeno Príncipe e uma quantia de R$ 50,00, dividido entre os três primeiros colocados. Os demais também receberam prêmios de participação, por meio de medalhas e um passeio ao Mc Donald’s. O concurso contou com o apoio e doações das seguintes pessoas e núcleos: Perla Carvalho, CFC, CCA Aparecida, CCA São José e CCA Santo Antônio, Ir Antônio Carlos, Ir. Arcangelo, Raimundo, Pe Rosalvino e o Seminarista Edilson. Campeonato Estadual Estudantil de Taekwondo No dia 21 de setembro, os educandos dos CCA´S Santo Antônio, São José e Centro de Formação e Cultura participaram do Campeonato Estadual Estudantil de Taekwondo 2013. O evento aconteceu no CFC Dom Bosco, com a participação de 300 atletas vindos de várias cidades do Estado como: Ferraz de Vasconcelos, Arujá, Mauá etc... Tivemos a presença ilustre do presidente da Liga Nacional de Taekwondo, Senhor Yeo Jin Kim e da atleta Viviane Felicíssimo que foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1990. Texto de: Márcio Glênio - Colaborador do de Centro para Crianças e Adolescentes São José Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 08

[close]

p. 10

Dia Nacional do Voluntariado No dia 28 de agosto, os voluntários da Obra Social Dom Bosco e Associação Beneficente Bom Pastor, tiveram um dia especial em função do dia Nacional do Voluntariado. A Coordenadora do Programa de Voluntariado, Maria Inês, explanou para todos os presentes sobre a importância dos Valores e Atitudes do Voluntariado Salesiano. O encontro também proporcionou a entrega dos certificados para todos os voluntários presentes. Pe. Rosalvino também participou do evento colaborando para a reflexão do tema proposto e em suas palavras relatou que a missão do voluntario a cima de tudo é ajudar o próximo. Formandos do Coletivo Dom Bosco No segundo semestre de 2013 o Programa Coletivo de Dom Bosco formou cerca de 180 educandos na área de Varejo. Essa capacitação teve a duração de dois meses (32 horas/aula) por turma e as atividades ocorrem ao lado do Centro para Crianças e Adolescentes Bom Pastor. Formandos do Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo No segundo semestre de 2013 o Centro Profissionalizante (CEDESP) da Obra Social Dom Bosco, formou 1.517 educandos dos 14 cursos oferecidos gratuitamente, a duração dos cursos dura em média de três meses a dois anos . Para se matricular em um dos cursos oferecidos, os jovens de 15 a 59 anos devem comparecer pessoalmente à Rua Álvaro de Mendonça, 456 – Itaquera, de segunda a sexta, das 9h às 21h, ou aos sábados das 8h às 16h, com RG para retirar a ficha de inscrição e depois devolvê-la às sextas-feiras das 9h ás 21h. CCAs Celebram o dia de Nossa Senhora Aparecida No dia 11 de outubro em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida e ao dia das Crianças, os Centros para Crianças e Adolescentes Bom Pastor, Santo Antônio, São José e Nossa Senhora Aparecida, se reuniram para celebrarem a festa da Mãe querida. Durante o período da manhã e da tarde os núcleos realizaram apresentações artísticas e culturais na Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida. O Inspetor Pe. Edson Castilho, em visita inspetorial, participou da Celebração, juntamente com a técnica do CRAS que supervisiona o serviço. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 09

[close]

