ABIB Biomassa e Bioenergia WoodPellets

Embed or link this publication

Description

ABIB Biomassa e Bioenergia WoodPellets

Popular Pages


p. 1

fone 41 33352284 41 88630864 skype brazil biomass brasil biomassa e energia renovÁvel consultoria projetos industriais e marketing internacional brasil biomassa e german pellets viabilidade projeto industrial brasil a brasil biomassa e energia renovável firmou um acordo comercial internacional para o desenvolvimento de um estudo de viabilidade para a implantação da primeira planta no brasil da german pellets uma das maiores produtoras de pellets na europa german pellets to build second us an brazil pellet plant production of about 1 million tonnes of wood pellets per year in louisiana construction to begin in april commissioning in spring of 2014 german pellets is further expanding its production capacities in north and south america in urania a town in northern louisiana german pellets will soon begin construction work on a new pellet production facility the output will be about 1 million tonnes of wood pellets per year in 2014 a plant will open for production in brazil the decisive factor for the choice of location in brazil was the availability of raw materials in this densely forested region where the annual timber increment is significantly higher than in germany owing to the subtropical climate once again we have chosen a site with well-established wood supplies and logistics said peter leibold manager of the german pellets group until a few years ago urania had been an important location for the wood-based panel industry the us company georgia pacific had produced particleboard and other products at this site supply infrastructure and other infrastructure including a railway siding are already in place construction on the new plant will begin soon the forestry industry is the second largest employer in the well-wooded state of louisiana the forests are managed sustainably the new german pellets production facility in urania will create some 500 jobs in the region both directly and indirectly german pellets will produce one million tonnes of wood pellets per year in urania twice as much as in its first us plant in woodville texas pellet consumption worldwide is on the rise especially in europe this means that the construction of large production capacities is necessary said german pellets ceo peter leibold the demand from the european power plant market for the production of heat and electricity from wood pellets has risen sharply there is also an increasing demand for wood pellets among private consumers and large-scale users for example for supplying heat to hospitals schools commercial buildings and industrial facilities for the transport of wood pellets from the urania and woodville sites to europe german pellets will be using the harbour of port arthur on the gulf of mexico at the deep-water port german 50 pellets operates storage and loading systems about german pellets german pellets gmbh was founded in 2005 in wismar mecklenburgvorpommern germany and has since become the leading manufacturer of wood pellets in europe german pellets produces wood pellets and animal-hygiene products at 14 sites in germany and austria wood pellets are made from wood shavings and sawdust pressed into a cylindrical shape they can be used for a wide range of applications ­ in private households in industrial and commercial facilities and for the production of electricity and heat diretores business development benjamin neter e steffen hildebrandt da german pellets gmbh em assinatura de contrato em sÃo paulo com os diretores da brasilbiomassa e energia renovÁvel para o desenvolvimento do estudo de viabilidade econÔmico e financeira para a implantaÇÃo da primeira unidade no brasil .

[close]

