Informativo PCB Foz - Edição 2

 

Embed or link this publication

Description

Informativo do PCB (Partido Comunista Brasileiro) - Foz do Iguaçu Edição 2 - Abril de 2009

Popular Pages


p. 1

partido comunista comunista brasileiro foz do iguaçu abril de 2009 edição 2 partido em movimento articulação feita pelo partido comunista brasileiro é fundamental para realização do dia do trabalhador em foz operários tarsila tarsila do amaral o partido comunista brasileiro foi oficialmente reorganizado em foz do iguaçu no dia 25 de março de 2009 mesmo dia em que completou 87 anos de luta pelo socialismo naquele ato político os comunistas levantaram e assumiram a tarefa de articular outras forças legítimas de esquerda e de defesa dos trabalhadores em torno da realização de um manifesto no 1º de maio que corria o risco de passar em branco na cidade o compromisso de todos realizar um intenso trabalho político que vise a construção de um ato público com caráter de classe de esquerda anticapitalista de partidos sindicatos e outras organizações em pouco tempo ocorreram as primeiras confirmações dos aliados em torno da causa entre eles o mst a app-sindicato ns foz do iguaçu guatá ­ cultura em movimento sindicato dos jornalistas ­ subseção foz e região e conlutas a articulação entretanto está em aberto É dever de todo militante do pcb buscar em conjunto com a direção do partido outros aliados para essa importante data dos trabalhadores mais do que isso é preciso multiplicar forças convocando mais iguaçuenses ­seja base de trabalho de moradia ou de estudo­ para sair às ruas no dia 1º de maio todo esforço é fundamental para termos êxito na organização do protesto o operário em construção fragmentos mas o que via o operário o patrão nunca veria o operário via as casas e dentro das estruturas via coisas objetos produtos manufaturas via tudo o que fazia o lucro do seu patrão e em cada coisa que via misteriosamente havia a marca de sua mão e o operário disse não um silêncio de torturas e gritos de maldição um silêncio de fraturas a se arrastarem no chão e o operário ouviu a voz de todos os seus irmãos os seus irmãos que morreram por outros que viverão uma esperança sincera cresceu no seu coração e dentro da tarde mansa agigantou-se a razão de um homem pobre e esquecido razão porém que fizera em operário construído o operário em construção vinicius de moraes emprego É coisa rara em foz além de engrossar as reivindicações comuns dos brasileiros em foz do iguaçu temos uma realidade cruel em que o desemprego atinge níveis assustadores para piorar a maioria dos trabalhadores está na informalidade e depende do paraguai para sobreviver seja como vendedor em ciudad del este ou como laranja a cidade criou apenas 5,4 mil postos de trabalho nos últimos quatro anos o resultado leva em conta o total de pessoas contratadas menos o total de demitidas cascavel por exemplo gerou 10,2 mil empregos em carteira toledo também está na nossa frente pois gerou 7,3 mil empregos de 2005 a 2008.

[close]

