Revista Comércio & Indústria - Julho/2006

 

Embed or link this publication

Description

Revista Comércio & Indústria - Julho/2006 - Ano 2 - Nº 12

Popular Pages


p. 1

Commércio R E V I S TA Julho/2006 ANO 2 - N° 12 Associação Comercial e Industrial de Araraquara & Indústria Edna Martins MULHER QUE VAI À LUTA Símbolo das jornadas do Cedro Mulher, Edna Martins, vereadora mais votada em Araraquara em 2004, sempre pautou sua trajetória por uma sociedade mais justa, o que a torna uma revelação do Poder Legislativo, no momento em que a ética e a integridade moral se transformam em importante instrumento para ascensão da mulher-política em suas comunidades.

[close]

p. 2

Liliana Aufiero Presidente

[close]

p. 3

OPINIÃO Valter Merlos Presidente da ACIA DO EDITOR A FACIRA, vista como responsabilidade social A raraquara, em meio às comedenominamos esse trabalho das empremorações de mais um aniversário sas como sendo - responsabilidade sode fundação, sente o clima de uma cial, o que é também que a FACIRA exige n o v a FACIRA, que além do perfil emde todos nós: empresários, poder púpresarial que sempre apresentou, é blico, voluntários, todos os segmentos de também envolvida pelo clima de soliforma indiscriminada. Em linhas gerais, a dariedade que prevalece desde a priresponsabilidade social está ligada à imameira feira em 1980. Ela, dentro da ótica gem que as empresas querem ter perante promocional, não é apenas um centro o mercado. gerador de divisas e uma vitrine desDeus tem concedido a mim e minha tinada à exposição de proesposa Célia, a grandiosa dutos ou serviços das emchance de conhecermos coNa verdade, muitas presas que participam. O mo membros do Rotary Club empresas praticam aspecto comercial é imporInternacional, inúmeros paíisoladamente ações tante, contudo há que se filantrópicas, mas tais ses, conseqüentemente, poações são na maior valorizar o papel do exposipulações de grandes e peparte das vezes tor como investidor no lado quenas cidades, no entanto, esporádicas, sem social. em nenhuma delas tivemos planejamento ou Estamos bem lembraaté hoje, conhecimento de orçamento prévio. dos e isso não vai muito lonfeiras semelhantes a nossa ge, as empresas simplesFACIRA, e principalmente mente ofereciam bons prosobre a forma com que os dutos e serviços, tratavam de maneira empresários de Araraquara se doam na ética seus fornecedores e parceiros e organização do evento que tem caractelogo cumpriam sua finalidade em ter boa rísticas profundamente sociais. Na verimagem junto ao mercado consumidor. dade, muitas empresas praticam isolaMais adiante, esse conceito foi sendo damente ações filantrópicas, mas tais alterado, ou melhor, ampliado, pois as ações são na maior parte das vezes exigências eram de que cada empresa esporádicas, sem planejamento ou ordeveria se aplicar em uma política de çamento prévio. Quando falamos em recursos humanos, dando atenção pleresponsabilidade social, queremos dinamente adequada aos seus funciozer compromisso social e não apenas nários. filantropia. Na atualidade, todo esse processo de Isso vale dizer, que a FACIRA pasmelhoria no relacionamento empresarial, sou a ser uma responsabilidade social passou a ter outra visão e a palavra chave de todos, onde as empresas não vão tornou-se: desempenho de ações sociais doar valores, porém de forma plajunto à comunidade. Assim, passamos a nejada, vão mostrar o trabalho dos prestar atenção na maneira como as emseus profissionais, atender fornecepresas começaram a se envolver com a dores, garantir espaço no mercado população, não apenas respeitando-a, com seus projetos, criando uma estrumas implantando projetos como forma de tura que vá gerar, desenhar, executar, contribuir com seu desempenho. Nós, desenvolver e tocar projetos sociais, empresários e dirigentes de uma classe, através das instituições que formam o conscientes da necessidade de um novo Fundo das Instituições Sociais de Aracontexto social e cultural, imediatamente raquara, o FISA. Lá vai Bazani, o craque que fez da bola uma lenda. Nos tempos que jogador de futebol era apologia à desventura, ele era a vida que qualquer artista sonhava pintar em tela. Mas na realidade, Bazani era o próprio artista a encenar passadas de esquerda, às vezes direita, no tapete mágico do quase teatro que era o Estádio da Fonte. Se para maestro lhe faltou tão pouco, Deus por questões tão mágicas o tornou parceiro do vento, pois as batidas certeiras cortavam o ar e faziam de escravos, os goleiros combalidos que chegavam ao fundo das redes. Hoje o Alzheimer que o ataca, absolutamente não o assusta, pois pela própria ironia do destino, tremeram braços, pernas dos adversários que viram nele um craque prá eternidade. IVAN ROBERTO PERONI CAPA 14 Nesta edição uma merecida homenagem a Edna Martins pelo seu extraordinário desempenho na vida pública, transformando-se em exemplo aos que pretendem ingressar na carreira política. Foto: Gilmar Maccagnan Diretor Editorial: Ivan Roberto Peroni Assistentes: Lucas de Almeida Rosane D’Andréa Supervisora Editorial: Sônia Maria Marques Departamento Comercial: Gian Peroni Sebastião Barbosa Carlo Endrigo Peroni Designer: Bete Campos Lucas Tannuri Vicente Balbino Mário (Chiquito) Pedrolongo Samantha Rosa Impressão: Gráfica Bolsoni - (16) 3336-9008 A revista Commércio & Indústria é distribuida gratuitamente para os associados da ACIA COORDENAÇÃO, EDITORAÇÃO, REDAÇÃO E PUBLICIDADE Commércio Indústria REVISTA & comunicações Fone/Fax: (16) 3336-4433 Rua Tupi, 245 - Centro Araraquara/SP - CEP: 14801-307 marzo@marzo.com.br COMMÉRCIO & INDÚSTRIA JULHO/2006 3

