Jornal Visão CRESS-17 abril a agosto de 2012 nº16

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Visão CRESS-17 abril a agosto de 2012 nº16

Popular Pages


p. 1

informativo do cress 17ª região/es ano 8 número 16 abril a agosto de 2012 atividades em comemoração ao dia da/o assistente social movimentam a categoria na capital e no interior pÁginas 4 5 e 6 novo horÁrio cress-17 amplia horário de atendimento e passa a funcionar de segunda a quinta-feira das 12h às 19 horas e nas sextas-feiras das 8h às 14 horas pÁgina 2 espaÇo cofi em sete meses de trabalho da atual gestão a comissão de fiscalização cofi realizou mais de 180 atendimentos fiscalizou mais de 25 concursos e efetuou 18 visitas de fiscalização pÁgina 3 observatÓrio do trabalho nova comissão temática do cress-17 que incorpora o observatório das 30 horas realiza primeira reunião participação de profissionais é importante para fortalecer a luta pÁgina 7

[close]

p. 2

cress-17 amplia horário de atendimento conselho atende de segunda a quinta-feira das 12h Às 19 horas e na sexta-feira das 8h Às 14 horas desde o dia 02 de julho o cress-17 está funcionando em novo horário de segunda a quinta-feira das 12h às 19 horas e na sexta-feira das 8h às 14 horas seja para atendimento presencial ou via telefone com a mudança além de adequar o funcionamento da entidade à questão das 30 horas semanais para os trabalhadores a diretoria do conselho também amplia o atendimento à categoria experiÊncia e avaliaÇÃo esse novo horário de atendimento funcionará em fase de teste até dezembro de 2012 em seguida será avaliado já está no site do conselho uma enquete para saber a opinião da categoria também está disponibilizado um formulário de avaliação para ser respondido pelos profissionais que forem ao cress com a mudança o conselho adequase ao que o conjunto cfess/cress e a classe trabalhadora defendem há anos essa mudança faz parte do esforço da atual gestão em melhorar cada vez mais o atendimento à categoria informou a conselheira fabíola xavier leal fórum de supervisores de estágio no dia 22 de junho o cress-17 por meio de sua comissão de formação profissional realizou mais uma edição do fórum de supervisores de estágio o encontro foi na faculdade salesiana em vitória e contou com cerca de 30 profissionais elas/eles acompanharam a apresentação das diretrizes e ações do fórum feita pela conselheira do cress-17 e coordenadora da comissão de formação profissional elisângela maria marchesi confira no site do cress a apresentação completa também foram eleitas duas profissionais para representar o fórum junto à comissão são elas sara maria de oliveira e stefânia braga monteiro em seguida a presidente do cress-17 aline pandolfi falou sobre a exigência de declaração de cumprimento do estágio ela lembrou que essa posição foi implementada após intensa discussão nos encontros descentralizados e nacional do conjunto cfess/cress em 2010 e que a declaração começou a ser exigida para os formados a partir de dezembro de 2011 curso também foi pauta no fórum o curso abepss itinerante ele será ministrado por professores que são referência no serviço social brasileiro tendo uma carga horária de 70 horas o curso é voltado para docentes supervisores de campo e estudantes de mestrado doutorado o conteúdo será todo relativo às diretrizes curriculares discutindo Ética profissional fundamentos em serviço social entre outros temas a previsão é de que o curso seja realizado no espírito santo em agosto acompanhe mais informações no site do conselho reunião com as do iases no dia 16 de junho o cress-17 realizou uma reunião com as/os assistentes sociais que atuam no iases foi na casa dos direitos em vitória na pauta estavam informes o encontro estadual sócio jurídico e o ii encontro capixaba de serviço social e direitos humanos as/os profissionais que participaram da reunião avaliaram que o encontro foi importante e que deve haver maior aproximação entre as/os assistentes sociais e o conselho além disso alguns encaminhamentos foram definidos em breve mais informações atualize seu endereço atenção profissionais mantenham sempre o seu endereço residencial e o local de trabalho atualizados junto ao conselho para atualizar seus dados é simples acesse o site www.cress-es org.br e clique no link atualização cadastral você também pode fazer essa atualização via telefone 27 3222-0444 direitos humanos fique ligado o cress-17 está preparando o ii encontro capixaba de serviço social e direitos humanos em breve mais informações no site do conselho informativo trimestral do conselho regional de serviço social do espírito santo cress 17ª região rua pedro palácios 60 edifício joão xxiii 11º andar salas 1103 a 1106 cidade alta vitória espírito santo cep 29015-160 tel 27 3222-0444 www.cress-es.org.br cress@cress-es.org.br fiscalizacao@cress-es.org.br horário de atendimento do cress-17ª região de segunda a quinta-feira das 12h às 19h e nas sextas-feiras das 8h às 14h conselheiras presidente aline fardin pandofi vice-presidente nildete v t ferreira 1ª secretária andreia uliana teodoro 2ª secretária josicleia stelzer zanelato 1ª tesoureira fabíola xavier leal 2ª tesoureira andreia lima de cristo suplentes aline pinheiros schultz aracely xavier camila costa valadão elisângela maria marchesi lívia madeira brito maria goreti ferreira celestino maria helena de paula maristela pasolini pozzi conselho fiscal karin brandão bruce roberta soares faé andressa fogos nucress norte conselheira aline pinheiros schultz coordenadora elaine carneiro mota vice-coordenadora jackeline da silva souza 1ª secretária mariana fornaciari favarato nucress sul conselheira lívia madeira brito coordenadora andiara ghiotto lima bino vice-coordenadora rafaela da c binoti ribeiro 1ª secretária janaína ramalho nogueira 2ª secretária letícia moreira perim moraes comissÃo de comunicaÇÃo camila valadão maria helena de paula ingrid silva gustavo correia e rodrigo binotti textos e fotos nova pauta comunicação diagramação dr quem projeto gráfico link editoração 27 3337.7249 impressão gráfica lisboa tiragem 4.100 exemplares o trabalho das conselheiras é de relevância pública e não é remunerado as matérias deste informativo são de inteira responsabilidade da diretoria do cress 17ª região/es 2 informativo do cress 17ª regiÃo acesse o site do cress www.cress-es.org.br

[close]

p. 3

espaÇo c fi confira as principais ações da comissão de fiscalização nos primeiros meses de gestão foram mais de 180 atendimentos e 14 convocaÇÕes de profissionais visitas de fiscalização na capital e no interior em sete meses a cofi realizou 18 visitas de fiscalização dessas oito foram na grande vitória sendo seis de averiguação de denúncias e duas de rotina e 10 foram no interior sendo nove de averiguação e uma de rotina a cofi lembra que a visita de fiscalização é apenas uma das etapas do processo de averiguação haja vista os desdobramentos e posteriores encaminhamentos que devem ser dados a partir das informações colhidas na ocasião das visitas eles vão desde orientações e ou solicitação de informações a profissionais e instituições envolvidas a priori por meio de ofícios passando por aplicação de multas regulamentadas pelas resoluções do cfess números 568/2010 e 590/2010 até a apresentação de denúncias éticas à comissão permanente de Ética do conselho e representações junto aos ministérios públicos estadual e federal atualmente o conselho tem mais de 20 processos abertos sejam por denúncias ou por visitas onde foram encontradas irregularidades como exercício ilegal da profissão processo de supervisão de estágio e condições éticas e técnicas de trabalho nos sete meses compreendidos de novembro de 2011 posse da atual gestão a maio de 2012 a comissão de fiscalização do cress-17 cofi realizou mais de 186 atendimentos seja via telefone e-mail ou pessoalmente na sede do conselho realizados principalmente pelos agentes fiscais nos atendimentos os agentes fiscais prestam orientações diversas acerca das normativas do conjunto cfess/cress dos trâmites para apresentação de denúncia ética em desfavor de assistentes sociais bem como esclarecem usuários instituições e a categoria sobre questões gerais relativas à profissão convocaÇÕes além dos atendimentos foram produzidos mais de 130 ofícios contendo orientações esclarecimentos convocações etc e nesse período 14 profissionais foram convocados a comparecer ao conselho para realizar esclarecimentos geralmente as/os profissionais são convocados em função de denúncias apresentadas ao cress Às vezes não diretamente contra o profissional mas sobre situações que envolvem seu local de trabalho ou mesmo sobre questões ligadas ao atendimento prestado aos usuários ao processo de supervisão de estágio etc nesse sentido quando a cofi tem dúvidas quanto às situações que acompanha faz uso da prerrogativa do conselho de convocar assistentes sociais conforme regulamenta a política nacional de fiscalização do conjunto cfess/cress vale ressaltar que a convocação é uma oportunidade que a/o assistente social tem de esclarecer a situação por isso é um momento importante profissional ao ser convocada/o compareça cofi fiscaliza concursos outra importante demanda que a cofi realiza é a fiscalização de concursos públicos processos seletivos em sete meses 28 foram acompanhados ao detectar no edital qualquer disposição contrária à lei 8.662/93 a comissão oficia o empregador e a empresa organizadora do concurso requerendo as adequações necessárias havendo resistência à solicitação da cofi o cress pode ingressar com ação judicial para compelir o contratante à retificação do edital isso foi feito em relação aos concursos da ufes da prefeitura de vitória do incaper dentre outros acesse o site do cress www.cress-es.org.br 3 informativo do cress 17ª regiÃo

[close]

p. 4

comemorações do dia da/o assiste profissionais e estudantes participaram das atividades realizadas em comemoraÇÃo ao 15 de maio as fortes chuvas que atingiram a grande vitória na primeira quinzena de maio obrigaram a comissão organizadora a transferir a data de realização do iii encontro capixaba de assistentes sociais apesar de estar na 3ª edição o evento já é tradicional no calendário do conselho e sempre acontece em maio em comemoração ao 15 de maio ­ dia da/o assistente social este ano ele foi realizado nos dias 14 e 15 de junho no auditório da faculdade novo milênio em vila velha mas a mudança na data não tirou a importância da comemoração e da temática debatida a política de educação nos dois dias do evento mais de 300 pessoas entre assistentes sociais e estudantes marcaram presença participaram das palestras e mostraram interesse nos debates realizados no interior os encontros dos nucress não tiveram alteração de datas sendo realizados em maio eles também movimentaram as/os profissionais que puderam se encontrar debater e confraternizar confira nas páginas 4 5 e 6 desta edição do jornal visão como foram os eventos defesa da educação voltada para a emancipação da classe trabalhadora marca palestras no primeiro dia do encontro palestrantes defendem a necessidade de uma educaÇÃo emancipatÓria para a construÇÃo de uma nova sociedade bauru doutora em educação escolar pela unesp araraquara e docente do centro de educação da ufes defendeu também uma perspectiva na contramão da atual criticou o currículo escolar e a formação dos professores nós temos nos isolado nos nossos campos de atuação e temos favorecido o capitalismo uma sociedade emancipada passa por uma educação emancipada e verdadeiramente emancipada só numa outra sociedade no comunismo mas ela não é possível isoladamente isso exige uma ruptura afirmou marsiglia também fez duras críticas à formação dos professores que para ela está precarizada e pune o professor tira o estudo e a teoria e coloca muita prática com isso o professor tem sofrido como responsável individual pelo fracasso da escola para fugir disso ele culpa o outro a família da criança doenças que ela tem e por isso não aprende como dislexia déficit de atenção disse ela lembrou ainda que vários serviços necessários não estão disponíveis para os alunos como a assistência social e fez uma comparação preocupante o mesmo acontece com os assistentes sociais que tem servido e isso não é um desejo deles ao atendimento da miséria como algo que faz parte da vida concluiu no primeiro dia do evento a mesa foi formada pelas palestrantes maria herkenhoff microfone e ana marsiglia o professor rafael teixeira coordenou os trabalhos a conferência magna educação no e para o brasil análise da política de educação no brasil realizada no dia 14 de junho marcou o primeiro dia do iii encontro capixaba de assistentes sociais um pouco de histÓria a professora no curso de serviço social e do programa de pós graduação em política social da universidade federal do espírito santo ufes maria beatriz lima herkenhoff fez um resgate histórico dos caminhos da educação no brasil para ela a educação foi pensada por muitos anos como uma proposta compensatória e não numa perspectiva emancipatória esse pensamento durou até a década de 50 coloca o outro como portador de deficiência que precisa ser compensada pela lógica do assistencialismo e não da cidadania contou mas segundo a professora com o golpe militar a política educacional foi recriada na perspectiva da acumulação de capital como mero fator de produção como capital humano empreendedor e individualista para herkenhoff é importante compreender a educação como mecanismo fundamental na construção da contra hegemonia para uma leitura mais crítica da sociedade por isso há a necessidade de a classe trabalhadora encontrar mecanismos de controlar a sua educação tornando a sua ação em práxis e não em mero ativismo cobrou ruptura a palestrante ana carolina galvão marsiglia graduada em pedagogia pela unesp 4 informativo do cress 17ª regiÃo acesse o site do cress www.cress-es.org.br

