Revista Comércio & Indústria - Marco/2006

 

Embed or link this publication

Description

Revista Comércio & Indústria - Marco/2006 - Ano 1 - Nº 08

Popular Pages


p. 1

Commércio R E V I S TA Março/2006 ANO 1 - N° 8 Associação Comercial e Industrial de Araraquara & Indústria PARA SER ÚNICO É PRECISO QUALIDADE Angelita Generoso, assume a Diretoria Corporativa da Ser Unico em Araraquara, com o objetivo de tornar a marca uma referência regional na assistência odontológica, tornando o mercado cada vez mais sólido, equilibrado e socialmente justo. FUNDAÇÃO FECOMERCIO Ivo Dall´Acqua Junior, é indicado para o conselho da fundação que cria plano de renda complementar, transformando em parceiros os patrões e empregados do comércio e de serviços.

[close]

p. 2



[close]

p. 3

OPINIÃO Valter Merlos Presidente da ACIA Essas maravilhosas mulheres e suas ações empreendedoras O Dia Internacional da Mulher neste mês, nos leva a refletir sobre o seu extraordinário desempenho no mundo atual. E dizer que tudo começou no distante 8 de março de 1857, em homenagem a 129 operárias que morreram queimadas numa ação da polícia para conter uma manifestação numa fábrica de tecidos, parece utopia. Essas mulheres estavam pedindo a diminuição da jornada de trabalho de 14 para 10 horas por dia e o direito à licença-maternidade. Mas continua longo o caminho das mulheres em busca de respeito à sua dignidade pessoal, social e profissional. Longo, mesmo. É verdade que muita coisa mudou nestes 149 anos, porém, ainda assim, é importante que como dirigente classista e empresário, sempre façamos uma reflexão sobre o papel da mulher e suas ações, pois passado todo esse tempo, a mulher criou suas próprias propostas visando promover a sua conscientização política num contexto mais amplo, oferecendo a possibilidade de uma atuação consciente e uma participação ativa nas mudanças que ocorrem nos mais diversos segmentos do país. A mulher elevou-se em todos os setores. Sabemos disso. Estabeleceu normas com o objetivo de criar consciência e desenvolvimento cultural, expandindo e propiciando o acesso a diversas manifestações culturais e possibilitando o debate com os criadores e produtores da cultura da atualidade ou estudiosos de nossa herança cultural. E o que vemos na atualidade é a mulher ocupando todos os espaços: magistratura, medicina, odontologia, segurança pública... até mesmo no futebol, exercendo a função de atleta ou no trio de arbitragem, atividade até então, que competia apenas ao homem. No comércio, na indústria, na prestação de serviços, elas se juntam às profissionais liberais e formam uma enorme massa empreendedora, tornando-se força produtiva reconhecida e com enorme potencal de liderança. Em sendo empreendedoras, através de informações e constante atualização sobre o mercado, elas vão mais além com parcerias inovadoras, criando entre elas mesmas, intercâmbio de experiências que as elevam e se consolidam no trabalho. Esta formidável atuação das mulheres em nossa cidade e o seu crescimento profissional, nos levaram no ano passado a implantar o Conselho das Mulheres Empreendedoras tendo como principais objetivos, a união e promoção do fortalecimento com a conseqüente capacitação e aperfeiçoamento da mulher empreendedora, e também o incentivo da participação da mulher em atividades empresariais, além de participar e promover eventos de cunho empresarial, político e social firmando convênios e parcerias com entidades ou órgãos similares, para a realização de seus objetivos. Pelo seu dia e suas realizações, essas maravilhosas mulheres merecem o nosso aplauso e eterno reconhecimento, pois as ações que desenvolvem nos levam a acreditar sempre no notável valor do ser humano. 4 6 7 8 10 16 17 20 SEGURANÇA IMPOSTOS SAÚDE Mensageiros da Paz recebem troféu da ACIA ACIA entra na guerra para apoiar FACESP Beneficência, que não pára de crescer Mário Kimura e o Cogumelo do Sol HOMENAGEM SERVIÇOS LAZER Ex-presidentes vão para a galeria de fotos Safebox é a solução para guardar documentos Sistema inédito de segurança na história da cidade Comendador comemora 9 anos de atividades SOCIEDADE ARTIGO Marcelo Corrêa conta as novidades depois do carnaval Edna Martins e a luta da mulher na sociedade atual capa Ten. Cel.Lúcio Edna Martins ACIA E SER UNICO FIRMAM PARCERIA Angelita Generoso, diretora do convênio odontológico Ser Unico que alcança índice notável de expansão em Araraquara Foto Capa: Lucas Tannuri Pág. 12 PARA ANUNCIAR LIGUE: (16) 3336-4433 Commércio Indústria REVISTA & Ano I - N° 8 Março/2006 Distribuição gratuita para os associados da ACIA Diretor Editorial: Ivan Roberto Peroni Assistente Editorial: Lucas de Almeida Supervisora Editorial: Sônia Maria Marques Departamento Comercial: Carlo Endrigo Peroni Idalina Silva Gian Peroni Gislaine Aguiar Sebastião Barbosa Designer: Bete Campos Lucas Tannuri Vicente Balbino Mário (Chiquito) Pedrolongo Impressão: Gráfica Sta. Terezinha - (16) 3302-2246 COORDENAÇÃO E EDITORAÇÃO comunicações Fone/Fax: (16) 3336-4433 Rua Tupi, 245 - Centro Araraquara/SP - CEP: 14801-307 marzo@marzo.com.br COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 3

