Revista Empresário Fitness & health Edição 64

 

Embed or link this publication

Description

Revista destinada ao setor Fitness & health.

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3



[close]

p. 4

Editorial aros amigos leitores vamos lá rumo há mais uma etapa vencida em um ano que se nda e outro cheio de trabalho e sucesso que se iniciará! É chegada a hora de começar a festejar, trocar os presentes tirar os amigos secretos, pensar no futuro, fazer as programações e ter muita fé que tudo irá ser próspero e grandioso como nossas expectativas. A Revista Empresário Fitness & Health deseja que 2014 seja melhor em todos os sentidos para você leitor e pensando nisso já traz de matéria de capa com Joana Doin e Francisco Mancuso uma matéria incrível sobre composição societária, o que vai fazer você pensar e repensar na saúde dos negócios da sua academia e estúdio. Além de poder contar com nossas matérias que são totalmente voltadas para sua gestão de qualidade. Vamos lá é agora que levantamos as mangas e rumo ao sucesso! Um grande abraço a todos! Boa leitura! Equipe Empresário Fitness. Expediente alth é uma publicação bimestral da Paris Editora. C A revista Empresario Fitness & He- Paris Editora Empresário Fitness & Health Ano XI- Edição 64 Diretoria Geral Vivian Ingrid Ignácio atitude.vivian@uol.com.br Diagramação e Layout Alexsandro Augusto Ignácio contato.alexaugusto@hotmail.com Artes Grá cas Alexsandro Augusto Ignácio contato.alexaugusto@hotmail.com Assistente de Marketing Maria Edivania Santos atitude.mkt@uol.com.br Redação e Publicidade Paris Editora pariseditora@uol.com.br Rua. Margarida Nº26 AP. 26 Barra-Funda - São Paulo/SP CEP: 01154-030 Fone/Fax: (11) 3857-1817 Fotolito e Impressão: Gamgraf Grá ca Fotolito Editora Fone: (11) 98259-6679 Tiragem de 13.000 exemplares Distribuição Nacional As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores, não re etindo necessariamente a opinião da editora. As fotos têm caráter de informação e ilustração das matérias. Os direitos das marcas são reservados a seus titulares. As matérias aqui apresentadas poder ser reproduzidas mediante prévia consulta por escrito à editora responsável. O não cumprimento dessa determinação sujeitará o infrator ás penalidades previstas na lei de direitos autorais (Lei 9.610/98). Quer fazer a Assinatura da Revista Empresário Fitness & Health ? Esta é a forma mais e caz de garantir que todas as edições do ano farão parte da sua coleção, pois nossa distribuição gratuita acontece de forma rotativa podendo não levar ao nosso leitor todas as publicações do ano que ocorre bimestralmente. Portanto, não perca esta PROMOÇÃO dois anos de assinatura (correspondendo há 12 revistas). Entre em contato com atitude. assinaturas@uol.com.br ou (11) 3857-1817. 4

[close]

p. 5

Sumário 06 Consultoria 08 Consultoria Marcelo Marques Investindo em diversas atividade Renato Barasnevícius Buscando o Equilíbrio das contas. 16 Aconteceu Anderson Teixeira O que aconteceu na convenção fitness e saúde. 18 Satisfação Fernando Valle Pacotes com todas as aulas, ou 10 Tecnologia para reter o aluno. Ricardo Imperatrice Tecnologia em academia. 30 Qualidade de vida pagamento por aula à parte. 10 atividades que podem tornar a vida dos profissionais mais saudáveis. 12 Marketing Noara Pozzer Marketing em academias. E Mais: 32 -Lutas Ronaldo Cardoso Educação x Violência. 34 - Terceira Idade Amanda Monteiro Atividade Física para terceira idade. 36 - Bem Estar Rogério Fazzer Benefícios da natação na infância. 38 - Informativo André Nessi Posse Fiep. 40 - Nutrição Giovana Guido A importância do café da manha para seus alunos. 42 - Manutenção Prof° Almir Diógenes Dicas de manutenção Tênis de grama Natural. 28 - Boa leitura 14 Lucros Mario Gazziro Fit Tech aposta em equipamento remanufaturados. Matéria de Capa Composição Societária 20 5

