Jornal Sinpol Março 2013

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

informativo oficial do sindicato dos policiais civis ano xix março de 2.013 nº 197 deinter-3 fecha 2º plantÃo desde o dia 18 de fevereiro está desativado o 2º plantão de ribeirão preto a medida faz parte do projeto de reengenharia que pode também resultar no fechamento do 7º dp de ribeirão preto em bonfim paulista e de delegacias de cidades pequenas e com poucas ocorrências medida revoltou população comerciantes e políticos sinpol segue na briga contra a reengenharia veja detalhes na página 4 eleita pelo pv partido verde em ribeirão preto que é filha e sobrinha de policiais civis reuniu-se com o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata e diretores ela também conheceu o local onde está sendo construída a nova sede social do sindicato saiba como foi o encontro na página 3 vereadora conhece nova sede a vereadora viviane alexandre a troca de 70 do efetivo da especializada não prejudicou os trabalhos e a média de grandes apreensões está se mantendo o novo titular da dise ribeirão dr ariovaldo torrieri júnior destaca os importantes casos esclarecidos por sua equipe leia na página 7 dise mantÉm alta produtividade veja como foi o carnaval na chácara do sinpol eumauri participa de diversas reuniões e reestruturação volta à pauta bandidos roubam delegacia nova vitória do jurídico do sinpol em casos de assédio moral conheça a lei 1105/2010 que trata do reajuste de benefícios cúpula da ssp visita ribeirão preto o sinpol parabeniza todas as policiais civis mães esposas e todas as mulheres pelo transcurso do dia internacional da mulher comemorado em 08 de março mas para nós todo dia é o dia da mulher e mais a diretoria do sinpol vai promover no dia 05 de maio a grandiosa festa do dia das mães maiores informações em nossa próxima edição aguarde festa do dia das mÃes da parabÉns mulheres canil dise de bebedouro março/2013 foto dise-bebedouro trabalho desenvolvido pelo escrivão rodrigo janotta em parceria com a.m.s canil tem rendido bons resultados principalmente no combate ao tráfico de drogas graças à eficiência da cadela kenya e seus companheiros caninos página 9 É elogiado impresso especial 9912250402 dr/spi sinpol correios sinpol sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto rua goiás 1.697 campos elíseos ribeirão preto sp cep 14085-460 fone 16 3612-9008 fone jornal 16 3610-2886 jornaldosinpol@uol.com.br

[close]

p. 2

editorial antes de tudo gostaria aqui de manifestar meu respeito pelo nosso diretor do deinter-3 dr joão osinski júnior sei de suas posições sei que é um delegado classista mas agora que ele está à frente da diretoria regional cabe aqui manifestar minha posição com relação aos recentes acontecimentos dr joão o senhor bem sabe que nosso problema não é questão de reengenharia É pura e simplesmente falta de pessoal fechar o segundo plantão para criar a central de flagrantes 24 horas é tudo muito bonito no papel na prática isso não vai funcionar só não ver quem não quer há muito o sinpol vem combatendo esse projeto nefasto que mais parece estar querendo enfraquecer para extinguir a polícia civil do que realmente resolver os problemas da instituição a verdade pura e simples é que a polícia civil está envelhecida há muito não se contrata como deve basta ver que boa parte dos colegas já atingiu o tempo necessário para se aposentar mas não o faz por conta do incentivo que o governo oferece com o abono permanência graças a essa lei 1062/2008 uma lei draconiana que não nos dá paridade não nos dá integralidade os colegas optam por ficar mais tempo exercendo suas funções quando na realidade deveriam estar desfrutando a merecida aposentadoria quando dá o tempo necessário cessa o desconto de 11 do ipesp no holerite e a pessoa tem um ganho a mais mas são pessoas que estão cansadas entraram para trabalhar por 30 anos e sejamos isso ficou no subconsciente assim como fica a propaganda daquele refrigerante famoso quando você não pede pelo tipo de refrigerante mas por sua marca É uma espécie de lavagem cerebral que fazemos inconscientemente quando o camarada chega aos 27 28 anos de atividade tira o pé do acelerador até para não ter problemas isso é regra não é exceção não é só na polícia civil mas em toda e qualquer atividade para que se arriscar se falta tão pouco tempo para se aposentar isso sem falar em nossa região do problema que tivemos com a corregedoria onde o ex-delegado corregedor conseguiu desmotivar todo mundo na região do deinter-3 É preciso ter sangue novo na polícia civil a população aumentou os problemas aumentaram mas nosso efetivo diminuiu nos últimos 20 ou 30 anos muitos colegas se aposentaram mas poucos foram repostos os concursos são insuficientes e quando feitos não atraem mais como antes pois os salários estão vergonhosamente defasados o último reajuste digno que tivemos foi no governo fleury triste ironia justo ele que em nossa região perseguiu 51 policiais civis dentre os quais este que escreve este texto só porque discordamos de sua forma de negociar salários em plena democracia a reengenharia a meu ver é juntar o nada com coisa nenhuma É querer agrupar todos num único lugar para dar a sensação de que há policiais civis suficientes quando na verdade não há a central francos dr de flagrantes é algo muito bonito no papel sou a favor de se criar uma central dessas em cada dp mas para isso é preciso ter pessoal não fazer como foi feito penalizando a população e os próprios policiais civis já bastante sobrecarregados a ponto de colegas que gostam de levar tudo na esportiva mudarem a denominação de uma carreira hoje diante do trabalho brutal muitos brincam que não existe mais escrivão existe escravão aproveitando a oportunidade o sinpol denunciou a falta de escrivães no 5º dp e o dr joão na imprensa disse desconhecer o fato mas sabemos que ele esteve pessoalmente no dp para conferir e viu que havia um único escrivão trabalhando fechar o dp de bonfim só vai piorar para a população temos que trabalhar pelo povo delegacia é igual agência bancária não se fecha abrem-se novas a demanda é crescente mas para a coisa funcionar é preciso contratar senão vai virar piada a central de flagrantes já está sendo chamada entre os colegas de central de piadas por isso meu recado com todo o respeito é simples e direto dr joão seja honesto consigo mesmo o senhor é uma pessoa íntegra não tente tapar o sol com a peneira nosso problema não é outro senão a falta de funcionários para a polícia civil pense nisso eumauri lÚcio da mata presidente do sinpol sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto joÃo expediente o jornal do sinpol é uma publicação oficial de circulação mensal do sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto rua goiás 1697 campos elíseos cep 14085-460 ribeirão preto sp e-mail sinpolrp@sinpolrp.com.br diretoria presidente eumauri lúcio da mata vice-presidência célio antonio santiago paulo sérgio ribeiro chagas ricardo contin luiz henrique maringoli de lima josé gonçalves neto suplentes arnaldo vaz ferreira luiz henrique batista gino augusto franco sant anna sérgio ribeiro dos santos robert schmengler guilhaume kátia patrícia pagliari de souza e edmar alberto félix secretários kalinka cintra prado e doracy alves da silva suplentes Érica arrisse esteves dias e armando pisani júnior tesoureiros júlio cesar machado e sami haddad suplentes wagner cândido da silva e jin ciosaki patrimônio olavo elias dos santos suplente cláudia braga conselho fiscal joão carlos barbosa lima maurício kusumota e prisclia yishi s hashimoto suplentes neide amábile pastori e silva marisa lelis takata e jefferson pessoti delegados sindicais darcy gonçalez e licanor de souza campos suplentes ariovaldo torrieri júnior e reinaldo josé sanches o jornal do sinpol É uma publicaÇÃo exclusiva do laboratÓrio de notÍcias r paschoal bardaro 633-a jd irajá ribeirão preto sp fone/fax 16 3610-2886 diretor de jornalismo adalberto luque mtb 19.218 editor chefe júlio castro reportagens mariana araújo parras luque o jornal do sinpol não se responsabiliza por especificações ou informações que não estejam previstas no contrato de publicidade as cobranÇas serÃo feitas exclusivamente por sub ten res pm oswaldo bonfim departamento comercial contatos exclusivos devidamente autorizados fernando mendonça vanderlei garcia da costa israel leal de souza marcos antonio fernandes jorge pontes editoraÇÃo eletrÔnica laboratório de notícias fone 16 3610-2886 e-mail jornaldosinpol@uol.com.br os artigos assinados não refletem necessariamente o conceito do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores aposentado associado do sinpol que ingressou no quadro de aposentados em fevereiro de 2013 carlos elias thome speltz investigador de polícia de 2ª classe a diretoria do sinpol felicita o policial civil por sua brilhante carreira desejando-lhe poder usufruir seu merecido descanso com muita saúde e alegria notas recadastramento para atualização de dados e de situação profissional principalmente dos recém-aposentados o sinpol está promovendo um recadastramento de todos os associados participe do recadastramento e garanta o recebimento de toda correspondência que enviamos procurando a secretaria do sinpol ou enviando e-mail para secretaria@sinpolrp.com.br contribuição iamspe o sinpol informa que ingressará com ação judicial pleiteando a cessação da contribuição ao iamspe instituto de assistência médica ao servidor público estadual a presente ação é proposta com o objetivo de cessar o desconto compulsório realizado em folha de pagamento dos servidores públicos do estado referente ao pagamento da contribuição ao iamspe em cumprimento ao disposto no art 149 caput da cf constituição federal podem ingressar com esta ação todos os servidores públicos estaduais estando em atividade aos inativos o sinpol dispõe de um formulário próprio para cessar o desconto sem a necessidade de ação os interessados podem pedir esclarecimentos à central de atendimento sinpol pelos telefones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 ou na sede social do sindicato à rua goiás 1697 para quem pretende se aposentar a diretoria do sinpol alerta os associados que pretendem se aposentar pela lei complementar 1062/2008 que perdas podem ocorrer e solicita aos interessados que entrem em contato com seus diretores para saber quais serão suas perdas imediatas maiores informações na sede social do sindicato à rua goiás 1697 ou através da central de atendimento sinpol pelos fones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 atenção o sinpol comunica aos associados que está entrando com a ação referente à incorporação do ale adicional de local de exercício quem tiver interesse favor entrar em contato com a central de atendimento sinpol pelos fones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 para obter maiores informações o sinpol deixa claro que não haverá problema algum de entrar com esta ação pois a que foi ingressada em relação ao ale foi um mandado de segurança falecimento a diretoria do sinpol comunica com pesar o seguinte falecimento milton cesar bombonato irmão da investigadora de polícia elaine bombonato pereira ocorrido em 06 de fevereiro de 2013 o sinpol manifesta seus sentimentos aos familiares novos associados associaram-se ao sinpol no mês de fevereiro de 2013 os seguintes policiais civis joão henrique santello escrivão de polícia edson churuyoshi chinen perito criminal oswaldo ramiro rugno perito criminal waldir gonzaga investigador de polícia a diretoria do sinpol dá boas vindas aos novos associados e está à disposição de todos os policiais civis que quiserem integrar o quadro associativo do sindicato mudança à vista seguro de vida o governador geraldo alckmin enviou para a alesp assembleia legislativa do estado de são paulo um projeto lei que altera os valores do seguro de vida e a forma de pagamento antes o seguro de vida era pago somente aos policiais civis em serviço e no valor de r 100 mil de acordo com o novo projeto o valor passou para r 200 mil e é pago em serviço ou fora de serviço e atende também o inativo desde que fique constatado que a morte seja decorrente da profissão isto é deve ficar configurado que a pessoa foi assassinada porque era um policial ativo ou inativo 02 março/2013