p. 2

o atlas brasileiro de biomassa e bioenergia desenvolvido pela associação brasileira das indústrias de biomassa e energia renovável com apoio técnico da brasil biomassa e energia renovável visa reunir esforços entre diversos setores políticos e empresariais no brasil no sentido de implementar uma estratégia integrada para o consumo produção da biomassa e no desenvolvimento de projetos industriais sustentáveis unidades da federação brasil norte rondônia acre amazonas roraima pará amapá tocantins nordeste maranhão piaui ceará rio g norte paraíba pernambuco alagoas sergipe bahia sudeste minas gerais espirito santo rio de janeiro são paulo sul paraná santa catarina rio grande sul centrooeste mato grosso sul mato grosso goiás resíduo da colheita m³/ano silvicultura 18.442.217,88 572.494,73 resíduo ­ processamento mecânico madeira extrativismo 16.353.680,56 9.612.521,49 1.456.532,22 129.307,04 1.132.482,78 108.247,43 6.409.226,75 286.277,06 90.448,22 1.602.994,97 198.115,42 129.546,20 51.024,19 7.049,54 37.357,32 2.547,19 14.521,65 1.162.833,46 61.148,59 42.194,30 2.469,97 1.201,20 15.283,13 840.438,89 674.212,11 128.897,34 37.329,44 4.236.576,63 11.029,59 4.204.872,46 20.674,58 silvicultura 48.110.133,60 1.493.464,50 resíduo ­ cadeia florestal colheita e processamento mecânico extrativismo 2.668.432,73 1.568.476,70 237.662,60 21.099,05 184.787,40 17.662,75 1.045.794,58 46.711,88 14.758,45 261.560,95 32.326,53 21.138,08 8.325,63 1.150,28 6.095,60 415,63 2.369,50 189.739,73 9.977,63 6.884,85 403,03 196,00 2.493,75 137.134,55 110.011,30 21.032,20 6.091,05 691.282,90 1.799,70 686.109,73 3.373,48 extrativismo 66.552.351,48 2.065.959,23 silvicultura 19.022.113,28 11.180.998,19 1.694.194,82 150.406,09 1.317.270,18 125.910,18 7.455.021,33 332.988,94 105.206,67 1.864.555,92 230.441,94 150.684,28 59.349,81 8.199,82 43.452,92 2.962,81 16.891,15 1.352.573,18 71.126,21 49.079,15 2.872,99 1.397,20 17.776,88 977.573,44 784.223,41 149.929,54 43.420,49 4.927.859,53 12.829,29 4.890.982,18 24.048,06 total 405,38 342.422,16 229.667,19 2.877.974,13 11.667,04 3.232,13 1.057,50 893.275,20 599.131,80 7.507.758,60 30.435,75 8.431,65 1.462,88 1.235.697,36 828.798,99 10.385.732,73 42.102,79 11.663,78 85.574.464,76 13.246.957,42 1.694.194,82 150.406,09 1.318.733,06 125.910,18 8.690.718,69 1.161.787,93 105.206,67 12.250.288,65 272.544,73 150.684,28 71.013,60 8.199,82 43.452,92 27.542,85 19.250,43 11.657.291,27 22.527.974,32 4.893.321,23 3.881.492,46 94.817,02 13.658.343,61 30.099.297,47 15.741.680,80 9.813.674,32 4.543.942,35 7.449.946,92 2.363.448,43 4.913.488,67 173.009,82 6.811,34 653,78 2.855.524,29 6.222.982,01 1.342.380,34 1.074.798,17 25.887,42 3.779.916,08 8.069.875,34 4.144.837,59 2.677.905,18 1.247.132,57 698.891,69 651.376,39 6.236,74 41.278,56 17.768,70 1.705,50 7.449.193,80 16.233.866,10 3.501.861,75 2.803.821,30 67.532,40 9.860.650,65 21.051.848,70 10.812.619,80 6.985.839,60 3.253.389,30 1.823.195,70 1.699.242,75 16.269,75 107.683,20 24.580,04 2.359,28 10.304.718,09 22.456.848,11 4.844.242,09 3.878.619,47 93.419,82 13.640.566,73 29.121.724,04 14.957.457,39 9.663.744,78 4.500.521,87 2.522.087,39 2.350.619,14 22.506,49 148.961,76 no estudo da abib brasil o brasil tem um potencial total de geração de biomassa florestal e industrial metros cúbicos de 85.574.464,76 somando-se com a produção de lenha e carvão temos um quantitativo metros cúbicos de 157.992.556 soma-se a este quantitativo a estimativa dos resíduos gerados pelo setor agroindustrial de 547.306.628.