[close]

p. 6

Consultoria Renato Barasnevícius Consultor da 4GOAL Tel: (15) 9 8154-8804 E-mail: Renato@4goal.com.br Buscando o equilíbrio das contas egundo o Sebrae, a falta de planejamento e gestão de ciente dos negócios estão entre os principais motivos de mortalidade das empresas, ou seja, uma falta de controle nanceiro aliada a desinformação resultam em planejamento e gestão falhos e insu cientes. Na busca de uma correta e equilibrada situação nanceira, é fundamental ter disciplina nos processos de controle, preenchimento e divisão dos centros de custos, agindo desta forma será possível ter uma perfeita visualização da atual situação das nanças e assim analisar nanceiramente sua empresa e quali car esse resultado, e sendo ele ótimo, bom ou ruim, tomar as decisões necessárias para otimiza-lo, pois mesmo tendo lucro, este pode estar abaixo do mercado signi cando uma de ciência na sua gestão. No mercado de academias, a maior fatia no centro de custos é a folha de pagamento, sendo esta uma despesa semivariável, ainda temos luz, água, telefone entre outros nesta quali cação, aluguel e algumas taxas e impostos como despesas xas e manutenção, materiais de consumo, eventos e etc.... como despesas variáveis, é muito importante separar todos esses custos e dividí-los por centros. Fazer o lançamento diariamente desses dados em uma planilha de excel, vai ajudar muito na análise, controle e visualização dos resultados mensais. A boa gestão e S equilíbrio desses centros de custos proporciona uma perfeita saúde nanceira e por consequência ajuda na qualidade do serviço prestado. Na gura ao acima você terá um exemplo da proporção indicada dos cen- citadas, mais facilmente se chegará aos resultados desejados. Li certa vez que “o desempenho de uma empresa é baseado em soluções e problemas, se for um problema, tem solução! Se não tem solução, então não Fonte: 4 GOAL. tros de custos que considero ideal para as academias. Tenha sempre em mente que a lucratividade é um indicador de e ciência operacional obtido, sob a forma de valor percentual, e que indica qual é o ganho que a empresa consegue gerar sobre o trabalho que desenvolve, essa lucratividade geralmente se encontra entre 20% a 30% da receita bruta, e que quanto maior for a disciplina das ações inicialmente deve ser um problema. Não existe um caminho novo. O que existe de novo é o jeito de caminhar e é bom saber que a gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente enxerga de longe, e saber administrar essas situações é o que caracteriza um comportamento otimista e de prosperidade” (Autor desconhecido), então mantenha a disciplina e o foco e mãos à obra! EF 6

[close]

p. 7



[close]

