Jornal A Voz de Loulé - edição nº1760 - 28 Março 2013

 

Embed or link this publication

Description

1760 - 28 Março 2013

Popular Pages


p. 1

issn 2182-0104 1,00 euro c iva telf 289 463 054 fax 289 417 150 ano 60º n.º 1760 28 de março de 2013 gps n 37º8 13 w 8º1 22 rua 1.º de dezembro nº26b 8100-615 email geral@avozdeloule.com www.avozdeloule.com www.facebook.com/avozdeloule diretora nathalie dias telmo pinto candidato do ps a quarteira acral entrevistas com joão rosado victor guerreiro Álvaro viegas esclarece exclusão de lista candidata pág 13 pág 11 pág 15 presidente presidente da junta de freguesia da junta de freguesia a a pág 4 rasteio cancro de cancro da mama de saúde de loulé até no centro hortas sociais 14 abril 24 abril 19 maio pág 3 loulé promove oficinas nas mÃe soberana festa pequena 22 abril pág 3 31 marÇo pág 3

[close]

p. 2

2 28 de março 2013 a voz de loulÉ vox populi in metáforas da vida real proteção civil 28 escolas do concelho de loulé receberam ações de sensibilização a câmara municipal de loulé através do serviço municipal de proteção civil em parceria com a guarda nacional republicana e bombeiros de loulé concluiu as ações de sensibilização na escola em segurança que decorreram durante o presente ano letivo nomeadamente de novembro de 2012 a março de 2013 envolvendo 3320 alunos das 28 escolas do concelho a ação foi realizada em todas as escolas do 1ºciclo do município tendo sido abordados vários conteúdos pedagógicos entre eles as regras de evacuação e segurança infantil com estas ações pretendeu-se dar às crianças do concelho ferramentas de autoproteção para o quotidiano e para situações excecional como é o caso dos sismos e incêndios ou outras situações de exceção fomentando desta forma o interesse pelas temáticas da proteção civil falar sem dizer nada nathalie dias diretora lic turismo administrativo diretora@avozdeloule.com depois de uma agradável conversa telefónica com um amigo de longa data preocupado com os meus mais recentes afazeres pude perceber através da doce ironia utilizada que dadas as circunstâncias temporais que por sua vez nos levariam ao óbvio ele insinua que a minha próxima crónica inevitavelmente iria basear-se no tema o dia da mulher pois é mas temas polémicos com muitas explicações e poucas conclusões temos nós com fartura desde logo descartei tal ideia e pensei que talvez devesse falar sobre politica mas esse tema para mim está temporariamente off futebol acho lindo 44 pernas a correr atrás de uma bola esbaforida religião esse tema já está resolvido além disso achei ótima a opção do nome escolhido em homenagem a s francisco de assis isto complica-se especialmente numa sociedade moderna onde é chique criticar se se está gordo é necessário emagrecer se se emagrece é porque se está doente se nos vestimos bem somos betinhos se nos vestimos mal somos chunga se dizemos o que pensamos somos no mínimo antipáticos e arrogantes se não dizemos nada somos hipócritas se temos muitos amigos é tudo falso se não temos amigos somos antissociais se respondemos e nos defendemos é porque somos mal-criados ou mau caráter se não respondemos ou não nos defendemos somos fracos por isso desta vez e rompendo com os moldes habituais não vou falar sobre nada munícipes de loulé contribuem para a reciclagem de mais de 6 toneladas de óleos alimentares usados em 2012 consciente dos riscos ambientais que representam os óleos alimentares e da importância que a valorização dos mesmos representa a câmara municipal de loulé implementou em 2011 e 2012 uma rede de contentores oleões para recolha deste tipo de resíduo tendo sido instaladas um total de 60 unidades em todo o concelho as quais permitiram a recolha de 1,31 toneladas em cerca de três meses de 2011 e 6,05 toneladas em 2012 de acordo com o vereador do ambiente aníbal moreno trata-se de uma iniciativa de extrema importância em termos ambientais cujos resultados são bastante positivos graças à colaboração dos munícipes deste modo a autarquia louletana apela para que os seus munícipes continuem a depositar os óleos alimentares usados nos oleões devendo utilizar recipientes devidamente fechados refira-se que os óleos alimentares usados são um tipo de resíduo que representa um elevado risco ambiental uma vez que quando depositados em aterro ou lançados para a rede de esgotos provocam impactos altamente negativos nomeadamente o entupimento das canalizações e filtros das estações de tratamento de águas residuais comprometendo o seu correto funcionamento e consequente contaminação das linhas de água superficiais e subterrâneas lençóis freáticos É ainda importante referir que os óleos alimentares usados são utilizados para a produção de biodiesel pelo que esta ação de reciclagem cumpre esta dupla função recordando maria campina uma pianista de 20 valores por luís guerreiro investigador luisguerreiro2011@gmail.com nasceu em loulé a 18 de janeiro de 1914 e faleceu em faro a 27 de fevereiro de 1984 desde muito jovem se dedicou ao estudo do piano tendo frequentado no conservatório nacional de lisboa a classe do professor lourenço varella cid aí concluindo o seu curso superior de piano com a classificação de 20 valores concorreu aos prémios do conservatório beethoven rey colaço e rodrigo da fonseca tendo obtido o 1º lugar em todos eles o que constitui um facto úni co até hoje em agosto de 1949 deslocou-se à Áustria e obteve o 1º prémio num concurso internacional de piano realizado no mozarteum em salzburgo foi uma das maiores figuras do piano da sua geração tendo-se apresentado em vários países da europa e África a solo e com orquestras nacionais e estrangeiras sob a direção de maestros portugueses espanhóis franceses austríacos italianos e norte americanos dedicou toda a sua vida ao ensino da música e do piano seu instrumento preferido tendo sido diretora da academia de música da madeira bem como fundadora e diretora do conservatório regional do algarve foi agraciada em 1979 com a comenda da ordem de instrução pública por sua excelência o senhor presidente da república.

[close]

p. 3

a voz de loulÉ 28 de março 2013 3 atualidade celebrações da festa da mãe soberana arrancam no domingo de páscoa no dia 31 de março domingo de páscoa têm início as celebrações da festa da mãe soberana num primeiro momento que é designado por festa pequena a partir das 17h00 a imagem nossa senhora da piedade vai ser levada pelos homens-do-andor da sua ermida no alto da cidade de loulé até à igreja de s francisco onde permanecerá durante quinze dias É o início da festa da mãe soberana o maior evento religioso a sul de fátima e que faz parte da vivência de todos os louletanos neste dia são esperados muitos peregrinos e turistas em loulé apesar do momento alto das celebrações terem lugar quinze dias após a páscoa isto porque a festa decorre em dois momentos distintos no domingo de páscoa festa pequena e passados quinze dias festa grande num primeiro momento que coincide com o domingo de páscoa tem lugar a descida do cerro da imagem da nossa senhora em direção à igreja de s francisco durante os quinze dias da sua estadia neste local as novenas e os sermões conduzidos por afamados oradores sacros perfazem uma vigília religiosa de grande poder espiritual quinze dias depois realiza-se aquela que é considerada a festa grande com uma missa campal e a procissão pelas principais artérias da cidade com os homens-do-andor a carregarem a imagem da nossa senhora da piedade numa escalada íngreme em ritmo acelerado até ao seu altar É o adeus da padroeira à sua terra e o regresso à sua pequena ermida que a poente se ergue sobranceira a toda a cidade nesta manifestação de grande culto pela fé existem duas vertentes distintas a religiosa no seu mais sentido significado e a profana na mais ampla e liberal exteriorização popular este cenário imenso da religiosidade louletana de características tão locais como únicas só pode ser sentido na alma de cada crente quando vivido uma vivência feita de fervor religioso e de testemunho cristão cuja explicação reside unicamente na essência dogmática da própria fé este quadro indescritível soberbo e ímpar só pode encontrar comparação no fausto portentoso das procissões do norte de portugal nomeadamente do minho a par do aspeto religioso e tendo em conta os muitos visitantes que se encontram na cidade nestes dias para os responsáveis da câmara municipal de loulé a festa da mãe soberana é cada vez mais um cartaz da cidade e como tal deverá ser feita uma forte aposta em termos de turismo religioso como complementaridade às atividades turísticas do concelho foto mira loulé oficinas nas hortas sociais numa parceria entre a autarquia de loulé associação in loco e iniciativa ahorta as hortas sociais de loulé ­ bicas velhas estão a promover oficinas dedicadas a técnicas agrícolas no dia 14 de abril das 10h00 às 13h00 josé miguel fonseca da associação colher para semear será o formador da oficina sob a temática viveiros e recolha de sementes e conservação por sua vez pesticidas será a temática da oficina do dia 24 de abril coordenada por ana arsénio da associação in loco entre as 14h00 e as 17h00 finalmente a 19 de maio também entre as 14h00 e as 17h00 a formadora paula miguel apresenta o tema compotas conservas e saladas o preço de participação em cada oficina é de 5 euros sendo que o número máximo de participantes é de 20 pessoas os interessados poderão inscrever-se através de date@cm-loule.pt ou telefone 289 400 890 loulé rastreio do cancro da mama no centro de saúde encontra-se a decorrer no centro de saúde de loulé até 22 de abril o rastreio do cancro da mama promovido no âmbito do programa de rastreio do cancro da mama no algarve destinado a todas as mulheres com idades compreendidas entre 50 e 69 anos residentes no concelho de loulé o rastreio é gratuito e constitui uma oportunidade que deve ser aproveitada as interessadas deverão contactar o centro de saúde para proceder à atualização dos seus dados e morada e assim receberem um convite na sua morada em caso de dúvidas ligue para o núcleo de rastreios da ars algarve ip através do 289 889 912 animais para adoÇÃo canil de são francisco de assis ­ loulé associação dos amigos dos animais abandonados de loulé contribuinte 501 855 963 email canil.sfa@sapo.pt ­ tlf 289 416 862/919 765 600 dª liló ­ morada apartado 1089 8100-285 loulé ­ portugal site http www.canilsfa.org ou facebook canil de são francisco de assis loulé piruças macho bebé calmo preto e castanho porte pequeno box dos bebés com 1.ª vacina billy fêmea jovem brincalhão preto e castanho claro porte pequeno box dos bebés vacinada e castrada parker macho bebé carinhoso bege porte médio box dos bebés com 1.ª vacina indicações gps long 37.126749 lat -8.051153 nib donativos 0007.0247.00077000004.63 banco espirito santo 8100 loulé em caso de transferência pfv enviar o comprovativo para o email

