Eco da Tradição - Março de 2013

 

Embed or link this publication

Description

Leia o Eco da Tradição on line, de março de 2013

Popular Pages


p. 1

eco da tradiÇÃo ano xi nº 139 marÇo 2013 homenagem à mulher centrais elomir é o novo diretor de comunicação do mtg pág 14 elomir na rádio da harmonia um fenômeno do improviso página 17 foto macanudo gaúcho o pioneiro pede socorro página 09 foto divulgação opiniÃo tradicionalismo ou nativismo pág 02 cbtg encontro em jataí jadir oliveira e campeão da trova campeira no enart 35 ctg sofre com problemas antigos de estrutura e acústica pág 06 festa campeira completa 25 anos e elege os destaques do campeirismo no estado a festa será em campo bom pág 03 foto deivis bueno estampa da tradição março mês da fecars entrevista flávio assume 24ª rt pág 07 mate do patrÃo ser ou estar patrão pág 08 atualidade projeto rondon leva costumes do rs ao piauí pág 08 paixÃo cearenses adotam o rs pág 12 evento reunirá os melhores nas modalidades campeiras e esportivas no rio grande do sul bahstidores cinco novos festivais pág 17 literatura no rio grande do sul parte 1 o rio grande do sul no imaginário social

[close]

p. 2

2 ano xi edição 139 março de 2013 editorial erival bertolini presidente opiniÃo por ernani nunes colocando as barbas de molho tradicionalismo ou nativismo rua guilherme schell 60 porto alegre rs cep 90640-040 email imprensa@mtg.org.br www.mtg.org.br mtg-rs.blogspot.com wp.clicrbs.com.br/mtg contato 51 3223-5194 senhores tradicionalistas iniciamos o ano fazendo um alerta sobre o cumprimento das leis e regulamento campeiro do mtg para realização de rodeios crioulos acreditamos que agora todos os promotores estão instruídos e orientados para que não sabia agora sabe agora vamos para os nossos galpões os cuidados que devemos ter com a prevenção contra incêndio os bombeiros cumprindo a sua missão vêm cobrando orientando e vistoriando para que possamos estar dentro da lei sabemos também como é difícil as entidades sem estrutura financeiras lutando pela sobrevivência na tarefa de preservação da nossa cultura dos valores dos costumes e da família todos que tem função no movimento alem do trabalho voluntário e gratuito pagam na integra as despesas com indumentária instrutores coreógrafos músicos instrutores alimentação e viagens uma grande parte de nossos associados são trabalhadores de media e baixa renda também sabemos que nossos galpões o que mais tem são portas e janelas na grande maioria nem forro tem e poucas divisórias mas existe uma lei que regula e estabelece padrão de segurança as vezes achamos exagero mas o mundo aprende com as tragédias e com certeza o incêndio da boate kiss de santa maria vai mudar os padrões de segurança no mundo inteiro e os nossos centros de tradições estão neste universo e nós como entidade mater e orientadora apelamos a todos os nossos filiados que regularizem suas sedes não programem eventos sem estar em dia com a legislação pertinente É a nossa orientação entre tantas dúvidas e confusões da linguagem nunca soube de fato se sou um tradicionalista ou nativista com certeza os dois ser tradicionalista é acompanhar o movimento com suas normas regras regulamentos etc ser nativista é ser livre sentir as coisas sem estar preocupado com o certo ou errado É aprender sem pressão É gostar do natural apreciar o simples e absorver o legado das raízes valorizar as coisas simples e estar em sintonia com a origem quando guri as coisas eram um tanto diferentes aprendi com meu velho pai a gostar das coisas do pago sem almejar conquistas nem vitrines a gente ia aos desfiles e rodeios pelo prazer havia todo um ritual de preparação na véspera de algum acontecimento gauchesco preparar a pilcha engraxar as botas e os aperos que eram completos com todos os acessórios possíveis acordar de madrugada para tratar os pingos e em seguida encilhar e partir para os desfiles que aconteciam quase sempre no sete de setembro para os rodeios eu contava os dias pois acampar embaixo de uma lona e dormir sobre os pelegos era fascinante uma aventura era prazeroso encilhar o pingo montá-lo e apresentar-se para o público os rodeios nos ofereciam quando muito a oportunidade de jogar apenas três armadas duas no sábado e outra no domingo É bem verdade que existiam três a quatro rodeios na redondeza e na temporada de verão lembro quando meu pai comprou uma camioneta ford f 350 acho eu verde com carroceria boiadeira para levar os cavalos de sua equipe de laço que era composta por familiares hoje o tempo passou as coisas mudaram o processo evoluiu e acelerou o movimento cresceu e se agigantou perdeu um pouco o encanto é verdade pois não vejo mais aquele sabor doce do sentir a competição levou-nos a um momento em que precisamos correr para não sermos atropelados vejo tantos tradicionalistas feitos em laboratórios preparados quase que instantaneamente para concorrer a alguma coisa a precocidade com que se faz um peão ou uma prenda queima etapas e as vezes criamos fantoches vazios que no alvorecer de suas vidas quando não atingem os objetivos propostos abandonam o barco e a causa que juravam defender até o fim expediente supervisÃo erival bertolini direÇÃo geral joão hermenegildo pereira direÇÃo de redaÇÃo rogério bastos diagramaÇÃo e design liliane pappen expediÇÃo ana debom jornalista responsÁvel fúlvio lopes 16.200 revisÃo fábio nascimento impressÃo zero hora tiragem 3 mil exemplares ros cumprindo a sua missão vêm cobrando orientando e vistoriando para que possamos estar dentro da lei os bombei a gente ia aos desiles e rodeios pelo prazer havia todo um ritual de preparação na véspera hoje criamos especialistas em cada área treinamos incansavelmente para ser melhor que o outro para conquistar o topo em troca disso esquecemos um pouco a essência o sabor do mate não é mais o mesmo de outrora a noite de ronda ao redor do fogo do acampamento foi trocada pelas atividades noturnas infindáveis o verso improvisado não é mais o mesmo e os gaiteiros e guitarreiros que animavam as noites do acampamento tornaram-se profissionais que só demonstram seu talento se o contrato for do agrado É pelo visto acho que meu pingo manquejou na viagem e me distanciei daqueles que puxavam a ponta na culatra desta tropa só me resta seguir o rastro e repontar algum desgarrado para juntar-se ao lote um abraço atendimento 09 às 12 horas e das 13 às 18 horas de segunda a sexta-feira valores plena parcial especial estudantis março r 795,34 r 683,54 r 422,67 r 124,53 valor parque do trabalhador 14 a 17 de março de 2013 campo bom/rs promoÇÃo realizaÇÃo apoio mtg presidente erival bertolini vice presidente de administraÇÃo paulo cavalheiro de souza vice presidente de cultura neusa marli bonna secchi vice presidente de eventos josé gelso miola realizaÇÃo panambi tchê espera para o 25ºentrevero cultural de peões do rio grande do sul apoio não nos responsabilizamos pelas opiniões publicadas no jornal tema quinquenal o mtg engajado na campanha de combate À corrupÇÃo laÇando a corrupÇÃo promoÇÃo vice presidente de finanÇas edson debom ab 0 de 3 2 18 a e 201 d ril

[close]

