Relatório de Gestão - Exercício 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

relatÓrio de gestÃo sicoob central df

[close]

p. 2

2 demonstraÇÕes contÁbeis 2012 exercícios findos em 31/12/2012 e 31/12/2011 valores expressos em reais r

[close]

p. 3

central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df sig quadra 06 lote 2080 torre ii 2º andar cep 70.610-460 brasília df cnpj 00.692.214/0001-76 balanÇos patrimoniais a ti vo ativo circulante disponibilidades caixa bancoob aplicações interfinanceiras de liquidez depósitos interfinanceiros rendas a apropriar depósitos interfinanceiros títulos e valores mobiliários outros instrumento hibrido de cap e divida cotas de fundos de investimento ­ curto prazo títulos v inculados a prestação de garantias operações de crédito empréstimos e títulos descontados empréstimos rendas a apropriar provisão para operações de crédito outros créditos rendas a receber diversos outros valores e bens almoxarifado des pesas antecipadas ativo nÃo circulante realizável a longo prazo operações de crédito emprestimos e títulos descontados empréstimos rendas a apropriar provisão para operações de crédito aplicações interfinanceiras de liquidez depósitos interfinanceiros investimentos participação instituição financeira controlada bancoob participação empresa controlada corretora annellus outros investimentos confebrás cnac e sicoob confederação imobilizado de uso imóveis moveis e equipamentos de uso sistema de comunicação sistema de processamento de dados depreciações acumuladas diferido gastos c aquisição e desenvol de logisciais amortização acumulada intangível outros ativos intangíveis depreciações acumuladas totaldoat ivo 31/12/2012 95.692.569,68 297.331,45 293.367,45 3.964,00 71.629.365,51 71.902.486,17 273.120,66 5.294.176,46 11.721,32 5.077.112,74 205.342,40 17.751.371,58 18.030.496,95 18.940.429,78 909.932,83 279.125,37 676.497,66 1.120,52 675.377,14 43.827,02 3.327,16 40.499,86 48.366.574,50 6.220.211,84 2.893.352,26 2.934.768,13 2.959.432,82 24.664,69 41.415,87 3.326.859,58 3.326.859,58 38.601.963,67 37.043.102,03 12.500,00 1.546.361,64 3.421.112,53 3.816.689,60 171.186,10 15.798,46 405.408,42 987.970,05 97.619,65 117.030,93 19.411,28 25.666,81 40.000,00 14.333,19 31/12/2011 62.923.834,90 130.120,90 127.120,90 3.000,00 39.160.237,34 39.160.237,34 5.326.828,96 10.811,70 5.126.763,05 189.254,21 17.818.229,28 18.228.805,05 19.262.070,30 1.033.265,25 410.575,77 452.785,49 357,29 452.428,20 35.632,93 2.380,04 33.252,89 43.338.024,31 6.698.799,71 2.333.768,30 2.395.263,62 2.416.492,47 21.228,85 61.495,32 4.365.031,41 4.365.031,41 32.91 7.862,26 31.632.334,00 500,00 1.285.028,26 3.588.124,52 3.816.689,60 172.055,10 15.798,46 360.779,52 777.198,16 103.571,05 117.030,93 13.459,88 29.666,77 40.000,00 10.333,23 1 4 4 .0 5 9 .1 4 4 ,1 8

[close]

