Jornal Domus Nostra 2010/11

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Índice título i editorial pág 2 ii uma palavra às finalistas a linguagem da amizade a vida oferece infinitas descobertas descobrimentos 3 4 7 iii actividades com a domus nostra afterben mais calma mais fé erasmus 2º ano de dn ­ um ano diferente 10 14 16 18 iv ano europeu do voluntariado sê a mudança que queres ver no mundo uma noite diferente o voluntariado moldou a minha vida 19 21 22 v testemunhos de vida na vida da domus na direcção dos nossos sonhos sonhei sonho e sonharei partimos chegámos estamos casa a nossa casa surpreendida com a vida a três 25 26 28 29 30 32 os descobrimentos -1-

[close]

p. 3

i editorial as descobertas que a vida nos proporciona e que acolhemos vão-nos construindo aos poucos a domus nostra é sem dúvida campo vasto para essas experiências de tudo podemos tirar proveito para continuar a crescer este ano a domus procurou com as universitárias propor actividades que favorecessem esse alargar de horizontes que nos tornam mais humanos mais próximos uns dos outros este jornal é bem fruto da vida que corre dos laços que se estabelecem das descobertas que umas e outras fizeram a metáfora1 que me ajuda a compreender o que tenho descoberto nesta casa é a da música a domus não é uma grande orquestra sinfónica com um maestro que todos seguem É muito mais parecida com uma orquestra de jazz em que a improvisação é muito importante e cada instrumento tem um contributo único para um resultado final harmonioso cada universitária é única e tem o seu ritmo a sua forma de ser que se constrói com as descobertas é irrepetível o dom que cada uma é para esta casa é o que permite continuar a vida da domus que conta com mais de 45 anos escuta o teu coraÇÃo segue o teu dom melhora o teu mundo É este o lema escolhido pelos finalistas da diocese de lisboa o que mais desejo é que descubram o dom que são pela escuta do coração porque à semelhança de deus somos um mistério do qual há sempre mais a descobrir com tudo o que são sirvam o mundo que tanto precisa de homens e mulheres humanos próximos capazes de entrar na melodia do bem comum sem concorrência capazes de fazer da sua vida uma obra musical única em beleza cristina nunes 1 ­ a metáfora citada da revista pública ed 8 maio 2011 pg 22 os descobrimentos -2-

[close]

p. 4

ii uma palavra às finalistas a linguagem da amizade era setembro e eu chegava com a minha mala a esta casa com a esperança de ter uma experiência de erasmus única e inesquecível mas o início não foi tão fácil como eu pensava estava numa casa desconhecida rodeada de desconhecidos e alem disso não falava português como tal comecei a ficar receosa de me isolar e não ser capaz de conhecer novas pessoas porém facilmente comecei a falar com as residentes e descobri esta nova língua que depois adorei pouco a pouco fui conhecendo pessoas que se complementavam comigo com as quais podia falar e partilhar o meu dia-a-dia estas tornaram-se nas minhas amigas e ao longo do tempo era como se fossem a minha própria família a domus já não era apenas uma casa mas um lar onde podia compartilhar as alegrias dos sucessos académicos e as tristezas que acontecem na vida os descobrimentos -3-

[close]

p. 5

assim o meu dia-a-dia tornou-se uma constante partilha de conversas filmes lanches e claro estudo mais facilmente digerível se acompanhado era divertido pôr em comum as diferenças das nossas culturas as más interpretações normalmente acabavam entre risos e era comum fazer-se piadas sobre espanhóis ou portugueses agora quando penso no dia de ir embora fico cheia de saudades das amizades que fiz na domus nostra e da vida partilhada acho que não vai ser possível encontrar noutro sítio o ambiente tranquilo e a paz que respirei aqui foi sem dúvida um ano espectacular espero que as próximas residentes possam descobrir neste lar a verdadeira amizade como eu e perceber como no fundo todas as pessoas procuram as mesmas coisas sejam de que país forem simplesmente desejam ser felizes e ter pessoas com quem possam sentir-se bem definitivamente a amizade verdadeira e a felicidade não percebem nem dependem de línguas nem de culturas todos formamos parte de um desejo universal que nos faz procurar os outros e descobrirmo-nos a nós mesmos mm almería ­ espanha erasmus de medicina fmul a vida oferece infinitas descobertas ao chegar pela primeira vez à domus nostra ao quarto 501 mais precisamente não sabia bem o que sentia estava ali sozinha sentada em cima da cama a observar os cantinhos das minhas novas roommates e a imaginar como seriam não as conhecia já que entrei para a residência no segundo semestre já todas as amizades tinham sido criadas e eu tinha de ir à procura de alguém com quem me identificasse de repente entram no quarto duas raparigas vinham a rir às gargalhadas ah olá eu sou a joana e esta é a bia tu deves ser a rosalina sim sim olá os descobrimentos -4-