[close]

p. 3

nova sede viviane alexandre conversou com o presidente do sindicato e conheceu as obras de construção da futura sede social a vereadora viviane alexandre eleita em seu primeiro mandato na câmara municipal de ribeirão preto fez uma visita de cortesia à sede do sinpol e foi recepcionada pelo presidente eumauri lúcio da mata e pelos diretores célio antonio santiago e sérgio ribeiro dos santos viviane é filha de um policial militar e com uma policial civil e sobrinha de outro policial civil e sempre teve contato direto com a rotina policial a vereadora esteve no sindicato na companhia de sua mãe a investigadora aposentada diva rodrigues dos santos que é irmã do auxiliar de necropsia aposentado edvaldo rodrigues dos santos durante o encontro viviane afirmou que pretende atuar em todas as frentes não somente levantando a bandeira pela qual se elegeu a defesa dos animais advogada pós-graduada em gerente de cidades pela faap fundação armando Álvares penteado viviane é militante das causas de defesa dos animais e atua diretamente com três das mais renomadas associações do estado sediadas em ribeirão preto a ava a cão paixão e o projeto murilo pretinho de acordo com viviane ribeirão preto é inoperante na questão de proteção aos animais ela ressalta que a cidade enfrentou problemas costumeiros nas férias de final e início de ano nesta ocasião ela explica que aumenta sensivelmente o número de animais domésticos principalmente cães e gatos que são abandonados por seus donos as pessoas ignoram que abandonar um animal doméstico é crime não se planejam saem de férias e deixam os animais largados nas ruas revela a vereadora sabe que são poucas e raras as ações de proteção aos animais insuficientes para atender à demanda estimamos em 150 mil animais e 70 deles vive nas ruas realizam-se apenas 2 mil castrações um número irrisório as políticas públicas preveem algo entre 60 e 70 de castrações temos também a falta de planejamento dos órgãos públicos como por exemplo na questão do desfavelamento deve-se incluir os animais nesta questão pois as famílias vão para as novas unidades habitacionais e muitas vezes deixam seus animais para trás isso seria evitado se houvesse encaminhamento para adoção prévia ensina viviane polícia os animais entretanto não serão a única bandeira a ser defendida pela vereadora recém-eleita e que irá dividir a bancada com outra prima também sobrinha de policiais civis a vereadora gláucia berenice eleita em seu segundo mandato pretendo trabalhar para a população em geral não somente na defesa dos animais mas também para promover a melhoria na qualidade de vida das pessoas além disso sempre convivi com a polícia sou filha de um pm com uma investigadora a polícia sempre esteve muito presente em minha vida e até em meu gabinete conta sobre o sinpol viviane não poupou elogios à entidade conheço o trabalho do sindicato minha mãe já fez parte da diretoria e acredito que todos devemos lutar pela melhoria das condições dos policiais civis até porque se trata de uma categoria sofrida que cuida das vidas uma categoria muito importante acrescenta o presidente do sinpol mostrou-se muito satisfeito com as ideias de viviane É uma jovem determinada com objetivos bastante claros para nós policiais civis é importante termos sempre um canal para levarmos nossas reivindicações temos o dr samuel zanferdini delegado que é vereador agora contamos também com o apoio da vereadora viviane que conhece nossa luta nossos problemas nossas carências isso reforça nossa voz garante eumauri durante a visita a vereadora foi convidada pelo presidente do sinpol para conhecer as obras de construção da nova sede social que vem sendo erguida em um terreno cedido pela prefeitura no bairro ribeirânea achei muito importante a cessão do terreno pois é uma utilização de interesse público a sede será bastante ampla uma obra impressionante certamente será um salto na qualidade dos serviços oferecidos aos associados É algo de fundamental importância para a categoria concluiu viviane para eumauri o interesse da vereadora aponta que o sindicato está no caminho certo É sempre bom constatar que nossos esforços estão sendo reconhecidos pelas autoridades constituídas e certamente serão reconhecidos como já vem ocorrendo por nossos associados disse eumauri a vereadora viviane e sua mãe a policial civil diva reuniram-se com os diretores do sindicato célio e sérgio e com o presidente eumauri lúcio da mata vereadora visita sinpol viviane foi conhecer a futura sede social do sinpol e ficou impressionada com a dimensão da obra após ouvir de eumauri as explicações sobre as futuras instalações atenÇÃo aÇÕes do sinpol o sinpol de ribeirão preto e região está ajuizando mais duas ações através do escritório de advocacia sandoval 1 pleiteando incorporação do ale aos vencimentos recebimento de vencimentos atrasados dos últimos cinco anos obs esclarecendo que no mandado de segurança o recebimento é a partir da data que foi impetrado o mandado e não dá direito aos atrasados razão pela qual estamos ajuizando ação para tal fim 2 ­ pleiteando incorporação integral da gap ­ gratificação por atividade policial no salário-base dos policiais civis ativos inativos e pensionistas nos termos da lei complementar n 1021/2007 mais informações favor entrar em contato na sede do sinpol à rua goiás 1697 ou através da central de atendimento sinpol pelos fones 16 3625-3890 3612-9008 e 3979-2627 eumauri lucio da mata presidente do sinpol/rp março/2013 03

[close]

