Revista Comércio & Indústria - Junho/2013

 

Embed or link this publication

Description

Revista Comércio & Indústria - Junho/2013 - Ano 8 - Nº 95

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3



[close]

p. 4

ponto de vista redação ESTAMOS SENDO TOCADOS AO ESTILO ROMANO - PÃO E CIRCO O presidente da AESCAR, Paulo Pecin, acaba de me enviar o percentual médio da carga tributária no país no período de 1995/2002 (Fernando Henrique): 29%, com 24 ministérios; entre 2003/2010 (Lula da Silva): 33%, com 34 ministérios e 2011/2012 (Dilma): 36,2% com 39 ministérios. Trocando esses números por valores vemos que não há governo santo, pois independente do que se arrecadou, observa-se que a Saúde em todo território nacional está uma porcaria; a Educação caminha aos trancos e barrancos; a Segurança, uma lástima, privilegiando-se muito mais os bandidos que os cidadãos decentes. O país é maravilhoso pela chegada da Copa das Confederações, Copa do Mundo e das Olímpiadas, num contraste com a fase terminal dos nossos hospitais. Despeja-se um rio de recursos públicos - dinheiro do povo - na construção de estádios e praças esportivas e não conseguimos terminar em Araraquara o projeto de retirada dos trilhos, iniciado na administração do prefeito Waldemar de Santi. E já se passaram mais de 14 anos. Num outro contraste - a Arena da Fonte, tal como circo romano - foi derrubada e reconstruída num abrir e fechar de olhos por cerca de 30 milhões de reais. Uma forma populista de se administrar. O anúncio de que o consumidor está deixando de comprar, aflige o nosso comércio e consequentemente todo o Brasil. A luz amarela pisca para a indústria e o que salva a lavoura é a produção da soja e do milho que caminha para o mercado internacional com seus quase 10% de crescimento. Fico a pensar, meu caro Paulo, como é lindo ver os torcedores cantando nos estádios “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amoooooooor”, não é? Não podemos negar que nestas situações, tenho orgulho de ser brasileiro, e na qual podemos nos orgulhar por termos um povo alegre, que nunca desiste. É realmente incrível como o brasileiro, com o número de problemas que tem, vive sorrindo. Inaugura-se um outro circo inacabado (por SÔNIA MARIA MARQUES IVAN ROBERTO PERONI* A EMPREENDEDORA DOS NOSSOS DIAS Temos que enaltecer a iniciativa da Associação Comercial e do SEBRAE que neste mês de junho promovem o lançamento do Prêmio Mulher de Negócios. É uma forma de serem lembradas e homenageadas, as tantas empreendedoras que vivem com muito sucesso ou então dificuldades para a manutenção dos seus negócios. O que se percebe na verdade é que a “dupla jornada” feminina (casa e trabalho) é cada vez mais frequente no mercado de trabalho e para conseguir dar conta de todos os seus compromissos, as mulheres estão abandonando o mundo coorporativo e abrindo suas próprias empresas. Elas escolhem o empreendedorismo por paixão e pela flexibilidade de horários permitida quando se é dona de seu próprio tempo. As mulheres que assumem esse desafio estão numa fase muito produtiva da vida. Tempos atrás estariam investindo em estudo ou mesmo em cursos de aperfeiçoamento. Não quero dizer que não existam mulheres que buscam por isso, mas as pesquisas mostram que a preferência pelo negócio próprio vem crescendo entre elas. Reconhecer nas mulheres empreendedoras de Araraquara essa coragem é muito importante. É uma forma de também se dar conhecimento também ao seu progresso como aconteceu com a nossa querida Emília, da Emy Perfumaria. Ela é um grande case de sucesso. REVISTA ironia outra Arena da Fonte, em Salvador) e com a cobertura caindo vinte dias depois por conta de um chuvisqueiro, fato inédito no país, mesmo com o extraordinário avanço tecnológico da engenharia. O problema é que, de alguma forma, a população brasileira está alienada com a política. São anos e anos de ideais populistas, marcados, mais especificamente, por altíssimas taxas de juros, privatizações em massa, corrupção desenfreada (nunca na história deste país se viram tantos escândalos), enorme alta da carga tributária e aumento da dívida pública para financiar a expansão da perversa máquina estatal. E o povo nem se toca para isso, pois o empreendedor está na estrada para pagar a conta. O governo despeja benesses para os congressistas e governadores, traindo a racionalidade administrativa e esbanjando nosso suado dinheiro. Foi dele a iniciativa de criar a Bolsa Família que lançou na dependência do Estado milhões de brasileiros, que se acostumaram a viver de esmolas, ao invés de trabalhar de forma digna. E para continuar com o “pão e circo” o governo insiste na espoliação tributária de trabalhadores e empreendedores. Além de todas estas maracutaias, o governo é pródigo em gerar novos ônus não tributários para a sociedade, como os pedágios e as multas. Só para transitar numa rodovia brasileira, pagamos 3 tributos, além dos pedágios! E o comerciante do Selmi Dei, da 36, ou do centro da cidade, acredita que ocorrerá alguma mudança para redução de impostos? Os nossos governos perfilam ideologias estatizantes e populistas. Somente a pressão de trabalhadores e empreendedores poderá, no futuro, trazer uma racionalidade tributária para o Brasil. É a velha história romana do “Pão e Circo”, temos futebol e Bolsa Família e não queremos mais saber de informações necessárias para nossa vida e isso facilita ao governo à liberdade de corromper o sistema, que nada mais é do que nosso sistema, ilusionista é claro. EDIÇÃO N°95 - JUNHO/2013 Diretor Editorial: Ivan Roberto Peroni Assistente Editorial: Rosane D’Andréa Supervisora Editorial: Sônia Marques Depto. Comercial: Gian Roberto, Silmara Zanardi, Heloisa Nascimento e Marcos Assumpção Design: Mário Francisco, Carolina Bacardi e Fernando Oprime Tiragem: 5 mil exemplares Impressão: Grafinew - (16) 3322-6131 A Revista Comércio & Indústria é distribuida gratuitamente em Araraquara e região INFORMAÇÕES ACIA: (16) 3322 3633 COORDENAÇÃO, EDITORAÇÃO, REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: (16) 3336 4433 Rua Tupi, 245 - Centro Araraquara/SP - CEP: 14801-307 marzo@marzo.com.br