[close]

p. 4

4 28 de março 2013 a voz de loulÉ entrevista telmo manuel machado pinto de 42 anos de idade casado e pai de três filhos com 2 8 e 10 anos é o candidato à junta de freguesia de quarteira pelo ps engenheiro técnico civil de profissão licenciouse no instituto superior de engenharia da universidade do algarve e é atualmente sócio gerente da empresa peÇa21 lda onde desenvolve a sua atividade profissional natural e residente em quarteira sempre foi um amante do desporto e do futebol em particular onde chegou a profissionalizar-se telmo pinto telmo pinto está diferente digamme pois o meu objetivo é manter-me a mesma pessoa como sempre fui v.l ­ tendo sido futebolista profissional a par dos estudos universitários poderá ser isso uma vantagem ou desvantagem no apoio ao desporto e à juventude t.p ­ sim fui futebolista profissional até aos 30 e poucos anos já o era quando entrei na universidade e não foi fácil conciliá-las embora o tenha conseguido durante muito tempo claro que fui obrigado a muitas privações mas valeu a pena o futebol foi uma etapa da minha vida de que muito me orgulho e que na altura abandonei devido a um pequeno problema físico obviamente que o desporto e a juventude serão áreas onde sem esquecer os conselhos e apoios que com certeza irei pedir e receber me sentirei como peixe na água o mesmo acontecerá em tudo aquilo que estiver relacionado com a construção já que me formei em engenharia civil v.l ­ como candidato jovem quais as suas propostas para os jovens t.p ­ em primeiro lugar é sempre agradável voltarem a chamar-me jovem aos 42 anos de idade já tinha deixado de receber esse piropo mas é verdade que comparativamente com os atuais autarcas e com o outro candidato sou um jovem mas quanto à sua questão a nossa equipa será o resultado de uma mistura entre experiência e juventude apresentaremos obviamente propostas direcionadas para os jovens algumas inovadoras outras que darão continuidade ao trabalho que já está feito e espero pelo menos conseguir motivar os jovens a ir votar que é um dos maiores problemas que temos mas não faremos apenas isso aliás posso dizer-lhe que a minha primeira visita foi a um lar de idosos essa é uma questão que me toca particularmente mesmo a nível familiar a minha mãe passou 5 anos ao lado da minha avó que esteve acamada foi uma opção da família manter a minha avó em casa uma vez que a minha mãe tinha possibilidades de cuidar dela penso aliás que assim deveria ser sempre se todos tivessem essa possibilidade seria o ideal infelizmente não é assim que acontece por diversas razões É essa a nossa realidade por esse motivo uma das minhas preocupações é exatamente esta questão felizmente os lares que são a alternativa possível começam a deixar de ser vistos como depósitos mas sim como uma continuidade de vida e é isso que deve ser para isso é necessário incentivar as pessoas e dinamizar estes espaços criando mais atividades excursões e outras distrações para que as pessoas não se privem de viver nesta área e é preciso reconhecê-lo mas há sempre mais qualquer coisa que se pode fazer mais qualquer coisa que se pode dar apesar de não ser ainda o momento de apresentar o programa posso garantirlhe que os quarteirenses não ficarão desiludidos v.l ­ para além do apoio do ps com que outros apoios conta nesta sua caminhada t.p ­ sou um candidato independente desafiado pelo partido socialista que confiou em mim além disto o que lhe posso dizer é que tenho o apoio do partido socialista mas também de muitas outras pessoas a maioria que me aborda na rua incentivando-me é também independente mas já recebi apoios de pessoas ligadas ao cds ao psd ao bloco de esquerda e à cdu o apoio com que conto é o apoio dos quarteirenses independentemente do seu partido candidato pelo ps a presidente da junta de freguesia de quarteira a avaliação que faço do trabalho dos autarcas que agora terminam o mandato é positiva conheço as pessoas e não tenho dúvidas de que tentaram sempre fazer o melhor a voz de loulé ­ que avaliação faz do trabalho desenvolvido pelo atual executivo da junta de freguesia de quarteira telmo pinto ­ a avaliação que faço do trabalho dos autarcas que agora terminam o mandato é positiva conheço as pessoas e não tenho dúvidas de que tentaram sempre fazer o melhor que sabiam e podiam claro que haverão aspetos melhor conseguidos do que outros medidas com as quais concordo mais e outras menos mas no geral olho com simpatia para o trabalho que tem sido desenvolvido até aqui v.l ­ o que vai trazer de novo se for eleito presidente da junta de freguesia de quarteira t.p ­ se for eleito penso que comigo virá uma nova geração com uma nova maneira de olhar para os problemas com as vantagens de quem esteve fora da política repare aos 42 anos estou no meio da minha vida tenho já experiência e ao mesmo tempo ainda tenho muito para fazer e muita vontade de ajudar a minha terra há quem diga que a vida começa aos 40 quando todos os ciclos de aprendizagem estão terminados não é verdade assim sendo estou no início da minha vida e consequentemente tenho ainda muito para dar v.l ­ tem disponibilidade para estar a tempo inteiro na junta de freguesia de quarteira como vai conciliar essa nova função com o trabalho que desempenha atualmente na sua empresa t.p ­ ao longo da minha vida sempre tenho sido uma pessoa de compromissos quando assumo um desafio é para ir até ao fim sempre a 100 por isso se os quarteirenses confiarem em mim e fizerem de mim presidente da junta de freguesia de quarteira deixarei para segundo plano a minha atividade profissional e a empresa será exclusivamente gerida pela minha sócia a minha intenção é dedicar-me plenamente ao futuro de quarteira e quando falo de futuro quero dizer que pretendo fazê-lo até ao fim no máximo de tempo possível de acordo com a lei para que as coisas tenham continuidade pretendo além disso ser um presidente presente daqueles que conhece a sua freguesia andando no terreno falando com as pessoas quem me conhece sabe que sempre tive um estilo descontraído desportivo e não pretendo mudar aliás uma cosia que eu digo às pessoas mais próximas e aproveito para o dizer aqui é que se alguma vez notarem que o uma das coisas que sempre pensei fazer foi iniciar um processo de construção da marca quarteira como um todo v.l ­ como pensa obter o apoio dos quarteirenses nesta eleição t.p ­ penso obter o apoio dos quarteirenses pela mesma razão pela qual acho que fui desafiado para concorrer porque sou um filho de quarteira de famílias de quarteira sem ligação a partidos que pretende continuar a ser a mesma pessoa e fazer o melhor pela sua terra como disse sinto o apoio vindo de todo o lado sem fingimentos e sinto que aqueles que dizem que vão votar em mim votam pela pessoa que sou v.l ­ qual a primeira iniciativa que pensa fazer se for eleito presidente da junta de freguesia de quarteira t.p ­ uma das coisas que sempre pensei fazer foi iniciar um processo de construção da marca quarteira como um todo repare temos em o apoio com que conto é o apoio dos quarteirenses independentemente do seu partido este problema social assim como outros farão parte das minhas principais preocupações neste sentido sei que quarteira tem feito um bom trabalho

[close]

p. 5

a voz de loulÉ a verdade é que a igreja tem um papel muito importante eu diria até que tem um papel fundamental na sociedade quarteira um dos melhores resorts da europa vilamoura que devemos apoiar mas que poucos sabem que faz parte da freguesia de quarteira É preciso investir na nossa imagem se não for assim tornase complicado antigamente o turismo vendia-se facilmente mas agora é necessário vender a imagem de quarteira temos muitas razões para promover a marca quarteira o nosso mar o sol as nossas praias as nossas tradições piscatórias e religiosas o peixe a gastronomia e as pessoas temos também o calçadão que é um local fantástico tudo isto faz de quarteira um sítio muito atrativo no entanto é preciso fazer esta apresentação como um todo e é por aí que pretendo começar fazendo-o debaixo da marca quarteira É algo que pode ser feito com poucos recursos financeiros e que vende repare não estou a falar de projetos de construção estou a falar de coisas mais simples v.l ­ referiu-se às tradições piscatórias e religiosas o que nos pode adiantar sobre estas duas áreas tão presentes na freguesia de quarteira t.p ­ o meu avô era pescador o meu sogro é pescador a minha família é de origem piscatória eu sou neto do luciano borda d agua que não há pescador que não conheça pertenço às antigas famílias de quarteira toda a vida vivi com pescadores por isso essa é uma área que me diz muito e onde conheço muita gente no entanto como é lógico tendo a minha posição atual penso ser necessário fazer uma aproximação ainda maior para conhecer de perto os problemas do momento e o mesmo acontecerá com outras áreas nesse sentido tenho procurado falar com algumas pessoas influentes de modo a tentar perceber quais são as maiores necessidades e problemas quanto à religião não tenho com esta a ligação que tenho com a pesca mas posso dizer que existe uma ligação sou batizado tenho a 1.ª comunhão sou casado pela igreja e fiz curiosamente todas estas caminhadas com o padre elísio ao meu lado atualmente frequento a igreja com regularidade especialmente acompanhado pela minha filha que frequenta a catequese a verdade é que a igreja tem um papel muito importante eu diria até que tem um papel fundamental na sociedade o meu pai dizia e eu nunca mais me esqueço disto que as pessoas vivem sempre melhor se acreditarem e por isso são igualmente fundamentais as nossas festas e tradições religiosas tudo isso faz parte da imagem da freguesia a festa da nossa srª da conceição por exemplo é algo que faz parte de quarteira v.l ­ como vê a situação e distanciamento entre a serra e o litoral t.p ­ claro que a minha prioridade é a minha junta de freguesia apesar de considerar que a autarquia devia estruturar a maneira de trabalhar todas as freguesias individualmente em termos turísticos pensar o que pode ser vendido em cada uma das freguesias de forma a que estas não se tornem concorrentes umas das outras mas sim interliga-las É necessária essa união ou seja devemos reestruturar o concelho como um todo de maneira a que este seja vendido num todo nesse sentido penso apelar a tudo o que estiver ao meu alcance e utilizar todos os meios disponíveis para divulgar a imagem de quarteira e tudo o que eu fizer de bom para quarteira será bom para o concelho exemplo disso são os nossos imigrantes de quem não nos devemos esquecer se os cativarmos estes não só virão conhecer quarteira como trarão com eles a sua família e amigos nathalie dias 28 de março 2013 5 política mendes bota manifesta preocupação pelo futuro da micro-agricultura novas disposições do código do iva colocam a micro-agricultura em risco em comunicado o deputado mendes bota interpelou o ministério das finanças manifestando a sua preocupação pelo futuro da micro-agricultura face à iminente entrada em vigor de algumas disposições da lei do orçamento do estado para 2013 que vieram alterar o código do iva terminando com a isenção de que beneficiava a agricultura relativamente a este imposto o parlamentar chama a atenção para as especificidades do que chama de micro-agricultura ou agricultura informal designadamente no mercado dos frutos secos e que poderão levar muitos pequenos proprietários a optar por abandonar a produção nas árvores face às complicações que as novas exigências declarativas fiscais lhes imporão já a partir do próximo dia 1 de abril de 2013 nas perguntas ao governo que endereçou mendes bota solicita ao ministério das finanças que adie a entrada em vigor daquelas disposições promova um estudo que analise o impacto das mesmas sobre a micro-agricultura e proponha uma solução que enquadre fiscalmente a atividade quer dos pequenos produtores quer dos agentes económicos que lhes compram os produtos sem os empurrar para o abandono puro e simples da atividade no mesmo comunicado o deputado recorda que desde 1986 com a entrada em vigor do imposto sobre o valor acrescentado iva a agricultura foi considerada uma actividade económica isenta do referido imposto embora tenha sido dada a oportunidade aos sujeitos passivos de renunciar a essa mesma isenção prerrogativa que foi utilizada por alguns agricultores em 1989 com a entrada em vigor do imposto sobre o rendimento das pessoas singulares irs os rendimentos provenientes da agricultura ficaram isentos para quem apresentasse um volume de negócios inferior a 3.000 contos e não possuísse prédios rústicos de valor patrimonial superior a 1.500 contos assim a esmagadora maioria da pequena agricultura nomeadamente em regiões como o algarve ficou fora de qualquer obrigação contabilística fiscal ou declarativa posteriormente em 2001 com a entrada em vigor de algumas alterações ao código do irs deixou de se ter em conta o valor patrimonial dos prédios rústicos dos agricultores e passou a vigorar a obrigação de tributar os rendimentos provenientes da agricultura desde que estes em conjunto com os restantes rendimentos do agregado familiar ultrapassem um determinado valor em 2013 será 22.637,88 euros tal situação é de muito difícil controlo atendendo a que a maioria dos agricultores não está inscrita na atividade não possuindo assim qualquer registo fidedigno das vendas até agora os agentes económicos que têm como fornecedores esta tipologia de agricultores não inscritos em termos fiscais regista as compras na contabilidade através da emissão de documentos internos neste ano de 2013 temos a seguinte situação por um lado existe a obrigação generalizada de todos os agentes económicos pessoas singulares que exerçam uma atividade industrial comercial agrícola ou de serviços de emitir factura aquando de uma venda ou prestação de serviço por outro lado a partir de 1 de abril de 2013 termina a isenção de iva para as atividades agrícolas tornando a agricultura um sector sem qualquer excepção relativamente às restantes atividades no comunicado pode ainda ler-se que estas alterações não teriam grandes problemas para a microagricultura se os agentes económicos estivessem inscritos para efeitos fiscais pois nesse caso teriam apenas de possuir um sistema de facturação adequado e começar a liquidar iva se tivessem um volume de negócios superior a 10.000 euros no entanto como já se referiu anteriormente a esmagadora maioria dos micro-agricultores não está inscrita para efeitos fiscais são muitas as dúvidas que se suscitam sobre a forma como se deverá actuar doravante será de esperar que a administração tributária continue tolerante e a permitir que os pequenos produtores agrícolas continuem fora do sistema fiscal em 2013 isso será um forte atropelo quer às regras de irs quer de iva opinião dom finÓrio fico com a impressão que os cardeais acertaram em cheio na escolha do novo papa o que lhe parece dom finório tudo leva a crer que algo iluminou os homens da igreja na hora da escolha do seu novo pastor uma onda de comoção atravessou o mundo católico a invulgar e tocante simplicidade do papa francisco defensor dos pobres e dos humildes parece prenunciar uma nova era para a igreja ela própria envolvida e manchada por uma gravíssima crise moral aos poucos a velha europa berço da civilização e centro do mundo minada por múltiplas e sucessivas crises aparentemente insolúveis perde prestígio e mostra as feridas da sua decadência a igreja reconhece-o e desprezando uma velha tradição de centenas de anos volta-se para o novo mundo para lá ir buscar o santo padre com a eleição de karol wojtila a itália perdeu o papa agora com a eleição de jorge bergoglio foi a vez da própria europa o perder a globalização parece ter chegado ao pontificado da santa sé símbolo de uma nova esperança pesada tarefa esta a do papa francisco num tempo em que o tecido social cada vez mais corrompido ameaça toda uma civilização f inez

