REVISTA DO CRN9

 

Embed or link this publication

Description

Publicação periódica do Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região - MG (CRN9)

Popular Pages


p. 1

REVISTA DO CRN9 Alimentação fora do lar: novas possibilidades estão previstas para o setor AtuAção: Nutrição x Auriculoterapia e Nutrição x Fitoterapia Revista do CRN9 1

[close]

p. 2

SumáRIO Em DESTAquE Fiscalização do Conselho presente em todos os serviços de hemodiálise do Estado CRN9 promove atividades de combate à hipertensão Inaugurada delegacia de Pouso Alegre Novas possibilidades no setor de alimentação fora do lar Entrevista – Fernando Júnior, presidente da Abrasel minas BATE-PAPO 4 5 6 8 16 Exames bioquímicos: encaminhamentos de debate vão auxiliar nutricionistas no direito à solicitação Encontro nacional da fiscalização: evento realizado em mG foi um sucesso Dia do TND – Conselho promove curso de aprimoramento 23 23 24 Em AÇÃO CRN9 participa de audiência pública sobre obesidade infanto-juvenil ATuAÇÃO Nutrição X Auriculoterapia Prescrição de fitoterápicos 21 de agosto – Dia de vitória da Saúde 25 26 28 18 18 19 Conselho marca presença em seminário sobre os problemas do sobrepeso e da obesidade infantil Apoio e participação em importante espaço de defesa da agricultura familiar Saúde Coletiva – CRN9 sedia encontro da Articulação mineira de Agroecologia PONTO POSITIVO Conselho pormove o IV Encontro de Coordenadores de Cursos de Nutrição Realizada importante reunião entre Vigilância Sanitária e CRN9 Semana do Nutricionista 2013 29 Palestra para alunos de nutrição 30 CRN9 por uma alimentação livre de agrotóxicos 30 20 21 21 Nutrição Clínica: nutricionistas têm acesso a publicações científicas 30 TRANSPARêNCIA Balancete Orçamentário em 31/julho/2013 31

[close]

p. 3

EDITORIAl Parcerias pela valorização da profissão marcam o primeiro semestre de 2013 do CRN9 É com grande prazer que o CRN9 traz a vocês mais uma edição de nossa revista. um dos diversos veículos de comunicação com a categoria, este periódico apresenta as ações, parcerias e intervenções realizadas pelo Conselho para a valorização dos profissionais de nutrição. A grande novidade desta edição é a nova logomarca do Conselho. mais leve, moderna e de melhor aplicabilidade, celebra a atual fase da Comunicação do CRN9, implementada pela Gestão Consolidar e Avançar (2011-2014). Esta gestão vem marcando presença em variados espaços. Neste ano, foram firmadas ou reforçadas parcerias com muitas instituições públicas e privadas da sociedade. Além das ações de mobilização, como os eventos para ouvir e discutir com a categoria as necessidades e desafios da profissão, o Conselho avançou bastante na valorização pública da nutrição. Foram enormes os progressos na divulgação dos papéis dos nutricionistas para a sociedade, seja por meio dos veículos de comunicação midiáticos, seja pelos institucionais. Somente no primeiro semestre do ano, foram cerca de 60 inserções do CRN9 em rádios, portais, jornais impressos e TV. Sem nos esquecermos da criação de nossa fan page no Facebook, do nosso boletim eletrônico mensal, enviado aos mais de 12 mil inscritos no Conselho e do e-mail, pelo qual são esclarecidas dúvidas, realizadas orientações e acatadas sugestões dos profissionais. um trabalho de excelência só se constrói com a participação de diversos atores. É por isso que o CRN9 preza pela união da categoria e parceiros. Boa leitura a todos! Conselheiros efetivos heloísa Magalhães de oliveira – Presidente fernando José Mandacaru – vice-Presidente elisabeth Chiari rios neto – secretária Joyce Andrade Batista – tesoureira Jordana dos santos Jorge luciano senna soares regina rodrigues de oliveira sílvio César da silva valéria Monteiro de Jesus Conselheiros suPlentes Cláudia Guimarães Pinto Dias Jaqueline lopes de Paula leonardo luiz Zanol luiza regina lima soares Barbosa Margareth da silva Correa romero Alves teixeira Conselho eDitoriAl Cláudia Dias, heloisa Magalhães, leonardo Zanol, luiza lima e Mariana starling seDe / Belo horiZonte Rua Maranhão, 310, 4º andar, Santa Efigênia Belo horizonte, MG - Cep 30150-330 tel. (31) 3226-8403 site: www.crn9.org.br e-mail: crn9@crn9.org.br DeleGACiA De uBerlânDiA rua Coronel Antônio Alves Pereira, 400, sala 808, Centro uberlândia, MG - Cep 38408-370 tel. (34) 3255-8868 e-mail: uberlandia@crn9.org.br DeleGACiA De Pouso AleGre rua Comendador José Garcia, 415, sala 202, Centro Pouso Alegre, MG - Cep 37550-000 tel. (35) 3425-9623 e-mail: pousoalegre@crn9.org.br revistA Crn9 Jornalista responsável: Mariana starling reg. Prof. Mtb MG 09777 JP Redação, textos e entrevistas: Mariana starling com a colaboração da equipe do Crn9 Edição gráfica: vfazitto Comunicação e Grupo de Design Gráfico Fotos: Mariana starling e bancos de imagens Tiragem: 10.000 (dez mil) exemplares Impressão: Impresso Print Editora e Gráfica Ltda. Heloisa magalhães PRESIDENTE DO CRN9 Revista do CRN9 3

[close]

p. 4

Em DESTAquE Fiscalização do Conselho presente em todos os serviços de hemodiálise do Estado Com o intuito de garantir assistência nutricional de qualidade aos usuários dos serviços de hemodiálise de minas Gerais, através do exercício profissional ético e qualificado do nutricionista, o CRN9 lança projeto de levantamento de dados, orientação e valorização profissional. Em uma iniciativa pioneira, o Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região/mG (CRN9), iniciou em março deste ano o projeto “A atuação do nutricionista em Serviços de Terapia Renal Substitutiva (STRS) do Estado de minas Gerais”. Com o objetivo geral de garantir assistência nutricional de qualidade aos usuários destes serviços em nosso estado, as nutricionistas fiscais do CRN9 — coordenadas por Elisa Alves Dias e álvares — realizaram um levantamento de dados e informações que subsidiem a elaboração de proposta de atuação do profissional da área. Os subsídios, colhidos por meio de um Roteiro de Visita Técnico específico para STRS, serão repassados posteriormente à Promotoria de Saúde de Belo Horizonte e ao Sistema de Saúde, com vistas à elaboração de normatizações específicas. A presidente do CRN9, Heloísa magalhães, ressalta a importância do projeto tanto para a categoria, quanto para a sociedade: “Para a categoria, pois teremos um levantamento detalhado de como está atuação do nutricionista nos serviços de Terapia Renal Substitutiva. Com esses dados, aprimoraremos a orientação técnica do CRN9, poderemos dar retorno para as escolas de nutrição sobre a formação do profissional e ainda vamos identificar as dificuldades vividas pelos nutricionistas nessa área e encaminhar propostas de melhorias para os órgãos competentes e empresas. Para a sociedade, será importante, pois, com apoio e orientação do CRN9, os profissionais poderão melhor atender os usuários. Além disso, orientaremos os serviços para que ofereçam aos pacientes a assistência nutricional que estes têm direito.” Além desse diagnóstico em toda minas Gerais, o CRN9 elaborou e distribui materiais específicos sobre a atuação do nutricionista em processos de hemodiálise, de orientação profissional e de divulgação do projeto. Precarização um levantamento prévio feito pela Fiscalização do CRN9 permite apontar a insuficiência de nutricionistas nos STRS, com elevado número de pacientes sendo atendidos em dois ou três turnos e, em geral, com um único profissional. Essa situação tem levado à precarização da assistência nutricional e comprometido o exercício profissional do nutricionista. Observa-se que os 17 STRS da Região metropolitana de Belo Horizonte atendem a 3.639 pacientes, em três turnos, (apenas um serviço com dois turnos) e contam com 21 nutricionistas. 4 Revista do CRN9

[close]

p. 5

CRN9 promove atividades de combate à hipertensão Foram atendidas pessoas de todas as idades pela “Campanha de Prevenção e Combate à Hipertensão”, realizada pelo CRN9 em parceria com a Sociedade mineira de Cardiologia. O evento, promovido no sábado, 27 de abril, no Parque municipal de BH, fez parte das ações da Campanha “Alimentação Fora do lar”. Nutricionistas, médicos e outros profissionais da saúde fizeram uma grande ação para orientar a população sobre os riscos e a importância de se manter a pressão arterial em níveis normais. Tradição da cardiologia, este foi o primeiro ano em que a atividade contou com a participação de nutricionistas. “A nutrição é fundamental na prevenção do risco cardiovascular, como passo inicial. quem se alimenta bem, procura adequar melhor a alimentação, já está à frente em 50% em termos preventivos. Afinal, dentre outros motivos, a ingestão do sal em excesso é um importantíssimo fator de risco para o coração”, destacou o diretor da Fundação do Coração (Funcor), pertencente às Sociedades Brasileira e mineira de Cardiologia (SBC e SmC), Dr. Eustáquio Guerino. O cardiologista explicitou o desejo de tornar a parceria SmC/ CRN9 algo mais perene. Para matilde Costa, a campanha cumpriu com o objetivo de fazer com que as pessoas percebam os benefícios de ter uma pressão arterial controlada e, principalmente, como a alimentação saudável pode ajudar nesta tarefa. A auxiliar de serviços gerais levou o filho Juliano, de dez anos, à tenda do CRN9 para receber dicas nutricionais relativas à obesidade infantil: “Foi muito importante para o meu filho ouvir das profissionais o que é melhor pra ele. As crianças não ouvem muito a mãe, mas ouvem as outras pessoas. Agora, acho que ele vai passar a prestar mais atenção na qualidade de vida”. Pouso Alegre Além de BH, atividades em comemoração ao “Dia Nacional de Combate à Hipertensão” (26 de abril), também foram realizadas pela delegacia do Conselho em Pouso Alegre/mG. Nesse dia, mais de 350 pessoas foram atendidas na Praça José Bento pelo CRN9, Secretaria municipal de Saúde, Vigilância em Saúde municipal e universidade do Vale do Sapucaí (Cursos de Nutrição e Enfermagem). No evento denominado “Alimentação Saudável na Prevenção da Hipertensão”, os pouso-alegrenses puderam aferir a pressão arterial, peso, altura e o Índice de massa Corporal (ImC). Além de receberem dicas nutricionais sobre alimentação saudável. “A alimentação saudável ajuda no controle da pressão.” Revista do CRN9 5

[close]

p. 6

Representatividade na mesa da inauguração delegacia de Pouso Alegre Os profissionais da nutrição e toda a comunidade do Sul de minas podem contar, agora, com uma delegacia do Conselho Regional de Nutricionistas da 9º Região/mG (CRN9). A filial, que foi instalada no município de Pouso Alegre em 5 de abril, otimizará o trabalho do Conselho na região, a qual se encontra distante da sede de Belo Horizonte. A delegacia tem o papel de normatizar, orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício e as atividades da profissão de nutricionista e técnicos em nutrição e dietética no Sul de minas. “A inauguração desta delegacia significa estarmos mais perto do Sul. É algo positivo para a categoria, para as empresas, para os profissionais. É um projeto antigo, da primeira gestão, que está tendo continuidade agora. É a realização do desejo de interiorização do Conselho, da maior proximidade com todos os profissionais do Estado”, alegram-se os diretores e presidente do CRN9. Inaugurada Inauguração uma grande representatividade marcou a cerimônia de inauguração da delegacia. A solenidade contou com autoridades dos poderes Executivo e legislativo estadual e municipal, além de diversos profissionais da nutrição. Em seu pronunciamento, a presidente Heloisa magalhães emocionou-se ao destacar o avanço do reconhecimento da profissão. mas frisou que o número de profissionais atuantes na atenção à saúde da população (seja nos níveis primário, secundário ou terciário) ainda não está adequado frente à importância do trabalho do nutricionista. E que este crescimento é fruto de uma luta constante e efetiva de vários profissionais que vêm batalhando desde a criação dos cursos em minas Gerais (Ouro Preto e Viçosa). “O trabalho que vem sendo realizado na alimentação escolar é um exemplo de sucesso em nosso campo. mas, por outro lado, temos uma defasagem muito grande, por exemplo, na nutrição clínica, principalmente a hospitalar”, exemplificou. Sobre a escolha de Pouso Alegre para ser sede de uma delegacia do Conselho, Heloisa justificou ser por contar com muitos nutricionistas, além de ter uma grande possibilidade de crescimento na área. “A cidade é um polo com grandes empresas, com enorme espaço para nosso trabalho”, enfatizou. A fala da presidente foi corroborada pela da delegada empossada, Ana Carolina Brasil e Bernardes. A nutricionista, especialista em nutrição humana e saúde, informou que “para a delegacia exercer seu papel, será primordial contarmos com os mais diversos parceiros. É imprescindível que ocupemos os espaços das políticas públicas para que o papel do profissional da nutrição de levar saúde e reabilitação a todos seja cumprido da melhor maneira. Contamos com vocês”. 6 Revista do CRN9

[close]

p. 7

Parcerias A resposta veio em seguida, na fala dos demais integrantes da mesa. A Coordenadora da Vigilância Sanitária Estadual, Rita Pucci, destacou que é importantíssima a parceria com o CRN9 para a garantia da qualidade de vida da região. “É importante saber o quanto os nutricionistas estão preocupados com a saúde pública no país”, reforçou. No mesmo sentido, o Coordenador da Vigilância em Saúde Estadual, Régis Kersul, manifestou o desejo de realizar uma parceria com a delegacia do Conselho para a inserção dos nutricionistas nos serviços de atenção primária à saúde. “Precisamos sensibilizar os Secretários de Saúde da importância dos nutricionistas neste setor”, ressaltou. A Chefe da Vigilância Sanitária municipal, Renata Rezende Borges, e a Diretora do Departamento de Educação Alimentar da Prefeitura de Pouso Alegre, maria de lourdes Rocha lopes, também externaram apoio às ações do CRN9 na região. Da mesma forma, a Presidente da Câmara municipal de Pouso Alegre, Dulcinéia Costa, que colocou a Casa legislativa à disposição. Presenças Participaram também da solenidade de inauguração da delegacia e da bela confraternização realizada ao final, representantes da/do, dentre outros: Faculdade Integrada da Associação dos Servidores do ministério da Educação e do ministério da Cultura (Asmec) de Pouso Alegre e Ouro Fino; Associação Comercial e Industrial de Pouso Alegre; Conselho Regional de Farmácia; universidade do Vale do Sapucaí (univás); Associação de Integração Social de Itajubá (AISI) - Faculdade de Nutrição de Itajubá; Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí; Faculdade de Ciências da Saúde da univás; Casa de São Rafael; Serviço de Prestação de Assistência médico-Hospitalar S.A (Serpram); Conselho de Fisioterapia de Pouso Alegre; Prefeitura de Pouso Alegre (merenda Escolar). Estrutura A delegacia do CRN9 em Pouso Alegre tem à frente a nutricionista Ana Carolina Brasil e Bernardes, especialista em nutrição humana e saúde pela universidade Federal de lavras, nutricionista líder e coordenadora administrativa da equipe multiprofissional de terapia nutricional do Hospital das Clínicas Samuel libânio (HCSl) e nutricionista clínica do Instituto Brasileiro de Reabilitação e Aprimoramento Especializado (Ibraesp). Como delegada suplente, está Flávia Junqueira de Souza, mestre em clínica médica pela Faculdade de medicina de Ribeirão Preto – universidade de São Paulo (uSP) e coordenadora do Curso de Nutrição da universidade do Vale do Sapucaí (univás). Os trabalhos administrativos ficam por conta de marta martiniano e os de fiscalização a cargo do nutricionista Bruno mello. ENDEREÇO – A delegacia de Pouso Alegre fica à Rua Comendador José Garcia, 415, sala 202 – Centro. “Para a delegacia exercer seu papel, será primordial contarmos com os mais diversos parceiros. É imprescindível que ocupemos os espaços das políticas públicas (...)” Ana Carolina Brasil e Bernardes Beatriz Carvalho, assessora técnica; Bruno mello, nutricionista fiscal/delegacia; Heloisa magalhães, presidente; Joyce Batista, tesoureira; Ana Carolina Brasil e Bernardes, delegada; marta martiniano, administrativo/delegacia; e Flávia Souza, delegada suplente. Revista do CRN9 7

[close]

p. 8

Novas possibilidades no setor de alimentação fora do lar 8 Revista do CRN9

[close]

p. 9

Perfil dos mineiros Parceria do Conselho Regional de Nutricionistas de minas Gerais e Associação Nacional de Bares e Restaurantes (Abrasel) tem mostrado aos empresários do setor a importância destes profissionais em seus estabelecimentos. Novas portas podem se abrir. minas Gerais, sobretudo a capital, Belo Horizonte, é conhecida nacionalmente pelo grande número de bons restaurantes e bares que possui. Em todo o estado, são cerca de 50 mil estabelecimentos de alimentação fora do lar, gerando mais de 300 mil empregos diretos. Somente inscritos na Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, regional minas Gerais (Abrasel-mG), são quase quinhentos estabelecimentos do tipo, dentre bares, restaurantes, churrascarias, sorveterias, trailers de lanches, empresas de alimentação industrial, lojas de conveniência, confeitarias, buffets, fast foods, pizzarias, especializados em sucos e saladas e demais empresas afins. Estes locais recebem os mineiros que não têm tempo para realizar as refeições em casa, ou simplesmente optam por este tipo de atendimento. As tendências de consumo são criadas a partir de mudanças no comportamento social. Como as cidades estão cada vez maiores e as pessoas passaram a ficar menos em casa, resta pouco tempo para fazer atividades rotineiras, como cozinhar. Segundo dados da pesquisa sobre a Análise do Consumo Alimentar Pessoal no Brasil, produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nos anos de 2008 e 2009, cerca de 70% da população brasileira faz suas refeições em bares, restaurantes, lanchonetes, nos locais de trabalho e estudo. Em nosso estado e capital não é diferente. Segundo estimativas da Abrasel, um estabelecimento voltado para food service (serviços de alimentação prontos, a exemplo de congelados, ou de grandes cadeias de restaurantes), é aberto a cada três dias na Grande BH. “O número de empresas hoje soma 12 mil na região metropolitana com taxa de crescimento anual de 1% a 2%”, calcula lucas Pêgo, diretor-executivo da associação. O que motiva os novos investimentos é o grande potencial do setor. Segundo Pêgo, “dos gastos dos brasileiros com alimentação, 31% são destinados à alimentação fora de casa. Nos Estados unidos, este percentual é de 48%”. Os dados do IBGE corroboram com a constatação, demonstrando que o setor tem conquistado resultados relevantes, correspondendo a 14,2% do valor do Produto Interno Bruto (PIB) de toda a atividade industrial no país. Campanha Nacional levando-se em consideração o atual perfil da alimentação fora de casa em minas Gerais e em todo o país, o Sistema Conselho Federal de Nutricionistas/Conselhos Regionais (CFN/CRNs), lançou no início deste ano a campanha “Alimentação Fora do lar”. O principal foco da iniciativa é orientar a população nas escolhas, estimulando hábitos saudáveis. E, para isto, valoriza-se o papel do profissional de nutrição como fundamental. A Abrasel-mG, ao analisar os impactos sócio-econômicos que deverão ser gerados no Brasil com o desenvolvimento do setor de alimentação fora do lar, descreve “a melhoria das condições de saúde – segurança do alimento”, na lista com itens como “aumento das oportunidades de emprego, aumento da renda e redução do desemprego”, dentre outros. Para isto, os nutricionistas e técnicos em nutrição e dietética (TND) são agentes imprescindíveis, ao estimularem a alimentação de qualidade. São importantes atores para a manutenção das boas condições do que é oferecido nos estabelecimentos de food service. “Isto não significa que estes profissionais tenham que atuar somente nos bares, restaurantes e lanchonetes que já possuem uma identidade de fornecimento de ‘comidas saudáveis’ ou ‘comidas naturais’. O nutricionista trabalha com todos os tipos de alimentos, atentando para a segurança e qualidade dos mesmos”, enfatiza a presidente do CRN9, Heloisa magalhães. “Cerca de 70% da população brasileira faz suas refeições em bares, restaurantes, lanchonetes, nos locais de trabalho e estudo.” Revista do CRN9 9

[close]

p. 10

Parcerias para a promoção da saúde Em 2012, em atividade promovida pelo CRN9 para a discussão da ampliação do mercado de trabalho com os grandes eventos da Copa do mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016, uma parceria entre o Conselho e a Abrasel foi iniciada. O diretor-executivo da associação, lucas Pêgo, esteve presente à agenda, informando sobre as possibilidades de emprego nos serviços de alimentação e lazer e o projeto “Bem Receber Copa 2014”, da Abrasel-mG em parceria com o ministério do Turismo (mintur). Com o objetivo de qualificar serviços e preparar o setor de alimentação fora do lar, o projeto trabalhou entre 2011 e 2012, treinamentos de atendimento a diversos profissionais, multiplicadores de informações turísticas e traduziu o cardápio para inglês ou espanhol de 150 empresas das principais regiões turísticas das cidades-sede da Copa das Confederações e Copa do mundo. Na época, em entrevista a esta publicação, Pêgo afirmou que “gostaria que cada restaurante tivesse um nutricionista”. Ele reconheceu que a presença do profissional da nutrição garante mais segurança alimentar, cardápios mais bem elaborados e melhor consultoria em alimentos. Com o intuito de dar continuidade à parceria com a associação, o CRN9 participou neste ano do “17º Encontro Regional da Abrasel”, reali- zado em Belo Horizonte entre os dias 4 e 6 de junho. O Conselho, além de ter instalado um stand fixo da nutrição durante todo o evento, esteve em todas as demais ações, sempre buscando a valorização da profissão de nutricionista e a promoção da saúde. Para a presidente do CRN9, Heloisa magalhães, que participou da mesa de abertura do encontro, “este foi um importantíssimo espaço para informarmos aos empresários do setor o papel e importância dos nutricionistas em suas empresas”. “É importante transmitirmos segurança para as pessoas que frequentam nossos estabelecimentos. E o papel dos trabalhadores em nutrição é excelente para isso.” Pedro Hoffmann, presidente do Conselho de Administração Nacional da Abrasel. 10 Revista do CRN9

[close]

p. 11

Papel do nutricionista Nas agendas com a Abrasel, os conselheiros e funcionários do CRN9 têm tido a possibilidade de mostrar aos empresários qual é o papel do nutricionista em seus estabelecimentos. Foi o que ocorreu durante a “Sessão de Negócios” do Serviço de Apoio às micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que aconteceu no “17º Encontro Regional da Abrasel”, quando o diretor e conselheiro, Fernando mandacaru e leonardo Zanol, respectivamente, conversaram com mais de 50 proprietários do setor de alimentação de minas Gerais. Em um momento extremamente importante e produtivo do encontro, um grupo de presidentes dos Conselhos Regionais de Nutricionistas (CRNs 1, 4, 9 e 10) e a integrante da Comissão de Fiscalização e ex-presidente do CFN, Rosane Silva, representaram os demais regionais em reunião com os presidentes da Abrasel de todos os estados brasileiros. As presidentes estavam em Belo Horizonte participando do “Encontro Nacional da Fiscalização”, simultâneo à agenda da Associação. Portanto, o Conselho vem mostrando que os nutricionistas e TND são os profissionais habilitados para proporcionar aos estabelecimentos de food service alimento saudável e seguro ao usuário, mais credibilidade para a empresa e equilíbrio do custo-benefício, gerando lucro para o empreendedor e qualidade de vida para o usuário. Possibilidades de atuação Com a aproximação do CRN9 e a entidade que representa e desenvolve o setor de alimentação fora do lar em minas Gerais, os nutricionistas e TND terão maior possibilidade de mostrar seu apel nestes estabelecimentos. A afirmação do presidente do Conselho de Administração Nacional da Abrasel, Pedro Hoffmann, esclarece que “essa aproximação tem que ser feita para que o nutricionista possa realizar um trabalho de orientação ao usuário. É importante transmitirmos segurança para as pessoas que frequentam nossos estabelecimentos. E o papel dos trabalhadores em nutrição é excelente para isso. A partir de agora, esse estreitamento de laços será cada vez mais frequente em todo o país”. Para a atuação no ramo de alimentação fora do lar, é importante que os nutricionistas e TND que se interessarem pelo mesmo estejam preparados e capacitados. “Portanto, quem gosta deste setor, deve se especializar, já que as portas têm sido abertas a cada dia e o mercado ser cada vez mais exigente”, enfatiza a coordenadora da Câmara Técnica de Alimentação Coletiva, Joyce Andrade Batista. Apesar de os serviços de alimentação fora do lar ainda não serem obrigados a ter nutricionistas em seu quadro técnico, a importância destes profissionais no ramo é indiscutível. A lei que rege a profissão prevê como atividade privativa do nutricionista o “planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição”. Porém, há uma indefinição legal do enquadramento dos restaurantes comerciais como sendo “serviços de alimentação e nutrição”. Revista do CRN9 Revista do CRN9 11 11

[close]

p. 12

Abrasel-MG posiciona-se oficialmente sobre a parceria com o CRN9 “A parceria iniciada entre a Abrasel e o Conselho Regional de Nutricionistas na ocasião do Encontro nacional da Abrasel realizado de 4 a 6 de junho em Belo Horizonte se mostra proeminente na medida em que empresários e gestores de estabelecimentos do setor de alimentação fora do lar foram sensibilizados para a acuidade da profissionalização de sua equipe de trabalho e para a importância do trabalho desenvolvido pelos nutricionistas. No evento, o CRN9 levou informações sobre os diversos campos de atuação dos nutricionistas – da elaboração de cardápios à administração, passando pela segurança dos alimentos e promoção da saúde – e as contribuições que os profissionais levam aos bares, restaurantes e similares, colaborando para o crescimento dos negócios. Tivemos a honra de contar com a presença da presidente Heloísa magalhães na mesa diretiva da solenidade de abertura do Encontro Abrasel BH e, ao participar da mostra de produtos e serviços e da sessão de negócios do Encontro Abrasel, representantes do CRN9 mantiveram contato não só com empresários, mas com as principais lideranças do setor de alimentação fora do lar, contato este que a Abrasel pretende manter sempre estreito.” — Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – mG Representantes do CRN9 mantiveram contato não só com empresários, mas com as principais lideranças do setor de alimentação fora do lar. 12 Revista do CRN9

[close]

p. 13

DEPOImENTOS “A participação do Conselho no evento promovido pela Abrasel em Belo Horizonte foi muito a oportuna, principalmente neste momento em que o Sistema CFN/ CRNs promove a ‘Campanha de Alimentação Fora do lar’. É muito importante mostrar aos empresários do setor de bar e restaurantes que o nutricionista está capacitado a assessorálos na melhoria da qualidade dos serviços prestados e na gestão de seu negócio. Esta parceria com a Abrasel pode ser importante para uma maior inserção do nutricionista neste seguimento onde o profissional ainda é tão pouco presente.” • Ana Carolina Barbosa Ferreira, Andréa Sasso, Eliane Azevedo Barros e Juliana de Oliveira Sales – Nutricionistas Fiscais do CRN9 que participaram do 17ª Encontro Regional da Abrasel. “Foi um grande passo de nossa gestão, pois, com ela, iniciamos uma parceria que poderá abrir muitas portas para os nutricionistas e técnicos de nutrição! lá, conseguimos demonstrar os benefícios que podemos trazer aos estabelecimentos de bares e restaurantes e, ainda, que somos parceiros dos empresários para uma melhor gestão de seus negócios. Cremos que a nossa profissão ganhou uma grande visibilidade nesse ramo!” • Cláudia Dias, Elisabeth Chiari, Fernando Mandacaru, Jacqueline lopes, Joyce Batista, leonardo Zanol e luiza lima – Conselheiros(as) do CRN9 que participaram do 17ª Encontro Regional da Abrasel. “Jamais imaginei que encontraria o CRN neste evento. Foi uma surpresa extremamente positiva, pois mostra o que o nutricionista faz dentro dos restaurantes, bares e hotéis. Havia certo ‘constrangimento’ e ‘desentendimento’ entre as áreas, que, agora, com certeza será sanado.” • Eluciana Cardoso – Nutricionista que estava participando do evento. Revista do CRN9 13

[close]

p. 14

JOGO RáPIDO Andrea Alpino, nutricionista que trabalha em estabelecimento de alimentação fora do lar, e Júnia Quick, proprietária de estabelecimento do ramo. REVISTA CRN9 — Por que você optou por trabalhar no setor de alimentação fora do lar? ANDREA — Acredito que seja necessário um serviço que atenda a demanda da alimentação fora do lar, aliada a uma refeição prática, ágil e com qualidade, por isso, optei por trabalhar nessa área. uma área em crescimento que representa uma boa rentabilidade na qual o profissional de nutrição possui todos os atributos necessários para adentrar a esse mercado. REVISTA CRN9 — quais os benefícios que o estabelecimento encontra por ter um/uma nutricionista em seu quadro (diferenciais)? ANDREA — O profissional de nutrição está apto a gerenciar o serviço de alimentação em diversos setores, seja na rentabilidade da empresa até o gerenciamento de mão de obra ou rótulo nutricional. Diversos restaurantes sobrevivem a um gerenciamento sem um profissional de nutrição, porém, poucos têm qualidade, controle e segurança alimentar em seu estabelecimento. O mercado é difícil, o profissional de nutrição deve ter disponibilidade para ser mais prático e absorver a necessidade do mercado. A verdade é que não existe teoria se não existir conhecimento com a prática e os profissionais de nutrição têm todo o conhecimento teórico necessário que deve ser adaptado à realidade do restaurante e agregar bons resultados ao negócio. REVISTA CRN9 — qual a importância de um nutricionista para os estabelecimentos de alimentação fora do lar? ANDREA — O estabelecimento que está disposto a investir em um profissional da área de nutrição tem como resultado um restaurante com procedimentos operacionais padronizados e métodos de controle de qualidade de alimentos, em conformidade com a legislação vigente. Além de uma produção planejada e supervisionada com foco em vários pontos de gestão, tais como: custos, compras, pessoas etc. Outra atribuição cabível é o desenvolvimento de receituários e respectivas fichas técnicas, avaliando periodicamente as preparações culinárias e as informações nutricionais dos produtos. Enfim, o profissional de nutrição tem inúmeras capacidades e o empresário ficará satisfeito com o investimento desse tipo de mão de obra. REVISTA CRN9 — que dicas você daria para o profissional que quer trabalhar neste mercado? ANDREA — Aos colegas de profissão eu transmito força e aconselho muita determinação, não é fácil, mas o mercado precisa do nosso conhecimento. O mercado de alimentação deve ter um responsável técnico, e é obrigação garantirmos um estabelecimento que ofereça refeição com qualidade e segurança alimentar. Na vida acadêmica aprendemos as teorias necessárias para gerenciarmos restaurantes, porém, poucos serão resistentes, perseverantes e farão com que isso aconteça. A complexidade da rotina das pessoas solicita um serviço de alimentação, é um mercado aquecido que precisa de profissionais aptos para atender. REVISTA CRN9 — Por que ter um profissional da nutrição em seu estabelecimento? JÚNIA quICK — Com uma nutricionista no nosso quadro, temos como garantir a qualidade necessária, com planejamento de cardápios, sele- 14 Revista do CRN9

[close]

p. 15

ção de produtos e fornecedores, fichas técnicas e padronização das receitas, treinamento dos funcionários para boas práticas e manipulação correta dos alimentos. REVISTA CRN9 — Você acha que este profissional colabora para a obtenção de lucros para seu estabelecimento? JÚNIA quICK — Toda vez que falamos de controles, padronizações, treinamento e capacitação de funcionários, estamos falando de maior qualidade nos produtos oferecidos, e consequentemente, maior controle de desperdícios, melhor aproveitamento dos produtos e maior satisfação do cliente. Portanto, isto vai gerar uma lucratividade maior para a empresa. REVISTA CRN9 — Houve algum período no qual o estabelecimento tenha ficado sem nutricionista em seu quadro? Se sim, o que mudou com a presença deste profissional? JÚNIA quICK — Já tivemos períodos com e sem nutricionista na empresa. Notamos que com a ação de uma nutricionista supervisionando e treinando constantemente os funcionários, a qualidade dos produtos e controles de manipulação e processos melhoram, resultando em ganhos para a empresa e clientes. REVISTA CRN9 — Outros pontos importantes, fique à vontade! JÚNIA quICK — Cada vez mais sabemos que a saúde está diretamente ligada a uma alimentação saudável, natural, fresca e balanceada. Com o profissional nutricionista no quadro de funcionários, temos como garantir que isto realmente seja possível, através do acompanhamento de toda cadeia produtiva, desde a escolha, passando pelos processos de seleção, higienização e manipulação dos alimentos. É uma garantia de que a empresa e o cliente estejam realmente tendo a qualidade desejada nos produtos finais. Profissional, atualize seus dados junto ao CRN9 Eles são importantes para que você receba nossas publicações impressas e eletrônicas. Atualize seu e-mail para que você possa receber o boletim eletrônico do CRN9! Acesse o site do CRN9 (www.crn9.org.br), selecione o item na cor laranja no alto da página, informe seu número de inscrição e selecione a opção “Criar uma Senha”. Após confirmação de alguns dados, você terá acesso à sua inscrição e poderá fazer a atualização cadastral. Revista do CRN9 15

[close]

Comments

no comments yet