Edição 699

 

Embed or link this publication

Description

Última publicação

Popular Pages


p. 1

21/09/2013 - Edição 699 Página 1 Diretor Responsável: Homero T. Tranquilli - CNPJ: 09573449/0001-13 - Cajuru, Sábado, 21/09/2013 - Ano 14 - N.° 699 Semanal - Distribuição Gratuita / Assinantes Benefícios para Funcionários e Munícipes estão nas mãos dos Procuradores Jurídicos da Prefeitura Entre eles: Aumento no Cartão-Alimentação e Revisão dos Salários Professores participam de palestra sobre Meio Ambiente (Foto: Claudio Oliveira/EPTV) Morte em Apuração Mulher é encontrada sem vida ESF Cohab discute os perigos da automedicação

[close]

p. 2

Página 2 Edição 699- 21/09/2013 SINAPSE Dependência Permitida Simpósio de Neurociências da UFMG reuniu pesquisadores para debater implicações das drogas na sociedade. Uma delas, o álcool é aceito socialmente, mas gera graves danos ao cérebro trânsito”, explica o especia- res da Região Centro-Sul de Política Pública e Prejuízo lista. Campos alerta que, à BH dirigiram com algum ínmedida que os níveis de dice de álcool no sangue. Individual alcoolemia aumentam, há Entre eles, 19% estavam tendência de o condutor não usar o cinto de segurança e ainda dirigir em alta velocidade. “Assim, o risco de envolvimento em acidente fatal para um motorista adulto com concentração de álcool no sangue entre 0,5 e 0,9 g/l é nove vezes mais alto do que o motorista que não fez uso de álcool. Entre motociclistas com esses níveis de alcoolemia o risco é 40 vezes maior”, aponta. Segundo ele, as pesquisas mais recentes têm mostrado que não existe nível de alcoolemia seguro para quem vai dirigir. Foi a situação alarmante que o motivou a desenvolver uma pesquisa para mensurar os efeitos da combinação bebida x volante, antes e depois da aplicação da Lei Seca. Parte dos resultados foi apresentado no simpósio. Inicialmente desenvolvida em Diadema, no interior de São Paulo, devido aos altos índices de homicídios e criminalidade associados ao uso de bebida alcoólica por lá, a metodologia capaz de sistematizar os efeitos da bebida nos motoristas chegou a Minas quando Valdir Campos resolveu pensar em algo semelhante para o estado. O apoio governamental lhe possibilitou, na ocasião, ir a campo com uma metodologia parecida a que, atualmente, é usada durante as operações da Lei Seca. Foram instalados postos de fiscalização de sobriedade e entrevistados mil motoristas na Região Centro-Sul da capital. Os primeiros resultados assustaram. TOLERÂNCIA ZERO A pesquisa realizada entre 2005 e 2006, antes da Lei Seca, constatou que 38% dos condutocom índices acima do permitido, que era então 0,6 grama de álcool por litro de sangue. Hoje a tolerância é zero. Os dados revelaram também que mais da metade tinha entre 18 e 30 anos. Após a implantação da Lei Seca, os pesquisadores voltaram às ruas, desta vez para uma nova pesquisa na capital com outros 1.575 entrevistados e ainda para propor um plano amostral no estado, nas dez regiões geográficas, em cidades polo, também com 1.575 pessoas. Os resultados voltaram a chamar atenção. No levantamento feito entre 2005 e 2009, período que coincide com a implantação da nova lei (de 2008), constatou-se que houve redução de 50% dos índices dos que dirigiam alcoolizados nos finais de semana. O estudo, até então inédito, gerou o livro e, segundo Campos, poderá servir, de agora em diante, para orientar a elaboração de políticas públicas e medidas estratégicas de diminuição do número de pessoas que ainda dirigem alcoolizadas em Minas. “A intenção é que os dados não sejam esquecidos no livro. O objetivo é disseminar o c o n h e c i m e n t o acadêmico para outros públicos para que possa entender a questão.” Segundo ele, o maior problema em BH foi na Região do Barreiro, onde 27% das pessoas apresentavam teste positivo no bafômetro. A cidade que apresentou os maiores índices em Minas foi em Uberlândia, onde 34% das pessoas dirigiam alcoolizadas. Diante dos dados, o especialista afirma que a lei é o pontapé inicial para se implementar uma política pública. Mas ainda não é suficiente. Para ele, a fiscalização e, principalmente a punição rápida, é que são medidas efetivas. “Não deveria demorar tanto quanto hoje, pois favorece a impunidade. A lei brasileira é boa, muito rígida, mas a aplicação demora. Se houvesse perda de licença para dirigir com mais rapidez, os resultados seriam rápidos”, sugere. A maior discussão, quando se pensa em substâncias que causam dependência química, não é, de acordo com Valmir Campos, se é lícita ou não, mas o prejuízo individual e coletivo provocado na sociedade. Outro ponto que o incomoda é como até o governo, é condescendente com drogas, como a bebida. “Estamos prestes a realizar a Copa do Mundo, temos um Estatuto do Torcedor, que proíbe a venda nos estágios. Mesmo assim, o país abriu exceção para a Fifa vender nos estádios atendendo uma indústria que teve rendimento no ano passado maior do que a Petrobras.” E o especialista vai além: “O país abriu mão da soberania para poder vender bebida. Enquanto damos uma nota 10 para a política de prevenção do uso de tabaco, que conseguiu reduzir os índices de pessoas doentes, já em relação à bebida, por causa do lobby intenso das indústrias que migraram para os países em desenvolvimento para persuadir as pessoas por aqui, a nota é três. Em termos de prevenção, estamos ainda na infância”, lamenta. O uso e abuso de drogas é um assunto polêmico, por vezes tratado como um tabu em nossa sociedade e com diversas implicações tanto na vida do usuário quanto da comunidade em torno do dependente químico. Cerca de 1,5 mil pesquisadores de diversas partes do Brasil se reuniram em Belo Horizonte até dia 15 de setembro, durante o 7o Simpósio Internacional de Neurociências da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), para difundir as pesquisas mais atuais de prevenção e tratamento. Do chá do santo-daime (ayahuasca), passando por drogas como o crack e a maconha, as discussões abriram espaço para drogas socialmente aceitas, como o álcool. “O tema central é a dependência química. O enfoque foi terapêutico, a pesquisa básica, clínica e prevenção”, explica Ângela Ribeiro, coordenadora do evento, que debateu também a síndrome do pânico e outros temas. Enquanto o tabaco, nos últimos anos, teve as propagandas proibidas no Brasil, saiu da mídia, passou por impedimentos legais e o consumo foi reduzido, a bebida vive situação inversa. Associada ao bem-estar, ao esporte e à alegria, tem sido assunto no horário nobre na televisão e demais meios de comunicação com ações agressivas de marketing. “Pode tudo”, alerta o psiquiatra mineiro e especialista em dependência química Valdir Campos, um dos convidados do simpósio. Ele é autor do livro Álcool e direção – Beber e dirigir em Minas Gerais – Diretrizes para uma política pública. A publicação apresenta um levantamento inédito desenvolvido entre 2005 e 2009 sobre os efeitos devastadores da mistura da bebida com o volante. Ao ser ingerido, o álcool é absorvido pelo trato gastrointestinal entre 30 e 90 minutos e atinge a concentração máxima na corrente sanguínea, sendo, em seguida, distribuído por todo o organismo. Acumula-se, principalmente no cérebro, pulmão e rins. Dependendo de alguns fatores, como gênero, peso corporal, temperatura, alimentos ingeridos juntamente com o álcool, provoca prejuízos no desempenho do condutor, como ao frear, mudar de faixa ou tomar uma decisão. A situação pode ocorrer a partir de 0,2 g/l ingerido, o que corresponde, por exemplo, ao consumo de um copo de cerveja. “Com esse nível de alcoolemia o condutor tem o risco dobrado de se envolver em acidentes de Fonte : http://www.uniad.org.br/desenvolvimento/ Caderno de Ciências do Jornal Estado de Minas - Sérgio Rodrigo Reis Apôio: Saúde Mental - AMBULATÓRIO “dona Fifia” – fone 16-3667 9962

[close]

p. 3

21/09/2013 - Edição 699 Página 3 ACONTECE CIDADE CIDADE Secretaria da Saúde distribui Kits de próteses mamárias externas Pensando na autoestima das pacientes acometidas pelo câncer mamário e que foram submetidas à mastectomia, a Secretaria Municipal da Saúde aderiu ao projeto “Amigas do Peito” e distribuiu kits contendo um sutiã e uma ou duas próteses (conforme o caso de cada uma). A entrega foi realizada na própria Secretaria, no dia 19, a oito pacientes. A adesão ao “Amigas do Peito” partiu da secretária da Saúde Patrícia Bícego, que ao tomar conhecimento do projeto, buscou informações e conseguiu trazer esse benefício para nosso município. “O processo foi bem simples, as pacientes experimentaram as próteses para definir o tamanho certo e logo elas foram confeccionadas e nesta semana estamos entregando”, explica. O processo pode ter sido simples, mas a ação é grandiosa, vista por quem recebeu a prótese e a atenção e carinho da equipe de saúde. Benefícios para Funcionários e Munícipes estão nas mãos dos Procuradores Jurídicos da Prefeitura Entre eles: Aumento no Cartão-Alimentação e Revisão dos Salários Por ação judicial, a Prefeitura Municipal de Cajuru teve que interromper o contrato de prestação de serviços jurídicos e, segundo a ação, passar a definir os projetos e demais casos jurídicos através dos procuradores jurídicos municipais, que são os doutores Luís Guerzoni e Silvio Teotônio. Sem a referida assessoria jurídica, os processos foram encaminhados aos procuradores municipais e aguardam posicionamento , s e n d o eles: 1)Aditamento (continuação) do cartão-alimentação Verocheque; 2)Aumento de R$ 50,00 no cartão-alimentação Verocheque (passando para R$300,00); 3) Projeto de Lei que revisa o salário dos funcionários públicos em 1%, sendo este retroativo ao mês de março de 2013; 4)Aditamento da Creche no bairro Três Marias, no valor de R$ 120 mil, parcelados; 5)Aditamento da Editora Positivo (apostilas para atender a nova demanda, que conta com mais alunos); 6)Projeto para desapropriação de casa junto a Creche Raul Carneiro, para ampliação da unidade escolar; 7)Aditamento para reforma de caminhão; 8)Promulgação da Lei da Ficha Limpa (que cobra dos comissionados a apresentação da certidão negativa). À Saber: Na administração passada a Prefeitura contava (além dos procuradores), com duas assessorias jurídicas: Miranda Rodrigues Palavéri e Machado advogados (convite 76/2012, no valor de R$ 60.000,00) e Fregnani Silva Advogados Associados (convite 30/ 2012 no valor de R$ 64.350,00). NEGOCIOS E OPOR TUNIDADES OPORTUNID TUNIDADES VENDE-SE Casa nova, No Jardim 3 Marias 64 m². Tratar 99276-5140 com Márcio. VENDE-SE Chácara, condomínio Big Valley. Ótima casa com piscina. Tratar 36672739 ou 99237-5975. VENDE-SE Maquina a gasolina da Still Motor 85 Hp para panhar café e roçar grama somente um mês de uso com 8 meses de garantia do fabricante, nova. VENDE-SE um corsa Sedan Classie, prata 2004/ 2005. Tratar: 99386-8452. ALUGA-SE um apartamento no 1° andar do Edifício ANTARES pelo preço de R$ 500,00 mensais. Tratar pelo telefone 3667-1520. VENDE-SE Terreno com mais de 500 m2. Ótima localização, Av. Getúlio Vargas, bairro cruzeiro, com toda infra estrutura, R$ 130.000,00 total, ou, metade com barracão R$ 80.000,00 e outra metade R$ 60.000,00, 27 m2 de profundidade. Tratar (16) 3011-4553 / 8805-1521 / 9963-0837 Lourival Cippiciani.

[close]

p. 4

Página 4 Edição 699- 21/09/2013

[close]

p. 5

21/09/2013 - Edição 699 Página 5 ACONTECE CIDADE CIDADE Congresso apresenta regulamento do Campeonato Municipal de Futebol de Campo Campeonato terá início no dia 29, no Estádio “Dr. Guião” Na última segunda-feira,16, , ás 19h30 na Casa da Cultura, o secretário de Esportes Sr. Luciano Antônio da Silva promoveu o Congresso onde foram apresentados o regulamento técnico da competição, o Código Disciplinar , a comissão Organizadora e realizada a primeira reunião de constituição da Comissão Disciplinar Esportiva. Na sequencia foi realizado o sorteio das equipes e a montagem da tabela dos jogos. A realização do congresso, segundo os participantes, foi muito positiva possibilitando o entendimento do regulamento e esclarecendo as dúvidas quanto à parte técnica e mostrando que o sucesso da competição depende da responsabilidade e do comprometimento dos técnicos das equipes. O Campeonato terá início mo dia 29 de setembro (domingo), às 8h00, no estádio “Dr. Guião”. “O regulamento e as tabelas encontram-se no site da prefeitura municipal de Cajuru”. Bailão marca encontro da ESF Piscina com idosos do bairro Na quarta-feira (18), a Estratégia saúde da Família do bairro Piscina promoveu mais um encontro recreativo com os idosos, no Clube Recanto da Amizade. Para proporcionar bem-estar físico e mental, a ESF convidou integrantes da Casa da Cultura para participar de um “bailão”. Durante a tarde, os senhores e senhoras dançaram com a equipe da Cultura e o arrasta-pé agradou.Finalizando, foi servido um lanche natural, com muita fruta e suco, mais um incentivo para manter uma vida saudável. Secretaria Municipal de Esporte Cultura e Turismo Cronograma De eventos Definidos para o Segundo Semestre 2013 Setembro 15/09- Encontro de Capoeira Regional 20/09-Segunda Apresentação do Projeto Cinema na Praça. 29/09 – Abertura do Campeonato Municipal de Futebol de Campo Adulto e Festival para os alunos da Escolinha de futebol (Estádio Dr. Guião). Novembro 03/11-1°- Ciclo Turismo Regional de Cajuru. “Turismo feito de bicicleta, evento para aproximadamente 300 a 500 ciclistas percurso de 55km“ 1°-Copa dos Campeões Regionais de Futsal. (Evento que realizaremos com a presença de equipes que conquistarão à Copa EPTV de Futebol de salão e da equipe de Cajuru) Outubro 03/10 - Presença do Atleta Olímpico de Tênis de Mesa Hugo Hoyama e outros atletas da Seleção. (Integração comosAlunos das Escolas no Ginásio de Esportes . 06/10- TerceiraApresentação do Projeto Cinema na Praça. 12/10- Comemoração do Dia da Criança. Evento “Criança na Praça “ 27/10-Sediaremosa13°Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo 2013. Realizada nos dias 11 e 12 de setembro em São Paulo, a Conferência Estadual de Cultura 2013 foi um momento para discussão e debate de políticas e ações culturais a serem desenvolvidas nos próximos anos. O evento, organizado pela Secretaria de Estado da Cultura, teve como participantes os delegados eleitos nas Conferências Municipais e Intermunicipais de Cultura e dirigentes culturais. Cajuru foi representada pelo Diretor de Cultura Xoxim, eleito Delegado Civil de Cultura de nossa cidade. A Conferência Estadual de Cultura é etapa integrante da 3º Conferência Nacional de Cultura e seguirá o tema instituído nacionalmente – Uma Política de Estado para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura, na organização da gestão e no de- Conferencia Estadual de Cultura 2013 *** “Semana Cultural” Dezembro 1°- Corrida de Rua Regional. Comemoração do Natal (Este evento será a integração dos projetos de Dança de Rua, Balé Municipal, Banda Municipal, Fanfarra Municipal, Coral e Projeto Guri ) JDSS EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA – RESIDENCIAL SÃO LUIZ torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação de Loteamento N° 04000098, à AV JOÃO GREGÓRIO DA SILVA, S/N, CENTRO, CAJURU. senvolvimento da cultura brasileira. Este tema central, dividido em eixos e subeixos temáticos,orientou todas as discussões durante toda a Conferência Estadual. O resultado desse encontro foia definição das propostas a serem levadas à Conferência Nacional de Cultura, que acontece de 26 a 29 de novembro em Brasília, e também dos delegados representantes do Estado. Nessa Conferencia, o Diretor de Cultura teve contato com o secretário de estado da Cultura Marcos Mattos Araújo (na foto, juntamente com o vice-prefeito de São Simão Adauto Reis) e delegados de outros municípios, com os quais poderá programar eventos regionais.

[close]

p. 6

Página 6 Edição 699- 21/09/2013

[close]