p. 11

Depoimento de Daniel Menezes da Silva (educando do curso de Eletrotécnica da turma de 2005) Não é tão simples escolher o primeiro caminho na vida. Para uns, é o começo. Para outros, o recomeço. E ainda existem aqueles que se enquadram no meio termo. Creio que eu (na época) fazia parte deste último requisito. Precisava fazer algo. Ansiava por uma oportunidade de vivenciar uma experiência única, marcante capaz de deixar “cicatrizes” positivas do tempo. Enquanto não chegava este desejo (concreto), incomodava com o tédio, a estagnação e a indecisão. Até que certo dia, a oportunidade finalmente apareceu. A Obra Social Dom Bosco foi escolhida para deixar sua “cicatriz”. Iniciei desde então, a luta para a mudança de vida. Digo luta porque, primeiramente, queria provar para a minha família (e a mim) que seria capaz de provocar e concretizar isso. E segundo porque tinha consciência das dificuldades que encontraria para entrar devido à forte concorrência de outros Interessados. O processo para ingressar na instituição para realizar o curso de Eletrotécnica não foi fácil. Mas, estava tão focado em sair de vez da zona de conforto que, percebi que aquele era o momento. As dificuldades me assustaram... Não a ponto de convencer a desistir. Graças a Deus, a persistência valeu a pena, acontecendo exatamente tudo que imaginei. Os dois anos de curso foram de puro entusiasmo (2003 a 2005). As experiências de aprendizado, disciplina, as amizades construídas ainda permanecem na minha memória. O mais marcante foram as histórias de vida que tive o prazer de conviver e ouvir de outros “guerreiros do jaleco azul e de outras cores” que também são inesquecíveis. Se a vida é um grande livro de páginas brancas onde escrevemos nossa história, esta passagem garantiu a sua escrita no capítulo da minha existência... Muito obrigado Obs.: “Guerreiro de Jaleco” foi uma metáfora que utilizei para citar os alunos ,professores e todos os outros colaboradores (desde o pessoal da limpeza até a direção da Obra) Depoimento da Fabiana Gomes Rocha (educanda do curso de Técnicas Administrativas 2013) Olá, meu nome é Fabiana Gomes Rocha, pelo meu irmão e minha cunhada para tenho 39 anos, nasci em Vitória da Con- passar um tempo com eles em sua casa. quista – BA. Sem pensar duas vezes, imediatamente, aceitei. Logo depois, Deus começou a Vim para São Paulo em 01de abril de mostrar que tinha algo muito bom para 2012, onde começava uma nova etapa sarar minhas feridas. da minha vida. Chegando em São Paulo, minha cunhada Tudo começou com o falecimento que agora está no lugar de mãe, começou de minha mãe. Após, totalmente a me incentivar a fazer um curso na Obra desesperada e sem saber o que iria ser Social Dom Bosco Itaquera, para que eu da minha vida sem ela, estava tentando pudesse buscar alguma oportunidade no me recuperar de uma forte depressão, na mercado de trabalho, e assim fiz... Aceitei qual passei grande parte em cima de uma e assim tudo começou...Fiz a inscrição, cama. depois de alguns dias fui chamada para a entrevista, na sequencia uma prova, fui Por ser portadora de uma deficiência aprovada e escolhi o curso de Técnicas física – poliomielite (também conhecida Administrativas. Acreditei que poderia como paralisia infantil) sempre achei que conseguir um trabalho, me tornar uma não conseguiria ser como as outras pes- pessoa normal e capaz de vencer as disoas. Foi quando Deus começou a agir ficuldades da vida. No começo do curso de maneira extraordinária em minha confesso que foi um pouco difícil, mas eu vida. A primeira prova foi o convite feito aprendi com o Pe. Rosalvino, que é por meio das dificuldades que vencemos as batalhas. Graças a Deus e à Obra Social Dom Bosco, hoje tenho meu primeiro emprego como Auxiliar de Escritório e por coincidência em um Centro Social Salesiano o que também foi um dos meus maiores sonhos. Mas não pára por aqui, eu ainda pretendo se Deus quiser, fazer uma faculdade em Pedagogia, realizando mais um dos meus sonhos! Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 10

[close]

