Informe São Conrado Jul a Set 2013

 

Embed or link this publication

Description

O Informe São Conrado é o jornal da Associação de Moradores de São Conrado

Popular Pages


p. 1

INFORME São Conrado Órgão Oficial de Informação dos Moradores e Amigos de São Conrado ANO XXIX .:. JULHO A SETEMBRO 2013 Ações da Amasco no Pac 2 da Rocinha Plateia atenta na apresentação do Projeto do PAC 2 da Rocinha N ão serão mais construídos prédios populares nos terrenos em frente ao supermercado Extra, na Estrada da Gávea. O Dr. Ícaro Moreno Junior, presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado do RJ (EMOP), comunicou aos mais de 250 moradores do bairro, presentes em sua apresentação no Hotel Royal Tulip, no último dia 10, que as seis edificações populares, anteriormente projetadas para terrenos da Estrada da Gávea, em frente ao Supermercado Extra e em frente ao Largo das Flores, áreas do bairro de São Conrado, não serão mais construídas naquele local. Os terrenos em questão compõem a Área de Relevante Interesse Ecológico, protegida pela Lei Municipal n˚ 3.693, de 04/12/2003. Essas edificações foram projetadas para abrigar parte das famílias, cujas casas serão removidas para as obras de construção do teleférico, saneamento e abertura de novas ruas na comunidade. Os representantes do Estado também afirmaram que essas edificações serão construídas em áreas da própria Rocinha. Importante destacar o posicionamento da Amasco que, em defesa de seus moradores, da legislação e do bem-estar de todos, não compactuará com os avanços irregulares nas áreas de preservação ambiental ou áreas de risco, quer pertençam a São Conrado ou não. A Amasco continuará a alertar as autoridades em relação a qualquer irregularidade. Estamos aguardando resposta do presidente da EMOP Sr. Ícaro Moreno Junior, a uma , solicitação para que nos enviasse um e-mail oficializando a retirada e a não construção dos prédios nas áreas acima citadas. SUMÁRIO 2 3 4 5 6 7 8 p p p p p Coisas Pessoais e Coletivas Manifestações e Passeatas Site da Amasco de cara nova Editorial Governo despreza contribuinte Amasco e São Conrado na Midia Prefeitura transforma São Conrado em Rodoviária Amasco Responde Obras de Saneamento Amasco em Ação Esclarecimento sobre Pac2 da Rocinha Fale Conosco Você Sabia? AMASCO cria perfil e página no Facebook A p p p p p p p p p Curtas Canteiro e Canteiro A Silênciosa Caminhada do Vidigal AMASCO acaba de criar um novo canal de comunicação para debater com os seus parceiros e amigos os principais problemas de São Conrado e buscar alternativas conjuntas para solucioná-los. A Associação agora também está no Facebook rede social mais visitada do mundo, com mais de um bilhão de usuários, 67 milhões somente no Brasil, com o perfil “SaoConrado Amasco” e a fanpage “São Conrado Amigos e Moradores”. As páginas têm como objetivo interagir com moradores, colaboradores e empresas que atuam na região, para, a partir do diálogo e do engajamento de todos, alavancar resultados positivos para o bairro. Além de abordarem questões de ordem pública como infraestrutura e manutenção da orla, segurança, trânsito e sistemas de transporte, ecologia e limpeza urbana , o perfil e a fanpage da AMASCO contam um pouco da história e de curiosidades de São Conrado, mantêm os usuários da rede informados sobre os eventos locais e compartilham matérias publicadas na grande mídia envolvendo o bairro e a Associação. Tudo a fim de aumentar a autoestima da região e de garantir mais qualidade de vida para os moradores. Diariamente, são publicados na rede conteúdos multimídia (textos, fotos, vídeos, links, etc.) de alta credibilidade, sempre alinhados com a missão e os valores da AMASCO. Mas, para que as páginas alcancem resultados efetivos, é imprescindível a participação e a colaboração dos usuários, sugerindo temas, comentando as postagens e convidando novos seguidores. Seja amigo do perfil “SaoConrado Amasco”: www.facebook.com/saoconrado.amasco E curta a fanpage “São Conrado Amigos e Moradores”: www.facebook.com/pages/São-ConradoAmigos-e-Moradores/636207953074779

