JORNAL O MARISCO 4

 

Embed or link this publication

Description

Cidreira Ganha o Troféu de Melhor Arranjo Musical da XV Tafona / A Música da Praia de Ivan Therra e Grupo de Cultura Popular Kikumbí é premiada / Os Donos da Praia / Educação?! por Liziane S. Barbosa / Biblioteca Pública? Ainda Não? / Exploração do Trabal

Popular Pages


p. 1

a música barrigudinho recebeu o troféu de melhor arranjo musical do festival no palco estavam ivan therra intérprete mestre julinho baixo jociel lima violão e vocal martielli weiss trumpete e vocal mileni weiss afoxés e vo c a l guilhermeilha ta mboresde maçambique congas e massacaias lutiano weiss tambores de treme-terra badá do túnel bateria o grupo kikumbí contou com a participação especial do prêmio açorianos 2003 melhor instrumentista do estado leandro rodrigues na gaita o ritmo praieiro criado pelo grupo a letra que relata o cotidiano praieiro fizeram ivan therra e o grupo kikumbí ganhar destaque especial na xv tafona martielli weiss subiu ao palco assinando o arranjo musical premiado apresentando um fusão instrumental inédita as togas africanas pintadas à mão os chapéus de palha o instrumental a proposta musical e cultural fizeram com que o grupo fosse aplaudido em todas as apresentações a martielli weiss é o responsável pelos arranjos apresentação de uma música litorânea com musicais nas composições de ivan therra e do grupo temática social contribuiu muito para o destaque de cultura popular kikumbí colocando todo o seu do grupo talento a serviço da cultura do povo do litoral martielli weiss vê premiado o seu trabalho em um dos maiores festivais de música do estado do rio grande do sul este troféu vem a destacar o trabalho do arranjador dos kikumbís colocando o nome do artista martielli weiss na esfera dos pouquíssimos arranjadores musicais premiados na tafona da canção mesclando com maestria os sons quentes dos metais com a força dos tambores de maçambique e tambores de treme-terra unindo de forma mágica e melodiosa a gaita pianada com as vozes em acordes exatos o melhor arranjo musical da xv tafona da canção foi para o palco com muita riqueza mas sem perder a identidade identificado com o simples modo de ser do povo da praia o resultado foi um trabalho único que só poderia ser pensado e executado por um mago das sensações musicais o trabalho apresentado por martielli weiss na música barrigudinho foi o melhor e mereceu do corpo de jurados o troféu de melhor arranjo musical da xv tafona da canção de osório biblioteca pÚblica continua sumida pág.4 jÁ se passaram prefeitura:a exploraÇÃo do trabalho infantil /pág.4 1.185 dias e cidreira ainda não tem conselho municipal de cultura festa da n sra da saÚde em cidreira pág.5 eleiÇÕes do grÊmio no raul pilla/pág.6

[close]

