Edição 697

 

Embed or link this publication

Description

jornal

Popular Pages


p. 1

07/09/2013 - Edição 697 Página 1 Diretor Responsável: Homero T. Tranquilli - CNPJ: 09573449/0001-13 - Cajuru, Sábado, 07/09/2013 - Ano 14 - N.° 697 Semanal - Distribuição Gratuita / Assinantes Secretária da Educação recebe “Premio Integración Latinoamericano” Secretário de Meio Ambiente participa de encontro oficial em Curitiba Coisas pra se ter vergonha do Brasil Ogg Ibrahim ACEC promove Jantar Dançante para Associados

[close]

p. 2

Página 2 Edição 697- 07/09/2013 SINAPSE Nota Técnica da OPAS/OMS no Brasil sobre internação involuntária e compulsória de pessoas que usam drogas Casa da Cultura sediará Feira de Emprego Na próxima quinta-feira (12 de setembro) a empresa de call center da Embratel – BrasilCenter estará recebendo currículo para contratação imediata. Para concorrer às vagas é necessário ser maior de idade, estar cursando ou ter concluído o Ensino Médio e levar RG, CPF, Carteira de Trabalho e currículo. A seleção será realizada na Casa da Cultura, das 9h00 às 17h00. Nos últimos anos, as consequências negativas do consumo de álcool e outras drogas no Brasil, têm sido identificadas como um problema prioritário para o setor saúde. Bebidas alcoólicas e tabaco ocupam as primeiras posições entre as substâncias mais consumidas, enquanto maconha e crack apresentam percentuais mais baixos. O Brasil priorizou a implantação de serviços comunitários para o tratamento da dependência de álcool e outras drogas e o resultado foi a expansão da rede de atendimento e do acesso ao tratamento. Ainda que a lei 10.216 de 2001descreva a internação como uma das estratégias possíveis para o tratamento dos transtornos mentais, ultimamente, alguns Estados e Municípios têm utilizado a internação como principal forma para lidar com a dependência de drogas. A OPAS/OMS no Brasil considera inadequada e ineficaz a adoção da internação involuntária ou compulsória como estratégia central para o tratamento da dependência de drogas. Documento elaborado pela OMS, em conjunto com o Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (UNODC), em 2008, descreve dez princípios gerais que orientam o tratamento da dependência de drogas. Um deles, intitulado “Tratamento da dependência de drogas, direitos humanos e dignidade do paciente” explicita que o direito à autonomia e autodeterminação, o combate ao estigma, ao preconceito e à discriminação e o respeito aos direitos humanos devem ser observados em qualquer estratégia de tratamento para a dependência de drogas. O documento também recomenda que o tratamento não deve ser forçado aos pacientes. A internação compulsória é considerada uma medida extrema, a ser aplicada apenas a situações excepcionais de crise com alto risco para o paciente ou terceiros, e deve ser realizada em condições e com duração especificadas em Lei. Ela deve ter justificativa clara e emergencial, além de ter caráter pontual e de curta duração. Diante da preocupação com a garantia dos direitos humanos e com o respeito ao processo legal para auto- rizar e manter a internação compulsória, 12 agências das Nações Unidas entre elas a OMS, emitiram em 2012,comunicado conjunto sobre os Centros de Detenção e Reabilitação Compulsória. Esta iniciativa recomendou aos países que estes centros sejam fechados, ou, na impossibilidade do fechamento imediato, que sejam seguidas recomendações descritas no documento. As agências recomendam claramente que seja priorizada a implantação de ações e serviços de saúde comunitários com características voluntárias. As internações compulsórias só devem ser utilizadas em circunstâncias claramente definidas como excepcionais e, mesmo assim, devem respeitar os direitos humanos previstos na legislação internacional. O Conselho Diretor da OPAS aprovou resoluções em 1997 e 2001 que defendem a ênfase na implantação de serviços comunitários de saúde mental e de atenção psicossocial aos transtornos mentais. Mais recentemente, em 2011, resolução que aprova o Plano de Ação sobre Uso de Substâncias Psicoativas e Saúde Pública, diz textualmente que “os recursos financeiros e humanos devem ser usados, em primeiro lugar, nos serviços ambulatoriais de base comunitária da atenção básica e que sejam integrados no sistema de saúde geral”. A OPAS no Brasil, em consonância com as referências citadas, acredita que o fortalecimento da rede de atenção psicossocial é prioritário e se constitui como opção mais adequada como resposta do setor saúde para o consumo de drogas. A perspectiva da rede pressupõe em si a necessidade de articulação dos diversos dispositivos e estratégias de trabalho – que incluem a internação – como forma a oferecer a melhor resposta sanitária para as demandas das pessoas que usam drogas. A priorização de medida extrema como a internação compulsória, além de estar na contramão do conhecimento científico sobre o tema, pode exacerbar as condições de vulnerabilidade e exclusão social dos usuários de drogas. ESF Piscina realiza dinâmica com grupo de idosos A equipe da Estratégia Saúde da Família do bairro Piscina reuniu os idosos no Clube Recanto da Amizade para uma dinâmica de valorização e qualidade de vida. Foram dois encontros, realizados nas últimas quartas-feiras, e neles foram abordados temas do cotidiano como: respeito às diferenças, valorização de si e do próximo, além de atividades que melhoram o condicionamento físico e traz relaxamento mental, como os alongamentos e caminhadas. Segundo a enfermeira responsável pela unidade, Zíbia, a ESF vai promover aulas de dança para o grupo, com a finalidade de proporcionar bem-estar físico e emocional. Os idosos, moradores do bairro, podem participar, bastando inscrever-se na ESF. Participe e tenha uma vida saudável e feliz. Fonte :http://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=3206%3Anota-tecnica-daopasoms-no-brasil-sobre-internacao-involuntaria-e-compulsoria-de-pessoas-que-usam-drogas&catid=1016%3Abra01-noticias Apôio: Saúde Mental - AMBULATÓRIO “dona Fifia” – fone 16-3667 9962

