Informativo PCB Foz - Edição 3

 

Embed or link this publication

Description

Informativo do PCB (Partido Comunista Brasileiro) - Foz do Iguaçu Edição 1 - Agosto de 2009

Popular Pages


p. 1

partido comunista comunista brasileiro foz do iguaçu agosto de 2009 edição 3 conferÊncia municipal partido comunista brasileiro realiza conferëncia municipal no dia 5 de setembro em foz do iguaçu etembro será determinante para o partido comunista brasileiro em foz do iguaçu o pcb realizará sua conferência municipal no sábado 5 de setembro durante o evento os comunistas debaterão a conjuntura política internacional nacional e local e lançarão o xiv congresso nacional o objetivo é chegar a uma postura política clara e independente sobre os rumos do partido que foi reorganizado recentemente na cidade o partido faz o convite a todos cuja indignação revolucionária se faz presente a participarem das atividades da conferência municipal na qual se debaterão temas como a crise do capitalismo a esquerda na américa latina a formação de foz do iguaçu e dos movimentos de esquerda na cidade a função do partido comunista a proposta da conferência é marcar toda diferença ideológica e prática que há entre grupos políticos na cidade É necessário mostrar que o velho marxismo continua atual e que a proposta revolucionária de transformação social não pode ser trocada pelo comodismo s programaÇÃo 5 de setembro sábado local sismufi manhà 9 horas função do partido comunista no processo revolucionário geraldo magella neres professor a esquerda na américa latina dirigente do partido comunista paraguaio tarde 14 horas do poder burguês local tanto no parlamento como na administração o pcb entende que é preciso discutir profundamente a realidade do município interiorano e cosmopolita ao mesmo tempo com acentuadas diferenças culturais sociais étnicas e também políticas para isso pretende apresentar na conferência temas sob ótica revolucionária rejeitando os remendos apresentados pelos governantes como transformadores da realidade a crise do capitalismo amadeu felipe secretário político do comitê regional a formação histórica e política iguaçuense aluizio palmar jornalista e militante comunista reflexo da crise do capitalismo em foz do iguaçu fabiano severino pedagogo e militante comunista militantes estudam teses do congresso nacional organizar estudar e lutar sob essa bandeira aprovada no xiii congresso do partido comunista brasileiro é que o pcb foz vem se reorganizando desde março deste ano além do círculo de formação destinado aos seus membros e do cinema aberto aos amigos e simpatizantes o comitê municipal durante os meses de julho e agosto promoveu um grupo de estudos sobre as teses para o xiv congresso nacional do partido comunista brasileiro que será realizado no período de 9 a 12 de outubro no rio de janeiro o estudo está pautado nas teses o capitalismo hoje socialismo balanço e perspectivas e a estratégia e a tática da revolução socialista no brasil além da preparação para o congresso nacional este estudo tem servido como preparativo para a conferência municipal do pcb foz que será realizada em 29 de agosto com a realização de sete encontros para o estudo das teses e com a participação de grande parte dos militantes utilizou-se dos momentos para ampliar a leitura das teses à realidade regional e local como exercício do pensamento marxista mais uma vez o pcb foz mostra na prática a importância e o caráter de uma formação sólida pautada no marxismoleninismo e objetivada à atuação prática reforçando a bandeira organizar estudar e lutar!

[close]