p. 12

Irmã Maria dos Santos Costa, No dia 3 de maio de 1935 nascia a segunda filha do casal Antônio da Costa e de Maria dos Santos Costa, com o mesmo nome da mãe, Maria. Infelizmente sua mãe faleceu no mesmo dia do seu nascimento. Seu pai exercia a profissão de motorista e, depois da perda da esposa, casou-se pela segunda vez, levando para o seu novo lar, as filhas Maria e Anita. O senhor Antônio enviuvou-se novamente. A pequena Maria foi então entregue à avó materna, Dona Anna de Jesus, que foi para ela e para sua irmã, Anita, mãe e avó. Maria frequentou as primeiras séries do Curso Primário no Colégio Santo Antônio e, no último ano foi matriculada, por seu pai e sua vó, no Asilo Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro do Ipiranga, dirigido pelas Filhas de Maria Auxiliadora. Foi no asilo que Maria teve contato com o carisma das Filhas de Maria Auxiliadora e, aos poucos, atraída pela vida de alegria e dedicação das Irmãs à juventude e pelo clima de família, percebeu que também o Senhor a convidava para fazer parte do monumento vivo de Dom Bosco, as Filhas de Maria Auxiliadora. Com o falecimento de seu pai em 1946, Maria e Anita passaram a depender inteiramente de sua avó. No dia 8 de maio de 1950, foi admitida, no Colégio de Santa Inês, à primeira etapa de formação. Após três anos recebeu a capinha e medalha de Postulante, no Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Guaratinguetá. Durante o Noviciado, iniciado em 1954, começou a vivenciar o itinerário de seguimento de Jesus Cristo, percebendo as implicações concretas em sua vida e aderindo e ele com o todo o seu coração. Em 1956, proferiu os primeiros votos, no Noviciado na Casa Nossa Senhora das Graças, no bairro do Ipiranga, São Paulo. Viveu o tempo de juniorato, amadurecendo sua entrega a Deus, dedicando-se à educação dos jovens e aprofundando, na prática, o Sistema Preventivo. Irmã Maria Costa escreveu, para a Inspetoria da época, solicitando sua admissão aos votos perpétuos e expressando sua alegria em pertencer para sempre ao Instituto: “ Madre, sintome tão feliz com a aproximação deste grande dia se Deus e Nossa Senhora Auxiliadora o quiserem, permanecerei para sempre até a morte.” Solenemente em 1962, Irmã Maria professou em perpétuo. Irmã Maria deixou, por onde passou, o testemunho generoso e cheio de entusiasmo para quem vive a solidariedade evangélica, sempre disposta a fazer o melhor para os mais pobres. Durante trinta anos, esteve a serviço da Obra Social Dom Bosco de Itaquera. Foi uma das primeiras Irmãs que, juntamente, com o Padre Rosalvino Viñayo iniciou o trabalho, em 1981, no bairro de Itaquera em São Paulo. No auge de suas forças, nos finais de semana, em baixo de árvores ou em uma “velha” capela, Irmã Maria foi catequista de crianças e adultos, coordenadora de um grupo de mulheres a quem ensinava bordado, enquanto as ouvia e percebia as necessidades mais urgentes das famílias. Em 1987, Irmã Maria, juntamente, com as Irmãs Susana Walchak, Maria Idaty Godoy da Silva e Anna Benedetti, fez parte da primeira comunidade das Filhas de Maria Auxiliadora, em Itaquera, constituída para que, em Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 07

[close]

p. 13

uma vida dedicada ao amor e a caridade. tempo integral, as Irmãs, em conjunto com os Salesianos, trabalhassem em favor da juventude empobrecida e das famílias do local. Cheia de ardor apostólico, Irmã Maria da Costa dedicou-se totalmente às atividades com o grupo de mulheres, à organização de bazares beneficentes e à organização da obra ainda nascente. Com o passar do tempo, a Obra cresceu e Irmã Maria assumiu total responsabilidade pelo Bazar, recebendo os donativos, separando-os, organizando-os e vendendo-os com a finalidade de ajudar as famílias menos favorecidas. Seu trabalho não se restringia somente ao bazar, mas era presença materna entre os jovens, os Salesianos, os Salesianos Cooperadores e a todos que frequentavam ou haviam frequentado a Obra. Quando se dedicou na preparação de celebrações, festas, romarias, quermesses, bingos, na distribuição de sacolinhas de Natal para crianças, sua alegria contagiava e animava a todos. Irmã Maria, sempre foi muito querida na comunidade de Itaquera. Uma Irmã que sabia acolher, que não julgava ninguém e que sabia perdoar. Em 2002, Irmã Maria foi homenageada com a inauguração da Casa de Acolhimento que recebeu o seu nome, em reconhecimento de toda uma vivência do sistema de Dom Bosco. ...“santa Filha de Maria Auxiliadora com o coração do tamanho do coração de Deus; alma caridosa, transparente; pessoa sempre alegre, disposta, mesmo com a saúde abalada. Amar o próximo era o seu mandamento. Agora restame dizer ‘Obrigado’ a Deus por ter sido uma das Fundadoras da Obra Social Dom Bosco. Faço votos de que a nova geração de Filhas de Maria Auxiliadora siga o exemplo e tenha o grande coração de Irmã Maria.” – disse Padre Rosalvino. Em 2012, com a saúde debilitada pelo diabetes e pelo problema de locomoção, Irmã Maria foi para a Casa Santa Teresinha para tratamento, porém, seu coração não saiu da Obra Social Dom Bosco. No tempo de sua purificação pela fragilidade da saúde, teve que se afastar de Itaquera, mas Irmã Maria continuou interessando-se pelas Irmãs, pelos jovens, pela vida e pela missão, oferecendo, com certeza, por todos os quem amou suas dores, saudades e orações. Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 08