[close]

p. 6

a bia é do quarto ao lado ah ok foi assim a minha primeira conversa com uma das minhas colegas de quarto a joana depois fez-se silêncio e saíram para jantar nesse dia nem fui jantar não sabia o que fazer então pensei que fosse melhor ficar quietinha no quarto a arrumar as coisas mais tarde conheci as veteranas e a representante de andar lembro-me de não saber bem como as tratar e tenho quase a certeza de que fiz uma pequena vénia senti-me ridícula mas por sorte ninguém deu por nada pelo menos eu acho que ninguém deu por nada a rita chegou uns dias depois com a sua personalidade querida e meiga tratou logo de se apresentar falámos durante uns segundos e dei por mim a pensar que esta rapariga loira se ia em breve tornar uma das minhas melhores amigas e sentia-me entusiasmada pela sua maneira de ser tentei não dar muito nas vistas mas dentro de mim uma voz gritava que nem uma criancinha eu adoro estas raparigas tive sorte yupiiiii ao ir para uma cidade nova onde não se conhece ninguém e ter que partilhar quarto com duas pessoas que nunca tinha visto na vida pode nem sempre correr bem como disse tive sorte os descobrimentos -5-

[close]

p. 7

os amigos que fazemos durante a nossa vida universitária são provavelmente aqueles que nos trazem os momentos mais marcantes a experiência de entrar na vida adulta com um excelente grupo de amigos é algo que vai permanecer como uma memória fantástica para muitas de nós de facto foi na domus que conheci as minhas maiores amigas pessoas que vão estar para sempre na minha vida por mais distantes que nos possamos encontrar foi com estas pessoas que me diverti com quem desabafei com quem partilhei as mais profundas tristezas com quem ultrapassei obstáculos com quem chorei a rir são estes momentos que vão ficar marcados na minha memória sempre que pensar na minha passagem por lisboa cada vez que olhar para uma fotografia vou relembrar cada uma de vós com saudade e quero que estejam cientes de que onde quer que eu esteja neste imenso mundo vocês irão estar na minha memória para sempre por vezes pode não parecer mas descobrimos tantas coisas ao longo da vida e para mim esta passagem pela domus correspondeu a um período rico de descobertas com as saudades descobri que uma música pode alegrar-me por alguns instantes quando sinto falta do amor da minha família com zangas descobri que o choro pode ser transformado em aprendizagem num relacionamento descobri que amor verdadeiro pode realmente existir e que pode terminar com um final feliz como em grande filmes e romances a desenvolver trabalhos académicos descobri que é possível apaixonarmo-nos pelo nosso trabalho ao ultrapassar obstáculos descobri que o mundo é muito maior do que eu imaginava e que posso ir muito mais além do que penso descobri o quão importante é respeitarmos os outros como são incluindo os seus defeitos descobri que a vida nos traz imensas possibilidades e a mais bela de todas é a de nos podermos mudar transformar descobri que ter uma atitude pessimista só provoca tragédias na nossa vida e que o egoísmo e ganância são males horríveis descobri que a morte chegará para todos e que deus sempre existiu e sempre existirá e será ao menos para mim a maior força que o ser humano possui descobri que a maior bênção que temos é viver cada dia sem pensar no amanhã descobri que cada um tem a sua história de vida e que nós somos os autores e que todas as histórias são grandes histórias de vida os descobrimentos -6-

[close]

p. 8

tenho a certeza que daqui para frente continuarei a ter outras descobertas e mais outras e mais outras e mais outras e que cada uma delas contribui para que eu amadureça e passe a ver a vida com outros olhos por fim descobri que estamos sempre a aprender e que as descobertas da vida são infinitas ou ao menos durarão enquanto existirmos pois caminham lado a lado mas que se não acreditar em mim mesma de nada valerão as minhas descobertas espero que cada uma de vós brilhe como deve brilhar rg fátima finalista de geografia e ord território unl descobrimentos enquadrando a palavra descobrimentos no contexto da domus nostra desenrolamo-la em tantas experiências e recordações presentes tornando-se difícil clarificá-las e decifrá-las com alguma ordem quando cheguei à domus vim acompanhada mãe que para a uma pela se me casa havia minha preparava entregar religiosa onde muitas outras estudantes É certo que isso me metia alguma confusão mas lá me deixei ficar e conformei-me ambientei-me a esse novo espaço assim foi passou o 1º ano o 2º ano e finalmente o 3º ano que simboliza o finalizar da minha licenciatura em gerontologia social mas o certo é que entre os dias as horas estabeleceram-se amizades os descobrimentos -7-

[close]

p. 9

acompanhadas de cumplicidades risos alegrias tristezas choros e uma presença activa de determinados elementos nesta casa que para mim foram a minha companhia e amparos nos momentos mais turbulentos descobri quando cá cheguei que as pessoas estavam prontas a receberemme com agrado e com um acolhimento especial coisa que não teria acontecido se tivesse ido para outro local que fazia com que me sentisse praticamente em casa neste ponto posso falar da drª joana que neste ano era directora da domus e que me recebeu com grande disponibilidade e como porto de ajuda um muito obrigada descobri que independentemente de estar longe ou perto das pessoas a quem me apeguei na domus a amizade permanecerá tendo em conta que cada pessoa que entra na nossa vida faz parte de uma nova descoberta enriquecendo-nos como pessoa e fazendo neste caso com que perdurem um muito obrigada descobri que até as refeições nesta casa são confeccionadas de tal forma apetitosa que no primeiro ano engordei podem dizer oh a alimentação que descoberta mas digo-lhes que estar numa casa sem uma boa refeição deve ser um desastre o que na domus nostra não acontece graças ao bom trabalho realizado pelas nossas cozinheiras um muito obrigada presentemente é a cristina a directora desta casa de quem tenho igualmente bem a dizer isto porque o seu espírito de inovação e partilha está sempre presente um muito obrigada À d maximina à tina à d eva à d.júlia à cidália à cristina à vina e a todas as outras pessoas que trabalham nesta casa e que se cruzam connosco sempre dispostas a ouvir-nos e a rirem-se fazendo com que também façam parte deste núcleo que a domus nos proporciona conhecer cedendo momentos de partilha que tantas vezes preenchem aqueles bocadinhos vazios com gargalhadas e risos um muito obrigada como não podia faltar os meus pais e família são os meus alicerces de desenvolvimento pessoal e profissional visto serem eles que me dão estabilidade e segurança para poder progredir um muito obrigada os descobrimentos -8-

[close]

p. 10

É com tudo isto e com todas as pessoas que estão directa ou indirectamente aqui envolvidas que as maiores descobertas que fiz foram a amizade a confiança a segurança a activa receptividade e a amabilidade um muito obrigada a descoberta consiste em ver o que todos viram e pensar o que ninguém pensou a szent-gyorgyi para poder agradecer alguma coisa é preciso ter-se descoberto algo e é com descobertas e agradecimentos que quero finalizar este fluir de imagens referentes ao tempo que passei na domus assim podemos pensar em muita coisa mas quantas vezes escrevemos e damos a conhecer isto poucas creio eu e quantas vezes agradecemos as descobertas que a vida nos proporciona poucas lamentamo-nos mais do que agradecemos e bendizemos deste modo um muito obrigada final mas rejuvenescido a todos aqueles que pertencem à minha vida quer seja com maior ou menor proximidade bem-hajam mlt são miguel finalista de gerontologia social esejd os descobrimentos -9-

[close]

p. 11

iii actividades com a domus afterben ­ o amanhã que nos espera afterben significa depois de bento xvi continuando a marca dos encontros afterxav e afterpaul promovidos pela companhia de jesus jesuítas em portugal depois da visita e do movimento acredito tão acarinhado por um grupo de residentes da domus no acolhimento ao papa bento xvi em maio de 2010 outro grupo de residentes recebeu com alegria esta nova aventura que falou mais alto do que as vozes do dia a dia o mega encontro teve como objectivo aprofundar a visita de bento xvi a portugal e sonhar o papel da juventude no futuro do mundo e da igreja no colégio de cernache de 1 a 3 de outubro de 2010 estiveram presentes mais de 800 jovens com idades entre os 16 30 anos e não faltou a criatividade do princípio ao fim com a cerimónia de abertura enriquecida pelo fogo no lago barco a barca de pedro a música a dança fogo de artifício que enriqueceram a experiência interior da oração e do encontro com deus acampámos num ginásio com todos os outros participantes e todos os espaços do colégio foram moldados para acolher as inúmeras propostas para este fim-de-semana no final podemos estar junto ao altar onde o papa celebrou a eucaristia no terreiro do paço lisboa em maio de 2010 trazido de lisboa para este afterben para a celebração de encerramento e envio os descobrimentos 10 -

[close]

p. 12

um encontro de cristãos situa-se sempre na centralidade que jesus tem na vida dos que o conhecem por isso os workshops paneis e reflexões que trespassaram este fim-de-semana tactearam integralmente norteados pelos apelos da visita apostólica do bispo de roma as dimensões da fé buscando uma inovadora e criativa construção do mundo que pisamos domus nostra os descobrimentos 11 -

[close]

p. 13

testemunhos afterben da domus nostra o que senti muita coisa É difícil descrever tudo o que senti neste magnífico fim-de-semana experimentei coisas lindas onde nunca pensei ser possível e até senti sensações que outrora vivi estar presente no afterben mostrou-me que a união faz a força e por isso o nosso mundo não está totalmente perdido ainda há esperança se acreditarmos em deus se nos unirmos e mantivermos a fé tudo é possível simplesmente o que posso dizer o que senti e vivi foi real mágico e sem dúvida que não estamos sós obrigada papa ks são miguel 3º ano de psicologia fpul no afterben percebi a união que existe entre nós jovens perante deus e como esta nos pode aumentar a fé que já existia dentro de nós próprios aqui aprendi muitas coisas a nível do estado de espírito e como estar na vida numa maneira mais fácil tirando partido da nossa fé perante deus foi uma experiência muito boa e enriquecedora que espero voltar a repetir brevemente viva o papa ro funchal madeira os descobrimentos 12 -

[close]

p. 14

3º ano de finanças iseg-utl se respiraba un ambiente de felicidad igualdad y sobre todo de vida la vida plena que da el amor a dios y al prójimo mm almería ­ espanha erasmus de medicina fmul deus vive em cada cheiro em cada toque quente em cada olhar em cada memória longe em cada sabor deus vive em mim era uma vez uma noite de grande confusão e dois dias de exaustão ele preenche-nos o momento e nós herdamos capítulos inesquecíveis história que vou contar história de maravilhas de conversas junto ao lago e de música no ouvido história do afterben acm faro 2º ano direito fdul os descobrimentos 13 -

[close]

p. 15

mais calma mais fé relaxar o físico e o espírito é importante especialmente para o corpo e a mente de uma estudante a domus tornou isto possível ao longo de algumas sessões de relaxamento o grupo de residentes mais aventureiro reuniu-se para experimentar as maravilhas de um relaxamento natural acompanhado por uma especialista estas sessões além de permitirem a aprendizagem de algumas técnicas de relaxamento simples rápidas e autónomas permitiram também a partilha de uma hora de descontracção sorrisos risos e gargalhadas num ambiente familiar recordando as sessões temos algumas dicas para as pessoas que não conseguem adormecer senta-te no chão cruza as pernas fecha os olhos e concentra-te em respirar para a barriga em seguida pega num pé e massaja a planta em círculos com o polegar com a força e o tempo que achares necessários vai alternando de pé para as que não conseguem acordar sugerimos uma coisa mais simples e que não exige pensar é só puxar as orelhas pega na parte de cima da orelha cartilagem e puxa três vezes para cima vais saltar da cama num instante os descobrimentos 14 -

[close]

Comments

no comments yet