[close]

p. 4

FILIADA À DIRETORIA - TRIÊNIO - 2004/2007 Presidente: Valter Merlos 1° Vice Presidente: José Carlos P Cardozo . 2° Vice Presidente: Maria Teresa Smirne 1° Secretário: Osvaldo Romio Zaniolo 2° Secretário: Edson Carlos Alves Bezerra 3° Secretário: Daphinis Pestana Fernandes 1° Tesoureiro: Antônio Junquetti 2° Tesoureiro: Mário Thuyosi Hokama 3° Tesoureiro: Marlene Porsani Diretor Social: Dorival Delbon Filho Diretor Social: Sérgio Bonini CONSELHO DELIBERATIVO EFETIVOS Ademar Ramos da Silva Edes Dalmo de Oliveira Jefferson Luis Yassuda João Luiz Ferreira Luzia Nucci Garitta Mário Rodella Nélvio De Vito Santo Petroni Sênia Mori Wanderley Camilo de Figueiredo SUPLENTES Celso Micheloni Edgar de Oliveira Valente Giuseppe Morvillo Júnior Jair Aparecido Martineli Maurício Marques Possi Orestes Ferreira Pedro Lapena Pedro Luiz Mariottini Valquiria Rodrigues O. Veloso CONSELHO FISCAL EFETIVOS Samuel Brasil Bueno Rodolfo Messali Marcos Henrique Duó SUPLENTES Renata Kitatani Quisté Morales Armando Rodrigues Martins Aparecida Camargo Fernandes ACIA Rua São Bento, 825 Araraquara/SP - CEP 14 801-300 Fone: (16) 3322-3633 acia@sunrise.com.br acia@techs.com.br PARA ANUNCIAR LIGUE: (16) 3336-4433 PRÊMIO Araújo, Arruda, Benedicto, Stivanatto e Henrique, os Mensageiros da Paz em 2005 SOLDADOS DA PAZ Emocionante. Esta é a definição da homenagem a cinco policiais militares da cidade, que pelos bons serviços prestados, receberam pela primeira vez na história da cidade, o troféu Marco da Paz, instituído pela ACIA Fevereiro para a nossa Polícia Militar ficou marcado como um mês histórico, pois cinco dos seus homens, entre cerca de mil na cidade, receberam da ACIA, o troféu “Marco da Paz”, simbolizando o reconhecimento pelo excelente desempenho de cada um em sua unidade. Receberam o troféu “Marco da Paz”: 2º Sargento da 2ª Companhia de Polícia Rodoviária, Luiz Antônio Araújo; Soldado Henrique de Oliveira Prado, do 3º Subgrupamento de Bombeiros de Araraquara ; o 1º Sargento da 1ª Companhia de Policiamento, Marcos Aparecido Stivanatto; o 2º Sargento da Companhia de Força Tática, Carlos Alberto Benedicto e o 3º Sargento Paulo Sérgio de Arruda, da 3ª Companhia de Policiamento. Os homenageados recebidos inicialmente em café da manhã realizado no auditório da ACIA, agradeceram a homenagem e lembraram que são gestos assim, como este da Associação Comercial, que os incentivam ainda mais no cumprimento do dever. Estamos seguindo a nossa obrigação, no entanto, a homenagem serve para estimular a todos da corporação. E concluíram: “Também a responsabilidade aumenta, pois é este um reconhecimento da comunidade e é justo que ela nos cobre”. Capitão Prado, Ivo Dall´Acqua Júnior (Sincomércio) e Stivanatto Araújo e o deputado federal Marcelo Barbieri Benedicto e o vereador Elias Chediek Neto Henrique, Tenente Alexandre Luis dos Santos e Valter Merlos (ACIA) Arruda, Cap. Robson Douglas e o deputado Dimas Ramalho 4 MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA

[close]

p. 5

SEGURANÇA “VOANDO” BAIXO Com apoio direto da ACIA, a Polícia Militar implanta na região central com quatro bicicletas, sistema inédito de segurança na história da cidade você pode ser o que quiser Os soldados Daniel Garcia, Adão dos Anjos, Paulo Sérgio De Angelis e o cabo Luis Fabiano Ribeiro, integram a primeira ronda ciclística “ O perfume revela o espírito... ... e entre perfumes a mulher habita ” Por enquanto, são quatro bicicletas en- R$ 900,00 cada, por serem especiais na tregues pela ACIA, porém, outras duas sua montagem: quadros reforçados, amorforam doadas pelo Comendador Urbano tecedores, campainhas e outros equipaNogueira e Empreendimentos que as diferenciam mentos Damha, para audas comuns, assegurou “O sistema que mentar a Ronda Militar CiMerlos. Inicialmente, o noadotamos já existe clística criada no centro da vo patrulhamento com biem cidades do litoral cidade em fevereiro. cicletas está sendo feito na e outros centros No ato solene realizado região central da cidade, mais avançados em frente o Paço Municipal, com policiais vestindo cado nosso País”. o presidente Valter Merlos, Valter Merlos misetas, capacetes e tênis. responsável pela implanO comandante da 1ª tação do novo serviço, junCia, capitão Wagner Tadeu tamente com o capitão Wagda Silva Prado, lembra que ner Tadeu da Silva Prado, destacou que o os policiais receberam treinamento especentro comercial está sentindo-se mais se- cífico para esta função, e tranqüiliza a poguro com essa parceria da entidade com a pulação: “Continuaremos com o mesmo Polícia Militar. patrulhamento feito por viaturas e motos. As bicicletas, totalmente equipadas, A Ronda Ciclística veio para somar e tiveram um custo de aproximadamente cobrir com mais facilidade a região central”. O comandante ainda afirma que em muito breve outras bicicletas já estarão incluídas na ronda, andando em trios. Na solenidade, Merlos enalteceu o trabalho da Polícia Militar e agradeceu a participação e colaboração dos associados. “Com mais essa parceria, buscamos aumentar a segurança para os comerciantes do centro, e assim, a população também se sente mais segura. Junto com o apoio da Polícia Militar, todos nós saímos ganhando”. Segundo Merlos, o novo esquema de segurança deverá chegar aos outros corredores comerciais, dependendo da exUrbano Nogueira anuncia ao capitão tensão da parceria com a Polícia Militar. Prado e autoridades, a doação de mais uma bicicleta para o serviço policial Uma homenagem d´O Boticário para o Dia Internacional da Mulher. 8 de março Dia Internacional da Mulher Rua 9 de Julho, 131 - 3336-0461 Shopping Jaraguá - Loja 5 - 3331-4407 TEXTIL ABRIL Parabéns a você Mulher, que faz a moda todos os dias. O shopping com preço de fábrica Rua 9 de Julho, 955 (entrada também pela São Bento) COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 5