p. 3

ano xi edição 139 fecars março de 2013 3 no momento em que se aproxima a fecars é bom lembrar de como tudo começou este dia consagrado para o nosso movimento tradicionalista foi a 4 de fevereiro de 1952 na fazenda do sr jorge tigre ali na esmeralda então 5º distrito de vacaria mas a ideia luziu uns meses antes a mente do sr alfredo josé dos santos índio velho de quatro costados que se criou nas lidas da fazenda das violetas num certo dia quando foi até a vila se aprochegou até a selaria do seu carlon onde a turma sempre marcava presença e por ali proseavam sobre os mais diversos assuntos principalmente negócios apartes marcação ou até mesmo futebol e foi nesse instante quando alguns presentes escutavam um jogo pelo rádio e demonstrando-se os mesmos empolgados dialogavam sobre a possibilidade de fundar uma equipe de futebol interpelaram ao seu alfredo para se integrar ao grupo quando o mesmo num gesto bem característico do homem campeiro se desviou assim para um lado com um relho na mão e aí afirmou que até poderia colaborar mas que não gostava do tal esporte e de pronto dizia aos seus colegas que se fosse para laçar uma novilha de encomenda largada da mangueira a campo aberto isso ele toparia pois não é que os viventes lhe deram ouvidos aceitaram o desafio e de vereda montaram em seus pingos e se bandearam até a fazenda do sr ataliba kuse onde havia um bom lugar para o tiro de laço o sr walter brehm cedeu um lote de gado e assim eram atiradas as primeiras armadas de laço a nível de competição esse rápido treino ocorreu em 14 de novembro de 1951 tiveram o apoio de irineu nery da luz homenageado nesta última fecars e de hugo lemos já combinando o regulamento para o tiro de laço por sinal até hoje tem regras daquela época que são obedecidas nas atuais competições depois deste individual a indiada entendeu que o desafio de laçar poderia ser disputado em equipes em dali uns dias era formado um outro quadro de laçadores com a denominação de são jorge sobre as rédeas de joão ferreira dos santos o quadro do sr alfredo ficou batizado de rincão das violetas aí acontece aqueles pioneiros do laço realizados em 4 de fevereiro de 1952 o primeiro torneio de laço entre dois quadros ali na fazenda do sr jorge tigre na esmeralda hoje 8ª região tradicionalista após este primeiro evento a notícia se espalhou e logo foram se formando outras invernadas e o movimento se expandiu por toda a região com a fundação do ctg porteira do rio grande em 1955 a sua patronagem tendo a frente getúlio marcântonio promove um torneio de laço em 6 de abril de 1958 justamente para comemorar os três primeiros anos da entidade e quem poderia imaginar que a partir daquele acanhado rodeio de 1958 logo iria se transformar vacaria na capital dos rodeios com a grandiosidade dos dias de hoje claro que tudo tem o seu começo e assim creditamos ao gesto do sr alfredo josé dos santos a paternidade da origem de tiro de laço o qual considero este ato arte do nosso tradicionalismo pois tem toda uma conotação de conquista de vitória sobre a natureza sentimento que vai sendo conquistado gradativamente graças ao empenho humano nada vem pronto é preciso ir em busca a fim de obter algo e isso é que procuramos e estaremos alcançando em termos culturais vivendo o sentido mais autêntico e sublime de tal palavra fecars terá seminários cultural e campeiro histórico da origem dos por joão h pereira a 25ª festa campeira do rio grande do sul se aproxima e torneios de laço vice-presidente da fcg com ela o 26º seminário estadual de prendas e peões e o 14º foto divulgação programação da 25ª fecars 09h recepção e credenciamento das delegações 17h recepção da chama crioula no parque 18h laço executivo municipal exclusivo a prefeitos vice prefeitos e autoridades laço conselheiro e narrador 19h reunião da diretoria campeira com responsáveis pelas rts 08h abertura e apresentação das delegações homenagem a homero pires 10h início das provas campeiras na seguinte ordem laço vaqueano ­ 3 armadas laço veterano 3 armadas laço patrão ­ 3 armadas laço rapaz/prenda ­ 3 armadas laço irmãos ­ 3 armadas laço guri/guria ­ 3 armadas laço piá/menina ­ 3 armadas laço capataz ­ 3 armadas laço pai e filho ­ 3 armadas laço prenda ­ 3 armadas laço coordenador regional ­ 3 armadas laço dir campeiro regional ­ 3 armadas laço seleção 10 partic ­ 2 armadas gineteada 20h congresso técnico dos esportes 23h espetáculo artístico com mano lima 08h ­ continuação das provas de laço conforme ordem laço vaqueano ­ 2 armadas laço veterano 2 armadas laço patrão ­ 2 armadas laço rapaz/prenda ­ 2 armadas laço irmãos ­ 2 armadas laço guri/guria ­ 2 armadas laço piá/menina ­ 2 armadas laço capataz ­ 2 armadas laço pai e filho ­ 2 armadas laço prenda ­ 2 armadas laço coordenador regional ­ 2 armadas/desempate laço diretor campeiro regional ­ 2 seminário de cultura campeira do rs pensando nas atividades a serem desenvolvidas neste ano de 2013 como ciranda cultural de prendas entrevero de peões e festejos farroupilhas que as prendas e peões do rio grande do sul juntamente com a vice-presidência de cultura do mtg prepararam os eventos o seminário abordará a temática literatura rio-grandense e terá como palestrante o ex-secretario de cultura de porto alegre o professor sergius gonzaga já o seminário de cultura campeira terá o temário pelagens de cavalos e tanto para as prendas como para peões as atividades serão mistas sendo teórico e pratico 14/03/2013 quinta-feira 15/03/2013 sexta-feira armadas/desempate laço seleção 10 participantes ­ 2 armadas prova de rédea relógio piá ­ guri peão ­ veterano menina ­ guria prenda prova do chasque gineteada 08h inicio dos jogos tradicionais 22ª edição truco cego truco de amostra jogo do solo jogo da tava bocha campeira tetarfe 09h início do seminário estadual de prendas e peões com o tema literatura rio-grandense 13h ­ vaca parada bonequinha ­ prendinha piazinho piazito 08h continuação das provas campeiras na ordem desempate das provas de laço de sábado para definição das duplas vencedoras e do campeão das modalidades laço seleção equipe 10 participantes 1 armada prova braço de diamante vencedores das fecars anteriores prova braço de ouro da 25ª fecars laço vaca parada finais 08h continuação das provas esportivas finais 8h30min início do seminário de cultura campeira com o tema pelagens de cavalos 14h despedida do atual diretor campeiro e posse do novo diretor 19h solenidade de encerramento e entrega dos troféus cyro dutra ferreira e valdir muniz silveira rotativo ao se inscrever o participante concorda autoriza que as imagens e som coletadas sejam exibidas pelo movimento tradicionalista gaúcho em todos os meios de comunicação inclusive na televisão aberta fechada web e redes sociais 17/03/2013 domingo 16/03/2013 sábado homenageado da 25ª fecars natural de formigueiro o agropecuarista homero pires netto homenageado este ano na festa campeira do estado é casado com dona alda cassol pires com quem tem quatro filhos rogerio cassol pires medico veterinário joice cassol pires bióloga felipe simões pires netto agrônomo e cleber cassol pires médico veterinário aos 84 anos homero é associado do ctg coxilha verde foto divulgação tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

p. 4

4 ano xi edição 139 março de 2013 proseando com tenÊncia movimento tradicionalista cursos do mtg em 2013 vocÊ sabia que inscrições depósito banrisul ag 0100 c/c 06.066982.0-3 em nome de movimento tradicionalista gaúcho após passar fax do comprovante com nome e telefone para 51 3223-5194 maiores informações pelo fone 51 3223-5194 ou e-mail para cursos@mtg.org.br data curso inscrição horário valor local/cidade a comunicação em nossas vidas comunicar-se bem É a chave para abrir as portas do sucesso se quiser ter sucesso na vida profissional você tem que saber se comunicar bem se quiser ter nota boa no trabalho escolar deve fazê-lo bem e principalmente fazer uma apresentação diferenciada em qualquer função cargo ou área e atuação você precisa saber se comunicar para apresentar as suas ideias demonstrar teu ponto de vista influenciando e convencendo as pessoas dos teus argumentos e de certa forma convencendo-as de comprar suas propostas e produtos tenho ministrado mais de 40 palestras por ano nos últimos dez anos e aprendi muito por que sempre fui muito envergonhado para falar em público estudei tive como exemplos os grandes palestrantes que assisti e paguei uns quantos pilas para ver carlos alberto parreira bernardinho valdez ludwig roberto shinyashiki daniel goldri james hunter ­ autor do livro o monge e o executivo ­ entre outros para poder melhorar o nível de palestras que levamos para os ctgs pelo rs e fora dele em qualquer em algumas apresenfunção cargo tações que temos assistido ou área e atuação por ai vemos palestrantes expondo suas ideias desorganitu precisa saber zadamente gerando confusão se comunicar para na cabeça da plateia eles se apresentar as tuas perdem contando suas histórias e seus feitos achando que ideias demonstrar estão agradando e a plateia se perguntando o que eu tenho o teu ponto que ver com isso vim ver uma de vista coisa e estou assistindo outra sempre que vamos falar para nosso público procuramos fazer com entusiasmo apresentando propostas e metas que sejam reais que possam ser alcançadas falamos de nossas ideias para ver as pessoas reagirem em cima de uma nova maneira de pensar baseada naquilo que propusemos antes de começarmos uma apresentação devemos nos perguntar com o que vou falar será que estarei ajudando as pessoas a realizarem seus objetivos tu podes te consi não esqueça derar realizado quando além quando for pade levar teu público a realizar lestrar a tua misações propostas saber que teu trabalho ajudou pessoas a pro são é mudar a vida mover uma verdadeira mudança em suas vidas meus me das pessoas com as lhores momentos foram com tuas palavras pequenos ctgs no interior do estado estagnados com problemas de relações pessoais com dificuldades e sem perspectivas de mudança ver o grupo classificado no enart a entidade saindo do buraco por que melhoraram as relações entre seus membros e todos trabalharam juntos em equipe para o crescimento do ctg isso é que me deu grande satisfação o resultado não esqueça quando for palestrar a tua missão é mudar a vida das pessoas com as tuas palavras lembre-se quanto maior for teu interesse e dedicação ao teu próximo ao teu irmão maior será teu poder de transformar a vida para melhor por rogério bastos oração é um ato que vem do interior do homem onde este conversa com deus para agradecer pelas coisas boas de sua vida a oração também serve para pedir orientação sobre os problemas e por aquilo que o homem almeja marÇo 23 sábado cfor até 21/03 09h às 18h c/almoço r 35,00 1ª rt sede do mtg poa abril 06 sábado 13 sábado cfor básico e r 35,00 até 04/04 09h às 18h cforzinho c/almoço cfor básico r 35,00 até 11/04 09h às 18h exclusivo 30ª rt c/almoço 23º rt a confirmar 30ª rt auditório marlise saueressig av dos estados 1080 b centro campo bom curso de gestão de cartões tradicionalistas o dia mundial de oração é realizado a cada ano na primeira sexta-feira do mês de março em mais de 170 países no dia 05 de fevereiro aconteceu na sede do mtg o curso de gestão de cartões tradicionalistas o objetivo principal do curso de gestão de cartões tradicionalistas é treinar as regiões no uso do sistema mtgnet facilitando e agilizado o encaminhamento dos cartões tradicionalista já que com a implementação do sistema nas regiões as mesmas podem dar entrada nos seus cartões diminuindo assim o custo de postagem e evitando problemas como cpf errado cep errado e outros erros que aconteceram em determinados casos gerando devoluções para as regiões como pendências esse processo visa também reduzir o tempo de entrega dos cartões aos tradicionalistas nesta primeira etapa participaram 5 rts sendo elas 7ª 13ª 1ª 3ª e 25ª rt depois do treinamento na sede representantes do mtg irão até a região para complementar as informações e ensinar efetivamente o procedimento aos responsáveis no dia 07 iniciou a visita às regiões que já receberam treinamento por ordem de sorteio a primeira região a ser visitada é a 7ª rt a previsão é que até o final de março as 5 regiões já estejam treinadas e realizando a entrada dos cartões diretamente treinamento na 3ª rt ­ 19 de fevereiro treinamento na 25ª rt ­ 26 de fevereiro treinamento na 1ª rt ­ 6 de março ­ sede da 1ª região treinamento na 13ª rt ­ 19 de março dia 9 de março será a solenidade de lançamento do sistema de implantação de gestão na sede do mtg foto divulgação a proposta é que cristãos e cristãs do mundo inteiro possam afirmar a própria fé e compartilhar suas experiências esse movimento foi iniciado por mulheres em 1887 e desde então reúne cristãs de diferentes raças culturas e tradições religiosas de todo mundo para orarem em conjunto e compartilharem esperanças e temores alegrias e tristezas assine o rua guilherme schell 90 bairro santo antônio porto alegre/rs cep 90640-040 fone 51 3223 5194 lojafcg@mtg.org.br reflexÃo 1ª etapa do curso de gestão de cartões aconteceu na sede do mtg ei de caminhar perto de coisas e pessoas de verdade o essencial faz a vida valer a pena e para mim basta o essencial por ir elom a t mal mario de andrade

[close]

p. 5

ano xi edição 139 eco entrevista março de 2013 recuerdos 5 o guri que gosta de cantar e laçar hoje vamos conhecer um pouco do 3º guri farroupilha do rio grande do sul taylor bulsing de oliveira 16 anos cursando o 3º do ensino médio nascido em cachoeira do sul e faz parte do quadro social do ctg estância do chimarrão da 5ª região tradicionalista eco o que você sentiu quando ganhou o concurso quando ganhei o concurso tive a sensação do dever cumprido me senti imensamente feliz por poder realizar o sonho que não era só meu mas de toda minha família e amigos foi algo maravilhoso na hora do resultado o nervosismo e depois a emoção foram muito grandes eco ­ o que mais gosta de fazer fora do tradicionalismo minha vida é o tradicionalismo o que mais gosto de fazer é laçar e cantar eco ­ filme inesquecível a corrente do bem eco ­ culinária preferida o churrasco eco livro favorito abc do tradicionalismo gaúcho que foi o livro que mais me ajudou nos estudos para o concurso apesar de ser bem pequeno contém muitas informações importantes eco ­ música do teu gosto música gaúcha em especial santo de casa ­ matheus neves da foto turki fontoura ­ xxii vigília do canto gaúcho eco ­ projeto pós gestão após o término da gestão pretendo focar nos estudos fazer um curso pré-vestibular e passar em uma universidade federal há dez anos o eco da tradição publicava tradicionalistas se preparavam para a 15ª festa campeira ela reunia centenas de participantes em palmeira das missões de 20 a 23 de março de 2003 comunidade literária comemorava o centenário de manoelito de ornellas o mtg promovia o 1º cfor e o 1º sat 04 de maio da história era promovido o 12º tchencontro da juventude em montenegro priscila fernande era a 1ª prenda juvenil do rs vitor hugo de medeiros junior o trovador maratonista se sagrava tricampeão popular de cacequi ctg destaque do mês o pagos da saudade da empresa varig contava uma linda história de muitas viagens pelo mundo com a morte de rubem berta em 1966 o ctg perdeu forças até ser desativado voltando em 1972 nas mãos de julio vargas na vila varig o mtg discutia a lei que regulamentava os rodeios o secretario da agricultura era odacir klein o secretario de turismo do rs luis augusto lara chamou o mtg para discutir a formação de um grupo de trabalho para transformar a semana farroupilha em atrativo turístico 2003 estava nascendo os desfiles temáticos do rio grande do sul egiselda charão superou 203 poetas de 71 cidades e venceu o maior festival do norte/nordeste de poesia tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

p. 6

6 vocÊ sabia que ano xi edição 139 entrevista espaÇo do cbtg março de 2013 por francisco fighera conheça mais da 3ª prenda juvenil do estado nathália rodrigues 17 anos cursando o 3º ano do ensino médio é natural de guaíba e atualmente é a 3ª prenda juvenil do rs o eco foi conhecer um pouco mais sobre essa jovem eco ­ o que você sentiu quando ganhou o concurso foi algo inexplicável ainda mais quando tu te dedicas para este sonho à bastante tempo É um misto de sentimentos que te tomam da cabeça aos pés quando chamaram o meu nome as lágrimas de felicidade vieram à tona e junto delas a alegria em saber que valeu a pena sonhar pois o objetivo foi alcançado eco ­ o que mais gosta de fazer fora do tradicionalismo sempre procurei me dedicar ao máximo para o tradicionalismo seja para os concursos culturais para a declamação ou para as danças e por isso felizmente ocupou grande lugar na minha vida porém nas poucas horas vagas gosto muito de encontrar os amigos conversar ler um bom livro assistir filmes e cumprir as responsabilidades escolares eco ­ filme sou fã da a casa das sete mulheres apesar de ser uma minissérie a cito como ícone para a cultura gaúcha pois nos traz a essência da alma feminina durante a revolução farroupilha eco ­ culinária o bom e velho churrasco tem o seu valor ainda mais aquele de domingo além de comida típica do rs e motivo de tanto orgulho ao povo rio-grandense é o meu prato preferido eco livro favorito na verdade tenho vários livros favoritos como os da magnífica trilogia o tempo e o vento do Érico veríssimo que com uma história encantadora e envolvente para o leitor nos traz o verdadeiro cenário do rio grande antigo aprecio muito também os livros olhai os lírios do campo do mesmo autor república das carretas do ilustre barbosa lessa e os poemas de mário quintana eco ­ música para mim uma das músicas mais especiais é prenda afinal toda participante da 40ª ciranda cultural de prendas ocorrida em santa maria possui essa música marcada em sua lembrança assim como eu a magia desta música ao descrever as prendas propagadoras de nossa cultura foi algo incrível mexeu com o sentimentos de todos os presentes daquele momento ainda como digna guaibense valorizo a música de minha terra como a do grande josé claudio machado morou em minha cidade por muito tempo que fez história em todos os festivais que participava eco sonho acredito que estou vivendo um dos melhores sonhos da minha vida o de ser prenda estadual e ser uma das representantes da mulher gaúcha afinal a jornada foi longa e árdua porém recompensadora daqui para frente quero me dedicar inteiramente aos estudos me formar ao final de 2013 e se deus quiser entrar na sonhada universidade federal do rio grande do sul para o curs o foto rogério bastos de biomedicina encontro ou competição em jataí estamos às portas do objetivo maior melhor e mais immaior evento da cbtg quais se portante é o encontro como diz jam o 16º rodeio crioulo nacio o savaris presidente da cbtg o nal de campeões 12º festival gaúcho vive inventando coisas nacional de arte e tradição gaú para se encontrar cha e 6º jogos tradicionalistas nada contra a compeque se realizarão no próximo mês tição pois melhora/aperfeiçoa de julho 18 a 21 na cidade jataí rendimentos inova motiva dá estado de goiás nos preparando gana de vencer mas que seja para esse grande acontecimen com lealdade humildade comto que acontece a panheirismo cada dois anos e respeito às re muitos estão que reúne tradiciogras/avaliadoensaiando e treinalistas gaúchos res/resultados nando horas a io de todas as quee principalmenrências de norte a para fazerem o mete aos compasul do brasil muitos nheiros crianestão ensaiando e lhor nas atividades ças e público treinando horas a com o maior artísticas campeifio para fazerem o espírito desras e esportivas melhor nas atividaportivo pois da des artísticas cammesma forma peiras e esportivas e levarem que hoje deixamos rastros digipara suas casas o merecido tro tais por toda a parte por meio de féu de campeão outros aguar celulares e-mails redes sociais dam ansiosos a hora de botar o cadastros fotos publicadas câpé na estrada para verem e reve meras e radares que nos vigiam rem antigos companheiros bem como tradicionalistas também como conhecerem novas pes deixamos sombras de nossas atisoas e lugares deste vasto chão tudes onde estamos e por onde brasileiro para uns acredito que andamos com todo o respeito poucos os festivais rodeios jo aos competidores prefiro o engos são vistos mais como com contro e espero encontrar e copetição para outros entretanto o nhecer companheiros em jataí no ano de 1910 durante uma conferência na dinamarca ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o dia internacional da mulher em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857 conta a história que no dia 8 de março de 1857 operárias de uma fábrica de tecidos situada na cidade norte americana de nova iorque fizeram uma grande greve elas ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho tais como redução na carga diária de trabalho para dez horas as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário equiparação de salários com os homens as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem para executar o mesmo tipo de trabalho e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho nem só de rodeios vive o tradicionalismo por fábio nascimento a manifestação foi reprimida com total violência as mulheres foram trancadas dentro da fábrica que foi incendiada aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas num ato totalmente desumano e o ano começa para os grupos de dança passa o carnaval a maioria dos ctgs começam a elaborar o que será feito em pesquisas indumentárias estilo de danças e etc muitos participantes de entidades entram no tradicionalismo através da dança por que tem amigos amigas que dançam e para acompanhar esses amigos acabam entrando também mas uma entidade não vive só de grupos de dança um ctg precisa ter seus departamentos em plena atividade um departamento cultural artístico campeiro e todos em harmonia efetuando reuniões e acrescentando conhecimentos aos associados se tu fazes parte de uma entidade precisa se inteirar sobre o que é e o que faz esta entidade nem sempre é assim que funciona na maioria das vezes um ctg só existe por que tem um grupo de danças e a comunidade conheço pessoas que moram próximos a ctgs e nunca entraram na entidade nem pra saber como é por dentro mas criticam o barulho que o grupo de danças faz nos finais de semana até altas horas da noite temos que aproximar a sociedade dos ctgs afinal de contas é um espaço cultural a melhor maneira de fazer isso é com os grupos de dança e ai vem um assunto polêmico o projeto tradicionalista de aÇÃo social o extinto sat seminário de aprimoramento tradicionalista quando o diretor artístico fala de sat para o grupo de danças é um terror mas creio que falta entendimento do que se refere esse projeto no 1º artigo da carta de princípios diz que devemos auxiliar o estado na solução de seus problemas fundamentais e na conquista do bem coletivo É ai que me refiro muitos dançarinoas ficam bitolados à dança dentro do ctg e não sabem como divulgar o que a entidade faz pela sociedade e pelo próprio tradicionalismo o projeto tradicionalista de ação social tem a função através de projetos culturais auxiliar a sociedade na resolução de seus problemas e também divulgar o que é feito dentro do ctg valorização é a palavra que esta faltando se não utilizarmos esta palavra com nós mesmos então quem usará se precisarem de alguma orientação contem sempre conosco tema quinquenal o mtg engajado na campanha de combate À corrupÇÃo laÇando a corrupÇÃo

[close]

p. 7

ano xi edição 139 março de 2013 7 entrevista espaÇo do igtf um espírito conciliador flávio antônio rodrigues 49 anos advogado coordenador da 24ª rt depois de quase duas décadas volta para administrar a sua região de origem eco ­ como começastes no tradicionalismo meu pai foi patrão do ctg bento gonçalves de lajeado pelos idos de 1973 quando então comecei com mais assiduidade a freqüentar o ctg e rodeios pelo estado mais tarde fui capataz do departamento campeiro da 24rt quando era coordenador o sr homero antonio manini depois fui vice-coordenador na gestão miguel edgar schmidt assumindo então na sequência dele a função de coordenador regional 1996/1997 na década seguinte fui patrão da entidade piquete querência do sul gestão 2004 por ultimo no ano de 2012 fui vice-coordenador aqui mesmo na 24ª rt eco ­ fostes coordenador no passado quantas gestões o que te fez voltar o que me fez voltar foi a percepção de que o movimento na região necessitava alguém que agregasse experiência e espírito conciliatório nunca deixei de frequentar os eventos na região principalmente os de cunho campeiro pois pratico o laço desde jovem eco ­ teus planos para 2013 o plano para 2013 é conseguir chegar às escolas nos municípios que integram a 24ª rt e oferecer aos jovens os cursos de dança de salão e vaca-parada estas atividades porque prazerosas abrirão caminho para incutir-lhes os valores maiores que tanto cultivamos e pregamos como diz o nosso hino descobri que é a cordialidade que nos conduz à real felicidade cremos que precisamos oferecer aos jovens a efetiva possibilidade de conhecer o que o movimento tem para lhes propiciar principalmente no que se refere aos nossos valores queremos mostrar aos jovens que podem se divertir em ambientes sadios nos quais as pessoas se enxergam e a letra das músicas lhes trazem mensagens de amizade amor solidariedade e cordialidade queremos proporcionar também um aprimoramento cultural às pessoas que estão à frente das entidades principalmente patrões e responsáveis pelos departamentos culturais das entidades foto amanda machry cavaleiros da paz na bahia cavalgada dos 500 anos do brasil de 11 de agosto a 22 de agosto de 2000 volto rapidamente ao roteiro no dia 14 de agosto de 2000 saímos de ilhéus até uruçuca onde a noite fomos recebidos com música de alegria no dia 15 de agosto fizemos de ônibus e caminhão boiadeiro um trecho de 100 quilômetros até camamú naquela cidade se comemorava no mesmo dia a festa da padroeira da cidade nossa senhora de assunção participamos ativamente em praça pública repleta de povo da celebração de uma missa na qual teve a participação do nosso capelão padre mario no dia 16 d agosto montamos cedinho e fizemos 30km em direção a cidade de itaberá onde fomos recebidos por autoridades municipais no dia 17 de agosto seguimos rumo a cidade de taperoá onde também fomos recebidos por autoridades que nos ofereceram um ótimo jantar no dia 18 de agosto fomos de taperoá até valença onde ficamos acampados no hotel fazenda das grutas já no dia 19 saímos de valença em direção a nazaré das farinhas terra do ex jogador de futebol vampeta famoso na época vampeta edificou naquela cidade prédio com o objetivo de ajudar socialmente seus conterrâneos mais necessitados fomos recebidos com festa e por um grupo de cavaleiros muitas mulheres montadas cerca de 150 pessoas a cavalo de nazaré fomos para itaparica uma ilha onde bento gonçalves ficou escondido quando fugiu do forte do mar são marcelo sempre que possível fazíamos referencia e agradecíamos aos baianos pela participação na liberação do nosso herói da revolução farroupilha ali de nazaré fizemos 70 km em um ônibus cedido pela prefeitura que acompanhou nossos cavalos embarcados até alcançarmos o ferry-boat depois de quase uma hora de travessia na bahia de todos os santos muito bonita chegamos ao cais de salvador com cavalo e tudo junto ao famoso elevador lacerda onde fomos recebidos com foguetório gaita e trova por uma surpreendente delegação do centro gaúcho da bahia cujo patrão era cezino thadeu caldas da barra do ribeiro rs todos pilchados alegres e portando bandeiras do nosso estado do brasil e do centro gaúcho além do patrão encontramos lá mais dois gaúchos josé lazzari e luiz carlos zart que muito nos ajudaram naquela estada em salvador na capital dos baianos tivemos muitas homenagens e demonstrações de carinho o centro gaúcho da bahia um espaço maravilhoso que poucos ctgs daqui tem igual nos ofereceu dois jantares espetaculares um no luxuoso hotel katuçaba verdadeiro banquete no dia 21 de agosto outro na sede do cgb dia 22 dia internacional do folclore quando tivemos a honra e o prazer de receber a visita devidamente pilchado do bispo da igreja católica gilio felício nosso conterrâneo de uma simpatia e cultura impressionantes que emocionado e emocionando proferiu algumas palavras encerrando com uma benção aos cavaleiros da paz que tenho a certeza que todos os presentes jamais esquecerão aquele momento antes de encerrar este relato não posso deixar de comentar três episódios ocorridos nos dois últimos dias de nossa cavalgada o primeiro foi a cavalgada que fizemos na lagoa do abaeté que tem altas dunas de areias brancas que subimos orientados pelos nossos amigos da polícia montada que nos acompanharam em todo o percurso exigindo de cada um de nós e dos nossos cavalos muita habilidade e coragem vide fotos anexas um dos nossos companheiros ralou com cavalo e tudo até o pé da duna felizmente nem cavalo nem cavaleiro tiveram qualquer ferimento outro foi talvez o mais significativo e cultural ato o de visitar o forte do mar local onde foi aprisionado nosso general bento gonçalves da silva estiveram conosco altas autoridades do exército da marinha e da maçonaria baiana quando se improvisou uma emocionante cerimônia que comoveu todos os presentes especialmente nós gaúchos e finalmente a nossa última gauchada foi a de irmos à cavalo até o palácio do governo para agradecer ao governador cezar borges pessoalmente todo o apoio e consideração que ele e seu povo tiveram para conosco surpreendeu-nos o ato do governador que saindo de seu gabinete veio a pé nos receber em frente ao palácio tivemos oportunidade de obsequia-lo com pilchas e ele posando conosco de pala lenço branco e chapéu também nos deu presentes e proferiu um lindo discurso de boas vindas e fraternidade tendo sido cumprimentado e elogiado pelo nosso comandante antônio augusto fagundes o nico com sua proverbial eloquência demos por encerrada a 8ª cavalgada dos cavaleiros da paz e em reunião deixamos acertada uma nova cavalgada para setembro do ano que vem em complemento a esta que homenageou os 500 anos da descoberta do brasil indo a portugal para agradecer também a memória de cabral e seus companheiros e conhecer o local de onde saíram as maus descobridoras aguardem na próxima edição deste nosso jornal falaremos sobre a cavalgada feita em portugal grandes personagens da histÓria nasceu em ponte de lima portugal entre 1678 e 1680 filho de joão de abreu figueiredo e de leonor pereira de abreu migrou para o rio de janeiro onde trabalhou no comércio em 1702 arrematou por 70 mil cruzados anuais a caçada de couro na colônia do santíssimo sacramento no rio de janeiro foi contratador dos dízimos do tabaco em 1710 no ano seguinte casou-se com clara apolinária de amorim filha de félix bezerra da rocha e de simoa vieira enviuvou em 1722 e passou a residir na colônia do santíssimo sacramento negociando com couro e cavalhadas recebeu o título de cavaleiro professo da ordem de cristo conduziu uma pequena tropa pelo caminho da praia até laguna em 1728 em 1732 cristóvão pereira subiu a trilha aberta por souza faria com 130 pessoas capatazes e peões cristóvão pereira de abreu e cerca de 3.000 cavalgaduras após 13 meses em 1733 chegaram em curitiba a tropa invernou na região de itapeva e seguiu pelo vale do paraíba chegando ao local da futura itu em 1734 continuou pelo vale do rio paraíba subindo a serra da mantiqueira até vila rica ouro preto onde vendeu a tropa em 1736 acampou junto à laguna mirim com 160 homens divididos em grupos comandados por francisco pinto bandeira joão mendonça e joão de melo Álvares pereira para apoiar o brigadeiro josé da silva paes na construção dos fortes jesus-maria-josé e de santana recebeu a metade dos direitos pagos no registro de curitiba por 12 anos a partir de 1747 faleceu em rio grande em 23 de novembro de 1755 fonte dicionário de tropeirismo moacyr flores tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

p. 8

8 ano xi edição 139 março de 2013 atualidades vocÊ sabia que usos e costumes do povo gaúcho são levados ao piauí por alunos da univates não foi somente o conhecimento teórico e prático adquirido durante a graduação na univates que os alunos repassaram à comunidade do município de paulistana no sudoeste do piauí durante o projeto rondon além das oficinas sobre meio ambiente autoestima finanças e comunicação os rondonistas da operação canudos ocorrida no último mês de janeiro ana paula labres carolina schneider diogo dickel diorge marmitt fernanda nicaretta luana bassegio marelise teixeira e nara schmeier juntamente com os professores dorli schneider e rafael eckhardt também levaram ensinamentos sobre a cultura do estado e na mala não faltaram o chimarrão e a pilcha a cada oficina desenvolvida em escolas municipais do centro ou do interior de paulistana o chimarrão estava presente a equipe levou os apetrechos e cinco quilos de erva-mate muitas pessoas ficavam curiosas com a bebida e pediam para experimentar o que mais me chamou a atenção é que eles tomavam um gole e já queriam devolver a cuia não entendiam que tinham que beber até emitir o ronco do mate acrescenta a aluna de ciências biológicas carolina schneider a bebida típica do povo gaúcho foi um dos costumes que mais chamou a atenção naiana nunes aluna de enfermagem da faculdade santo agostinho de teresina experimentou o chimarrão pela primeira vez e pediu para que um colega registrasse o momento achei bom mas só tomando mais vezes para se acostumar afirmou foto divulgação texto ana paula labres o mate do patrÃo o eco da tradição aproveita para dar umas dicas para os administradores das entidades tradicionalistas do rs aspecto financeiro sabemos que hoje as dificuldades financeiras a cada dia mais se agravam em todos os setores culminando com a situação particular de cada cidadão assumir como dirigente de uma entidade tradicionalista não só carece de tempo mas também de dinheiro aí pairam muitas vezes as dificuldades de se achar alguém disposto a assumir como patrão nÃo aparece candidato este aspecto pode trazer duas consequências ou a entidade para por não ter quem a conduza ou assume alguém que a fim de colaborar aceita a incumbência mas às vezes mesmo sendo esforçado é despreparado e aqui lembramos aquele velho jargão que diz não tem tu vai tu mesmo neste caso teremos no comando das atividades uma pessoa que está patrão fechar as portas ou correr o risco o ctg não pode parar portanto havendo alguém que mesmo despreparado e sem experiência se proponha a assumir deve ser considerado e aí vai se verificar o grau de união de todos na entidade mais do que nunca será importante o papel dos mais experientes ou mais antigos estar patrÃo vejam bem estar patrão não é proibido apenas corre-se o risco do despreparo por outro lado pode surgir aí um bom patrão pois se ele for bem intencionado esforçado e tiver bons assessores certamente fará uma considerável gestão administrativa no entanto o patrão não deve ter conhecimento apenas de administração precisa experiência tradicionalista e conhecer a filosofia do nosso movimento precisa conhecer o básico do tradicionalismo e aí se insere um pouco da história deste movimento ser ou estar patrão estar patrÃo o dia do bibliotecário passou a ser comemorado em todo o território nacional no dia 12 de março data do nascimento do bibliotecário escritor e poeta manuel bastos tigre aristóteles filósofo grego foi quem registrou as primeiras descobertas da prática da meteorologia onde esta passou a ser conhecida e utilizada como definição de tudo aquilo que acontece no céu esses registros aparecem na obra meteorológica produzida 340 a.c ser patrÃo os profissionais que atuam na área da meteorologia costumam desenvolver pesquisas abordando as mudanças climáticas poluição do ar e suas consequências frentes frias e quentes formação das nuvens mudanças climáticas furacões tempestades entre os costumes gaúchos nem o chimarrão ficou de fora outro momento de integração com o povo paulistanense foi durante o evento bailando pela cultura no qual os alunos da univates pilchados fizeram demostrações da dança de desafio dos peões a chula e das danças de salão chamamé chote e vaneira e convidaram o público para dançar a típica polonaise além das danças o povo nordestino ficou impressionado com nossas roupas típicas como o vestido de prenda e a bombacha eles acharam tudo lindo ficaram admirados com o fato de ainda usarmos a pilcha nos tradicionais fandangos e de possuirmos os centros de tradições gaúchas ctgs eles questionavam se realmente os jovens também cultivavam a tradição e salientaram que esse amor à terra está intrínseco em nós relata carolina foto divulgação o dia mundial do teatro foi criado em 1961 pelo instituto internacional do teatro na data da inauguração do teatro das nações em paris candidato da situaÇÃo É preparado pela patronagem e será indicado para o cargo crucialmente verifica-se se a pessoa visada preenche as seguintes condições tem as qualidades necessárias ou aproximadas para o cargo quer as responsabilidades correspondentes ao encargo de patrão e pode exercer plenamente as funções de dirigente maior da entidade alguÉm da patronagem É quando o indicado já vem desempenhando algum cargo na gestão portanto conhece os problemas internos e externos da entidade a experiência garante pelo menos parte de uma administração continuaÇÃo dos projetos este candidato da situação evidentemente deve se propor a dar continuidade aos bons projetos da gestão anterior e evidente trabalhar em cima de inovações que tragam benefícios à entidade e por conseguinte ao associado alunos da univates durante o intercâmbio essa coluna é um espaço dedicado às dicas de administração dos ctgs indicado pelo professor paulo roberto de fraga cirne em seu livro ser patrão e administração de ctg tema quinquenal o mtg engajado na campanha de combate À corrupÇÃo laÇando a corrupÇÃo