p. 7

21/09/2013 - Edição 699 Página 7 INFORMATIVO INFORMATIV TIVO Pedra por Pedra Bom dia pessoal. A nossa Cajuru está crescendo dia-a-dia, o progresso chega e a cidade cresce cada vez mais. São muitos aqueles que ajudaram na construção da cidade, e hoje especialmente quero lembrar de um cidadão cajuruense que ajudou e muito, na construção e no progresso de Cajuru, falo do saudoso senhor Gisberto Segantini, que por mais de três décadas trabalhou na nossa Prefeitura e literalmente construiu Cajuru, pois durante todos esses anos, seu Gisberto calçou as nossas ruas com as pedras de paralelepípedos, um trabalho artesanal, um trabalho de paciência, um trabalho de artista. Vamos aqui nessa coluna, reconhecer e agradecer o belo trabalho feito por seu Gisberto nas nossas ruas, e agora com mutua justiça, uma rua do condomínio São Luis, vai se chamar rua Gisberto Segantini. Seu Gisberto foi casado com dona Maria dos Santos Segantini, deixou seis Filhos: Gisberto (do Correio), Rita de Cassia (do Hospital), Elisabeth, Adalberto (da fábrica de doces) e as gêmeas Elisete e Eliete e muitos netos. Passou seus últimos anos de vida em uma cadeira de rodas, consequência de um derrame cerebral, mas foi muito feliz e deixou uma família muito unida, um sempre ao lado do outro. Como as tantas ruas de paralelepípedos que construiu, seu Gisberto construiu a rua da sua família, uma rua sólida, unida e coberta com a benção de Deus. Obrigado seu Gisberto. Descanse em paz. Informativo da 16ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Cássia dos Coqueiros, realizada no dia 18/09/2013. EXPEDIENTEDODIA - Ata da 15ª Sessão Ordinária, realizada dia 04 de setembro do ano de 2013. -Oficio nº 289/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 22/ 2013. -Oficio nº 290/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 23/ 2013 - Oficio nº 291/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 18/ 2013. - Oficio nº 292/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 19/ 2013. - Oficio nº 293/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 20/ 2013. -Oficio nº 294/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 06 de setembro que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 21/ 2013. -Indicação nº 037/ 2013, de autoria do vereador Alfredo Bastos que solicita que seja alterado a referencia salarial do cargo de fisioterapeuta, passando do grau 08, cujo vencimento é de R$ 1.100,00 para o grau 11, cujo vencimento é de R$ 1.550,00, em conformidade com o anexo VI, tabela I da Lei Complementar nº 774/ 2011. - Indicação nº 038/ 2013, de autoria do vereador Alfredo Bastos que solicita que seja alterado com urgência a referencia salarial dos trabalhadores que percebem seus vencimentos com base na tabela de grau 01 e 02, cujos vencimentos são de R$ 600,00 e R$ 650,00, muito abaixo do piso do salário mínimo nacional, o que não é permitido na legislação vigente. -Indicação nº 039/ 2013, de autoria do vereador João (CDHU) que solicita que seja recolocado a placa de identificação do nome da estrada vicinal que se inicia na Rodovia Coronel Narciso Ferreira (Asilo) ate o bairro Serrinha, cujo nome denominado é de Zilio Rosa Santana. - Indicação nº 040/ 2013, de autoria do vereador João (CDHU) que solicita que seja contratado em regime de urgência, três técnicos de enfermagem para laborarem no Centro de Saúde de Cássia dos Coqueiros. - Indicação nº 041/ 2013, de autoria do vereador João (CDHU) que solicita que seja adquirido com urgência uma ambulância para atender a população coqueirense. -Requerimento nº 025/2013, em regime de urgência, de autoria do vereador Alfredo Bastos que Solicita copia da Lei referente ao Projeto de Lei nº 12, datado de 13 de junho de 2000 que Dispõe sobre a criação e regulamentação do Distrito Industrial e do Programa de Desenvolvimento Industrial de Cássia dos Coqueiros, e dá outras providencias. APROVADO POR UNANIMIDADE -Requerimento nº 026/2013, em regime de urgência, de autoria do vereador Alfredo Bastos que Solicita a relação dos nomes das pessoas contempladas com lotes de terreno localizado no Distrito Industrial, onde se situa o parque Municipal de Exposições “Francisco Cochoni”, área esta paralela e confrontante a estrada Vicinal Narciso Ribeiro de Souza. APROVADO POR UNANIMIDADE -Oficio nº 174/2013 emitido pela SABESP, datado de 17 de setembro. ORDEM DO DIA Com Cristo No último final de semana aconteceu em Cajuru o sétimo encontro de jovens com Cristo, no qual minha filha Maria Eugenia participou. Quero antes de tudo agradecer a Deus e a através do Padre Gil, as centenas de pessoas que organizaram esse belo evento, que foi sem dúvida de grande valia para minha filha e para nossa família. Com certeza falo isso em nome dos 60 jovens participantes do evento e seus familiares e aconselho os jovens que não fizeram ainda esse encontro, que façam da próxima vez, pois é muito bom encontrar com Cristo. Obrigado mais uma vez. CAJURUENSE Seu Vitório é um comerciante aposentado, descendente de Japonês, natural da cidade Penápolis, e mora em nossa cidade há dez anos. Ele veio para Cajuru quando seu filho Cláudio, montou uma loja na praça de R$ 1,99 (Loja do Japa). O seu filho já não tem comércio aqui, mas seu Vitório continua morando aqui, juntamente com sua família. Pessoa educada, de bons costumes, seu Vitório juntamente com os amigos (entre eles, eu), costuma nos Domingos tomar uma cervejinha gelada no Kantão, onde numa mesa cheia de amigos (e cheia de cerveja também), tem muita conversa, muita risada, muita alegria e muita amizade entre todos. Seu Vitório, em nome dos nossos amigos da mesa, vamos lhe dar um verdadeiro título de cidadão Cajuruense, pela sua educação, simplicidade e por amar a nossa terra. Valeu seu Vitório, agora um cajuruense. Dos amigos: Marreta, Bolinha, Ademir Toseti, João Branca, Queco, Carlão, Fernando, Renato, Alessandro, Toninho (churrasqueiro), e eu também... SAUDADES Dias de tristeza para nossa cidade. Em um acidente na rodovia Cajuru-Ribeirão Preto perdemos a dona Zaida, mãe de cinco filhos, entre eles o nosso amigo Fabiano (Batata), que é diagramador desse Jornal. Também nesse dia perdemos o jovem Rodrigo, funcionário exemplar do Correio de Cajuru e filho do senhor João Paião e dona Jovenilha. Rodrigo iria se casar com a jovem Daiane, que estava no acidente, mas com a graça de Deus está se recuperando em Ribeirão Preto. Falo também de outro cajuruense que nos deixou, que foi o senhor José Monteiro, grande cidadão, homem extremamente educado, de grandes ideias, uma pessoa do bem, além de ser um Palmeirense fanático. Foi casado por mais de sessenta anos com dona Araci e deixou um filho, o nosso amigo (e Palmeirense é claro) José Homero. A essas famílias, nesses momentos de muita tristeza só podemos pedir a Deus o conforto, e aos que se foram, o descanso eterno ao lado do Senhor. OBRIGADO E FIQUEM COM DEUS -Projeto de Lei nº 04/2013 de 02 de setembro de 2013 de autoria dos vereadores Alfredo Bastos e João (CDHU) que “Dá denominação de Maria Aparecida de Souza, ao bairro localizado entre a Rodovia Vicinal Mario Covas Junior e o bairro Ana Rosa do Espírito Santo, e denomina de João Batista de Souza, a travessa Projetada B e prolonga a Rua Vereador Ernesto Magosso ate a Rodovia Vicinal Mario Covas Junior, todas no mesmo bairro. APROVADO POR 07 VOTOS FAVORAVEIS E 01 ABSTENÇÃO. -A próxima sessão ordinária realizar-se-á no dia 02 de outubro de 2013, às 20:00 horas, compareçam.

[close]

p. 8

Página 8 Edição 699- 21/09/2013

[close]

p. 9

21/09/2013 - Edição 699 Página 9 HOL OCOLUN A HOLOCOLUNA OCOLUN 317. A Escolástica nos séculos XI e ESF Cohab discute os perigos da automedicação XII Depois de termos acabado de conhecer algo a respeito da “Gênese da Escolástica”, vamos dar continuidade ao tema, verificando alguns pouquíssimos aspectos dessa Escolástica nos seus três momentos: o primeiro, entre os sécs. XI e XII; o segundo, relacionado ao séc. XIII; e o terceiro, compreendendo os acontecimentos do séc. XIV. “Eu não tento, Senhor, mergulhar em teus mistérios, porque a minha inteligência não é adequada; desejo, porém, entender um pouco da tua verdade, que o meu coração já crê e ama. Não procuro compreender-te para crer, mas creio para poder te compreender”.Assim se expressou Anselmo de Aosta. Como podemos ver, ele se ocupa do “problema” de Deus. Anselmo nasceu em Aosta em 1033, de nobre família; depois de vários mosteiros (saiu de casa com a morte da mãe) entrou para o mosteiro beneditino de Santa Maria de Bec na Normandia, tornando-se prior e depois abade, em 1078; ele passou seus últimos anos em Canterbury, Inglaterra, onde morreu em 21 de abril de 1109, aos 76 anos de idade. Ele formula quatro provas da existência de Deus, chamadas a posteriori porque parte da natureza das coisas: a primeira parte da existência de coisas boas para remontar à Bondade absoluta; a segunda parte da variedade das grandezas para chegar a uma suma grandeza, da qual as outras participam; a terceira baseia-se no conceito de causa: tudo o que é existe por causa de alguma coisa, é preciso, portanto, admitir um Ser supremo em virtude do qual existem todas as coisas; e a quarta se baseia sobre os graus de perfeição que remetem a uma perfeição suma. Depois, no Proslogion, ele introduz uma prova ulterior da existência de Deus a priori (não depende da natureza das coisas), conhecida como “argumento ontológico”. Deus é a realidade da qual nada se pode pensar de maior. Este seu argumento sofreu críticas de seu discípulo o monge Gaunilon, de Santo Tomás e, mais tarde, de Kant, mas, também, foi acatado por São Boaventura, Duns Escoto, Descarte e Leibniz. Vê-se, pois, queAnselmo se vale da relação de razão/fé, ou seja, ele esclarece com razão aquilo que possui com fé. Enquanto Escoto Eriúgena é o pensador maior do séc. IX, SantoAnselmo o é no séc. XI, chegando a ser chamado de “o primeiro escolástico autêntico”. Dentre suas inúmera obras, citamos: Solilóquio, Colóquio,A verdade, O livre-arbítrio, A queda do diabo. Pedro Abelardo (1709 – 1142), nasceu em Le Pallet, perto de Nantes, filho de um militar que amava as letras, foi discípulo de Roscelino em Loches, de Guilherme de Champeaux em Paris e de Anselmo de Laon; ele abriu uma escola na colina de Santa Genoveva, em Paris, e ocupou a cátedra da escola de Notre-Dame. O seu momento de maior progresso coincide com os anos de 1114 -1118, época em que teve uma célebre aventura amorosa com a jovem Heloísa, ao fim do qual ela entrou para o convento e ele se tornou monge. Vinte anos depois da morte do amado, Heloísa morre e, ao seu pedido, foi sepultada n a na mesma tumba de Abelardo. No Concílio de Soissons, em 1121, algumas de suas teses sobre a Santíssima Trindade foram rejeitadas. No Consílio de Sens, em 1140, outras teses relativas à lógica e ao papel confiado à ratio na investigação das verdades cristã foram rejeitadas como “desvios”. Então, resolveu ir até o papa à procura de uma avaliação mais justa. Infelizmente, no curso da viagem, cansado e prostrado, fica em Cluny, onde é recebido por Pedro, o Venerável, vindo a falecer em 1142. Pedro ditou, para o túmulo d Abelardo, o seguinte epitáfio: “Sócrates da França, sumo Platão do Ocidente, moderno Aristóteles, êmulo ou maior dos dialéticos de todos os tempos; príncipes dos estudos, famoso no mundo; gênio multiforme, penetrante e agudo, tudo superava com o poder da razão e a arte da palavra – esse era Abelardo”. Dentre seus escritos nos quatro setores – lógico, teológico, ético e autobiográfico – está Glosas literais. Ele anuncia o princípio segundo o qual é sob o estímulo da dúvida que se empreende a pesquisa e por meio da pesquisa que se chega ao conhecimento da verdade. Abelardo passou para a história, também, pela posição que assumiu na secular questão dos universais. As soluções oferecidas a tal problema a partir da especulação medieval compreendiam: o realismo; o nominalismo; e o conceitualismo. O realismo extremo de Escoto de Eriúgena, Guilherme de Campeaux e, em parte, deAnselmo deAosta, que afirma que os universais existem em si, como ideias platônicas, antes das coisas. O nominalismo, defendido sobretudo por Roscelino, que diz que o universal seria puro nome que designa uma multiplicidade de indivíduos. Em tal sentido o conhecimento só pode ter resultados céticos, porque, não existe, nenhuma ligação substancial entre as palavras/ conceitos e as coisas. A essas duas posições, acrescenta-se o conceitualismo de Abelardo: os universais não existem na natureza e sim em nossa mente (post rem) como conceitos; estes se formam quando a mente, no processo cognoscitivo-abstrativo, distingue e separa os diversos elementos que estão compactados na realidade dos seres concretos.AHolosofia atribui ao PHS (Programa Holosófico de Saúde) o ato de contemplar a comunidade com informações diversificadas, incluindo os aspectos políticos sociais e históricos filosóficos e teológicos. Esse capítulo da cultura medieval é rico de detalhes e revela a importância cristã no ensino de nossos dias. Prof. Me. Sebastião Saraiva, Maitreya Médico, holósofo e filósofo Cel. (098) 8282.9888 Site:www.holosofia.com.br A equipe da Estratégia Saúde da Família do bairro Cohab promoveu na terça-feira (17), uma reunião com moradores do bairro para discutir os perigos da automedicação. É comum ouvir as pessoas dizendo e fazendo uso de medicamentos sem a prévia consulta médica e, muitas vezes, até indicando esses medicamentos a outras pessoas. Pensando em prevenir as complicações que o automedicamento provoca, Dr. Adir e a enfermeira Giovana explicaram os riscos, principalmente dos remédios mais comuns, como: analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos e ansiolíticos. Para que tudo fosse bem compreendido, as agentes comunitárias realizaram uma dinâmica bem divertida. Para finalizar a manhã foi servido um café aos participantes. Mais trechos da Av. Rubens Carvalho são recuperados Nesta semana, a Prefeitura Municipal de Cajuru recuperou mais trechos da Av. Prefeito Rubens de Carvalho Ferreira. A operação tapa-buracos foi feitas na continuação entre as esquinas Cel. Manoel Caetano e Voluntário Silvano, passando para a quadra e n t r e a Av. M a j o r Adolpho Paollielo e Capitão ao José Ferreira Diniz. A operação foi estendida à Rua Elias Moisés e deve continuar na próxima segunda-feira, se o clima permitir. Lembrando que esse trabalho é só a base para o recapeamento, que iniciará em seguida a essa operação.