p. 4

reengenharia desativação de segundo plantão gera descontentamento entre população comerciantes políticos e policiais civis e sinpol adverte que outras unidades serão fechadas aquilo que há muito o sinpol vinha denunciando e alertando acabou acontecendo mesmo contra a vontade da maioria absoluta da população o primeiro passo da reengenharia na seccional de ribeirão preto já foi dado pontualmente as 8h00 do dia 18 de fevereiro de 2013 o segundo plantão localizado na praça santo antonio nos campos elíseos fechou suas portas após o expediente pela última vez mais que nostalgia o encerramento das atividades do plantão que atendia uma das áreas mais populosas de ribeirão preto gerou descontentamento e até revolta a ordem para o fechamento do plantão partiu do diretor do deinter-3 departamento de polícia judiciária do interior dr joão osinski júnior o delegado justificou o encerramento das atividades como mais um passo dado pelo projeto de reengenharia da polícia civil que vem sendo colocado em prática há dois anos e que prevê em linhas gerais o fechamento de delegacias agrupando vários distritos em um só local que vem sendo chamado pela imprensa de superdelegacia o projeto também pretende unir todas as especializadas num único prédio e tem recebido muitas críticas por parte da população e também dos policiais civis por parte da população entre outros motivos porque o fechamento de unidades policiais além de outros transtornos como deslocamento maior gera sensação de insegurança e por parte dos policiais civis porque o número deficitário de efetivo continua segundo o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata na ocasião da divulgação da desativação do segundo plantão o dr osinski comunicou a criação de uma central de flagrantes 24 horas o primeiro plantão agora único na cidade e a central de flagrantes estão funcionando no prédio onde também estão instalados o 1º dp distrito policial de ribeirão preto e a dig delegacia de investigações gerais durante o anúncio o dr osinski garantiu que a estrutura da central de flagrantes contará com dois delegados três escrivães e três investigadores por turno com isso todos os flagrantes que antes eram registrados nos dps dos bairros e do centro e nas desagrado geral o dr joão osinski júnior reuniu-se com lideranças na sede da distrital aci campos elíseos e ouviu propostas para evitar fechamento mas não voltou atrás na posição contrariando os presentes ao encontro e políticos do próprio governo uma semana apenas após o fechamento prédio do segundo plantão já era utilizado como estacionamento abrigo de andarilhos e acumulava muito lixo na calçada delegacias especializadas incluindo dig e dise delegacia de investigações gerais passam a ser feitos somente na central de flagrantes o diretor do deinter-3 justificou a mudança como forma de melhorar os serviços de investigação na concepção do dr osinski isso vai desafogar o serviço em todas as unidades da polícia civil além de facilitar o atendimento à polícia militar no caso de flagrantes pois uma das equipes da nova central ficaria à disposição dos pms e as outras duas equipes atendendo à população para o diretor os policiais militares seriam atendidos e voltariam ao patrulhamento com maior rapidez nos casos de flagrante revolta tão logo a medida foi anunciada moradores comerciantes e políticos manifestaram-se contrários ao fechamento do segundo plantão e também da iminência do fechamento do 7º dp localizado em bonfim paulista considerado pela direção da polí cia civil como de baixo movimento as reações partiram de todos os pontos da cidade imediatamente criaram-se movimentos pedindo o não fechamento do plantão e a manutenção do 7º dp de bonfim paulista moradores dos campos elíseos comerciantes e representantes da amec amigos moradores e empresários do centro iniciaram um processo para coletar assinaturas contra a mudança divulgada pelo dr osinski como a instatisfação rompeu as fronteiras do bairro e mobilizou toda a cidade o dr osinski foi convidado para uma reunião na acirp associação comercial e industrial de ribeirão preto distrital leste localizada nos campos elíseos ao encontro compareceram lideranças dos moradores empresários e políticos o vice-presidente do sinpol célio antonio santiago também compareceu ao encontro o objetivo era exigir que o diretor do deinter-3 voltasse atrás na questão da desativação do plantão 2 e que desistisse de fechar 04 março/2013

[close]

p. 5

o 7º dp em bonfim paulista na reunião todavia o dr osinski disse que em relação a bonfim paulista o distrito deve mesmo ser incorporado possivelmente ao 4º dp mas ainda não há data para que isso ocorra já em relação ao segundo plantão ele foi taxativo e garantiu que nada mais podia ser feito a reunião foi feita na verdade serviu somente para que ele questionasse o porque da retirada do local ele não se dignou em atender ou ao menos analisar as propostas feitas pelos comerciantes numa das propostas os próprios comerciantes garantiram que bancariam uma reforma no imóvel para melhor atender às instalações da polícia civil mas o dr osinski praticamente falou sem ouvir o outro lado lamentou eumauri lúcio da mata segundo o dr osinski o prédio por si só não representa segurança para a população o imóvel está bastante inadequado não só para o público que lá utilizava suas dependências como também para os policiais civis que lá trabalhavam aquilo era um puxadinho afirmou o dr osinski outro questionamento feito ao delegado foi em relação à falta de pessoal considerado o real motivo para o fechamento da unidade o delegado limitou-se apenas a informar que essa questão não lhe era pertinente mas sim à administração o que me cabe é utilizar os discursos que disponho central de piadas a questão envolvendo a desativação do plantão e o iminente fechamento do 7º dp já vem há muito tempo sendo alertada pelo sinpol essa reengenharia é algo bastante absurdo É dividir a miséria com coisa nenhuma não é nada pessoal dr osinski mas nossa posição é totalmente contrária a esse absurdo reengenharia na concepção da palavra é ter um local com 10 funcionários e quase nada de serviço e outro com 8 funcionários e muito serviço nesse caso distribui-se o serviço e os funcionários para que tudo funcione bem para todos fazer reengenharia não adianta o problema mesmo é falta de funcionário dispara eumauri o presidente do sinpol adverte que não somente o 7º dp está no alvo para ser fechado sabemos que a ideia do governo é fechar todos os dps juntando todo mundo num só local isso é um absurdo falta é funcionário a polícia civil deve estar mais perto do povo delegacia não se fecha deve-se é abrir mais a população deve ser atendida pela polícia civil próxima à sua casa ou ao seu local de trabalho se juntar todos os dps num só lugar o povo vai ter problemas de locomoção além disso haverá sim a sensação de que o bairro está sem segurança isso não existe critica eumauri o presidente do sindicato vai ainda mais além o dr osinski é uma boa pessoa mas ele fica insistindo com essa questão de reengenharia todo mundo sabe que o que falta mesmo é funcionário a polícia civil está envelhecida muitos estão em vias de se aposentar outros já se aposentaram e não tiveram seus cargos preenchidos nós encolhemos nos últimos governos a central de flagrantes é uma ideia sensacional até acho que deveria haver uma em cada dp mas para isso precisa de funcionário não adianta juntar funcionários de dois dps para fazer o serviço de dois dps num único prédio precisa é contratar mais gente para dar conta do serviço basta ver o que tem acontecido no dia-a-dia aumentaram todos os índices de criminalidade em nossa região mas os índices de esclarecimento não aumentaram porque faltam funcionários se contratar gente suficiente podemos ter não dois mas três plan o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata já vinha lutando e denunciando a questão a reengenharia é juntar o nada com o coisa nenhuma e a central de flagrantes já está sendo chamada de central de piadas foto reprodução o 7º dp em bonfim paulista também pode ser desativado no detalhe ofício do deputado welson gasparini ao governo criticando a desativação do segundo plantão tões ter uma central de flagrantes em cada dp temos é que bem atender a população mas do jeito que foi feito a coisa vira chacota estão chamando a tal central de flagrantes de central de piadas dispara eumauri apesar de não confirmado o fechamento de nenhum dp além do 7º dp que também não tem data ainda definida especula-se que a ideia é unir todos os dps num só prédio a superdelegacia e cogitase que num primeiro momento além do 7º dp pelo menos outros dois também seriam desativados e as apostas são para o 8º e 3º dps porém tudo não passa de especulação as recentes mudanças ocorridas nas especializadas dig e dise leia matéria nesta edição também geraram especulações sobre a unificação de todas as especializadas falou-se de que todos os policiais civis das especializadas serão agrupados num único prédio e todos farão o trabalho de todas as especializadas incluindo além de dig e dise a ddm delegacia de defesa da mulher diju delegacia da infância e juventude e delegacia do idoso e de proteção ao animal isso vai acabar gerando uma grande economia para o governo que quer se desobrigar de investir em segurança pública entende eumauri que continua fechar prédios gera economia de aluguel ma nutenção conservação além disso juntando os policiais civis num único local vai gerar a falsa sensação de que o número é grande de que não falta efetivo e também pode favorecer o governo com uma falsa redução dos índices de criminalidade só em crimes de maior repercussão é que a coisa seguiria adiante se o sujeito tivesse o celular roubado ou furtado por exemplo em bonfim paulista caso o dp já tivesse sido desativado ele teria que se deslocar até o jardim américa para registrar sua ocorrência se fosse em horário de plantão um morador dos campos elíseos vai ter que se deslocar até o prédio do centro se sujeitar a filas enormes para seu registro muitos vão desistir e isso vai ocasionar em queda dos índices de criminalidade mas uma queda perigosa porque não é efetivamente verdadeira não tem segredo para resolver essa situação e há muito o sinpol tem batido nesta tecla precisamos de mais policiais civis de concursos que realmente contratem um efetivo suficiente para todo o estado não adianta contratar num concurso 400 policiais civis que mal dá um para cada cidade do estado mas o sinpol segue na luta e vamos brigar pela reativação do segundo plantão e pelo não fechamento do 7º dp e de outras unidades a polícia civil deve estar perto de seu verdadeiro patrão a população finaliza eumauri março/2013 05