[close]

p. 3

07/09/2013 - Edição 697 Página 3

[close]

p. 4

Página 4 Edição 697- 07/09/2013 ACONTECE CIDADE CIDADE Cultura em destaque A Secretaria de Esporte Cultura e Turismo, através de seu diretor informa que no dia 24de agosto esteve na cidade de São Simão, a convite da diretora de Cultura Senhora Meire, para participar da Festa do Folclore da Cidade. Cajuru apresentou a Quadrilha da 3ª Idade, o Country e os Pernas de Pau, sendo os dois últimos formados pela Casa de Cultura de Cajuru. Também, na quartafeira (04/09), os três grupos se apresentaram na abertura do aniversário da Cidade de Santa Rosa do Viterbo, a convite do diretor de Cultura Marcelo. Em nome das três equipes agradecemos os convites. Adezílio Paulino Souza Jr. (Xoxim) Agradecimentos à Previdêncial Social (Inss E Rodonaves) Queremos agradecer a Direção Regional do INSS (Previdência Social) de Ribeirão Preto na pessoa do Gerente Executivo, Sr. Rui Brunini Junior e aos funcionários do Departamento de Logística e Licitações na pessoa do amigo Diogo, e do Sr. Naves, dinâmico empresário do setor de transportes, presidente da RTE Rodonaves, pois estas pessoas mais uma vez demostraram a grande amizade e interesse pelo povo cajuruense, principalmente pelas crianças, jovens e adultos, portadores de necessidades especiais, tão bem recebidas pelo Apae “Chega Quem Caminha”, entidade modelo nacional, dirigida com enorme dedicação por este apaixonado pela causa dos “Especiais”, o Sr. João Batista Constâncio, que receberam conforme solicitação nossa junto a Previdência Social, em forma de Doação, uma grande quantidade de móveis de escritório (mesas, cadeiras, conjuntos de assentos, prateleiras de aço, armários, balanças, etc). Foram necessárias quatro viagens em caminhão especial tipo baú, para transportar os produtos da doação, e isto graças a boa vontade e benemerência do Sr. João Naves, que colocou a frota da Rodonaves à disposição da Apae, demostrando o grande carinho para com o povo de Cajuru, e seu amor pelos “Especiais”. Com o trabalho magnífico, as quais também agradeço de coração, o jovens Arthur (Apae), João Gregório, João Marcos (Rei), os quais deixaram seus compromissos pessoais, para distribuírem os bens doados pelo INSS, a entidades beneficentes de Cajuru, como também a grande quantidade de produtos servíveis que foram doadas à pessoas carentes. Fica portanto registrado meu agradecimento ao Sr. Rui (Gerente Executivo INSS), seus auxiliares e ao grande amigo Sr João Naves por tudo que fizeram. Que Deus os proteja sempre. Muito obrigado Eriberto Borborema Sobrinho – Presidente da Associação dos Aposentados e Pensionista (INSS) e Idosos de Serrana e Região e ASPRODEC, Consultoria e Assessoria ao Poder Público Ltda. Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo Comunica: Comunicamos aos responsáveis pelas Equipes de Futebol de Campo que as fichas de inscrição para o Campeonato Municipal de Futebol de Campo podem ser retiradas na Casa da Cultura até terça-feira, dia 10/09/2013. Maiores informações: 3667-9960 Campanha de Doação de Mudas A Prefeitura Municipal de Cajuru, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, fará nesta próxima terça-feira, 10 de setembro, mês em que se comemora o dia nacional da árvore (21/ 09), a doação de mudas na praça central, no período compreendido entre às 13h00 até as 17h00. Os interessados, munidos de seus documentos pessoais, poderão preencher formulário de doação e retirar sua muda. A referida campanha de doação tem por finalidade estimular e engajar os munícipes no processo de arborização urbana, visando à melhoria da qualidade de vida em nossa cidade.

