Jornal Sindsaudeprev - número 12 - março de 2013

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Sindsaudeprev - número 12 - março de 2013

Popular Pages


p. 1

impresso filiado À fenasps ano 02 nº 12 março 2013 informativo do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras federais estaduais e municipais da saúde trabalho previdência e assistência social no estado do espírito santo sindsaudeprev-es pauta unificada 26 de março é dia nacional de luta com paralisação e m defesa da regulamentação da jornada de 30 horas para todos os trabalhadores em defesa do turno estendido contra as distorções na proposta do subsídio para os trabalhadores da saúde estadual e pelo fortalecimento da campanha salarial do funcionalismo essa é a pauta do dia nacional de luta todos os trabalhadores da base do sindsaudeprev estão convocados a concentração será às 9 horas no inss da beira-mar em vitória página 6 ace é baleada durante o trabalho a es concurso da sesa tem luta do sindicato a decisão se deu a partir da denúncia que o sindicato fez ao ministério público em 2000 temporário logo após anunciar o concurso da sesa o governo enviou e a assembleia legislativa aprovou o projeto para contratação temporária de 413 profissionais para a saúde será que o governo vai desrespeitar a decisão da justiça página secretaria estadual de saúde sesa vai fazer concurso público com 2,1 mil vagas entre cargos de nível médio e superior vale lembrar que essa é uma vitória da sociedade capixaba e também do sindsaudeprev É que em março de 2012 a justiça determinou que o estado extinguisse em 24 meses os cargos comissionados contratos temporários e também as cooperativas médicas da saúde estadual 5 página 8 confira notícias do jurídico da base federal e estadual página 3 subsídio seger muda secretário mas mantém dúvidas página 5 turno estendido gt para discutir melhorias será instalado no dia 26 página 7

[close]

p. 2

2 ministério do trabalho nega registro ao sinthes o diretoria do sindsaudeprev reforça que a entidade é a legítima representante da saúde no espírito santo direção do sindsaudeprev ainda segundo a direção criaram um sindicato para dividir a base mas não obtiveram o registro as trabalhadoras e os trabalhadores dos hospitais do estado fazem parte da base do sindsaudeprev e os que não são associados podem se associar o sindsaudeprev é o legítimo representante da saúde no espírito santo É sempre bom lembrar que os diretores do sindsaudeprev não recebem salários do sindicato o dinheiro da categoria é para fazer luta para a categoria afirmou a diretoria do sindsaudeprev ministério do trabalho e emprego mte negou o registro sindical ao sindicato dos trabalhadores em hospitais estaduais do espírito santo ­ o sinthes com isso a entidade não tem legitimidade para representar os trabalhadores e trabalhadoras da saúde a diretoria do sindsaudeprev lembra que o sinthes foi criado há pouco mais de quatro anos com o objetivo de dividir e enfraquecer a categoria além disso o presidente e o tesoureiro do sinthes recebem salários mensalmente pagos com o dinheiro dos seus filiados pois isso está no estatuto da entidade informou a es é o estado onde mais se matam mulheres no dia 8 de março foi comemorado o dia internacional da mulher mas em pleno século 21 os números da violência contra as mulheres ainda assustam e indignam segundo o mapa da violência 2012 ­ homicídio de mulheres no brasil o estado do espírito santo está em primeiro lugar em casos de homicídio de mulheres com sua taxa de 9,6 homicídios em cada 100 mil mulheres o es mais que duplica a média nacional e quase quadruplica a taxa de piauí estado que apresenta o menor índice no país saiba mais em www.mapadaviolencia.org.br são números inaceitáveis e atrás desses números não podemos esquecer que existem vidas sendo barbaramente ceifadas ressaltou a diretora do sindsaudeprev eliane mauro para discutir as causas e consequências dessa violência o sindicato realizou no dia 18 de março um debate sobre o assunto confira na próxima edição do jornal do sindsaudeprev mais informações sobre a atividade pescaria reúne mais de 200 pessoas alimentos arrecadados foram doados nos dias 2 e 3 de fevereiro o sindsaudeprev promoveu a tradicional pescaria no centro social josé carlos luz marques em balneário carapebus na serra mais de 200 pessoas entre trabalhadores e seus dependentes participaram e a pescaria funcionou como um evento beneficente o sindicato arrecadou alimentos que foram doados à associação lar semente do amor uma casa de acolhimento de menores próxima ao centro social nota de falecimento É com profundo pesar que a diretoria colegiada do sindsaudeprev comunica o falecimento das trabalhadoras leonilda morura barbosa alves a léo que foi delegada sindical em pinheiros norte do estado no dia 1º de janeiro de 2013 shirley mendes da costa acs de cariacica em 03 de janeiro de 2013 rosane dos santos mascarenhas trabalhava no heac em 06 de março de 2013 Às famílias das trabalhadoras os profundos pêsames da direção do sindsaudeprev-es agende-se pescaria e noites dançantes animam o centro social no sábado 30 de março o sindicato realizará uma noite dançante a partir das 18 horas no centro social em balneário carapebus na serra no mês de maio mais atividades vão agitar o espaço no dia 4 das 9h às 14 horas será realizada mais uma pescaria nesse mesmo dia haverá outra edição da noite dançante com muita música também a partir das 18 horas no dia 5 a pescaria continua das 9h às 15 horas para reservas de mesas para as noites dançantes inscrição para as pescaria reservas de chalés e outras informações ligue para 3238-9132 ou 3241-1564 e fale com maria augusta informativo do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras federais estaduais e municipais da saúde trabalho previdência e assistência social no estado do espírito santo sindsaudeprev-es edição nº 12 ano 02 novo endereÇo rua barão de monjardim número 190 centro ­ vitória es cep 29.010-390 telefones 27 2121 2600 e 27 3024 5900 unificados somos mais fortes a divisão só favorece ao patrão o conteúdo dos textos publicados neste informativo é de inteira responsabilidade da diretoria executiva do sindsaudeprev e os artigos assinados responsabilidade dos seus autores.