[close]

p. 6

artigo quosque tandem por dr luiz carlos pires aos milhares ocupando cargos desde os de somenos importância quanto os para os quais desejável seria a designação de técnicos compromissados a bem exercitar suas funções gente que na maioria dos casos desconhece totalmente as funções que lhe caberia desempenhar gente despreparada a assumir cargos de livre nomeação verdadeiros aspones se me permitem a grosseira expressão mas que no momento oportuno constituir-se-ão em cabos eleitorais a amealhar votos através de pertinaz militância para que o partido do momento se perpetue no poder até porque se assim não o fizerem perderão a boquinha de que usufruem tão desavergonhadamente vivenciamos hodiernamente uma crise institucional de credibilidade os meios de comunicação de massa ­ as revistas os jornais a tv o cinema a internet ­ trazem ao nosso conhecimento situações e acontecimentos minimamente escabrosos para dizer-se o mínimo sendo mais do que redundante quando tratam de assuntos ligados ao comportamento de homens e mulheres de nossa nação ­ notadamente os que ocupam cargos públicos ­ que se não criminosos poderiam certamente ser rotulados como amorais veja-se os incidentes envolvendo a chefia de gabinete da presidência em são paulo de que a imprensa está sendo tão pródiga em relatar ensejando crer que o lamaçal dali decorrente possa atingir figuras de peso do cenário político inclusive e principalmente envolvendo direta e incontroversamente nos parece a do último presidente a ocupar a chefia desta nação que como sempre de nada sabia e que o que já se tornou risível não fora trágico mais uma vez teria sido apunhalado pelas costas onde estão hoje os tão decantados jovens autodenominados caras pintadas e que num passado não muito distante saíram às ruas bradando pela legalidade das instituições e questionando a permanência no mais alto cargo da república de um governante acoimado de corrupto onde se acham hoje a une e as uees de meus tempos de universitário Óbvio que já cooptados pelas benesses desse execrável poder central assim comprando é bem o termo suas consciências tornando-as mero arremedo do que eram tempos difíceis os que hora atravessamos seria de perguntar-se até quando suportaremos tantos mal feitos atÉ quando dr luiz carlos pires é membro titular da academia de letras ciências e artes da afpesp e da dos delegados de polícia do estado de são paulo delegado de polícia aposentado ex-delegado regional de ribeirão preto e ex-professor da acadepol de dez anos aos dias que correm desde a assunção do partido dos trabalhadores à presidência da república de inegáveis avanços sociais o país vem sendo palco mas o que não se pode tolerar é o fato de que ­ a nós nos parece ­ a tônica levada a efeito pelo pt para a consecução de seus objetivos é a de que os fins justificam os meios assim a enxurrada de escândalos de que são protagonistas figuras de relevo da república com a maior sem-cerimônia não pode ou não deveria prosperar na verdade a república já não aguenta mais tanta desfaçatez e é mais do que chegada a hora de homens e mulheres decentes deste país ­ e olhem que são muitos em que pese acharem-se acomodados como que anestesiados ­ exigirem seja por que meios forem obviamente que os não tendentes a nos afastar do estado de direito que hora vivenciamos que principalmente os encastelados nos parlamentos e no poder executivo passem a ter comportamento minimamente corretos tratando a coisa pública com exação e não como propriedade sua a ser repartida como bucaneiros de que a história é tão pródiga o botim fruto de seus criminosos feitos com seus acólitos nunca que me lembre e eis que já passei dos setenta anos ocorreu no país tão nefando aparelhamento do estado pelas hostes que compõem o pt quanto os partidos de sustentação do governo a tal base aliada e que se contam a lei complementar favorece cerca de 7.650 beneficiários de todos os poderes do estado que possuem holerite definido como benefício previdenciário no texto publicado no doe o reajuste é proposto conforme o regime geral de previdência social com base no ipc Índice de preços ao consumidor apurado pela fipe fundação instituto de pesquisas econômicas retroativo a janeiro de 2010 leia a seguir a íntegra da lc 1105/2010 de 25 03/2010 lei complementar nº 1.105 de 25 de marÇo de 2010 dispõe sobre o reajuste dos benefícios da aposentadoria e pensão por morte concedidas nos termos do § 8º do artigo 40 da constituição federal o governador do estado de sÃo paulo faço saber que a assembleia legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei complementar artigo 1º os benefícios de aposentadoria e pensão por morte concedidos com fundamento no § 8º do artigo 40 da constituição federal serão reajustados na mesma data utilizada para fins de reajuste dos benefícios do regime geral de previdência social com base no Índice de preços ao consumidor ipc apurado pela fundação instituto de pesquisas econômicas fipe § 1º o disposto neste artigo não se aplica aos lei 1105 de 25/03/2010 beneficiados pela garantia de paridade de revisão de proventos de aposentadoria e pensões nos termos do artigo 7º da emenda constitucional nº 41 de 19 de dezembro de 2003 § 2º o índice a que se refere o caput deste artigo corresponderá ao apurado nos doze meses imediatamente anteriores ao de sua aplicação § 3º para os benefícios concedidos durante o período de apuração a que se refere o § 2º deste artigo o índice apurado será proporcionalizado em relação ao período compreendido entre o mês da concessão do benefício e o anterior ao de vigência do reajustamento § 4º a divulgação anual do índice a que se refere este artigo caberá à sÃo paulo previdÊncia spprev por ato de seu dirigente artigo 2º o disposto nesta lei complementar aplica-se aos benefícios de aposentadoria e pensão por morte originários de todos os poderes do estado artigo 3º as despesas decorrentes da aplicação desta lei complementar correrão à conta das dotações próprias consignadas no orçamento vigente suplementadas se necessário artigo 4º esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicação produzindo efeitos financeiros a partir de 1º de janeiro de 2010 palácio dos bandeirantes 25 de março de 2010 06 março/2013

[close]

p. 7

dise apesar da troca de delegados e de boa parte da equipe a produtividade continua excelente e a especializada de ribeirão preto segue figurando entre as mais atuantes do estado o ano de 2013 começou com mudanças significativas na polícia civil não só em sua cúpula mas em diversos setores em ribeirão preto por exemplo a dise delegacia de investigações sobre entorpecentes teve cerca de 70 de seu quadro de funcionários modificados o dr paulo henrique castro há vários anos no comando da especializada foi designado para a titularidade da dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto em substituição ao dr paulo piçarro que assumiu a corregedoria regional no lugar do dr paulo assumiu como titular da dise o dr ariovaldo torrieri júnior que conta ainda em sua equipe com o dr leandro alves Árabe e com o investigador daniel nicoleti na chefia das investigações desde que boa parte do atual quadro da dise passou a trabalhar na especializada havia a preocupação em manter o trabalho feito pelos policiais civis que atuavam anteriormente e os resultados puderam ser visto quase que imediatamente segundo o dr torrieri a transição não foi traumática e a equipe continuou realizando investigações que já estavam em andamento e desenvolveu novos trabalhos a mudança foi satisfatória a qualidade dos trabalhos foi mantida e nossa produtividade continua alta temos um grande volume de investigações e mais trabalhos em vista aproveito para agradecer ao diretor do deinter-3 e ao nosso delegado seccional p0ela confiança e apoio externados também agradeço aos investigadores escrivães e aos demais policiais civis pela dedicação e empenho demonstrados neste início de trabalho todos os casos esclarecidos foram excelentes com grande volume de drogas apreendidos avalia o dr torrieri o delegado que integra a atual diretoria do sinpol já havia trabalhado na dise em outra ocasião no prédio antigo também passou duas vezes pelo 1º dp e 2º dp além de trabalhar no 5º dp 6º dp acumula também duas passagens pela dig atuou no plantão fixo vila branca goe grupo de operações especiais e grupo anti sequestro casos desde a segunda quinzena de janeiro de 2013 quando a equipe passou a atuar junta a dise já realizou grandes apreensões de drogas e diversas prisões num dos casos uma mulher de 38 anos e um adolescente de 17 anos foram flagrados com oito tijolos de maconha e um tijolo de crack escondido em um veículo quando transitavam no bairro do ipiranga foram quase nove quilos de drogas apreendidas em outro caso registrado no dia 30 de janeiro no bairro orestes lopes de camargo os policiais civis da especializada flagraram dois irmãos com 19 e 17 anos com eles foram apreendidos 349 eppendorfs de cocaína 500 de crack e 599 invólucros plásticos com maconha a droga estava toda embalada e pronta para a venda ao usuário no jardim marchesi os policiais civis surpreenderam dois adolescentes no dia 14 de fevereiro a dupla estava em um local onde havia a suspeita de funcionar como entreposto do tráfico foram apreendidos 13 tijolos de maconha com cerca de 12 quilos da droga além disso a equipe apreendeu 630 invólucros plásticos de maconha 26 eppendorfs com cocaína e material para preparação e embalo da droga no dia 01 de fevereiro um homem de 21 anos foi flagrado em um apartamento do conjunto wilson toni o local era utilizado para a preparação e embalagem de diversos tipos de entorpecentes além de uma grande quantidade de drogas como cocaína crack e maconha os policiais civis encontraram também vários frascos de lança perfume e 87 pontos de lsd no dia 26 de fevereiro outra apreensão de destaque que demonstra a ousadia dos traficantes a equipe da dise apreendeu 54 quilos de crack a droga estava escondida no fundo falso de um veículo estacionado no novo shopping ribeirão preto em informações à imprensa o dr torrieri disse que as investigações estavam em andamento há cerca de 11 dias descobrimos que a droga viria do mato grosso do sul e seria distribuída em ribeirão preto e região acompanhamos os suspeitos e encontramos a droga no veículo revela o delegado da dise o homem que estava no veículo j.c.f.l de 32 anos foi preso em flagrante mas negou-se a dar qualquer informação aos policiais civis ele é natural de santa maria e tem passagens anteriores por tráfico temos realizado um bom trabalho com grandes apreensões de drogas nosso trabalho é mais detalhado não é como a pm que chega no local para reprimir o tráfico no nosso caso temos que realizar uma minuciosa investigação É um trabalho de muita dedicação são formas de trabalhos diferentes o realizado pela polícia civil e o realizado pela polícia militar no nosso caso contamos com campanas investigação exaustivas e procuramos realizar sempre grandes apreensões que serão um duro golpe para os traficantes na dise todas as denúncias são checadas e as que têm procedência são devidamente investigadas explica o chefe dos investigadores daniel nicoleti mudanÇas com qualidade dr torrieri é o novo titular da especializada no detalhe uma das várias apreensões resultantes da eficácia da equipe que está sempre atuando em novas frentes de investigação foto dise ribeirão março/2013 07

[close]

p. 8

social o sinpol comemorou o carnaval com seus associados a diretoria promoveu na chácara do sinpol a festa da folia de momo o clube funcionou nos dias 09 10 11 e 12 de fevereiro vários associados foram até o local com seus familiares e ao som de marchinhas típicas e sambas não faltou diversão para adultos e crianças confira alguns momentos do carnaval do sinpol 2013 fotos rosana rodrigues 08 março/2013

[close]

p. 9

as instituições policiais de vários países do mundo utilizam o serviço de cães farejadores como valioso meio auxiliar para detectar drogas explosivos pessoas dentre outras substâncias o que o homem não consegue detectar através dos olhos o cão o faz com seu olfato apurado enquanto os humanos possuem cerca de 5 milhões de receptores olfativos o cão possui cerca de 250 milhões no caso do cão da raça retriever do labrador desde janeiro de 2008 a delegacia seccional de polícia de bebedouro vem incentivando e viabilizando a utilização de cães no serviço policial do grupo de operações especiais goe e da delegacia de investigações sobre entorpecentes dise no início dos trabalhos a equipe contava com um cão da raça rotweiller o densel treinado especificamente para entrada em cadeias condução de suspeitos à delegacia invasão de locais de crime e contenção de violência atualmente a unidade de cães policiais conta com dois cães da raça rotweiller o dado e a dara que já foram utilizados em diversas operações policiais realizadas pelo goe-bebedouro na cidade e na região em cidades como barretos guaíra e jaboticabal também é destaque na unidade de cães a agente kenya uma fêmea da raça retriever do labrador que foi adestrada para identificação e localização de drogas a polícia civil de bebedouro é uma das poucas unidades policiais do estado que conta com uma unidade especial de cão para auxiliar no trabalho policial a delegacia de investigações sobre entorpecentes dise vem intensificando a cada ano o combate às drogas principalmente com a ajuda da cadela labrador que auxiliou na realização de várias prisões em flagrante por tráfico de drogas no ano de 2012 a equipe da delegacia de investigações sobre entorpecentes dise com auxilio de tecnologia dedicação dos policiais e com o trabalho da cadela kenya tirou de circulação mais de 1 tonelada de drogas realizando 36 prisões em flagrante relacionadas ao crime tráfico de drogas tamanho é o reconhecimento do trabalho por parte da sociedade que em setembro de 2012 a câmara municipal aprovou a moção de reconhecimento nº 84/2012 proposta pelo vereador chanell pela prisão realizada com o auxilio direto da labrador kenya quando os policiais civis encontraram e apreenderam próximo a uma escola 117 porções de maconha além de 28 porções de cocaína e 07 porções de crack já no final do ano de 2012 em outra ação policial que contou com a participação da labrador kenya foram localizadas e apreendidas 442 capsulas com cocaína sendo que esta prisão resultou em congratulações do delegado geral de polícia adjunto dr valmir eduardo granucci pelos excelentes serviços de polícia judiciária prestados formalizado pelo despacho nº 4.209/2012 portaria dgp 06 de 06-02 2013 publicada no d.o.u em 13/02/2013 o diretor do deinter-3 dr joão osinski júnior e o delegado seccional de bebedouro dr josé eduardo vasconcelos também elogiaram o trabalho da equipe da dise de bebedouro o responsável pelos cuidados e adestramento dos cães é o escrivão de polícia rodrigo marques janotta que ao final do ano de 2007 fez nascer um sonho de criar essa unidade de cães e com muito esforço e dedicação hoje pode ver o resultado positivo de seu trabalho além de toda a dedicação que o escrivão tem para com os cães já que nesse trabalho não tem final de semana feriado ou férias é dedicação exclusiva diz rodrigo encontra tempo para participar de vários cursos de capacitação e treinamento de cães de ataque e farejadores tendo inclusive já levado a cadela kenya nesses cursos ao contrário do muitos pensam o cão não é viciado e nem passa fome para ser treinado como farejador é um trabalho realizado com muita dedicação e persistência onde de maneira divertida o cão tem seus instintos naturais de caça e autodefesa trabalhados e aprimorados disse rodrigo todo esse trabalho não seria realidade sem a o trabalho do cÃo policial participação direta do experiente adestrador de cães alessandro márcio dos santos que há 16 anos trabalha com animais e é proprietário do a.m s canil atualmente direcionando seu trabalho para o treinamento de faro selecionando e adestrando cães de trabalho da raça pastor belga malinois tamanho é o resultado positivo desse trabalho que bebedouro está se tornando referência na área de adestramento de cães farejadores tanto que o adestrador alessandro márcio dos santos possui criação de cães da raça pastor belga malinois e está coordenando a realização de um curso de faro para este ano onde espera receber pessoas de todo estado de são paulo e obviamente a cadela kenya estará lá segundo o dr maurício vieira silva delegado de polícia titular da dise de bebedouro o trabalho realizado com os cães nas revistas em locais de tráfico tem trazido um resultado positivo no combate ao tráfico de drogas mas faz questão de enfatizar o duro foto dise bebedouro trabalho exercido pelo escrivão de polícia rodrigo marques janotta que não mede esforços para cuidar dos animais mesmo em finais de semana e feriados também esclarece que é de muita importância o treinamento voluntário realizado pelo adestrador alessandro márcio dos santos que preparou os cães utilizando toda sua experiência pois para que a detecção de entorpecentes seja feita pelos animais é necessário vários meses de treinamento o uso de cães para atividades de natureza policial vem sendo cada vez mais difundido em todas as principais forças policiais do mundo a polícia civil em bebedouro não poderia ficar distante dessa nova diretriz todavia a utilização dos cães no brasil ainda é muito restrita se comparando aos países desenvolvidos porém no que depender da unidade de cães policiais da polícia civil de bebedouro essa realidade está prestes a se modificar por dise bebedouro a partir da esquerda o escrivão rodrigo com a labradora kênia o titular da dise de bebedouro dr maurício e o adestrador alessandro do ams canil com o pastor malinois thor março/2013 09

[close]