[close]

p. 6

EM FOCO Fecomercio cria fundação plano de Previdência Com Ivo Dall’Acqua Júnior, presidente do Sincomércio, que já é diretor da Federação do Comércio de São Paulo, agora também assume a importante função de conselheiro da Fundação Fecomercio de Previdência Associativa signatárias do convênio de adesão ao pla-no. Em projeção classificada de conser-vadora, Ivo prevê 50 mil participantes, num prazo de 12 meses. Cinco entidades aderiram à previdência associativa da Fecomercio, desde o lançamento recente: as Federações do Comércio de Minas Gerais e da Agricultura Paulista e os Sindicatos do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios, das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais e dos Lojistas do Comércio do Estado de São Paulo. VANTAGENS PARALELAS A previdência associativa da Fecomercio oferece vantagens paralelas às empresas sindicalizadas: seu plano de benefícios serve de instrumento nas negociações trabalhistas conduzidas pelas entidades sindicais. O empregador pode ainda fazer depósitos nas contas individuais dos seus empregados-participantes de forma esporádica, periódica ou condicionada à metas e resultados da empresa. Nesses casos, sustenta o presidente do Sincomércio, Ivo Dall’Ácqua Jr, atua como política de remuneração vantajosa, tanto para o empregado quanto para o patrão: “Interessa ao empregador, porque as con-tribuições não se incorporam ao contrato de trabalho, se deduzem do imposto de renda das empresas, não geram encargos sociais e podem ser utilizadas como ações de recursos humanos, destinadas a manter bons profissionais e a reduzir a rotativi-dade. E interessa ao empregado, porque reforça sua poupança previdenciária.” Quanto maior o tempo e o valor de contribuição, maior será o benefício de aposentadoria. A contribuição mínima mensal sugerida é de R$ 40,00, quantia a ser alterada sempre que conveniente. É possível suspender as contribuições por até seis meses, sem que isso implique qualquer perda. Ao completar 55 anos de idade e três de contribuições, pelo menos, o participante terá direito a um benefício programado, pago na forma de renda mensal, conforme sua própria escolha. Poderá ser por um prazo determinado e não inferior a 60 meses, por prazo indeterminado equivalente a um percentual (entre 1% e 2%) do saldo da conta ou, ainda, com base no saldo da conta e na expectativa média de vida. As contas individuais dos participantes serão Ivo Dall’Acqua Júnior, mais um cargo de grande expressão em sua carreira Em iniciativa pioneira entre entidades patronais, a Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio), cria a Fundação Fecomércio de Previdência Associativa (Fecomercio FPA), instituição sem fins lucraivos, que lançou, dia 20 passado, um plano de previdência complementar voltado para empregadores e empregados que pretendam dispor de um rendimento adicional à aposentadoria oficial. O novo benefício previdenciário - que funciona também como instrumento de negociação trabalhista - surge como um dos mais competitivos do mercado: com taxa de administração de apenas 0,5%, seus participantes não pagam as despesas costumeiras de adesão ou saída do plano. A Fecomercio FPA, entidade fechada, nstituiu seu plano de renda complementar em parceria com o Centro do Comércio do Estado de São Paulo (CIESP) e o Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial do Eado de São Paulo (Sircesp). Funcionará na sede da Federação do Comércio e terá o presidente da entidade, Abram Szajman, como presidente do Conselho Deliberaivo. “Planos de previdência complementar existem no País, mais caros e nada ajusados ao perfil dos micro e pequenos empresários, seus familiares e funcionários” diz Ivo Dall’Acqua Júnior, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara, diretor da Fecomercio e membro do Conselho Fiscal da Fundação Fecomercio de Previdência Associativa. Ainda segundo o empresário e sindicaista, a Fecomercio FPA não é exclusiva dos filiados da Fecomercio. Nela podem ngressar todos os sócios de entidades seoriais ou profissionais de defesa de classe, MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA SINCOMÉRCIO PRESENTE NA FUNDAÇÃO Participaram da cerimônia de lançamento da Fundação Fecomercio de Previdência Associativa (Fecomercio FPA), realizada dia 20 passado na sede da Federação do Comércio do Estado de São Paulo: o ministro Nélson Machado e o secretário Adacir Reis, de Previdência Complementar da Previdência Social; Paulo Rabello de Castro, economista e coordenador do processo de implantação da Fecomércio FPA; Alfredo Setúbal, vicepresidente sênior do Banco Itaú (gestor de ativos e passivos do plano); Sebastião Antônio dos Reis e Silva, representante do presidente da Fecomércio-MG (Renato Rossi); o presidente do Sircesp, Arlindo Liberatti; o presidente do Centro das Indús-trias do Estado de São Paulo, Cláudio Vaz; o presidente da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo, Fábio de Salles Meirelles; o representante do governador e do secretário de Ciência, Te c n o l o g i a e D e - s e n v o l v i m e n t o Econômico do Estado de São Paulo, secretário-adjunto, Fernando Dias Menezes de Almeida; o secretário de Educação do município de São Paulo, José Aristodemo Pinotti - além de representantes de vários sindicatos, entre eles do Sin-comércio de Araraquara, presidente Ivo Dall’Acqua Júnior, conselheiro da funda-ção. 6 Estamos te esperando nas melhores estradas do Brasil