p. 8

Consultoria Marcelo Marques Adm. FMU, sócio-fundador da SPORT MIX Tel: (11) 3733-2500 E-mail: marcelo@sportmix.com.br Investindo em um quadro com diversas atividade para reter o aluno! nxerga longe o gestor da academia que já percebeu que a venda não termina quando o aluno rma um contrato de matrícula, mesmo que seja por um período mais extenso, como por exemplo, um plano anual. Atender de forma e ciente às expectativas do consumidor depois dele ter adquirido um produto ou serviço pode custar esforço e dinheiro às empresas, mas estes investimentos normalmente valem à pena. E a recompensa surge sob a forma de delidade do cliente. Nos dias de hoje, não basta ter instalações luxuosas, equipamentos de última geração e preço justo, a academia tem de oferecer produtos e serviços que agradem e satisfaçam por completo as diferentes necessidades individuais de cada usuário. O tratamento de “pós-vendas” pode fazer a diferença na renovação dos planos, conquistando a “ delidade” do aluno. Somente neste momento que se pode avaliar com precisão se as expectativas foram todas, ou em parte, realizadas e se o aluno cou satisfeito com as propostas oferecidas. As grandes academias investem em planos de relacionamento de “pós-vendas” e já observam bons resultados. Mas o conceito pode ser adaptado a todas as outras dos mais variados portes. Qualquer produto ou serviço pode ser apresentado com um diferencial, al- E gumas recomendações são relativamente simples, onde ele passa a ser reconhecido por suas necessidades e não apenas por um número de inscrição. É nesse momento que, as academias com uma estrutura menor podem levar vantagem sobre as grandes redes, pois o contato é muito mais próximo, exatamente diante deste cenário que o pequeno gestor pode e deve lançar mão desse benefício para conseguir ampliar sua fatia no mercado. “Adaptar-se as recomendações às vezes não exige alto investimento nanceiro, em muita situação basta planejar as ações de pós-vendas e orientar as equipes de atendimento, concentrar-se em ouvir as solicitações do aluno. Resolver eventuais problemas durante o processo de consumo também é um aspecto importante, porém não é o suciente, o posicionamento é uma ferramenta complementar neste caso que ca esquecida”. Para oferecer o diferencial certo ao aluno, uma dica, consiste em efetuar uma “pesquisa de necessidades” junto aos alunos para saber ao certo que tipo de produto ou serviço a grande maioria espera do estabelecimento, não existe uma regra nem prazo de validade, pois vários fatores podem de uma hora para a outra alterar toda uma situação. O que é mais comum é a realização das “pes- quisas de qualidade” logo após que o produto ou serviço foi entregue ou prestado, pode até ser de grande valor para corrigir as falhas depois do erro, mas com o mercado competitivo que estamos enfrentando na atual conjuntura, os alunos estão mais exigentes, não compensa correr o risco de cometer enganos para depois corrigir falhas se podemos antecipadamente atender de pronto seus interesses. Outro grande erro que é cometido pelo setor de “pós-vendas”, é utilizar este serviço para realizar uma nova venda, ao aproveitar-se do banco de dados existente, sem o menor constrangimento disparam promoções, em muitos casos e para agravar, enganosas só para tentar driblar a atenção, sejam com letras miúdas, asteriscos e outras falcatruas do mercado, ou seja, perde toda a magia da ação sem falar que coloca em risco a credibilidade da academia. Vale relembrar que, a intenção da “pós-vendas” é saber se as reais necessidades do cliente foram atendidas, se ele está satisfeito com a empresa e com o produto ou serviço que foi adquirido, a venda futura será uma consequência. Jamais deve ser confundida “pós-vendas” com “telemarketing” assunto que vai ser tratado com mais detalhes na próxima edição, não perca! EF 8

[close]

p. 9



[close]

p. 10

Tecnologia Ricardo Imperatrice Administração de Empresas pela FAAP Tel: (11) 2148-4000 Tecnologia em academia ada dia mais a tecnologia tem ajudado as pessoas a viverem com mais facilidade. Quando pensamos que num passado próximo não existiam smartphones e só recebíamos e-mails se sentássemos na frente daquele enorme “micro” computador, percebemos uma grande mudança em nossos comportamentos e necessidades. A cada avanço tecnológico do hardware (parte física) e do so ware (parte lógica), aumenta-se a possibilidade de uso da tecnologia em nos segmentos corporativos e pessoais. Na Academia Eco t Club, a tecnologia sempre é pensada e usada com o objetivo de melhorar e motivar o trabalho do aluno na prática de sua atividade física. Para tornar o ambiente mais dinâmico e moderno, televisões com programação variada são distribuídas no espaço de treinamento, proporcionando informação e entretenimento, ao mesmo tempo em que o treino é realizado. Porém, como cada aluno é único, contamos com esteiras e bicicletas com monitores individuais, onde o aluno pode selecionar a programação de TV desejada e mudar de canal quando bem entender. Para quem prefere música ou vídeo, nossos equipamentos se integram ao iPod, para que o aluno tenha disponível na tela a sua playlist particular. Assim o treino pode ser acompanha- C do com a música ou vídeo da preferência. Mas a integração não para por aí. Os treinos realizados podem ser armazenados no iPod e descarregados no site do fabricante do equipamento, que possui um so ware que ajuda a programação de novos treinos, para serem descarregados no equipamento. E mais a integra- “O sistema disponibiliza de forma rápida e fácil para todos os professores que prescrevem treinos, as informações da avaliação médica e da orientação física que o aluno realizou.” ção com o Facebook, que proporciona a divulgação dos treinos pessoais de cada um e a formação de grupos sociais com atletas a ns. Mas não é só com Hardware que a tecnologia pode ajudar. No campo do software, além do convencional controle administrativo e financeiro, necessário em qualquer empresa, com módulos para a área de vendas, recursos humanos, finanças, fiscal e contábil, também investimos num software também voltado a área técnica, que consegue criar um “mapa” do aluno, nosso cliente, através de marcadores que são capturados através de biometria, registros de presença ou realização de treinos. Assim podemos saber como está a frequência do aluno na academia, mas além disso quais departamentos ou aulas ele costuma ir. Com isso, entendemos também quais as aulas e professores mais populares, quais os dias e horários mais cheios e podemos dimensionar com exatidão a equipe de professores para que o aluno seja mais bem atendido. O sistema disponibiliza de forma rápida e fácil para todos os professores que prescrevem treinos, as informações da avaliação médica e da orientação física que o aluno realizou no início dos trabalhos na academia, além das orientações periódicas e anotações de ocorrências diversas, férias e licenças. Assim, o profissional de educação física pode aliar o seu conhecimento às informações disponíveis do aluno para que o treino seja prescrito com maior segurança e com resultados maximizados. EF 10

[close]

p. 11



[close]

p. 12

Marketing Noara Pozzer Coord. de Marketing na Eco t Club E-mail: eco t@eco t.com.br Site: www.eco t.com.br Marketing em academias rabalhar com marketing em academias não é tarefa fácil, principalmente pela característica dinâmica do negócio. É absolutamente importante desenvolver um planejamento de marketing coerente com os objetivos da empresa, pois além de atrair novos alunos, é fundamental traçar estratégias para manter os alunos já matriculados e até mesmo estratégias de expansão da marca, como trabalho institucional, que busca fortalecer a marca no mercado. Em qualquer ação desenvolvida o primeiro passo é fundamental para tomada de decisão assertiva: a pesquisa com seu público. Ouvir seu cliente ou prospect é a mais verdadeira informação que você pode ter. Entender quais as necessidades deles é o que garante o sucesso de suas ações. Ouvir sugestões da equipe, seja dos recepcionistas, professores ou qualquer outro colaborador, além de ouvir pessoas que tem contato direto com seus alunos, participar de reuniões estratégicas e entender seus objetivos, gera significado ao seu colaborador, deixando-o mais motivado e empenhado na realização dos projetos. Outro aspecto que o departamento de marketing não pode deixar de lado são os eventos sugeridos pela equipe, pois o empenho do colaborador é ain- T da maior na hora de convidar os alunos. Redes Sociais pode ser sua grande linha de contato direto com seus clientes, e, se bem utilizadas, podem gerar muitos acessos e compartilhamentos, ou seja, propaganda gratuita direcionada ao seu público alvo: os amigos de seu cliente. “É importante que o departamento de marketing e as ações desenvolvidas sejam vistos como investimento e não como despesa.” Quer maior prospecção que esta? O importante é manter essas redes sempre atualizadas com assuntos de interesse do seu público, que você des- cobre através de pesquisas citadas no início do artigo, virando fonte de informação e rede de relacionamento. Ou seja, marketing só é possível e pode ser descrito como “relacionamento”. É importante que o departamento de marketing e as ações desenvolvidas sejam vistos como investimento e não como despesa. Uma sugestão é tornar vendas e marketing um único departamento, com participação de todos os envolvidos na construção do planejamento e na execução diária. Essa proximidade poderá gerar excelentes frutos para os alunos, pois suas necessidades serão atendidas, para a equipe que terá um significado maior em seu trabalho e para a empresa, que terá alunos fiéis, equipe motivada e alta lucratividade. Parcerias com empresas da região também é uma excelente estratégia para aumentar as vendas e oferecer benefícios aos alunos. Através de pesquisas, descubra bares, restaurantes, enfim, locais que seus alunos mais frequentam e, através de parcerias, obter descontos ou facilidades exclusivas a eles. Aumentando o consumo deles no local, as pessoas que ainda não conhecem a academia terão interesse em conhecer! Até a próxima reflexão! EF 12

[close]

p. 13



[close]

p. 14

Lucros Mario Alexandre Gazziro Tel: (16) 3368-1550 E-mail: mario@allbodyscan3d.com.br Site: www.AllBodyScan3D.com.br FitTech aposta em equipamentos remanufaturados e oferece serviço de alta qualidade setor de Fitness vive, atualmente, um cenário onde os custos de operação aumentam gradativamente. Além disso, a demanda dos clientes por máquinas de qualidade superior é uma realidade que tem que ser atendida. Isso faz com que empresários desta área procurem alternativas, com o objetivo de reduzir os custos operacionais, sem comprometer a qualidade do serviço prestado aos seus clientes. O projeto de montagem de uma academia, estúdio ou até mesmo um condomínio, requer uma estrutura mínima e na grande maioria das vezes os melhores equipamentos do mercado são trazidos de fora, fazendo com que os custos sejam bem elevados. Como alternativa, os pro ssionais da área optam por trabalhar com maquinas mais simples, em algumas situações quase “residenciais” o que não é lucrativo uma vez que esses aparelhos não são feitos para agüentar uma grande demanda de uso durante o período diário de movimentação de uma academia, trazendo problema como grande necessidade de manutenção e quebra frequente. Ou seja, estas máquinas não apresentam a qualidade e o desempenho esperado. Para atender este cenário atual, a FITTECH oferece equipamentos das marcas mais conceituadas mundo afora, totalmente remanufaturados com até 50% de redução do O preço em relação aos similares vindos de fábrica. Fazem parte desta a lista a Cybex, Technogym, Life Fitness, Hammer, entre outras. As máquinas são entregues com pintura, estofamento, cromagem, cabos e peças novas. “O principal diferencial da empresa é ter sido criada por pessoas ligadas diretamente à atividade física”. Somos amigos de longa data e sempre praticamos esportes juntos. Somos triatletas e o nosso elo de ligação além da própria amizade sempre foi o esporte. Diferentemente de empresários que entram no negócio por perceberem uma boa oportunidade simplesmente, nós nos identi camos muito com a atividade. O Rio sempre foi o centro nervoso do tness e criador de modas para o resto do Brasil e nós estamos aqui na cidade que hoje é o centro das atenções do mundo pelos eventos que está prestes a sediar. Existe um movimento revitalizador na cidade e diferentemente de anos atrás, quando as empresas estavam migrando para outros estados (principalmente São Paulo), o Rio hoje é a bola da vez. Temos muitos clientes que aproveitam a vinda na cidade para nos visitar’’, a rma Norton de Freitas, responsável pela parte operacional da FITTECH. Nos Estados Unidos, diversos espaços como clubes, hospitais, academias e clínicas de reabilitação já adquiriram os chamados Fitness “refurbished” (remanufaturados). Os produtos também são utilizados por alguns atletas e astros de cinema. Sobre a FitTech Sediada no bairro de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, a FitTech foi criada por três sócios: Andrew Denton, economista com ampla experiência em administração de empresas, e dois pro ssionais de Educação Física, Ricardo Muller e Norton de Freitas, com mais de 30 anos de experiência na área de Fitness e Esporte, incluindo o setor de consultoria para grandes empresas. A FitTech atua na compra de equipamentos de força e cardiovasculares usados, reforma, manutenção preventiva, manutenção corretiva e na venda de equipamentos seminovos. A equipe também é composta por técnicos, com mais de 10 anos de experiência, capazes de oferecer assistência técnica dos equipamentos fabricados pelas principais marcas de Fitness. Isso, sem dúvida, dá credibilidade à empresa, que está sempre buscando investir nos melhores pro ssionais do mercado. Com isso, o cliente sente-se mais confortável em adquirir os produtos que têm o selo de qualidade FitTech. EF 14

[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet