Jornal Empresários

 

Embed or link this publication

Description

Fevereiro - 2013

Popular Pages


p. 1

reajuste no valor do iptu em vitória cariacica e vila velha o aumento do imposto será de 5,78 serra 5,31 e viana 6 página 10 ® do espírito santo ano xiv nº 158 www.jornalempresarios.com.br fevereiro de 2013 antÔnio moreira a vez de viana o prefeito de viana gilson daniel do pv prepara o município para o desenvolvimento e dá destaque ao setor de logística páginas 14 e 15.

[close]

p. 2

2 fevereiro de 2013 vitÓria/es carlos amorim 13 anos imÓves condomínios mistos são tendência na serra rachel menezes gava diretora da empresa unimov edificações aposta nos condomínios mistos com torres residenciais comerciais e lojas em morada de laranjeiras na serra constrói com previsão de entrega em 2014 o ventura essencial life página 5 pontualidade microempresa paga em dia aponta pesquisa da serasa experian a pontualidade no pagamento das micro e pequenas empresas superou a marca de 95,4 em 2012 a pesquisa aponta esse resultado como reflexo das medidas adotadas pelo governo federal como por exemplo a redução da taxa real de juros página 12 ricardo benetti fernandes moÇa colunista convidado estímulos às parcerias público-privadas ecentemente a medida provisória 575/2012 fez importantes alterações na lei 11.079/2004 lei geral das parcerias público-privadas em suma o que se pretendeu com a respectiva medida provisória foi buscar eliminar parcela expressiva do endividamento estatal nesses contratos bem como autorizar que o poder público auxilie o parceiro particular no custeio da infraestrutura física do projeto desde o início da contratação o efeito significativamente positivo da medida visa corrigir dois grandes equívocos previstos na lei geral das parcerias público-privadas e que inviabilizavam sobremaneira a atração dos particulares para o financiamento de tais projetos o primeiro impedia o desenvolvimento da ppp em virtude da fixação de percentual aleatório e independente do nível de comprometimento futuro dos orçamentos públicos com os respectivos contratos já que o r artigos opiniões divergentes nesta edição de número 158 referente ao mês de fevereiro o jornal empresários® publica cinco artigos o colunista convidado ricardo benetti fernandes moça fala sobre os estímulos às parcerias público-privadas e o conceituado jornalista eustáquio palhares coloca o dedo na ferida ao denunciar em seu artigo aprendizes de imperador a moratória decretada pelos prefeitos que ignoram contratos e não pagam despesas contraídas por seus antecessores já o consagrado economista e exministro antônio delfim netto colunista deste jornal desde 2002 escreve sob o título reduzir atritos sobre a tarefa do governo federal de controlar a inflação o controverso josé dirceu ex-ministro da casa civil do governo lula aborda com viés político o tema condições favoráveis à produção e a jornalista e consultora de marketing político e empresarial jane mary de abreu traz leveza em seu artigo tudo se desdobra perfeitamente limite de gastos com a ppp para os estados e municípios era de 3 das respectivas receitas correntes líquidas o segundo advinha da vedação a que o poder público auxiliasse o particular no custeio da infraestrutura física desde o início da contratação transferindo esse ônus para o momento da disponibilização do empreendimento com custos financeiros maiores agregados à contraprestação pública ao final pois bem e o que muda no que tange ao comprometimento da receita dos estados e municípios com despesas de caráter continuado decorrentes de suas ppp com o advento da mp 575/2012 o percentual passou de 3 para 5 se extraindo dois aspectos positivos dessa mudança o primeiro é que com o aumento do limite de gastos com ppp municípios de orçamento enxuto nos quais o valor anterior de 3 da receita corrente liquida não eram suficientes para custear gastos com uma ppp eventualmente estão aptos a acessar este mecanismo de contratação o segundo ponto positivo é uma questão de ordem prática verificada nos estados e municípios que já implementaram as ppp como política de governo a título de exemplo belo horizonte com somente duas ppp já atingia o percentual de 2,6 da receita corrente liquida com despesas de caráter continuado decorrentes de suas ppp o que lhe impedia de contratar outros projetos relevantes para solucionar o gargalo de infraestrutura através das ppp considerando que o limite anterior era de somente 3 outra mudança relevante para os contratos de ppp é a previsão de aporte de recursos em favor do parceiro privado autorizado por lei específica tal mu dança admitirá aos parceiros privados mediante autorização legislativa específica excluir a remuneração pública em ppp do lucro líquido para fins de apuração do lucro real e da base de cálculo da csll e do pis/cofins desonerando o setor e garantindo carga tributária menor além disso com base nessa nova previsão o poder público está autorizado a conceder aportes independente da disponibilização do serviço pelo parceiro privado no curso portanto da instalação do empreendimento o que em vista de sua natureza de despesa de capital estará a partir de agora excluído do cálculo dos limites de endividamento público nesse sentido mais uma vez o governo federal une esforços para tornar as parcerias público-privadas atrativas para os parceiros privados visando angariar investimentos para eliminar os gargalos em infraestrutura da união dos estados e dos municípios brasileiros ricardo benetti fernandes moça é procurador da assembléia legislativa do es e especialista em direito empresarial ricardo@bcradvogados.com

[close]

p. 3

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 3

[close]

p. 4

4 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos eustÁquio palhares aprendizes de imperador ovos prefeitos assumem e valendo-me da feliz imagem que a jornalista cláudia feliz cunhou em a gazeta parece que chegaram de paris agora deparando-se com uma terra arrasada da qual não tinham a mínima suspeita quando prometiam mundos e fundos para o eleitorado existe uma síndrome de imperador que inspira todo mandatário a se considerar absoluto dotado de infalibilidade por força do destino que o alçou ao cargo com o que também recebe qualquer crítica como ameaça pessoal não bastasse isso aqui na capitania os mandatários se julgam no direito de sobrepairar lei e estabelecer uma jurisprudência de ocasião adotando medidas explicitamente irregulares mas para eles legitimadas pelas circunstâncias encontradas o ex-governador paulo hartung assumiu o governo no primeiro dia de 2003 no dia cinco de janeiro entrava nos cofres do governo toda a receita de icms gerada em dezembro mês de desempenho atípico devido à sazonalidade que faz a festa do comércio depois de haver articulado n em brasília a retenção dos cerca de r 300 milhões que seriam adiantados ao estado à conta de royalties ­ e que virtualmente permitiriam ao antecessor quitar o passivo da folha de novembro e 13º o novo governador de posse de toda a arrecadação de dezembro entrada em janeiro solenemente declarou que a folha de pagamento de dezembro era atribuição do antecessor não sua embora entrasse na posse da montanha de dinheiro resultante da movimentação da economia também no mês anterior e que permitiria atualizar os pagamentos assim já saltou dois meses do débito do estado com o funcionalismo e começou rigorosamente em dia permitindo-se até antecipar o pagamento de janeiro com o dinheiro de dezembro com isso operou a mágica de instantaneamente resolver o impasse de caixa do governo tudo a partir de um sofisma que só não se desnudou porque não houve o mínimo empenho de imprensa partidos associações enfim em fazê-lo até porque também já começara a vigo rar o macarthismo ­ ou hartunguismo que consagrou uma nova postura qualquer menção crítica a um ato do novo governo ensejava a suspeita de conluio com o crime organizado essa passagem da história do espírito santo ainda está por ser resgatada numa perspectiva temporal para entender como um integrante de um poder que forma o governo do pleno estado de direito em harmonia com outros dois poderes guindou-se acima dos demais e passou a exercer o poder solitária e autocraticamente o l´etat c´est moi vigorou aqui na terrinha dois séculos depois de proferido na frança por aquele rei que terminou guilhotinado e aos outros dois poderes ou poderes restou o ajoelhamento a subalternidade do legislativo e do judiciário na época eufemisticamente intitulado o apoio da sociedade contra as forças do mal com o que se revogou o contraditório democrático e a pluralidade de opiniões nossa briosa imprensa nunca se deu ao empenho de descrever exatamente o que era essa socie dade secreta intitulada crime organizado aceitando a alusão ao fato de que a assembléia legislativa era controlada pelo seu então presidente josé carlos gratz a quem se atribuíam tenebrosas transações posteriormente entre os espíritos mais críticos insinuou-se a suspeita sim de um crime empresarial organizado representado por um esquema que validava ou referendava decisões palacianas dando-lhes foro de interesse coletivo e não de propósitos particulares de grupos enfim temos antecedentes inspiradores da decisão de alguns prefeitos que assumiram recentemente e já proclamam que os credores de suas prefeituras que procurem a justiça para receber seus direitos aí o personalismo e o absolutismo que os levam a confundirem o ente público com seu eventual ocupante É o desacato da autoridade sentem-se no direito de descumprir contratos ignorar transações legítimas pela presunção da suspeita invocam o direito de um juízo apriorístico de irregularidades sobre processos implementados com a devida regularidade mas acham que o desconforto financeiro produzido pelas finanças encontradas autoriza lhes tal personalismo com o que se colocam até acima da lei claro que esse procedimento prevê certas maquinações que envolvem até as autoridades que por dever de ofício devem denuncia-los mas não o fazem se um processo contém algum tipo de vício ou incorreção a partir principalmente da formação do preço do serviço ou produto contratado deve ser sumariamente coibido o que se contesta é a idiossincrasia do novo mandatário em se permitir decidir que tudo o que se refere ao antecessor é motivo de suspeita mesmo quando falta a evidência concreta a comprovação elementar que a justifique prefeitos não compram e não pagam não devem o ente público impessoal é que o faz a prevalecer esse discricionarismo no ultimo ano de qualquer gestão todos fornecedores terão um instraponível obstáculo para atendê-la prejudicando-a largamente eustáquio palhares é jornalista eustaquio@iacomunicacao.com.br

[close]

p. 5

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 5 condomínios mistos são tendência na serra com lojas salas espaços para consultores e apartamentos com suítes cresce no município o número de prédios que possuem torres residenciais e comerciais no mesmo condomínio om aproximadamente 20 mil moradores morada de laranjeiras na serra passa por um boom imobiliário e tem atraído cada vez mais as empresas da construção civil com a implantação do hospital estadual dr jayme santos neves no bairro o maior do estado o mercado irá se tornar ainda mais competitivo e quem apostar no segmento comercial poderá ter mais chances de sucesso na região com previsão de conclusão em 2015 o edifício ventura essencial life é o primeiro a oferecer uma nova opção não só para quem pretende residir no local serão construídas duas torres uma com lojas de conveniências e centro empresarial e outra com apartamentos de dois quartos com suíte e lazer completo para idealizar o empreendimento a empresa unimov edificações realizou pesquisas no bairro e a queixa dos residentes sobre a pouca oferta de serviços essenciais padarias farmácias caixas elerachel menezes gava diz o ed ventura está no vetor de crescimento da cidade c trônicos salões de beleza entre outros está entre as principais questões identificadas as torres serão erguidas em frente ao novo hospital que consequentemente trará diferentes demandas para a região não só em morada de laranjeiras mas na serra como um todo há carência de serviços médicos muita gente ainda tem que se deslocar para vitória para fazer um exame estamos falando de um hospital de grande porte que irá movimentar muitas pessoas em torno do local comen tou a diretora da unimov rachel menezes gava além das lojas há três tipos de plantas com ou sem sala de recepção segundo rachel este é um diferencial já tivemos uma experiência com espaços deste tipo e a maioria dos profissionais que nos procuraram em função disso trabalham com atendimento ao público em geral montam clínicas ou consultórios que precisam de uma recepção explicou morada de camburi é um bair o edifício ventura essencial life proporciona comodidade para quem não deseja sair do bairro para trabalhar ro planejado localizado próximo a manguinhos e ao lado de laranjeiras isso eleva o nível dos empreendimentos que se instalam no local valorizando a região ele vem sendo escolhido por quem em função do trabalho prefere se mudar para o município e até por quem já morava na serra mas está buscando mais comodidade e tranquilidade existe um vetor de crescimento na cidade e o edifício ventura está neste caminho até a entrega das chaves o bairro terá crescido ainda mais disse muitas pessoas também tem buscado o mercado imobiliário como opção de investimento elas acham mais interessante comprar um apartamento ou sala comercial do que fazer uma aplicação no mercado financeiro em função do lucro que têm obtido e com a aquisição também é possível alugar e conseguir uma renda com isso afirma rachel qualidade de vida é diferencial para a escolha a diretora da empresa unimov edificações rachel menezes gava destaca que empreendimentos comerciais e ao mesmo tempo residenciais estão entre os preferidos do público em cidades como rio de janeiro e são paulo por causa do trânsito e pela busca por melhor qualidade de vida os edifícios na serra tendem a seguir este conceito na opinião dela na hora de adquirir um imóvel muita gente leva em conta os serviços ofertados na região onde irá morar pela comodidade pois deseja evitar grandes deslocamentos bairros como morada de laranjeiras oferecem diversas vantagens aos moradores há casas na região que estão dentro dos padrões da mata da praia em vitória elevando a condição do local outras áreas foram adquiridas por empresas do mercado imobiliário para a construção de novos condomínios e o lugar continuará recebendo investimentos ele também está localizado longe de regiões mais antigas do município porém perto da avenida civit e da avenida central de laranjeiras explicou rachel cabe ressaltar que a torre comercial e a torre residencial do edifício ventura essencial life não são unificadas e oferecem acessos diferentes os apartamentos podem ser adquiridos a partir de r 410.500 mil e medem entre 50,08 e 52,3 metros quadrados o prédio será entregue com lazer completo e decorado já as salas comerciais custam a partir de r 101.210 mil e variam entre 26,5 e 31,5 metros quadrados as lojas têm preços a partir de r 410.500 mil variando entre 57 e 79 metros quadrados.

[close]

p. 6

6 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos editorial noventa e três quilômetros quadrados sta é a área do município de vitória por onde transita diariamente um volume de pessoas em média três vezes maior que a sua população uma cidade que passou por um período acelerado de crescimento nos últimos 40 anos e que hoje é o centro de uma região metropolitana trocadilhos à parte uma ilha cercada de pontos de retenção e engarrafamentos por todos os lados o caos da mobilidade urbana é notícia velha na região da grande vitória também não é nenhuma novidade a insatisfação dos munícipes e transeuntes diários com o tempo perdido nos deslocamentos entre territórios tão próximos vias projetadas há 20 anos sem capacidade para absorver o volume de veículos atual continuam sendo os caminhos para atravessar a cidade algumas obras já trouxeram melhorias importantes como a nova ponte da passagem e a ampliação da avenida fernando ferrari mas as soluções que realmente podem fazer a diferença tardam a sair do papel há ao menos seis anos se discutem projetos de mobilidade urbana que vão de ampliação de vias a novos modelos de transporte público bem como novas conexões intermunicipais novas pontes novos modais novas vias muitos milhões já investidos em estudos de viabilidade técnica e projetos executivos e pouca ou nenhuma resolutividade ao problema viário se soma a conhecida escassez de vagas na maioria dos bairros e regiões do município e eis que entre discussões sobre a preservação de um plano diretor urbano que impede que a cidade se estruture para um crescimento que já realizou surge a mais estapafúrdia das ideias rebaixar a praça joão clímaco no centro da cidade para fazer um estacionamento o estudo de viabilidade aponta o óbvio que a obra é de altíssima complexidade e poderá comprometer a estrutura e integridade das edificações ao entorno dentre elas o ilustríssimo palácio anchieta e a despeito do que aponta o estudo a obra vai sair do papel milhões de reais para assegurar vagas à sombra para os carros oficiais do governo estadual enquanto não se permite ao empreendedor construir um edifício garagem na praia do canto vai entender delfim netto reduzir os atritos tarefa de conter a inflação não pode depender apenas da política monetária do governo por mais importante que seja a ação do banco central controlar a inflação é um objetivo que precisa do apoio da sociedade para a aprovação das reformas microeconômicas que vão ajudar a reduzir os atritos que a estimulam e que permitirão aumentar a produtividade medidas por exemplo como a expansão rápida do ensino profissionalizante entre nós e uma urgente ordenação das regras de imigração para atrair profissionais preparados para ajudar o desenvolvimento do país É importante compreender que o processo inflacionário é simultaneamente causa e efeito da redistribuição das rendas no fundo é a imagem invertida no espelho do nível de produtividade da economia que cresce na medida em que se reduzem os e a atritos que a produzem a redução da taxa de inflação brasileira que há oito anos permanece em torno de 5,2 ao ano e que como em todos os países com metas inflacionárias com bandas namora o seu teto não é obviamente tarefa apenas do banco central É missão que envolve o aumento da eficiência da economia apoiado em reformas promovidas pelo governo e defendidas pela sociedade um mercado de trabalho bem organizado que respeita os direitos constitucionais dos trabalhadores onde a livre negociação salarial dentro da empresa não do setor sob as vistas de uma comissão de fábrica eleita pretere os efeitos acumulados pelo corporativismo ao longo dos anos torna-se poderoso instrumento para o aumento da produtividade do trabalho e simultaneamente para a redução dos atritos que se dissipam como pressões inflacionárias relaciono alguns desses atritos produzidos 1 pelas tremendas deficiências da infraestrutura 2 pela demora em ajustar as demandas setoriais com as respectivas ofertas tais como choques de oferta mudanças de hábitos de consumo 3 pelos obstáculos institucionais e políticos que retardam os ajustes de oferta dos insumos básicos 4 pelos exageros do poder incumbente quando se entrega ao voluntarismo populista que ignora as restrições físicas impostas pelas identidades da contabilidade nacional 5 pelos próprios governos quando tentam proteger suas receitas da própria inflação que estão criando recorrendo à indexação automática de impostos preços tarifas ou salários 6 quando os salários reais crescem acima da produtividade física do trabalho sintetizando quando há um desajuste entre a disponibilidade da mão de obra e suas habilidades com relação às necessidades da economia é extremamente custoso corrigi-lo cortando a demanda global pela política monetária são necessárias medidas estruturais que aumentem rapidamente a oferta e a qualidade da mão de obra mais educação profissional e melhores estímulos à imigração de profissionais que já estão preparados e procuram trabalho especialmente no continente europeu antonio delfim netto é professor emérito da fea-usp exministro da fazenda agricultura e planejamento contatodelfimnetto@terra.com.br josÉ dirceu condições favoráveis à produção o atual modelo de desenvolvimento o brasil não precisa mais escolher entre privilegiar o crescimento econômico ou promover a melhoria de renda e de qualidade de vida da população o governo do pt provou que não são metas inconciliáveis e sim complementares as conquistas sociais obtidas nas gestões de lula e de dilma vieram acompanhadas de condições favoráveis jamais experimentadas pelo setor produtivo na última década o vigor econômico impulsionou o aumento do emprego dos salários e da renda e vice-versa a ascensão de milhões de brasileiros à classe média aqueceu o mercado interno e beneficiou a indústria e o empresariado nacional essa combinação é resultado de uma política desenvolvimentista adotada tanto pelo ex-presidente lula quanto pela presidenta dilma rousseff que pouco a pouco foi desatando os nós que o neoliberalismo deixou no país foi essa estratégia que nos permitiu escapar das consequências mais desastrosas da crise financeira mundial há diversos exemplos de políticas adotadas nos últimos dez anos que n promoveram o atual cenário positivo para os investimentos e para o desenvolvimento da nossa economia as desonerações na carga tributária da produção os financiamentos com redução da taxa de juros a melhora na taxa de câmbio as concessões públicas em setores-chave de infraestrutura e o corte na tarifa de energia para indústria agricultura comércio e serviços a conjunção dessa série de medidas de estímulo ao setor produtivo compõe um quadro jamais experimentado no país de fato o principal objetivo da economia brasileira hoje é aumentar a taxa de investimento sobre o pib o ex-ministro da economia antonio delfim netto partilha desse diagnóstico em entrevista recente elogiou lula e dilma que conseguiram fazer o bolo crescer sem deixar de distribuí-lo para ele dilma é uma tecnocrata de altíssima qualidade e tudo o que está fazendo está na direção certa começando com aquela intervenção na poupança a redução dos juros a redução do custo de energia delfim cita entre outras ações a desoneração da folha de pagamento junto com a relativa desvalorização do real que estão produzindo efeitos importantes na estrutura produtiva e na própria exportação nesse sentido o governo já anunciou que continuará desonerando o investimento a produção e o emprego neste ano o corte nos impostos deve atingir r 53 bilhões quando foi de r 46 bilhões em 2012 estamos estudando a desoneração integral da cesta básica dos tributos federais e o conceito de cesta básica está um pouco ultrapassado e como a lei que definiu a cesta básica é bastante antiga nós também estamos revisando os produtos que integram a cesta básica a fim de que possamos desonerá-los integralmente ressaltou a presidenta a estratégia desenvolvimentista contempla ainda a redução do custo da eletricidade para consumidores e indústria para aumentar a capacidade de geração de energia ao setor produtivo a expectativa é de que em 2013 novas usinas e linhas de transmissão ampliem em cerca de 7 a capacidade brasileira de geração de energia embora a crise internacional imponha dificuldades para o crescimento mundial o ambiente favorável levou a consultoria pricewaterhouse coopers a projetar que o brasil assumirá o posto de quarta maior economia do mundo até 2050 ficando atrás apenas de china eua e Índia a pesquisa da consultoria leva em conta o pib pela paridade do poder de compra segundo dados do banco mundial o brasil possuía us 2,3 trilhões em 2011 pela projeção da consultoria deve chegar a us 8,8 trilhões em 2050 É importante lembrar que as condições favoráveis à produção advêm de uma deliberada e planejada correção de rumos iniciada em 2003 a política econômica anterior se baseava no modelo neoliberal que ainda encanta boa parte dos analistas econômicos nacionais mesmo que disfarçadamente a questão dos juros é um exemplo assim o esforço atual deve ser por garantir condições cada vez melhores para que superemos em definitivo as influências nocivas do neoliberalismo josé dirceu é advogado ex-ministro da casa civil e membro do diretório nacional do pt zedirceu.com.br É publicado por nova editora empresa jornalística do espírito santo ltda me insc municipal 1159747 cnpj 09.164.960/0001-61 endereço praça san martin 84 salas 111 e 112 edifício alphaville trade center praia do canto vitória espírito santo cep 29055-170 diretor e jornalista responsável marcelo luiz rossoni faria rossoni@jornalempresarios.com.br repórter fotográfico antônio moreira colaboradores antonio delfim netto eustáquio palhares jane mary de abreu e josé dirceu e-mail jornal@jornalempresarios.com.br diagramação márcio carreiro redacao@jornalempresarios.com.br contato comercial comercial@jornalempresarios.com.br telefone 27 3224-5198 site www.jornalempresarios.com.br impressão gráfica jep 3198-1900 as opiniões em artigos assinados não refletem necessariamente o posicionamento do jornal.

[close]

p. 7

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 7

[close]

p. 8

8 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos maiores calotes as moratórias decretadas pelos prefeitos audifax charles barcelos da serra e rodney miranda de vila velha deixaram preocupados e aborrecidos os empresários que prestaram serviços e executaram obras nos dois municípios os credores já recolheram os sagrados impostos municipais estaduais e federais fortlev a fortlev é hoje a maior empresa do brasil em soluções de reservatórios de água em um ano os seus produtos armazenam mais de nove bilhões de litros e estão presentes em 94 dos municípios do país para mostrar o pio-neirismo e a representatividade que possui no mercado nacional e internacional a fortlev lançou uma edição temática da revista coquetel que leva informação e entretenimento aos seus consumidores esse projeto especial realizado em parceria com a agência ampla comunicação e a editora ediouro conta com todos os jogos que são encontrados nas revistas coquetel de banca e através das brincadeiras é possível aprender mais sobre a finalidade e importância dos produtos fabricados pela empresa reserva amary a cipasa marca sua chegada ao estado com reserva amary na enseada azul em guarapari lotes para residências de alto padrão em uma ótima localização perto das praias de bacutia peracanga e guaibura e dentro de uma área preservada com lagoas e uma reserva florestal para divulgar o empreendimento a criativa propaganda criou uma campanha o fim de semana pode se transformar em todo dia reserva amary ii a ideia utiliza artistas do es que transmitem a sua visão do local a partir de suas obras o chef juarez campos desenvolveu o badejo amary receita anexa inspirado nos aromas do lugar o músico alexandre lima compôs reserva amary que mistura a inspiração na reserva e no mar a designer de joias emar batalha traduziu numa peça a tranquilidade de estar no reserva amary e o prazer do reserva ficou a cargo do mestre cervejeiro flávio barone que trouxe as especiarias da moqueca capixaba para uma cerveja única alô josé esmeraldo a assembleia legislativa tem um novo ouvidor par-lamentar os deputados elegeram dia 5 josé esmeraldo pr para cumprir mandato de dois anos e terá como substituto o deputado dary pagung prp espera-se que ambos não façam ouvidos de mercador como diziam os mais antigos crack uma sugestão de um jornalista experiente o tráfico de crack só será reduzido quando a policia mudar seu foco de investigação a sugestão é para a polícia atuar mais na área do atacado onde está o peixe grande enquanto o traba lho de investigação for centrado no varejo as prisões não terão efeito algum retira-se do mercado um traficante zé mané que é imedia tamente substituído por outro bondade a partir de abril empresas da construção civil e comércio varejista passam a se beneficiar da desoneração da folha de pagamento de acordo com o texto publicado no diário oficial da união dou as empresas podem substituir a contribuição previdenciária de 20 sobre os salários por alíquotas de 1 a 2 conforme o caso sobre a receita bruta excluindo-se os descontos e as vendas canceladas lançamento argo em fase de pré-lançamento o edifício meliá da argo construtora oferece condição especial para clientes que querem antecipar a aquisição do empreendimento as unidades de dois quartos estão com preço a partir de r 209.189,47 já as de três quartos saem a partir de r 285.620,95 o edifício meliá fica localizado em itaparica em vila velha e está sendo construído em um terreno de 2.025 metros quadrados serão 15 pavimentos 120 unidades e lojas no térreo com áreas de até 126 metros quadrados crack ii se a polícia trabalhar em cima do fornecedor aquele que traz o crack da bolívia colômbia ou equador por certo haverá redução substancial da oferta É só trabalhar com inteligência leão guloso a defasagem na tabela do imposto de renda de pessoa física está em 66,4 a constatação é de estudo elaborado pelo sindicato nacional dos auditores fiscais da receita federal sindifisco nacional com base em informações da receita federal e do instituto brasileiro de geografia e estatística ibge a pesquisa considera o ipca índice que mede a inflação oficial que fechou 2012 em 5,84 no estudo do sindifisco nacional o percentual de 66,4 foi obtido confrontando-se o ipca acumulado de 1996 a 2012 189,54 com a correção na tabela no mesmo período 73,95 aplicando-se uma série de cálculos se obteve a perda ao longo de quase duas décadas falências de acordo com pesquisa divulgada pela serasa o número de falências decretadas por empresas em 2013 foi o maior valor para o mês de janeiro desde 2010 ao todo foram 47 decretos no brasil sendo 34 micro e pequenas empresas 12 médias e uma grande empresa já as falências requeridas somaram 167 registros em janeiro desse ano 12 foram feitos por micro e pequenas empresas 36 por médias e 19 por grandes empresas o blazer da discórdia era rosa choque a presidente dilma rousseff não poderia imaginar que um blazer poderá levá-la a dar explicações ao ministério público o psdb partido de fhc e josé serra reclamou da cor do casaco usado por ela durante pronunciamento de tv no qual anunciou a redução da tarifa de energia elétrica segundo os tucanos chorões a presidente dilma usou roupas vermelhas no pronunciamento oficial em uma clara referência às roupas vermelhas utilizadas na campanha de 2010 fazendo alusão à cor do seu partido.

[close]

p. 9

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 9 jane mary de abreu tudo se desdobra perfeitamente pesar de ser uma velha conhecida nossa e a única certeza que temos desde que chegamos ao mundo a morte ainda causa espanto e desespero entre os seres humanos por que isso acontece certamente porque sabemos muito pouco a respeito das leis do universo e quase nada sobre nós mesmos ainda perguntamos a uma criança o que ela vai ser quando crescer como se ela já não fosse um ser divino completa inteira educação espiritual é coisa que no ocidente ainda se confunde com religião a criança é motivada desde cedo a olhar para fora é levada a conhecer o mundo nunca ela mesma o foco da nossa educação é o conhecimento científico só o cérebro é reconhecido como fonte de inteligência a sabedoria do coração e a intuição estão relegadas a um segundo plano coisas de místicos poetas e artistas o resultado disso é que conseguimos formar muitos a doutores verdadeiras máquinas mas indivíduos completamente ignorantes a respeito da sua própria essência somos desconhecidos de nós mesmos não sabemos quem somos de onde viemos e para onde estamos indo se não sabemos nada a respeito da vida também não sabemos nada a respeito da morte são processos naturais que deveriam ser igualmente muito bem vindos se pensarmos na morte como um fim uma derrota aí o entendimento se complica mas se entendermos a coisa como ela realmente é como uma etapa na evolução humana e um degrau a mais na jornada espiritual tudo fica mais fácil a passagem pela terra não tem promessa de ser eterna o universo jamais nos assegurou isso tudo existe para ser desfrutado enquanto durar a nossa permanência por aqui o sentimento de posse que se manifesta através do apego é que nos faz desejar o que não podemos ter para sempre as flores e os animais nascem florescem e morrem por que com o homem teria que ser diferente não aprendemos a morrer estamos por demais presos à matéria por isso a morte nos parece absurda e injusta tem outro fator a ser considerado gastamos tempo demais com as futilidades inventadas pelo meio social somos incentivados o tempo todo a viver na superficialidade nos contentando com o mundo das aparências e alimentando o sonho de um dia ser feliz de verdade quando as crianças crescerem quando eu me formar quando eu me casar quando eu me aposentar aí sim poderei fazer aquilo que me aconselha o coração o problema é que a vida não espera a morte não obedece a nenhum planejamento humano e nem respeita qualquer cronologia de repente e não mais que de repente ela sur ge aí a pessoa se dá conta de que não viveu e já está indo embora deve ser mesmo desesperadora essa constatação quando não há débito algum com a vida quando vivemos conscientemente e estamos em dia com o querer do coração descobrimos que tudo se desdobra perfeitamente não há porque temer a próxima etapa da evolução somos seres espirituais passando por uma experiência material e não o contrário daí a necessidade do ocidente começar a entender a educação espiritual como uma necessidade na vida em família e também nos currículos escolares isso não tem nada a ver com religião mas com espiritualidade que eu defino como o olhar atento sobre si mesmo orai e vigiai e o exercício permanente das virtudes humanas ­ amor bondade gratidão lealdade desapego honestidade compaixão li outro dia na internet e gostei religião é para os que dormem é crença a espiritualidade é para os que estão despertos é sabedoria religião é para os que querem ser guiados por alguém a espiritualidade é para os que prestam atenção à sua voz interior a religião ameaça e amedronta a espiritualidade lhe dá paz interior a religião é humana é uma organização com regras a espiritualidade é divina sem regras a religião é causa de divisões a espiritualidade é causa de união a religião sonha com a glória e com o paraíso a espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora uma é criação do homem a outra é obra divina por isso imutável verdadeira e eterna jane mary de abreu é jornalista consultora de marketing político e empresarial e palestrante motivacional com foco no endomarketing descompressão de ambientes e espiritualidade no trabalho janemaryconsultoria@gmail.com

[close]

p. 10

10 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos preço do iptu subiu no município de viana o reajuste do imposto foi de 6 na serra de 5,31 e em vitória vila velha e cariacica o aumento teve o mesmo valor 5,78 antÔnio moreira prazos para o pagamento vitória o prazo para pagamento da primeira cota ou cota única é dia 14 de março os contribuintes podem optar pelo pagamento parcelado o número de parcelas varia de acordo com o valor a ser pago cinco para os carnês com valores até r 100 acima deste valor pode ser feito em dez mensalidades epois dos gastos com as festas de final de ano e o carnaval é hora de pensar nos impostos de 2013 as prefeituras da grande vitória já estão distribuindo os carnês do imposto predial territorial urbano iptu como acontece quase que anualmente os valores sofreram reajustes dentro do Índice de preços ao consumidor amplo especial ipca-e corrigido pelo instituto brasileiro de geografia e estatística ibge o maior deles ocorreu no município de viana 6 o mesmo valor da correção de 2012 a previsão de arrecadação é de r$8.880.463,97 dentre os outros municípios da grande vitória a serra é o que tem o menor valor para 2013 5,31 porém no ano anterior ele foi de 5,02 a assessoria de imprensa da prefeitura informou que ainda não há previsão do quanto será arrecadado em vila velha os contribuintes podem comemorar o último carnê foi pago com base no reajuste de 6,56 já em 2013 será de 5,78 o município estima arrecadação de 50 porém não há ainda um total estimado em cariacica ocorre situação semelhante em 2012 o reajuste foi de 6,56 em 2013 o valor será de 5,78 a cidade pretende arrecadar com o imposto r 8.540.000,00 os mesmos valores se aplicam à vitória com exceção da arrecadação já que na capital o valor estimado é maior r 100.476.865,56 em 2012 a arrecadação com o tributo foi de r 49 5 milhões desse total 16 são de terrenos 38 de imóveis residenciais e 46 de imóveis não residências como comércio indústrias diversão en d nÚmeros 8,8 milhÕes serra o iptu terá cota única com 10 desconto para o dia 19 de abril mesmo dia em que vence a primeira parcela para os casos que irão dispensar o desconto e poderão pagar em até seis vezes quando o valor lançado em cada inscrição fiscal for superior a r 2 mil o parcelamento poderá ser feito em oito vezes de reais previstos em viana 8,5 milhÕes vila velha em vila velha haverá desconto de 8 para quem pagar o imposto em cota única no dia 10 de abril mesmo dia em que vence a primeira parcela para aqueles que irão pagar o valor do imposto dividido até seis vezes ao longo do ano os vencimentos serão sempre no dia 10 de cada mês de reais previstos em cariacica o secretário de fazenda alberto borges detalha a arrecadação do iptu todos os municípios citados oferecem descontos para pagamento em cota única em viana por exemplo caso o pagamento seja feito antecipadamente os descontos podem ser de até 20 e decrescem nos meses seguintes para 10 e 5 a prefeitura de cariacica também oferece desconto de 20 ao munícipe mas para os pagantes que recolheram ininterruptamente seus impostos em cota única nos últimos cinco anos para aqueles que recolheram no exercício de 2012 é descontado 15 e para quem paga este ano 10 já vitória e vila velha oferecem desconto de 8 para quem quitar o carnê de uma só vez na serra o desconto é de 10 para pagamento em cota única 100 milhÕes cariacica o pagamento em cota única no município de cariacica vence no dia 10 de abril assim como o da primeira parcela para cota única haverá desconto 20 para os que pagaram desta forma nos últimos cinco anos de 15 para os que recolheram no exercício de 2012 e desconto de 10 para os que pagarem este ano de reais previstos em vitÓria 8 É o valor do viana o iptu poderá ser pago em conta única com 20 de desconto há opções para quem deseja pagar em cota única nos próximos meses mas o valor do desconto será menor de 15 e de 5 as datas para os pagamentos em cota única ou parcelado ainda não foram definidas desconto para quem pagar em cota tre outros afirmou o secretário da fazenda da prefeitura de vitória alberto borges Única em vitÓria e vila velha imposto varia de acordo com o bairro Áreas comerciais ou pouco requisitadas para especulação imobiliária peculiaridades do relevo do município como muitos declives entre outras questões influenciam no valor do imposto predial territorial urbano iptu além disso o cálculo do tributo considera as características o tamanho a condição atual a destinação do imóvel entre outros fatores em cariacica a planta genérica de valores pgv não é dividida por bairros mas por logradouros faces de quadra o menor valor aplicado por metro quadrado é r 2,21 e o maior é r 761,62 distribuídos em diversas partes do município já em viana áreas na região de areinha araçatiba e morada de bethânia possuem baixo valor de iptu e os moradores de viana sede marcílio de noronha vila bethânia parque industrial e rodovia costumam pagar mais caro pelo tributo a assessoria de imprensa da prefeitura informou que o motivo da diferença são os preços de mercado imobiliário contudo não divulgou os valores de acordo com as regiões em vila velha o imposto é resultado da aplicação de uma alíquota sobre o valor venal se predial 0,25 e territorial 1,5 os preços mais altos são de imóveis localizados em bairros da orla como praia da costa itapoã e itaparica na região da grande jucu que inclui terra vermelha barramares e joão goulart o itpu é mais barato a assessoria de imprensa da prefeitura informou que existem mais de 300 mil cadastrados e que não seria possível mensurar valores em função das diferenciações que cada região apresenta para o cálculo do iptu a assessoria de imprensa da prefeitura da serra também justificou o fato da variação entre diferentes terrenos e imóveis para não divulgar preços contudo o local com maior valorização na pgv do município é a avenida central de parque residencial laranjeiras em média os valores mais baixos estão em bairros periféricos contribuintes devem ficar atentos às isenções aposentados e pensionistas com renda mensal de até dois ou três salários mínimos mensais têm direito de não pagarem o imposto predial territorial urbano iptu outra situação é quando é estipulada a isenção do pagamento do tributo em função do valor do imóvel ou para os que possuem incentivo fiscal no município de vila velha por exemplo moradores que residem em ruas não pavimentadas não precisam pagar pelo tributo a prefeitura municipal também oferece isenção para quem reside em imóveis localizados em áreas com risco de alagamento ou em casos de doenças ainda são isentos do iptu os imóveis utilizados como residência por componentes da força expedicionária brasileira há situações em que é necessário solicitar a isenção ou atualizar o cadastro em outras ela é feita de forma automática o contribuinte deve verificar em qual destas condições de isenção se encaixa de acordo com as normas de cada uma das prefeituras.

[close]

p. 11

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 11

[close]

p. 12

12 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos microempresa paga em dia em 2012 as micro e pequenas empresas comerciais tiveram o melhor desempenho e alcançam índice de 95,4 de pontualidade pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas atingiu 95,4 em 2012 assim a cada 1.000 pagamentos realizados pelas micro e pequenas empresas aos seus credores no ano passado 954 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias foi o melhor desempenho anual deste indicador cuja série histórica iniciou-se em 2006 93,6 2006 93,9 2007 94,2 2008 94,3 2009 95,1 2010 94,9 2011 de acordo com os economistas da serasa experian o avanço da pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas no país ao longo destes últimos anos é reflexo de alguns fatores tais como a tendência de redução da taxa real de juros verificada neste período bem como do aprimoramento das técnicas de gestão envolvendo as micro e pequenas empresas o fato do eixo dinâmico da economia brasileira ter se deslocado mais para o mer a arquivo/je juro baixo favoreceu o desempenho dos pequenos negócios que são responsáveis pela criação de grande parte dos empregos formais cado doméstico principalmente no pós-crise externa de 2008 é algo que também favorece o desempenho das micro e pequenas empresas no país a pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas no ano de 2012 foi maior nas em presas comerciais com 96,0 de pontualidade crescendo 0,7 ponto percentual ante a média de 2011 95,3 nas empresas industriais a pontualidade atingiu 94,9 aumentando 0,6 ponto percentual frente à de 2011 94,3 nas empresas de serviços a pontualida de de pagamentos foi de 94,8 em 2012 alta de 0,4 ponto percentual frente aos 94,4 obtidos em 2011 em 2012 o valor médio dos pagamentos pontuais cresceu 9,8 em relação ao valor médio de 2011 atingindo r 1.807 o maior valor médio foi registrado pelas micro e pequenas empresas de serviços r 2.061 o menor valor médio ocorreu no setor industrial r 1.622 já as micro e pequenas empresas do setor comercial efetuaram pagamentos pontuais no valor médio de r 1.805 no ano passado.

[close]

p. 13

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 13

[close]

p. 14

14 fevereiro de 2013 vitÓria/es 13 anos antÔnio moreira viana aposta no setor de logística para estimular o desenvolvimento econômico do município o prefeito gilson daniel quer atrair empreendimentos que ampliem a receita l ogo após assumir sua gestão em janeiro de 2012 o prefeito de viana gilson daniel deu início às negociações com investidores do setor privado em entrevista exclusiva ao jornal empresários ele conta como pretende estimular o desenvolvimento econômico do município e incrementar o comércio local viana possui aproximadamente 66 mil habitantes segundo o prefeito a arrecadação prevista para este ano é r 130 milhões nós temos uma população grande que demanda serviço público pesado para a receita que temos hoje con tou contudo para estimular o desenvolvimento econômico a prefeitura pretende atrair novos empreendimentos do setor de logística o objetivo é ampliar a receita municipal impulsionar o comércio e gerar empregos para a população todo mundo está apostando em viana oito grandes empreendimentos já nos procuraram temos duas rodovias federais duas termelétricas uma via férrea e um gasoduto em breve teremos outra ferrovia que virá de minas gerais para o rio de janeiro nós temos o que nenhum outro município tem mas que ninguém descobriu ainda ninguém vai crescer como viana disse o prefeito os investimentos na área de logística garantem a sustentabilidade do município segundo gilson daniel sou do partido verde e tento trazer empresas que não poluem ou que poluem de uma forma que conseguimos controlar é o caso dos balcões já somos um dos maiores em logística na grande vitória com a chegada destes empreendimentos seremos o maior do estado É um serviço sustentável que não agride o meio ambiente e ainda gera receitas para a cidade comentou atualmente a maior parte da população trabalha em municípios vizinhos com a perspectiva de crescimento e de novos empregos diversas demandas serão geradas para a cidade haverá absorção de mão de obra local principalmente na construção civil além disso irão surgir outras necessidades como o incremento da oferta de serviços como restaurantes e pousadas por exemplo por isso vamos capacitar as pessoas explicou marcílio de noronha e serra-sede são os dois locais onde o comércio é mais atuante em viana uma série de medidas para estimular o setor comercial será tomada segundo o prefeito entre elas adequação de calçadas e novos espaços para estacionamento também serão realizados convênios com o serviço brasileiro de apoio às micros e pequenas empresas sebrae e agência de desenvolvimento das micro e pequenas empresas e do empreendedorismo aderes para capacitação dos comerciantes e criadas políticas de incentivo junto a câmara de dirigentes lojistas cdl faremos a interligação entre os bairros para que o dinheiro circule dentro de viana hoje se alguém mora em areinha é mais fácil pegar um ônibus e fazer compras em campo grande do que em marcílio de noronha queremos que os tickets dos servidores públicos sejam gastos apenas no município inserindo em torno de r 300 mil no comércio local explicou houve avanços também na área de segurança pública com a instalação da 11ª companhia independente de viana criada em 2012 antes o policiamento era realizado pela 1ª companhia vinculada ao 7º batalhão com isso a polícia militar passou a ter mais autonomia para gerenciar as ações no município o efetivo possui 86 policiais militares implementada no centro de viana a ideia é que a sua sede seja transferida para uma área maior o nosso quantitativo será ampliado para 120 e o governo do estado já está realizando concurso para isso afirmou o prefeito que enquanto vereador do município criou a secretaria municipal de defesa social quem ocupa a pasta é o delegado andré neves o prefeito gilson daniel quer indústrias limpas em viana influência açoriana marca a colonização com heranças indígenas africanas e europeias principalmente de açorianos o município de viana se desenvolveu baseado em suas tradições culturais e as mantém vivas até hoje por meio de objetos religiosos e prédios históricos a colonização ocorreu entre os séculos xvi e xvii quando os portugueses saíram de vila velha e seguiram pelo rio jucu em busca de ouro a primeira passagem deles foi por araçatiba ao prosseguirem alcançaram o local onde hoje é a sede do município os indígenas que habitavam a região eram da tribo dos puris a cidade também inaugurou o ciclo da imigração europeia no espírito santo com a chegada de imigrantes alemães e italianos em 1813 para reduzir a escassez de mão de obra agrícola e ajudar a povoar as margens da primeira estrada vitória/minas gerais foram chamados também os açorianos foi paulo fernandes viana quem trouxe de açores 53 famílias que se instalaram nas proximidades do rio jucu e seus afluentes elas iniciaram o cultivo de trigo e arroz melhorando também as culturas de milho e mandioca já conhecidas pelos nativos viana teve também um porto fluvial chamado porto da igreja localizado às margens do rio santo agostinho onde desembarcou imagem de nossa senhora da conceição para a igreja matriz ali foi fundado pelo capelão frei francisco nascimento teixeira um novo núcleo que recebeu o nome de viana em homenagem ao açoriano pioneiro da região a contribuição cultural deixada pelos europeus pode ser sentida ainda hoje nos casarios antigos que resistem ao tempo os jesuítas índios e negros também ajudaram na construção da história do município que foi criado oficialmente em 23 de julho de 1862 ao ser desmembrado de vitória o prefeito gilson daniel e o secretário maurício malta com empresários de um polo logístico multiport

[close]

p. 15

13 anos vitÓria/es fevereiro de 2013 15 meio bilhão em investimentos os recursos são da iniciativa privada e serão aplicados em empreendimentos como o log viana e um condomínio industrial om um território de 311,08 quilômetros quadrados e com muitas áreas disponíveis para novos empreendimentos o município de viana vem consolidando o setor de logística como sua principal vocação a estimativa é de que até 2014 sejam aplicados pela iniciativa privada aproximadamente r 500 milhões no município com um espaço territorial maior do que o de cariacica 279,98 quilômetros quadrados e vila velha 232 quilômetros quadrados viana possui o metro quadrado mais barato da grande vitória onde ainda é possível encontrar valores entre r 100,00 e r 200,00 os bairros mais visados hoje são areinha jucu bom pastor marcílio de noronha e a região da grande betânia afastada dos centros urbanos mas próxima do mar a cidade se tornou ponto estratégico de escoamento com fácil acesso às ro c antÔnio moreira o secretário de obras henrique casamata diz que viana é o único município cortado por duas rodovias federais e ferrovia dovias federais a br-101 e a br262 são responsáveis por aproximadamente 90 das cargas movimentadas por contêineres pelos portos do estado fato que atrai os olhares dos investidores o melhor custo benefício para instalação de empreendimentos do setor de logística é encontrado em viana vamos mostrar aos empresários que é viável investir no município disse o secretário munici pal de obras henrique casamata a previsão é de que em seis me ses seja inaugurado um polo logístico onde funcionava a antiga fábrica de chocolates vitória o log viana como foi batizado o empreendimento possui quatro galpões que poderão ser alugados para empresas operarem com distribuição de produtos com156 mil metros quadrados o investimento é do grupo mrv engenharia cortado pela ferrovia da empresa vale o condomínio industrial que será instalado próximo à entrada do bairro universal será outro grande referencial no setor de logística serão dois módulos ferroviário e rodoviário o terreno conta com 1,5 mil metros quadrados já consolidados o valor do projeto é de aproximadamente r 100 milhões a área que ainda não foi consolidada está em fase de aprovação comentou casamata outra obra que irá potencializar ainda mais a vocação do município e também estimular o turismo é a construção da es 388 que liga a ro dovia do sol à br-101 o governo do estado já sinalizou positivamente que o trajeto será estendido com o trecho seringal/br-262 cortando o território de viana de acordo com o novo traçado a pessoa irá descer da região serrana e encontrar um acesso para praia pegando a estrada estadual explicou o secretário mu nicipal de obras o que também irá aumentar a receita municipal é a construção da bateria de silos graneleiros metálicos para estocagem e armazenamento de milho o empreendimento é estratégico para o abastecimento agrícola no brasil e tem como objetivo atender também estados do nordeste e do sul do país com capacidade para 100 mil toneladas o projeto é da companhia nacional de abastecimento conab e custa aproximadamente r 80 milhões já foram realizadas visitas técnicas em um dos terrenos pretendidos para sua instalação mais de 200 obras de infraestrutura em dois anos mesmo com uma dívida de aproximadamente r 7 milhões deixada pela gestão anterior a prefeitura de viana lança o maior programa de obras já feito no município em dois anos serão mais de 200 intervenções em infraestrutura todos os bairros serão contemplados até o momento 30 ordens de serviço foram assinadas pelo prefeito gilson daniel a previsão é de que mais dez sejam executadas em fevereiro as ações do programa municipal de obras pmo 200 serão realizadas com recursos próprios e contarão com a participação popular os bairros marcílio de noronha antártica areinha nova bethânia ipanema universal entre outros já estão recebendo pavimentação uma das obras mais aguardadas pela população é o complexo de lazer de vila bethânia formado por um ginásio poliesportivo coberto uma praça e um campo de futebol society o local onde ele será construído recebeu visita técnica do prefeito e do secretário municipal de obras henrique casamata em janeiro deste ano são 6.780 metros de área que contará com recursos municipais do governo do estado e federais parceria que viabilizou a praça saudável com dois mil metros quadrados onde serão instalados aparelhos de ginástica e brinquedos na área de saúde 14 médicos foram contratados para atuar em todas as unidades do município além disso foi inaugurado o pronto atendimento de arlindo velasques que também será reformado assim como outras quatro unidades de saúde a prefeitura pretende melhorar a rede de ensino municipal que atualmente é deficiente em relação a infraestrutura e já aperfeiçoou os serviços de coleta de lixo e limpeza urbana na área de habitação será necessário auxílio do governo federal a caixa fala de uma demanda de 1.100 famílias sem moradia mas vamos utilizar o programa de aceleração do crescimento para construir as casas por meio do minha casa minha vida afirmou o prefeito a zona rural de viana também está recebendo obras por meio do plano de trabalho da secretaria municipal de agricultura já começaram as intervenções nas estradas de araçatiba e mamoeiro com patrolamento e alar as obras de drenagem e pavimentação em vila nova vão melhorar a mobilidade urbana em toda a região uma antiga reivindicação gamento de trechos serão recuperadas estradas rurais de 19 comunidades o que irá totalizar 41,5 quilômetros até abril e 12 pontes outra ação é aquisição de sete novos equipamentos agrícolas além disso os produtores rurais receberão assistência técnica para limpeza de caixas secas.

[close]

Comments

no comments yet