p. 2

militantes participam de congresso unitário popular aluízio palmar pcb presente no paraguai unidade na ação tirando essa necessidade de unidade no plano imediato esses partidos não apresentaram um plano estratégico de médio e longo prazo a união ficou restrita a disputas eleitorais com exceção do tekojoja cuja principal base está no campo os demais partidos optaram preferencialmente pela via parlamentar algumas lideranças tentaram levantar uma discussão em torno da via de massas e de uma campanha por uma nova constituição mas não tiveram eco apesar dessas dificuldades o congresso mostrou que apesar de eleitoralmente pequenos os partidos de esquerda do paraguai possuem uma extraordinária capacidade de mobilização e organização de atos de massa de cara fomos surpreendidos com uma bem organizada estrutura de recepção no don bosco róca uma espécie de internato q uando o alexandre me encomendou uma matéria sobre a nossa participação no congresso unitário popular evento realizado por cinco partidos de esquerda do paraguai imaginei fazer um informe político com análise de conjuntura resolução e vivas no final tudo no melhor estilo dos textos elaborados pelos comitês executivas e líderes comunistas comecei a escrever e de repente senti que havia entrado no túnel do tempo e estava de volta aos anos 60 quando eu fazia isso para os jornais clandestinos do pcb do estado do rio ficou um saco puxa como me prender a um texto burocrático se o que encontramos em assunção foi uma situação multifacetada de pequenos agrupamentos de esquerda trabalhando em torno de um plano de ivan pinheiro ananias maidana e aluízio administrado pela congregação salesiana dentro do imenso ginásio de arquibancadas e quadra lotadas os grupos tremulavam bandeiras faixas e se revezavam na entoação de suas cantorias e palavras de ordem e assim foi em toda manhã enquanto no palco lideranças dos cinco agrupamentos discursavam líderes do partido popular tekojoja partido comunista paraguaio partido convergência popular socialista partido do movimento ao socialismo frente patriótica e popular costuravam numa retórica em que o espanhol e o guarani se entremeavam uma espécie de frente Única para as disputas eleitorais e o trabalho de massas senti que naquele19 de junho estava sendo reeditado em escala menor uma espécie de unidade popular a união das esquerdas chilenas que em 1970 conduziu salvador allende à presidência do chile avancini pinheiro e palmar no paraguai lutas unificadas na tríplice fronteira camaradas do pcb e partido comunista paraguaio pcp estiveram reunidos em foz do iguaçu na tríplice fronteira com o objetivo estreitar os laços entre os comunistas dos dois países a reunião aconteceu em 4 de julho após os contatos realizados durante o congresso unitário popular realizado em assunção no mês de junho o próximo passo é o contato com os camaradas argentinos participaram da reunião fabian franco secretário nacional da juventude comunista paraguaia nelson maidana secretário político regional do pcp natalia correa membro do frente cultural do pcp mariano gonzalez membro do pcp e filho de desaparecido da ditadura paraguaia ruben gonzalez acosta andrea taboada membro da secretaria regional alto paraná do pcp do lado brasileiro participaram militantes joão albuquerque eliandro avancini silvana souza francisco bertok maria cecília braz ribeiro de souza irma rodriguez antonio fernandez carol miskalo o ato político teve felicitações dos secretários geral dos dois paises najeeb amado paraguai e ivan pinheiro brasil os participantes enfatizaram a necessidade de uma pauta comum de atividades dos comunistas da fronteira a idéia é montar uma coordenação local contando com representantes dos três países para facilitar e agilizar as comunicações e lutas o primeiro intercâmbio oficial será a participação dos camaradas paraguaios na conferência municipal do pcb em foz do iguaçu para o secretário-geral do pcb ivan pinheiro este encontro é um fato que marca a postura internacionalista do pcb congregando assim a política adotada pelo partido na luta pelo socialismo para o secretário político de foz eliandro avancini isso mostra que a luta por um novo mundo é comum à todos independente de sua nacionalidade pois o inimigo é comum é o capital que não reconhece fronteiras na sua gana de exploração dos trabalhadores.

[close]

p. 3

cÍrculo cÍrculo de formaÇÃo polÍtica organizar estudar e lutar os estudos ocorrem sempre na penúltima quarta-feira e sábado de cada mês o pcb lançou mais um importante desafio o círculo de formação política a iniciativa tem como objetivo a unidade teórica e organizativa de todos os militantes pois o pcb compreende a necessidade da militância comunista relacionar a teoria com a prática a idéia é afinar as discussões que envolvem o cotidiano do partido com base no conhecimento científico mais precisamente sob a sustentação do marxismo-leninismo isso porque os militantes devem estar preparados para a qualquer momento assumir as funções diretivas e conseqüentemente as tarefas que lhe forem atribuídas pelo coletivo a forma como é feito o círculo de formação caracteriza-se por não ser academicista e também por não assumir um molde de escola propõe rodas de discussão onde todos podem expor suas idéias e críticas leva em consideração os conhecimentos prévios do militante sobre a sociedade portanto o círculo de formação política é essencial para que todos fortaleçam suas práticas partidárias revolucionárias e mantenham-se abastecidos teoricamente para os enfrentamentos diários em seus campos de atuação base a proposta usa como plataforma os textos propostos pelo comitê central por enquanto já foram estudados cinco temas manual de organização partidária história do pcb a estratégia e a tática do pcb introdução ao materialismo dialético e o papel social do trabalho o próximo artigo serã sobre modos de produção palmar foi neste clima de entusiasmo que eu e o eliandro avancini penduramos junto ao palco uma bandeira do pcb e juntamente com o ivan pinheiro fizemos diversos contatos conversamos com o osvaldo chato peredo membro do movimento al socialismo da bolívia e irmão do mítico inti peredo da guerrilha do che e com ananias maidana atual secretário-geral do pcp a trajetória política de ananias inclui mais de 20 anos de encarceramento seu irmão antonio histórico dirigente comunista é uma das vítimas da ditadura de stroessner em 1980 foi seqüestrado em buenos aires e encontra-se desaparecido tratamos ainda de diversos assuntos com luis casabianca e nageeb amado o primeiro foi um dos organizadores da frente unida de libertação nacional fulna um grupo guerrilheiro que atuou principalmente durante os anos 60 e o segundo é o atual secretário geral do pcp nesses contatos expusemos a situação da fronteira nossos planos e o nível em que se encontra a seção local do pcb tivemos ainda longos bate-papos com dirigentes de outros partidos que compõem o espaço unitário popular nessas conversas eu eliandro e o ivan pinheiro estivemos acompanhados pelo leonardo rocha dirigente da pcb em curitiba assim de bate pronto surgiram propostas de trabalho voluntário em um assentamento dirigido pelo pcp realização de manifestações em cima da ponte da amizade de intercâmbios cultural e estudos comuns considero que essa primeira entrada nossa participação no congresso unitário popular e os contatos mantidos no período da tarde e à noite foram extremamente proveitosos mostramos que o pcb está organizado e pronto para articular ações comuns com seus congêneres de ciudad del este e outras cidades paraguaias da linha de fronteira e tem mais cÍrculo cultural a revolução dos bichos parou no círculo cultural do pcb em foz do iguaçu no dia 25 de jjulho a sátira ao stalinismo escita por george orwell transformada em filme pelas lentes do diretor john stephenson foi assistidada pelos militantes do partidão como mais uma ação do projeto voltado às atividades culturais escritor jornalista e militante político orwell participou da guerra civil espanhola na milícia marxista/trotskista e foi perseguido junto aos anarquistas e outros comunistas pelos stalinistas sua obra foi escrita em 1944 e demonstra sua critica ao governo de stalin a sessão de vídeos filmes documentários etc é promovida sempre no Último sÁbado de cada mÊs a entrada é gratuita com direito a café para espantar o frio além de fundamental para os militantes do pcb o evento é aberto a todos amigos do partido um marco da resistência democrática o círculo cultural do pcb iniciou em junho com a exibição do documentário jornal nosso tempo um marco da resistência democrática em foz do iguaçu produzido pelos jornalistas carlos luz e pela jornalista thays petters a dupla reuniu em 34 minutos entrevistas reproduções de capas do veículo além de fotos e trechos de vídeos históricos foto alexandre palmar os fundadores do jornal aluízio palmar juvêncio mazzarolo e adelino de souza e o último proprietário adão almeida contam no documentário a trajetória de lutas do jornal marco na imprensa iguaçuense o veículo é referência na comunicação alternativa e popular tendo circulado de 1980 e 1994 em foz do iguaçu após a exibição do documentário o público discutiu a liberdade de imprensa o papel de jornalistas nas lutas populares a derrubada da exigência do diploma de formação superior para o exercício da profissão de jornalista carlos luz também relatou que atualmente a trajetória da imprensa iguaçuense é tratada com descaso carlos luz apresentou o documentário jorpelos governantes que não se importam com a preser nal nosso tempo um marco da resistência vação da história da mídia local democrática em foz do iguaçu?

