Folha do Sindipúblicos n.105

 

Embed or link this publication

Description

Folha do Sindipúblicos edição 105. Agosto/13

Popular Pages


p. 1

folha do remetente rua gama rosa 111 centro vitória/es cep 29015-100 edição 105 agosto de 2013 vitória/es casagrande sem respostas governo continua sem atender as demandas dos servidores e da sociedade assembleia geral unifica a luta e leva servidores às ruas 26 dias de vigília e nenhuma resposta efetiva do governo greve geral fecha repartições públicas no estado pág 2 pág 4 pág 2

[close]

p. 2

folha do especial assembleia geral aprova unificação da pauta de reivindicações das categorias servidores também se juntaram às manifestações em vitória para denunciar casagrande dos servidores para conhecer a pauta unificada da categoria acesse http migre.me/fhweq greve geral os servidores públicos também aderiram à greve geral do dia 11 de julho fechando praticamente todas as repartições públicas da grande vitória e participando de protestos pelas ruas da capital em frente ao palácio anchieta com as demais categorias presentes discursaram sobre as principais reivindicações e em comissão entregaram a pauta unificada ao governador renato casagrande e ao presidente do tribunal de justiça pedro valls feu rosa assembleia geral unificada aprova estratégia de luta c ansados de tantas promessas do governo casagrande os servidores se uniram ao movimento #vemprarua e participaram dos atos convocados pela sociedade o sindipúblicos esteve presente em vários desses protestos como o histórico dia 20 de junho reivindicando serviços públicos de qualidade já os servidores também realizaram uma assembleia geral quando deliberaram a unificação da luta e a participação na greve geral dores discursavam alertando à população a situação caótica em que se encontram os serviços públicos no governo casagrande e a falta de valorização dos servidores por onde passava a assembleia geral unificada no dia 05 de julho mais de quinhentos servidores participaram da assembleia geral unificada realizada no centro sindical dos bancários no forte são joão em vitória os servidores públicos estaduais decidiram por unificar a luta de todas as categorias da base do sindipúblicos entre as reivindicações da pauta unificada aprovada pelos trabalhadores estão a recomposição integral da inflação à remuneração dos servidores no reajuste anual data base estabelecida por lei reajuste e concessão do auxílio-alimentação a todos os servidores realização de concursos públicos estabelecimento de legislação limitando o número de cargos comissionados em no máximo 5 do quadro efetivo de cada órgão ou entidade do poder executivo estadual implantação/revisão do plano de carreiras liberação de verbas suficientes para pagar todos os precatórios do estado fim das renúncias fiscais e também aprovaram a adesão à greve geral realizada no dia 11 de julho após a assembleia os servidores saíram em passeata desde a avenida vitória até o palácio da fonte grande onde protocolaram a pauta unificada durante todo o trajeto os trabalha precisamos dar um rumo à este governo estadual que continua à mando de um crime organizado e dos esquemas de corrupção enquanto o estado defende renúncias fiscais ao empresariado esse concede apenas 4 de reajuste essa nova política de gestão de recursos tem que ser na visão dos trabalhadores e não do jeito que o governo impõe analisa haylson de oliveira diretor do sindipúblicos população apoiava o movimento jogando papéis picados e acenando para os participantes a imprensa também deu destaque a luta da categoria noticiando a passeata e as reivindicações sindipúblicos aderiu a greve geral que parou o estado o presidente do sindipúblicos gerson correia de jesus lembrou do favoritismo político ao empresariado enquanto casagrande defende o pedágio mais caro do país e as renúncias fiscais às grandes empresas vivenciamos o sucateamento do serviço público com prédios abandonados e reajuste muito abaixo da inflação e se tem verba pública para doar às empresas também tem que haver para investimentos em serviços públicos de qualidade com um semblante de muito assustado e preocupado com as manifestações ao receber os trabalhadores casagrande prometeu discutir cada proposta do movimento no entanto passado mais de um mês nada foi efetivado e é esta letargia dos governos que tem mantido a sociedade nas ruas e levou os servidores a realizarem uma vigília de 26 dias pág 4 servidores estiveram presentes nas diversas manifestações 2 vitÓria/es agosto de 2013