[close]

p. 3

o estudo envolveu levantamento de dados acerca da situação atual de geração de resíduos no segmento florestal industrial agroindustrial e sucroenergético visando auxiliar na formulação e reformulação de políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiro no âmbito dos resíduos do setor agroindustrial trabalhamos com os dados da produção e com as estimativas dos montantes de resíduos gerados e do potencial energético destes resíduos foram avaliadas as principais culturas agrícolas brasileiras segregadas em culturas temporárias e permanentes e os resíduos florestais e industriais resultantes da produção madeireira os resultados apresentados poderão servir de base para uma melhor avaliação dos impactos ambientais do setor e para a análise de possibilidades econômicas de utilização dos resíduos para geração de energia por meio de reaproveitamento da biomassa subsidiando a elaboração de planos de redução reutilização e reciclagem dos resíduos gerados este atlas tem como objetivo principal realizar o diagnóstico da geração de resíduos nos setores da silvicultura e florestal agricultura e agroindústria primárias associadas sucroenergético visando subsidiar o desenvolvimento de projetos de aproveitamento da biomassa e a sua conversão de uma fonte de energia limpa e renovável consideramos importante a formação de um inventário nacional com os principais resíduos agrícolas agro-industriais e sólidos urbanos que podem complementar a biomassa ou bioenergia ou complementares às culturas energéticas consideramos a necessidade de uma política nacional para o desenvolvimento estratégico do setor para uma promoção e o apoio na produção e no uso da energia a partir de biomassa residual o preço das energias provenientes de combustíveis fósseis tende a um aumento nos preços próximos anos e um avanço no consumo interno de energia utilizar adequadamente a biomassa para a geração de energia ou para o desenvolvimento de projetos ecológicos será de fundamental importância para a criação de novos empregos e de negócios o aproveitamento da biomassa florestal industrial e agroindustrial podem ser parte integrante do processo de gestão sustentável e da cadeia de responsabilidade as populações locais deverão ser sensibilizadas acerca das vantagens de utilização da biomassa e das repercussões positivas em termos econômico social e ambiental celso oliveira presidente da associação brasileira das indústrias de biomassa e energia renovável

[close]

p. 4

a brasil biomassa consultoria e projetos está desenvolvendo para o the colleman group grupo empresarial e de investimentos com 64 empresas nacionais o maior projeto industrial de produção de woodpellets em santa catarina com apoio da prefeitura municipal de otacílio costa e do governo do estado de santa catarina a unidade industrial vai aproveitar a materia-prima da maior região florestal do brasil em ativo florestal de pinus região serrana com a participação direta do maior distribuidor de toras de madeira da região e com ativo florestal de mais de 1.000.000 toneladas de toras de pinus esta unidade industrial vai gerar centenas de empregos sustentáveis na região e vai utilizar 100 dos equipamentos industriais produzidos no brasil com a garantia de financiamento pelo finame bndes juros 3,5 ao ano com dois anos de carência e o prazo de pagamento de 144 meses e uma taxa de retorno de 1,8 anos com excelente resultado financeiro com uma localização estratégica em santa catarina grande ativo florestal com a saída para exportação pelos portos de são francisco navegantes itajai e o novo porto de imbituba que sera o maior porto de produtos florestais do brasil a brasil biomassa e energia renovável está desenvolvendo um novo projeto industrial de produção de pellets no estado do pará usina industrial de wood pellets está sendo implantada na cidade de ananindeua pará a unidade industrial terá a capacidade de produção anual 72.000 toneladas direcionada ao mercado exportação o grupo empresarial gs indústria de pellets do brasil decidiu em aproveitar os resíduos lenhosos florestais e industriais na região de ananindeua no pará no desenvolvimento de um novo e promissor negócio de industrialização da madeira na forma de pellets utilizado para o aquecimento residencial e industrial no brasil estados unidos e europa eles decidiram entrar para o ramo industrial e vão construir a maior unidade industrial no pará gerando dezenas de empregos e dividendos aos municípios além do caráter inovador e sustentável do projeto industrial em dados fornecidos pela aimex associação das indústrias exportadoras de madeiras do estado do pará e da secretaria de meio ambiente do estado do pará temos um grande potencial de resíduos industriais e florestais que podem ser convertidos em produto industrial ­ pellets ou briquetes constatamos o potencial de mais de 90.000 m3 de resíduos de fonte de energia 3.647.645,3821 stéreo de resíduos florestais resíduo industrial de 5.707,5874 m3 resíduo de miolo de compensado de 39.694,7758 m3 resíduo de energia de 2.106.530,60 m3 e de resíduos florestais de 390.017,15 stéreo de madeira legalizada em dados da secretaria extraordinária de estado para coordenação do programa municípios verdes em planilha resíduos lenha lascas de madeira em escala industrial tem um potencial de 1.880.157,0421 m3 .

[close]

p. 5

com a necessidade de desenvolvimento de um novo negócio ao setor sucroenergético para o aproveitamento da palha da cana e do bagaço e o emprego de técnicas que minimizem as agressões ao meio ambiente a brasil biomassa implantou duas grandes unidades industriais no brasil no primeiro projeto implantado para o grupo bertin biopellets brasil envolvendo a maior unidade internacional de produção de biopellets de bagaço de cana 72.000 ton ano em lins são paulo e o novo projeto industrial de biobriquete de bagaço e palha da cana-de-açúcar 32.000 ton ano diante da grande concentração de usina de cana-de-açúcar no brasil e considerando que a biomassa palha e o bagaço proveniente destas agroindústrias vem demonstrando grande importância na produção de energia limpa e renovável surgem novas técnicas de utilização desta fonte uma delas é a peletização ou a briquetagem que consiste na compactação da palha e do bagaço de cana um dos principais fatores positivos pelo uso racional do bagaço de cana-de-açúcar é a diminuição do impacto ambiental que o mesmo causa como a mitigação de emissão de carbono da atmosfera e a redução do efeito estufa sem falar dos benefícios para a economia do país neste contexto a utilização de fontes alternativas de energia em particular os resíduos da palha da cana-de-açúcar na forma sustentável de produção de bio pelelts ou briquete aparece como uma oportunidade de particular importância para colaborar na oferta de energia para o país É uma alternativa não somente para aproveitar resíduos como para facilitar o transporte destes para aplicações em lugares distantes da fonte pode trazer muitos benefícios tanto em questões ambientais quanto econômicas uso de menor quantidade de matéria prima para produção da mesma quantidade de vapor comparada com a utilização de bagaço comum o bio pellets ou briquete tem um poder calorífico maior 2,6 vezes maior estamos falando de dois combustíveis sólido e o mais limpo que existe no mercado como a sua matéria-prima que utiliza são subprodutos de resíduos do setor sucroenergético o preço tem um custo menor do que os preços de outros tipos de combustíveis É uma forma sustentável de energia o uso da matéria-prima necessária para a produção envolve de resíduos da palha da cana-de-açúcar que em algumas regiões é queimada ou sem um finalidade de uso pode ser utilizado para diversos fins tanto em indústrias como em aquecimento de piscinas em fornalhas ou caldeiras que queimam lenha ou qualquer outro material particulado pode ser utilizado em cerâmicas pizzarias padarias e indústrias em geral.

[close]

p. 6

todos os equipamentos industriais são produzidos no brasil com certificação nacional e internacional com a produção dentro do padrão internacional linha completa industrial credenciada bndes moega de recepção transportador de esteira grade de limpeza magnética automática moinho de martelos peneira rotativa transportador de esteira caixa de acerto de fluxo aço carbono transportador de rosca calha secador rotativo ciclone de alta eficiência exaustor centrífugo válvula rotativa transportador de rosca calha soprador ­ fornalha industrial pirolítica elevador de canecas silo panelok comporta simples pneumática magnética -alimentador rotativo magnético filtro de mangas -silo panelok -condicionador simples -peletizadora -centrifeeder resfriador vertical exaustor centrífugo -transportador de arrasto peneira vibratória registro cremalheira conjunto de ensaque conjunto de tubulação­ montagem mecânica -painel de comando e proteção elétrico -distribuição de energia automação industrial -linha de geração e distribuição de ar comprimido inclui ainda a estrutura predial e de sustentação de equipamentos e os serviço de engenharia layout consolidado levantamento de cargas para orientação das obras civis levantamento de cargas elétricas para orientação das infra estrutura de elétrica montagem mecanica eletrica automação e pneumática.

[close]

p. 7

mercado nacional de consumo de pellets e briquetes uma das possibilidades do uso de pellets como fonte primária é a produção de calor como solução térmica pode ter aplicações na indústria comércio e ainda no setor residencial através da implementação de sistemas de caldeiras fogões e recuperadores de calor a substituição de sistemas convencionais de caldeiras que se baseiam no uso de combustíveis fósseis por sistemas de caldeiras que utilizam pellets assume-se como uma solução viável e que apresenta resultados econômicos e ambientais bastante favoráveis a longo prazo o sistema automatizado de pellets é capaz de substituir na totalidade os sistemas convencionais mais utilizados ou funcionar como uma fonte de energia alternativa dentro de indústrias e empresas do comércio tem aplicação na indústria no comércio e no setor residencial os sistemas de caldeiras a pellets são sobretudo aplicados em grandes construções como hospitais escolas e outros edifícios públicos diversas indústrias assim como os hotéis aquecimento do edifício piscina área de spa etc são também alvos de aplicação começa-se a denotar uma tendência para a substituição dos sistemas convencionais que usam como fonte os combustíveis fósseis o aquecimento moderno com pellets é muito diferente do aquecimento tradicional de queima de lenha numa lareira ainda assim só com o amadurecimento da tecnologia é que o mercado residencial se tornou mais receptivo à instalação deste tipo de sistema o sistema automatizado de pellets pode substituir completamente os sistemas convencionais utilizados ou funcionar como uma fonte de energia alternativa dentro de indústrias e estabelecimentos comerciais quem consome pellets no brasil usuários de fornos e aquecedores a lenha gás e energia elétrica como padarias pizzarias granjas hotéis motéis hospitais e lavanderias em escala industriais as indústrias que utilizem os combustíveis fósseis bpf glp ou gás natural ou ainda a biomassa na lenha cavaco pó de serra briquete e carvão o promissor mercado nacional de consumo de pellets · panificadoras ­ 60 mil unidades no brasil em 2011 sendo 12.764 no estado de são paulo seguido do rio de janeiro com 7.400 fonte abip · pizzarias ­ 6 mil unidades somente na cidade de são paulo fonte sp ­ sÃo paulo metrÓpole e aproximadamente dez mil pizzarias legalizadas em todo o estado fonte pizzarias unidas · lavanderias ­ 8.400 unidades no brasil em 2012 sendo 5.100 4.200 domésticas e 900 industriais no estado de são paulo 70 estão localizadas no município de são paulo fonte sindilav · hotÉis e flats ­ 9.592 unidades no brasil em 2011 com um total de 452.847 quartos fonte jones lang lasalle hotels sendo que aproximadamente 50 desse total encontra-se na região sudeste do país fonte abih e mais precisamente 410 na cidade de são paulo 42 mil quartos fonte sp ­ sÃo paulo mertrÓpole · motÉis ­ aproximadamente 5.500 unidades no brasil em 2012 fonte ab-motÉis sendo 1.200 no estado de são paulo fonte apam · hospitais ­ 6.788 unidades no brasil em 2011 sendo 4.648 privados 2.142 públicos maioria são municipais e 98 universitários e de ensino fonte fbh · academias ­ 23.400 unidades no brasil em 2011 sendo que aproximadamente 60 desse total encontram-se no estado de são paulo fonte ihrsa

