Jornal Sinpol Agosto 2013

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Sinpol Agosto 2013

Popular Pages


p. 1

informativo oficial do sindicato dos policiais civis ano xix agosto de 2.013 nº 202 dia 13 de agosto tem protesto sinpol promoverá manifestação no dia 13 de agosto às 16h00 na esplanada do theatro pedro ii em ribeirão preto e convoca todos os policiais civis da região em julho ocorreram manifestações na cidade de são paulo nas quais o sinpol participou o sindicato também organizou com sucesso a operação blecaute que paralisou 100 dos policiais civis durante duas horas no dia 29 de julho veja reportagem completa na página 4 o delegado bom de bola 4 dise ribeirão mantém produtividade em alta 4 dr pires aborda a intolerância 4 em serrana mãe e filha são detidas por envolvimento com tráfico 4 acompanhe as obras na nova sede social do sinpol 4 um policial é morto por marginais no país a cada 35 horas 4 no editorial eumauri alerta alckmin 4 setor de inteligência elucida casos de destaque e mais dig prende foragido dr moysés cocito ex-delegado seccional de ribeirão preto que já jogou no santos ao lado do rei pelé e atualmente é presidente do batatais futebol clube foi o responsável por escrever uma das páginas mais brilhantes na história do fantasma da mogiana conquistando uma inédita vaga para disputar a série a-2 do campeonato paulista em 2014 em entrevista ele fala sobre o acesso a carreira de delegado e sua relação com o futebol confira na página 13 impresso especial 9912250402 dr/spi sinpol correios sinpol sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto rua goiás 1.697 campos elíseos ribeirão preto sp cep 14085-460 fone 16 3612-9008 fone jornal 16 3610-2886 jornaldosinpol@uol.com.br foto polícia civil a delegacia de investigações gerais de ribeirão preto localizou e prendeu o empresário que estava foragido após atropelar 11 pessoas e matar o estudante marcos delefrate durante manifestação ocorrida em 20 de junho em ribeirão preto veja como foi a ação da especializada na página 9 agosto/2013

[close]

p. 2

editorial expediente eu lhe avisei governador secretariado não enganam mais ninguém os policiais civis já se cansaram estão exaustos pela gritante falta de recursos humanos cada policial civil sobrecarregado trabalha por 10 em alguns casos até por 20 policiais civis tamanha a lacuna a ser preenchida na instituição além disso já se passaram cinco meses de nossa data-base e até agora nada o governador coloca seus secretários para conversar se quiséssemos boa conversa não iríamos atrás dos secretários ficaríamos em casa com nossas famílias queremos atitudes concretas senhor governador o senhor está provando de seu próprio veneno colhendo o que semeou está se tornando cada vez mais impopular também para a população digo também porque para o funcionalismo já é impopular há muito tempo nosso movimento está ganhando corpo já fizemos três grandes manifestações na capital já fizemos uma grande paralisação estadual através da operação blecaute aqui em ribeirão preto e nas 93 cidades da região meu caro geraldo alckmin a insatisfação foi tamanha que tivemos 100 de adesão estamos organizando uma grande manifestação e antecipadamente reitero o convite para todos os policiais civis participarem haverá concentração de policiais civis ativos e inativos no dia 13 de agosto de 2013 às 16h00 na esplanada do theatro pedro ii no centro de ribeirão preto apoiando o ato organizado pelo sinpol virão presidentes e representantes de todos os sindicatos regionais e da adpesp associação dos delegados de polícia do estado de são paulo essa luta é de todos nós vamos nos reunir mostrar nossa situação caótica para a população e depois em passeata seguiremos até a câmara municipal de ribeirão preto onde nos encontraremos com os vereadores e políticos de toda a região buscando apoio à nossa causa portanto senhor governador se prefere continuar pagando para ver no que vai dar aceite um conselho a greve é um instrumento legítimo e a exemplo de 2008 está cada vez mais próxima podemos deflagrar assim que esgotarem-se os canais de negociação e percebermos que não há boa vontade em seus atos ou o senhor nos atente ou vai enfrentar a greve o conselho pense seu amigo e antecessor josé serra pagou para ver enfrentou a greve e perdeu a eleição para a atual presidente dilma roussef na campanha presidencial se o senhor tem pretensões senhor governador agora é a hora de colocar a mão na consciência contratar adequadamente funcionários para a polícia civil com urgência e conceder um digno reajuste salarial caso contrário não reclame dizendo que não foi avisado e para todos os policiais civis nosso encontro está marcado dia 13 de agosto às 16h00 no centro de ribeirão preto na esplanada do theatro pedro ii participe eumaurilÚciodamata presidente do sinpol sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto existem muitas pesquisas de opinião pública questionáveis e existem aquelas inquestionáveis para saber se o resultado apontado é próximo da realidade basta ouvir o clamor popular e foi isso o que fizeram os institutos de pesquisa após a onda de manifestações que ocorreram no brasil após o mês de junho dentre as quais a dos policiais civis que foi realizada na avenida paulista no dia 11 de junho nas pesquisas geraldo alckmin aparece como o terceiro pior colocado nas avaliações positivas de seu governo com 26 à frente somente de tarso genro pt do rio grande do sul com 25 e do lanterna sérgio cabral pmdb do rio de janeiro com 21 a meu ver essa pesquisa é mentirosa geraldo alckmin deveria ter a pior avaliação entre todos os governadores do estado porque não investe adequadamente em nenhuma das principais áreas onde um governo deve atuar saúde educação e segurança pública nas pesquisas anteriores alckmin tinha 52 para o desespero dos policiais civis ele estava bem cotado nas pesquisas sobre a próxima eleição ao governo do estado agora está ameaçado claro ele pode mudar isso caso mude seu jeito mário covas de governar ele segue a cartilha escrita por covas que é considerado um dos piores governadores para o servidor público o fato é que alckmin está provando de seu próprio veneno ele seu partido e seu o jornal do sinpol é uma publicação oficial de circulação mensal do sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto rua goiás 1697 campos elíseos cep 14085-460 ribeirão preto sp e-mail sinpolrp@sinpolrp.com.br diretoria presidente eumauri lúcio da mata vice-presidência célio antonio santiago paulo sérgio ribeiro chagas ricardo contin luiz henrique maringoli de lima josé gonçalves neto suplentes arnaldo vaz ferreira luiz henrique batista gino augusto franco sant anna sérgio ribeiro dos santos robert schmengler guilhaume kátia patrícia pagliari de souza e edmar alberto félix secretários kalinka cintra prado e doracy alves da silva suplentes Érica arrisse esteves dias e armando pisani júnior tesoureiros júlio cesar machado e sami haddad suplentes wagner cândido da silva e jin ciosaki patrimônio olavo elias dos santos suplente cláudia braga conselho fiscal joão carlos barbosa lima maurício kusumota e prisclia yishi s hashimoto suplentes neide amábile pastori e silva marisa lelis takata e jefferson pessoti delegados sindicais darcy gonçalez e licanor de souza campos suplentes ariovaldo torrieri júnior e reinaldo josé sanches o jornal do sinpol É uma publicaÇÃo exclusiva do laboratÓrio de notÍcias r paschoal bardaro 633-a jd irajá ribeirão preto sp fone/fax 16 3610-2886 diretor de jornalismo adalberto luque mtb 19.218 editor chefe júlio castro reportagens mariana araújo parras luque o jornal do sinpol não se responsabiliza por especificações ou informações que não estejam previstas no contrato de publicidade as cobranÇas serÃo feitas exclusivamente por sub ten res pm oswaldo bonfim departamento comercial contatos exclusivos devidamente autorizados fernando mendonça israel leal de souza vanderlei garcia da costa antonio pereira alvin marcos antonio fernandes braz pereira editoraÇÃo eletrÔnica laboratório de notícias fone 16 3610-2886 e-mail jornaldosinpol@uol.com.br os artigos assinados não refletem necessariamente o conceito do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores novos associados associaram-se ao sinpol no mês de julho de 2013 os seguintes policiais civis daniel césar de oliveira escrivão de polícia pedro luiz acetoze investigador de polícia hélio foz ribaldo escrivão de polícia roberto nascimento escrivão de polícia a diretoria do sinpol dá boas vindas aos novos associados e está à disposição de todos os policiais civis que quiserem integrar o quadro associativo do sindicato notas para quem pretende se aposentar a diretoria do sinpol alerta os associados que pretendem se aposentar pela lei complementar 1062/2008 que perdas podem ocorrer e solicita aos interessados que entrem em contato com seus diretores para saber quais serão suas perdas imediatas maiores informações na sede social do sindicato à rua goiás 1697 ou através da central de atendimento sinpol pelos fones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 atenção o sinpol comunica aos associados que está entrando com as ações referente à incorporação do ale adicional de local de exercício e do gap gratificação de atividade policial quem tiver interesse favor entrar em contato com a central de atendimento sinpol pelos fones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 para obter maiores informações o sinpol deixa claro que não haverá problema algum de entrar com esta ação pois a que foi ingressada em relação ao ale foi um mandado de segurança munição e treino de tiro os policiais civis que pretendem adquirir munição para a arma devidamente registrada deve levar além do documento pessoal o registro da arma um dos locais de venda de munição devidamente habilitado é o edinho clube de tiro que fica na avenida caramuru 574 fone 16 3931-1515 quem também quiser fazer uso do stand há preços especiais para policiais civis principalmente no período da tarde o uso do stand de tiro sai por r 10 a hora e r 2,50 o alvo se o policial civil preferir pode utilizar munição recarregável dos calibres 38 e 380 que sai por r 1,50 a munição para tanto basta telefonar para o local e se informar quem não quiser pagar nada também tem como opção o stand de tiro alto pedreschi em cruz das posses distrito de sertãozinho maiores informações na secretaria do sinpol recadastramento para atualização de dados e de situação profissional principalmente dos recémaposentados o sinpol está promovendo um recadastramento de todos os associados participe do recadastramento e garanta o recebimento de toda correspondência que enviamos procurando a secretaria do sinpol ou enviando e-mail para secretaria@sinpolrp.com.br aposentados associada do sinpol que ingressou no quadro de aposentados em julho de 2013 cleuza lopes da silva escrivã de polícia de 2ª classe a diretoria do sinpol felicita os policiais civis por suas brilhantes carreiras desejando-lhes poder usufruir seus merecidos descansos com muita saúde e alegria falecimento a diretoria do sinpol comunica com pesar o seguinte falecimento divina pereira da silva mãe do investigador de polícia luiz antonio bernardo ocorrido em 01 de julho de 2013 o sinpol manifesta seus sentimentos aos familiares cartas eumauri parabéns presidente É uma honra ter você em nossas fileiras abraços reginaldo cabral calil investigador de polícia franca-sp 02 agosto/2013

[close]

p. 3

dise produtividade a dise delegacia de investigações sobre entorpecentes de ribeirão preto vem mantendo um alto índice de produtividade a equipe que a exemplo do que ocorre em todos os setores da polícia civil segundo o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata está bastante defasada em efetivo não só a dise mas todos os setores da polícia civil em nossa região e em todo o estado estão defasados em efetivo o crime cresceu evoluiu o tráfico de drogas combatido pela dise também cresceu muito e o número do efetivo é muito baixo os policiais civis estão sobrecarregados são verdadeiros heróis destaca o presidente do sinpol e o heroísmo dos policiais civis se traduz em números os casos não param de serem registrados somente entre o dia 02 de maio e o dia 28 de junho foram registrados nada menos do que 51 boletins de ocorrência a maioria deles envolvendo flagrantes dos mais diversos tipos de drogas os policiais apreendem desde os mais procurados pelos dependentes químicos como crack maconha e cocaína até os considerados mais sofisticados como lsd e ecstasy são registros de apreensões nos mais diversos locais desde canaviais e terrenos baldios passando por residências e até em ônibus intermunicipal também há casos de captura de procurado posse ilegal de arma de fogo cigarros contrabandeados e diversas ocorrências segundo o titular da dise dr ariovaldo torrieri jr a equipe que ele comanda é bastante eficiente e dedicada no início de 2013 a especializada teve troca de comando titular há vários anos o dr paulo henrique castro assumiu a dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto além disso cerca de 70 dos policiais civis da dise também foram substituídos o novo titular dr torrieri buscou man com tecnologia e determinaÇÃo a equipe para não ser detectada corríamos o risco da droga também ser retirada por conta disso a ação no local foi mantida com o objetivo de dar prejuízo ao tráfico de drogas que é um dos objetivos da dise avaliou o dr torrieri a dise atua 24 horas por dia contando com apenas 19 policiais civis liderados por dois delegados somente no primeiro semestre de 2013 70 pessoas envolvidas com o tráfico dos quais 32 menores foram presos a equipe apreendeu mais de 23 quilos de maconha cinco quilos de cocaína e cerca de 60 quilos de crack a dise conta ainda com um setor de inteligência de acordo com o delegado a tecnologia busca colocar o policial civil sempre um passo à frente dos criminosos além de monitorar ligações de suspeitos e organizar campanas a inteligência da dise conta com o uso do georreferenciamento um programa que através de imagens obtidas via satélite oferece uma visão física que mostra em detalhes o local a ser analisado municiando os policiais civis sobre o terreno que irão percorrer a especializada também conta com um sistema que permite em poucos segundos descobrir a identidade dos criminosos e suas ramificações no submundo do crime o sistema permite que você consiga cadastrar todos os comparsas dos indivíduos gera o mapeamento do crime cometido se o indivíduo cometeu roubos ou furtos ao acessar o cadastro através do sistema constará quais são seus comparsas e quais crimes cometeram explica o investigador rogério mello da dise com um trabalho de investigação intenso contando com a tecnologia e o empenho dos policiais civis a dise continua escrevendo uma história gloriosa no combate ao tráfico na região especializada de ribeirão preto que atua no combate ao tráfico de drogas vem mantendo eficiência contando com empenho da equipe e utilizando recursos de última geração ter a produtividade da equipe anterior e conseguiu aumentando o êxito nos casos em que a dise atua feliz com os rumos tomados pela especializada ele tem comemorado os resultados graças ao apoio do nosso diretor do deinter3 [departamento de polícia judiciária do interior dr joão osinsky júnior e do delegado seccional em exercício de ribeirão preto dr luís cláudio ottoboni atingimos índices expressivos não podemos deixar de mencionar o empenho dos valorosos policiais que aqui trabalham que conseguiram manter os níveis de produtividade além de desempenhar trabalhos investigativos e de inteligência que desarticularam diversas quadrilhas de tráfico nesta cidade revelou o dr torrieri trabalho minucioso o mês de julho foi repleto de ocorrências registradas pelos policiais civis mas uma delas ocorridas recentemente mostra bem o trabalho minucioso desenvolvido pela equipe da dise numa ação realizada em um canavial existente ao lado do parque são sebastião zona leste de ribeirão preto os policiais civis realizaram um trabalho de muita paciência e perícia todas as ruas que cruzam a principal via do bairro a rua pedro barbieri terminam no canavial naquela região há um grande número de traficantes que aproveitando essa topografia escondiam drogas no canavial para abastecer o tráfico nas várias esquinas da rua pedro barbieri foram quase oito horas de buscas para chegar até o entorpecente na ação os policiais civis contaram inclusive com o apoio de um cão farejador da penitenciária da cidade naquela região a incidência de tráfico de drogas é muito grande não conseguiríamos manter ali a campana assim que retirássemos o titular da especializada em ribeirão preto dr ariovaldo torrieri comemora os expressivos resultados obtidos pela equipe agosto/2013 03

[close]

p. 4

sindicalismo policiais civis vÃo Às ruas presidente do sinpol participa de atos e reuniões e articula movimento para mostrar à população o descaso do governo em relação à segurança pública e seus servidores há mais de dois anos o governador geraldo alckmin anunciava o último reajuste salarial concedido aos policiais civis de todo o estado em 2010 com alberto goldman governando são paulo em razão do licenciamento de josé serra para concorrer à presidência da república naquele ano não houve nenhum reajuste em 14 de julho de 2011 geraldo alckmin anunciou um reajuste para a categoria que recebeu 15 de forma retroativa no dia 01 de julho de 2011 e outros 11 em 01 de agosto de 2012 depois do anúncio de alckmin nada mais foi destinado aos servidores da polícia civil durante todo esse período o governador através de sua equipe de secretários acenou para valorização de carreiras para reestruturação para a realização de concursos que suprissem a demanda da instituição e sobretudo acenou também com a possibilidade de a qualquer momento anunciar um reajuste para a categoria mas deu de ombros colocou seus secretários para dialogar conosco desde o final do ano passado até a metade deste ano tentamos o diálogo mas paciência tem limite o senhor secretário da segurança pública dr fernando grella vieira o senhor secretário da gestão pública deputado david zaia o senhor secretário do planejamento deputado júlio semeghini e até mesfotos sinpol mo nosso delegado geral de polícia dr luiz maurício de souza blazeck nos recebiam mas eram evasivos diziam que iriam se reunir com o governador mas nunca vinha resposta como já disse paciência tem limite agora a conversa será diferente promete eumauri a insatisfação dos policiais civis começou a ganhar as ruas do estado no dia 11 de junho milhares de policiais civis se reuniram no vão livre do masp museu de arte de são paulo para mostrar à população através do protesto pacífico a situação gravíssima pela qual atravessam com uma enorme defasagem de efetivo e com os salários achatados e sem perspectivas de reajuste por parte do governo que vem prometendo algo mas não se posiciona efetivamente o sinpol se fez presente neste protesto como o sindicato do interior que mais associados levou ao movimento de acordo com eumauri foram cerca de 130 com ônibus saindo de ribeirão preto e vans saindo de franca e araraquara além e sócios que foram por conta própria ou que já estavam na capital reuniões e manifestações durante o mês de julho o presidente do sinpol teve uma rotina de viagens e manifestações eumauri chegou a reunir-se com demais representantes de entidades que fazem parte dos representantes que os manifestantes também fizeram menção à pec 293 durante a passeata pelas ruas da capital policiais civis foram às ruas para mostrar descontentamento com a situação vivida pela instituição e o sinpol marcou forte presença nos atos públicos e em sua organização definem os rumos da campanha salarial também se encontrou com a deputada estadual rosmary corrêa a delegada rose que é subsecretária de assuntos parlamentares da casa civil eumauri levou à parlamentar a apreensão de toda a categoria em relação à falta de reajuste salarial e à falta de contratações ele também esteve participando em são paulo de dois atos de manifestação a categoria está descontente e não esconde isso do governador e de sua equipe cansamos de sermos deixados de lado com promessas vazias no dia 04 de julho participamos de uma passeata com outros companheiros que saiu do sindicato dos metalúrgicos de são paulo ligado à cgt [confederação geral dos trabalhadores do deputado paulinho e fomos até a avenida paulista lembrou eumauri em outro ato realizado no dia 11 de julho os policiais civis se reuniram no prédio do instituto de identificação ricardo gumbleton daunt na esquina das avenidas ipiranga e cásper líbero de lá seguiram pelas avenidas ipiranga e consolação até chegar à avenida paulista no caminho fizeram atos de protesto em frente à dgp delegacia geral de polícia e à corregedoria paralisação no dia 29 de julho policiais civis da ativa em todo o estado paralisaram suas atividades por protesto por duas horas das 10h00 às 12h00 segundo eumauri lúcio da mata a adesão na área de atuação do sinpol foi total estamos cansados e resolvemos num primeiro momento advertir o governador para nossa situação queremos melhores salários e sobretudo a urgente contratação de mais funcionários para todos os setores indistintamente a polícia civil está com seu efetivo em níveis extremamente preocupantes e o governador vive inventando criando reengenharia que é juntar o nada com o coisa nenhuma para dar a impressão de que há pessoal na instituição se não contratar muita gente no menor espaço de tempo possível o caos é inevitável os policiais civis que atuam são verdadeiros heróis pois fazem o trabalho de 10 até de 20 policiais civis dispara eumauri o presidente do sinpol articulou com os policiais civis dos distritos das especializadas das seccionais e do deinter-3 departamento de polícia judiciária do interior o movimento foi pacífico não prejudicou à população mas mostrou ao governador que em todo o estado a categoria está organizada e pronta para novas manifestações até para a greve se for o caso como ocorreu em 2008 durante o governo de josé serra o movimento de paralisação foi denominado 04 agosto/2013

[close]

p. 5

blecaute e o objetivo principal é forçar o governador a conversar diretamente com os representantes dos policiais civis entre eles um dos mais atuantes em todo o estado o sinpol presidido por eumauri já conversamos com todos os secretários subsecretários e técnicos possíveis demonstramos toda a boa vontade do mundo mas até agora nada foi resolvido cansamos de enrolação e se o governador não demonstrar o mínimo de dignidade em nos atender vamos partir para a ação adverte eumauri o presidente do sinpol explica que o objetivo é sensibilizar a população porque o povo é o principal prejudicado pela atual situação falta funcionário em tudo quanto é departamento hoje o número de crimes resolvidos não chega a 10 em cidades do porte de ribeirão preto franca são carlos e outras mais isso acontece porque não tem funcionários nas delegacias e essa falta de funcionário afeta diretamente à população além disso o policial civil também é um cidadão que tem suas contas para pagar seu aluguel sua prestação a escola do filho seu plano de saúde e tudo tem tido aumento menos o salário do policial civil isso cria um sentimento de desânimo no próprio local de trabalho pois as perspectivas profissionais não são das melhores o senhor governador precisa deixar de lado esse `padrão psdb e se preocupar com a categoria e com a população que governa alfineta o presidente do sinpol eumauri lembra que em junho a dgp anunciou que realizaria um concurso para preencher 2.805 vagas entre os cargos de investigador escrivão agente policial e delegado mas o sindicalista já perdeu as esperanças esses concursos mal preenchem as vagas de quem já se aposentou ou saiu são vagas que estão abertas há muito tempo não adianta nada queremos uma reestruturação séria na polícia civil com contratações efetivas que supram a necessidade e salários dignos já passou da hora do discurso agora é hora do governo agir lembra eumauri convocação em agosto o movimento deve intensificar os atos de protesto o sinpol está organizando um ato de manifestação para o dia 13 de agosto a partir das 16h00 do dia 13 de agosto estaremos nos concentrando na esplanada do theatro pedro ii no centro de ribeirão preto estamos convocando companheiros de toda a região para participar do ato público que também vai reunir presidentes e representantes de vários sindicatos regionais e a presidenta da adepesp associação dos delegados de polícia revela eumauri o sinpol espera a adesão maciça de seus associados para mostrar a força da categoria após a concentração os manifestantes irão conscientizar a população sobre as precárias condições de trabalho dos policiais civis principalmente pela falta de recursos humanos e salariais salientamos que o governador tem se mostrado indiferente às nossas reivindicações embora alguns comentários oficiosos circulem em nosso meio dando conta de que ele está realizando estudos a respeito precisamos que ele saiba que já passou da hora em nos atender nosso objetivo somente será alcançado se conseguirmos impressionar o governo através dos meios de comunicação e da população em geral e isso somente será possível com a participação de cada um dos policiais civis da ativa e aposentados com a manifestação de suas opiniões esperamos uma grande adesão e pelo que temos conversado com os companheiros o ato vai mostrar a força de nossa região emenda eumauri após a concentração a manifestação segue em passeata até a câmara municipal de ribeirão preto onde os policiais civis irão se reunir com os vereadores e autoridades políticas não só de ribeirão preto mas de toda a região em busca de apoio para pressionar o governador o convite está feito contamos com sua presença policial civil no dia 13 de junho às 16h00 na esplanada do theatro pedro ii em ribeirão preto concluiu eumauri policiais do 8º dp esq e 1º dp dir ambos de ribeirão preto durante operação blecaute abaixo a partir da esquerda eumauri foi pedir apoio da deputada delegada rose e manifestações do dia 04 e 11 de julho todas em são paulo categoria mostra insatisfação com o governador foto júlio castro foto júlio castro foto júlio castro agosto/2013 05

[close]

p. 6

artigo segundo o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata é um texto para o governador geraldo alckmin pensar se nada piorar neste ano de 2013 cerca de 250 policiais serão assassinados no brasil até o dia 31 de dezembro É uma história de horror sem paralelo em nenhum país do mundo civilizado mas estes foram os números de 2012 com as variações devidas às diferenças nos critérios de contagem e não há nenhuma razão para imaginar que as coisas fiquem melhores em 2013 ao contrário o fato de que um agente da polícia é morto a cada 35 horas por criminosos em algum lugar do país é aceito com indiferença cada vez maior pelas autoridades que comandam os policiais e que têm a obrigação de ficar do seu lado a tendência assim é que essa matança continue sendo considerada a coisa mais natural do mundo algo que acontece como as chuvas de verão e os engarrafamentos de trânsito de todos os dias raramente hoje em dia os barões que mandam nos nossos governos mais as estrelas do mundo intelectual os meios de comunicação e a sociedade em geral se incomodam em pensar no tamanho desse desastre deveriam todos estar fazendo justo o contrário pois o desastre chegou a um extremo incompreensível para qualquer país que não queira ser classificado como selvagem na frança para ficar em um exemplo de entendimento rápido 620 policiais foram assassinados por marginais nos últimos quarenta anos isso mesmo quarenta anos de 1971 a 2012 são cifras em queda livre na década de 80 a frança registrava em média 25 homicídios de agentes da polícia por ano mais ou menos um padrão para nações desenvolvidas do mesmo porte na década de 2000 esse número caiu para seis apenas seis nem um a mais contra os nossos atuais 250 o que mais seria preciso para admitir que estamos vivendo no meio de uma completa aberração há alguma coisa profundamente errada com um país que engole passivamente o assassínio quase diário de seus policiais e com isso diz em voz baixa aos bandidos que podem continuar matando à vontade pois no fundo estão numa briga particular com a polícia e ninguém vai se meter no meio essa degeneração é o resultado direto da política de covardia a que os governos estaduais brasileiros obedecem há décadas diante da criminalidade em nenhum lugar a situação é pior do que em são paulo onde se registra a metade dos assassinatos de policiais no brasil com 20 da população nacional tem 50 dos crimes cometidos nessa guerra É coisa que vem de longe desde que franco montoro foi eleito governador em 1982 nas primeiras eleições diretas para os governos estaduais permitidas pelo regime militar criou-se em são paulo e dali se espalhou pelo brasil a ideia de que reprimir delitos é uma postura antidemocrática e que a principal função do estado é combater a violência da polícia não o crime de lá para cá pouca coisa mudou a consequência está aí mais de 100 policiais paulistas assassinados em 2012 o jornalista andré petry num artigo recente publicado nesta revista apontou um fato francamente patológico o governador de são paulo geraldo alckmin conseguiu o prodígio de não comparecer ao enterro de um único dos cento e tantos agentes da sua polícia assassinados ao longo do ano de 2012 a atitude seria considerada monstruosa em qualquer país sério do mundo aqui ninguém sequer percebe o que o homem fez a começar por ele próprio se lesse essas linhas provavelmente ficaria surpreso não não fui a enterro nenhum qual é o problema a oposição ao governador não disse uma palavra sobre sua ausência nos funerais as dezenas de grupos prontos a se indignar 24 horas por dia contra os delitos da polícia reais ou imaginários nada viram de anormal na conduta do governador a mídia ficou em silêncio É o aberto descaso pela vida quando essa vida pertence a um policial É também a capitulação diante de uma insensatez a de ficar neutro na guerra aberta que os criminosos declararam contra a polícia no brasil há mais que isso a moda predominante nos governos estaduais que vivem apavorados por padres jornalistas ongs advogados criminais e defensores de minorias viciados em crack mendigos vadios e por aí afora é perseguir as suas próprias polícias com corregedorias ouvidorias procuradorias e tudo o que ajude a mostrar quanto combatem a arbitrariedade sua última invenção em são paulo foi proibir a polícia de socorrer vítimas em cenas de crime por desconfiar que faça alguma coisa errada se o ferido for um criminoso com isso os policiais paulistas tornam-se os únicos cidadãos brasileiros proibidos de ajudar pessoas que estejam sangrando no meio da rua É crescente o número de promotores que não veem como sua principal obrigação obter a condenação de criminosos o que querem é lutar contra a higienização das ruas a postura repressiva da polícia e ações que incomodem os excluídos muitos juízes seguem na mesma procissão dentro e fora dos governos continua a ser aceita como verdade científica a ficção de que a culpa pelo crime é da miséria e não dos criminosos ignora-se o fato de que não existe no brasil de hoje um único assaltante que roube para matar a fome ou comprar o leite das crianças roubam agridem e matam porque querem um relógio rolex não aceitam viver segundo as regras obedecidas por todos os demais cidadãos a começar pela que manda cada um ganhar seu sustento com o próprio trabalho começam no crime aos 12 ou 13 anos de idade estimulados pela certeza de que podem cometer os atos mais selvagens sem receber nenhuma punição aos 18 ou 19 anos já estão decididos a continuar assim pelo resto da vida essa tragédia obviamente não é um problema dos estados fantasia que os governos federais inventaram há mais de 100 anos para o seu próprio conforto é um problema do brasil a presidente dilma rousseff acorda todos os dias num país onde há 50 000 homicídios por ano ao ir para a cama de noite mais de 140 brasileiros terão sido assassinados ao longo de sua jornada de trabalho dilma parece não sentir que isso seja um absurdo no máximo faz uma ou outra reunião inútil para discutir políticas públicas de segurança em que só se fala em verbas e todos ficam tentando adivinhar o que a presidente quer ouvir não tem paciência para lidar com o assunto quer voltar logo ao seu computador no qual se imagina capaz de montar estratégias para desproblematizar as problematizações que merecem a sua atenção não se dá conta de que preside um país ocupado onde a tropa de ocupação são os criminosos muito pouca gente na verdade se dá conta os militares se preocupam com tanques de guerra caças e fragatas que não servem para nada estão à espera da invasão dos tártaros quando o inimigo real está aqui dentro não podem por lei fazer nada contra o crime não conseguem nem mesmo evitar que seus quartéis sejam regularmente roubados por criminosos à procura de armas a classe média frequentemente em luta para pagar as contas do mês se encanta porque também ela agora começa a poder circular em carros blindados noticia-se para orgulho geral que essa maravilha estará chegando em breve à classe c o número de seguranças de terno preto plantados na frente das escolas mais caras na hora da saída está a caminho de superar o número de professores as autoridades enfim parecem dizer aos policiais damos verbas a vocês damos carros damos armas damos coletes virem-se É perturbadora no brasil de hoje a facilidade com que governantes e cidadãos passaram a aceitar o convívio diário com o mal em estado puro É um tudo bem crescente que aceita cada vez mais como normal o que é positivamente anormal tudo bem que policiais sejam assassinados quase todos os dias que 90 dos homicídios jamais cheguem a ser julgados que delinquentes privatizem para seu uso áreas inteiras das grandes cidades e daí estamos tão bem que a última grande ideia do governo em matéria de segurança é uma campanha de propaganda que recomenda ao cidadão proteja a sua família desarme-se É uma bela maneira sem dúvida de namorar com o suicídio por j.r.guzzo revista veja namorando com o suicÍdio 06 agosto/2013

[close]

p. 7

r adar serrana policiais civis de serrana após prévias investigações prenderam em 26 de julho j.o 40 anos e apreenderam a adolescente k.c.s de 16 anos após o recebimento de denúncias de tráfico de entorpecentes promovido pela indiciada e sua filha adolescente policiais cumpriram mandado de busca e apreensão na residência localizada no jardim boa vista encontraram no local somente a adolescente e com ela apreenderam certa quantia em dinheiro uma balança de precisão 1.100 gramas de cocaína além de farto material relacionado ao tráfico conduzida à delegacia sua mãe chegou e sendo comprovado o seu envolvimento com o ilícito foi autuada em flagrante e encaminhada à cadeia pública de cajuru e a adolescente foi entregue ao seu responsável mediante termo de entrega e responsabilidade ribeirão preto policiais civis da delegacia de investigações gerais dig de ribeirão preto deinter 3 localizaram em 11 de julho um desmanche na rua uruguai bairro vila elisa em ribeirão preto os policiais chegaram até o local por meio do sistema de rastreamento de uma caminhonete que foi furtada na parte da manhã dois homens foram presos além da caminhonete d20 os policiais encontraram vários veículos sendo um vw saveiro 2008 um ford f1000 um vw saveiro e um fiat fiorino todos furtados no local havia ainda uma carroceria de caminhão chave mixa várias ferramentas usadas para o desmonte e peças de veículos os dois presos foram autuados em flagrante e vão responder por receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículo automotor sendo que um deles ainda vai responder por furto qualificado eles foram encaminhados para o centro de detenção provisória cdp de ribeirão preto e ficarão à disposição da justiça delegacia de investigações sobre entorpecentes de araraquara após investigações seguidas de diligências e munidos de mandado de busca domiciliar prenderam o indiciado w.f.a.r de 25 anos por tráfico de drogas com ele os policiais apreenderam 25 papelotes de cocaína um celular e r 203 em dinheiro w foi encaminhado ao adp de araraquara poder de requisição uma decisão do tribunal de justiça eleitoral de mato grosso deferiu solicitação de delegado de polícia acerca do seu poder de requisição durante condução de uma investigação criminal com base na recente lei 12.830/2013 que trata da investigação criminal conduzida por delegado de polícia o juiz eleitoral marcelo sousa melo bento de resende do município de itiquira estado do mato grosso aceitou a solicitação do delegado de polícia santiago rozendo sanches e silva que necessitava de dados do cadastro eleitoral de duas pessoas investigadas e uma testemunha para que o inquérito policial pudesse ser instruído o artigo 2º parágrafo 2º da referida lei que trata do poder de requisição da autoridade policial diz que durante a investigação criminal cabe ao delegado de polícia a requisição de perícia informações documentos e dados que interesse à apuração dos fatos diante disso o juízo determinou a solicitação em prol do interesse da sociedade bebedouro a polícia civil incinerou em 23 de julho aproximadamente 155 quilos de drogas ilícitas que estavam sob custódia e responsabilidade de diversas delegacias de polícia da região de bebedouro a incineração foi realizada no forno de uma empresa privada na zona rural do município de vista alegre do alto a maior parte da droga se refere a uma grande apreensão de maconha realizada no último dia 14 na rodovia sp 323 no próprio município e que culminou com a prisão em flagrante dos suspeitos m.m.g d.k i.s.c a.a.s r.c.s e p.a.s.s por uma guarnição da polícia rodoviária participaram desse procedimento integrantes da vigilância sanitária do instituto de criminalística do ministério público e da própria polícia civil sendo o ato presidido e coordenado pelo delegado de polícia dr marcelo rodrigues salvador por determinação do delegado seccional de bebedouro dr josé eduardo vasconcelos foto arquivo foto polícia civil em serrana mãe foi detida e filha menor apreendida por tráfico de entorpecentes tambaú policiais civis da cidade de tambaú prenderam no dia 14 de julho c.h.s de 37 anos ele é suspeito de ter causado a morte de a.b de 36 anos os dois teriam discutidos e de acordo com o apurado pelos policiais civis c teria agredido a com socos chutes e golpes dados com um pedaço de madeira durante a prisão os policiais civis encontraram na casa do acusado um pedaço de madeira e uma camiseta com sinais se sangue o material será analisado pela perícia luís antonio policiais civis de luís antonio cumpriram seis mandados de busca em residências na cidade na manhã de 19 de julho após investigações que culminaram no pedido de busca e contando com o apoio da pm no município o dr jorge miguel coury neto delegado da cidade apreendeu centenas de cápsulas vazias usadas para armazenar drogas além de armas cocaína e uma granada inutilizada estes materiais estavam em uma das residências vistoriadas pelos policiais civis na ação dois suspeitos foram presos e uma menor de idade foi apreendida o material e os indiciados foram levados para a delegacia de luís antonio onde foi lavrado o flagrante araraquara na manhã de 26 de julho policiais da dise o delegado de luís antonio dr jorge miguel comandou equipe durante operação que culminou na prisão de traficantes de drogas agosto/2013 07

[close]

p. 8

inteligÊncia policiais civis prendem chefÕes do crime desde que os ataques em terminais eletrônicos dos bancos se intensificaram na região o setor de inteligência da delegacia seccional de ribeirão preto não tem medido esforço para combater essa prática criminosa os ataques com explosivos aos caixas eletrônicos não se limitaram somente a ribeirão preto ocorreram indistintamente em toda a região inclusive em cidades com poucos habitantes como serra azul trabalhando com o monitoramento de informações e ações o setor de inteligência passou a mapear os locais onde ocorreram as explosões e a buscar informações que levassem aos autores dos fatos no dia 17 de maio o setor da seccional de ribeirão preto comandado pelo dr gustavo andré alves planejou uma megaoperação que contou com o apoio de policiais civis das delegacias especializadas e dos distritos além do apoio de policiais militares também foi utilizado o veículo tático blindado que foi popularmente chamado de caveirão numa alusão ao veículo utilizado pelo bope batalhão de operações especiais nos morros cariocas na ocasião um homem acusado de envolvimento na explosão de caixas eletrônicos acabou detido as investigações prosseguiram e novas evidências acabaram sendo levantadas pelos policiais civis que realizaram um minucioso trabalho de apuração no dia 19 de junho os policiais civis do setor de inteligência prepararam uma ação que se traduziu em êxito o líder de uma das principais quadrilhas que agia nos ataques a caixas eletrônicos na região acabou preso no jardim diva tarlá de carvalho na região norte de ribeirão preto j.c.d de 33 anos popularmente conhecido por galo é apontado como o líder do grupo em pelo menos 10 explosões ocorridas na cidade e região segundo o delegado responsável pelo setor dr gustavo galo passou a ser investigado há cerca de dois meses após a prisão de dois suspeitos de integrarem o grupo os dois foram reconhecidos através de imagens gravadas pelo circuito interno de segurança de um caixa eletrônico localizado dentro do campus da usp universidade de são paulo a explosão ocorreu em abril um dos suspeitos foi preso durante a ação na qual o caveirão foi utilizado ao tomar conhecimento da prisão dos supostos comparsas galo teria fugido da região o setor de inteligência apurou que ele havia se refugiado na cidade de santa adélia região metropolitana de belo horizonte o setor de inteligência continuou monitorando o suspeito e descobriu que no dia 19 de junho ele iria visitar sua mãe acabou surpreendido pelos policiais civis e preso segundo o dr gustavo galo não participava efetivamente das ações ele era o responsável pelo planejamento dos ataques aos caixas fazia toda a logística tinha uma gama de funcionários que trabalhava para ele e era ele quem fornecia armas veículos e explosivos revelou o delegado de acordo com levantamento feito pelo setor de inteligência em cada ataque a caixa eletrônico participam entre cinco e dez pessoas todas recrutadas por galo quando alguém era preso ele recrutava novos participantes as investigações vão prosseguir para localizarmos armas e a origem dos explosivos usados pela quadrilha explicou o dr gustavo durante o período em que galo esteve foragido os policiais civis constataram uma redução significativa de ataques a caixas eletrônicos percebemos que nesses dois meses em que ele esteve fora da região as ações reduziram porque ele passou a ter dificuldade em liderar os crimes à distância ele trabalhava com armas explosivos e maçaricos nos ataques aos caixas e muitos ocorreram em cidades pequenas onde os criminosos têm facilidade na fuga destacou empresa do crime no dia 26 de julho a equipe da inteligência chegou até o líder de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas r.z comandava o tráfico de drogas em ribeirão preto e outras 100 cidades da região segundo o dr gustavo ele foi preso em sua casa no planalto verde periferia de ribeirão preto além dele foram presos também outras oito pessoas todas com cargo naquilo que o delegado definiu como uma estrutura de empresa do crime foram detidos e.m.p e j.s encarregados da parte financeira do grupo criminoso eram espécies de contadores do tráfico segundo o dr gustavo a facção criminofoto arquivo sa divide as áreas de atuação do estado de acordo com o código telefônico do ddd no caso de z ele era o chefe na área 016 além das prisões e apreensões o grupo comemorou também o vasto volume de material apreendido inclusive dados com a movimentação financeira das lideranças da facção criminosa sabemos que mensalmente eles levantavam um bom montante de dinheiro e enviavam para as lideranças z era o diretor da `empresa a palavra final era dele explica o delegado o líder preso já tinha passagem pela por tráfico e roubo os outros elementos detidos além do chefe e dos contadores eram líderes nas regiões do adelino siminoni e vila carvalho o setor que integra a seccional de polícia civil de ribeirão preto conta com os seguintes policiais civis dr gustavo os investigadores edson piovani e rita o titular do setor de inteligência da seccional de polícia civil de ribeirão preto dr gustavo entre os investigadores piovani esq e edson 08 agosto/2013

[close]

p. 9

a ÇÃo dig prende empresÁrio que estava foragido o empresário alexsandro ichisato de oliveira acusado de ser o responsável da morte do estudante marcos delefrate e que estava foragido havia 28 dias foi preso no dia 18 de julho por policiais civis que integram a dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto a morte ocorreu durante uma passeata de protesto que começou no centro de ribeirão preto em frente a esplanada do theatro pedro ii era para ter sido encerrada no cruzamento das avenidas 9 de julho e independência mas continuou até o cruzamento das avenidas adolfo bianco molina e joão fiúsa na zona sul da cidade marcos delefrate foi a primeira vítima fatal registrada em todo o país nos protestos que se multiplicaram brasil afora durante o mês de junho o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata esteve presente à manifestação que ocorreu no dia 20 de junho havia um clima de indignação popular muito grande pelos desmandos como a classe política vem tratando a população o sinpol que representa os policiais civis de toda a nossa região e de diversas partes do estado não poderia deixar de estar presente participando da manifestação e externando a sua indignação com a situação atual seja na segurança pública na saúde educação e na economia em geral tudo transcorreu em perfeita harmonia enquanto participamos na etapa inicialmente prevista pelos manifestantes lembra eumauri a manifestação teria reunido mais de 20 mil pessoas após chegar até o cruzamento das avenidas 9 de julho e independência um grupo com mais de 8 mil pessoas resolveu continuar seguindo pela avenida presidente vargas no sentido à zona sul da cidade o grupo entrou na avenida joão fiúsa e fez uma nova concentração na avenida adolfo bianco molina no jardim santa Ângela protestavam contra a situação atual no brasil reclamando principalmente do preço exorbitante praticado no transporte público urbano também reclamavam que o serviço oferecido pelas empresas de ônibus é de baixa qualidade durante o protesto o empresário alexsandro ichisato de oliveira que dirigia uma range rover veículo blindado e importado resolveu passar com seu carro entre os manifestantes o veículo foi parado houve um princípio de discussão onde ele insistia em passar e os manifestantes pediam que ele voltasse respeitando a reivindicação ele teria engatado a marcha à ré percorrido poucos metros em seguida teria acelerado em direção à multidão atropelou 12 pessoas uma das quais marcos delefrate não resistiu aos ferimentos e morreu no local a dig imediatamente iniciou as investigações e tentou localizar o empresário segundo o dr paulo henrique martins de castro titular da especializada o primeiro advogado que se apresentou como defensor de alexsandro teria dito que seu cliente se sentiu ameaçado e avançou com o carro sobre a multidão temendo ser linchado segundo o delegado muitas testemunhas foram ouvidas e todas foram unânimes ao afirmar que ele não estava sendo ameaçado mesmo assim jogou o carro contra a multidão fato que resultou na morte do estudante de acordo com o apurado pela equipe da dig minutos depois de fugir do local do acidente alexsandro teria pedido à irmã que o levasse até a rodovia anhanguera onde ele apanharia uma carona com um amigo e fugiria o carro que o empresário usava foi localizado horas após a morte do estudante na cidade de araraquara o primeiro defensor segundo o dr paulo henrique disse que seu cliente só se apresentaria se o caso corresse em segredo de justiça se ele pudesse se submeter a um exame de sanidade mental e também alegou que ele é dependente químico diante da situação dr paulo pediu a prisão temporária do suspeito desde então as investigações prosseguiram até que ele foi localizado com um mandado de busca e apreensão policiais civis da dig de ribeirão preto chegaram a uma clínica para reabilitação de dependentes químicos em bragança paulista encontraram o suspeito ainda dormindo ele não ofereceu resistência o local é uma chácara uma espécie de clínica e ele justificou que estava se tratando do vício de drogas revelou o dr paulo henrique com o empresário que estava foragido foram apreendidos três telefones celulares mais de r 2 mil em dinheiro além de us 20 também havia um merdedes benz sem documentação vamos apurar a participação do dono da chácara e da família acreditamos que é difícil ele ter permanecifoto polícia civil do lá sem a ajuda de ninguém disse o delegado o inquérito já foi concluído e assim que chegou em ribeirão preto o dono da chácara que também é advogado assumiu a defesa do suspeito e alegou que não sabia que o homem que se internou em sua chácara de recuperação era procurado mas concordou em assumir a defesa discordando da tese do primeiro advogado o atual defensor informou que seu cliente deveria ter se apresentado de forma espontânea alexsandro permanece preso e exerceu seu direito constitucional de só falar em juízo a prisão temporária passou a contar no dia de sua prisão mas o dr paulo henrique também pediu a prisão preventiva do acusado de acordo com o inquérito o autor do atropelamento vai responder por homicídio doloso tentativa de homicídio doloso lesão corporal omissão de socorro e fuga de local de acidente homem acusado de matar estudante durante manifestação em ribeirão preto foi preso após 28 dias foragido e inquérito foi concluído agosto/2013 09

[close]

p. 10

aniversariantes a vida é um milhão de novos começos movidos pelo desafio sempre novo de viver e fazer todo sonho brilhar feliz aniversário aos nascidos em setembro 01 jayme da silva ribeiro filho luiz carlos pires ernesto renan de morais ronaldo alessandro perussi estevo fernando tavelin antonio cândido naves 02 sirlei murari Élcio marcos bezerra wandson de sousa roberto leandro del sant rodrigo angelo da costa 03 carlos elias thomé speltz ana lúcia leite sérgio kreniski augusto césar vaquero marques 05 salazar furloni 06 josé ventura perroni marcus vinícius souza pedrozo wagner issa farah 07 evandro de oliveira gilmar roberto gregório joel martins gilberto alves luiz francisco tonetti ailton faion luiz alberto galíssia 08 wilson graciano ribeiro luiz quirino do nascimento cléia maria jardim avila júlio césar cocito sônia aparecida vieira rodrigues 09 joão carlos fuzzio cadelca josé gaspar ciachero cirene aparecida dos santos americano antonio juraci crovador luís henrique da silva 10 ismael ribeiro de mendonça cícero jesus de souza 11 márcio luiz de vicentes virgílio ferreira fernandes walter martins donizeti de fátima camilo ieda luciane barcellos leite pádua 12 alcides batista de oliveira cláudia adriana m nicoleti da silva gianete martins garcia anderson rodrigo dionizio edson aparecido da silva eduardo rodrigues martinez 13 humberto tozi mateus da silva gumiero daniel bassi cláudia cristina carmello dos santos 14 carlos roberto cardoso maria therezinha lourenço de biaggi isildo pereira valdimir azarias da silva marcelo luis megda dario de souza sidney rodrigues martinez 15 luiz fernando junqueira azevedo maria do rosário leone f agostinho walter josé francisco josé eduardo velludo elaine bombonato pereira marcos antonio de oliveira 16 fabiana leal ribeiro nelson abadias 17 maria imaculada silva ricoldi daniel de oliveira pires fábio alcione tavares josé roberto gibim fernando donizette antonialli 18 eduardo baratella alexandre roberto machado 19 dorlei morales paula elena de carvalho josé Álvaro ament júnior 20 francisco de assis furtado wilson abdalla mansur zaquia júlio cesar lourenço 21 joval pereira borges everson leandro deloi 22 carlos alberto lino elaine aparecida de oliveira 23 marcelo josé greghi haroldo chaud mauro ferreira dos santos 24 rubens loyola leite reinaldo barboza maria ap boncompagni lellis e silva iguatemy brasil machado de camargo dorival camargo leite 25 gerson antonio de oliveira conceição aparecida da silva celso gerolim marcos antonio rodrigues adriano romanini de andrade daniela maziero ginezzi de paula sérgio luiz corrêa 26 targino donizeti osório ruth iracema valentin reina riberto cassiani 27 paulo sérgio pin divaldo rodrigues dos santos vanderly tomé soraia pinhone ravagnani gustavo andré alves josé roberto hussar 28 milton rodrigues dorival de paula e silva paulo césar de sousa benedito aparecido vezzoni 29 sérgio lemos da silva luís henrique maringoli de lima kyoshi airton ogassavara rosângela maria de toledo 30 israel francisco pereira ricardo souza silveira emerson pereira josé roberto cavallini memÓria ninguÉm É de ferro o trabalho das equipes que integravam a polícia técnica do ic instituto de criminalística sempre foi estressante por esta razão quando era possível os policiais civis encontravam um tempo para descontrair e se confraternizar em 1982 da esquerda para a direita carlos sanches do setor de laudos o saudoso perito lúcio paixão e o fotógrafo bettini eternizaram um dos momentos de lazer entre eles do fundo do baÚ o sinpol lembra aos aniversariantes que é preciso fazer o recadastramento anual junto ao banco do brasil em qualquer agência ou naquela onde receber seus vencimentos ou em caso de portabilidade no banco em que o beneficiário optou quem não se recadastrar corre o risco de ter os vencimentos suspensos o sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto está mantendo um acervo de imagens relacionadas à polícia civil para tanto a diretoria está incentivando a participação de associados que tenham em seus arquivos fotografias que possam ilustrar diferentes aspectos da história da instituição temos certeza que muitos colegas guardam várias fotos com lembranças de reuniões eventos e de situações cotidianas dentro da instituição com um valor inestimável pelas lembranças que representam ressalta o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata os interessados em colaborar com esse resgate da memória da polícia civil da região podem entrar em contato com a secretaria do sinpol através dos telefones 16 3612-9008 3625-3890 e 3979-2627 ou do e-mail sinpolrp@sinpolrp.com.br as fotografias serão digitalizadas e prontamente devolvidas aos seus proprietários garante eumauri o material reunido pelo sinpol será publicado no jornal do sinpol e no site da entidade www.sinpolrp.com.br 10 agosto/2013

[close]

p. 11

registro obras prosseguem as obras da construção da futura sede social do sinpol prosseguem dentro do planejado já é possível ter uma ideia de como o projeto vem sendo tratado e o que o imóvel vai oferecer para todos os policiais civis e para a sociedade ribeirão-pretana em geral o prédio está sendo edificado na avenida francisco massaro farinha esquina com a rua pedro pegoraro que é uma travessa da av leão xiii na ribeirânia atrás do campus da unaerp universidade de ribeirão preto e terá área total construída de 1.600 m² está sendo erguido em um terreno com área total de 2.247,95 m² o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata convida todos os associados que tenham interesse em visitar as obras para conhecer como será a nova sede social do sindicato agosto/2013 11

[close]

p. 12

opiniÃo dias atrás me recordo haver lido em a folha de são paulo ­ a12 mundo ­ de 25 de março que violência entre muçulmanos e budistas deixa mais de 30 mortos na cidade de meiktila centro de mianmar se estendeu a outras regiões do país e dezenas de pessoas foram detidas essa notícia induziu-me a refletir sobre a violência que grassa no mundo como um todo inclusive a que eclode por paixões religiosas e as que têm origem em nossa incapacidade de frear a intolerância de todos os matizes de que somos infelizes presas os intermináveis conflitos no oriente médio que à nossa vista tem como pano de fundo não tão somente a intolerância religiosa mas que busca o desmesurado exercício do poder já não é de hoje e imagino eu sem chances de ser abolido ­ simplesmente como deveria ser ­ pelo abandono de um ou mais dos contendores do teatro da liça induzido pela memória recordo-me de certos trechos do excelente uma breve história do cristianismo ed fundamento ­ 2012 cujo autor trata-se do professor de harvard e melbourne geoffrey blainey historiador de largos e reconhecidos méritos que nesta obra faz remissão a certas conflagrações religiosas ao longo dos tempos detendo-se de forma bastante minudente no episódio das cruzadas assim se expressando o ilustre professor organizadas no longínquo ano de 1095 as cruzadas pelo papa urbano ii que visava libertar a terra santa do islamismo as cruzadas estenderam-se por um período de cerca de 400 anos e são consideradas ainda hoje uma das causas da discórdia entre um pequeno braço do islamismo militante e o mundo cristão ocidental tanto os cristãos como seus adversários acreditavam lutar por uma causa sagrada para os cristãos locais a intolerÂncia como jerusalém jericó belém nazaré e o mar da galiléia representavam momentos fundamentais da vida de cristo lá aconteceram seus milagres suas pregações sua morte lá estava seu túmulo vazio abandonar jerusalém depois de conquistada seria praticamente uma blasfêmia uma negação da própria fé religiosa fls 147/148 em nome da religião populações inteiras foram massacradas espoliadas e seus bens e terras arrasadas por dezenas de milhares de cruzados homens que esqueceram-se ou desvencilharam-se do fervor religioso que num primeiro momento os movia para tornarem-se simplesmente saqueadores empedernidos em busca de bens materiais a abarrotar suas burras a tolerância religiosa como a que se observa em nosso país nos dias que correm mercê de deus tal não se dava na europa principalmente em meados do séc xvi para sermos mais precisos nos idos de 1550 fls 221 obra já citada hoje em pleno séc xxi o que não podemos aceitar ­ ou não deveríamos consentir ­ é que procedimentos que se caracterizam como altamente ofensivos à dignidade humana e aos valores de liberdade e respeito à diversidade fossem postos em prática hodiernamente estamos necessitando de aprender a conviver com nossos contrários impedindo assim que eclodam a indesejáveis índices a intolerância de gêneros de etnias etc temos observado que a intolerância para com o próximo inclusive no que se refere a coisas de somenos importância ou nem tanto tem-se tornado uma constante principalmente nos grandes centros como por exemplo a intolerância que se observa na maioria dos condutores de veículos automotores que dos mesmos dispõem como arma letal agindo com verdadeiro animus necandi contra motoristas outros que prudentemente conduzem de forma disciplinada e coerente ou de desavisados pedestres que são vitimados não quando no leito carroçável das vias mas em plena calçada a intolerância daquelas pessoas com as quais ­ buscando a saudável convivência social ­ procuramos interagir e as quais virulentamente procuram impor seus pontos de vista muitas vezes de forma desarrazoada a falta de tolerância daqueles que se comprazem em espezinhar o próximo por comportamento que não se coadunam com os seus como se donos da verdade fossem a manifesta intolerância daqueles que ávidos por ocupar tribunas e microfones e onde exercer possam suas megalomanias ignoram estar a tratar de seres humanos ­ seus irmãos em cristo ­ quando investem contra os ausentes e que por isso mesmo sem possibilidade de defender-se o intolerante ­ creio eu ­ sofre muito pois que vivendo em seu pequeno mundinho egocêntrico e não admitindo as diferenças entre os seres humanos existentes ­ e é o que nos torna tão especiais ­ tudo quanto vá de encontro às suas convicções arraigadas e quantas vezes despidas de bom senso é lhe de exacerbado desconforto se todos nós indistintamente procurássemos o exercício da tolerância no trato diário com nossos semelhantes atentando para as sutis diferenças que nos tornam únicos embora seres humanos inseridos no mesmo caudal de um mundo a cada dia mais violento e egoísta haveríamos de nos tornar artífices de uma nova sociedade que nos permitisse entender o nosso próximo interagindo de forma caridosa com os que nos cercam independente das falhas que possam ostentar e buscando entender que muitas vezes a verdade não está conosco mas sim com aquele ou aqueles a quem em muitas ocasiões dirigimos palavras duras e comportamentos odiosos frutos de nossas frustrações e imperfeições espirituais pensem nisso luiz carlos pires ex-delegado regional de polícia de ribeirão preto ex professor da academia de polícia dr coriolano nogueira cobra e membro titular das academias de letras da afpesp e dos delegados de polícia do estado de são paulo tolerar vtd ­ do latim tolerare aceitar admitir ou conviver com algo ou alguém indulgentemente 12 agosto/2013

[close]

p. 13

entrevista o xerife do batatais fc jornal do sinpol o senhor tem fama de xerife até por sido delegado a alcunha é merecida dr moysés josé cocito xerife voltando à época do velho oeste era aquele que mandava eu não sou mandão sou cumpridor das ordens para mim a lei tem que ser cumprida e não discutida muitas vezes eu dizia isso ali na avenida saudade [em ribeirão preto junto ao 2º dp [distrito policial eles iam fazer comando ali em frente não mandava ninguém fazer mas eles pegavam alguém sem habilitação levavam até mim e eu fazia o flagrante era na máquina de escrever hoje seria muito mais fácil por computação e daí veio essa figura de xerife xerife xerife mas não fui mandão fui cumpridor dos deveres e também dos direitos jornal do sinpol o senhor foi responsável por escrever a página mais importante da rica história do batatais o acesso à série a-2 do campeonato paulista como o senhor descreve esse momento dr cocito quando eu me mudei para cá [batatais em 1978 não tinha tempo para me envolver com futebol mas sempre achei que o esporte é uma das melhores formas de tirar a garotada da rua me aposentei em 1999 e em 2001 fui eleito presidente do batatais por aclamação fiquei por pouco tempo por circunstâncias alheias a minha vontade voltei em 2007 com a meta de subir o time pois segundo a imprensa há 69 anos o time estava na mesma segunda divisão nunca entrei para classificar ou para ser o quarto porque classificam os quatro primeiros entrei para ser campeão tivemos um problema do técnico com o grupo e não deu liga embora tenhamos liderado todo o primeiro turno em 2008 trouxemos um técnico o andré que deu liga disputamos a final e fomos vice-campeões não só aqui como lá em uma das partidas nós fomos furtados roubados mas o time deles era melhor que o nosso voltei à presidência em 2012 ponteamos tivemos uma fase de declínio nos recuperamos mas não deu mas a meta estava traçada tínhamos um técnico o ricardo pinto muito digno nessa oportunidade mudou-se para cá meu filho tiago que também é um dos motivos de nós termos chegado na a-2 obviamente capitaneado por mim que procurei administrar de uma maneira correta então fomos para a final levamos azar porque no jogo que nos classificou contra o marília tivemos cinco jogadores expulsos na primeira partida tínhamos sete desfalques no time titular e perdemos de 3 x 1 para o são bento fomos para sorocaba saímos na frente com 1 x 0 e no final eles empataram e fomos vice outra vez não tenho a pretensão de ficar como presidente no próximo ano mas quero ajudar para tentarmos chegar na a-1 necessitamos é da ajuda de todo mundo [de batatais do comércio e da indústria temos uma equipe boa e o déficit do batatais é insignificante não vejo como láurea para mim a maior medalha que eu ganhei na minha vida foi ser delegado de polícia eu não estou ali para brincar eu estou ali para chegar a algum lugar estou muito feliz vou aproveitar o momento jornal do sinpol como foi montar um time tão vitorioso numa divisão onde é preciso conhecer bem os meandros que levam ao acesso dr cocito primeiramente eu também fui futebolista conheço e tive ajuda inclusive do meu filho ele fez várias indicações que foram contratadas pessoas que jogaram com ele e que deram conta do recado montamos um bom time e são poucas as vezes que um time bem montado não dá certo nosso mês nunca teve 30 dias com 25 dias nós pagávamos o salário do jogador isso é que da á eles o respaldo é a motivação claro que as escolhas também nós jogamos com um lateral esquerdo durante o campeonato inteirinho nós contratamos quatro três foram dispensados e ficou o bia que foi um dos jogadores mais regulares que estiveram aqui jornal do sinpol como foi a campanha na a-3 É uma jornada desgastante também para o presidente do clube dr cocito É desgastante mas eu acho que muito mais desgastante do que a a-3 é a b porque a b são quatro ou cinco fases a a-3 são duas fases é muito difícil embora a responsabilidade seja menor porque ninguém cai não tem rebaixamento na a-3 não é desgastante É desgastante nós fizemos menos partidas fora pela futebolista que atuou ao lado do rei pelé no santos e delegado de polícia aposentado moysés josé cocito é responsável por escrever uma das páginas mais importantes na história do glorioso fantasma da mogiana ainda jovem defendendo as cores do osvaldo cruz quando o futebol pagava salários minguados a seus praticantes moysés josé cocito desembarcou em 1959 na cidade de batatais para uma partida de futebol vi um campo bonito acredito ser um dos mais bonitos até hoje lembra o delegado naquele dia começava sua longa história com a cidade e o time do batatais futebol clube popularmente chamado de fantasma da mogiana em 25 de maio de 1978 já delegado de polícia mudou-se com a esposa e os filhos para a cidade para atuar pela polícia civil a paquera com o time virou namoro e com o passar dos anos deu frutos o maior e mais importante desses frutos na gloriosa história quase centenária do batatais foi colhido em 2013 sob o comando do dr moysés josé cocito presidente da equipe o batatais sagrou-se vicecampeão da série a-3 do campeonato paulista e obteve acesso inédito à série a-2 o delegado é apontado pela cidade como o responsável pela façanha e é reverenciado por onde passa em entrevista exclusiva ao jornal do sinpol o ex-jogador delegado aposentado e presidente do batatais falou sobre a conquista e sobre sua história na instituição acompanhe a seguir os principais trechos dessa conversa com o repórter júlio castro agosto/2013 13

[close]

p. 14

nossa classificação em 2007 estou falando da a-2 em 2008 fizemos menos porque fomos bem classificados então jogamos mais em casa que é melhor para renda que é melhor para tudo o campeonato não chega a ter cinco meses você tem o problema do rebaixamento porque você sobe depois você não quer mais subir embora a meta seja ser campeão acho que deus é muito meu amigo tanto no futebol como na polícia jornal do sinpol quais foram os momentos mais tensos e os mais gratificantes dr cocito gratificantes indubitavelmente é a classificação quando você chega à classificação é o mais gratificante o tenso é quando você perde três partidas como nós perdemos com possibilidade inclusive de não ser um dos oito classificados ou quando disputamos a classificação com o marília por exemplo ser prejudicado não em função da batalha mas por ingenuidade nossa graças a deus a torcida não invadiu isso foi uma perda embora o time que substituiu a primeira partida jogou muito bem mas tomou três gols jornal do sinpol o futebol sempre esteve presente em sua vida o senhor jogou no santos com pelé como foi essa experiência dr cocito o futebol para mim sempre foi um meio para chegar ao fim eu não tive grande dedicação ao futebol em 1954 eu morava em piratininga e o pelé morava em bauru na época teve uma peneira organizada por um gerente da sanbra sociedade algodoeira do nordeste brasileiro mexia com algodão e tinha um rapaz que trabalhava na sanbra chegou à alfaiataria do meu pai e disse seu bepe apelido do meu pai o nome dele era josé cocito vai ter uma peneira e quem vai fazer é o valdemar de brito porque o senhor não fala para o moysés e para o milton irem fazer essa peneira meu pai marcou o dia e nós fomos fazer a peneira fomos selecionados montou-se o time maninho pelé dufi moysés e milton eu era o 10 o milton [cocito também delegado aposentado era o 11 o pelé era o 8 se o 10 é muita coisa eu era mais que o pelé [risos foi ai que nós começamos no futebol fomos convidados pra jogar no bangu mas meu pai não deixou não deixaram o pelé ir também meu pai gostava muito de futebol era presidente de um time que disputava campeonato amador ai eu fui jogar na associação contra o agudos que filiou um time na 3ª divisão que é a divisão a-3 hoje de profissionais fui convidado para jogar no agudos eu estudava fazia o normal o milton parou não ligava para isso e eu joguei fui convidado pelo osvaldo cruz de lá vim para o botafogo do botafogo voltei para o osvaldo cruz ai fui fazer um teste no santos e em 25 minutos fui aclamado lá dizendo que eu era o homem de tanta habilidade que eu demonstrei eu estava no meu dia de sorte com a esposa elisabt a quem chama carinhosamente de minha bete família sempre veio em primeiro lugar para o delegado e atual presidente do batatais dando chapéu passando a bola no vão da perna e era um apronto do santos para jogar contra o corinthians no domingo imediatamente assinei o contrato com o santos jornal do sinpol como era um corintiano de carteirinha jogar por um clube rival em franca ascensão num momento em que seu time do coração amargava um jejum de títulos dr cocito tanto é verdade que nesse dia que nós treinamos e que eu fui aprovado no treinamento o corinthians e o santos iam jogar no domingo como jogaram e caiu à arquibancada sou corintiano mas quando você começa a jogar futebol você deixa isso de lado você é do time que você está jogando quer dizer aquele fanatismo que eu tive após ter parado de jogar depois que fui delegado de polícia ensinando meus filhos a serem corintianos falando como era a não gostar do palmeiras eram umas conversas assim isso também terminou hoje nós somos da paz hoje gostamos de tudo e eu prego o seguinte todo brasileiro deveria torcer pelo santos foi o time que melhor representou o brasil até hoje tanto é verdade que tem um jornal em que eu estou beijando a camisa do santos por esse amor que eu tenho a ele esse time não devia nunca cair e ele vive de fatos ele é sazonal jornal do sinpol em que momento o senhor decidiu deixar o futebol e jogar na polícia civil dr cocito como eu disse a bola era um meio para chegar a um fim minha intenção era me formar uma vez estava no corinthians de [presidente prudente em 1967 era capitão do time nessa oportunidade nós estávamos jogando contra o araçatuba lá em prudente jogo muito difícil e o arbitro estava me sacaneando me provocando querendo me expulsar terminou o primeiro tempo eles ganhando de 1 x 0 já tinham anulado dois gols nosso quando foi começar o segundo tempo me falaram que o juiz tinha dito que iria me expulsar de campo eu já estava a fim de parar já estava me formando era final de ano e lá pelos 15 minutos ele parou o jogo me disseram que eu havia sido expulso fui falar com ele os policiais militares que me chamavam de doutor me cercaram eu disse que só queria perguntar para o juiz se havia me expulsado antes de ele falar e eu dei um murro na cara dele ele caiu e eu corri para o túnel me troquei e fui embora saí do jeito que podia da confusão já estava me preparando para ser delegado de polícia nessa oportunidade o delegado regional de presidente prudente era o dr renato ribeiro soares que me conhecia jogando bola e ele também gostava de futebol tanto que ele foi padrinho de um lateral direito que jogava no comercial futebol clube em 1969 prestei concurso para delegado só queria ser delegado de polícia jornal do sinpol como o senhor avalia sua passagem pela instituição dr cocito eu avalio como muito vencedora porque nós gostamos de polícia nós porque só na família somos três delegados tenho sobrinho que passou agora no último concurso para delegado tem o rodrigo que é investigador e tem o júlio que também é investigador meu pai também embora calça curta delegado nomeado víamos o trabalho que ele fazia ele se organizava nos dias memoráveis do ano natal ano novo dia das mães e dia dos pais ele se comunicava com os amigos dele na cidade e sobre pratos de comida para servir aos presos eu e milton íamos com um tabuleiro arrecadando os pratos para fazer o almoço dos presos eu admirava esses gestos altruístas que meu pai fazia jornal do sinpol atuando como delegado o senhor se distanciou da bola dr cocito totalmente tanto é verdade que quando eu passei para delegado e vim para viradouro eu tinha sido convidado para jogar no barretos só que o deinter da época me pediu falou que eu não podia jogar nunca joguei com espírito profissional eu jogava com espírito amador queria ganhar o suficiente na bola apenas para me formar para ser delegado de polícia jornal do sinpol nas quatro linhas do gramado o senhor teve um sucessor como foi essa situação vendo inclusive seu filho jogar no time do seu coração dr cocito você quer me fazer chorar são coisas importantes ele foi ao botafogo quando o atlético veio contratar o lucas e o gustavo tiago não estava no pacote o gallo que foi secretário aqui e do monte azul pegou um disquete e disse ao pessoal do atlético que eles tinham que levar aquele jogador que esse jogador que era o melhor e eles viram o tiago que estava com problema de púbis aí ele foi contratado mas teve que operar o púbis seria emprestado para o londrina eu falei não vai ele é um sujeito de muita responsabilidade e foi para o corinthians foi procurado pelo palmeiras um diretor do palmeiras que eu não me lembro do nome foi até curitiba com uma mala de dinheiro para ele assinar era bastante dinheiro na época ele me perguntou o que fazer eu disse a ele que fizesse o que o coração dele mandasse e 14 agosto/2013

[close]

p. 15

outra coisa você deu a palavra para o geninho [técnico do corinthians então vai pro corinthians não liga pra dinheiro vai fazer a tua vontade obviamente ele poderia ir para um time que geralmente eu falava que não gostava eu dizia que na minha casa ninguém comia verdura porque é verde ele já via isso lá e ele foi para o time do corinthians a estreia dele foi contra o flamengo empataram de 1 x 1 ele foi até bem no jogo mas a performance dele no corinthians em razão de contusões não foi muito boa disputou uma libertadores com o corinthians a performance melhor dele que achei foi no grêmio e no atlético onde ele se consagrou hoje ele é o rei da raça mesmo fazendo tempo que ele parou aparecem entrevistas saiu de lá em 2006 até hoje ele é decantado como um dos melhores jogadores do atlético e isso é uma felicidade para gente jornal do sinpol quais são as grandes lembranças que ficaram de sua carreira na polícia civil dr cocito dr renato ribeiro soares como homem dr amir neves ferreira da silva dr luiz roberto ramada spadafora meu irmãos que sempre foram dignos não vou citar funcionários porque fazer alguma injustiça não citando todos eu tive alguns funcionários investigadores escrivães de todos minha lembrança é do relacionamento que tive com eles e do respeito que todos tiveram comigo se tivesse ficado [na polícia civil poderia ter sido diretor e até secretário da segurança mas eu devo tudo à compreensão e ajuda que tive da bete minha mulher elisabt silveira cocito ela foi e continua sendo a mola propulsora da minha vida eu saia para tal lugar e ela ficava sentada no sofá me aguardando até quando eu chegasse diligência às vezes demoravam dois ou três dias sem voltar para casa ela aguardava sabia que eu ia chegar e eu chagava muitas vezes cansado estropiado com fome com sede foram muitas diligências como daqueles famigerados bandidos que estiveram aqui e mataram três pessoas o abelha boca de ouro aqueles sujeitos que causaram pânico em toda uma região principalmente em batatais eu fiquei vários dias inclusive no mato a procura deles só um dia ela pediu uma coisa para que eu não fosse eu pretendia ser candidato a prefeito de batatais e iria ser prefeito jornal do sinpol o senhor sempre participou da vida do sinpol como o senhor via e vê o sindicato dr cocito vou dizer uma coisinha para você hoje eu sou sócio da associação dos funcionários públicos do estado de são paulo da associação dos delegados da associação dos policiais civis lá de são paulo da comarev da apae e sou sócio do sinpol que já foi uma associação sem associações não existe classe nada conseguíramos sem ter uma associação a apae não vai para frente a dos delegados não vai pra frente não da para fazer É muito mais pujante muito mais brigão o sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto do que todas as outras associações que eu procuro ver e eu recebo informes das outras então vejo o que eles fazem através do está nos informativos e vejo através do jornal que recebo do sinpol a batalha que eles fazem durante todo tempo não por eu consideralo como filho meu e ele me considerar como pai o eumauri não por essa razão mas porque ele realmente é batalhador aliás ele adquiriu a diabete por causa de polícia ele é batalhador ele tem que ficar na presidência ele vai dar uma sede e a nossa sede já foi na avenida da saudade em ribeirão preto onde tinha mais rato e barata que qualquer outra coisa mas foi assim que começou todo mundo começa assim e ele deve ter muito orgulho e eu tenho muito orgulho de ele ser meu amigo e ter trabalhado comigo ele trabalhou comigo porque quem o mandou para lá foi para que ele fosse castigado como se eu fosse um carrasco a pessoa se enganou muito o eumauri foi um dos grandes investigadores que conheci na vida jornal do sinpol qual sua avaliação das lutas que estão sendo travadas atualmente pelo sindicato dr cocito eu vou comparar o sindicato ao que todo mundo tem e não teve no sindicato o eumauri é pai ampara todos os seus servidores como se tivesse amparando ele a maria alzira outra moça batalhadora que também trabalhou eumauri tem que receber as benesses do que plantou porque eu vejo o quanto ele trabalha mas ele não tem medo e encara vai pro governador secretário da segurança e onde mais tiver que ir sempre procurando o melhor para todos e a doencinha que ele adquiriu foi por causa da polícia jornal do sinpol muitos policiais civis da ativa não têm participado dos movimentos reivindicatórios mas se a greve for decidida terá que ser decidida pelos policiais civis da ativa como delegado que já ocupou cargos de chefia na instituição como o senhor vê essa situação dr cocito a pior coisa do mundo chama-se omissão você pode pecar por ação mas o pecado por omissão é muito grave se existisse uma lei que dissesse que quem não participa não recebe a benesse não recebe o direito todo mundo iria lá jornal do sinpol que análise o senhor faz da polícia civil atualmente principalmente a falta de efetivo e aos salários praticados dr cocito se por acaso nós conseguíssemos unificar essa polícia que é meu sonho nós melhoraríamos a situação da polícia civil ai não seria civil seria polícia porque falta menos para polícia militar por que o policial militar ganha mais que o policial civil porque existe diferença o oficial recebe todas as vantagens através de tudo que ele ganha nós através da referência na questão do efetivo cada unidade policial que se fecha e o golpe deles foi esse eles concentraram o pessoal em uma única área para dar ideia de muita gente junta cada unidade que foi fechada a polícia civil foi prejudicada e bastante fecha uma unidade porque se continuar aberta precisa de delegado escrivão investigador e tudo mais outra coisa se ninguém percebeu ele não gosta da polícia civil com ele ninguém fez nada mas o que criou ele o covas pai dele não foi pisoteado mas foi preso pela polícia civil e esse ranço é dele de josé serra e de outros mais inclusive da dilma que esteve naquela revolução [durante o período de ditadura a presidente participou da luta armada contra os militares e foi presa por participar de assalto a banco nunca disseram a mim que o lado de lá tinha um erro o caminho chama-se unificação jornal do sinpol o senhor tem acompanhado o crescimento do sinpol o que acha da construção da futura sede social dr cocito vejo gente de são carlos araraquara e muitos outros lugares se filiando ao sinpol porque o sindicato tem dado resposta a todos viemos de uma associação que era só de ribeirão preto [e região hoje não coloquei até na cabeça do meu filho tem que sindicalizar e tudo que é pedido lá é atendido eu estava fora daqui o dr roberto delegado aqui em batatais precisou de um negócio bastou eu ligar para eumauri e foi imediatamente atendido o dr roberto beija abraça adora o eumauri mas isso não é só com o dr roberto é com todo mundo eu não tenho mais saúde e eu queria ter um pouco mais para poder ajudar o sindicato mas se alguma coisa eu puder fazer faço tudo o que eu puder em prol do sindicato veja a nossa futura sede de onde viemos e onde estamos chegando é claro que teremos alguém no futuro mas achar igual a ele jamais jamais jornal do sinpol voltando a questão do futebol o que o senhor pretende fazer em relação á sua permanência frente ao batatais e qual seu recado para a torcida do fantasma da mogiana dr cocito eu sempre estarei ajudando o batatais em 2007 mudamos o estatuto como o estatuto que dava muito poder á diretoria executiva ao presidente nós estabelecemos que as decisões mais importantes que ele pode tomar tem que ser ad referendo do presidente do conselho devo ficar como conselheiro mas se meus pares aqueles que estavam comigo e a finalidade for aprovar aquilo de melhor para o batatais nós aprovaremos e o que piorar não passará pode ter alguém que queira entrar como gestor e gestor só atrapalha a administração e ai você tem que dar o batatais para essa pessoa da mesma forma o eumauri tem que procurar alguém e será muito difícil substituí-lo à altura mas que tenha pelo menos a dignidade e a honestidade dele acho a coisa mais difícil do mundo a luta que ele faz o presidente na sala de troféus do batatais fc dr moysés cocito trouxe para a galeria de conquistas o acesso à série a-2 do paulista agosto/2013 15

[close]

Comments

no comments yet