[close]

p. 5

07/09/2013 - Edição 697 Página 5

[close]

p. 6

Página 6 Edição 697- 07/09/2013 EDUCAÇÃO Secretária da Educação recebe “Premio Integración Latinoamericano” A secretária Municipal da Educação Vera Cecília Borges foi convidada a participar do XLVII Painel Latinoamericano de Integración, realizado no dia 30 de agosto em Curitiba-PR, onde expôs o trabalho da Rede Municipal de Ensino, juntamente com deputados, prefeitos, intendentes e secretários de outros estados brasileiros e de países que formam o Mercosul. Na apresentação, os destaques cajuruenses foram para os programas desenvolvidos na inclusão de alunos, com dinâmica para receber as crianças que saem das classes especiais para salas comuns; Centro de Atendimento Especializado (CAE); projetos desenvolvidos no PAAI e a implantação do viveiro de mudas; projeto Leitura (Contação de História realizado nas escolas Zezito Palma e Mousart Alves da Silva) e a implantação, para breve, da Biblioteca Itinerante; implantação da horta educativa nas unidades Zezito Palma e André Ruggeri. Muito aplaudida e reverenciada, a secretária agradeceu e disse que deixa um pouco das experiências cajuruenses e leva muito conhecimento e aprendizado dos programas realizados em outros estados e em todos os países ali representados. Também agradeceu ao prefeito municipal Dr. Luís Estevão pelo apoio e confiança e toda equipe da Educação pelo empenho e dedicação. As apresentações foram na tarde de sábado e à noite todos voltaram para um jantar onde as “personas” foram premiadas. A secretária Vera Cecília recebeu o certificado e a láurea, que é um reconhecimento pela liderança e trabalho prestados e que vem de encontro com a integração educacional da América Latina. O evento foi promovido pela Câmara Internacional de Pesquisa e Integração Social (CIPIS), com o propósito de incentivar e promover uma proposta de integração em países da América Latina para promover o intercâmbio de experiências e propostas para a educação. Os painéis versaram sobre as perspectivas para a administração pública, educação e desenvolvimento social na América Latina e contou com palestrantes da Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, El Salvador, Paraguai e Peru. A CIPIS atua como entidade pesquisadora e honorífica, outorgando títulos a autoridades, empresas, autarquias e lideranças dos municípios e países da América Latina para evidenciar a efetiva, decidida e positiva influência para atingir os objetivos de integração latinoamericana, baseados nos ideais de Simón Bolívar. O “Premio e a Medalla La Integración Simón Bolívar” representam o maior reconhecimento e gratidão pelos dons de honra, dignidade, trabalho e méritos profissionais e é concedida através da CIPIS para a expansão e integração do pensamento bolivariano. O prefeito Dr. Luís Estevão disse estar muito honrado com a premiação para nosso município. “É a comprovação de que a educação está no caminho certo”, afirmou e concluiu parabenizando a secretária Vera Cecília e todos os profissionais da educação.