[close]

p. 5

nte social movimentam a categoria história do serviço social na educação pauta segundo dia do encontro participantes tiveram contato com o passado e o presente das lutas do serviÇo social na educaÇÃo a conferência de encerramento com o tema o serviço social na educação subsídios para a atuação dos assistentes sociais foi o destaque no segundo dia do iii encontro capixaba de assistentes sociais a palestrante foi a mestre em tecnologia educacional nas ciências da saúde pelo nutes/ufrj assistente social da faculdade de serviço social da uerj membro da comissão de educação do cress/rj/7ª região e professora do curso de serviço social da universidade castelo branco jurema alves pereira ela convidou os presentes a acompanhar um rápido passeio do serviço social na educação ainda que alguns considerem ser um debate recente veremos que a gente tem isso desde a origem do serviço social afirmou segundo ela essa história se constitui dentro da regulamentação da profissão de asfoto eduardo ribeiro a palestrante jurema pereira conduziu os participantes do encontro por um passeio pela história do serviço social na educação sistente social servindo às vezes ao capital mas o processo de redefinição da profissão vai mudando isso com uma aproximação junto à classe trabalhadora disse jurema confira no site do cress a apresentação completa da professora agenda de lutas também é destaque a mesa agenda de lutas do serviço social frente à educação contou com participação da conselheira do cress-17 karin bruce representando a comissão de seguridade social do conselho e a estudante rayara fernandes de assis dantas representante da executiva nacional dos estudantes de serviço social enesso representantes do cfess e da abepss não puderam comparecer na nova data do evento a representante da enesso rayara abriu a palestra afirmando que a luta da executiva por uma universidade pública gratuita e de qualidade também exige que ela seja presencial e socialmente referenciada na classe trabalhadora queremos que o filho do trabalhador tenha acesso à educação mas não para reproduzir a lógica burguesa e sim para entender e compreender o mundo pela lógica do trabalhador defendeu serviÇo social na educaÇÃo a conselheira karin bruce fez repasses sobre as ações do conjunto cfess/cress por meio do grupo de trabalho gt nacional de serviço social na educação segundo ela esse gt deu um importante passo este ano com a realização do seminário nacional de serviço social na educação no início de junho em maceió al karin lembrou que a conselheira do cress-17 e assistente social no ifes lívia brito e a profissional de base fabiane cardoso foram ao seminário representando o estado segundo ela o documento subsídios para o debate sobre serviço social na educação que pode ser acessado no site do cress receberá suas últimas contribuições e alterações e será aprovado no encontro nacional do conjunto cfess/cress em setembro de 2012 a conselheira frisou que o documento não é uma receita de bolo são subsídios para termos parâmetros não é para limitar é para ampliar a nossa atuação por isso ele precisa ser revisto periodicamente concluiu esquete anima encontro foto eduardo ribeiro dona marisa marcou presença no evento durante a palestra da professora jurema pereira houve uma pausa para a descontração a assistente social fabíola bittencourt pazinatto entrou em cena e interpretou a personagem dona marisa ela retrata conversas e cenas que mostram a conduta das/os usuárias/os para com as/os profissionais encenadas comicamente pela atriz fabíola criou essa personagem baseada na sua experiência profissional e na vivência diária como assistente social da unidade de saúde da família assistente social geny grijó no parque moscoso em vitória acesse o site do cress www.cress-es.org.br 5 informativo do cress 17ª regiÃo