[close]

p. 10

Página 10 Edição 699- 21/09/2013 ACONTECE CIDADE CIDADE Secretaria de Meio Ambiente Professores participam de palestra realiza reunião para formação de sobre Meio Ambiente Associação de Catadores/ Recicladores Na última quinta-feira 19, a Prefeitura Municipal de Cajuru, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou reunião de apoio à formação da associação de catadores/recicladores desta cidade. Participaram da reunião, 10 interessados na formação da referida associação, tendo como colaboradores para os devidos esclarecimentos, o Secretário Marco Antonio, o Diretor Mateus Menezes, bem como o Eng.º Ambiental da Prefeitura deAltinópolis/SP Sr.Arão , Coutinho e a Sra. Ruth Barbosa, representantes da Associação dos Catadores do mesmo município. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente dentre outros pontos, ressaltou que, inobstante o apoio a ser concedido aos catadores/recicladores, nesta fase preliminar, é de suma importância que os interessados estimulem os demais catadores a participarem desta iniciativa, visando, assim, fortalecer o processo associativo em todas as suas etapas. No ATPC de segundafeira, os professores aprenderam um pouco mais sobre meio ambiente. O engenheiro-agrônomo José Walter Figueiredo e equipe proferiram uma palestra sobre arborização e ciclo hidrológico, destacando as podas de árvores urbanas, onde reuniu fotografias de cidades do Brasil e do exterior para ilustrar as várias formas (corretas e incorretas) de poda. O encontro foi através da parceria entre as Secretarias de Educação e Agricultura e Meio Ambiente, por No ATPC de segundafeira, os professores aprenderam um pouco mais sobre meio ambiente. O engenheiro-agrônomo José Walter Figueiredo e equipe proferiram uma palestra sobre arborização e ciclo hidrológico, destacando as podas de árvores urbanas, onde reuniu fotografias de cidades do Brasil e do exterior para ilustrar as várias formas (corretas e incorretas) de poda. O encontro foi através da parceria entre as Secretarias de Educação e Agricultura e Meio Ambiente, por acreditarem que através dos alunos haverá maior valorização ambiental. A Palestra foi na escola Galdino de Castro e, além dos professores, estiveram presentes os secretários Vera Cecília (Educação) e Marco Antonio (Meio Ambiente) e o diretor Mateus Menezes. Intercâmbio de Capoeira entre os projetos PAI e Laís Na quarta-feira (18) o professor Bahia organizou um intercâmbio de capoeira entre os alunos dos projetos PAI e Laís Ruggeri. Um pequeno passeio, através de uma simples atitude foi capaz de proporcionar em crianças e adolescentes momentos prazerosos em seu vasto mundo de fantasias. O intercâmbio faz parte da proposta dos projetos de reafirmar as ações socioeducativas.