[close]

p. 4

sÓ no blog do fratura no bloco histÓrico das classes dominantes do brasil em direÇÃo da hegemonia cláudio reis n os últimos 20 anos com o fim da ditadura militar a vida política brasileira vem se transformando num fardo cada vez mais pesado para a grande maioria da população no entanto mesmo tendo se tornado enfadonha é preciso tirar da situação elementos pedagógicos importantes para se pensar a ruptura ao status quo sem entrar diretamente no debate sobre os limites ou avanços do regime democrático de direitos formalmente vigorante no país deve-se ressaltar que somente a partir de tal forma de organização político-estatal os brasileiros puderam acompanhar de modo ininterrupto parte dos conflitos existentes entre os representantes políticoideológicos de suas classes dominantes todavia a percepção mais ou menos clara que as classes subalternas têm dos embates políticos e ideológicos verificados no âmbito dos intelectuais orgânicos das classes dirigentes está restringida a uma dimensão específica da dominação de classe no brasil isto é a chamada questão da corrupção dos políticos obviamente que esta situação não é nova no país o problema da promiscuidade entre público e privado nunca foi um obstáculo à manutenção do poder político-econômico das elites nem os setores burgueses nem muito menos os setores representantes da economia baseada no latifúndio enxergaram e enxergam problema na ausência de uma organização racional que separasse as dimensões econômico-corporativa e político-pública a distinção do que seja privado ou coletivo nunca significou questão séria à acumulação de capital no brasil talvez por isso a historia da política das classes dominantes brasileiras seja marcada mais pelo uso da força do que pelo auxílio do consenso em relação aos subalternos a falta de um projeto hegemônico consistente nunca foi impedimento para as elites se manterem no aparelho estatal e por meio dele fortalecerem seus poderes políticos e econômicos no interior da sociedade civil o recurso predominante da violência sobre os descontentes sempre foi o suficiente www.pcbfoz.blogspot.com cenas do dia do trabalhador na praça por questões de espaço o informativo do pcb publicou o trecho inicial do artigo leia o texto completo no endereço o partido comunista brasileiro deu mais um importante passo na sua reorganização em foz do iguaçu o pcb teve papel fundamental na realização do ato público do dia do trabalhador promovido na praça da bíblia o manifesto foi organizado em conjunto com os aliados do campo da esquerda e classista mst guatá cultura em movimento app-sindicato conlutas casa do teatro sindicato dos jornalistas juntos os militantes buscaram resgatar o verdadeiro significado da data ir para as ruas e marcar o dia de luta essas e outras imagens no endereço grupo teatral arte em si que apresentou a peça operário em construção baseada no poema de vinicius de moraes foto wemerson augusto www.pcbfoz.blogspot.com pcb entre em contato com o www.pcb.org .pcb.org.br www.pcb.org.br www.pcbfoz.blogspot.com visite o site mande um e-mail pcbfoz@gmail.com

[close]

Comments

no comments yet