[close]

p. 2

JUL AGO SET - 2013 INFORME SÃO CONRADO 02 Coisas pessoais e coletivas COMUNICADO DA POLÍCIA MILITAR MANIFESTAÇÕES E P ASSEATAS A Secretaria de Segurança Pública do Estado criou um órgão denominado Conselho de Segurança, ele é dividido por AISP - Área de Integração de Segurança Pública, que se reune mensalmente com os bairros que participam de cada AISP O bairro . de São Conrado faz parte da 23ª AISP . Dando sequência à nossa participação nas reuniões do Conselho de Segurança da Zona Sul, AISP 23, estivemos na presente na reunião dessa quinta-feira, 01/08/2013, que também contou com a participação dos bairros do Leblon, Gávea, Jardim Botânico e Rocinha, além do Comandante do 23º BPM, os Delegados da 14ª e 15ª DP, Região Administrativa da Lagoa, Secretaria de Ordem Pública, Guarda Municipal e outras Autoridades Públicas. Nessa reunião, fomos informados sobre o protesto que seria feito no mesmo dia, 01/08, por alguns moradores da Rocinha, cobrando do Estado o paradeiro do morador Amarildo, que está desaparecido. Fomos informados pelo Administrador Regional da Rocinha e pelo Comandante do 23º, que o protesto seria pacífico e não haveria passeata e nem o fechamento de vias ou túneis. Inclusive, passamos a informação às pessoas que ligaram para a Amasco solicitando informações sobre o protesto, que ficaria concentrado em frente ao prédio da Prefeitura, ao lado da Escola de Samba da Rocinha. Fomos surpreendidos, pois, após um início pacífico, um grupo maior apareceu e se uniu ao protesto incentivando o fechamento do Túnel Zuzu Angel e da autoestrada Lagoa-Barra. Resultado: caos total! São Conrado, Leblon, Barra, Ipanema, Jardim Botânico, Gávea e Rocinha, ilhados por três horas, no pior horário do dia. Vamos convocar uma reunião com todos os bairros prejudicados e levar às autoridades públicas e à midia que, independente dos fatos que geram esses protestos, não é concebível que se fechem vias vitais para o deslocamento das pessoas que detêm o direito de ir e vir. Afinal, outros cidadãos, pais, mães, trabalhadores, doentes, médicos, grávidas, ou seja toda uma população, solidária e também vitima da leniência do Estado, acaba sendo a parcela diretamente atingida por esta ação. Conclamamos a participação dos moradores de São Conrado, principalmente nossos formadores de opinião, para que façam sugestões que possam ajudar a evitar essas intervenções danosas. Telefones Úteis Bombeiros ...... (Samu 192).........................................................193 Cedae água/esgotos.....0800.282.1195.(195)..2332.1387/2332.2810 Comlurb - Remoção Entulho .................................................... 1746 Companhia Estadual de Gás (CEG) ............................0800.24.0197 Centro de Cidadania Rinaldo de Lamare..................3111.1082/1030 Defesa Civil..................................................(199)...2576.5665/7297 Detran (Leblon)..................................Informações...........3460.4042 Disque Dengue....(Tele-Dengue).....................2575.0007/2599.4742 Disque Denúncia (Segurança Pública)..............................2253.1177 Disque Luz (Luz da Rua)........................................................... 1746 Disque Sinal............................................................................... 1746 Disque Poda (Comlurb)............................................................. 1746 Escola Samba Acadêmicos da Rocinha....................3322.3303/3318 Fashion Mall (Administração)...........................................2111.4444 Fiscalização Sonora....................................................................1746 Grupo Busca e Salvamento (Barra).................3325.1944-3325.1234 Guarda Municipal.......................................................................1746 Hospital Miguel Couto....................................3111.3781/3712/3715 Hotel Royal Tulip .............................................................3323.2200 Igreja de São Conrado.......................................................3322.0560 Light.............................................................................0800.21.0196 Ônibus Integração Metrô............................................0800.595.1111 Posto Reciclagem Rocinha................................................3323.5515 Posto Saúde Gávea..........................................2274.2796/4345/6495 População de Rua............................................3973.3800/2503.2356 Prefeitura Reclamações Gerais (luz, buraco, sinal, ônibus, etc).1746 Procon(Centro)2224.4916-2224.5184..(PUC)3114.1398-3114.1399 Rede de Trabalho...............................................................2588.9009 Táxi......... (Fashion Mall)..................................................3322.0065 Táxi..........(Rádio Táxi).....................................................2560.2022 Telemar/OI ..............................................................................103.31 Túnel Zuzu Angel..................(Socorro/Reboque).............2540.0900 Vigilância Sanitária......................2506.2204/2506.2200/2503.2280 INFORME SÃO CONRADO Órgão oficial de Informação da Associação dos Moradores e Amigos de São Conrado - AMASCO Estrada da Gávea, 899/2º Piso - CEP 22610-901 - São Conrado - RJ - Tel.: 3322.0421 -3322.0130 . DIRETORIA DA AMASCO: Presidente - José Britz 1º Vice-Presidente - Luiz Cattapan 2º Vice-Presidente - José Carlos Sena 3º Vice-Presidente - Marlene Parente Diretora Jurídica - Maria Edna Portinari Diretor Tesoureiro - Hélio Queiroz Tesoureiro adjunto - Francisco Maiolino Diretor Secretário - Marcio Ardelio de Souza Secretário Adjunto - Dora Sodré Dir. Comunicação e Marketing - Felipe Roberto Barbosa Dir. Comum. e Marketing Adjunto - Maria F.A. Camerini CONSELHO DE MORADORES: Presidente - João Renato Côrtes B.Silveira Vice-Presidente - Epaminondas Souza E-MAIL: amasco@amasco.org.br HOME-PAGE: http://www.amasco.org.br DISTRIBUIÇÃO: Interna e gratuita em todo o bairro de São Conrado. TIRAGEM: 3 mil exemplares. COLABORADORES: Marcio Morais SECRETARIA, PUBLICIDADE E DISTRIBUIÇÃO: Márcio Morais e Leandro Cruz ASSESSORIA DE IMPRENSA: Plano 1 Tel.: 2256-4347 COMPOSIÇÃO: Esther Damasceno Cosendei FOTOLITO E IMPRESSÃO: Imo’s Gráfica Tel.: 2450-3505 POLÍCIA MILITAR E CIVIL Quartel General(Q.G.)..............................................2333.2634/2501 23º BPM (Sala de Comando)............................................2334.6714 23º BPM (Sala de Operações) ..........................................2334.6725 23º BPM (P-2).................................................................. 2334.6717 Oficial do dia.....................................................................2334.6722 Cabine.......(Praça São Conrado).....................2420.4687-2420.4745 Delegacia da Mulher..........................................................2332.9991 Delegacia de Polícia (15a Gávea)....................2332.2913-2332.2912 DEFESA DO MEIO AMBIENTE Comissão Meio Ambiente Câmara Municipal.........3814.2145/2147 Fiscalização Meio Ambiente (Denúncias)......2503.2795-2503.2796 Ibama......................3077.4302/4321/4320/4323/4295/0800.61.8080 Instituto Est. Floresta (IEF)....................2282.1252.r.262.2240.7655 Patrulha Ambiental............................................................2498.1001 SUBPREFEITURA E REGIÕES ADMINISTRATIVAS ZONA SUL.....(subzonasul@pcrj.rj.gov.br)......................2274.4049 VI RA (São Conrado)..(viralagoa@pcrj.rj.gov.br)............2294.8130 XXVII RA (Rocinha).(ra27rocinha@rio.rj.gov.br)..3322.6823/1019

[close]

p. 3

03 INFORME SÃO CONRADO JUL AGO SET - 2013 Editorial GOVERNO DESPREZA CONTRIBUINTES Será que o Governo só pensa em votos e no populismo, e se esquece dos maiores pagadores de altos impostos, que são os moradores de São Conrado? É ou não é um desprezo ao contribuinte. Após nossa reunião realizada no Hotel Royal Tulip, com os representantes do Estado, EMOP e P AC-Social, e de t e r m o s c o n s e g u i d o o comprometimento do Estado de não construir mais nesse local, a luta continua. Queremos discutir também a questão dos demais prédios, projetados para Estrada da Gávea, em frente à boate Emoções e os que consideramos mais perigosos de todos, programados para encosta da Niemeyer, na boca do Túnel Zuzu Angel, atrás do CIEP Estadual Ayrton Senna. Mais um absurdo a ser amplamente discutido, pois ali certamente irá nascer a Rocinha 2, unificada a Favela da Matinha que já deveria ter sido removida há anos, o que não aconteceu devido à inoperância do poder público e do paternalismo alinhado com a ilegalidade e a desordem urbana na cidade do Rio de Janeiro. A Diretoria. “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim" (Chico Xavier). H UMA UOP P ARA SÃO CONRADO Jornal O Globo (Globo Barra) de 08 de agosto de 2013. á coisas que só é possível crer porque vemos, pois se contarem é possível que você não acredite. Além das mil atribuições que a Amasco deve ter em seu dia-a-dia, agora é preciso também vigiar nossos governantes e avisá-los do que é permitido e o que não é permitido, evitando assim que eles cometam erros e irregularidades, isso mesmo, irregularidades, acreditem ou não. Uma dessas irregularidades, diga-se de passagem, absurda, ocorreu recentemente no projeto do P AC 2 de urbanização da Rocinha, quando o Estado, em suas diversas apresentações feitas aos moradores desse bairro, incluiu a bel prazer inúmeras construções de edifícios populares em áreas de preservação ambiental e dentro do bairro de São Conrado, que visavam alocar várias famílias da Rocinha que serão retiradas das áreas onde serão implantados um teleférico e o saneamento básico. Será que o Estado não foi capaz de identificar esse absurdo? Não é uma questão de preconceito, é questão de se cumprir uma legislação criada pelo próprio governo. Além do mais, essas pessoas, até por suas raízes, devem ser assentadas dentro da própria comunidade, onde já tem toda sua vida estruturada. Matéria fala da UOP - Unidade de Ordem Pública, instalada no Leblon e da antiga reivindicação da Amasco para ter uma UOP em São Conrado, pois o poder público não se faz presente na região, deixando o bairro exposto aos problemas como ônibus parado em fila dupla ou nas calçadas, vendedores ambulantes, carros estacionados em locais proibidos e desordem no trânsito. QUANTIDADE DE ÔNIBUS EM SÃO CONRADO INCOMODA Jornal O Globo (Globo Barra) de 29 de agosto de 2013. Matéria denuncia os pontos finais de ônibus instalados em São Conrado e que ficam em cima das calçadas. A reportagem também fala do uso de espaço público pelos rodoviários, alguns como sanitário. Mostra que os ônibus são de outros bairros e não podem fazer ponto final aqui. O Decreto da Prefeitura é um absurdo, São Conrado não quer virar uma grande rodoviária. COLUNA MÍDIA COMUNIDADE - ELEF ANTE BRANCO NÃO! Jornal do Brasil Online de 20 de agosto de 2013. O artigo fala que a Rocinha, que se destaca com a maior favela da América Latina e que possui cerca de 200 mil moradores, convivem diariamente com um grave problema, a falta total de saneamento. O articulista, que também é morador da comunidade, revela que o esgoto invade as casas próximas ou sobre as valas sem tratamento ou canalização. Todo o esgoto é despejado na praia de São Conrado. Segundo ele, muitas das casas “cubículos”, que sequer tem uma janela, fazem com que a taxa de tuberculose aumentem. A grande batalha nos últimos meses é de ser contra a instalação de um teleférico previsto no P AC 2, apelidado como “elefante branco”. Com o investimento de R$ 700 milhões, daria para construir o plano inclinado, que estava previsto no plano diretor da Rocinha e ainda sobraria verba para resolver a maior prioridade da comunidade, o saneamento básico. TRAUMATO-ORTOPEDIA NEUROLOGIA / REUMATOLOGIA ESTÉTICA / RPG ACUPUNTURA / SHIATSU Convênios: CAMPERJ e CABERJ Galeria 847 - Estrada da Gávea, 847 - 112 3204-7154 / 9976-1828

[close]

p. 4

JUL AGO SET - 2013 INFORME SÃO CONRADO 04 PREFEITURA TRANSFORMA SÃO CONRADO EM RODOVIÁRIA C ausou-nos estranheza a quantidade de ônibus parados nas calçadas da Avenida Aquarela do Brasil e da passagem subterrânea do Hotel Nacional. Só na Aquarela do Brasil, em uma tarde, havia mais de 15 veículos. Para nossa maior perplexidade, fomos surpreendidos com uma notícia do jornal O Globo, veiculada no dia 6 de agosto, informando que algumas linhas de ônibus extintas foram substituídas e que as novas linhas contariam com uma frota três vezes maior, tornando a Avenida Aquarela do Brasil uma verdadeira rodoviária da Rocinha e do Vidigal. Encontramos no Diário Oficial o Decreto nº 37.392, que cria as linhas 535, 536, 537, 538 e 539, todas com pontos finais em São Conrado, mas destinadas a atender à Rocinha e ao Vidigal. Comunicamos ao Secretário Municipal de Transportes, Carlos Osório, que os moradores de São Conrado representados legalmente pela Amasco não foram ouvidos em nenhum momento sobre a questão. Repudiamos totalmente a maneira como são conduzidas as decisões da Secretaria e da Prefeitura em relação ao espaço público em nosso bairro, em benefício de regiões adjacentes. Levamos anos para equacionar o transporte de vans em São Conrado, que causava grandes transtornos de desordem urbana e de trânsito no bairro. Agora, não podemos concordar com essa nova situação. A Avenida Aquarela do Brasil foi urbanizada e não permite estacionamentos irregulares, principalmente na pista ao lado do canal de esgoto paralelo à via, onde é proibido estacionar. A enorme quantidade de ônibus na Aquarela do Brasil está levando os motoristas a estacionarem em cima das calçadas, causando destruição e atrapalhando o trânsito. Além disso, os ônibus sobre as calçadas bloqueiam as portarias dos edifícios da avenida. Enquanto isso, os motoristas almoçam tranquilamente ao lado dos veículos. Diante dessa situação gravíssima, solicitamos ao Secretário, com máxima urgência, outra solução que não a colocação de uma enorme frota nas ruas de São Conrado. Exigimos a eliminação dos pontos finais de ônibus criados na Avenida Aquarela do Brasil e na estreita passagem sob o Hotel Nacional e a mínima concentração de ônibus parados no bairro. Pedimos, ainda, a suspensão de qualquer decreto que crie pontos finais de ônibus em São Conrado. Até o fechamento desta edição, estávamos preparando uma medida cautelar contra a Prefeitura, para dar entrada no Ministério Público. Ônibus em cima da calçada, na Av. Aquarela Ponto final sob passagem do Hotel Nacional Escola Mater Colégio São Conrado 31 anos ão caç em Edu “Formando Pessoas” CARLOS FERNANDO HÁ 20 ANOS NO MERCADO IMOBILÁRIO. ASSESSORIA JURÍDICA, VENDAS, LOCAÇÕES E AVALIACÕES. Da Educação Infantil ao Ensino Médio Prepara para o Vestibular com excelente resultado comprovado SÃO CONRADO BARRA DA TIJUCA ZONA SUL Rua Eng. Álvaro Niemeyer, 126 - São Conrado Tel. 3322 3821 e Tel Fax. 3322 1058 e-mail: mater@veloxmail.com.br www.colegiosaoconradomater.com.br SITE.: www.carlosfernandoimoveis.com.br 9973 8207 - 7877 9543

[close]

p. 5

05 INFORME SÃO CONRADO JUL AGO SET - 2013 AMASCO amasco@amasco.org.br responde deveria haver uma representação judicial para se fechar esse absurdo. Ninguém faz nada e o barulho continua. Pede que a Amasco tome alguma providencia. Resposta: A Amasco já comunicou a todas as autoridades esse grave problema. Temos tido contatos permanentes com representantes da Escola e com alguns patrocinadores desses eventos na busca de patrocínio para executar o projeto de tratamento acústico. Esperamos ter sucesso nessa luta, queremos trazer de volta a tranquilidade e o sossego de uma boa noite de sono aos nossos moradores. A representação judicial pode sim, ser utilizada futuramente. Resposta: O projeto para instalação dessas lombadas já está pronto. Estivemos na CETRio recentemente e eles estão impedidos, momentaneamente, de fazer essas implantações devido as intervenções que serão realizadas pelo Metrô e pelo Estado em relação a saneamento da praia. Pergunta: Moradora diz que árvore plantada na calçada, em frente ao edifício em que ela mora, caiu em cima de seu carro causando grandes danos. Pergunta quem é o responsável pelas árvores o prédio ou a prefeitura? Resposta: Segundo informações obtidas junto a FPJ, árvores são de responsabilidade da COMLURB, conforme Decreto Municipal 28.981 de 31/01/2008. Pergunta: Morador solicita empenho da Amasco para solucionar o problema da prática de skate na Avenida Prefeito Mendes de Moraes, sem nenhuma norma de proteção ou segurança, colocando em risco a vida dos praticantes e dos motoristas. Resposta: Já comunicamos as autoridades competentes e aparentemente a situação tem piorado. Estamos tentando parcerias, até com a própria Prefeitura, no sentido de construir uma pista de skate no deck da praia, em frente ao Hotel Nacional, para alocar os praticantes desse esporte e tirando-os da rua. Pergunta: Moradores perguntam quando serão colocadas lombadas na Avenida Aquarela do Brasil e na Avenida Niemeyer, em frente aos números 750 e 925? Os carros que saem dos edifícios na Aquarela e os que entram na curva fechada da Niemeyer correm sérios riscos de novos acidentes devido à alta velocidade dos veículos que trafegam por essas vias. Já aconteceram diversos acidentes. Pergunta: Morador do Leblon, diz através do Facebook da AMASCO, que passa diariamente pela Autoestrada Lagoa-Barra em direção à Barra e que gostaria de saber se podemos solicitar a Cet-Rio a colocação de barreiras (sonorizadores) no acostamento ao longo da cerca do Gávea Golfe, na pista sentido Gávea. Diz que os carros e ônibus que passam por ali trafegam em alta velocidade, colocando em risco o uso do acostamento. Coloco-se à disposição para solicitar à subprefeitura ou à CETRio que acredita ser os responsável pela colocação das barreiras. Resposta: Afirmamos que a solicitação é pertinente e que a Amasco vai encaminhar a solicitação à CETRio. OBRAS DE SANEAMENTO canteiro montado na Praça de São Conrado faz parte do início das obras de saneamento da praia, dentro do projeto Sena Limpa do Estado. Será implantada uma galeria de cintura de drenagem da praia, tramo canoas, e de captação em tempo seco, nos Rios Canoas e Pires. A galeria vai captar todas as saídas de águas da praia, evitando assim, as pequenas línguas que mancham nossa praia. Toda captação será direcionada para costão da Niemeyer e também para estação de bombeamento na Niemeyer. O Pergunta: Morador protesta contra barulho ensurdecedor na Escola de Samba da Rocinha e diz que todos os finais de semana é um inferno. Diz que final de semana não se dorme em São Conrado, devido à falta de respeito que contraria a Lei do Silêncio. Fala que FARMÁCIA HOMEOPÁTICA A EXCELÊNCIA DA HOMEOPATIA AO SEU DISPOR. http://gianhomeopatia.blogspot.com ESTRADA DA GÁVEA, 847 Lj.107 (Galeria dos Correios) TEL: 3322.5884 TELEFAX: 3322-5004 FRANCÊS & INGLÊS - Aulas para todos os níveis/Conversação/Tradução - Métodos Tout va bien e Top Notch - Prof. com formação universitária no exterior Tel.: 9994.2560 EMAIL: aulasinglesfrances@gmail.com Apartamentos para venda e compra no Village e Green CHAVEIRO TRANK PORTAS LTDA. Corretora e Consultora Imobiliária CRECI/RJ: 053870 (21) 9991-1532 vvitoria2000@yahoo.com 24 Horas CHAVES NA HORA - TROCA DE SEGREDO Colocamos Fechaduras Papaiz - Doberman Trincos de Segurança - Olho Mágico CONSERTOS DE FECHADURAS 3322.7528 (Horário Comercial) e 7814.8889 ID-6678*20 Av. Almirante Álvaro Alberto em frente ao nº 100

[close]

p. 6

JUL AGO SET - 2013 INFORME SÃO CONRADO a Estivemos reunidos na Amasco com os representantes da Secretaria de Ordem Pública (SEOP) e da Guarda Municipal, na oportunidade apresentamos os problemas em relação ao trânsito, estacionamentos irregulares e comércio de ambulantes. Fizemos um mapa do bairro, com a marcação dos pontos mais problemáticos e que necessitam da presença do poder público. Em seguida, fizemos uma caminhada pelo bairro e mostramos todos os pontos marcados no mapa. a Mais uma vez nos reunidos com os representantes da Escola de Samba da Rocinha, tratando da implantação do projeto contra incêndio da quadra e da licença do Corpo de Bombeiros. Discutimos também alternativas para instalação do sistema de tratamento acústico, visando amenizar o problema do barulho que tanto atormenta os moradores de São Conrado. Posteriormente, tivemos uma reunião com um dos patrocinadores dos eventos, para que juntos, buscarmos parcerias a fim de custear esse tratamento. a Fizemos reunião com os moradores da Estrada da Gávea, Rua General Olimpio Mourão Filho, Rua Capuri e adjacências, quando tratamos, exclusivamente, da questão dos prédios que estavam projetados pelo P AC 2 e que seriam construídos em frente ao Supermercado Extra e ao Largo das Flores. Esses prédios receberiam moradores retirados de algumas áreas da Rocinha, onde 06 serão instalados mobiliários públicos, inclusive um teleférico. a Por fim, realizamos uma reunião no Hotel Royal Tulip onde o Dr. Ícaro Moreno, presidente da Empresa Municipal de Obras Públicas (EMOP) e a coordenadora do P ACSocial, Ruth Jurberg e seus técnicos, fizeram uma apresentação bastante elucidativa do projeto do P 2, com todas as intervenções AC de saneamento, do teleférico, da abertura de vias e da coleta de lixo. Em relação aos prédios questionados pela Amasco, por estarem projetados em área de proteção ambiental e de Relevante Interesse Ecológico, baseado na Lei Municipal, 3.693 de 04/12/2003, tanto o presidente da EMOP , quando a coordenadora do P AC-Social, foram incisivos e informaram que as edificações questionadas pela Amasco seriam retiradas do projeto. a Continuamos participando das reuniões do Conselho de Segurança da Zona Sul e também do Café Comunitário no 23º BPM, uma vez por mês, onde são tratados exclusivamente assuntos de segurança pública. a Temos reunião de diretoria todas às terçasfeiras, às 17h30, em nossa sede. São tratados assuntos relativos ao bairro e elaboradas ações e decisões a serem tomadas junto às autoridades na busca por melhorias para São Conrado. Juntem-se à nossa frente de batalha e seja um associado da AMASCO. a Estivemos por duas vezes reunidos com a Rio-Águas, na presença do engenheiro Paulo Fonseca para tratarmos dos projetos de saneamento de São Conrado, da recuperação do deck da praia, das obras de recuperação da galeria de cintura sob o deck e da possível criação de rampa para praticantes de skate, tirando os skatistas das ruas do bairro, onde os riscos de atropelamentos são iminentes. a Nos reunimos com o Dr. Ícaro Moreno, presidente da Empresa Municipal de Obras Públicas (EMOP) para tratarmos de assuntos relativos ao P AC 2 da Rocinha, com intervenções que podem afetar o bairro de São Conrado. Levamos ao seu conhecimento a nossa preocupação com a construção de prédios em área não permitida por força de lei. a Fizemos reunião com a engenheira Marcia Santos da empreiteira SENIC, responsável pelas obras de saneamento em São Conrado, com intervenções na Avenida Niemeyer. Solicitamos a iluminação do corredor para pedestres e a colocação de vigia à noite. ESCLARECIMENTOS SOBRE O P AC 2 DA ROCINHA N o dia 9 de junho deste ano, estivemos na biblioteca da Rocinha para assistir à apresentação do projeto do Programa de Aceleração do Crescimento P AC 2, feita pelo Governo do Estado. O evento contou com a presença do vicegovernador Pezão e foi coordenado pelo presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro - EMOP Ícaro Moreno , Junior, assessorado por suas arquitetas. O material sobre o P AC 2 - previsto para ficar disponível no site da EMOP após apresentação à presidente Dilma - mostrou como seria o saneamento, a urbanização e o polêmico teleférico da Rocinha. Uma importante afirmação por parte de toda a equipe presente na ocasião foi que o projeto não estava fechado e que havia ainda muito debate a respeito. Quando a Amasco questionou a ordem cronológica das etapas do programa, o Dr. Ícaro e sua equipe confirmaram que 100% do saneamento e da urbanização seriam feitos antes da construção do teleférico. Na oportunidade, frisamos a importância da participação de São Conrado na discussão do projeto. Passados 30 dias da apresentação, quando acessamos o material, tivemos um grande choque ao constatar que o projeto previa a construção de conjuntos habitacionais em áreas pertencentes ao bairro de São Conrado. Alguns moradores da Rocinha seriam realocados em São Conrado, para a construção das estações do teleférico e de outros mobiliários públicos. Na apresentação, não foi possível observar estas construções. Só após ter acesso ao material, constatamos esse absurdo e o total descaso do poder público com os cidadãos de São Conrado. Não houve sequer um contato do governo com a Amasco sobre a possibilidade dessas construções. Afinal, temos trabalhado lado a lado com o governo nessa importante realização que é a urbanização da Rocinha. A Rocinha urbanizada e humanizada é também de suma importância para São Conrado. O absurdo projetado compreendia: o conjunto de quatro prédios em frente ao supermercado Extra, na Estrada da Gávea, ao lado da futura estação do metrô; dois prédios em frente ao Largo das Flores, antes da boate Emoções; quatro prédios em frente à Emoções; e seis prédios atrás do CIEP Ayrton Senna, junto à favela da Matinha, que certamente se unirá à Rocinha, oficializando a Rocinha 2. Caso os prédios atrás do CIEP sejam construídos, estarão próximos à entrada do túnel Zuzu Angel, o que colocaria em risco permanente os acessos ao túnel, além de fazer a ligação da Rocinha atual com a nova Rocinha. Isso seria o caos total. Que fique bem claro que não somos contra o teleférico. Mas, no momento, o saneamento básico da Rocinha com a canalização do esgoto e o recolhimento do lixo residencial é mais importante e urgente do que qualquer outro projeto. Se o Estado quer construir o teleférico e precisa de espaço para isso, tem a obrigação de realocar essas pessoas em outras áreas, dentro da própria comunidade. Realizamos, no dia 10 de setembro, no Hotel Royal Tulip, uma nova apresentação do P 2, AC feita novamente pelo presidente da EMOP , Ícaro Moreno Junior, e pela coordenadora do P AC-Social, Ruth Jurberg, mostrando com lucidez e firmeza o projeto e seu envolvimento no bairro de São Conrado. Ficou bem claro nessa apresentação o posicionamento oficial dos moradores de São Conrado contra essas construções, que trarão, sem dúvida, uma enorme desvalorização aos imóveis do bairro, tributados com um dos IPTU mais caros da cidade. E, como ainda existem servidores pensantes e de bom senso, que sabem que estamos com a razão, os representantes do Estado afirmaram que as construções em evidência, na Estrada da Gávea, em frente ao supermercado Extra e ao Largo das Flores, já estavam canceladas e seriam retiradas do projeto. Site da Amasco de cara nova ESPAÇO ROYAL TULIP TÊNIS E PILATES - PROFESSORES ESPECIALIZADOS QUADRAS DE ALUGUEL Ø Mais interatividade, vídeos, enquete, galeria de fotos, informação e muito mais! TELS. 3323.2286 - 8282.8682

[close]

p. 7

07 INFORME SÃO CONRADO JUL AGO SET - 2013 você s abia ? Ä Que: Conforme decreto municipal, os imóveis, acima de três unidades estarão obrigados a fazer AUTOVISTORIA a cada cinco anos? estabilidade e segurança e garantir a execução das medidas reparadoras. Em conformidade com o decreto, o responsável pelo edifício deverá contratar engenheiro, arquiteto ou empresa, habilitados em seus respectivos Conselhos Profissionais, que irá elaborar um laudo técnico atestando as reais condições de conservação, estabilidade e segurança. Após a emissão do laudo confirmando as condições adequadas do imóvel, o responsável deverá enviar as informações à Secretaria Municipal de Urbanismo, mediante o preenchimento de formulário, disponível no site: www.rio.rj.gov.br/web/autovistoria. Validado o laudo pelos Conselhos Profissionais, o responsável pelo edifício que o cadastrou receberá um email de confirmação. Caso o laudo não seja validado, será cadastrada uma não conformidade e o responsável será notificado. A Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (ABADI) participou ativamente do processo de regulamentação, com a visão de sempre proteger os condomínios. Ä Que: Existe um Centro de Pesquisa de Osteoporose/CCBR - Brasil superorganizado, limpo e totalmente gratuito? O tratamento é feito com calcitonina de salmão para a perda óssea nas mulheres, pós-menopausa, através de exames, consultas, lanche e total acompanhamento médico periódico. Só pode ser feito em mulheres a partir de 65 anos. Fica na Rua Mena Barreto, 33 Botafogo. Mais informações através dos telefones: 2527-7979 - 2537-8221. O tratamento dura três anos, com consultas e remédios grátis. Ä Que: A Lei Orgânica no seu Artigo 403 diz que o órgão responsável pelo planejamento, operação e execução do controle do trânsito consultará as e n t i d a d e s r e p r e s e n t a t i va s d a comunidade local, sempre que houver alteração significativa do trânsito na sua região? Foi publicado no dia 12/07/2013, no Diário Oficial, o Decreto nº 37.426 de 11/07/2013, que regulamenta a Lei Estadual nº 6.400/2013 e a Lei Complementar Municipal nº 126/2013, as quais informam sobre a autovistoria nas edificações. De acordo com o texto, a determinação obriga responsáveis pelos edifícios, sejam eles síndicos, administradores, proprietários ou ocupantes do imóvel, a contratarem engenheiros, arquitetos ou empresas para realizarem laudos sobre o estado do imóvel. O resultado da p r i m e i r a a u t o vi s t o r i a d e v e s e r comunicado ao município até 1º de janeiro de 2014. Após essa data, o mesmo processo deve ser repetido no máximo a cada cinco anos, para verificar a s c o n d i ç õ e s d e c o n s e r va ç ã o , HÁ 33 ANOS EM SÃO CONRADO BERÇÁRIO, EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Espaço privilegiado e ambiente cuidadosamente preparado para despertar o prazer e a responsabilidade de aprender. Estrada da Gávea, 722 Tel. 3322-0021 | 3322-1794 | 3322-0157 saoconrado@carolinapatricio.com.br www.escolacarolinapatricio.com.br