[close]

p. 8

mercado internacional de consumo de pellets a busca por energias renováveis é uma tendência global que tem sido reforçada nos últimos anos.a união europeia ue se destaca neste cenário por estabelecer metas agressivas e incentivos para a substituição de combustíveis fósseis por fontes renováveis em sua matriz energética o pellets na europa e estados unidos sempre foi utilizado para gerar energia e calor residencial e teve um aumento acentuado nos últimos anos pelo aumento do consumo por geradores de eletricidade grandes termoelátricas na holanda bélgica dinamarca e inglaterra o consumo de pellets nos últimos anos aumento em 33 na europa em relação ao consumo a europa ocidental consumiu em 2012 cerca de 80 da produção mundial de pellets importando 3,2 mton adipiscing elit sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat ut wisi enim ad minim veniam quis exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue dui blandit praesent luptatum zzril delenit augue dui et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore te feugait nulla facilisi lorem ipsum dolor sit amet consectetuer adipiscing elit sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat ut wisi enim ad minim veniam quis exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue dui ekman co calcula em 18 milhões toneladas de wood pellets na europa em 2013-14 pöyry tem a estimativa utilização de wood pellets de 37 milhões de toneladas em 2015 e 59 milhões em 2020 new energy finance tem a estimativa de uso pellets em cerca de 28 milhões de toneladas em 2025 a associação européia de biomassa estima que até 2020 seriam consumidos 80 milhões de toneladas de pellets que poderia ser usado nos estados-membros da ue em comparação ao uso de 8,6 milhões 10,9 e 12,8 nos anos de 2008 2009 e 2010 segundo o eurostat em 2012 a europa ue27 importou mais de 4,3 milhões de toneladas de pellets de países não comunitários no mesmo ano mais de 6 milhões de toneladas foram negociadas entre os estados membros da ue no último relatório técnico de energia da europa foi constatado um aumento da demanda por woodpellets para a produção de eletricidade até 2020 como os governos começam a subsidiar fontes de energia renováveis para atingir as metas continentais o relatório coloca a demanda na europa em 29 milhões de toneladas até o final da década passando de 14 milhões a partir de 2012 o relatório acredita que 66 do woodpellets terá que ser importado da américa do norte e brasil acredita-se que a quantidade de eletricidade produzida a partir de biomassa no mundo vai subir cerca de 9 por ano até 2020.

[close]

p. 9

pellets pontos fortes atributos ao cluster internacional · crescente aumento no mercado internacional de consumo de pellets de acordo com a european biomass association a expectativa é de que a europa chegará a um consumo anual de 80 milhões de toneladas de pellets até 2020 · a comissão européia determinou que até 2020 pelo menos 20 da matriz energética européia deverá ser composta por fontes de energia renovável com o aproveitamento da biomassa estudo desenvolvido pela poyry e mckinsey indica que a demanda por biomassa florestal e woodpellets para energia renovável eletricidade e aquecimento pode alcançar 340 420 milhões m3 em 2020 · aumento no mercado internacional de consumo de pellets para uso industrial principalmente na coréia do sul china e japão · com a ratificação do protocolo de quioto assumiu-se o compromisso da redução de emissão dos gases geradores do efeito de estufa assim sendo o pellets assume um papel para redução das emissões de co2 e como um substituto aos combustíveis fósseis · pellets é um produto diferenciado no mercado com um poder calorífico competitivo substituto potencial do petróleo gás natural utilizado em grande escala industrial caldeiras industriais e termo e co-firing na holanda inglaterra bélgica e dinamarca · mercado internacional em grande expansão no consumo de pellets em fogões industriais em residências na europa estados unidos e canadá encontra-se constatado um grande déficit entre a demanda internacional e oferta de pellets favorecendo os novos mercados com disponibilidade de matéria-prima como o brasil para o desenvolvimento de novos negócios e projetos industriais pellets pontos fortes atributos ao cluster brasileiro · necessidade em agregar um valor para o aproveitamento dos resíduos industriais e florestais a tendência é a produção industrial de pellets como um produto de maior valor adicionado boa qualidade da matéria-prima na região aproveitamento imediato e a garantia com pré-contrato de compra e do sistema de produção industrial nacional desenvolvimento da indústria nacional de produção de equipamentos de pellets · apoio dos órgãos governamentais e entes municipais para o desenvolvimento de um importante projeto industrial envolvimento direto do embrapa bioenergia e florestal da agência de desenvolvimento e promoção do invstimento e organismos de apoio ao desenvolvimento econômico na região · maximizar a eficiência de conversão de biomassa industrial pellets minimizando os requisitos de matéria-prima produção de um espectro de produtos de base de bioenergia para a geração de energia térmica e calor para alimentação industrial da cadeia econômica · percepção crescente no brasil do impacto econômico da utilização de energia limpa e a valorização do uso de energia renovável na produção de pellets percepção crescente no brasil do impacto ambiental negativo da utilização das energias fósseis interesse de governos estaduais e de prefeituras com a concessão de benefícios fiscais e doação de terreno industrial para a instalação da unidade industrial visando a geração de dividendos econômicos e de novos empregos · pellets é um produto de grande aceitação no mercado nacional de consumo principalmente para a rede hoteleira resorts motéis e para o aquecimento industrial oportunidades atributos do ambiente ao cluster nacional · crescimento da economia brasileira e a necessidade de novas fontes de energia para o mercado consumidor e industrial · apoio dos bancos comerciais e de fomento nacional para o financiamento da planta industrial com a utilização da indústria nacional para a produção de woodpellets todos os equipamentos nacionais tem certificação isso 9000 qualificado pelo immetro e pelos institutos da europa e usa para a produção de pellets desde a fase da picagem e moagem industrial filtros de manga elevador de canecas ciclones sistema completo de geração de vapor por fornalha e de secagem industrial silos de armazenamento sistema completo de peletização industrial resfriadores transportadores peneira de redução de sílica sistema de embalagem e armazenagem conjuntos de tubulação sistema de combate ao incêndio estrutura completa predial e sustentação dos equipamentos montagem mecânica painel de comando e proteção elétrica sistema de distribuição de energia automação industrial geração e distribuição de ar comprimido e todos os serviços de engenharia · incentivo do governo federal com os financiamentos dos projetos de inovação tecnológica como a produção industrial de pellets como o finame com uma taxa de juros de 2,5 ao ano com um período de carência e o prazo de 144 meses de pagamento com a linha psi bens de capital que financia a produção e a aquisição de máquinas e equipamentos novos de fabricação nacional credenciados no bndes e para capital de giro com a taxa de juros de 3,0 ao ano e para os equipamentos acessórios caminhões e retroescavadeiras com o cartão bndes com a taxa de juros de 0,86 ao mês e o prazo até 48 meses de pagamento além dos recursos do finep com o sistema inovacred com uma taxa de juros 5 ao ano com carência de três anos e de sete anos para amortização · promoção de programas de educação ambiental e formação universitária com ênfase na moderna tecnologia industrial e em energia renovável · desenvolvimento de projetos envolvendo as culturas energéticas ou plantações de curta geração como uma nova fonte de produção de biomassa considerando o potencial florestal existente no brasil · o brasil instituiu um plano de resíduos sólidos para a quantificação e a utilização dos resíduos industriais novas tecnologias são necessárias para lidar com um aumento da carga de resíduos e que atendam a demanda para a geração de energia reciclagem e construção de novos sistemas de circuito fechado co-geração e a produção sustentável industrial de pellets como existe um grande potencial de biomassa disponível no brasil e na região da implantação da unidade industrial é uma grande oportunidade para os investidores em energia · o governo e os estados reconhecem a necessidade de um forte setor industrial de produção de biomassa para fins de energia e a forma mais eficiente é da industrialização da biomassa em pellets · existe uma percepção pública de que os regimes de uso e produção de biomassa e pellets são bons para o meio ambiente e a economia local qualidade dos pellets a serem produzidos dentro das normas internacionais recursos humanos disponíveis com perfil compatível com as exigências requeridas para cada função estrutura física adequada e funcional disponibilidade na região de matéria-prima farta · comprovou-se o grande interesse do setor privado nacional para a utilização de pellets para energia térmica industrial empresas como rhodia bunge cargill natura nestlé votoratin jbs demonstram o grande interesse na aquisição industrial de pellets para a mudança da matriz energética.

[close]

p. 10

fone 41 33352284 41 88630864 skype brazil biomass brasil biomassa e energia renovÁvel consultoria projetos industriais e marketing internacional diretoria@brasilbiomassa.com.br abibbrasil@sapo.pt www.abibbrasil.wix.com/brasilbiomassa fundada em 2005 com sede em curitiba e filial em são paulo a brasil biomassa e energia renovável é a empresa pioneira no desenvolvimento de projetos industriais sustentáveis e líder na área de consultoria especializada em estudos e projetos de uso e de produção sustentável com biomassa pellets e briquetes É a empresa responsável pelo desenvolvimento dos principais projetos industriais atendendo as maiores empresas do setor florestal industrial madeira papel e celulose e sucroenergético É detentora de uma tecnologia industrial patenteada na área de produção de biomassa para energia térmica woodchips ao mercado internacional de celulose projetos em biopellets com o uso do capim elefante bagaço e a palha da cana-de-açúcar woodpellets e bio woodbriquete na gestão de novos negócios na participação e desenvolvimento da indústria de equipamentos e no marketing internacional a brasil biomassa e energia renovável mantêm 158 parcerias comerciais internacionais e contatos 7.800 players para a aquisição e distribuição de produtos renováveis do brasil e para o desenvolvimento de novos negócios sustentáveis empresa fundadora da associação brasileira das indústrias de biomassa e energia renovável membro participante da world bioenergy association the european biomass association e eubia european biomass industry association reconhecida pela european biomass association ao longo dos anos a brasil biomassa realizou em desenvolvimento mais de 28 projetos industriais e 150 estudos técnicos de viabilidade para empresas do brasil estados unidos e da europa onde abrange toda a cadeia de diferentes tipos de matérias-primas adequadas para a produção de pellets de madeira ou de biopellets tecnologia industrial mercados de consumo e marketing e a comercialização do produto além disso trabalhamos diretamente com o processo industrial financiamento e a viabilidade da planta produtora de pellets nossa ampla experiência internacional com uma equipe multidisciplinar de estudos com uma profundidade conhecimento e uma grande experiência no mercado brasileiro são os pilares de nossos serviços a brasil biomassa atendeu em projetos e plantas industriais uma série de emresas nacionais e internacionais no âmbito nacional a bber desenvolve u os projetos industriais para o grupo financeiro bmg bmg bioenergia grupo bertin bioenergia biopellets brasil gaia energia grupo sucroenergético gsw energia renovável naturasul florestal nova itália florestal saccaro móveis costamaq industrial forest brasil koala pellets the colleman group ime tecnologia energéia participações no âmbito internacional a bber desenvolve u os projetos industriais no âmbito internacional para a abellon clean energy indía e canadá e para lee energy solutions do alabama estados unidos nossa atuação profissional na área de desenvolvimento do business plan project finance e estudo de viabilidade a brasil biomassa e energia renovável poderá atuar no processo consultivo envolvendo a elaboração e apresentação do projeto de financiamento dos equipamentos industriais apoio técnico com a elaboração do projeto para a obtenção do financiamento aos bancos de fomento estadual ou bndes elaboração do plano de financiamento avaliação jurídica dos documentos para a aquisição do financiamento e contratos nacionais estratégia de marketing internacional e plano de operações e de distribuição do produto elaboração do contrato internacional de exportação ou de compra e venda para avaliação comercial brasil biomassa vem em certificar o produto em laboratório internacional o diretor da brasil biomassa celso marcelo de oliveira é consultor especializado em projetos sustentáveis na área empresarial energia renovável e no contencioso empresarial com 45 livros publicados no brasil e exterior autor das obras energia renovável wood pellets brasil e biomassa e bioenergia conferencista com mais de cento e quarenta cinco palestras em congressos nacionais e internacionais com destaque all about energy e biomass investing brazil energy summit 2011 e america pulp paper outlook conference coordenador do congresso brasileiro de biomassa e bioenergia palestrante convidado pelo governo federal para a participação da missão brasil holanda acordo bilateral de bioenergia e biomassa.

[close]

Comments

no comments yet