[close]

p. 6

6 28 de março 2013 a voz de loulÉ vivemos num mundo de prostitutos há várias formas de prostituição uma delas é a corrupção outra é a prática dos que se vendem por ganância ou servilismo a uma ideologia para obterem tachos políticos ou neles se manterem estas duas formas de prostituição são extremaantónio grosso correia mente graves e nocivas à sociedade pelos enormes advogado danos que lhe provocam ao invés aqueloutra tida pela profissão mais velha do mundo que não obstante poder causar algumas doenças perfeitamente evitáveis até é na maioria das vezes salutarmente benéfica hoje a prostituição é socialmente corrosiva propiciada por uma vaga de imoralidade que tem minado a sociedade internacional alimentada por uma ganância sem limites com terreno fértil neste capitalismo sem regras e desumano o que mais guia o político é o seu estatuto social e o interesse material absolutamente convicto de que o seu bem-estar social e económico é o bem supremo é o máximo que pode atingir na vida as dificuldades dos cidadãos pouco ou nada o incomodam valores como a honra e a solidariedade são para ele apanágio de tolos ou questões ultrapassadas ou secundárias apenas para delas se falar quando daí lhe possa advir algum benefício hoje o meio mais utilizado pelo homem para atingir o bem-estar social e material é a prostituição ele prostitui-se com a facilidade mais incrível na verdade é por esta prostituição que este capitalismo amoral cada vez mais exclusivamente de cariz financeiro não económico tem vindo a dar cabo dos países das empresas e das pessoas antes os capitalistas baseando a sua riqueza na exploração do trabalho investiam os respetivos proventos na indústria na agricultura no comércio criando emprego os capitalistas modernos compram e vendem ações e dinheiro e utilizam parte dos lucros obtidos na compra de mais ações e dinheiro e a outra parte fica nas off shores não investem na economia destroemna não criam emprego provocam a miséria É um capitalismo de usura improdutivo estes capitalistas são os melhores clientes dos políticos prostitutos economia Época de páscoa mais curta e com menos receita uma ocupação idêntica à registada no ano passado mas com períodos de permanência mais curtos e receitas mais baixas é a expectativa da associação de hotéis e empreendimentos turísticos do algarve aheta elidérico viegas presidente desta associação justificou esta expectativa com a quebra na procura de turistas nacionais e espanhóis devido à crise nos dois países à inexistência de tolerância de ponto na quinta-feira e às portagens na via do infante a22 assim como ao facto de a páscoa ser este ano muito cedo em termos de ocupação naqueles três dias não será muito diferentes do ano passado mas com receitas inferiores o início da época turística por parte dos operadores estrangeiros começa nesta altura mas não começa com a mesma dinâmica do que se fosse no mês de abril observou ainda o dirigente da aheta o presidente da aheta disse que há hotéis de categorias superiores com ocupações muito interessantes nesta época do ano mas reconheceu que aqueles períodos de enchente no algarve durante a páscoa quando tudo estava completamente esgotado já não existem loulé câmara de loulé parceira da universidade do algarve no apoio ao empreendedorismo com o objetivo de apoiar através do aconselhamento encaminhamento e acompanhamento promotores de atividades económicas a câmara municipal de loulé reativou o gabinete de apoio ao empresário que passa a designar-se gae gabinete de apoio à atividade económica e ao empreendedorismo para atender pessoas singulares ou coletivas que pretendam criar ou desenvolver atividades económicas e/ou criar emprego no território do município o gae estará disponível para informar sobre os procedimentos e apoios existentes encaminhando o promotor para os serviços e entidades competentes contará com dois técnicos para atendimento dos interessados e irá funcionar no edifício do terminal rodoviário em loulé esta iniciativa surge de um acordo específico de parceria entre a câmara municipal de loulé e a universidade do algarve sob o tema dinamizar o empreendedorismo através do qual se pretende estimular a cooperação institucional entre as duas entidades promover a realização de iniciativas conjuntas e estimular o desenvolvimento económico de base local no âmbito deste protocolo a autarquia apoiará a realização de estágios no concelho e incentivará o empreendedorismo jovem por outro lado criará condições à instalação de novas empresas no concelho diferenciadoras nas áreas tecnológicas da indústria transformadora de valorização dos recursos locais e de novos produtos e serviços algarve prepara estratégia para aproveitar fundos comunitários o conselho regional do algarve aprovou no passado dia 13 de março a metodologia a aplicar na definição da estratégia de utilização dos fundos comunitários até 2020 que deve estar pronta em junho anunciou o presidente da comissão de coordenação e desenvolvimento regional ccdr o secretário de estado adjunto da economia e desenvolvimento regional almeida henriques presente na reunião com o conselho regional disse ter dado indicações aos presidentes das ccdr para conduzirem a definição dessas estratégias a nível regional aquilo que pedi aos senhores presidentes da ccdr foi para liderarem em cada uma das suas regiões a criação e preparação de um plano de desenvolvimento estratégico para o período que vai até 2020 e vai abarcar o final deste quadro comunitário de apoio mais o início do próximo afirmou o governante almeida henriques considerou que as regiões devem apropriar-se das suas próprias estratégias porque o que é fundamental para o algarve pode não o ser para alentejo ou outra região do país o algarve tem uma forte âncora que é o turismo mas tem de desenvolver essa potencialidade criando aqui uma diversidade de produtos e procurando combater a sazonalidade e outros problemas que hoje tem considerou o secretário de estado frisou ainda que há outras áreas em que o algarve pode apostar como o mar que considera um fator de riqueza a agricultura ou a reindustrialização que é hoje também uma bandeira deste governo questionado sobre o tempo que poderá levar a definir essa estratégia regional o presidente da ccdr do algarve david santos respondeu que o trabalho deverá estar concluído até ao fim de junho transplante de cabelo no algarve pode ser cartão de visita para turismo de saúde as cirurgias de transplante de cabelo podem tornar-se num novo cartão de visita para o turismo de saúde no algarve e ajudar a combater a crise no setor acredita pedro cruz dinis cirurgião capilar segundo este especialista que tem operado vários estrangeiros na região as cirurgias realizadas em portugal custam em média menos do dobro do que no reino unido principal mercado estrangeiro o que significa que mesmo com os gastos na viagem e estadia no algarve o paciente fica a ganhar relativamente aos preços naquele país assumindo que este é um nicho de mercado ainda pouco explorado no algarve o cirurgião capilar afirma que iniciou recentemente uma campanha de promoção no exterior sobretudo na imprensa através da qual lhe têm chegado muitos pedidos de informação sobre a cirurgia que realiza em faro lisboa e leiria praia de cabanas de tavira considerada a melhor praia da peninsula ibérica a praia de cabanas de tavira é segundo uma lista publicada pelo jornal britânico the guardian a melhor praia da peninsula ibérica no artigo intitulado as melhores praias em espanha e portugal a praia de cabanas de tavira é descrita como aquela que conservando ainda o encanto e a autenticidade de uma localidade piscatória portuguesa proporciona ao visitante a sensação de estar num pequeno paraíso só seu a lista elaborada com base nas dicas de turistas inclui mais quatro praias algarvias sendo elas a praia do barril em tavira a praia da rocha em portimão a praia da bordeira e a praia da amoreira ambas em aljezur.

[close]

p. 7

a voz de loulÉ 28 de março 2013 7 naturalmente folar gigante adoçou a boca a centenas de olhanenses o dia de comer folar em olhão começou a 24 de março quando o chef pasteleiro filipe martins decidiu oferecer quatro variedades deste doce típico da páscoa aos seus conterrâneos olhanenses a iniciativa que estava prevista para sábado teve de ser adiada devido à chuva mas o folar um dia depois do previsto soube na mesma muito bem às centenas de populares que provaram as especialidades do proprietário da pastelaria kubidoce em poucos minutos cerca de 300 quilos de quatro tipos de folar tradicional de folhas de olhão mel e azeite da serra e de chocolate num total de cerca de 80 metros de comprimentos foram apreciados por centenas de pessoas que se juntaram no largo da restauração e perto da igreja matriz de olhão respondendo assim ao convite feito pelo chef que depois do sucesso do bolo-rei gigante oferecido por altura do natal voltou a adoçar a boca aos olhanenses foram necessários vários dias ­ e noites ­ de trabalho árduo para que tantos quilos de folar que levaram cerca de 24 horas no forno fossem oferecidos à população filipe martins e a sua equipa usaram na confeção do bolo típico da páscoa cerca de 300 ovos 150 quilos de açúcar 12 litros de azeite mas também aguardente de medronho canela ervadoce mel banha e manteiga o resultado final foi o desejado e claro bem saboroso pelo menos foi o que garantiram os muitos olhanenses que se juntaram no local onde foram distribuídos os diferentes tipos de folar para filipe martins depois do trabalho veio a recompensa mais uma vez missão cumprida disse o chef que venceu o mª josé dias instruída em alimentação saudável mariajose.dias.rodrigues@gmail.com pudim de brigadeiro esta receita é muito fácil de fazer e para os gulosos ou amates de chocolate é recomendável ingredientes 6 colheres sopa cheias de amido de milho 1 litro de leite 1 lata de leite condensado 2 barras de chocolate 170/180g 1 lata de creme de leite granulado de chocolate prémio de chocolatier do ano 2010 em Óbidos área à qual pretende continuar a dedicar-se esta iniciativa contou com o apoio logístico da acral e do município de olhão o presidente da autarquia francisco leal que também marcou presença na prova dos folares tal como o vice-presidente antónio pina destacou a ousadia do jovem pasteleiro ao liderar este projeto referindo igualmente que esta foi mais uma excelente oportunidade de levar mais longe o nome de olhão terra onde se promovem eventos únicos e de qualidade a câmara dentro das suas possibilidades está sempre disponível para apoiar nem que seja na divulgação eventos deste tipo garantiu francisco leal sementes de chia o que é a chia originária do méxico a chia é uma semente que foi muito consumida por civilizações antigas principalmente por quem precisava de força e resistência física entre os principais componentes está o ômega 3 em teor mais elevado do que o encontrado na linhaça também tem fibras cálcio magnésio potássio e proteína segundo a nutricionista flávia cyfer a chia age em três frentes distintas que auxiliam no emagrecimento causa saciedade as suas sementes são mucilaginosas ou seja ricas em fibras ao entrarem em contato com a água formam um gel no estômago diante dessa reação a digestão torna-se mais lenta assim o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente e então passa a consumir porções menores combate inflamação a gordura é resultado de um processo inflamatório do organismo que deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro com isso perde-se o controle sobre a fome a ponto de comer e nunca se sentir satisfeita o ômega 3 presente no grão combate essa inflamação ajudando o corpo a recuperar o controlo sobre o apetite desintoxica a fibra regula o trânsito intestinal e limpa o organismo por meio das fezes outros benefícios além de ajudar o corpo a entrar em forma a chia colabora na redução do colesterol controla a glicemia ajuda na formação óssea previne o envelhecimento precoce e melhora a imunidade do organismo como consumir pode ser encontrada de três formas ­ em grãos óleo e farinha mas independentemente da sua preferência a chia deve ser ingerida 30 minutos antes de duas das suas principais refeições diárias café da manhã almoço ou jantar chia em grÃo como ingerir pode ser consumido puro ou misturado a frutas de sua preferência o ideal é comer uma colher sopa da semente 30 minutos antes das refeições chia em Óleo use o óleo como tempero acrescente uma colher sopa do alimento em saladas independentemente da quantidade de folhas contudo a nutricionista flávia cyfer faz uma importante ressalva neste caso a versão líquida de chia não conta com os benefícios das fibras encontradas exclusivamente na farinha e na versão em grãos os demais componentes como o ômega 3 permanecem inalterados chia em farinha como ingerir adicione uma colher sopa no preparo de iogurtes vitaminas e saladas preparação em uma panela dissolva o amido de milho no leite e o leite condensado e leve ao fogo baixo mexendo sempre até engrossar e ferver por 2 minutos retire do fogo e misture 1 barra de chocolate molhe com água uma forma de furo central média ou um pirex pequeno e coloque o creme cubra com papel-alumínio e leve ao frigorífico por aproximadamente 3 horas cobertura em uma panela coloque o creme de leite e deixe amornar sem ferver retire do fogo e misture a outra barra de chocolate desenforme o pudim em um prato grande cubra com a calda e salpique o granulado de chocolate e sirva em seguida para quem aprecia pode utilizar chocolate meio amargo para a cobertura benefícios do chocolate o chocolate é rico em flavonoides epicatequina e ácido gálico que são substâncias anti oxidantes que combatem os radicais livres os radicais livres são o resultado de interações químicas no organismo e acabam acarretando o envelhecimento e o aparecimento de diversas doenças mas atenção o chocolate possui muitas calorias pelo que deve ser consumido moderadamente outro aspeto importante é que o chocolate deve ser escuro que são os amargo ou meio amargo.