[close]

p. 6

luta pelas 30 horas faz parte das discussões conselho apresentou suas aÇÕes em defesa da implementaÇÃo da lei foto eduardo ribeiro a presidente do cress-17 aline pandolfi microfone acompanhada da assessora jurídica do conselho mila fraga defendeu a luta política pela garantia das 30 horas no segundo dia do iii encontro capixaba de assistentes sociais 15 de junho também foram feitos os repasses sobre as conquistas e desafios para a implementação da lei 12.317/2010 30 horas semanais a presidente do cress-17 aline pandolfi informou que praticamente não há problemas jurídicos para a implementação das 30 horas para assistentes sociais que atuam na iniciativa privada já as/os profissionais que atuam no serviço público têm encontrado resistências segundo ela há tanto decisões favoráveis como juízes que decidem de forma contrária e os contrários são a maioria disse aline de acordo com a presidente isso acontece porque o texto da lei deixa uma brecha na parte onde estabelece que as 30 horas são para os profissionais com contrato de trabalho isso tem gerado uma dupla interpretação informou ela disse ainda que na época da aprovação houve debate em torno de que a lei deveria assegurar a conquista para todos as/os profissionais e com qualquer tipo de vínculo mas na disputa no congresso na correlação de forças o conjunto cfess/cress não conseguiu garantir isso apontou aline informou ainda que o superior tribunal de justiça stj já se posicionou apontando que os municípios e os estados devem legislar sobre essa matéria ou seja a lei federal não contemplaria os servidores municipais e estaduais luta polÍtica a presidente disse que o conjunto cfess cress tem optado pela continuidade da luta política mas muitos profissionais têm partido para as ações jurídicas ela lembrou que o problema desse caminho é que após uma decisão judicial negativa é complicado reverter a decisão precisamos nos mobilizar para uma luta permanente sabemos que não é fácil mas avaliamos que ainda é o melhor caminho se tivermos força política precisaremos ser ouvidos avaliou aline ela ressaltou ainda que desde junho a comissão que conduz todas as demandas sobre as 30 horas no cress é a comissão temática observatório do trabalho precisamos de membros para atuar nela os interessados devem procurar o conselho informou aÇÕes do cress aline resgatou algumas das ações do conselho em defesa do cumprimento da lei nos últimos meses segundo a presidente o cress ingressou com várias ações para retificar editais que foram publicados com a carga horária de 40 horas obtendo decisões favoráveis e também contrárias à sua pretensão cress-17 veicula vt em homenagem aos assistentes sociais pela quinta vez consecutiva o conselho regional de serviço social da 17ª região/es cress-17 veiculou na mídia capixaba um vt institucional em homenagem ao 15 de maio ­ dia da/o assistente social ele foi transmitido para todo o estado pela tv gazeta ­ e suas afiliadas tv gazeta norte tv gazeta noroeste e tv gazeta sul ­ em intervalos comerciais da programação nos dias 13 14 e 15 de maio confira o vt no site do conselho nucress também debatem educação a participação da categoria foi boa tanto no encontro do norte foto quanto no do sul do estado no dia 25 de maio cachoeiro de itapemi reunimos profissionais de diversas áreas rim recebeu o encontro do nucress sul e para debater o tema foram encontros positiem 30 de maio foi a vez de colatina sediar o vos avaliou nucress norte de acordo com ela nos debates apareceram os dois encontros foram realizados em tor diversas questões que perpassam o trabalho no do tema central do maio serviço social do serviço social na educação tendo destade olhos abertos para a educação ensino que as discussões sobre educação inclusiva público e de qualidade é direito de todos e o perfil do profissional dentro da educação e todas as formas de inserção nessa área segundo a conselheira e coordenadora do os próximos encontros dos nucress senucress sul lívia brito palestrante nos dois rão em agosto dia 15 em são mateus e dia encontros a participação da categoria foi boa 17 em alegre agende-se e participe 6 informativo do cress 17ª regiÃo acesse o site do cress www.cress-es.org.br