[close]

p. 7

07/09/2013 - Edição 697 Página 7

[close]

p. 8

Página 8 Edição 697- 07/09/2013 ACONTECE CIDADE CIDADE Prefeito reúne-se com funcionários comissionados O prefeito Dr. Luís Estevão reuniu-se com os funcionários do quadro comissionado e alguns colaboradores, para falar dos rumos da administração. Entre os assuntos, foi destacado o bom desempenho de cada um e solicitado dedicação total aos serviços do município. Aproveitando a ocasião, o prefeito negou a substituição de secretários e diretores afirmando que isso não passa de boatos. O encontro, realizado na Casa da Cultura, na quarta- Secretário de Meio Ambiente participa de encontro oficial em Curitiba Na última sextafeira 30 de agosto, o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente Marco Antonio participou de um encontro no gabinete do Secretário Municipal de Meio Ambiente de Curitiba/PR, Sr. Renato Eugênio de Lima. Na referida ocasião, foram colocadas em pauta várias questões que poderão ser implementadas no município de Cajuru, dentre elas, se destacam a formação da associação de catadores de material reciclável, a construção do centro de reciclagem, bem como alguns financiamentos que podem favorecer este tão importante segmento, enfatizou o Secretário Marco Antônio. feira, foi encerrado com uma história (contada pelo prefeito) incentivando cada um a fazer sempre “um pouco mais”. Na visão dos funcio- nários, a reunião foi muito produtiva, já que foi uma oportunidade de discutir detalhes de trabalho e renovar a motivação profissional. A TIA DE TODOS... Há noventa anos nascia em Cajuru D. Elza Iunes Elias, a nossa querida e popular tia Elza (09 de Setembro de 1923). Filha dos imigrantes libaneses Domingos e Rosa Elias, é a mais nova dos irmãos (os outros são: Tios João, Iunes, Azziz, Teófilo, Aparecida, Nenê, Anita, Zezito e a minha mãe, Jamile, mais conhecida como Doca). A Professora Elza , deu aula por mais de 30 anos, principalmente no nosso tradicional Grupo Escolar Dr. Messias da Fonseca (hoje Escola Mouzart) onde se aposentou. Ensinou várias gerações de cajuruenses, se lembra com amor e carinho de todos seus alunos, e da mesma maneira é lembrada por eles. Tia Elza mora na mesma rua, na mesma casa em Cajuru, desde que nasceu. Casa essa de portas abertas, com o pão sempre sobre a mesa, principalmente para os menos favorecidos, herança e lição que aprendeu e muito bem com seus pais. Tia Elza, católica fervorosa, que ouve com atenção a palavra de Deus, e o mais importante, segue e colo ca tudo em prática com o próximo. São muitos os seus sobrinhos, sobrinhos de sangue, sobrinhos da amizade, ternura, educação, simplicidade, generosidade... Sobrinhos esses que são considerados por ela como verdadeiros filhos, com recíproca direta, sincera e verdadeira. Vamos comemorar querida tia. seus pais, seus irmãos, seus sobrinhos e amigos que já se foram estão em festa, e a senhora aqui está, firme e forte para muito bem representá-los.Tia, parabéns, saúde, felicidades e a benção do Senhor. Só podemos te agradecer por tudo de bom que a senhora faz em nossas vidas, e dizer que temos muito, muito orgulho em sermos seus sobrinhos. Estas são as poucas palavras, escritas com muita emoção, escritas com o coração e muito sinceras. Esta é uma pequena homenagem de todos, todos (e são muiiiitos) os seus sobrinhos. Vamos todos juntos dizer bem alto: PARABÉNS TIA ELZA, NÓS TE AMAMOS. Escola Zezito desenvolve Projeto “Pequeno Príncipe” Dentro do Projeto Leitura, a professora Vera Carvalho realizou um trabalho na EMEB “Zezito Palma” onde, de forma descontraída e dinâmica, os alunos leram poesias diversas. O projeto intitulado “Pequeno Príncipe” foi desenvolvido nas dependências da escola e foi concluído com um piquenique e entrega de certificados. Para a orientadora esses momentos lúdicos tornam a leitura prazerosa, indo de encontro com o objetivo do projeto que é estimular a leitura e, consequentemente, melhorar a escrita.

