Edição 702

 

Embed or link this publication

Description

11/10/2013

Popular Pages


p. 1

11/10/2013 - Edição 702 Página 1 Diretor Responsável: Homero T. Tranquilli - CNPJ: 09573449/0001-13 - Cajuru, Sexta Feira, 11/10/2013 - Ano 14 - N.° 702 Semanal - Distribuição Gratuita / Assinantes Cajuru recebeu a Caravana de Tênis de Mesa com Hugo Hoyama Cajuru participa da IX Conferência Estadual de Assistência Social e tem delegada eleita para a Conferência Nacional em Brasília

[close]

p. 2

Página 2 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 3

11/10/2013 - Edição 702 Página 3 Cajuru participa da IX Conferência Estadual de Assistência Social e tem delegada eleita para a Conferência Nacional em Brasília referenciada na reunião ampliada do CONSEAS em Ribeirão Preto pelo poder público Cássia Ap. Freire Cardoso, que pode participar das discussões da temática proposta e dos seis eixos norteadores da IX Conferência. Cabe mencionar que estiveram presentes a Ministra do MDS Tereza Campello; o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo Rogério Hamam; Presidente do Conselho Nacional de Assistência Social –CNAS Luziele Maria de Souza Tapajós, entre outros. Fazse necessário enfatizar que na pauta finalizadora da Conferência foram eleitos os delegados que irão para a Conferência Nacional, sendo da nossa DRADS Ribeirão Preto eleitos dez delegados e Cajuru foi contemplado com uma das vagas (com nossa representante,Cássia) a Conferência N a c i o n a l será dias 17,18 e 19/12/ 2013 em Brasília /D.F. ESF Cruz Alta orienta Gestantes A roda de conversa foi comandada pelo médico ginecologista Dr. Luís Geraldo Elias, acompanhada também pelas agentes de saúde. Nesta oportunidade as gestantes puderam adquirir um pouco mais de conhecimento e sanar as dúvidas que foram aparecendo. Após, foi servido um café da tarde, mais um momento de confraternização e entrosamento da equipe com as pacientes. Finalizando, a enfermeira Luz Maria parabenizou as agentes comunitárias da saúde pelo seu dia (04 de outubro). Na semana passada, quinta-feira, a equipe da Estratégia Saúde da Família do bairro Cruz Alta realizou mais um encontro com futuras mamães com o objetivo de orientar e sanar dúvidas sobre a gestação e pós-parto. Aconteceu nos dias 01,02e 03 de outubro de 2013, no município de Atibaia /SP, a IX Conferência Estadual de Assistência Social que é a etapa que precede a realização da IX Conferência Nacional de Assistência Social, envolvendo: entidades e organizações de Assistência Social; trabalhadores ou organizações de trabalhadores ; usuários ou organização de usuários ; representantes do Poder Público e representantes dos Conselhos Municipais de Assistência Social , com a finalidade de analisar , propor e deliberar , com base na avaliação local , as diretrizes para a gestão e financiamento do Sistema Único da Assistência Social , reconhecendo a corresponsabilidade de cada ente federado , sob a coordenação do Conselho Estadual de Assistência Social – CONSEAS/SP , com o tema : “ A gestão e o financiamento na efetivação do SUAS”. O nosso município participou com a delegada eleita na Conferência Municipal de Assistência Social e Casa da Cultura recebe doação de Quadros A Casa das Artes e Cultura “Profs. Lucy e Teófilo Elias” sob a responsabilidade do diretor Adezílio Paulino de Souza Júnior – Xoxim, recebeu para compor seu acervo dois quadros da artista plástica Nilza Fumagalli. As telas retratam igrejas da nossa cidade, sendo uma a de São Sebastião e a outra a de Santo Antônio. As doações foram efetuadas no dia 20 de setembro e estão abertas à visitação. “É ma honra para nós termos na Casa da Cultura obras dessa artista cajuruense que tem seu trabalho reconhecido e respeitado por todos”, finaliza o diretor Xoxim. Cultura leva os Pernas de Pau para alegrar as crianças da Creche Koxilinho divertiram muito com os malabarismos e brincadeiras. O diretor Xoxim, que está montando um circo, falou da importância de levar cultura para todas as idades: “estamos empenhados em expandir as mais variadas formas de arte em todos os cantos da cidade e essa experiência (na creche Koxilinho) foi muito importante e gratificante”. Continue acompanhando aqui as atrações culturais de nossa cidade e divirta-se. Projeto PAAI comemora “Dia das Crianças” com Bolo e Sorvete A quinta-feira foi animada para as crianças e adolescentes do Programa de Assistência à Adolescência e à Infância (PAAI). Além dos jogos e brincadeiras, a equipe preparou uma grande festa para a garotada, com direito a bolo, refrigerante, sorvete e saquinho de doces. O secretário da Assistência Social João Vitalino foi conferir a festividade e ficou encantado com os preparativos da coordenadora, monitoras e professores do programa. Depois da pose para a foto, a criançada se esbaldou com os “muitos” doces, que certamente trouxeram mais sabor à infância, à vida. Nesta semana dedicada às crianças, o departamento municipal de Cultura levou cores e alegria às crianças da creche Koxilinho. Os pernas de pau, já bastante conhecidos, fizeram uma apresentação especial para a garotada, na segunda-feira (7) e os pequenos se