[close]

p. 3

acesse www.sindipublicos.com.br especial alvo de protestos pedágio da rodosol financiou com mais de r 1 milhão a campanha de casagrande n o espírito santo os manifestantes pedem a revogação imediata do contrato do governo com a rodosol o pedágio é alvo de críticas pela sociedade devido a várias irregularidades além de ser um dos mais caros do país r$0,57/km após a redução r$0,24/km os deputados chegaram a se movimentar para votar um decreto legislativo que acabaria com o pedágio no entanto toda uma artimanha foi combinada no dia 08 de julho alguns deputados estiveram reunidos secretamente em um hotel na praia de camburi com representantes do governo casagrande para articular a defesa da rodosol no dia 15 de julho arquivaram o decreto legislativo seria ingenuidade acreditar que o resultado fosse diferente a cisatraiding acionista da rodosol doou mais de 1,2 milhão segundo tse para a campanha de casagrande e da maioria dos deputados o governador chegou a ameaçar prefeitos e moradores do interior durante inauguração de uma pracinha em alfredo chaves não é possível que a gente tenha que tirar dinheiro do interior para colocar em uma única empresa e para atender ao problema que hoje afeta dois três municípios do estado para amenizar o arquivamento do decreto o tribunal de justiça solicitou uma auditoria no contrato da rodosol e enquanto isso obrigou a redução do preço do pedágio mesmo com todas as manifestações contra a rodosol casagrande chegou a anunciar a construção de uma nova praça de pedágio em vila velha com um custo estimado de 7 milhões que seriam pagos com verba pública com a repercussão negativa desta denúncia exclusiva do site do sindipúblicos o governo preferiu não publicar o edital defensores da rodosol bme atira prende e agride população e jornalistas mas libera vândalos · muitos filmaram fotografaram e presenciaram vândalos antes das manifestações saírem da concentração e em locais diferentes da manifestação por que o bme não agiu imediatamente no dia 19 de julho um manifestante chegou a invadir o palácio anchieta por qual motivo os policiais que estavam dentro do palácio não o prenderam ineficiência ou conivência mesmo condenado por organizações internacionais de direitos humanos o bme capixaba tem atuado nas manifestações com armas letais relatos e filmagens mostram policiais com pistolas ameaçando os manifestantes quais as orientações para a prisão das pessoas diretores deste sindicato presenciaram trabalhadores que saíam de seus locais de trabalho serem abordados e presos já um manifestante armado viram ser liberado pelo bme · sendo a ação do bme realmente legítima qual o motivo dos policiais agredirem e prenderem quem registráva-os seria porque os policiais estavam sem identificação com armas letais e mascarados segundo denúncia da federação nacional dos jornalistas seis jornalistas foram agredidos e uma foi presa pelo bme capixaba jornalista também é vândalo o sindipúblicos repudia qualquer cerceamento à liberdade de imprensa e de expressão e ações violentas contra a população defendemos um estado democrático de direito que se faz com ações que atendam a sociedade · d esde a primeira grande manifestação a polícia militar tem sido questionada por ignorar vândalos infiltrados dentro do movimento e agredir manifestantes e população sendo o bme uma instituição militar que recebe ordens quem tem orientado esses ataques indiscriminados contra à sociedade alguns questionamentos precisam ser feitos · · vitÓria/es agosto de 2013 3

[close]

p. 4

folha do reivindicaÇÕes 26 dias em vigília governo responde mas não atende as reivindicações templadas com prazos não cumpridos e outras reclamam que os planos aprovados não atendem as demandas outra reivindicação é a abertura emergencial de concursos públicos para substituir os dt s rtv/es nunca foi realizado um concurso público a categoria reclama de vários prazos não cumpridos pela seger e aguarda a aprovação do plano de carreiras idaf incaper iema der e iopes reivindicam a revisão dos planos de carreiras aprovados que não atendem as demandas das categoria ipajm a presidência não consegue resolver a precariedade da sede e não cumpriu o prazo junho/2012 art 16 lc 501/2010 estabelecido para a publicação do decreto que regulamenta a promoção da categoria ceturb o acordo coletivo imposto pela diretoria da empresa também não contempla as principais reivindicações junta comercial dio e ipem ­ dentre as reivindicações destaca-se o reenquadramento do nível médio para médio-técnico iases e idurb a expectativa está quanto a aprovação dos planos de carreiras que se encontram na assembleia legislativa para serem votados procuradores de autarquias ­ aguardam resposta do governo quanto a criação da carreira também reclamam de prazos não cumpridos pela seger agentes de suporte educacional aprovam indicativo de greve d evido ao governo até o momento não ter atendido as reivindicações da categoria entre elas o alinhamento à nova política de gestão e pessoas implementada pelas leis 637 e 640/2012 os agentes de suporte educacional aprovaram em assembleia extraordiordinária no dia 09 de agosto um indicativo de greve os trabalhadores reiteraram a pauta a ser entregue ao governo do estado que terá um prazo de até 30 dias para atender ao pleito da categoria o sindipúblicos reforça que o movimento grevista está pautado na lei 7.311/2002 observando os prazos legais e garantindo um percentual mínimo de 30 trinta por cento da prestação de serviço à comunidade sendo respeitada a manutenção reduzida da jornada de trabalho dentro dos limites legais pauta de reivindicaÇÕes · alinhamento do cargo de agente de suporte educacional à politica de recursos humanos implementada pelas leis 637 e 640/2012 melhores condições de trabalho há falta de material água luz etc revisão do auxílio-alimentação auxilio transporte considerando utilização de transporte intermunicipal compensação de horas extras banco de horas possibilidade de remoção conforme previsto na lc 46/94 fim da contratação temporária enquadramento na primeira promoção por título considerando no entanto qualquer curso concurso público imediato para a categoria profissional adequação às novas tecnologias de informatização servidores realizaram arraiá durante a vigília f oi preciso os servidores ficarem de 15 de julho à 09 de agosto em vigília na frente do palácio da fonte grande para o governo responder a pauta de reivindicações deliberada na assembleia geral unificada e protocolada no último dia 05 de julho passados quase um mês o documento traz respostas vagas e justificativas não condizentes sem atender o pleito da categoria confira o documento no link http migre.me/fjizf casagrande continua sem respostas praticamente apenas colocaram no papel o discurso vazio que temos escutado em diversas reuniões vamos levar esse documento para a categoria avaliar comenta gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos para os servidores avaliarem essas respostas e deliberarem possíveis ações a serem tomadas o sindicato irá convocar assembleias setoriais a insatisfação dos servidores quanto ao alinhamento dos cargos ao novo plano de gestão e pessoas do governo afeta praticamente todas as categorias algumas sequer foram con · · · · · · · · · editorial d ia 20 de junho de 2013 mais de 100 mil capixabas saíram às ruas para mostrar o descontentamento com todo sistema político brasileiro no estado o governo casagrande simplesmente ignora as reivindicações dos servidores e da sociedade e quando se reúne com os trabalhadores impõe uma política que não contempla as necessidades do serviço público diante de todo este cenário a população saiu às ruas para dar um basta em tanta inficiência o que a sociedade exige atualmente já vínha mos reivindicando há tempos nunca saímos das ruas foram muitos protestos públicos junto à outras entidades parceiras para denunciar o descaso e a corrupção que vem acometendo o estado há anos protestamos contra as renúncias fiscais dos governos hartung e casagrande cobramos a atuação do ministério público nas operações pixote lee osvald entre outras exigimos o pagamento dos precatórios em todas as vezes em que nos manifestamos reforçamos a nossa luta por um serviço público de qualidade e a valorização dos servidores cobramos tam bém o respeito à constituição com a diminuição dos comissionados e temporários e a abertura de concursos públicos denunciamos a opção de casagrande em manter a falta de profissionais efetivos e lotear o estado para os apadrinhados políticos muitos inclusive fichas-sujas que foram rejeitados nas últimas eleições acreditamos que a vitória só será possível com o empenho de todos os trabalhadores indo às ruas e participando dos atos públicos 4 vitÓria/es agosto de 2013

[close]

p. 5

acesse www.sindipublicos.com.br denÚncias sindipúblicos entra como amicus curiae no stf contra renúncias fiscais de hartung e casagrande decreto de hartung violou a constituição federal confaz e ales para beneficiar grupo de empresários como as renúncias fiscais foram concedidas no caso do espírito santo um simples decreto beneficiou empresários amigos do governador paulo hartung violando a legislação brasileira renúncias fiscais foram denunciadas em várias manifestações dos servidores que estabelece a necessidade de leis aprovadas pela assembleia legislativa e sindipúblicos ajuizou no supremo tribupelo confaz órgão que regula a arrecadação fanal federal stf um pedido de ingresso como zendária amicus curiae na ação direta de inconstitucionalidade adin 4935 do estado de são paulo sendo assim a adin do governo de são paulo que denuncia as renúncias fiscais concedidas visa suspender cautelarmente os efeitos da lepelos governadores paulo hartung e renato cagislação capixaba que institui benefício fiscal sagrande a grupos de empresários ao setor atacadista permitindo o estorno de débito do icms no pedido de amicus curiae o a ação do sindipúblicos visa contribuir para sindipúblicos informa a decisão do juiz da 3ª subsidiar o supremo com informações relevanvara da fazenda pública do tj-es que suspentes no julgamento da adin as renúncias fiscais deu imediatamente a renúncia fiscal ao setor trazem prejuízos bilionários ao estado ao dimiatacadista nuir drasticamente os valores a serem arrecadados pelos cofres públicos sem a devida conmesmo diante de tamanha afronta à constituitrapartida afeta drasticamente a prestação do ção o estado recorreu da decisão para garantir serviço público para a sociedade comenta roque o empresariado continue a ser beneficiado drigo rodrigues diretor do sindipúblicos 150 ações diretas de inconstitucionalidade questionam a farra das renúncias fiscais concedidas ilegalmente pelos estados ao empresariado brasileiro não pode o próprio estado ao seu livre arbítrio instituir benefícios fiscais ao arrepio da lei sob o argumento de melhorias no desenvolvimento a concessão de incentivos fiscais nas hipóteses não abarcadas pela constituição constitui presumível na forma de lesão ao erário porquanto o ente deixa de arrecadar dinheiro necessário às finalidades da administração decidiu o juiz da 3ª vara dos feitos da fazenda pública do tj/es o amicus curiae amigo da corte intervenção assistencial em processos de controle de constitucionalidade por parte de entidades que tenham representatividade adequada para se manifestar nos autos sobre questão de direito pertinente à controvérsia constitucional não são partes dos processos atuam apenas como interessados na causa o principal questionamento da adin é a forma segundo o jornal valor econômico mais de com verba sobrando casagrande cria novo cabide de emprego agência de águas terá funções já desenvolvidas pelo iema o mesmo governo que usa a falta de orçamento como argumento para não atender aos pleitos dos servidores encaminhou em junho à assembleia legislativa o projeto de lei que cria a agência de recursos hídricos ­ agerh que desenvolveria atividades já desempenhadas pelo iema tudo indica que o caixa do governo estadual anda gordo já que essa nova agência terá um quadro de diretores gerentes e comissionados com maiores remunerações que as hoje praticadas pelo iema enquanto isso os servidores da atual autarquia continuam a enfrentar o desmantela mento do iema no que tange à fiscalização ambiental sofrendo pressões por parte do governo para que grandes empresários sejam sempre beneficiados sofremos uma deses truturação interna com falta de organograma definido É do conhecimento de todos que a lc 687/13 não atendeu as reivindicações dos servidores principalmente a questão salarial comenta fábio camilo presidente da associação dos servidores do iema assiema não podemos compactuar com a criação de uma nova entidade sem que haja a estruturação do iema o sindicato defende o fortalecimento do iema com a valorização profissional melhores condições de trabalho e atendimento das demandas dos servidores com presença de casagrande evento celebrou a criação de agência vitÓria/es agosto de 2013 5

[close]

p. 6

folha do denÚncias curtas e diretas ciretran vila velha seis por ½ dúzia após o chefe do ciretran/vila velha edmar olmo ser exonerado devido as denúncias de irregularidades no processo de leilão de carros o nomeado para ocupar a chefia foi marcos perosini o sindipúblicos só gostaria de saber como perosini consegue dar conta de exercer funções distintas e estar em dois locais diferentes ao mesmo tempo já que também é assessor especial no detran vaias para casagrande casagrande tem se esforçado para aumentar os míseros 29 de aprovação segundo o ibope o governador tem participado de diversas cerimônias no interior mas pelo visto nem mais os interioranos estão aguentando tanto blá-blá-blá e pouca efetividade no dia 03 de agosto casagrande e outros políticos foram vaiados e saíram correndo do festival da sanfona e viola de são pedro de itabapoana os participantes gritaram palavras de ordem e jogaram latinhas de cerveja nos políticos dizem por aí que bighouse já estuda levar o bme em suas próximas viagens pipoca milionária o governo do espírito santo investiu 1 milhão no filme angie dirigido pelo global márcio garcia porém a bilheteria não chegou nem a 10 mil espectadores em um cálculo rápido o governo investiu mais de 100 reais por espectador enquanto isso produtores culturais no estado sofrem para conseguir manter seus projetos suas peças publicar livros cds etc fonte o globo idaf defesa ou ataque pelo visto o idaf está longe de defender as nossas florestas em julho o instituto foi denunciado ao ministério público por ter autorizado o desmate de 3,4 hectares de mata nativa em aracruz segundo a associação amigos do rio piraquê-açu amip diversas árvores históricas com mais de meio século de vida foram derrubadas pagando para trabalhar enquanto o governo casagrande gasta milhões em propaganda sobre o novo café produzido pelo incaper os servidores do instituto quando estão longe de casa têm que desembolsar transportes diárias alimentação entre outros custos por falta de valorização muitos profissionais têm partido para a iniciativa privada ou outros estados se continuar assim o café capixaba corre o risco de virar água força companheiros o sindipúblicos vem prestar condolências ao delegado sindical de alfredo chaves walmir luiz barbosa que se encontra internado após sofrer acidente em que perdeu esposa e filha nos solidarizamos também com a nossa vice-presidente maria madalena lyra que está com familiares hospitalizados estimamos uma boa recuperação a todos mp investiga pagamento pensionistas falecidos do ipajm à o ministério público do espírito santo acatou a denúncia do sindipúblicos e investiga o presidente do ipajm josé elias marçal pela não realização do recadastramento dos beneficiários pelo instituto desde 2009 o que tem ocasionado prejuízos aos cofres públicos pois estariam ocorrendo pagamentos de benefícios previdênciários até mesmo a falecidos entre os exemplos está a de uma pensionista c.t.l falecida no dia 06 de março de 2011 mas que até o mês de março de 2013 continuava recebendo a pensão somados só após a morte desta pensionista o ipajm realizou o pagamento indevido de um montante de mais de r 137 mil à falecida segundo os servidores este é apenas um dos casos de falecidos que continuam recebendo benefícios ilegalmente a situação poderia ser evitada se o presidente do ipajm seguisse a lei estadual 282/2004 que determina o recadastramento periódico de todos os segurados do regime próprio de previdência pela legislação a responsabilidade do recadastramento é da presidência do ipajm que deve publicar portaria convocando os beneficiários para este fim se este é o gerenciamento do estado na previdência do servidor imagina quando realizarem a privatização com a previdência complementar o presidente da autarquia deverá repor ao erário público o prejuízo que causou por inércia no cumprimento de legislação estadual É o futuro dos servidores que estão queimando confira reportagem da rede record sobre o assunto http migre.me fjt5c decisão do ministério do trabalho não reconhece sinfagres como sindicato n o dia 07 de agosto foi publicada no diário oficial da união a decisão da secretaria de relações do trabalho do ministério do trabalho que arquiva o processo de pedido de registro sindical do sinfagres fiscais agropecuários do espírito santo a decisão reforça a inconstitucionalidade do pedido do sinfagres considerando o art 5º da portaria 186/08 pela não caracterização de categoria econômica ou profissional para fins de organização sindical nos termos da legislação pertinente sendo assim o sindipúblicos reafirma ser a única entidade sindical a representar todos os servidores públicos do idaf sendo eles fiscais agropecuários ou não vivemos um momento de união os próprios servidores defendem que só iremos conquistar nossos pleitos com a unificação das lutas estamos sempre à disposição para defender os interesses das categorias comenta gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos o sindipúblicos alerta à todos que qualquer ação movida pelo sinfagres não tem nenhum respaldo legal stf decide pela constitucionalidade do precatório da trimestralidade dos procuradores o supremo tribunal federal stf publicou no último dia 31 de julho a decisão do ministro celso de mello reconhecendo a improcedÊncia do acórdão proveniente do tribunal de justiça do espírito santo que retirava a exigibilidade do precatório da trimestralidade encabeçado pela associação dos procuradores do estado do espírito santo a decisão do ministro vem ao encontro de outras três decisões adotadas pelo superior tribunal de justiça que reiteradamente determinou a reinclusão na fila de precatórios dos chamados precatórios da trimestralidade apesar de não se tratar do processo do sindipúblicos poderemos utilizar essa decisão para reforçar a nossa defesa contra a decisão no mínimo equivocada do tj/es que anulou os nossos precatórios da trimestralidade comenta célio picorelli advogado do sindicato em síntese o ministro entendeu que aquilo que é senso comum ou seja sentença transitada em julgada deve ser cumprida em respeito ao princípio da segurança jurídica previsto na constituição federal a decisão do supremo tribunal federal reitera aquilo que o sindipúblicos vem defendendo nos últimos anos os precatórios da trimestralidade são lícitos existem e devem ser pagos na forma da lei a decisão do tj/es mostra-se equivocada e carece de fundamento técnico aceito pelos tribunais superiores sem falar na total falta de respeito e consideração a dignidade dos servidores públicos complementa rodrigo rodrigues diretor do sindipúblicos 6 vitÓria/es agosto de 2013