[close]

p. 11

21/09/2013 - Edição 699 Página 11

[close]

p. 12

Página 12 Edição 699- 21/09/2013

[close]

p. 13

21/09/2013 - Edição 699 Página 13 Equipe de Cajuru Participa de Curso de Imersão Realizado Pelo Samu Regional O real significado da doação Quando criei o blog, há mais ou menos seis anos, minha intenção era dividir com meus leitores minha dúvidas, insatisfações, vitórias, tropeços e tudo mais da vida que nos cerca. Como o próprio nome diz, Um olhar sobre a humanidade, minha intenção é abordar temas que, de uma certa forma, mexem com a vida de todos nós. E muitas vezes quem escreve aqui não é o Ogg jornalista, mas o Ogg cidadão que, assim como vocês, questiona o que acha errado e tenta entender por que certas coisas acontecem como acontecem. Além disso, expor aqui um pouco das minhas experiências na vida pessoal, pode ajudar alguém que se identifica com as histórias a entender e aceitar certos acontecimentos. Por isso gostaria de voltar a um assunto que causou muita repercussão um ano atrás, pelo lado positivo, e despertou em muitos leitores a vontade de fazer o mesmo. Nesse dia 17 de setembro completa exatamente um ano em que recebi o maior presente da minha vida - poder doar uma parte de mim a alguém que amo. E assim me tornei efetivamente um doador de um rim para o meu irmão que sofria de um mal hereditário. Se para ele foi um dádiva, para mim ter a oportunidade de fazer isso - fosse por ele ou por outra pessoa - foi a maior bênção que já recebi. Como alguns de vocês devem se lembrar quando relatei aqui da primeira vez, quando tomei a decisão de fazer essa doação, não pensei nas consequências e não quis saber nem se eu teria qualquer restrição a partir dali. Só fui estudar os reflexos de uma doação do tipo quando já fazia os exames necessários para constatar se havia compatibilidade entre nós. Assim, ao longo do processo, depois de conversar com especialistas, fazer reportagens sobre o tema, ler todo o tipo de literatura médica sobre doações de órgãos, fui descobrindo que eu tinha tomado a decisão mais acertada da minha vida e que isso não me traria qualquer problema ou restrição. E mesmo que houvesse alguma, qualquer que fosse, eu o teria feito da mesma forma. Ver a luz nos olhos do meu irmão hoje, sua saúde impecável e a transformação para melhor que isso lhe proporcionou, compensam qualquer sequela que eu pudesse ter. E não tenho absolutamente nada! Pelo contrário, me sinto até mais saudável que antes. Não mudei alimentação, nem rotinas e nada me foi imposto por orientação médica depois da cirurgia. A vida segue tão normal quanto antes, e até melhor, digo. E ao relatar isso, quero tocar fundo no coração daqueles que estão aptos a fazer o mesmo, mas tem certos receios. Quando disse aqui que iria fazer essa doação, e depois quando a fiz, recebi dezenas de comentários de pessoas que tinham receios mas que estavam mais seguras ao saber do meu exemplo. Não que eu queira servir de exemplo para alguém, mas relatar minha experiência e suas consequências benéficas ajudou muita gente a fazer o mesmo. E com certeza, muitas vidas foram salvas ou, no mínimo, prolongadas. Vejo muitas pessoas se dizendo doadoras de órgãos, mas quando estão diante de uma hipótese de realmente efetivar esse desejo, sentem-se inseguras com o que lhes pode acontecer depois. É claro que a vida de cada um será diferente de acordo com a saúde que tinha antes da doação, como no meu caso que nunca tive problema algum de saúde, mas a sensação de cumprir uma missão como essa é insuperável. Sabe quando a gente passa a vida inteira agradecendo as bençãos que recebemos e ficamos pensando de que forma iremos agradecer tudo? A doação é a oportunidade que temos pra isso. Decorreram 365 dias, um ano inteiro de felicidade, 12 meses de alegria por saber que não só meu irmão sorri mais abertamente desde então, mas também seus filhos, minha cunhada e toda a minha família que o terão presente por muito mais tempo. Pelo menos os meus sobrinhos não passarão pelo que eu e meu irmão passamos ao ver meu pai morrer quando ainda éramos adolescentes como consequência do mesmo problema. A eles, meu pai e meu irmão, dedico este artigo nesta data tão importante que comemoraremos pelo resto de nossas vidas como se fosse um segundo aniversário, o momento em que renascemos. Ele com sua saúde e eu com um ato que me fez entender o real e amplo significado de palavra doação. Não só de órgãos mas, principalmente, o doar um pouco de si próprio a quem precisa. Doar amor, compreensão e compaixão”. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da regional de Ribeirão Preto realizou o Curso de Imersão, que tem como objetivo qualificar os municípios para o atendimento no SAMU. Esse curso tem a finalidade de desenvolver habilidades nos profissionais que vão atuar no setor, abordando os atendimentos aos politraumatizados, emergências clínicas, reanimação cardiopulmonar (RCP), emergências obstétricas e partos, ética, legislação, política nacional em urgência, trabalho em equipe, lim- peza e manutenção de viaturas, biossegurança, transporte interhospitalar, entre outros. A equipe de Cajuru participou do curso, que conta especialmente com simulações de casos.O curso é desenvolvido pelo Ministério da Saúde, seguindo a portaria G.2048.

[close]

p. 14

Página 14 Edição 699- 21/09/2013

[close]