[close]

p. 4

Página 4 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 5

11/10/2013 - Edição 702 Página 5 319. A Escolástica no Século XIII. Cap. I Só a generosidade e o alcance cultural do “OJornalzão” permitem a conciliação da notícia do momento com a história do passado, em folhas coloridas, na pacata cidade de Cajuru, região de Ribeirão Preto, em São Paulo. Aliás, esta cidade abriga oito filósofos, os quais atuam como professores, médicos e psicólogos, também. E isso dá razão para o entusiasmo implícito na narrativa da História da Filosofia, especialmente, no século XIII (o segundo momento da Escolástica). De forma sistematizada, a importância individual de personalidades pertinentes dará lugar a breves capítulos. Este primeiro trata da filosofia árabe e a hebraica, a penetração de Aristóteles no Ocidente e a mediação entre aristotelismo e cristianismo (crédito a Giovanni Reale e Dario Antiseri, vol.2). Acompanhe! O séc. XIII assiste à instituição das ordens mendicantes (Franciscanos e Dominicanos), das universidades (sobretudo Bolonha e Paris) e, em filosofia, à difusão do pensamento aristotélico. Este põe pela primeira vez na Idade Média uma explicação racional do mundo e uma visão do homem totalmente independente das verdades cristãs e da revelação. O aristotelismo chegou ao Ocidente por meio dos árabes, particularmente de Avicena (980-1037) e Averróis (1126-1198). Avicena, natural de Bukara, na Pérsia, e morto nas proximidades de Hamadan; dentre suas mais de 250 obras, destaca-se O livro da cura, em 18 volumes, abrangendo a Lógica, a Retórica, a Poética, a Física, mas merece lembrar que o Cânon de medicina, em 5 volumes, funcionou como referência da medicina medieval, assim como da farmacologia. O seu pensamento filosófico direciona-se para a distinção entre ente (concreto) e essência (abstrato), o primeiro tem como exemplo o homem, e a segunda a humanidade. Averróis nasceu em Córdoba, no coração daquela Espanha muçulmana que durou oito séculos e na qual a cultura árabe, tanto filosófica como científica e literária, conheceu um de seus períodos mais criativos; ele foi jurista, médico, comentador de Aristóteles e grande metafísico. Inicialmente protegido pelos soberanos e depois exilado por ter sido considerado incrédulo, morreu em Marrocos, em 1198. Dentre suas obras, destacamse: o Grande comentário e o Tratado decisivo sobre a concordância entre filosofia e religião. Averróis comentou Aristóteles com enorme liberdade, à luz do dogma do Islã. Ele sustenta que a doutrina de Aristóteles coincide com a suprema liberdade, e que, mesmo que teologia e filosofia convirjam para uma verdade única, todavia, em caso de desacordo, a posição dos filósofos teria maior autoridade: a revelação, com efeito, produz símbolos imperfeitos que cabe à razão decifrar. Gregório IX, em 1231, por ocasião da greve dos estudantes, que durou dezoito meses e à qual não era estranho o problema do aristotelismo, defendido pela faculdade de artes e combatido pela faculdade de teologia, confirmou a proibição de 1215, mas só até que os escritos de Aristóteles não fossem corrigidos. A filosofia hebraica no séc. XIII tem como representante maior Avicebron (1021-1050/70), que defendia uma concepção radicalmente hilemórfica (todas as substâncias, incluindo as espirituais, são compostas de matéria e forma). Sua obra mais estudada pelos escolásticos foi Fons vitae, escrita em árabe, mas traduzida para o latim por João Ibn Dahut e Domingos Gundissalvi. Avicebron escreve: “No ser, há apenas três coisas: por um lado, a matéria e a forma; por outro, a Essência primeira; por fim, a Vontade que está entre os dois extremos”. Moisés Maimônides (1135-1204) nasceu em Córdoba – seu pensamento foi mais influente do que o de seu contemporâneo Avicebron – mas por causa de atitude intolerante dos Almoadas, mudou-se da Espanha para Marrocos, depois Palestina, estabelecendose no Cairo, onde trabalhou com pedras preciosas e ministrou aulas públicas, adquirindo fama como filósofo, teólogo e médico; o ministro do sultão Saladino o tornou médico da corte e, com bom salário, dedicou-se aos estudos. Sua obra mais conhecida foi o Guia dos perplexos, tratando dos contrastes entre razão e fé. Ele, assim como Avicena, afirma que é possível demonstrar racionalmente a existência e a espiritualidade de Deus, mas, diferente de Avicena, nega que o mundo seja eterno. Alberto Magno, dominicano nascido em 1193 (ou 1206), ensinou em comunidades alemãs, depois em Paris – de 1245 a 1248 – retornando para Colônia; esteve na corte pontifícia de Anagni como conselheiro e em Ratisbona como bispo e, por fim, estabeleceu-se em Colônia, onde faleceu em 1280. Ele foi a primeira grande expressão filosófica e científica do impacto de Aristóteles sobre a cultura ocidental latina. Ele defende que o filósofo e o teólogo se ocupam ambos de Deus, mas com perspectivas distintas: na filosófica conta apenas com a razão, enquanto na fé se vai além da razão. Mas a grande síntese especulativa entre a teologia cristã e o aristotelismo não foi obra de Alberto Magno, mas de Tomaz de Aquino (personagem do próximo artigo). Seus escritos científicos mais importantes foram: Sobre os vegetais e as plantas, Sobre os minerais e Sobre os animais. A Holosofia garante ao PHS (Programa Holosófico de Saúde) a iniciativa de levar à comunidade abordagens com potencial de produzir momentos de reflexão e, consequentemente, mudanças no pensar individual, com repercussão coletiva. Prof. Me. Sebastião Saraiva, Maitreya Médico, holósofo e filósofo Cel. (098) 8282.9888 Site: www.holosofia.com.br Prefeito e Vereadores somam forças na criação da Região Metropolitana de Ribeirão Preto cípios. Com material explicativo, Maurílio Romano mostrou os benefícios que a formação da Região Metropolitana (RM) trará a todas as cidades envolvidas, dinamizando o desenvolvimento. Além de expor as ideias, o vereador pediu o apoio do grupo cajuruense junto ao Governo do Estado de São Paulo, que é o órgão fundador da RM. Para tanto, o prefeito Dr. Luís Estevão se comprometeu em enviar ofícios com a solicitação ao governador Geraldo Alckmin, e a Câmara Municipal em fazer a moção de apoio à criação. O vereador de Ribeirão Preto Maurílio Romano esteve nesta semana na Prefeitura de Cajuru para conversar com o prefeito Dr. Luís Estevão e com os vereadores cajuruenses João Gregório, Nei (da ambulância) e Juliano (do bar) sobre a criação e instituição da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, que irá abranger 36 muni- Cajuru recebeu a Caravana de Tênis de Mesa com Hugo Hoyama Na tarde de quartafeira (09), os cajuruenses puderam vivenciar a experiência de jogar tênis de mesa com o campeão Olímpico Hugo Hoyama e sua equipe. Os jogos aconteceram no Ginásio Municipal de Esportes “Arenão” e contou com a presença do prefeito Dr. Luís Estevão e da primeira-dama Dra Ersone, que também participaram dos jogos com o campeão. O prefeito conseguiu defender um saque, grande feito visto a experiência, técnica e habilidade de Hoyama. Após as apresenta- ções e o jogo-treino com outro atleta da Caravana, Hugo Hoyama convidou a garotada para participar e quem defendesse três saques consecutivos ganharia uma bicicleta. O prêmio foi para sorteio, visto que ninguém conseguiu a façanha. A ganhadora foi Maria do Rosário, funcionária da creche Paula Vicentini. Além da bicicleta, muitos brindes (doados pelo comércio local) foram sorteados. A vinda do atleta para Cajuru foi através da parceria entre a Secretaria Municipal de Esportes e o SESC e buscou apresentar uma modalidade esportiva pouco difundida e incentivar sua prática no ambiente escolar. Pelo visto deu certo, pois a garotada ficou encantada com ritmo do jogo e suas artimanhas. Como incentivo, Hoyama contou um pouco de sua vida, do seu treino diário de 8 horas e reforçou que “não queria chegar em qualquer lugar, eu queria chegar em um lugar definido” e chegou. O atleta foi campeão Olímpico e hoje treina a equipe feminina em seu novo desafio.

[close]

p. 6

Página 6 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 7

11/10/2013 - Edição 702 Página 7 Um Pacto pela Qualidade na Alfabetização em Cajuru O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental. Aos oito anos de idade, as crianças precisam ter a compreensão do funcionamento do sistema de escrita; o domínio das correspondências grafofônicas, mesmo que dominem poucas convenções ortográficas irregulares e poucas regularidades que exijam conhecimentos morfológicos mais complexos; a fluência de leitura e o domínio de estratégias de compreensão e de produção de textos escritos. No Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, quatro princípios centrais serão considerados ao longo do desenvolvimento do trabalho pedagógico: 1. O Sistema de Escrita Alfabética é complexo e exige um ensino sistemático e problematizador; 2. 2. O desenvolvimento das capacidades de leitura e de produção de textos ocorre durante todo o processo de escolarização, mas deve ser iniciado logo no início da Educação Básica, garantindo acesso precoce a gêneros discursivos de circulação social e a situações de interação em que as crianças se reconheçam como protagonistas de suas próprias histórias; 3. Os conhecimentos oriundos das diferentes áreas podem e devem ser apropriados pelas crianças, de modo que elas possam ouvir, falar, ler, escrever sobre temas diversos e agir na sociedade; 4. A ludicidade e o cuidado com as crianças são condições básicas nos processos de ensino e de aprendizagem. Dentro dessa visão, a alfabetização é, sem dúvida, uma das prioridades nacionais no contexto atual, pois o professor alfabetizador tem a função de auxiliar na formação para o bom exercício da cidadania. Para exercer sua função de forma plena é preciso ter clareza do que ensina e como ensina. Para isso, não basta ser um reprodutor de métodos que objetivem apenas o domínio de um código lingüístico,é preciso ter clareza sobre qual concepção de alfabetização está subjacente à sua prática. Cajuru não poderia ficar de fora deste compromisso em prol da alfabetização dos nossos educandos e arregaçamos as mangas e corremos atrás da efetivação do PACTO em nosso município. A professora Rose Torrano ,Coordenadora Local do Pacto em Cajuru e a professora Cibele Bento Lopes, Orientadora de Estudos do curso,após firmado o contrato didático com cada um deles, se reúnem na EMEB Dr Mousart Alves da Silva onde os professores alfabetizadores , cada qual no seu respectivo grupo (1º,2º e 3º anos) realizam debates sobre os temas propostos nos Cadernos de Formação e tiram destes, projetos e várias práticas para as salas de aula onde “in loco” podem presenciar a riqueza destas experiências para seus educandos em faze de alfabetização.O papel do educador na sociedade atual e indiscutível, pois é ele quem organiza um determinado conhecimento e dispõe de uma certa maneira de propiciar boas condições de aprendizagem aos seus inúmeros educandos. Os professores são peças-chave para que o conhecimento continue a ser construído e desenvolvido e propagado em toda parte do mundo onde houver uma criança e uma vontade em aprender.... Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais... Rubem Alves Ser educador é ter esperança... É ser construtor de seres... Movido por razão e emoção... Devemos carregar no peito o orgulho de educar... Este valor está em você! Encontre-o!!! E cada vez mais amamos o que fazemos e o fazemos por amor...... Somos educadores alfabetizadores que aos pouquinhos lapidamos os diamantes brutos em cada educando fazendo brotar nele o brilho que estava escondido resplandecendo sua luz única na estrada da vida e de seu futuro. É nisso que acreditamos!!! E esta é a força que nos move em direção à qualidade da alfabetização em Cajuru com a fomentação do Pacto em nossas escolas. Gostaríamos de agradecer o apoio do prefeito Dr Luís Estevão e à Secretaria da Educação que muito nos incentivou nesta empreitada vitoriosa. Parabéns educadoras alfabetizadoras e que Deus esteja com cada uma de vocês no dia a dia da sala de aula.Um beijo no coração de cada uma e fiquem com Deus e muito obrigada por terem acreditado em mim!... Rose Torrano - Coordenadora Local do Pacto em Cajuru Semana da Criança tem atividades e cardápio especial na Rede Municipal de Ensino Para comemorar a Semana da Criança, as unidades escolares prepararam atividades diferenciadas com os alunos. Teve teatro, desfile de moda dos anos 40, 50, 60, 70, 80 e 90, dança, brincadeiras e tudo que a imaginação per- mitiu. Também, o cardápio foi deliciosamente especial, escolhido para agradar a criançada (e os não tão crianças assim). Além da tradicional merenda, a garotada pôde saborear as guloseimas que tanto gostam. Durante a semana foram servidos: pi- poca, cachorro-quente, suco, arroz doce, picolé de frutas e gelatina. Aproveitando a oportunidade, o prefeito Dr. Luís Estevão e a secretária da Educação Vera Cecília Borges desejam a todas as crianças um dia muito feliz, com muito amor e brincadeiras! “Os Smurfs” foi a sessão apresentada no Cinema na Praça Pela terceira vez, a Prefeitura Municipal de Cajuru trouxe o “Cinema na Praça”. No sábado, 05, a criançada pode se divertir com o filme dos Smurfs. Antes da sessão, a Secretaria Municipal de Esportes, responsável pelo evento, ofereceu pipoca para os presentes. O secretário de Esportes Luciano Silva e a diretora Renata Jacob fizeram a abertura da sessão, falando das atrações promovidas pela pasta e contando um pouco do que está por vir. Acompanhe nas próximas edições a programação esportiva preparada especialmente para as famílias cajuruenses, lembrando que SÁBADO (12), a partir das 9h00 tem recreação com o “Criança na Praça”, no Largo São Bento. Prefeitura adquire Prateleiras para acomodar itens da Merenda Escola da Rede Municipal de Ensino, desde a creche até o ensino fundamental. Exemplo disso são as frutas, verduras e tipos de carne que foram acrescentadas ao cardápio. As prateleiras, que chegaram nesta semana, foram confeccionadas de acordo com a necessidade do departamento de Merenda Escolar. Agora elas serão instaladas e estarão prontas para acomodar os alimentos que não necessitam de refrigeração. Através do pregão público no 53/2013, a Prefeitura Municipal de Cajuru adquiriu seis prateleiras com dimensões de 7,50m X 2,50m X 0,80 para melhor acomodar os itens que compõem a Merenda Escolar. Tal aquisição foi necessária visto que neste ano aumentaram a quantidade e variedade dos alimentos que são servidos aos alunos

[close]

p. 8

Página 8 Edição 702- 11/10/2013 Deputado Engler empenha-se para atender as solicitações do prefeito Dr. Luís Estevão Prefeito assina três Convênios em São Paulo Benefícios são para o Hospital, Infraestrutura Urbana e instalação de Academia ao Ar Livre melhorias no prédio, na aquisição de aparelhos, ou para a manutenção”, concluiu o prefeito. Infraestrutura Urbana – outro convênio assinado pelo prefeito foi referente à verba de R$ 249.987,00 que será aplicada em infraestrutura urbana. Academia ao Ar Livre – Cajuru terá sua primeira Academia ao Ar Livre, graças ao convênio assinado nesta semana. Essa academia visa a melhoria da condição física e da qualidade de vida da população. Para instalação dos aparelhos, a Prefeitura Municipal está fazendo uma enquete no site www.cajuru.sp.gov.br para saber sua opinião. Acesse o site e escolha em qual local você gostaria que fosse instalada a Primeira Academia de Ginástica ao Ar Livre? 1) Final da Avenida Pref. Rubens de Carvalho (próximo à ponte) 2) Praça no bairro Baldini 3) Praça da CECAP 4) Praça do Cruzeiro 5) Praça Esportiva da Cohab (em frente à escola Geraldo Torrano) 6) Praça Três Reis Santos Votação aberta até o dia 25 de outubro, às 16h00. O prefeito Dr. Luís Estevão vem sistematicamente buscando benefícios para nossa cidade e para isso conta com o apoio do deputado Estadual Roberto Engler para intermediar alguns desses pedidos, entre eles: CONSTRUÇÃO DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO (CCI) – onde o deputado já solicitou em audiência com o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rogério Hamam, a construção de CCI em Cajuru. A demanda foi agregada a pedidos concentrados pela secretaria e que dependem de verba a ser liberada pela Secretaria da Casa Civil. “Somo o meu esforço político ao do prefeito de Cajuru na expectativa de que o Governo do Estado possa atender ao pedido e liberar um CCI para cidade”, afirmou Engler. Segundo relato do titular da pasta de Desenvolvimento Social, a secretaria aguarda liberação de verba da Casa Civil para ampliar o atendimento ao pedido feito pelo município. O apoio do Governo do Estado de São Paulo à construção de CCIs e a outras ações ligadas ao idoso faz parte do Pro- grama São Paulo Amigo do Idoso, lançado, no ano passado, pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). O programa envolve ações voltadas à proteção, educação, saúde e participação da população paulista acima de 60 anos. PONTE CAJURUSANTA ROSA – o deputado solicitou ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem), obras para duplicação e remodelação da ponte sobre o Córrego Cubatão, na Vicinal entre Cajuru e Santa Rosa de Viterbo. A demanda foi apresentada ao superintendente do departamento, Clodoaldo Pelissioni, durante audiência em São Paulo, e voltará a ser tratada com a Secretaria Estadual da Casa Civil. Mais de R$ 600 mil devem ser investidos na obra, que, se aprovada pelo Governo do Estado, necessitaria de convênio com o município. Engler está atuando pelas melhorias depois de pedido do prefeito de Cajuru, Luiz Estevão Pereira (PSDB). ABRÃOASSED-oDER (Departamento de Estradas de Rodagem) republicou editais de concorrência pública para definir empresa para realizar melhorias na SP 333 – Rodovia Abrão Assed, entre Serrana e Cajuru. Há pou- cos dias, a obra foi assunto de reunião do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), com o superintendente do DER, Clodoaldo Pelissioni. A previsão de investimento em trecho de 34 quilômetros supera R$ 100 milhões.As intervenções incluem duplicação de 14 quilômetros da estrada entre Serrana e Santa Cruz da Esperança, passando pelo acesso a Serra Azul, cujo custo estimado é de R$ 69 milhões, e recapeamento, 3ªs faixas e pavimentação de acostamentos nos 20 quilômetros que separam Santa Cruz de Cajuru, avaliados em R$ 35 milhões. ROTATÓRIAS,ACESSOSEENTRONCAMENTOS -durante encontro com Pelissioni, o deputado Roberto Engler tratou também de pedidos relacionados a rotatórias, acessos e entroncamentos da Abrão Assed e da SP-338. Devem ser estudadas melhorias no dispositivo de acesso do km 309,2 da SP-338, a Cajuru e Cássia dos Coqueiros, para tornar estabelecer cruzamento em desnível, e nos dispositivos de entroncamento da SP-333 no km 03, permitindo melhor acesso a bairros de Cajuru, e da SP 338, no km 307, servindo de acesso à Vicinal Cajuru-Santa Rosa de Viterbo, evitando o trânsito de veículos por dentro de Cajuru. O prefeito Dr. Luís Estevão esteve em São Paulo na quinta-feira (10), no Palácio do Governo, para assinar três convênios que muito beneficiarão nossa cidade: Hospital – o prefeito Dr. Luís Estevão vem se empenhando muito para conseguir benefícios para a Casa de Caridade São Vicente de Pau- lo, nosso hospital, e para isso frequentemente solicita benfeitorias para o local. Nesta semana assinou convênio no valor de R$ 100 mil, mais uma grande conquista para a população cajuruense. “Conheço bem as dificuldades enfrentadas pela Santa Casa, por isso não vou medir esforços seja para Contrata-se: p/ Trabalho temporário, vendedor (a). Enviar curriculo para R. Orlando Vieira Figueiredo 839, ou via e-mail moraesstylyhair@hotmail.com

[close]

p. 9

11/10/2013 - Edição 702 Página 9

[close]

p. 10

Página 10 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 11

11/10/2013 - Edição 702 Página 11

[close]

p. 12

Página 12 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 13

11/10/2013 - Edição 702 Página 13

[close]

p. 14

Página 14 Edição 702- 11/10/2013

[close]

p. 15

11/10/2013 - Edição 702 Página 15

[close]

Comments

no comments yet