[close]

p. 7

plementar para produzir. O sistema de trabalho assa-lariado levou décadas sem responder a esta questão, que só começou a ser equacionada quando este e outros direitos dos trabalha-dores, como as férias e o repouso semanal remunerado, passaram a ser reconhecidos. O Estado brasileiro sem dúvida cumpriu um importante papel ao assumir a responsabilidade de edificar o regime oficial da Previdência Social, mas salta aos olhos que, Íntegra do discurso do empresário com o passar dos anos, graves distorções foAbram Szajman, presidente da ram se acumulando, como a diferença entre Federação do Comércio do Estado a penúria das aposentadorias pagas no setor de São Paulo, na solenidade de privado e os privilégios reservados àqueles lançamento da Fundação que, no setor público, gozam de regimes Fecomercio de Previdência previdenciários especiais. O déficit crônico, Associativa agravado pelas fraudes, pela inadimplência e pelos atrasos no recolhimento das Agradeço a presença de contribuições, levaram ao todos em nome da Fecoparadoxo que hoje se verimercio e de nossos parceiros fica: em vez de comemorarna Fundação Fecomercio de mos o aumento na expecPrevidência Associativa, que tativa de vida do brasileiro, hoje dá seus primeiros pasou o reajuste mais do que nesos no sentido de oferecer à cessário para o salário mínisociedade brasileira uma almo, ficamos alarmados pelo ternativa para que empresáimpacto que essas mudanrios e trabalhadores possam ças possam ter nas contas da ter, no futuro, um rendimenPrevidência. to complementar em relaDiante dessa realidade, a ção à aposentadoria oficial. Previdência Complementar São muitas as razões que Abram Szajman surgiu para alargar os holevaram a Fecomercio, em rizontes dos trabalhadores parceria com o Centro do em relação à sua aposenta-doria, de forma Comércio do Estado de São Paulo e o que o hiato existente entre o salário na ativa Sircesp-Sindicato dos Representantes e o benefício previdenciário não Comerciais e das Empresas de Represenrepresentasse uma queda tão brusca no tação Comercial do Estado de São Paulo, a padrão de vida e de rendimento de quem se se tornar a primeira entidade empresarial a aposenta. criar uma Fundação sem fins lucrativos, Inicialmente restrita aos planos fechadestinada a instituir este que será o Plano dos patrocinados por empresas, os chamaFecomercio de Renda Complementar, e que dos fundos de pensão, a possibilidade dessa já nasce com as importantes adesões da complementação se ampliou com a Lei Federação do Comércio de Minas Gerais, da 109/01, que criou a Previdência AssociaFederação da Agricultura do Estado de São tiva, ou seja, aquela que não tem a figura do Paulo e do Centro das Indústrias do Estado patrocinador e sim a do instituidor de planos de São Paulo, evidenciando que esta iniprevidenciários, de acesso exclusivo aos ciativa pretende se estender a outros estados associados e membros de sindicatos e entibrasileiros e aos diferentes segmentos da dades de classe. economia. Esses planos, porém, podem receber A primeira dessas razões reside em contribuições do empregador, passíveis de nossa história: a Federação do Comércio do serem descontadas no Imposto de Renda da Estado de São Paulo nunca deixou, em seus empresa, mas que não são incorporadas ao quase 70 anos de existência, de dar sua contrato de trabalho. Os depósitos feitos nas contribuição para a solução dos grandes contas individuais dos empregados participroblemas sociais que este País herdou de pantes, de forma esporádica, periódica ou seu passado colonial e escravista, seja pela condicionada a metas e resultados podem se falta de um desenvolvimento econômico constituir, também, em um importante fator adequado, seja pela desigualdade na disde negociação trabalhista e da política de tribuição dos frutos do progresso. recursos humanos da empresa. A questão da Previdência é um desses E este é outro motivo para estarmos reuproblemas que, a rigor, surgiu na época do nidos aqui hoje: o aprimoramento das relaImpério com a Lei dos Sexagenários, que ções entre capital e trabalho é uma das ralibertava os escravos de mais idade, porém zões de existir da Fecomercio e de seus sindesobrigava o senhor da sua manutenção, dicatos filiados, que encontra mais uma deixando uma incógnita sobre como deve forma de expressão por meio da Fundação ser a velhice de quem não tem mais forças e lança e áreas de atuação utilizem esse instrumento para premiar o desempenho de seus colabo-radores. Também observamos, neste processo que conduziu à formação da Fecomercio Previdência Associativa, que os planos de previdência complementar disponíveis no mercado são caros e não correspondem ao perfil dos micro e pequenos empresários. Por isso, com uma taxa de administração de apenas 0,5% e sem qualquer gasto inicial para a adesão, mais a contribuição mínima mensal fixada em R$ 40,00, acreditamos que nosso Plano de Renda Complementar está desenhado para atender aos sócios de micro e pequenas empresas, incluindo seus familiares. O desafio que aceitamos de tornar realidade a Previdência Associativa compreende estabelecer uma renda justa na aposentadoria em relação aos valores pagos e ao tempo de contribuição, o que decididamente não acontece hoje na previdência oficial em relação ao setor privado, onde um profissional qualificado contribui durante várias décadas com o valor máximo previsto, para se aposentar com um rendimento que se torna cada vez menor, na medida inclusive em que não é corrigido. Em nosso plano, o benefício corresponderá estritamente ao tempo e ao valor das contribuições, sendo que os ganhos de rentabilidade obtidos serão integralmente transferidos aos participantes. Isto será possível mediante uma política criteriosa de investimentos, a ser definida pelo Conselho Deliberativo da Fundação, que terá um terço de seus membros eleitos pelo voto direto dos associados, de modo a assegurar toda a transparência em relação ao patrimônio, que será completamente independente do patrimônio das entidades instituidoras ou aderentes. E por falar em critério e transparência, devo mencionar a escolha do Banco Itaú como a instituição que administrará as contas individuais de cada participante, aportando ao nosso plano sua reconhecida experiência e especialização na gestão de passivos de planos como este. Para concluir, meus amigos, quero acrescentar apenas mais duas coisas. A Fundação Fecomercio de Previdência Associativa nasce para prestigiar as entidades sindicais, tanto as patronais como as de trabalhadores, e o processo de negociação coletiva que continuam a desempenhar de maneira autônoma, e que constitui um dos pilares da nossa democracia. E surge, também e sobretudo, para fortalecer a iniciativa privada neste início do século 21, de tal modo que ela continue a exercer o seu papel de mola propulsora do progresso econômico, mas com a responsabilidade social de reverter as perversas desigualdades que, infelizmente, ainda caracterizam o nosso País. COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 7