[close]

p. 4

PALESTRA EMPOLGADAS COM UM IDEAL FILIADA À DIRETORIA - TRIÊNIO - 2004/2007 Presidente: Valter Merlos 1° Vice Presidente: José Carlos P Cardozo . 2° Vice Presidente: Maria Teresa Smirne 1° Secretário: Osvaldo Romio Zaniolo 2° Secretário: Edson Carlos Alves Bezerra 3° Secretário: Daphinis Pestana Fernandes 1° Tesoureiro: Antônio Junquetti 2° Tesoureiro: Mário Thuyosi Hokama 3° Tesoureiro: Marlene Porsani Diretor Social: Dorival Delbon Filho Diretor Social: Sérgio Bonini CONSELHO DELIBERATIVO EFETIVOS Ademar Ramos da Silva Edes Dalmo de Oliveira Jefferson Luis Yassuda João Luiz Ferreira Luzia Nucci Garitta Mário Rodella Nélvio De Vito Santo Petroni Sênia Mori Wanderley Camilo de Figueiredo SUPLENTES Celso Micheloni Edgar de Oliveira Valente Giuseppe Morvillo Júnior Jair Aparecido Martineli Maurício Marques Possi Orestes Ferreira Pedro Lapena Pedro Luiz Mariottini Valquiria Rodrigues O. Veloso CONSELHO FISCAL EFETIVOS Samuel Brasil Bueno Rodolfo Messali Marcos Henrique Duó SUPLENTES Renata Kitatani Quisté Morales Armando Rodrigues Martins Aparecida Camargo Fernandes ACIA Rua São Bento, 825 Araraquara/SP - CEP 14 801-300 Fone: (16) 3322-3633 acia@sunrise.com.br acia@techs.com.br PARA ANUNCIAR LIGUE: (16) 3336-4433 Criado no ano passado pela diretoria da ACIA, o Conselho das Mulheres Empreendedoras começa a desenvolver importantes ações para o fortalecimento do trabalho empresarial feminino na cidade. A palestra proferida pela psicóloga Tereza Mendes e o consultor Luciano Pizzone, em junho, no auditório da ACIA, serviu para mostrar o entusiasmo que as mulheres empreendedoras vêm tendo para fixar a imagem do grupo como fonte de apoio às iniciativas da entidade. A superintendente Maria Tereza Smirne, um ano depois de instalado o CME, diz que sente-se recompensada pelo apoio que vem recebendo nas iniciativas promocionais. Estamos trabalhando para que a mulher empreendedora seja valorizada, argumenta a dirigente. O tema discutido na ocasião, versou sobre a forma de se obter excelência no trabalho com melhoria da qualidade de vida, seguindo rumos comparativos entre o sucesso de ontem, que já não garan- Empreendedoras do movimento: Queila Carcelei, Tereza Smirne, Célia Merlos, Elizabete Teixeira e Marlene Porsani A psicóloga Tereza Mendes na ACIA Tereza Smirne, na abertura do evento te o sucesso de hoje e não sustentará o sucesso de amanhã. Nosso dever, completa Tereza Smirne, é unir e promover o fortalecimento da mulher empreendedora, incentivando-a a uma maior participação em atividades empresariais, política e sócio-cultural por intermédio de um trabalho contínuo que se baseia principalmente, na busca de informações e troca de experiências como forma de ampliar a compreensão dos problemas da sociedade como um todo. Público elogiou o trabalho dos palestrantes Pizzone conversa com Paulo João Lapena NOVOS ASSOCIADOS EM JUNHO RAZÃO SOCIAL NOME FANTASIA H.M. de Souza Informática Me Gemarge Organização Contabil S/S Ltda Juliana Cristina Andre Caires Araraquara Me Marpli Auto Center, Pneus, Elet, Peças Ltda Me José Roberto Harb & Cia Ltda Cezar Julmar Klaus Me Kali Comércio de Variedades Ltda - Me Matheus Garcia de Godoy - Me Caldeirão Massas e Frios Ltda - Me VH Equipamentos Med Odont e Acess. Ltda Stucchi Ferreira & Valério Stucchi Ferreira Ltda B & A Home Vídeo Comércio e Serviço Ltda - Me Roberto Informática Gemarge Alex & Juliana Presentes Marpli Auto Center José Roberto Harb & Cia Ltda Porto Alegre Real Mix Belíssima Caldeirão Massas e Frios VH Equipamentos Stucchi Ferreira & Valério Stucchi Ferreira B & A Home Vídeo Comércio e Serviço 4 JULHO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA

[close]

p. 5

Pela forma com que vem se destacando nas parcerias da ACIA com a Polícia Militar, Valter Merlos foi homenageado no final de junho pelo 13° BPM-I em Araraquara, recebendo diploma do Mérito Pessoal do coronel Roberto Diniz SEGURANÇA COLHENDO FRUTOS o nome forte em retífica de motores Ao completar 48 anos de criação em Araraquara, o 13° Batalhão da Polícia Militar do Interior homenageou profissionais e personalidades que têm se destacado em suas atividades e nas parcerias que contribuem com o fortalecimento da instituição em nossa cidade. Entre os grandes colaboradores da Polícia Militar local, estava o empresário Valter Merlos, presidente da ACIA, que recebeu o diploma do Mérito Pessoal das mãos do coronel Roberto Antônio Diniz, chefe do Comando de Policiamento do Interior. Estou feliz em fazer parte do rol de pessoas que têm colaborado com o trabalho da Ten. Cel. Lúcio Polícia Militar em Araraquara, disse Merlos, ao receber a láurea, que ele considera um justo reconhecimento ao desempenho da diretoria da ACIA, na discussão dos problemas que envolvem a comunidade. Ao ser cumprimentado também pelo tenente coronel Lúcio José Gonçalves (comandante do 13° BPM-I), o empresário ressaltou que a ACIA sempre estará disposta a manter parcerias, buscando alternativas que contribuam na segurança da população. É um dever nosso, concluiu o presidente. O sargento Luis Fernando Rocha, do Destacamento da Polícia Militar em Ibitinga, foi considerado o “Policial do Mês”, pelos serviços que prestou à instituição, recebendo sua láurea do alto comando militar do interior e da esposa Andréia Acertar é Humano. Persistir no acerto é qualidade. RETÍFICA DE MOTORES CERTIFICADA A D INSTITUT O ALIDADE QU A OTIVA OM UT I.Q.A. CONFORME NBR 13032 Av. D. Pedro II, n° 40 - Centro Araraquara - SP (16) 3301-3898 e-mail: detroit@retificadetroit.com.br COMMÉRCIO & INDÚSTRIA JULHO/2006 5

