Folha do Sindipúblicos n.103

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

folha do vitória/es abril de 2013 edição 103 prédios públicos ameaçam desabar tragédia anunciada servidores correm risco de morte risco de incêndio falta de fiscalização dos bombeiros compromete segurança da população coluna da rádio es extintor do ipajm editorial estado premia falta de investimento e planejamento pág 4 sindicato na luta por um auxílio-alimentação digno pág 5 ilegal mais de três mil novos temporários no estado pág 6

[close]

p. 2

folha do especial pedaços de mais de três quilos caem de marquise sobre servidores recentes acidentes comprovam a necessidade de reformas urgentes na infraestrutura dos serviços públicos estaduais servidora segura pedaços da marquise do prédio do ipajm que ameaça a vida dos servidores t rabalhar como servidor público no espírito santo tem sido uma verdadeira aventura visitamos diversos prédios de autarquias órgãos e secretarias estaduais e com ajuda profissional detectamos inúmeras irregularidades que colocam em risco a vida de todos que por ali transitam ipajm ipajm uma das situações mais alarmantes é a sede do ipajm no dia 20 de fevereiro parte da marquise de um dos edifícios caiu causando um rasgo na cobertura de zinco anexa à sala da presidência os pedaços pesam em torno de 3 quilos e caíram de uma altura de mais de 10 metros infelizmente até a publicação desse jornal nada foi feito para amenizar o perigo de novas quedas menos de uma semana depois os servidores do ipajm foram surpreendidos por mais um incidente desta vez um grande vazamento ocasionado por erros durante a limpeza na caixa d água causou a interdição das salas do segundo andar do prédio da av vitória agravando ainda mais a precariedade das instalações que apre sentam grandes rachaduras vazamentos goteiras fiação exposta entre outros problemas que colocam em risco a vida dos servidores toda a situação dos prédios do ipajm é agravada pela falta de um plano de emergência em caso de algum sinistro até mesmo alguns extintores estão sem a devida manutenção registrando a necessidade urgente de recarregar irregularidades essas reforçadas pela não divulgação de alvará dos bombeiros detran no dia 18 de janeiro o teto de gesso do centro de atendimento renach car detran localizado em santa luiza vitória/es desabou danificando equipamentos e móveis segundo informações dos servidores desde novembro/2009 a estrutura em questão apresentava sinais claros de comprometimento no final de março o teto de uma outra sala no mesmo prédio também desabou a situação no detran poderia ter sido evitada em 2010 a autarquia comprou um edifício na av fernando ferrari no valor de r$17 milhões mesmo sem ocupá-lo já desembolsaram mais de 78 mil reais de condomínio o detran justificou que o prédio de seis andares necessita de adequações no valor de r 5 milhões equipamentos registram necessidade de manutenção idurb iases rezo sempre antes de vir trabalhar estamos colocando nossas vidas em risco neste lugar se fosse um prédio privado já teriam interditado desabafa um servidor josé elias marçal presidente do ipajm conversou com nossa equipe de reportagem estamos muito preocupados e trabalhando para evitar novos acidentes até que os três prédios sejam totalmente desocupados ele garantiu que em um prazo de 6 meses todos os setores inclusive a perícia sejam transferidos para um edifício alugado localizado na av cesar hillal marçal destacou que imediatamente após a desocupação os atuais prédios serão demolidos para que no local seja construída a nova sede da autarquia no idurb os servidores estão disputando espaço com muita poeira barulho entulhos e profissionais da construção civil no mesmo ambiente em que desenvolvem seus trabalhos sala interditada após infiltração entulho em sala de trabalho no idurb 2 vitÓria/es abril de 2013

[close]

p. 3

acesse www.sindipublicos.com.br uma das salas do renach em que o teto desabou à direita instalações inadequadas na rvt além do incômodo a situação tem ocasionado problemas de saúde como crises de rinites e sinusites colocando em risco a integridade física dos servidores devido a possíveis acidentes como o desabamento no final de fevereiro de um pedaço do teto de gesso em uma das salas em nota a presidência da autarquia comunicou que está buscando minimizar os efeitos em relação a ruídos e poeira próprios de construção civil e que o término da obra iniciada em agosto de 2012 está previsto para agosto deste ano devido ao forte cheiro de queimado saíram às ruas a última ocorrência foi no dia 11 de março na ocasião o sindipúblicos recebeu diversas ligações de servidores visivelmente abalados e com medo de toda a situação o diretor administrativo do iases lindomar josé gomes realizou reuniões com os servidores orientando sobre medidas preventivas que já estão sendo tomadas uma dessas é o absurdo rodízio de servidores comprometendo a rotina de trabalho na autarquia banho as instalações dos aparelhos também apresentam sinais de irregularidades com fiação exposta limo e fitas de isolamento soltas o prédio é mais um que não possui alvará do corpo de bombeiros fixado em local visível e nem escada de emergência com porta cortachamas iema depois dos servidores colocarem por anos a vida em risco em laboratórios sem estrutura e inclusive com a inadequada destinação dos produtos químicos sendo despejados em um riacho o iema iniciou uma reforma no entanto o risco continua ao não receberem adequadamente diversos equipamentos de proteção individual epis como luvas máscaras botas entre outros.s sobrecarga elétrica compromete sede do iases fiação exposta em meio a lodo no ed fábio ruschi sefaz na sefaz o prédio apresenta muita infiltração com risco até mesmo da marquise cair em cima dos pedestres como denunciado em a gazeta no dia 19 de fevereiro parte do reboco já caiu e o local apresenta muito limo e poças na calçada provenientes da água que pinga dos aparelhos de ar-condicionado segundo informações da sefaz a nova sede localizada na enseada do suá deverá ser entregue em julho de 2013 e a transferência de todos os servidores que atuam no centro de vitória será feita gradativamente após a entrega do prédio rtv na rádio espírito santo até mesmo o pórtico de entrada apresenta rachaduras que colocam em risco os pedestres que por ali aguardam ônibus dentro servidores denunciam também várias irregularidades muita fiação solta emendas e a necessidade de uma reforma urgente na tve não é diferente problemas como goteiras fiação entre outras afetam a estrutura do teatro carmélia que serve como atual sede da televisão estatal os servidores também reclamam da falta de condições de trabalho com instalações precárias equipamentos obsoletos e risco de incêndio iema ainda não resolveu a falta de epis iases para evitar tragédias até racionamento de energia está acontecendo a precariedade da rede elétrica na sede do iases localizada no ed portugal no parque moscoso é tão grave que os servidores denunciam que para evitar possíveis acidentes estão sendo obrigados a usarem apenas um pc em cada setor e não ligarem os aparelhos de ar-condicionado também relataram diversos casos de pânico onde seger situação semelhante no prédio da seger onde os aparelhos de ar-condicionado funcionam como se fossem uma chuva artificial ao redor do edifício deixando o piso escorregadio É quase impossível andar na calçada sem receber um outros prédios também já se mostram saturados como o da secretaria de saúde o tamanho da sede não comporta mais a quantidade e as necessidades dos funcionários ocasionando transtornos e dificuldades no desenvolvimento dos trabalhos prejudicando inclusive o atendimento à população no interior do espírito vitÓria/es abril de 2013 3

[close]

p. 4

folha do santo a situação também não é diferente servidores do idaf e do incaper relatam problemas estruturais em diversas unidades com infiltrações mofo e rachaduras não adianta apenas instalá-los nos edifícios tem que ter vistoria periódica constatamos extintores indicando necessidade de recarga o que significa que estaria sem pressão em caso de algum incêndio esse poderia não funcionar marcela ainda reforçou que segundo a nr-23 cada pavimento deve ter no mínimo dois extintores em casos extremos como no ipajm a professora lembrou que o estado deve fazer os reparos corretivos emergênciais nas estruturas evitando novos acidentes o sindipúblicos preocupado com a vida dos milhares de servidores que estão trabalhando em locais precários tem notificado os órgãos de fiscalização competentes bombeiros crea defesas civil iopes ministério do trabalho e emprego mte para que as autoridades tomem providências o sindicato ainda alerta que conforme o decreto 2423 de dezembro de 2009 e a lei 9269 de julho/2009 o alvará de licença do corpo de bombeiros alcb é um documento obrigatório e que o responsável pela edificação ou área de risco deverá expor a via própria do alcb em local visível no entanto nos prédios públicos parece que os gestores tratam esse documento como sigiloso além de não fixá-lo em local visível ainda negam o acesso à documentação de segurança a mesma legislação ainda determina que após a emissão do alcb sendo constatada qualquer irregularidade nas medidas de segurança contra incêndio e pânico previstas neste decreto o cbmes providenciará a sua cassação e determina como infração grave ter as medidas de segurança contra incêndio e pânico incompletas ou em mau estado de conservação É incompreensível os atuais gastos milionários com aluguéis inclusive de prédios deficitários É preciso ainda um programa de manutenção contínua e permanente dessas edificações para não deixar que aconteça situações como a do ipajm que devido anos de descaso não comporta nem mais uma reforma esperamos que o governo estabeleça com urgência um plano de reestruturação predial dos órgãos públicos adquirindo e/ou construindo novos imóveis dando prioridade às situações mais graves o outro lado procurados pela nossa equipe de reportagem o corpo de bombeiros e o iopes não quiseram falar sobre o assunto e repassaram a demanda para a seger leila casagrande subsecretária de administração enfatizou garantir a segurança e a integridade física a todos é dever do estado os servidores colocam suas vidas em risco ao atuar em diversos prédios que não oferecem as mínimas condições um fato como o da marquise do ipajm é inaceitável demos sorte de ninguém ter se ferido mas poderia ter ocorrido até mesmo uma morte devido ao tamanho do reboco e a altura de onde caiu destaca gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos leila casagrande a responsabilidade da manutenção dos prédios é do gestor de cada unidade o iopes atua apenas por demanda quanto aos diversos problemas de segurança encontrados como a falta de portas corta-fogos a subsecretária reconheceu que muitos prédios são antigos e a realização das recomendações dos bombeiros se tornaria inviável mas não admitiu que a ausência desses dispositivos de segurança e adequações poderia agravar uma tragédia quanto aos alvarás dos prédios a seger não soube informar se estão em dia leila destacou que os gestores são orientados a seguirem as recomendações dos bombeiros procuramos uma visão técnica sobre os fatos a professora de segurança do trabalho da faculdade novo milênio marcela de morais da silva ficou assustada com tantas irregularidades a situação é muito precária não existem condições mínimas de segurança É incoerente o governo do estado aprovar uma legislação mas esse mesmo não segui-la É de fundamental importância a prevenção de acidentes com manutenção periódica alvarás em dias e treinamentos com tanta precariedade ela destacou a importância do governo realizar treinamentos os servidores devem saber como se comportar adequadamente em situações de emergências a manipulação errada de um extintor por exemplo pode ocasionar até a perda dos dedos da mão já que o jato chega à -60ºc ela alertou ainda que é muito importante a manutenção dos equipamentos de prevenção bombeiros não fiscalizam adequadamente os prédios públicos o sindicato constatou diversas irregularidades como extintores descarregados falta de equipamentos de segurança e ausências de alvarás em local visível que comprovam a ineficiência da fiscalização não se tem notícia de nenhum tipo de notificação encaminhada aos gestores das autarquias exigindo providências o comandante geral do corpo de bombeiros do es cel edimilton ribeiro aguiar junior foi procurado pelo sindipúblicos mas sua assessoria informou que ele não irá se pronunciar editorial estado premia falta de investimento e planejamento p or mais esforço que o servidor faça não encontra condições de trabalho no estado do espírito santo funcionários públicos correm risco de morte em prédios sem as mínimas condições de segurança planos de carreiras ocasionam debandadas dos servidores para a iniciativa privada e dirigentes sem condições técnicas fazem parte da realidade cotidiana da administração pública em contrapartida o governo estadual criou o programa mais por menos que premia gestores que reduzem os investimentos na prestação de serviço à sociedade um prêmio ao quê a falta de investimentos o ipajm que possui prédios caindo na cabeça dos servidores com inúmeras rachaduras infiltrações entre outras falhas foi um dos agraciados os servidores do instituto denunciam que os computadores são obsoletos a internet é de baixa velocidade os softwares são arcaicos além da estrutura física não oferecer nenhuma segurança e não foi só o ipajm que mesmo com tanta precariedade foi premiado outras autarquias e órgãos com sérios problemas também receberam o prêmio como é o caso do detran sefaz iema seger aderes apees arsi aspe cbmes detran dio esesp fames fapes idaf ijsn incaper iopes jucees prodest seag sedes seg sep sesp setop setur e supin se o governo pretende oferecer a população um serviço público de qualidade é preciso valorizar o servidor e fazer investimentos urgentes para reverter um quadro que se mostra cada vez mais degradante no lugar de querer tapar o sol com a peneira com esses verdadeiros prêmios a ineficiência do estado 4 vitÓria/es abril de 2013

[close]

p. 5

acesse www.sindipublicos.com.br reivindicaÇÕes servidores discutem alinhamento dos planos de carreiras são apresentados pela seger os planos de carreira para o idaf iema e incaper dalidade de gestão com a aprovação do plano de carreiras ainda em 2012 agora começa a ser implantado também em algumas autarquias sendo as primeiras o der idaf incaper e iema pela nova política de gestão de pessoas lei 637/2012 as carreiras serão estruturadas em quatro classes para superior e três para médio com interstícios de progressão entre 2 e 3 além de promoção de 15 10 e 5 para o nível superior e 15 e 10 para o médio as carreiras serão compostas por 15 referências para fins de progressão funcional existem avanços nessa nova política principalmente no que se refere aos critérios técnicos e objetivos quanto à promoção e progressão nas carreiras antes muitas vezes o reconhecimento de um servidor se dava por critérios eminentemente subjetivos privilegiando alguns em detrimento de outros no entanto é preciso avançar ainda mais fazer com que o governo atenda melhor às especificidades de cada categoria deixando os critérios ainda mais transparentes o serviço público deve ser tratado dentro de um sistema no qual todos estejam contemplados de forma igualitária não há mais espaço para tratamentos diferenciados pautados em interesses políticos para conhecer os planos acesse iema http migre.me/dgzv0 incaper http migre.me/dgzzl idaf http migre.me/dgzap servidores participam da apresentação a pós muitos anos de lutas o sindipúblicos junto com os servidores pressionaram o governo estadual para que implantasse uma nova política de valorização profissional no serviço público os trabalhadores da saúde foram os primeiros a serem incluídos nessa nova mo sindicato aponta perdas salariais chegam a 60 por um auxílio-alimentação de no mínimo r 666,22 da para desempenhar suas tarefas reforça o presidente do sindipúblicos enquanto os servidores públicos do executivo recebem esses valores tão baixos os do legislativo judiciário e do ministério público que é do poder executivo recebem a partir de r 800,00 para alimentação todos necessitam se alimentar bem são dezesseis anos sem qualquer recomposição nos demais poderes e no próprio mp que está vinculado ao poder executivo as justas correções vêm ocorrendo ano a ano merecemos um tratamento igualitário destaca rodrigo da rocha rodrigues diretor do sindipúblicos o sindicato defende que todos os servidores públicos tanto os que recebem por subsídio ou por vencimentos tenham direito ao auxílioalimentação digno a seger já acatou a reivindicação do sindipúblicos e aguarda um posicionamento do conselho da pge o sindipúblicos encaminhou à seger um pedido de correção salarial de 59,52 tendo por base a inflação acumulada nos últimos dez anos e a aplicação integral do índice inflacionário apurado entre abril de 2012 a março de 2013 estimado em 7,10 acrescido do resíduo do ano de 2012 0,47 estudo realizado pelo sindicato utilizando o inpc do ibge apontou que os servidores nos últimos onze anos além de não terem recebido nenhum aumento real acumulou mais de 60 de perdas salariais o sindicato tem cobrado todos esses anos a atualização dos valores dos salários estamos lutando para que o governo corrija essa injustiça precisamos de ganho real para minimizar as perdas o espírito santo tem um dos custos de vida mais altos e em contrapartida temos um salário muito aquém do mercado comentou gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos o sindipúblicos reiterou à seger no último dia 23 de fevereiro o reajuste do auxílio-alimentação concedido aos servidores públicos do executivo desde 1997 o valor é de r 132,00 para os servidores com carga horária de 30 horas e de r 176,00 para os que laboram 40 horas sendo insuficiente para a alimentação diária dos trabalhadores o auxílio-alimentação hoje deve ser no mínimo atualizado pelo indice do igp-m fgv Índice geral de preços do mercado acumulado durante todos esses anos chegando-se assim ao valor de r 666,22 tivemos uma perda significativa do poder de compra entendemos que o trabalhador necessita de uma alimentação de qualidade e balancea vitÓria/es abril de 2013 5