[close]

p. 8

VOANDO ALTO COMÉRCIO MÓVEIS COM QUALIDADE O nosso aeroporto aguarda investimentos que passam de 2 milhões de reais para figurar entre os melhores do interior Na disputa com Franca, a nossa cidade levou a melhor e assim, durante pelo menos três meses, as cinco companhias que operam seus vôos em Ribeirão Preto, vão transferir suas atividades para Araraquara. Uma semana antes do anúncio oficial do DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Paulo Sérgio Sgobbi, tinha certeza que o nosso Aeroporto “Bartolomeu de Gusmão” sediaria as movimentações aéreas da TAM, Passaredo, Ocean Air e Gol. A previsão é de que durante os 90 dias de operações passem pelo terminal, cerca de 100 mil passageiros. Uma das iniciativas de Sgobbi para convencer as companhias aéreas, foi sensibilizar entidades representativas de Araraquara a mostrar a importância do mercado sócio-econômico da cidade e região. Uma delas, partiu da ACIA, através do presidente Valter Merlos, que publicou artigos na imprensa, solicitando o apoio da classe empresarial ao movimento iniciado por Edinho e Sgobbi. E deu certo, disse Merlos, pois todos se juntaram num movimento que vai trazer grandes benefícios para a nossa cidade. Com a chegada de cinco companhias aéreas, ainda que por um período de 90 dias, o secretário Sérgio Sgobbi diz que a oportunidade é excelente para início de um relacionamento mais profundo com as empresas. A empresa está se consolidando no mercado de móveis para escritório como grande fabricante e revendedora de produtos com qualidade Ao longo de 12 anos de trabalho, a Drimaq sempre pode oferecer qualidade e confiança em móveis para escritório aos seus consumidores. A empresa trabalha com linha completa de racks para computadores, mesas e cadeiras para escritório, além de armários, arquivos, estantes moduladas e disponibilizando até linhas especiais para auditórios e escolas. Representante comercial das mais variadas marcas, a Drimaq resolveu juntar a tradição de revendedora com a capacidade de fabricação própria. O pro- Artur, com notável visão empresarial apresenta trabalho diferenciado em seu ramo de atividades prietário Artur Gomes Assumpção nos conta que há 6 anos, a implantação da produção própria foi necessária devido à procura do consumidor por um bom produto, e por condições de custo. Pensando nessa situação, Artur investiu na matéria prima e definitivamente colocou a Drimaq (Av. São Paulo, 436 - Fone: 3322-0604) entre as mais competitivas lojas deste segmento, sendo também umas das principais fornecedoras de móveis para escritório da região. INVESTIR NO SÃO MATHEUS Araraquara está ganhando mais um empreendimento de alto padrão, o que demonstra também o crescimento vertical da cidade. O Residencial São Matheus, localizado em região privilegiada (Avenida Feijó, 1660), apresenta apartamentos com 193,14 m² de área útil e 292,0 m² de área total. São 4 dormitórios, sendo 3 suítes, com muito luxo, conforto e propostas tentadoras de venda para os que pretendem morar ou então, apenas investir em um residencial de grande estilo. N tura água a Transparência, o segredo de um bom negócio. Purificadores de água R Noblesse HF Summer UVLS + HF Filtros de entrada Europa Tel. (16) 3335 3818 Rua Nove de Julho, 1960 - Centro Araraquara - SP a saúde da água 8 MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA Afinal, um Europa... é um Europa...

[close]

p. 9

DIREITO ACIA, NA GUERRA CONTRA IMPOSTOS A comunidade está empenhada em protestar contra a carnificina tributária no País. Para isso, temos que juntar nossas assinaturas, as que estão sendo colhidas no Estado “O brasileiro tem direito de saber, o destino que o Governo dá ao dinheiro do imposto”. Agora você tem uma opção rápida e segura para enviar suas remessas. Com o auditório lotado e os convidados procurando se manifestar de forma espontânea, a Associação Comercial apresentou em seu Auditório “Benevenuto Colombo”, para autoridades, associados, imprensa e entidades especialmente convidadas, o Projeto “Quero Mais Brasil”, iniciativa da FACESP, que tem como objetivo alcançar 1 milhão de assinaturas no Estado de São Paulo para apoiar o projeto de lei que regulamentará o parágrafo 5° do artigo 150 da Constituição Federal, determinando medidas para que os consumidores sejam esclarecidos acerca dos impostos que incidam sobre mercadorias e serviços. Na oportunidade, o presidente da ACIA, Valter Merlos, disse que é necessário conscientizar a população que todos pagam muito imposto e acabar com a cultura de que os serviços públicos são gratuitos no Brasil: “Nossa intenção é que cada brasileiro, ao comprar um bem ou serviço, saiba o quanto está pagando pelo produto e o quanto vai para o Governo. Somente com esta consciência teremos um cidadão que exige saúde, educação e segurança de qualidade”. Osvaldo Zaniolo Diretor da ACIA Fácil para você. Seguro para sua remessa. “Me emociono em participar de ações deste tipo; são exemplos que vamos deixar aos nossos filhos”. Washington Rosa Arquiteto “Nós contabilistas sentímos na carne e podemos falar o quanto se paga de imposto neste País”. Orlando Martins JUCESP Abrangência nacional Transportes multimodais Prazos pré-estabelecidos Rastreamento via internet ou por telefone • Custo acessível • Atendimento personalizado • Opção de frete a pagar no destino • • • • “Como vereador é o nosso dever fortalecer o movimento e pleitear taxas mais justas”. Elias Chediek Vereador Rua Padre Duarte, 1211 - Centro Tel.: (16) 3332 6027 fredexpress@terra.com.br www.pactoonline.com.br Araraquara Rua São Bento, 2115 Centro Tel. (16) 3331 2589 Matão Rua João Pessoa, 1231 Centro Tel. (16) 3384 9403 Suplementos alimentares Quem tem corpo tem companhia corpoecia@corpoecia.com.br COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 9

[close]

p. 10

Algumas Empresas aprenderam a investir em máquinas, outras vestem em seu maior patrimônio, os seus funcionários”. SAÚDE Beneficên ELA NÃO P Implantação de moderno e eficiente sistema de gestão faz o tradicional hospital se transformar em modelo no interior para também consolidar as ações do seu plano de saúde Benemed evolução e revolução na Beneficência, tornando-se responsável pelo movi-mento de implantar moderno modelo de gestão no hospital. Os hospitais, justifica o presidente, estão percebendo a realidade de que só é possível obter eficiência, com uma gestão séria, responsável, eficaz, pois não há mais espaço, ou melhor, recursos técnicos para no final do mês reajustar as tabelas hospitalares, preservando ou melhorando margens. Quando questionado sobre a forma que vem administrando e alcançando resultados na Beneficência, o diretor explica que para se ter um bom gerenciamento e administração dentro de um hospital é preciso que alguns fatores devam ser analisados: a necessidade de se ter profissionais qualificados; que os colaboradores que ocupam funções de comando, se disponham a aceitar opiniões divergentes dos profissionais que apresentam visão e experiências novas. Fábio Santiago considera que o im-- PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS PARA DESENVOLVER udos Técnicos Ergonômicos (NR 17gonomia)* e Biomecânica do Movimento cupacional Qualitativo e Quantitativo dos stos de Trabalho; Fábio Santiago, experiência na Gestão de Saúde aplicada no êxito da Beneficência ssesoria Técnica para processos cíveis ou abalhistas nos casos de LER/DORT; ograma de Gestão de Ergonomia; nástica Laboral: elaboração de escrições de exercícios específicos ra o trabalho; einamentos Técnicos Ergonômicos R 17 (individual ou coletivo). * Norma Regulamentadora 17 - Ergonomia AMBIOERGO Uma empresa especializada e pioneira em Ergonomia e Biomecânica ocupacional em Araraquara e Região v. Espanha, 761 - Edifício Octávio Micelli Sala 24 - 3° Andar - Centro - Araraquara Quando entregar oficialmente à comunidade o seu Centro de Diagnósticos, a Beneficência Portuguesa estará apenas confirmando porque está entre os 80 Hospitais de Referência no País. Motivo de orgulho para a nossa cidade, diz o presidente Fábio Donato Gomes Santiago, atualmente cursando MBA em “Gestão Estratégica de Pessoas” e coordenador do curso de “Gestão em Saúde”, em nível de especialização latu senso, promovido pela Beneficência em parceria com a Universidade Santo Amaro (São Paulo). Quem acompanha o trabalho da diretoria do hospital e a constante preocupação de Fábio Santiago participar de cursos e seminários com o objetivo de ampliar sua visão administrativa, sabe que a gestão hospitalar virou assunto para o setor de saúde, onde cada vez mais, verifica-se um crescimento em cursos sobre o tema e o interesse dos hospitais brasileiros. Graças a isso, é que Fábio Santiago promoveu essa grande Tel./Fax: (16) 3332-4000 http://planeta.terra.com.br/saude/ergonomia e-mail: ambioergo@terra.com.br Dessa vez foi a Polícia, mas poderia ter sido o ladrão. PO LI M CIA ILITA R SÃO PAU L “Ajude a Polícia a ajudar você; cuide melhor de seu patrimônio”. 10 O Associação Comercial e Industrial de Araraquara Novo laboratório de análises clínicas, inauguração em abril Fogão industrial da nova cozinha MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA Estamos te esperando nas melhores estradas do Brasil

[close]

p. 11

cia Portuguesa ÁRA DE CRESCER REFERÊNCIA NACIONAL A expansão física do hospital e a constante preocupação em ter equipamentos dotados da mais alta tecnologia, têm levado a própria população a se manifestar de forma elogiosa à reestruturação do hospital. Isso nos dá prazer e orgulho, revela Maria Antonia, responsável pela área de Recursos Humanos do hospital: “Temos consciência de que essas mudanças já estão refletindo propostas que vão tornar ainda mais exigente a qualificação dos nossos profissionais”. E conclui: “É preciso que estejamos preparados para a humanização das nossas ações e sejamos uma Referência Nacional em todos os sentidos”. A saúde do futuro tem nome. Beneficência Portuguesa de Araraquara. Um dos mais bem equipados hospitais da região. Hemodinâmica • Ressonância Magnética • Tomografia Helicoidal • Mamografia • Ultrasom 3D • Urodinâmica • Densitometria Óssea • Litotripisia Extracorpórea • O restaurante da Beneficência segue arrojadas linhas arquitetônicas portante também é ter coragem em en-carar e praticar mudanças, mantendo a humildade de reconhecer que aquilo que sempre funcionou muito bem até hoje, pode não ser mais a melhor forma de fazer as coisas, porque o mundo mudou. Em sua ótica, com a criação de um sistema de gestão eficiente, a instituição terá maiores condições de sobreviver e crescer, e sendo assim, as soluções serão boas para a empresa, mas principal-mente para as pessoas envolvidas no processo. O presidente cita que - a Bene-ficência é um hospital que se identifica com a cidade e essa é uma das razões do permanente apoio que Léa Furlan Braga (com a neta Cristiane), entra para a história da Beneficência Portuguesa, por ser a primeira paciente assistida pela Benemed, a ser submetida à uma cirurgia cardíaca Ecocardiograma Doppler Color • A saúde de sua família muito mais segura e com as vantagens que só a Benemed pode oferecer. Planos a partir de reais 40 Informações e Vendas 3336 2728 O remodelado Posto 6 Café Camões, aconchegante lanchonete na Praça de Portugal COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 11

[close]

p. 12

Doctor Games MECÂNICA 2 ESTRADÃO Revisão na hora certa O Estradão, na Vila Xavier e Primavera, pela qualificação dos seus profissionais e trabalho com responsabilidade, tornou-se um auto center plenamente confiável Dentro de um mercado bastante competitivo, os consumidores procuram encontrar parceiros que possam lhes oferecer qualidade no atendimento, bons preços, produtos com procedência e seriedade no trabalho. O comentário é feito por Heraldo de Oliveira, proprietário do Estradão, hoje um dos mais conceituados auto centers na região de Araraquara, pela composição de todos esses predicados, que o tornam principalmente confiável. Este é um momento, esclarece Heraldo, em que as pessoas estão retornando das férias e torna-se importante que os seus veículos passem por uma completa revisão, tendo em vista os muitos quilômetros rodados e a necessidade de se ter segurança e economia. É fundamental uma revisão detalhaHeraldo, do Estradão que tem duas lojas na cidade: José do Patrocínio, 408, Vila (3333 6000) e 9 de Julho,1985 (3331 4477) Onde a ação começa • Playhouse (Xbox, PSII, Cube) • Conserto • Desbloqueio • Acessórios • Jogos e Video Games • Assistência Técnica Especializada Os profissionais do Estradão Auto Center, competência que transmite confiança aos consumidores da cidade e região da após a viagem. Precisamos ter os necessários cuidados com a parte de suspensão do veículo, rodas e freios, revelam os técnicos. Por essa razão é que Heraldo, com sua experiência diz: “Manutenções simples e de baixo custo ajudam na durabilidade de qualquer carro. São tarefas simples, como a troca das palhetas dos limpadores, fluídos de freio, pastilhas e lonas de breque. Alameda Paulista, 2057 (próx. ao Paulistão) Vila Xavier - Araraquara A SEDE FICA Está garantido: a sede do 3° Batalhão da Polícia Rodoviária será mesmo instalada no DER, em Araraquara. A notícia foi dada pelo secretário de Segurança Pública, Saulo de Castro Abreu Filho, na capital. Segundo consta, o fato já foi comunicado aos comandantes das Polícias Militar (Elizeu Borges) e Rodoviária, João Roberto Nascimento. Tel. (16) 3337 2593 Capitão João Alberto Nogueira Júnior, comandante da Polícia Rodoviária em Araraquara, na expectativa das mudanças que vão ocorrer com a nova sede A SUA OPÇÃO É REDE GRAAL Alimentação de qualidade, saudável e gostosa. 12 MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA

[close]

p. 13

ATENDIMENTO O reparo completo do veículo, das pequenas até mesmo as grandes avarias e refazendo por completo a pintura da peça, é o trabalho feito com qualidade pela Primu’s Ademar Ramos e Eder OUTRA VEZ IMPECÁVEL “Nesta época do ano aumenta a procura para reparos na pintura dos veículos, principalmente para aqueles que voltaram de férias do litoral”. Embora o comentário seja antigo, ainda reflete a realidade para os que viajaram, revelam Artur Sgarbossa e Luís Augusto Cerniato, da Primu’s, considerada uma das mais conhecidas casas de funilaria e pintura em Araraquara. Artur conta ainda que “o clima litorâneo é desfavorável para a pintura, pois a areia e a alta temperatura aceleram a ação de agentes agressores”. Neste caso, pinturas ficam sem brilho por ter seu verniz danificado mas voltam a ter aparência de nova com o polimento realizado, explica Artur. Os pequenos amassados, esbarrões de porta e outras avarias são facilmente removidos com uma técnica praticamente artesanal dos profissionais da Primu’s, preservando a originalidade do automóvel. Eles também promovem micro reparos para aqueles ca sos que não se faz necessário a pintura da peça por completo, eliminação de riscos na pintura sem deixar vestígios. Artur Sgarbossa, Luís Augusto e Adilson Cerniato com atendimento na Primu’s, Avenida Sete de Setembro, 53. Fone: 3322-5736 ALUNO DO SENAI FOI PARA A FINAL O aluno Eder Carlos da Silva, campeão na modalidade Ferramentaria, durante a Olimpíada Estadual do Conhecimento realizada no Anhembi na capital, em outubro passado, ganhou o direito de representar o Estado de São Paulo agora na fase nacional, após participar e ter vencido as duas provas de desempate disputadas com o aluno de Osasco, vice-campeão da mesma modalidade. Para garantir bom resultado na competição, Eder treinou sistematicamente todos os dias nas dependências do SENAI local. Além do treinamento específico das competências necessárias da modalidade de Ferramentaria, comenta o diretor José Antonio de Jesus Fabri, o aluno também tem acompanhamento médico, odontológico, psicológico e nutricional. O SENAI sempre reconheceu o valor das parcerias para o desenvolvimento de seus programas e projetos, neste caso específico da Olimpíada, é importante destacar o apoio da empresa Alumínio Ramos, através do seu diretor, Ademar Ramos da Silva, que desde o início cooperou com o processo, uma vez que o aluno também é funcionário da empresa. NOVOS ASSOCIADOS EM FEVEREIRO RAZÃO SOCIAL Omar Abdel Hamid Omar El Khatib - Me Panificadora Estrela da Alameda Ltda - Me Construnova - Acabamentos e Mat p/Construção Ltda Marta Sueli Anastácio Pecorari - Me Construvem Comercial Ltda Delta Deusa Eletro Peças - Ltda Me P.S.Y - Representações, MKT Eventos S/C Ltda Aimar Malheiro - Me NOME FANTASIA Revistas Khatib Panificadora Estrela Contrunova Materiais para Construção Racco Cosméticos Construvem Comercial Delta Deusa P.S.Y - Representações Audacia II VENDAS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA AUTORIZADA. COMÉRCIO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA. EQUIPAMENTOS PARA HOTEL, RESTAURANTE, PADARIA, AÇOUGUE, COZINHA INDUSTRIAL E SIMILARES Av. Maria Antonia Camargo de Oliveira, 3489 (Via Expressa) Vila Ferroviária - Araraquara - SP Tel/Fax: (16) 3331-4755 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 13