[close]

p. 3

3 espaço jurídico trabalhadores da saúde estadual devem comparecer para receber crédito da rt 2212/1990 confira a lista com os nomes das pessoas que têm direito ao recebimento no site do sindsaudprev-es o sindsaudeprev convoca novamente os trabalhadores e aposentados da saúde estadual que ainda não receberam os créditos referentes à reclamação trabalhista rt 2.212/1990 que está em curso na 2ª vara da justiça do trabalho em vitória essa ação trabalhista foi liberada no ano de 2010 porém até o momento muitos filiados ainda não compareceram para receber o que têm direito confira na página do sindicato ­ www.sindsaudeprev-es.org.br ­ a lista com os nomes das pessoas que têm valores a receber quem estiver com nome na lista deve comparecer com urgÊncia ao seguinte local escritório de advocacia do dr emílio marciano colodetti localizado no edifício a gazeta rua general osório 127 vitória es cep 29.020000 tel 3322-6290 3222-5362 5° andar sala 514 referência depois do palácio anchieta primeira rua à direita falar com elizete ­ horário de atendimento segunda a sexta-feira das 09h às 12h e das 14h às 17 horas gdass ainda dá tempo de entrar com processo os servidores aposentados e pensionistas do inss que ainda não entraram com o processo de gdass devem fazer isso o mais rápido possível eles podem pedir ao sindicato para que os habilite na execução da ação coletiva os servidores e pensionistas que se aposentaram ou tiveram a pensão instituída até dezembro de 2003 antes da entrada em vigor da emenda constitucional número 41 têm direito também tem direito quem se aposentou ou teve pensão instituída de acordo com as regras dos artigos 2º e 3º da emenda constitucional número 47 caso o servidor esteja aposentado de acordo com essas regras elas estarão na portaria de aposentadoria os servidores que já entraram com a ação individual devem aguardar o julgamento das mesmas atenção médicos federais com vínculos de 40 horas os médicos ativos e aposentados que possuem vínculos de 40 horas devem entrar em contato com o jurídico do sindsaudeprev e agendar atendimento foram constatadas irregularidades no pagamento do anuênio e da gdpst cabendo ação judicial para a solução do problema para agilizar a questão os médicos devem comparecer munidos de documento de identidade de contracheque recente de comprovante de residência e de fichas financeiras dos últimos cinco anos alerta do sindsaudeprev os servidores e servidoras especialmente os/as aposentados/as devem ter cuidado com propostas de outros advogados em relação às ações da gdasst gdpst e gdass muitos têm recebido correspondências em casa informando que podem entrar com processo pedindo o pagamento dessas gratificações de desempenho no envelope geralmente consta uma apresentação de associação ou alguma outra entidade constam ainda a procuração e o contrato em nome de pessoas desconhecidas muitas vezes de outros estados a maioria dos servidores já possui essas ações muitos já receberam inclusive os advogados do setor jurídico do sindsaudeprev que tratam dos assuntos dos servidores federais são marcelo matedi alves e leonardo pizzol vinha do escritório matedi vinha advogados qualquer comunicação que não seja do sindsaudeprev ou de matedi vinha advogados deve ser encaminhada ao setor jurídico do sindicato que está à disposição para o esclarecimento de dúvidas.

[close]

p. 4

4 ministério público de contas pede suspensão do contrato do novo dório silva diretoria do sindsaudeprev fez protesto no dia da inauguração da unidade u ma semana depois da inauguração do hospital jayme santos neves ­ o novo dório silva seu modelo de gestão já é alvo de uma importante solicitação do ministério público de contas mpc o mpc pediu a suspensão imediata do contrato firmado pelo governo do estado com associação evangélica beneficente do espírito santo aebes para gestão do hospital jayme santos neves informou o site da rádio cbn em 1º de março sete dias após o novo dório ter sido inaugurado a diretoria do sindsaudeprev esteve sindicato reafirma sua defesa contra a privatização da saúde em frente ao hospital no dia da inauguração cobrando que a unidade funcionasse 100 pelo sus e criticando o fato do novo hospital não ter trabalhadores públicos a solicitação do mpc está em acordo com nossa luta contra essa privatização da saúde promovida pelo governo sempre criticamos esse modelo de os e oscips pois está provado que é um modelo que não garante a assistência à saúde gera a precarização das condições de trabalho mas infelizmente tem sido a politica dos governos do estado analisa a diretoria colegiada do sindicato mar de dinheiro além de não administrar o novo dório como determinou o ministério público do espírito santo mpes em abril de 2012 o governo vem divulgando um informe publicitário nas rádios o informe explica que nesta fase inicial o novo dório só está recebendo encaminhamentos de outros hospitais mas no próprio hospital uma propaganda do governo diz o maior e mais moderno hospital do estado não tem jeito está mais do que comprovado que as os e oscips e fundações não são a solução para a saúde pública reafirma a diretoria colegiada do sindsaudeprev lacen sindicato busca solução para elevador quebrado há quase um ano trabalhadoras/es e usuárias/os do laboratório central de saúde pública lacen em vitória sofrem com o problema no elevador da unidade que está quebrado a situação piorou em fevereiro deste ano foi quando tentaram carregar pelas escadas um cadeirante que trabalha no primeiro andar do lacen para o terceiro pavimento diante desse absurdo e da demora em resolver o problema o diretor do sindicato anderson pedro alves que atua no local levou a questão à superintendência de recursos humanos da secretaria estadual de saúde sesa e isso gerou revolta por parte de coordenadores do lacen após fazer a denúncia do elevador quebrado fui colocado à disposição de forma arbitrária e autoritária revelou anderson ele já foi reintegrado ao quadro de servidores do lacen por decisão da superintendente de rh da sesa e seguirá cobrando uma solução para o caso já fazíamos essa cobrança antes e vamos continuar pressionando pois esse é o nosso papel de dirigente sindical afirmou cre-metropolitano após ação do sindicato sesa garante melhorias após identificar vários problemas no centro regional de especialidades cre metropolitano a diretoria colegiada do sindsaudeprev encaminhou relatórios das irregularidades à secretaria estadual de saúde sesa à medicina do trabalho e à superintendência regional do cre o secretário tadeu marino recebeu a direção do sindicato no dia 1º de março na sesa e garantiu que os problemas serão resolvidos falamos sobre as irregularidades e a falta de condições de trabalho no cre e o secretário disse que elas estão sendo resolvidas aos poucos com o pessoal trabalhando mas ele informou que toda a estrutura do cre vai melhorar e que o centro será todo informatizado revelou a diretora do sindsaudeprev margarida nascimento o diretor do sindicato francisco dos santos filho também participou da reunião com marino o sindsaudeprev já apresentou uma extensa pauta de reivindicações à direção do hospital são lucas alguns pontos foram atendidos em parte e por isso ficou definido que por hora a categoria não fará paralisações reinvindicações atendidas no são lucas

[close]

p. 5

5 subsídio seger muda secretário e dúvidas da categoria permanecem n sindsaudeprev mantém cobrança sobre pontos da modalidade salarial que ainda não foram explicados pelo governo o final de janeiro diretores do sindicato foram à secretaria de gestão e recursos humanos seger para marcar uma reunião com o titular da pasta alcio araújo eles também protocolaram um documento com todas as dúvidas e questionamentos da categoria e queriam respostas a seger informou que o secretário alcio estava deixando a secretaria e não teria como tomar decisões o sindicato manteve a cobrança e reforçou que muitos trabalhadores e trabalhadoras da saúde já fizeram sua opção pelo subsídio que virou lei em 2012 porém muitas dúvidas ainda persistem a secretaria informou que até o dia 30 de março daria algumas respostas informou também que os questionamentos colocados pela diretoria do sindsaudeprev estão sendo estudados e analisados caso a caso a seger afirmou ainda que a negociação não está terminada secretÁrio o novo secretário da seger aminthas loureiro júnior tomou posse no dia 13 de março o sindicato espera e vai cobrar que ele já tenha conhecimento dos problemas e questionamentos protocolados pela diretoria na secretaria em evento realizado em 2012 com a presença da seger a diretora do sindicato geiza pinheiro cobra soluções para problemas do subsídio o sindsaudeprev-es luta em busca de respostas e de melhorias desde a implementação do subsídio não vamos aceitar que essa mudança na seger traga prejuízos para a categoria os trabalhadores querem ter informações sobre a questão de cargos parecidos como auxiliar e técnico de enfermagem com diferença de salários critérios de enquadramento e também quando serão definidos os graus da insalubridade apontou a diretoria colegiada do sindsaudeprev vitória do sindicato sesa realiza concurso com mais de 2 mil vagas após 12 anos da denúncia feita pelo sindicato ao ministério público estadual a justiça determinou que o estado teria 24 meses para substituir os contratos temporários por trabalhadores concursados a decisão foi publicada em março de 2012 e determina também o fim do contrato das cooperativas médicas que atuam nos hospitais públicos do estado com a secretaria estadual de saúde sesa essa é uma grande vitória do sindicato e mostra as bandeiras históricas de luta do sindsaudeprev em favor de concurso público e de mais qualidade em todo o sistema Único de saúde sus destacou a diretora do sindsaudeprev luceni novaes mas ela lembrou que o concurso da sesa oferece 2.121 vagas sendo 546 para os cargos técnicos de nível médio fica uma preocupação será que essas vagas serão suficientes para suprir a falta de profissionais e a carga excessiva de trabalho com o subsídio muitos vão se aposentar as vagas vão contemplar essas aposentadorias vamos acompanhar isso garantiu luceni assembleia aprova 413 vagas temporárias uma semana após anunciar o concurso público para a saúde o governador renato casagrande enviou para assembleia legislativa ales um projeto para a contratação temporária de 413 profissionais para a saúde conforme noticiou o jornal a tribuna em 26 de fevereiro a ales por unanimidade aprovou a criação das vagas para níveis superior e médio em especial para o cargo de técnico de enfermagem com 255 oportunidades para a diretoria colegiada do sindsaudeprev isso vai contra a política de valorização do servidor e contra a decisão da justiça como vão ficar esses contratos em março de 2014 que é o prazo para sesa se adequar à decisão da justiça É muito estranho após anunciar um concurso o governo vai gastar r 18 milhões com essas contratações temporárias que não permitem a continuidade da assistência pois os trabalhadores podem ter o contrato rescindindo além de facilitar perseguições e indicações políticas para as vagas e representar a precarização do serviço público que retrocesso argumentou a diretoria do sindicato.

[close]

p. 6

6 pauta unificada 26 de março é dia nacional de luta com paralisação f trabalhadores da seguridade social do seguro social inss e da saúde estadual estão convocados ortalecer a luta pela regulamentação da jornada de 30 horas para todos os trabalhadores pelo turno estendido contra as distorções na proposta do subsídio para os trabalhadores da saúde estadual e pelo fortalecimento da campanha salarial do funcionalismo essa é a pauta do dia nacional de luta com paralisação de 24 horas dos servidores federais e estaduais que será realizado no dia 26 de março a data foi definida na plenária da fenasps realizada no dia 10 de março em brasília com mais de 120 delegados e delegadas de todo o país os diretores do sindsaudeprev ssp-es willian aguiar e maria de lurdes lima rodrigues representaram o estado unificado os diretores do sindsaudeprev ssp-es já estão preparando a mobilização para o dia 26 estamos fazendo assembleias nos locais de trabalho para mobilizarmos a categoria no estado vamos fazer uma manifestação unificada com trabalhadores da base federal e estadual isso fortalecerá ainda mais o nosso movimento informou o diretor do ssp-es willian aguiar no dia 26 os trabalhadores federais e da saúde do estado vão se concentrar às 9 horas no inss da beira-mar em vitória e de lá vão sair em passeata até a secretaria de gestão e recusros humanos do estado seger no edifício fábio ruschi no centro da capital onde será realizado um ato público para maria de lurdes a manifestação será importante vamos mostrar que estamos unificados em busca de soluções para os problemas que afetam os trabalhadores e que prejudicam a população destacou a diretora pauta de reivindicações emergenciais dos federais · lutar pela manutenção e regulamentação da jornada de 30 horas para todos os trabalhadores · implantação do plano de carreira com incorporação das gratificações gdass/gdpst · exigir melhores condições de trabalho para atendimento à população · lutar pela paridade no tratamento entre ativo aposentados e pensionistas · realização de concurso público para repor o quadro de pessoal · revogação da reforma da previdência social aprovada com votos comprados pelo mensalão · suspensão de controle via ponto eletrônico pelo fato dele não oferecer segurança legal aos trabalhadores além da comprovada existência dos erros na leitura · consulta aos setores de gestão de pessoas do ministério da saúde do trabalho e inss requerendo informações de como ficará a questão das aposentadorias caso haja alteração na jornada de trabalho para 40 horas pauta de reivindicações dos estaduais · em defesa da saúde pública não à terceirização privatização organizações sociais os´s e às fundações estatais de direito privado · pela manutenção dos direitos conquistados 13º salário salário-família remuneração do serviço extraordinário um terço de férias auxílio-alimentação vale-transporte adicional noturno insalubridade · não à discriminação dos auxiliares e aposentados salário igual para trabalho igual isonomia salarial para os trabalhadores e trabalhadoras da saúde · reajuste do salário subsídio dos auxiliares de serviços gerais administrativos serviços médicos e auxiliares de enfermagem dentre outros equivalente ao dos demais servidores da saúde · reparação das distorções salariais dos grupos i e ii das tabelas de subsídio e entre os servidores de nível superior e os especialistas · solução imediata para o problema das referências · que os trabalhadores e trabalhadoras designadas temporariamente dt´s tenham isonomia salarial com os demais trabalhadores da saúde e direito a optar pelo subsídio caso desejem · integralidade e paridade plena para todos os aposentados e aposentadas campanha salarial desde janeiro em 22 de janeiro a fenasps e outras entidades de representação dos servidores federais protocolaram a pauta de reivindicações da categoria para a campanha salarial 2013 as entidades entregaram os ofícios às presidências da câmara do senado ao supremo tribunal federal ao superior tribunal de justiça à procuradoria-geral da república à secretaria-geral da presidência da república e ao ministério do planejamento mpog no dia 20 de fevereiro a federação participou do lançamento simbólico da campanha salarial em frente ao ministério do planejamento mpog

[close]

p. 7

7 turno estendido gt discutirá mudanças e melhorias plenária da fenasps define pontos que devem ser debatidos imediatamente n o dia 26 de março ­ dia nacional de luta ­ será instalado também o grupo de trabalho gt para a discussão das metas ritmos e condições de trabalho do inss o gt será composto por quatro representantes por entidade dois titulares e dois suplentes e terá o objetivo de debater as atuais resoluções e fazer as devidas alterações nas mesmas a instalação desse gt foi uma proposta da fenasps na audiência realizada no dia 7 de março com o presidente do inss lindolfo sales e representantes do ministério da previdência mesmo diante da recuada do ministério público em relação à suspensão do turno estendido é importante manter a continuidade das discussões e a mobilização visando melhorar as condições de trabalho alertou a diretora do sindsaudeprev marli brigida imediatamente na plenária da fenasps realizada no dia 10 de março ficou definido que esse gt deve discutir imediatamente os seguintes pontos diminuição das metas nos casos de mobilização mais de 120 afastamento dos servidores em licendelegados de todo o país ças e férias participaram da plenária que as metas sejam discutidas em conjunto entre gestores e servidores nos locais de trabalho para definir o que é mais importante a posição do governo para atingir as metas ou a dos trabalhadores que é atender bem aos segurados retirada da resolução 264 que aumentou as metas/índices realizar estudo técnico para embasar a pauta de reivindicações referente a valorização do plano de cargos e carreiras dos trabalhadores que estão em exercício de atendimento ao público mp recua mas mobilização deve ser mantida na audiência realizada no dia 7 de março o presidente do inss lindolfo sales falou sobre o resultado da reunião realizada com os procuradores da república para tratar da determinação do ministério público de são paulo de suspender o turno estendido ele disse que expôs aos procuradores que o funcionamento em turno de trabalho com jornada de 30 horas é uma experiência inovadora no serviço público sendo um processo dinâmico que pode ser alterado conforme a necessidade dos serviços disse ainda que apontou os problemas que aconteceram na mudança da plataforma de informática de acordo com o presidente após essas explicações os integrantes do ministério público concordaram em suspender a recomendação n° 04/2013 por meio do ofício 3.522/013 e deram um prazo de 10 dias para a direção do inss encaminhar toda a documentação e justificativas em relação ao funcionamento do turno estendido bem como os argumentos técnicos e jurídicos para que possam se pronunciar decisÃo polÍtica o procurador-geral do inss alessandro antônio stefanutto alertou que a questão ainda não está totalmente resolvida pois o inss tem que apresentar todos os dados à procuradoria da república que está requerendo inclusive acesso mensal a todos os indicadores de trabalho mas ele assegurou que o governo vai continuar os esforços para resolver este problema dentro da nor procurador-geral do inss alertou que a questão ainda não está totalmente resolvida malidade e legalidade o presidente do inss reafirmou que é decisão política do governo manter o turno estendido já que há o entendimento que esta é uma importante ferramenta para a gestão na busca pela eficácia e eficiência para a fenasps é fundamental que seja mantida a mobilização na luta pela jornada de 30 horas e pelo atendimento às reivindicações dos trabalhadores concurso ainda na audiência do dia 7 de março o presidente do inss informou que foi autorizada a realização de concurso para contratar 500 analistas informou também que está previsto no orçamento da união a contratação de 1.500 técnicos a informação é que essa contratação poderá ser feita pelo concurso que foi prorrogado e/ou pela realização de um novo concurso ele disse ainda que vão dar prioridade para as aps que estão em situação de calamidade pública.

[close]

p. 8

8 acs e ace sindicato segue luta pela renovação de contratos conselho de saúde questiona por que cariacica ainda não cumpre a lei 11.350 o sindsaudeprev segue na luta em favor dos agentes comunitários de saúde acs e dos agentes de combate às endemias ace de cariacica onde o sindicato cobra melhorias para a categoria há bastante tempo já fizemos duas reuniões com o vice-prefeito de cariacica assembleia em frente à prefeitura mas ainda não foi garantida a renovação do contrato dos trabalhadores vamos continuar lutando para que ninguém fique desempregado ressaltou a diretora do sindsaudeprev sélia maria cardoso sanches ela lembrou ainda que o sindicato vem levantando a documentação para conquistar o direito ao emprego público vínculo celetista para os trabalhadores respaldados pela lei 11.350/2006 ainda nÃo vale o conselho municipal de saúde de ca em assembleia sindsaudeprev ratifica sua luta em defesa da categoria riacica encaminhou um ofício para prefeitura questionando o porquê da lei 11.350 ainda não ter sido implantada no município conforme deliberou o referido conselho em abril de 2012 em vila velha acs e ace conquistam o emprego público trabalhadora é baleada enquanto atuava no combate à dengue ace da serra é mais uma vítima da insegurança e do caos na saúde quarta-feira 30 de janeiro de 2012 a agente de combate às endemias ace maria das graças saiu de casa para mais um dia de trabalho no bairro josé de anchieta serra mas não foi um dia comum maria das graças foi baleada enquanto trabalhava familiares da ace informaram que ela esperava para entrar em uma casa para realizar o trabalho de combate à dengue quando foi atingida por tiros que saíram de um carro conforme noticiou o g1es no dia do incidente além de ser vítima da violência maria das graças também sofreu com a superlotação no hospital dório silva na serra para onde foi levada ela ficou por mais de cinco horas no corredor da unidade sem receber o atendimento adequado só após a pressão de seus colegas de trabalho de diretores do sindsaudeprev e da chegada da imprensa é que maria foi levada para um quarto onde recebeu o devido tratamento maria das graças é um nome fictício para preservar a identidade da trabalhadora categoria é informada que terá vínculo empregatício na assembleia em assembleia realizada na câmara municipal de vila velha em 13 de março o sindsaudeprev revelou que os agentes comunitários de saúde acs e os agentes de combate às endemias ace serão empregados públicos do município os acs e ace que já atuam no município estão garantidos automaticamente sem a necessidade de fazer o concurso público e todos serão empregados públicos regidos pela consolidação das leis do trabalho clt conforme estabelece a lei federal 11.350/2006 informou o diretor do sindsaudeprev willian aguiar a garantia do emprego público foi dada pela prefeitura em reunião com a direção do sindsaudeprev no dia 1º de março na ocasião o executivo ainda informou que fará concurso público em cumprimento ao termo de ajustamento de conduta tac do ministério público acs e ace profissões de risco maria das graças foi atingida por um tiro que não era para ela mas a situação ajuda a ilustrar os riscos que os acs e ace correm diariamente em todos os municípios são constantes as reclamações de agentes de saúde e de combate à dengue que não podem entrar em determinados bairros e eles não recebem apoio das prefeituras por conta disso por isso nas reuniões que fazemos para defender os direitos dos acs e ace sempre reforçamos a necessidade de mais segurança ressalta o diretor do sindsaudeprev domingos frança falta segurança nos hospitais segundo o diretor do sindsaudeprev domingos frança além dos acs e ace a categoria de um modo geral também sofre com a insegurança enquanto trabalha a situação é crítica também para as trabalhadoras e para os trabalhadores dos hospitais ressaltou afinal quando o estado não oferece as condições de trabalho restringe ou cassa o direito dos cidadãos e alguém reage de forma violenta é o trabalhador e a trabalhadora da saúde que poderá ser refém ser baleado e até ser morto já que os hospitais não oferecem a segurança adequada.

[close]

p. 9

encarte especial anexo xiv a que se refere o § 2º do artigo 17 da lei complementar 639/2012 que dispõe sobre a modalidade de remuneração por subsídio para o quadro de servidores da saúde carga horÁria 40 hs valores em r cargos aux consultório dentário e aux serv médicos classes iii ii i referÊncias 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 tabela de subsÍdio com vigÊncia a partir de 1ª de janeiro de 2013 1.410,48 1.282,25 1.115,00 1.452,79 1.320,72 1.148,45 1.496,37 1.360,34 1.182,90 1.541,26 1.401,15 1.218,39 1.587,50 1.443,18 1.254,94 1.635,13 1.486,48 1.292,59 1.684,18 1.531,07 1.331,37 1.734,71 1.577,01 1.371,31 1.786,75 1.624,32 1.412,45 1.840,35 1.673,05 1.454,82 1.895,56 1.723,24 1.498,47 1.952,43 1.774,93 1.543,42 2.011,00 1.828,18 1.589,72 2.071,33 1.883,03 1.637,42 2.133,47 1.939,52 1.686,54 carga horÁria 40 hs valores em r cargos auxiliar de enfermagem caldereiro gesseiro e auxiliar de reabilitação classes iii ii i referÊncias 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 1.410,48 1.282,25 1.115,00 1.452,79 1.320,72 1.148,45 1.496,37 1.360,34 1.182,90 1.541,26 1.401,15 1.218,39 1.587,50 1.443,18 1.254,94 1.635,13 1.486,48 1.292,59 1.684,18 1.531,07 1.331,37 1.734,71 1.577,01 1.371,31 1.786,75 1.624,32 1.412,45 1.840,35 1.673,05 1.454,82 1.895,56 1.723,24 1.498,47 1.952,43 1.774,93 1.543,42 2.011,00 1.828,18 1.589,72 2.071,33 1.883,03 1.637,42 2.133,47 1.939,52 1.686,54 carga horÁria 40 hs valores em r cargos classes referÊncias 1 1.960,75 2 2.019,57 3 2.080,16 4 2.142,56 5 2.206,84 6 2.273,05 7 2.341,24 8 2.411,48 9 2.483,82 10 2.558,33 11 2.635,08 12 2.714,14 13 2.795,56 14 2.879,43 15 2.965,81 auxiliar de laboratório auxiliar de laboratório-qes auxiliar de laboratório 05.3.11 auxiliar de saneamento-qes auxiliar de saneamento 05.3.10 auxiliar de serviços hospitalares-qes auxiliar de serviços hospitalares 05.3.10 e codificador de mortalidade iii ii 1.782,50 1.835,98 1.891,05 1.947,79 2.006,22 2.066,41 2.128,40 2.192,25 2.258,02 2.325,76 2.395,53 2.467,40 2.541,42 2.617,66 2.696,19 i 1.550,00 1.596,50 1.644,40 1.693,73 1.744,54 1.796,87 1.850,78 1.906,30 1.963,49 2.022,40 2.083,07 2.145,56 2.209,93 2.276,23 2.344,51 carga horÁria 40 hs valores em r cargos classes referÊncias 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 atendente de consultório-qes auxiliar de enfermagem-qes auxiliar de enfermagem 05.2.12 auxiliar de radiologia-qes auxiliar de radiologista 05.2.14 fiscal de saneamento-qes fiscal de saneamento 05.2.12 laboratorista-qes laboratorista 05.2.14 técnico de enfermagem técnico em enfermagem-qes técnico de laboratório técnico de laboratório-qes técnico em nutrição técnico de Órtese e prótese técnico em imobilização ortopédica técnico em necrópsia técnico em radiologia técnico em tomografia e técnico em equipamentos Ópticos visitador sanitário e visitadora sanitária-qes iii 2.454,10 2.527,72 2.603,55 2.681,66 2.762,11 2.844,97 2.930,32 3.018,23 3.108,78 3.202,04 3.298,11 3.397,05 3.498,96 3.603,93 3.712,05 ii 2.231,00 2.297,93 2.366,87 2.437,87 2.511,01 2.586,34 2.663,93 2.743,85 2.826,16 2.910,95 2.998,28 3.088,23 3.180,87 3.276,30 3.374,59 i 1.940,00 1.998,20 2.058,15 2.119,89 2.183,49 2.248,99 2.316,46 2.385,96 2.457,53 2.531,26 2.607,20 2.685,41 2.765,98 2.848,96 2.934,42 carga horÁria 40 hs valores em r cargos assistente social assistente social-qes assistente social 06.1.15 biólogo biólogo-qes cirurgião dentista-qes cirurgião dentista 05.1.15 cirurgião dentista previdenciário enfermeiro enfermeiro-qes enfermeiro 05.1.15 farmacêutico farmacêutico-qes farmacêutico bioquímico fisioterapeuta fonoaudiólogo musicoterapeuta nutricionista nutricionista-qes odontólogo odontólogo cirurgião bucomaxilofacial odonto cirurgião bucomaxilofacial prof educação física psicólogo psicólogo-qes sanitarista terapeuta ocupacional médico veterinário veterinário-qes e veterinário 05.1.15 carga horÁria 40 hs valores em r classes iv referÊncias 1 5.050,01 2 5.201,51 3 5.357,55 4 5.518,28 5 5.683,83 6 5.854,34 7 6.029,97 8 6.210,87 9 6.397,20 10 6.589,11 11 6.786,79 12 6.990,39 13 7.200,10 14 7.416,10 15 7.638,59 iii 4.809,53 4.953,82 5.102,43 5.255,50 5.413,17 5.575,56 5.742,83 5.915,12 6.092,57 6.275,35 6.463,61 6.657,51 6.857,24 7.062,96 7.274,85 ii 4.372,30 4.503,47 4.638,57 4.777,73 4.921,06 5.068,69 5.220,75 5.377,38 5.538,70 5.704,86 5.876,01 6.052,29 6.233,85 6.420,87 6.613,50 i 3.802,00 3.916,06 4.033,54 4.154,55 4.279,18 4.407,56 4.539,79 4.675,98 4.816,26 4.960,75 5.109,57 5.262,86 5.420,74 5.583,37 5.750,87

[close]

p. 10

tabela de subsÍdio cargos transferidos do quadro servidores da saÚde vigÊncia 1º de janeiro de 2013 anexo ii a que se refere o artigo 1º da lei complementar 634/2012 que altera a lei complementar nº 519/2009 e traz as tabelas salariais da área administrativa/área meio referÊncia 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 cargos nÍvel 1 aux serviços gerais-qss costureiro-qss pedreiro-qss pintor-qss vigia-qss iii ii i 1.189,10 1.081,00 940,00 1.452,79 1.320,72 1.148,45 2.019,57 1.835,98 1.596,50 2.080,16 1.891,05 1.644,40 2.142,56 1.947,79 1.693,73 2.206,84 2.006,22 1.744,54 2.273,05 2.066,41 1.796,87 2.341,24 2.128,40 1.850,78 2.411,48 2.192,25 1.906,30 2.483,82 2.258,02 1.963,49 1.182,90 1.218,39 1.254,94 1.292,59 1.331,37 1.371,31 1.412,45 1.454,82 2.558,33 2.325,76 2.022,40 1.360,34 1.401,15 1.443,18 1.486,48 1.531,07 1.577,01 1.624,32 1.673,05 1.496,37 1.541,26 1.587,50 1.635,13 1.684,18 1.734,71 1.786,75 1.840,35 1.895,56 1.723,24 1.498,47 2.635,08 2.395,53 2.083,07 1.224,77 1.113,43 968,20 1.261,52 1.146,83 997,25 1.299,36 1.181,24 1.027,16 1.338,34 1.216,68 1.057,98 1.378,49 1.253,18 1.089,72 1.419,85 1.290,77 1.122,41 1.462,44 1.329,49 1.156,08 1.506,32 1.369,38 1.190,76 1.551,51 1.410,46 1.226,49 1.598,05 1.452,77 1.263,28 1.645,99 1.496,36 1.301,18 1.952,43 1.774,93 1.543,42 2.714,14 2.467,40 2.145,56 1.695,37 1.541,25 1.340,22 2.011,00 1.828,18 1.589,72 2.795,56 2.541,42 2.209,93 1.746,23 1.587,48 1.380,42 2.071,33 1.883,03 1.637,42 2.879,43 2.617,66 2.276,23 1.798,62 1.635,11 1.421,83 2.133,47 1.939,52 1.686,54 2.965,81 2.696,19 2.344,51 iii 1.410,48 almoxarife-qss aux administrativo-qss aux administrativo i-qss recepcionista-qss artífice-qss aux administrativo ii-qss bombeiro hidráulico-qss copeiro-qss cozinheiro-qss eletricista-qss jardineiro-qss marceneiro-qss ii 1.282,25 i 1.115,00 assitente administrativo-qss digitador-qss motorista-qss telefonista-qss iii ii i 1.960,75 1.782,50 1.550,00 iii 2.454,10 2.297,93 1.998,20 2.058,15 2.119,89 2.183,49 2.248,99 2.366,87 2.437,87 2.511,01 2.586,34 2.527,72 2.603,55 2.681,66 2.762,11 2.844,97 2.930,32 2.663,93 2.316,46 3.018,23 2.743,85 2.385,96 3.108,78 2.826,16 2.457,53 3.202,04 2.910,95 2.531,26 3.298,11 2.998,28 2.607,20 3.397,05 3.088,23 2.685,41 3.498,96 3.180,87 2.765,98 3.603,93 3.276,30 2.848,96 3.712,05 3.374,59 2.934,42 ii 2.231,00 administrador hospitalar nível médio-qss agente administrativo-qss aux técnico i-qss aux técnico ii desenhista-qss marinheiro regional-qss operador de sistemas-qss programador-qss técnico em administração-qss técnico em contabilidade-qss técnico em edificações-qss técnico em eletrotécnica-qss técnico em eletrônica-qss técnico em refrigeração-qss técnico em serviços especializados-qss i 1.940,00 iv 5.050,01 4.953,82 4.503,47 3.916,06 4.638,57 4.033,54 5.102,43 5.201,51 5.357,55 5.518,28 5.255,50 4.777,73 4.154,55 5.683,83 5.413,17 4.921,06 4.279,18 5.854,34 5.575,56 5.068,69 4.407,56 6.029,97 5.742,83 5.220,75 4.539,79 6.210,87 5.915,12 5.377,38 4.675,98 6.397,20 6.092,57 5.538,70 4.816,26 6.589,11 6.275,35 5.704,86 4.960,75 6.786,79 6.463,61 5.876,01 5.109,57 6.990,39 6.657,51 6.052,29 5.262,86 7.200,10 6.857,24 6.233,85 5.420,74 7.416,10 7.062,96 6.420,87 5.583,37 7.638,59 7.274,85 6.613,50 5.750,87 iii 4.809,53 ii 4.372,30 administrador-qss administrador hospitalar nível superior-qss administrador hospitalar nível especial-qss analista de sistemas-qss arquiteto-qss artista plástico-qss bibliotecário-qss contador-qss economista-qss engenheiro civil-qss engenheiro eletricista -qss engenheiro mecânico-qss técnico de nível superior-qss i 3.802,00

[close]

Comments

no comments yet