Revista o Farmacêutico em revista - ed 97 - 2º| 2012

Embed or link this publication

Description

Residência Multiprofissional em Saúde: Uma nova perspectiva Profissional

Popular Pages


p. 1

® crf-pr revista do conselho regional de farmácia do estado do paraná edição nº 97 2º 2012 março/abril residência multiprofissional em saúde:uma nova perspectiva profissional reportagem especial conselho de farmáica a sua maior conquista crf-pr em ação crf-pr participou da reunião geral dos conselhos de farmácia descarte de medicamentos aprovado projeto de lei que prevê a coleta de medicamentos vencidos p.12 p.34 p.42

[close]

p. 2



[close]

p. 3

sumário 2 3 4 10 12 19 editorial a classe farmacêuticas unida é mais fortalecida expediente o farmacÊutico em revista edição nº 97 2º/2012 conselho regional de farmácia do estado do paraná rua itupava 1.235 juvevê curitiba-pr cep 80.040-134 tel 41 3363-0234 www.crf-pr.org.br diretoria crf-pr residentes do programa de pós-graduação multiprofissional do hc edição nº 97 2º/2012 jantar londrina solenidade evidenciou a profissão farmacêutica matéria de capa residência multiprofissional em saúde uma nova perspectiva profissional diretoria dra marisol dominguez muro vice-presidente dr dennis armando bertolini diretor tesoureiro dr arnaldo zubioli diretora secretÁria geral dra mirian ramos fiorentin conselheiros regionais dr arnaldo zubioli dr cynthia frança wolanski bordin dr dennis armando bertolini dr emyr robeto carobene franceschi dra ines catarina rocha cantarela dr josé antônio zarate elias dra líbia emich batista de almeida cursos e eventos farmacêuticos grupo de estudos e crf-pr/jr reportagem especial crf-pr a sua maior conquista campanha crf-pr campanha para comemorar o dia internacional da mulher dia mundial da saúde sede do conselho regional de farmácia do estado do paraná rua itupava 1.235 curitiba|pr dr márcio augusto antoniassi dra maria do carmo baraldoo wagner dra marilene provasi dra marina gimenes dra marina sayuri mizutani hashimoto 22 en sin o notícias do cff publicações dra marisol dominguez muro dr maurício portella dra mirian ramos fiorentin cim ® crf-pr informação ass ess ori a 24 cim formando formando conselheiros federais dr valmir de santi dra célia fagundes da cruz suplente jantar de confraternização jantar de confraternização da classe farmacêutica cascavel/pr 32 34 35 36 38 42 43 reportagem redaÇÃo e ediÇÃo ana c bruno mtb 3973 drt/pr gabriel leon scussel jornalista diagramaÇÃo e arte final michelly m t lemes trevisan designer ctp e impressÃo orien ta é o m ção elh remé or dio crf-pr em ação crf-pr participou da reunião geral dos conselhos de farmácia curso gestão de farmácia artigos não manifestam necessariamente a opinião da revista o farmacêutico em revista e são de inteira responsabilidade dos seus autores opinião indústria cosmética crf-pr cosmético e saúde pública cartaz usado na campanha do dia mundial da saúde nos ônibus e terminais de curitiba e região artigo científico percepção da comunidade nipo-brasileira residente em curitiba sobre o cadastro de medula óssea descarte de medicamentos farmapolis

[close]

p. 4

a classe farmacêutica unida é mais fortalecida esta edição da revista o farmacêutico em revista traz em sua reportagem principal sobre o programa de residência multiprofissional onde o farmacêutico exerce papel fundamental junto à equipe multiprofissional de saúde ele é o agente principal do medicamento e tem que estar à frente deste trabalho e com o seu conhecimento e a sua inquietude passando informações a exemplo dos laudos dos exames laboratoriais dos riscos potenciais que há nos medicamentos e outros conhecer um pouco mais sobre o funcionamento do crf-pr é outro tema que trazemos em uma reportagem especial que dra marisol dominguez muro farmacêutica bioquímica pela ufpr atua no hospital de clínicas da ufpr e é empresária no ramo de análises clínicas atual presidente do conselho regional de farmácia do estado do paraná crf-pr esclarece o papel de um dos maiores conselhos regionais de farmácia do país como funciona quem movimenta a entidade de onde vêm os recursos e onde são investidos estão entre os tópicos abordados mostramos ainda as ações de valorização da profissão e capacitação profissional outra novidade é que a partir de agora este periódico passa a ser bimestral um novo conceito para estarmos cada vez mais próximos aos farmacêuticos paranaenses levando informações e promovendo a classe farmacêutica não podemos deixar de utilizar este espaço para lembrarmos que o setor farmacêutico atravessa um período de muitos desafios onde a união de nossas forças será decisiva para ultrapassarmos estas barreiras entre elas estão a controversa decisão do tribunal regional federal trf da 1ª região de que outros profissionais de saúde não podem exercer a acupuntura outra ameaça ao setor está relacionada à venda de medicamentos em supermercados que volta a rondar a população brasileira o plenário do senado acaba de aprovar o projeto de lei de conversão 7/2012 decorrente da medida provisória mp 549/2011 facultando a comercialização de mips medicamentos isentos de prescrição em supermercados armazéns empórios e lojas de conveniência a preocupação do crf-pr é quanto aos perigos a que será exposta a população o brasileiro já figura entre os povos que intoxicações medicamentosas mais se automedicam situação que gera um alto número de vender medicamentos isentos de prescrição em estabelecimentos não identificados com a saúde fora do controle sanitário e na ausência do farmacêutico responsável pela orientação equivocada e irresponsável sobre o uso correto desses produtos é no mínimo uma decisão portanto colegas farmacêuticos devemos nos unir para sensibilizar as autoridades porque o maior interesse a se defender é o da preservação da saúde da população a classe farmacêutica unida é mais fortalecida boa leitura 2 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012

[close]

p. 5

jantar londrina jantar de confraternização da classe farmacêutica ­ londrina-pr solenidade evidenciou a profissão farmacêutica de aproximadamente 200 participantes entre autoridades farmacêuticas seus familiares homenageados e representantes das entidades farmacêuticas a solenidade evidenciou a importância do trabalho do farmacêutico como profissional do medicamento e promotor da saúde e foi marcada por homenagens a esses profissionais que contribuíram grandemente em beneficio da categoria e da comunidade além de ser um momento único de confraternização entre os colegas estiveram presentes no evento a diretoria do crf-pr dra marisol dominguez muro presidente do crf-pr dr dennis armando bertolini vice presidente dr arnaldo zubioli diretor tesoureiro e dra mirian ramos fiorentin diretora secretária a presidente do crf-pr dra marisol dominguez muro passou uma mensagem de otimismo e incentivo a todos os presentes em seu discurso agradeceu a presença dos colegas farmacêuticos e lembrou as conquistas da classe farmacêutica ressaltando a importância das associações farmacêuticas e da presença dos profissionais homenageados esses profissionais são pessoas que dedicam a vida à profissão e realizam muito mais do que seu dever vivenciam a construção de um trabalho comprometido com a responsabilidade disse destaque para a presença do secretário de estado da saúde do paraná dr michele caputo neto que em seu discurso elogiou a atuação do crf-pr na luta em prol dos anseios da classe farmacêutica no paraná o evento também contou com a participação do vice-presidente do conselho federal de farmácia cff e conselheiro federal pelo paraná dr valmir de santi na oportunidade o vice-presidente do cff ressaltou a importância das veja o curriculo completo dos homenageados em www.crf-pr.org.br l ondrina sediou no último dia 13 de abril no espaço araunã o jantar de confraternização da classe farmacêutica o evento contou com a presença ações conjuntas com os crfs o fortalecimento profissional se sustenta na união da categoria e de todas as entidades que representam o farmacêutico disse também estiveram presentes na solenidade o secretário municipal de saúde de londrina dr edson antonio de souza o diretor do sindicato dos farmacêuticos no estado do paraná sindifar-pr dr márcio augusto antoniassi a diretora do centro de ciências da saúde de londrina dra aparecida de lourdes perin representando a secretaria municipal de políticas para mulheres dra sueli galhardi a coordenadora da seccional crfpr de londrina dra sandra yara sterza a presidente da associação dos farmacêuticos de londrina dra cristiane fujita o ex presidente do crf-pr dr airton josé petris o presidente da associação paranaense de farmacêuticos aspafar dr maurício turkiewicz e a presidente da associação de farmacêuticos de apucarana dra tânia cristina ravelli o evento foi promovido pelo conselho regional de farmácia do paraná crf-pr e conselho federal de farmácia cff e realizado pelas associações de farmacêuticos da região e do paraná asfarlon associação dos farmacêuticos de londrina afa associação dos farmacêuticos de apucarana aspafar associação paranaense de farmacêuticos sindifar sindicato dos farmacêuticos no estado do paraná e sinlab-pr sindicato dos laboratórios de análises e patologia clínica anatomia e citologia do estado do paraná e ainda contou com o patrocínio das seguintes empresas parceiras nortis farmacÊutica capsutec enacpsuladeira e equipamentos farmacêuticos rede vale verde de farmÁcia e herborisa indústria e comércio de suplementos nutricionais dr airton josé petris ­ homenageado pelo crf-pr dr antonio garcez novaes neto ­ homenageado pela aspafar e sindifar-pr dra dirce geançante ­ homenageada pela asfarlon ­ com o crf de número 47 foi uma das primeiras mulheres a se inscrever no crf-pr sua história profissional é repleta de lutas e dedicação à profissão farmacêutica dra silmara aparecida baptistão ­ homenageada pela afa.

[close]

p. 6

matéria de capa conquistas dificuldades e muito trabalho os programas de residência multiprofissionais em saúde r do edital trouxeram uma nova perspectiva para a formação dos profissionais farmacêuticos esidÊncia multiprofissional em saÚde uma nova perspectiva profissional programa de residência o programa de hospital erasto gaertner e do hospital de clínicas a farmacêutica dra vânia andrzejevski a residência é considerada como um novo curso universitário se tratando de bagagem em conhecimento e carga horária cumprida o residente precisa cumprir 70 horas semanais e obrigatoriamente precisa ter dedicação exclusiva ou seja não pode ter outro emprego no hospital erasto gaertner o pr ograma é especializado em oncologia e no hospital de clínicas a especialização é em análises clínicas e farmácia clínica sendo dividido em cinco áreas de concentração diferentes saúde da mulher saúde do adulto e do idoso urgência e emergência hematologia e oncologia e cardiovascular o hospital erasto gaertner foi credenciado pelo mec como um hospital de ensino dessa forma mantém contrato com várias universidades entre elas pucpr unicenp e dom bosco já o hospital de clínicas é vinculado à universidade federal do paraná ufpr como ideia do governo federal em proporcionar uma bolsa aos profissionais da área da saúde já formados mas foi efetivamente no ano de 2009 que todas as instituições que já tinham programas de residência em funcionamento conseguiram aprovação para participarem no paraná quatro instituições de ensino oferecem o programa de residência multiprofissional ­ universidade do oeste do paraná unioeste cascavel universidade federal do paraná ufpr e hospital erasto gaertner em curitiba e a universidade estadual de londrina uel ­ londrina totalizando 16 vagas para farmacêuticos o multiprofissional em residência multiprofissional oferece cursos de pós-graduação em nível de especialização caracterizados por treinamento em serviço com duração de dois anos o equivalente a 2.280 horas/ano são oportunizadas três vagas anuais no hospital erasto gaertner e duas vagas no hospital de clínicas para farmacêuticos já na universidade estadual de londrina uel o programa disponibiliza quatro vagas nas áreas de análises clínicas e uma em saúde da família e na universidade estadual do oeste do paraná ­ unioeste são ofertadas três vagas em farmácia hospitalar e três em a n á lises estrutura c l í nicas cursos e para conhecer melhor a destes estivemos em dois dos maiores hospitais de curitiba que oferecem o pr ograma de residência multiprofissional para saber como é na prática a preparação do farmacêutico para a coordenadora geral da comissão dos programas saúde surgiu em 2005 residentes do programa de residência multiprofissional do hospital de clínicas curitiba/pr de residência multiprofissional em atenção hospitalar do 4 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012