p. 15

21/09/2013 - Edição 699 Página 15 TIRAS POLICIAIS Morte em Apuração Mulher é encontrada sem vida Após três dias sem manter qualquer tipo de contato, no derradeiro dia 18/09, por volta das 13:00, uma vítima(63), moradora da zona rural e que residia sozinha no sítio, foi encontrada morta por familiares em sua residência. Integrantes de sua família ao se dirigirem até a propriedade rural verificaram que a janela do quarto da vítima estava aberta e olhando pelo vitraux do banheiro constataram que a mesma estava caída no chão, sem roupas e com marcas de sangue no rosto. Desta forma, acionaram a Polícia Civil tendo o Delegado de Polícia e investigadores lá comparecido e constatado que esta encontrava-se deitada de costas no chão do banheiro, já sem vida, nua e com suas vestes íntimas abaixadas, com o rosto coberto por sangue assim como o chão, possuindo esta, hematomas no joelho e coxas entre outros locais do corpo, havendo suspeitas de que possa ter sido vítima de violência sexual e homicídio. A perícia técnica foi acionada, realizando os exames iniciais e o corpo tendo sido encaminhado para Instituto Médico Legal a fim de se apurar a causa da morte e se houvera de fato devido as circunstâncias, eventual estupro. Imediatamente em razão gravidade dos fatos instaurou-se Inquérito Policial para esclarecimento do caso e as investigações a cargo da Polícia Civil estão sendo realizadas. Flagrante II Vítima detêm acusado de Furto Em data do último dia 17, um morador do Bairro Jardim Maria Gorethi, durante à madrugada, ouviu barulhos no quintal de sua residência e um forte cheiro de gás, ao sair para verificar o que estaria ocorrendo, surpreendeu J.B.B.(34), Vulgo: “Nico”, na posse de seu botijão de gás que pretendia furtar, restando por abandonar o objeto e fugir. Sendo alcançado pela vítima que o prendeu e telefonou para a Polícia Militar que deslocou-se até o local e deu voz de prisão ao acusado, que apresentado no Plantão Policial confessou sua intenção de furtar o botijão de gás, sendo levado depois dos procedimentos necessários a Cadeia Pública. Flagrante III Acusados presos com armas de Fogo e Drogas No período da tarde, do dia 17, no Bairro Cidade Jardim, a Polícia Militar em abordagem de rotina junto a dois indivíduos que se encontravam e uma moto, antes que pudessem serem abordados os rapazes identificados como W.L.S.F.(24), Vulgo: “Liti” e M.I.P.(29), Vulgo: “Marcinho”, retiraram algo da cintura e “dispensaram” por debaixo de um veículo ali estacionado e arredores, sendo os mesmos detidos e os objetos citados. Apurou-se que tratavam-se de duas armas de fogo, revólveres calibre 32 com as respectivas munições intactas. Posteriormente os PMs deslocaram-se até a residência de M.I.P., e encontraram no quarto deste 71(setenta e uma cápsulas) vazias, utilizadas para armazenar “cocaína”, apurando-se ainda que o referido acusado era Procurado pela Justiça, pois cumpria pena por roubos qualificados no Centro de Progressão Provisória de Hortolândia e havia sido beneficiado pela Justiça com a “saidinha temporária para as comemorações da Páscoa”, não retornando para a prisão desde maio/ 2011. Continuamente os policiais militares no domicílio de W.L.S.F., localizaram no banheiro do imóvel, 12(doze) cápsulas cheias de “cocaína” iguais àquelas vazias que se encontravam na casa do primeiro, bem como uma porção de uma substância não identificada, de cor branca, uma balança de precisão e vários objetos de origem duvidosa. Recebendo ambos autores voz de prisão em flagrante delito por Porte Ilegal de Arma de Fogo/Munições e Tráfico de Entorpecentes, além de haver o cumprimento do Mandado de Prisão em aberto em desfavor de um deles, por conta de sua “evasão” do sistema prisional, tendo os dois virem a ser encaminhados para a Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo. Segundo ainda a PM os indiciados são suspeitos de terem praticado roubos nesta cidade e região. Flagrante I PM Prende Ladrão de Pai Idoso No dia 13, às 17:00, no Bairro Jardim Maria Tereza, a Polícia Militar depois de acionada veio a prender em flagrante delito J.D.S.(34), Vulgo: “Leitão”, o qual na posse de uma faca e depois de agredir violentamente seu pai(77), com socos e cabeçadas, rasgou as roupas de seu genitor e roubou-lhe a carteira com documentos e dinheiro e o estaria mantendo em cárcere privado e o ameaçava de morte. Apurou-se que a vítima se encontrava bastante machucada e não seria a primeira vez que tais fatos teriam ocorrido, muito pelo contrário no ano passado o acusado fora preso em flagrante por fatos idênticos contra seu pai e teria sido beneficiado com liberdade provisória pela Justiça no mês de maio último, e dias antes já o teria agredido fisicamente, as investigações desse caso e procedimentos judiciais a serem adotados em relação ao mesmo estariam em andamento pela Delegacia de Polícia e Juízo da Comarca, voltando a ser preso novamente agora pela acusação de Roubo Consumado e encaminhado para o Presídio de Santa Rosa de Viterbo. Flagrante IV Prisões em Sequência Nas primeiras horas da manhã, do dia 18 p.p., foram presos nos Bairro Cruz Alta, Vila Baldini e Jardim Maria Gorethi, três indivíduos relacionados aos mesmos fatos, porém em circunstâncias distintas. Primeiramente a PM ao abordar C.L.S.(26), no Bairro Cruz Alta, quando dirigia seu automóvel, em pesquisa realizada, constatou que sua CNH era falsa, tendo o acusado admitido ter pago pelo documento a quantia de R$ 400,00, recebendo voz de prisão por Uso de Documento Falso. Ocorre que, como haviam suspeitas de que no domicílio de C.L.S., juntamente com outros indivíduos estivesse ocorrendo tráfico de entorpecentes, os PMs ao se dirigirem até seu domicílio no Bairro Vila Baldini, dois rapazes empreenderam fuga, embrenhando-se no mato ali existente, um deles carregando um pacote desconhecido em mãos e no local em que estavam sentados defronte a residência, foram encontradas porções de “maconha” e “cocaína”. Logo em seguida nos arredores de onde estavam os homens que teriam se evadido encontrava-se E.C.(41), Vulgo: “Boy”, que abordado com o auxílio da Polícia Civil que realizava outras diligências pelas imediações verificou-se que estava Procurado pela Justiça por ter contra si expedição de Mandado de Prisão Civil, sendo portanto preso. Algum tempo depois um daqueles rapazes que fugiu foi localizado no mato, tratando-se esta a pessoa de A.A.V.(34), Vulgo: “Curu”, pessoa esta em que já existiam denúncias formais na Delegacia de Polícia por utilizar seu domicilio no Bairro Jardim Maria Gorethi, para traficar e permitir assim como ele usuários utilizarem o endereço para consumir ali mesmo os entorpecentes, culminando por policiais militares e civis apreenderem no imóvel mais um porção compacta de “crack”, vindo em virtude dos fatos A.A.V., ser autuado em flagrante delito por Tráfico de Drogas. E sendo no decorrer das investigações identificado o outro que evadiu-se da abordagem policial. Os três presos flagranteados foram encaminhados para a Unidade Prisional de Santa Rosa de Viterbo.

[close]

Comments

no comments yet