[close]

p. 9

07/09/2013 - Edição 697 Página 9

[close]

p. 10

Página 10 Edição 697- 07/09/2013 ACONTECE CIDADE CIDADE Ações da ESF Dom Bosco Semanalmente a Estratégia Saúde da Família do bairro Dom Bosco realiza reuniões com grupos para orientações em diversos assuntos, como: gestação, planejamento familiar, diabetes e hipertensão arterial. No mês de agosto, os encontros destacaram: Dia 15- a enfermeira Lizete e o Dr. Fábio falaram sobre a amamentação, os benefícios do pré-natal, a importância de acompanhar a saúde da gestante e do bebê e incentivaram a realização dos exames solicitados pelos médicos. Dia 22- a equipe da ESF reuniu diabéticos e hipertensos para reforçar a importância da dieta alimentar e chamar a atenção para os riscos e complicações que as doenças podem provocar. Dia 29 – na reunião de Planejamento Familiar foram abordados os vários méto- Reunião de Gestantes Grupo de HAS e DIA dos contraceptivos, incluindo a laqueadura e vasectomia, e aberto debate onde as pacientes puderam sanar as dúvidas. O encontro com os grupos tem como objetivo melhorar a qualidade de vida através da informação e orientação. Quadrangular de Vôlei Masculino em Cajuru Foi realizado no último domingo (01 de setembro), no Ginásio de Esportes Arenão, o Quadrangular de Vôlei Masculino, que teve início na sexta-feira (30 de agosto), na cidade de Jardinópolis, onde todos os times jogaram uma partida e no domingo foi realizada a segunda etapa, com os times jogando entre si e saindo campeão a equipe da Recra de Ribeirão Preto, em segundo lugar Cajuru, terceiro SESC Ribeirão Preto e quarto lugar Jardinópolis. Esse quadrangular foi o segundo realizado pela Secretaria de Esportes, com entrega de medalhas de participação e troféu ao primeiro colocado. O time de Cajuru é formado por atletas da nossa cidade e de Ribeirão Preto. Fica o convite aos cajuruenses que gostam da modalidade para que venham fazer parte do nosso time de voleibol. Nosso agradecimento à Prefeitura Municipal e a Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo.

[close]

p. 11

07/09/2013 - Edição 697 Página 11

[close]