[close]

p. 7



[close]

p. 8

matéria de capa objetivo da residência multiprofissional a residência multiprofissional tem o grande objetivo de proporcionar ao residente a prática em serviço visando estimular o aperfeiçoamento do profissional não somente teórico mas principalmente prático tanto que 80 das atividades são práticas em serviços e somente 20 atividades teóricas as atividades teóricas acontecem através de aulas formais discussões de casos clínicos discussões de artigos científicos visitas técnicas e reuniões clínicas e o restante é totalmente prático o residente adquire conhecimento em nível de execução das suas atividadese responsabilidades segundo o diretor de ensino pesquisa e extensão do hc dr Ângelo tesser uma das premissas colocadas pelo mec é que os residentes não atuem exclusivamente dentro dos hospitais mas que exerçam suas atividades em unidades de saúdes conselhos de saúde entre outros serviços do sistema Único de saúde sus o objetivo é formar profissionais que conheçam a realidade do país e não só de um hospital de serviço terciário destacou de acordo com a dra vânia andrzejevski o curso qualifica o profissional de forma extremamente efetiva preparando o residente para que esteja apto a compreender dr Ângelo tesser a situação de determinado paciente através de um campo de vista amplo e multidisciplinar o residente aprende em dois anos o que ele levaria dez anos no mercado de trabalho as atividades sempre são executadas sob a supervisão e orientação de profissionais especialistas e docentes altamente qualificados do ponto de vista técnico e teórico esclareceu a farmacêutica ressaltou ainda que a residência é um curso complexo e que exige muita dedicação é um estágio a mais para o profissional que vai aplicar na prática tudo o que aprendeu em teoria na o objetivo é formar profissionais que conheçam a realidade do país e não só de um hospital de serviço terciário universidade o residente não pode meramente executar o conhecimento prático adquirido ele precisa ter um de observar o que pode trazer de melhorias na atenção à saúde no brasil e o que pode ser modificado no exercício efetivo da profissão disse dra vânia destaca ainda a importância da participação do profissional farmacêutico em todas as áreas do programa o farmacêutico atua e transita em vários locais nos ambulatórios de cardiovascular uti cardíaca unidade de cardiologia geral e nos ambulatórios de transplante cardíaco e cardiologia geral destacou direcionamento fazendo uma reflexão crítica sobre as atividades exercidas no sentido a estrutura do programa de residência multiprofissional durante o primeiro ano da residência no hospital erasto gaertner os residentes fazem um estágio na central de misturas intravenosas onde são aprendidos os cuidados necessários com o preparo de medicamentos e sobre a quimioterapia antineoplásica já num segundo momento os acadêmicos passam por um estágio no controle de infecção para obter conhecimentos sobre o uso correto de antibióticos e por último frequentam uma farmácia onde aprendem sobre o gerenciamento do ciclo da assistência farmacêutica desde a compra recebimento armazenagem distribuição e controle de medicamentos ao todo no primeiro ano são residentes do hospital erasto gaertner na central de misturas intravenosas três estágios onde o residente deve adquirir a base necessária em farmácia hospitalar para poder ingressar no segundo ano do curso o segundo ano é voltado quase que integralmente para a área clínica os residentes têm à disposição um grande laboratório de pesquisas clínicas onde fazem um treinamento sob a supervisão de farmacêuticos e monitores de pesquisa antes do término do curso o residente passa pela última etapa a oncologia adquirindo assim o conhecimento necessário para atuar no tratamento de pacientes adultos e pediátricos estejam eles no internamento ou ambulatório aprendendo as diferenças os cuidados e protocolos exigidos para atuar com esses dois grupos de pacientes conhecendo tudo a respeito do processo 6 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012

[close]

p. 9

matéria de capa os residentes ao se formarem estão capacitados para atuarem em equipes multidisciplinares e interdisciplinares no curso de residência do hospital de clínicas os campos de atuação se diferem entre si na prática profissional pelo enfoque dado aos serviços que se correlacionam com a área escolhida o eixo de concentração hematologia-oncologia desenvolve atividades no laboratório de hematologia bioquímico na manipulação de quimioterápicos farmacêutico na apresentação de casos clínicos e em reuniões clínicas no serviço de transplante de medula óssea a urgência e emergência direcionam suas atividades no laboratório de imunoquímica na discussão de casos clínicos e em reuniões clínicas na unidade de terapia intensiva enquanto que a saúde da mulher desenvolve a maior parte de suas atividades nos laboratórios de bacteriologia e virologia bioquímico na discussão de casos clínicos e reuniões clínicas na maternidade e ambulatório de vítimas de violência sexual segundo a coordenadora do curso da residência multiprofissional em atenção hospitalar com especialização em análises clínicas do hospital de clínicas dra Ângela de souza é importante salientar que independente da área de concentração escolhida o profissional residente desenvolve atividades em todos os setores do laboratório ou farmácia tendo uma visão do serviço como um todo o que difere entre uma área e outra é o enfoque dado às atividades que permeiam a área escolhida no laboratório do hc o residente tem a oportunidade de realizar treinamento em equipamentos sofisticados que hoje só são encontrados em grandes laboratórios o que diferencia o profissional no mercado de trabalho em relação a outras profissões que também podem atuar na área de análises clínicas compras assim como no hospital erasto gaertner os residentes do hc aprendem a ter uma visão geral da farmácia atuando de forma efetiva na área de dispensação a residência oferece treinamento nas áreas técnicas do laboratório bem como gerenciamento e

[close]

p. 10

matéria de capa um curso que prima pela excelência e se sustenta num processo teórico prático de ensino ao ingressar no curso os residentes encontram algumas dificuldades comenta a coordenadora de pesquisas clínicas do hospital erasto gaertner dra jeanine nardin alguns alunos acreditam que a residência é uma continuação da universidade e esperam que todo o conteúdo será apenas transmitido através de aulas o que acaba não acontecendo pois a maior parte do tempo ele vai aprender fazendo na prática em serviço disse ela ainda destaca que a residência é difícil e exigente é necessário ser organizado flexível e perseverante para chegar ao fim do curso durante os dois anos do curso os residentes desenvolvem a postura segurança e maturidade indispensáveis para exercer a função o residente começa no curso com uma ideia formada mas vai modificando com o passar do tempo à medida que vai aprendendo se relacionando e exercendo suas atividades comenta a vantagem para os residentes está no fato de que os mesmos não conseguiriam adquirir apenas no mercado de trabalho a grande bagagem de conhecimentos que é proporcionada pelo processo teórico prático do programa de residência multiprofissional salienta dra vânia andrzejevski ao concluir o curso o residente adquire uma visão geral que lhe permite estruturar qualquer serviço oncológico ou gerenciar farmácias de grandes hospitais oncológicos ou de outras especialidades aprendendo a fazer todo o ciclo da assistência farmacêutica não somente sobre a área de dispensação preparo ou sobre a compra de medicamentos ele se torna um profissional capacitado tanto para a gestão quanto para a área clínica enfatiza dra vânia andrzejevski coordenadora do curso de residência multiprofissional É amplo o mercado de trabalho reservado ao farmacêutico que conclui o programa de residência multiprofissional em atenção hospitalar segundo a coordenadora do curso dra vânia andrzejevski são diversas as áreas de atuação desse profissional um profissional completo os residentes ao se formarem estão capacitados para atuarem em equipes multidisciplinares e interdisciplinares podendo exercer suas atividades em clínicas de oncologia hospitais na área de oncologia pesquisas clínicas indústrias farmacêuticas ou mesmo ingressar num curso de mestrado durante os dois anos de curso os residentes aprendem a realizar a orientação e avaliação de um paciente assim estando aptos para poder solucionar eventuais problemas junto aos médicos enfermeiros psicólogos ou nutricionistas a educação em saúde é trabalhada desde o início e a formação é passada ao residente de forma que ela seja bem ampla durante as discussões de casos ele aprende a maneira adequada para saber como abordar determinada doença ou processo salienta ao final do curso o residente deve apresentar um tcc fator que tem estimulado os profissionais principalmente do laboratório de análises clínicas a aumentar o número de publicações/ano ou até mesmo na busca de melhor qualificação acadêmica a primeira turma de residentes do hc encerrou suas atividades em janeiro de 2012 e dos cinco farmacêuticos que encerraram o curso dois estão no mestrado são eles drajuliana castoldi e dr bruno riveros já os farmacêuticos dr fernando augusto caporal e dra giuliana locatelli estão inseridos no mercado de trabalho e a dra daiana lugarini está chefiando a unidade de farmácia do hospital do idoso da sms-curitiba 8 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012 Áreas que o profissional pode atuar depois de formado clínicas de oncologia hospitais na área de oncologia pesquisas clínicas indústrias farmacêuticas ou mesmo ingressar num curso de mestrado.

[close]

p. 11

matéria de capa programa de residência multiprofissional quais instituições oferecem o curso de residência multiprofissional no paraná cascavel universidade do oeste do paraná unioeste curitiba universidade federal do paraná ufpr hospital erasto gaertner londrina universidade estadual de londrina uel como ingressar para ingressar no programa os interessados devem participar do processo de seleção as provas são realizadas em duas etapas prova escrita e análise de currículo além da entrevista quando acontece o processo de seleção acontece geralmente no mês de dezembro ou janeiro conforme calendário das instituições quem pode participar profissionais da área da saúde farmácia ciências biológicas educação física enfermagem fisioterapia fonoaudiologia biomedicina medicina veterinária nutrição odontologia psicologia serviço social e terapia ocupacional resolução cns nº 287/1998 com curso de graduação completo quais as áreas de abordagem dos programas de residência multiprofissional hospital de clínicas ufpr análises clínicas e farmácia clínica hospital erasto gaertner oncologia uel saúde da família e análises clínicas e unioeste farmácia hospitalar e análises clínicas qual a duração do curso 02 anos informações ufpr www.nc.ufpr.br erasto gaertner www.erastogaertner.com.br uel www.uel.br/proppg unioeste www.unioeste.br qual o valor da bolsa varia de r 2.384,82 a r 1.682,56 conforme a carga horária valores consultados referentes ao ano de 2012

[close]

p. 12

cursos e eventos crf-pr grupo de estudos 2012 deu início às atividades farmacologia dos antimicrobianos este foi o tema do primeiro encontro do grupo de estudos do conselho regional de farmácia ministrado pela professora joice cunha da universidade federal do paraná ­ ufpr os cerca de 40 profissionais discutiram assuntos como a estrutura das células bacterianas alvos farmacológicos resistência bacteriana e kpc klebsiella pneumoniase próximos encontros 2º módulo junho julho agosto enfoque antihipertensivos mais informações www.crf-pr.org.br antimicrobianos ficou a cargo da dra grace baretta ­ ufpr o próximo grupo de estudos está agendado para acontecer no dia 03 de maio a partir das 19h30 a professora dra camila concke irá conduzir a discussão sobre os cuidados farmacêuticos na dispensação de antimicrobianos os interessados em participar devem enviar um e-mail para ac@crf-pr.org.br dra maria augusta ­ assessora científica carbapenemase já no segundo encontro ocorrido no mês de abril a discussão sobre legislação dos crf-pr júnior acadêmicos engajados em campanhas orientativas para a população orientação teve foco nesta patologia que atinge milhões de brasileiros júnior crf-pr os acadêmicos que integram a comissão do crf-pr júnior do conselho regional de farmácia do estado do paraná mobilizaram instituições de ensino de farmácia em todo o estado para a realização de campanhas orientativas para a população março foi a vez de evidenciar a saúde da mulher no dia da mulher 08 de março cerca de200 acadêmicos de 11 universidades paranaense se reuniram em praças e locais de grande movimento para orientar a população na ocasião foram distribuídos folders orientativos elaborados pelo cim-pr no dia 26 de abril aconteceu a mobilização referente ao dia nacional de combate à hipertensão onde a outra campanha de grande repercussão é a de 05 de maio ­ dia nacional do uso racional de medicamentos neste dia o crf-pr promove um grande movimento de alerta à população paranaense quanto aos perigos do uso indiscriminado e sem orientação dos medicamentos evidenciando o papel do farmacêutico os acadêmicos já iniciaram os treinamentos para a campanha crf-pr júnior nos bairros outro projeto de grande adesão dos acadêmicos é a realização de palestras em escolas da rede pública e particulares de curitiba porém a intenção do crf-pr é estender para as escolas de todo o estado os acadêmicos serão os responsáveis pelas palestras os temas trabalhados serão uso racional de medicamentos perigo sobre as drogas de abuso anabolizantes e outras pílula do dia seguinte e medicamentos para emagrecer o primeiro bairro a receber o projeto será o novo mundo as faculdades e acadêmicos interessados em participar do crf-pr júnior deverão entrar em contato pelo e-mail ac@crf-pr.org.br ou pelo telefone 41 3363 0234 ramal 237 ­ falar com a farmacêutica dra maria augusta marcondes alves marcondes ­ assessora científica reunião com os acadêmicos do crf-pr/jr de curitiba/pr 10 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012

[close]

p. 13



[close]

p. 14

crf-pr especial fachada do conselho regional de farmácia do estado do paraná crf-pr sede curitiba pr a condições de trabalho sua maior conquista pode parecer estranho que uma entidade que completou em 2011 meio século de existência tenha como tema central de sua reportagem especial explicações sobre sua natureza suas funções seu funcionamento e as conquistas para a classe diante do panorama dinâmico da profissão farmacêutica na atualidade em que há 32 cursos de farmácia no estado do paraná das dúvidas que chegam diariamente ao crf-pr por meio dos atendimentos telefone e internet é conveniente esclarecer e relacionar o emprego dos recursos arrecadados a importância do crf-pr o esforço da entidade em estimular a capacitação dos profissionais e principalmente apontar esse movimento como caminho para a valorização do farmacêutico da profissão e a conquista de melhores para entender nos últimos 24 anos o empenho do crf-pr na fiscalização e o trabalho articulado para envolver os profissionais e aproximar-se de autoridades convergiram em direção aos atuais 90 de assistência farmacêutica em todo o estado fazendo surgir uma nova postura do farmacêutico este passou a assumir a gestão de serviços de assistência farmacêutica em municípios liderar equipes buscar e enfrentar desafios prestar serviços e assim a ganhar o respeito e a confiança da sociedade 12 o farmacÊutico em revista|edição nº 97 2º|2012

[close]

p. 15

hoje o crf-pr com muito orgulho é uma entidade reconhecida nacionalmente e que trabalha em parceria com os mais respeitados órgãos oficiais como ministério público programa de orientação e proteção ao consumidor procon vigilância sanitária agência nacional de vigilância sanitária anvisa câmaras técnicas da assembleia legislativa do paraná e câmaras municipais o nome do conselho foi consolidado através do trabalho de pessoas engajadas e comprometidas com a ética e respeito ao grupo de farmacêuticos que o representa ainda há muito trabalho para ser feito É preciso perseverar os caminhos do aprimoramento e da disseminação da informação para então gozarmos do respeito merecido que só virá através da união e do trabalho consciente queremos prestar contas do nosso trabalho acompanhe sempre o crf-pr através do site twitter e-mail marketing e a revista você também pode contribuir enviando sugestões imprensa@crf-pr.org.br veja nossos investimentos previsão de despesas e receitas 2012 despesa orçada despesas já executadas jan fev r r r 7.659.400,00 2.040.636,58 5.618.763,42 orçado 8,15 18,10 7,79 17,91 receita orçada receitas já recebidas jan fev r r r 7.659,400,00 5.029.765,88 2.629.634,12 orçado 87,39 13,82 59,43 16,46 17,72 26,26 72,89 despesa a executar receitas a receber origem da receita descrição de despesa despesa com pessoal encargos sociais material de consumo serviços terceiros e encargos executada r 225.440,50 r 121.569,42 r 16.867,37 r 431.642,07 recebida contribuições pf e pj r 4.192.913,69 rend aplic financeira serviços emolumentos r 37.320,48 r 454.318,22 r 89.603,89 r 168.297,59 r 87.312,01 r 5.161.262,05 multas juros atualizações dívida ativa outras receitas receitas de capital outros serviços e encargos cota parte cff capital investimento r 1.245.117,22 101,02 r 2.040.639,58 26,64 total de despesas total de arrecadação

[close]

Comments

no comments yet