p. 4

central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df sig quadra 06 lote 2080 torre ii 2º andar cep 70.610-460 brasília df cnpj 00.692.214/0001-76 balanÇos patrimoniais p a ssivo p a ssivo c ir culantere laç õ e s inte rfinanc e iras c e ntra liza ç ã o fina nc e ira c oope ra tiva s o utras o brig aç õ e s so c iais e e s tatutárias fundo de a ssitê nc ia t e c nic a e duc a c iona l e soc ia l f is c ais e p re v ide nc iárias impostos e c ontribuiç õe sarec olhe r d iv e rs as o briga ç õe s por a quisiç ã o de b e ns e d ire itos o briga ç õe s p or p re sta ç ã o de se rviç os de p a ga me nto p rovisã o pa ra p a ga me ntos a e fe tua r c re dore s d ive rsos 3 1 /1 2 /2 0 1 2 9 4 .9 1 2 .4 8 4 ,7 4 9 2 .4 0 4 .9 2 5 ,3 1 92.404.925,31 2 .5 0 7 .5 5 9 ,4 3 6 0 7 .8 0 8 ,3 2 607.808,32 1 1 5 .9 7 1 ,0 5 115.971,05 1 .7 8 3 .7 8 0 ,0 6 18.200,00 332.337,80 1.433.242,26 3 1 /1 2 /2 0 1 1 6 3 .7 7 5 .7 1 8 ,0 8 5 3 .5 2 9 .1 2 8 ,6 2 53.529.128,62 1 0 .2 4 6 .5 8 9 ,4 6 4 1 4 .2 5 4 ,1 1 414.254,11 9 8 .6 5 4 ,7 7 98.654,77 9 .7 3 3 .6 8 0 ,5 8 2.231,96 15.400,00 286.214,06 9.429.834,56 patr im Ô n io l Íq u id o c apital so c ial c a pita l de d omic ilia dos no p a ís rese rv a de l uc ro s r e se rva l e ga l so bras oupe rdas a c um uladas sobra s ou p e rda s a c umula da s 4 9 .1 4 6 .6 5 9 ,4 4 3 8 .8 0 9 .7 7 7 ,4 6 38.809.777,46 6 .4 8 1 .8 7 5 ,7 8 6.481.875,78 3 .8 5 5 .0 0 6 ,2 0 3.855.006,20 4 2 .4 8 6 .1 4 1 ,1 3 3 4 .1 9 2 .3 1 1 ,7 0 34.192.311,70 5 .4 3 2 .3 6 4 ,0 2 5.432.364,02 2 .8 6 1 .4 6 5 ,4 1 2.861.465,41 totaldo pa ssivo josé alves de sena diretor presidente jorge luiz moreira contador ap a-bd 5,312 as notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis 1 4 4 .0 5 9 .1 4 4 ,1 8 1 0 6 .2 6 1 .8 5 9 ,2 1 hélio de oliveira pinha júnior diretor financeiro

[close]

p. 5

central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df sig quadra 06 lote 2080 torre ii 2º andar cep 70.610-460 brasília df cnpj 00.692.214/0001-76 demonstraÇÃo do resultado do 2º semestre de 2012 e exercÍcios bcqapg ÌÏm 2º semestre 2012 exercício de 2012 exercício de 2011 receitas da intermediação financeira operações de crédito resultado operações com títulos e valores mobiliários reversão de provisão para crédito de liquidação duvidosa despesas da intermediação financeira operações de emprestimos repasses provisão para crédito de liquidação duvidosa resultado bruto intermediação financeira outras receitas/despesas operacionais receitas prestação de serviços receitas prestação de serviços de atos não cooperativos rendas de tarifas bancárias resultado de participação em coligadas e controladas outras receitas operacionais despesas de pessoal outras despesas administrativas despesas tributárias outras despesas operacionais resultado operacional resultado não operacional resultado antes tributação do lucro e participações imposto de renda e contribuição social participações estatutárias fates/reserva legal sobras ou perdas líquidas 3.982.036,56 1.137.704,35 2.817.939,68 26.392,53 -48.909,35 0,00 -48.909,35 3.933.127,21 -1.341.748,27 292,60 1.663,62 3,36 2.566.889,58 3.212.031,52 -2.179.244,42 -950.198,11 -10.365,71 -3.982.820,71 2.591.378,94 -70.945,00 2.520.433,94 -5,97 0,00 2.520.427,97 8.739.095,08 2.324.507,43 6.177.833,44 236.754,21 -85.224,36 0,00 -85.224,36 8.653.870,72 -3.763.870,89 324,80 6.142,51 5,04 4.619.368,33 5.889.478,13 -4.103.684,25 -1.910.161,86 -25.995,84 -8.239.347,75 4.889.999,83 -71.068,07 4.818.931,76 -51,40 -963.874,16 3.855.006,20 9.901.728,36 2.104.933,11 6.495.606,31 1.301.188,94 -1.025.071,59 -137.450,79 -887.620,80 8.876.656,77 -5.179.908,56 557,20 3.393,33 5,04 3.153.271,82 3.903.237,07 -3.452.903,36 -1.660.595,27 -16.694,71 -7.110.179,68 3.696.748,21 -119.834,76 3.576.913,45 -24,01 -715.424,03 2.861.465,41 josé alves de sena diretor presidente hélio de oliveira pinha júnior diretor financeiro

[close]

p. 6

central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df sig quadra 06 lote 2080 torre ii 2º andar cep 70.610-460 brasília df cnpj 00.692.214/0001-76 demonstraÇÕes das mutaÇÕes do patrimÔnio lÍquido em reais especificaÇÕes saldos em 01/jan/2011 aumento de capital transf autorizada ago marÇo/2011 sobras do exercicio destinaÇÕes -reserva legal -fates saldos em 31/dez/2011 mutaÇÕes do exercÍcio saldos em 01/jan/2012 aumento de capital transf autorizada ago marÇo/2012 rteio sobras autorizada ago marÇo/2012 sobras do exercicio destinaÇÕes -reserva legal -fates saldos em 31/dez/2012 mutaÇÕes do exercÍcio a ng j r realizado 26.437.962,24 6.685.808,88 1.068.540,58 0,00 0,00 0,00 34.192.311,70 7.754.349,46 34.192.311,70 2.334.403,75 2.283.062,01 0,00 0,00 0,00 38.809.777,46 4.617.465,76 reserva legal 4.006.140,28 0,00 1.068.540,56 0,00 357.683,18 0,00 5.432.364,02 1.426.223,74 5.432.364,02 0,00 567.635,98 0,00 481.875,78 0,00 6.481.875,78 1.049.511,76 sobras ou perdas acumuladas 2.137.081,14 0,00 -2.137.081,14 3.576.889,44 -357.683,18 -357.740,85 2.861.465,41 724.384,27 2.861.465,41 0,00 -2.850.697,99 -10.767,42 4.818.880,36 -481.875,78 -481.998,38 3.855.006,20 993.540,79 total 32.581.183,66 6.685.808,88 0,00 3.576.889,44 0,00 -357.740,85 42.486.141,13 9.904.957,47 42.486.141,13 2.334.403,75 -10.767,42 4.818.880,36 -481.998,38 49.146.659,44 6.660.518,31 josé alves de sena diretor presidente jorge luiz moreira contador ap a-bd 5,312 as notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis hélio de oliveira pinha júnior diretor financeiro

[close]

p. 7

central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df sig quadra 06 lote 2080 torre ii 2º andar cep 70.610-460 brasília df cnpj 00.692.214/0001-76 demonstraÇÃo dos fluxos de caixa pelo mÉtodo indireto exercício 2011 d jsvmq bc a g b q rg b bcq mncp ag v tg ml g q qm `p_q ncpb_q jÛ g _l rcq bmg nm bc pcl b c b am rpg ÌÏ mqm _j os b_q k qrm l `sg ag 4.818.931,76 3.576.913,45 exercício 2012 ajustes as sobras/perdas líquidas não afetaram o caixa despesas de depreciação e amortização lucro prejuízo na equivalência patrimonial outros ajustes 4.398.696,48 220.723,25 4.619.368,33 51,40 2.929.194,84 224.100,99 3.153.271,82 24,01 variações patrimoniais afetaram o resultado/receitas e despesas aplicações interfinanceiras de liquidez títulos e valores mobiliários e instrumentos financeiros derivativos relações interfinanceiras e interdependências operações de crédito outros créditos outros valores e bens outras obrigações 14.535.084,73 15.427.703,23 32.652,50 38.875.796,69 492.726,26 223.712,17 8.194,09 8.221.028,71 1.816.575,29 15.164.999,20 1.605.708,15 3.619.626,12 4.732.212,49 125.084,70 11.441,60 3.504.520,25 caixa lÍquido proveniente das atividades operacionais fluxos de caixa das atividades de investimento aquisição de investimentos aquisição de imobilizado de uso caixa lÍquido usado nas atividades de investimento 14.955.320,01 2.464.293,90 1.064.733,08 43.759,60 7.199.233,38 62.606,31 1.108.492,68 7.261.839,69 fluxos de caixa das atividades de financiamento variações patrimoniais aumento redução de capital sobras ou perdas acumuladas 2.323.636,33 2.334.403,75 10.767,42 6.685.808,88 6.685.808,88 caixa lÍquido usado nas atividades de financiamento 2.323.636,33 6.685.808,88 aumento líquido de caixa e de equivalentes de caixa caixa e equivalentes de caixa no início do período caixa e equivalentes de caixa no fim do período 16.170.463,66 10.194.018,45 26.364.482,11 1.888.263,09 8.305.755,36 10.194.018,45 josé alves de sena diretor presidente jorge luiz moreira contador ap a-bd 5,312 as notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis hélio de oliveira pinha júnior diretor financeiro

[close]

p. 8

8 notas explicativas Às demonstraÇÕes contÁbeis 2012 valores expressos em reais r

[close]

p. 9

notas explicativas Às demonstraÇÕes contÁbeis de 31 de dezembro de 2012 valores expressos em r nota 1 contexto operacional a central das cooperativas de crédito do distrito federal ltda sicoob central df é uma instituição financeira constituída em 06 de março de 1995 de acordo com a lei 5.764/71 e normas do banco central do brasil o sicoob central df tem como objetivo principal a organização em comum e em maior escala dos serviços econômico-financeiros e assistenciais de interesse das cooperativas de crédito associadas integrando e orientando atividades bem como facilitando a utilização recíproca dos serviços nota 2 apresentaÇÃo das demonstraÇÕes contÁbeis 2.1 apresentações das demonstrações contábeis as demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no brasil considerando as normas brasileiras de contabilidade especificamente aquelas aplicáveis às entidades cooperativas a lei do cooperativismo nº 5.764/71 as normas e instruções do banco central do brasil bacen e apresentadas conforme o plano contábil das instituições do sistema financeiro nacional ­ cosif 2.2 atualizações a valor presente os ativos e passivos financeiros estão registrados a valor presente tendo em vista que os juros futuros estão em contas redutoras 2.3 descrições das principais práticas contábeis adotadas as principais práticas contábeis adotadas na elaboração dessas demonstrações contábeis estão definidas a seguir 2.3.1 disponibilidades e relações interfinanceiras caixa e equivalentes de caixa as disponibilidades e relações interfinanceiras foram avaliadas pelo custo ou valor de realização incluindo quando aplicável os rendimentos e as variações monetárias auferidas compreendem dinheiro em caixa depósitos bancários e centralização financeira de alta liquidez 2.3.2 operações de crédito as operações de crédito com encargos financeiros pré-fixados estão registradas a valor futuro retificadas por conta de rendas a apropriar a provisão para perdas com operações de crédito é constituída em montante julgado suficiente pela administração para cobrir eventuais perdas na realização dos valores a receber leva em consideração

[close]

p. 10

a análise das operações em aberto as garantias existentes a capacidade de pagamento e liquidez do tomador do crédito e os riscos específicos apresentados em cada operação contempla todos os aspectos determinados na resolução nº 2.682 do bacen que determina a classificação das operações por nível de risco 2.3.3 investimentos os investimentos são avaliados ao custo de aquisição 2.3.4 imobilizado as edificações móveis equipamentos sistemas de comunicação e equipamentos de processamento de dados estão demonstrados pelo custo de aquisição a depreciação é calculada pelo método linear para baixar o custo de cada ativo a seus valores residuais de acordo com as taxas determinadas pelo prazo de vida útil estimado 2.3.5 redução ao valor recuperável de ativos os investimentos o imobilizado e outros ativos não circulantes são revistos anualmente para se identificar evidências de perdas não recuperáveis ou ainda sempre que eventos ou alterações nas circunstâncias indicarem que o valor contábil não pode ser recuperável 2.3.6 diferido o ativo diferido foi constituído por instalação e adaptação de dependências registrados pelo custo de aquisição e classificados nessa conta conforme determinação do cosif esses gastos estão sendo amortizados pelo método linear 2.3.7 relações interfinanceiras os recursos das cooperativas singulares centralizados no sicoob central df estão demonstrados no passivo circulante na conta relações interfinanceiras 2.3.8 imposto de renda e contribuição social o imposto de renda e a contribuição social sobre o lucro foram calculados sobre o resultado apurado em operações consideradas como atos não-cooperativos o resultado apurado em operações realizadas com cooperados é isento de tributação 2.3.9 demais ativos e passivos circulantes e não circulantes os demais ativos estão apresentados ao valor de custo ou de realização incluindo quando aplicável os rendimentos os demais passivos estão demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis acrescidos quando aplicável dos correspondentes encargos 2.3.10 apuração de resultado

[close]

p. 11

as receitas e as despesas foram apropriadas mensalmente pelo regime de competência do exercício nota 3 desdobramentos das contas patrimoniais 3.1 caixa e equivalente de caixa para fins da demonstração do fluxo de caixa incluem os saldos do caixa e contas correntes em bancos com prazo original inferior ou igual há 90 dias caixa e equivalente de caixa valor caixa bancos aplicações total 3.2 aplicações os recursos disponíveis do sicoob central df estão aplicados no bancoob nas seguintes modalidades interfinanceiras de liquidez valor depósitos interfinanceiros pós-fixada total títulos e valores mobiliários instrumento de capital híbrido cotas de fundo de investimento ­ curto prazo títulos vinculados a prestação de garantias total 3.3 carteira de crédito modalidade empréstimos total 3.3.1 fluxos de vencimentos a composição da carteira de crédito em 31.12.2012 em relação aos seus vencimentos está constituída conforme a seguir vencimentos a vencer até 180 dias valor 9.128.766,64 da carteira 43,54 valor 20.965.265,08 20.965.265,08 71.629.365,51 71.629.365,51 valor 11.721,32 5.077.112,74 205.342,40 5.294.176,46 293.367,45 3.964,00 26.067.150,66 26.364.482,11

[close]

p. 12

a vencer até 181 a 360 dias acima de 361 dias total 3.3.2 provisão de crédito de liquidação duvidosa 8.901.730,31 2.934.768,13 20.965.265,08 42,46 14,00 100,00 em conformidade com a resolução nº 2.682/99 emitida pelo banco central do brasil a provisão para crédito de realização duvidosa foi baseada no atraso para devedores com débito total até r 50.000,00 para os devedores com débito total superior a esta quantia foi utilizado análise por meio de questionário de avaliação de risco instituído pelo manual de operações de crédito ­ moc em 31.12.2011 foi constituída da seguinte maneira níveis a b c de provisão 0,50 1,00 3,00 total saldo carteira 5.025.161,89 9.139.382,54 6.800.720,65 20.965.265,08 provisão constituída 25.125,80 91.393,83 204.021,62 320.541,24 saldo líquido 5.000.036,09 9.047.988,71 6.596.699,03 20.644.723,84 houve uma redução no valor de r 151.529,85 em provisão de crédito de liquidação duvidosa de 2011 para 2012 conforme abaixo saldo anterior transferência para prejuízo 472.071,09 0,00 provisão constituída 85.224,36 reversão de provisão 236.754,21 saldo atual 320.541,24 3.4 investimentos descrição bancoob confebrás sicoob confederação confederação dos auditores cnac corretora annellus total valor 37.043.102,03 28.671,48 1.497.789,39 19.900,77 12.500,00 32.917.862,26 o investimento no bancoob foi avaliado pelo método de equivalência patrimonial com base no patrimônio liquido com saldo atualizado pelo balancete de novembro de 2012 3.5 imobilizado demonstrado pelo custo de aquisição as depreciações foram calculadas pelo método linear com base em taxas determinadas pelo prazo de vida útil estimado.

[close]

p. 13

descrição imóveis de uso edificações móveis e equipamentos sistema de comunicação sistema de processamento de dados total 3.5.1 valor recuperável de ativos 3.5.1.1 imóveis de uso valor 3.816.689,60 171.186,10 15.798,46 405.408,42 4.409.082,58 depreciação acumulada 611.518,55 86.660,85 8.121,14 281.669,51 987.970,05 valor líquido 3.205.171,05 84.525,25 7.677,32 123.738,91 3.421.112,53 taxa de depreciação 4 aa 10 aa 10 aa 20 aa para atender às normas internacionais de contabilidade e ao pronunciamento técnico cpc 01 visando assegurar que os ativos não estejam registrados contabilmente por um valor superior àquele passível de ser recuperado no tempo por uso nas operações da entidade foi efetuado duas avaliações do imóvel pela bolsa de imóveis do brasil e pela bolsa de negócios imobiliários do rio de janeiro onde está localizada esta central constatou-se que o imóvel teve avaliação superior ao registro contábil atendendo a previsão legal 3.5.1.2 ­ demais imobilizados não foram realizados testes de estimação do valor recuperável nos bens móveis e equipamentos sistema de comunicação e de processamento de dados previsto na resolução 3.566/08 do conselho monetário nacional diante da pouca representatividade no patrimônio da instituição 3.6 diferido está demonstrado pelo valor de aquisição com as amortizações calculadas pelo método linear com base no prazo determinado o diferido encontra-se distribuído conforme tabela abaixo descrição instalação e adaptação de dependências total 3.7 intangível está demonstrado pelo valor gasto com aquisição de licença do sisbr com amortização calculada pelo método linear descrição sistema de processamento de dados total valor 40.000,00 40.000,00 amortização acumulada 14.333,19 14.333,19 valor taxa de líquido depreciação 25.666,81 10 aa 25.666,81 valor 117.030,93 117.030,93 amortização acumulada 19.411,28 19.411,28 valor líquido 97.619,65 97.619,65

[close]

p. 14

3.8 relações interfinanceiras as relações interfinanceiras referem-se aos depósitos efetuados pelas filiadas conforme determinado no regimento interno descrição centralização financeira total 3.9 outras obrigações descrição sociais e estatutárias fiscais e previdenciárias diversas total destacam-se na rubrica acima os seguintes valores 3.9.1 sociais e estatutárias os valores registrados em sociais e estatutárias estão assim divididos descrição fates resultado de atos com associados fates ­ resultado atos com não associados total valor destinado 481.875,78 122,60 saldo atual 607.256,37 551,95 607.808,32 saldo atual 607.808,32 115.971,05 1.783.780,06 2.507.559,43 valor 92.404.925,31 92.404.925,31 o fates com associados é constituído com a destinação de 10 das sobras brutas dos exercícios conforme determinação estatutária o fates de atos com não-associados é constituído do resultado positivo de operações com não associados a classificação do fates em conta de passivo segue determinação do plano de contas do cosif É destinado às atividades educacionais à prestação de assistência aos cooperados seus familiares e empregados do sicoob central df 3.9.2 fiscais e previdenciárias os impostos fiscais e previdenciários estão assim divididos descrição impostos e contribuições s serviços de terceiros impostos e contribuições sobre salários saldo 4.800,30 111.147,28

[close]

p. 15

outros impostos a recolher total 23,47 115.971,05 em impostos e contribuições sobre salários estão registrados o irrf no valor de r 29.552,00 o inss de r 59.818,13 o fgts de r 19.292,87 o pis de r 2.444,28 e a contribuição sindical de r 40,00 de dezembro de 2012 a recolher em janeiro de 2013 3.9.3 diversas os valores registrados em diversos estão assim divididos descrição obrigações por prestação de serviços de pagamento provisão para pagamentos a efetuar credores diversos ­ país total saldo 18.200,00 332.337,80 1.433.242,26 1.783.780,06 em obrigações por prestação de serviços de pagamento está registrado os honorários a pagar em provisão para pagamentos a efetuar estão registrados as despesas de pessoal no valor de r 284.748,32 e outras despesas administrativas de r 47.589,48 em credores diversos ­ país os principais registros são crédito de filiadas no valor de r 588.717,27 apoio financeiro do sescoop de r 173.119,20 e recursos das cooperativas disponibilizados na centralização financeira de r 617.940,67 3.10 patrimônio líquido descrição capital social reserva legal sobras ou perdas acumuladas total 3.10.1 -capital social o capital social está representado por cotas no valor nominal de r 50,00 cada pela participação de 15 cooperativas integralizado conforme política de capitalização da central 3.10.2 reserva legal a reserva legal destinada a reparar perdas e atender ao desenvolvimento de suas atividades é constituída de 10 das sobras brutas dos exercícios conforme determinação estatutária teve neste exercício um incremento de r 481.875,78 3.10.3 sobras ou perdas acumuladas saldo 38.809.777,46 6.481.875,78 3.855.006,20 49.146.659,44

[close]

Comments

no comments yet