[close]

p. 5



[close]

p. 6

Vilacopos na Rua Rui Barbosa, na Vila Xavier reportagem de capa VILACOPOS COMPLETA 24 ANOS E COM ELA ARARAQUARA TEM MUITO PARA FESTEJAR Em um mercado altamente competitivo, a Vilacopos mantém o privilégio de ser uma das lojas líderes pelo atendimento e produtos que são disponibilizados. Sua história é cercada por ações que mostram a notável visão empreendedora de seu fundador, Andrelino Alves Pinto Filho. Quando o assunto é festa, que tal surpreender e encantar os convidados? Com uma experiência de 24 anos, a Vilacopos é uma loja especializada em descartáveis e artigos para festa. Fundada por Andrelino Alves Pinto Filho em 1° de junho de 1989, hoje é administrada pelos filhos José Luiz e Paulo André. Começou pequena em um espaço de 300 m² com vendas no atacado e varejo. Ao longo dos anos foi se fortalecendo no mercado, conquistou clientes e agregou uma variedade de produtos. Em 1998 recebeu o Prêmio Barão de Mauá, da Gazeta Mercantil e o caderno Por Conta Própria. De 800 participantes, ficou entre os 10 melhores. Atualmente, ocupa 800 m² de um total de 2.600 m² e o “carro chefe” da empresa são os artigos para festas. Os consumidores podem encontrar tudo que precisam em um mesmo lugar: doces, guloseimas, chocolates, confeitos, velinhas, convites variados, embalagens descartáveis, e também uma linha completa de enfeites e adereços para aniversários, casamentos, formaturas, confraternizações e outros eventos. O atendimento é diferenciado, com 50 funcionários treinados. “Não importa o tamanho da festa. Nós garantimos a qualidade dos produtos usados para que a pessoa possa ter uma comemoração inesquecível. Nós personalizamos seu pensamento, sua ideia”, garante o empresário Paulo André Alves Pinto. Presentes em todo tipo de comemoração, pratinhos e muitos outros itens descartáveis são ótimas opções para servir uma grande quantidade de convidados. Extremamente baratos, facilitam muito na limpeza da festa e são uma saída rápida e fácil para festas de última hora. Copos, taças, pratos, bandejas, guardanapos, talheres, toalhas, canudos, velas, embalagens nos mais diversos modelos, forminhas para doces em vários formatos e tamanhos. No final de cada festa ou evento, independente do número de convidados, chega a hora de deixar tudo limpo e em ordem. O que não é problema para a Vilacopos que também comercializa todo e qualquer produto de limpeza, pois é a loja que apresenta o maior mix de novidades para eventos.. Nestes 24 anos, a Vilacopos cresceu em função do trabalho que tem sido realizado por Andrelino e os seus filhos José Luiz e Paulo André. Os prêmios obtidos atestam a qualidade dos serviços e produtos que são oferecidos a uma clientela feliz.

[close]

p. 7

A Vilacopos é uma loja que se diferencia pelo conforto aos seus clientes e a facilidade que encontram em receber a orientação e sugestões dadas por profissionais qualificados As festas de aniversário ficam mais festivas com as novidades lançadas pela Vilacopos Quer um presente com um toque especial? Escolha entre as múltiplas opções em fitas, laços, papéis, cestas, caixas e sacolas. Quem se interessa em aprender, a Vilacopos está sempre atenta às tendências de mercado. Todo mês existe uma tabela de cursos como ovos de Páscoa, bombons, trufas, cup cake - massa, recheio, receitas e decorações inéditas - brigadeiro gourmet, quindim, pudins, pão de mel, buquê de rosas em chocolate, entre outros. “Os cursos são direcionados tanto para a dona de casa que deseja aprender para consumo próprio, como para aquelas que se especializam e obtêm uma renda extra”. A Vilacopos também fornece produtos para bares, sorveterias, hotéis, restaurantes e bufês, com facilidade na forma de pagamento. A loja é de fácil localização e possui um ambiente amplo, agradável, com produtos dispostos a facilitar as compras e estacionamento. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8h às 19h e aos sábados das 8h às 18h. DIA DOS NAMORADOS E FESTAS JUNINAS Para o Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho, a Vilacopos disponibiliza diversas cestas de acordo com o gosto do cliente. “Montamos as cestas a partir do valor que a pessoa pretende gastar. Desde as mais caras às mais simples, porém não menos atrativas e bonitas”, explica Paulo André. Com a chegada das festas juninas e julinas, a loja oferece produtos para a decoração como bandeirinhas, balões, painéis, enfeites de mesa, estalinhos para as crianças, de acordo com a legislação, doces como pé-de-moleque, paçoca e ingredientes para o preparo das demais gostosuras da época. Na verdade, a Vilacopos consegue com seus produtos e adereços, preservar e resgatar a tradição das festas juninas, mantendo sempre acesa essa chama de alegria e felicidade. “Trabalhamos de forma carinhosa com datas consideradas tradicionais pelos brasileiros; isso representa um orgulho, pois temos que deixar para outras gerações o que os nossos pais nos ensinaram e mostraram em nossa infância”, conclui Paulo André. Equipe de atendimento da Vilacopos ATENDIMENTO VILACOPOS RUA RUI BARBOSA, 1050 VILA XAVIER FONE: (16) 3301 2600 Doces típicos e artigos para as festas juninas em espaço específico

[close]

p. 8

campanha EM SETEMBRO A QUINZENA PREMIADA DO CONSUMIDOR Diretores da ACIA, que também são empresários dos mais diferentes setores do comércio, indústria e serviços, se reuniram para oficializar parceria com o SINCOMÉRCIO na promoção da Quinzena Premiada do Consumidor, em setembro. Os quase trinta diretores da ACIA presentes à reunião realizada na segunda quinzena de maio foram unânimes em anunciar para agosto, a Quinzena Premiada do Consumidor, uma campanha que visa dar ao lojista a oportunidade de vender mais e ao cliente, a chance de aproveitar bons preços e os ótimos prêmios que serão sorteados. Este é o momento de aproximar ainda mais o lojista do consumidor, organizando uma campanha que atenda os dois lados, disse Roberto Abud, coordenador de Comércio da Associação Comercial e também diretor do SINCOMÉRCIO. Segundo ele, ações com essas características servem para estimular comerciantes, comerciários e consumidores. Outrora chamada de Semana do Freguês e sempre realizada no mês de julho, a Quinzena do Consumidor agora abre um leque bem maior de opções e estende a possibilidade do cliente ter mais tempo para realizar suas compras e coincide com o período em que tem recursos para gastar. Já as lojas, tendo em vista a aproximação das festas de final de ano, podem promover campanhas visando a renovação de estoque. “São situações que podem contribuir com o sucesso do movimento e também valorizam a atuação e a importância do comércio para o desenvolvimento econômico”, diz Abud. Presidente Renato Haddad e o secretário Damiano Barbiero Neto na reunião que mostrou o comprometimento dos diretores com os novos projetos da enitdade Paulo César Ambrósio, Ademar Ramos e José Vanderlei Fernando Najla Abi Rached Torres, Eder Dalmo de Oliveira e Marcelo de Mattos Frigo Reinaldo de Oliveira e Donizete Fuzari Dagmar Bizzinotto Ribeiro e Teresa Smirne

[close]

p. 9

CALENDÁRIO COMERCIAL Paralelamente, as diretorias da ACIA e do SINCOMÉRCIO estudam a possibilidade de organizarem em amplo espaço, um feirão tipo “Liquida Araraquara” com o propósito de incentivar as atividades promocionais em meses considerados “complicados” quanto ao apelo comercial. Como em setembro acontecerá a Quinzena Premiada do Consumidor, a campanha “Liquida Araraquara” ocorreria em março. Até aqui as duas entidades estudam a elaboração de um calendário anual do comércio. Em janeiro as pessoas ainda estão envolvidas com as vendas de dezembro; além disso, em janeiro existem as preocupações com as matrículas nas escolas, pagamento de IPVA, a compra de materiais escolares e outras despesas normais de começo de ano. “Em fevereiro, independente de quando cai o carnaval, nada acontece antes e para o comércio é prejudicial”, justifica Abud. Assim sendo, o mês de março é considerado como o início das atividades promocionais com a alternativa do comércio promover a renovação de estoque de uma forma conjunta, embalando com abril que também é um mês sem apelo de vendas. “É melhor se resguardar para o Dia das Mães em maio”, aponta Abud, ao organizar um estudo sobre o calendário comercial da cidade com os diretores Reinaldo de Oliveira, Najla Abi Rached Torres, Wanderley Figueiredo e Edes Dalmo de Oliveira. Segundo eles, é importante trabalhar com antecedência, tornando mais seguro qualquer tipo de evento. Para o comércio, maio, por ser o mês das mães e das noivas, é o segundo maior apelo de vendas, ficando o mês de junho com o terceiro, com o Dia dos Namorados. Em julho seriam iniciados os preparativos para a Quinzena Premiada do Consumidor anexando este período ao Dia dos Pais também agosto, o quarto melhor período de vendas. Em setembro, no período de 9 a 21, seria realizada dentro do calendário a Quinzena Premiada do Consumidor, devendo ser definida até o final do mês a premiação. Outubro é o mês voltado para o Dia da Criança. Em novembro há a possibilidade também de se fazer uma “Tempestade de Ofertas”, que é para atrair consumidores quanto ao 13º salário e a limpeza do estoque visando a preparação do comércio para as festas de final de ano . Roberto Abud, coordenador de Comércio da ACIA e o diretor Carlos Eduardo Nunes José Janone Júnior Carlos Renato Segura e Jair Martineli Geraldo José Cataneu e Reinaldo Ribeiro Marlene Porsani e Luis Fernando Petroni João Luiz Ferreira e Wanderley Figueiredo

[close]

p. 10

projeto COM EXPANSÃO, O JARAGUÁ INICIA UMA NOVA FASE PARA O COMÉRCIO LOCAL Investimentos da Família Quércia em Araraquara aumentam e já anunciam um novo perfil comercial através do Shopping Jaraguá, que receberá a partir de 2014 mais 3 lojas âncoras, 4 megalojas e 62 consideradas satélites. O lançamento da expansão do Shopping Jaraguá Araraquara, realizado no dia 15 de maio, reuniu cerca de 450 convidados. O evento contou com a presença da família Quércia: Dra. Alaíde, presidente das Organizações Sol Panamby, Andreia e Cristiane, diretoras executivas do grupo proprietário do shopping. Alaíde Quércia agradeceu a presença dos convidados e disse se sentir feliz em recebê-los em “nosso shopping”, além disso fez menção ao seu marido, Orestes Quércia, dizendo que ele tinha muito apreço pela cidade. “Ele lançou a semente do empreendimento e sempre buscou o crescimento dele”, afirmou. Claudio Sallum, sócio-diretor da Lumine, empresa responsável pela administração da operação e planejamento da expansão, comemorou a conquista do shopping dizendo que “os novos lojistas que entrarem farão uma escolha de sucesso e queremos compartilhar esse sucesso com vocês”. O superintendente do Shopping Jaraguá Araraquara, Telmo Mendes, em sua fala, expressou que “é possível traduzir em uma palavra a gestão do Jaraguá Araraquara, uma palavra muito simples: inovação”. Após os pronunciamentos, a cantora e compositora Liah, uma das finalistas do programa The Voice Brasil da TV Globo, comandou o evento com seu talento musical. O PROJETO Com obras previstas para iniciar a partir de julho de 2013, o Shopping Jaraguá Araraquara terá mais 12.647 m² de área bruta locável (ABL), com mais 3 âncoras, entre elas a Riachuelo, já confirmada, 4 megalojas, 62 lojas satélites. Além de uma nova sala, todo o cinema passará por uma reformulação. O estacionamento receberá 900 vagas adicionais que, somadas Tibério Graco (diretor de marketing da Rede Di Gaspi), ao lado de Simone Soriano (coordenadora de marketing do Shopping Jaraguá Araraquara) e Telmo Mendes (superintendente do Shopping Jaraguá)

[close]

p. 11

Alaíde Quércia com as filhas Andreia e Cristiane no evento do Jaraguá, lembrou o carinho que o marido Orestes sempre teve para com a cidade as 623 hoje disponíveis, oferecerão maior comodidade e facilidade de acesso ao empreendimento. Todas as informações sobre a expansão podem ser encontradas no estande comercial de vendas, que está aberto desde o dia 17 de maio no próprio shopping e funcionando em horário comercial para atendimento às pessoas interessadas em lojas. Os Shoppings da Rede Jaraguá integram as Organizações Sol Panamby, conglomerado empresarial que atua nos setores de agronegócio, comunicação, administração comercial e investimento imobiliário. ORGANIZAÇÕES SOL PANAMBY As atividades das Organizações Sol Panamby têm raízes no início dos negócios da família de Orestes Quércia, em 1945, com um pequeno armazém de seu pai, em Campinas. Ao longo de mais de meio século, com muito trabalho, espírito empreendedor e visão empresarial, novos negócios foram concretizados e incorporados a esse conglomerado de empresas, tendo à frente, a presidência de Alaíde Quércia. LUMINE Conhecida como full services no mercado de shopping centers, a Lumine é responsável pela administração de shoppings que somam mais de 300 mil metros quadrados de ABL (área bruta locável) e pelo planejamento e desenvolvimento de mais de 500 mil metros quadrados de ABL em 28 municípios de 8 estados. No interior de São Paulo, a Lumine é responsável pela administração de shoppings em Campinas, Indaiatuba, Limeira, entre outras localidades. Profissionais da Lumine, empresa responsável pela administração do shopping

[close]

p. 12

UM MOVIMENTO DO QUAL TODA EMPRESA DEVE PARTICIPAR que vem da Indústria, do Comérc A ACIA - Associação Comercial e Industrial de Araraquara, no dia 30 de junho completará 79 anos de fundação e lança arrojado projeto visando elevar até 2015, o seu quadro para 2.000 empresas associadas. A campanha “Vamos dobrar os 1.000” também possibilitará a criação de mais benefícios e ações que contribuirão no fortalecimento da classe empresarial. Nos três primeiros anos de gestão, o presidente Renato Haddad e sua diretoria elevaram as vantagens da empresa ser associada da ACIA. Uma delas de disponibilizar o banco de informações da SERASA a todos os estabelecimentos interessados em consultas sobre clientes para que o empresário tenha menos inadimplência, mais proteção contra fraudes, agilidade nos processos de venda e concessão de crédito, e automaticamente, mais segurança nas operações financeiras. O Banco de Talentos está entre os grandes benefícios da ACIA, figurando também como trabalho voltado para o social. Nele o trabalhador inclui seu currículo profissional gratuitamente, sendo observado por muitas empresas. Para o empresário é a oportunidade de escolher entre milhares de currículos, os profissionais que poderão compor sua equipe. Aos empresários e dependentes, como familiares e funcionários, a ACIA oferece as melhores vantagens aos que optarem por um Plano de Saúde - Médico e Odontológico, seguro e por valores mais acessíveis, proporcionando maior economia. O nosso objetivo, diz Renato Haddad, é estar presente de maneira integral no relacionamento associação-empresa. Para ele, ACIA - A FO é imprescindível que no momento em que Araraquara vive uma fase extremamente favorável para seu desenvolvimento econômico, também a ACIA esteja presente, ampliando seu quadro de associados para mostrar às empresas que chegam, o trabalho de união que existe entre todos os setores do comércio, da indústria e dos serviços. A ACIA é uma entidade forte e com enorme poder de contribuir com as decisões políticas e econômicas pela sua representatividade. Em torno das 1.000 empresas que hoje já são associadas, gravitam mais de 55 mil pessoas entre empresários e colaboradores e essa força que possuímos, permite uma integração mais ampla entre todos na busca por uma qualidade de vida melhor para a cidade.