p. 10

aniversariantes a vida é um milhão de novos começos movidos pelo desafio sempre novo de viver e fazer todo sonho brilhar feliz aniversário aos nascidos em abril 01 joão ipólito willian donizete floriano rosa maurício eduardo de brito umberto fauze amsei 02 bráz pereira edison josé da silveira Édio gilberto martinelli octácilio baptista de souza césar roberto silva rinaldo domingos borges cláudia moreira spadafora machado claudete de souza ribeiro 03 clóvis pina barão cleonice lúcia ribeiro da silva luciene dos santos pereira f rodrigues etelvino acácio mafra 04 vera lúcia marques cristiane mascagni telma patrícia barbosa 05 lilian mara olivieri pereira anivaldo registro ana cláudia ramos da silva tosta antônio carlos barreto das neves 06 edmilson orlandini tânia regina ribeiro trepador ricardo turra 07 alessandra barbosa de oliveira daniel ferreira de souza mário antonio de oliveira franceschini cláudio eduardo soares thomaz 08 sebastião roberto pereira gonçalves josé armando soares d agostino rogério de souza pinheiro 09 luciana cristina mioto marques vadercy teixeira rodrigues george theodoro ary 10 antonio moreira de souza antonio landin santos lucilene de cássia pavan boreli madalena hernandes barbieri 11 paulo sérgio de oliveira adolfo césar belório 12 luiz carlos da costa idineo ferreira de araújo valcir antonio bologniese claudemir alberto cruz sylvio augusto simões lujan 13 carlos alberto stochi célia maria pereira caruano osmani lopes da silva luís fernando martini josé fernando viviero 14 valmir dos santos tosta leila maria martins faccion josé menari cleuza lopes da silva 15 flávio sérgio inácio mário maruta reinaldo dos santos evaldo armando antonialli jorge miguel koury neto mário leandro silva vieira 16 sandra eloisa bedim pavani andré carlos de carvalho arrisse adriana cristina da silva andré luciano seixas wagner fernando da silva 17 homero freitas gorjon francisco righini joão carlos massaro rezende luiz roberto ramada spadafora valdirene aparecida boscolo galupo josé amador alves 18 maria de fátima pimenta de moraes paulo sérgio venturoso sílvio blancacco roberval maurílio viana 19 cícero toledo carlos alberto de menezes adevandro alves da silva levi mendes 20 roberto gomes claudinei dario 21 henrique césar perciani campaner wagner del sant maria josé barbosa santos andré luiz evaristo de oliveira 22 silvana do carmo guidelli de godói omar silva valizi mércia regina dos santos costa paulo sérgio ramos da conceição 23 fernando cesar afeto neres luís mário hisamatsu gilberto araújo 24 fátima edir da silva josé otávio flora da silva josé roberto pena oswaldo josé ferraz ezequiel damião da silva sérgio luís ferreira joel rigoni costa josé carlos valentini deise aparecida medeiros baviera 25 maria francisca c barbosa josé de carvalho da silva rozangela catarina de a pedrassolli rafael talarico ana cláudia lopes da cunha ulian 26 ademar birches lopes paulo domingues de oliveira ronaldo henrique de oliveira cláudia puliezi dos santos 27 ariston alves lipari kazuyoshi kawakami carla fernanda gazetti motta josé donizeti vieira 28 ulisses das neves rosa neuradir antonio bataglioti josé antonio da silva lopes joão carlos possendoro 29 maria conceição aparecida tasca mauro martins gimenes gilberto moraes da silva juliana ferro melani 30 josé carlos dos santos fernando josé leonardo luiz carlos bonafini marcos eduardo urbano ailton de aguiar memÓria sempre a bola o futebol é uma das grandes preferências entre os brasileiros e com os policiais civis não poderia ser diferente nos momentos de lazer a bola torna-se uma espécie de eminência parda e essa história não é de hoje várias equipes se destacaram ao longo dos anos na região do atual deinter-3 departamento de polícia judiciária do interior com sede em ribeirão preto na década de 1980 um dos grandes times é este em foto registrada em novembro de 1983 em pé a partir da esquerda estão edgard meireles orlando césar dotto ademar birches lopes carlos mauro alves pereira e ubaldo sbicca agachados seguem sidney rodrigues martinez milton francisco cocito railando dos santos moysés josé cocito e alcides hypólito do rego filho o sindicato dos policiais civis da região de ribeirão preto está criando um acervo de imagens relacionadas à polícia civil para tanto a diretoria está incentivando a participação de associados que tenham em seus arquivos fotografias que possam ilustrar diferentes aspectos da história da instituição os interessados em colaborar com esse resgate da memória da polícia civil da região podem entrar em contato com a secretaria do sinpol através dos telefones 16 3612-9008 3625-3890 e 3979-2627 ou dos e-mails atendimento@sinpolrp.com.br e secretaria@sinpolrp.com.br o sinpol lembra aos aniversariantes que é preciso fazer o recadastramento anual junto nossos funcionários irão digitalizar as fotografias para encaminhar ao jornal e o ao banco do brasil em qualquer agência ou naquela onde receber seus vencimentos ou original será devolvido imediatamente ressalta o presidente da entidade em caso de portabilidade no banco em que o beneficiário optou quem não se eumauri lúcio da mata recadastrar corre o risco de ter os vencimentos suspensos do fundo do baÚ 10 março/2013

[close]

p. 11

jurÍdico o departamento jurídico do sinpol obteve mais uma importante vitória para associados do sindicato a ação foi impetrada pelo dr ricardo ibelli a pedido dos policiais civis josé roberto zago e sua esposa ana maria de oliveira zago segundo o advogado do jurídico do sindicato a ação tramitou na 2ª vara cível de são joaquim da barra-sp sob o número 2341/96 foi uma ação visando à anulação do ato de remoção que foram forçados coagidos a pleitear de forma viciada junto à autoridade policial para a delegacia de polícia de são joaquim da barra e foi negado administrativamente o referido pedido de anulação do ato de remoção sem qualquer fundamentação explica o dr ibelli o advogado conta que ambos policiais civis sofriam constantemente perseguições e coações no ambiente de trabalho o que caracteriza assédio moral isso ocorria de acordo com o dr ibelli em uma das delegacias de polícia na cidade de ribeirão preto e tudo teria sido confirmado com o depoimento de testemunhas à 3ª corregedoria auxiliar da cidade órgão que apurou o caso contudo foi concedida a antecipação da tutela em 16 de agosto de 2007 para suspender os efeitos do ato de remoção dos policiais civis zago e ana maria para a unidade policial da cidade de são joaquim da barra de modo que eles continuassem exercendo suas funções em ribeirão preto revela o dr ibelli a sentença foi confirmada pela liminar josé roberto zago e ana maria de oliveira zago moveram a presente ação civil anulatória em face da fazenda do estado de são paulo alegando em suma serem policiais civis e que em janeiro de 2.005 pediram transferência de ribeirão preto onde trabalhavam para são joaquim da barra disserem que o pedido de remoção foi fruto de assédio moral que então sofriam e que por associados do sinpol obtêm ação anulatória contra o estado por remoção que teria ocorrido em consequência de assédio moral tanto a manifestação de vontade deles estava viciada pediram assim a anulação do ato de transferência e sua recondução à cidade de ribeirão preto com a inicial vieram documentos foi concedida tutela antecipada aos autores às fls 2.341/06 citada a ré contestou o feito às fls 123 e seguintes alegando em suma que o pedido de transferência foi feito livremente pelos autores sem qualquer constrangimento nada havendo que o torne nulo saneador às fls 293 foram ouvidas testemunhas às fls 356 381 e 387 memoriais às fls 391 e 400 É o relatório decido a ação é procedente já da leitura dos documentos que instruíam a inicial tinha-se a clara impressão de que algo não andava muito bem no ambiente de trabalho dos autores mesmo porque não há rigorosamente nada que pareça justificar o pedido de transferência que ambos fizeram para vir trabalhar em são joaquim da barra estes mesmos documentos davam a entender que de fato eram eles perseguidos por seus superiores e que a única razão pela qual pediram a transferência repousava justamente em tal perseguição que havia já sido notificada aos superiores deles sem qualquer evidência de que algo tivesse sido feito a instrução processual que se seguiu nada mais fez do que corroborar tal impressão inicial de fato as testemunhas ouvidas dão conta do ambiente de trabalho em que ambos viviam e ao que parece ainda vivem em ribeirão preto sendo perseguidos por seus superiores desta forma configurada a coação moral e portanto o abuso de direito mencionado havendo sérios motivos para se concluir que o pedido de transferência efetuado pelos autores teve nela sua causa única outra conclusão não é possível senão a de que tal pedido não representava a verdadeira expressão de vontade de ambos sendo portanto nulo devido à coação sofrida neste cenário a procedência é de rigor isto posto julgo procedente a demanda para declarar nulo o ato de transferência mencionado na inicial tornando definitiva a tutela antecipada deferida nos autos extingo o feito com resolução de mérito nos termos do artigo 269 i do código de processo civil sem custas por ser a parte ré isenta arcará contudo com honorários advocatícios que fixo em r 1.000,00 nos moldes do artigo 20 parágrafo quarto do código de processo civil pri são joaquim da barra 19 de abril de 2.012 alexandre semedo de oliveira juiz de direito em um trecho da sentença após a sentença proferida o estado interpôs recurso de apelação e a decisão em segunda instância também foi favorável segundo o dr ibelli o acórdão do tribunal de justiça de são paulo na 6ª câmara de direito pública foi incisivo assim era mesmo de rigor o julgamento de procedência do pedido para anular o ato de transferência tendo em vista que demonstrado ter sido fruto de vício de vontade imposto aos autores por fim o fato de os requerentes já terem sido relotados para a seccional de ribeirão preto por força da concessão da tutela antecipada proferida em 16 de agosto de 2007 torna mais recomendável ainda a manutenção da r sentença diante do considerável lapso temporal decorrido e da consolidação dessa situação fática ante o exposto pelo meu voto nego provimento à apelação para manter a r sentença como proferida maria olívia alves relatora conclui o trecho final do acórdão mais uma vitÓria o advogado ricardo ibelli representou o casal de policiais civis na ação que resultou em vitória contra o estado março/2013 11