[close]

p. 6



[close]

p. 7



[close]

p. 8



[close]

p. 9



[close]

p. 10

JANTAR DO DIA DO COMERCIANTE SERÁ NO DIA 28 EMPRESÁRIOS DA NOSSA HISTÓRIA ACIA e SINCOMÉRCIO uma vez mais são parceiros nas homenagens aos empresários que têm participado do processo de desenvolvimento de Araraquara, dignificando a classe e fortalecendo com sua luta, o segmento escolhido para escrever páginas importantes na história da cidade. No ano passado as Famílias Sígoli, singelas homenagens deste ano será a Bombardi, Delbon, Quatrochi, Celante e entrega do título de Honra ao Mérito a um Alves, foram homenageadas pela ACIA e antigo comerciante, que embora afastado SINCOMÉRCIO, por ocasião do das suas atividades, ainda é recoJantar de Confraternização dos nhecido pela comunidade como Comerciantes da cidade. Tamum dos grandes colaboradores do bém o professor Luiz Felipe de desenvolvimento comercial da Cabral Mauro, da UNIARA, recidade. cebeu o título de Personalidade Ao fazer referências à data e Empresarial de 2005. às homenagens, Delbon cita que No dia 28 de julho, diz o diser comerciante é sinônimo de retor social da ACIA, Dorival Dorival Delbon Filho criatividade, coragem e compeDelbon Filho, vamos reviver tência, e os agraciados com o títuesses momentos de grande emoção, lo, desempenharam com brilhantismo essa homenageando a Personalidade Empreatividade, que é uma das mais antigas, dessarial de 2006, bem como os quatro Emde os primórdios dos tempos. É nosso dever reconhecer o trabalho deles, concluiu. presários da Nossa História. Uma das mais Bons motivos tem o nosso empresário para sorrir num dia como esse: O aniversário da ACIA, pelo ideal e luta da sua gente; A parceria com a nossa UNIODONTO para atendimento das empresas e seus funcionários, disponibilizando a mais extensa rede de dentistas cooperados. 10 JULHO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA

[close]

p. 11

ONU LANÇA NOVO PROJETO IVO DALL’ACQUA JÚNIOR FAZ PARTE DO UNA-BRASIL A Organização das Nações Unidas acaba de criar um novo organismo visando a melhoria das condições de vida da humanidade; em nosso País, o UNA-BRASIL, tem a presidência interina do empresário Cláudio Szajman e a coordenação do ministro do Trabalho Ives Gandra da Silva Martins Filho num dos comitês de trabalho, e onde também estará, o presidente do SINCOMÉRCIO, Ivo Dall’Acqua Júnior, ocupando uma das cadeiras. O lema básico da Instituição: “Humanidades de Hoje Construindo as Humanidades de Amanhã” é albergado pelo projeto, que visa edificar forte coalizão dos grandes representantes dos segmentos de mercado com o propósito de caminhar nesse sentido. Esse organismo em prol das Nações Unidas tem a presidência interina do empresário Cláudio Szajman, presidente do Grupo VR, uma das empresas mais atuantes do setor de serviços no País. Como representante do setor terciário no Estado de São Paulo, a FECOMÉRCIO que agrega 149 Sindicatos de categoria econômica dos grupos de comércio e prestação de serviços, convidada, disse presente e passou integrar o UNA-BRASIL ficando responsável pelo comitê voltado para as relações humanas no trabalho e desenvolvimento de novas oportunidades. Os araraquarenses, notadamente os empresários, devem sentir-se orgulhosos da indicação de Ivo Dall’Acqua Júnior para ocupar esta função, que reflete o reconhecimento ao trabalho que ele presta como dirigente de uma entidade de classe. Ivo Dall’Acqua Júnior assume uma das cadeiras do UNA-BRASIL, organismo implantado pela Organização da ONU Com o objetivo de atingir o preceituado no artigo 71 da Carta das Nações Unidas que preconiza a melhoria das condições de vida para toda a humanidade e dentro do programa conversando com as “Nações Unidas” foi constituído o organismo UNABRASIL. O ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho vai coordenar um dos comitês Empresário Cláudio Szajman, assume a responsabilidade de presidir o recém criado organismo da ONU no Brasil Assumiu como representante da Instituição uma cadeira nesse comitê o em- presário araraquarense Ivo Dall’Acqua Junior, presidente do SINCOMÉRCIO Araraquara e do Conselho das Relações Trabalhistas da FECOMÉRCIO. A convite dos membros desse comitê, o Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Doutor Ives Gandra da Silva Martins Filho assumiu a coordenação e da reunião inicial já se tirou um temário a ser discutido visando não só a modernização do setor, mas também adequação à nova ordem mundial. Constam como principais itens do comitê, a valorização da negociação coletiva, inserção dos deficientes no mercado de trabalho, aprendizado e estágio profissional, terceirização, novas fórmulas de contratação e estímulos à produção. Outra ação importante e educativa será a disseminação dos princípios da carta da ONU no mercado de trabalho, bem como a definição de estratégias preventivas frente às tendências do mercado para a auto-sustentabilidade. COMMÉRCIO & INDÚSTRIA JULHO/2006 11

[close]

p. 12