[close]

p. 13

ORÇA Site de cadastramento de currículos, disponíveis para as empresas associadas da ACIA. cio e dos Serviços Serviço de Consultas para Achei Recheque, Pefin, Concentre e Integrada. Empresário: sendo sócio da ACIA você desfruta de inúmeros benefícios Empresa Saudável Segurança e Medicina do Trabalho as por apen R$ 35,00 mensais Consultoria e orientação jurídica preventiva. Para pequenas e grandes reuniões (até 120 pessoas) Auditórios CERTIFICAÇÃO DIGITAL Plano de saúde empresarial para seus diretores, familiares e funcionários, com preços diferenciados em relação ao mercado. Palestras gratuitas, seminários e workshops Posto de Atendimento para para Certificação Digital VIDEOTECA Filmes Motivacionais quem tem, ganha descontos! Descontos, prazos e outras facilidades de pagamento para comprar em estabelecimentos comerciais associados e conveniados com a ACIA. Programa que contribui com a expansão dos negócios Campanha Promocional ACIA A empresa que indicar um associado terá 2 meses de mensalidades quitadas.

[close]

p. 14

feira do emprego CHANCE Organizadores se reúnem na ACIA e anunciam o evento para os dias 28 e 29 de agosto para facilitar a vida de quem busca o primeiro emprego ou ascensão profissional. Um grande público constituído em sua maioria por jovens, prestigiou no ano passado a primeira edição da Feira do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento Profissional realizada em parceria entre a Prefeitura, por meio do Ceat- PAT (Centro de Atendimento ao Trabalhador), Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o apoio da ACIA. Em 2012, no total, 41 empresas de diversas áreas de produção e de prestação de serviços, como Lupo, Iesa, HP, Usina Santa Cruz, Cervejaria Heineken, Líder, Work e Gelre, participaram do evento oferecendo oportunidades de trabalho. Já instituições como Senai, Senac, Sest/Senat e ETEC Ana de Oliveira Ferraz, ofereceram cursos profissionalizantes visando suprir a demanda de mão-de-obra na cidade. Na reunião realizada no final de maio no auditório da ACIA, uma das parceiras no acontecimento, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, José Roberto Cardozo, reafirmou que o objetivo principal é potencializar e capacitar profissionalmente, no menor tempo possível, quem está procurando emprego. “A Feira possibilita ao empregador o contato direto com o candidato ou imediatamente contratado”, acrescentou o secretário. Filas enormes formaram-se para a entrega de currículos no ano passado VAI BATER A ALTERNATIVAS Além dos estandes, as empresas promovem palestras também voltadas para qualificação da mão-de-obra. Isso possibilita a exposição da empresa para a comunidade, além oferecer novas vagas de trabalho. Já o Ceat-PAT presta informações sobre emissão de carteira de trabalho e seguro desemprego e também atua como intermediário de mãode-obra. A exemplo do ano passado, a ACIA estará presente na feira de 2013 em função do papel social e empresarial que exerce com seu Banco de Talentos, beneficiando os trabalhadores e também as empresas. No banco que faz parte do site da ACIA, o trabalhador pode inserir o currículo que será visto por mais de mil empresas; por outro lado, o empresário acessa o site para avaliar - através do currículo - o profissional que poderá lhe interessar. Dezenas de trabalhadores já foram contratados por empresas da cidade e da região desde a criação deste Banco de Talentos em 2011. Em agosto a Feira do Trabalho será realizada nos dias 28 e 29 num dos pavilhões do Centro de Eventos (CEAR). A Associação Comercial com seu Banco de Talentos, contribuiu com o sucesso do evento que reuniu principalmente os jovens em busca do primeiro emprego

[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet