Relatório de Atividades - 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

sumÁrio introduÇÃo quem somos o que fazemos programa visita da alegria hospitais parceiros alÉm dos hospitais espaço oficina cirurgiões da alegria cabaré ajuntamédica encontro mostra o seu que eu mostro o meu aprender sempre capacitação a psicologia e o palhaço palhaços entrando em cena descobrindo o palhaço ­ a escola apoio a estudantes bloco vai quem qué espetáculos teatrais criações artísticas exposição de fotos encontro nacional de palhaços palestras fazendo as contas relatório financeiro origem dos recursos aplicação dos recursos inserções na mídia nossos nÚmeros internet palestras intervenções e criações os palhaÇos patrocinadores patrocinadores ­ lei de incentivo empresa apoiadora da alegria empresa patrocinadora da alegria ­ recursos próprios mídia apoiadora sócio mantenedor da alegria ­ recursos próprios pessoa física jurídica ­ doação esporádica doadores pessoa jurídica ­ lei de incentivo doadores pessoa física ­ lei de incentivo equipe tÉcnica conselho diretor conselho fiscal grupo executivo balanÇo 2012 3 5 6 6 6 7 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 21 21 22 23 24 24 24 25 26 26 26 27 27 28 28 28 28 29 29 29 29 30 www.cirurgioesdaalegria.org.br

[close]

p. 3

introduÇÃo quando colocamos a máscara do palhaço retiramos todas as outras ao refletir sobre mais um ano observamos que várias atividades foram incorporadas ao nosso cotidiano uma delas foi a psicologia e merece um destaque especial pois a partir desse ano começou a fazer parte do nosso dia a dia mostrando que por traz de uma brincadeira de palhaço há uma preocupação muito grande por nossa parte em relação ao que estamos levando para o hospital nesse ano também ampliamos nosso atendimento a um novo hospital e percebemos o quanto podemos fazer por outras pessoas em outros locais conhecemos pessoas e locais diferentes formas de gerenciamento coorporativo que não conhecíamos enfim aprendemos muito outra novidade foi a possibilidade de viajar com um espetáculo por diversas cidades da região e isso só foi possível pois o trabalho dos cirurgiões da alegria não é só ir ao hospital mas sim a cada dia aprender com as intervenções que acontecem as cenas criadas em parceria com a criança ou adulto no hospital são relatadas em um caderno diário e trazidas aos encontros que acontecem toda semana no espaço oficina nossa sede avaliamos e trabalhamos essas cenas e quando estão prontas apresentamos em um dos cinco cabarés ajuntamédica que acontecem durante o ano dependendo da aceitação da plateia essa cena compõe um novo espetáculo para circulação isso faz manter viva e constante a criatividade artística de cada palhaço e para finalizar fizemos também parcerias com instituições de ensino superior visando o envolvimento da comunidade que está em processo de formação e promovendo mudanças significativas nas partes envolvidas uma troca de conhecimento e ajuda mútua fortalecendo uma teia que tende a crescer cada vez mais reconhecemos que esse é o caminho para eliseu pereira o futuro coordenador geral www.cirurgioesdaalegria.org.br 3

[close]

p. 4

trilhando o caminho para falar de 2012 nos cirurgiões da alegria é preciso lembrar 2011 quando demos início ao processo de atualização da nossa missão nesses seis anos de atividades fomos percebendo as mudanças pelas quais a instituição foi passando as mesmas não se limitavam mais aos hospitais e pudemos avaliar que o programa de visitas aos hospitais inspirou novas atividades ampliando com isso os nossos objetivos era o momento de uma mudança juntos diretores e artistas pudemos construir um planejamento para os próximos anos almejando assim um futuro desejável para a instituição com isso foi estabelecida a nova missão institucional e olhando para os nossos objetivos reconhecemos a intensidade do nosso crescimento e onde podemos chegar dessa forma também foi construída a visão de futuro o ano trouxe outras surpresas mas que já eram planejadas as ações que são desenvolvidas junto à sociedade desde a data de nossa fundação em 2006 foi reconhecida e a instituição foi declarada de utilidade pública uma chancela de grande relevância pelos serviços oferecidos de forma indiscriminada a toda sociedade mesmo com tantos avanços ainda teremos muitas mudanças pela frente e que tiveram início com o 2º encontro nacional de palhaços em hospital organizado pelos doutores da alegria em são paulo o qual tivemos a honra de participar e poder compartilhar nossas experiências com outros grupos o encontro teve por objetivo iniciar a construção coletiva de uma base ética sobre a atuação do palhaço no hospital no brasil e estabelecer uma ampla discussão sobre o movimento um comprometimento com o trabalho prezando a ética e qualidade que nos dá a possibilidade de exercitar dia a dia a nossa missão e consolidar assim a atuação do palhaço de hospital como profissão de futuro juntos construiremos esse futuro regiane gloria coordenadora administrativa www.cirurgioesdaalegria.org.br 4

[close]

p. 5

cirurgiões da alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos quem somos missÃo transformar ambientes hospitalares por meio da atuação profissional de palhaços operando nas áreas de capacitação e formação criações artísticas produção de conhecimento e pesquisa compartilhando essas experiências com a sociedade sempre com a finalidade de despertar a alegria ser uma organização de referência na arte do palhaço de hospital no interior do estado de são paulo visÃo alegria qualidade transparência sutileza nas relações e profissionalismo valores o empenho e aperfeiçoamento constante das atividades que realizamos sempre pautados pela ética qualidade e transparência das mesmas afirmou-se através do reconhecimento recebido pelo município declarando esta organização de utilidade pública honrados e cada vez mais a serviço da sociedade agradecemos o reconhecimento reconhecimento utilidade pública municipal decreto nº 515 de 27 de dezembro de 2012 certificaÇÕes prÊmios em 2010 recebemos o prêmio cultura e saúde concedido pelo programa cultura viva do ministério da cultura em articulação com o ministério da saúde o prêmio aponta o papel relevante de ações artísticas e culturais no âmbito da saúde www.cirurgioesdaalegria.org.br 5

[close]

p. 6

o que fazemos programa visita da alegria hospital médicos enfermeiros medicamentos tudo combina menos criança e palhaço uma relação é estabelecida a partir do olhar e pequenas cenas vão surgindo leito a leito com uma dupla de palhaços humanização lúdica parece ser um termo bastante apropriado para definir esse momento junto às crianças e os adultos também adoecem e voltam a ser crianças quando o palhaço adentra o quarto realizando brincadeiras tocando e cantando proporcionando momentos de descontração para seus familiares e outros visitantes que se encontram no hospital uma ou duas vezes por semana 6 ou 4 horas por dia dependendo da quantidade de leitos durante o ano todo é possível encontrar os palhaços nos hospitais parceiros em 2012 o programa completou seis anos chegando a 32 mil visitas a crianças e adultos hospitalizados hospitais parceiros · hospital humanitária limeira 1.591 visitas · hospital municipal dr mário gatti campinas 10.083 visitas · hospital unimed limeira ­ 1.859 visitas · centro infantil boldrini ­ 4.330 visitas total em 2012 ­ 17.863 visitas total acumulado desde a fundação 2006 2012 ­ 32.646 visitas www.cirurgioesdaalegria.org.br 6

[close]

p. 7

alÉm dos hospitais espaço oficina sede do cirurgiões da alegria É o terceiro ano realizando atividades culturais e após uma reforma o espaço foi reinaugurado estamos de portas abertas para receber todo público interessado em conhecer o trabalho dos cirurgiões da alegria de perto mantemos um espaço onde são realizadas apresentações artísticas encontros fomento da cultura e reuniões esse conjunto faz com que a instituição siga nas intervenções artísticas nos hospitais e compartilhe com a sociedade o encontro com o palhaço o espaço oficina além das atividades regulares também atende o estudantes interessados em conhecer e pesquisar os projetos realizados pela instituição tornando-se referência na arte do palhaço e nas artes cômicas em geral disseminando e valorizando a cultura interiorana reunião psicóloga e integrantes dos cirurgiões da alegria atendimento a estudantes/grupos espetáculos cirurgiões da alegria espetáculos de outros grupos reuniões de outros grupos reuniões cirurgiões da alegria oficinas cirurgiões da alegria oficinas de outros grupos www.cirurgioesdaalegria.org.br 7

[close]

p. 8

cabarÉ ajuntamÉdica 2012 um show de variedades e a cada edição um tema diferente novos palhaços velhos palhaços uma união de atores e outros artistas todos juntos para o cultivo das bobeiras no enredo esquetes inéditas e outras repaginadas e apresentadas a um público diverso e muito curioso por este trabalho foram realizadas cinco edições durante o ano www.cirurgioesdaalegria.org.br 8

[close]

p. 9

encontro mostra o seu que eu mostro o meu um encontro uma troca um compartilhamento de informações realizado para palhaços ou grupos com objetivos culturais estabelecendo uma rede de cooperação entre os mesmos consolidando e fomentando a arte aliada a sustentabilidade ética e qualidade das relações visando o aprimoramento e o crescimento dos grupos participantes esse é o objetivo do encontro que trouxe muitas informações também foram abordadas questões de como elaborar e gerir um projeto sócio cultural discutido amplamente entre os participantes www.cirurgioesdaalegria.org.br 9

[close]

p. 10

aprender sempre capacitaÇÃo o trabalho realizado nos hospitais visa a ética nas relações e a qualidade artística do que é levado para este ambiente adverso por este motivo o elenco é formado por artistas que tem a arte do palhaço como ofício pois consideramos que o artista nunca está pronto sempre está em constante capacitação e este é o motivo dos nossos encontros semanais com duração de quatro horas e cujo objetivo é a realização de exercícios práticos de concentração improvisação técnicas de interpretação musicalidade e discussões teóricas sensibilizando para o equilíbrio da construção do palhaço na realização do discurso cênico possibilitando o entendimento da arte do palhaço através de reflexões e discussões acerca do ofício do mesmo e sua relação com o público www.cirurgioesdaalegria.org.br 10

[close]

p. 11

a psicologia e o palhaÇo como em muitos de vocês a admiração principalmente a sensação de instigação por esta arte e pela transformação que ela provoca no ambiente hospitalar foram os motivos pelos quais a psicóloga débora regina silva entrou em contato com o coordenador da organização eliseu pereira em 2010 sugerindo-lhe uma parceria para a realização de uma pesquisa que veio a ocorrer mais tarde em 2011 o estudo citado teve como principal objetivo compreender qual o sentido do brincar e da arte do palhaço para as crianças hospitalizadas desde então vimos a necessidade de aprofundar a pesquisa e nesse ano ocorreram todas às sextas-feiras um encontro com o elenco para juntos avaliarmos as ações do cotidiano do palhaço no ambiente hospitalar utilizando a visão da psicologia www.cirurgioesdaalegria.org.br 11

[close]

p. 12

palhaÇos entrando em cena para ser um palhaço do cirurgiões da alegria é preciso estudar muito esse ano foi aberto o processo seletivo para a escolha de um novo palhaço os artistas escolhidos passaram por uma seleção rigorosa que leva em conta a criatividade generosidade senso artístico profissionalismo talento capacidade de entrega comprometimento dedicação e habilidades circenses o processo de seleção é exclusivo para artistas que tenha a arte do palhaço como ofício com registro no ministério do trabalho drt ou atores profissionais com o mesmo registro e especialização na linguagem do palhaço após o teste de seleção é feito o ajuste do repertório artístico para o ambiente hospitalar uma formação específica de seis meses que inclui familiarização e aprendizado dos procedimentos hospitalares e práticas do método de trabalho dos cirurgiões da alegria segundo as normas e orientações dos palhaços tutores e da administração www.cirurgioesdaalegria.org.br 12

[close]

p. 13

descobrindo o palhaÇo ­ a escola a formação artística de jovens talentos sintetiza o planejamento da instituição que compreende a necessidade de levar o conhecimento dessa arte a outros públicos multiplicadores da cultura do palhaço a idealização do projeto está atrelada à difusão e manutenção da missão institucional de operar nas áreas de capacitação e formação criações artísticas produção de conhecimento e pesquisa compartilhando essas experiências com a sociedade sempre com a finalidade de despertar a alegria através da arte do palhaço durante o ano pudemos contar com várias oficinas na sede da instituição e também outros profissionais trouxeram suas experiências para compartilhar com os participantes e vem mais por aí aguardem www.cirurgioesdaalegria.org.br 13

[close]

p. 14

apoio a estudantes esse ano nos organizamos e criamos o núcleo de pesquisa e formação que tem por objetivo compartilhar o conhecimento e nossas experiências com os alunos do ensino médio e acadêmico que buscam pesquisar o trabalho do palhaço e a forma como a instituição é gerida www.cirurgioesdaalegria.org.br 14

[close]

p. 15

bloco vai quem quÉ nesse ano um palhaço gritou vamos colocar o bloco na rua sair do ambiente hospitalar e assim fazer com que as pessoas saudáveis possam se contagiar com este vírus o vírus da alegria e participar da folia a ideia do bloco surgiu nos corredores dos hospitais parceiros atendidos pelos cirurgiões da alegria quando os palhaços cantavam as tradicionais marchinhas de carnaval em meio aos corredores desses nosocômios o bloco desde o início é incentivado pelas crianças e adultos hospitalizados que ao ouvir a melodia e a batida do pandeiro são contagiadas com um vírus ainda não identificado que faz balançar o esqueleto e requebrar as cadeiras o contágio atinge também os colaboradores do hospital que esperam o cortejo passar formando um animado cordão disseminando alegria a todos que encontram pelo caminho e assim foi saímos no desfile carnavalesco da cidade de cordeirópolis a proposta é um bloco carnavalesco resgatando as antigas marchinhas que fazem parte da cultura popular unindo a figura alegre do palhaço e a população em um momento alegre e despojado um projeto familiar e bem livre como o nome já diz vai quem qué www.cirurgioesdaalegria.org.br 15

[close]

Comments

no comments yet