p. 2

dia de luta da classe trabalhadora empre é importante lembrar o significado do dia 1º de maio afinal essa data não é apenas um dia de descanso mas uma conquista dos trabalhadores pelo direito de se organizar para lutar por suas reivindicações comuns todos temos em comum algo vivemos do nosso trabalho portanto convocamos os trabalhadores para juntos realizarmos um dia de luta e reivindicação de cobrança dos nossos direitos e de denúncia dos desmandos de um sistema econômico que vive a partir da exploração do nosso trabalho neste dia é importante discutirmos o significado da crise que estamos vivendo e mais importante ainda é entendermos que esta é uma crise que ocorre justamente por causa da organização do capitalismo e mais uma vez na história os donos do capital querem que nós trabalhadores paguemos a conta para eles continuarem lucrando sobre a exploração do trabalho veja o documento assinado pelo pcb em conjunto com outras organizações de esquerda s classe trabalhadora quem somos para que a classe trabalhadora organize-se em meio a tempos de crise do capital é fundamental que as discussões conceituais sobre quem somos retorne afinal para lutarmos é necessário nos reconhecermos e formarmos nossos pares segundo a teoria marxista a classe trabalhadora é formada pelos despossuídos dos meios de produção que só garantem sua sobrevivência através da venda de sua força de trabalho para outrem e ainda pelos desempregados que no capitalismo são necessários para tensionar e pressionar os trabalhadores que têm emprego pois assim os salários e condições de trabalho ficam sob comando dos patrões porém esse conceito aparentemente sofre uma diluição devido as rearticulações do mundo do trabalho tais como os programas empresariais de participação dos trabalhadores nos lucros os incentivos a formação de indivíduos empreendedores como se no modo de produção capitalista fosse possível existir mais patrões que trabalhadores e ainda o trabalho sem sair de casa que isola o trabalhador de outros essa dentre outras é uma questão que o pcb se propõe a discutir e a construir uma alternativa em conjunto com a sociedade não vamos pagar a conta de uma crise que não é nossa e ainda devemos estar atentos às entidades que dizem estar ao lado dos trabalhadores como a cut a cgt a força sindical e alguns outros sindicatos que tentam nos enganar com seus discursos pelegos a fim de silenciar nossas vozes precisamos mais do que nunca lutar pelo que queremos · nenhum direito a menos avançar nas conquistas · fim das demissões e readmissões dos demitidos com salário e condições inferiores de trabalho · contra o banco de horas e flexibilização das jornadas · contra a suspensão dos contratos de trabalho · medida provisória do governo federal garantindo estabilidade de emprego · não pagamento das dívidas externas e internas · não financiamento ao fmi e aplicação deste recurso em ações de garantia aos trabalhadores · reforma agrária e urbana · contra a criminalização do movimento sindical e popular · soberania sobre os recursos naturais.

[close]

p. 3

pcb apóia marcha do mst na fronteira primeira atividade pública do pcb/foz após sua reorganização em 25 de março de 2009 foto carol miskalo claudio reis n o dia 26 de março de 2009 o partido comunista brasileiro de foz do iguaçu esteve presente em solidariedade aos trabalhadores rurais brasileiros e paraguaios em ato público ocorrido na ponte da amizade a manifestação guiada pelo movimento dos trabalhadores sem terra mst do lado brasileiro e pela via campesina representando os camponeses paraguaios transcorreu sem qualquer incidente grave com as forças do estado ainda que tenha havido certa intimidação simbólica por parte do corpo policial sempre bem equipado com roupagem e armamento pesado os trabalhadores se expressaram por meio de palavras de ordem que legitimam sua organização político-social o mst mais uma vez demonstrou maturidade política e cultural sua marcha sempre disciplinada e determinada atraiu as atenções de todos que ali estavam demonstrando que a luta social é possível sim e viável por algumas horas fizeram os indivíduos pensarem para além da espontaneidade do cotidiano mesmo entre aqueles que se dirigiam através de insultos e rejeição mesmo entre esses o mst conseguiu provocar algum tipo de ação aparentemente inexistente e este é um elemento importante de se ressaltar pois militantes do pcb claudio reis e bertok sobre a ponte da amizade isso mostra que as contradições sociais estão vivas e atuantes ­ apesar da ideologia da classe dominante dizer o contrário como se fosse uma faca afiada o mst em sua passagem cortou a sociedade naquele exato momento expondo os conflitos dissimulados o vai e vem caótico do cotidiano para assistir a política passar e neste instante o olhar de admiração ainda que tímido misturouse com aquele mais raivoso o silêncio misturado com os gritos isolados de hostilidade deu a justa dimensão do amontoado de idéias existentes no mundo social em detrimento de manifestações isoladas de caráter fascista o mst e a via campesina deixaram claro que estão unidos para o enfrentamento do problema agrário existente nos dois países problema central para inúmeros movimentos político-sociais da américa latina esta unidade é de fundamental importância para o avanço da luta popular e progressista para ambos os lados a troca de experiências contribuiu fortemente para a compreensão dos seus próprios desafios como toda luta popularnacional nunca está isolada da luta popular-mundial a unidade políticocultural dos envolvidos é sempre um elemento de avanço contra o sistema do capital ainda que possam existir particularidades em cada caso a tradução das experiências vitoriosas para outros movimentos internacionais pode em alguns casos decidir os rumos da luta específica efetivada em determinada vida nacional o partido comunista brasileiro defende essa postura político-cultural e busca neste momento ser um elemento ativo para o seu fortalecimento certamente que em foz do iguaçu essa tarefa é ainda mais urgente e necessária pcb em movimento com carol miskalo e claudio reis foto bertok claudio reis é militante do pcb.