p. 12

Página 12 Edição 697- 07/09/2013 HOL OCOLUN A HOLOCOLUNA OCOLUN INFORMATIVO INFORMATIV TIVO 315. Gênese da Escolástica Terminada a Patrística da área cultural da língua latina, a qual chegou ao seu apogeu com Agostinho, apreciemos agora a “gênese da Escolástica”. Adentremos, pois, à filosofia na Idade Média: a “Escolástica”, as “Escolas”, as “Universidades”. Estas serão objeto do próximo artigo. Acompanhemos, pois, o desenvolvimento do pensamento medieval. Para tanto, vamos compreender que o pensamento protocristão, que se desenvolve em paralelo ao pensamento tardio pagão-antigo, na área cultural de língua latina (Ocidente latino) termina com Agostinho, no séc.V; na área cultural de língua grega (Oriente grego) ele termina com Máximo o Confessor, na primeira metade do séc. VII, enquanto João Damasceno (675 - 04 dezembro de 749) abre a perspectiva da cultura medieval deslocando o centro do interesse filosófico de Platão para Aristóteles (também acontecerá no Ocidente). Em síntese, podemos dizer que o pensamento protocristão da Patrística representa o aspecto cristão do pensamento antigo tardio, enquanto a Escolástica representa toda a era medieval. Do ponto de vista didático, esse período do pensamento medieval é concebido em quatro fases: a primeira, que se estende por quatro séculos, do séc. V ao IX (formação dos reinos românico-bárbaros e consolidação do Sagrado Império Romano, por obra dos Carolíngios) conhecida como “obscurantismo” medieval – mas com momentos de renascimento cultural – destacando-se duas figuras: Boécio e Escoto Eriúgena; a segunda ocupa os sécs. X e XI (lutas pelas investiduras e pelas cruzadas), caracterizando-se pelas reformas monásticas e revelando pessoas como Anselmo de Aosta, Abelardo e os expoentes das Escolas Chartres e de São Vitor; a terceira (séc. XIII), coincide com a era de ouro da Escolástica, quando florescem as Universidades e são reveladas as figuras de santo Tomás, são Boaventura e Duns Escoto; e a quarta, que marca a crise da Igreja e do Império, portanto com a conclusão do mundo espiritual e, ainda, o divórcio entre a fé e a razão, através da didática de Ockham. Então, o que vem a ser “Escolástica”? Esta compreende a filosofia e a teologia que eram ensinadas nas escolas medievais. No inicio do séc. VI (pelo edito de 529), o imperador Justiniano, num ato político-administrativo dá fim à cultura pagã, fechando todas as escolas pagãs. Nesse momento, a Igreja absorve estas instituições escolares e abre novas, tendo início uma nova cultura. Até o séc XIII, quando tem início a formação das Universidades, a difusão e a elaboração da cultura estavam confiadas aos três tipos de Escolas: monacais ou abaciais (anexas a uma abadia), episcopais (anexa a uma catedral) e palatinas (anexas à corte). As escolas monacais representavam o refúgio privilegiado da cultura, por meio da transcrição e da conservação dos clássicos; as escolas episcopais tornaram-se local da instrução elementar, necessária para o acesso ao sacerdócio ou para assumir funções de utilidade pública e de administração; e a palatina foi a escola que mais contribuiu para o despertar da cultura, destacando-se a desejada por Carlos Magno e confiada, em 781, a Alcuíno de York. Alcuíno (730-804) foi diretor da escola palatina e conselheiro do rei para as questões pertinentes à instrução e ao culto. Ele organizou a instrução em três graus: 1) leitura, escrita, noções elementares de latim vulgar, compreensão sumária da Bíblia e dos textos litúrgicos; 2) estudo das sete artes liberais (as artes do trívio: gramática, retórica e dialética; e as artes do quadrívio: aritmética, geometria, astronomia e música); e 3) estudo aprofundado da Sagrada Escritura. Alcuíno foi o responsável pela elaboração de manuais para cada uma das sete artes liberais, canalizando e disciplinando o ensino e o estudo. Para a gramática, ele se utilizou de Isidoro de Sevilha (570-636), Cassiodoro (480/490-570), Beda o Venerável (674-735), santo Agostinho e Boécio, além de Prisciano, Donato e Cícero. Mas o caráter pouco orgânico e heterogêneo dos manuais, assim como o caráter compilatório dos seus escritos teológico-filosóficos provocaram certo mal estar, devido, entre outras coisas, ao contraste entre o entusiasmo por poetas e pensadores pagãos e a ideia de que se devia reconhecer aos estudos bíblicos a proeminência absoluta na formação do Cristão. Contudo, a partir da segunda geração carolíngia, mediante Escoto Eriúgena, ocorreu uma reavaliação da dialética e da filosofia pela inserção das artes liberais no contexto teológico, tornando-se estas artes liberais instrumentos de pesquisa. Assim, a “primeira escolástica” (o período de pensamento que vai de Escoto Eriúgena a santo Anselmo, das escolas de Chartres e de São Vitor a Abelardo) fica configurada. A Holosofia destina ao PHS (Programa Holosófico de Saúde) o papel de levar à comunidade informações interessantes à compreensão da atual estrutura social e cultural em que vivemos; no presente artigo, estamos acompanhando o processo de formação das instituições escolares de hoje, com o registro das pessoas que mais se destacaram nesse contexto. Pelo acima exposto, fica evidente que a Filosofia é a raiz do saber. Prof. Me. Sebastião Saraiva, Maitreya Médico, holósofo e filósofo Cel. (098) 8282.9888 Site: www.holosofia.com.br Informativo da 15ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Cássia dos Coqueiros, realizada no dia 04/09/2013. EXPEDIENTEDODIA -Ata da 14ª Sessão Ordinária, realizada dia 21 de agosto do ano de 2013, aprovada por unanimidade pelos presentes; -Oficio nº 261/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 16/2013; -Oficio nº 262/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 15/2013; -Oficio nº 263/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que encaminha as informações solicitadas no Requerimento nº 17/2013; -Oficio nº 264/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que solicita prorrogação de prazo para prestar informações solicitadas no Requerimento nº 18/2013; -Oficio nº 265/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que solicita prorrogação de prazo para prestar informações solicitadas no Requerimento nº 19/2013. -Oficio nº 266/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que solicita prorrogação de prazo para prestar informações solicitadas no Requerimento nº 20/2013. -Oficio nº 267/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 21 de agosto que solicita prorrogação de prazo para prestar informações solicitadas no Requerimento nº 21/2013. -Oficio nº 271/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 22 de agosto. -Oficio nº 19/2013 emitido pela Contabilidade da Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 23 de agosto. -Oficio nº 281/2013 emitido pela Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros, datado de 30 de agosto que encaminha o Projeto de Lei nº 07, de 30 de agosto de 2013 que Estabelece o Plano Plurianual do Município para o período de 2014 a 2017 e define as metas e prioridades da administração publica municipal para exercício de 2014. -Projeto de Lei nº 04/ 2013 de 02 de setembro de 2013 de autoria dos vereadores Alfredo Baqueta Graciano de Bastos e João Batista Estevão dos Santos que “Dá denominação de Maria Aparecida de Souza, ao bairro localizado entre a Rodovia Vicinal Mario Covas Junior e o bairro Ana Rosa do Espírito Santo, e denomina de João Batista de Souza, a travessa Projetada B e prolonga a Rua Vereador Ernesto Magosso ate a Rodovia Vicinal Mario Covas Junior, todas no mesmo bairro. -Indicação nº 036/2013, de autoria do vereador Vagner Aparecido de Pontes que solicita que seja instalado Câmeras de Segurança (circuito Interno), em todas as repartições internas da Escola Municipal Abel dos Reis, bem como na área externa em frente a referida escola. -Requerimento nº 024/2013, em regime de urgência, de autoria do vereador Vagner Aparecido de Pontes que Solicita a relação de todos Decretos Municipais emitidos a partir do dia 1º de janeiro de 2013 ate a presente data -Oficio Especial emitido pela Promotoria de Justiça de Cajuru, datado de 02 de setembro. ORDEM DO DIA -Não houve nenhuma matéria apreciada na ordem do dia. -A próxima sessão ordinária realizar-se-á no dia 18 de setembro de 2013, às 20:00 horas, compareçam.