[close]

p. 7

gestão apresenta ações em assembleia delegaÇÃo para os encontros descentralizado e nacional do conjunto cfess/cress tambÉm foi escolhida so a proposta é levar cinco convidados três funcionários do conselho sendo a analista em serviço social a coordenadora administrativa e um agente fiscal e duas assessorias do cress a jurídica e a de comunicação apresentou fabíola a conselheira ressaltou que são os funcionários que executam as tarefas diariamente e que os encontros são momentos importantes de discussão e formação desses trabalhadores a proposta não teve nenhuma objeção e foi aprovada votaÇÃo em seguida foi realizada a votação para eleger as/os delegadas/os de base que completariam a delegação e o resultado foi delegadas de base efetivas hingridy caliari pollyana ramos romana oliveira e clerismar lyrio suplentes manoel abreu rander prates aurelina de jesus e josé barros a presidente do cress-17 aline pandolfi destacou ações importantes do conselho a gestão do cress-17 resistir para transformar 2011-2014 realizou a sua primeira assembleia no dia 23 de junho na faculdade salesiana em vitória um dos pontos principais foi a apresentação das ações previstas e realizadas pelas comissões do cress da 17ª região no período de novembro de 2011 posse da atual gestão a maio de 2012 são muitas atividades e a apresentação completa pode ser conferida no site do conselho encontros outro ponto importante da assembleia tratou dos encontros descentralizados e nacional do conjunto cfess/cress a conselheira fabíola xavier lembrou que essas são as instâncias máximas de deliberações da categoria ela informou que o descentralizado deste ano será realizado no rio de janeiro de 3 a 5 de agosto e o nacional em palmas capital de tocantins de 6 a 9 de setembro em seguida a conselheira apresentou o número de delegados do cress visando os dois encontros temos direito a levar oito delegados propomos que sejam quatro conselheiros da gestão e quatro profissionais da base além dis delegadas efetivas e suplentes eleitas/os em assembleia observatório do trabalho realiza sua primeira reunião nova comissÃo temÁtica criada pelo cress-17 incorpora o observatÓrio das 30 horas e fortalece a luta no dia 19 de julho foi realizada na sede do cress-17 em vitória a primeira reunião da comissão temática observatório do trabalho essa nova comissão foi criada pela atual gestão do conselho e é composta por conselheiros do cress e assistentes sociais da base a conselheira e coordenadora da comissão josicleia stelzer zanelato aproveitou para convidar as/os profissionais para participarem do observatório essa comissão já nasce com objetivos importantes por isso precisamos da participação de todas/os no grande trabalho que teremos disse josicleia os interessados em fazer parte da comissão devem entrar em contato com o cress confira os objetivos da comissão temática observatório do trabalho estimular debates acerca das particularidades do exercício profissional dos assistentes sociais nos diferentes espaços sociocupacionais no espírito santo promover a socialização de experiências e estratégias implementadas pelos assistentes sociais em seus espaços de atuação profissional apoiar iniciativas de elucidação do exercício profissional nas particulares condições e relações de trabalho do assistente social a fim de avançar na leitura de suas competências e atribuições privativas forjadas na atualidade publicizar informações relacionadas a conquistas de direitos trabalhistas dos assistentes sociais brasileiros contribuir para o fortalecimento e materialização do projeto ético-político no cotidiano dos assistentes sociais incorporar o observatório das 30 horas como atividade deste grupo de trabalho mediante sua permanente divulgação e atualização acesse o site do cress www.cress-es.org.br 7 informativo do cress 17ª regiÃo