[close]

p. 12

tÚnel do tempo com esta manchete o jornal do sinpol edição 16 mostrava a luta da categoria além de outros temas como o aumento da violência na região a edição número 16 do jornal do sinpol que circulou em dezembro de 1996 trouxe como principal notícia a aprovação da proposta salarial enviada pelo então governador mário covas à assembleia legislativa a medida não agradou à categoria que lutou por meses à fio e viu o governador apresentar um aumento considerado minguado diante das perdas no período e que contemplou reajustes entre 5 e 10 discriminando classes e carreiras a coligação formado por entidades representativas entre elas o sinpol reivindicava 80,04 além de discriminatória a medida foi considerada confusa pois parte do projeto de reivindicação foi deixado para o ano seguinte no editorial o presidente à época eumauri lúcio da mata lamentava a atitude do governador e destacava a intensa luta travada pelo reajuste a edição também trouxe o projeto para a construção da chácara do sinpol que começaria em 1997 de acordo com a reportagem em perfil o jornal mostrou a carreira trilhada por salvador pane neto que iniciou como policial militar em 1968 e em 1974 ingressou na polícia civil onde chegou a exercer o cargo de escrivão chefe na seccional de ribeirão preto por 11 anos a editoria herói anônimo contou a história do investigador nilson domingos malaspina que trabalhou com delegados que marcaram época como o dr anivaldo registro e o dr antonio chaves martins fontes na ocasião malaspina informou que seu filho júlio césar malaspina havia sido aprovado em concurso para investigador e estava na ocasião cursando a acadepol em outra reportagem o jornal do sinpol ouviu policiais civis a respeito do adicional de risco operacional proposto pelo então governador mário covas a grande maioria 80 foi contrária à medida que criava uma desigualdade entre alguns cargos e concedia reajuste salarial através de abonos entre os aniversariantes de janeiro andré luiz ribeiro chagas figurava como o primeiro da lista o jornal do sinpol ouviu também o dr anivaldo registro na ocasião coordenador da acadepol após a indicação do dr moysés cocito como delegado regional de marília o dr anivaldo passou a ser cotado para cargos de maior destaque ele havia se afastado para cursar a escola superior de polícia e considerava-se pronto para obter o reconhecimento da cúpula da polícia civil em entrevista o delegado falou sobre sua carreira na ocasião com 26 anos de história na instituição em política o jornal conversou com o então prefeito recém-eleito de ribeirão preto luiz roberto jábali que havia indicado o policial civil e ex-vereador josé rubens vieira para a superintendência do demurp uma autarquia ligada à prefeitura a edição mostrou também a pujança das cidades de jaboticabal sp e itajubá no sul de minas gerais em ação o destaque ficou por conta do trabalho dos policiais civis de jaboticabal que na noite de 8 de dezembro conseguiram frustrar uma tentativa de fuga em massa dos presos sem que houvesse um ferido sequer em causus o jornal mostrou golpes como os contos do aluguel do defunto e do tintureiro que integravam o manual de investigação policial de autoria do dr coriolano nogueira cobra em outra matéria a posse do dr cocito como regional de marília foi devidamente registrada na reportagem especial o já falecido repórter alexandre roma mostrava o crescimento da criminalidade a violência gratuita e desenfreada outro caso que obteve grande repercussão foi elucidado por policiais civis da dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto que tinham no comando o já falecido dr paulo pereira de paula a equipe surpreendeu assaltantes que escalavam prédios na cidade e eram conhecidos por homens aranha da acadepol o registro da formatura de 234 novos policiais civis entre carcereiros escrivães e investigadores a solenidade ocorreu na acirp associação comercial e industrial de ribeirão preto a edição de número 16 que circulou no natal de 1996 também mostrou a estrutura invejável dos policiais civis de campinas que dispunham até mesmo de um helicóptero para atuar no combate ao crime bem diferente do que os colegas da região de ribeirão preto tinham à mão assembleia aprova parte do aumento reprodução da capa da edição 16 do jornal do sinpol que circulou em dezembro de 1996 governo vai recepcionar lei 51/85 no início de março de 2013 o presidente do sinpol de ribeirão preto ouviu de fonte segura que foram apuradas informações de que em 2014 o governo do estado de são paulo irá recepcionar a lei 51/85 uma vez que foi feito um estudo e aproximadamente 30 do efetivo atual da polícia civil já recebe o abono de permanência portanto já preenche os requisitos para obtenção de aposentadoria voluntária diante disso serão abertas inscrições de concursos para preenchimento de cerca de seis mil vagas em diversas carreiras da polícia civil pois a preocupação do governo é que até 2014 seja suprida a demanda de policiais civis que irão se aposentar conforme estimativa citada eumauri lÚcio da mata presidente do sinpol/rp 12 março/2013

[close]

p. 13

parabÓlica são carlos policiais civis da ddm delegacia de defesa da mulher de são carlos sob o comando da dra denise gobbi szakal após denúncias e ao realizar diligências prenderam no dia 08 de fevereiro o caminhoneiro l.h.b de 25 anos acusado de manter em cárcere privado uma mulher de 22 anos a.p.g.s de acordo com a delegada a ddm de garanhuns-pe entrou em contato com ela passando a denúncia de uma mulher que havia procurado a delegacia dizendo que sua filha havia mandado mensagens alegando estar sendo mantida em cárcere privado durante as diligências o homem ainda tentou despistar a equipe fingindo não haver ninguém na casa mas a persistência garantiu a prisão do caminhoneiro e a libertação da mulher autuado em flagrante o homem foi encaminhado para o centro de triagem de são carlos e vai responder pelo cárcere privado jardinópolis policiais civis de jardinópolis prenderam no dia 07 de fevereiro três pessoas acusadas de praticarem crimes contra o sistema financeiro os presos são todos residentes em ribeirão preto e estavam utilizando empresas fantasmas criadas por um contador que integra o grupo com as empresas abertas o trio obtinha empréstimos como pessoa jurídica principalmente relativos à concessão de crédito de módulo rural além do contador r.f.p de 41 anos foram presos j.l.c 52 anos e j.a.j 47 anos ambos funcionários de uma agência bancária da cidade que aprovavam os créditos solicitados pelas empresas fantasmas os policiais civis constataram que eles seriam os próprios beneficiários dos valores obtidos nas transações estima-se que durante um ano de ação da quadrilha tenham sido movimentados mais de r 15 milhões os policiais civis investigam ainda a participação de duas outras pessoas que estão sendo procuradas todos responderão pelo crime de formação de quadrilha e crime contra o sistema financeiro sujeitando-se a penas que chegam a 11 anos de reclusão os suspeitos foram recolhidos ao cdp centro de detenção provisória de ribeirão preto estoque grande policiais civis de pirassununga prenderam o motorista c.c.a.f de 33 anos com uma considerável ficha de antecedentes criminais ele foi surpreendido em sua residência com diversos objetos como joias notebooks pen drives máquinas fotográficas aparelhos celulares aparelhos de dvd automotivo tablets ferramentas e outros itens de imediato os policiais civis da cidade relacionaram boa parte dos objetos a 10 boletins de ocorrência registrados na cidade todavia muitos outros objetos não estavam relacionados e devem ser fruto de ocorrências não registradas ou registradas em outras cidades os objetos foram apreendidos e será necessário haver o reconhecimento por parte de vítimas de furto araraquara policiais civis da dise delegacia de investigações sobre entorpecentes de araraquara por meio de investigações e dando cumprimento a mandado de busca domiciliar prenderam na manhã de 07 de fevereiro a.a.c de 39 anos e a.c.s.d de 25 anos as prisões ocorreram em uma residência do bairro jardim são rafael e lá a equipe localizou no interior do imóvel um quilo de maconha 126 gramas de cocaína e 114 gramas de crack além de r 3.685 em dinheiro sete celulares máquina fotográ dig de ribeirão preto apreendeu grande quantidade de fogos de artifício armazenados de forma irregular fotos polícia civil em uma única prisão policiais civis de pirassununga apreenderam objetos de pelo menos 10 boletins de ocorrência de furto registrados na cidade fica balança de precisão e material plástico para embalar a droga que estava escondida em uma tubulação de esgoto no corredor da casa de acordo com o apurado a dupla seria responsável pela movimentação do tráfico na região e bairros adjacentes os dois foram recolhidos ao cdp e aguardarão à disposição da justiça fogos de artifício grande quantidade de fogos de artifício foi apreendida no dia 08 de fevereiro de 2013 pela dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto após denúncias de armazenamento de material irregular uma equipe da especializada foi até o local e comprovou que k.l.o.s de 31 anos armazenou artefatos explosivos em sua casa os fogos seriam utilizados por uma escola de samba durante o desfile de carnaval o homem alegou que comprou os artefatos a pedido da escola e os levaria no dia seguinte ao local onde seria realizada a queima todavia a lei determina que a compra armazenamento transporte e venda de fogos de artifício necessitam de autorização expressa do setor de produtos controlados da polícia civil o material foi apreendido e o homem pode responder pelo crime de periclitação da vida e da saúde dig ribeirão preto a dig delegacia de investigações gerais de ribeirão preto apreendeu no dia 25 de fevereiro mais de 51 quilos de maconha que estavam escon didos na edícula de uma residência os policiais civis da especializada foram até o local em investigações relacionadas ao roubo de dinamite e descobriram a droga que era guardada pelo adolescente r.c.b de 15 anos morador do local que recebia um aluguel pelo quarto cedido para manter o entorpecente ele confessou a guarda do material a dig prossegue as investigações para chegar até o dono da droga o menor após ser ouvido na sede da especializada foi encaminhado ao nai ele já possui antecedentes anteriores pelo mesmo crime dig investigava roubo de dinamite e encontrou 51 quilos de maconha em residência de ribeirão preto março/2013 13

[close]

p. 14

sindicalismo objetivo foi tratar de assuntos de interesse da categoria sobretudo as questões da realização de concursos e a data base o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata participou de várias reuniões em são paulo no final de janeiro e em fevereiro o objetivo dos encontros foi tratar de questões de interesse da categoria eumauri disse que já está havendo uma movimentação de sindicatos para intensificar as negociações com a equipe de governo no tocante ao reajuste salarial o mês de março é a data base da categoria mas novamente o governo não dá sinais de que irá anunciar um reajuste no período e a negociação passa a ser o principal canal da categoria eumauri esteve recentemente reunido com o governador geraldo alckmin e com o titular da dgp delegacia geral de polícia dr luiz maurício souza blazeck nos dois encontros além das questões salariais o sindicalista cobrou das autoridades a realização de concursos para a contratação de efetivo para a polícia civil não adianta realizar um concurso para contratar 400 escrivães por exemplo mal dá um para cada cidade temos que realizar concursos realmente efetivos para suprir as enormes lacunas existentes em todas as carreiras os policiais civis estão sobrecarregados ganhando mal e trabalhando em condições desumanas criticou eumauri a boa notícia é que o dgp está avaliando o projeto de reestruturação proposto pelo dr domingos paulo neto ex-dgp É um projeto que pode trazer benefícios para todas as carreiras acrescentou ainda em são paulo eumauri reuniu-se com a delegada rosmary correa que integra o governo para tratar de assuntos de interesse da categoria o presidente do sinpol também esteve reunido com o deputado adilson rossi na alesp assembleia legislativa do estado de são paulo na busca por ações políticas que beneficiem os policiais civis sabemos que daqui para a frente as negociações serão intensas e a tendência é que o governo tente postergar o aumento e a questão do efetivo somos contrários à reengenharia e também pretendemos levar ao governo os anseios da população que a nosso entender não aprovou por exemplo a desativação do segundo plantão de ribeirão preto e o possível fechamento do dp de bonfim paulista também se falou em desativar dps em cidades pequenas o povo quer ter a polícia civil ao seu alcance pontuou eumauri fotos raphael abbate sinpol participa de reuniÕes em sp eumauri em duas reuniões com o deputado adilson rossi e com a delegada rosmary na luta por melhorias para a categoria uma ação no mínimo ousada ocorreu no prédio do 5º dp distrito policial de ribeirão preto na madrugada do dia 25 de fevereiro de 2013 alertados pelo barulho que vinha da delegacia vizinhos acionaram a polícia militar que chegou a tempo de surpreender três dos cinco homens que entraram no prédio segundo o titular do dp dr sérgio siqueira em entrevista à imprensa cinco homens teriam escalado o telhado da delegacia e arrombado a porta lateral fazendo o barulho que alertou os vizinhos na chegada da pm dois homens fugiram levando um colete à prova de balas uma máquina fotográfica e maços de cigarro que haviam sido apreendidos pelos policiais civis outros três assaltantes foram surpreendidos em flagrante um maior de idade foi encaminhado ao cdp centro de detenção provisória de ribeirão preto e dois menores foram apreendidos e levados ao nai núcleo de atendimento integrado eles já haviam separado diversos objetos principalmente maços de cigarro para roubar numa ação da polícia civil o colete foi recuperado em um barrado na favela jandaia delegacia zona norte da cidade no local onde foram encontradas 700 gramas de cocaína peças de moto balanças de precisão e aparelhos de dvd segundo o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata essa situação é reflexo do momento pelo qual atravessa a polícia civil aconteceu no 5º dp quando o prédio estava fechado de madrugada mas poderia ocorrer em qualquer lugar nunca se investiu na construção de prédios que pudessem de fato receber unidades policiais todos os dps e até as especializadas de ribeirão preto estão É furtada em prédios inadequados e não adianta querer juntar tudo num único prédio não a polícia civil deve estar nos bairros próxima ao povo mas estar em prédios adequados ao que me consta em toda a nossa região salvo algumas exceções só o prédio do deinter-3 [departamento de polícia judiciária do interior está realmente devidamente projetado para receber uma unidade da polícia civil alfineta eumauri que conclui isso também demonstra que os marginais não temem a polícia próxima e que se ela estiver longe a coisa pode ser até pior 14 março/2013

[close]

p. 15

encontro cúpula da segurança esteve na cidade reunida com policiais civis e militares de toda a região para planejar combate à criminalidade no dia 31 de janeiro de 2013 ribeirão preto tornou-se temporariamente a sede da segurança pública a cidade recebeu em um centro de eventos nada menos do que a cúpula da ssp secretaria de segurança pública do estado de são paulo estiveram presentes o titular da ssp dr fernando grella vieira o titular da dgp delegacia geral de polícia dr luiz maurício souza blazeck e o comandante geral da pm cel pm benedito roberto meira participaram do encontro policiais civis e militares de toda a região dentre os quais o diretor do deinter-3 departamento de polícia judiciária do interior dr joão ozinski júnior o comandante do cpi-3 comando de policiamento de Área do interior cel pm josé roberto malaspina titulares das oito delegacias seccionais de polícia civil da região de ribeirão preto araraquara barretos bebedouro franca ribeirão preto são carlos são joaquim da barra e sertãozinho e dos sete batalhões da polícia militar unidades da polícia civil e polícia militar responsável por 93 cidades da região segundo o dr grella o encontro foi uma reunião de trabalho para expor as diretrizes da ssp no combate à violência esse encontro vem sendo feito em todos os centros regionais do interior do estado antes de ribeirão preto a cidade de sorocaba sediou uma reunião deste porte o ssp falou sobre as medidas que vem tomando e as causas para tomar tais medidas de acordo com o dr grella relativamente à polícia civil a reengenharia foi o assunto mais discutido o secretário admitiu que existe uma carência de funcionários na polícia civil porém nada exagerado e expôs que existem concursos em andamento para suprir as vagas necessárias desses concursos 50 virão para o interior do estado e os 50 restantes serão destinados à capital o dgp também falou sobre a questão da reengenharia afirmando que o projeto vai otimizar o atendimento policial fazendo com que um único prédio reúna policiais de vários dps distritos policiais e especializadas facilitando o trabalho dos policiais civis e o atendimento à população a defasagem é em torno de 15 de nosso efetivo mas se levarmos em conta as pessoas em férias ou em afastamento teremos um máximo de 18 de defasagem mas essa situação é controlável pois a forma de gestão atual não é a mesma de há 40 anos hoje dispomos de tecnologia e outros recursos que otimizam o problema na verdade tem sido a necessidade de regionalizarmos os concursos de criarmos instrumentos para que isso possa ocorrer de forma satisfatória porque do contrário teremos sempre uma procura muito grande por vagas na capital e região metropolitana e pouca procura para o interior ressaltou o dr grella região o dr grella durante o encontro ao ser questionado por jornalistas admitiu que a região de ribeirão preto tem policiais abaixo do necessário mas existem concursos abertos para investigadores e escrivães além de 135 delegados aptos para exercer a função entre abril e maio próximos disse durante o encontro na reunião o dr grella pediu a intensificação das investigações sobre a onda de violência que a cidade enfrentou no final do ano passado principalmente no mês de outubro que ficou conhecido por outubro sangrento o próprio governador nos deu uma ordem para que essas investigações sejam incrementadas de forma a priorizar os casos que ganharam visibilidade acrescentou novos eventos como o realizado em 31 de janeiro deverão ser realizados a cada dois meses com o objetivo de avaliar a evolução no combate à criminalidade em cada cidade e região o dgp aproveitou também para dizer que o processo de reengenharia é irreversível e já vem sendo aplicado na região ele disse que atualmente há um grande número de dps ociosos sem necessidade de estarem funcionando mas que demandam uma estrutura física e humana e isso está sendo revisto mas garantiu que não haverá prejuízos para a população além dos assuntos pertinentes à própria polícia militar o comandante geral da pm tocou num ponto que causou preocupação em muitos dos policiais civis presentes ao encontro o cel pm meira afirmou que pretende lutar para tirar de sua corporação a atribuição de escolta de presos a escolta é atribuição constitucional da pm mas durante muitos anos foi feita pela polícia civil e há cerca de dois anos o então ssp dr antonio ferreira pinto determinou a mudança o cel pm meira disse que a escolta deveria ser feita pela própria sap secretaria de assuntos penitenciários segundo o presidente do sinpol eumauri lúcio da mata a escolta não deve voltar a ser feita por policiais civis apesar do que foi dito no encontro em ribeirão o próprio ssp admite que há uma falta de efetivo na polícia civil e sem policiais não tem como realizar o trabalho mínimo de uma delegacia quanto mais escolta sobre a questão da reengenharia volto a afirmar é um erro essa medida algo para maquiar a falta de funcionários delegacia não se fecha se leva sempre para mais perto da população a reengenharia é juntar a miséria apenas isso criticou eumauri ssp promove reuniÃo em ribeirÃo preto a partir da esquerda o diretor do deinter-3 dr osinski o delegado geral dr blazeck e o secretário da segurança pública dr grella vieira março/2013 15

[close]

Comments

no comments yet