[close]

p. 13

07/09/2013 - Edição 697 Página 13

[close]

p. 14

Página 14 Edição 697- 07/09/2013 Atendimentos realizados pelo SAMU-Cajuru (Agosto-2013) Equipe de Cajuru é Campeã na Copinha de Futebol de Cássia dos Coqueiros lizada em Cássia dos Coqueiros, Cajuru venceu o time da casa de virada. O placar foi Cajuru 5X4 Cássia dos Coqueiros. Com essa vitória, Cajuru saiu invicta no campeonato e a comemoração foi em dobro. Foram destaques: Melhor goleiro – Tiago Freire Artilheiro – Nelson Pimenta Técnico – Marcos Prado O prefeito Dr. Luís Estevão parabeniza comissão técnica e jogadores por mais essa vitória. Na semana passada, a equipe de Cajuru do sub-15 trouxe mais um troféu para nossa cidade. Na final, rea- Atos Municipais Pedido de Desligamento Voluntário O Prefeito Municipal de Cajuru, no uso de suas atribuições e em consonância com a Lei nº 1.815 de 22 de abril de 2013, torna pública a homologação do pedido de desligamento voluntário do funcionário que adotou o benefício oferecido pela Prefeitura Municipal em virtude da exoneração de seu quadro de funcionários, é ele: Mirela Gisela de Oliveira – Pedido requerido em 02 de setembro de 2013. Cajuru, 05 de Setembro de 2013. LUIS ESTEVÃO PEREIRA Prefeito Municipal

[close]

p. 15

07/09/2013 - Edição 697 Página 15

[close]

Comments

no comments yet