[close]

p. 7

acesse www.sindipublicos.com.br planejamento plano de lutas e reforma estatutária são aprovadas no iv congresso evento contou também com palestrantes que destacaram a importância da valorização do serviço público que não somos educados para sermos servidores mas para termos cargos públicos a naturalização do fim dos serviços públicos e a supervalorização do setor privado é o que temos que refletir já ivan pinheiro ex-presidente do sindicato dos bancários do rio de janeiro reforçou a importância da melhoria dos serviços públicos e a valorização dos servidores o momento da américa latina hoje deve ser visto com cautela sobre as reivindicações das ruas o governo ou está detectando errado ou está querendo se capitalizar dizendo que as ruas estão pedindo reforma política o que eu vi nas ruas foi uma profunda insatisfação pelos serviços públicos após as palestras sobre conjuntura política e econômica os servidores discutiram os principais problemas que afetam a relação trabalhista no serviço público e aprovaram ações para que o sindicato fortaleça a defesa da categoria entre as propostas estão o fortalecimento da luta por concursos públicos a drástica redução do quadro de comissionados e dt s lutar contra o assédio moral denunciar a precarização dos serviços públicos e as péssimas condições de trabalho fomentar a formação política dos servidores participar das lutas sociais cobrar do governo que os planos de carreiras atenda efetivamente aos anseios das categorias entre outras ações ainda aprovaram a reforma estatutária com mudanças na sindicalização e no pagamento de custas processuais o objetivo da reforma é contribuir para oxigenar o sindicato dando maior dinamismo para fortalecer a luta dos servidores públicos reforça gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos agradecemos a importante participação dos delegados coletivo de mulheres do sindipúblicos convidados funcionários e todos os presentes que contribuíram para o sucesso do iv congresso aguardamos todos em nossos próximos eventos m ais de 200 servidores participaram do iv congresso do sindipúblicos realizado de 31 de julho à 02 de agosto em domingos martins o evento contou com palestras grupos de trabalho e discussões que tiveram o objetivo de contribuir para a categoria deliberar as metas estratégias de luta e a pauta política do sindicato tendo como tema principal por um serviço público de qualidade os palestrantes enfatizaram o momento político que vivemos com destaque para as diversas manifestações e a importância da valorização do servidor público para atender as demandas que vêm das ruas para o cientista político e professor da ufes andré pereira temos um governo estadual que tem uma retórica de interesses sociais mas na prática só defende o grande capital inventou-se no espírito santo que nossos problemas são os gargalos logísticos isto é mentira nossos problemas são saúde educação segurança entre outros opinião também compartilhada pela professora da universidade federal do vale do jequitinhonha e mucuri ufvj roberta traspadini que destacou as palestras foram muito boas profissionais competentes fizeram uma ampla análise de conjuntura destaque para a organização do congresso foi tudo muito bem planejado e lembro também da integração dos participantes que foi importante para as discussões comentou samir seródio servidor do incaper e delegado sindipúblicos passeio dos aposentados de 06 a 11 de novembro os aposentados irão visitar sÃo lourenÇo caxambÚ e soledade de minas entre em contato e reserve sua vaga tel 27 3205-4550 vitÓria/es agosto de 2013 7

[close]

p. 8

folha do democracia sindicatos indicam candidato à vaga de conselheiro do tc/es entidades defendem mudanças na escolha com maior transparência e representatividade social iante da discussão que está posta quanto à indicação democrática e técnica para o cargo de conselheiro do tribunal de contas mais de vinte entidades representativas da sociedade civil organizada entre rodrigo rodrigues defende a elas o sindipúbligestão participativa no tc/es cos indicaram o advogado público rodrigo da rocha rodrigues à vaga de conselheiro do tribunal de contas do espírito santo d os sindicatos avaliam que a forma de escolha do conselheiro do tribunal de contas atualmente por indicação parlamentar precisa ser democrática e transparente não podemos continuar sem uma verdadeira representação da sociedade num órgão tão importante o que vemos hoje é a falta de atuação em defesa do efetivo controle das contas públicas exemplo disso é a farra dos comissionados que custam milhões ao estado em detrimento aos efetivos e nada é feito pelo tribunal de contas precisamos que a sociedade eleja realmente seu representante avalia gerson de jesus presidente do sindipúblicos rodrigues é advogado bacharel em ciências jurídicas e sociais puc-rs é diretor do sindipúblicos procurador concursado do ipajm membro do conselho estadual de saúde do espírito san to ces membro titular do conselho fiscal do ipajm diretor da associação brasileira de advogados públicos abrap presidente 2009/2011 e atual diretor da associação espírito-santense dos advogados públicos aesap membro da comissão de precatório da oab ­ es pós-graduando em direito público uniderp aluno especial do mestrado em direito processual ufes entidades que indicam rodrigo rodrigues a conselheiro do tc sindibancários sindijudiciário sindipúblicos sindsaúdprev sindpd sindaema sispmc sindilimpe sinpol sindipol assedio assiema afidaf assinpol abrap aesap alicerce asdec adertes assin asserdes e asspen qualidade de vida 08 de agosto dia nacional de combate ao colesterol o colesterol é popularmente conhecido como inimigo do coração por ser causador de avc acidente vascular cerebral ou infarto do miocárdio mesmo sendo essencial para inúmeras funções do organismo como a produção de hormônios masculinos e femininos síntese de vitaminas d construção e restauração das membranas que envolvem as células composição do ácido biliar que regula a digestão dos alimentos e outras deve ser combatido quando alto por meio de mudanças de hábitos de vida atividade física controle de doenças como diabetes e hipertensão arterial É de extrema importância lê-lo na medida certa e por isso devemos controlar os 30 que ingerimos por meio da alimentação visto que 70 é produzido naturalmente pelo próprio organismo principalmente pelo fígado o chamado colesterol endógeno a figura ao lado contém informações detalhadas sobre o colesterol quais alimentos evitar ou ingerir dentre outras informações É importante que realize exames periódicos com acompanhamento médico para averiguar se suas taxas estão dentro dos padrões considerados normais ana maria ventorim graduada em ed física ufes pós-graduada em atividade física adaptada e saúde ugf e certificada no método pilates physiopilates anamariaventorim@hotmail.com expediente diretoria executiva presidente gerson correia de jesus vice-presidente maria madalena de lucena e c lyra secretária geral erleide bragança l ribeiro secretário de administração finanças e patrimônio haylson de oliveira secretário de cultura imprensa e comunicação rodrigo da rocha rodrigues secretário de assuntos jurídicos rosana de freitas jordem secretária de organização saúde previdência e aposentados lucia helena reis costa secretário de relações e formação sindical josé roberto gomes suplentes djanira dondoni samir serodio amim rangel ulisses louzada montovani aryone bourguignon vidal sérgio renato vicente da silva janio batista maria de lourdes dos santos dias andré dos santos conselho fiscal marcelo moreira dias duarte lea freitas reis da silva deusa maria pimentel pereira suplentes rosangela rangel santana luís carlos minchio hildete patrocínio cypreste produção equipe de comunicação douglas dantas fabiana bissoli rodrigo rodrigues tácio rios fotos sindipúblicos divulgação e governo es participe das nossas redes sociais fb.com/sindipublicoses twitter.com/sindipublicoses www.sindipublicos.com.br rua gama rosa 111 centro vitória es tel 27 3205-4550 8 vitÓria/es agosto de 2013

[close]

Comments

no comments yet