Diário do DuKe

 

Embed or link this publication

Description

Relatos da vida daquele que tem uma vida de cão

Popular Pages


p. 1

diário de duke relatos daquele que tem uma vida de cão!

[close]

p. 2

querido diário quanto tempo não escrevo aqui sabe ando muito ocupado dormindo já estou quase idoso e preciso evitar as rugas mas vocês podem ver através desta foto que eu continuo lindo mais para frente perceberão também que minha simpatia não muito nada continuo muito fofo doce a além de tudo humilde apesar que não gostei muito deste foco a mariane minha irmã deu muita ênfase em meu nariz e ele não é tão grande assim o do meu pai o ernesto acho que é maior.

[close]

p. 3

veja nesta foto como continuo uma graça mesmo com os bigodes brancos.

[close]

p. 4

mas enfim minha vida mudou muito a família cresceu e eu não sou mais o bebezinho lindo primeiro veio um tal de gabriel nenenzinho quietinho pequenino que disputava comigo quem dormia mais era tudo muito bem vinha em casa brincava com a vó rosa e logo ia embora porém ele fez o favor de crescer hoje está com ano adora puxar meu rabo e ficar no colo das minhas donas além do gabriel veio também a luiza ela é filha de um dos meus irmãos até que é bonitinha loirinha tem olhos claros e nem chora isso é um alívio para a minha doce audição mas ela não brinca comigo vai de colo em colo e quando eu pulo para brincar com ela sempre tomo uma bronca daquela perco até o rumo esse sou eu após uma bronca

[close]

p. 5

outra coisa que aconteceu e que eu não gostei nem um pouco foi o sumiço da minha avó rosa na verdade é avó dos meus irmãos o juninho a mariane e o fernando mas a considero como vó também afinal já sou da família eu sempre gostei muito de brincar com ela Às vezes deitava no sofá para ela coçar minha barriga adorava ficar perto quando estava comendo sempre ganhava uns pedacinhos de carne ela também me defendia de tudo e de todos um dia ela tropeçou e caiu na sala vieram uns homens estranhos buscá-la se não me engano chamavam-se bombeiros ela nem machucou muito nem tinha sangue ela foi naquele caminhão vermelho que faz barulho e nunca mais voltou teve um dia que todos acordaram de madrugada com o telefone em seguida saíram e depois passaram o dia todo fora quando voltaram estavam triste me contaram que ela foi morar com o papai do céu mas poxa nem me disse tchau.

[close]

p. 6

fiquei triste com isso cheguei a ficar um tempão em baixo da sua cama com esperança dela voltar mas não voltou na foto sou eu e ela batendo um papo durante o jantar.

[close]

p. 7

em 2013 muita coisa mudou aqui em casa aquele carro grandão branco que tem uma buzina forte não vem mais buscar a mariane parece que ela terminou a faculdade falando em mariane ando muito triste com ela ela sai todos os dias com tênis e roupa de ginástica mas não me leva passear um dia diz que está calor demais outro fala que está cansada ou dolorida ouço umas conversas dela com a mãe onde diz que está fazendo uma tal de musculação e jump espero que isso não seja outras crianças na família mas enfim vejam como a gente continua parecidos ou melhor claro que eu sou o mais bonito.

[close]

p. 8

querido diário é isso minha rotina agora é mais comer e dormir tento brigar com o thor cachorro novo da vizinha mas ele fica mais tempo preso que solto então não mexo muito com a fera continuo sendo tratado com um bichinho de estimação e só por isso quando me enfezo faço xixi nos lençóis e nos cantinhos das portas dizem que já estou velho e tenho que tomar juízo mas como o veterinário não tem para vender continuo tomando água e o suco que às vezes roubo do copo da minha mãe quando ela deixa no chão agora vou voltar ao meu sono de beleza até mais

[close]

p. 9



[close]

Comments

no comments yet