“Somos uma organização da Saúde que transmite credibilidade pela humanização do atendimento, atualização tecnológica, qualidade do corpo clínico, excelência dos processos médico-hospitalares e métodos de gestão”. (FÁBIO SANTIAGO, PRESIDENTE DA BENEFICÊNCIA PORTUGUESA E BENEMED) Quimioterapia Atendimento Adultos SAÚDE O NOVO SERVIÇO DA BENEFICÊNCIA O presidente Fábio Donato Gomes Santiago anunciou em junho, o próximo investimento da Beneficência Portuguesa de Araraquara, que hoje está entre os 80 melhores hospitais do País. Segundo ele, o investimento não está direcionado para a área de Diagnóstico por Imagem e sim para o tratamento clínico (Quimioterapia). Entendemos, lembrou o dirigente, que além de ser uma necessidade (atender nosso usuário dentro de nossa própria casa), é um investimento que nos dará retorno muito rápido, seja ele do ponto de vista financeiro (aproximadamente 18 meses) ou social, pois o Centro está implementado em área estratégica dentro de nossas dependências, oferecendo aos usuários um local aconchegante. CRESCIMENTO Dotada de excelente centro cirúrgico, UTI compatível com as mais sofisticadas unidades do País e uma farmácia que segue padrões de qualidade, a Beneficência acelera seu desenvolvimento com o Centro de Diagnósticos “Amélia Bernardini Cutrale” e do qual faz parte um novo serviço: a Hemodinâmica. Os sintomas de credibilidade com a criação deste núcleo, incentivam o setor cardiológico, que desde janeiro, iniciou a implantação de cirurgias cardíacas, já com resultados plenamente satisfatórios. O Centro de Diagnósticos disponibiliza aparelhos de radioimagem para exames de ressonância magnética, ultrassom, eletroencéfalo, eletrocardio, mamografia, densitometria óssea, raio x e tomografia computadorizada. Atualmente, a Beneficência Portuguesa é responsável pelo Hospital de Olhos, Unidade de Queimados, Centro de Tratamento Bucomaxilo, apresenta modernos serviços de ortopedia, litrotripsia, além de outros. O hospital hoje também dispõe da Policlínica que exerce a medicina preventiva em 8 consultórios para atendimento nas áreas de fisioterapia, psicologia, psiquiatria, serviços de nutrição e dietética. PLANO DE SAÚDE Ao implantar a Benemed em Araraquara (38 mil vidas), a Beneficência Portuguesa aliou a tradição de um dos mais renomados hospitais da Região à revolução tecnológica que se aplica para humanização e evolução de procedimentos na área da saúde. Assim, expandindo seu espaço físico e dotando os diversos núcleos de atendimento com modernos equipamentos, Beneficência e Benemed tornamse parceiros inconfundíveis pela qualidade dos seus serviços e aplicação de uma política de constante aprimoramento, disponibilizando o que há de mais avançado na medicina mundial. COMPROMETIMENTO COM A QUALIDADE De acordo com o médico Antônio Ângelo Bochini, responsável pelo novo Centro de Quimioterapia os usuários terão um tratamento mais humanizado com o que há de mais moderno no tratamento do câncer. “A quimioterapia é uma modalidade terapêutica que pode ser complementar, no caso de pacientes que passaram por cirurgia, ou exclusiva como no caso da leucemia”, esclarece o profissional, entusiasmado com a implantação do serviço. COMO SERÁ De acordo com o presidente Fábio Donato Gomes Santiago, o novo Centro de Quimioterapia é dotado de várias salas para maior conforto dos usuários, em ambiente agradável e confortável. Uma equipe de médicos, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas está apta para cuidar e dar apoio aos pacientes e seus familiares. A capacidade de atendimento é de até 30 pessoas por dia. Fábio Santiago ressalta que uma das finalidades do novo Centro é humanizar o máximo possível o tratamento. “O ambiente lembra o menos possível um hospital”, diz ele. O médico Antônio Ângelo Bochini Salas que formam a Quimioterapia 12 JULHO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA

[close]

p. 13

COMUNIDADE PARCEIRO DAS AÇÕES SOCIAIS Criado em 25 de junho de 1946 e coligado à Fiesp, o Sesi sempre teve como missão, promover o bem-estar social, com foco na melhoria da qualidade de vida do trabalhador da indústria, seus familiares e da comunidade em geral. Eduardo Frasson, diretor do Sesi TEXTIL ABRIL O INVERNO É MAIS QUENTE AQUI A unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi), de Araraquara, comemorou o aniversário de 60 anos da entidade com um grande evento de cidadania. Atividades culturais, de lazer, esporte, saúde e educação – os cinco pilares do Sesi – foram oferecidos gratuitamente para toda a comunidade no dia 24 de junho. De acordo com o diretor Eduardo Frasson, mais de 13 mil pessoas passaram pelo Sesi e receberam 24 mil atendimentos. CARREIRA DE SUCESSO Depois de trabalhar na Fiesp e no Sesi de São Paulo, Eduardo Frasson assumiu a presidência da unidade do Sesi de Araraquara em 1986. Nessa longa jornada, muitas foram as novidades para a comunidade araraquarense. Entre elas, Frasson destaca o projeto “Alimente-se bem” que visa orientar a população a evitar o desperdício de alimentos e ter uma alimentação saudável. Trata-se de um curso com 10 horas de aulas práticas para turmas de até 25 participantes, totalmente gratuito. “Os alunos aprendem a economizar e aproveitar os alimentos, já que estatisticamente, 35% dos alimentos vão para o lixo”, esclarece Frasson. O curso é destinado também para os agentes comunitários dos diversos bairros da cidade. Para a FACIRA 2006, o Sesi colocará a disposição dos visitantes a carreta “Alimente-se bem”, adianta o presidente da entidade. Entre os serviços disponíveis, a população pode contar com orientação jurídica de um dos 18 advogados voluntários da OAB presentes no evento, serviços na área da saúde, atividades esportivas, recreativas e educacionais. O shopping com preço de fábrica Rua 9 de Julho, 955 (entrada também pela São Bento) A responsabilidade social do Sesi é motivo de orgulho para nossa cidade COMMÉRCIO & INDÚSTRIA JULHO/2006 13

[close]

p. 14



[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet