TESTE MOTIVAÇÃO

 

Embed or link this publication

Description

TESTE DO TCC

Popular Pages


p. 1

3 motivaÇÃo 3.1 ­ conceito de motivação de acordo com certo 2003 motivação é um conjunto psicológico estado interno de motivos e causas que faz com que o indivíduo se porte de modo que assegure a realização de alguma meta em outras palavras ela explica por que as pessoas agem de maneira como o fazem quanto melhor entender o comportamento dos membros de uma organização mais capaz ele será de influenciar esse comportamento para torna´-lo mais consistente com a realização das metas organizacionais uma vez que a produtividade é resultado do comportamento dos membros da organização motivá-los é fundamental para atingir essas metas organizacionais 3.2 influenciadores da motivação podemos identificar dois grandes grupos de elementos que influenciam a motivação do ser humano para o trabalho 3.2.1 motivos internos grupo composto pelos interesses das pessoas 3.2.2 motivos externos grupo composto pela empresa o grupo de trabalho e o gerente 3.2.1 motivos internos motivos internos são as necessidades aptidões interesses valores e habilidades das pessoas os motivos internos fazem cada pessoa ser capazes de realizar certas tarefas e não outras valorizar certos comportamentos e menosprezar outros são os impulsos interiores de natureza fisiológica e psicológica afetados por fatores sociológicos como os grupos ou a comunidade de que a pessoa faz parte.

[close]

p. 2

3.2.2 motivos externos os motivos externos são estímulos ou incentivos que o ambiente oferece ou objetivos que a pessoa persegue os motivos externos satisfazem necessidades despertam sentimentos de interesse ou representam recompensas desejadas são motivos externos todas as recompensas ou punições oferecidas pelo ambiente os padrões estabelecidos pelo grupo de colegas os valores do meio social as oportunidades de carreira e muitos outros componentes da situação de trabalho estes motivos foram analisados por vários estudiosos da administração e algumas teorias foram elaboradas 3.3 ­ teorias da motivação segundo araujo 2009 nenhuma organização pode funcionar sem um certo nível de comprometimentos de seus membros esta realidade levou os estudiosos a sempre criarem as teorias sobre motivação ­ os fatores que provocam canalizam e sustentam o comportamento humano os estudos sobre motivação evoluíram das primeiras abordagens que eram muito parecidas entre si onde se tentava construir um único modelo correto que se aplicasse a todos trabalhadores em qualquer situação para abordagens mais contemporâneas que percebem que a motivação acontece em função da interação entre fatores individuais e ambientais foram diversas as teorias formuladas por pesquisadores na tentativa de conhecer e explicar essa força que move as pessoas à realização do trabalho ao atingimento de metas e ao cumprimento de desafios abaixo seguem algumas teorias sobre motivação humana.

[close]

p. 3

quadro 2 teorias da motivaÇÃo fonte http www.ogerente.com.br

[close]

p. 4

3.3.1 a hierarquia das necessidades segundo maslow a hierarquia das necessidades de maslow se refere a uma pirâmide que representa uma divisão hierárquica a respeito das necessidades humanas maslow desenvolveu esta teoria partindo da premissa de que o ser humano movia-se no sentido de atingir determinadas necessidades e ao atingir um determinado patamar passaria a mover-se no sentido de atingir um novo estágio o comportamento humano é explicado por maslow através de cinco níveis de necessidades estas necessidades são dispostas em ordem hierárquica na base da pirâmide estão as necessidades de nível mais baixo sendo que apenas quando satisfeitas escala-se em direção às hierarquias mais altas para atingir a auto-realização que é o nível mais alto quadro 3 pirÂmide de maslow fonte http www.ietec.com.br/bolttools/files/imagembo011 jpg

[close]

p. 5

3.3.1.1 necessidades fisiológicas correspondem as necessidades básicas para a manutenção da vida como alimento roupa abrigo repouso continuidade da espécie etc expressam-se por meio da fome sono sexo esse sistema reflete a preocupação do indivíduo com o seu bem estar fuga ao desgaste físico e mental e condições agradáveis de trabalho na medida em que estas necessidades começam a ser atendidas o sistema de segurança passa a ser importante 3.3.1.2 necessidades de segurança consistem fundamentalmente em assegurar a manutenção das necessidades básicas conquistadas É a preocupação em manter no futuro o que já conseguiu no presente expressamse mediante a habitação a segurança e a proteção pessoal refere-se à proteção física e mental e ausência de ameaça à integridade atendidas parcialmente estas necessidades a pessoa começara a ser motivada pelo sistema social 3.3.1.3 necessidades sociais reflete a preocupação do indivíduo em relacionar-se com seus semelhantes participando de grupos sociais ou no trabalho as atividades sociais ou profissionais que permitam o contato harmonioso com outras pessoas são muito valorizadas expressam-se por meio dos amigos parceiros semelhança ou complementaridade de interesse uma vez que estas necessidades estão sendo atendidas a preocupação se volta para o sistema de auto-estima 3.3.1.4 necessidades de auto-estima de reconhecimento a pessoa quer algo mais do que pertencer a um grupo ela deseja ser reconhecida como um membro de destaque o grupo suas aspirações estão voltadas para as promoções e evolução de carreira dentro da empresa as pessoas esperam receber todos os incentivos e reconhecimentos que merecem e sentem-se muitos frustradas quando isto não acontece há procura de prestígio e valorização pessoal diante de outras pessoas grupos ou culturas refletem-se na busca de poder posse qualificação pessoal e profissional.atendidas

[close]

p. 6

parcialmente estas necessidades a motivação se concentra no sistema de auto-realização 3.3.1.5 necessidades de auto-realização é a necessidade dos indivíduos em desenvolver suas potencialidades ao mais alto grau possível assim as pessoas se motivam nas situações em que tem a oportunidade de tomar iniciativa recebem autoridade e responsabilidades que ampliam o seu campo de atuação tem condições de exercer a criatividade trabalhar em projetos de inovação e participar de forma ativa no processo de tomada de decisões são as ações que nos realizam de forma pessoal e única atingem o nosso conjunto intrínseco de vontades e/ou crenças podem ser percebidas na dedicação incondicional e na motivação consistente com hábitos e sentimento de prazer atingir cada um dos estágios gera a satisfação o sentimento de bemestar àquele nível em conseqüência temos um bom desempenho do profissional contudo o não atingir gera a frustração e esta certamente gerará algum tipo de comportamento.

[close]

p. 7

3.3.2 os fatores higiênicos e motivacionais segundo frederick herzberg herzberg é conhecido pelos estudos sobre motivação humana e a teoria dos dois fatores os de higiene como as condições de trabalho salário status e segurança cuja ausência cria insatisfação e os de motivação realização reconhecimento satisfação no trabalho responsabilidade e desenvolvimento pessoal que são necessários à satisfação 3.3.2.1 fatores higiênicos ou insatisfacientes extrínsecos são os fatores que apesar de importantes não geram a motivação quando atendidos eles deixam os empregados em condições de serem motivados pelos fatores motivacionais no entanto a sua ausência ou insuficiência leva à desmotivação relacionamento com o líder condições de trabalho salário e benefícios políticas e diretrizes organizacionais segurança relacionamentos interpessoais 3.3.2.2 fatores motivacionais ou satisfacientes intrínsecos são aqueles relacionados ao cargo e a natureza da tarefa desempenhada sendo portanto controlável pelo indivíduo e que devem levar ao reconhecimento e à valorização profissional culminando com a auto-realização promoções conquistas reconhecimento responsabilidades crescimento pessoal

[close]

p. 8

estes fatores profundos e estáveis quando ótimos levam à satisfação mas quando precários bloqueiam a satisfação o que os caracteriza como fatores satisfacientes para herzberg a direção da empresa não tem de dedicar-se apenas a diminuir os fatores desmotivacionais mas também a investir nos fatores motivacionais se quiser que a sua equipe produza com todo o potencial de acordo com herzberg é a combinação dos dois fatores que faz com que as pessoas fiquem motivadas um dos fatores sem o outro não funciona o ambiente de trabalho tem de ser propício assim como o conteúdo do trabalho quadro 4 fatores motivacionais x higiÊnicos fonte:http arquivos.unama.br/nead/gol/gol_adm_3mod/lider_desenv_gerencial/web/aul a13/verprint.htm

[close]

p. 9

3.3.3 teoria x e y segundo mcgregor a teoria de mc gregor é na verdade um conjunto de dois extremos opostos de suposições estes conjuntos foram denominados x e y por esse motivo também é conhecida pelo nome de teoria x e teoria y para mc gregor se aceitarmos a teoria x e nos comportarmos de acordo com ela as pessoas se mostrarão preguiçosas e desmotivadas já se aceitarmos a teoria y as pessoas com quem interagimos se mostrarão motivadas 3.3.3.1 teoria x a teoria x caracteriza-se por ter um estilo autocrático que pretende que as pessoas façam exatamente aquilo que a organização pretende que elas façam do jeito similar que a administração científica de taylor a clássica de fayol e a burocrática de weber as convicções sobre o comportamento humano são as seguintes o homens é indolente e preguiçoso por natureza não gosta de assumir responsabilidade e prefere ser dirigido o homem é fundamentalmente egocêntrico e seus objetivos pessoais opõem-se em geral aos objetivos da organização persiste-se a mudanças a sua dependência o torna incapaz de autocontrole e disciplina

[close]

p. 10

3.3.3.2 teoria y É a moderna concepção de administração se baseia na eliminação de preconceitos sobre a natureza humana seus principais aspetos são o homem meio não tem desprazer inerente em trabalhar a aplicação do esforço físico ou mental em seu trabalho é tão natural quanto jogar e descansar as pessoas não são resistentes as necessidades da empresa as pessoas têm motivação básica e padrões de comportamento adequados e capacidades para assumir responsabilidades ele não só aceita responsabilidades também as procura as capacidades de imaginação e de criatividade na solução de problemas são distribuídas entre as pessoas quadro 5 teoria x e y fonte http www.lideraonline.com.br/artigo/47048-motivacao-de-a-a-z.htm

[close]

p. 11

3.4 o ciclo motivacional de acordo com domingos davidorff afirma que o ciclo motivacional começa com o surgimento de uma necessidade a necessidade é uma força dinâmica e persistente que gera comportamentos capazes de satisfazê-la.o surgimento da necessidade rompe o estado de equilíbrio do organismo causando uma tensão que o indivíduo precisa solucionar a solução é a satisfação da necessidade se o ser humano tem fome frio dor irá esforçar-se para conseguir o alívio da tensão causada pela necessidade apresentada uma vez atendida a necessidade o indivíduo recupera a condição de equilíbrio aliviando a tensão que estava sofrendo quadro 6 ciclo motivacional fonte http www.conexaorh.com.br/artigo16.htm porém no ciclo motivacional a necessidade nem sempre pode ser satisfeita pode ser frustrada ou ainda pode ser compensada ou seja transferida para outro objeto pessoa ou situação no caso de frustração da

[close]

p. 12

necessidade no ciclo motivacional a tensão provocada pelo surgimento da necessidade elabora uma barreira ou um obstáculo para sua liberação quando não é encontrada a saída adequada a tensão represada no organismo procura um meio indireto de saída seja por via psicológica agressividade descontentamento apatia tensão emocional indiferença seja por via fisiológica tensão nervosa insônia repercussões cardíacas ou digestivas outras vezes a necessidade não é satisfeita nem frustrada mas transferida ou compensada isso se dá quando a satisfação de uma outra necessidade reduz ou aplaca a intensidade de uma necessidade que não pode ser satisfeita 3.5 frustração segundo maximiano 2006 uma necessidade insatisfeita cada vez mais intensa produz crescente sentimento de frustração e ansiedade como conseqüência dessa frustração pode ser que uma pessoa adote um comportamento de compensação resignação agressão ou deslocamento compensação quando o indivíduo procura mudar de vida ou a associação a alguma entidade de classe com o intuito de se defender resignação é o desânimo agressão comportamento hostil deslocamento redireciona sua ira para outro foco 3.6 compensação quando o ser humano tem uma ou mais necessidade não atendida tem uma tendência natural de procurar compensar aquela carência com outra coisa que lhe cause satisfação nesses casos as pessoas utilizam-se dos mais variados recursos inconscientes para aliviar a tensão causada pela frustração causada pelo acúmulo de necessidades não atendidas muitos recorrem às bebidas drogas e outras válvulas de escape que lhe ofereçam prazer

[close]

p. 13

momentâneo como não conseguem satisfação para as necessidades tentam compensar a carência com prazeres passageiros que uma vez satisfeitos só aumentam o nível de insatisfação e frustração pois na segunda-feira a vida volta ao normal e estão de volta ao trabalho onde precisam encarar a dura realidade 3.7 a satisfação no trabalho quanto mais a pessoa reconhece o trabalho como um lugar que contribui diretamente para a satisfação das suas necessidades e quanto mais se sente valorizada naquilo que faz maiores são as chances de motivação para o trabalho quando o funcionário não obtém sucesso na satisfação de suas necessidades e não reconhece o local de trabalho como um ambiente que lhe ofereça prazer e satisfação a motivação para o trabalho tende proporcionalmente a diminuir 3.8 a importância da motivação de acordo com mandala2009 sabemos que equipes motivadas são mais felizes mais comprometidas e mais realizadas obviamente isso está mais que comprovado agora uma equipe é formada por pessoas e essas pessoas na sua grande maioria têm desafios a serem vencidos como forma de motivação e é aí que está a importância da motivação imaginemos uma equipe que o seu único foco é trabalhar somente para cumprir as funções pré estabelecidas sem levar em conta as vontades particulares de cada pessoa envolvida obteremos um time apático fraco vivendo todos os dias da mesma forma e sem visão do futuro o que desejamos como seres humanos é a possibilidade de realizarmos nossos sonhos o ser humano é ilimitado porém devemos aprender o que e como fazer para que ele possa aflorar todo o seu potencial equipes motivadas são

[close]

p. 14

imbatíveis por mais que algo possa acontecer durante a caminhada sempre encontrarão saídas possíveis para alcançar seus objetivos 3.9 benefícios da motivação quando uma pessoa está motivada ela terá mais ânimo para prosseguir e crescer nos seus objetivos a motivação faz com que o funcionário seja mais eficiente no trabalho gerando mais resultados e conseqüentemente tornando-o uma pessoa mais tranqüila segura e feliz não somente enquanto trabalha mas também em quaisquer situações de sua vida alguns pensamentos É possível perceber o quanto é importante o profissional trabalhar motivado pois suas atitudes serão de incentivo mesmo que sejam influenciadas por pressões e demandas de sua família chiavenato idalberto administração nos novos tempos 2a edição rio de janeiro campus 1999 a produtividade está diretamente relacionada com a motivação para o trabalho pessoas motivadas produzem mais e melhor com os mesmos recursos dilza taranto pereira pedagoga mba em gestão estratégica de recursos humanos ­fgv/rj coordenadora do núcleo da associação brasileira de recursos humanos em macaé professora de recursos humanos nos cursos politécnicos de gestão de recursos humanos e gestão da indústria de petróleo e gás gerente da administração de recursos humanos da petrobras/un-bc/rh o energizado tem auto-estima e quer melhorar sempre enquanto o outro não é comprometido ­ nem consigo e nem com a empresa para se energizar o início é gostar de si próprio tenha orgulho do que faz e

[close]

p. 15

procure sempre fazer o melhor tenha a certeza de que alguém pode fazer igual a você mas jamais melhor guimarães márcio o livro azul da secretária são paulo ­Érica 1999 atitudes motivadas geram crescimentos profissionais quanto pessoais que elevam a auto-estima do ser humano e quando é valorizado quando é depositado nele confiança e seus trabalhos elogiados conseqüentemente a qualidade de seu trabalho será eficaz e de visível crescimento isso acontece devido à influência da motivação em suas atitudes mooler claus o lado humano da qualidade 12ª edição são paulo pioneira 1999 as pessoas dizem freqüentemente que a motivação não dura bem nem o banho e é por isso que ele é recomendado diariamente zig ziglar presidente da zig ziglar corporation um dos mais requisitados conferencistas de motivação do mundo autor de livros de repercussão mundial como indo além do topo toda ação humana quer se torne positiva ou negativa precisa depender de motivação lhamo dhondup tenzin gyatso sua santidade 14º dalai lama vive no exílio desde 1960 premio nobel da paz em 1986 doutor honoris causa pela universidade de seattle

[close]

Comments

no comments yet