[close]

p. 6

folha do vitÓria sindicato vence mais um desmando do governo servidores da jucees tem auxílio transporte garantido na justiça ato secreto na junta comercial o sindipúblicos garantiu na justiça em dezembro de 2012 que a junta comercial do estado do espírito santo jucees voltasse a conceder o auxílio transporte aos seus servidores além de indenizá-los por todo o tempo em que o benefício deixou de ser pago incorrendo em juros e correção monetária em 2011 a subsecretária de recursos humanos sandra bellon orientou para que a jucees retirasse o auxílio transporte dos seus servidores ao tomar essa atitude bellon infringiu o acordo coletivo entre a jucees e os servidores sustentado inclusive pela lc46/88 bellon até tentou mas sem sucesso de vido a atuação do sindipúblicos jogar no lixo uma conquista histórica na qual por mais de 30 anos os servidores da jucees mesmo os que não optaram por subsídios sempre receberam o auxílio transporte por situações como essas o sindipúblicos reforça que a escolha da equipe de administradores para o serviço público deve se pautar em critérios técnicos porém não é isso que se percebe no espírito santo cargos em comissão têm servido como cabides de emprego para alocar amigos e parentes de políticos aliados o que gera uma administração pública ineficiente e causa sérios prejuízos financeiros ao estado como esse da jucees o presidente da jucees paulo vieira pinto negou acesso do sindipúblicos ao processo administrativo de apuração de infração funcional do servidor público alegando que o processo diria respeito exclusivamente à parte investigada como regra geral os atos praticados pelos agentes administrativos não podem ser secretos portanto salvo as ressalvas legalmente estabelecidas o processo administrativo deve ser acessível ao público em geral não apenas às partes envolvidas a prestação de serviço público não diz respeito somente ao órgão ou entidade a que está vinculada mas sim a toda sociedade condutas ilícitas praticadas por servidor público é de interesse da coletividade e o princípio constitucional da publicidade deve ser respeitado pois o direito à informação é um dos principais meios que a sociedade tem para fiscalizar seus administradores públicos novos tempos velhos hábitos por óbvio o sindipúblicos tomará as medidas cabíveis a fim de resguardar o direito da sociedade de ter acesso às informações públicas denÚncia casagrande insiste na contração ilegal de 3 mil novos temporários espírito santo é o estado com maior número de dt´s do país r ecentemente a assembleia legislativa a polícia militar seger sedu sesa e o ministério público anunciaram a contratação de servidores por designação temporária essa atitude mostra um total descompasso entre a política do governo estadual que tem se esforçado em dizer na apresentação do novo plano de pessoas e carreiras que estaria preocupado em valorizar e moralizar o serviço público porém a prática está sendo outra no lugar de reduzir o número de comissionados e temporários o governo continua a permitir a abertura ilegal de milhares de vagas a justificativa como sempre é a demanda emergencial e específica o que demonstra o despreparo dos gestores já que todas as vagas criadas só são emergenciais por esses terem durante anos deixado de abrir concursos públicos para atender realmente a demanda se realmente existe alguma emergência essa não é recente e apenas reflete a falta de planejamento do governo em não realizar concursos que realmente atendam as demandas do estado comenta gerson correia de jesus presidente do sindipúblicos público não acontecerão enquanto o governo do estado não respeitar os preceitos constitucionais em especial o princípio do concurso público e as limitações à criação de cargos temporários cabideiro estadual sedu 1,5 mil professores para acompanhar alunos candidatos do enem e/ou vestibulares em recente pesquisa divulgada pelo ibge o estado possui o maior percentual de temporários do país 37,9 atrás do espírito santo aparecem paraíba 35,7 e pernambuco 30,9 exemplo do excesso de temporários é o detran são praticamente 3 `chefes para cada servidor efetivo o sindicato defende a abertura de concursos públicos e destaca que vagas temporárias ou comissionadas só podem ser criadas segundo a constituição em casos excepcionais a moralização e profissionalização do serviço ales 540 comissionados 18 assessores para cada parlamentar seger 500 vagas para assistente de gestão sesa 413 temporários em diversas especialidades polÍcia militar 300 pms para atuar em guardas e plantões internos ministÉrio pÚblico 90 vagas para assessor de promotoria 6 vitÓria/es abril de 2013

[close]

p. 7

acesse www.sindipublicos.com.br denÚncia falta transparência e padronização nas penalidades do iema pesquisa apontou falhas na fiscalização e aplicação de penalidades esquisa realizada pela assiema associação dos servidores do iema entre os trabalhadores do instituto em julho de 2012 durante a gestão aladim cerqueira apontou ausência de diretriz única com padrões e falta de critérios objetivos e transparentes na fiscalização e na aplicação de penalidades do iema a pesquisa só foi publicada em novembro de 2012 em face do vasto material coletado sendo necessário um extenso período de apuração e elaboração de uma diagramação que facilitasse a compreensão dos fatos apurados os servidores apontaram diversas falhas no sistema de fiscalização e aplicação de penalidades sfap do iema entre elas o favorecimento às grandes empresas prejudicando a sociedade o `zé da couve é punido multado e tem seu nome incluído até na dívida ativa mas as grandes empresas quando são multadas o iema por critérios nunca explicitados p reduz o valor da penalidade em até 90 ou cancela desabafa um dos servidores entre os problemas detectados estão a falta de material imprecisão para a valoração de multas falta de capacitação pressão da diretoria e chefia para amenizar as punições não recebimento dos blocos dos autos de intimação embargo e interdição material de trabalho essencial ao exercício da atividade de fiscalização e controle ambiental essas dificuldades são comprovadas em números a maioria dos servidores não aplicou mais do que 03 multas em toda sua atuação no iema e 34 nunca sequer aplicou uma multa e quando aplicam essas são reduzidas quando não canceladas exemplo disso pode ser verificado no planejamento estratégico do iema de 2011 o documento relata que o instituto arrecadou r 2 milhões no período de um ano no entanto apenas uma multa aplicada em uma grande empresa no mesmo ano teve o valor de r 3 milhões o documento questiona o excessivo número de penalidades canceladas ou reduzidas pelo iema em especial pelo consema este inclusive sendo presidido inconstitucionalmen te pelo próprio presidente do iema mais de 80 dos servidores desconhecem os critérios adotados para a redução ou anulação das penalidades aplicadas pelo iema nesse sentido é necessária a revisão destes critérios e a orientação do corpo técnico quanto a seu teor e sugere-se a disponibilização das informações sobre redução e anulação de penalidades conferindo maior transparência e credibilidade a este processo com tantos problemas detectados o documento aponta que a atual estrutura do sfap limita a ação e a eficiência do órgão na coerção de atividades lesivas ao meio ambiente e desestimula o trabalho dos servidores a pesquisa reforça as diversas denúncias já encampadas pelo sindipúblicos sobre os problemas no iema o espírito santo só terá seu meio ambiente realmente protegido quando o governo deixar de utilizar o iema como barganha e moeda de troca dando autonomia à autarquia confira o diagnóstico completo acesse http migre.me/dimtx curtas e diretas reforma elÉtrica jucees pelo visto cabeamento elétrico está entre os bens mais caros no mercado essa conclusão pode ser feita pelo valor astronômico de r$958.925,01 que o governo afirma ter sido desembolsado na reforma de instalações elétricas da sede da junta comercial/es deputado theodorico ferraço citado na operação derrama para presidência da casa pelo fim da violÊncia contra as mulheres o fórum de mulheres do espírito santo fez um ato público na praça costa pereira no dia 08 de março como forma de conscientização da importância de denunciar as agressões contra as mulheres foram realizadas diversas atividades como café da manhã corte de cabelo maquiagem distribuição de preservativo feminino entre outras faixas e uma intervenção artística com sapatos e flores lembravam as diversas mulheres assassinadas no espírito santo ainda na semana da mulher o sindicato iniciou a discussão para criação do coletivo de mulheres do sindipúblicos eficiÊncia É difícil concluir se a exoneração do secretário de segurança henrique herkenhoff foi pela eficiência ou incompetência de sua gestão nos poucos meses à frente da pasta diversas operações como a derrama e a pixote desarticularam esquemas de corrupção que envolvia gestores públicos como prefeitos presidentes de autarquias ex-prefeitos entre outros políticos o problema teria sido os índices de criminalidade não terem diminuído futuro ou passado segundo matéria no estadão a exoneração poderia ser pelo futuro das próximas ações de herkenhoff que afirma ter sofrido `pressões fortíssimas nos bastidores políticos consta que muito além da derrama seria mais lógico que o crime organizado e a corrupção temessem pelo que ainda poderia acontecer destaca o jornal mas agora tudo é passado inclusive o novo secretário andré garcia que já esteve à frente da pasta confira a matéria de o estado de são paulo em http migre.me/dqxta habemus casagrande o governador parece estar disposto a concorrer uma vaga no vaticano com tanta caridade ao agregar diversos ex-prefeitos e até mesmo políticos denunciados pelo tj-es e mp-es a `compaixão parece estar falando mais alto a mais nova acolhida é raquel ferreira mageste lessa denunciada pelo ministério público estadual em ações penais e por improbidade administrativa foi nomeada diretora presidente do idurb pontÍfice concorrido casagrande tem um forte concorrente em sua missão de caridade léo carlos cruz o presidente da ceturb tá muito bonzinho com as empresas satélite e netuno mesmo tendo apresentados os piores índices de pontualidade do transcol a punição foi irrisória essa bondade toda tem saído cara para a população que espera horas por um ônibus muitas vezes sem condições de circular faesa É sindicalizado ao sindipúblicos e estudante da faesa entre em contato conosco pelos telefones 27 3205-4550 3205-4561 ou envie um e-mail para comunicacao@sindipublicos.com.br para tratarmos de assunto de seu interesse toda regra tem sua `excessÃo em recente encontro de corregedorias a subgerência de administração chefiada por maria leila casagrande num título de palestra escreveu exceção com ss ou seja excessão consultando o dicionário facilmente se constata que a palavra exceção somente existe em nosso vernáculo com ç o equívoco foi observado por servidores na palestra porém além da falta de conhecimento da língua portuguesa faltou humildade tanto da subgerente como do palestrante para reconhecerem o erro tentaram inclusive nos fazer acreditar que excessão com ss seria um termo jurídico tenham piedade da nossa língua portuguesa derrama reelege ferraÇÃo no dia 01 de fevereiro o fedip fórum estadual em defesa do interesse público ­ realizou um ato com dezenas de manifestantes pedindo maior transparência e a punição dos envolvidos na operação derrama pelo ministério público mesmo com muitos protestos no mesmo dia a assembleia legislativa em sessão secreta já que os cidadãos foram impedidos de acompanharem a votação reelegeu o vitÓria/es abril de 2013 7

[close]

p. 8

folha do estratÉgia diretoria e delegados realizam planejamento da gestão 2013/2015 d urante os dias 26 27 e 28 de fevereiro a diretoria executiva suplentes conselho fiscal e delegados dos sindipúblicos estiveram reunidos no centro de treinamento dom joão batista vitória realizando o planejamento da gestão 2013/2015 após levantarem os principais desafios da gestão que se inicia foram discutidas propostas e ações para fortalecer a atuação do sindicato visando uma valorização dos servidores públicos podemos melhorar a nossa atuação definindo as melhores ações para implantarmos durante os próximos anos comentou gerson entre as metas aprovadas estão ampliar as atividades de formação com uma linguagem adequada ao público alvo intensificar a comunicação com a base fortalecer o setor jurídico para defender direitos dos desrespeitados equilibrar as finanças do sindicato implementar ações nas áreas de saúde e previdência articular ações com demais sindicatos e movimentos sociais atuar para melhorar a valorização do servidor público e intensificar o trabalho de base diretoria reunida define estratégias para os próximos anos não adianta irmos à luta sem definirmos estratégias fizemos muitas discussões sobre como qualidade de vida vamos caminhar moderação a caminhada deve ser feita de 30 ­ 60 minutos três a seis vezes por semana comece aos poucos aumente o tempo e a frequência de forma gradativa horário prefira as manhãs antes das 10h e após as 16h lembre-se de usar filtro solar alimentação e hidratação coma alimentos leves pelo menos 1h antes da atividade e beba água antes durante e após a caminhada aposentados com passeios garantidos até o final do ano o a caminhada é uma ótima opção de atividade física por vários motivos qualquer pessoa pode praticar é barata e pode ser realizada quase que em todo lugar para que sua caminhada seja mais eficiente seguem algumas dicas acompanhamento antes de praticar qualquer atividade física consulte seu médico para saber se você está ou não apto para a atividade alongamento auxilia na agilidade facilitando a caminhada além de aquecer a musculatura e articulações preparandoos para o exercício postura mantenha a cabeça erguida abdome contraído e cotovelos à 90º recomendação não caminhar carregando pesos e nem com sacolas plásticas enroladas ao corpo a primeira atitude sobrecarrega a musculatura já a segunda impede que o corpo transpire de forma correta boa caminhada por ana maria de oliveira ventorim graduada em ed física ufes pós-graduada em atividade física adaptada e saúde ugf e certificada no método pilates physiopilates anamariaventorim@hotmail.com s aposentados já podem se planejar para os novos passeios de 2013 em julho a viagem será para raposo rj e região em agosto os aposentados irão visitar o santuário do divino pai eterno e caldas novas go já em outubro será a vez de conhecerem a cidade das serestas conservatória rj e no final do ano o destino será o circuito das Águas em minas gerais visitando as cidades de são lourenço caxambú soledade de minas e baependi município onde estão os restos mortais de nha chica em processo de beatificação e canonização pelo vaticano cada detalhe é pensado pela diretora djanira dondoni estamos sempre buscando atender as demandas dos aposentados sempre me preocupo em oferecer segurança conforto e bem estar destaca djanira programe-se 04 a 07/07 raposo rj e regiÃo 15 a 23/08 santuÁrio do divino pai eterno e caldas novas go 24 a 28/10 conservatÓria rj 06 a 11/11 circuito das Águas em mg informações 3205 4550 expediente diretoria executiva presidente gerson correia de jesus vice-presidente maria madalena de lucena e c lyra secretária geral erleide bragança l ribeiro secretário de administração finanças e patrimônio haylson de oliveira secretário de cultura imprensa e comunicação rodrigo da rocha rodrigues secretário de assuntos jurídicos rosana de freitas jordem secretária de organização saúde previdência e aposentados lucia helena reis costa secretário de relações e formação sindical josé roberto gomes suplentes djanira dondoni samir serodio amim rangel ulisses louzada montovani aryone bourguignon vidal sérgio renato vicente da silva janio batista maria de lourdes dos santos dias andré dos santos conselho fiscal marcelo moreira dias duarte lea freitas reis da silva deusa maria pimentel pereira suplentes rosangela rangel santana luís carlos minchio hildete patrocínio cypreste produção jornalista responsável douglas dantas mtb 1800 jp/es diagramação fabiana bissoli fotos sindipúblicos secom/es e divulgação participe das nossas redes sociais fb.com/sindipublicoses rua gama rosa 111 centro vitória es tel 27 3205-4550 twitter.com/sindipublicoses 8 vitÓria/es abril de 2013

[close]

Comments

no comments yet