[close]

p. 8

Após a ótima reunião realizada com a Guarda Municipal e a Secretaria de Ordem Pública, temos percebido e visto uma atuação mais constante da GM no bairro. É sensível a vigilância no trânsito, no comércio ambulante e no estacionamento irregular de veículos. Esperamos e torcemos por esta continuidade. Curtas de forma subterrânea. A rede aérea sofre muito com a vegetação em dias de chuva e vento. Esse mesmo problema ocorre na Estrada da Canoa. transtorno aos moradores de São Conrado devido ao barulho que vara a madrugada. Solicitamos aos patrocinadores que marquem uma reunião com as partes envolvidas, nesse caso a Escola, a Amasco e os promoters dos eventos, a fim de buscarmos a l t e r n a t i va s e p a r c e r i a s p a r a implantação de sistema acústico. As reclamações em relação ao estacionamento irregular de ônibus na Avenida Aquarela do Brasil tem aumentado muito. O amontoado de ônibus em frente à obra da construtora João Fortes prejudica o fluxo de veículos. As calçadas estão destruídas! Se cair um ônibus no canal não será surpresa. Alô Secretaria de Transportes, cadê vocês? Temos recebido muitas reclamações em relação à casa de materiais de construção localizada na Estrada da Gávea 648, que colocou uma corrente na calçada, demarcando as vagas de estacionamento para seus clientes. A reclamação é que essa atitude prejudica a passagem de pedestres e não deixa que outras pessoas estacionem no local. Alô Prefeitura e GM, isso é legal? Comunicamos aos órgãos da Prefeitura a prática perigosa de skate nas Avenidas de São Conrado, onde o trânsito e constante e de velocidade. Os praticantes não respeitam as sinalizações e nem o movimento de veículos. A probabilidade de uma vitima fatal é enorme. Estamos buscando alternativas para construção de uma rampa, em local apropriado, numa tentativa de tirar esses esportistas das ruas. Segundo moradores da Estrada do Joá, as quedas no fornecimento de energia elétrica têm sido frequentes. Eles acreditam que seria necessário que a LIGHT faça uma nova rede nessa área e Nós já alertamos aos patrocinadores dos eventos na Escola de Samba da Rocinha que eles estão tendo uma grande baixa em sua imagem pública, pois esses eventos causam grande “Quando não se tem mais nada a perder só se tem a ganhar”. (Caio Fernando Abreu, escritor) CANTEIRO E CANTEIRO A SILÊNCIOSA CAMINHADA DO VIDIGAL Vidigal Ladeira das Yucas E nquanto o Fashion Mall tem o maior zelo por seus canteiros no entorno do shopping, como visto na foto acima, a Prefeitura abandona os canteiros que deveria manter e zelar, como visto na foto abaixo. Alô Prefeitura! Vamos dar uma passadinha na Rua Amandino de Carvalho e recuperar o canteiro em questão? É crescimento do Vidigal, em direção as casas da Ladeira cada vez maior o número de informações sobre o das Yucas. Há anos, a Amasco solicita providências por parte da Prefeitura, mas sem nenhum sucesso. O prefeito Eduardo Paes, na época que ainda era subprefeito da Barra da Tijuca, nos disse que faria uma cerca verde com embaúbas prateadas a fim de conter esse crescimento. Pois bem, ele se tornou Secretário Municipal de Meio Ambiente e nada fez. Agora como Prefeito, também nada faz. Recentemente, tornamos a enviar e-mail ao Prefeito relatando que a situação piora visualmente a cada dia, e nenhuma resposta tivemos até a presente data. E aí Prefeito? Será que dá para o Senhor dar uma olhadinha no Vidigal e ver o que está acontecendo? Depois não adianta chorar o leite derramado.

[close]

Comments

no comments yet