[close]

p. 14

REPORTAGEM DE CAPA CONVÊNIO ODONTOLÓGICO ACIA E SER UNICO FIRMAM PARCERIA Documento assinado em fevereiro irá beneficiar os associados que poderão ter a assistência de uma empresa que expande suas atividades em Araraquara e região, tornando-se líder no mercado pela capacitação dos seus profissionais É seguindo esta estratégia que a Ser Unico vem ampliando de forma considerável seu quadro de clientes, principalmente com adesão de empresas, que hoje reconhecem a importância da operadora como parceira. Quadro de profissionais altamente Questionada sobre as ações utilizadas competentes no atendimento aos usuários pela empresa para obtenção de retorno altamente positivo em curto espaço de tempo, Angelita é taxativa: “Estabelecemos “Atender de forma satisfatória as como diretriz principal, fazer com que canecessidades dos clientes é obrigação de da cliente, se sinta único; pode ser pretenqualquer empresa que se considera séria são de nossa parte, mas de fato, fomos ouno mercado”. A frase é da empresária An- sados ao criarmos metas tão elevadas”. É gelita Generoso, diretora da Ser Unico, verdade que, continua Angelita, são estes empresa que estabeleceu parceria em desafios que nos impulsionam e a nossa fevereiro com a Associação Comercial e estratégia é ter humildade suficiente para Industrial, visando beneficiar os asso- reconhecer que podemos aprender um pouco mais a cada dia e ciados da entidade com com isso melhorarmos descontos especiais em sempre, utilizando uma planos para atendiNo Suporte Unico eficaz ferramenta de mento odontológico. 60 horas você gestão: os ouvidos, e ouSão mais de 30 provir realmente as pesfissionais reconhecidos encontra soas e descobrir o que nacionalmente, que atendimento de elas querem, e atender atendem em consultósuas necessidades. urgência e rios particulares com Questionada sobre a hora marcada, e que esemergência posição da UNICO em tão distribuídos em lurelação ao mercado gares estratégicos da ciodontológico nacional, dade, com o intuito de a diretoria da Ser Unico facilitar e promover o acesso a tratamentos nos informou que atualmente, a assistência odontológicos qualificados. Em minha opinião, diz Angelita, se odontológica é um negócio que beneficia quisermos garantir um crescimento sus- aproximada-mente 6 milhões de pessoas tentável, temos que construir nosso posi- em todo o país, embora com um cionamento baseado na superação destas crescimento registrado de 230% entre expectativas; a empresa tem de responder 2001 e 2005, este número ainda é de forma integrada à questão de como tor- inexpressivo se comparado à assis-tência nar o cliente muito satisfeito, ou seja, não médica que detém uma carteira de apenas oferecer tratamentos qualificados a aproximadamente 40 milhões. Para conpreços competitivos, isto é básico, o im- cluir ainda, há muito trabalho a fazer, há portante é criar diferenciais fortes e per- muitos sorrisos a serem conquistados. O presidente da ACIA, Valter Merlos, ceptíveis que reafirmem aos clientes que entende que a parceria com a Ser Unico vai eles fizeram uma grande escolha, a melhor proporcionar um grande benefício aos escolha. 14 MARÇO/2006 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA Merlos, Angelita e Zaniolo, durante a assinatura de contrato que beneficiará associados da ACIA inovadora com que a empresa está se apre-sentando no mercado, seguindo padrões éticos e bem profissionais. QUEM É A SER UNICO Criada em 1997 para atuar exclusivamente no mercado de assistência odontológica, inicialmente como franquia, em 2005 resolveu traçar suas próprias diretrizes e norteada pelos sonhos que a impulsionaram desde a fundação, tornou-se a SER UNICO, com a proposta de ser referência em planos de assistência odontológica com padrões inéditos de atendimento e serviços. Como suporte a esta nova abordagem, a empresa ampliou sua linha de serviços e produtos, incluindo a odontologia estética como tratamento eletivo e passou a oferecer soluções integradas em saúde e estética bucal, tendo como prioridades, as necessidades individuais de cada cliente. Também faz parte da política corporativa da empresa, constantes investimentos em capital humano e infra-estrutura de forma que o ambiente da empresa proporcione às pessoas, o real sentido de serem únicas dentro de um novo projeto de trabalho. Estamos te esperando nas melhores estradas do Brasil

[close]

p. 15

Angelita como empreendedora enfrenta um desafio e transforma a Ser Unico em empresa rapidamente consolidada A Ser Unico tem sua sede na rua Carlos Gomes, 1915 (centro), com fone 3335 7595, disponibilizando atendimento que é garantido por profissionais de capacidade plenamente reconhecida dentro da odontologia nacional O QUE É PRECISO PARA SER UNICO Ao ingressar na Ser Unico, o cliente conta com uma avaliação criteriosa sobre sua saúde geral. A partir dos resultados desta análise, o Case Managers da empresa coordenará o acesso do associado aos melhores cuidados e serviços odontológicos. Além do monitoramento contínuo da qualidade dos tratamentos feitos por auditor independente da empresa, pesquisas são realizadas com os clientes a cada término de tratamento, visando identificar oportunidades de melhorias em todos aspectos. Aqui você é Unico Suporte Unico 60 Horas • 12 horas de atendimento clínico • + 24 horas de emergência e urgência • + 24 horas de atendimento on-line Vantagens exclusivas para associados da ACIA Descontos de 25% nas mensalidades dos Planos Corporativos. Diferença de 50% em relação à contratação do mesmo plano no particular Promovendo sorrisos belos e saudáveis Tel.: (16) 3335 7595 Rua Carlos Gomes, 1915 - Centro www.serunico.com.br Profissionais que atuam na Ser Unico em Araraquara Central de Relacionamentos: 0800-7727595 COMMÉRCIO & INDÚSTRIA MARÇO/2006 15

[close]

Comments

no comments yet