Jornal Eco da Tradição - Fevereiro 2014

Embed or link this publication

Description

Jornal do mes de fevereiro

Popular Pages


p. 1

ECO DA TRADIÇÃO - ANO XII - Nº 150 - FEVEREIRO 2014 Tradicionalistas se unem para homenagear vítimas da Kiss Página 08 OPINIÃO Nairioli Callegaro fala da Instituição Pág. 02 CITG: Dorvílio Calderan fala sobre tradição além fronteiras Foto: Rogério Bastos TV inglesa vai mostrar o tradicionalismo na Copa SEMINÁRIO Seminário de Prendas e Peões Pág. 03 Foto: Rogério Bastos PELO RS Concurso Literário Congresso reuniu mais de 2000 pessoas em Porto Alegre Foram três dias de debates. Cruz Alta levou o acendimento da chama. “Eu sou do sul” é o tema dos festejos farroupilhas de 2014. Foto: Rogério Bastos Página 07 Página 03 Pág. 04 CARTÃO Conheça as vantagens do seu cartão Pág. 06 TURISMO NO SUL Canoas a “terra do avião” Pág. 09 DESTAQUE 11 de fevereiro - dia do campeiro Pág. 14 PIÁ 21 A história do Eco da Tradição Manoelito Carlos Savaris foi eleito Presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho: “Pela 6ª vez fui “escalado” para ser o primeiro da fila, para ser o líder do maior movimento sociocultural do mundo. Isso é, ao mesmo tempo, um orgulho e uma preocupação.” Encarte Central

[close]

p. 2

2 Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 EDITORIAL Manoelito Carlos Savaris - Presidente OPINIÃO Nairioli Callegaro Vice-presidente de Administração do MTG Quanto mais foice, maior a roçada Rua Guilherme Schell, 60 Porto Alegre / RS CEP: 90640-040 Email: imprensa@mtg.org.br www.mtg.org.br mtg-rs.blogspot.com wp.clicrbs.com.br/mtg Contato: 51. 3223-5194 A cada nova etapa ou a cada nova missão, surgem novas oportunidades de alcançar objetivos, de concretizar promessas, ou de realizar compromissos. Pela sexta vez fui “escalado” para ser o primeiro da fila, para ser o líder do maior movimento sociocultural do mundo. Isso é, ao mesmo tempo, um orgulho e uma preocupação. Me perguntava um amigo (desses não tradicionalistas), logo depois do Congresso: “devo te dar os parabéns ou devo manifestar a minha solidariedade?” Respondi que esperava os parabéns, pois as dificuldades, os obstáculos, as incertezas, as ansiedades seriam superadas sem queixas e sem receio. O MTG é dirigido por um grande grupo de pessoas e isso não é somente discurso, é fato! Somos 49 conselheiros. São seis fiscais. Trinta são os coordenadores e cada um deles conta com, no mínimo mais 10 pessoas na equipe regional. São mais de trinta dirigentes entre diretores, subdiretores e assessores. Se cada um desses tradicionalistas pegar a sua foice, arregaçar as mangas e se puser a trabalhar, o roçado será grande. O Movimento será do tamanho do trabalho dos seus líderes e obterá sucesso na medida do que cada um obtiver como resultado positivo do seu trabalho. Se cada um de nós cumprir a sua parte, o Movimento será vitorioso. Teremos bons desafios pela frente: equacionar e resolver a questão financeira que é periclitante; realizar os eventos previstos nos regulamentos de formas a que os tradicionalistas se sintam prestigiados, que os participantes se realizem e que no final fique o sentimento de justiça e correção; aproveitar bem a realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil para mostrar aos turistas a nossa cultura e o nosso jeito de ser e viver; retomar o planejamento estratégico, completamente abandonado nos últimos anos a fim de que possamos planejar o futuro da instituição; resolver questões práticas como a emissão dos cartões tradicionalistas, a exigência da GTA para o transito dos animais, a presença de outras agremiações que disputam o mesmo espaço do Movimento com outros objetivos e promessas enganosas; valorizar os jovens com ações práticas e direcionadas; efetivar o objetivo quinquenal de combate à corrupção, iniciando por eliminar problemas e práticas indesejáveis no meio tradicionalista; e assim por diante. A proposta que apresentamos aos tradicionalistas do Rio Grande do Sul, através dos compromissos da chapa DE MÃOS DADAS, mereceu a aprovação da maioria (60%). O pleito eleitoral foi vencido e, como um episódio, ficou na história e na memória. Desde o dia 12 de janeiro, quando tomamos posse, o MTG é um só. Os objetivos são da instituição e estão definidos no Estatuto e na Carta de Princípios. Todos que desejarem caminhar conosco estão convidados. Aqueles que por ventura resolverem assumir o papel de criticar e apontar o dedo, ficarão sentados ao longo do caminho pelo qual passarão os tradicionalistas que colocam os interesses da instituição acima das vaidades e desejos pessoais. É importante que o tradicionalismo gaúcho seja uma atividade prazerosa, alegre, sadia e que facilite o congraçamento familiar no meio social. Tudo isso somente será possível se as instâncias gerenciais cumprirem com suas tarefas. Os CTGs têm suas obrigações, as RTs têm as suas e o MTG (administração estadual) tem as suas. Nos resta cumprir com os nossos juramentos e nossos compromissos morais, éticos e sociais. Contamos com cada uma das 1646 entidades filiadas efetivas e com cada um dos quase hum milhão de tradicionalistas associados dessas entidades para que a tradição gaúcha seja cada vez mais forte e reconhecida. A instituição Instituições formam a sociedade em que estamos inseridos, quer sejam elas governamentais ou não. O homem é o reflexo do grupo social que vive, bem como de regras, normas que facilitam seu crescimento e, por consequência o desenvolvimento da sociedade, estreitando laços onde os direitos e deveres permeiam seus pensamentos, atitudes. Por se constituir em um “SER SOCIAL” ele ao mesmo tempo que é moldado pela comunidade , a forma de maneira concreta. Certamente necessidades são geradas, para que a convivência seja o mais harmoniosa possível, os valores como o respeito, fraternidade e unidade estejam presentes, levando em consideração o bem coletivo. Neste contexto surgem as instituições com a finalidade normalizar as relações humanas e preservar valores sociais, culturais, políticos, éticos e econômicos. Todavia, a organização tem como base a democracia aliada a transparência quer seja em decisões ou relações com os que detêm o dever de decidir. Desta forma estas relações devem valorizar as INSTITUIÇÕES, a fim de que o verdadeiro objetivo, já citado, o bem coletivo, prevaleça sobre a individualidade e o personalismo. Logo, para se encontrar este caminho, capaz de organizar, liderar e conduzir a sociedade e objetivos estabelecidos pela maioria, onde os interesses são discutidos, consolidados e difundidos; há a escolha, eleição dos que momentaneamente tem o dever de conduzir o processo. Encontra-se este modelo em todos os setores da sociedade do mais simples ao mais complexo, em associações comunitárias, clubes (classistas), CTGs; nas esferas municipais, estaduais, federais e até mesmo em empresas privadas. Vale lembrar que características marcam os grandes líderes: grandeza e sabedoria. Assim, se cumpre a missão de conduzir, sim, apenas conduzir tais instituições, reafirmando suas finalidades e funções. Sem jamais se colocarem acima do todo, estes são os grandes líderes. Eles passam. Entretanto, as instituições devem se manter intactas. Responsabilidade para com o próximo e para com sua consciência, marcam, também a condução de cada tarefa recebida. Está é a lei da vida! Contudo, nada é considerável sem ética, honestidade, hombridade. Na maioria das vezes o respeito e a recepção se dá pela função que se ocupa. Porém, se sabe que o ser humano vai além disso, se perpetua no tempo, através de seu nome e ações, por isso se faz necessário maior observação. A Função oferece a oportunidade crescimento como seres humanos em nas relações pessoais, isto, e tão somente isto, é que deve fazer parte de um possível currículo pessoal, jamais pode-se colocar acima das instituições. O dever e o direito, sim o direito é o de preservá-las, desconsiderando qualquer objetivo pessoal, e sim o grande coletivo que conduz a este momento de doação para com a sociedade em que vivemos. Ao se cometer o erro, ou seja, esquecer a INSTITUIÇÃO, cair-se-á no descrédito e na mais completa desvalorização do coletivo. Enfim, se faz necessário a grande reflexão: somos seres em constante evolução, todavia, o que não se pode perder de vista é a missão para a qual se é eleito, lembrando que o grande grupo social absorve ideais de respeito, trabalho, dedicação, hombridade e acima de tudo honestidade. O caminho é este! A conquista é de todos! A preservação cabe a cada um de nós! EXPEDIENTE: SUPERVISÃO: Manoelito Carlos Savaris DIREÇÃO GERAL: Nairioli Callegaro DIREÇÃO DE REDAÇÃO: Rogério Bastos DIAGRAMAÇÃO E DESIGN: Liliane Pappen CONSELHO EDITORIAL: Nairioli Callegaro, Odila Paese Savaris e Gustavo Bierhaus JORNALISTAS RESPONSÁVEIS: Rogério Bastos (16.834) Liliane Pappen (16.835) Fúlvio Lopes (16.200) ESTÁGIO E REVISÃO: Ticiana Leal IMPRESSÃO: Zero Hora TIRAGEM: 3 mil exemplares Atendimento 09 às 12 horas e das 13 às 18 horas De segunda a sexta-feira Valores da Anuidade R$ 843,03 Plena R$ 724,08 Parcial R$ 446,52 Especial Estudantis R$ 129,30 40% do valor é repassado às RTs. Fevereiro Valor MTG: PRESIDENTE: Manoelito Carlos Savaris VICE PRESIDENTE DE ADMINISTRAÇÃO: Nairioli Callegaro VICE PRESIDENTE DE CULTURA: Elenir Winck VICE PRESIDENTE DE EVENTOS: José Roberto Fischborn VICE PRESIDENTE DE FINANÇAS: Gerson Ludwig Não nos responsabilizamos pelas opiniões publicadas no jornal

[close]

p. 3

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 3 MTG EM FOCO NOTÍCIAS Seminário Estadual de Prendas e Peões 27º. Seminário Estadual de Prendas e Peões do RS 08 de março de 2014 Local: Associação dos Servidores Municipais de Canoas - ASMC Rua Nerci Pereira Flores nº 179 Canoas próximo ao Canoas Shopping 8:00 – Recepção e credenciamento 9:00 – Abertura oficial 9:30 – Palestra – De fato: Prenda e Peão Tradicionalista Palestrantes: Bruno Fernandes dos Santos e Priscila Tissot 12:00 – Intervalo para o almoço 13:30 – Explanação sobre relatórios prendas e peões 15:00 – Prendas – redação 15:00 – Peões - oficinas campeiras Observações: - O certificado de prendas e peões será entregue ao final do evento - O Seminário de Cultura Campeira será realizado juntamente com a Fecars PROGRAMAÇÃO Rodeio da Vacaria escolheu a mais prendada prenda de sua 30ª edição A Mais Prendada Prenda do 30º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria é Elisandra Alves Kuse, representante do CTG Porteira do Rio Grande. A escolha aconteceu no sábado, 25 de janeiro. Participaram também do concurso: Gabriely Rodrigues Almeida (CTG Anita Garibaldi - Lages/SC); Priscila Dors (CTG Barbicacho Colorado - Lages/SC) e Elis Regina Burges (CTG Herança Gaúcha - Chapecó/SC) Conforme a coordenadora do concurso, Ibraina Silveira, as quatro candidatas participaram da prova escrita, com conhecimentos sobre o Rio Grande do Sul. À tarde, elas demonstram as habilidades artísticas, como dança, declamação, canto, entre outras. As prendas também devem apresentar o álbum contendo a vivência no mundo tradicionalista. O 30º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria acontece de 01 a 09 de fevereiro de 2014 e são esperados cerca de 8 mil competidores, em 76 modalidades de provas campeiras e artísticas. Haverá 55 apresentações musicais, incluindo bailes, shows na concha acústica e o festival “Cante Uma Canção Pra Vacaria”. O público estimado é de 350 mil pessoas. Foto: Anelise Danazzolo Carreata Tradicionalista em Santa Maria diferente em 2013, foi realizada a “Carreata Tradicionalista: fazer o bem, faz bem” que percorreu as ruas do município de Santa Maria arrecadando brinquedos e alimentos não perecíveis. A carreata aconteceu na tarde de 22 de dezembro e teve como ponto de partida a frente do Taynara, 1ª prenda do Rio Grande do Sul, realizando a Clube Recreativo Dores e entrega dos brinquedos arrecadados abrangeu o bairro Nossa A criação de um novo proSenhora das Dores. Essa jeto para as prendas o qual deve iniciativa contou com a divulgação contemplar a comunidade em que da TV Santa Maria e o apoio do Desua entidade de origem está locali- partamento Tradicionalista Querênzada, já está sendo contemplada. A cia das Dores. As doações foram en1ª Prenda do Rio Grande do Sul, Tay- tregues no dia 23 de dezembro para nara Hella Moraes Ouriques ao per- Casa Espírita Benjamim Potti. ceber a necessidade da comunidade “Quero agradecer o empenho santa-mariense, com o apoio de sua das prendas, peões e integrantes do entidade, o DT Querência das Dores DT Querência das Dores e do 1º Guri promoveu a “Carreata Tradicionalis- Farroupilha da 13ª RT, o jovem Anta: fazer o bem, faz bem. Isso mostra, drei Seixas os quais se empenharam o real sentido e a grandiosidade de durante toda a carreata e a todas as fazermos ações benéficas as nossas pessoas que fizeram doações com comunidades, municípios e estado. tanto amor e não há palavras que exA solidariedade é uma das pressem a sua gratidão e felicidade” maiores virtudes que o ser humano – Falou emocionada Taynara. Ainda consciente pode levar em sua baga- ressalta que essa iniciativa foi válida gem. Com a aproximação do natal, graças ao apoio de sua família. surgiram muitos questionamentos, vivemos em uma dúvida constante que ainda não pode ser respondida. Natal é momento de celebrar, de buscar a felicidade e estar ao lado da família, porém, infelizmente não é esse natal que todas as crianças conhecem e vivenciam. Com o intuiEquipe reunida - tradicionalistas se empenharam to de construir um natal em proporcionar um Natal mais alegre às famílias carentes Fotos: Divulgação Elisandra é a Mais Prendada Prenda da 30ª edição do Rodeio de Vacaria TV inglesa vai mostrar o tradicionalismo da região na Copa do Mundo Por: Guilherme Batista - Fonte: Jornal Fato Novo A IMG Produções, de Londres (Inglaterra), ficou uma semana no Rio Grande do Sul gravando imagens do Estado que será uma das sedes da Copa do Mundo. E como neste mesmo período Montenegro sediou a 10ª Festa Campeira Região, único evento tradicionalista deste tipo realizado no Estado no último final de semana, a reportagem da TV inglesa esteve no Parque Centenário. A ideia dos ingleses foi justamente mostrar a tradicional cultura gaúcha. As imagens gravadas em Montenegro serão aproveitados para um documentário solicitado pela Fifa que será divulgado em vários países na divulgação da Copa do Mundo do Brasil. Também foram realizadas reportagens em treinos da dupla Gre-Nal, no CTG 35 e pontos turísticos do Estado. Jogadores como Diego Forlan (Inter) e Zé Roberto (Grêmio) foram entrevistados. Já em Montenegro foram entrevistados tradicionalistas, a entrega de prêmios, homenagens e principalmente as provas de tiro de laço e rédea. A reportagem do Fato Novo conversou com os ingleses, tendo como intérprete o irlandês Robert Sweeney, que é casado com uma brasileira. Ele encaminhou as perguntas ao repórter e apresentador Guy Pakeman e pelo câmera Ricardo Sanchez. “Vamos destacar o amor dos gaúchos pelas suas tradições e pelo futebol”, citou Robert. “Fomos muito bem recebidos pelos gaúchos”, elogiou. Já o repórter e apresentador Guy Pakeman, mesmo torcendo pela Inglaterra, país onde surgiu o futebol, acredita que o Brasil tem mais chances de conquistar mais um título, por jogar em casa, com o apoio de sua torcida. Mesmo observando que existe uma certa demora na conclusão de estádios e obras, acredita que os brasileiros vão se superar e a Copa do Mundo terá um grande êxito. TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 4

4 PROSEANDO COM TENÊNCIA Ano XII - Edição 150 PELO RIO GRANDE Fevereiro de 2014 Por Rogério Bastos Casos e Acasos Congresso marcado por decisões e indecisões Sempre que temos uma disputa grande nas eleições, temos um numero grande de delegados no congresso, mas ao mesmo tempo, as atenções não estão voltadas para as plenárias. Assuntos importantíssimos ficam em segundo plano. Não deveria ser assim. O congresso é o local onde as entidades, em um grande colegiado, decidem o rumo que tomarão naquele ano, juntos. Exemplo claro é o tema anual, pelo qual foi criado para estar presente nos rodapés das correspondências das entidades, de forma que todos tenham conhecimento que, o tradicionalismo unido, atende aquela demanda anual. O congresso não é somente o local de escolher a chapa de renovação do conselho diretor. É muito mais do que isso. Grupo estadual promove concurso literário As prendas e peões do Rio Grande do Sul estão promovendo um concurso literário,sendo sua primeira edição, e será realizado no ano de 2014. A finalidade do concurso é despertar nos tradicionalistas o gosto pela literatura rio-grandense e estimular, nas crianças, jovens e adultos sua gradativa e natural integração com o universo de acontecimentos criados nos contos e também elevar o nível cultural e intelectual desenvolvendo nos mesmos o interesse pela leitura e estimulando a criatividade. O participante deverá realizar sua inscrição através do envio do conto juntamente com os dados (Nome completo do autor, idade, entidade, cidade, região tradicionalista e contato), não importa a idade. Os contos poderão ser enviados para a página das Prendas e Peões do RS, via facebook ou para o email: prendasepeoes_rs@hotmail. com. A data limite para o envio dos contos é 10 de fevereiro de 2014. O resultado do concurso literário será divulgado no 27º Seminário Estadual de Prendas e Peões. Tema anual do MTG Quando falamos tema anual do MTG, é o tema que todas entidades filiadas escolheram para trabalhar juntas naquele ano. O tema de 2014: “Preservando o passado, construindo o futuro” – proposta da prenda Mari Ana Diniz e do Peão Lucas Oliveira, prenda e peão da 5ª RT respectivamente. Este tema norteará as ações desenvolvidas nos projetos dos departamentos culturais, prendas e peões durante o ano de 2014, através da realização de palestras e seminários sobre patrimônio histórico e educação patrimonial. Não esquecendo que o tema quinquenal continua: O MTG engajado na campanha de combate à corrupção - “Laçando a corrupção”. 30ª RT já aplica tema anual do MTG estão sendo desenvolvidas em comunhão de esforços entre as prendas e peões regionais e internos das entidades que compõe a 30ª RT, através de entrevistas em formulários pré-elaborados pelas prendas regionais Laura Callegaro, Thainá Zwicker e Tuani Zwicker. As pessoas interessadas em colaborar podem entrar em contato que será disponibilizado o material via e-mail: laurac.adv@hotmail.com. A apresentação dos resultados ocorrerá no dia 23 de fevereiro, às 17 horas em local a ser definido. Foto: Divulgação A Chama Crioula Três cidades do Rio Grande disputaram o acendimento da Chama Crioula oficial do estado, no Congresso. Cruz Alta recebeu tal honraria. Agora os campeiros do nosso estado já começam a traçar o trajeto para ir à terra de Erico Verissimo, no mês de agosto, e dar inicio as comemorações dos festejos farroupilhas. No último dia 15 de janeiro, o prendado da 30ª RT promoveu o lançamento de seu projeto CTG Núcleo de Fortalecimento da Cultura Gaúcha de 2014, durante o primeiro encontro de patrões do ano, no CTG Capivarense. Abordando o tema anual: “Preservando o passado, construindo o futuro”, as prendas regionais promoveram o levantamento de dados acerca dos usos e costumes do povo alemão que colonizou a região. As pesquisas estão voltadas para brinquedos e brincadeiras, artesanato e culinária, e Pré temporada ENART 2014 Como os grandes clubes de futebol, os campeões do ENART também tiraram férias e também já entraram em pré temporada. O Campeão, Ronda Charrua voltou na segunda semana de janeiro, depois de 60 dias de férias. “Não me lembro no Ronda de ganhar umas férias tão longas.... mas merecidas depois do ENART” – Disse Silvia Biazolli. De principio, eles tem marcado: Espumoso (convidados a participar do Festival Folclórico), onde vão participar 06 grupos convidados; e em março, rodeio de Caxias, Passo Fundo, Osório, Lomba Grande. Possivelmente tenha uma viagem para o exterior, e a abertura da Copa. Já o Guapos do Itapuí participou de alguns rodeios como: Mercosul, Lomba Grande e Rodeio da 30ª RT onde foram campeões. “Fizemos alguns shows, em Gramado, no Parque Gaúcho, na empresa Artecola e para a Prefeitura de Campo Bom onde recebemos uma homenagem pela colocação no Enart” – Disse Regis Ely, integrante do CTG. Voltaram aos ensaios no final de janeiro. Cultura e costumes alemães serão tema de pesquisa na 30ª RT MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO Cursos do MTG em 2014 Depósito Banrisul - Ag.: 0100 - C/c 06.066982.0-3 em nome de Movimento Tradicionalista Gaúcho Enviar comprovante com nome e telefone para 51 3223-5194 ou e-mail para cursos@ mtg.org.br. Os contatos podem ser feitos com a Luciana Borges. REFLEXÃO “ Na escuridão da noite planetária que atravessamos, no pressentimento de uma manhã ensolarada e de um Oásis Secreto a nos aguardar e redimir no tempo justo, nossa tarefa é a de seguir adiante...” ( Por ir Elom a t Mal Data 15 Sábado Curso CFOR Básico Inscrição Horário 09h às 18h Valor R$ 35,00 Local/Cidade Sede do MTG - Porto Alegre MARÇO Roberta Crema )

[close]

p. 5

Ano XII - Edição 150 DEPARTAMENTO JOVEM Fevereiro de 2014 RECUERDOS 5 Por Maria Angélica Saraiva - Diretora e Murilo Andrade - Vice-diretor Departamento Jovem sob um novo olhar Ao optarmos por colocar nossos nomes para sermos Diretores do Departamento Jovem Central do MTG sabíamos que a responsabilidade seria enorme, pois cremos que defender a Juventude Gaúcha é algo que exige muito comprometimento, ainda mais nos dias atuais em que os jovens estão mostrando-se cada vez mais ativos e buscando o seu lugar. Para nossa alegria, fomos eleitos Diretores do Departamento Jovem Central, responsabilidade esta que desempenharemos com carinho e comprometimento. Como não caminhamos sozinhos gostaríamos de agradecer a Deus, pois sem Ele nada seria possível, agradecer nossos amigos e companheiros de Departamento Jovem regionais, inter-regionais e central, pois a parceria que conquistamos no ano que passou foi fundamental para conseguirmos fazer nosso trabalho e esperamos que o ano de 2014 sirva para firmamos a parceria já conquistada. Também agradecemos às nossas famílias e às nossas entidades, pelo apoio que nos deram e que continuarão dando. Agora empossados, nos colocamos à disposição de todo o Movimento, saibam que poderão contar sempre conosco no que for preciso, estaremos aqui sempre alertas. Pedimos que, para conseguirmos fazer o trabalho pretendido, nos deem a mão, pois sozinhos o caminho se torna árduo. Parabenizamos aos Jovens que também foram eleitos para tomar frente dos Departamentos Jovens das Inter-regiões, estamos esperançosos que conseguiremos fazer um trabalho proveitoso, juntamente com as Prendas e Peões do RS, pois eles são também parceiros do Departamento Jovem Central. Como citamos anteriormente, nosso objetivo é formar jovens que tenham gosto pelo Tradicionalismo, jovens formadores de opiniões, é assim iremos mostrar a força que nós, Jovens Tradicionalistas temos e também mostrar que não somos somente o futuro do Movimento e sim, mostrarmos que fomos o Passado, somos o Presente e seremos com certeza o Futuro! Foto: Rogério Bastos Há 10 anos o Eco da Tradição publicava: ... Congresso Tradicionalista Gaúcho reúne milhares de pessoas em Bagé. ... Benoni Jesus dos Santos é o novo presidente do MTG. ... Lista Destaques tradicionalistas só será exigida no ENART de 2005 ...No opinião, Cyro Ferreira escrevia: “Paleteada ou Aparte?” ... Posse da diretoria do MTG é marcada por despedidas e reflexões – Savaris inaugura sua foto na galeria dos ex-presidentes. ...IGTF comemora seus 30 anos – Germano Rigotto recebe relatório de atividades do IGTF das mãos de Luiz Carlos Borges. ...Canto moleque da canção gaúcha comemora seus 12 anos de Candiota. ...1ª Prenda do CTG Desgarrados do Pago do Rio de Janeiro, esteve em Bagé no Congresso. ...O Departamento Jovem do MTG comemora seus 15 anos, criado em 1989. ... Tema anual, em 2004, foi escolhida a proposta de Rogério Bastos, “A família no tradicionalismo”. ...O Fala Tchê perguntava: Qual a importância da família para uma sociedade melhor? ... MTG é homenageado com o troféu cultura gaúcha – 50 anos da secretaria de estado da cultura. Maria Angélica e Murilo são os novos diretores do Departamento Jovem do MTG ...A cavalgada contra a violência encerrará no obelisco da paz em Dom Pedrito. TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 6

6 TRADICIONALISMO Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 Cartão Tradicionalista traz vantagens Abaixo a relação de locais onde os tradicionalistas podem aproveitar os descontos e vantagens oferecidos pelo cartão VOANDOMAIS.COM VIAGENS E TURISMO LTDA: * 50% de desconto nas taxas de cancelamento e alterações cobradas pela Agencia VOANDOMAIS.COM VIAGENS E TURISMO LTDA, as taxas cobradas pelas companhia aéreas permanecem as mesmas (nas emissões pelo site); * Seguro viagem de até 4 dias, a contar da data de embarque na compra da passagem aérea, para dias adicionais será cobrado R$ 2,00/dia, quando a passagem tiver sido emitida pelo site ou na agência; Integrantes do CTG 100 Fronteiras, de Boston, visitam o RS Integrantes do CTG 100 Fronteiras, da cidade de Boston, em Massachusetts, Estados Unidos, visitaram a sede do MTG e o Rodeio da Vacaria Fotos: Rogério Bastos  * Desconto 8% na compra de artigos de pilchas, mediante pagamento a vista e em dinheiro, exceto promoções  VALÃO CAR AUTOPEÇAS LTDA * Desconto 5% no pagamento da mão de obra de concerto de veículos, mediante pagamentos a vista, em cartão de débito ou dinheiro * Desconto 6% na compra de qualquer tipo de reboque, mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro  GSW REBOQUES E ENGATES LTDA  PEOPLE IDIOMAS (SOMENTE PARA CARTÕES EMITIDOS A PARTIR DE 12 DE JUNHO DE 2012): * Desconto 30% do valor do curso de Inglês e Espanhol * Desconto 20% no valor das imersões nas unidades da PEOPLE IDIOMAS, localizadas nos seguintes bairros de Porto Alegre: Centro, Zona Norte, Zona Sul, Petrópolis, Menino Deus e Moinhos de Vento * Desconto 8% na compra de medicamentos e perfumarias, mediante pagamento a vista, exceto promoções * Desconto 8% na compra de artigos de pilchas, mediante pagamento a vista e em dinheiro, exceto promoções * Desconto 1% na compra de  LM CÃES E AVES * Desconto 5% nas compras acima de R% 50,00, mediante pagamento a vista, em dinheiro LTDA MELLO NORONHA COMERCIAL Jair Marchet (E), Manoelito Savaris (C) e Sergio de Assis (D). Visitantes do CTG 100 Fronteiras, de Boston, vieram em busca de conhecimentos  * Desconto 5% nas compras mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro  DOUGLAS TOBOLSKI ME  REDE AGAFARMA * Desconto 5% nas compras de carne e seus derivados, a partir de R% 50,00, mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro * Desconto 3% no abastecimento de combustível (gasolina, óleo diesel e álcool), mediante pagamento a vista, em cartão de débito ou dinheiro * Desconto 8% na troca de óleo do motor realizado no estabelecimento * Desconto 5% nas compras, a partir de R$ 50,00, mediante pagamento a vista, em dinheiro  ABASTECEDORA FONTUR LTDA  TRADIÇÃO PILCHAS  AGROPECUÁRIA LOMBA GRANDE ração  MARINO LUIZ DA SILVA ME Na tarde do dia 27 de janeiro, o presidente do MTG, Manoelito Carlos Savaris, recebeu Sergio de Assis, natural de Novo Hamburgo, mas morando nos EUA há mais de 30 anos, e Jair Marchet, catarinense, aquerenciado também nas terras do tio Sam. Sergio e Jair pertencem ao CTG 100 Fronteiras da cidade de Boston, onde o primeiro exerce, também, a função de vice-presidente da Confederação Norte-americana da Tradição Gaúcha, que é presidida pela sobrinha de Barbosa e Nilza Lessa, Salette Camara. Assis e Marchet ficaram encantados com a estrutura encontrada no tradicionalismo organizado do Rio Grande do Sul, contaram do trabalho deles e de seus companheiros, 25 casais dedicados, que trabalham em prol das tradições gaúchas além fronteiras. Assis contou que eles tem contato com 5 CTGs nos EUA e que trabalham em torno de 80 pessoas, com frequência, em jantares periódicos. “Estava tudo parado, pois uma amiga nossa estava com câncer, quase morrendo, então ela veio ao Brasil, despedir-se de sua família, e ao retornar o tumor desaparecera. A alegria em torno do acontecimento nos deu força e voltamos com toda força a trabalhar novamente com entusiasmo” - conta. Para encerrar a visita receberam livros de presente na Fundação Cultural Gaúcha e adquiriram outros tantos. A tarde terminou com uma visita à Nilza Lessa, viúva do saudoso Barbosa Lessa, que conheceram no desfile nos Estados Unidos. Garanta já o teu e aproveita todos os benefícios e vantagens desse cartão que é a identidade dos tradicionalistas! Jair Marchet e Sérgio de Assis. Visita à viúva de Barbosa Lessa foi para retribuir a gentileza. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 7

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 ESPAÇO DA CBTG 7 Por Erival Bertolini - Presidente ESPAÇO DO IGTF Por Rodi Borghetti - Presidente Cavaleiros Internacionais da Paz A tribo do pé no estribo - Cavalgada do Fim do mundo El Calafate e Ushuaia – Argentina - De 11/02/10 até 21/02/10 Etapa Final A segunda etapa foi feita em um só dia desde Ushuaia até o famoso Canal de Beaglê, onde se enxergavam as Cordilheiras da Argentina e do Chile, do alto dos morros. A topografia do terreno era igual a que foi descrita acima. Em uma das paradas neste trecho foi realizada uma cerimônia muito emocionante. É o seguinte: chamamos “armamento”. É uma espécie de batismo que o Aspirante a cavaleiro recebe do Comandante depois que cumprir os requisitos estatutários. Eram sete ao todos: Caé Braga, Helder Menezes, Mauricio Junqueira, Pedro Magalhães, Fabian Fortes, Aquiles Pés e Antônio B. Junqueira (único cavaleiro GURI, então com 11 anos). Como procedemos em todas nossas cavalgadas internacionais portamos desfraldadas bandeiras dos países onde já cavalgamos. Até agora, ano 2013, temos em nosso acervo as bandeiras da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Portugal, Canadá e África (esta ultima realizada em fevereiro deste ano, que será divulgada neste mesmo jornal em breve). O uso de todas as bandeiras é só feita em ocasiões especiais, por exemplo, quando passamos por dentro de cidades ou quando estávamos participando de algum evento. Agora, a bandeira do país em que estamos pisando sempre nos acompanha junto com a do Brasil e a do Rio Grande do Sul, portada por um dos nossos cavaleiros. É importante de se salientar o cuidado e o interesse dos moradores daquela região e do governo no que se refere à natureza. Em seus folhetos e avisos encontramos recomendações como esta: “No corte ramas o flores. Tenga em cuenta que La naturaleza tiene aqui Miles de años de evolucion. És más fácil que usted se adapte a ella, a que ella se adapte a usted”. Nós já cruzamos as fronteiras da Argentina por diversas vezes. Sempre temos tido um relacionamento salutar a agradável com os nossos irmãos argentinos. Dá gosto cavalgar em seu território. Quando estávamos praticamente encerrando a Cavalgada, voltando ao nosso ponto de partida, ao passarmos a cavalo por um pequeno povoado, perto da cidade de Ushuaia, fomos aplaudidos com “viva Brasil, viva Rio Grande do Sul, viva el gaucho”. Vale a pena falarmos algumas coisas sobre o que fizemos a pé, de catamarã e de trem, no intervalo das etapas, nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro de 2010. No dia 16 fomos fazer um passeio para conhecer o famoso Glacial Perito Moreno, uma verdadeira atração turística. Chamado de Gigante Branco, este Glacial oferece um espetáculo fantástico com uma frente gelada de 5 km de extensão, com sessenta metros de altura sobre o nível Lago. Nota-se que, de vez em quando grandes blocos de gelo se desprendem caindo no lago e criando ondas, por isso é proibido chegar muito próximo face ao perigo que oferece. No dia 17 fizemos o vôo de retorno de El Calafate para UShuaia. Em El Calafate ficamos hospedados no Hotel Los Nires, de alta categoria. No dia 18 fizemos um passeio ao Parque Nacional da Terra do Fogo, usando o Trem do Fim do Mundo. Conta-se que esse trem, movido a vapor foi à reprodução de um outro trem usado pelos primeiros habitantes daquela terra inóspita, que percorria espaços subindo em meio a bosques na busca de lenha para as comunidades se aquecerem, cozinharem, etc. Estas comunidades eram formadas na sua maioria por presos que eram pra lá transferidos para cumprirem suas penas, na troca por serviços que prestavam e podendo levar suas famílias. No dia 19, fizemos a segunda etapa da nossa Cavalgada conforme já foi relatada acima. No dia 20, num sábado, iniciamos o caminho de retorno, já com saudades do pago. Tomamos um avião da Aerolineas Argentina e viajamos de Ushuaia/Buenos Aires, embarcando às 20h36min, no Ezeiza, chegando as 00h04min. No dia seguinte, 21/02/2010, fazíamos a ultima etapa de retorno partindo de Buenos Aires às 16h10min, chegando a nossa querida Porto Alegre, capital dos gaúchos, as 17h45min, terminando com sucesso mais esta fantástica aventura no fim do mundo pelo lado sul já pensando em fazer a outra cavalgada, desta vez pelo lado norte do mundo, no Canadá, que acabamos fazendo, e que também será relatada no Eco da Tradição, oportunamente. Até a próxima. O fim de uma etapa A vida é composta por etapas e muitas vezes nem se percebe a mudança de uma etapa para a outra, e outras ficam bem marcadas, mas o importante é a gente ir saboreando cada uma delas e perceber que a mudança é que não deixa a vida virar uma rotina estressante ou pior, perder a vontade de lutar pelo melhor naquilo que a gente sempre defendeu, e pior ainda, é quando passa-se a lutar por uma causa pessoal e deixa a causa principal de lado. Há 60 dias deixei a presidência do MTG/RS por ter assumido a presidência da CBTG, mas moralmente ainda me sentia fazendo parte da administração sempre MTG, presidida pelo companheiro e amigo Paulo Roberto Cavalheiro de Souza pois tínhamos assumido juntos em 2011 o projeto de administração do nosso MTG, ainda com os vice-presidentes neste 2013 José Gelso Miola, Neusa Secchi, Edson Debom e João Hermenegildo na Fundação Cultural Gaúcha. A nossa administração foi marcada pela simplificação dos processos, retirada das famosas casinhas par a mostra que mais escondia do que mostrava , regularização dos cartões tradicionalistas com a inclusão de toda identificação do associado e a regularização na agilidade de entregar e confeccionada na própria FCG/ MTG.Modernizamos a administração saindo de um sistema primário para um sistema atual e ágil não precisando perguntar como era, é só acessar o computador e saber dar continuidade. Interiorizamos o MTG, indo ao encontro da base que realmente fazem nosso movimento, harmonizamos o MTG, com a imprensa falada e televisada, ministério publico, estado e municípios deixando um caminho aberto para voltar a todos os lugares que fizemos eventos. Ficam os nossos mais sinceros agradecimentos aos nossos vice-presidentes, conselheiros e coordenadores, patrões e patronagens, ao governador Tarso Genro e seus secretários, ao prefeito José Fortunatti e seus secretários municipais. Parabenizamos Manoelito Savaris pela sua eleição, bem como sua equipe e desejamos sucesso na jornada. Agora nos voltaremos par a nossa CBTG que no dia 21 de fevereiro teremos a convenção tradicionalista para readequarmos a nossa legislação aos itens aprovados no Congresso Tradicionalista de Lages e nomear uma comissão para reunificarmos os regulamentos da CBTG com os MTGs e falarmos a mesma linguagem de norte a Sul. ESPAÇO DA CITG Por Dorílio Calderan - Presidente A tradição gaúcha além fronteiras A tradição gaúcha não tem fronteiras e se destaca por propiciar à integração dos países através da cultura, que se fortalecem unidos pelo amor as raízes de um povo que se orgulha de defender princípios e valores morais e materiais a nós deixados por nossos antecedentes dos pampas. A Confederação Internacional da Tradição Gaúcha – CITG tem por objetivos: Investigar, difundir e incentivar nos respectivos países os usos e costumes do tradicionalismo gaúcho, a aproximação e o intercambio cultural, respeitadas as peculiaridades regionais; manter a união dos Movimentos Tradicionalistas Gaúchos dos países membros; interceder perante os Organismos Internacionais em benefício dos direitos e interesses legítimos da cultura gaúcha. O 11º. Congresso da CITG teve como ideia central a de que a integração dos países do sul não aconteceu pelo mercado, e, sim pela cultura ressaltada na figura do gaúcho. A história vai unir a todos, mas, para registrá-la e contá-la precisamos ter os meios e para tanto foi apresentada e aprovada a proposição de criação da Rede de Comunicação. Para dar início a esta Rede foi criada a página da CITG (www.citg.com. br), e, para que esta Rede aconteça estamos envidando esforços e precisamos da colaboração de todos para manter uma comunicação dinâmica e atualizada. Registramos que em setembro passado recebemos a visita do Senhor Manolo – Manuel Rodriguez Marchieri, acompanhado de seus irmãos; de familiares do grande pesquisador Fernando Assunção, - Sra. Margarita e, suas filhas; e, demais membros da delegação, que vieram prestigiar a nossa maior festa da cultura gaúcha: “Os Festejos Farroupilhas”. A Delegação tinha ainda, como missão retribuir a visita histórica, que tradicionalistas do Rio Grande do Sul, fizeram a Sociedade Elias Regules em 21 de março de 1949, e, representou para nós, um grande passo para o fortalecimento da integração da nossa cultura gaúcha. Naquela ocasião foi formalizado o convite para participação dos gaúchos brasileiros nas festividades de comemoração dos 120 anos da Sociedade Elias Regules, que serão realizadas nos dias 21 a 23 de março de 2014, em Montevideo, Uruguai. Destaca-se que a “Sociedade Criolla” - Sociedade Elias Regules, foi fundada no Uruguai, em março de 1894, por Elias Regules, sendo, anualmente comemorado naquele País, no dia 21 de março o “Dia da Tradição”. Também, na Argentina, está sendo programado para o mês de abril de 2014, na província mais antiga, Santiago del Estero, um Congresso Internacional que espera contar com a participação dos tradicionalistas das américas, países do Mercosul e Latino-americanos. Reafirmamos nosso propósito de trabalhar para cumprir nossas metas e objetivos de estarmos cada vez mais unidos fortalecendo a nossa cultura TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 8

8 NOTÍCIAS Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 “Caminhada pela Paz” Seminário de prendas e peões em Soledade No dia 15 de fevereiro, em Soledade, no parque de eventos Rui Ortiz, juntamente com o VII Rodeio internacional da cidade, estará acontecendo o 2º seminário de peões e prendas da 14ªRT. O evento é uma iniciativa do Peão farroupilha da região, Robson Soares Pagnussatt e da 2ª prenda juvenil regional, Luize França da Rocha, e tem por objetivo resgatar e preservar valores e a real filosofia tradicionalista, fortalecendo cada vez mais as tradições e descobrir novas lideranças no meio da juventude. Programação 9h – Recepção e credenciamento 9h30min – Solenidade de abertura 12h – Almoço 13h30min – Retorno as atividades 16h – Entrega dos certificados e encerramento Informações: (54) 9177-6240 e (54) 9128-5556 Foto: Divulgação Neste dia 27 de Janeiro, o Brasil todo de coração enlutado, relembra da tragédia que há um ano abalou Santa Maria, o Rio Grande do Sul, nosso país e o mundo todo. Foram 242 vítimas, jovens que no vigor da vida a viram ceifada em decorrência de uma tragédia ocasionada por descasos. O Departamento Jovem Central, do Movimento Tradicionalista Gaúcho, enquanto defensor da juventude, sentiu-se na obrigação de fazer uma justa, sincera e singela homenagem às vítimas, aos sobreviventes, às famílias e amigos desses jovens. Foi com esse intuito que tiveram a ideia de realizar a “Caminhada pela Paz” em algumas cidades do Estado. Para que isso acontecesse, tiveram o apoio e aval da vice-presidência de cultura do MTG, dos departamentos jovens inter-regionais, regionais, entidades tradicionalistas, imprensa e da comunidade. As cidades que acolheram a “Caminhada pela Paz” foram as seguintes: Santo Ângelo, Uruguaiana, Palmeira das Missões, São Borja, Santa Maria, Venâncio Aires, Pelotas, Ijuí, Caxias do Sul, Porto Alegre e Tapejara, assim atingindo a área das quatro inter-regiões que compõem Em Pelotas tradicionalistas e universitários se uniram Caminhada aconteceu também em Santa Maria a estrutura do Departamento Jovem. “Pertencemos a um Movimento que possui princípios, e um deles prima pela “conquista do bem coletivo”, logo, não podemos estar voltados aos assuntos que são somente pertinentes ao galpão de uma entidade tradicionalista, temos a obrigação com a causa social, temos a obrigação de não permitir que fatos como estes não venham a ocorrer, devemos garantir a segurança para a sociedade, lutar pela vida” – disse Maria Angélica, do departamento jovem do MTG. A “Caminhada pela Paz” foi um ato pacífico, sem vaidades pessoais, ela foi pensada, planejada e realizada sem precisar de auxílio financeiro, o único “bem” que utilizaram, foi o sentimento sincero e o ideal de que este triste episódio não pode ser mais um que caia no esquecimento da sociedade. “Queremos neste momento agradecer às cidades que nos acolheram, aos nossos companheiros diretores inter-regionais, diretores dos departamentos regionais, departamentos culturais, entidades tradicionalistas, comunidade em geral, imprensa, associações de familiares e amigos das vítimas e ao MTG” – disse Murilo Andrade. Foto: Mauro Heinrich Robson Pagnussatt (C) e Luize França (D), são os anfitriões do seminário Reunião debate ações para o tradicionalismo na 4ª RT O prefeito Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, manteve audiência com a coordenadora da 4ª Região Tradicionalista, profª Ilva Maria Borba Goulart; a sub-coordenadora de Uruguaiana, Eliane Rezes; o Patrão do CTG Sinuelo do Pago, Ivoné Emilio Colpo, e o secretário municipal de Cultura, Paulo Henrique Fernandes Inda, quando foi alinhado o planejamento dos Festejos Farroupilhas 2014. Segundo a coordenadora da 4ª Região, Ilva Goulart, a direção estadual do Movimento Tradicionalista Gaucho (MTG), confirmou o envio de um aporte financeiro para Uruguaiana. Com este recurso, a intenção é ampliar as ações culturais, referentes à Semana Farroupilha, como a manutenção do desfile dos cavalarianos, a criação de um desfile temático noturno, além da realização da Inter-regional do Enart. O tema escolhido pelo MTG para este ano, é “Eu Sou do Sul”. Também foi solicitado pelos representantes do movimento tradicionalista, o apoio da Prefeitura Municipal, na construção de um galpão, no Foto: Rogério Bastos marco das três divisas, entre as cidades de Alegrete, Quarai e Uruguaiana, localizado na BR 290, que servirá de abrigo aos cavalarianos, que se deslocam com a Chama Crioula, e o nome do município, como cidade sede do Congresso Tradicionalista Gaúcho, em janeiro de 2015. O prefeito Luiz Augusto, colocou-se a inteira disposição e garantiu total apoio nos projetos elencados pela CoorIlva Goulart, coordenadora da 4ª RT denadoria da 4ª RT. Maria Angélica e Murilo Andrade lideraram movimento em homenagem a memória dos jovens mortos da boate Kiss TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 9

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 TURISMO NO SUL 9 Por Jeandro Garcia NOTÍCIAS Luciana Rolim é patroa na 20ª RT Luciana Rolim, 38 anos, nasceu 1º Agregado das Pilchas – Aldair Silveina cidade de São Borja. é Policial ra e Ilani Clair Battu Civil há 10 anos, bacharel em direito, 2º Agregado das Pilchas – Aldir Mauro pós graduada pela PUC e Especialista Huber pela Federal de Santa Catarina. Mãe da 1º Sota Capataz – Danieli Camillo Schprenda Vitória Rolim Lampert e casada neider com o tradicionalista Jean Carlo Ma- 2º Sota Capataz – Fabiane Granich nhabosco. Agregado das Falas – Willian Matheus Os primeiros passos no tradicio- Heineck e Polyana nalismo foram no CTG OS LEGALISTAS, Diretora Cultural – Márcia Kunzler Dieda cidade de Santo Ângelo, onde osten- mer tou faixa de prenda Mirim e Juvenil. Diretor Artística – Giovane Huber Há 10 anos em Três Passos, e Diretor de Eventos – Geovane Diemer a oito anos como sócia do CTG MIS- Diretor do Departamento Jovem SIONEIRO DOS PAMPAS. Por seis anos Willian Matheus Heineck atuou como Diretora Cultural da Entida- Diretor de Patrimônio – Gerton E Clade e por dois anos como Coordenadora risse Schaffer Artística da 20ª Região Tradicionalista. Departamento de Marketing - Jean Quando foi indicada pelo então Carlo Manhabosco patrão da entidade, Aldir Mauro Invernada Campeira - Maurício KunzHuber, sabia do compromisso e da res- ler, André da Silva, Irani Hammes, Noeli ponsabilidade que estava assumindo. Oliveira Heinek, Joceli da Fonseca e Eli“Recordando-me meu início, confesso sete Ottonelli Maron que encontrei dificuldades em encon- Invernada de Alimentação - Paulo e trar esclarecimentos, nos aspectos cul- Claudete Facioni, Ivan e Sueli Ribeiro, turais, folclóricos, costumes de nossa Celso e Valnice Scherer gente, bem como compreender o que Invernada Social - Antônio e Eliane é um Centro de Tradições Gaúchas. Bertolo, Sérgio e Denise Mentges, RoSer tradicionalista é alma, sem limite gério e Geovana Beier, Jocemar e Rono tempo e no espaço, amando nos- sane Menegotto, Alexandre Griebeler, so Rio Grande, amando as “coisas” do Alencar Moisés Schreiber David e Manosso pago. Para tanto era necessário ria Bernadete Pires Foto: Rogério Bastos qualificação, por isto a importância do CFOR AVANÇADO. Estava na hora de dar um outro passo, foi quando eu aceitei a indicação, com o objetivo de dar continuidade de todo o trabalho já realizado, em uma união de todos os departamentos da entidade” – conta Luciana. A patronagem de Luciana, no Missioneiro dos Pampas: 1º Capataz – Maurício Freling e Salete Freling 2º Capataz - André da Luciana Borges, coordenadora do CFOR e Luciana Rolim Ross e Fabiane da Roos recebendo seu certificado durante o Congresso Canoas, “A terra do avião” e muito mais Aproveitando que em Foto: Divulgação março acontece em Canoas o Seminário Estadual de Prendas e Peões e o Seminário Estadual de Cultura Campeira, trago aos amigos leitores um pouco dos atrativos turísticos desta cidade que é sede do 5º Comando Aéreo Regional (Comar) e de uma Base Aérea da FAB, cidade que também é conhecida como “terra do avião”. Essa característica é demonstrada em duas praças e mais dois locais - Base Aérea e Ulbra - que exibem aeronaves como monumentos - a Praça Santos Dumont, no Centro, e a Praça da FAB, no Cinco bibliopraças e duas bibliobairro Fátima. A cada ano, no dia 12 parques funcionam nesses locais. A de outubro, a Base Aérea realiza a Praia do Paquetá, no Rio dos Sinos, Expoaer, que atrai milhares de pesé tradicionalmente frequentada por soas da região, onde chamamos de apreciadores da natureza. No Parque “Portões Abertos”, sendo possível Municipal Getúlio Vargas há o Relóconhecer diversas aeronaves, armagio Biológico, com plantas e horários mentos e apresentações aéreas, que indicados para ingestão dos chás, no geralmente encerra-se com a Esquaperíodo do dia em que o órgão doendrilha da Fumaça. te está potencializado. A cidade tem 113 praças ofiCanoas possui prédios tomciais e dez áreas públicas com equibados que valem a pena a visita, pamentos de lazer. Nos parques como a antiga estação de trens, a municipais Getúlio Vargas e EduarCasa dos Rosa, a Villa Mimosa, a do Gomes, canoenses e visitantes Villa Nenê, a Casa Wittrock, o prédio têm estruturas ideais para prática de da Prefeitura e a igreja matriz de São esportes, descanso, convivência e Luiz Gonzaga. Visite também o Mueventos artístico-culturais. No Getúseu Municipal de Canoas Hugo Silio Vargas está instalado o Minizoo. mões Lagranha, que Foto: Divulgação reúne diversas peças e documentos que contam a história da cidade, seus lideres políticos, imigração e diversos aspectos culturais da cidade. Mais informações sobre turismo no Rio Grande do Sul acesse meu blog www.turismonosul.com.br e veja diversas opções para conhecer em Praça do Avião é ponto de referência em Canoas nosso estado. Foto: Suelen Defaveri Coordenadoria da 7ª RT presente no Rodeio de Tapejara No dia 24, aconteceu a abertura oficial do 9º rodeio interestadual de Tapejara, com apresentações das invernadas artísticas do CTG Manoel Teixeira e, logo depois, show com Buenas e M´Espalho. O rodeio foi até domingo dia 26, acompanhado de perto pela coordenadoria da 7ª região tradicionalista. Para facilitar o acesso da população ao 9º Rodeio, a Prefeitura Municipal de Tapejara disponibilizou o transporte gratuitamente nos três dias até o parque em horários específicos de ida e volta. “Muito bem estruturado, organizado, principalmente a parte artística que é o que eu estou acompanhando pela participação da Invernada Piqueto Pai João de Água Santa” – contou Simone dos Reis – Secretária de Educação de Água Santa. “E a primeira vez que eu vou participar em Tapejara. Já ganhei dois troféus na Vaca Parada. Estou achando bem legal, o parque é muito bonito” – disse Bruno Cantos dos Santos de 7 anos. Coordenadora da 7ª RT, Gilda Galeazzi (D) com a equipe de coordenação do rodeio

[close]

p. 10

Congresso na capital escolhe Cruz Alta para a tema dos festejos e “preservando o passado Fotos: Rogério Bastos 10 Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 Evento teve debate do departamento jovem na sexta, eleição no sábado e posse no domingo. Manoelito Savaris foi eleito o no O Congresso começou na sexta-feira (10), pela manhã com um fórum de debates do departamento jovem do MTG, conduzido pelos jovens Éridio Silveira e Jonathas Oliva. O cerimonial do evento foi conduzido por Luiz Afonso Ovalhe Torres. Na abertura, o congresso teve à mesa, Paulo Roberto Cavalheiro de Souza, Presidente do MTG, Jorge Ferreira Peixoto, Presidente do 61º Congresso Tradicionalista, Rodi Pedro Borghetti, Presidente do IGTF - Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, que representou o Governador Tarso Genro, Erival Bertolini, Presidente da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha – CBTG, Deputado Estadual Jorge Pozzobom, representando o Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Giovani Tubino, representando José Fortunati, Prefeito de Porto Alegre, João Hermenegildo Pereira, Presidente Comissão Executiva do Congresso, Marcus Vinicius Falcão Ferreira, Coordenador da 1ª Região Tradicionalista, Taynara Hella Moraes Ouriques, 1ª Prenda do Rio Grande do Sul e Bruno dos Santos Kamien, Peão Farroupilha do Estado. Mario Monteiro, ex-coordenador da 12ªRT, vice-presidente do MTG, conselheiro foi homenageado pela proposta de Fabiano Vencato, sendo escolhido como patrono espiritual do Congresso. A música tema foi “chote ao Rio Grande”, proposto por José Aldomar dos Santos, e o tema anual escolhido pelos delegados de plenária foi “Preservando o passado, construindo o futuro: MTG em defesa do patrimônio histórico e cultural do RS”, de autoria da prenda Maria Ana Diniz, e do Peão Farroupilha Lucas Oliveira, ambos representando a 5ªRT. O tema foi simplificado para facilitar com autorização dos autores ficando assim: “Preservando o passado, construindo o futuro”. Turma da 4ª RT reunida ao final do Congresso Coordenadores regionais tomando posse no Congresso Luiz Clovis Vieira e sua equipe da 5ªRT Credenciamento do 61º Congresso Tradicionalista Gaúcho A Chama Crioula Sempre alegres e brincalhões, o Patrão Jatir Pereto, e Paulino Spolti, de Casca - 7ª região tradicionalista Luis Afonso comandou o cerimonial do Congresso Conselho Diretor do MTG, no domingo, tomando posse. O acendimento da Chama Crioula deste ano será no município de Cruz Alta, que obteve quatrocentos e quinze (415) votos, dos 671 votantes. O pouso da cruz alta consolidou-se, ainda no final do século XVIII, como pouso dos tropeiros e muitos passaram a residir nas proximidades, até que, no início do século XIX depois de uma tentativa sem sucesso, mudaram-se então mais para o norte estabelecendo-se onde hoje está o município de Cruz Alta, cuja fundação deu-se no dia 18 de agosto de 1821 em resposta a uma petição feita pelos moradores. Cruz Alta te espera em Cavalgada trazendo a Chama comandada agosto. por Ildo Wagner, coordenador da 13ªRT Presença da criançada é fundamental para a manutenção do tradicionalismo gaúcho. Eles são a continuidade. Presidente Manoelito Savaris e seus vice-presidentes Equipe que trabalhou na eleição liderada por José Aldomar (C)

[close]

p. 11

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 acendimento da Chama, “Eu sou do sul” como o, construindo o futuro”, como tema anual. Fotos: Rogério Bastos 11 ovo presidente do MTG e como tema anual, a proposta da 5ª RT, de Mari Ana Diniz e Lucas Oliveira, venceu a votação. Tema dos Festejos Farroupilhas O tema proposto para este ano, de autoria de Odila Paese Savaris, proporcionará a cada núcleo institucional ou social, desenvolver o seu tema dando destaque para aquilo que é motivo local para o orgulho de ser gaúcho. No ano de 2014, iremos reconhecer as mais variadas manifestações culturais e as diferentes formas de expressar o orgulho de dizer: “EU SOU DO SUL” – tema de 2014. Formatura da décima turma do Cfor Avançado Luciana Borges, Diretora do Departamento de Formação Tradicionalista e Aperfeiçoamento, fez a entrega dos certificados aos formandos: Alex Sandro Cabreira Siqueira, Ana Lorena do Prado, Ana Luiza Rott Furlan, Ana Marines Garbin Picolotto, Ary Garay Fortes de Mattos, Beatriz Bica Régio, Carlos Cardoso da Silva, Cássio Matos, Fábio de Oliveira da Conceição, Francisco Mário Zoehler Brun, Hildo Picolotto, Jean Carlo Manhabosco, João Flávio da Silva Costa, Jonathas Oliva Igisk, Juliano Chaves, Lisandro Nascimento de Melo, Lúcia Beatriz Brandão dos Santos, Luciana Rolin, Márcio de Abreu da Silva, Olívio Guedes Filho, Orlandina Terezinha Alano de Almeida, Raquel Mainardi, Rodrigo Schwaab da Silva, Stela Maris Paim Lemos Costa e Willian Santos e Santos. Foi orador da turma Carlos Cardoso e o paraninfo escolhido pela turma, “Onésimo Carneiro Duarte”, foi Rogério Bastos. CTG Vaqueanos da Praia do Pinhal, 23ªRT, presentes no Congresso Congresso contou com quase 2.000 pessoas no centro de eventos Rui e Andrea Rodrigues, 18ªRT presente no congresso Manoelito Savaris é eleito Presidente do MTG Totalizando quase 60% dos 900 votos dos delegados eleitores (532 x 368), a proposta “de mãos dadas”, liderada por Manoelito Carlos Savaris, venceu o pleito eleitoral no 61º Congresso Tradicionalista Gaúcho. Savaris assumiu a presidência do MTG pelo 6º mandato (2001 a 2003 / 2005 a 2006 e 2014), igualando-se a Onésimo Carneiro Duarte (1975 a 1977 e 1983 a 1985). A força da mulher gaúcha presente nos grandes eventos do MTG Prendas mirins do Rio Grande do Sul em plena atividade Departamento Jovem realiza fórum. O departamento jovem do MTG, liderado por Jonathas Oliva e Éridio Silveira, realizou um fórum com a juventude na manhã de sexta, na câmara de vereadores de Porto Alegre. A ideia foi promover a construção de um pensamento coletivo, visando a integração de mais jovens às fileiras ativas do movimento. “Desta forma, criaremos lideranças mais instruídas e críticas entre a juventude, o que nos permite, à longo prazo, fortalecer as bases do nosso tradicionalismo” – concluíram os lideres jovens do movimento. A beleza e a simpatia das prendas do Rio Grande do Sul Toni Sidi (E), Nairioli Callegaro (C) e José Araújo, conselheiros Presidente Savaris com esposa e filhos. “Família é fundamental” Jorge Peixoto e Marcia Borges foram os comandantes do Congresso Rainha e Princesa de Cristal foram ao congresso pleitear a Chama

[close]

p. 12

12 COORDENADORIAS REGIONAIS Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 Presidente do MTG e seus vices partiram pelo Rio Grande para prestigiar a posse das coordenadorias Ao assumir a diretoria, presidente e seus vices, assumiram o compromisso de prestigiar as posses das coordenadorias em todo o estado. Ao estarem presentes nas cerimônias, foi o momento de agradecer a confiança, o apoio e de assumirem juntos uma nova construção. Manoelito Savaris em seu facebook oficial deixou claro: “o episódio eleitoral foi encerrado. Agora será só trabalho para todos, sem distinção. Quem quiser que se achegue, quem puder que venha RT 25ª 30ª 26ª 7ª 15ª 13ª 21ª 9ª 16ª 19ª 20ª 6ª 4ª Data 14/01/2014 15/01/2014 15/01/2014 16/01/2014 17/01/2014 18/01/2014 18/01/2014 19/01/2014 20/01/2014 23/01/2014 24/01/2014 25/01/2014 26/01/2014 Hora 20:00 20:00 20:30 20:30 20:30 08:30 21:00 09:00 20:00 20:00 20:00 09:00 09:00 Entidade Casa do Gaúcho CTG Capivarense CTG Carreteiros do Sul Parque Roselândia Parque Centenário Pqe de Rodeio Igreja do Divino CTG Joaquim Paulo de Freitas CTG Clube Farroupilha CTG Sentinela Farroupilha CTG Getúlio Vargas CTG Epopeia Farroupilha CTG Rodeio dos Palmares Patrulha do Oeste Uma maratona de posses das coordenadorias regionais contribuir, quem só quiser criticar que fique sentado ao longo do caminho e quem quiser discutir ideias, conceitos e princípios terá espaço e ouvidos atentos a lhe escutar. Em meu nome e de minha família (Odila, Thiago, Tomás e Alina) muito obrigado pelo carinho e confiança.” Até o encerramento desta edição do Eco da Tradição do mês de fevereiro a diretoria já havia prestigiado a posse de 13 coordenadorias regionais: Endereço Caxias do Sul Lindolfo Collor Pelotas Passo Fundo Montenegro São Pedro do Sul Canguçu Ijuí Camaquã Getúlio Vargas Humaitá Santa Vitoria Palmar Uruguaiana Coordenador Jo Arse Carlos Moser Vivaldino Gilda Galeazzi Pedro Angeli Ildo Vagner Marco Aurélio Carlos Eduardo Flávio Menezes Ramão Pedroso Eugênio Batista José O. Fuculo Ilva Goulart Ilva Goulart deu posse a sua equipe de trabalho em Uruguaiana, 4ªRT Na posse da 30ª RT em Lindolfo Collor, prendas já estavam trabalhando Fotos: Divulgação “Estamos adotando medidas imediatas para desburocratizar o sistema e eliminar todas as coisas que não sejam essenciais. Duas medidas foram adotadas de imediato: 1º - A Ata de eleição de patrão fica na RT. Ao MTG somente a informação do coordenador regional. Se o coordenador informa, vamos acreditar nele e 2º - Os cartões novos (de CPF que não tinha cartão) e nas renovações simples (dentro da entidade), o sistema validará automaticamente o que for digitado na RT. Somente trocas de entidades requererão validação do MTG.” - disse Savaris Outras medidas estão em estudo, tais como integrar todos os cartões administrativos ao sistema e a duplicidade de cartão para quem tiver cartão administrativo, ou seja, o cartão de tradicionalista continuará com validade, mesmo que aquela pessoa tenha um cartão de patrão ou de capataz José Roberto Fischborn prestigiou a posse da 6ªRT, em Santa Vitoria do Palmar Nairiolli Callegaro fazendo pronunciamento na posse da 16ª Na 15ª RT, a posse da equipe do coordenador Pedro Angeli foi em Montenegro. Em Passo Fundo, Gilda Galeazzi homenageou o Prefeito na posse da 7ª RT José Roberto (D), Savaris e o prefeito Alceu Barbosa Velho prestigiaram a posse de Jo Arse na 25ª RT Na 9ª RT Presidente e vice de cultura prestigiaram a posse Em Canguçu, Nairioli Callegaro representou o MTG na posse da 21ª RT TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 13

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 13 NOTÍCIAS Dia 11 tem posse das coordenadorias GTC 20 de Setembro realizou natal gaúcho Otávio Gomes Sanna, Piazito, Foi realizado no dia 21 de deda 1ª, 23ª e 24ª RTs Marcus Vinicius Falcão tomará posse com sua coordenadoria dia 11 de fe- GTC 20 de Setembro, no bairro Guará, pilha, Jamilli Souza da Rosa, 1ª Prenvereiro, e no mesmo dia a 23ª e a 24ª RTs estarão realizando suas posses. o I Natal gaúcho solidário da entidade. da Pré-Mirim, Yasmin Simone MaceA coordenadoria da 1ª região tradicionalista tomará posse, em sua sede, em Porto Alegre, dia 11 de fevereiro, tendo a frente o coordenador Marcus Vinicius Falcão Ferreira, eleito para seu segundo mandato. Falcão já foi vice-presidente da Fundação Cultural Gaúcha/MTG e, hoje, lidera uma das maiores regiões do estado. No mesmo dia, em Osório, toma posse o coordenador João Carlos da Silva Luz, que era vice-coordenador da gestão anterior, e que dará posse a sua equipe, na 23ª RT. E em Encantado, Flávio Antônio Rodrigues, reeleito, dará posse a sua diretoria da 24ª RT. A posse da coordenadoria é um encontro regional de patrões, por tanto, a presença conta para a lista destaque e para a eleição de coordenador no final do ano. Importante que as patronagens estejam atentas. Fotos: Rogério Bastos zembro, um sábado à noite, na sede do Leandro Borges Serafim, Guri Farrou- Marcus Vinicius empossa a coordenadoria na sede da 1ª RT Flávio Antônio, reeleito coordenador da 24ª RT realiza a solenidade em Encantado A programação ocorreu com o “Espe- do Cardoso, 1ª Prenda Mirim, Kianny táculo Teatral Natal Gaúcho” com a Caroline Rosa dos Santos, 1ª Prenda participação das invernadas do 20, pré Juvenil, Ingrid Mirella Arrueé da Costa, mirim, mirim e juvenil. Participação es- 2ª Prenda Juvenil, todos do GTC 20 de pecial com “apresentação dos alunos setembro, além dos regionais, Lívia dos das oficinas culturais de música, canto Santos Borges, 1ª Bonequinha da 23ª e flauta – SME e Casa de Cultura Érico RT, Aline Marquez Clementina, 3ª PrenVeríssimo – de Capão da Canoa” e a da Mirim e Amanda Marquez Clementichegada do Papai Noel acompanhado na, 3ª Prenda Juvenil da 23ª RT. pela Mamãe Noel. A entrada de cada participante era a doação de 1 kg de alimento não perecível, esses alimentos foram doados no dia seguinte, domingo, pela manhã, para a Associação Centro de Recuperação Nossa Senhora Aparecida de Capão da Canoa. O evento foi realizado pela gurizada do Praticando a solidariedade - Integrantes do GTC 20 de Setembro também torcem pela recuperação de sua GTC e da região: integrante, Ingrid CCN Sentinela do Rio Grande abre vagas para novos integrantes de invernadas O CCN Sentinela do Rio Grande, da cidade de Rio Grande, 6ª RT, que tem sua sede na Rua Edson de Souza Mendonça, 169 Bairro Parque São Pedro, está abrindo vagas para novos integrantes nas invernadas juvenil e mirim. Com muitos títulos conquistados em rodeios espalhados pelo estado, as invernadas juvenil e mirim do CCN, que tem hoje suas estruturas de danças e coreografias preparadas pelo ensaiador Ederson Vergara e Renata, da cidade de Pelotas, estão com projetos direcionados aos novos desafios do ano de 2014, onde estão preparando jovens iniciantes para essas duas invernadas. O projeto envolvera também, na sequencia, atividades culturais, pois o Sentinela já tem um vasto cronograma ativo durante o ano todo, como a Cavalgada do Jovem Sentinela, Roda do Mate Doce, Cirandas Culturais, entre outros. Para fazer parte dos grupos, e necessário ter de 07 a 17 anos, e no primeiro mês, para verificar se gostou dessa arte que e a dança, não é necessário, pilchas e associação da entidade, Os ensaios acontecem as terças feiras para categoria Mirim e quarta para a juvenil, a partir das 20h30min, na sede do CCN e informações mais detalhadas podem ser obtidas a invernada de divulgação, com Vanderlei pelo Fone (53) 9971 2094. Foto: Divulgação Buscando ampliar seus horizontes, o CCN Sentinela do Rio Grande abre vagas para novos integrantes das invernadas mirim e juvenil TEMA ANUAL: PRESERVANDO O PASSADO, CONSTRUINDO O FUTURO

[close]

p. 14

14 Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 GRANDES MOMENTOS DA HISTÓRIA TRADICIONALISMO Jesuitas - Missão Política Jesuítas espanhóis cruzam o rio Uruguai em 1626 para organizar os guaranis em reduções que ocupariam mais da metade do território rio-grandense A igreja católica madrugou na busca de fiéis, no Novo Mundo. Um ano depois da descoberta de Colombo, o papa já concedia faculdades extraordinárias ao frei Bernardo Boil para “desencadear atividades evangelizadoras junto aos índios”. Na bula Inter coetera, do mesmo ano, o papa faz uma exigência a Portugal e Espanha: devem permitir e apoiar a missão espiritual de converter os pagãos nas terras descobertas. Em 1523, os primeiros franciscanos chegam ao México, “empapados de ideias humanistas”. Seguem-se benedi-tinos, dominicanos e, principalmente, jesuítas. Em 1549, chega ao Brasil o padre Manoel da Nóbrega, bacharel em Cânones pela Universidade de Coimbra, chefiando o primeiro grupo de inacianos. Os jesuítas portugueses seriam os primeiros a descer até o sul, em 1605. Mas não foram além de Tramandaí. Os jesuítas espanhóis atravessaram o rio Uruguai 20 anos mais tarde, para catequizar os guaranis. Não eram movidos só por motivos religiosos. Pelo tratado de Tordesilhas, esta região pertencia à Espanha, mas era cada vez mais assediada pelos portugueses que avançavam pelo sertão, atrás da prata das minas de Potosi, descobertas no Alto Peru (hoje Bolivia). O então governador do Paraguai, Hernandarias de Saavedra, teve a ideia. Ele contava com uma população de apenas 4.500 espanhóis e criollos, concentrada na capital, Assunção. Sugere, então, ao rei Felipe II a colonização do território com os próprios guaranis, submetendo-os ao Evangelho e reunindo-os em “reduções” ou “missões”, Saavedra pensava também nas vantagens comerciais dessa ocupação, que criava condições para uma rota até o Atlântico, para escoamento da prata, pelo rio Uruguai, até a Ilha de Santa Catarina. Para pôr em prática esse projeto, foi criada, em 1607, a Província Jesuítica do Paraguai, que nos 100 anos seguintes abrigaria 63 reduções principais. Na região de Guairá e Itatim, elas barravam a expansão portuguesa em direção a Potosi. E nas províncias do Uruguai e do Tape, interceptavam o avanço português na região do Prata. Por esta via, podiam também os espanhóis alcançar o Atlântico pela bacia do Jacuí e o Guaíba. 11 de fevereiro – dia do campeiro Data que marca a morte de Maneco Pereira é conhecida como o dia do campeiro. Uma homenagem ao homem que laçava com o pé. Manoel Bento Pereira, ou Maneco Pereira, foi o maior laçador que o Rio Grande do Sul conheceu em todos os tempos. Ele nasceu no dia 18 de junho de 1848, no município de Rio Pardo. Ainda criança, foi com a família para a “Estância do Curral de Pedras”, no município de Rosário do Sul, onde seu pai trabalhou de capataz. O rebanho da fazenda alcançava mais de 42 mil cabeças. Aos 15 anos, “Maneco Pereira” já era o sota-capataz da estância, cargo que antigamente era dado ao peão que mais se destacasse nas lides de campo. Com a morte do pai assumiu a função de capataz. É quase incrível o que contam das suas façanhas praticadas em tempos de sua juventude. Tão espetaculares foram esses feitos realizados numa época em que o laço e as boleadeiras faziam exímios manejadores. “Maneco Pereira” foi um laçador que tanto pealava e laçava com as mãos como com os pés, e não fazia isso por acaso, bastava advir ocasião. Com o laço nas mãos só não fazia chover. Era como um artista fazendo demonstrações da sua arte, num palco de diversões. No dia 11 de fevereiro de 1926 morria “Maneco Pereira”, tendo sido sepultado no dia seguinte no Cemitério do Joanico, situado no Batovi. A data ficou marcada e é comemorada, na atualidade, como o dia do campeiro, em homenagem à ele. 28ª Fiesta de La Patria Gaucha Evento acontecerá em Tacuarembó, no Uruguai, em março de 2014. Criada em 1987, para unir as sociedades nativistas do Uruguai, pelo Conselho Departamental, pela Resolução nº: 205, aprovada por unanimidade pelos vereadores, através do relatório levantado pela Comissão para a Cultura, Turismo e Esportes, nasceu a Fiesta de la Patria Gaucha. O evento acontecerá, em 2014, de 12 a 16 de março, em Tacuarembó, no pais vizinho, o Uruguai. É importante lembrar que foi em uma festa Uruguaia que os gaúchos viram, pela primeira vez ,as mulheres acompanhando as danças locais. Isso serviu de exemplo para o Rio Grande do Sul. A Província Jesuítica do Paraguai, criada em 1607, por acordo entre a coroa espanhola e a Companhia de Jesus, abrangia uma área estimada em 500 mil quilômetros quadrados, onde viviam cerca de 100 mil guaranis. Os padres organizavam os indígenas em comunidades que se estendiam pelos territórios da atual Argentina, do Uruguai, Paraguai, parte da Bolívia, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. As reduções tinham também um objetivo político: barrar o avanço dos portugueses que partiam do litoral para o interior, em busca das minas de prata e dos indígenas para escravizar. TEMA QUINQUENAL: O MTG ENGAJADO NA CAMPANHA DE COMBATE À CORRUPÇÃO - “LAÇANDO A CORRUPÇÃO”

[close]

p. 15

Ano XII - Edição 150 Fevereiro de 2014 15

[close]

Comments

no comments yet