[close]

p. 9

ano xi edição 139 março de 2013 9 pelo rio grande o pioneiro pede socorro de dezembro de 2011 para cá as diiculdades só tem aumentado herança de anos anteriores que em forma de bola de neve vieram estourar em 2013 quando assumiu o pioneiro 35 ctg márcia cristina borges da silva policial militar graduada em história pela fapa e pós graduada em educação ambiental e psicopedagogia sabia das dificuldades que encontraria mas o impacto das decepções contínuas em uma entidade que ela esteve presente desde seus 5 anos de idade foi muito grande para mim as maiores dificuldade foram as decepções com pessoas que conhecia a muitos anos e que nunca tinha obtido nenhum tipo de problema tanto profissional quanto pessoal a traição a desonestidade e o principal fator em meu ponto de vista e a falta de caráter que o ser humano é capaz de obter pois a vaidade pode causar muita maldade e a pessoa perde o controle de suas ações tentando muitas vezes denegrir a imagem de quem não precisa de títulos para ser o que é dentro da sociedade e dentro do tradicionalismo ­ desabafou márcia a história de márcia se confunde com parte da história do pioneiro participei das invernadas fui 1ª prenda por diversas vezes diretora de departamento jovem até chegar ao comando do cultural do 35 ctg por 12 anos como posteira e como capataz cultural ­ contou a patroa márcia conta que recebeu o 35 ctg de forma bem diferente pois foram passadas as chaves a agenda das domingueiras do mês de janeiro de 2012 e mais nenhuma informação administrativa também recebeu o caixa do ctg com r$25,00vinte e cinco reais e muitos eventos marcados em forma de aluguel os quais foram efetuados os pagamentos antecipados que entraram no caixa do ctg no mês de dezembro de 2011 bem como o aluguel de janeiro da churrascaria com pagamento antecipado fui descobrindo tudo isso ao passar dos meses e até alguns problemas bastante sérios que tativas já há várias audiências para entregar um cronograma de reforma no ministério público e na smov a partir do dia 28 de fevereiro e após autorização da smov teremos 30 dias para iniciarmos as obras de reforma de acústica no galpão do 35 ctg ­ contou márcia mas o problema não para ai enfrentamos um sério problema pois foram feitos três orçamentos para esta reforma e o valor mais acessível custa r 900.000,00 e nós não temos este valor em caixa por esta razão estou montando uma comissão com associados conselheiros ex-patrões e amigos que demonstram interesse em colaborar para buscar patrocínio e encontrar uma forma de resolver este grave problema que esta entidade pioneira do tradicionalismo gaúcho esta enfrentando atualmente o 35 ctg esta com dificuldafoto jefferson botega/agência rbs des financeiras pois devido as demandas já mencionadas obteve até mesmo prejuízos financeiros em razão de atitudes tomadas por pessoas que tinham poder administrativo na entidade através de gastos desnecessários temos uma invernada campeira bastante forte com pessoas muito esforçadas e unidas ontem nos representam nos rodeios e estiveram participando da cavalgada do mar temos todas as invernadas mirim juvenil adulta melhor idade projeção folclórica e os nossos queridos especiais temos prendas e peões em todas as categorias pessoas que nos representam nas categorias individuais como o grande campeão em viola do enart gabriel agostin o vice campeão em viola sérgio bina e a nossa grande interprete vomárcia patroa do 35 ctg pede ajuda para manter aberto o pioneiro cal a jessilena 3ª colocada no enart bem como os demais representantes temos uma capatazia social bastante ativa e o marketing que nos o maior dos problemas atuais assessora em todos os eventos ­ lembra márcia o 35 agoniza segundo a patroa márcia o pioneiro enfrenta sérios problemas adborges eles estão lutando para administrar da ministrativos financeiros e principalmente o problema de acústica na entidade todos os proce melhor forma possível a instituição que tem pela dimentos legais estão sendo tomados dentro do primeira vez uma mulher como agregada das 35 ctg fora pois temos um posteiro jurídico que pilchas e que esta conduzindo a parte financeira assessora a entidade atualmente estamos em tra com muita responsabilidade e dedicação estão sendo administrados no decorrer de minha gestão meu trabalho tem sido árduo pois o empenho e a dedicação são bastante intensos visto que o preconceito e a discriminação são muito acentuados ainda na entidade mas tudo é muito discreto as coisas não são feitas as claras as pessoas são enrustidas em uma máscara de bom samaritanos,mas na realidade os fatos e procedimentos são bem diferentes do que aparentam o dia a dia ­ desabafou a patroa do pioneiro o trabalho de márcia é intenso e tem uma rotina e forte visto que cumpre uma carga horária de 40 horas semanais na brigada militar instituição a qual faz parte há 12 anos e no restante do tempo direciona ao 35 ctg para dar conta de tudo que precisa ser feito para bem administrar a entidade além é claro de ser mãe e esposa e ainda ter os afazeres do lar tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

p. 10

10 ano xi edição 139 março de 2013 a participação da mulher foi de fundamental importância no contexto da formação histórica social e cultural do rs atualment a figura feminina na história do rio grande do sul é um elemento singular pois independe da etnia ou classe social lá está ela manifestando-se com uma presença forte e batalhadora que não costuma baixar a cabeça ou submeter-se a situações onde fique rebaixada ou inferiorizada acostumada com o sofrimento causado pelas guerras históricas jamais se deu por vencida ao contrário disso encontra nas dificuldades motivo de força e resistência calada a mulher gaúcha suportou mais de duzentos anos de combates e revoltas vendo partirem para guerras seus pais irmãos maridos e filhos se os homens estavam envolvidos nas guerras a quem ficou delegada a missão de manter de pé as estruturas familiares e econômicas do estado a mulher sempre trabalhou nas estâncias assegurando a economia do rio grande do sul enquanto os homens defendiam as fronteiras e os ideais rio-grandenses tantas grandes mulheres se destacaram no cenário rio-grandense em defesa das nossas fronteiras como a marquesa de alegrete heroína anônima que em janeiro de 1717 na batalha de catalan ao lado do esposo marques de alegrete ­ luiz telles de caminha e menezes e do filho ajudou a escrever a história das batalhas entre portugal e espanha servindo como enfermeira mãe e até soldado podemos lembrar ainda anita garibaldi ana maria de jesus ribeiro outra mulher valente maria josefa da fontoura palmiro que promovia reuniões políticas em sua casa em porto alegre em apoio a bento gonçalves e aos farrapos era abolicionista coordenadores conselheiras senhoras da sociedade local esposa do prefeito e do patrão do ctg anfitrião a esta reunião denominaram de convenção da mulher gaúcha congresso feminino por ocasião do 18° congresso tradicionalista de santa vitória do palmar-rs em 1972 as mulheres participantes do conclave reuniram-se no dia 5 de janeiro no clube caixeiral da cidade e a esta segunda experiência chamaram 1° congresso tradicionalista feminino dirigente de federaÇÃo tradicionalista 08 de março dia internac homenagem à mulher autor jadir oliveira filho resistindo à opressão valorizando sua imagem mostrando fibra e coragem na luta diária do pão dentro do seu coração a busca pela verdade a mulher de identidade e independência de agora É a mesma que outrora lutava pela igualdade dentre as maiores conquistas que a mulher alcançou foi quando reivindicou seus direitos trabalhistas e a sociedade machista de ultrapassados conceitos viu homens insatisfeitos que tiveram de entender quem cumpre o mesmo dever merece os mesmos direitos e esta mulher de hoje em dia da mesma fibra e valor hoje está colhendo a flor da nova democracia trouxe a luz de um novo dia pra toda a nossa querência trouxe aos homens de consciência um lampejo de razão contra a discriminação o preconceito e a violência e o pajador jadirzinho com estes versos deduz a mulher é a tênue luz que nos aponta o caminho merece o nosso carinho nossa paixão incontida que muito amor e guarida nas suas almas se concentre porque dentro do seu ventre brota a semente da vida foto rogério bastos mulheres se destacam no tradicionalismo na atualidade bendita prenda gaúcha que és a rainha do pampa e tens na divina estampa um quê de nobre e altivo és perfume és lenitivo que nos encanta e suaviza e num instante escraviza o índio mais primitivo em julho de 1998 em aracruz coqueiral no espírito santo por ocasião do 6° encontro tradicionalista do nordeste uma mulher assumiu a direção da utgn união dos tradicionalistas gaúchos do nordeste tânia beatriz da silva figueiredo filha de guaíba-rs foi a primeira mulher a dirigir uma federação tradicionalista mulher dirigente de congresso foto rogério bastos a mulher sempre buscou a unidade da sociedade mantendo a fé e a crença numa sociedade melhor para seus filhos auxiliou a compor as mais importantes páginas da história gaúcha em meio a grande destruição provocada pelas guerras acreditou e fez acreditar num mundo diferente e melhor para as gerações vindouras quando o 35 ctg foi fundado não houve a participação das mulheres em abril de 1949 a entidade precisou do apoio feminino na recepção à marina cunha miss distrito federal a missão coube às irmãs marília e ludemilla zarrans que representaram a mulher gaúcha e foram consideradas as primeiras prendas do 35 ctg e do próprio movimento em setembro de 1950 participaram do desfile montadas a cavalo as prendas damásia steinmetz nora dutra ferreira e lia eilert dos santos vera maria ramalho weber foi a primeira mulher a integrar o conselho coordenador no ano de 1965 fundado o movimento tradicionalista gaúcho mtg em 1966 lílian argentina braga marques foi eleita para o primeiro conselho portanto foi a primeira mulher conselheira do mtg já como federação convenÇÃo de mulheres em 1969 na 2ª convenção tradicionalista realizada na cidade de dom pedrito aconteceu uma importante reunião das mulheres que participaram da convenção esta reunião contou com esposas de conselheiros esposas de ilva comanda com energia e pulso firme as atividades tradicionalistas em janeiro de 2004 o 49° congresso tradicionalista gaúcho realizado na cidade de bagé pela primeira vez teve uma mulher na direção dos trabalhos maria izabel trindade de moura marilia dornelles em 2008 em lagoa vermelha e ilva maria borba goulart em santa maria o 60º congresso em 2013 presidiram os conclaves o pioneiro 35 elege uma mulher a policial militar e professora de história márcia borges da silva aos 37 anos foi eleita em 2011 a primeira mu-