[close]

p. 4

encontro em cascavel define cronograma lutas representantes de vários comitês municipais do pcb se reuniram no sábado 18 de abril em cascavel entre militantes de curitiba foz do iguaçu rolândia londrina maringá toledo além dos militantes cascavelenses o principal tema discutido foi o xiv congresso nacional do pcb que vai acontecer de 9 e 12 de outubro no rio de janeiro já o congresso estadual deve acontecer em agosto em curitiba também estavam na pauta da reunião discussões como plenária nacional da intersindical que ocorrerá nos dias 24 e 25 de abril em santos sp campanha do petróleo é nosso sendo que haverá uma discussão em curitiba no dia 24 de abril sobre o tema com a participação do secretário-geral do partido ivan pinheiro também foi eleito o novo representante estadual da união da juventude comunista ujc além de debate sobre dos aliados para a formação da unidade classista no xiv congresso nacional são esperadas as participações de comunistas iguaçuenses bem como participação na plenária da intersindical e também no debate do petróleo outros temas foram alvos dos debates como o agravamento da crise financeira e sua conseqüência no brasil o secretário-político do pcb no paraná amadeu felipe enfatizou a participação do partido nas manifestações que deverão ocorrer em todo o estado no dia 1º de maio dia do trabalhador e que é de suma importância levar a bandeira de luta do partido nenhum direito a menos avançar nas lutas palestra coluna prestes a formação da coluna prestes é comemorada no mês de abril para marcar esse fato histórico que inclusive tem passagem na cidade de foz do iguaçu o jornalista aluizio palmar membro do pcb foi convidado para fazer uma fala na unioeste campus de foz o evento será na quintafeira 30 de abril às 19 horas no mini-auditório e é aberto aos interessados jornada de estudos em comemoraÇÃo aos 50 anos da revoluÇÃo cubana será realizada no dia 24 de abril às 19 horas no mini auditório da unioeste a abertura da jornada de estudos em comemoração aos 50 anos da revolução cubana o evento tem como chave de discussão a história e a atualidade de cuba nos eixos da educação organização política saúde e economia a abertura conta com a fala da professora cubana mestre em filologia espanhola e presidente da associação josé martí maria teresita campos avella a jornada é organizada pelo grupo de estudos e pesquisa dos fundamentos da filosofia da história e da educação gefhe da unioeste em conjunto com acadêmicos de pedagogia professores da rede estadual de ensino e app ­ sindicato mais informações professores sebastião rodrigues e silvana souza telefone 84171565 e mirian takahashi 9104-7837 greve nacional em defesa do piso salarial dos professores o núcleo sindical de foz do iguaçu da app-sindicato está chamando professores/as e funcionários/as das escolas públicas para a greve nacional pela implementação da lei do piso salarial nacional psn no dia 24 de abril em foz do iguaçu na praça do mitre às 8h30 a lei estabelece o piso inicial de r 950,00 pela jornada de 40 horas e o mínimo de 33 para hora-atividade destinado a estudo preparação de aula correção de avaliações a lei 11.738 que estabelece o psn já aprovada não foi aplicada ainda devido uma ação de inconstitucionalidade apresentada por 5 governadores dentre eles o do paraná além da pauta nacional o sindicato reivindica sua pauta estadual neste mesmo dia jornalistas na praÇa do mitre dezenas de pessoas compareceram a praça do mitre para apoiar a campanha em defesa da obrigatoriedade do diploma em jornalismo o manifesto foi organizado em 31 de março pelo sindicato dos jornalistas profissionais do paraná base de foz do iguaçu o ato ocorreu de forma simultânea em várias cidades pressionado o supremo tribunal federal adiou o julgamento do recurso extraordinário re 511961 que questiona a exigência de diploma em jornalismo como requisito para o exercício da profissão entre em contato com o pcb avancini eliandro avancini 8407-1123 fabiano severino 8406-8251 alexandre palmar 9931-7085 silvana de souza 8417-1565 mirian takahashi 9104-7837 tak akahashi paulo bogler 9118-4124 www.pcb.org .pcb.org.br www.pcb.org.br mande um e-mail pcbfoz@gmail.com visite o site

[close]

Comments

no comments yet