p. 2

pág 2 outono de 2003 opiniÃo o marisco educaÇÃo os donos da praia passado o feriado de páscoa nossa cidreira estará mais uma vez caindo na realidade as ruas escuras de nossa cidade estarão vazias de veranistas mas cheias de nós mesmos o barulho das ondas volta ao trono e invadirá os ouvidos mais renitentes a avenida mostardeiros estará deserta de banhistas mas repleta de marisqueiros soarão mais longe os apitos dos vigilantes do alheio tudo parece que vai se tornando tão nosso que sentimos inexplicável desejo de arrumar a casa as ruas são nossas as casas são nossas as árvores são nossas o vento vai começar a soprar o frio vai chegando devagar os fogões à lenha começam a desenhar de fumaça o céu da praia as conversas começam a ser mais íntimas as vizinhas acomodam-se nas cercas à falar da vida alheia e tudo tudo volta a ser como era antes a praia é nossa e agora o que fazer com ela podemos continuar no marasmo esperando que a próxima temporada aconteça podemos passar hibernando durante todo o inverno podemos passar necessidades durante os horrorosos junho julho e agosto podemos sobreviver a tudo ou não mas podemos também querer mudar a cama de lugar mudar a cor da casa mudar de casa mudar de rua mudar de rumo mudar de praia podemos deixar tudo como está que é prá não se incomodar não se meter em nada quem quiser que resolva se não resolver resolvido está podemos mentir que vamos fazer e acontecer e no final não fazer nada o verão está logo ali são apenas nove meses de espera podemos esperar que tenha um médico se preciso for podemos esperar que tenha remédios no posto podemos esperar que tenha professores para dar aula podemos esperar que os mandantes tomem vergonha na cara podemos esperar que venha o ônibus e esperar bastante agora é só lá de vez em quando podemos esperar que nada aconteça para não atrapalhar a nossa espera ou podemos exigir que tenha médico que tenha remédio podemos exigir que tenha ônibus inclusive nos finais de semana prá visitar a família podemos exigir que as leis sejam cumpridas podemos exigir que sejamos tratados como cidadãos podemos exigir que não decidam por nós o que é bom ou ruim sem sequer nos perguntar podemos exigir pois somos há dias durante a aula o professor escreveu no quadro um pensamento a falta de informação é o perigo da educação moderna será que os nosso professores estão motivados indo atrás da informação ou será que os nossos educadores estão desmotivados por conta dos baixos salários e más condições de trabalho e os alunos como ficam em algumas escolas existem alunos que chegam a 5ª série sem saber ler e escrever será que os professores estão em processo de extinção existem coisas que acontecem nas escolas que são encaradas como obstáculos intransponíveis mas que poderiam se resolver com certa facilidade onde está a vontade de educar será que a profissão de educador está morrendo nas universidades sobram vagas para professores pela facilidade de acesso e na busca do diploma a qualquer custo formam-se professores que não queriam ser professores pendurando diplomas na parede e esquecendo os ideais do educador quando mais se perde a vontade de ensinar mais o nosso país afunda será que os valores da educação mudaram a ponto de se passar aos educandos apenas informações daquilo que lhes possa futuramente render uma boa conta bancária será que a arte de educar acabou será que educar tornou-se um mau negócio crianças de 6 anos não aprendem a ler e escrever não se pode forçar é muito cedo dizem alguns educadores mas crianças de 16 anos podem escolher a profissão que irão abraçar pelo resto da vida daí não é muito cedo as crianças nas séries iniciais contornam e pintam figuras mal desenhadas nas folhas jurassicamente mimeografadas depois vão para casa assistir a um festival de informações de última geração pela tv a escola pode estar desmotivando o aluno ou o desmotivado professor pode estar desmotivando o aluno educar ensinar é um ato de responsabilidade e empenho ninguém é obrigado a se formar professor mas se por algum motivo são professores então é melhor vestir a camiseta liziane s barbosa expediente associação de cultura do litoral associação casa de cultura do litoral cnpj o3.671.776/0001-21 este informativo é um equipamento de comunicação comunitária da acl e accl rua cauby da silveira n° 286 cidreira rs cep 95.595-000 fone 51681-3456 98226998 e-mail omarisco@terra.com.br nÃo editamos matÉrias pagas coordenação geral ivan therra direção liziane barbosa este informativo É produzido diagramado e editado em cidreira as mentes que brilham encontram-se no bar do beto sexta e sábado música ao vivo rua cauduro 265 centro praia da cidreira

[close]