[close]

p. 14

De 28 a 31 de outubro e no dia 1 de novembro, a Obra Social Dom Bosco e Associação Beneficente Bom Pastor celebraram todas as primaveras de Dom Bosco, que se seguem: • 30 anos da Associação Beneficente bom Pastor • 15 anos do Serviço de Medidas Socioeducativas • 20 anos do Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo • 18 anos do Centro de Formação e Cultura (Clube da Turma) • 10 anos do Programa de Voluntariado • 130 anos da Presença Salesiana no Brasil • 50 anos de Vida Religiosa e 40 anos de Sacerdócio do nosso Pe. Rosalvino. Nos dias 28, 29 e 30 de outubro, todos os núcleos da Instituição realizaram atividades específicas em função do evento como: café da manhã especial para os parceiros, atendidos e famílias, workshops e apresentações artística. Todos os núcleos se reuniram na sede no dia 31 de outubro para a festividade de abertura, iniciando com um ato ecumênico, em que o Pastor Aníbal, da Igreja Evangélica de Itaquera, o Líder Espiritual Antônio Carlos Laferreira, da Casa do Cristo Redentor e o Padre Rosalvino da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, anunciaram mensagem de amor, fé, luta e esperança a todos tor Executivo da Rede Salesiana de Ação os presentes. Foi um momento muito Social), Irmã Suzana WalchaK (Diretora emocionante. das Filhas de Maria Auxiliadora da casa Nossa Senhora Aparecida e coordeForam doze horas de muitas apresen- nadora do projeto do Serviço Social tações, homenagens e muita alegria. do CEDESP), Irmã Dorcelina de Fátima Nas apresentações artísticas, culturais Rampi (Ecônoma Inspetorial), Irmã Célia e nas exposições, o público presente Maria Moreli (Diretora do Colégio Santa pode conhecer um pouco mais dos Inês), Irmã Maria Bernardina Gonçalves, serviços e programas que a Obra Social Irmã Diomira Marcolin, Irmã Asilê Elcy Dom Bosco e Associação Beneficente Fachini, Irmã Maria Idaty Godoy da Silva Bom Pastor realizam. e Irmã Aldahyr de Bortoli, Irmã Cecília Fanga, delegada inspetorial das FMA No decorrer de todo o dia estiveram pre- para a família salesiana e Ir. Antonio Carsentes autoridades como: Guilherme los Martins, delegado inspetorial dos Henrique de Paula e Silva (Subprefeito SDB para a família salesiana. de Itaquera), Paulo Skaf (Presidente da FIESP), Geraldo Alckmin (Govenador do No dia primeiro de novembro, a festa Estado de São Paulo), Luciana Temer Todas as Primaveras de Dom Bosco, (Secretária de Assistência e Desenvolvi- foi encerrada com uma Missa de Ação mento Social da Prefeitura de São Pau- de Graças. Um momento celebrativo lo), Gabriel Chalita (Deputado Federal para homenagear o Pe. Rosalvino pedo PMDB–SP), assim como outros par- los seus 40 anos de Sacerdócio e 50 ceiros da organização na área da indús- anos de Profissão Religiosa como saletria, comércio, prestação de serviços, siano. Estavam presentes: Dom Tarcisio além de representantes de instituições. Scaramussa (Bispo Auxiliar da Região Sé), Pe. Mauro e Pe. Manoel da Paróquia No final do dia os vereadores Nossa Senhora Aparecida. No final da Floriano Pesaro e José Police Neto con- Missa de Ação de Graças, os educandos cederam aos Salesianos e Salesianas de da Obra Social Dom Bosco realizaram São Paulo a honraria de Salva de Prata. uma apresentação de dança intitulada A Cerimônia contou com as seguintes “A Princesa e Dom Quixote”, que agrapersonalidades: Pe. Edson Donizetti dou a todos. Castilho (Inspetor da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora), Confira as fotos: Pe. Sérgio Augusto Baldin Júnior (DireEnfoque Social - Obra Social Dom Bosco 13

[close]

p. 15

Enfoque Social - Obra Social Dom Bosco 14

[close]

Comments

no comments yet