[close]

p. 11

ano xi edição 139 março de 2013 11 cional da mulher foto rogério bastos te vem galgando e irmando espaços nos mais diversos segmentos inclusive no tradicionalismo lher patroa da entidade fundada em 1948 e até então era liderada apenas por homens márcia faz parte do 35 ctg desde os seus 5 anos de idade ctg roda de chimarrÃo porto alegre francisca de campos velho reschke assumiu de patroa em agosto de 2008 e comandou os mais variados eventos todos com o intuito de levar para dentro do ctg a comunidade representada pelas famílias da zona sul da capital assumiu o ctg quando ele se preparava para encerrar suas atifoto divulgação paz de ponche verde muitas vezes passa desapercebidas as comemorações da semana da paz um momento de relexão para lembrar o episódio da paz de ponche verde gravadas no obelisco à quase 40 km da cidade de dom pedrito em granito a beira da estrada de chão batido leem-se estas palavras nestes campos de ponche verde em 1º de março de 1845 os defensores do império e o republicanos de piratini asseguraram a unidade nacional com a pacificação do rio grande do sul não foi uma paz simples de se alcançar um dos grandes impasses era que o império queria negociar uma anistia para a província o que era rechaçado pelos farroupilhas que desejavam um tratado de paz mas o governo central recusava com o argumento de que tratados se faziam entre nações e que a república dos rio-grandenses não era reconhecida a habilidade dos negociadores entre eles o barão de caxias experiente utilizava uma linguagem que atendia tanto os interesses dos chefes farroupilhas quanto fazer com que as condições fossem aceitas pelo império no dia 28 de fevereiro de 1845 os farroupilhas assinavam um tratado para dar fim a sangrenta guerra que se estendia por quase dez anos do outro lado os imperiais representados pelo barão de caxias assinavam o tratado de paz no dia 1º de março do mesmo ano na região de ponche verde hoje a cidade de dom pedrito itens do tratado de paz art 1° fica nomeado presidente da província o indivíduo que for indicado pelos republicanos art 2° pleno e inteiro esquecimento de todos os atos praticados pelos republicanos durante a luta sem ser em nenhum caso permitida a instauração de processos contra eles nem mesmo para reivindicação de interesses privados art 3° dar-se-á pronta liberdade a todos os prisioneiros e serão estes às custas do governo imperial transportados ao seio de suas famílias inclusive os que estejam como praça no exército ou na armada art 4° fica garantida a dívida pública segundo o quadro que dela se apresente em um prazo preventório art 5° serão revalidados os atos civis das autoridades republicanas sempre que nestes se observem as leis vigentes art 6° serão revalidados os atos do vigário apostólico art 7° está garantida pelo governo imperial a liberdade dos escravos que tenham servido nas fileiras republicanas ou nelas existam art 8° os oficiais republicanos não serão constrangidos a serviço militar algum e quando espontaneamente queiram servir serão admitidos em seus postos art 9° os soldados republicanos ficam dispensados do recrutamento art 10° só os generais deixam de ser admitidos em seus postos porém em tudo mais gozarão da imunidade concedida aos oficiais art 11° o direito de propriedade é garantido em toda plenitude art 12° ficam perdoados os desertores do exército imperial foto divulgação márcia exemplo de perseverança à frente do 35 ctg vidades com uma proposta totalmente diferente do que se vê no meio tradicionalista o ctg é foi comandado só por mulheres sendo chamado também de casa das sete mulheres apesar de serem nove ctg provÍncia de sÃo pedro tapes desde sua fundação em 1956 o ctg província de são pedro de tapes 16ª rt sempre fora comandado por homens em 2011 pela primeira vez uma mulher postou-se a frente das atividades da entidade e deixou seu nome marcado na história era neila beatriz da silva ferraz costa de 45 anos a entidade também contava com o prestígio de uma ex prenda do rio grande do sul ana paula labres a regiÃo das 8 mulheres parece um jargão lembrando a casa das sete mulheres exibido pela rede globo de televisão em 2003 mas é neila encarou o desafio de assumir a patronagem em tapes a formação da equipe de trabalho da 18ª região tradicionalista tania mara boer assessoria jurídica paula oliva depto artístico andréa martins depto cultural zaida motta depto cultural patricia karkow depto cultural catia cavalheiro depto cultural angela brião depto cultural e marta silveira secretaria foram convidadas por rui rodrigues para compor a coordenadoria foto rogério bastos 18ª rt tem 8 mulheres à frente das atividades culturais artísticas e administrativas obelisco à paz de ponche verde

[close]

p. 12

12 vocÊ sabia que ano xi edição 139 tradicionalismo março de 2013 coronel raul pereira dias homenageado pelo mtg ele começou no 35 ctg em 1982 dando vasta contribuição ao tradicionalismo no passado e foi braço forte da 1ª rt por muitos anos sem poder se locomover para receber homenagem sua esposa o representou na sede do mtg muito embora porto-alegrense desde cedo admirava os usos e costumes do povo rio-grandense talvez algum gene herdado de seu avô e de seu pai tropeiros nos campos de bagé seu pai era natural de aceguá quando jovem procurou assistir algumas atividades com alguma dificuldade porque as mesmas eram pouco divulgadas na época mais tarde seus estudos e posteriormente o exercício de sua atividade profissional exercito brasileiro o mantiveram afastados de porto alegre e até mesmo do rio grande do sul por quase 15 anos quando retornou definitivamente ao rio grande do sul em 1982 a força interior falou mais alto e associou-se ao 35 ctg onde iniciou as atividades tradicionalistas logo em seguida convocado pelo então patrão rodi pedro borghetti passou a fazer parte da patronagem do ctg conheci outras entidades e passei a colaborar também com a região que tinha na época o companheiro nelson mileski como coordenador a partir de então participei ativamente das atividades normais tais como apresentações artísticas reuniões e eventos dos ctg e da coordenadoria semana farroupilha convenções e congressos além de ministrar diversas palestras e coordenar concurso de prenda em todo estado ­ conta o coronel raul no mtg exerceu diversas funções e foi secretário geral em três gestões durante este período além de todos os congressos e convenções participou do conselho do mtg participamos ainda da atualização do regulamento do fegart em farroupilha,e por diversos anos da montagem organização e execução dessa atividade ­ relembrou emocionado raul e sua esposa dona lucí também foram encarregados de diversos concursos de prendas em nível de ctg regional e estadual para evitar qualquer tipo de comentário as provas das três categorias eram elaboradas datilografadas e impressas por mim chamou-me atenção a pouca participação dos patrões da nossa região nos congressos a realização dos mesmos normalmente no interior do estado gerava necessidade de deslocamento e algum tempo livre além dos problemas das atividades profissionais financeiros e familiares desta maneira tinham muito o teatro surgiu quando um grupo de pessoas se reuniu em um rochedo e acenderam uma fogueira as brincadeiras deles foram refletidas em forma de sombra na parede e um rapaz começou a fazer coisas engraçadas depois um texto improvisado acompanhou as imagens trazendo a ideia de personagens fracos fortes oprimidos opressores e até de deus e do diabo no dia 22 de março de 1992 a onu divulgou um importante documento a declaração universal dos direitos da Água este texto apresenta uma série de medidas sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água tia lucí recebeu pelo esposo a homenagem gaúchos de coração cearenses adotaram o rs como lar cearenses chegam ao rio grande aprendem usos e costumes e ganham concurso tradicionalista da 1ª rt pouco conhecimento do desenrolar do mesmo confidenciou dias tentando minimizar o problema criaram em 1996 o congresso tradicionalista regional logo batizado de contreg para isso com o regulamento do congresso tradicionalista em mãos adaptaram-no item por item às peculiaridades regionais raul recebeu um diploma de homenagem em 2003 por ocasião do oitavo contreg o resultado de tudo isto está consubstanciado no diploma que ora me foi outorgado de conselheiro benemÉrito tenho dúvidas deste merecimento e tenho certeza que outros o mereceriam mais do que eu tal fato no entanto não impediu de abalar-me emocionalmente e me encher de orgulho e satisfação lamentei profundamente e com o coração partido a impossibilidade de recebê-lo durante a convenção em pelotas possuo dezenas de diplomas de participafoto divulgação ção nos mais diversos e diferentes eventos de sócio honorário de alguns ctg de amigo do 35 e o troféu pioneiro hoje totalmente afastado de tudo e praticamente impossibilitado de me locomover convivo apenas com as gratas e saudosas lembranças dos grandes amigos que deixei neste meio pessoas locais e atividades diferenciadas estão indelevelmente guardadas no escaninho de minhas mais valiosas recordações ­ falou emocionado o coronel raul pereira dias o dia 22 de março de cada ano é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural quem vê o guri e o piá da 1ª região tradicionalista de peito estufado cantando o hino rio-grandense com ardor a montar cavalos com a categoria de ginetes até acha que se trata de gente aqui da terra mas os irmãos matheus e leonardo piá e guri da 1ªrt/mtg respectivamente não tem o rio grande do sul nas suas identidades suas raízes e amor pelo rio grande brotam do co a sexta-feira santa é também chamada de sexta feira da paixão e é a sexta-feira que ocorre antes do domingo de páscoa e é o dia que os cristãos lembram da crucificação de cristo na cruz ração onde se aquerenciaram mas o pago onde nasceram é outro os cearenses matheus menezes 13 anos e leonardo menezes 15 anos venceram o concurso que escolheu os peões da região que engloba porto alegre e mais dez municípios sem medo do cavalo o mais novo matheus gosta de se exibir por seu porte físico grande para a idade e no concurso quando foi chamar os amigos foto adriana franciosi e familiares para ver sua prova campeira disse vamos lá pra campeira que vai começar o show ­ brincou matheus se do alto do cavalo os lenços vermelhos resplandecem como a garra de um povo é porque refletem um esforço há um ano a dupla nem sequer sabia andar a cavalo filhos de pais gaúchos eles nasceram em fortaleza irmãos cearenses mas com o coração gaúcho e apesar da pouca idade vi veram em cidades como porto velho e brasília mas pra quem tem amigos a família se expande cada amigo ajudou na área que conhecia bem como manda a tradição passando para a nova geração os conhecimentos quando a família retornou para o rio grande do sul aprenderam a tocar instrumentos declamar cantar e dançar também aprenderam as lides campeiras assam churrasco e preparam o chimarrão com muita destreza em abril leonardo estará concorrendo no 25º entrevero cultural de peões do rio grande do sul em panambi de igual para igual com os demais que aqui nasceram muito disciplinado estuda ao lado do pai e tem a mãe como fiel escudeira para a realização de seus projetos além de tudo isso leo como é chamado pelos amigos luta contra uma doença invisível a diabetes mas que com muita disciplina ele vai superando mais este obstáculo tema quinquenal o mtg engajado na campanha de combate À corrupÇÃo laÇando a corrupÇÃo

[close]

p. 13

ano xi edição 139 março de 2013 13 notÍcias cavaleiros da paz na África no dia 09 de fevereiro de 2013 os cavaleiros da paz embarcaram para África do sul helder rocha menezes da orcav esteve presente a integração com a natureza numa das regiões com maior diversidade da vida selvagem do planeta não é a única motivação para escolha do destino desta nova aventura dos cavaleiros da paz o continente africano é o local de origem do povo negro que faz parte da formação étnica e cultural do rio grande do sul somos motivados pelo prazer de andarmos a cavalo levando a cultura e as tradições gaúchas a outros pagos para irmanar povos distantes com uma mensagem de paz o intercâmbio cultural com a África do sul simboliza o resgate as origens e uma forma de reconhecimento e agradecimento por toda contribuição que os negros tiveram na formação do povo gaúcho conclui o presidente dos cavaleiros maurício junqueira a jornada teve início no dia 10 de fevereiro na província de limpopo ao norte da África do sul depois de desembarcarem no aeroporto de johannesburg e viajarem por 4 horas até a reserva em waterberg onde a topografia diversificada abriga as mais diversas espécies de animais selvagens os cavaleiros montaram em cavalos boerperd uma raça africana considerada cruzamento dos cavalos europeus trazidos pelos colonizadores com os cavalos berberes uma das mais antigas do mundo reconhecida pelas suas qualidades bélicas devido o temperamento fogoso seu estilo rústico dócil e corajoso que participou da formação de muitas raças equinas da america do sul como o nosso crioulo antes de retornarem ao brasil os cavaleiros passaram três dias em cape town a cidade do cabo os cavaleiros da paz que foram para África antônio brocker junqueira aquiles josé pes elizabeth cirne lima elton saldanha félix antônio corti helder rocha menezes orcav josé acir giordani zé acir josé antônio bastos castro toco maurício junqueira pedro floriano magalhães rodi pedro borghetti presidente do igtf thiago darci crestani vladimir kuse mano acompanhados do guia brasileiro paulo junqueira e do fotógrafo eduardo rocha os sonhos são os mesmos jornalista do eco da tradição toma posse na aceg tomou posse na diretoria da aceg associação de cronistas esportivos gaúchos o porto-alegrense antonio fulvio de andrade lopes 60 anos jornalista responsável pelo eco da tradição fulvio é jornalista radialista com extensão em comentários esportivos e agente de seguros no tradicionalismo fulvio já foi patrão e conselheiro vaqueanos do ctg lanceiros da zona sul radialista na rádio itapuã fm atualmente licenciado do programa 100 gaúcho o qual comandou por 10 anos consecutivos fulvio foi um dos fundadores da rádio sta izabel fm de viamão ao lado de celso broda e roberto kellermann teve participação também nas rádios real canoas rádio caxias programa esportes na onda rádio band no programa band esportes show e repórter e comentarista na rádio metrópole am 1570 de gravataí É repórter exclusivo no site sportlocal aproximadamente 5 anos em virtude dos projetos nas rádios webs fulvio foi convidado pelo presidente da aceg haroldo mendez santos para participar como diretor e formar a rádio web aceg e a escola de rádio da entidade mas o meu maior objetivo e criar junto ao mtg uma rádio web ou na fundação uma rádio comercial auto sustentável para termos programas voltado ao nosso segmento tradicionalista inclusive com programas ao vivo na internet ou ao vivo pelo dial ­ disse o jornalista do eco da tradição e diretor da aceg fulvio lopes mesmos são os cavaleiros e seus arreios mas agora levam violões e não canhões e canções de amor em lugar de hinos de guerra as trilhas são as mesmas do passado mas agora o vento é de paz e o tempo é de amor os cavaleiros da paz são formados por homens tradicionalistas que cultivam o respeito ao cavalo valorizam o companheirismo a qualidade de vida e a aproximação dos povos este grupo de cavaleiros disseminam seus ideais cavalgando por caminhos que seus antepassados percorreram em épocas de guerra para levarem uma mensagem de paz sobre o lombo do cavalo fulvio especializou-se em esportes entrevero já tem padrinhos contato com uma entidade tradicionalista quando debutou aos seus 15 anos a vida no mundo do tradicionalismo deste casal efetivamente começou no início do namoro dos dois quando pela primeira vez participaram de um fandango no ctg querência crioula de giruá depois de algum tempo de namoro veio o casamento e o melhor o nascimento da filha luana raquel atual 1ª prenda mirim do rs mais tarde já aquerenciados em caçapava do sul patrícia foi coordenadora das invernadas juvenil e mirim do ctg família nativista buscou conhecimentos se formando no cfor avançado e fazendo curso de avaliadora hoje ela faz parte da coordenadoria da 18ª rt no depto cultural aladio e patricia karkow pais da 1ª prenda mirim do rs serão os padrinhos do concurso de peões do estado o casal de padrinhos do 25º entrevero cultural de peões é natural da região das missões mais precisamente guarani das missões onde tiveram seus primeiros contatos com o meio tradicionalista no ctg guerreiro das missões aladio nasceu no interior e sempre gostou das lidas campeiras e se inspirava nas músicas que seu pai tocava na gaita de 80 baixos participou ativamente nas atividades do ctg querência crioula de giruá inclusive fazendo parte da patronagem patrícia sempre gostou e admirou as prendas e as tradições porém só teve interditado rodeio em imbé tradicional rodeio que acontece em fevcereiro durante a cavalgada do mar foi interditado por maus tratos com animais caso vai parar no mp fiscais da secretaria da agricultura pecuária e agronegócio membros da patrulha ambiental patram da brigada militar e um representante do conselho regional de medicina veterinária crmv interditaram dia 5 de fevereiro um rodeio que ocorria em imbé no litoral norte em função de maus tratos a pelo menos cem terneiros o veterinário responsável não compareceu ao evento após a autuação pelos agentes da patram a fiscalização da secretaria da agricultura lavrou um auto de interdição do local o que encerrou a promoção e o recolhimento dos animais aos locais de origem organizado por uma entidade tradicionalista o evento campeiro ocorria em paralelo à 29ª cavalgada do mar o caso deve agora ser encaminhado ao ministério público estadual e ao crmv do rio grande do sul para que sejam tomadas as providências cabíveis tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

p. 14

14 vocÊ sabia que ano xi edição 139 notÍcias março de 2013 o ovo é usado representando existência da vida pois simboliza o nascimento conhecido por seu estilo e domínio de palco elomir assume a direção de comunicação do mtg em 2013 elomir malta iniciou no tradicionalismo no final da década de 80 no ctg relho trançado da escola estadual ferreira de abreu depois em 1992 começou a frequentar o ctg tiarayú onde assumiu cargos de patronagem foi conselheiro da fcg no ano de 1996 por ocasião do lançamento do cartão de afinidade do banco do brasil/mtg funcionário do banco por 28 anos aposentado elomir retornou para as fileiras dos voluntários do tradicionalismo ajudando o mtg como cerimonialista que é sua profissão e sua grande paixão no ano de 2007 locutor da rádio do parque da harmonia há mais de 6 anos elomir já foi radialista ator cerimonialista vice-presidente da fundação cultural gaúcha mtg 2010 e assumiu em 2013 a função de diretor de comunicação do movimento elomir malta tradicionalista gaúcho mtg tem novo diretor de comunicação vii oficina de prendinhas e piás a 1ª prenda mirim criança feliz foi entregue os vitória rolim lampert da brinquedos ao coordenador 20ª região tradicionalista do grupo dos tauras aldir encerrou o núcleo fortale mauro huber o encerramento sob cendo as raízes da tradição enfocando a família tradi a responsabilidade de cada cionalista com um grande entidade ocorreu a mostra evento realizado na cidade folclórica o mundo das lende santo augusto na manhã das sendo os vencedores os ctgs carreteiros do horido dia 23 de fevereiro foram três momen zonte sentinela da fronteira tos de pura emoção inician e tropeiros do buricá do com a palestra foto divulgação da 1ª prenda mirim do rs luana wojciechowski com o tema a criança engajada no tradicionalismo logo após no projeto doe um brinquedo faça uma oficina reuniu prendas e peões regionais na 20ªrt a sexta-feira santa é um feriado móvel assim como a páscoa segundo os cristãos a ressurreição de cristo aconteceu em um domingo ao dia 14 de nisã de acordo com o calendário hebraico essa tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte pois contando a partir do domingo e sabendo que o costume judaico contava o primeiro e o último dia seria então em uma sexta-feira o dia da morte de cristo presilha do pago tem nova patronagem livramento se prepara para ciranda cultural de prendas prefeito recebeu comissão liderada por erival bertolini ao lado do vice gelso miola e da 1ª prenda do rs raquel pinheiro o prefeito eleito de santana do livramento glauber lima recebeu o coordenador da 18ªrt rui rodrigues o presidente do mtg erival bertolini o vice-presidente de eventos josé gelso miola a 1ª prenda do rs raquel pinheiro e seu pai deroci lopes pereira ainda esteve presente no encontro o secretario municipal da fazenda paulo lago a reunião serviu para que as partes envolvidas na 43ª ciranda cultural de prendas tomassem conhecimento de todo processo que envolve a realização do maior concurso cultural do mtg também foi o momento de buscar o apoio do executivo municipal na medida do possível estaremos no dia 21 de fevereiro o ctg presilha do pago realizou uma assembleia para escolha da patronagem biênio 2013/2015 e por unanimidade foi escolhida para dirigir a entidade andréa cavalheiro rodrigues na noite especial aconteceu um sarau poético com a presença dos poetas cláudio silveira josé cláudio pereira declamadora louise clipes e pedro júnior da fontoura ao violão juliano moreno o evento contou com a presença do secretario municipal de cultura josé newton canabarro e sua esposa o comandante do 7º rc mec ten cel rizzo ribeiro e sua família ten cel osmar da silva e sua esposa raquel o gaúcho barreto nara simões entre outros a posse será no dia 8 de março durante as festividades do dia internacional da mulher e entrega do troféu mulher destaque o desafio está lançado o ctg presilha do pago terá nos próximos dois anos uma mulher a sua frente os eventos da páscoa teriam ocorrido durante o pesah data em que os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no egito páscoa do hebraico pessach significando passagem através do grego é um evento religioso cristão normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da cristandade o prefeito designou a secretária de turismo denise toledo e o secretario da agricultura carlos fernandes que também é presidente da comissão organizadora do festival um canto para martin fierro para representarem a prefeitura na comissão rui rodrigues será o presidente da comissão da 43ª ciranda cultural de prendas que acontecerá em santana do livramento de 16 a 18 de maio a conquista do direito de realizar a ciranda deu-se pela superação da prenda raquel pinheiro que quebrou um tabu de 32 anos sem a fronteira sediar um concurso estadual de prendas foto divulgação apoiando para que esta seja uma das melhores cirandas de prendas da história disponibilizando recursos materiais humano e financeiro ­ disse o glauber lima foi em passo fundo o concurso regional de brinquedos folclóricos concurso regional de bonecas de pano e o 2º sarau de prendas e peões da 7ª rt as atividades iniciam cedo com apresentação de trabalhos das prendas mirins regionais que compartilharam seu conhecimento sobre as brincadeiras e brinquedos que fizeram parte da infância de nossos antepassados e hoje contribuem para o engrandecimento da cultura e do folclore gaúcho À tarde aconteceu o 2º sarau de prendas e peões que apresentou como tema o resgate histórico das famílias tradicionalistas na área de abrangência da 7ª rt e das entidades tradicionalistas tendo início com as prendas ariele hannecker 1ª prenda e paloma d schacht 1ª prenda juvenil da 7ª rt que em nome do grupo regional homenafoto divulgação gearam as famílias que tiveram destaque na região os eventos correspondem ao projeto ctg núcleo de fortalecimento que faz parte das atividades preparativas à 43ª ciranda cultural de prendas ­ fase estadual prendas e peões da 7 rt 7ª rt realiza o concurso regional de brinquedos formada a equipe da ciranda tema quinquenal o mtg engajado na campanha de combate À corrupÇÃo laÇando a corrupÇÃo

[close]

p. 15

ano xi edição 139 março de 2013 15 notÍcias departamento jovem ação do departamento jovem da 3ª rt cartilha do jovem tradicionalista o departamento jovem da 3ª região tradicionalista gestão 2013 inicia suas atividades distribuindo folders explicativos apresentando as finalidades do departamento jovem e incentivando os jovens tradicionalistas a criarem departamentos jovens nas suas entidades e a participarem efetivamente dos eventos direcionados aos mesmos a cartilha do jovem tradicionalista foi uma iniciativa da diretoria do depto jovem da 3ª região que tem como diretora diana juciéli ribeiro e como vices yaçana finger marcon e lucélio fortes da silva o projeto teve o apoio da coordenadoria regional e do departamento cultural o material responde as seguintes questões 1 o que é departamento jovem qual seu objetivo 2 porque participar do departamento jovem 3qual a estrutura do departamento jovem como são eleitos seus representantes e 4quais as obrigações e competências do departamento jovem todo este trabalho foi realizado com o intuito de fazer um chamado aos jovens procurando fazer com que todos se sintam responsáveis pela propagação da cultura gaúcha e parte essencial dentro do movimento tradicionalista gaúcho a frase que aparece em destaque na cartilha do jovem tradicionalista um movimento como o nosso que valoriza pessoas de diferentes gerações merece ter sua contribuição faça sua parte jovem tradicionalista sintetiza muito bem o sentimento que o departamento jovem da 3ª rt quer que seus jovens tenham para que assim surjam atitudes que venham cada vez mais engrandecer o movimento tradicionalista gaúcho foto divulgação projeto do departamento jovem deve reculutar locais históricos do rio grande do sul projeto reunirá informações sobre pontos turísticos regionais lucélio fortes 2º peão do rs contribui com sua região tarca encerra atividades por despejo da prefeitura temos como fazer eventos e promoções que custeavam muitos gastos no encerramento da nota o tarca que estava participando da organização do rodeio municipal disse que não irá mais se envolver nas atividades relacionadas ao evento entenda o caso a atual administração do município procurou o grupo tarca no dia 17 de janeiro para olhar a sua sede o antigo restaurante do centenário no dia seguinte após ver o local a prefeitura avisou que usaria o espaço para acomodar o acervo da biblioteca municipal em uma medida de contenção de gastos no dia 22 de janeiro os livros começaram a ser levados para o parque centenário e o tarca recebeu um prazo de 7 dias para retirar suas coisas da sede como diz a nota do tarca sem nem mesmo saberem se o grupo tinha onde guardar seus pertences e sem um prazo para que seus integrantes fossem avisados do `despejo o grupo tarca afirma não ser contra a medida econômica do prefeito mas está chateado pela maneira como a tradicional entidade foi tratada em nota de esclarecimento publicada no jornal ibiá o grupo tarca de arte nativa que há 26 anos atua em montenegro anunciou o fim de suas atividades o antigo restaurante do parque centenário que servia como sede agora acomoda o acervo da biblioteca municipal hélio alves de oliveira que passa por reformas pegos de surpresa e sem um novo local o grupo encerrou as atividades a então secretária do tarca ereni rodrigues de oliveira falou da tristeza em anunciar o fim do grupo e em não ter conseguido avisar todos os integrantes não conseguimos falar com todos muitos vão descobrir hoje através do jornal como noticiado em matéria do ibiá com a ocupação do local pela prefeitura o tarca estava sem espaço para ensaios o descaso com que nos tiraram de lá foi uma humilhação encontrar um novo local é difícil não sei o que vai ser já tínhamos até contratado professor disse ereni não tendo onde guardar os pertences o pai de uma integrante cedeu espaço dentro de um depósito para acomodar tudo segundo ereni o grupo não tem como continuar sem uma sede sem o espaço não o departamento jovem do movimento tradicionalista gaúcho do rio grande do sul tem uma grande responsabilidade com juventude tradicionalista pois tem como uma de suas funções orientar as lideranças jovens do estado É um órgão ligado ao departamento de cultura devendo a auxiliar a diretoria do mtg/rs nas mais variadas funções administrativas por estarem mas próximos da juventude em idade e forma de comunicação podem desenvolver tarefas como estabelecer diretrizes para a atuação dos jovens nas entidades dinamizando suas atividades dentro de suas regiões como forma de tornar concretas as discussões dos fóruns como congressos e convenções e com base na proposta aprovado no 60º congresso tradicionalista gaúcho na cidade de santa maria proposição nº 01 ­ identificação de locais históricos de zeno dias chaves conselheiro benemérito e vaqueano do mtg/rs o departamento jovem central gestão/2013 juntamente com as lideranças jovens das trinta regiões tradicionalistas e suas entidades irão desenvolver uma atividade de grande repercussão no meio tradicionalista e turístico do nosso estado fazendo um levantamento dos pontos histórico monumentos ainda não conhecidos pouco divulgados ou esquecidos bem como tudo que possa ter potencial turístico o resultado deste trabalho será um livro contendo todos os depoimentos imagens fotográficas mapas e endereços dos pontos turísticos não conhecidos esquecidos ou pouco divulgados em nosso estado junta fiscal divulga calendário o presidente da junta fiscal do mtg firmo farias dos santos apresenta ao rio grande o calendário das reuniões da junta para avaliações contábeis do mtg e das regiões tradicionalistas durante o ano de 2013 o local é a sede do movimento na rua guilherme schell nº 60 em porto alegre as reuniões iniciarão às 13h com todos membros convocados mÊs fevereiro marÇo abril maio junho julho agosto setembro outubro novembro dezembro dezembro data 14 05 09 07 06 09 06 05 08 05 05 encerramento dia quinta-feira terça-feira terça-feira terça-feira quinta-feira terça-feira terça-feira quinta-feira terça-feira terça-feira quinta-feira terça-feira 31 tema anual mtg em defesa da saÚde e bem estar do tradicionalista

[close]

Comments

no comments yet