[close]

p. 8

8 28 de março 2013 a voz de loulÉ história local a festa pequena da piedade de 1913 confrontos um processo e uma condenação 2.ª parte ou a tarde em que o sapateiro augusto feriu a mão do industrial seruca importa aqui recordar que a comissão promotora das festas da piedade de 1913 era composta na altura por cinco industriais do calçado todos eles residentes em loulé ­ luís dos santos ferreira josé lazaro dos ramos josé luís dos ramos manuel de sousa martins e joaquim espanhol júnior cf livros de registo de correspondência recebida na joão romero chagas aleixo câmara municipal de loulé ofício de investigador 6 de março de 1913 lic em história pela f.c.s.h u.n.l posto isto o dr Álvaro pereira de chagassporting@hotmail.com bettencourt ataíde juiz de direito da comarca de loulé manda intimar o dr josé bernardo lopes [médico do partido municipal entre 25 de agosto de 1910 e 5 de março de 1952 assim como o dr abel de abreu campos ambos médicos residentes em loulé «para comparecerem no tribunal judicial desta comarca no dia 25 do corrente mês de março por 11 horas afim de procederem a exame directo no ofendido josé martins seruca» cf a.d.f tjclle/caixa n.º 903/maço n.º 38/processo n.º 25/ano 1913/autor do processo ministério publico/reu josé augusto/fl 5 tal acontece e no «auto de exame e corpo de delito directo» pode-se ler o seguinte parecer assinado pelos dois médicos «que [o supra nominado apresenta vestígios de uma contusão no dorso da mão esquerda e esta lesão encontra-se completamente curada devia ter sido produzida por instrumento contundente e devia ter determinado dois dias de doença e não determinou deformidade aleijão ou perda de órgão» cf ibidem fls 6 e 6 v.º no dia 3 de abril pelas 10 horas foi a vez dr juiz bettencourt ataíde interrogar as duas testemunhas de acusação arroladas pelo queixoso a primeira testemunha alexandre da piedade guerreiro casado de trinta e cinco anos oficial de diligencias da administração do concelho de loulé residente nesta vila testemunhou « que na tarde do domingo em que teve logar a procissão da senhora da piedade no campo da feira presenciou que um grupo de indivíduos dava vivas á republica e que outros davam vivas á senhora da piedade e por essa ocasião viu que o arguido com um cajado que tinha na mão dar com ele na mão do ofendido» cf ibidem fls 9 e 9 v.º a segunda testemunha francisco rodrigues solteiro de vinte e dois anos de idade empregado comercial residente nesta vila declarou « que na tarde do domingo em que teve logar a procissão da senhora da piedade e no campo da feira desta vila presenciou que o arguido na ocasião em que o queixoso dava um viva á republica deu uma bengalada na mão do queixoso» cf ibidem fls 9 v.º e 10 as testemunhas não se entendem quanto ao instrumento que provocou a dita pancada se para uma tinha sido um cajado para outra tinha sido uma bengalada por sua vez no dia 22 de junho chegou a vez do dr juiz proceder ao interrogatório do arguido josé alexandre augusto sapateiro casado de quarenta e um anos natural e residente em loulé disse a sua versão do ocorrido o arguido «respondeu que no local aque os autos se referem um individuo que não conhece disse para elle reo e segurando o pela jaqueta `viva a republica como quem o convidava a elle reo a dizer tambem `viva a republica e elle reo condescendente disse e gritou `viva a republica porem o mencionado individuo continuava a ter elle reo seguro pela gola da jaqueta resistiu por que elle reo veio ter com o tal individuo para que lhe largase a jaqueta e por que este a não largava elle reo com a mão deu uma pancada na mão do individuo que lhe segura a jaqueta para que o largase cf ibidem fls 19 v.º 20 e 20 v.º estavam desta forma ouvidas as duas testemunhas apresentadas pelo queixoso assim como o testemunho de defesa do arguido faltava agora somente ouvir a sentença proferida pelo dr Álvaro pereira de bettencourt ataíde juiz de direito da comarca de loulé leitura essa que foi agendada para o dia 26 de junho este artigo termina na próxima edição d a voz de loulé joão romero chagas aleixo escreve de acordo com a antiga ortografia desporto campeonato nacional da 2.ª divisão louletano 0 ­ oeiras 0 vencer seria melhor mas o empate É aceitÁvel estádio municipal de loulé Árbitro tiago martins lisboa louletano ­ bruno lúcio melo cordeiro bernardo e dante vítor quadros filhó barão e ravera saqer e nuno moreira jogaram ainda caníggia chiquinho e djaló treinador prof josé quadros oeiras ­ rui santos didi pedro ferreira nuno abreu e ricardo bulhão silva leonel bruno e malan josimar e cuca jogaram ainda tino erico e lima treinador luís roquete antónio montes praticante de corrida antoniomontes@graficacomercial.com podia ter sido melhor mas o empate também não foi mau uma vitória acabava de uma vez por todas com o espectro que pairou durante grande parte do campeonato junto desta equipa a descida de divisão o confronto com o oeiras podia ter dado ao louletano a manutenção mas a equipa da linha chegou a loulé com a mesma intenção não perder para manter viva a possibilidade de não descer de divisão o jogo não foi bom esteve longe disso e desta vez o prof quadros não conseguiu dar o toque de midas à equipa foi atrevido utilizou um sistema ofensivo mesmo correndo o risco de enfraquecer o meio-campo e talvez tenha começado ai o facto do louletano não ter chegado à vitória desta vez ravera não fez a diferença e barão falhou demasiados passes quando a equipa partia para o ataque ao invés disso o oeiras pareceu adaptar-se melhor ao estado do relvado ganhou ascendente no meio-campo e privilegiou a posse de bola tirando assim capacidade ofensiva ao louletano a troca de posição de saqer e filhó a meio do primeiro tempo ainda colocou a equipa da casa a jogar mais perto da área contrária e por duas vezes esteve perto do golo mas em ambos os casos os jogadores louletanos foram pouco expeditos tanto a pensar como a executar mas o terreno empapado também não ajudava sem oportunidades claras de golo em toda a primeira parte a segunda começou logo com um susto para o louletano numa jogada bem delineada pelo ataque do oeiras ricardo cruzou rasteiro na direção da área josimar fez uma simulação e deixou silva na frente de bruno lúcio mas o remate embateu na barra e gorou-se a possibilidade dos visitantes chegarem ao golo a resposta do louletano a este lance só apareceu aos 78 minutos numa jogada que começou em caníggia que levou a bola até à linha de fundo cruzou para chiquinho que entre dois adversários ainda conseguiu tocar na direção de nuno moreira em desequilíbrio cabecear à barra se em ocasiões de golo as equipas se equivaliam nesta altura o louletano já tinha tomado conta do jogo aparecendo mais vezes junto da área contrária o saudita saqer parecia o mais inconformado e foi dos seus pés em iniciativas individuais que saíram outras oportunidades de golo mas também bernardo e filhó apareceram perto da área a tentar a sua sorte o empate não é mau até porque outro resultado penalizava em demasia o oeiras que lutou de igual modo pelos pontos e muito provavelmente deve ter saído de loulé com os seus intentos.

[close]

p. 9

a voz de loulÉ vilamoura 28 de março 2013 9 vodafone rally de portugal 2013 algarve quer continuação do evento na região no passado dia 13 de março o oceânico victoria golf course em vilamoura recebeu a apresentação do vodafone rally de portugal 2013 durante esta cerimónia os responsáveis algarvios presentes sublinharam a importância para a região daquele que é o evento desportivo com maior retorno económico para o país depois do euro 2004 e afirmaram ser fundamental que o mesmo se mantenha no algarve para nós o rally tem uma importância muito significativa tem um impacto económico extremamente elevado para além dos números económicos há também os números da notoriedade da prova que reflete na região considerou joaquim guerreiro vereador do desporto da câmara municipal de loulé uma das autarquias que apoiam a prova joaquim guerreiro falou ainda da importância dos eventos desportivos que ao longo do ano decorrem no concelho para se ter uma ideia da dimensão que temos na área desportiva e turística em 2011 tivemos 21 provas de dimensão internacional e em 2012 esse número aumento para 26 referiu também o presidente do turismo do algarve é da opinião de que o rally de portugal no algarve é uma maisvalia para a região com retorno considerável com uma importância acrescida no combate à sazonalidade vodafone rally de portugal 2013 11 a 14 de abril as grandes emoções do campeonato do mundo de ralis estão de volta às estradas do baixo alentejo e algarve desenrolando-se ao longo de 15 especiais de classificação e com um total de 386,73 quilómetros pelos concelhos de loulé silves faro ourique almodôvar e lisboa com a super especial no dia 11 tem lugar o qualifying stage de vale judeu que irá decidir a ordem de partida seguindose a partida oficial a partir da marina de vilamoura no dia 12 arranca a competição propriamente dita com as primeiras especiais de classificação a ação tem início com a dupla passagem pelos troços de mú 20,32 km e ourique 18,32 km seguindo-se os 3,27 km da praça do império em lisboa e onde os pilotos alinharão por ordem inversa no dia 13 decorrem seis provas especiais de classificação santana da serra 1 e 2 31,12 km vascão 1 e 2 25,37 km e loulé 1 e 2 22,78 km dia 14 será o dia de encerramento da prova com dupla passagem por silves 21,52 km e duas visitas a almodôvar 52,30 km sendo a última delas o power stage que poderá ser de extrema importância para a classificação do campeonato tratamento da enxaqueca tiago martins licenciado pela escola superior de medicina tradicional chinesa esmtc de lisboa e pela nanjing university of chinese medicine njucm china tiago.mediestetica@gmail.com o que são enxaquecas as enxaquecas são um tipo específico de dor de cabeça duram entre 4 a 72 horas são de natureza latejante e pulsátil de intensidade moderada a intensa normalmente são unilaterais e pioram com o esforço associado às enxaquecas também pode ocorrer náuseas vómitos sensibilidade à luz ao som ou a certos cheiros para ser diagnosticado como sofredor de enxaquecas apenas necessita de apresentar 3 ou 4 destes sintomas atualmente estima-se que cerca de 10 a 15 da população portuguesa sofre de enxaqueca qual é a causa de acordo com a medicina ocidental a causa da enxaqueca é desconhecida e os seus mecanismos são pouco compreendidos no entanto sabe-se que alguns dos fatores que a desencadeiam são as alterações hormonais alterações do sono alterações na pressão atmosférica a fome e o stress como é que a medicina chinesa trata as enxaquecas porque cada paciente apresenta o seu próprio padrão e mecanismo para a enxaqueca o primeiro passo para o tratamento com a medicina chinesa é efetuar um diagnóstico e determinar quais os padrões que estão envolvidos É este diagnóstico que permite ao especialista determinar qual a combinação de terapias mais adequadas a cada paciente as terapias podem consistir em acupuntura fitoterapia chinesa e/ou massagem tuiná tipicamente consiste também em dieta modificação de alguns hábitos alimentares e alterações de estilo de vida para tratar a raiz subjacente à doença a acupuntura pode ser usada tanto de forma preventiva como durante um ataque muitas vezes a acupunctura pode parar ou diminuir a dor após poucos minutos da inserção das agulhas como é que eu sei que a medicina chinesa funciona foram realizados vários estudos na república popular da china que confirmam que a medicina chinesa é segura e eficaz no tratamento deste tipo de dor de cabeça em seguida apresento apenas dois exemplos wang xian-qi e sun qing trataram 52 casos de enxaquecas persistentes com fórmulas herbáceas chinesas conforme descrito em new chinese medicine 7 1996 com uma taxa de melhoria total de 94,2 bai hui-min tratou 65 casos de enxaqueca com acupuntura tianjin college of chinese medicine journal 2 1996 e obteve uma taxa de melhoria total de 95.3 btt casal de ciclistas termina prova sul-africana com proposta de casamento celina carpinteiro e valério ferreira terminaram no passado dia 24 de março a sétima e última etapa cape epic2013 na África do sul na 7.ª posição o casal algarvio de ciclistas de btt celebraram estes resultados com uma proposta de casamento de acordo com a página oficial da prova na rede social facebook após terminarem os 54 quilómetros da última tirada valério ferreira ajoelhouse perante a companheira e pediu-a em casamento levando celina carpinteiro às lágrimas ferreira e carpinteiro que alinham na equipa btt loulé terminaram a competição mista no 114.º lugar a quase seis horas dos vencedores o cape epic2013 teve início a 17 de março num percurso a 15.650 metros de altitude acumulada ao longo das oito etapas nas quais os dois elementos da equipa estão obrigados a estar praticamente juntos nunca separados por mais de dois minutos tavira international sports meeting 2013 4000 participantes praticam em 72 horas de desporto non-stop já se encontra a decorrer na ilha de tavira o ism international sports meeting sport zone island um festival que tem o desporto como filosofia no total são 4 dias e 4 noites de 27 a 30 de março durante o qual os 4000 participantes se dedicam de corpo e alma ao desporto durante cerca de 72 horas non-stop este festival proporciona a possibilidade de sentir e viver mais de 100 experiências fantásticas proporcionadas por uma equipa de 400 pessoas.

[close]

p. 10

10 28 de março 2013 a voz de loulÉ breves mensagens o professor marcelo em loulé o prof dr marcelo rebelo de sousa honrou-nos com a sua presença em loulé a 22 de fevereiro no jantar de apresentação da candidatura do dr hélder mª joão mendonça portela martins à câmara de loulé lic em filologia germânica foi um mega mariajoaoportela@gmail.com jantar no pavilhão desp a que acorreram pessoas de todo o algarve a presidente da jsd de loulé irina martins iniciou os discursos «enquanto jovem que cresci no concelho de loulé me dirijo a vós nos últimos anos o nosso concelho assistiu a um significativo aumento da sua população jovem devido à qualidade de vida que oferece aos habitantes mas nós queremos mais queremos fazer parte do futuro a voz de loulé celebrou dia da mulher com leitoras simplesmente divinal obrigada por nos terem proporcionado uma noite tão agradável foram estas as palavras das leitoras que no passado dia 8 de março festejaram o dia da mulher no restaurante lendário situado no calçadão de quarteira « a voz de loulé convida-a a jantar no restaurante lendário » era o mote deste passatempo do dia da mulher que atribuía à vencedora um jantar duplo no restaurante referido aurea graça louletana e leitora d a voz de loulé foi a vencedora do concurso a engra teresa guerreiro solicitando um autógrafo ao professor marcelo num dos seus livros somos a geração mais bem preparada queremos um concelho cada vez mais jovem dinâmico e activo» o presidente da cml dr seruca emídio foi efusivamente aplaudido demonstrando todos o seu reconhecimento pelo excelente trabalho efectuado ao longo destes 12 anos à frente do município foram obras imparáveis desde saneamento e pavimentação de estradas até ao término do calçadão de quarteira e ao derrube final do bairro dos pescadores passando pelas av parque das cidades via rápida para quarteira e pela renovação da cidade com a recuperação de edifícios como o cine-teatro o mercado o hospital o arquivo o parque entre tantos outros acompanhado pela esposa e filhas o candidato hélder martins afirmou ao sua vontade de continuar a desenvolver o concelho a sua candidatura foi para ele «um grande sentido de responsabilidade mas também com a confiança de que pode ser útil» o prof que nos prende aos ecrans da tvi começou por agradecer o carinho com que foi recebido pelos louletanos lembrando que esta terra «ocupa um lugar especial no seu coração» fez uma análise da situação do país e das dificuldades que temos de enfrentar considera este candidato «um verdadeiro líder capaz de ultrapassar qualquer dificuldade» pelo que aqui esteve a prestar-lhe o seu apoio mª joão mendonça portela escreve de acordo com a antiga ortografia oraÇÃo ao sagrado e divino espÍrito santo sondaloulé sondagens e captações de Água ld.ª manuel antónio guerreiro vale da rosa caixa 198 a 8100-331 loulé telf 289 41 57 12 fax 289 435 034 tlm 91 7268 792 oh divino espírito santo vós que me esclareceis de tudo que iluminais todos os meus caminhos para que eu possa atingir a felicidade vós que me concedeis o sublime dom de perdoar e esquecer as ofensas e até o mal que me tenham feito a vós que estais comigo em todos os instantes eu quero humildemente agradecer por tudo o que sou por tudo o que tenho e confirmar uma vez mais a minha intenção de nunca me afastar de vós por maiores que sejam as ilusões ou tentações materiais com a esperança de um dia merecer e poder juntar-me a vós e a todos os meus irmãos na perpétua glória e paz amén obrigado mais uma vez a pessoa deverá fazer esta oração por 3 dias seguidos sem dizer o pedido dentro de três dias será alcançada a graça por mais difícil que seja publicar a oração assim que receber a graça agradeÇo a graÇa recebida m r.

[close]

p. 11

a voz de loulÉ 28 de março 2013 11 entrevista acral esses um dia vão acabar e nessa altura tendo em conta as coisas como estão não se conseguirão pagar as dívidas e a acral por si só irá desaparecer portanto julgo que o correto agora seria preparar o futuro da acral e para isso é necessário criar receita alternativa sem entrar em concorrência com os associados como se fez no passado quando se comprou um jornal que nem sequer é um grupo empresarial mas sim uma associação a acral não pode comprar jornais não pode gastar o dinheiro das pessoas assim não me parece que isto faça qualquer sentido v.l ­ em que pode ser diferente a sua gestão comparativamente com a gestão actual v.g ­ posso aqui referir duas ou três ideias concretas uma das coisas que ouvimos os associados dizerem é que não têm informação não se sabe o que se passa nem o que se faz não se sabe de nada comigo farão parte das reuniões de direção não só os elementos da direção mas também os elementos qualificados no seio dos funcionários se não há nada a esconder a melhor coisa que temos que fazer é envolver todos haverá além disso posteriormente a essa reunião uma ata devidamente assinada e enviada por email para os sócios para que estes saibam o que se passou na reunião e as decisões tomadas o mesmo acontecerá quando chegar a altura de se fazer o relatório de contas comigo serão relatórios trimestrais e mais uma vez esses serão enviados aos associados além disso entendo que as reuniões deverão ser feitas nos vários polos da acral que são 7 além da sede em faro temos de ir ao encontro das pessoas de as motivar há neste sentido imenso trabalho a fazer outra queixa que ouvimos dos associados é que não têm qualquer benefício por ser associados v.l ­ nesse sentido o que é que a acral deve fazer especificamente para benefício dos seus associados v.g ­ há muita coisa que pode ser feita se esta candidatura for eleita pode esperar-se a intenção de negociar seguros eletricidade e outros encargos ou mesmo com a banca eu consigo valores melhores negociando em nome de mil pessoas do que apenas para uma e eu sei disso porque enquanto empresário possuo um agregado para o qual consigo valores mais vantajosos isto são pequenos exemplos e julgo que só com estas negociações o associado já está a ter algum rendimento não sei quantificar quanto mas será algum depois há os fundos comunitários quanto a estes conheço pouco ou nada mas aquilo que eu acho que a associação deve fazer deduzo que foi para isso que foi criada é ir junto do seu associado e dizer olhe na sua área existe este e este fundo comunitário se quiser pode concorrer dar a conhecer e explicar ao associado as suas possibilidades e se este precisar de informação jurídica ou de fiscalidade nós ajudamos este tem de ser o campo de ação da associação há a experiencia acumulada eu sei de umas coisas e outros saberão de outras não sou perfeito não sei de tudo mas sei por exemplo gerir empresas provavelmente há aí gente que nunca pensou em estar nas dificuldades dos dias de hoje mas talvez um bocadinho de mais assistência alterasse alguma candidato à direção victor guerreiro eu acredito nisso e ainda tenho esperança de que a acral volte a ter os cerca de 4000 sócios que já teve coisa na vida dessas pessoas e ainda fosse a tempo de reduzir algum risco É essa a função de uma associação não pode ser outra v.l ­ acha que os empresários que neste momento se encontram um pouco perdidos poderiam ter mais sucesso se tivessem o aconselhamento de uma associação v.g ­ por vezes basta apenas uma palavra amiga uma palavra de consolo de esperança acima de tudo a associação deve colocar os seus meios ao serviço dos seus associados foi para isso que foi criada e se conseguir envolver todos e provar que é possível desenvolver programas e atitudes no sentido de beneficiar os associados que pagam uma quota melhor eu acredito nisso e ainda tenho esperança de que a acral volte a ter os cerca de 4000 sócios que já teve v.l ­ são conhecidas algumas críticas suas à gestão da direcção actual da acral o que tem a dizer sobre isso v.g ­ mantenho tudo o que disse não falo de pessoas nem pretendo fazê-lo falo na gestão da acral e quando o faço reporto-me ao presidente do concelho fiscal da acral não acuso ninguém não digo que é verdade nem que é mentira o que eu digo é que o presidente do conselho fiscal da acral em dezembro de 2011 se demitiu das suas funções por a direcção não ter satisfeito os seus pedidos de cedência de documentos que permitissem analisar as contas da instituição conforme se pode ler numa notícia lançada num jornal regional penso que são muito mais verdadeiras e válidas as declarações de quem o disse do que quaisquer palavras que eu possa dizer v.l ­ qual é a verdadeira situação financeira da acral e em seu entendimento o que é que a levou a essa situação v.g ­ os elementos disponíveis não são totalmente elucidativos temos de tirar algumas extrapolações e criar alguns números refletindo sobre isso eu diria que a acral tem neste momento uma dívida acima de um milhão de euros 300 mil euros correspondem a uma conta caucionada do bes que se encontra esgotada valor idêntico também caucionada e esgotada no banco popular e só aqui já vão 600 mil o resto serão dívidas a fornecedores v.l ­ se for eleito como acha possível pagar essa dívida de um milhão de euros v.g ­ obviamente que tudo isto são apenas um conjunto de intenções um pouco abstratas uma vez que não conhecendo a realidade se torna muito difícil traçar um plano no entanto não será possível arranjar esse dinheiro do nada a não ser que exista um fundo comunitário para pagar dívidas eu não tenho conhecimento que exista a atual direção diz que até aqui arrumou a casa e que irão entrar futuramente perto de 5 milhões de euros não se diz qual é a proveniência do dinheiro nós só podemos deduzir que se tratam de fundos comunitários para que será esse dinheiro victor manuel ferreira guerreiro 64 anos casado e pai de 2 filhos é empresário há mais de 45 anos em áreas como a agricultura os têxteis e o imobiliário natural de são bartolomeu de messines mas residente em tavira victor gonçalves é o candidato de uma segunda lista candidata à direção da acral ­ associação do comércio e serviços da região do algarve situação que há muitos anos não era vivida na associação com o objetivo de dar a conhecer aos empresários algarvios o novo candidato e os seus projetos de trabalho a voz de loulé falou com victor gonçalves o futuro de uma associação como a acral não pode passar por receber 150 mil euros de quotização por ano ter uma despesa de 300 ou 350 mil euros e sustentarse nos fundos comunitários a voz de loulé ­ se for eleito pela acral como pensa compatibilizar o seu trabalho com a direcção da acral victor guerreiro ­ tenho bastante presente que se eu for eleito presidente da acral terei nos primeiros 6 meses de dar 8 horas por dia à associação aos meus interesses pessoais às minhas empresas darei apenas o que daí me restar esses primeiros meses serão tempos muito difíceis pois tenho que aclarar e perceber se a situação é sustentável ou não nessa altura será preciso envolver gente qualificada e não apenas os órgãos sociais da direção será necessário fazer um estudo uma vez que na minha opinião a acral como talvez a maioria das empresas deve ter um projeto a longo prazo de 10 a 15 anos É necessário saber o que esperar do futuro e o futuro de uma associação como a acral não pode passar por receber 150 mil euros de quotização por ano ter uma despesa de 300 ou 350 mil euros e sustentar-se nos fundos comunitários.

[close]

p. 12

12 28 de março 2013 a voz de loulÉ não basta fazer lojas e centros comerciais há consequências e estas já se sentem um pouco por todo o lado será para pagar as dívidas se assim for o problema está resolvido mas como enfim com a minha idade já não posso acreditar no pai natal digo que é indevido fazê-lo pois não é para isso que os fundos comunitários chegam às associações além disso veja o contrassenso em que me ponho para um projeto impulsionador de um concelho como seria o caso da criação de um porto de pesca no concelho de tavira onde vivo não há 7 milhões de euros para investir e para uma associação há 5 milhões de euros esta situação de tavira é apenas um exemplo que dou para ver se acordamos não posso estar calado com uma situação destas agora como pagarei as dívidas se for eleito terei de conhecer a situação real mas uma das formas de pagar os 600 mil euros de dívida aos bancos que deduzo que serão o grosso da dívida terão que ser renegociados com os próprios bancos no entanto há uma coisa que eu tenho de reconhecer nestes senhores há uma conta de 600 mil euros totalmente esgotada mas não há o aval nem a garantia de ninguém É incompreensível e é evidente que quem vai responder por isto mais tarde ou mais cedo serão as próprias instalações da acral digo mais já fui convidado para fundir as listas da acral e quem mo fez fê-lo seguramente com boa intenção mas eu não posso fazer fusão com algo que não concordo e não o fiz nem faço mesmo com a minha humildade a fazer-me crer que a outra lista tem todas as possibilidade para ganhar as eleições pois tem a máquina ligada conhece a realidade das coisas enquanto eu sou um passarinho nisto não resolvo nada provavelmente não mas se ficarmos todos em casa então é que de certeza absoluta que não resolvemos v.l ­ quer-nos adiantar alguns nomes que vão fazer parte dos órgãos sociais da sua lista v.g ­ sim mas antes deixe-me acrescentar que parti para isto há cerca de um ano por insistência de um amigo do peito em quem deposito confiança ilimitada e que aceitou o meu repto para ser segundo quando lhe pus essa condição e esse alguém é o henrique que deixou a posição que tinha na deco na associação que criou e veio comigo a partir daí não tive argumentos para voltar para trás depois as coisas foram acontecendo em cadeia à medida que fomos falando com as pessoas esta lista não foi feita por 5 ou 6 amigos que se juntaram para tomar conta do que quer que seja ficou o atual presidente da assembleia geral porque no meu entender é quem mais conhece a acral e não conhecendo nós nada do que se está lá a passar é preciso alguém que o saiba temos além disso pelo menos meia dúzia de mulheres cujo trabalho valorizo bastante henrique dias josé leal humberto teixeira da hubel e susana casanova são alguns dos nomes desta lista v.l ­ com que apoios contam em loulé quais os objetivos para este concelho v.g ­ loulé atravessa os problemas que todos nós atravessamos no momento somos frequentemente atacados com grandes superfícies É necessário criar um plano de ativação da baixa criar situações como por exemplo um evento mensal num dia específico com artistas plásticos músicos várias atividades para atrair as pessoas para a baixa da cidade no entanto posso dizer que loulé tem sido o concelho onde tem sido feito o melhor trabalho em termos associativos e de comércio trabalho esse feito pela susana casanova que mencionei há pouco esta mulher trata de muitos dos papéis dos empresários prestando um serviço que evita que estes andem de secção em secção a tratar de burocracias isto são ganhos de eficiência e de imagem e quiçá se sabendo disso um empresário não prefere loulé em vez de outra cidade agora o que temos de fazer é replicar estes exemplos para outros sítios onde pouco ou nada se faz não vou citar nomes mas tenho falado com alguns presidentes de câmara e com quem falei nenhum deles conhecia a situação da acral nem de perto nem de longe v.l ­ qual a sua posição sobre o plano do ikea e outro plano em curso para ser aprovado no concelho de loulé v.g ­ sem procurar ofender ninguém digo apenas isto antes o objetivo de um concelho era ter uma rotunda agora parece que o objetivo é cada concelho ter um centro comercial o algarve já é a região da europa com maior número de centros comerciais por habitante sabendo nós que a população não cresceu antes pelo contrário alguns até imigraram sabendo nós que o desemprego no algarve é de cerca de 25 isto é qualquer coisa de assustador mas o que me faz confusão são casos como o de tavira onde foi construído um centro comercial e mais uma vez a acral nada disse o resultado foi a criação de um monstro na cidade que se não tivesse o grupo de supermercados da sonae já não estaria a funcionar em relação ao plano do ikea e englobo neste todos os planos do mesmo tipo só posso dizer que conheço as duas realidades pois tenho comércio de rua e comércio em centros comerciais e este só resultará para aqueles que têm poder negocial como as grandes cadeias o comerciante individual que quer tentar uma oportunidade de vida na grande maioria das vezes sai perdendo dinheiro são muitas despesas eu não diria que sou contra o ikea nem contra tudo o que é desenvolvimento porque não sou aquilo que digo e digo muitas vezes na minha vida para tudo é que é preciso bom senso não basta fazer lojas e centros comerciais há consequências e estas já se sentem um pouco por todo o lado É preciso perceber que agora fecham lojas porque abrem centros comerciais mas qualquer dia fecham centros comerciais porque abrem outros centros comerciais as autarquias em termos da amal deviam coordenar essas situações para que houvesse um equilíbrio a realidade é que somos 400 mil pessoas no algarve e o poder de compra é cada vez menor portanto antes de ser contra qualquer coisa digo que não é oportuno não é o momento para criar esse tipo de situações tendo em conta a situação em que conhecemos o país o dr daniel bessa disse e eu faço aqui minhas as palavras dele que o país está na banca rota só que as entidades públicas não o querem reconhecer e tudo isto se mistura com a acral porque o mundo é dinâmico as coisas funcionam por si se um homem plantar uma batata e a vender compra umas calças tudo está integrado a pesca a agricultura a indústria o algarve precisa de uma voz que represente todas as associações uma voz única e que seja delas a mais capaz de transmitir aquilo que é o algarve porque digo-lhe só com sol e mar não vamos lá v.l ­ o que acha do impacto que vão ter essas grandes superfícies nos pequenos comerciantes v.g ­ o impacto vai ser negativo para a economia local sem dúvida as vendas vão reduzir o dinheiro não estica as pessoas são as mesmas e se é novidade as pessoas vão e quando abrir mais um centro comercial é negativo para o comércio de rua mas é negativo também para os outros centros comerciais não nascem pessoas nem se formam consumidores de um dia para o outro esta é a realidade não podemos fugir e aquilo que eu assisto enquanto cidadão é que toda a gente tem medo da realidade de falar daquilo que é real a nossa candidatura faz algumas acusações e a resposta que obtemos é isso não é bem assim então se não é bem assim explique diga lá como é quanto mais cedo enfrentarmos a realidade melhor v.l ­ considera-se um empresário de sucesso v.g ­ eu não diria isso neste país temos um pouco a tendência de achar que todos os comerciantes ou empresários são ricos mas isso é falso eu sou rico de saúde sou rico de felicidade sou rico no meu agregado familiar sou rico nos meus amigos em termos financeiros faço uma vida normal neste momento tenho à volta de 30 empregados e preocupo-me essencialmente com o pagamento dos seus salários v.l ­ que mensagem deixa aos associados apelando ao seu voto v.g ­ aquilo que eu tenho para dizer é simplesmente isto transparência transparência transparência trabalho trabalho trabalho informação informação informação e claro disponibilidade para tudo o que for de bem não só para a associação mas em termos gerais nesta lista o lema é voltar a acreditar numa acral credível nathalie dias lista concorrente foi recusada por violar estatutos da acral a voz de loulé teve conhecimento através de uma nota de impresa emitida pelo candidatura à acral encabeçada pelo associado victor guerreiro unipessoal lda que claras irregularidades aos estatutos da associação por parte da lista concorrente originou a rejeição da mesma ao ato eleitoral do próximo dia 5 de abril segundo o mesmo documento caso não tivessem sido detectadas as várias irregularidades no momento da entrega da lista na passada sexta-feira dia 22 de março a acral ­ associação do comércio e serviços da região do algarve teria associados a candidatarem-se aos vários órgãos da acral que não constavam sequer nas listas eleitorais em causa estavam sobretudo vários associados que já tinham cessado a sua atividade o que implicou a sua exclusão como sócio por força dos estatutos da acral a nota de imprensa salienta igualmente que segundo a secretaria da acral só às 17:50 horas é que a lista deu finalmente entrada com os respectivos números e nomes das empresas associadas factor que levou a que a lista em questão tivesse que ser rejeitada de acordo com os estatutos segundo a lista encabeçada por victor guerreiro é de lamentar que este incidente não tenha tornado possível que pela primeira vez na história da acral aparecessem mais que uma lista a disputar as eleições infelizmente tudo indica que o excesso de confiança de nunca a eleição ter sido disputada por mais que uma lista poderá estar na origem deste incidente em clara violação com os estatutos da associação sendo legítimo perguntar se as eleições anteriores não terão pecado pela mesma enfermidade

[close]

p. 13

a voz de loulÉ 28 de março 2013 13 entrevista acral associados numa parte muito curta uma vez que esse sempre foi e continua a ser um problema de todas as associações as quotizações não chegam para cobrir os custos fixos da associação advindo daí a necessidade de alternativas para que a associação seja economicamente independente v.l ­ qual é atualmente a situação da acral em termos de associados j.r ­ a acral tem hoje cerca de 4 mil associados o movimento associativo sempre careceu especialmente no algarve mas neste momento também a nível nacional de pessoas com vontade de se dedicar ao movimento associativo cada vez somos menos com essa vontade e sem remuneração ainda pior só com grande amor à camisola que creio ser algo que nasce com as pessoas é que nos leva a enveredar por estes caminhos o movimento associativo é algo a que me dedico desde os meus 16 anos primeiro na associação de estudantes e depois fui dirigente da jsd até 1999 quando me reformei das andanças políticas dedicando-me desde então ao associativismo da vida social fiz parte da direção dos bombeiros e mais tarde da acral em portimão passando mais recentemente para a direção regional o movimento associativo como é óbvio está com dias difíceis a conjuntura económica leva mais empresas a fechar portanto é normal que os associados também joão rosado j.r ­ a situação financeira da acral é uma situação controlada como é evidente existem dívidas mas obviamente se é verdade que temos um milhão de dívidas também temos um milhão de ativo a receber dos vários projetos que temos em curso quando olhamos para um balanço temos de olhar para os dois pratos da balança v.l ­ falam-se de fundos comunitários esse dinheiro existe realmente j.r ­ existirá com certeza as candidaturas estão aprovadas e estamos agora na fase de as implementar no terreno nunca tivemos um volume tão grande de aprovações portanto isto só pode ser sinónimo de que as entidades a quem compete decidir a atribuição candidato à direção agora que a casa está arrumada podemos avançar com os projetos que temos em carteira para fazer o trabalho de consolidação da acral É necessário que todas as partes percebam que por um lado os consumidores mudaram os seus hábitos de consumo e por outro os comerciantes estão dispostos a alterar os seus horários desde que para isso tenham alguns apoios joão gabriel monteiro rosado 43 anos casado e pai de duas filhas é empresário no ramo da segurança contra incêndios e de telecomunicações natural de portimão joão rosado sempre se dedicou ao associativismo sendo atualmente o presidente da acral ­ associação do comércio e serviços da região do algarve antes de assumir a presidência desempenhou a função de vogal sob a direção de gilberto de sousa joão rosado candidata-se agora ao seu 2.º mandato durante o qual pretende dar continuidade aos projetos que tem em curso a voz de loulé falou com o candidato para conhecer as novas propostas de joão rosado para o novo mandato a voz de loulé ­ como tem compatibilizado a sua vida profissional com a direção da acral joão rosado ­ de uma forma muito complexa mas possível É uma questão de gerir o tempo e de delegar nas equipas de forma muito profissional e eficiente e isso é possível quando temos ao nosso lado bons profissionais a acral ocupa-me na verdade cerca de 70 do meu tempo total sendo um hobbie uma vez que é uma posição não remunerada v.l ­ encara este novo mandato a que se recandidata como uma continuidade do que tem sido feito ou tem para ele novos objetivos j.r ­ este novo mandato será uma continuidade evolutiva estes dois anos do primeiro mandato serviram essencialmente para arrumar a casa uma vez que a acral tinha em 2009 quando lá chegámos algumas dificuldades a nível económico agora que a casa está arrumada podemos avançar com os projetos que temos em carteira para fazer o trabalho de consolidação da acral serão sobretudo projetos que poderão dar à acral viabilidade económica para continuar no futuro sem a necessidade por um lado da subsidiodependência e por outro contando com a quotização dos os resultados do meu trabalho são a maior resposta a essas críticas a acral nunca teve tantas atividades dinamização e prestígio como tem hoje diminuam esse é um problema que existe não só no seio da acral mas que se debate por todo o país v.l ­ a sua gestão da acral tem sido alvo de duras críticas feitas pelo seu opositor noutros meios de comunicação o que tem a dizer em relação a isso j.r ­ tenho a dizer que os resultados do meu trabalho são a maior resposta a essas críticas a acral nunca teve tantas atividades dinamização e prestígio como tem hoje saiu recentemente o anuário de 2012 à semelhança do que foi feito em 2010 e mesmo num ano difícil e economicamente complicado conseguimos encher 16 páginas com atividades não foi um grande ano mas foi um ano positivo em termos de trabalho desenvolvido é isso todos podem vê-lo agora obviamente tenho muitos projetos para o futuro e esses com certeza irão dar um outro tipo de andamento e dinâmica à associação quanto ao meu opositor não tenho nada a dizer cada um é livre de se candidatar apenas lamento a forma como tem conduzido a sua campanha sempre a denegrir a imagem e prestígio da associação dizendo muitas coisas que são mentira quando digo que é mentira digo-o com todas as letras o facto de ter sido feito um comunicado com nomes e afirmações completamente falsas e a seguir o terem retirado é o melhor exemplo da leviandade com que se esta a tratar este assunto colocando em causa a associação e o bom nome das pessoas que nela trabalham v.l ­ qual é a verdadeira situação financeira da acral e a sua aprovação dos projetos veem na acral uma associação com prestígio e credibilidade v.l ­ que tipos de projetos são esses j.r ­ são diversos começando pela formação profissional a acral forma todos os anos em todo o algarve cerca de 1200 comerciantes dos mais variados ramos em áreas como informática inglês e outras que se incluem na lei de formação obrigatória para as empresas obviamente gostaríamos de fazer muito mais e temos capacidade para tal mas fazemos apenas aquilo que nos aprovam outro dos projetos que temos em mãos uma candidatura muito interessante que aguarda ainda a decisão final é o preia ­ plano regional para o empreendedorismo e inovação no comércio e serviços do algarve este projeto tem vários objetos de ação sendo que o objetivo é sempre o mesmo dinamizar o comércio local através de um acordo com o instituto de emprego e formação iefp colocar funcionários nos postos de trabalho dos comerciantes para que o estabelecimento possa abrir fora dos horários tradicionais isto é noites e fins-de-semana o que se pretende é explorar a possibilidade de contratação por turnos aproveitando desta forma o comércio e o posto de trabalho existente É necessário que os consumidores percebam que os comerciantes estão disponíveis para alterar os seus hábitos mas para isso os nossos associados precisam de ajuda ora são estes apoios que pretendemos desenvolver prevemos com este projeto criar 400 a 500 postos de trabalho durante pelo menos os 6 meses da época de verão dando aos empresários uma mais-valia sem que estes tenham um investimento direto obviamente apenas abrir as lojas não é suficiente é preciso habituar as pessoas a irem até elas nesse sentido em colaboração com a universidade do algarve ualg iremos fazer um estudo de diagnóstico das carências das necessidades das principais cidades do algarve além desta outra das componentes é com certeza,

[close]

p. 14

14 28 de março 2013 a voz de loulÉ sabemos à partida que haverá um impacto económico muito complicado para aqueles que têm ramos de negócios na área do que o ikea vende por outro lado a localização escolhida pelo ikea é bastante infeliz a animação que chamará as pessoas ao centro das cidades temos ainda previsto um projeto de abertura de uma loja do empreendedor também a aguardar aprovação que permitirá oferecer ao investidor um conhecimento das ofertas e necessidades de cada uma das cidades e ruas do comércio assim como incentivar as marcas a deslocarem-se para o algarve este será um projeto que contará com a parceria dos académicos da ualg sendo este um estudo essencial para consolidar os centros das cidades outro projeto já aprovado é o aumento do número de vídeo-painéis como o que temos na entrada de faro a colocação destes vídeo-painéis de grandes dimensões está em fase de implementação sendo desta vez alargado a mais cidades do algarve existe também o projeto das mupis digitais uma inovação em termos tecnológicos que queremos trazer para o algarve estes mupis digitais serão expositores de publicidade interativos onde os nossos associados irão estar representados e que permitirão a qualquer pessoa fazer as suas buscas sobre restaurantes lojas e outros serviços disponíveis para já temos um protocolo com a região de turismo para que esses mupis sejam colocados numa primeira fase nos 8 principais postos de turismo do algarve e numa segunda candidatura que ainda espera aprovação alongar aos 22 postos de turismo recentemente foi apresentado publicamente na btl feira internacional de turismo em lisboa o cartão de turismo algarve pass também com a parceria da região de turismo do algarve também este é um projeto inovador que não existia em portugal e que levámos 3 anos a alinhar e a preparar em termos de backoffice e software este cartão permite a acumulação de pontos que serão depois trocados em parceria com cada uma das autarquias nos serviços municipais como por exemplo os transportes públicos da autarquia e nos parques de estacionamento que é aquilo que as cidades mais precisam para combater os centros comerciais o estacionamento gratuito futuramente este cartão terá um irmão com o mesmo formato mas direcionado para os residentes em traços muito gerais é isto e só aqui já há muita coisa para fazer v.l ­ É nestes projetos que serão investidos os 5 milhões dos fundos comunitários j.r ­ só nisto que disse estamos a falar em termos de tecnologia de coisas completamente inovadoras com uma tecnologia nova e por isso bastante cara v.l ­ não é muito ambicioso para uma associação como a acral fazer projetos megalómanos como estes j.r ­ não são projetos megalómanos talvez possam parece-lo em termos de investimento mas é para isso que os fundos comunitários estão disponíveis há nesse sentido uma grande falta de informação dos próprios empresários sobre aquilo que têm à sua disposição se falarmos em fundos do orçamento de estado esses realmente não existem no entanto existem no qren que tem um orçamento próprio vindo da união europeia muitos fundos disponíveis e posso garantir-lhe que no caso do algarve muitas deles chegam a fechar sem que sejam esgotados por falta de candidaturas o algarve não está a aproveitar todos os fundos disponíveis e essa é a realidade temos o caso por exemplo do projeto jessica uma linha criada para a reabilitação dos centros das cidades que abriu com 5 milhões de euros e ainda estão mais de 4 milhões disponíveis v.l ­ que tipo de serviço presta a acral atualmente e que tipo de serviço quer prestar j.r ­ a acral presta como qualquer associação empresarial vários serviços básicos já aqui falei da situação da formação profissional que temos disponível gratuitamente para todos os associados e que colmata a obrigatoriedade das 35 horas de formação temos além disso toda a assessoria jurídica disponível para os nossos sócios sendo a primeira consulta com o nosso jurídico de enquadramento da situação gratuita e sem compromissos os empresários têm ainda a possibilidade de publicitar nos vídeo-painéis com um custo muito mais reduzido havendo além disso outros protocolos vantajosos v.l ­ quer adiantar-nos alguns dos nomes que fazem parte da sua lista j.r ­ sim sem problema nenhum eu sou o candidato à direção à direção da mesa da assembleia geral é candidato o reinaldo teixeira um ilustre empresário aqui do concelho de loulé no concelho fiscal temos outro ilustre louletano o dr gilberto de sousa e no conselho geral temos o luís coelho de faro ex-presidente da câmara municipal de faro e atual presidente da assembleia municipal são estes os quatro cabeças de lista dos órgãos sociais v.l ­ com que apoios conta no concelho de loulé j.r ­ loulé é claramente um concelho muito importante em termos do algarve a nossa aposta em loulé sempre foi muito forte sendo este um concelho onde em colaboração com a autarquia iniciámos vários eventos importantes como a noite branca um evento bastante marcante não só no concelho mas também a nível nacional infelizmente teve aqui um interregno mas é nossa intenção voltar a concretizar a sua realização aliás eu fui um dos mais contestatários sobre esta questão pois considero que foi uma pena que este se deixasse de realizar desde que haja vontade conseguem-se fazer coisas giras com pouco dinheiro é no tempo de vacas magras que se vê onde estão os bons artistas v.l ­ há uma questão que se impõe e que todos se colocam porque é que a acral comprou o jornal o algarve e qual é a situação atual desde meio de comunicação j.r ­ o jornal o algarve voltou ao ativo recentemente depois de dois meses fechado para mudança de instalações e reestruturamento do parque informático a compra do jornal acontece no seguimento do projeto dos mupis de que já aqui falei É necessário alimentar estes suportes com conteúdos para que não seja apenas mais um suporte publicitário À redação do jornal caberá a função de alimentar esses conteúdos mas a compra do jornal surge quando nos vieram bater à porta dizendo que no prazo de uma semana a situação do jornal tinha de ser resolvida na altura o grupo lena estava a desinvestir na comunicação social especialmente na regional tendo até vendido o recém-fundado jornal i vimo-nos numa situação em que um jornal com 103 anos de existência na altura hoje com 105 e um espólio e património em termos editoriais fantástico estava prestes a fechar foi na realidade mais um ato de patriotismo para manter o jornal do que um ato de gestão tanto que o jornal foi comprado apenas por 1 euro fizemos além disso um investimento na aquisição do que a empresa detinha toda a parte de imóveis computadores e afins mas apenas isso não há nesta compra do jornal qualquer interesse como me acusam se analisar uma edição do jornal verá que a publicidade é reduzida e que não existe no conteúdo do jornal um editorial um artigo de opinião ou seja o que for da minha autoria pode inclusive contar-se pelos dedos de uma mão as vezes que uma fotografia minha saiu no jornal tudo aquilo que se diga em sentido contrário é uma questão de consultar e ver v.l ­ qual a sua posição sobre o plano do ikea e o outro plano em curso para ser aprovado no concelho de loulé j.r ­ a acral tem por princípio e desde sempre mantido a sua posição contra todas as grandes superfícies a única exceção a esta regra que a acral votou a favor foi um projeto dos supermercados apolónia em almancil porque esse sim é um projeto diferenciador e influenciador com marcas topo de gama no caso concreto das grandes superfícies este é um formato de venda novo que temos de conviver com ele a minha pergunta é esta como é que uma associação que alguns gostam de bater e denegrir a imagem consegue ter força junto da economia à escala mundial para inviabilizar as grandes superfícies será que as pessoas não entendem que o reforço do comércio local passa também pela força da acral não é isto óbvio a acral ou outra qualquer associação comercial ou industrial em portugal dificilmente consegue inviabilizar a construção de uma grande superfície e é exatamente por isso que importa saber quais as contrapartidas para o comércio local sabemos à partida que haverá um impacto económico muito complicado para aqueles que têm ramos de negócios na área do que o ikea vende por outro lado a localização escolhida pelo ikea é bastante infeliz uma vez que se situa num eixo completamente saturado pelos equipamentos coletivos existentes e a construir alem de que não acredito que alguma vez o projeto venha a ter a dimensão inicialmente falada uma vez que com o aumento do forum em faro não é economicamente viável uma área semelhante a 4 kms de distancia nem existem marcas que apostem em duplicação de lojas em 4 kms de distancia isto leva-me a concluir que o projeto do ikea se resumirá a sua loja unicamente e aí estamos a falar de 300 postos de trabalho quanto a nós este é mais um erro estratégico v.l ­ considera-se um bom empresário um empresário de sucesso j.r ­ acho que todos os comerciantes e pequenos empresários que sobreviverem a este período difícil são empresários de sucesso de resto faço os possíveis e o melhor que sei para ser um bom administrador das minhas empresas v.l ­ que mensagem quer deixa aos associados apelando ao seu voto j.r ­ a melhor mensagem que posso deixar é que o trabalho da acral fala por si e está à vista fiz pela acral o melhor que pude e sei consolidámos e estruturámos a associação a nível económico e garantimos a aprovação de projetos que serão essenciais para a associação e para os comerciantes que no futuro irão usufruir de todos eles seja de forma direta ou indireta nathalie dias

[close]

p. 15

a voz de loulÉ aquando da divulgação de que fora recusada a lista encabeçada por joão rosado a voz de loulé falou com o actual presidente da acral para perceber a sua posição a voz de loulé ­ qual é a sua posição relativamente ao que aconteceu no dia da entrega das listas joão rosado ­ houve aqui uma tentativa de boicotar na secretaria a entrada da nossa lista a qual foi enviada por email nos serviços da associação às 16h32 e de que tenho o comprovativo hoje em dia no século xxi é admissível qualquer registo de entrada por correio eletrónico não só na acral como em qualquer organismo público desde os tribunais às finanças portanto para nós a nossa lista foi entregue uma hora antes do prazo findar temos o comprovativo de leitura dois minutos depois e o registo de entrada no livro de registo de correspondência com o numero sequencial além disso desde as 17h00 que estava presente na sede o candidato a vice-presidente o qual tinha consigo a documentação de suporte à lista o presidente da assembleia dr Álvaro viegas às 17h30 fechou o expediente e fomos para a sala confirmar as declarações de aceitação e toda a parte burocrática foram colocados clips nos documentos e depois ele levantouse da cadeira para pedir o número de registo de entrada aos serviços tendo sido feito um segundo registo da mesma lista às 17h50 sendo esse o registo válido para o presidente da mesa este ato do presidente da mesa é em si mesmo denunciador do seu carácter e da forma como tem manipulado as pessoas à sua volta É muito importante que os leitores em geral e os empresários em particular saibam disto depois de tudo do que nos acusaram v.l ­ o que vai acontecer no dia 5 de abril j.r ­ vamos lutar para repor não só esta legalidade mas também o facto do presidente da mesa se ter dado ao trabalho de verificar todos os números de contribuintes da associação para saber quem tinha cessado a atividade para efeitos de iva foi com base nessa informação que foram retirados dos cadernos eleitorais e expulsos de sócio cerca de 80 associados isto é surreal numa altura em que o movimento associativo tanto precisa de associados conseguimos através de um único ato administrativo e em poucas horas correr com 80 sócios com as quotas em dia muitos deles nomes históricos do comércio algarvio o facto de uma pessoa por ventura ter dado baixa do iva não quer dizer que tenha dado baixa da sua atividade enquanto empresário aliás como sabemos muita gente assim o fez pela situação económica e financeira em que nos encontramos além disso nenhum sócio pode ser excluído sem ter o direito de audição prévia mais essa não é uma competência do presidente da assembleia é da direção e exclusivamente desta isso é uma situação que os advogados estão a tratar mas como o órgão máximo da acral é a própria assembleia geral e uma vez que é o seu presidente quem está a praticar todas estas ilegalidades só podemos recorrer ao tribunal para repor a legalidade dos factos na nossa casa e repor a credibilidade da nossa associação e de uma vez por todas acabar com esta fantochada de querer ganhar as eleições na secretaria e através da difamação e não nas urnas como prevê o procedimento normal da vida democrática tudo isto é de facto lamentável mas que sirva pelo menos para as pessoas verem pelos seus próprios olhos o que temos passado com Álvaro viegas na qualidade de presidente de mesa de tudo o que nos têm acusado só por estas ações as pessoas poderão ter uma noção das trapalhadas em que este presidente Álvaro viegas nos tem colocado principalmente quando manipula as pessoas contra a direção tudo isto é apenas o culminar de uma campanha de difamação e manipulação das normas vigentes que tem sido feita desde o verão de 2011 nathalie dias 28 de março 2013 15 Álvar vieg aro iega Álvaro viegas esclarece exclusão de lista Álvaro viegas é o atual presidente da assembleia geral da acral advogado de profissão iniciou as suas funções na acral em 1996 como coordenador desta associação em loulé posteriormente no ano de 1996 passou a desempenhar a função de presidente da direção finalmente e antes de exercer a sua função atual foi presidente do concelho fiscal desde 2002 a voz de loulé ­ o que tem a dizer sobre a exclusão da lista do atual presidente Álvaro viegas ­ existem duas ordens de razões que levaram à minha decisão da exclusão da lista apresentada pelo atual presidente da direção a primeira que é facilmente demonstrável através do registo de entrada das candidaturas nem sequer se trata de uma opinião contra outra opinião trata-se de demonstrar o número de registo de entrada das listas na sede da acral a secretária da acral colocou em ambas as listas a hora de entrega e ai pode-se constatar que a do vítor guerreiro entrou as 17h12 e a do atual presidente da acral entrou às 17h50 isso é facilmente demonstrável porque existe um carimbo de entrada v.l ­ foi-nos informado que a lista em questão terá sido entregue por e-mail às 16h30 e presencialmente ás 17h50 a.v ­ os estatutos dizem que a lista a apresentar é uma lista de associados o que o sr joão rosado fez às 16h30 e eu tenho cópia desse e-mail foi enviar uma lista de nomes dos representantes das empresas ora os associados são as empresas e não os seus representantes por exemplo candidato a presidente da direção joão rosado mas o sr joão rosado não é sócio da acral quem é sócio da acral é a dermofone equipamentos de telecomunicações,lda que é a empresa que se candidatou a presidente essa empresa depois terá um representante e aí sim será o joão rosado depois vice-presidente antónio vasques mais uma vez antónio vasques não é sócio da acral quem é sócio é a Óptica nascente em olhão e assim sucessivamente ou seja às 16h30 foi enviada uma listagem de nomes de pessoas que não têm nada a ver com a acral porque quem é sócio da acral são as empresas além disso os estatutos são claros as candidaturas devem ser apresentadas até à hora limite de expediente as 17h30 e são compostas pela lista com os nomes dos associados e os respetivos cargos de cada sócio que também terão que apresentar a sua declaração de aceitação onde a empresa diz que a empresa tal estáse a candidatar ao cargo tal e é representado por essa declaração tem de ser assinada pelo sócio gerente ou pelo gerente da empresa e fazer parte do processo para além disto têm que estar também junto ao processo 50 assinaturas de sócios proponentes a essa candidatura isto quer dizer que mesmo que o atual presidente tivesse enviado por email uma lista completa com o nome dos sócios faltaria sempre estes dois documentos de que falei declarações de aceitação do cargo e a assinatura dos 50 proponentes basta uma consulta aos estatutos da acral para verificar que é exatamente como eu estou a dizer a outra situação que levou à rejeição da lista tem a ver com o caderno eleitoral que eu fixei no dia 6 de março onde constavam 754 associados votantes compete ao presidente da assembleia geral verificar a capacidade eleitoral de cada associado nomeadamente se tem as quotas em dias e se exercem atividade de acordo com o art.7.1 alínea a que diz que mantêm a qualidade de associados os que exercerem a atividade ora quem comprovadamente cessou atividade não pode ser sócio da acral e consequentemente não se poderá candidatar a uma instituição onde não é sócio fui alertado para a situação do atual tesoureiro e de um vogal da direção que já tinham cessado atividade em dezembro de 2011 e continuaram a exercer os seus cargos neste sentido mandei verificar todos os associados para saber se existiam apenas estas duas situações ou se seriam mais conseguimos apurar que cerca de 45 empresas presentes no caderno eleitoral já tinham cessado a sua atividade há muito tempo e isto é o primeiro mistério que obviamente a direção vai ter que esclarecer como é que é possível que uma empresa já tenha cessado a sua atividade há meses ou há mais de um ano e continue a pagar quotas É uma coisa estranha com certeza que a direção terá uma explicação para isto a outra questão tem a ver com uma decisão que nem sequer é minha mas sim da direção e que foi comunicada a todas as delegações dirigentes e sócios foi tomada talvez em fevereiro pela direção a decisão de que só seriam aceites novos sócios com o documento da segurança social e faz todo o sentido uma vez que o valor da quota tem a ver com o número de trabalhadores e a única forma de esclarecer isso é a empresa quando se inscreve como sócia apresentar a última declaração de contribuições à segurança social no dia 6 eu não quis retirar logo todas essas empresas que não cumpriam com este requisito para não retirar a oportunidade a que as empresas pudessem apresentar o documento em falta foi feita uma comunicação para que todos os sócios em falta soubessem que teriam até às 17h30 do dia 22 de março data da apresentação das candidaturas para o entregar cerca de 25 empresas não o apresentaram tendo por isso sido excluídas do caderno eleitoral e isto teve consequências na lista do atual presidente onde estavam incluídas empresas que ou já tinham cessado atividade ou foram retiradas do caderno eleitoral por não apresentarem os documentos exigidos penso que a única discussão que vale a pena é estatutária e técnico-jurídica assim como saber se eu na qualidade de presidente da assembleia geral tenho ou não competências e se é ou não verdade que a lista entrou atempadamente de resto recordo que está a decorrer desde outubro um inquérito mandado instaurar pelo ministério público em que os atuais dirigentes da acral estão indiciados pela prática de vários crimes nomeadamente crimes de corrupção de peculato de falsificação e de burla v.l ­ vão haver eleições no dia 5 de abril a.v ­ claro que sim os boletins de voto onde consta somente uma lista a do sr victor guerreiro que foi a única lista aceite já foram enviados para todos os sócios no dia 25 de março nathalie dias

[close]

Comments

no comments yet