p. 3

o marisco tarrafadas outono de 2003 pág 3 barrigudinho de ivan therra foi a música premiada com o troféu de melhor arranjo musical na xv tafona da canção de osório tá na rede martielli weiss assina o arranjo musical vencedor da xv tafona da canção de osório tá na rede o grupo de cultura popular kikumbí mais uma vez é premiado em festivais colocando o nome de cidreira entre as cidades de melhor produção cultural do estado tá na rede leandro rodrigues prêmio açorianos 2003 melhor instrumentista do estado esteve no palco junto com o grupo kikumbí defendendo as músicas barrigudinho e todos os ventos do litoral tá na rede carlos catuípe um dos ícones da música litorânea esteve no palco junto com o grupo de cultura popular kikumbí defendendo a música todos os ventos do litoral tá na rede eleições do grêmio estudantil da escola raul pilla seguem processo democrático com a participação da comunidade escolar através de debates explanação dos planos de governo e projetos tá na rede vem aí o rodeio estadual de cidreira tá na rede alunos da uergs estão programando o primeiro acampamento da universidade será no rodeio de tramandaí com isso divulgam a universidade e a nossa cidade tá na rede matheus junges gomes e jean rezendes da cunha dão aula de participação democrática no processo eletivo do grêmio estudantila da escola raul pilla tà na rede mente nativa é o nome do grupo musical que está sendo formado por artistas de nossa comunidade rasgou a rede o canto das Águas de sal festival de música que será realizado em cidreira foi noticiado pelo secretário de turismo adriano lima ao jornal do nativismo a realização está prevista para novembro/2003 tá na rede invernanda adulta do piazito do litoral está mudando de pilchas e de coreografia mas continua com a temática de valorização e divulgação da cultura do litoral tá na rede chocopraia mais um evento com o esforço isolado do secretário adriano lima e sua equipe tá na rede o marisco está sendo lido discutido folha a folha e elogiado pela nossa comunidade cidreirense.tá na rede meu deus que escuridÃo aqui nÃo deveria ser cidreira É que estamos na na Época da chocopraia praia de chocolate mar de chocolate ruas de chocolate mas chocolate preto ivan therra prefeitura de cidreira continua a explorar o trabalho de crianças e adolescentes contrariando a constituição brasileira e o estatuto da criança e do adolescente rasgou a rede a semana do livro de cidreira anunciada pela secretária de educação não aconteceu morreu na casca rasgou a rede a pasta da cultura municipal ainda não possui um diretor ninguém responde pela cultura na prefeitura municipal rasgou a rede a comunidade de cidreira está com medo de sair à rua depois do anoitecer as ruas estão completamente às escuras nem doando as lâmpadas são colocadas rasgou a rede nada cultural está programada pelo executivo rasgou a rede os vereadores zerinho e lena são coniventes com a ilegalidade municipal mantendo sua filha trabalhando no gabinete da prefeita recebendo pela banda municipal sem saber tocar nem apito em flagrante desvio de função rasgou a rede a prefeitura municipal não possui nenhum projeto de profissionalização para adolescentes rasgou a rede câmara de vereadores nada faz para impedir a exploração das crianças e adolescentes de cidreira mesmo que a situação esteja escancarada parece que nossos vereadores são de outra cidade rasgou a rede loja4 fone 681-1100 681-3135 av mostardeiros 3186

[close]

p. 4

pág 4 outono de 2003 cidadania o marisco ainda não foi desta vez que a comunidade cidreirense pode ter acesso a sua desaparecida biblioteca pública a suposta reinauguração que estava prevista segundo a secretária de educação para a primeira semana de abril juntamente com a semana do livro de cidreira não aconteceu nem biblioteca e nem semana do livro o executivo municipal continua equivocado pensando que cultura não é prioridade as obras no que poderá ser a sala da biblioteca estão estagnadas assim como estagnada está a pasta da cultura em nosso município a suposta semana do livro noticiado pelo o marisco nº 3 nem arrancou É certo que a secretaria de educação está muito atarefada tentando fazer acontecer o ano letivo mas também é certo que a cultura de cidreira não pode ficar esperando que caia do céu as soluções para poder ter de novo a sua biblioteca pública afinal para que servem os administradores e suas pastas senão para resolver as questões pertinentes ao cargo se outros municípios menores que o nosso e em dificuldades tão grandes quanto as nossas possuem artesanato decoração móveis em vime tele-entrega 681-3001 toda linha de medicamentos e perfumarias biblioteca por que só nós não podemos a comunidade continua pacientemente esperando o reaparecimento de sua importante biblioteca pública de cidreira afinal 2 anos e meio de adminstração é tempo suficiente para limpar reciclar cadastrar e colocar em funcionamento uma biblioteca que nem é tão grande assim rua giácomo carniel 356 café shopping cafeteria bazar jóias consertos de óculos relógios revelação de fotos aviamos receitas incrivelmente e apesar do que já foi publicado o executivo municipal continua explorando o trabalho de crianças e adolescentes os jovens que deveriam estar participando de um projeto social e cultural chamado banda municipal de cidreira continuam sendo explorados descaradamente pelos administradores de cidreira até agora ninguém se mexeu para dar um basta nesta situação absolutamente ilegal irresponsavelmente a administração municipal continua a exploração a câmara de vereadores parece desconhecer o fato e alguns legisladores até comungam com a exploração a ponto de permitir que seus próprios filhos sejam vítimas desta atitude imoral o presidente da câmara e seus comandados não fizeram sequer uma denúncia ao ministério público passando a coniver com o fato de maneira sórdida o fato de manter-se menores trabalhando em desvio de função é repugnante e passível de ação judicial uma vez que é inconstitucional a administração de cidreira ignora a constituição brasileira em um ato tirano e anti-democrático os menores bolsistas da banda municipal não recebem salário 13º férias proporcionais e nem fgts portanto nada mais são do que mão-de-obra barata nas mãos de infratores da lei deixam de participar do projeto cultural deixam de aprender música deixam de aprender teoria musical deixam de aprender a fone:681-4464 rua giácomo carniel,380/loja 03 instrumentalização deixam de desenvolver-se para de forma hedionda caírem nas tramas de um trabalho enganoso atrás do discuso de que estão se profissionalizando está o interesse mesquinho de economizar na folha de pagamento para que o menor seja admitido no trabalho é obrigatório que seja na condição de aprendiz e para tanto existem projetos estaduais e federais em que estes jovens deveriam estar inclusos mas nunca em desvio de função de um projeto cultural caso a câmara de vereadores venha a tomar alguma atitude digna e o ministério público venha a intervir nesta situação vergonhosa os pais destes jovens também dividirão as responsabilidades pois são cientes da exploração a que seus filhos estão sendo submetidos É mais digno exigir que a lei que cria a banda municipal seja cumprida é mais digno exigir que a constituição seja cumprida porque absolutamente nada e ninguém está acima da lei!

[close]

p. 5

o marisco comunidade outono de 2003 pág 5 a festa da padroeira de cidreira nos dias 03 e 04 de maio de 2003 acontecerá a festa da n sra da saúde padroeira de cidreira os vários momentos que compõem o evento acontecerão em diversas localidades do nosso município visando atingir a maioria da comunidade o casal festeiro elvídio e eva germann e o pároco pe celso reúnem esforços juntamente com os noveneiros e a comunidade para que esta seja uma das mais grandiosas festas em homenagem à nossa padroeira como acontece a cada ano é esperada a participação de todos os que moram ou possuem alguma ligação com a nossa cidade a festa da n sra da saúde é um ato público de fé que faz parte da cultura popular religiosa de nosso município momento em que a comunidade cidreirense reunida agradece as benéfeces alcançadas e ora pela nossa cidade e por seus habitantes a festa tem programação de cunho religioso e também festivo começa no dia 29 de abril e encerra no dia 04 de maio documento encontrado nos arquivos da cúria metropolitana em poroto alegre dando contas da inuguração da capella da cidreira fonte a saga das praias gaúchas leda saraiva soares cidreira é históricamente a primeira praia do estado do rio grande do sul os primeiros registros datam do final do séc xix por volta de 1890 os banhistas hoje veranistas vinham para nossa cidade principalmente para tratamento da saúde os banhos serviam para curar de reumatismos articulites e dores lombares ocorriam sempre às 5 horas da manhã e às 5 horas da tarde quando as águas do mar estavam com maior índice de iodo muitas pessoas vinham para nossa praia curar-se de problemas respiratórios como bronquite asma e raquitismo aproveitando as virtudes do ar marinho muitos banhistas após passarem uma temporada em cidreira voltavam para suas casas completamente curados de seus males a notícia das curas foi se espalhando e cada vez mais pessoas chegavam enfermas em nossa praia e saíam curadas a grande maioria mesmo curadas voltava no verão seguinte para usufruir dos benefícios locais desta forma a cada verão aumentava o número de pessoas que vinham para passar a temporada em cidreira assimfoi dado o primeiro passo para que o hábito de veranear que hoje alcança todo o estado do rio grande do sul se tornasse um dos maiores movimentos migratórios de temporada de todo o país antigamente nossos visitantes ao chegarem para o tratamento faziam promessas para obter a cura porém ao alcançarem a graça não tinham um local apropriado para que pudessem pagar as suas promessas foi por isso que os veranistas organizados resolveram construir uma pequena capela de madeira onde pudessem orar pedindo por sua saúde e pagar as promessas feitas a capela foi erguida pelos fiéis veranistas de cidrera e inaugurada em 12 de fevereiro de 1924 com uma missa celebrada pelo pe josé mencke posteriormente a capella da cidreira alcançou o status de igreja e foi consagrada à n.sra da saúde pdroeira de nossa cdade happy aluguel venda compra construção atendimento rua joão neves 115/lj.03 av mostardeiros nº em frente a concha acÚstica

[close]

p. 6

pág 4 outono de 2003 cidadania o marisco truco poemas da praia vem aÍ a 4ª onda o projeto da associação de cultura do litoral poemas da praia vai continuar a sua exitosa realização até o dia 30 de maio estaremos recebendo os poemas que devem ser temáticos sobre a nossa praia ou sobre as características singulares do litoral os poetas de cidreira podem entregar seus poemas diretamente no marisco ou nas escolas raul pilla e marcílio dias os poemas classificados farão parte do 2º cd da música da praia e serão editados divulgados e distribuídos nos apoiadores culturais para que a nossa comunidade conheça e nossos poetas e tenha contato com a arte da poesia cd poemas da praia o trio composto por sandro ferreira edinho e anderson rolim representando cidreira ganhou o troféu de 3º lugar no torneio de truco do rodeio de capão da canoa o truco é um jogado com baralho espanhol e faz parte das atividades tradicionalistas do mtg por ser um jogo de origem fronteiriça há pouco tempo está fazendo parte também da nossa cultura do litoral o fato tornou-se histórico porque é a primeira vez que nossa cidade é representada nesta modalidade em um rodeio sem levar o nome de qualque entidade jogando aragano o trio trouxe mais um troféu de participação da nossa comunidade em atividades culturais ligue 681-3456 e receba em casa pealo da canÇÃo nativa os compositores e músicos que quiserem participar do festival pealo do canto xucro que acontece juntamente com o rodeio crioulo de tramandaí podem inscrever-se diretamente na secretaria de turismo do município vizinho mário tressoldi um dos organizadores do evento divulgou que este ano o festival estará mais voltado para a valorização da musicalidade litorânea portanto os compositores da música da praia estão conquistando mais um palco o espaço que antes era voltado quase que exclusivamente para a música campeira agora servirá também para divulgar o trabalho praieiro uergs no rodeio os alunos da uergs estão arrumando as mochilas para o primeiro acampamento da uergs que acontecerá durante o rodeio de tramandaí está prometida muita festa e participação da comunidade universitária de cidreira todos estão convidados a visitar o acampamento e tomar um bom chimarrão quem comanda o acampamento é o modesto aluno do 2º semestre cantoria e fandangos estão programados tudo com muita pedagogia 1º canto das Águas de sal ainda sem muita divulgação em nossa cidade mas já divulgado pela mídia especializada o festival de música de cidreira segundo o secretário de turismo adriano lima estará acontecendo no mês de novembro a notícia foi colhida das páginas do jornal do nativismo se o festival não tiver donoa e os músicos de cidreira desta vez puderem participar será muito bom pelo menos um mÚsico de cidreira na chocopraia o músico clédio de cidreira foi o representante da cultura de nossa cidade durante a festa apresentou-se na quinta à noite já é alguma coisa casa de carnes churrasco e franco assado na brasa para levar fone 681-1574 91438753 rua oswaldo aranha 3028

[close]

p. 7

o marisco comunidade outono de 2003 pág 7 eleiÇÕes do grÊmio estudantil disputa eleitoral é exemplo de processo democrático na escola raul pilla a comunidade escolar do raul pilla esta em pleno momento eleitoral a escola está repleta de faixas e cartazes os debates acalorados completam o clima os alunos ouvem fazem perguntas conhecem as propostas e decidem para qual chapa irão dedicar seu voto o processo eleitoral invade as rodas de conversa invade as salas de aula todos querem participar e viver a festa da democracia as chapas divulgam suas prioridades para conquistar o eleitor tudo é democracia no processo eleltivo do grêmio o marisco qual importância do grêmio estudantil chapa 1 o grêmio existe para ajudar os alunos com cestas básicas e materiais escolares chapa 2 o grêmio tem por objetivo realizar aquilo que os alunos desejam levar idéias e reivindicar à direção são os alunos que mandam no grêmio o marisco o equipamento sala de informática só é utilizado com o acompanhamento do professor como o grêmio vê esta situação chapa 1 o grêmio buscará a indicação de responsáveis que permaneçam à disposição dos alunos nos turnos da manhã tarde e noite facilitando o acesso a sala de informática chapa 2 acontece que no ano passado três ou quatro alunos acessaram os computadores e colocaram um vírus que mostrava figuras pornográficas o problema é como colocar um instrutor na sala se prá conseguir uma professora de inglês que está faltando já é difícil imagine um instrutor de informática o marisco como o grêmio vê a qualidade dos professores da escola e de que forma pode intervir na questão da falta de professores chapa 1 conseguir professores não é prioridade do grêmio.É da diretoria o ensino que temos na escola é excelente em porto alegre não tem melhor chapa 2 na nossa turma falta professor de inglês no 3º ano um aluno me falou que falta professor de português acredito que isto não é uma responsabilidade direta do grêmio a obrigação principal com certeza é da direção da escola a qualidade dos professores que temos é excelente o marisco como o grêmio pensa a questão de atividades extra-classes dentro da escola chapa 1 atividades extra-classe são difíceis pois não temos orientadores é disposição nas salas para que se possa realizar estas atividades chapa 2 está nos nossos planos o projeto contra o analfabetismo onde os pais poderão vir à escola para aprender a ler e escrever temos o projeto de reciclagem do lixo o projeto da horta comunitária onde os alunos virão em turno inverso ou nos períodos de biologia e ciências trabalhar na horta tudo isso valendo nota projeto lixo seco onde os alunos podem participar separando ou preparando o material coletado tudo isto pode ser feito também como um trabalho voluntário o projeto da rádio das escola também pode contar com a colaboração dos alunos como um trabalho extra-classe o marisco quais são os três principais projetos da tua chapa chapa 1 fazer festas para o lazer dos alunos construir a sede d o grêmio para que os alunos possam reunirem-se realizar campeonatos na área esportiva chapa 2 projeto escola pública educação melhor que pretende construir a calçada da escola o projeto recicle sua atitude que é o da reciclagem do lixo e o projeto rádio é cultura na escola criação de uma rádio dentro da escola o marisco como o grêmio estudantil pretende agir em relação ao trabalho que vem sendo feito pela associação de cultura e pelo ctg piazito do litoral na área de cultura do litoral chapa 1 pretendemos fazer faixas incentivando e ajudando nos projetos de cultura do litoral chapa 2 dentro da diretoria da nossa chapa nós temos um departamento de música e de dança formado por pessoas ligadas às áreas.temos o projeto da rádio da escoal que pretende divulgar a música da praia o grêmio através dos seus departamentos irá com certeza divulgar e valorizar a cultura litorânea o marisco uma frase chapa 1 a idÉia É sua o trabalho É nosso chapa 2 forÇa vontade e criatividade a chapa 2 faz a uniÃo da comunidade rainha lanches rápidos restaurante e pousada fone 681-3035 av mostardeiros nº 3364 variedades de xis cachorro-quente quartos excelentes pizzas com tv e frigobar petiscos serviço de buffet sucos refrigerante café da manhã cerveja reservas av.fausto borba prates nº3265 591 fone 681-1650

[close]

p. 8

associação de cultura do litoral associação casa de cultura do litoral tudo começa com o mestre da música praieira mestre julinho um dos maiores nomes da música praieira mora em cidreira desde guri quando pequeno ao ouvir o ronco do motor do teco-teco que sobrevoava cidreira corria para o alto das dunas e pegava os jornais diários que eram lançados pelo avião levava para distribuir e ganhava uns trocados pelo feito quando não estava ganhando uns pilas mestre julinho encontrava-se ouvindo atentamente as lições de música que seu pai mestre tobias ensinava a todos os garotos que moravam entre a vila da fumaça e a vila da viola hoje imediações do cpc duas vilas de comunidades negras que existiam aqui em cidreira o guri foi crescendo e o gosto pela música era evidente mestre julinho esteve presente em todos os grandes momentos musicais de cidreira na criação do conjunto serra e mar no primeiro grupo musical que saiu para representar cidreira em um festival sob a batuta do profº guido weiss nas famosas e saudosas festas do bar joão primeiro com o musical do julinho depois com o pagode do julinho enquanto componente do grupo kikumbí criou e registrou no palco da xi tafona da canção o ritmo praieiro que hoje é reconhecido em todo o estado mestre julinho criou a levada a cadência a ginga o modo peculiar de executar o praieiro mestre julinho realizou do alto de sua simplicidade um trabalho de extrema importância para a cultura e para a escola herlita aprova projeto cultural a diretoria da escola herlita teixeira aprovou e já está sendo executado o projeto herlita em sol maior o projeto comandado por jociel lima estará levando a todos os alunos da escola a oportunidade de aprender teoria musical instrumentalização e canto coral no primeiro momento o projeto estará compondo a banda marcial da escola herlita em seguida teremos um grupo de flauta doce e a seguir um trabalho percussivo com ritmos litorâneos jociel lima é membro da associação de cultura do litoral compositor e músico premiado em vários festivais estará regendo os alunos e começando a concretizar o sonho de poder proporcionar a todos os alunos de nossa comunidade o acesso as informações da cultura musical o projeto acontecerá em turno inverso facilitando o acesso de todos os alunos da escola maiores informações podem ser obtidas diretamente com jociel lima ou na secretaria da escola musicalidade do estado do rio grande do sul o nosso mestre julinho pode ser visto andando pelas ruas de nossa praia normalmente de bicicleta ou conversando com amigos da comunidade normalmente sobre música mas quando abrem-se as cortinas dos palcos dos festivais no litoral é certo que veremos uma figura ímpar com seu chapéu de palha e todo o conhecimento de quem é o mestre da música da praia comeÇaram as filmagens o longa metragem bens confiscado produzido pela casa de cinema de porto alegre produtora 19 de são paulo e super nova do rio de janeiro está finalizando a etapa de préprodução quandosão preparadas as locações figurinos ambientação e acessórios agora já está tudo pronto os artistas principais juntamente com o elenco de apoio estão chegando na nossa praia a atriz global betty faria e o mais novo galã gaúcho werner schunemann estarão em cidreira filmando e quando der tempo atendendo aos seus fãs a movimentação começa a ser mais intensa já podemos sentir o brilho de uma produção de peso e a nossa comunidade poderá interagir com a magia da 8ª maravilha do mundo a escola herlita proporciona aos seus alunos o acesso à manifestação musical e valoriza os profissionais da cultura de cidreira aprovando o projeto herlita em sol maior

[close]

Comments

no comments yet