[close]

p. 8

cress-17 nas ruas e na luta conselho participa de atividades e manifestaÇÕes confira a gestão resistir para transformar tem participado de várias atividades a maioria tem relação direta com o serviço social outras extrapolam os limites da profissão as/os assistentes sociais não estão sozinhos no mundo os problemas que atingem os profissionais do serviço social atingem a classe trabalhadora em geral os trabalhadores pobres desempregados subempregados as mulheres as/os negras os entre outros a atual gestão não abre mão da militância junto aos demais atores da sociedade não abre mão de ocupar ruas e avenidas para manifestar e lutar por uma sociedade mais justa e igualitária acompanhe o site do conselho e confira mais ações conselhos protestam contra o ato médico em maio profissionais da saúde realizaram mais um protesto contra o projeto de lei do ato médico que prevê a regulamentação da medicina a manifestação aconteceu em frente à assembleia legislativa em vitória e o cress-17 marcou presença de acordo com os manifestantes se o pl do ato médico for aprovado com o texto atual trará graves implicações às demais profissões da área da saúde e também para a população atendida pelo sistema Único de saúde sus e pela rede particular ele fere as atribuições das outras profissões de saúde e viola os direitos de cidadania democráticos e participativos de acesso aos serviços integrais do sus explicou a assistente social e conselheira do cress-17 karin bruce atualmente o pl do ato médico encontra-se na comissão de educação ce do senado cress-17 participa da marcha das vadias pelo direito de decidir sobre o seu corpo mulheres marcharam em várias capitais do país no dia 26 de maio em vitória a marcha uniu mulheres homens homossexuais sindicalistas e integrantes de entidades e dos movimentos sociais que defendem o fim do preconceito e da violência de gênero o cress-17 marcou presença na marcha com a participação de várias conselheiras da entidade a marcha das vadias também conhecida internacionalmente como slutwalk foi criada no canadá após um representante da polícia ter declarado em uma palestra sobre segu rança numa universidade que as mulheres deveriam evitar se vestir como vadias para não serem vítimas de estupro conselho marca presença na marcha do dia mundial do meio ambiente mila valadão a economia verde é a face ainda mais perversa da mercantilização da natureza pelo capital ao contrário do que o nome sugere de acordo com ela é necessário reafirmar a incompatibilidade entre desenvolvimento sustentável e capitalismo isso é facilmente verificado nos impactos que temos vivenciado nos desastres ambientais que impactam sobretudo mulheres e negros moradores de áreas de risco o aquecimento global a perda da biodiversidade enfrentar a crise ambiental é confrontar o capitalismo ecossocialismo ou barbárie sentenciou camila no dia 05 de junho dia mundial do meio ambiente o cress-17 marcou presença em mais uma luta importante juntamente a movimentos do campo e da cidade sindicatos e outras entidades o conselho marchou pelas ruas de vitória para dizer não à economia verde a marcha em defesa da vida e do meio ambiente foi uma das ações programadas pela cúpula dos povos evento realizado paralelamente à rio+20 no estado o movimento foi articulado pela rede alerta contra o deserto verde segundo a conselheira do cress-17 ca 8 informativo do cress 17ª regiÃo acesse o site do cress www.cress-es.org.br

[close]

Comments

no comments yet